(ENCCEJA-adaptada) Muitas das mudanças ambientais estão ligadas à ação humana. Observe e compare as conseqüências em duas diferentes situações:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "(ENCCEJA-adaptada) Muitas das mudanças ambientais estão ligadas à ação humana. Observe e compare as conseqüências em duas diferentes situações:"

Transcrição

1 CI E Ê N SUAS CIAS TE H UMA CNOL S GI NA O AS Questão (ENCCEJA-adaptada) Muitas das mudanças ambientais estão ligadas à ação humana. Observe e compare as conseqüências em duas diferentes situações: SITUAÇÃO : área urbana com morro e cobertura vegetal natural Água da chuva CIDADE Infiltração água subterrânea Floresta RIO Baseado em NEVES. Abílio Rodrigues. A educação florestal. Rio de Janeiro: Globo, 987. SITUAÇÃO 2: área urbana com morro e sem cobertura vegetal Água da chuva CIDADE Enxurrada Pequena Infiltração Floresta derrubada RIO Baseado em NEVES. Abílio Rodrigues. A educação florestal. Rio de Janeiro: Globo, 987. A possibilidade de ocorrerem enchentes com mais intensidade será: A) maior na situação, porque árvores interferem pouco no processo de retenção, infiltração e escoamento das águas superficiais. B) maior na situação, porque as árvores aumentam o impacto das chuvas, provocando as enxurradas. C) maior na situação 2, pois sem a floresta a evaporação da água das cidades é maior e a quantidade de chuvas muito maior, elevando o nível dos rios. D) maior na situação 2, pois sem as árvores a água escorre com maior velocidade, provocando enxurradas e inundação pela elevação do nível dos rios. E) a mesma nas situações e 2, porque o rio principal recebe a mesma quantidade de chuvas. A retirada da cobertura vegetal reduz a capacidade de retenção de água pelo solo e pela floresta, além de aumentar o escoamento da água pela superfície terrestre, o que elevará rapidamente o nível dos rios da região, causando inundações.

2 Questão 2 Uma situação jurídica na qual todos estão submetidos ao respeito das leis e a um sistema institucional, em que os órgãos governamentais estão organizados nas normas da separação dos poderes e dos direitos fundamentais, configura: A) uma sociedade sem governo. D) ausência de governo e de Estado. B) um governo ditatorial. E) qualquer forma de governo. C) o Estado de direito numa democracia. Configura o Estado democrático ocidental que tem por objetivo garantir as liberdades civis, isto é, o respeito aos direitos humanos e às liberdades fundamentais. Questão 3 Observe o mapa abaixo e responda à questão a seguir: Fonte: Nas últimas décadas, o Brasil tornou-se, pela primeira vez em sua história, um país de emigração. Estima-se que mais de dois milhões de brasileiros estejam atualmente residindo no exterior. Sobre os emigrantes que deixaram o Brasil para viver nesses países, pode-se dizer que: A) Os que emigraram para o Paraguai apresentavam o mesmo grau de qualificação profissional dos que emigraram para os Estados Unidos e para o Japão. B) A maior parte dos imigrantes brasileiros nos Estados Unidos vive nesse país de forma ilegal e, portanto, em condições precárias em termos de cidadania. C) A maioria dos que emigraram para o Japão eram descendentes de japoneses que imigraram para o Brasil no início do século XX, o que fez com que eles não fossem discriminados naquele mercado de trabalho. D) Os imigrantes brasileiros que vivem em Portugal, Espanha e Itália, por serem descendentes de pessoas que imigraram para o Brasil no século XIX, são reconhecidos como cidadãos plenos nesses países. E) A remessa de valores que emigrantes brasileiros enviam para o Brasil apresenta uma importância muito expressiva no contexto da economia do lugar onde vivem os seus familiares. 2

3 As remessas de valores que os emigrantes brasileiros enviam para os seus familiares no Brasil é importante do ponto de vista econômico para o lugar onde eles vivem, pois dinamiza o comércio local e, dessa forma, a sua economia. Resposta: E Questão 4 Leia o texto: O povo inglês pensa ser livre, mas só o é durante a eleição dos membros do parlamento; uma vez estes eleitos ele é escravo, ele não é nada. O Contrato Social. No trecho acima, o filósofo francês Jean-Jacques Rousseau: A) propõe um governo ditatorial, suspendendo as eleições. B) condena a posição dúbia da Inglaterra em relação à escravidão. C) afirma o caráter democrático de um governo fundado em eleições. D) questiona a prática política, vista como uma forma de rebaixamento do homem. E) critica os sistemas políticos fundados na representação. Ao desenvolver o conceito de vontade geral, o filósofo francês Jean-Jacques Rousseau parte do princípio de que um grupo de pessoas é um corpo independente que deve atuar politicamente como tal, identificando a representação política (empreendida, por exemplo, por deputados membros de uma assembléia legislativa) como perda de soberania. Resposta: E Observe o esquema abaixo e responda a questão: MÁQUINAS E INSUMOS AGRÍCOLAS ATIVIDADE PRODUTIVA: AGRICULTURA OU PECUÁRIA FINANCIAMENTO PROCESSAMENTO INDUSTRIAL COMERCIALIZAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO Fonte: Esquema extraído do vestibular da UERJ, 998. Questão 5 O esquema mostra as articulações existentes entre os setores da atividade econômica, nas últimas décadas, ligada à produção agroindustrial no Brasil. Os principais efeitos dessa articulação no campo estão expressos em: A) Transformações nas relações de trabalho no campo. B) Crescimento do nível de subordinação econômica do setor industrial ao setor agrário. C) Fortalecimento da produção voltada para a subsistência familiar. D) Ampliação do mercado de trabalho. E) Diminuição do nível de concentração da propriedade dos fatores produtivos. As articulações mostradas se relacionam à agroindústria, cuja maior transformação foi a modernização do campo, causando diversas modificações nas relações de trabalho, entre elas, a diminuição da quantidade de mão-de-obra tradicional utilizada substituída pelas máquinas e equipamentos e um aumento no uso de mão-de-obra mais capacitada (agrônomos, zootecnistas, tratoristas, motoristas, mecânicos, administradores rurais, etc.) Resposta: A 3

4 Questão 6 Observe as figuras a seguir: Ar quente Ar quente Brisa do mar Brisa da terra Dia Terra quente Mar frio Noite Terra fria Mar quente As figuras esquemáticas acima representam a dinâmica atmosférica observada pela população das cidades litorâneas do Brasil em seu cotidiano. Durante o dia o vento se desloca do mar para o continente. Já no período noturno a situação se inverte, com o vento se deslocando do continente para o mar. Com base nas figuras e em seus conhecimentos sobre o assunto, assinale a alternativa correta: A) O deslocamento de ar ocorre do mar para o continente durante o dia, por causa da diferença de pressão existente entre as duas áreas; isso só é possível porque sobre o mar temos uma área de menor pressão atmosférica. B) O vento maral, também chamado de brisa marítima, que aparece durante o dia, surge em decorrência da maior pressão sobre o continente, nesse período. C) Durante a noite ocorre a brisa terrestre, porque o continente tem uma temperatura menor do que a temperatura do mar. Essa diferença aparece devido ao fato de o calor específico da água e do continente serem distintos, sendo que a água apresenta um calor específico menor do que o do continente. D) A temperatura do continente, durante o dia, fica mais elevada pois ele tem um calor específico menor do que a água, o que permite um aquecimento mais rápido. Esse fato leva a um equilíbrio de pressão atmosférica entre o mar e o continente. E) Os esquemas apresentados mostram a dinâmica atmosférica diária em uma região litorânea, na qual durante o dia temos a ocorrência do vento maral e à noite a do vento terral; ambos se deslocam sempre de uma área de maior pressão para a de menor pressão. As figuras mostram o clássico esquema de brisa marítima e brisa terrestre. Durante o dia o ar se desloca de uma área de maior pressão (mar) para uma região de menor pressão (continente). Esse deslocamento se inverte durante a noite. Isso pode ser observado pelos habitantes de qualquer cidade litorânea do Brasil, pois influencia a vida das populações que ocupam a faixa litorânea, em especial a dos pescadores e agricultores. Resposta: E Questão 7 O fenômeno dos regimes populistas que proliferaram na América Latina em meados do século XX só não está diretamente vinculado ao (à) A) crise da hegemonia política tradicionalmente exercida pelas oligarquias agroexportadoras. B) aceleração do processo de industrialização e de urbanização com a modernização da economia. C) tomada do poder pelas classes populares rurais e urbanas. D) fortalecimento da ação do Estado, que assume feições autoritárias e paternalistas. E) implementação de projetos nacionalistas de desenvolvimento. Os regimes populistas, contraditoriamente progressistas e conservadores ao mesmo tempo, não representaram as classes populares no poder, mas sim facções das elites dominantes que assumiram como suas certas causas dos trabalhadores, estabelecendo com eles vínculos de compromissos sociais. Daí as mudanças nas legislações e nas políticas públicas de cunho trabalhista. 4

5 Questão 8 O século das cidades. Foram necessários 00 mil anos para que, em 2008, a população urbana cerca de 3,4 bilhões superasse a do campo. Mas, em 2025 o porcentual da população urbana já será de 6%, segundo projeções da Organização das Nações Unidas (ONU). A parte mais vistosa desse processo de urbanização é a explosão das megacidades. Pela definição da ONU, as megacidades têm mais de 0 milhões de habitantes em seus limites geográficos formais. Os mapas abaixo retratam a evolução demográfica nas maiores regiões metropolitanas do planeta. METRÓPOLES DO MUNDO EM 2007 Fonte: United Nations, Department of Economic and Social Affairs. Population Division (2008). World Urbanization Prospects. The 2007 Revision. Highlights. (United Nations Working Paper No. ESA/P/WP/205) METRÓPOLES DO MUNDO EM 2025 Fonte: United Nations, Department of Economic and Social Affairs. Population Division (2008). World Urbanization Prospects. The 2007 Revision. Highlights. (United Nations Working Paper No. ESA/P/WP/205) RANKING o Tóquio 2 o Nova York 3 o Cidade do México 4 o Mumbai 5 o São Paulo 6 o Nova Délhi 7 o Xangai 8 o Calcutá 9 o Daca 0 o Buenos Aires RANKING o Tóquio 2 o Mumbai 3 o Nova Délhi 4 o Daca 5 o São Paulo 6 o Cidade do México 7 o Nova York 8 o Calcutá 9 o Xangai 0 o Karachi Fonte: Internet: <http://www.estadao.com.br/megacidades/> (com adaptações). De acordo com as informações anteriores, A) o processo de urbanização mundial apresenta como tendência para as próximas décadas a expansão das pequenas e médias cidades localizadas nos países desenvolvidos. B) a expansão das megacidades é característica da urbanização dos países desenvolvidos e se acentuará nos próximos anos. C) o pequeno ritmo de industrialização dos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento reduz as possibilidades de formação de megacidades nas próximas décadas. D) atualmente dois terços das megacidades estão concentrados nos países emergentes ou subdesenvolvidos, e a tendência é que essa concentração aumente nas próximas décadas. E) a formação das megacidades é um fenômeno recente e que está associado à excessiva concentração da atividade industrial em apenas algumas cidades dos países subdesenvolvidos. As megacidades desenvolvem-se principalmente em países de industrialização tardia onde o processo de urbanização aconteceu de forma acelerada e concentrada em algumas áreas. Estão presentes em nações do mundo desenvolvido, como Estados Unidos e Japão, e também em países emergentes, como Brasil e Argentina. Nos últimos anos a urbanização se acelerou no mundo, principalmente nos países subdesenvolvidos. O intenso êxodo rural, resultado da mecanização agrícola e da expansão da concentração fundiária, e a transferência em massa de transnacionais, provocaram forte inchaço urbano de algumas cidades desses países, ampliando o número de megacidades no planeta. Questão 9 O texto a seguir reproduz um trecho da primeira Lei de Terras brasileira, fundamental na definição da estrutura fundiária brasileira: LEI N o 60, DE 8 DE SETEMBRO DE 850. Dispõe sobre as terras devolutas no Império, e acerca das que são possuídas por título de sesmaria sem preenchimento das condições legais, bem como por simples título de posse mansa e pacífica: e determina que, medidas e demarcadas as primeiras, sejam elas cedidas a título oneroso, assim para empresas particulares, como para o estabelecimento de colônias de nacionais e de estrangeiros, autorizando o Governo a promover a colonização estrangeira na forma que se declara. D. Pedro II, por Graça de Deus e Unânime Aclamação dos Povos, Imperador Constitucional e Defensor Perpétuo do Brasil. Fazemos saber a todos os Nossos Súditos, que a Assembléia Geral Decretou, e Nós Queremos a Lei seguinte: Art.. Ficam proibidas as aquisições de terras devolutas por outro título que não seja o de compra. Excetuam-se as terras situadas nos limites do Império com países estrangeiros em uma zona de 0 léguas, as quais poderão ser concedidas gratuitamente. A letra da lei no contexto do Segundo Reinado (840/889), sobretudo no Artigo, nos permite deduzir que: A) Reafirmava-se o princípio do Uti Possidetis, ita possideatis, ou seja, quem possui de fato deve possuir de direito, com relação ao acesso à propriedade legal da terra. B) Atendia aos interesses dos grandes latifundiários na montagem das cooperativas com os pequenos proprietários rurais, grupo composto principalmente por imigrantes europeus recém-chegados ao Brasil. 5

