UNA - TPD - Projetos II 2/2001 Prof.: Eng.Marcelo Franco Porto,M.Sc. Interface Homem-Máquina

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNA - TPD - Projetos II 2/2001 Prof.: Eng.Marcelo Franco Porto,M.Sc. Interface Homem-Máquina"

Transcrição

1 16 - Entry Stacking Quando possível, permitir que pilhas de múltiplas entradas seja acessível. COST CATEGORIES. CODE CATEGORY L M Labor Material Enter selected code: L R T 17 - Menu Wording Utilizar palavras que mostram a funcionalidade de cada opção de forma clara e distinta de outras opções. Minimizar o uso de abreviações Consistent Titles Fazer telas com os títulos consistentes com as palavras do menu. Os usuários esperam ver as palavras que foram selecionadas no menu da nova tela apresentada. Um título de tela diferente pode levar o usuário a acreditar que fez uma seleção errada Menu Order Tipos de ordenação dos menus. Lista os ítens do menu de forma apropriada. (Aula anterior) 20 - Inactive Menu Options Mostrar no menu somente as opções ativas. Quando projetar o menu de seleção não mostrar opções que foram planejadas mas ainda não foram implementadas. Exceção: Mostrar sombreada Soft Machine Menus Soft Machine Controls simula no computador controles similares aos equipamentos físicos reais. Opções podem ser apresentadas como cópias gráficas dos botões do hardware.

2 22 - Buttons Usar botões em seleção. Os botões podem ser apresentados de forma retangular, redonda. Os botões são usados para pequenos números de opções, tipicamente de 2a5, para serem ativadas imediatamente. As funções selecionadas por botões incluem, mensagem, cancelamento, procedimento de ações que requerem confirmação, como deleção de arquivo State Boxes Usar para ligar e desligar opções. Uma caixa de texto que controla o estado de ligado e desligado de parâmetros. Uma série de state boxes pode ser apresentada no menu. Possibilita o usuário vários parâmetros ao mesmo tempo. Ex:Ortho, Snap. Diferente dos butões, não tem efeito imediato Choice Boxes Usar para uma escolha mutuamente exclusiva. Quando uma opção é selecionada a previamente ativa é automaticamente deselecionada. Também chamado de botão de rádio Soft Dials Usar para magnitude ou botões de posicionamento. Pode mostrar uma barra de rolagem para controlar posição horizontal e vertical de um arquivo numa página virtual ou intensidade do volume numa barra deslizamente Combined Controls Usar uma combinação dos botões de software juntos. Em muitas interfaces homem-máquina as opções de butões podem ser combinadas na mesma tela ou ransação. Isso prove uma grande flexibilidade e permitir setar parâmetros rápido e facilmente em poucas transações.

3 27 - Soft Control Conventions Design de comunicação do usuário com os sistemas computacionais. Soft Machine é uma forma de emular o hardware através do software. Emular no software o design e os butões como aparece no hardware. Ex: DVD, Tocador Mp3, aparece o desenho do hardware na tela 28 - Misspelling Quando possível, o sistema poderá reconhecer erros de sintaxe no projeto e apresentar como sugestão o comando mais próximo. O usuário tem a opção de conferir e aceitar ou cancelar Similar Commands Não colocar nomes parecidos na tela. Considerar possíveis confusões com comandos existentes quando selecionar uma nova palavra de comando. TO MEAN Define a new procedure Calculate the difference (gross minus costs) PROCEDURE PROFIT PROCEDE PROCEED 30 - Truncated Commands Permitir abreviações de comando de input. O sistema poderia reconhecer um comando a partir de uma, duas ou três letras (o necessário para distinguir um comando do outro). Novos usuários podem escrever todo o ocmando enquanto usuários experientes podem abreviar. Ex: O sistema poderia aceitar as duas formas P ou PR para print Abbreviation Rules Seguir uma regra ou um conjunto de regras para comandos abreviados. Uns sugerem truncar mas outros sugerem que a melhor estratégia é fazer a abreviação dependendo do usuário, da melhor forma de associar um comando. Ex: ACCOUNT Abreviação: ACCO ou ACCT

