Apresentação Corporativa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação Corporativa"

Transcrição

1 Apresentação Corporativa 1

2 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e suposições de nossa Administração e informações a que a Companhia atualmente têm acesso. Declarações sobre eventos futuros incluem informações sobre nossas intenções, crenças ou expectativas atuais, assim como aquelas dos membros do Conselho de Administração e Diretores da Companhia. As ressalvas com relação a declarações e informações acerca do futuro também incluem informações sobre resultados operacionais possíveis ou presumidos, bem como declarações que são precedidas, seguidas ou que incluem as palavras acredita, poderá, irá, continua, espera, prevê, pretende, planeja, estima ou expressões semelhantes. As declarações e informações sobre o futuro não são garantias de desempenho. Elas envolvem riscos, incertezas e suposições porque se referem a eventos futuros, dependendo, portanto, de circunstâncias que poderão ocorrer ou não. Os resultados futuros e a criação de valor para os acionistas poderão diferir de maneira significativa daqueles expressos ou sugeridos pelas declarações com relação ao futuro. Muitos dos fatores que irão determinar estes resultados e valores estão além da nossa capacidade de controle ou previsão. 2

3 Agenda Visão Geral do Setor Perspectivas Macroeconômicas Crédito Imobiliário Ambiente Competitivo Visão Geral da Companhia Vantagens Competitivas Histórico Modelo de Negócio Desempenho Diversificação Geográfica Escritórios Regionais Banco de Terrenos de Alta Qualidade Parcerias Plataforma Tecnólgica SAP Equipe de Vendas Experiência no Segmento Econômico Desempenho Desempenho Operacional Performance da Ação Cobertura de Analistas RSID3 3

4 Visão Geral do Setor 4

5 Perspectivas Macro-econômicas S&P e Fitch Rating elevam o rating soberano de longo prazo do Brasil para Grau de Investimento. Tendência Econômica Positiva Crescimento do PIB e projeções de juros Maior economia da América Latina Estabilidade econômica, política e social. Grande preocupação em relação à política fiscal Fundamentos econômicos extremamente fortes Inflação sob controle Taxa de desemprego em queda Risco-país em níveis mínimo históricos Dívida externa em níveis baixos Desafio: Crescimento 25,0% 22,5% 20,0% 17,5% 15,0% 12,5% 10,0% 7,5% 5,0% 2,5% 0,0% E 2009E 2010E Crescimento PIB (%) 5

6 Sistema Financeiro Habitacional (SFH) Empregadores FGTS CAIXA ECONOMICA FEDERAL Mutuários SFH Mutuários 65% dos depósitos de Poupança Crédito Imobiliário 80% dos recursos (52% dos depósitos) 20% dos recursos (13% dos depósitos) Empréstimos a Taxas de Mercado Mutuários Depósitos Poupança Bancos Recursos não alocados São reconhecidos ao Bacen e rendem 80% da TR aa 15% dos depósitos de Poupança Reservas Legais 20% dos depósitos de Poupança TR + 10% - 14% Recursos Livres Mutuários *OBS: TR atualmente a 2% a.a. Fonte: ABECIP 6

7 Déficit Habitacional Regional NORTE BRASIL Déficit em unidades % total domicílios 14,90% Déficit em unidades % total domicílios ,90% CENTRO-OESTE Déficit em unidades % total domicílios ,00% NORDESTE Déficit em unidades % total domicílios ,60% SUDESTE Déficit em unidades % total domicílios ,20% SUL Déficit em unidades % total domicílios ,40% 7

8 Demanda Potencial no Brasil Muito dependente dos níveis dos juros e dos prazos de financiamento Demanda Potencial: + 7 milhões de famílias + 148% de aumento 10% > R$ ,7 milhões de famílias 24% > R$ ,7 milhões de famílias 39% R$ < x > R$ ,0 milhões de famílias 25% R$ < x > R$ ,0 milhões de famílias 51% < R$ ,9 milhões de famílias 51% < R$ ,9 milhões de famílias Cenário Projetado Fonte: UBS Research Valor Médio R$mm = 110 Juro Real Crédito Imobiliário = 13% Prazo (anos) = 10 Prestação mensal = 1,7 Comprometimento de renda = 35% Renda mensal (R$ mil) = 4,8 Valor Médio R$mm = 110 Juro Real Crédito Imobiliário = 8% Prazo (anos) = 30 Prestação mensal = 0.8 Comprometimento de renda = 35% Renda mensal (R$ mil) = 2.2 8

9 Crédito Imobiliário...histórico Praticamente inexistente no passado... enorme potencial de crescimento nos próximos anos Unidades Financiadas através dos recursos de caderneta de poupança SFH (em unidades)* * Fonte: Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) 9

10 Crédito Imobiliário como % do PIB Brasil está bem atrasado...perspectiva que crédito imobiliário seja 10% do PIB em 5 anos 90% 84% 82% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 51% 42% 39% 34% 33% 32% 30% 20% 10% 0% 17% 14% 12% 11% 10% 9% 7% 5% 4% 3% 2% 2% 2% 2% 1% 0% 10 Reino Unido Australia Alemanha Taiwan Hong Kong África do Sul Japão Singapura Malásia Tailândia Chile Hungria República Tcheca China México Polônia Bulgaria Cazaquistão Colômbia Peru Indonésia Brasil Argentina Rússia Filipinas Fonte: Banco Central, UBS Research

11 Crédito Imobiliário Hoje Valor Máximo Financiado: Em geral, limitado a R$ 350m com recursos do SFH; sem limite for a do SFH % Financiado: Pode chegar a 80% (SFH), variando de instituição para instituição Prazos de Financiamento: Em geral, até 360 meses (30 anos) em todos os bancos do sistema Taxas de Juros: Variam entre 6% e 16% a.a. recomenda-se pesquisar bastante antes de contrair um financiamento Valor Máximo Financiado % Financiado Prazos de Financiamento Taxas de Juros a.a. < = R$350m < = 80% 240m (SFH) TR ,5% < = R$350m 80% - 100% 360m (SFH) TR % Sem limite < = 80% 360m (SFH) TR % < = R$250m < = 80% 300m (SFH) TR % 30 anos Setembro de 2007 < = R$350m < = 80% 360m (SFH) TR + 7,95-14% < = R$350m < = 80% 360m (SFH) TR ,5% < = R$350m < = 80% 360m (SFH) TR % Sem limite < = 80% 300m (SFH) TR % Fonte: Banco Central, ABECIP 11