6 C) O Império pretendia dificultar o acesso à propriedade de terras àqueles que não tivessem recursos financeiros para comprá-las. Imigrantes pobres e negros libertos, em vista do avanço rumo à campanha abolicionista que se anunciava, seriam seus alvos. D) Correspondia ao objetivo do Estado regularizar os registros das terras concedidas aos imigrantes das lavouras cafeeiras do Oeste paulista que haviam sido ocupadas sem autorização oficial. E) Inspirou-se no Homestead Act, de 862, nos EUA, lei segundo a qual chefes de família acima de 2 anos e que nunca tivessem pegado em armas contra a União podiam se apossar de, no máximo, um quarto de sessão (60 acres) de terras públicas reservadas para este fim e reclamar o título de propriedade após a quitação da dívida ou após 5 anos de ocupação produtiva. A interpretação correta do texto proposto aponta para a ação do Estado brasileiro, num momento crucial de sua evolução, no enfrentamento do chamado problema da mão-de-obra que a economia cafeeira precisou superar no século XIX. A intenção da lei, por sua vez, denuncia o domínio de classe sobre o Estado em detrimento de segmentos pobres como os imigrantes e os negros. Leia os textos abaixo para responder às questões 0 e : Heródoto expõe aqui suas pesquisas, para evitar que os atos dos homens, com o tempo, se apaguem da memória e grandes e maravilhosas façanhas, realizadas tanto pelos bárbaros como pelos gregos, deixem de ser conhecidas. História, I,. Se queremos ter uma visão clara dos acontecimentos passados e daqueles que, no futuro, em razão do caráter humano apresentarão semelhanças e analogias, basta para que os consideremos úteis: eles constituirão um tesouro para sempre. História da Guerra do Peloponeso, I, -2. Questão 0 Os fragmentos acima, da Grécia Antiga, apresentam duas concepções de História, respectivamente de Heródoto e Tucídides. Sobre a concepção de História de Heródoto, é correto afirmar que: A) o conhecimento do passado permite prever acontecimentos futuros. B) apenas os gregos eram capazes de façanhas surpreendentes. C) a história se faz a partir da interpretação de textos. D) o papel da história é preservar a memória do passado. E) a história reflete a interferência dos deuses no mundo dos homens. De acordo com o fragmento, a narrativa empreendida por Heródoto serve para preservar a memória de grandes e maravilhosas façanhas. Questão Sobre a concepção de história em Tucídides, pode-se dizer que: A) os ensinamentos do passado podem ser úteis no futuro. B) preservar a memória é exaltar os grandes feitos do passado. C) memória e história são esferas distintas, porém ambas desvinculadas do presente. D) o conhecimento da história é uma finalidade em si, sem qualquer utilidade prática. E) baseia-se exclusivamente na leitura de clássicos como a Ilíada e a Odisséia. De acordo com o fragmento, a história é um tesouro, uma vez que permite preservar o conhecimento dos atos humanos que, ao longo do tempo, apresentam semelhanças e analogias. Resposta: A Questão 2 Observe no gráfico abaixo o comportamento da vazão de um rio brasileiro de regime pluvial: m 3 /seg Com base na análise desse gráfico é correto afirmar que o seu aproveitamento econômico pode ser importante no domínio geográfico: A) da mata Amazônica, para irrigação. B) da Caatinga, para produção hidrelétrica. C) da mata das araucárias, para navegação. D) do Cerrado, para irrigação. E) do Pampa Gaúcho, para a produção hidrelétrica. O gráfico mostra o comportamento da vazão de um rio de regime pluvial existente em uma área de clima tropical onde é comum a presença de cerrados que recebe chuvas concentradas no verão e sofre secas prolongadas no inverno, o que pode exigir irrigação para o desenvolvimento agrícola neste último período. Questão 3 J F M A M J J A S O N D Fonte: Gráfico extraído do vestibular da UFPE, Leia o texto: Nenhum jornalista tem permissão de fazer reportagens, filmes e fotos na cidade. Órgão de censura do ministério iraniano da cultura. 6

7 Entre as principais vítimas da atual crise no Irã está a imprensa internacional. Entretanto, a censura não tem conseguido impedir que as informações sobre o que ocorre naquele país se espalhem pelas redes da Internet: Facebook, Twitter, Orkut, Youtube. Nesse contexto: A) a recente revolução multimídia tem permitido o jornalismo cidadão. B) o controle da informação continua sendo exclusivo das grandes empresas do setor e do Estado. C) a nova mídia social é pouco expressiva para o jornalismo tradicional. D) a utilização das ferramentas proporcionadas pela Internet impede a liberdade de expressão. E) o jornalismo profissional tornou-se dispensável. Ao lado do jornalismo tradicional, as informações agora também se propagam por outros meios. Munidos de celulares com câmeras conectadas à Internet, os chamados jornalistas cidadãos aliaram-se ao tradicional jornalismo na preservação da liberdade de expressão. Por tal razão também a Internet tem sido censurada no Irã e em outros países onde não há liberdade. Resposta: A Questão 4 As transformações tecnológicas das últimas décadas ampliaram muito o papel dos meios de comunicação nas sociedades modernas. Em relação aos meios de comunicação, considere as seguintes afirmativas: I. Os meios de comunicação diminuem a importância da distância entre os países. II. Os meios de comunicação não contribuem para a redução do isolamento dos mercados consumidores mais distantes do mundo. III. A comunicação entre os povos reduz as fronteiras entre os países, contribuindo para a formação da Aldeia Global. IV. Os meios de comunicação não se distribuem de forma homogênea sobre o espaço geográfico, contribuindo para o agravamento das desigualdades sociais no mundo. V. O controle dos meios de comunicação por grandes grupos econômicos não tem interferência sobre os conteúdos veiculados, já que a sociedade interage com a informação. São corretas apenas as afirmativas: A) I e III. D) I, III e IV. B) II e IV. E) II, IV e V. C) III e V. De fato, os meios de comunicação contribuem para a redução da distância entre os países, o que já foi definido como aniquilamento do espaço-tempo. O desenvolvimento e a aceleração das comunicações são formas de redução das fronteiras geográficas entre os países, homogeneizando culturas e contribuindo para a formação da Aldeia Global. É também verdade que os meios de comunicação não se distribuem de forma homogênea sobre o espaço geográfico, ou seja, a distribuição irregular, ao mesmo tempo em que reflete as desigualdades sociais e econômicas do mundo, contribui para sua manutenção. As demais estão erradas porque: II. Os meios de comunicação têm importante papel na redução do isolamento dos mercados consumidores mais distantes; e V. O controle dos meios de comunicação por grandes grupos econômicos é uma das principais preocupações dos analistas do assunto, já que eles interferem nos conteúdos veiculados, podendo manipular a opinião pública. Questão 5 Leia o texto a seguir. A telenovela brasileira é uma produção veiculada em rede nacional. Hoje, o ato de assistir às novelas já está incorporado ao modo de vida do brasileiro. Seus enredos destacam temas contemporâneos, desde crianças desaparecidas até homossexualidade, passando por transplantes de órgãos e conflitos religiosos. Nas últimas décadas, esse tipo de entretenimento tornou-se uma fonte de renda lucrativa para as emissoras que as produzem e as transformam em produtos de exportação. O tema trabalhado nelas exerce muitas vezes influência na conduta da nossa sociedade. A novela está tão presente em nosso cotidiano que, em 992, foi criado o Núcleo de Pesquisa de Telenovela junto ao Departamento de Comunicações e Artes da ECA/USP, a fim de estudar as suas influências e novas linguagens. A cada ano os enredos são aprimorados e remetem aos problemas emergentes do momento. Em 200, a escritora Glória Perez causou debates em todas as camadas sociais, trazendo para tela o contagiante tema da clonagem e do mundo árabe. A novela ditou regras e modas, os motivos árabes apareceram nas músicas, nos adornos, na dança e nas roupas da população brasileira. Agora, oito anos depois, a autora retoma as questões étnicas ambientando parte da trama em uma cultura completamente oposta à do brasileiro. Na novela Caminho das Índias, o modo de vida indiano é retratado e passa a influenciar nosso povo. A autora traz novamente discussões religiosas e sociais, desconhecidas por boa parte dos brasileiros, dentro de um quadro ficcional, gerando polêmicas entre os telespectadores. Com base no texto acima e em seus conhecimentos, assinale a resposta correta: A) As cinco regiões brasileiras recebem as informações das novelas de maneira diferenciada, de modo que a linguagem e a realidade retratadas não interfiram nos costumes locais, estando restritas apenas aos grandes centros urbanos. B) As metrópoles nacionais não são influenciadas de maneira contundente como ocorre nos menores centros urbanos, onde a população tem menos acesso às informações, uma vez que nessas metrópoles, dada a presença de todos os tipos de imigrantes, as discussões étnicas não se tornam atrativas. 7

8 C) O modo de vida ocidental, diferente do modo de vida oriental, retratado em algumas novelas, gera muitas vezes discussões entre os telespectadores, como a da tentativa de descobrir qual cultura é a correta. Essas polêmicas, muitas vezes, parecem ignorar o próprio conceito de cultura, segundo o qual cada uma é peculiar ao seu povo. D) A ECA/USP possui a função de apenas criar novas técnicas de produção e aumentar as divisas brasileiras, tornando as telenovelas um produto cada vez mais rentável. E) Na era da globalização e da recepção imediata das informações, a retratação das culturas orientais nas telenovelas brasileiras ocorre de maneira fidedigna, não deformando as realidades locais. O toque de romantismo presente nos enredos aparece apenas para o entretenimento da população. A telenovela tornou-se um elemento da cultura brasileira, amplamente estudada e debatida. Seus temas geram muitas vezes polêmicas saudáveis entre os telespectadores. Entretanto, tais discussões requerem cuidados para não se tirar essas conclusões falsas sobre os quadros retratados, pois além de se tratar de uma obra de ficção não se pode desprezar a realidade cultural de outras populações. Questão 6 Observe a ilustração abaixo que mostra o líder soviético Joseph Stalin e um porco identificado com o símbolo nazista: D) às vitórias da União Soviética contra a Alemanha nos estágios finais da 2 a Guerra Mundial. E) ao ataque japonês a Pearl Harbour, possibilitado pela neutralidade soviética. Ao servir o porco nazista, Stalin é mostrado como um vencedor no contexto do conflito entre Alemanha e União Soviética durante a Segunda Guerra Mundial. Questão 7 Observe os fatores enumerados abaixo, que ocorrem em grande parte dos centros urbanos, e responda à questão a seguir: I. Impermeabilização excessiva do solo. II. Elevado nível de poluição atmosférica. III. Ocorrência de chuvas ácidas. IV. Formação de ilhas de calor. V. Obras de canalização dos rios. VI. Construção nas áreas de várzeas de modernas avenidas. Entre os fatores citados encontram-se alguns responsáveis pela ocorrência, em vários centros urbanos brasileiros, de enchentes e suas dramáticas conseqüências para uma parte expressiva de sua população. Assinale a alternativa que se refere apenas aos fatores que levam à ocorrência de enchentes nesses centros urbanos. A) I, II e VI. B) III, IV e V. C) I, III e IV. D) II, IV e V. E) I, V e VI. A impermeabilização excessiva do solo urbano, as obras de canalização dos rios que atravessam os centros urbanos e a ocupação das várzeas são fatores que contribuem para a ocorrência de enchentes em grande parte dos centros urbanos brasileiros. Resposta: E Questão 8 They re serving Roast Adolf at Joe s House tonight! Fonte: T. Seuss Geisel, NYNewspaper, 24 dez 943. Trata-se de uma referência: A) ao Pacto Germano-Soviético anterior à Segunda Guerra Mundial. B) à consolidação da Revolução Russa após a derrota dos contra-revolucionários alemães. C) ao envio de alimentos norte-americanos à União Soviética durante a 2 a Guerra Mundial. Ao pensarmos no início da Revolução Industrial, logo nos vêm à mente as máquinas e a introdução delas no processo produtivo. Porém, um dos aspectos fundamentais para seu desenvolvimento foi: A) a imposição da disciplina aos trabalhadores dentro do ambiente confinado e vigiado da fábrica. B) o desenvolvimento da indústria petrolífera e de máquinas movidas a diesel. C) a organização dos artesãos em Corporações de Ofício, tornando possível a aceleração da produção. D) o emprego em larga escala do ouro como base para os investimentos privados em maquinário. E) a substituição do trabalho humano pelo trabalho animal como forma de tração das primeiras máquinas. 8