4 32 - Irreversible Commands Requer confirmação de comandos destrutivos. Requer que o usuário confirme antes de executar um comando que poderia resultar em trocas irreversíveis. A mensagem de confirmação pode ter uma advertência. Ex: <format c:> <y> já vinha com yes como valor default. Logoff antes de salvar o arquivo, exemplo de mensagem: Seus dados serão perdidos. Você quer salvar o arquivo antes de sair? 33 - Command Location Colocar janela flutuante para os comandos, para os comandos ficarem mais perto da mão reduzindo o cansaço muscular Command Consistency 1 - Syntax 2 - Arguments 3 - Grammar (substantivo/verbo, singular/plural, convenções usadas nos comandos) COPY5TO15 DELETE 5 TO 15 COPY5TO15 DELETE 5: Command Syntax Para comandos que especificam uma ação (verbo) e um objeto no qual a ação é executada, a sintaxe deve ser primeiro o verbo e depois o objeto. INSERT TEXT MOVE CURSOR INSERT TEXT CURSOR MOVE 36 - Hierarchical Commands Usar estrutura de comandos hierárquicos para sistemas com várias operações que são hierarquicamente relacionados ou que podem ser especificados combinando várias seleções. Minimiza o número de palavras de comandos a ser memorizadas.

5 37 - Congruent Commands Usar comandos em pares. Para operações que tem o inverso, como abrir e fechar arquivos, requerer prévia página ou próxima página, inserir e deletar dados, usar pares congruentes de comandos. São formados de opostos ou inversos. READ/WRITE OPEN/CLOSE YES/NO READ/CLOSE OPEN/SAVE YES/OFF 38 - Distinctive Commands Escolher palavras distintas, específicas para cada comando. Comamdos distintivos, não encontrados com freqüência e palavras específicas são mais fáceis de serem relembradas do que palavras generalizadas. INSERT DELETE ADD REMOVE 39 - Command Menus Menus pull-down ou pop-up oferecem um alternativa para teclado. Oferecer ao usuário de encontrar o mesmo ítem no menu pulldown ou escrever pelo teclado Command Macros Permite ao usuário a definir seqüências de comandos. Macros são seqüências de vários comandos, definidas pelo usuário, que poder nomeada, salva e executada como uma lista de comandos pela simples entrada do nome da macro. Este recurso é usado para cortar caminho pelos usuários experientes, para operações repetitivas.

6 41 - Command Help Prover acesso pelo prompt. Rotinas de help para mostrar listas e definições de comandos válidos, indicar seus argumentos válidos e sintaxe Command Punctuation Minimizar caracteres especiais e pontuação nos comandos, principalmente os que usam caminhos não familiares (outros além da pontuação normal). Palavras chaves são melhores de serem usadas do que caracteres especiais Dialogue Considerations Considerar tempo de resposta na caixa de diálogo Echo Delay Mostrar uma resposta ao input do usuário instantaneamente. Tempo de resposta para mostrar entrada de usuários, como o tempo entre pressionar ume tecla no teclado e mostrar o caracter na tela deve parecer instantâneo ao usuário, requer menos do que 0,1 e 0,2 segundos. Na seleção pelo menu um highlight é considerado echo e deve ser instantâneo Interactive Delay Resposta para requerimento iterativo em 2 segundos ou menos. Demora de 10 segundos pode ser aceitável para acesso ou gravação de arquivos.

