CONSULTA PÚBLICA 01/2014 ANEXO I - MINUTA DO TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO PETRÓLEO, GÁS E NAVAL - COORDENAÇÃO DE ENERGIA/GERÊNCIA I

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONSULTA PÚBLICA 01/2014 ANEXO I - MINUTA DO TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO PETRÓLEO, GÁS E NAVAL - COORDENAÇÃO DE ENERGIA/GERÊNCIA I"

Transcrição

1 CONSULTA PÚBLICA 01/2014 ANEXO I - MINUTA DO TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO PETRÓLEO, GÁS E NAVAL - COORDENAÇÃO DE ENERGIA/GERÊNCIA I 1. OBJETO 1.1. Objetivo Geral CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA NA IMPLANTAÇÃO DE AÇÕES DE DESENVOLVIMENTO DE FORNECEDORES E ELABORAÇÃO DE PLANOS DE NEGÓCIOS COM FOCO NA CADEIA DE PETRÓLEO, GÁS & NAVAL, para 18 (dezoito) empresas de porte médio e médio-grande, de acordo com critério definido pelo BNDES, com sede no Brasil e localizadas nos estados da Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, no âmbito do Convênio firmado entre Petrobras e ABDI para o Desenvolvimento de Fornecedores de Bens e Serviços, de Arranjos Produtivos Locais (APLs) e da Governança Sustentável dos Territórios Objetivos Específicos a. avaliar e propor melhorias na metodologia do Projeto de Desenvolvimento de Fornecedores da cadeia de Petróleo, Gás e Naval firmado entre o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial ABDI; b. apoiar o Comitê Gestor de cada APL (formado por instituições públicas e privadas) na seleção das empresas a serem beneficiadas pelo projeto, de acordo com o perfil adequado aos critérios de seleção obrigatórios (tais como, matriz sediada no Brasil, receita operacional bruta anual de 16 até 300 milhões de reais em 2012, fornecimento ou potencialidade de fornecimento para a Indústria de Petróleo, Gás e Naval e regularidades

2 jurídica, econômico-financeira, e fiscal) e classificatórios, de acordo com a seguinte distribuição: 3 (três) empresas do estado da Bahia, preferencialmente no APL Baía de Todos os Santos e entorno (BA); 3 (três) empresas do estado de Minas Gerais, preferencialmente no APL Vale do Aço - Ipatinga e entorno (MG); 3 (três) empresas do estado de Pernambuco, preferencialmente no APL Suape Ipojuca e entorno (PE). 6 (seis) empresas do estado do Rio de Janeiro, preferencial no APL Comperj Itaboraí e entorno; 3 (três) empresas do estado do Rio Grande do Sul, preferencialmente no APL Rio Grande e entorno (RS). c. executar a metodologia, avaliada e revisada, nas empresas selecionadas, abrangendo as atividades de Coaching e Mentoring para o desenvolvimento de Plano de Negócios e; d. elaborar Plano de Negócios customizado para cada empresa selecionada, considerando possibilidades de modernização e/ou expansão industrial e/ou desenvolvimento de novos produtos/famílias de produto e/ou criação de novas linhas de negócios. 2. ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS O trabalho a ser realizado deverá gerar 5 (cinco) produtos específicos, conforme quadro de detalhamento 01: Quadro 01. Produtos e prazos de entrega Produto Produto 1 Plano de Trabalho Produto 2 Relatório da revisão da metodologia do projeto de Desenvolvimento de Fornecedores da cadeia de Petróleo, Gás e Naval, MDIC/ABDI Prazo de entrega Até 15 dias corridos da assinatura do contrato Até 60 dias corridos da assinatura do contrato 2

3 Produto 3 - Termos de adesão assinados pelas 18 (dezoito) empresas Produto 4 Relatórios intermediários da implantação das ações nas 18 (dezoito) empresas Produto 5 Plano de Negócios para cada empresa selecionada Até 90 dias corridos da assinatura do contrato Até 180 dias corridos da assinatura do contrato Até 300 dias corridos da assinatura do contrato 2.1. PRODUTO 1 Plano de trabalho apresentando o planejamento das atividades para a execução do projeto, contemplando: a) Lista de ações, cronograma de atividades com a alocação dos profissionais envolvidos, seus papéis e atribuições na realização das atividades, entregas intermediárias e finais, dentre outras informações necessárias. Observações: O documento deverá ser escrito, editado e impresso em língua portuguesa. O seu conteúdo deverá ser disponibilizado em meio digital através de arquivos compatíveis com o pacote Office da Microsoft. Prazo: 15 dias corridos a partir da contratação dos serviços PRODUTO 2 Relatório da revisão da metodologia do projeto de Desenvolvimento de Fornecedores da cadeia de Petróleo, Gás e Naval, MDIC/ABDI, anexo a esta Minuta, contemplando: a) Elaborar crítica e propor sugestões de melhorias à metodologia testada no projeto de Desenvolvimento de Fornecedores da Cadeia de Petróleo, Gás e Naval, MDIC/ABDI contemplando: A identificação e a especificação da demanda do setor de petróleo, gás e naval; A identificação e detalhamento das práticas de contratação no setor de petróleo, gás e naval; O detalhamento da matriz de compras das empresas âncoras locais e nacionais, com base no modelo de Kraljic; A identificação e articulação com responsáveis pelas áreas de compras e de engenharia das principais empresas âncoras locais e nacionais, 3

4 tais como operadoras de petróleo, estaleiros, EPCistas, fornecedores de pacotes e módulos para sondas e plataformas, fabricantes de sistemas e/ou grandes equipamentos;. A especificação de como serão realizadas as ações de Coaching e Mentoring com a alta administração das empresas selecionadas; A identificação das sinergias deste projeto com as ações de desenvolvimento de fornecedores nos estados-alvo deste projeto, tais como os Convênios Petrobras/Sebrae e IEL/MDIC; Um roteiro de visitas técnicas às empresas selecionadas, considerando, no mínimo: visita inicial de cada um dos profissionais da equipe por empresa; visitas mensais às empresas durante todo o período de execução do projeto de, pelo menos, um profissional da equipe; visita final de cada um dos profissionais da equipe por empresa; A realização de 03 (três) reuniões de alinhamento das ações do projeto na sede da ABDI, sendo a primeira logo após a contratação; A realização de 02 (duas) reuniões com cada Comitê Gestor do projeto, nos cinco estados, durante a execução; A realização de, no mínimo, 01 (uma) viagem para reuniões técnicas com demandantes locais em cada estado selecionado no projeto e A realização de, no mínimo, 01 (uma) viagem para reuniões técnicas com demandantes nacionais, possivelmente a ser realizada na cidade do Rio de Janeiro-RJ. Observações: O documento deverá ser escrito, editado e impresso em língua portuguesa. O seu conteúdo deverá ser disponibilizado em meio digital através de arquivos compatíveis com o pacote Office da Microsoft. Apresentação em Power Point. Prazo: 60 dias corridos a partir da contratação dos serviços PRODUTO 3 Termos de adesão assinados pelas 18 (dezoito) empresas selecionadas para participação no projeto, de acordo com a seguinte distribuição: 4