9 As inovações trazidas pela Revolução Industrial não se restringem ao campo da técnica, com a invenção de máquinas. Em vez disso, o movimento tem como seu fundamento a criação do sistema de fábricas, no qual se impõem aos trabalhadores disciplina e vigilância, ao mesmo tempo em que se priva a mão-de-obra do conhecimento necessário para a produção, tornando-a dependente do proprietário-empregador. Resposta: A Questão 9 Analise os dados do gráfico sobre a irrigação no mundo: Baseando-se em seus conhecimentos geográficos e nos dados apresentados, assinale a alternativa correta: A) Os países de maior extensão territorial são os que têm menores extensões de terras irrigadas. B) O Brasil não figura entre os de maior extensão de terras irrigadas pela ausência de climas áridos e semi- -áridos. C) Nos Estados Unidos e na Rússia, únicos países irrigados do hemisfério norte, os climas áridos ocupam extensões semelhantes. D) Todos os países de grande área irrigada situam-se na zona intertropical. E) A China e a Índia são os maiores países agrícolas do mundo em produção, área irrigada e uso de mão-de- -obra rural. PAÍSES COM MAIORES ÁREAS IRRIGADAS Índia China EUA 48 Paquistão 38 Irã 2 México 9 Tailândia 7 Indonésia 6 Rússia 4 Uzbequistão Milhões de acres A China e a Índia, graças à sua grande extensão territorial e elevada população absoluta, estão entre os maiores países agrícolas do mundo. As demais estão erradas porque: A) a Rússia, por exemplo, que é o maior país do mundo em extensão territorial, tem apenas 4 milhões de acres irrigados. B) o Brasil, de fato, não está entre os maiores países irrigados, mas não devido à ausência de áreas com climas semi-áridos, já que no Nordeste esse tipo de clima ocupa todo o sertão. C) há muitos outros países do hemisfério norte com terras irrigadas, sendo a China e a Índia os dois exemplos mais importantes. D) nem todos os países de grande área irrigada estão na zona intertropical, a exemplo dos Estados Unidos. Resposta: E Questão 20 Uma grande inovação tecnológica é o sensoriamento remoto, que permite a formação de imagens de partes da superfície terrestre a partir de sinais transmitidos de satélites artificiais colocados na órbita terrestre. Sobre isso veja o texto: O sensoriamento remoto, literal e figuradamente, fornece-nos uma maneira diferente de ver o mundo. Adaptado de John R. Schott. Remote sensing, the image chain approach. Oxford: Oxford University Press, 997. Analise as afirmações sobre essa tecnologia: I. Análises dos efeitos da poluição, dos padrões de desflorestamento e de fenômenos atmosféricos são algumas das aplicações possíveis dessa tecnologia com vistas ao monitoramento e à fiscalização de uma determinada região. II. Muitos aspectos culturais e naturais podem ser reconhecidos e analisados por meio de imagens de satélites. III. Além de aplicações como a previsão de furacões e o combate ao narcotráfico, o sensoriamento remoto também pode ser utilizado para fins bélicos. IV. A utilização de imagens de satélites para grandes extensões de área, como a Amazônia, perde o significado, uma vez que a escala utilizada torna imperceptíveis os fenômenos a serem estudados. São corretas as afirmações: A) I e III apenas. B) III e IV apenas. C) II, III e IV apenas. D) I, II e III apenas. E) nenhuma delas. São corretos os itens I, II e III. O sensoriamento remoto apresenta um alto grau de precisão, sendo útil para a observação e o mapeamento de fenômenos naturais e culturais (criados pelo homem). Como qualquer mapeamento de alto grau de precisão, pode ser usado para fins bélicos. Só não podemos afirmar que a utilização de imagens de satélites para grandes extensões perde o significado, já que as imagens focam parcelas e têm elevada definição. Questão 2 Observe os dados da tabela abaixo: BRASIL: IMIGRAÇÃO ( ) PERÍODO NÚMERO DE IMIGRANTES Adaptado de O Estado Novo ( ). São Paulo: Difel, 976, p. 6. 9

10 A tabela anterior demonstra que a entrada de imigrantes no Brasil: A) manteve-se praticamente constante entre 884 e 903 e decresceu de maneira acentuada de 924 a 943, períodos em que se assistiu ao apogeu e à crise do café. B) decresceu de 894 a 93 e cresceu significativamente de 94 a 933, em razão da Grande Guerra de C) manteve-se praticamente constante no período de 884 a 903 e cresceu sistematicamente de 924 a 943 em função da eclosão da Segunda Guerra Mundial. D) decresceu aceleradamente de 904 a 923 e permaneceu praticamente constante de 924 a 943, índices ligados ao boom econômico dos EUA seguido da Crise de 929. E) cresceu aceleradamente no período de 884 a 903 e decresceu de maneira acentuada de 904 a 923, por causa, respectivamente, da abolição da escravatura e do surto industrial em São Paulo. Questão 23 Os Estados Unidos afirmam que a invasão ao Iraque visava à derrubada de um ditador, à eliminação da ameaça terrorista e de armas de destruição de massa. Sobre o assunto veja a charge: We have 70 good reasons to be involved in the affairs of the mideast. We have one good reason to be involved in the affairs of the mid-east. Excuse me, Mr. President. As imigrações em todo o período considerado na tabela ( ) estiveram vinculadas à evolução da lavoura cafeeira no Brasil. Resposta: A Questão 22 Leia as frases: A melhor forma de governo é a mais natural. (John Locke) O homem é bom, a sociedade o corrompe. (Jean-Jacques Rousseau) A riqueza está nos empreendimentos naturais. (princípio fisiocrata) As frases expressam idéias de um movimento intelectual cuja maior expressão ocorreu no final da Idade Moderna nos séculos XVII e, sobretudo, XVIII. Na mesma época, desenvolveu-se uma corrente estética, tanto na literatura quanto nas artes plásticas, que expressava a mesma tendência de valorização da natureza. O movimento intelectual e a corrente estética são, respectivamente: A) iluminismo e arcadismo B) renascimento e barroco C) neoclassicismo e romantismo D) realismo e rococó E) cientificismo e modernismo No final da época moderna, principalmente no século XVIII, a valorização da natureza presente nos escritos iluministas teve uma contrapartida estética no desenvolvimento do arcadismo. Resposta: A A charge acima parece comprovar que a ocupação do Iraque tinha como verdadeiro motivo: A) apenas o interesse estratégico-militar, pois os Estados Unidos têm uma das maiores produções mundiais de petróleo e não necessitam das reservas iraquianas. B) o controle das matérias-primas estratégicas, no caso o petróleo, essencial para a manutenção da posição norte-americana no mundo globalizado. C) a preocupação com o preço do petróleo, pois o esgotamento mundial das reservas de petróleo sob controle ocidental tem gerado queda da produção e elevação de preços. D) a mundialização de uma ideologia antiditatorial e a generalização do modelo de Estado-nação democrático. E) uma estratégia mais ampla, iniciada com a ocupação do Afeganistão e com o apoio de Israel, que pretende, no médio prazo, dominar os pontos nevrálgicos do Oriente Médio. A geopolítica mundial mostrou inúmeras vezes que entre o discurso dos políticos e as reais intenções estratégicas dos Estados há uma grande diferença, o que é explorado de forma cômica pela charge. Os Estados Unidos, na essência, necessitam controlar as matérias-primas estratégicas, no caso o petróleo, essencial para a manutenção da sua posição como potência hegemônica no mundo. Isso é especialmente importante hoje e seguirá sendo nas próximas duas ou três décadas, período em que o petróleo continuará sendo uma das mais importantes fontes de energia do mundo. A ocupação do Iraque se enquadra também na estratégia de substituir a Arábia Saudita como principal reserva amiga de petróleo, já que a instabilidade dessa nação é conhecida e sua amizade com os Estados Unidos não é bem-vista no mundo árabe. Resposta: B 20

11 Questão 24 O estudo da população é realizado levando em conta aspectos relacionados com o seu crescimento, a sua estrutura etária e a ocorrência de migrações, aspectos que se encontram interligados e em contínua interação, como mostra o esquema abaixo: Crescimento Estrutura C) o Estado Novo de Getúlio Vargas elaborou duas Constituições para o país: a de 934, que garantia plena liberdade de expressão e de organização política, e a de 937, que instituiu o Estado Integralista no Brasil. D) a Constituição de 946, de caráter liberal-democrático, extinguiu a pena de morte, incorporou direitos trabalhistas, restaurou o federalismo e proibiu a reeleição para cargos do poder executivo. E) a Constituição de 967, a mais democrática de todas, foi outorgada durante o governo do Marechal Castelo Branco e suprimiu o Ato Institucional N o 5. A ação do Estado pode influir no nível de interação que ocorre entre esses três aspectos do estudo da população. Qual das alternativas abaixo destaca ações do Estado que podem influir no nível de interação entre os aspectos do estudo da população? A) Adoção de uma política oficial de controle da natalidade e de incentivo à imigração. B) Incentivo à natalidade e estímulo à inserção do jovem no mercado de trabalho. C) Adoção de uma política oficial de controle da natalidade e de obrigatoriedade do ensino público no curso básico. D) Combate à criminalidade e implementação de políticas sociais de atendimento às camadas mais pobres da população. E) Estímulo à imigração e proibição do trabalho infantil. A adoção de uma política oficial de controle da natalidade pode resultar no declínio da taxa de crescimento vegetativo, e o incentivo à imigração pode alterar a estrutura populacional, por idade e gênero. Resposta: A Questão 25 Migrações Fonte: Gráfico extraído do vestibular da PUC-RJ, Adaptado de João Rua e outros in Para ensinar Geografia. A Constituição Cidadã, sétima brasileira, completou 20 anos em Ela foi promulgada em meio ao processo de redemocratização detonado a partir da queda da ditadura militar, em 985. Sobre as Constituições brasileiras anteriores, é correto afirmar que: A) o período monárquico teve só uma Constituição, outorgada por Dom Pedro I em 824, que instaurou os três poderes executivo, legislativo e judiciário inspirando-se no princípio liberal-iluminista. B) a Constituição de 89 implantou no país a república federativa e o sistema de governo presidencialista, e estabeleceu o voto secreto universal para todos os cargos do executivo e do legislativo. A relação entre cidadania e democracia passa necessariamente pelo conhecimento dos direitos fundamentais dos indivíduos em sociedade. As Constituições nacionais devem ser a garantia fundamental desses direitos, e a Carta de 946, juntamente com a de 988, apresenta-se como a mais democrática de nossa História. Questão 26 Leia atentamente o seguinte trecho da obra Formação do Brasil Contemporâneo, do historiador Caio Prado Júnior: No seu conjunto, e vista no plano mundial e internacional, a colonização dos trópicos toma o aspecto de uma vasta empresa comercial, mais completa que a antiga feitoria, mas sempre com o mesmo caráter que ela, destinada a explorar os recursos naturais de um território virgem em proveito do comércio europeu. É este o verdadeiro sentido da colonização tropical, de que o Brasil é uma das resultantes. Esse sentido da colonização tropical permite explicar elementos fundamentais da evolução econômica, política e social do Brasil Colônia. Entre as alternativas abaixo, assinale a única que se refere a uma característica exclusivamente política do processo de colonização: A) Predomínio dos interesses do mercado metropolitano na determinação dos gêneros agrícolas cultivados, provocando uma sucessão de ciclos econômicos. B) Expressivo fenômeno de mestiçagem em vista da incorporação de grupos indígenas nativos e africanos como mão-de-obra cativa nas lavouras e minas. C) Povoamento pontual do litoral, seguido de lenta expansão e de dispersão populacional para o interior, determinada por atividades de apresamento de índios, criação pecuária e prospecção de metais preciosos. D) Dificuldades de transportes e de comunicações entre as vastas regiões da Colônia, levando a práticas de poder essencialmente localistas, com base na atuação das Câmaras Municipais, por serem estas mais ágeis que os Donatários e o Governo Geral na resolução dos problemas. E) Descentralização da administração metropolitana, dada a grande preocupação quanto à tributação dos produtos coloniais e ao controle do comércio de escravos africanos por muitos piratas e corsários europeus na costa brasileira. 2