12 Ambiente Competitivo Cenário Atual Mercado de Capitais Novos recursos levantados supera R$ 20 bilhões em 2006 e 2007 Novas ofertas foram adiadas devido a falta de liquidez global Recursos adicionais serão necessários para algumas empresas: longo ciclo produtivo e intenso uso de capital Aquisição de Terrenos Áreas nobres adquiridas em dinheiro Donos de terreno com todo o upside de preço em 2007 algumas regiões registraram aumento de 30% nos preços 2008: preço do terreno com tendência a estabilização Permuta difícil em centros urbanos, mas disponível em diversas regiões Parcerias com vários mercados Nordeste vivendo grande crescimento...maiores do setor indo p/ lá Crescimento regional c/ parceiros locais é a estratégia a se seguir Consolidação em curso maiores do setor selando parcerias c/ locais Menos espaço para as médias capital é barreira p/ crescimento Grande Crescimento de Lançamentos Crescimento significativo dos lançamentos em 2007 Alto nível das vendas reflete a forte demanda Aumento da disponibilidade de crédito imobiliário Expansão Regional deve turbinar o desempenho geral das empresas 12

13 Visão Geral da Companhia 13

14 Histórico A Rossi Residencial é hoje o principal ativo detido pelo Grupo Rossi Fundação da Rossi Residencial com foco nos segmentos de médio e alto padrão em SP Abertura dos escritórios regionais de Porto Alegre e Campinas Lançamento de um novo conceito de moradia: Villa Flora Adesão ao Nível I de Governança Corporativa da Bovespa Lançamento do Plano 100 com foco nos segmentos de baixa renda país afora IPO das ações ordinárias (ON) na Bovespa Aquisição da America Properties presença nos segmentos comercial, e de média-alta renda Oferta Subseqüente de ações (R$1bilhão) Novo Mercado 14

15 Composição Acionária Pré-Oferta: Fevereiro ,53% Free Float Pós-Oferta (1) Tesouraria 0,90% Acionistas Controladores 91,47% Controlling 55,69% Free Shareholders Float 43,41% Acionistas Free Float Controladores ações ações Atualmente o free float é de 55,69% 15

16 Modelo de Negócios: Eficiência na necessidade de Capital de Giro Permutas (66%) Redução do custo de oportunidade Melhora acentuada na TIR dos negócios Desembolsos de caixa decrescentes Construção parcialmente financiada pelos prestamistas 10% do preço de venda em caixa antes do início das obras 33% do preço de venda em caixa até a entrega das chaves Perto de 60% das unidades vendidas antes do início das obras Financiamento à construção (SFH (1) c/ custo de TR + 10,5% a.a.) Custo de construção travados: prestações mensais são reajustadas pela inflação dos materiais de construção (INCC) (2) Repagamento do financiamento à produção via repasse dos recebíveis gerados pelo projeto financiado Venda em caráter definitivo, sem direito de regresso Fluxo de caixa livre ( troco ) reinvestido em novo projeto (1) Sistema Financeiro da Habitação: TR a 2.0% a.a. em 2007 (2) Índice Nacional da Construção Civil: Índice que mede inflação dos materiais de construção 16

17 Etapas de um Projeto Padrão Securitização (bancos / companhias securitizadoras) é nossa estratégia de saída dos recebíveis Aquisição de Terrenos Lançamento Comercial Início das Obras Entrega das Chaves Securitização Prospecção de Terrenos Pesquisa de Mercado Viabilidade Financeira Desenvol. do Produto Aprovações Legais Registros Campanha Publicitária Estratégia de Vendas Projeto Prefeitura Aprovação Financiamento Vendas Credit Score Administração da Carteira Projetos Executivos Contratação de Financiamento Construção Gestão dos Recebimentos Vendas Intermediar Financiamento a Clientes Enquadramento para Repasses Bancários (até 30 anos) Securitização - até 30 anos 17

18 Entrada de Caixa vs. Receitas Média de pagamento até as chaves = 33% do preço de venda* Lançamento Launch Incorporação Go Confirmada Ahead Entrega Key das Delivery Chaves Securitização 0M 6M Construção Construction 12M 18M 24M 30M 36M Vendas Acumuladas 0% 40% 60% 80% 90% 95% 100% % Recebimento de Caixa** 0% 6% 10% 15% 20% 25% 100% * Levando em consideração a distribuição do landbank atual ** Baseado no fluxo de caixa de um projeto na faixa de preço entre 120m-200m Faixa de Preço em R$ % Até 120m 120m-200m 200m-350m m-500m 40 Acima de 500m 50 Comercial 45 18

19 Fluxo de Caixa de um Projeto Padrão % do custo da obra já incorrido 80% das unidades vendidas Custo da construção(cc) = 50% das vendas Financiamento a Construção = 80% do custo Financiamento Total = 40% das vendas (50) (300) Compra do Terrreno Lançamento Comercial Início das Obras Término das Obras Entrega das Chaves Securitização Meses (550) (800) (1.050) (1.300) (1.550) (1.800) (2.050) (2.300) (2.550) Investimento financiado com capital próprio Uso intensivo do capital para gerar crescimento Com financiamento a construção Sem financiamento a construção 19

20 Excelente Histórico Um dos mais expressivos históricos do setor imobiliário brasileiro Projetos Torres Condomínios Verticais Condomínios Horizontais Condomínios Uso Misto Unidades Área Total em m 2 Volume Geral Lançado Canteiros Projetos em Contrução Número de Projetos 107 Número de Unidades Área Total em m * Em 31 de março de 2007 Entregues Número de Unidades Área Total em m Projetos

21 Sucessos Recentes Projetos com alto desempenho de vendas em curto período de tempo ALTO-PADRÃO Localização Vendas Área útil Eternity Mar 2005 São Paulo - SP 24 unid. R$ 50 MM 355 m 2 DESEMPENHO 100% vendido 1 ano após lançamento MÉDIO-ALTO Localização Vendas Área útil Victoria Bay Jan 2007 Vitória - ES 269 unid. R$ 89 MM m 2 DESEMPENHO 269 unid. vendidas em 3 dias 2º projeto de sucesso na cidade MÉDIO Localização Vendas Área útil Residencial Club Tuiuti Out 2004 São Paulo - SP 624 units R$ 138 MM m 2 DESEMPENHO 616 unid. Vendidas em 90 dias Referência de Condomínio-Clube ECONÔMICO Localização Vendas Área útil Avalon Fase 1 Mar 2007 Campinas - SP 118 unid. R$ 14 MM m 2 DESEMPENHO 100% vendido em 1 final de semana Projeto será repicado 21

22 Vantagens Competitivas 22

23 Diversificação geográfica Diversificação elemento chave de diferenciação de nossa estratégia de médio - longo prazo Parcerias Locais Escritórios Regionais Diversificação Estruturação da Marca Combustível natural para gerar perspectivas positivas de crescimento Acesso imediato a banco de terrenos altamente qualificado Acesso a serviços de construção locais de alto desempenho Banco de Terrenos diversificado: 4-5 anos de VGV em carteira Pavimentando o caminho para aprovações mais rápidas Real Estate é um negócio LOCAL esteja perto dos seus mercados Entender a demanda local chave para ter sucesso nos projetos Pesquisas de mercado local otimizam concepção do produto Rossi está criando uma marca nacional, mas com características locais Pensamos a nível local 24 horas por dia, 7 vezes por semana Cobertura de todos segmentos de renda através da marca Rossi Cobertura Geográfica: 52 cidades em 14 estados brasileiros Vantagens Competitivas no baixa renda: 27,000 unidades entregues (precificadas em até R$ 100M) Carteira imobiliária com mais de 100 produtos na prateleira Exposição de marca via presença local e inteligência de produto Pilar de sustentação para uma estratégia vencedora adiante Rossi se vende cumprindo as necessidades dos mercados locais Estratégias de marketing e vendas a nível local geram alta velocidade de vendas dos nosso empreendimentos 23