5 a) Produto 3.1 Termos de adesão assinados das 3 (três) empresas do estado da Bahia; b) Produto 3.2 Termos de adesão assinados das 3 (três) empresas do estado de Minas Gerais; c) Produto 3.3 Termos de adesão assinados das 3 (três) empresas do estado de Pernambuco; d) Produto 3.4 Termos de adesão assinados das 6 (seis) empresas do estado do Rio de Janeiro; e e) Produto 3.5 Termos de adesão assinados das 3 (três) empresas do estado do Rio Grande do Sul; A mobilização das empresas selecionadas será feita em parceria com ABDI, Petrobras e Comitê Gestor de cada APL. A elaboração do Termo de Adesão deverá conter cláusula de confidencialidade entre a consultoria contratada e a empresa selecionada. Observações: O documento deverá ser escrito, editado e impresso em língua portuguesa. O seu conteúdo deverá ser disponibilizado em meio digital através de arquivos compatíveis com o pacote Office da Microsoft; Prazo: 90 dias corridos a partir da contratação PRODUTO 4 Relatório intermediário da implantação das ações de desenvolvimento de fornecedores, contendo o diagnóstico e as atividades de Coaching e Mentoring realizadas, conforme diretrizes abaixo: Diagnóstico in loco em todas as áreas da empresa; Detalhamento das ações de Coaching e Mentoring com a alta administração das empresas; Foco no desenvolvimento da capacidade empresarial em promover suas próprias mudanças e a melhoria contínua; Necessidade de modernização de processos industriais, capacidade produtiva e gestão e Necessidade de adaptação e/ou desenvolvimento e/ou certificação de produtos da empresa aos requisitos técnicos demandados pelo setor de petróleo, gás e naval. a) Produto 4.1 Relatórios intermediários da implantação das 3 (três) empresas do estado da Bahia; 5

6 b) Produto 4.2 Relatórios intermediários da implantação das 3 (três) empresas do estado de Minas Gerais; c) Produto 4.3 Relatórios intermediários da implantação das 3 (três) empresas do estado de Pernambuco; d) Produto 4.4 Relatórios intermediários da implantação das 6 (seis) empresas do estado do Rio de Janeiro; e e) Produto 4.5 Relatórios intermediários da implantação das 3 (três) empresas do estado do Rio Grande do Sul. Observações: O documento deverá ser escrito, editado e impresso em língua portuguesa. O seu conteúdo deverá ser disponibilizado em meio digital através de arquivos compatíveis com o pacote Office da Microsoft. Apresentação em Power Point. Prazo: 180 dias corridos a partir da contratação PRODUTO 5 Plano de Negócios para cada empresa selecionada, contendo: Resumo executivo do plano de negócios deverá conter, no mínimo: histórico da empresa; foco da empresa; área de atuação (ou que espera atuar) e produtos / serviços (possui ou está desenvolvendo); mercado em que atua (ou que espera atuar); modelo de negócios; faturamento dos últimos 3 (três) anos (ou quantos anos forem aplicáveis); resumo dos objetivos e metas do Plano de Negócios; principais estratégias e investimentos para alcançar esses objetivos e metas. Análise de mercado que deverá conter, no mínimo: descrição do mercado de atuação da empresa; a situação e as tendências do mercado; rivalidade entre os concorrentes; poder de negociação dos fornecedores; poder de negociação dos clientes; ameaça de novos entrantes e ameaça de produtos substitutos; Categorização das famílias/produtos da empresa em relação à matriz de compras das empresas âncoras, oportunidades de mercado identificadas e dimensionamento do mercado-alvo; 6

7 Descrição do foco do plano de negócios considerando possibilidades de modernização e/ou expansão industrial e/ou desenvolvimento de novos produtos/famílias de produto e/ou criação de novas linhas de negócios; Análise de viabilidade técnica-econômica da implantação Análise de viabilidade financeira do projeto; Plano de Marketing e Vendas e Cronograma da implantação das soluções propostas. a) Produto 5.1 Planos de Negócio entregues das 3 (três) empresas do estado da Bahia; b) Produto 5.2 Planos de Negócio entregues das 3 (três) empresas do estado de Minas Gerais; c) Produto 5.3 Planos de Negócio entregues das 3 (três) empresas do estado de Pernambuco; d) Produto 5.4 Planos de Negócio entregues das 6 (seis) empresas do estado do Rio de Janeiro; e) Produto 5.5 Planos de Negócio entregues das 3 (três) empresas do estado do Rio Grande do Sul; Observações: O documento deverá ser escrito, editado e impresso em língua portuguesa. O seu conteúdo deverá ser disponibilizado em meio digital através de arquivos compatíveis com o pacote Office da Microsoft; Apresentação em Power Point e Prazo: 300 corridos dias a partir da contratação. 3. JUSTIFICATIVA DA CONTRATAÇÃO A ação a ser realizada no âmbito deste Termo de Referência está detalhada no Plano de Trabalho do Convênio de Cooperação Financeira assinado entre a ABDI e a Petrobras, em 12/12/2013, que decorre da celebração do Memorando de Entendimentos, firmado em 13/08/2012, entre o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), a ABDI e a Petrobras, sendo que o mesmo deverá ser executado no âmbito do projeto PROMINP IND P&G-75 que possui embasamento no 7

8 Agenda de Competitividade de Petróleo, Gás e Naval do Plano Brasil Maior. No referido Convênio, as ações estão ancoradas em três pilares principais, seja do ponto de vista institucional, da forma de abordagem para a articulação público-privada e do esforço empreendido para a elaboração de projetos estruturantes para o desenvolvimento da cadeia de fornecedores de petróleo, gás e naval no Brasil. Em relação ao esforço empreendido na concepção deste projeto estruturante e a consequente execução das ações presentes no convênio ABDI/Petrobras, é relevante informar o Memorando de Entendimentos (MoU) firmado entre a Petrobras, MDIC e ABDI, em 13 de agosto de 2012, para a realização conjunta de projetos por meio do Prominp em estreita sintonia com as prioridades do Plano Brasil Maior. Destaca-se neste MoU a existência de uma diretriz voltada para apoiar o desenvolvimento de Polos Empresariais e Arranjos Produtivos Locais e da governança dos territórios diretamente influenciados visando ampliar, a preços competitivos, a capacidade de oferta da indústria nacional frente às demandas da cadeia global de petróleo, gás e naval. Esta diretriz é bastante próxima do objetivo do Prominp que busca maximizar a participação da indústria nacional fornecedora de bens e serviços, em bases competitivas e sustentáveis, na implantação de projetos de investimentos do setor de petróleo e gás natural no Brasil e no exterior. Nesta mesma linha, a agenda setorial de petróleo, gás e naval do PBM tem como um dos seus objetivos desenvolver polos produtivos e tecnológicos, a partir das características regionais e, ainda, o objetivo de aumentar a participação e a produtividade da indústria nacional no mercado brasileiro de Petróleo e Gás, principalmente nos elos de maior valor agregado e conteúdo tecnológico. É importante ressaltar que foi neste contexto que o Comitê Executivo do Prominp e o Comitê Executivo de Petróleo, Gás e Naval do PBM aprovaram a elaboração conjunta de projeto estruturante voltado para apoiar os cinco (5) territórios precursores para o desenvolvimento de políticas públicas e de fornecedores de bens industriais e demais serviços, tendo em vista que o investimento em petróleo, gás e naval poderá gerar - além das externalidades positivas óbvias, como a ampliação da renda, do emprego qualificado e das compras locais algumas externalidades negativas que deverão ser trabalhadas pelo setor público e privado, tais como a significativa demanda por infraestrutura, planejamento urbano, logística, mobilidade, saúde, educação científica e técnica que deverá pressionar tanto o governo estadual quanto os governos municipais diretamente influenciados pelo investimento da Petrobras. 8