12 No trecho, Caio Prado Jr. denuncia o verdadeiro sentido da colonização tropical em que se insere o Brasil português. O enunciado relaciona esse sentido com a evolução econômica, política e social da Colônia. E a questão exige a comparação entre esses aspectos para a identificação do plano especificamente político na referência à estrutura administrativa do sistema colonial. Questão 27 Observe o trecho de um texto de Graça Aranha escrito em 922: A remodelação estética do Brasil iniciada na música de Villa-Lobos, na escultura de Brecheret, na pintura de Di Cavalcanti, Anita Malfati, Vicente do Rego Monteiro, Zina Aita, e na jovem e ousada poesia, será a libertação da arte dos perigos que a ameaçam, do inoportuno arcadismo, do academicismo e do provincialismo. Agora leia atentamente a letra da música Geléia Geral, de Gilberto Gil e Torquato Neto: ( ) um poeta desfolha a bandeira e a manhã tropical se inicia resplandecente candente fagueira num calor girassol com alegria na geléia geral brasileira que o Jornal do Brasil anuncia ê bumba iê iê boi ano que vem mês que foi ê bumba iê iê iê é a mesma dança meu boi ( ) é a mesma dança na sala no Canecão na TV e quem não dança não fala assiste a tudo e se cala não vê no meio da sala as relíquias do Brasil: doce mulata malvada um elepê do Sinatra maracujá mês de abril santo barroco baiano superpoder de paisano formiplac e céu de anil três destaques da Portela carne seca na janela alguém que chora por mim um carnaval de verdade hospitaleira amizade brutalidade jardim ( ) Sobre os movimentos culturais que tiveram lugar no Brasil nas décadas de 920 e 960 a que se referem os documentos lidos, é correto afirmar, respectivamente, que: A) O primeiro indicava os limites da arte brasileira e menciona nominalmente seus expoentes. O segundo tinha orientações políticas precisas, direcionadas ao combate da ditadura militar vigente no país, o que era explícito em suas canções. B) O primeiro defendia a estética modernista, sem menosprezar a contribuição do arcadismo. O segundo criticava a influência cultural estrangeira em nosso país, que envolvia cinema, literatura, televisão, rock. C) O primeiro expressava seu inconformismo com a arte nacional e elogiava o seu academicismo. O segundo afirmava o valor exclusivo da musicalidade intimista, não admitindo, assim, o emprego de instrumentos elétricos em suas apresentações. D) O primeiro celebrava os artistas modernistas e destacava o caráter renovador do movimento. O segundo buscava problematizar a cultura por meio da recombinação do tradicional, do erudito, do moderno, do nacional e do global, numa atitude antropofágica. E) O primeiro posicionava-se contra as inovações em curso e apontava seu caráter provinciano. O segundo questionava o papel da mídia como instrumento de alienação, ausentando-se, assim, dos festivais da canção promovidos pelas emissoras de TV brasileiras. A questão exige noções sobre os movimentos de contestação, recriação e preservação da cultura em dois momentos identificados décadas de 920 e 960 no Brasil, ou seja, o contraponto entre os movimentos modernista e tropicalista, tão marcantes nas conjunturas de crise referidas. Questão 28 Leia com atenção: O justo preço é aquele bastante baixo para o consumidor poder comprar, sem extorsão, e suficientemente elevado para o vendedor ter interesse em vender e poder viver de maneira decente. Na História da Idade Média, essa concepção: A) definiu a economia de subsistência. B) subordinou a economia à moral. C) identificou a economia de livre mercado. D) caracterizou a especulação capitalista. E) caracterizou uma economia socialista. Essa concepção de economia foi predominante na Idade Média, caracterizando o pensamento escolástico, que subordinava a prática capitalista em formação à moral cristã. Resposta: B Questão 29 (ENEM) Leia os textos: No princípio do século XVII, era bem insignificante e quase miserável a Vila de São Paulo. João de Laet dava- -lhe 200 habitantes, entre portugueses e mestiços, em 00 casas; a Câmara, em 606, informava que eram 90 os moradores, dos quais 65 andavam homiziados (*). (*) homiziados: escondidos da justiça. Nelson Werneck Sodré. Formação histórica do Brasil. São Paulo: Brasiliense,

13 Na época da invasão holandesa, Olinda era a capital e a cidade mais rica de Pernambuco. Cerca de 0% da população, calculada em aproximadamente pessoas, dedicavam-se ao comércio, com o qual muita gente fazia fortuna. Cronistas da época afirmavam que os habitantes ricos de Olinda viviam no maior luxo. Adaptado de Hildegard Féist. Pequena história do Brasil holandês. São Paulo: Moderna, 998. Os textos anteriores retratam, respectivamente, São Paulo e Olinda no início do século XVII, quando Olinda era maior e mais rica. São Paulo é, atualmente, a maior metrópole brasileira e uma das maiores do planeta. Essa mudança deveu-se, essencialmente, ao seguinte fator econômico: A) maior desenvolvimento do cultivo da cana-de-açúcar no planalto de Piratininga do que na Zona da Mata Nordestina. B) atraso no desenvolvimento econômico da região de Olinda e Recife, associado à escravidão, inexistente em São Paulo. C) avanço da construção naval em São Paulo, favorecido pelo comércio dessa cidade com as Índias. D) desenvolvimento sucessivo da economia mineradora, cafeicultora e industrial no Sudeste do país. E) destruição do sistema produtivo de algodão em Pernambuco quando da ocupação holandesa. A questão contrapõe simultaneamente dois espaços geográficos o nordeste de Olinda e o sudeste de São Paulo e épocas distintas séculos XVII, XVIII, XIX e XX para identificar uma troca de papéis entre meios urbanos importantes na evolução da sociedade brasileira. A referência aos fatores econômicos exige conhecimento dos processos de produção e/ou circulação de mercadorias. Questão 30 Para conter o número de países que possuíam armas atômicas, foi assinado, em 968, o TNP (Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares). Os países signatários que já possuíam armas atômicas (EUA, URSS, França, Reino Unido e China) se comprometiam a se desfazer delas totalmente, enquanto os signatários que ainda não as tinham se comprometiam a não desenvolvê-las, resguardando-se o direito de usar energia atômica para fins pacíficos. O TNP não teve adesão de Israel, Índia e Paquistão. A seguir, analise as notícias a respeito dessa questão geopolítica: Texto I Recentemente a Coréia do Norte retirou-se do TNP, realizou seu primeiro teste nuclear e lançou um foguete que, segundo eles, faz parte de um projeto para colocar satélites em órbita. A comunidade internacional acredita que, na verdade, eles estão desenvolvendo testes para lançamento de mísseis e pressiona pelo fim do desenvolvimento do ciclo atômico no país. Adaptado de Agência Estado, 2 de abril de Texto II O Irã planeja obter a tecnologia necessária para fazer parte do exclusivo grupo de países capazes de construir e desenvolver reatores nucleares, disse o subdiretor da Organização Iraniana para a Energia Atômica. Ele negou mais uma vez a intenção de desenvolver um arsenal nuclear, afirmando que seu programa atômico se destina apenas à geração de eletricidade. Adaptado de Agência EFE, 3 de abril de Podemos afirmar que: A) os países que possuem armas atômicas não são signatários do TNP. B) Israel, Índia e Paquistão têm ogivas nucleares, mas seu objetivo é o uso pacífico da energia atômica. C) a Coréia do Norte não assinou o TNP porque já possuía armas atômicas. D) o Irã precisa retirar-se do TNP já que está desenvolvendo o ciclo atômico completo. E) o Irã, ao contrário da Coréia do Norte, faz parte do TNP e por isso pode produzir energia atômica para fins pacíficos. Com base nas informações fornecidas, verifica-se que o Irã e a Coréia do Norte não estão na mesma condição no que se refere à questão atômica. O Irã, como membro do TNP, pode desenvolver o ciclo atômico para fins pacíficos, embora sujeito às inspeções da AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica). Já a Coréia do Norte, que se retirou do TNP, coloca-se na posição de país que tem a intenção de produzir armas atômicas, como Israel, Índia e Paquistão. As demais alternativas estão erradas porque: A) EUA, URSS, França, Reino Unido e China são signatários do TNP e já possuíam armas atômicas quando assinaram o tratado. B) como Índia, Paquistão e Israel têm ogivas nucleares, não se pode afirmar que o objetivo deles seja o uso pacífico da energia atômica. C) a Coréia do Norte assinou o TNP como país que não possuía armas atômicas, mas posteriormente retirou- -se do tratado para desenvolvê-las. D) o Irã não precisa se retirar do TNP, já que o tratado prevê a possibilidade de desenvolvimento do ciclo atômico completo para fins pacíficos. Resposta: E Questão 3 Observe o cordel de Patativa do Assaré ( ) que cantou a vida da população sertaneja do nordeste. Quando há inverno abundante No meu nordeste querido Fica pobre em um instante Do sofrimento esquecido Tudo é graça, paz e riso Reina um verde paraíso Por vale, serra e sertão Porém não havendo inverno Reina um verdadeiro inferno De dor e de confusão. Fica tudo transformado Sofre o velho e sofre o novo 23

14 Falta pasto para o gado E alimento para o povo É um drama de tristeza Parece que a natureza Trata tudo com vigor Com esta situação O desumano patrão Despede o seu morador Segundo os versos do cordelista, a migração nordestina tem como causa: A) a atração de mão-de-obra de baixa qualificação profissional para os centros urbanos impulsionados pelo desenvolvimento industrial. B) os conflitos entre famílias de poderosos coronéis locais, senhores absolutos da estrutura política do sertão. C) as características do meio geográfico da região associadas à opressão dos proprietários de terras. D) a religiosidade do sertanejo nordestino, que entende o sofrimento como determinação divina e se presta ao misticismo messiânico. E) o caráter exportador da economia nordestina, voltada para mercados de produtos primários e matérias- -primas. Nessa questão o enfoque cai sobre as causas crônicas dos movimentos emigratórios a partir do nordeste brasileiro em função de fatores geográficos e socioeconômicos, quais sejam, as relações de produção que provocam o êxodo de populações pobres para outras regiões do país. Questão 32 Segundo o Centro Nacional de Dados sobre a Neve e o Gelo, o degelo do Ártico acelerou-se nas últimas décadas, e como conseqüência há maior degelo no verão e menor acúmulo de gelo no inverno. O acúmulo de gelo tem sido negativo desde 979, ano em que teve início o uso de satélites para a sua observação. Veja alguns dados relativos ao problema: MEDIÇÕES DA CALOTA POLAR ÁRTICA Extensão dos Parcela de Parcela de ANO gelos (km 2 ) gelo espesso 2 geleiras sazonais % 40% % 50% % 60% % 70% Traduzido e adaptado de Centro Nacional de Dados sobre a Neve e o Gelo e ICESat-NASA, () Medições sempre no mês de fevereiro (inverno). (2) Gelo acima de 274 centímetros de espessura. (3) Só derrete no verão seguinte. Com base nesses dados e em conhecimentos sobre o assunto, só não podemos afirmar que: A) a redução da área do Ártico indica menor volume de gelo, o que irá contribuir para a elevação do nível dos oceanos. B) o aumento da parcela de gelo sazonal indica que apesar do degelo os invernos são mais rigorosos na região. C) a redução da parcela da camada de gelo espesso permite concluir que o volume total de gelo na região está diminuindo. D) o aumento da parcela de geleiras sazonais indica que os invernos estão mais amenos. E) os três indicadores comprovam que os fenômenos naturais da região estão sofrendo algum tipo de alteração. Os dados da tabela permitem ver que continuamente o Ártico teve sua extensão de gelos reduzida, a parcela de gelos espessos tornou-se menor e a parcela de gelos sazonais aumentou. Os três dados indicam que as temperaturas atmosféricas na região estão se elevando, os invernos tornando- -se mais curtos e mais amenos e a quantidade de gelo acumulado está diminuindo. Todos os dados confirmam alterações, exceto a alternativa B, que erra ao afirmar que o aumento da parcela de gelo sazonal indica invernos mais rigorosos, quando o que acontece é o contrário: a elevação da temperatura reduz os gelos permanentes e aumenta o sazonal. Resposta: B Questão 33 Na América portuguesa, a catequese dos índios começou com o próprio processo de colonização, e a mestiçagem assumiu dimensões significativas. Tanto na América inglesa quanto na portuguesa, as populações indígenas foram muito sacrificadas. Os índios não tinham defesa contra as doenças trazidas pelos brancos, foram derrotados pelas armas de fogo destes últimos e, muitas vezes, escravizados. Após o contato com os colonizadores, as populações indígenas da América portuguesa: A) buscaram manter sua cultura tão intacta quanto a dos indígenas da América inglesa. B) reconheceram sua diferença em relação ao civilizado, bem como descobriram semelhanças entre os grupos indígenas. C) entenderam que não há distinção entre os índios e o restante da população brasileira. D) diferenciaram-se dos indígenas da América inglesa por terem suas terras devolvidas. E) passaram a designar como índios somente os habitantes nativos da Ásia. No processo colonizatório a diversidade cultural se manifestou em todos os aspectos de contato entre os povos das Américas e os europeus. Na dominação e submissão, bem como na mestiçagem étnica e mixagem cultural, as diferenças e semelhanças culturais geraram ora formas de resistência, ora a reafirmação dos movimentos indígenas no continente. Resposta: B 24