24 54 Cidades Regional São Paulo (RSP) São Paulo Cotia Guarujá Guarulhos Jacareí Mogi das Cruzes Osasco Praia Grande Santana de Parnaíba Santo André Santos São Bernardo do Campo São Caetano do Sul São José dos Campos São Paulo Mato Grosso do Sul Campo Grande Regional Belo Horizonte (RBH) Minas Gerais Belo Horizonte Nova Lima Uberlândia Distrito Federal Brasília Goiás Goiânia Regional Sul (RPOA) Paraná Curitiba Santa Catarina Florianópolis São José Rio Grande do Sul Canoas Novo Hamburgo Porto Alegre São Leopoldo Regional Rio de Janeiro (RRJ) Rio de Janeiro Búzios Niterói Nova Iguaçu Rio de Janeiro Volta Redonda Espírito Santo Serra Vila Velha Vitória Minas Gerais Juiz de Fora Bahia Lauro de Freitas Salvador Regional Nordeste (RNE) Ceará Fortaleza Pernambuco Recife Rio Grande do Norte Natal Regional Oeste Paulista (ROP) São Paulo Marília Ribeirão Preto São Carlos São José do Rio Preto Regional Campinas (RCPS) São Paulo Campinas Indaiatuba Jaguariúna Paulínia Piracicaba Sorocaba Sumaré Valinhos Votorantim 24

25 Parcerias Parcerias com incorporadoras locais Regional Nordeste Costa Andrade Diagonal Gabriel Bacelar Grupo Fator Regional Oeste Paulista Tarraf Regional Campinas GNO Direcional Cristais Prado Splice Regional Sul Thá JL Tedesco Melnick Regional Belo Horizonte Alicerce Atrium Tropical Regional Rio de Janeiro SCON DECTA Cittá Metron Regional São Paulo JBianchi MZM Montante Paulo Mauro 25

26 Diversificação Geográfica Vantagem Competitiva Sustentável no Longo Prazo: Construindo Inteligência Local (1) 1980 São Paulo (2) 1996 Campinas (3) 1999 Porto Alegre (4) 2001 Rio de Janeiro (5) 2006 Belo Horizonte (6) 2007 Fortaleza (7) 2007 Oeste Paulista Escritórios Regionais (7) Presença Geográfica 54 cidades em 14 estados brasileiros 4 novos estados em prospecção 56 parcerias RR AP 6 AC AM RO MA PA TO MA PI BA CE RN PB PE AL SE GO MS PR SP MG RJ ES SC 3 RS 26

27 Banco de Terrenos Banco de Terrenos distribuído em 129 cidades, nenhuma concentração. 12,7 milhões de m 2 em área a construir lançamentos futuros (em unidades) a 5 anos de VGV em casa para futuros lançamentos VGV Potencial (100%): R$ 15,2 bilhões Participação Rossi: R$ 10,7 bilhões Banco de terrenos 1T08 Total Movimentação Final 4T07 VGV Lançamento 1T08 Originação 1T08 Final 1T08 VGV em R$ milhões Total Rossi (268) (178) Método de Aquisição Caixa 34% Swap Financeiro 21% Swap por unidade 45% T07 3T07 4T07 1T08 Parceiros Rossi 27

28 Banco de Terrenos : VGV Potencial Foco nos segmentos de baixa-média renda - 70% das unidades < R$ 350 mil Land Bank 1T08 (em R$ milhões) - VGV por Regional e por Segmento Regional até a a a acima Comercial Loteamento Total % São Paulo % Campinas % Oeste Paulista % Rio de Janeiro % Sul % Belo Horizonte % Nordeste % Centro Oeste % Total % Distribuição 18% 17% 35% 12% 11% 2% 5% 100% 28

29 Banco de Terrenos Vamos continuar focando nas camadas de baixa e média renda...nosso DNA Segmentação Por Regional Segmentação por Preço e por Produto 1% 4% 10% 20% 28% 19% 16% 1% Belo Horizonte Nordeste Campinas Sul São Paulo Rio de Janeiro Oeste Paulista Centro Oeste 12% 2% 11% 5% 35% 18% 17% Até R$ 120,0 mil De R$ 120,1 mil a R$ 200,0 mil De R$ 200,1 mil a R$ 350,0 mil De R$ 350,1 a R$ 500,0 mil Acima de R$ 500,1 mil Comerciais Loteamento R$ milhões VGV - Duration 3500 VGV por ano e depois 29

30 Plataforma Tecnológica SAP Primeira empresa do setor a implantar o sistema SAP Essencial para continuidade do crescimento Informação integrada permite visão consolidada da companhia Ferramenta para controle financeiro e operacional de projetos Suporte ao processo de decisão GRÁFICO DE COTAÇÃO E PREÇO RENEGOCIAÇÃO CONTRATUAL MATERIALS FORNECEDORES FLUXO DO PROJETO FLUXO DE PAGAMENTOS 30

31 Plataforma Tecnológica SAP Módulo Financeiro Histórico de todos os dados contábeis Fluxo de caixa oline de curto prazo / longo prazo Securitização da carteira: simulação, planejamento, e controle de recebíveis Módulo de Controle Controle de custos, ordens e projetos Contabilidade externa e interna Rentabilidade e análise do progresso baseado por projeto Gerenciamento do orçamento anual por departamento Módulo de Projeto e Fornecedores Planejamento, orçamento, e execução do projeto (obras) em um mesmo ambiente; Análise do fluxo físico e financeiro de um projeto Planejamento de pedidos de materiais Obtenção do fluxo de caixa através de dados históricos apropriados para cada tipo de projeto e operação Identificação de desvio de orçamento no momento do pedido a fornecedores Gerenciamento de Vendas e Contratos Avaliação online da proposta financeira dos clientes (credit-scoring) SAC central de atendimento centralizada, com controle de tarefas por fluxo de projeto BW Business Warehouse Acesso a informação de alta qualidade. Suporte sofisticado ao processo de decisão, com opção de simulação (variáveis: velocidade de vendas, calendário de lançamentos, calendário de pagamentos ) 31