9 Nesse sentido, o projeto Prominp IND P&G 75 foi elaborado de forma conjunta por representantes de diversas instituições, como o MDIC, Petrobras, BNDES, ONIP e ABDI. Após a aprovação do projeto pelo Comitê Executivo do Prominp, o grupo gestor do mesmo, sob a coordenação do MDIC, tem mobilizado outros atores nacionais para apoiar o mesmo, como a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Sebrae, tendo já organizado uma série de eventos de mobilização com representantes dos cinco territórios precursores., É importante ressaltar que, nessa linha, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) apresentou ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), em dezembro de 2011, projeto para desenvolver e qualificar 12 (doze) empresas fornecedoras para contribuir com o atendimento da demanda de empreendimentos estruturantes no país, firmando então convênio registrado sob o nº 046/2011. Atualmente o mesmo encontra-se em execução nos estados da Bahia, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul, estados selecionados no âmbito do Comitê Executivo de Petróleo, Gás e Naval do Plano Brasil Maior. Finalmente, considerando as etapas e ações definidas no Plano de Trabalho do Convênio firmado entre ABDI e Petrobras, será necessário novo processo de licitação para a contratação de consultoria especializada para o desenvolvimento e qualificação de mais 18 (dezoito) empresas fornecedoras, preferencialmente localizadas nos APLs de petróleo, gás e naval dos estados da Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, objeto desse Termo de Referência, por meio da elaboração de planos de negócios voltados para a cadeia de petróleo, gás e naval. A contratação externa se faz necessária em razão do trabalho a ser executado exigir a atuação de cinco profissionais experientes em áreas estratégicas de empresas e com conhecimento no setor de Petróleo, Gás e Naval, além da necessidade de tempo e dedicação ao projeto, o qual não seria possível a partir da equipe técnica da Agência. 4. FORMA DE EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS A execução dos serviços deverá conter: 4.1. Constituição de um núcleo executor dos trabalhos, composto pelo Coordenador Geral e pelos profissionais das áreas temáticas. Entre os 9

10 profissionais por área temática deverá ser indicado um para exercer a função de Coordenador Geral Substituto; 4.2. Coleta de dados e informações em fontes primárias, secundárias, legislação em vigor e base de conhecimento da empresa contratada; 4.3. Tratamento quantitativo segundo práticas estatísticas passíveis de verificação por terceiros e com a descrição dos métodos utilizados, se for o caso; 4.4. Entrevistas individuais e em grupos, reuniões com representantes do governo federal, estaduais e municipais, empresários, executivos, associação de classes empresariais, especialistas, entre outras que se julgarem necessárias para a realização do trabalho; 4.5. A licitante deverá prever os recursos complementares para fazer face a todas as suas responsabilidades, inclusive a de prover recursos para a participação nas reuniões com o Comitê Gestor do projeto durante a execução, reuniões com demandantes locais e reuniões com empresas âncoras; 4.6. Os profissionais somente deverão ser substituídos por outros de mesma ou superior qualificação, não podendo haver quebra de continuidade e/ou acompanhamento dos processos, efetuando-se os devidos registros e encaminhamento destes à ABDI, quando a substituição for necessária; 4.7. Qualquer alteração na equipe de profissionais deverá ser previamente e oficialmente informada à ABDI, por escrito; 4.8. A alteração solicitada será analisada pela ABDI, que irá autorizar ou não a substituição; 4.9. A contratada deverá disponibilizar cópias dos materiais utilizados nas consultorias, impressas, em formato eletrônico tipo PDF e em formato de arquivo eletrônico compatível com o Pacote Microsoft Office 2007 versão 2007 ou superior no endereço SBN Quadra 01, Bloco B, 12 andar, Edifício CNC, CEP , Brasília, Distrito Federal, Brasil, e da equipe técnica da ABDI responsável pelo projeto; A contratada deverá disponibilizar informações sobre o andamento do projeto, por meio de relatórios mensais, ou sob demanda, em meio eletrônico; Cada produto entregue passará por validação da equipe técnica da ABDI responsável pelo acompanhamento da execução do projeto; 10

11 4.12. Após a validação pela ABDI, a contratada terá 05 (cinco) dias úteis para realizar as adequações, caso necessário, e remeter novamente a ABDI para avaliação Todo o material elaborado será de propriedade da ABDI, e deverá constar a logomarca da ABDI e Petrobras Os serviços deverão ser executados diretamente pelo futuro Contratado, não sendo admitida qualquer transferência de responsabilidade ou subcontratação de outra empresa; A contratada é inteiramente responsável pela correção técnica dos serviços a serem prestados pelos profissionais por ela indicados na execução do projeto, indenizando a ABDI por perdas e danos a que der causa pela inexecução ou má execução dos mesmos, salvo se ficar demonstrado que a ABDI contribuiu para ocorrência da referida causa, ou, não atendeu às recomendações técnicas e legais formalizadas pelo futuro contratada; 5. PRAZO DE EXECUÇÃO corridos). Duração prevista para a execução das atividades será de 10 meses (300 dias 6. FISCALIZAÇÃO A execução dos trabalhos será acompanhada e fiscalizada pela área técnica da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial ABDI. O responsável técnico pelo projeto na ABDI será indicado à contratada através de um comunicado formal da Diretoria da Agência. O mesmo será responsável para acompanhar e fiscalizar a execução do Contrato a ser firmado, assim como por atestar as faturas dos serviços, desde que tenham sido executados a contento e observada a aplicação das condições contratadas, encaminhando a documentação para pagamento. 11

12 7. CONDIÇÕES DE RECEBIMENTO E FATURAMENTO 7.1. O faturamento dos serviços executados deverá ser encaminhado após a entrega e validação dos produtos pela ABDI conforme descrição, conteúdo, forma de apresentação e cronograma indicados no item 2 Especificação dos Serviços ; 7.2. Os produtos deverão ser entregues conforme especificações contidas no item 2, sendo que o mesmo deverá ser devidamente atestado pelos responsáveis pelo acompanhamento do projeto na ABDI, para realização do pagamento devido; 7.3. Recebidos os produtos, o Gestor do contrato deverá efetuar a análise de conformidade dos serviços com as especificações contratuais, no prazo de 15 (quinze) dias, a contar do recebimento Os produtos serão recebidos definitivamente pelo Gestor após o aceite sem ressalvas, no prazo fixado no parágrafo primeiro ou após as correções e ajustes recomendados, no prazo fixado pelo Gestor do contrato contados da notificação O recebimento definitivo será efetuado, por meio de termo circunstanciado, atestando a plena conformidade dos serviços com as especificações contratuais. 8. CONDIÇÕES DE PAGAMENTO 8.1. O pagamento pela prestação do serviço será realizado em 17 (dezessete) parcelas, e cada uma delas pagas até 10 (dez) dias corridos após a validação dos serviços, pela equipe técnica da ABDI, e apresentação da Nota Fiscal acompanhada do relatório ou documento referente a cada um dos produtos, conforme discriminados no item 2 Especificação dos Serviços. A liberação das parcelas se dará mediante aprovação do setor competente, obedecendo as seguintes proporções: Parcela Produto % I Produto 1 Plano de Trabalho 5,0% II Produto 2 Relatório da metodologia revisada 5,0% 12