Janelas e seus elementos

Janelas e seus elementos Janelas e seus elementos As janelas são quadros que são exibidos na tela do monitor. Todos os aplicativos estudados nesse curso serão exibidos dentro de janelas. Nelas você poderá abrir, salvar e fechar

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Manual do Spectacle. Boudhayan Gupta Boudhayan Gupta Tradução: André Marcelo Alvarenga

Manual do Spectacle. Boudhayan Gupta Boudhayan Gupta Tradução: André Marcelo Alvarenga Boudhayan Gupta Boudhayan Gupta Tradução: André Marcelo Alvarenga 2 Conteúdo 1 Introdução 5 2 Iniciando o Spectacle 6 3 Como usar o Spectacle 7 3.1 Capturar uma imagem...................................

Leia mais

TÉCNICAS DE CAD PARA ENGENHARIA CIVIL AULA 2 2. FUNÇÕES BÁSICAS / ESTRUTURAS DE COMANDOS. 3. COMO DEFINIR UMA SEÇÃO DE TRABALHO (Arquivo)

TÉCNICAS DE CAD PARA ENGENHARIA CIVIL AULA 2 2. FUNÇÕES BÁSICAS / ESTRUTURAS DE COMANDOS. 3. COMO DEFINIR UMA SEÇÃO DE TRABALHO (Arquivo) Profs. Paula Viero e Beatriz Lima TÉCNICAS DE CAD PARA ENGENHARIA CIVIL AULA 2 1. O AUTOCAD 2. FUNÇÕES BÁSICAS / ESTRUTURAS DE COMANDOS 3. COMO DEFINIR UMA SEÇÃO DE TRABALHO (Arquivo) 4. ALGUNS COMANDOS

Leia mais

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU $,'(GR5HSRUW0DQDJHU Neste capítulo vamos abordar o ambiente de desenvolvimento do Report Manager e como usar os seus recursos. $FHVVDQGRRSURJUDPD Depois de instalado o Report Manager estará no Grupo de

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado.

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado. 1 Área de trabalho O Windows XP é um software da Microsoft (programa principal que faz o Computador funcionar), classificado como Sistema Operacional. Abra o Bloco de Notas para digitar e participar da

Leia mais

LEITORES DE TELA Orientações Básicas Jaws NVDA Virtual Vision - Orca

LEITORES DE TELA Orientações Básicas Jaws NVDA Virtual Vision - Orca NAPNE RENAPI LEITORES DE TELA Orientações Básicas Jaws NVDA Virtual Vision - Orca Por Celio Marcol Dal Pizzol e Josiane Pagani Agosto de 2009 Sumário LEITORES DE TELA - ORIENTAÇÕES BÁSICAS... 3 Orientações

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados.

Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados. Windows Menu Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados. Minimizar Fechar Maximizar/restaurar Uma janela é composta de vários elementos

Leia mais

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 1 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 1 Procedimentos para Download e Instalação do NVDA... 2 Iniciando

Leia mais

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados.

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados. Bem Vindo GDS TOUCH Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO O GDS Touch é um painel wireless touchscreen de controle residencial, com design totalmente 3D, interativo

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

O computador. Sistema Operacional

O computador. Sistema Operacional O computador O computador é uma máquina desenvolvida para facilitar a vida do ser humano, principalmente nos trabalhos do dia-a-dia. É composto basicamente por duas partes o hardware e o software. Uma

Leia mais

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL Núcleo IFRS Manual do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 3 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 3 Procedimentos para Download

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 1

Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 1 Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 1 1 1. WINDOWS... 3 1.1 - Como funciona o Windows?... 3 1.2 - Botão Iniciar... 3 1.3 - Comutando entre tarefas abertas... 4 1.4 - O que é uma Janela?...