32 Equipe de Vendas Rossi Vendas Rossi Vendas São Paulo - Vendas contratadas mensais na casa de R$ 20milhões Rossi Vendas Foco no estoque 6 meses pós-lançamento Interface valiosa para melhor monitorar CRM, incrementando nosso relacionamento com o cliente Testamos o modelo para São Paulo...iniciamos investimentos no Rio de Janeiro e Porto Alegre... devemos estender o modelo por todos nossos escritórios regionais Principais atividades como foco: Estoques (6m pós-lançamento): foco total no estoque em obras visando não acumular estoque de prontos Canal de vendas internet: veículo virtual com corretores treinados para assessorar clientes online Distribuição das Vendas por Corretor ,4% 8,0% 7,1% 2,3% 3,2% 3,9% 4,4% Rossi Vendas SP 6,7% 12,7% 10,4% 13,5% 8,4% Outros Abyara Basimóvel Capucci Bauer Dirani Liga Vitória Lopes - SP Thá Mendes Ortega Lopes - RJ Real 32

33 Experiência no Segmento Econômico VILLA FLORA PRAÇAS RESIDENCIAIS PRÉDIOS VERTICIAS 33

34 VILLA FLORA PRAÇAS RESIDENCIAIS PRÉDIOS VERTICIAS 34

35 VILLA FLORA 35

36 VILLA FLORA Unidades de 46 a 115 m² Unidades a partir de R$ Preço de venda R$/m 2: Prestação mensal a partir de R$ 183 durante a obra Prestação mensal a partir de R$ 481 após a entrega das chaves 36

37 VILLA FLORA PRAÇAS RESIDENCIAIS PRÉDIOS VERTICIAS 37

38 PRAÇAS RESIDENCIAIS Unidades de 50 a 82 m² Unidades a partir de R$ Preço de venda R$/m 2 : Prestação mensal a partir de R$ 252 durante a obra Prestação mensal a partir de R$ 662 após a entrega das chaves 38

39 Apresentação Corporativa MODELO 39

40 VILLA FLORA PRAÇAS RESIDENCIAIS PRÉDIOS VERTICAIS 40

41 VERTICAL Unidades de 46 a 62 m² Unidades a partir de R$ Preço de venda R$/m 2 : Prestação mensal a partir de R$ 312 durante a obra Prestação mensal a partir de R$ 821 após entrega de chaves 41

42 Banco de Terrenos VILLA FLORA PRAÇAS RESIDENCIAIS VERTICAL TOTAL: R$ 5,0 bilhões em VGV 42

43 VGV POR ANO Em R$ milhões Segmento Econômico ,3% 30,0% 40,0% E 2009E 43

44 Entrada de Caixa vs. Receitas Segmento Econômico Média de pagamento até as chaves = 23% do preço de venda* Lançamento Launch Go Incorporação Confirmada Ahead Entrega Key Delivery das Chaves Securitização Construção Construction 0M 6M 12M 18M 24M Vendas Acumuladas 0% 60% 90% 95% 100% % Recebimento de Caixa ** 0% 8% 13% 23% 100% * Financiamento da distribuição do banco de terrenos ** Baseado no fluxo de caixa de um projeto na faixa de preço até 120m Faixa de preço em R$ % Até120m m-200m m-350m m-500m 40 Acima de 500m 50 Comercial 45 44

45 Desempenho 45

46 2007 Destaques Lançamento de 52 empreendimentos em 2007 VGV parte Rossi R$ 1,98 bilhão Vendas contratadas crescem 114% em 2007 Parte Rossi R$ 1,25 bilhão Receita Líquida alcança R$ 733 milhões EBITDA atinge R$ 132 milhões Margem EBITDA 18,0% Lucro líquido atinge R$ 131 milhões em 2007 Margem líquida 17,9% Velocidade de Venda sobre Oferta (VSO ajustado) de 58% Expansão Geográfica 52 cidades em 14 estados Em 2007 apresentamos resultados dentro do guidance divulgado ao mercado R$ milhões Projetado para 2007 Realizado em 2007 Receita Líquida Lançamentos (VGV) - % Rossi Vendas Contratadas - % Rossi Margem Bruta (%) ,2% Margem EBITDA (%) ,0% 46

47 Lançamentos em R$ milhões Sócios Rossi +113% % T07 1T08 Em R$ por faixa de preço em 2007 Em unidades por faixa de preço em ,9% 5,9% 10,0% 16,7% 30,2% 30,3% Até R$ R$ a R$ R$ a R$ R$ a R$ Acima de R$ Comercial 14,0% 14,6% 6,7% 17,0% 20,1% 27,6% 47

48 Vendas Contratadas em 2007 R$ milhões +116% % Sócios Rossi T07 1T08 Em R$ por faixa de preço em 2007 Em unidades por faixa de preço em ,1% 13,2% 6,4% 7,1% 38,2% 14,9% Até R$ R$ a R$ R$ a R$ R$ a R$ Acima de R$ ,6% 8,1% 8,0% 33,4% 17,1% 21,7% Comercial 48

49 Destaques Financeiros 1T08 (em R$ milhões) Receita Líquida 733 Lucro Bruto e Margem Bruta ,6% ,8% T07 1T T07 1T08 EBITDA e Margem EBITDA ,6% Lucro Líquido e Margem Líquida ,7% 10,8% ,5% T07 1T T07 1T08 49

50 Endividamento (em R$ milhões) Resultados a apropriar Endividamento Total: R$ 480,8 milhões 372,5 409,0 35,5% 35,1% 15% 21% Financiamento a Construção CP Debentures 4T07 Resultados a apropriar 1T08 Margem Bruta REF 64% Financimanto a Construção LP Disponibilidades: R$ 119,8 milhões 1,0% 17,2% Caixa e bancos Investimentos de CP Investimentos de LP 81,9% Dívida Líquida: R$ 361,0 milhões Patrimônio Líquido: R$ 1.084,2 milhões Linha Stand by Bradesco R$ 200 milhões Debêntures R$ 300 milhões 50

51 RSID3-2007/ 2008 R$ / Ação S&P eleva 30,00 classificação do Rating do Brasil (30/04) 27,50 25,00 Rossi passa a integra a carteira do Ibovespa (02/05) R$ MM 120,00 100,00 22,50 20,00 80,00 17,50 60,00 15,00 12,50 40,00 10,00 7,50 20,00 5,00 0,00 Fonte: Bloomberg 3 de março Ibovespa RSID3 Média diária de negociação 51

52 Instituição Analista Contato UBS Pactual Credit Suisse Bradesco JP Morgan Guilherme Vilazante Gordon Lee Marcelo Telles Vanessa Quirog Carlos Firetti Marcos Suzaki Adrian Huerta Somesh Agarwal Bulltick Rafael Pinho Santander Marcello Milman Gonzalo Fernández BB Investimentos Antonio Emilio Ruiz Unibanco Carlos Macedo Merrill Lynch Deutsche Bank Citigroup Apresentação Corporativa Alexandre Miguel Carlos Peryrelongue Esteban Polidura Dan McGoey Michelle Dorea Cecília del Castilio Rodrigo Villanueva Bravo Banco Fator Renato Pinto Itaú Tomas Awad Goldman Sachs Jason B. Mollin Raymond James Conrado Vegner 52