13 III IV V VI VII VIII IX X XI XII XIII XIV XV XVI XVII Produto 3.1 Termos de adesão assinados das 3 (três) empresas do estado da Bahia Produto 3.2 Termos de adesão assinados das 3 (três) empresas do estado de Minas Gerais Produto 3.3 Termos de adesão assinados das 3 (três) empresas do estado de Pernambuco Produto 3.4 Termos de adesão assinados das 6 (seis) empresas do estado do Rio de Janeiro Produto 3.5 Termos de adesão assinados das 3 (três) empresas do estado do Rio Grande do Sul Produto 4.1 Relatórios intermediários da implantação das 3 (três) empresas do estado da Bahia Produto 4.2 Relatórios intermediários da implantação das 3 (três) empresas do estado de Minas Gerais Produto 4.3 Relatórios intermediários da implantação das 3 (três) empresas do estado de Pernambuco Produto 4.4 Relatórios intermediários da implantação das 6 (seis) empresas do estado do Rio de Janeiro Produto 4.5 Relatórios intermediários da implantação das 3 (três) empresas do estado do Rio Grande do Sul Produto 5.1 Planos de Negócio entregues das 3 (três) empresas do estado da Bahia; Produto 5.2 Planos de Negócio entregues das 3 (três) empresas do estado de Minas Gerais Produto 5.3 Planos de Negócio entregues das 3 (três) empresas do estado de Pernambuco Produto 5.4 Planos de Negócio entregues das 6 (seis) empresas do estado do Rio de Janeiro Produto 5.5 Planos de Negócio entregues das 3 (três) empresas do estado do Rio Grande do Sul 1,0% 1,0% 1,0% 2,0% 1,0% 7,5% 7,5% 7,5% 15,0% 7,5% 6,5% 6,5% 6,5% 13,0% 6,5% 8.2. O faturamento deverá ser realizado em reais através de pagamentos de valores distintos em função de cada produto a ser entregue, assim programados; 8.3. Em nenhuma hipótese será efetuado o pagamento da fatura com número do CNPJ diferente do que foi apresentado na proposta de preços. 13

14 9. VIGÊNCIA A vigência do Contrato estabelecido terá duração de 14 meses (420 dias) a contar da assinatura do mesmo. 10. GARANTIA CONTRATUAL A Contratada prestará garantia no valor correspondente a 2% (dois por cento) do valor total do Contrato, podendo optar por uma das modalidades: a) caução em dinheiro; b) fiança bancária; ou c) seguro-garantia. 11. OBRIGAÇÕES DA ABDI Prestar informações e esclarecimentos necessários que venham a ser solicitados pela CONTRATADA; Proporcionar todas as facilidades para o andamento dos serviços; Acompanhar, por intermédio de sua área técnica, a execução dos serviços, atestando os documentos da despesa, quando comprovada a execução total, fiel e correta dos serviços ou da parcela a que se referem; Prestar conhecimento à CONTRATADA do(s) nome(s) do(s) funcionário(s) que acompanharão a execução dos serviços contratados; Comunicar à CONTRATADA toda e qualquer ocorrência relacionada com a execução do Contrato; Efetuar o pagamento à CONTRATADA, na forma convencionada já mencionada; Rejeitar, no todo ou em parte, os serviços executados em desacordo com as exigências do Projeto e do Termo de Referência ora apresentado; Exigir o imediato afastamento de qualquer empregado da CONTRATADA, que não mereça sua confiança ou embarace a fiscalização, ou ainda, que se 14

15 conduza de modo inconveniente ou incompatível com o exercício das funções que lhe foram atribuídas; Disponibilizar local e infraestrutura necessária para a realização das atividades que envolvam apresentações; Cumprir o disposto neste Termo de Referência. 12. OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA Cumprir fielmente o Contrato de forma que a prestação de serviços seja realizada com presteza e eficácia, evitando atrasos que prejudiquem as necessidades da CONTRATANTE; Prestar os serviços ora contratados, por meio de pessoal especializado e qualificado, necessária e indispensável à completa e perfeita execução dos serviços, em conformidade com as especificações constantes neste Termo de Referência e de acordo com a legislação em vigor; Submeter-se à ampla fiscalização da CONTRATANTE, por meio dos seus responsáveis legais, a qualquer época; Não é permitido transferir ou distribuir o CONTRATO a outrem, no todo ou em parte, para outras empresas; Somente divulgar informações acerca da prestação dos serviços que envolva o nome da CONTRATANTE, mediante sua prévia e expressa autorização; Cumprir o prazo de execução apresentado neste Termo de Referência; Assumir todo e quaisquer ônus referente a salários, horas extras ou adicionais e demais encargos sociais, relativos aos seus empregados; Substituir no prazo de 24 (vinte e quatro) horas, sempre que exigido, o profissional responsável pelo atendimento à CONTRATANTE, cuja atuação ou comportamento sejam prejudiciais, inconvenientes ou insatisfatórios à disciplina da ABDI; Responsabilizar-se pelos danos causados à ABDI ou a terceiros, por culpa, dolo, negligência ou imprudência de seus empregados; Manter durante toda execução do Contrato, todas as condições jurídicas e qualificações exigidas; 15

16 Comprovar, a qualquer momento, o pagamento de tributos que incidirem sobre a execução dos serviços prestados; Responsabilizar-se por todas as despesas com material, folha de pagamento de pessoal, incluindo equipamentos auxiliares, alimentação, despesas com viagens e hospedagens para seus funcionários; Responsabilizar-se por todas as despesas relativas a seguros, taxas, tributos, incidências fiscais e contribuições de qualquer natureza ou espécie, encargos sociais inclusive aqueles que vierem a ser criados, e quaisquer outros encargos necessários à perfeita execução do objeto deste Termo de Referência. 13. QUALIFICAÇÃO TÉCNICA MÍNIMA DA CONTRATADA E DOS RECURSOS TÉCNICOS ENVOLVIDOS Qualificação Técnica da Contratada A empresa contratada deverá possuir, no mínimo, experiência em 02 (dois) projetos de consultoria para empresas da cadeia Petróleo, Gás e Naval. A comprovação será feita mediante apresentação de contrato específico ou atestado emitido pelo solicitante do serviço Qualificação Técnica da Equipe de Consultores A empresa contratada deverá contar com pelo menos cinco profissionais com experiência e com formação superior conforme descrição a seguir: a) Coordenador do Projeto Qualificações Exigidas 1 - Graduação em Engenharia, Administração ou Economia, comprovada por meio de apresentação de diploma ou certificado de conclusão, em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação; 2 - Experiência profissional mínima de 10 (dez) anos completos em prestação de consultoria em planejamento de negócios e/ou 16

17 desenvolvimento industrial e/ou desenvolvimento tecnológico para empresa(s) da cadeia de Petróleo, Gás e Naval, comprovada por apresentação de Atestado(s) de Capacidade Técnica contendo: detalhamento dos serviços prestados, período de realização, nome da empresa, endereço completo, nome completo do responsável pelas informações, com telefone. 3 - Experiência profissional mínima de duas (duas) coordenações de projetos, com no mínimo dois membros na equipe, de planejamento de negócios e/ou desenvolvimento industrial e/ou desenvolvimento tecnológico para empresas da cadeia de Petróleo, Gás e Naval, comprovada por apresentação de Atestado(s) de Capacidade Técnica emitido pela empresa que contratou os serviços contendo: detalhamento dos serviços prestados, período de realização, nome da empresa, endereço completo, nome completo do responsável pelas informações, com telefone. b) Profissional na Área de Engenharia 1 - Graduação em Engenharia Naval, Mecânica ou Elétrica comprovada por meio de apresentação de diploma ou certificado de conclusão em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação ou Bacharel em Ciências Náuticas Habilitação em Máquinas, comprovada por meio de apresentação de diploma da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante - EFOMM e Qualificações Exigidas 2 - Experiência profissional mínima de 05 anos em consultoria para empresas da cadeia de construção naval e offshore e/ou atuação como empregado no setor naval em área técnica envolvendo engenharia e/ou compras e/ou desenvolvimento de fornecedores, comprovada por apresentação de carteira de trabalho, contrato(s) ou Atestado(s) de Capacidade Técnica contendo: detalhamento dos serviços prestados, período de realização, nome da empresa, endereço completo, nome completo do responsável pelas informações, com telefone. 17