15 Questão 34 Questão 35 Analise a afirmação abaixo: A intensidade das chuvas de verão definem em grande parte a capacidade do Brasil de produzir energia elétrica. Assinale a alternativa que faz considerações corretas sobre ela: A) A afirmação é incorreta, pois a maior parte da energia elétrica no Brasil, nos dias atuais, é produzida em usinas termelétricas que se utilizam do gás natural como fonte de energia primária. B) A afirmação é correta, pois os rios das bacias hidrográficas brasileiras com maior potencial hidrelétrico instalado encontram-se em áreas onde se verifica a existência de climas do tipo tropical. C) A afirmação é incorreta, pois o Brasil, por ser auto- -suficiente em petróleo, não depende das águas dos seus cursos fluviais para produzir energia elétrica em seu território. D) A afirmação é correta, pois a geração de eletricidade nas usinas termelétricas exige a manutenção de um fluxo de água muito elevado nas barragens para mover as turbinas geradoras. E) A afirmação é incorreta, pois o consumo de energia elétrica depois do verão diminui acentuadamente, especialmente nos setores agrícola e industrial. A maior parte dos rios brasileiros com grande potencial hidrelétrico instalado, como os que integram a bacia hidrográfica do Paraná, encontra-se em áreas de clima tropical do tipo semi-úmido, portanto, marcado pela ocorrência em seus domínios de elevado nível de precipitação no verão e secas prolongadas no inverno. Resposta: B Observe o gráfico abaixo e responda à questão a seguir: Brasil: evolução da taxa de fecundidade no período e taxa estimada para o período Qual das alternativas destaca um aspecto técnico que contribuiu para que ocorresse o declínio da taxa de fecundidade no país? A) O desenvolvimento de métodos anticonceptivos. B) O aumento da participação da mulher no mercado de trabalho. C) Os padrões de modernização da sociedade. D) A difusão do consumismo. E) A expansão do uso da Internet. O desenvolvimento de métodos anticonceptivos é um aspecto técnico, já que dependeu do avanço científico da indústria química e farmacêutica, que influenciou no declínio da taxa de fecundidade (número médio de filhos por mulher em idade de procriação). Resposta: A Questão 36 Leia o texto: A liberdade não existe sem igualdade porque o ser humano que estiver numa condição superior ao outro terá mais poder e o que estará em situação inferior ficará limitado a este. Jean-Jacques Rousseau. Diferentemente dos demais pensadores iluministas, Rousseau: A) reafirmou os principais fundamentos do liberalismo. B) condenou as relações servis de produção. C) criticou a propriedade privada por ser geradora da desigualdade. D) sintetizou os principais fundamentos das revoluções burguesas. E) condenou o capitalismo. Em comparação com os demais pensadores do iluminismo, Rousseau entendia liberdade como participação direta do povo no governo. Contudo, o pensador francês considerava que a sociedade civil estava corrompida pela desigualdade e, por isso, criticava o Estado liberal, que tinha convertido em direito a propriedade privada. 4 Questão Fonte: Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE Em 850, a parcela da população humana que vivia em cidades era de,7%. Para a maioria esmagadora da população o mundo era rural. Mais do que todos, o século XX foi o da urbanização. Na virada para o século XXI, mais de 50% da população mundial vivia em cidades. Sobre o assunto, considere os aspectos a seguir: I. Certo isolamento geográfico. II. Exposição a um número maior de relações sociais. III. Comunidade social homogênea, com pequena diversidade étnica. 25

16 IV. Acesso a um maior volume de informações. V. Mobilidade social. VI. Pequena diversidade profissional. VII. Contatos mais intensos e freqüentes com outros territórios. A vida urbana moderna possibilita, para grande parte da humanidade, o que está nas afirmativas: A) I, II, V e VI. D) IV, V, VI e VII. B) II, IV, V e VII. E) I, II, IV e V. C) II, IV, VI e VII. A vida urbana moderna não possibilita o que está nas afirmativas: I, já que, ao contrário do exposto, intensifica as relações sociais e reduz o isolamento geográfico; III, pois nas cidades as comunidades tendem a ser multiétnicas; e VI, já que nas cidades ocorre grande diversidade de profissões. Resposta: B Leia o poema abaixo e responda à questão a seguir: A montanha pulverizada Esta manhã acordo e não a encontro. Britada em bilhões de lascas deslizando em correia transportadora entupindo 50 vagões no trem-monstro de 5 locomotivas trem maior do mundo, tomem nota foge minha serra, vai deixando no meu corpo a paisagem mísero pó de ferro, e este não passa. Carlos Drummond de Andrade. Antologia poética. Rio de Janeiro: Record, Questão 38 A descrição poética refere-se a uma região mineradora do Brasil, localizada no Sudeste, que se destaca como uma das mais importantes do mundo na produção de minério de ferro. Assinale a alternativa que traz a referência correta ao trem monstro de 5 locomotivas mencionado no poema: A) Estrada de Ferro Carajás, que liga a área produtora de ferro no Pará ao porto exportador de minério de ferro de Ponta da Madeira em São Luís, no Maranhão. B) Estrada de Ferro Dona Tereza Cristina, que liga a área produtora de ferro em Goiás ao porto exportador de minério de ferro de Vitória, no Espírito Santo. C) Estrada de Ferro Vitória-Minas, que liga a área produtora de ferro no Triângulo Mineiro ao porto exportador de minério de ferro de Sepetiba, no Rio de Janeiro. D) Estrada de Ferro Carajás, que liga a área produtora de ferro no Pará ao porto exportador de minério de ferro de Itaqui, na baía de São Marcos, no Piauí. E) Estrada de Ferro Vitória-Minas, que liga a área produtora de ferro no Quadrilátero Central ao porto exportador de minério de ferro de Tubarão, em Vitória, no Espírito Santo. A Estrada de Ferro Vitória-Minas, da Cia. Vale do Rio Doce, é a responsável pelo escoamento da maior parte do minério de ferro produzido no Quadrilátero Central ou Ferrífero, em Minas Gerais, até o porto de Tubarão, na cidade de Vitória, no Espírito Santo, de onde é enviado para os países compradores. Resposta: E Questão 39 O sistema de produção industrial evoluiu de sua forma do início do século XX para uma forma inovadora, no pós-segunda Guerra. Sobre o assunto leia os textos: TEXTO I FORDISMO Dentre as características desse sistema destaca-se a produção em série, de um mesmo produto, realizada em uma linha de montagem linear e contínua. Esse processo exige mão-de-obra especializada em tarefas repetitivas. A lucratividade das empresas se apóia na produção em escala, ou seja, de uma grande quantidade de um mesmo produto, como forma de minimizar os seus custos. TEXTO II TOYOTISMO Dentre as características do sistema destaca-se a produção desenvolvida com estoques mínimos (Just-in-time). A idéia básica é que as partes utilizadas numa linha de montagem deverão ser fornecidas imediatamente à medida que forem utilizadas, exatamente como ocorre com as mercadorias expostas nas prateleiras dos supermercados, que são rapidamente repostas. Sobre o assunto são feitas as seguintes afirmações: I. O espaço industrial no fordismo é marcado pela alta concentração fabril em determinados pontos de um território. Essa concentração está relacionada com a proximidade de matérias-primas, fontes de energia, mão-de-obra especializada, infra-estrutura de transporte e mercado consumidor. II. O sistema just-in-time se originou no Japão e foi adotado pelas empresas dos países mais desenvolvidos que buscam aumentar a eficiência e a competitividade no mundo globalizado. III. A redução dos estoques no sistema toyotista é viabilizada pela comunicação e integração crescentes no interior da linha de montagem e entre as empresas e seus fornecedores. São corretas apenas as afirmações: A) II e III. D) I, II e III. B) I e II. E) nenhuma delas. C) I e III. As três afirmações completam a visão das transformações geográficas determinadas pela mudança do sistema de produção industrial entre o início do século XX e o pós- -Segunda Guerra Mundial. A nova forma de organização do sistema de produção permitiu maior desconcentração industrial e avanços tecnológicos mais significativos, principalmente no campo do transporte e da comunicação. 26

17 Questão 40 Leia o texto: As Nações Unidas registraram em 998, pela primeira vez nas últimas décadas, uma queda na emissão de substâncias químicas nocivas à camada de ozônio, escudo natural que protege a Terra dos raios ultravioleta do Sol. Desde então esses valores têm se mantido em queda. Se forem cumpridos os acordos internacionais quanto à emissão daqueles poluentes, prevê-se uma possível regeneração da camada de ozônio a partir de Gazeta Mercantil, 20/0/08. Aponte a alternativa que melhor explica a tendência atual para reverter aspectos da degradação ambiental, como o citado no texto: A) Avanço em pesquisas e tecnologias dos últimos anos, que vem incorporando a preocupação com a questão ambiental. B) Crise na produção de manufaturados das economias desenvolvidas, que vem eliminando a emissão de clorofluorcarbonos. C) Cumprimento rígido das leis preservacionistas nos países de industrialização recente, que vem reduzindo a produção de poluentes. D) Recuperação espontânea da atmosfera, que vem contrariando as previsões alarmistas das organizações não-governamentais. E) Criação de uma legislação internacional para punir países e empresas que transgridem as normas básicas de manutenção das condições ambientais. A quase total eliminação do uso de gases CFC e o avanço de diversas tecnologias têm permitido a redução da emissão de substâncias nocivas à camada de ozônio. Sua recuperação, no entanto, é muito lenta, já que os gases acumulados na atmosfera, no presente momento, continuarão a reagir com o ozônio durante muito tempo, o que explica a previsão de melhora para somente após Resposta: A Questão 4 Desde o final dos anos de 980 o Japão tem se mantido como o país que mais utiliza robôs industriais. Veja a posição do Japão em relação aos Estados Unidos e aos países da União Européia nesse quesito: Países Robôs em 2007 Japão União Européia EUA Fonte: International Federation of Robotics, É possível que o investimento em automação aumente ainda mais no Japão, nas próximas décadas, devido: A) ao crescimento natural do consumo de robôs para os serviços domésticos. B) à queda da natalidade e conseqüentes diminuição da mão-de-obra disponível e elevação de seu custo. C) à tendência de acelerar o processo de robotização pelo simples interesse que eles despertam. D) ao interesse em manter o status de economia mais automatizada do mundo. E) à crescente especialização da mão-de-obra. O Japão tem hoje um dos menores crescimentos vegetativos do mundo, e o envelhecimento de sua população já provoca falta de mão-de-obra e elevação de seu custo, ampliando o interesse pela automação industrial. Resposta: B Questão 42 Observe os gráficos abaixo, por meio dos quais se pode constatar que o Brasil encontra-se um passo à frente da média mundial em termos de uso de energia renovável, uma vez que a participação relativa dessas fontes em seu território é bem superior à encontrada em outros países: Biomassa 29,7% Brasil Gás Natural Hidroelétrica 9,3% 5,0% 44,7% renovável Matriz energética Carvão 6,4% Petróleo e derivados 38,4% Urânio,2% Hidroelétrica 2,% Gás Natural 20,9% Mundo Carvão 24,% Biomassa,2% 3,3% renovável Urânio 6,4% Petróleo e derivados 35,3% Fonte: MME/BEN (2006) Essa vantagem do Brasil deve-se, principalmente, ao largo uso que se faz no país: A) da cana-de-açúcar, para a produção do álcool combustível, e da água corrente dos cursos fluviais, para a produção de energia elétrica em usinas hidrelétricas. B) do biodiesel, para a produção de combustíveis automotivos, e de minérios atômicos, como o urânio, para a produção de energia elétrica em usinas termonucleares. C) do gás natural, para a produção de combustíveis automotivos e, também, para a produção de energia elétrica em usinas termelétricas. D) do petróleo, para a produção de derivados utilizados como combustíveis automotivos e, também, para a produção de energia elétrica em usinas termelétricas. E) do carvão mineral, para a produção do coque metalúrgico e, também, para a produção de energia elétrica em usinas hidrelétricas. 27

18 A elevada participação relativa das fontes de energia renovável no Brasil é resultado, sobretudo, do largo uso do álcool-combustível, derivado da cana-de-açúcar, e da água corrente dos cursos fluviais, utilizada para a produção de energia elétrica. Resposta: A Questão 43 Recentes denúncias de escândalos como os da emenda pela reeleição presidencial, no governo FHC, e o do mensalão, no governo Lula, evidenciaram mais uma vez o problema da corrupção no Brasil. Dentre os episódios da história nacional a seguir relacionados, aponte o único não marcado por denúncias de corrupção: A) A Proclamação da República, em 889, com as críticas ao regime imperial de caráter aristocrático. B) A Política das Salvações, no governo Hermes da Fonseca, com várias intervenções federais nos Estados. C) O golpe do Estado Novo, em 937, que instaurou um regime nacionalista autoritário de cunho trabalhista. D) A eleição de Jânio Quadros, em 960, cujo símbolo de campanha era a vassoura. E) O impeachment do caçador de marajás Fernando Collor, em 992, resultante de intensa mobilização política impulsionada pelo movimento dos Caras Pintadas. A questão dos valores éticos na estrutura política do Estado brasileiro esbarra historicamente na prática contumaz da corrupção e na corrosão dos recursos públicos. Por exclusão, o golpe do Estado Novo, em 937, responde por não se relacionar com esse problema, e sim pela realização de um projeto reformador da sociedade. Questão 44 Nascido de uma família judia, Christian Johann Heinrich Heine foi um importante poeta romântico alemão. No período em que viveu, Heine viu nascerem os ideais revolucionários franceses de igualdade cívica entre os cidadãos, os quais incluíam os judeus, que eram uma minoria discriminada. Defendendo esses ideais, Heine teria feito a seguinte profecia: Aqueles que queimam livros, mais cedo ou mais tarde acabam por queimar homens. Essa profecia mais tarde se concretizou com: A) a Inquisição na Idade Média, que durante um longo período foi uma instituição opressora. B) a queima de livros em várias cidades alemãs, incluindo os seus, pelos nazistas em 933. C) o Índice de Livros Proibidos na Idade Moderna, decidido pela Contra Reforma e imposto pela Companhia de Jesus. D) a supressão de todas as formas de liberdade, incluindo a de pensamento, que ocorreu durante a Revolução Francesa. E) as limitações a diversas formas de liberdade impostas pelas nascentes democracias liberais do século XIX. Antes do holocausto judeu, em 933, na maior parte das cidades da Alemanha nazista foram queimados centenas de livros, com o fim de se instaurar no país uma limpeza da literatura e, simultaneamente, a eliminação da liberdade de pensamento. Entre outras, as obras de Stefan Zweig, Heinrich e Thomas Mann, Sigmund Freud, Erich Kästner e Heinrich Heine foram destruídas por serem consideradas ameaças ao nazismo. Resposta: B Questão 45 O capitalismo viveu diversas fases ao longo de sua formação e desenvolvimento: no século XIX e primeira metade do XX foi atacado pela crítica socialista, e na segunda metade do século XX foi marcado pelo antagonismo da Guerra Fria. Sobre essas questões, julgue as afirmativas abaixo: I. O socialismo científico, criado por Marx e Engels, considerava que a classe operária estava submetida eternamente aos interesses da burguesia, sem possibilidade de libertação. II. Durante a Guerra Fria ( ), o mundo ficou dividido entre duas superpotências, Estados Unidos e União Soviética. O perigo de uma guerra nuclear submeteu o mundo a uma tensão diplomática e aos interesses dessas nações. III. Nos Estados Unidos, o Macarthismo traduziu o temor dos norte-americanos com a infiltração de idéias socialistas entre seus cidadãos. A censura e a perseguição aos supostos comunistas levaram inocentes às prisões e ao exílio. IV. Com a queda do Muro de Berlim, os regimes socialistas do Leste Europeu continuaram existindo e mostraram ascensão financeira e política. São corretas apenas: A) I, II e III. B) II e III. C) III e IV. D) I e II. E) I e IV. A afirmação I está errada porque o socialismo científico considerava que a classe operária podia buscar sua libertação por meio de uma revolução. A afirmação IV está errada porque praticamente todos os países socialistas do Leste Europeu passaram por uma transição e tornaram-se economias capitalistas que estão prosperando, muitas entrando na União Européia. Resposta: B 28

