Uma livraria vende a seguinte a quantidade de livros de literatura durante uma certa semana:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Uma livraria vende a seguinte a quantidade de livros de literatura durante uma certa semana:"

Transcrição

1 Medidas de Tendência Central. Depois de se fazer a coleta e a representação dos dados de uma pesquisa, é comum analisarmos as tendências que essa pesquisa revela. Assim, se a pesquisa envolve muitos dados, convêm sintetizarmos todas essas informações a um mínimo de parâmetros que possam caracterizá-la. Esses parâmetros podem ser de: Centralização: média aritmética, mediana e moda. Dispersão: Intervalo de variação, desvio médio, variância e desvio padrão. Média Aritmética. Acompanhe a situação a seguir: Uma livraria vende a seguinte a quantidade de livros de literatura durante uma certa semana: 2ºFeira 3ºFeira 4ºFeira 5ºFeira 6ºFeira Sábado O número 23 é chamada média aritmética dos números 28, 23, 22, 27, 25 e 13. A média aritmética significa que, se numa situação imaginária a venda diária dessa semana fosse sempre a mesma, ou seja, 23 livros por dia, iríamos obter o mesmo o mesmo total de livres vendidos: 138. Assim, na 4º feira e no sábado a venda da livraria foi abaixo da média, enquanto que na 2º, 5º e 6º feira foi acima da média. Isso é facilmente observado no gráfico: 30 Livros Livros º 3º 4º 5º 6º sábado Média Média aritmética ( ) dos valores n: é o quociente entre a soma desses valores e o seu número total

2 Média Aritmética Ponderada. A tabela a seguir mostra a distribuição dos salários de uma empresa. Salários (em reais) Número de Funcionários 600, , , , ,00 8 Total 38 Qual a média salarial dos funcionários dessa empresa? Observando a tabela, temos: 12 funcionários ganham 600,00 (600,00 se repete 12 vezes) 7 funcionários ganham 900,00. 5 funcionários ganham 1.200,00. 6 funcionários ganham 1.800,00. 8 funcionários ganham 4.500,00. Assim a média salarial desses funcionários pode ser calculada da seguinte forma: Portanto, a média salarial dos funcionários dessa empresa é de R$ 1.744,73. Essa média é conhecida como média aritmética ponderada e o número de vezes em que o salário se repete é peso. A média aritmética ponderada facilita o cálculo de médias, quando há valores que se repetem várias vezes. Nesse caso, multiplicamos os valores pelo número de vezes (peso) em que eles ocorrem: Exemplos. ou 1- No ano 2000, o número de nascimentos, por mês, em uma maternidade foi: Mês Jan. Fev. Mar. Abr. Maio Jun. Jul. Ago. Set. Out. Nov. Dez. Nascimento a-) Calcule a média mensal de nascimentos. b-)em que meses o número de nascimentos ficou acima da média?

3 2- A classificação final para um determinado curso é a média ponderada das provas de capacidade geral, com peso 3, e das provas de capacidade específica, com peso 2. Nessas condições, qual é a classificação final de um aluno que obteve 162 pontos na prova de capacidade geral e 147 pontos na prova de capacidade específica? 3- O quadro de distribuição de frequências representa os salários mensais de 40 empregados de uma firma. Calcule o salário médio mensal dos empregados dessa firma. Classe (em reais) Ponto Médio da Classe ( ). Frequência ( ). [ [ [ [ [ [ [ [ [ [ Mediana. Veja os números abaixo. Eles correspondem às alturas (em m) dos 11 jogadores selecionados para o time de futebol de uma escola: 1,60; 1,52; 1,66; 1,68; 1,69; 1,66; 1,64; 1,48; 1,61; 1,66 e 1,62. (dados brutos). Em ordem crescente: 1,48; 1,52; 1,60; 1,61; 1,62; 1,64; 1,66; 1,66;1,66; 1,68; 1,69. Observe que um dos alunos ficou na posição média da fila, ou seja, ficaram cinco antes dele e cinco depois. Por esse motivo o valor 1,64 é chamado de mediana daquele conjunto de alturas. Observe ainda que, se o aluno que mede 1,48 saísse dessa fila, ela ficaria apenas com 10 alunos, e não existiria um aluno na posição média, mas sim dois alunos na região central. Vamos formalizar a idéia de mediana. Seja um conjunto de dados com n elementos, colocados ordenadamente. Chama-se mediana desse conjunto: Ao elemento que ocupa a posição média, no caso de n ser impar; À média aritmética dos dois elementos mais internos, no caso de n ser par. Assim por exemplo, antes de o baixinho sair, temos: 1,48; 1,52; 1,60; 1,61; 1,62; 1,64; 1,66; 1,66; 1,66; 1,68; 1,69. Como n é impar a mediana é 1,64. Indicamos assim:

4 Após a saída do baixinho, a fila fica assim: ; 1,52; 1,60; 1,61; 1,62; 1,64; 1,66; 1,66; 1,66; 1,68; 1,69. Como n é par a mediana será:. Assim como a média procura representar um conjunto de dados dentro de certo critério, a mediana também procura representá-lo, mas dentro de outro critério. Moda. Quando ouvimos dizer que alguém está fora da moda, imediatamente imaginamos que esse alguém não se apresenta como a maioria. Pois é, considerando um conjunto de dados, chama-se moda ao elemento (ou elementos) que ocorrer um maior número de vezes. Assim, dado o conjunto: 1,48; 1,48; 1,50; 1,53; 1,55; 1,58; 1,58; 1,60; 1,60; 1,60; 1,60; 1,68; Temos que a moda é 1,60, pois: 1,48 e 1,58 aparecem 2 vezes; 1,50; 1,53; 1,55; 1,68 aparecem 1 vez; 1,60 aparece 4 vezes. Indicamos isso por : A moda, assim como a média e a mediana, procura, dentro de certo critério, representar o conjunto de dados. Medidas de Dispersão. Veremos agora algumas medidas chamadas medidas de dispersão, que procuram mostrar como os elementos do conjunto se comportam em torno da região central, ou seja, medidas que mostram se eles estão mais ou menos dispersos. Por exemplo, num jogo de duplas de tênis, são conhecidas as idades dos jogadores: Equipe A Equipe B O jogador 1 tem 26 anos; O jogador 1 tem 45 anos; O jogador 2 tem 24 anos. O jogador 2 tem 5 anos. Veja que, nos dois casos, a média das idades é a mesma, ou seja, 25 anos. No entanto, as idades da equipe B estão bem mais dispersas em torno da média do que as idades da equipe A. Duas medidas de dispersão serão vistas aqui: Variância e Desvio-Padrão. Variância. Veja, por exemplo, o conjunto de dados: 2, 5, 6, 8, 14, Onde a média aritmética é 7. A diferença entre cada valor é a média é chamada desvio. Assim, os desvios para o nosso conjunto de dados serão:

5 2-7 = = = = = 7 Soma = 0 Observação: a soma dos desvios é sempre nula. Chamamos variância de um conjunto de dados a média aritmética dos quadrados dos desvios. No nosso exemplo, temos: Valores Média Desvio Quadrados dos Desvios SOMA 80 A variância é : Desvio-Padrão O desvio-padrão é definido como a raiz quadrada da variância, sendo indicado por Desvio Médio.. A média aritmética dos valores absolutos dos desvios para a média é uma medida de dispersão chamada desvio médio, que se indica por.. Exemplo 1- O quadro a seguir mostra as notas de um aluno em Matemática durante um ano letivo: Bimestre 1º 2º 3º 4º Notas Vamos calcular a média aritmética deste aluno: Calculemos, agora, as diferenças entre cada uma das notas e a média. Essas diferenças são chamadas de desvios para a média ou de desvios. ( ).

6 Exemplo 2- Considere uma situação na qual os dados se agrupam em uma distribuição de frequências. O quadro abaixo mostra a distribuição dos erros cometidos por 25 alunos numa prova de Biologia. Nessas condições, qual é o desvio médio dessa distribuição? Nº de erros Nº de alunos Calculamos a média aritmética: Calculando os desvios para média aritmética dos dados ( ) 0-2= =1 1-2=-1 4-2=2 2-2=0 5-2=3 Calculando o desvio médio: Quando os dados da distribuição estão agrupados, a fórmula para o cálculo do desvio médio é:. Exercícios. 1- Determine a mediana dos seguintes conjuntos de dados: a- 20; 45; 34; 67; 45; 96; 32; 76; 12; 87; 14; 29; 44; 55; 39. Mediana 12; 14; 20;29;32;34;39;44;45;45;55;67;76;87;96. b- 2,3; 4,5; 7,6; 1,3; 4,8; 3,2; 9,7; 4,5; 9,1; 2,7; 2,6; 5,4; 9,2. c- 25; 65; 34; 87; 46; 12; 32; 98; 44; 46; 72; 88. d- 1,2; 3,2; 5,6; 3,4; 7,8; 5,5; 7,7; 6,6; 2,7; 3,3. 2- Veja a tabela seguinte. Ela mostra as alturas em cm, dos alunos de duas turmas, uma com 13 elementos, e outra com 12. Determine a mediana das alturas de cada uma das classes. TURMA 1 TURMA

7 Determine a moda nos conjuntos de dados seguintes: a- 56, 54, 57, 52, 55, 54, 49, 48, 57, 55, 52, 55. b- 2,45; 2,55; 2,54; 2,54; 2,56; 2,54; 2,53; 2, Os dados abaixo se referem às alturas de 9 pessoas. 1,62 1,65 1,65 1,65 1,68 1,7 1,71 1,75 1,8 Lembrando que indica a média aritmética simples, indica a mediana e indica a moda, determine: 5- Determine a variância e o desvio-padrão para o conjunto de dados seguintes: 72, 70, 65, 64, 70, 71, 68, 65, 66, 70, 72 e Uma pequena indústria de confecções produz por semana 150 camisetas brancas, ao custo unitário de R$ 12,00; 180 camisetas estampadas, ao custo unitário de R$ 15,00; e 170 camisetas personalizadas, ao custo unitário de R$ 16,00. Determine o custo médio de uma camiseta. 7- Num circo existe um casal de gigantes e um casal de anões. O gigante tem 2,30 m de altura e sua mulher, 2,15m. O anão tem 75 cm de altura e sua mulher, 60 cm. Determine a variância e o desvio-padrão das alturas deles. 8- A tabela seguinte mostra o número de acertos num teste de 10 questões, aplicado numa sala de aula com 50 alunos. Nº do Teste Nº de Acertos Determine: a- A média de acertos; b- O desvio padrão dessa distribuição; 9- Considerando a distribuição de freqüências representada pelo quadro abaixo, determine: a- A média aritmética ( ); b- O desvio médio. i classes Ponto. médio da classe ( ) 1 [ [ 2 2 [ [ 6 3 [ [ 8 4 [ [ 3 5 [ [ As alturas dos jogadores de um time de basquete são, em centímetros: 195, 198, 201, 192 e 204. Nessas condições, determine: a- A média das alturas; b- O desvio médio.

8 11- A tabela abaixo mostra o número de votos por classe de dois candidatos que estão concorrendo a uma vaga de representante no conselho da escola. a- Calcule o desvio padrão de cada um desses candidatos. b- Qual dos dois candidatos é o mais regular? Candidato Classe 3ºA 3ºB 3ºC 3ºD 3ºE 3ºF Vítor Rafael As velocidades máximas das cinco voltas dadas em um teste de Fórmula 1, em km/h, foram : 190, 196, 204 e 202. Nessas condições, determine: a- A média das velocidades; b- A variância; c- O desvio padrão. 13- (UFPR) Dado um conjunto X = { x1; x2; x3;...; xn} com n elementos, definimos a média Xm e o desvio padrão d de X por : * ; ( ) ( ) ( ) ( ) ; Uma informação útil para quem analisa um conjunto de dados como X é que a maioria desses dados pertence ao intervalo C = {Xm 2d, Xm + 2d}. Sendo X = { } um conjunto de dados: a- Calcule a média Xm e o desvio padrão d. b- Verifique quais dados do conjunto X acima pertencem ao intervalo C. 14- Calcule a mediana do conjunto de dados representados pelo quadro abaixo Considere o quadro, que representa a distribuição das áreas cultivadas, em hectares, de uma determinada região. Dados: [ [ 30 [ [ 35 [ [ 60 [ [ 35 [ [ 15 [ [ 8 [ [ 2 Determine: a- A classe mediana; b- A mediana da distribuição 16- O quadro abaixo nos mostra a distribuição de frequências absolutas dos pesos de 250 pessoas. Nessas condições, determine: a- A classe mediana b- O valor da mediana. Peso (em kg) [50;60[ 20 [60;70[ 60 [70;80[ 90 [80;90[ 44 [90;100[ 36