Leia mais

INFORMÁTICA WORD. TELA DO WORD Nome do Arquivo que esta sendo editado: Botão Office Diversos Textos Barra de Títulos Nome do programa: Microsoft Word

INFORMÁTICA WORD. TELA DO WORD Nome do Arquivo que esta sendo editado: Botão Office Diversos Textos Barra de Títulos Nome do programa: Microsoft Word WORD INTRODUÇÃO O MS Word é um editor de textos cujos recursos facilitam a criação de documentos, memorandos, cartas comerciais ou pessoais, enfim, tudo aquilo que se relaciona a texto. Até mesmo páginas

Leia mais

1. EXCEL 7 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.2. CARREGAMENTO DO EXCEL 7

1. EXCEL 7 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.2. CARREGAMENTO DO EXCEL 7 1. EXCEL 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS As planilhas eletrônicas ficarão na história da computação como um dos maiores propulsores da microinformática. Elas são, por si sós, praticamente a causa da explosão

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS

INTRODUÇÃO AO WINDOWS INTRODUÇÃO AO WINDOWS Paulo José De Fazzio Júnior 1 Noções de Windows INICIANDO O WINDOWS...3 ÍCONES...4 BARRA DE TAREFAS...5 BOTÃO...5 ÁREA DE NOTIFICAÇÃO...5 BOTÃO INICIAR...6 INICIANDO PROGRAMAS...7

Leia mais

WIN + D WIN + M SHIFT + WIN + M WIN + R WIN + E WIN + PAUSE BREAK

WIN + D WIN + M SHIFT + WIN + M WIN + R WIN + E WIN + PAUSE BREAK Windows em geral WIN = Abre o menu Iniciar. Use as setas para navegar nas opções, e dê ENTER para abrir um item. WIN + D = Mostrar área de trabalho. WIN + M = Minimizar tudo. SHIFT + WIN + M = Desminimizar

Leia mais

WINDOWS-XP PROF. FELIPE DENIS M. DE OLIVEIRA. E-mail: felipe@fcamaracascudo.com.br MSN: fdenis_natal@hotmail.com Página: www.novastecnologias.

WINDOWS-XP PROF. FELIPE DENIS M. DE OLIVEIRA. E-mail: felipe@fcamaracascudo.com.br MSN: fdenis_natal@hotmail.com Página: www.novastecnologias. WINDOWS-XP PROF. FELIPE DENIS M. DE OLIVEIRA E-mail: felipe@fcamaracascudo.com.br MSN: fdenis_natal@hotmail.com Página: www.novastecnologias.net 1 MS-Windows XP Sistema Operacional da Microsoft Com Interface

Leia mais

Controles e funções. Painel frontal. Painel traseiro. Capítulo 2 >> Controles e funções. Botão OK Confirma a seleção.

Controles e funções. Painel frontal. Painel traseiro. Capítulo 2 >> Controles e funções. Botão OK Confirma a seleção. HDPV-C20CV Capítulo 2 >> Controles e funções Controles e funções Painel frontal 1 2 1 2 3 3 4 5 Botão Power ( ) Liga/desliga seu receptor. Botão MENU Exibe o menu. Sai do menu atual ou vai para o menu

Leia mais

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

O TECLADO DO COMPUTADOR EM DETALHES

O TECLADO DO COMPUTADOR EM DETALHES O TECLADO DO COMPUTADOR EM DETALHES Por José Luís de F. Farias O TECLADO Em todos os países os teclados são diferentes quanto ao LAYOUT. Esse termo em inglês define a aparência, a disposição e organização

Leia mais

II Torneio de Programação em LabVIEW

II Torneio de Programação em LabVIEW Desenvolvimento da Aplicação II Torneio de Programação em LabVIEW Seção I: Requisitos Gerais A aplicação submetida deverá atender, pelo menos, às exigências de funcionamento descritas na Seção II deste

Leia mais

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Instalação e Configuração 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS 1_15 - ADS - PRO MICRO (ILM 001) - Estudo dirigido Macros Gravadas Word 1/35 LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS No Microsoft Office Word 2007 é possível automatizar tarefas usadas frequentemente criando

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria

Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria 1 Sumário Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria... 1 1 Sumário... 1 2 Lista de Figuras... 5 3 A Janela principal...