19 CIÊ NCIAS E SUAS NATUR DA EZA TE CNOLOGIAS Questão 46 A polinização, um dos eventos mais marcantes nas angiospermas, pode ser feita por agentes abióticos (vento e água) ou por vários tipos de animais. Nesse processo se observa relação entre as características florais e os respectivos agentes polinizadores. Considere as informações da tabela abaixo e os seguintes agentes polinizadores: morcego, vento, beija-flor e abelha. Características das flores Espécies Período de abertura Corola (pétalas) Pólen Perfume Néctar Assinale a alternativa que relacione corretamente, para cada flor, o seu possível agente polinizador. A) beija-flor, 2 vento, 3 morcego, 4 abelha B) abelha, 2 beija-flor, 3 morcego, 4 vento C) beija-flor, 2 morcego, 3 abelha, 4 vento D) morcego, 2 beija-flor, 3 vento, 4 abelha E) abelha, 2 morcego, 3 vento, 4 beija-flor Diurno Vermelha 2 Noturno Branca 3 Diurno Amarela Pouco abundante, pegajoso Pouco abundante, pegajoso Pouco abundante, pegajoso Ausente Desagradável Agradável Abundante Abundante Abundante 4 Diurno Ausente Abundante, leve Ausente Ausente Beija-flores são polinizadores diurnos atraídos pela coloração das pétalas das flores que visitam. O sentido do olfato não é muito desenvolvido nessas aves. No caso das abelhas, que também são polinizadores diurnos, tanto a coloração quanto os odores exalados pelas pétalas são fatores de atração. Morcegos são polinizadores noturnos de olfato apurado e que se guiam pelo odor desagradável que exalam as pétalas das flores que visitam. Plantas que são polinizadas pelo vento produzem flores de modo geral desprovidas de corola e grande quantidade de pólen leve e pulverulento. Questão 47 Um avião descreve uma curva em trajetória circular com velocidade escalar constante, num plano horizontal, conforme está representado na figura. R Na figura, F é a força de sustentação, perpendicular às asas; P é a força peso; α é o ângulo de inclinação das asas em relação ao plano horizontal; R é o raio de trajetória. α F P Com relação a essa situação física está correto afirmar que: A) Se o avião realiza movimento circular uniforme, a resultante das forças que atuam sobre o avião é nula. B) A resultante das forças que atuam sobre o avião é, necessariamente, tangente à trajetória. C) A resultante das forças que atuam sobre o avião tem o sentido da velocidade. D) A resultante das forças que atuam sobre o avião é dirigida para o centro da curva. E) A resultante das forças que atuam sobre o avião tem o sentido contrário ao da velocidade. Como o avião realiza movimento circular uniforme, a resultante das forças que agem sobre ele é dirigida para o centro da curva. 29

20 Questão 48 (UFRJ) De acordo com a Coordenadoria Municipal de Agricultura, o consumo médio carioca de coco verde é de 8 milhões de frutos por ano, mas a produção do Rio de Janeiro é de apenas 2 milhões de frutos. Dentre as várias qualidades nutricionais da água-de-coco, destaca-se ser ela uma bebida isotônica natural. A tabela a seguir apresenta resultados médios de informações nutricionais por 00mL de uma bebida isotônica comercial e da água-de-coco: valor energético* potássio sódio isotônico comercial 02kcal 0mg 45mg água-de-coco 68kcal 200mg 60mg * Calor de combustão dos carboidratos. Uma função importante das bebidas isotônicas é a reposição de potássio após atividades físicas de longa duração: a quantidade de água de um coco verde (300mL) repõe o potássio perdido em duas horas de corrida. O volume, em litros, de isotônico comercial necessário para repor o potássio perdido em 2h de corrida é igual a: A) 2L D) 6L B) 3L E) 8L C) 4L 00mL água-de-coco 200mg K + 300mL x x = 600mg K + 00mL de isotônico 0mg K + y 600mg K + y = 6000mL = 6,0L de isotônico Qual das alternativas contém o conjunto diretamente relacionado ao incremento do aquecimento global? A) I, II e IV D) III, V e VI B) I, IV e V E) IV, V e VI C) II, III e IV Alguns dos principais gases que incrementam o efeito estufa, e que levariam portanto ao aumento do aquecimento global, são o gás carbônico e o metano. Assim, a queima de hidrogênio, que produz água, não incrementa o aquecimento global, já que produziria água como subproduto. A fotossíntese (II) e o reflorestamento (III) também não incrementariam o aquecimento global, já que ambos os processos retirariam gás carbônico da atmosfera. No entanto, a queima de carvão, para qualquer finalidade, resulta em emissão de gás carbônico (IV). O gado bovino, como é sabido, produz no seu intestino grandes quantidades de metano (V), gás relacionado ao efeito estufa. Por fim, derramar petróleo prejudica a fotossíntese realizada pelo fitoplâncton, levando à diminuição da retirada de gás carbônico do ar atmosférico. Resposta: E Questão 50 Na queima incompleta de substâncias que apresentam carbono em sua composição pode ocorrer a formação de monóxido de carbono (CO), que é um gás incolor e inodoro e extremamente tóxico, que pode levar à morte. Quando respiramos em um ambiente que contenha o monóxido de carbono, o oxigênio e o monóxido de carbono se dissolvem no sangue e reagem com a hemoglobina (Hb). A toxicidade do monóxido de carbono é provocada essencialmente pela formação de carboxihemoglobina (HbCO). As reações de equilíbrio envolvidas nesses processos são as seguintes: Questão 49 Hb + O 2 HbO 2 K = [HbO 2 ] [Hb][O 2 ] ESTOU COMEÇANDO A FICAR PREOCUPADO COM O AQUECIMENTO GLOBAL. Hb + CO HbCO K 2 = [HbCO] [Hb][CO] OESP, 04/04/2009 p.d6 A tirinha acima expressa o crescente temor em relação ao chamado aquecimento global, com todos os efeitos que poderá ter sobre o clima e a vida no nosso planeta. Foram listados, abaixo, alguns fenômenos naturais e alguns casos de intervenção humana na natureza: I. Queima de hidrogênio combustível num automóvel II. Síntese de matéria orgânica pelas algas do fitoplâncton III. Reflorestamento de grandes áreas devastadas IV. Utilização de carvão para o funcionamento de termelétricas V. Criação de gado bovino em grande escala VI. Derramamento de petróleo nos mares Como K 2 K, o monóxido de carbono tem uma afinidade relativa com a hemoglobina muito maior do que o oxigênio. Sabendo que K 2 = 225 a 37ºC, e considerando as informações da tabela abaixo: [HbCO] [Hb] Efeitos ,7 Toxicidade Violentas dores Intoxicação Morte baixa de cabeça grave rápida Assinale dentre as alternativas aquela que descreve o efeito sentido por uma pessoa cuja análise sangüínea revelou uma concentração de CO dissolvido igual a mol/l. A) Violentas dores de cabeça. D) Intoxicação grave. B) Nenhum efeito. E) Morte rápida. C) Impossível determinar a relação. 30

O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional

O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional CIÊNCIAS HUMANAS (HISTÓRIA/ATUALIDADES/GEOGRAFIA) O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional das sociedades através dos tempos, observando os fatores econômico, histórico,

Leia mais

Cidade e desigualdades socioespaciais.

Cidade e desigualdades socioespaciais. Centro de Educação Integrada 3º ANO GEOGRAFIA DO BRASIL A Produção do Espaço Geográfico no Brasil nas economias colonial e primário exportadora. Brasil: O Espaço Industrial e impactos ambientais. O espaço

Leia mais

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo História baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA Middle e High School 2 6 th Grade A vida na Grécia antiga: sociedade, vida cotidiana, mitos,

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= 01- Observe a figura

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 9º Turma: Data: / /2012 Nota: Professor(a): Edvaldo Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1)

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE - Sistemas sociais e culturais de notação de tempo ao longo da história, - As linguagens das fontes históricas; - Os documentos escritos,

Leia mais

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 8 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 8 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Data: /08/2014 Bimestre: 2 Nome: 8 ANO B Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Prova / Atividade: 2,0 (DOIS) Nota: GRUPO 3 1- (1,0) A mundialização da produção industrial é caracterizada

Leia mais

O IMPERIALISMO EM CHARGES. Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com. 1ª Edição (2011)

O IMPERIALISMO EM CHARGES. Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com. 1ª Edição (2011) O IMPERIALISMO EM CHARGES 1ª Edição (2011) Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com Imperialismo é a ação das grandes potências mundiais (Inglaterra, França, Alemanha, Itália, EUA, Rússia

Leia mais

A ONU ESTIMA QUE, ATÉ 2050, DOIS TERÇOS DA POPULAÇÃO MUNDIAL ESTARÃO MORANDO EM ÁREAS URBANAS.

A ONU ESTIMA QUE, ATÉ 2050, DOIS TERÇOS DA POPULAÇÃO MUNDIAL ESTARÃO MORANDO EM ÁREAS URBANAS. A ONU ESTIMA QUE, ATÉ 2050, DOIS TERÇOS DA POPULAÇÃO MUNDIAL ESTARÃO MORANDO EM ÁREAS URBANAS. EM 1950, O NÚMERO CORRESPONDIA A APENAS UM TERÇO DA POPULAÇÃO TOTAL. CERCA DE 90% DO AVANÇO DA POPULAÇÃO URBANA

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO - SIMULADO OBS: GABARITO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. QUALQUER DÚVIDA DEIXAR MENSAGEM NO FACEBOOK

EXERCÍCIOS DE REVISÃO PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO - SIMULADO OBS: GABARITO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. QUALQUER DÚVIDA DEIXAR MENSAGEM NO FACEBOOK EXERCÍCIOS DE REVISÃO PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO - SIMULADO OBS: GABARITO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. QUALQUER DÚVIDA DEIXAR MENSAGEM NO FACEBOOK 1. A vegetação varia de local para local baseada, sobretudo,

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5. o ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5. o ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5. o ANO/EF - 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar)

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Somos parte de uma sociedade, que (re)produz, consome e vive em uma determinada porção do planeta, que já passou por muitas transformações, trata-se de seu lugar, relacionando-se

Leia mais

GEOGRAFIA. Prof. Marcus

GEOGRAFIA. Prof. Marcus GEOGRAFIA Prof. Marcus Migração e xenofobia Migração Trata-se de um fluxo de pessoas. Existe por diversos motivos, como: Fluxos globais, regiões superpovoadas, desemprego, desorganização, desigualdade,

Leia mais

Questão 45. Questão 47. Questão 46. alternativa E. alternativa B

Questão 45. Questão 47. Questão 46. alternativa E. alternativa B Questão 45 O mundo contemporâneo necessita de novas fontes de energia para substituir as convencionais.ospaísesbuscamformasalternativasde produzir energia de acordo com suas características geográficas,

Leia mais

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL 1) (UDESC - 2012) São exemplos da indústria de bens de consumo (ou leve): a) Indústria de autopeças e de alumínio. b) Indústria de automóveis

Leia mais

Expansão do território brasileiro

Expansão do território brasileiro Expansão do território brasileiro O território brasileiro é resultado de diferentes movimentos expansionistas que ocorreram no Período Colonial, Imperial e Republicano. Esse processo ocorreu através de

Leia mais

PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA TREZE COLÔNIAS Base de ocupação iniciativa privada: Companhias de colonização + Grupos de imigrantes = GRUPOS DISTINTOS [excedente da metrópole;

Leia mais

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2 1º ano O absolutismo e o Estado Moderno Capítulo 12: Todos os itens A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10:

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS Como pode cair no enem Os 10 maiores aglomerados urbanos Leia o texto e observe o quadro abaixo: O terceiro milênio se inicia com

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL. Geografia Leituras e Interação

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL. Geografia Leituras e Interação Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL Geografia Leituras e Interação 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta útil à análise e

Leia mais

Geografia Professor André 2ª série / 2º trimestre

Geografia Professor André 2ª série / 2º trimestre Geografia Professor André 2ª série / 2º trimestre TEMA - URBANIZAÇÃO BRASILEIRA E MUNDIAL. 1. (Ibmec-RJ) Esta é uma clássica definição sobre as chamadas cidades globais: As cidades globais são os principais

Leia mais

A expansão dos EUA (séc. XVIII-XX)

A expansão dos EUA (séc. XVIII-XX) 1803 Os Estados Unidos compram a Louisiana da França. Cronologia 1846 a 1848 Guerra do México. Os Estados Unidos conquistam e anexam os territórios da Califórnia, Novo México, Nevada, Arizona e Utah. 1810

Leia mais

Guerra fria (o espaço mundial)

Guerra fria (o espaço mundial) Guerra fria (o espaço mundial) Com a queda dos impérios coloniais, duas grandes potências se originavam deixando o mundo com uma nova ordem tanto na parte política quanto na econômica, era os Estados Unidos

Leia mais

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro?