9 17- A tabela seguinte nos mostra o número de operários acidentados por mês numa fábrica, durante o ano de Mês Jan. Feve. Março Abril Maio Junho Julho Agosto Set. Nº operário Mês Outubro Novembro Dezembro Nº operário Organize uma tabela de distribuição de frequências e determine: a- a média aritmética dessa distribuição. b- O desvio médio. 18- Determine a média aritmética e o desvio médio, dos valores apresentados na tabela seguinte:

ESTATÍSTICA BÁSICA. Freqüência Absoluta: Número de vezes que um elemento ocorre em uma amostra.

ESTATÍSTICA BÁSICA. Freqüência Absoluta: Número de vezes que um elemento ocorre em uma amostra. ESTATÍSTICA BÁSICA. Apresentação Estatística é a parte da Matemática que organiza e analisa dados coletados em uma amostra de um conjunto. Com base nos resultados, faz projeções para todo o conjunto com

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DESCRITIVAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DESCRITIVAS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DESCRITIVAS Departamento de Estatística Tarciana Liberal Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de freqüências e gráficos. Pode ser

Leia mais

Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos. Pode ser de interesse apresentar esses dados através d

Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos. Pode ser de interesse apresentar esses dados através d UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DE POSIÇÃO E DISPERSÃO Departamento de Estatística Luiz Medeiros Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos.

Leia mais

Seis pessoas pretendem entrar num elevador, onde há um cartaz dizendo que o peso máximo permitido é de 420 quilos.

Seis pessoas pretendem entrar num elevador, onde há um cartaz dizendo que o peso máximo permitido é de 420 quilos. Seis pessoas pretendem entrar num elevador, onde há um cartaz dizendo que o peso máximo permitido é de 420 quilos. Quanto deve ser, em média, o peso de cada pessoa que entrar no elevador? Uma pessoa que

Leia mais

Estatística

Estatística Estatística 1 2016.2 Sumário Capítulo 1 Conceitos Básicos... 3 MEDIDAS DE POSIÇÃO... 3 MEDIDAS DE DISPERSÃO... 5 EXERCÍCIOS CAPÍTULO 1... 8 Capítulo 2 Outliers e Padronização... 12 VALOR PADRONIZADO (Z)...

Leia mais

Estatística Lousã, 07 de Março de 2008

Estatística Lousã, 07 de Março de 2008 Estatística Lousã, 07 de Março de 08 A estatística é um ramo da Matemática que nos ajuda a recolher, organizar e interpretar dados para tirar conclusões e fazer previsões. Recolha, organização e representação

Leia mais

Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22

Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22 Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22 As tabelas de frequências e os gráficos constituem processos de redução de dados, no entanto, é possível resumir de uma forma mais drástica esses dados

Leia mais

MATEMÁTICA MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL

MATEMÁTICA MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL MATEMÁTICA Prof. Marcelo Renato MEDIDA DE TENDÊNCIA CENTRAL. (Livro Novo Olhar da Matemática) O gráfico mostra as notas obtidas na prova da a fase de certo processo de seleção. abendo que se classificaram

Leia mais

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística Professor: Assunto(s): Curso(s): William Costa Rodrigues Inferência ; Tipo de Variáveis, Tipos de Amostras; Tamanho da Amostra; Medidas de tendência central: Medidas de Variação Ciências Contábeis Q1.

Leia mais

Fernando de Pol Mayer

Fernando de Pol Mayer Fernando de Pol Mayer Laboratório de Estatística e Geoinformação (LEG) Departamento de Estatística (DEST) Universidade Federal do Paraná (UFPR) Este conteúdo está disponível por meio da Licença Creative

Leia mais

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística/Introdução a Estatística

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística/Introdução a Estatística /Introdução a Professor: Assunto(s): Curso(s): William Costa Rodrigues Inferência ; Tipo de Variáveis, Tipos de Amostras; Tamanho da Amostra; Medidas de tendência central: Medidas de Variação. Engenharia

Leia mais

ESTATÍSTICA Medidas de Síntese

ESTATÍSTICA Medidas de Síntese 2.3 - Medidas de Síntese Além das tabelas e gráficos um conjunto de dados referente a uma variável QUANTITATIVA pode ser resumido (apresentado) através de Medidas de Síntese, também chamadas de Medidas

Leia mais

Medidas de Dispersão 1

Medidas de Dispersão 1 Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti Medidas de Dispersão 1 Introdução Uma breve reflexão sobre as medidas de tendência central permite-nos concluir que elas não

Leia mais

Bioestatística. Aula 3. MEDIDAS SEPARATRIZES Quartis, Decis e percentis. Profa. Alessandra Bussador

Bioestatística. Aula 3. MEDIDAS SEPARATRIZES Quartis, Decis e percentis. Profa. Alessandra Bussador Bioestatística Aula 3 MEDIDAS SEPARATRIZES Quartis, Decis e percentis Profa. Alessandra Bussador Quartis dados não agrupados Dividem os dados ordenados em quatro partes: Primeiro Quartil (Q1): valor que

Leia mais

Estatística descritiva básica: Medidas de tendência central

Estatística descritiva básica: Medidas de tendência central Estatística descritiva básica: Medidas de tendência central ACH2021 Tratamento e Análise de Dados e Informações Marcelo de Souza Lauretto marcelolauretto@usp.br www.each.usp.br/lauretto *Parte do conteúdo