18 c) Profissional na Área de Planejamento Estratégico e de Negócios 1 Graduação em Engenharia, Administração ou Economia, comprovada por meio de apresentação de diploma ou certificado de conclusão em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação; Qualificações Exigidas 2 - Experiência profissional mínima de 5 (anos) anos completos em consultoria para empresas na área de Planejamento Estratégico e/ou de Negócios, comprovada por apresentação de Atestado(s) de Capacidade Técnica contendo: detalhamento dos serviços prestados, período de realização, nome da empresa, endereço completo, nome completo do responsável pelas informações, com telefone e 3 - Experiência profissional mínima de 2 (dois) projetos de consultoria na área de Planejamento Estratégico e/ou Planejamento de Negócios para empresas da cadeia de Petróleo, Gás e Naval, comprovada por apresentação de Atestado(s) de Capacidade Técnica contendo: detalhamento dos serviços prestados, período de realização, nome da empresa, endereço completo, nome completo do responsável pelas informações, com telefone. d) Profissional na Área de Gestão e Organização 1 1 Graduação em Engenharia, comprovada por meio de apresentação de diploma ou certificado de conclusão em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação e Qualificações Exigidas 2 - Experiência profissional mínima de 5 (cinco) anos completos em de consultoria para empresas na área de Produção e/ou de Tecnologia Industrial e Materiais, comprovada por apresentação de Atestado(s) de Capacidade Técnica contendo: detalhamento dos serviços prestados, período de realização, nome da empresa, endereço completo, nome completo do responsável pelas informações, com telefone. 18

19 e) Profissional na Área de Gestão e Organização 2 1 Graduação em Engenharia, Administração, Ciências Contábeis ou Economia, comprovada por meio de apresentação de diploma ou certificado de conclusão em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação e Qualificações Exigidas 2 - Experiência profissional mínima de pelo menos 5 (cinco) anos completos em consultoria ou projetos para empresas na área financeira, comprovada por apresentação de Atestado(s) de Capacidade Técnica contendo detalhamento dos serviços prestados, período de realização, nome da empresa, endereço completo, nome completo do responsável pelas informações, com telefone. 14. DOCUMENTOS PARA HABILITAÇÃO NO CERTAME As licitantes deverão apresentar documentos que comprovem situação de regularidade jurídica, regularidade econômico-financeira, e regularidade fiscal; As licitantes deverão apresentar referente a sua qualificação técnica, no mínimo, experiência em dois projetos de consultoria para empresas da cadeia Petróleo, Gás e Naval, comprovado por meio de Atestados de Capacidade Técnica e/ou Contratos; O(s) Atestado(s) de Capacidade Técnica deverá(ão) ser emitido(s) em papel timbrado do atestante, devendo conter as seguintes informações: a) nome da empresa, endereço completo, nome completo do responsável pelas informações, com telefone da Contratada(a); b) período de realização do trabalho; c) trabalho executado o objeto deve ser descrito detalhadamente, sendo compatível em características e prazos com os serviços a serem contratados, podendo ser comprovado em um ou mais atestados; d) qualificação dos serviços que retrate o bom atendimento da execução do objeto, bem como cumprimento eficiente dos prazos. 19

20 14.4. Declaração de que está ciente dos termos do processo licitatório, e que está capacitado tecnicamente para a execução dos serviços a serem prestados; Declaração de que sendo vencedora do certame tem o compromisso de apresentar, para fins de assinatura do contrato, a formalização de vínculo dos profissionais especializados (que podem fazer parte do quadro societário da empresa, podem fazer parte de seu quadro de funcionários, ou podem ter contratos de trabalho) conforme descrito no item 13.2 e Declaração de que, sendo vencedora do certame, tem o compromisso de apresentar, para fins de assinatura do contrato, os documentos grafados em língua estrangeira, apresentados na licitação, acompanhados da tradução para língua portuguesa, efetuada por Tradutor Juramentado. 15. DA PROPRIEDADE INTELECTUAL A CONTRATADA concorda que os Direitos Patrimoniais Autorais, relativos aos produtos resultantes da prestação de serviços, objeto desse Contrato, são de propriedade exclusiva e valiosa da ABDI, devidamente amparada pela Lei dos Direitos Autorais (Lei nº 9.610/98), respeitados os Direitos Morais do Autor. 16. DO SIGILO A CONTRATADA será expressamente responsabilizada quanto à manutenção de sigilo absoluto sobre os serviços contratados e quaisquer dados, informações, códigos-fonte, artefatos, contidos em quaisquer documentos, ferramentas, programas ou sistemas acessados ou produzidos e em quaisquer mídias, de que venha a ter conhecimento durante a execução dos trabalhos, não podendo, sob qualquer pretexto divulgar, reproduzir ou utilizar, sob pena de lei, independentemente da classificação de sigilo conferida pela ABDI a tais documentos. A CONTRATADA não poderá divulgar quaisquer informações a que tenha acesso ou produzido em virtude dos trabalhos a serem executados ou de que tenha tomado conhecimento em decorrência da execução do objeto, sem autorização, por 20

Projeto Piloto de Desenvolvimento de Fornecedores da Cadeia de Petróleo, Gás e Naval

Projeto Piloto de Desenvolvimento de Fornecedores da Cadeia de Petróleo, Gás e Naval Projeto Piloto de Desenvolvimento de Fornecedores da Cadeia de Petróleo, Gás e Naval Comitê Nacional Comitê Regional Minas Gerais 1 Sumário Objetivo do projeto... 3 Público Alvo... 3 Funding... 3 Justificativa...

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008 CENTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008 Anexo II 1 DO OBJETO 1.1 - Prestação de serviços de suporte técnico assistido

Leia mais

SELEÇÃO PROGRAMA PROCOMPI SEBRAE/CNI/FIEAC PROGRAMA DE APOIO À COMPETITIVIDADE DAS MICRO E PEQUENAS INDÚSTRIAS - PROCOMPI

SELEÇÃO PROGRAMA PROCOMPI SEBRAE/CNI/FIEAC PROGRAMA DE APOIO À COMPETITIVIDADE DAS MICRO E PEQUENAS INDÚSTRIAS - PROCOMPI SELEÇÃO PROGRAMA PROCOMPI SEBRAE/CNI/FIEAC PROGRAMA DE APOIO À COMPETITIVIDADE DAS MICRO E PEQUENAS INDÚSTRIAS - PROCOMPI EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2011 PERFIL: Consultoria Técnica para o Programa de Apoio

Leia mais

APLs como Estratégia de Desenvolvimento: Inovação e conhecimento. CNI e o Projeto de APLs Petróleo e Gás

APLs como Estratégia de Desenvolvimento: Inovação e conhecimento. CNI e o Projeto de APLs Petróleo e Gás APLs como Estratégia de Desenvolvimento: Inovação e conhecimento CNI e o Projeto de APLs Petróleo e Gás Dezembro 2013 Tópicos Cenário P&G Rede de Núcleos de P&G - CNI e Federações Desenvolvimento de APLs

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone:

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone: 55

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

Sistema Indústria. 28 Áreas de atuação 730 Unidades de Operação 4 Milhões de matrícula/ano (2014), mais de 57 milhões de alunos capacitados

Sistema Indústria. 28 Áreas de atuação 730 Unidades de Operação 4 Milhões de matrícula/ano (2014), mais de 57 milhões de alunos capacitados Sistema Indústria CNI 27 Federações de Indústrias 1.136 Sindicatos Associados 622.874 Indústrias SENAI SESI IEL 28 Áreas de atuação 730 Unidades de Operação 4 Milhões de matrícula/ano (2014), mais de 57

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PESQUISA, INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PESQUISA, INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PESQUISA, INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

PROJETO BÁSICO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ACADÊMICOS NA ÁREA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