53 Porquê Rossi? Vantagens competitivas no setor: crescimento via processos Diversificação Inteligência e Musculatura para investir em diversos (as): Regiões geográficas (atualmente em 54 cidades em 14 estados) Mercados (exposição a todos os segmentos de renda) Produtos (carteira com mais de 100 produtos na prateleira) Management Experiente Principais executivos com mais de 25 anos de bagagem no setor Forte conhecimento em administrar negócios em vários mercados Totalmente focado e orientado em implementar e executar a estratégia de negócios da empresa no cenário de longo prazo Tecnologia SAP totalmente implantada Inteligência em baixa renda Negócio amplamente guiado por processos Operação nacional 100% integrada ao back-office (vendas, financeiro, contabilidade, jurídico, engenharia) Capacidade atual para administrar carteira com 30,000 clientes ativos Reporting extremamente ágil e rápido unidades (< R$100m) entregues: Plano 100, Vida Nova, V.Flora Vasta experiência em administrar carteiras de baixa renda Profundo conhecimento dos processos construtivos e de engenharia Grande exposição ao baixa renda no passado liderança no futuro Gerenciamento de risco de crédito 100% desenvolvido em casa 53

54 Equipe de RI Sergio Rossi Cuppoloni Diretor de Relações com Investidores Tel. (55 11) Maria Claudia Biolchini Gerente de Relações com Investidores Tel. (55 11)

55 55

Resultados 1T09. Relações com Investidores

Resultados 1T09. Relações com Investidores Resultados 1T09 Relações com Investidores Teleconferência sobre os resultados do 1T09 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores Resultados 3T10 e 9M10 12/11/2010 > Relações com Investidores 1 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e

Leia mais

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico Resultados 2T10 Villa Flora Segmento Econômico 1 Resultados 2T10 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base

Leia mais

Apresentação Corporativa. Dezembro/2010 > Relações com Investidores

Apresentação Corporativa. Dezembro/2010 > Relações com Investidores Apresentação Corporativa Dezembro/2010 > Relações com Investidores Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base

Leia mais

Apresentação. Junho 2009

Apresentação. Junho 2009 Apresentação Corporativa Junho 2009 Apresentação corporativa Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e suposições

Leia mais

Abertura e Destaques 4T09 e 2009

Abertura e Destaques 4T09 e 2009 25 de Março de 2010 Abertura e Destaques 4T09 e 2009 Comentário de Abertura CEO Ricardo Valadares Gontijo Breve Histórico IPO Mercado em 2009: Programa Minha Casa, Minha Vida Estratégia Crescimento da

Leia mais

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010 Apresentação dos resultados do & Março/2010 Destaques & DESTAQUES OPERACIONAIS DO E VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS ATINGIRAM R$753 MILHÕES NO E R$2,67 BILHÕES EM, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE 47% EM RELAÇÃO

Leia mais

Apresentação dos Resultados de 2T07. 15 de agosto de 2007

Apresentação dos Resultados de 2T07. 15 de agosto de 2007 Apresentação dos Resultados de 2T07 15 de agosto de 2007 1 Equipe da Cyrela Brazil Realty Diretor Presidente Elie Horn Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Luis Largman Diretor de Controle

Leia mais

Resultados do 1T09. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008

Resultados do 1T09. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008 Resultados do 1T09 Teleconferência de Resultados Lançamentos de 2008 Felice (Nova Lima-MG) Beach Park Wellness Resort (Aquiraz-CE) ViVer Zona Sul (Porto Alegre-RS) Viver São J. Pinhais (São J. Pinhais-PR)

Leia mais

As transformações do ambiente de negócios e o impacto sobre a estratégia e gestão de empresas do mercado de construção. (ênfase no mercado

As transformações do ambiente de negócios e o impacto sobre a estratégia e gestão de empresas do mercado de construção. (ênfase no mercado As transformações do ambiente de negócios e o impacto sobre a estratégia e gestão de empresas do mercado de construção. (ênfase no mercado imobiliário) Experiente, inovadora, diversificada Assim é a Rossi.

Leia mais

Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005. Praça Capital - Campinas

Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005. Praça Capital - Campinas Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005 Praça Capital - Campinas 1 Setor imobiliário Oportunidade de investimento Fator de Risco Crédito Renda Tendência Crescimento da oferta Crescimento

Leia mais

Resultados do 1T06 Teleconferência

Resultados do 1T06 Teleconferência Resultados do 1T06 Teleconferência 0 Considerações Iniciais AVISO - INFORMAÇÕES E PROJEÇÕES O material exibido é uma apresentação de informações gerais de antecedentes da Rossi Residencial S.A. na data

Leia mais

Helbor Empreendimentos

Helbor Empreendimentos Helbor Empreendimentos Aviso Legal Esta apresentação pode conter certas afirmações que expressam expectativas, crenças e previsões da administração da Helbor sobre eventos ou resultados futuros. Tais afirmações

Leia mais

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados Resultados do 2T09 Teleconferência de Resultados Destaques do 2T09 2 Destaques do 2T09 em linha com a estratégia geral da Companhia Nossas conquistas do 2T09 são refletidas nos resultados da Companhia

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09. Agosto/2009

Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09. Agosto/2009 Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09 Agosto/2009 Destaques 2T09 & 1S09 DESTAQUES OPERACIONAIS 2T09 VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS PRO RATA PDG REALTY DE R$710 MILHÕES, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE

Leia mais

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011 Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011 Agosto, 2011 2 Destaques Operacionais DESTAQUES OPERACIONAIS DO 2T11 & 1S11 2T11 LANÇAMENTOS PRO RATA PDG ALCANÇARAM R$2,05 BILHÕES NO 2T11, REPRESENTANDO

Leia mais

Apresentação Corporativa

Apresentação Corporativa Apresentação Corporativa Apresentador Marco Antonio Mattar Vice Presidente, CFO e DRI - Sócio da Incosul desde 1987 - CFO e COO da Incosul por 18 anos - Membro do Conselho da Paramount Lansul Disclaimer:

Leia mais

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009 1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados 14 de Maio de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011. Novembro, 2011

Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011. Novembro, 2011 Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011 Novembro, 2011 2 Destaques & Eventos Recentes PDG é eleita melhor empresa da América Latina no Institutional Investor Awards 2011; Extensão do contrato

Leia mais

PDG Realty Apresentação Corporativa

PDG Realty Apresentação Corporativa PDG Realty Apresentação Corporativa AGENDA QUEM SOMOS; VISÃO GERAL; DIVERSIFICAÇÃO GEOGRÁFICA; RESULTADOS; EXPOSIÇÃO AO SEGMENTO ECONÔMICO; PROGRAMA "MINHA CASA MINHA VIDA; CONTATOS. 2 AGENDA QUEM SOMOS;

Leia mais

3T12 PRÉVIA OPERACIONAL COMUNICADO AO MERCADO DIRECIONAL ALCANÇA RECORDE DE R$ 543 MILHÕES DE LANÇAMENTOS E R$ 558 MILHÕES DE VENDAS NO 3T12.