Leia mais

. a d iza r to u a ia p ó C II

. a d iza r to u a ia p ó C II II Matemática 5 o ano Unidade 6 5 Unidade 6 Nome: Data: 1. Observe a figura a seguir. Ela representa o percurso de uma corrida de rua. 800 m 1600 m 1500 m 400 m 500 m 1200 m 1000 m Agora, responda: a)

Leia mais

Ficha de Trabalho nº 11 Matemática 7º ano Maio / 2011 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ESTATÍSTICA

Ficha de Trabalho nº 11 Matemática 7º ano Maio / 2011 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ESTATÍSTICA Ficha de Trabalho nº 11 Matemática 7º ano Maio / 2011 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ESTATÍSTICA Recorda: A Estatística é um ramo da Matemática que nos ajuda a recolher, organizar e interpretar dados para tirar

Leia mais

Elementos de Estatística

Elementos de Estatística Elementos de Estatística Lupércio F. Bessegato & Marcel T. Vieira UFJF Departamento de Estatística 2013 Medidas Resumo Medidas Resumo Medidas que sintetizam informações contidas nas variáveis em um único

Leia mais

F r F N BANCO DO BRASIL E CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Estatistica. b) Variável qualitativa

F r F N BANCO DO BRASIL E CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Estatistica. b) Variável qualitativa Estatistica Introdução: A talvez seja a parte da Matemática que mais se preocupa com o comportamento social, visto que tal conteúdo é repleto de coletas de dados, para que se possa então fazer a análise

Leia mais

Medidas de Dispersão. Introdução Amplitude Variância Desvio Padrão Coeficiente de Variação

Medidas de Dispersão. Introdução Amplitude Variância Desvio Padrão Coeficiente de Variação Medidas de Dispersão Introdução Amplitude Variância Desvio Padrão Coeficiente de Variação Introdução Estudo de medidas que mostram a dispersão dos dados em torno da tendência central Analisaremos as seguintes

Leia mais

22/02/2014. AEA Leitura e tratamento de dados estatísticos apoiado pela tecnologia da informação. Medidas Estatísticas. Medidas Estatísticas

22/02/2014. AEA Leitura e tratamento de dados estatísticos apoiado pela tecnologia da informação. Medidas Estatísticas. Medidas Estatísticas Universidade Estadual de Goiás Unidade Universitária de Ciências Socioeconômicas e Humanas de Anápolis AEA Leitura e tratamento de dados estatísticos apoiado pela tecnologia da informação Prof. Elisabete

Leia mais

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº06

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº06 Nome: Ano: º Ano do E.M. Escola: Data: / / 3º Ano do Ensino Médio Aula nº06 Assunto: Noções de Estatística 1. Conceitos básicos Definição: A estatística é a ciência que recolhe, organiza, classifica, apresenta

Leia mais

Vamos calcular a média de cada empresa, somando receita de 2009, 2010 e 2011 e dividindo por 3.

Vamos calcular a média de cada empresa, somando receita de 2009, 2010 e 2011 e dividindo por 3. MATEMÁTICA MARCÃO Vamos calcular a média de cada empresa, somando receita de 2009, 2010 e 2011 e dividindo por 3. Média de V = (200+220+240)/3 = 220 Média de W = (200+230+200)/3 = 210 Média de X = (250+210+215)/3

Leia mais

PLANTÕES DE JULHO MATEMÁTICA

PLANTÕES DE JULHO MATEMÁTICA Página 1 PLANTÕES DE JULHO MATEMÁTICA Nome: Nº: Série: 9º ANO Profª CAROL MARTINS Data: JULHO 2016 Teorema de Pitágoras e Relações Métricas no Triângulo Retângulo 1) Determine o valor x da medida do lado

Leia mais

Distribuição de frequências:

Distribuição de frequências: Distribuição de frequências: Uma distribuição de frequências é uma tabela que reúne o conjunto de dados conforme as frequências ou as repetições de seus valores. Esta tabela pode representar os dados em

Leia mais

A Estatística é aplicada como auxílio nas tomadas de decisão diante de incertezas para justificar cientificamente as decisões

A Estatística é aplicada como auxílio nas tomadas de decisão diante de incertezas para justificar cientificamente as decisões A IMPORTÂNCIA DA ESTATÍSTICA A Estatística é aplicada como auxílio nas tomadas de decisão diante de incertezas para justificar cientificamente as decisões Governo Indústria Ciências Econômicas, sociais,

Leia mais

Estatística e Probabilidade

Estatística e Probabilidade Aula 3 Cap 02 Estatística Descritiva Nesta aula... estudaremos medidas de tendência central, medidas de variação e medidas de posição. Medidas de tendência central Uma medida de tendência central é um

Leia mais

ESTATÍSTICA. na Contabilidade Parte 4. Medidas Estatísticas

ESTATÍSTICA. na Contabilidade Parte 4. Medidas Estatísticas ESTATÍSTICA na Contabilidade Parte 4 Luiz A. Bertolo Medidas Estatísticas A distribuição de frequências permite-nos descrever, de modo geral, os grupos de valores (classes) assumidos por uma variável.

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

Unidade II ESTATÍSTICA. Prof. Celso Guidugli

Unidade II ESTATÍSTICA. Prof. Celso Guidugli Unidade II ESTATÍSTICA Prof. Celso Guidugli Medidas ou parâmetros estatísticos Valores que permitem uma imagem sintetizada do comportamento de uma amostra. Dividem-se em dois grandes grupos: medidas de

Leia mais

Medidas Estatísticas de Posição

Medidas Estatísticas de Posição Medidas Estatísticas de Posição 1 - Medidas de Tendência Central Denição medida de tendência central é um único valor que representa ou tipica um conjunto de valores. Nunca pode ser menor que o menor valor

Leia mais

Aprendendo sobre medidas de dispersão

Aprendendo sobre medidas de dispersão Aprendendo sobre medidas de dispersão 15 Paulo Roberto Rufino Pereira Frederico Tassi de Souza Silva e-tec Brasil Estatística Aplicada META Apresentar as medidas de dispersão. OBJETIVOS Após o estudo desta

Leia mais

Estatística Básica. Matemática Professor: Paulo César 2/10/2014. Lista de Exercícios