Leia mais

Microsoft Word. Marcelo Walter - UFPE

Microsoft Word. Marcelo Walter - UFPE Microsoft Word O Microsoft Word é um editor de textos, onde você poderá confeccionar documentos, cartas, memorandos, trabalhar com mala direta e com tabelas Faz parte de um pacote chamado Microsoft Office

Leia mais

1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011

1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011 1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011 1.1- INTRODUÇÃO Este capítulo tem como objetivo principal familiarizar o usuário com a interface do AutoCAD 2011, isto é, a forma com a qual o usuário se comunica com o software

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

Aula 05 - Elementos e Organização de janelas

Aula 05 - Elementos e Organização de janelas Aula 05 - Elementos e Organização de janelas Sumário Os elementos de uma Janela Menu de Controle Título da Janela Guias Barras de Rolagem Botões de Acesso Rápido Barra de Status Movendo e Dimensionando

Leia mais

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK 1 SÚMARIO ASSUNTO PÁGINA Componentes da Lousa... 03 Função Básica... 04 Função Bandeja de Canetas... 05 Calibrando a Lousa... 06

Leia mais

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4 Mic crosoft Excel 201 0 ÍNDICE ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4 Interface... 4 Guias de Planilha... 5 Movimentação na planilha... 6 Entrada de textos e números... 7 Congelando painéis... 8 Comentários nas Células...

Leia mais

Conhecendo o Computador

Conhecendo o Computador Capítulo 1 Conhecendo o Computador 1.1 Conhecendo o Computador Tudo que é novo nos causa um certo receio. Com os computadores não é diferente. Tenha sempre em mente que o homem domina a máquina e não a

Leia mais

Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor. Exclusivo para máquina de bordar MC500E

Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor. Exclusivo para máquina de bordar MC500E Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor Exclusivo para máquina de bordar MC500E Instruções para instalar o EmbroideryEditor Requisitos do sistema no computador: * Sistema

Leia mais

MiniPENTV ISDB-T USB TV Dongle. Manual do Usuário

MiniPENTV ISDB-T USB TV Dongle. Manual do Usuário MiniPENTV ISDB-T USB TV Dongle Manual do Usuário 1. Instalação 1. Conector USB: Insira o conector a uma porta USB livre do seu computador. 2. Conector da Antena: Conecte a Antena que acompanha o produto

Leia mais

Migrando para o Outlook 2010

Migrando para o Outlook 2010 Neste guia Microsoft O Microsoft Outlook 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber mais sobre as principais

Leia mais

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 02

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 02 MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 02 Escrevendo Fórmulas Você pode executar cálculos com seus dados usando fórmulas, que são formatadas por operadores de dados e quase sempre por funções. Você vai aprender

Leia mais

Aula Au 3 la 7 Windows-Internet

Aula Au 3 la 7 Windows-Internet Aula 37 Aula Ferramenta de Captura 2 Você pode usar a Ferramenta de Captura para obter um recorte de qualquer objeto na tela e, em seguida, anotar, salvar ou compartilhar a imagem. 3 Vamos fazer o seguinte:

Leia mais

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA EE Odilon Leite Ferraz PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA AULA 1 APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA Apresentação dos Estagiários Apresentação do Programa Acessa

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

Controle remoto HP Media (somente em determinados modelos) Guia do Usuário

Controle remoto HP Media (somente em determinados modelos) Guia do Usuário Controle remoto HP Media (somente em determinados modelos) Guia do Usuário Copyright 2008 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows e Windows Vista são marcas comerciais ou registradas da Microsoft

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

Tutorial do Iniciante. Excel Básico 2010

Tutorial do Iniciante. Excel Básico 2010 Tutorial do Iniciante Excel Básico 2010 O QUE HÁ DE NOVO O Microsoft Excel 2010 é um programa de edição de planilhas eletrônicas muito usado no mercado de trabalho para realizar diversas funções como;

Leia mais

MANUAL GDS TOUCH. Versão: 1.0 Direitos reservados.