3T12 PRÉVIA OPERACIONAL COMUNICADO AO MERCADO DIRECIONAL ALCANÇA RECORDE DE R$ 543 MILHÕES DE LANÇAMENTOS E R$ 558 MILHÕES DE VENDAS NO 3T12. Belo Horizonte, 02 de outubro de 2012 - A Direcional Engenharia S.A., uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares de grande porte e

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Av. Paulista -SP Eco s Natureza Clube- SP UP Residence Macaé (RJ) Porto Pinheiros- SP Terraço Empresarial Jd Sul - SP Set Cabral -Curitiba Connect Campos de Goytacazes(RJ) In

Leia mais

Brookfield Incorporações S.A. Resultados do 4T11 14 de março de 2012

Brookfield Incorporações S.A. Resultados do 4T11 14 de março de 2012 Brookfield Incorporações S.A. Resultados do 4T11 14 de março de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações sobre o futuro que estão sujeitas a riscos e incertezas. Estas são apenas projeções

Leia mais

CEO Conference Março 2009

CEO Conference Março 2009 CEO Conference Março 2009 Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações materiais

Leia mais

4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados. 13 de Fevereiro de 2008

4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados. 13 de Fevereiro de 2008 4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados 13 de Fevereiro de 2008 Aviso Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Panorama do Mercado Imobiliário Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Município de São Paulo Lançamentos Residenciais Mun. de São Paulo Mil Unidades Média = 31,7 22,6 24,9 25,7 39,0 34,5 31,6 38,2

Leia mais

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 AVISO Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11 / FY2011. Teleconferência de Resultados 2 de abril de 2012

Apresentação de Resultados 4T11 / FY2011. Teleconferência de Resultados 2 de abril de 2012 Apresentação de Resultados 4T11 / FY2011 Teleconferência de Resultados 2 de abril de 2012 Destaques Desempenho Operacional Destaques Operacionais (R$ milhões) 2009 2010 2011 Lançamentos (% Viver) 142 802

Leia mais

Setor de Incorporadoras no Brasil. Junho, 2012

Setor de Incorporadoras no Brasil. Junho, 2012 Setor de Incorporadoras no Brasil Junho, 2012 Agenda Mercado Imobiliário Brasileiro - 2011 Desempenho das Incorporadoras Listadas Fundamentos do Setor 2 Mercado Imobiliário Brasileiro - 2011 VGV Lançado

Leia mais

Resultados 2T13 e 1S13

Resultados 2T13 e 1S13 Resultados 2T13 e 1S13 Relações com Investidores RSID3: R$ 2,87 por ação OTC: RSRZY Total de ações: 428.473.420 Valor de mercado: R$ 1,3 bilhão Teleconferência 15 de Agosto de 2013 Em Português com Tradução

Leia mais

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 (Estudo Técnico nº 175) François E. J. de Bremaeker Salvador, julho de 2012 2 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 François E. J. de Bremaeker Economista e Geógrafo Associação

Leia mais

Apresentação da Companhia. Grand Lider Olympus Belo Horizonte - MG

Apresentação da Companhia. Grand Lider Olympus Belo Horizonte - MG Apresentação da Companhia Grand Lider Olympus Belo Horizonte - MG Agenda Visão Geral do Setor Imobiliário no Brasil Visão Geral da Empresa Visão para o futuro: Plano revisado da Cyrela Dados operacionais

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

Reunião APIMEC com Analistas e Investidores

Reunião APIMEC com Analistas e Investidores Vivae Residencial Clube (Living) Rio de Janeiro - RJ Julho 2008 Reunião APIMEC com Analistas e Investidores Dezembro de 2008 Agenda 1. Visão Geral Luis Largman Financeiro e RI 2. Vendas Gilson Hochman

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 2009 Brasil 2009 Brokers Brasil Todos Brokers os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Agenda Dinâmica do Setor Imobiliário Estrutura Societária Modelo de Negócio Diferenciado Diversificação Geográfica e de Mercado Histórico de Resultado Operacional Futuros Projetos

Leia mais

PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS 4T13

PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS 4T13 Lançamentos consolidados atingem R$ 1,6 bilhão no trimestre, uma expansão de 9% ante o 4T12 Vendas Líquidas alcançam R$ 1,3 bilhão, reportando uma evolução de 45% em comparação ao ano anterior PARA DIVULGAÇÃO

Leia mais

Complexo Thera São Paulo - SP Lançado em Dezembro/10. Apresentação da Companhia Abril 2011

Complexo Thera São Paulo - SP Lançado em Dezembro/10. Apresentação da Companhia Abril 2011 Complexo Thera São Paulo - SP Lançado em Dezembro/10 Apresentação da Companhia Abril 2011 Agenda Visão Geral do Setor Imobiliário no Brasil Visão Geral da Empresa Dados operacionais Cyrela e Living Living

Leia mais

Reunião APIMEC com Analistas e Investidores. Novembro de 2007

Reunião APIMEC com Analistas e Investidores. Novembro de 2007 Reunião APIMEC com Analistas e Investidores Novembro de 2007 Agenda 1. Visão Geral Luis Largman Dir. Financeiro e RI 2. Incorporação em SP Ubirajara Freitas Dir. Incorporação SP 3. Living Antônio Guedes

Leia mais

QUEM SOMOS Brasil Brokers

QUEM SOMOS Brasil Brokers QUEM SOMOS Um dos maiores e mais completos grupos de venda de imóveis do país. Assim é a Brasil Brokers. Formado por 25 imobiliárias líderes em 12 estados, o grupo conta com mais de 14 mil corretores associados

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho 2009 Apoio Corporativo Áreas de Atuação Companhias Abertas 65,5% Incorporação 5,8% Aço 28,4% Energia Geração & Distribuição 68 anos de operação; Liderança em diversos mercados;

Leia mais

Discussão dos Resultados 1T10. 07 de Maio de 2010

Discussão dos Resultados 1T10. 07 de Maio de 2010 Discussão dos Resultados 1T10 07 de Maio de 2010 0 Aviso Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções

Leia mais

Resultados 4T12 e 2012. Relações com Investidores

Resultados 4T12 e 2012. Relações com Investidores Resultados 4T12 e 2012 Relações com Investidores Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e suposições de

Leia mais

Apresentação dos resultados do 3T09 & 9M09. Novembro/2009

Apresentação dos resultados do 3T09 & 9M09. Novembro/2009 Apresentação dos resultados do & 9M09 Novembro/2009 Destaques & 9M09 DESTAQUES OPERACIONAIS VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS PRO RATA PDG REALTY DE R$788 MILHÕES, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE 76% EM RELAÇÃO

Leia mais

Reunião Pública APIMEC. Novembro/2013

Reunião Pública APIMEC. Novembro/2013 Reunião Pública APIMEC Novembro/2013 Composição Acionária 3T13* Conselho e Diretoria 22,6% Free Float 77,4% Itaú Unibanco Squadra ADRs Bovespa 19,6% 17,6% 8,7% 31,5% *Data base: 30/09/2013 2 Modelo de