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro? População mundial Leia as manchetes abaixo: População mundial superará 9,2 bilhões em 2050, estima ONU BBC Brasil Casais ricos burlam lei do filho único na China BBC Brasil A população mundial atingiu

Leia mais

Respostas das questões sobre as regiões do Brasil

Respostas das questões sobre as regiões do Brasil Respostas das questões sobre as regiões do Brasil Região Norte 1. Qual a diferença entre região Norte, Amazônia Legal e Amazônia Internacional? A região Norte é um conjunto de 7 estados e estes estados

Leia mais

Meio Ambiente Global Conteúdo Complementar

Meio Ambiente Global Conteúdo Complementar GEOGRAFIA 1ª Série Meio Ambiente Global Conteúdo Complementar http://karlacunha.com.br/tag/charges Geografia - 1ª Série Prof. Márcio Luiz Conferência do Clube de Roma Considero que um dos documentos mais

Leia mais

ORIENTE MÉDIO. Prof: Marcio Santos ENEM 2009 Ciências Humanas Aula II. Jerusalém Muro das Lamentações e Cúpula da Rocha

ORIENTE MÉDIO. Prof: Marcio Santos ENEM 2009 Ciências Humanas Aula II. Jerusalém Muro das Lamentações e Cúpula da Rocha Prof: Marcio Santos ENEM 2009 Ciências Humanas Aula II ORIENTE MÉDIO -Região marcada por vários conflitos étnicos, políticos e religiosos. -Costuma-se considerar 18 países como pertencentes ao Oriente

Leia mais

Capítulo 21 Meio Ambiente Global

Capítulo 21 Meio Ambiente Global Capítulo 21 Meio Ambiente Global http://karlacunha.com.br/tag/charges Geografia - 1ª Série Prof. Márcio Luiz Conferência do Clube de Roma Considero que um dos documentos mais importantes, em termos de

Leia mais

MATÉRIA 6º 2º Dez/13 NOTA

MATÉRIA 6º 2º Dez/13 NOTA Valores eternos. TD Recuperação MATÉRIA Geografia ANO/TURMA SEMESTRE DATA 6º 2º Dez/13 ALUNO(A) PROFESSOR(A) Tiago Bastos TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS NOTA VISTO DOS PAIS/RESPONSÁVEIS 1. Analise e

Leia mais

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se:

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: + + = = = + = = = = = = 07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: (1) PP'A: 4 = cos60º = 1 = () PABC é regular P' é baricentro y = y = () ABC é equilátero + y =

Leia mais

1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil.

1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil. Marque com um a resposta correta. 1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil. I. A região Nordeste é a maior região do país, concentrando

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 9º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- O desenvolvimento

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Geografia

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Geografia Vestibular UFRGS 2015 Resolução da Prova de Geografia 51. Alternativa (B) Orientação. A questão pede a localização de países que apresentam iluminação solar oposta a do Brasil. Como estava começando o

Leia mais

RESOLVIDO 1º SIMULADO DISCURSIVO PROVA 02. GEOGRAFIA Horário: das 9h às 12h Dia: 01 de julho.

RESOLVIDO 1º SIMULADO DISCURSIVO PROVA 02. GEOGRAFIA Horário: das 9h às 12h Dia: 01 de julho. RESOLVIDO 2012 1º SIMULADO DISCURSIVO PROVA 02 GEOGRAFIA Horário: das 9h às 12h Dia: 01 de julho. GEOGRAFIA 1ª QUESTÃO As figuras a seguir apresentam os mapas com a atuação das massas de ar no inverno

Leia mais

AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS

AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS Tema 1: A América no mundo 1. Um continente diversificado A América possui grande extensão latitudinal e, por isso, nela encontramos diversas paisagens. 2. Fatores

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 7º 2º TRI

EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 7º 2º TRI 1. Coloque V para verdadeiro e F para falso: EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 7º 2º TRI ( ) a população economicamente ativa compreende a parcela da população que está trabalhando ou procurando emprego.

Leia mais

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos POPULAÇÃO BRASILEIRA Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos Desde a colonização do Brasil o povoamento se concentrou no litoral do país. No início do século XXI, a população brasileira ainda

Leia mais

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes Africana: África como berço da humanidade Capítulo 1: Item 1 Européia Capítulo 1: Item 2 Asiática Capítulo 1: Item 2 Americana Capítulo 1: Item 3 Arqueologia Brasileira Capítulo 1: Item 4 A paisagem e

Leia mais

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT)

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O capitalismo teve origem na Europa, entre os séculos XIII e XIV, com o renascimento urbano e comercial e o surgimento de uma nova classe social:

Leia mais

POPULAÇÃO SUBNUTRIDA - 2006

POPULAÇÃO SUBNUTRIDA - 2006 PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- Observe os

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES

CADERNO DE ATIVIDADES COLÉGIO ARNALDO 2014 CADERNO DE ATIVIDADES GEOGRAFIA ATENÇÃO: Este trabalho deverá ser realizado em casa, trazendo as dúvidas para serem sanadas durante as aulas de plantão. Aluno (a): 5º ano Turma: Professora:

Leia mais

FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO

FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO É claro que o Brasil não brotou do chão como uma planta. O Solo que o Brasil hoje ocupa já existia, o que não existia era o seu território, a porção do espaço sob domínio,

Leia mais

GEOGRAFIA. Professora Bianca

GEOGRAFIA. Professora Bianca GEOGRAFIA Professora Bianca TERRA E LUA MOVIMENTO DA LUA MOVIMENTOS DA TERRA TEMPO E CLIMA Tempo é o estado da atmosfera de um lugar num determinado momento. Ele muda constantemente. Clima é o conjunto

Leia mais

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE. DA REPRODUÇÃO DA VIDA E PODE SER ANALISADO PELA TRÍADE HABITANTE- IDENTIDADE-LUGAR. OBJETIVOS ESPECÍFICOS A. Caracterizar o fenômeno da urbanização como maior intervenção humana

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL CESAR STANGE EFM.

COLÉGIO ESTADUAL CESAR STANGE EFM. COLÉGIO ESTADUAL CESAR STANGE EFM. PLANO DE TRABALHO DOCENTE - 2012 Professora: Ana Claudia Martins Ribas Disciplina: História - 8º ano -Fundamental 1º BIMESTRE Conteúdos Básicos: -Povos, Movimentos e

Leia mais

Brasil e suas Organizações políticas e administrativas. Brasil Atual 27 unidades político-administrativas 26 estados e distrito federal

Brasil e suas Organizações políticas e administrativas. Brasil Atual 27 unidades político-administrativas 26 estados e distrito federal Brasil e suas Organizações políticas e administrativas GEOGRAFIA Em 1938 Getúlio Vargas almejando conhecer o território brasileiro e dados referentes a população deste país funda o IBGE ( Instituto Brasileiro

Leia mais

A novidade é que o Brasil não é só litoral É muito mais é muito mais que qualquer zona sul Tem gente boa espalhada por este Brasil Que vai fazer

A novidade é que o Brasil não é só litoral É muito mais é muito mais que qualquer zona sul Tem gente boa espalhada por este Brasil Que vai fazer CAUSAS: Acirramento da concorrência comercial entre as potências coloniais; Crise das lavouras de cana; Estagnação da economia portuguesa na segunda metade do século XVII; Necessidade de encontrar metais

Leia mais

Exercícios sobre África: Características Físicas e Organizações Territoriais

Exercícios sobre África: Características Físicas e Organizações Territoriais Exercícios sobre África: Características Físicas e Organizações Territoriais 1. Observe o mapa a seguir. As partes destacadas no mapa indicam: a) Áreas de clima desértico. b) Áreas de conflito. c) Áreas

Leia mais

CRESCIMENTO POPULACIONAL NO BRASIL

CRESCIMENTO POPULACIONAL NO BRASIL GEOGRAFIA CRESCIMENTO POPULACIONAL NO BRASIL 1. ASPECTOS GERAIS O Brasil atualmente apresenta-se como o quinto país mais populoso do mundo, ficando atrás apenas da China, Índia, Estados Unidos e Indonésia.

Leia mais

Amazônia Brasileira e Brasil em Crise

Amazônia Brasileira e Brasil em Crise Amazônia Brasileira e Brasil em Crise 1. (UERJ-2009) Folha de São Paulo, 01/06/2008. Adaptado de Zero Hora, 16/06/2008. Diferentes critérios e objetivos podem orientar a divisão do espaço geográfico em

Leia mais

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 7º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da Recuperação Industrialização Urbanização População 1- A função urbana de uma cidade diz respeito

Leia mais

1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como:

1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como: 1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como: a) incapacidade dos Braganças de resistirem à pressão

Leia mais

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA. Fase 1

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA. Fase 1 FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA Fase 1 Novembro 2008 INTRODUÇÃO Na prova de História de 2009 foi possível concretizar vários dos objetivos do programa do Vestibular.

Leia mais

Diferenças entre o mundo rural e o urbano.

Diferenças entre o mundo rural e o urbano. Oficina Urbanização Esta oficina tem como objetivo analisar uma das principais características do mundo atual; a vida em cidades. Pretendemos compreender a evolução das cidades na história e como se configuram

Leia mais

Ciências Humanas. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

Ciências Humanas. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo Ciências Humanas baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS HUMANAS Elementary School 2 K5 Conteúdos Gerais Conteúdos Específicos Habilidades

Leia mais

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A O capitalismo teve origem na Europa, nos séculos XV e XVI, e se expandiu para outros lugares do mundo ( Ásia, África,

Leia mais

REVISÃO NOVAFAP-FACID(geografia-Hugo)

REVISÃO NOVAFAP-FACID(geografia-Hugo) REVISÃO NOVAFAP-FACID(geografia-Hugo) 1. (Ufu) Na década de 1960, o geógrafo Aziz Nacib Ab'Saber reuniu as principais características do relevo e do clima das regiões brasileiras para formar, com os demais

Leia mais

01. Frederico Ratzel enunciou o princípio, segundo o qual o geógrafo, ao estudar um dos fatores geográficos ou uma área, deveria, inicialmente, procurar localizá-la e estabelecer os seus limites, usando

Leia mais

FORMAÇÃO DO TERRITORIO BRASILEIRO. Prof. Israel Frois

FORMAÇÃO DO TERRITORIO BRASILEIRO. Prof. Israel Frois FORMAÇÃO DO TERRITORIO BRASILEIRO Prof. Israel Frois SÉCULO XV Território desconhecido; Era habitado por ameríndios ; Natureza praticamente intocada Riqueza imediata: Pau-Brasil (Mata Atlântica) Seus limites

Leia mais

Palestra: História da Cana-de. de-açúcar no Centro-Oeste Professora: Ana Paula PROJETO: PRODUÇÃO DO AÇÚCAR ORGÂNICO NA JALLES MACHADO S/A

Palestra: História da Cana-de. de-açúcar no Centro-Oeste Professora: Ana Paula PROJETO: PRODUÇÃO DO AÇÚCAR ORGÂNICO NA JALLES MACHADO S/A Palestra: História da Cana-de de-açúcar no Centro-Oeste Professora: Ana Paula PROJETO: PRODUÇÃO DO AÇÚCAR ORGÂNICO NA JALLES MACHADO S/A ORIGEM DA CANA-DE-AÇÚCAR A cana-de de-açúcar é uma planta proveniente

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA ENSINO MÉDIO ÁREA CURRICULAR: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS DISCIPLINA: HISTÓRIA SÉRIE 1.ª CH 68 ANO 2012 COMPETÊNCIAS:. Compreender

Leia mais

(Agroconsult, Ministério da Agricultura e Conab, 2004.)