MANUAL GDS TOUCH. Versão: 1.0 Direitos reservados. MANUAL GDS TOUCH Versão: 1.0 Direitos reservados. GDS TOUCH PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO O GDS Touch é um painel wireless touch-screen de controle residencial, com design totalmente

Leia mais

1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes

1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes 1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes Janelas são estruturas do software que guardam todo o conteúdo exibido de um programa, cada vez que um aplicativo é solicitado à janela do sistema

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

Configurações do Windows para Leitores de Tela

Configurações do Windows para Leitores de Tela MÓDULO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL - CEFET BG SIEP (SISTEMA DE INFORMAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA) Configurações do Windows para Leitores de Tela Desenvolvido por Celio Marcos Dal Pizzol e

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática. Flaviano Aguiar Liziane Santos Soares Jugurta Lisboa Filho (Orientador)

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática. Flaviano Aguiar Liziane Santos Soares Jugurta Lisboa Filho (Orientador) Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática,1752'8d 2,1)250É7,&$ Flaviano Aguiar Liziane Santos Soares Jugurta Lisboa Filho (Orientador) PROJETO UNESC@LA Junho de 2000 Conteúdo 1. CONCEITOS

Leia mais

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 1) No sistema operacional Microsoft Windows 8, uma forma rápida de acessar o botão liga/desliga é através do atalho: a) Windows + A. b) ALT + C. c) Windows + I. d) CTRL +

Leia mais

Escolhendo recursos de Ajuda

Escolhendo recursos de Ajuda Você pode dar um toque profissional ao aplicativo adicionando um arquivo de Ajuda gráfica. A Ajuda gráfica pode incluir gráficos e texto formatado; a Ajuda no estilo.dbf limita-se a uma única fonte sem

Leia mais

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel *

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * material do 2010* 1.0 Introdução O Excel nos ajuda a compreender melhor os dados graças à sua organização em células (organizadas em linhas e colunas) e ao uso

Leia mais

Descobrindo e analisando. Qlik Sense 1.0.3 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Descobrindo e analisando. Qlik Sense 1.0.3 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Descobrindo e analisando Qlik Sense 1.0.3 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik,

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 1 Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico 1º Período Elementos básicos da interface gráfica do Windows (continuação).

Leia mais

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 CURITIBA 2015 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007... 3 JANELA PRINCIPAL... 3 1 - BOTÃO OFFICE... 4 2 - FERRAMENTAS DE ACESSO

Leia mais

COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET

COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET Ao mesmo tempo em que hoje se tornou mais fácil falar a longa distância, pela multiplicidade de opções e operadoras de telefonia, também surgem as

Leia mais

MANUAL PARA INCLUSÃO DIGITAL - ANDRAGOGIA - Hardware Autor Gilberto Karnas Direitos Autorais cedido ao ISL2024

MANUAL PARA INCLUSÃO DIGITAL - ANDRAGOGIA - Hardware Autor Gilberto Karnas Direitos Autorais cedido ao ISL2024 Inclusão Digital - Hardware O objetivo dessa cartilha é informar o usuário das características básicas de um computador. Também presente, alguns hardwares que integram a infraestrutura de TI (Tecnologia

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca. melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041. www.melissalima.com.br Página 1

Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca. melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041. www.melissalima.com.br Página 1 EXCEL BÁSICO Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041 www.melissalima.com.br Página 1 Índice Introdução ao Excel... 3 Conceitos Básicos do Excel... 6

Leia mais

NAPNE / RENAPI. Manual Virtual Keyboard

NAPNE / RENAPI. Manual Virtual Keyboard NAPNE / RENAPI Manual Virtual Keyboard Abril de 2009 Sumário 1 Introdução... 3 2 Objetivos... 4 2.1 Vídeo... 4 2.1.1 Performance de Aprendizagem e previsão... 4 3. Escrita... 4 4 Download... 5 4.1 Realizar

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

APONTAMENTOS SOBRE WINDOWS

APONTAMENTOS SOBRE WINDOWS APONTAMENTOS SOBRE WINDOWS Moldura da janela 1 1. JANELAS As janelas são objectos fundamentais do interface gráfico, já que é a partir delas que a informação, comandos e controlos são organizados e apresentados