Leia mais

Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP

Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015 Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Mercado Imobiliário Brasileiro - VGL 2011-7% 2012 13% 2013 R$ 85,6 bilhões R$ 79,7 bilhões R$ 90,4 bilhões

Leia mais

Apresentação 4T11 & 2011. Abril, 2012

Apresentação 4T11 & 2011. Abril, 2012 Apresentação Resultados 4T11 & 2011 Abril, 2012 Destaques & Eventos Recentes Balanço do ano de 2011 Processo de integração da Agre: SAP; Revisão orçamentária; Processo contábil de combinação de negócios

Leia mais

Workshop - Mercado Imobiliário

Workshop - Mercado Imobiliário Workshop - Mercado Imobiliário Workshop - Mercado Imobiliário Workshop - Mercado Imobiliário 1. O que está acontecendo com o Brasil? 2. Por que o Brasil é a bola da vez? 3. Por que o Mercado imobiliário

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

Release de Resultados - 4T11 2011

Release de Resultados - 4T11 2011 Release de Resultados - 4T11 2011 Cyrela gera caixa operacional de R$ 130 milhões (1) no 4T11 São Paulo, 26 de março de 2012 - A Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações ( CBR ou Companhia

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Rio de Janeiro, 10 de março de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

PDG Realty ingressa no mercado imobiliário argentino, adquirindo

PDG Realty ingressa no mercado imobiliário argentino, adquirindo PDG Realty ingressa no mercado imobiliário argentino, adquirindo participação i na TGLT Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor Vice-Presidente Financeiro e de RI João Mallet Gerente Financeiro

Leia mais

2T14 & 1S14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS

2T14 & 1S14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS & APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS INFORMAÇÃO IMPORTANTE Este documento conte m considerac o es futuras referentes a s perspectivas do nego cio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e a s perspectivas

Leia mais

Desenvolvimento Econômico, Ciência e Inovação

Desenvolvimento Econômico, Ciência e Inovação Desenvolvimento Econômico, Ciência e Inovação Rodrigo Garcia Secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência,Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo www.desenvolvimento.sp.gov.br Brasil Contexto

Leia mais

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 0 1. Visão Geral Setor de Ensino Superior no Brasil Visão Geral Estratégia Empresarial Destaques Financeiros

Leia mais

AUMENTA A CONCENTRAÇÃO DE MÉDICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO

AUMENTA A CONCENTRAÇÃO DE MÉDICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO AUMENTA A CONCENTRAÇÃO DE MÉDICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO Com um médico para 410 habitantes, taxa cresceu 33% em dez anos, revela levantamento do Cremesp realizado em março de 2010 Aconcentração de médicos

Leia mais

Teleconferência 16/05/2011

Teleconferência 16/05/2011 Teleconferência Resultados 1T11 16/05/2011 2 PALESTRANTES IAN MONTEIRO DE ANDRADE Diretor de Finanças e Relações com Investidores MAURÍCIO TAVARES BARBOSA Diretor de Incorporação (Diretor Presidente interino)

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

PROGRAMAS HABITACIONAIS DESENVOLVIMENTO PARA OS MUNICIPIOS. Moradia para as famílias Renda para os trabalhadores Desenvolvimento para Alagoas

PROGRAMAS HABITACIONAIS DESENVOLVIMENTO PARA OS MUNICIPIOS. Moradia para as famílias Renda para os trabalhadores Desenvolvimento para Alagoas Superintendência Regional Alagoas PROGRAMAS HABITACIONAIS DESENVOLVIMENTO PARA OS MUNICIPIOS Moradia para as famílias Renda para os trabalhadores Desenvolvimento para Alagoas ALTERNATIVAS DE SOLUÇÕES PARA

Leia mais

4T12. Divulgação de Resultados

4T12. Divulgação de Resultados Divulgação de Resultados Belo Horizonte, 25 de março de 2013 - A Direcional Engenharia S.A., uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares

Leia mais

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010 Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL Outubro de 2010 Aviso Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 1T10 Rossi Residencial (RSID3 BZ) 14 de maio de 2010

Transcrição da Teleconferência Resultados do 1T10 Rossi Residencial (RSID3 BZ) 14 de maio de 2010 Operadora: Bom dia, senhoras e senhores, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da Rossi para discussão dos resultados referentes ao primeiro trimestre de 2010. O áudio desta teleconferência

Leia mais

FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO

FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO INFORMAÇÕES INICIAIS - Eduardo G. Quiza Skype: eduardoquiza quiza@invespark.com.br (41) 3250-8500 - Real Estate: Fundamentos para análise de Investimentos. Elsevier, 2010. 2 MBA

Leia mais

Cyrela gera caixa operacional de R$ 60 milhões (1)

Cyrela gera caixa operacional de R$ 60 milhões (1) Release de Resultados - 3T11 9M11 Cyrela gera caixa operacional de R$ 60 milhões (1) São Paulo, 09 de novembro de 2011 - A Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações ( CBR ou Companhia ou

Leia mais

RESULTADOS BRASIL BROKERS

RESULTADOS BRASIL BROKERS RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2010 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro,

Leia mais

Página 1 de 8 IPI - Jurisdição - Regiões fiscais 18 de Maio de 2012 Em face da publicação da Portaria MF nº 203/2012 - DOU 1 de 17.05.2012, este procedimento foi atualizado (novas disposições - tópico

Leia mais

QUEM SOMOS Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers

QUEM SOMOS Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers QUEM SOMOS O maior e mais completo grupo de venda de imóveis do país. Assim é a Brasil Brokers. Formado por 26 imobiliárias líderes em 16 estados, o grupo conta com mais de 17 mil corretores altamente

Leia mais

Proposta para a Licitação da Folha de Pagamentos de Benefícios do INSS

Proposta para a Licitação da Folha de Pagamentos de Benefícios do INSS Proposta para a Licitação da Folha de Pagamentos de Benefícios do INSS Brasília, 11 de junho de 2014. SISTEMÁTICA ATUAL Desde 01/01/2010, o INSS direciona os benefícios para o vencedor do Lote, desde que

Leia mais

Teleconferência de Resultados. Data: 13 de março de 2008 Data: 13 de março de 2008

Teleconferência de Resultados. Data: 13 de março de 2008 Data: 13 de março de 2008 MRV ANUNCIA RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE E DO ANO DE 2007 RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA ATINGE R$128,9 MILHÕES NO 4T07 E R$384,1 MILHÕES NO ANO, UM CRESCIMENTO DE 173,8 % SOBRE O ANO ANTERIOR MARGEM BRUTA

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01630-6 ROSSI RESIDENCIAL S/A 61.065.751/0001-80 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01630-6 ROSSI RESIDENCIAL S/A 61.065.751/0001-80 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/12/28 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES

Leia mais

CONFERÊNCIA BTG PACTUAL SÃO PAULO FEVEREIRO, 2015

CONFERÊNCIA BTG PACTUAL SÃO PAULO FEVEREIRO, 2015 CONFERÊNCIA BTG PACTUAL SÃO PAULO FEVEREIRO, 2015 RESULTADO OPERACIONAL LANÇAMENTOS CYRELA R$ 2.260 milhões no 4T14 vs. R$ 2.695 milhões no 4T13. R$ 5.848 milhões em 2014 vs. R$ 6.646 milhões em 2013.