PROJETO BÁSICO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ACADÊMICOS NA ÁREA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA PROJETO BÁSICO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ACADÊMICOS NA ÁREA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA IMPLEMENTAÇÃO DE PROJETO DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATU SENSO EM EFICIÊNCIA ENERGÉTICA PARA COMPOR O PROGRAMA DE EFICIÊNCIA

Leia mais

ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO RONDÔNIA GERÊNCIA DO PROGRAMA LUZ PARA TODOS

ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO RONDÔNIA GERÊNCIA DO PROGRAMA LUZ PARA TODOS TERMO DE REFERÊNCIA Nº. 002 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE AUDITORIA CONTÁBIL Porto Velho, 24 de Fevereiro de 2014. 1. OBJETO Prestação de serviços especializados em auditoria

Leia mais

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016 CONTRATO Nº 038/2014 MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS O MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS, Estado de Minas Gerais, pessoa jurídica de direito público, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 18.677.633/0001-02,

Leia mais

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços em Assessoria, Consultoria e Treinamento na área de Recursos Humanos. 1. OBJETIVO Os objetivos

Leia mais

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços em Assessoria e Consultoria Tributária para as empresas do Arranjo Produtivo Local. 1. OBJETIVO

Leia mais

2.2 - Prestação de Serviços de Suporte Técnico Assistido

2.2 - Prestação de Serviços de Suporte Técnico Assistido Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2011 1 DO OBJETO 1.1 - Contratação de empresa para o fornecimento de licenças de uso de software SAP, BusinessObjects Enterprise - BOE, com manutenção

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 002 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR

TERMO DE REFERÊNCIA - TR TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 014/2009 ANEXO II 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico assistido ao PRODERJ, sob demanda, para o desenvolvimento e implantação de soluções

Leia mais

Regulamento Estágio Curricular Obrigatório

Regulamento Estágio Curricular Obrigatório Regulamento Estágio Curricular Obrigatório CST em Fabricação Mecânica CST em Gestão de Recursos Humanos CST em Mecatrônica Industrial 1 CAPÍTULO I DA JUSTIFICATIVA E FINALIDADES Art. 1º - O programa de

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE TERMOS DE COOPERAÇÃO Estabelece diretrizes, normas e procedimentos para celebração, execução e prestação de contas

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA A B C D E OBJETO O presente Termo de Referência tem como objeto o fornecimento parcelado de combustíveis à frota dos veículos oficiais do Conselho Regional de Medicina do

Leia mais

VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE

VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE PETROBRAS - REGAP Contagem 19 de outubro de 2011 Iniciativas de Qualificação - PROMINP PROMINP O PROMINP (Programa de Mobilização da Indústria Nacional do Petróleo e

Leia mais

Lei do Audiovisual IN 81 de 2008.

Lei do Audiovisual IN 81 de 2008. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 81, DE 28 DE OUTUBRO DE 2008. Estabelece procedimentos sobre a apresentação de relatórios de gestão e prestação de contas em Programas Especiais de Fomento. A DIRETORIA COLEGIADA

Leia mais

Termo de Referência. Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses.

Termo de Referência. Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses. Termo de Referência Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses. Termo de Referência [OBJETO] 1 Termo de Referência Serviço de envio de mensagens

Leia mais

12/2014 792864/2013 SENAES/MTE CAMP

12/2014 792864/2013 SENAES/MTE CAMP Processo Seletivo Nº. 12/2014 Convênio Nº 792864/2013 SENAES/MTE CAMP Projeto: Fortalecimento e expansão das iniciativas de Fundos Solidários na Região Sul do Brasil. Processo Seletivo objetivando a contratação

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA Ministério das Relações Exteriores Comitê Nacional de Organização Rio+20 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA EDITAL Nº 011/2011 CONTRATAÇÃO

Leia mais

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Dispõe sobre o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico FNDCT, e dá outras providências. O Congresso Nacional decreta: CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º O Fundo Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1. INTRODUÇÃO Este documento contém a descrição dos procedimentos e critérios a serem adotados para avaliação, julgamento e classificação das propostas das licitantes

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO PUBLICAÇÃO DIA 30/10/2011

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO PUBLICAÇÃO DIA 30/10/2011 CRITÉRIOS DE SELEÇÃO PUBLICAÇÃO DIA 30/10/2011 1. VAGA OFERECIDA - CARGO I ADI NS Iniciante - Projeto ABDI - FOCEM Adensamento e Complementação Automotiva e Petróleo e Gás no Âmbito do MERCOSUL (PII- 009/010)

Leia mais

PROGRAMA DE PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE INOVAÇÕES PARA A COMPETITIVIDADE DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS (APL) DO ESTADO DE PERNAMBUCO (PROAPL).

PROGRAMA DE PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE INOVAÇÕES PARA A COMPETITIVIDADE DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS (APL) DO ESTADO DE PERNAMBUCO (PROAPL). 1 BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO REPRESENTAÇÃO NO BRASIL PROGRAMA DE PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE INOVAÇÕES PARA A COMPETITIVIDADE DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS (APL) DO ESTADO DE PERNAMBUCO (PROAPL).

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls. Contrato nº 081/2007 Fls. 1 MINUTA TERMO DE CONTRATO Convite de Preços n.º 081/07 Processo n.º 11784/05 Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DESCUPINIZAÇÃO DO PREDIO E ACERVO DO

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 041/2010 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: CARTEIRA DE LONGO PRAZO O Projeto BRA/06/032

Leia mais

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 11/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA DE EMPRESAS DE MICRO, PEQUENO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /09

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /09 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 013/09 Processo nº 15.384/09 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE 2.000

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da Contratação de Serviços: 1.1 O presente Projeto Básico consiste na contratação de empresa para realizar pesquisas do perfil do turista do evento Natal Luz

Leia mais

AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO GRANDE ABC

AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO GRANDE ABC AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2011 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO DECOLANDO COM GUARULHOS DO GRU AIRPORT - AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO.

REGULAMENTO DO PRÊMIO DECOLANDO COM GUARULHOS DO GRU AIRPORT - AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO. REGULAMENTO DO PRÊMIO DECOLANDO COM GUARULHOS DO GRU AIRPORT - AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO. Artigo 1º - O PROJETO DECOLANDO COM GUARULHOS O Projeto Decolando com Guarulhos é uma parceria entre

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA Outubro de 2013 1 1 OBJETO Prestação de Serviço de Manutenção da licença

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Sustentável de Cadeias Produtivas TERMO DE REFERÊNCIA Nº 003/2015

Programa de Desenvolvimento Sustentável de Cadeias Produtivas TERMO DE REFERÊNCIA Nº 003/2015 Programa de Desenvolvimento Sustentável de Cadeias Produtivas i) Função no Projeto: Projeto ATN/ME-10104 BR TERMO DE REFERÊNCIA Nº 003/2015 Contratação de 01 (um) consultor na modalidade produto ii) Antecedentes

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 001 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC. Processo de Seleção de Empresas. EDITAL nº 2/2015

Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC. Processo de Seleção de Empresas. EDITAL nº 2/2015 Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC Processo de Seleção de Empresas EDITAL nº 2/2015 Brasília, 20 de Novembro de 2015 Apresentação É com satisfação que a Projetos Consultoria Integrada,

Leia mais

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Projeto Básico da Contratação de Serviços: Constitui objeto do presente Projeto Básico a contratação de empresa especializada em serviços de comunicação

Leia mais

Comissão Especial de Licitação Concorrência nº 397/2010 Verificador Independente RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011

Comissão Especial de Licitação Concorrência nº 397/2010 Verificador Independente RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011 RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011 EDITAL DE LICITAÇÃO 1. É dito no item 9.6.3 que os atestados de capacitação técnica a que se refere o item 9.6.1 (I a III) deverão ser fornecidos por