(Agroconsult, Ministério da Agricultura e Conab, 2004.) 25 c No Brasil, no período 1990-91 a 2003-04, a produção de grãos apresentou crescimento de 125%, enquanto a área plantada aumentou apenas 24%, conforme mostra o gráfico. (Agroconsult, Ministério da Agricultura

Leia mais

RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE

RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE Conceitos Diversos Estado É uma organização políticoadministrativa da sociedade. Estado-nação - Quando um território delimitado é composto de um governo e uma população

Leia mais

PROVA DE GEOGRAFIA OBSERVE A FIGURA ABAIXO E RESPONDA À QUESTÃO 16.

PROVA DE GEOGRAFIA OBSERVE A FIGURA ABAIXO E RESPONDA À QUESTÃO 16. 13 PROVA DE GEOGRAFIA OBSERVE A FIGURA ABAIXO E RESPONDA À QUESTÃO 16. Escala: 1:160 000 Fonte: Prefeitura de Belo Horizonte QUESTÃO 16 O mapa representa Belo Horizonte e sua divisão administrativa regional.

Leia mais

Geografia (A) 1, 2, 4, 3 (D) 3, 1, 4, 2 (B) 2, 1, 3, 4 (E) 4, 3, 2, 1 (C) 2, 3, 1, 4

Geografia (A) 1, 2, 4, 3 (D) 3, 1, 4, 2 (B) 2, 1, 3, 4 (E) 4, 3, 2, 1 (C) 2, 3, 1, 4 46 As reformas neoliberais implementadas pelos dois últimos governos conferiram ao Brasil a imagem de um país conduzido segundo um determinado modelo econômico. O referido modelo busca um desenvolvimento:

Leia mais

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR LINGUAGENS 01. C 02. D 03. C 04. B 05. C 06. C 07. * 08. B 09. A 10. D 11. B 12. A 13. D 14. B 15. D LÍNGUA ESTRANGEIRA 16. D 17. A 18. D 19. B 20. B 21. D MATEMÁTICA 22. D 23. C De acordo com as informações,

Leia mais

UFSC. Resposta: 01 + 02 = 03. Comentário

UFSC. Resposta: 01 + 02 = 03. Comentário Resposta: 01 + 02 = 03 01. Correta. 04. Incorreta. O número de trabalhadores no setor primário, principalmente na agropecuária, continuou diminuindo devido à automação. O aumento ocorreu no setor de serviço.

Leia mais

a) Cite o nome do estado brasileiro onde aparece a maior parte do domínio das araucárias. R:

a) Cite o nome do estado brasileiro onde aparece a maior parte do domínio das araucárias. R: Data: /08/2014 Bimestre: 2 Nome: 7 ANO A Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Prova / Atividade: 2,0 (DOIS) Nota: GRUPO 3 1-(1,0) A paisagem brasileira está dividida em domínios morfoclimáticos.

Leia mais

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza).

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza). GEOGRAFIA 7ª Série/Turma 75 Ensino Fundamental Prof. José Gusmão Nome: MATERIAL DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL A GEOGRAFIA DO MUNDO SUBDESENVOLVIDO A diferença entre os países que mais chama a atenção é

Leia mais

HABILIDADES PARA RECUPERAÇÃO

HABILIDADES PARA RECUPERAÇÃO Componente Curricular: Geografia Professor (a): Oberdan Araújo Ano: 6º Anos A e B. HABILIDADES 1º Bimestre Conceituar e caracterizar: espaço cultural (urbano e rural) e espaço natural. Identificar e caracterizar

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CIÊNCIAS HUMANAS 3º ANO FILOSOFIA FILOSOFIA NA HISTÓRIA

Leia mais

A era dos impérios. A expansão colonial capitalista

A era dos impérios. A expansão colonial capitalista A era dos impérios A expansão colonial capitalista O século XIX se destacou pela criação de uma economia global única, caracterizado pelo predomínio do mundo industrializado sobre uma vasta região do planeta.

Leia mais

MINERAÇÃO E REVOLTAS NO BRASIL COLONIAL

MINERAÇÃO E REVOLTAS NO BRASIL COLONIAL MINERAÇÃO E REVOLTAS NO BRASIL COLONIAL Portugal: crises e dependências -Portugal: acordos comerciais com a Inglaterra; -Exportação de produtos brasileiros; -Tratado de Methuen: redução fiscal para os

Leia mais

a) A humilhação sofrida pela China, durante um século e meio, era algo inimaginável para os ocidentais.

a) A humilhação sofrida pela China, durante um século e meio, era algo inimaginável para os ocidentais. Questões: 01. Ao final do século passado, a dominação e a espoliação assumiram características novas nas áreas partilhadas e neocolonizadas. A crença no progresso, o darwinismo social e a pretensa superioridade

Leia mais

Gabarito oficial preliminar: História

Gabarito oficial preliminar: História 1) Questão 1 Segundo José Bonifácio, o fim do tráfico de escravos significaria uma ameaça à existência do governo porque Geraria uma crise econômica decorrente da diminuição da mão de obra disponível,

Leia mais

Prova 3 Geografia QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 3

Prova 3 Geografia QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 3 Prova 3 QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. UEM Comissão Central do Vestibular Unificado GEOGRAFIA 01 Sobre as rochas que compõem

Leia mais

Domínios Morfoclimáticos

Domínios Morfoclimáticos Domínios Morfoclimáticos Os domínios morfoclimáticos representam a interação e a integração do clima, relevo e vegetação que resultam na formação de uma paisagem passível de ser individualizada. Domínios

Leia mais

Alecleide de Sousa Série: 6ª alecleide_27@hotmail.com

Alecleide de Sousa Série: 6ª alecleide_27@hotmail.com Formação do Estado e do território Alecleide de Sousa Série: 6ª alecleide_27@hotmail.com Sociedade humana kei É um conjunto de pessoas Que vivem em determinado espaço e tempo e de acordo com certas regras

Leia mais

Japão e Tigres Asiáticos. Prof.º Acácio Martins

Japão e Tigres Asiáticos. Prof.º Acácio Martins Japão e Tigres Asiáticos Prof.º Acácio Martins Aspectos gerais: natureza e sociedade Arquipélago montanhoso localizado no hemisfério norte, no extremo leste da Ásia; Área de 377.488 km² um pouco maior

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER DOS RECURSOS

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER DOS RECURSOS 11) China, Japão e Índia são três dos principais países asiáticos. Sobre sua História, cultura e relações com o Ocidente, analise as afirmações a seguir. l A China passou por um forte processo de modernização

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR. Causas da dívida Empréstimos internacionais para projetar e manter grandes obras. Aquisição de tecnologia e maquinário moderno.

COMÉRCIO EXTERIOR. Causas da dívida Empréstimos internacionais para projetar e manter grandes obras. Aquisição de tecnologia e maquinário moderno. 1. ASPECTOS GERAIS Comércio é um conceito que possui como significado prático, trocas, venda e compra de determinado produto. No início do desenvolvimento econômico, o comércio era efetuado através da

Leia mais

Sugestão de avaliação

Sugestão de avaliação Sugestão de avaliação 9 GEOGRAFIA Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao primeiro bimestre escolar ou à Unidade 1 do Livro do Aluno. Avaliação Geografia NOME: TURMA: escola: PROfessOR: DATA:

Leia mais

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR?

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR? SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 03 / 2 / 203 UNIDADE III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 6.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires

Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires Professor: Josiane Vill Disciplina: Geografia Série: 1ª Ano Tema da aula: Dinâmica Climática e Formações Vegetais no Brasil Objetivo da aula: conhecer a diversidade

Leia mais

Lista de Recuperação de Geografia 2013

Lista de Recuperação de Geografia 2013 1 Nome: nº 9ºano Manhã Prof: Francisco Castilho Lista de Recuperação de Geografia 2013 Conteúdo da recuperação: Europa: industrialização e agropecuária, economia dos países europeues, Ásia: divisão regional,

Leia mais

1 (0,5) Dos 3% de água doce que estão na superfície terrestre, onde estão concentradas as grandes parcelas dessas águas? R:

1 (0,5) Dos 3% de água doce que estão na superfície terrestre, onde estão concentradas as grandes parcelas dessas águas? R: Data: / /2014 Bimestre: 3 Nome: 6 ANO Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Atividade: 2,0 (Dois) Nota: GRUPO 6 1 (0,5) Dos 3% de água doce que estão na superfície terrestre, onde estão

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA 8º ANO PROFESSOR: MÁRCIO AUGUSTO

Leia mais

2011/2012 Geografia 8º Ano de escolaridade

2011/2012 Geografia 8º Ano de escolaridade 2011/2012 Geografia 8º Ano de escolaridade O aumento da população ficará na história da Humanidade como o facto mais extraordinário do século XX. Há cerca de cinquenta anos estimava-se a população em cerca

Leia mais

VESTIBULAR 2013 1ª Fase. GEOGRAFIA Grade de Correção. Instruções Gerais: Instruções para a prova de Geografia:

VESTIBULAR 2013 1ª Fase. GEOGRAFIA Grade de Correção. Instruções Gerais: Instruções para a prova de Geografia: Instruções Gerais: VESTIBULAR 2013 1ª Fase GEOGRAFIA Grade de Correção Hoje você deverá responder às questões de Artes e Questões Contemporâneas, História, Geografia e de Raciocínio Lógico-Matemático.

Leia mais

As regiões com maior e menor crescimento previsto para 2050

As regiões com maior e menor crescimento previsto para 2050 Introdução: O aumento da população ficará na história da Humanidade como o facto mais extraordinário do século XX. Há quarenta anos estimava-se a população em cerca de 3000 milhões de pessoas. Daí em diante

Leia mais

O globo em jornal. Nesta aula vamos aprender que existem

O globo em jornal. Nesta aula vamos aprender que existem A U A UL LA Acesse: http://fuvestibular.com.br/ O globo em jornal Nesta aula vamos aprender que existem muitas diferenças e semelhanças entre as nações que formam o mundo atual. Vamos verificar que a expansão

Leia mais

No mapa, destaca-se uma área onde se concentram cidades que representam, atualmente, grande potencial turístico.

No mapa, destaca-se uma área onde se concentram cidades que representam, atualmente, grande potencial turístico. 11 GEOGRAFIA No mapa, destaca-se uma área onde se concentram cidades que representam, atualmente, grande potencial turístico. a) Cite o nome de três destas cidades e identifique o estado brasileiro onde

Leia mais

03. O Leste europeu sofreu grandes transformações nas duas últimas décadas do século XX, como as que são referidas a seguir, exceto uma. Assinale-a.

03. O Leste europeu sofreu grandes transformações nas duas últimas décadas do século XX, como as que são referidas a seguir, exceto uma. Assinale-a. VESTBULAR/2005 GEOGRAFA 01. Leia, com atenção, a notícia a seguir. Na véspera de um fim de semana prolongado, o mal faz um certo bem. O ar muito seco vem incomodando, mas é justamente a umidade baixa que

Leia mais

RESOLUÇÃO: O QUE É GEOGRAFIA

RESOLUÇÃO: O QUE É GEOGRAFIA O QUE É GEOGRAFIA 01. (Ufpe) Vamos supor que um determinado pesquisador escreveu o seguinte texto sobre a Amazônia brasileira. "A Amazônia brasileira, uma das principais regiões do País, está fadada ao

Leia mais

As baleias da economia mundial

As baleias da economia mundial A U A UL LA Acesse: http://fuvestibular.com.br/ As baleias da economia mundial Nesta aula vamos conhecer a Índia e a República Popular da China, dois países que apresentaram rápido crescimento econômico

Leia mais

O continente africano

O continente africano O continente africano ATIVIDADES Questão 04 Observe o mapa 2 MAPA 2 Continente Africano Fonte: . A região do Sahel, representada

Leia mais

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOME COMPLETO:

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOME COMPLETO: DISCIPLINA: Geografia PROFESSOR(A): Rodrigo/Saulo DATA: VALOR: 20 PONTOS NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2ªEM TURMA: Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO Demografia (Transição

Leia mais

HIDROGRAFIA GERAL E DO BRASIL

HIDROGRAFIA GERAL E DO BRASIL HIDROGRAFIA GERAL E DO BRASIL QUESTÃO 01 - A Terra é, dentro do sistema solar, o único astro que tem uma temperatura de superfície que permite à água existir em seus três estados: líquido, sólido e gasoso.

Leia mais

GEOGRAFIA / 2º ANO PROF. SÉRGIO RICARDO

GEOGRAFIA / 2º ANO PROF. SÉRGIO RICARDO GEOGRAFIA / 2º ANO PROF. SÉRGIO RICARDO BRASIL 1) Aspectos Gerais: Território: 8 547 403 Km 2. 5 0 maior país do mundo em extensão e população. País continental devido a sua dimensão territorial. Ocupa

Leia mais