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

COMUNICADO AO MERCADO

COMUNICADO AO MERCADO Belo Horizonte, 04 de abril de 2012 - A Direcional Engenharia S.A., uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares de grande porte e atuação

Leia mais

www.duratex.com.br 19.Fev.2008

www.duratex.com.br 19.Fev.2008 www.duratex.com.br 19.Fev.2008 1 > ÁREAS DE ATUAÇÃO DIVISÃO DECA Metais Sanitários Louças Sanitárias Acessórios Liderança no segmento de Metais e posição destacada no segmento de louças. Possui a mais

Leia mais

Agenda. Mapa de Preços do ZAP. Índice FipeZap novos dados do mercado. painel.fipezap.com.br

Agenda. Mapa de Preços do ZAP. Índice FipeZap novos dados do mercado. painel.fipezap.com.br Agenda painel.fipezap.com.br Agenda Mapa de Preços do ZAP Índice FipeZap novos dados do mercado Mapa de Preços Índice FipeZap Novos dados Agenda 1 2 3 4 5 Introdução Índice FipeZap: novas cidades Evolução

Leia mais

A BRASIL BROKERS EM RESUMO

A BRASIL BROKERS EM RESUMO QUEM SOMOS O maior e mais completo grupo de venda de imóveis do país. Assim é a Brasil Brokers. Formado por 27 imobiliárias líderes em 16 estados, o grupo contacom mais de 17 mil corretores altamente qualificados.

Leia mais

Encontro com a Imprensa 2013_

Encontro com a Imprensa 2013_ Encontro com a Imprensa 2013_ Bem-vindos à Academia Wayra_ Dublin London 300 startups, sendo 28 do Brasil México DF Bogotá Lima Santiago Madrid Caracas São Paulo Buenos Aires 45 milhões de dólares já investidos

Leia mais

Apresentação Institucional. Apresentação Institucional 1T11

Apresentação Institucional. Apresentação Institucional 1T11 Apresentação Institucional 1 Apresentação Institucional 1T11 Índice 1 Quem Somos 04 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Nossa Essência 07 Diferenciais 14 Matriz de Produtos 18 Ciclo de Vida do Produto 22 A

Leia mais

Brookfield Incorporações S.A. Apresentação Institucional 2012

Brookfield Incorporações S.A. Apresentação Institucional 2012 Brookfield Incorporações S.A. Apresentação Institucional 2012 Aviso Importante Este documento contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A.

Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A. Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A. São Paulo, 8 de dezembro de 2005 1 Aviso Legal Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação,

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - DIRECIONAL ENGENHARIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - DIRECIONAL ENGENHARIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

Webcast 1T14 Maio 2014

Webcast 1T14 Maio 2014 Webcast 1T14 Maio 2014 Apresentação da Administração Apresentadores Currículos Marcelo Ernesto Zarzur Diretor Presidente e Diretor Técnico Silvio Ernesto Zarzur Diretor Vice-Presidente e de Incorporação

Leia mais

Apresentação Corporativa. Dezembro de 2009

Apresentação Corporativa. Dezembro de 2009 Apresentação Corporativa Dezembro de 2009 0 Aviso Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções

Leia mais

1T14. Apresentação de Resultados

1T14. Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados INFORMAÇÃO IMPORTANTE Este documento conte m considerac o es futuras referentes a s perspectivas do nego cio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e a s perspectivas

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010 2010 Brasil 2010 Brokers Brasil Brokers Todos os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais

JBS DAY Apresentação dos Resultados do 3T13 14 de Novembro de 2013

JBS DAY Apresentação dos Resultados do 3T13 14 de Novembro de 2013 JBS DAY Apresentação dos Resultados do 3T13 14 de Novembro de 2013 Apresentadores Wesley Batista Presidente Global da JBS André Nogueira Presidente da JBS USA Miguel Gularte Presidente da JBS Mercosul

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14

RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14 RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14 Contate RI: Adolpho Lindenberg Filho Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Telefone: +55 (11) 3041-2700 ri@lindenberg.com.br www.grupoldi.com.br/relacao DIVULGAÇÃO

Leia mais

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010 Apresentação Corporativa Novembro de 2010 Aviso Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções e

Leia mais

Destaques do Resultado Consolidado

Destaques do Resultado Consolidado Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional. Essas

Leia mais

PDG Realty firma parceria com a Habiarte Barc

PDG Realty firma parceria com a Habiarte Barc PDG Realty firma parceria com a Habiarte Barc Racional da parceria Possibilitar a entrada da PDG Realty em novos e promissores mercados, aprofundando nossa capilaridade e diversificação geográfica. Capturar

Leia mais

Interior de SP. Mailing Jornais

Interior de SP. Mailing Jornais São Paulo AGORA SÃO PAULO BRASIL ECONÔMICO D.C.I. DESTAK (SP) DIÁRIO DO COMMERCIO (SP) DIÁRIO DE SÃO PAULO DIÁRIO DO GRANDE ABC EMPREGO JÁ (SP) EMPREGOS & CONCURSOS (SP) EMPRESAS & NEGÓCIOS (SP) FOLHA

Leia mais

Webcast 4T14 Março 2015

Webcast 4T14 Março 2015 Webcast 4T14 Março 2015 Apresentação da Administração Apresentadores Currículos Marcelo Ernesto Zarzur Diretor Presidente e Diretor Técnico Silvio Ernesto Zarzur Diretor Vice-Presidente e de Incorporação

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Crise não afeta lucratividade dos principais bancos no Brasil 1 Lucro dos maiores bancos privados

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados e 2012 28 de fevereiro de 2013 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

Participação da PDG Realty na Brasil Brokers

Participação da PDG Realty na Brasil Brokers Participação da PDG Realty na Brasil Brokers Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor Financeiro e de RI João Mallet Gerente Financeiro e de RI Gustavo Janer Analista Financeiro e de RI Telefone:

Leia mais

Direcional Engenharia S.A.

Direcional Engenharia S.A. 1 Direcional Engenharia S.A. Relatório da Administração Exercício encerrado em 31 / 12 / 2007 Para a Direcional Engenharia S.A., o ano de 2007 foi marcado por recordes e fortes mudanças: registramos marcas

Leia mais

LOPES Adquire a PATRIMÓVEL, Maior Imobiliária do Mercado do Rio de Janeiro*

LOPES Adquire a PATRIMÓVEL, Maior Imobiliária do Mercado do Rio de Janeiro* LOPES Adquire a PATRIMÓVEL, Maior Imobiliária do Mercado do Rio de Janeiro* * Em volume de vendas e unidades lançadas ri@lopes.com.br www.lopes.com.br/ri Aviso Importante Esta apresentação não constitui

Leia mais