Estatística Básica. Matemática Professor: Paulo César 2/10/2014. Lista de Exercícios Estatística Básica 1. (Enem) Em sete de abril de 2004, um jornal publicou o ranking de desmatamento, conforme gráfico, da chamada Amazônia Legal, integrada por nove estados. Considerando-se que até 2009

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

Unidade III ESTATÍSTICA. Prof. Fernando Rodrigues

Unidade III ESTATÍSTICA. Prof. Fernando Rodrigues Unidade III ESTATÍSTICA Prof. Fernando Rodrigues Medidas de dispersão Estudamos na unidade anterior as medidas de tendência central, que fornecem importantes informações sobre uma sequência numérica. Entretanto,

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Fixação dos Conceitos. 7 ano E.F. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda

Fixação dos Conceitos. 7 ano E.F. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda Módulo Noções Básicas de Estatística Fixação dos Conceitos 7 ano E.F. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda Noções Básicas de Estatística Fixação dos Conceitos 1 Exercícios Introdutórios Exercício 1.

Leia mais

Medidas Estatísticas NILO FERNANDES VARELA

Medidas Estatísticas NILO FERNANDES VARELA Medidas Estatísticas NILO FERNANDES VARELA Tendência Central Medidas que orientam quanto aos valores centrais. Representam os fenômenos pelos seus valores médios, em torno dos quais tendem a se concentrar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO 3 ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO 3 ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO 3 ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 4 Disciplina: Estatística I 1. Dado que z é uma variável aleatória normal padrão, calcule as

Leia mais

Medidas Resumo. Medidas de Posição/ Medidas de Dispersão. A intenção desse trabalho é introduzir os conceitos de Medidas de posição e de dispersão.

Medidas Resumo. Medidas de Posição/ Medidas de Dispersão. A intenção desse trabalho é introduzir os conceitos de Medidas de posição e de dispersão. Medidas Resumo Medidas de Posição/ Medidas de Dispersão A intenção desse trabalho é introduzir os conceitos de Medidas de posição e de dispersão. Prof. MSc. Herivelto Marcondes Março/2009 1 Medidas Resumo

Leia mais

ESTATÍSTICA BÁSICA AULA 05

ESTATÍSTICA BÁSICA AULA 05 ESTATÍSTICA BÁSICA AULA 05 TÁ NA MÉDIA! FILIPE S. MARTINS ESTATÍSTICA - ROTEIRO DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS TABELA PRIMITIVA E ROL DISTRIBUIÇÃO DE FREQUENCIA ELEMENTOS DE UMA DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIA

Leia mais

Progressões aritméticas

Progressões aritméticas A UUL AL A Progressões aritméticas Quando escrevemos qualquer quantidade de números, um após o outro, temos o que chamamos de seqüência. As seqüências são, freqüentemente, resultado da observação de um

Leia mais

Unidade 5 Estatística e probabilidade

Unidade 5 Estatística e probabilidade Sugestões de atividades Unidade 5 Estatística e probabilidade 9 MATEMÁTICA 1 Matemática 1. (Enem) Um apostador tem três opções para participar de certa modalidade de jogo, que consiste no sorteio aleatório

Leia mais

... Onde usar os conhecimentos os sobre s?...

... Onde usar os conhecimentos os sobre s?... Manual de IV Matemática SEQÜÊNCIA OU SUCESSÃO Por que aprender Progr ogressõe ssões? s?... O estudo das Progressões é uma ferramenta que nos ajuda a entender fenômenos e fatos do cotidiano, desde situações

Leia mais

Prof. Sérgio Carvalho Estatística. I Jornada de Especialização em Concursos

Prof. Sérgio Carvalho Estatística. I Jornada de Especialização em Concursos DISTRIBUIÇÃO DE FREQÜÊNCIAS & INTERPOLAÇÃO LINEAR DA OGIVA 0. (AFRF-000) Utilize a tabela que se segue. Freqüências Acumuladas de Salários Anuais, em Milhares de Reais, da Cia. Alfa Classes de Salário

Leia mais

Apontamentos de Matemática 6.º ano

Apontamentos de Matemática 6.º ano Noção de potência Quando temos uma multiplicação sucessiva em que o mesmo número se repete, podemos transformar essa expressão numa potência. Veja os exemplos., o é o número que se repete e o número de

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) 1 O que é Estatística Origem relacionada com a coleta e construção de tabelas de dados para o governo. A situação evoluiu: a coleta de dados representa somente um dos aspectos

Leia mais

Aula 03: Dados Profa. Ms. Rosângela da Silva Nunes

Aula 03: Dados Profa. Ms. Rosângela da Silva Nunes Aula 03: Dados Profa. Ms. Rosângela da Silva Nunes 1 de 29 Tipos de Conjuntos de dados Registro Tabela do BD Matriz de dados Document 1 Document 2 team coach pla y ball score game wi n lost timeout 3 0

Leia mais

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Relembrando!!! Não é uma CIÊNCIA EXATA!!! É UMA CIÊNCIA PROBABILÍSTICA!!!!!!! Serve

Leia mais

7 ano E.F. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda

7 ano E.F. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda Módulo Noções Básicas de Estatística Introdução à Estatística 7 ano E.F. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda Noções Básicas de Estatística Introdução à Estatística 1 Exercícios Introdutórios Exercício

Leia mais

Lista de Exercícios Algoritmos Vetores. 10) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que armazene em um vetor todos os números

Lista de Exercícios Algoritmos Vetores. 10) Escreva um algoritmo em PORTUGOL que armazene em um vetor todos os números Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Instituto de Ciências Eatas - ICE Disciplina: Programação de Computadores Professor: David Menoti (menoti@dcc.ufmg.br) Monitor: João Felipe Kudo (joao.felipe.kudo@terra.com.br)

Leia mais

QUESTÃO 1 (ENEM 2009)

QUESTÃO 1 (ENEM 2009) QUESTÃO 1 (ENEM 2009) Na tabela, são apresentados dados da cotação mensal do ovo extra branco vendido no atacado, em Brasília, em reais, por caixa de 30 dúzias de ovos, em alguns meses dos anos 2007 e

Leia mais

aula DISTRIBUIÇÃO NORMAL - PARTE I META OBJETIVOS PRÉ-REQUISITOS Apresentar o conteúdo de distribuição normal

aula DISTRIBUIÇÃO NORMAL - PARTE I META OBJETIVOS PRÉ-REQUISITOS Apresentar o conteúdo de distribuição normal DISTRIBUIÇÃO NORMAL - PARTE I 4 aula META Apresentar o conteúdo de distribuição normal OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: determinar a média e a variância para uma função contínua; padronizar

Leia mais

NOÇÕES DE ESTATÍSTICA. TÓPICOS EM ESTUDO Coleta e organização de dados; Frequência absoluta e relativa; Medidas de tendências central.