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMAS OPERACIONAIS Conceitos Básicos Sistema Operacional: Um Sistema Operacional é um programa que atua como intermediário entre o usuário e o hardware de um computador. O Propósito do SO é fornecer

Leia mais

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br. APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br. APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 Índice AULA 1: Windows - Apresentação... 3 EXERCÍCIOS:... 5 Anotações... 6 2 AULA 1: Windows - Apresentação A primeira tela que aparece

Leia mais

Curso: Operador de Computador - PRONATEC. Prof.: Roberto Franciscatto. S.O. Windows Seven Gerenciamento Básico

Curso: Operador de Computador - PRONATEC. Prof.: Roberto Franciscatto. S.O. Windows Seven Gerenciamento Básico Sistemas Operacionais Curso: Operador de Computador - PRONATEC Prof.: Roberto Franciscatto S.O. Windows Seven Gerenciamento Básico Introdução Quem é este que vos fala? O por que desta disciplina no curso?

Leia mais

Microsoft Office PowerPoint 2007

Microsoft Office PowerPoint 2007 INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007 O Microsoft Office PowerPoint 2007 é um programa destinado à criação de apresentação através de Slides. A apresentação é um conjunto de Sides que são exibidos em

Leia mais

Apostila para uso do Power Point

Apostila para uso do Power Point Apostila para uso do Power Point Introdução O Power Point, é um aplicativo da MicroSoft desenvolvido para a elaboração de apresentações. Possui recursos de hipertexto e multimídia como som, imagem, animação,

Leia mais

Prática 6 ActionScript

Prática 6 ActionScript Prática 6 ActionScript 1. Objetivos Se familiarizar com o ActionScript. Usar comandos e funções básicas. 2. Recursos Necessários Computador com o programa Macromedia Flash MX ou superior. 3. Conceitos

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

- Esse ícone indica que o USB Phone GiConnect está conectado e funcionando corretamente, pronto para o uso.

- Esse ícone indica que o USB Phone GiConnect está conectado e funcionando corretamente, pronto para o uso. Internet http://www.qiconn.com/showlistitem.asp?dynamiccontentid=848 Guia do Usuário Quando o aplicativo Gateway GiConnect estiver rodando, um dos ícones abaixo irão aparecer na bandeja do sistema, normalmente

Leia mais

Treinamento Excel 2010 Thalles Cezar Montenegro

Treinamento Excel 2010 Thalles Cezar Montenegro + Treinamento Excel 2010 Thalles Cezar Montenegro + Agenda Histórico Interface Principais Menus Salvando arquivos Abrindo arquivos Formatação + Histórico Surgiu em 1985 para Mac Fazer tudo o que o 1-2-3

Leia mais

Banco de Dados BrOffice Base

Banco de Dados BrOffice Base Banco de Dados BrOffice Base Autor: Alessandro da Silva Almeida Disponível em: www.apostilando.com 27/02/2011 CURSO TÉCNICO EM SERVIÇO PÚBLICO Apostila de Informática Aplicada - Unidade VI Índice Apresentação...

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice Índice Caderno 2 PG. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão,

Leia mais

DIRETRIZES DE USO DA MATRIZ DE SISTEMATIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES

DIRETRIZES DE USO DA MATRIZ DE SISTEMATIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico Coordenação Geral de Regionalização PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO Roteiros do Brasil

Leia mais

Tablet Widescreen Slimline

Tablet Widescreen Slimline Tablet Widescreen Slimline Manual do Usuário Avançado Instalação Desenho Escrita Navegação Configuração Manutenção www.trust.com/69/faq Instalando e conhecendo seu tablet Trust 6 7 8 9 0 Cabo USB 6 Pontas

Leia mais

Curso: Operador de Computador - PRONATEC. Prof.: Roberto Franciscatto. S.O. Windows Seven Gerenciamento Básico

Curso: Operador de Computador - PRONATEC. Prof.: Roberto Franciscatto. S.O. Windows Seven Gerenciamento Básico Sistemas Operacionais Curso: Operador de Computador - PRONATEC Prof.: Roberto Franciscatto S.O. Windows Seven Gerenciamento Básico Introdução Quem é este que vos fala? O por que desta disciplina no curso?