Leia mais

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Projeto Básico da Contratação de Serviços: Constitui objeto do presente Projeto Básico a contratação de empresa especializada em serviços de comunicação

Leia mais

E S P E C I F I C A Ç Õ E S

E S P E C I F I C A Ç Õ E S E S P E C I F I C A Ç Õ E S 1) DO OBJETO: É objeto da presente licitação, a contratação de empresa para Prestação de Serviço de Auditoria externa (independente), compreendendo: 1.1 Auditoria dos registros

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 002/2009 SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE COORDENAÇÃO DO PROJETO Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Relações Institucionais)

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 10/2014 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA TÉCNICA (APOIO TÉCNICO)

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 10/2014 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA TÉCNICA (APOIO TÉCNICO) COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 10/2014 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA TÉCNICA (APOIO TÉCNICO) Tipo: Melhor Técnica O Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM, associação civil

Leia mais

Consultor/a Local Pesquisa OPM Nordeste exceto Bahia e Maranhão

Consultor/a Local Pesquisa OPM Nordeste exceto Bahia e Maranhão PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES CCBB SCES, Trecho 2, Lote 22 Edifício Tancredo Neves, 1º andar Cep 70200-002 Brasília / DF Telefone (61) 3313-7101 Central de Atendimento

Leia mais

EDITAL Nº 0060/2014 UNESCO

EDITAL Nº 0060/2014 UNESCO UNESCO Brasília Office Representação da UNESCO no Brasil EDITAL Nº 0060/2014 UNESCO Produção de dez (10) vídeos para serem disponibilizados na Página Web do Projeto Brasília 2060 PROJETO 914BRA2015 ACORDO

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. Do objeto 1.1. Contratação de 01 (uma) empresa especializada em avaliação econômica para realizar a avaliação econômica do valor da marca BRB. 2. Objetivo 2.1. A presente

Leia mais

Tendo a seguinte vaga de: NÍVEL SUPERIOR PÓS-GRADUAÇÃO Código I Técnico Responsável pela Coordenação Geral do Projeto

Tendo a seguinte vaga de: NÍVEL SUPERIOR PÓS-GRADUAÇÃO Código I Técnico Responsável pela Coordenação Geral do Projeto COTAÇÃO PRÉVIA Nº 01/2012 MELHOR TÉCNICA Técnico Responsável pela Coordenação Geral do Projeto Técnico Responsável pela Gestão Administrativa e Financeira do Projeto A FA - Fundação Araripe, em atendimento

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 033/2015 Termo de Referência 1. OBJETO Renovação de licenças de Solução Corporativa do Antivírus Avast, com serviço de suporte técnico e atualização de versão, manutenção

Leia mais

EDITAL PARA LICITAÇAO PARA A GESTÃO DE CURSOS DE LINGUA E CULTURA ITALIANA DO ISTITUTO ITALIANO DI CULTURA DI SAN PAOLO

EDITAL PARA LICITAÇAO PARA A GESTÃO DE CURSOS DE LINGUA E CULTURA ITALIANA DO ISTITUTO ITALIANO DI CULTURA DI SAN PAOLO EDITAL PARA LICITAÇAO PARA A GESTÃO DE CURSOS DE LINGUA E CULTURA ITALIANA DO ISTITUTO ITALIANO DI CULTURA DI SAN PAOLO 1) Ente Ofertante Istituto Italiano di Cultura di San Paolo Av. Higienópolis, 436

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto 1.1. Contratação de empresa especializada em auditoria de tecnologia da informação e comunicações, com foco em segurança da informação na análise de quatro domínios: Processos

Leia mais

COLETA DE PREÇOS nº 07/2013

COLETA DE PREÇOS nº 07/2013 COLETA DE PREÇOS nº 07/2013 1. PREÂMBULO 1.1. A ASSOCIAÇÃO MUSEU AFRO BRASIL, torna pública a realização de Seleção de Fornecedores na modalidade Coleta de Preços, pelo critério de menor preço, objetivando

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO PROGRAMA PETROBRAS DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS (PFRH) MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO Versão 04/02/2011 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO 2 INTRODUÇÃO 3 MODALIDADES DE

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratação de empresa especializada para serviços de desmontagem, remoção e montagem

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratação de empresa especializada para serviços de desmontagem, remoção e montagem Contratação de empresa especializada para serviços de desmontagem, remoção e montagem de 01 (um) Arquivo Deslizante, com acionamento mecânico, destinados ao armazenamento de documentos e acervos do SEBRAE

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Aprovado pela Resolução nº 01/2013/CONSUP/IFTO, de 7 de março de 2013.

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Aprovado pela Resolução nº 01/2013/CONSUP/IFTO, de 7 de março de 2013. REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Aprovado pela Resolução nº 01/2013/CONSUP/IFTO, de 7 de março de 2013. PALMAS-TO MARÇO 2013 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 2 DA CATEGORIA... 2 FINALIDADE E OBJETIVOS...

Leia mais

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB TERMO ADITIVO AO EDITAL nº 02/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS ALTERAÇÃO DE DATAS E FORMA DE APRESENTAÇÃO DE PROJETOS Apoio: Brasília, 28 de agosto de 2013.

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. IDENTIFICAÇÃO Coordenação: Profª. Ingrid Eleonora Schreiber Jansch Pôrto Centro de Empreendimentos em Informática da

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA Nº 04

TERMO DE REFERENCIA Nº 04 TERMO DE REFERENCIA Nº 04 CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PARA APOIO NA ELABORAÇÃO DE PRODUTO REFERENTE À AÇÃO 02 DO PROJETO OBSERVATÓRIO LITORAL SUSTENTÁVEL - INSTITUTO PÓLIS EM PARCERIA COM A PETROBRAS. Perfil:

Leia mais

4.1. 15 (quinze) dias após a entrega do equipamento e aceite da respectiva nota Fiscal pelo CONTRATANTE;

4.1. 15 (quinze) dias após a entrega do equipamento e aceite da respectiva nota Fiscal pelo CONTRATANTE; TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A LOCAÇÃO DE GERADOR JUSTIFICATIVA PARA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO A realização dos eventos RECGASTRÔ Food Truck no Parque e Mercado do Artesão, ambos no Parque Santana, situado

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 019/08 Processo nº 5935/0/ Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE TERMINAIS DE AUTO ATENDIMENTO Pelo

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS EDITAL 05/2014

PERGUNTAS E RESPOSTAS EDITAL 05/2014 PERGUNTAS E RESPOSTAS EDITAL 05/2014 Atualizado em 10/11/2014 Esta nota tem o objetivo de esclarecer as instituições que pretendam apresentar propostas de projetos ao Edital 05/2014. 1. No que se refere

Leia mais

Integram a presente Solicitação de Cotação os seguintes documentos: Anexo I Termo de Referência Anexo II Modelo de Formulário de Oferta

Integram a presente Solicitação de Cotação os seguintes documentos: Anexo I Termo de Referência Anexo II Modelo de Formulário de Oferta TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CRIAÇÃO DE PROJETO GRÁFICO E EDITORAÇÃO GRÁFICA DE FOLDER TEMÁTICO SOBRE MULHERES JOVENS NEGRAS E INDÍGENAS Prezados Senhoras e Senhores, Brasília, 14

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 041/08 Processo nº 31.744/08 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA SISTEMA

Leia mais

PROJETO IND P&G 6.1 PROMINP. Workshop Desenvolvimento da Cadeia de Fornecedores SP 25/outubro/2011

PROJETO IND P&G 6.1 PROMINP. Workshop Desenvolvimento da Cadeia de Fornecedores SP 25/outubro/2011 PROJETO IND P&G 6.1 PROMINP Workshop Desenvolvimento da Cadeia de Fornecedores SP 25/outubro/2011 AGENDA 1 O SETOR DE PETRÓLEO E GÁS 2 O CONVÊNIO PETROBRAS-SEBRAE 3 GESTÃO E RESULTADOS DOS PROJETOS CENÁRIO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE COLEGIADO PLENO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE COLEGIADO PLENO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE COLEGIADO PLENO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 13/2010 Aprova o Regimento Interno do Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5.

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5. TERMO DE REFERÊNCIA I DO OBJETO 1.1. Contratação de pessoa jurídica especializada para prestação de serviço de limpeza e desinfecção de caixa d água para subseção de Dourados/MS do Coren/MS, conforme as

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO. Constitui objeto deste Termo de Referência a aquisição de 06 (seis) troféus em acrílico.

ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO. Constitui objeto deste Termo de Referência a aquisição de 06 (seis) troféus em acrílico. ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO 1. DO OBJETO Constitui objeto deste Termo de Referência a aquisição de 06 (seis) troféus em acrílico. 2. ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO Item Descrição Quantidade Troféu para o vencedor

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA CAPÍTULO I DA NATUREZA, FINALIDADE E OBJETIVOS

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA CAPÍTULO I DA NATUREZA, FINALIDADE E OBJETIVOS REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA CAPÍTULO I DA NATUREZA, FINALIDADE E OBJETIVOS Art. 1 o. O Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia - NITTEC é um Órgão Executivo

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO - N.º 19651/2012

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO - N.º 19651/2012 SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO - N.º 19651/2012 Prezados Senhores, Brasília, 28 de novembro de 2012. O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD, no âmbito do Projeto BRA/04/044 - Implementação de

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS CONCORRÊNCIA Nº 011/2009

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS CONCORRÊNCIA Nº 011/2009 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS CONCORRÊNCIA Nº 011/2009 1) As licenças ambientais e municipais necessárias para execução das obras (licenças prévias ou de instalação, por exemplo) já foram integralmente

Leia mais

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO Instrumento Particular de Contrato referente ao PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG, que entre si fazem o Serviço Social do Comércio

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12 CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL ESPECIALIZADO

TERMOS DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL ESPECIALIZADO TERMOS DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL ESPECIALIZADO 1. IDENTIFICAÇÃO DO TERMO DE REFERÊNCIA 1.1 UGP Nº 002/ 2012. 2. IDENTIFICAÇÃO DO CONTRATANTE 2.1 Contratante A Secretaria de Desenvolvimento

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

CONTRATO 035/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CONTRATO 035/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONTRATO 035/2014 A Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (FATEC), inscrita no CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, sediada na Cidade Universitária, em Santa Maria /RS, neste ato representada pelo Diretor Presidente,

Leia mais

PROJETO IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA: MODALIDADE PRODUTO

PROJETO IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA: MODALIDADE PRODUTO INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA PROJETO IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA: MODALIDADE PRODUTO 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratar consultoria por produto para formular

Leia mais

PREGÃO Nº 28/2010 PERGUNTAS E RESPOSTAS

PREGÃO Nº 28/2010 PERGUNTAS E RESPOSTAS Pergunta 1 Qual o valor estimado para a contratação? PREGÃO Nº 28/2010 PERGUNTAS E RESPOSTAS Resposta 1 O valor estimado consta do respectivo processo licitatório, que poderá ser consultado no endereço

Leia mais

São convenentes neste instrumento:

São convenentes neste instrumento: CONVÊNIO PARA A IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA SANTANDER UNIVERSIDADES DE MOBILIDADE NACIONAL FIRMADO ENTRE A UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA E O BANCO SANTANDER S/A São convenentes neste instrumento: A UNIVERSIDADE

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO ( IES x ENTIDADE CONCEDENTE)

TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO ( IES x ENTIDADE CONCEDENTE) TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO ( IES x ENTIDADE CONCEDENTE) PARTES ESSENCIAIS: I- QUALIFICAÇÃO DAS PARTE; II- INFORMAÇÕES RELEVANTES; III- CLÁUSULAS; IV- ASSINATURAS: das partes através de seus representantes

Leia mais

TERMO DE ADESÃO. Para participação em Projetos de Promoção de Exportação

TERMO DE ADESÃO. Para participação em Projetos de Promoção de Exportação TERMO DE ADESÃO Para participação em Projetos de Promoção de Exportação A empresa..., de CNPJ n.º..., por seu(s) representante(s) legal(is), adere ao projeto BRAZILIAN PUBLISHERS, proposto à APEX-Brasil

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 42/2012 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 42/2012 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 42/2012 - BNDES Prezada Senhora, Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. EDITAL - Item 4.12.4 inciso I - Qual documento

Leia mais

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO III MODELO DE CONTRATO

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO III MODELO DE CONTRATO CONVITE Nº 01/2012 ANEXO III MODELO DE CONTRATO CONTRATANTE : Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - Senac - Administração Nacional ENDEREÇO : Av. Ayrton Senna, 5.555 TEL.: (21) 2136-5799 BAIRRO

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 071/2015 PROJETO CATAFORTE PLANO CONTÁBIL

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 071/2015 PROJETO CATAFORTE PLANO CONTÁBIL CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 071/2015 PROJETO CATAFORTE PLANO CONTÁBIL A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede em São Bernardo

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR Projeto Básico da Contratação de Serviços: Contratação de empresa para prestação de serviços de consultoria, análise e mapeamento em gestão comercial para a Gramadotur. Dos Fatos:

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PROPRIEDADE INTELECTUAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 06/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PROPRIEDADE INTELECTUAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 06/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PROPRIEDADE INTELECTUAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 06/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone:

Leia mais

1. Objetivos. 1.1. Objetivo geral

1. Objetivos. 1.1. Objetivo geral A Coordenação de Pesquisa e Extensão (COPEX) da Faculdade Metropolitana da Grande Recife, em conjunto com a Direção Acadêmica, abre inscrições aos interessados em cadastrar projetos de pesquisa e extensão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL Projeto BRA 06/024 - PREMEF 1 I. INTRODUÇÃO A missão do Tesouro Nacional é

Leia mais

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica Edital 1/2014 Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica A (PoloSul.org) torna pública a presente chamada e convida os interessados para apresentar propostas de incubação

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada CONSULTA PÚBLICA O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES está preparando processo licitatório para contratação de serviços de consultoria técnica especializada, conforme detalhado

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM SAÚDE CAPÍTULO I DA CATEGORIA E FINALIDADE

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM SAÚDE CAPÍTULO I DA CATEGORIA E FINALIDADE REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM SAÚDE CAPÍTULO I DA CATEGORIA E FINALIDADE Art. 1º O Núcleo de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

PROJETO BÁSICO TGD/005/2006

PROJETO BÁSICO TGD/005/2006 PROJETO BÁSICO TGD/005/2006 PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA PEE CICLO 2005/2006. PROJETO: IMPLANTAÇÃO DE POSTE PADRÃO OBJETO: IMPLANTAÇÃO, COM FORNECIMENTO DE POSTES PADRÃO COM ACESSÓRIOS, EM 2.870 UNIDADES

Leia mais

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 16, DE 8 DE JUNHO DE 2010

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 16, DE 8 DE JUNHO DE 2010 FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 16, DE 8 DE JUNHO DE 2010 Altera a Resolução CD/FNDE nº 64, de 13 de dezembro de 2007, que estabelece os critérios e os

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Conceituação e Objetivos

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Conceituação e Objetivos 1 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Conceituação e Objetivos O Programa de Bolsas de Iniciação Científica da FIAR é um programa centrado na iniciação científica de novos talentos entre alunos

Leia mais