NOÇÕES DE ESTATÍSTICA. TÓPICOS EM ESTUDO Coleta e organização de dados; Frequência absoluta e relativa; Medidas de tendências central. NOÇÕES DE ESTATÍSTICA TÓPICOS EM ESTUDO Coleta e organização de dados; Frequência absoluta e relativa; Medidas de tendências central. HISTÓRIA Os primeiros registros da Estatística na humanidade nos remetem

Leia mais

ESTATÍSTICA. na Contabilidade Parte 5. Medidas Estatísticas

ESTATÍSTICA. na Contabilidade Parte 5. Medidas Estatísticas ESTATÍSTICA na Contabilidade Parte 5 Luiz A. Bertolo Medidas Estatísticas A distribuição de frequências permite-nos descrever, de modo geral, os grupos de valores (classes) assumidos por uma variável.

Leia mais

Módulo IV Medidas de Variabilidade ESTATÍSTICA

Módulo IV Medidas de Variabilidade ESTATÍSTICA Módulo IV Medidas de Variabilidade ESTATÍSTICA Objetivos do Módulo IV Compreender o significado das medidas de variabilidade em um conjunto de dados Encontrar a amplitude total de um conjunto de dados

Leia mais

Avaliação de Pernambuco

Avaliação de Pernambuco Avaliação de Pernambuco 2013 Matemática 9º ano do Ensino Fundamental Caro(a) Estudante, Siga as orientações básicas a seguir: Leia com atenção cada questão antes de respondê-la. Cada questão tem uma única

Leia mais

Aula 1: Reconhecendo Matrizes

Aula 1: Reconhecendo Matrizes Aula 1: Reconhecendo Matrizes Caro aluno, nesta aula você aprenderá a reconhecer matrizes, posteriormente vamos identificar os tipos de matrizes existentes e como realizar algumas operações entre elas.

Leia mais

ESTATÍSTICA E. Prof Paulo Renato A. Firmino. Aulas

ESTATÍSTICA E. Prof Paulo Renato A. Firmino. Aulas ESTATÍSTICA E Prof Paulo Renato A. Firmino praf62@gmail.com Aulas 05-06 Descritiva Medidas de Posição Mediana: É o valor que se localiza no centro de uma amostra ordenada Se o número de observações (n)

Leia mais

Universidade Federal Fluminense INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA

Universidade Federal Fluminense INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA Universidade Federal Fluminense INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA Estatística Geral I Prof: Jony Arrais Pinto Junior Lista 08 1. Utilizando os dados da Tabela 01 da Lista

Leia mais

Departamento de Estatística

Departamento de Estatística Laboratório de Ciências - Aula 3 Departamento de Estatística 7 de Janeiro de 2014 Introdução Suponha que dispomos de um conjunto de dados, por exemplo, número de gols (ou número de impedimentos, chutes

Leia mais

As funções do 1º grau estão presentes em

As funções do 1º grau estão presentes em Postado em 01 / 04 / 13 FUNÇÃO DO 1º GRAU Aluno(: 1.1.2 TURMA: 1- FUNÇÃO DO PRIMEIRO GRAU As funções do 1º grau estão presentes em diversas situações do cotidiano. Vejamos um exemplo: Uma loja de eletrodomésticos

Leia mais

8º ANO. Lista extra de exercícios

8º ANO. Lista extra de exercícios 8º ANO Lista extra de exercícios 1. Calcule a média dos seguintes números. a) 1; 4; 5 e 9 b) 13; 16; 18; 1 e 91 c) 1; 34; 5,6; 7,8 e 90 d) 3,; 5,6; 4,8; 57,5 e 8,8 e) 1,9;,3; 3,43; 104,65; 105, e 06. Encontre

Leia mais

FMU- Cursos de Tecnologia Disciplina: Métodos Quantitativos em Gestão e Negócios-

FMU- Cursos de Tecnologia Disciplina: Métodos Quantitativos em Gestão e Negócios- FMU- Cursos de Tecnologia Disciplina: Métodos Quantitativos em Gestão e Negócios- Memória - Teoria e Exercícios sobre Distribuição Normal de Probabilidade Distribuição Normal de Probabilidade As distribuições

Leia mais

Métodos Estatísticos Básicos

Métodos Estatísticos Básicos Aula 4 - Medidas de dispersão Departamento de Economia Universidade Federal de Pelotas (UFPel) Abril de 2014 Amplitude total Amplitude total: AT = X max X min. É a única medida de dispersão que não tem

Leia mais

Prof. Francisco Crisóstomo

Prof. Francisco Crisóstomo Unidade II ESTATÍSTICA BÁSICA Prof. Francisco Crisóstomo Unidade II Medidas de posição Medidas de posição Tem como característica definir um valor que representa um conjunto de valores (rol), ou seja,

Leia mais

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE)

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Algoritmos e Estruturas de Dados 1 Prof. Eduardo 1 ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Já vimos entrada, processamento e saída, que compõem os algoritmos puramente

Leia mais

Exercícios de matemática - 3º ano - Ensino Médio - 4º bimestre

Exercícios de matemática - 3º ano - Ensino Médio - 4º bimestre Exercícios de matemática - 3º ano - Ensino Médio - 4º bimestre Pergunta 1 de 10 - Assunto: Estatística [2013 - ENEM] O índice de eficiência utilizado por um produtor de leite para qualificar suas vacas

Leia mais

Escola Secundária com 3ºCEB de Lousada

Escola Secundária com 3ºCEB de Lousada Escola Secundária com 3ºCEB de Lousada Ficha de Trabalho de Matemática do 8º ano - nº Data / / 2010 Assunto: Estatística Lições nº,, e 1. PAÍSES PRODUTORES DE ARROZ Em 2005, foram produzidos 619 milhões

Leia mais

AMEI Escolar Matemática 8º Ano Estatística: Organização e Tratamento de Dados

AMEI Escolar Matemática 8º Ano Estatística: Organização e Tratamento de Dados AMEI Escolar Matemática 8º Ano Estatística: Organização e Tratamento de Dados Conteúdos desta unidade: Organização, representação e interpretação de dados; Medidas de tendência central; Medidas de localização.

Leia mais

Probabilidade e Estatística. Estimação de Parâmetros Intervalo de Confiança

Probabilidade e Estatística. Estimação de Parâmetros Intervalo de Confiança Probabilidade e Estatística Prof. Dr. Narciso Gonçalves da Silva http://páginapessoal.utfpr.edu.br/ngsilva Estimação de Parâmetros Intervalo de Confiança Introdução A inferência estatística é o processo

Leia mais

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE)

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Algoritmos e Estruturas de Dados 1 Prof. Eduardo 1 ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Até o momento da disciplina vimos comandos de entrada, processamento e saída

Leia mais

Lição 4 Medidas Descritivas Medidas de Tendência Central

Lição 4 Medidas Descritivas Medidas de Tendência Central 81 Lição 4 Medidas Descritivas Medidas de Tendência Central Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: identifi car o objetivo das medidas de tendência central; identifi car o conceito

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

Matéria: Matemática Assunto: Representação e análise de dados Prof. Dudan

Matéria: Matemática Assunto: Representação e análise de dados Prof. Dudan Matéria: Matemática Assunto: Representação e análise de dados Prof. Dudan Matemática Estatística A ciência encarregada de coletar, organizar e interpretar dados é Chamada de estatística. Seu objetivo

Leia mais

Apontamentos de Matemática 6.º ano

Apontamentos de Matemática 6.º ano Apontamentos de Matemática.º ano Introdução noção de potência Exemplo Uma bactéria divide-se dando origem a duas novas bactérias. Suponha que havia inicialmente duas bactérias e que ocorreram sucessivamente

Leia mais

Plano da Apresentação. Medidas de localização central. Medidas de localização central. Média. Média. Exemplo nota média em Metodologias

Plano da Apresentação. Medidas de localização central. Medidas de localização central. Média. Média. Exemplo nota média em Metodologias Metodologia de Diagnóstico e Elaboração de Relatório FASHT Plano da Apresentação Mediana Moda Outras médias: a média geométrica Profª Cesaltina Pires cpires@uevora.pt Metodologias de Diagnóstico Profª

Leia mais

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12 JANEIRO 2,8451 2,7133 2,4903 2,3303 2,1669 1,9859 1,7813 1,6288 1,4527 1,3148 1,1940 1,0684 FEVEREIRO 2,8351 2,6895 2,4758 2,3201 2,1544 1,9676 1,7705 1,6166 1,4412 1,3048 1,1840 1,0584 MARÇO 2,8251 2,6562

Leia mais

Nessa situação, a média dessa distribuição Normal (X ) é igual à média populacional, ou seja:

Nessa situação, a média dessa distribuição Normal (X ) é igual à média populacional, ou seja: Pessoal, trago a vocês a resolução da prova de Estatística do concurso para Auditor Fiscal aplicada pela FCC. Foram 10 questões de estatística! Não identifiquei possibilidade para recursos. Considero a

Leia mais

Tratamento estatístico de observações

Tratamento estatístico de observações Tratamento estatístico de observações Prof. Dr. Carlos Aurélio Nadal OBSERVAÇÃO: é o valor obtido durante um processo de medição. DADO: é o resultado do tratamento de uma observação (por aplicação de uma

Leia mais

3ª Lista de Exercícios de Programação I

3ª Lista de Exercícios de Programação I 3ª Lista de Exercícios de Programação I Instrução As questões devem ser implementadas em C, apoiadas por representação em algoritmo para planejamento. 1. Desenvolva um programa que leia dois valores a

Leia mais

TESTE DE DIAGNÓSTICO

TESTE DE DIAGNÓSTICO TESTE DE DIAGNÓSTICO 9.º 10.º ANO NOME: N.º: TURMA: ANO LETIVO: / DURAÇÃO DO TESTE: 90 MINUTOS DATA: / / O teste é constituído por dois grupos. No Grupo I, são indicadas quatro opções de resposta para

Leia mais

Matemática. Questão 1. Questão 2. x+2. x+2 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO

Matemática. Questão 1. Questão 2. x+2. x+2 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Matemática 8ª Série / 9º ano do Ensino Fundamental Turma 2º bimestre de 2015 Data / / Escola Aluno Questão 1 A área do quadrado a seguir é 49 cm 2. O valor de X, em

Leia mais

APOSTILA SOBRE PROGRESSÃO ARITMÉTICA (PA)-PROF. CARLINHOS SUCESSÃO OU SEQUENCIA NUMÉRICA

APOSTILA SOBRE PROGRESSÃO ARITMÉTICA (PA)-PROF. CARLINHOS SUCESSÃO OU SEQUENCIA NUMÉRICA SUCESSÃO OU SEQUENCIA NUMÉRICA Sucessão ou seqüência numérica é todo conjunto de números dispostos numa certa ordem Uma sucessão pode ser finita ou infinita - (2; 5; 8; 11) finita - ( -3; -2; -1; ) infinita

Leia mais

Aula 2 MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL E MEDIDAS DE POSIÇÃO

Aula 2 MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL E MEDIDAS DE POSIÇÃO MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL E MEDIDAS DE POSIÇÃO Aula META Visualizar o comportamento de um conjunto de dados por intermédio de um único valor, neste caso representado pelo parâmetro médio, bem como em

Leia mais

De acordo com esses dados, o valor da mediana das cotações mensais do ovo extra branco nesse período era igual a

De acordo com esses dados, o valor da mediana das cotações mensais do ovo extra branco nesse período era igual a Estatística Material de Apoio para Monitoria 1. (ENEM) Em sete de abril de 2004, um jornal publicou o ranking de desmatamento, conforme gráfico, da chamada Amazônia Legal, integrada por nove estados. Considerando-se

Leia mais

Módulo 4 Ajuste de Curvas

Módulo 4 Ajuste de Curvas Módulo 4 Ajuste de Curvas 4.1 Intr odução Em matemática e estatística aplicada existem muitas situações onde conhecemos uma tabela de pontos (x; y), com y obtido experimentalmente e deseja se obter uma

Leia mais

Aula 2 Regressão e Correlação Linear

Aula 2 Regressão e Correlação Linear 1 ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE Aula Regressão e Correlação Linear Professor Luciano Nóbrega Regressão e Correlação Quando consideramos a observação de duas ou mais variáveis, surge um novo problema: -as

Leia mais

Comprovação Estatística de Medidas Elétricas

Comprovação Estatística de Medidas Elétricas Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Métodos e Técnicas de Laboratório em Eletrônica Comprovação Estatística de Medidas Elétricas Florianópolis,

Leia mais

Algoritmos e Lógica de Programação. Prof. Marcos Antonio Estremoe. 1 - Faça um programa que imprima a frase: Bem Vindo à Engenharia Firb 2014.

Algoritmos e Lógica de Programação. Prof. Marcos Antonio Estremoe. 1 - Faça um programa que imprima a frase: Bem Vindo à Engenharia Firb 2014. Algoritmos e Lógica de Programação Prof. Marcos Antonio Estremoe 1 - Faça um programa que imprima a frase: Bem Vindo à Engenharia Firb 2014. 2 - Faça um programa que imprima a palavra Bem Vindo à Engenharia

Leia mais

A álgebra nas profissões

A álgebra nas profissões A álgebra nas profissões A UUL AL A Nesta aula, você vai perceber que, em diversas profissões e atividades, surgem problemas que podem ser resolvidos com o auxílio da álgebra. Alguns problemas são tão

Leia mais

Equipe de Matemática MATEMÁTICA. Matrizes

Equipe de Matemática MATEMÁTICA. Matrizes Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 14B Ensino Médio Equipe de Matemática Data: MATEMÁTICA Matrizes Introdução O crescente uso dos computadores tem feito com que a teoria das matrizes seja cada vez mais

Leia mais

4ª Série de Exercícios Variáveis Compostas Homogêneas 1. Faça um algoritmo que leia, via teclado, 10 valores do tipo inteiro e os guarde na memória.

4ª Série de Exercícios Variáveis Compostas Homogêneas 1. Faça um algoritmo que leia, via teclado, 10 valores do tipo inteiro e os guarde na memória. 4ª Série de Exercícios Variáveis Compostas Homogêneas 1. Faça um algoritmo que leia, via teclado, 10 valores do tipo inteiro e os guarde na memória. 2. Amplie o exercício anterior emitindo um relatório

Leia mais

Estudo heurístico de performance de estratégias de investimento simples baseadas na média móvel e desvio padrão no mercado ForEx

Estudo heurístico de performance de estratégias de investimento simples baseadas na média móvel e desvio padrão no mercado ForEx Estudo heurístico de performance de estratégias de investimento simples baseadas na média móvel e desvio padrão no mercado ForEx Lucas Roberto da Silva Centro de Automação, Gestão e Pesquisa em finanças

Leia mais

Estrutura Condicional em C - Lista de Exercícios

Estrutura Condicional em C - Lista de Exercícios Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Professor: Danilo Giacobo Estrutura Condicional em C - Lista de Exercícios Pato Branco, 25 de março de 2015. Instruções:

Leia mais

MATEMÁTICA. Professor Diego Viug

MATEMÁTICA. Professor Diego Viug MATEMÁTICA Professor Diego Viug FUNÇÕES CONCEITOS, GRÁFICOS E TABELAS QUESTÃO 1 Acompanhando o crescimento do filho, um casal constatou que, de 0 a 10 anos, a variação da sua altura se dava de forma mais

Leia mais

AFRF Exercícios Tele-Transmitido. Prof. Sérgio Altenfelder Estatística - 01

AFRF Exercícios Tele-Transmitido. Prof. Sérgio Altenfelder Estatística - 01 01. Para dados agrupados representados por uma curva de freqüências, as diferenças entre os valores da média, da mediana e da moda são indicadores da assimetria da curva. Indique a relação entre essas

Leia mais

COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA Data: 08/05/2016 Disciplina: Matemática Lista 5 Estatística

COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA Data: 08/05/2016 Disciplina: Matemática Lista 5 Estatística COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA Data: 08/05/2016 Disciplina: Matemática Lista 5 Estatística Período: 2 o Bimestre Série/Turma: 3 a série EM Professor: Wysner Max Valor: Nota: Aluno(a): 01 - Fazendo

Leia mais

Curso: Técnico em Informática Integrado Disciplina: Algoritmos Carga horária: 60h (80h/a) Período: 2º Ano Professor: Edmilson Barbalho Campos Neto

Curso: Técnico em Informática Integrado Disciplina: Algoritmos Carga horária: 60h (80h/a) Período: 2º Ano Professor: Edmilson Barbalho Campos Neto INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Campus João Câmara Avenida Antônio Severiano da Câmara / BR 406, Km 101, s/n Zona Rural. Bairro Amarelão João Câmara/RN - CEP:

Leia mais

PROVA DE MATEMÁTICA CONCURSO DE ADMISSÃO 2012/2013 1º ANO DO ENSINO MÉDIO

PROVA DE MATEMÁTICA CONCURSO DE ADMISSÃO 2012/2013 1º ANO DO ENSINO MÉDIO CONCURSO DE ADMISSÃO 01/013 PROVA DE MATEMÁTICA 1º ANO DO ENSINO MÉDIO CONFERÊNCIA: Membro da CEOCP (Mat / 1º EM) Presidente da CEI Dir Ens CPOR / CMBH PÁGINA 1 RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 A 0 E TRANSCREVA

Leia mais