Leia mais

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0 Ajuda ao Usuário A S S I S T E N T E P I M A C O + 2.2.0 Ajuda ao usuário Índice 1. BÁSICO 1 1. INICIANDO O APLICATIVO 2 2. O AMBIENTE DE

Leia mais

Microsoft Office 2007

Microsoft Office 2007 Produzido pela Microsoft e adaptado pelo Professor Leite Júnior Informática para Concursos Microsoft Office 2007 Conhecendo o Office 2007 Visão Geral Conteúdo do curso Visão geral: A nova aparência dos

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

DESENHO TÉCNICO AutoCAD

DESENHO TÉCNICO AutoCAD DESENHO TÉCNICO AutoCAD AULA 1 - INTRODUÇÃO Este capítulo tem como objetivo principal familiarizar o usuário com a interface do Auto-CAD, isto é, a forma como o usuário se comunica com o software e vice

Leia mais

w w w. c a c h o e i r o. e s. g o v. b r

w w w. c a c h o e i r o. e s. g o v. b r w w w. c a c h o e i r o. e s. g o v. b r BrOffice Calc e Writer Secretaria Municipal de Administração e Serviços Internos semasi.treinamentos@cachoeiro.es.gov.br (28) 3155-5601 BrOffice Calc e Writer

Leia mais

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint Serviço Técnico de Informática Curso Básico de PowerPoint Instrutor: Tiago Souza e Silva de Moura Maio/2005 O Microsoft PowerPoint No Microsoft PowerPoint, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

Microsoft Office Excel

Microsoft Office Excel 1 Microsoft Office Excel Introdução ao Excel Um dos programas mais úteis em um escritório é, sem dúvida, o Microsoft Excel. Ele é uma planilha eletrônica que permite tabelar dados, organizar formulários,

Leia mais

Tutorial USERADM Como inserir conteúdo no Portal Transparência

Tutorial USERADM Como inserir conteúdo no Portal Transparência Portal Transparência / Acesso a Informação Tutorial USERADM Como inserir conteúdo no Portal Transparência Como acessar? 1. Primeiramente acesse o site de sua instituição, como exemplo vamos utilizar o

Leia mais

COMPUTADOR,, que máquina é essa?

COMPUTADOR,, que máquina é essa? COMPUTADOR,, que máquina é essa? Agora vamos conhecer mais de perto o computador. Observe as imagens a seguir e responda: Que coisas você vê? Quais são suas funções? unidade acionadora de CD e DVD

Leia mais

Introdução à Informática Professor: Juliano Dornelles

Introdução à Informática Professor: Juliano Dornelles Pra que serve o computador? O computador é uma extensão dos sentidos humanos. Pode ser utilizado no trabalho, nos estudos e no entretenimento. Com finalidades de interação, comunicação, construção de conteúdo,

Leia mais

Ajuda disponível no software Klik & Play

Ajuda disponível no software Klik & Play 1 Ajuda disponível no software Klik & Play Esta ajuda não precisa ser lida seqüencialmente, mas consultada como uma referência de acordo com as necessidades do momento. Ela está disponível no help do software.

Leia mais

Ricoh MP 171. Guia do usuário. Impressão

Ricoh MP 171. Guia do usuário. Impressão Ricoh MP 171 Guia do usuário Impressão 1 Índice Mapa do painel...3 Funções Impressão simples...5 Cancelando impressão...6 Impressão frente e verso Aba 1 clique...7 Aba definições detalhadas...9 Trabalhos

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais