Construção da imagem Corporativa 1996 a 2000

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Construção da imagem Corporativa 1996 a 2000"

Transcrição

1 Construção da imagem Corporativa 1996 a 2000

2 Design Estratégico estratégia design imagem produto embalagem arquitetura ambientação mobiliário missão marca Imagem valores comunicação visual sinalização folhetos, relatórios propaganda atendimento benefícios

3 Design Estratégico estratégia design imagem Construir a Imagem de uma Empresa é um trabalho delicado...

4 1861 Anos 30 Anos 60 Anos 70 Anos 80 Transformação da Imagem

5 Design Estratégico estratégia design imagem Casa Telhado Segurança Família Criação de um novo conceito

6 Envolver público interno Sensibilizar seu público externo

7 High tech X Low Tech estratégia design imagem Sistema de sinalização externa Mini ATM desenvolvido pela NCS para a empresa Perto de Porto Alegre Design tangibiliza serviços

8 Sinalização Externa CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

9 Sinalização Externa CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

10 Pórtico Sub-Pórtico Sinalização Externa CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

11 Painel com assinatura por extenso Painel modular Sinalizador transversal Painel letreiro Sinalização Externa CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

12 Painel com Nome da Agencia Sinalização Externa CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

13 Totens de Grande e Médio Porte Sinalização Externa CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

14 Letreiro vertical com poste Sinalização Externa CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

15 Letreiro perpendicular para Parede Sinalização Externa CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

16 Casos Especiais Sinalização Externa Casos Especiais CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

17 Sistema de sinalização interna Design do ambiente O Design mudou a percepção do cliente

18 Mobiliário e atendimento estratégia design imagem

19 Interior Ambiente de Auto-Atendimento

20 Setorização Possibilitou melhor distribuição dos espaços e determinou os fluxos principais nos PV Arquitetura CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

21 Setorização Arquitetura CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

22 Fluxo Arquitetura CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

23 Sinalização Interna Totem Diretório CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

24 Sinalização Interna Ambiente Caixas CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

25 Sinalização Interna Estação Habitação CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

26 Sinalização Interna Placas de Dependência e Advertência CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

27 Sinalização Interna Placas de Segurança CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

28 Dispenser de Senha CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

29 Biblioteca Express CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

30 Penhor Mobiliário CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

31 Sinalização Externa Prédio Matriz em Brasília CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

32 Sinalização Externa Prédio Matriz em Brasília CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

33 Matriz da Caixa Brasília Sinalização Externa CRIAÇÃO NCS DESIGN RIO

34 Sinalização Interna Matriz da Caixa CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

35 Sinalização Interna Matriz da Caixa CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

36 Sinalização Interna Matriz da Caixa CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

37 Sinalização Interna Matriz da Caixa CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

38 Papelaria Papelaria e todos os elementos de comunicação com o público

39 Comunicação integrada e consistente. Orgulho do público interno com a imagem da empresa. estratégia design imagem

40 High tech X Low Tech estratégia design imagem Ações promocionais

41 Módulos desmontáveis e portáteis CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

42 Novos negócio refletindo os valores contidos na Imagem

43 Sinalização Caixa Aqui

44 Criação de Manuais de Implantação para os projetos criados

45 Valores Compartilhados estratégia design imagem

46 Valores compartilhados estratégia design imagem

47 Família de marcas dentro do contexto de Imagem

48 Loterias CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

49 Loterias Sinalização de fachadas CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

50 Loterias Marca e produtos CRIAÇÃO CRIAÇÃO NCS NCS DESIGN DESIcGN RIO RIO

51 Marca CAIXA Vida e Previdência

52 Pessoas e Marcas estratégia design imagem Nome + assinatura = identidade Comunicação da identidade

53 Gestão da Imagem União de Esforços Definição de competências e do processo de comunicação e de aprovação. Compromisso com a Imagem do Programa e suas ações. Unidade de apresentação visual e de conteúdo. Formatação de temas e de apresentações para diferentes Públicos Controle na liberação de material e de informação

54 Agradecimentos especiais a Angela Carvalho da pela cessão de materiais e informações, sem as quais esta apresentação não teria sido possível.

55 Obrigada! Silvia Sardinha /

Gestão da Marca. Construção de valores

Gestão da Marca. Construção de valores Gestão da Marca Construção de valores Design é mais do que o veículo pelo qual as marcas se expressam e se conectam com seus clientes... o design é um reflexo do ecossistema humano Marc Gobé Especialista

Leia mais

A marca de todos os brasileiros.

A marca de todos os brasileiros. Case: Branding Correios A marca de todos os brasileiros. O projeto de redesenho da marca dos Correios agora apresentado é um desdobramento das decisões tomadas a partir de outubro de 2009, que culminaram

Leia mais

Viver em uma cidade que respeita o espaço urbano, o patrimônio histórico e a integridade da arquitetura das edificações é um direito de todos.

Viver em uma cidade que respeita o espaço urbano, o patrimônio histórico e a integridade da arquitetura das edificações é um direito de todos. Viver em uma cidade que respeita o espaço urbano, o patrimônio histórico e a integridade da arquitetura das edificações é um direito de todos. A Lei Descobrindo Rio Claro surgiu para melhor organizar os

Leia mais

Fachada com parceiros

Fachada com parceiros Introdução A FCDL/SC, Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas de Santa Catarina está presente, através de suas 205 CDLs, em mais de 60% dos municípios catarinenses. Este manual foi elaborado a fi

Leia mais

Manual de Comunicação do Fundo de Cultura do Estado da Bahia

Manual de Comunicação do Fundo de Cultura do Estado da Bahia Manual de Comunicação do Fundo de Cultura do Estado da Bahia 1 Identidade Visual SUMÁRIO 03 04 07 08 21 Apresentação Orientações Gerais Fundo de Cultura Aplicações Assinaturas 2 Apresentação Este manual

Leia mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais sz propaganda um novo começo. propaganda sz um novo começo. sz consulting maximizando resultados sz branding além da marca sz design e muito mais sz webdesign sem portas fechadas Planejamento estratégico,

Leia mais

Unidade de Projetos. Grupo Temático de Comunicação e Imagem. Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais.

Unidade de Projetos. Grupo Temático de Comunicação e Imagem. Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais. Unidade de Projetos de Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais Branding Agosto de 2009 Elaborado em: 3/8/2009 Elaborado por: Apex-Brasil Versão: 09 Pág: 1 / 8 LÍDER DO GRUPO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA REITORIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA REITORIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA REITORIA RESOLUÇÃO N o 04/2011 DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. Regulamenta a utilização e aplicação da Marca UFU. O CONSELHO

Leia mais

MODELO DE TRABALHO SOLUTIONMAISCOM PRIME. PACOTES DE SERVIÇOS EXCLUSIVOS PARA TODAS AS ÁREAS DA COMUNICAÇÃO.

MODELO DE TRABALHO SOLUTIONMAISCOM PRIME. PACOTES DE SERVIÇOS EXCLUSIVOS PARA TODAS AS ÁREAS DA COMUNICAÇÃO. PRIME MODELO DE TRABALHO SOLUTIONMAISCOM PRIME. PACOTES DE SERVIÇOS EXCLUSIVOS PARA TODAS AS ÁREAS DA COMUNICAÇÃO. A Fusão O resultado da fusão entre as agências Solution e Maiscom é a SolutionMaiscom

Leia mais

Manual de Comunicação do Fazcultura Identidade Visual

Manual de Comunicação do Fazcultura Identidade Visual Manual de Comunicação do Fazcultura Identidade Visual SUMáRIO 03 04 07 08 17 Apresentação Orientações Gerais Fazcultura Aplicações Assinaturas 2 Apresentação Este manual foi desenvolvido para orientar

Leia mais

A ETIAM Etiquetadora Amaral Ltda. pretende através deste documento, consolidar o bem mais valioso que uma instituição pode ter: sua marca.

A ETIAM Etiquetadora Amaral Ltda. pretende através deste documento, consolidar o bem mais valioso que uma instituição pode ter: sua marca. INTRODUÇÃO Ter uma identidade visual, que passe uma mensagem de qualidade e segurança aos clientes é fundamental para o sucesso da empresa. A identidade visual é a imagem ou, em outras palavras, a roupa

Leia mais

GUIA DE SINALIZAÇÃO DAS UNIDADES E SERVIÇOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS

GUIA DE SINALIZAÇÃO DAS UNIDADES E SERVIÇOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS GUIA DE SINALIZAÇÃO DAS UNIDADES E SERVIÇOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS 1 COR TIPOGRAFIA GOTHAM BLACK PARA NOMES PRINCIPAIS 2 TOTEM ETERNO ESQUEMA Totem externo para sinalização das Unidades de Saúde

Leia mais

Manual de Uso da Identidade Visual

Manual de Uso da Identidade Visual Manual de Uso da Identidade Visual Identidade Visual é o conjunto de elementos gráficos que formam a personalidade visual de uma empresa, produto ou serviço. Para que a METISA - Metalúrgica Timboense S.

Leia mais

quem somos ...otimiza o ambiente de trabalho, adapta as diversas possibilidades do empreendimento... Solução completa para espaços corporativos.

quem somos ...otimiza o ambiente de trabalho, adapta as diversas possibilidades do empreendimento... Solução completa para espaços corporativos. 2006/2009 quem somos Solução completa para espaços corporativos. A Std Office traz toda expertise do Grupo Stadia, com novas tecnologias, aplicada a arquitetura e engenharia otimiza o ambiente de trabalho,

Leia mais

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 O SESI/SENAI - PR, torna pública a RETIFICAÇÃO referente ao Edital de CREDENCIAMENTO N.º 502/2009, conforme segue: Fica Incluído no ANEXO III - ÁREAS

Leia mais

PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO

PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO pacotes fee prime PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOLUTIONMAISCOM PLAN PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO A SolutionMaiscom utiliza metodologia de planejamento exclusiva que será customizada de acordo com a necessidade

Leia mais

Manual de Identidade Visual Golin Módulo II Guia Rápido de Utilização do Logotipo / Meios Digitais. Manual de Identidade Visual junho 2010

Manual de Identidade Visual Golin Módulo II Guia Rápido de Utilização do Logotipo / Meios Digitais. Manual de Identidade Visual junho 2010 1 Manual de Identidade Visual Golin Módulo II Guia Rápido de Utilização do Logotipo / Meios Digitais Manual de Identidade Visual junho 2010 Sumário 2 A marca 3 Introdução 4 Comunicação através de Símbolos

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL RESOLUÇÃO CUNI Nº 085, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2011. O Conselho Universitário da Universidade Federal de Lavras, no uso de suas atribuições regimentais, e tendo em vista o que foi deliberado

Leia mais

CENTRO: Belo de se ver. Plano de Despoluição Visual ( Lei 8.779/14)

CENTRO: Belo de se ver. Plano de Despoluição Visual ( Lei 8.779/14) CENTRO: Belo de se ver Plano de Despoluição Visual ( Lei 8.779/14) Centro de Vitória: belo de se ver A Prefeitura de Vitória implementa o Plano de Despoluição Visual (Lei 8.779/14) para ordenar e padronizar

Leia mais

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA FUNCIONAL ENTORNO IDENTIFICAR A RELAÇÃO DO EDIFÍCIO COM OS ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS EDIFICADAS, RELAÇÕES DE PROXIMIDADE, DIÁLOGO, INTEGRAÇÃO OU AUTONOMIA MURO CERCA

Leia mais

Sinalização e Mídia Exterior

Sinalização e Mídia Exterior Fachadas Sinalização e Mídia Exterior E-mail: silviazampar-unip@ig.com.br Blog: http://silviazampar-unip.blogspot.com Aula 7 Fachadas Composta por um ou mais painéis, é a apresentação externa das instalações

Leia mais

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente.

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. .a agência A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. Nosso compromisso é auxiliar empresas e organizações

Leia mais

Manual de Identidade Visual 5/2014. acessibilidade. comunicacional

Manual de Identidade Visual 5/2014. acessibilidade. comunicacional Manual de Identidade Visual 5/2014 acessibilidade comunicacional 01 Selo de acessibilidade Conceito acessibilidade comunicacional Ao unir as iniciais a e c com os elementos gráficos, o selo forma um rosto

Leia mais

GUIA DE SINALIZAÇÃO DAS UNIDADES E SERVIÇOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS

GUIA DE SINALIZAÇÃO DAS UNIDADES E SERVIÇOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS GUIA DE SINALIZAÇÃO DAS UNIDADES E SERVIÇOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS 1 COR COR COR C 100 M 70 Y 0 K 0 O AZUL DAS PLACAS DEVE SER CORRESPONDENTE AO DESCRITO NO SISTEMA DE POLICROMIA CMYK, CONFORME

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Apresentação A marca é o maior patrimônio de uma empresa. Nela estão depositadas toda sua força e história. A forma como você escreve essa marca, acrescentando características

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO Selo de Excelência FLYTOUR

REGULAMENTO TÉCNICO Selo de Excelência FLYTOUR SUMÁRIO 1 CONDIÇÕES GERAIS... 2 2 CONDIÇÕES DE CERTIFICAÇÃO E VISÃO GERAL DO PROCESSO... 3 3 PROCESSO TÉCNICO PARA CONCESSÃO DO SELO... 5 4 PROCESSO TÉCNICO AUDITORIA DOS RESULTADOS... 7 5 RECONHECIMENTO

Leia mais

TI CAIXA VP Tecnologia da Informação Modelo de Maturidade na Gestão da Informação Estudo de Caso

TI CAIXA VP Tecnologia da Informação Modelo de Maturidade na Gestão da Informação Estudo de Caso TI CAIXA VP Tecnologia da Informação Modelo de Maturidade na Gestão da Informação Estudo de Caso Ivanilto Pires de Sousa Gilson Lopes Costa 11/2015 Visão de Futuro CAIXA 2022 Estar entre os três maiores

Leia mais

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Para criar um grupo doméstico e compartilhar arquivos é necessário que tenhamos pelo menos dois computadores ligados entre si (em

Leia mais

MANUAL DE COMUNICAÇÃO VISUAL UNIDADE DA SAÚDE DA FAMÍLIA

MANUAL DE COMUNICAÇÃO VISUAL UNIDADE DA SAÚDE DA FAMÍLIA MANUAL DE COMUNICAÇÃO VISUAL UNIDADE DA SAÚDE DA FAMÍLIA INTRODUÇÃO Este manual tem o objetivo de estabelecer as regras de uso da marca das UNIDADES DA SAÚDE DA FAMÍLIA. Com ele, você descobrirá como aplicá-la

Leia mais

Proposta de Curso de Turismo Rural Polo de Ecoturismo de São Paulo Sindicato Rural de SP / SENAR

Proposta de Curso de Turismo Rural Polo de Ecoturismo de São Paulo Sindicato Rural de SP / SENAR Proposta de Curso de Turismo Rural Polo de Ecoturismo de São Paulo Sindicato Rural de SP / SENAR Objetivo Ampliar o olhar sobre a propriedade rural, fornecendo ferramentas para identificar e implantar

Leia mais

Anexo II. Modelo de totem. Modelo de placa com letra vazada e iluminação interna MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

Anexo II. Modelo de totem. Modelo de placa com letra vazada e iluminação interna MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Anexo I Lote 1 Item 01 Marca do MPF MPF - Letra caixa em chapa galvanizada medindo 2,83x1,25m, profundidade 7cm, na cor azul (Pantone 281C) Item 02 - Brasão da República letra caixa em chapa galvanizada,

Leia mais

Manual de Publicidade e Merchandising

Manual de Publicidade e Merchandising Manual de Publicidade e Merchandising Você esta recebendo o Manual de Propriedades de Publicidade e Merchandising do principal Centro de Convenções da América do Sul. Uma grande oportunidade para destacar

Leia mais

Expandir visões e criar novas estratégias para o seu negócio. Podemos fazer isso juntos.

Expandir visões e criar novas estratégias para o seu negócio. Podemos fazer isso juntos. Expandir visões e criar novas estratégias para o seu negócio. Podemos fazer isso juntos. Quem somos A 2DA Branding & Design é uma empresa de construção de marca. O que fazemos Transformamos ideias e negócios

Leia mais

Forever Top 100. Novidades anunciadas no evento. 1. Missão da Forever Living. 2. Mudança da palavra. 11 de Junho de 2011 São Paulo - Brasil

Forever Top 100. Novidades anunciadas no evento. 1. Missão da Forever Living. 2. Mudança da palavra. 11 de Junho de 2011 São Paulo - Brasil 11 de Junho de 2011 São Paulo - Brasil Novidades anunciadas no evento Forever Top 100 No dia 11 de junho foi realizado um evento para os 100 maiores Empreendedores Forever. O objetivo foi apresentar diversas

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO DEPART. DE CONTROLE DE USO DO SOLO

SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO DEPART. DE CONTROLE DE USO DO SOLO SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO DEPART. DE CONTROLE DE USO DO SOLO PUBLICIDADE LEGISLAÇÃO LEI N.º 8.471 / 1994 Dispõe sobre publicidade ao ar livre DECRETO N.º 1033 / 2007 Regulamenta a Lei n.º 8.471

Leia mais

SELL BOOK! Apresentação da oportunidade de negócio!

SELL BOOK! Apresentação da oportunidade de negócio! SELL BOOK! Apresentação da oportunidade de negócio! QUEM SOMOS NÓS?! Há 10 anos a Único Asfaltos atende prefeituras, governos, departamentos de água e esgoto e concessionárias de rodovias, vendendo uma

Leia mais

Propaganda. Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio

Propaganda. Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio A DIS Propaganda é uma agência de propaganda e marketing que há mais de 28 anos em atividade vem construindo as marcas de seus clientes. Propaganda O nosso

Leia mais

Sobre a Eólica. Ela está fundamentada em três pilares de atuação: pesquisa, estratégia e design.

Sobre a Eólica. Ela está fundamentada em três pilares de atuação: pesquisa, estratégia e design. Apresentação Eólica Sobre a Eólica Sobre a Eólica A Eólica é uma consultoria de branding e design que, através de uma visão integrada do negócio, utiliza-se de diversas áreas do conhecimento para desenvolver

Leia mais

Manual para uso e proteção da LOGOMARCA ATUAÇÃO RESPONSÁVEL

Manual para uso e proteção da LOGOMARCA ATUAÇÃO RESPONSÁVEL Manual para uso e proteção da LOGOMARCA ATUAÇÃO RESPONSÁVEL SUMÁRIO 1. Introdução 2 2. Responsabilidades 4 3. Disposições Gerais 5 4. Usos Permitidos e Não Permitidos 6 4.1. Usos permitidos 6 4.2. Usos

Leia mais

Avaliação Institucional 2005-2. Faculdade de Jussara. Pós-Graduação

Avaliação Institucional 2005-2. Faculdade de Jussara. Pós-Graduação Graduação ITEM: As carteiras das salas de aula são adequadas. 88,2% Graduação ITEM: As instalações do laboratório de informática são adequadas. Graduação ITEM: As instalações da biblioteca são adequadas.

Leia mais

Expandir visões e criar novas estratégias para o seu negócio. Podemos fazer isso juntos.

Expandir visões e criar novas estratégias para o seu negócio. Podemos fazer isso juntos. Expandir visões e criar novas estratégias para o seu negócio. Podemos fazer isso juntos. Quem somos A 2DA Branding & Design é uma empresa de construção de marca. O que fazemos Transformamos ideias e negócios

Leia mais

Apresentação e Lançamento. Selo Solar. Florianópolis, 24 de abril de 2012 Paula Scheidt Manoel

Apresentação e Lançamento. Selo Solar. Florianópolis, 24 de abril de 2012 Paula Scheidt Manoel Apresentação e Lançamento Selo Solar Florianópolis, 24 de abril de 2012 Paula Scheidt Manoel Contextualização 8 projetos no BIG/ANEEL = 1.494,36 kw (potência fiscalizada) P&D Estratégico ANEEL Projeto

Leia mais

DSG 1005: Procedimentos para G2

DSG 1005: Procedimentos para G2 DSG 1005: Procedimentos para G2 1. Datas importantes 11 de junho: entrega dos desenhos técnicos, fluxogramas e wireframes/modelos e bonecas, segunda 18 de junho: entrega dos manuais de produção (relatório

Leia mais

Presença Digital de Governo Roberto Constante & Wans Spiess

Presença Digital de Governo Roberto Constante & Wans Spiess Presença Digital de Governo Roberto Constante & Wans Spiess Momento delicado para a comunicação de governo Crise x Oportunidade Mensalão em 2005 Lava-Jato 2015 Lei 12.232/2010 Dispõe sobre as normas gerais

Leia mais

Implementação CERTICS em uma empresa avaliada no modelo de referência MPS-SW nível G

Implementação CERTICS em uma empresa avaliada no modelo de referência MPS-SW nível G Relato da Experiência Implementação CERTICS em uma empresa avaliada no modelo de referência MPS-SW nível G Fumsoft Allan M. R. Moura Charles H. Alvarenga Visual Sistemas Breno F. Duarte Paulo Lana www.visual.com.br

Leia mais

MANUAL DE ACESSIBILIDADE

MANUAL DE ACESSIBILIDADE - LIC 71.3.8 - Índice 1. Elementos de Arquitetura 1.1 Passeio 1.2 Vagas de estacionamento - demarcação 1.3 Vagas de estacionamento - sinalização 1.4 Rampas 1.5 Escadas e seus componentes 1.6 Aproximação

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 19-CEPE/UNICENTRO, DE 6 DE MARÇO DE 2009. Aprova o Curso de Especialização em Mercados Emergentes em Comunicação, modalidade modular, a ser ministrado no Campus Santa Cruz, da UNICENTRO. O

Leia mais

Os rodapés deverão ser no mesmo material escolhido para o piso.

Os rodapés deverão ser no mesmo material escolhido para o piso. 6.3 - INSTALAÇÕES PISOS Características Gerais Preferencialmente, piso único em todas as áreas da Unidade, sem desníveis, de modo a facilitar o trabalho e o acesso do público. Não deverá conter peças com

Leia mais

Plano de Ação. Empresa : C E V PAPEIS LTDA ( CLONNY FAIXAS MATRIZES ) CNPJ : 07.322.835/0001-07. Tipo de Ação: Ação direta de inovação Prioridade: 3

Plano de Ação. Empresa : C E V PAPEIS LTDA ( CLONNY FAIXAS MATRIZES ) CNPJ : 07.322.835/0001-07. Tipo de Ação: Ação direta de inovação Prioridade: 3 Plano de Empresa : C E V PAPEIS LTDA ( CLONNY FAIXAS MATRIZES ) CNPJ : 07.322.835/0001-07 08/07/2013 08/08/2013 Instalar a ferramenta de Gestão (CLICKMARKETING) Realizar projeto de comunicação continuada.

Leia mais

Tema: Reconhecimento e Recompensa: Estratégias para Boas Práticas Palestrante: Antônio Linhares

Tema: Reconhecimento e Recompensa: Estratégias para Boas Práticas Palestrante: Antônio Linhares Tema: Reconhecimento e Recompensa: Estratégias para Boas Práticas Palestrante: Antônio Linhares Quem somos... Uma das maiores operadoras de serviços portuários, marítimos e logísticos do Brasil. Iniciamos

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Supremo Tribunal Federal Secretaria de Recursos Humanos Coordenadoria de Desenvolvimento de Pessoal Seção de Programas Institucionais de Desenvolvimento Obrigatoriedade: - Lei nº 11.416/2006: instituiu

Leia mais

Muito prazer, nós somos a Procriativo Agência Multimídia. Estamos há 03 anos no mercado, crescendo e evoluindo, pois hoje nada permanece.

Muito prazer, nós somos a Procriativo Agência Multimídia. Estamos há 03 anos no mercado, crescendo e evoluindo, pois hoje nada permanece. Muito prazer, nós somos a Procriativo Agência Multimídia. Estamos há 03 anos no mercado, crescendo e evoluindo, pois hoje nada permanece. A tecnologia, os meios de comunicação, as formas de se relacionar

Leia mais

Avaliação Institucional 2005-2. Faculdade de Jussara. Administração de Empresas

Avaliação Institucional 2005-2. Faculdade de Jussara. Administração de Empresas CURSO:ADMINISTRAÇÃO EMPRESAS ITEM: As carteiras das salas de aula são adequadas. CURSO:ADMINISTRAÇÃO EMPRESAS ITEM: A infra-estrutura do prédio da Faculdade é adequada. CURSO:ADMINISTRAÇÃO EMPRESAS ITEM:

Leia mais

Prepare sua Loja para Vender Mais

Prepare sua Loja para Vender Mais MERCHANDISING Prepare Sua Loja Para Vender Mais Questões Fundamentais 1 Como girar rapidamente os estoques no ponto de venda? Como tornar mais fácil e agradável o ato de compra de meus clientes? Como oferecer

Leia mais

Propaganda. Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio

Propaganda. Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio A DIS Propaganda é uma agência de propaganda e marketing que há mais de 30 anos em atividade, vem construindo as marcas de seus clientes. Propaganda O nosso

Leia mais

Armazenamento de Energia Renovável

Armazenamento de Energia Renovável Solar Eólico Armazenamento de Energia Renovável Biomassa Eficiência Energética Comercial Parques Público Rural Industrial Residencial MICRO E MINIGERAÇÃO DE ENERGIA A ANEEL permitiu aos consumidores através

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

Como a nuvem mudará as operações de liberação de aplicativos

Como a nuvem mudará as operações de liberação de aplicativos DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Junho de 2013 Como a nuvem mudará as operações de liberação de aplicativos Jacob Ukelson Entrega de aplicativos Sumário Resumo executivo 3 Seção 1: 4 Mudando o cenário de automação

Leia mais

Exemplos de Telas de Supervisórios

Exemplos de Telas de Supervisórios Exemplos de Sistemas Especiais Exemplos de Sistemas Especiais Exemplos de Sistemas Especiais Exemplos de Sistemas Especiais Exemplos de Sistemas Especiais Exemplos de Sistemas Especiais Exemplos de Sistemas

Leia mais

Lei Nº14.223 - Cidade Limpa

Lei Nº14.223 - Cidade Limpa Lei Nº14.223 - Cidade Limpa Uma São Paulo melhor pra gente! O esforço por uma São Paulo de paisagem mais ordenada foi recompensado com a Lei nº 14.223, a Lei Cidade Limpa. Este texto, acrescido do decreto

Leia mais

Manual de identidade visual

Manual de identidade visual Manual de identidade visual apresentação....................................3 Versões horizontal e vertical........................4 grid de construção................................5 Cores institucionais...............................6

Leia mais

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP O SEBRAE SP desenvolveu um Programa de Soluções Tecnológicas, cujo objetivo é de aumentar a competitividades e sustentabilidade dos Pequenos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: São José do Rio Pardo Código: 150 Município: São José do Rio Pardo Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível

Leia mais

A QUESTÃO DA ACESSIBILIDADE NA ELETROBRAS HOLDING: O PAPEL DA ERGONOMIA COMO ARTICULADORA DE AÇÕES INTEGRADAS

A QUESTÃO DA ACESSIBILIDADE NA ELETROBRAS HOLDING: O PAPEL DA ERGONOMIA COMO ARTICULADORA DE AÇÕES INTEGRADAS A QUESTÃO DA ACESSIBILIDADE NA ELETROBRAS HOLDING: O PAPEL DA ERGONOMIA COMO ARTICULADORA DE AÇÕES INTEGRADAS Vinicius Costa Cavalheiro Machado Divisão de Administração das Instalações Prediais DAAA/Eletrobras

Leia mais

ANÁLISE DE SINALIZAÇÃO Crematório Metropolitano São José - POA

ANÁLISE DE SINALIZAÇÃO Crematório Metropolitano São José - POA ANÁLISE DE SINALIZAÇÃO Crematório Metropolitano São José - POA projeto integrado I Bruna Schuch Moisés Hansen 1 Sobre o empreendimento: Histórico Em operação desde abril de 2002, o Crematório Metropolitano

Leia mais

CIDADE LIMPA LEI Nº 6468/09

CIDADE LIMPA LEI Nº 6468/09 CIDADE LIMPA LEI Nº 6468/09 Índice Apresentação...03 O que é um anúncio?...04 É proibido colocar anúncio que prejudique:...04 Locais onde é proibido colocar anúncios:...05 Prazos...05 Anúncio indicativo

Leia mais

INSTITUTO MAUÁ DE TECNOLOGIA

INSTITUTO MAUÁ DE TECNOLOGIA INSTITUTO MAUÁ DE TECNOLOGIA O Centro Universitário do IMT - CEUN-IMT, oferece cursos de Administração, Design do Produto, Engenharia de Alimentos, Engenharia Civil, Engenharia de Controle e Automação,

Leia mais

A empresa não é uma ilha

A empresa não é uma ilha A empresa não é uma ilha Relacionamento implica em comunicação. A empresa com as rédeas da sua comunicação. Comunicação social tem ferramentas que ajudam na construção de empresas de alta performance.

Leia mais

Projeto de Representatividade

Projeto de Representatividade Projeto de Representatividade Cemig Distribuição S. A. Belo Horizonte, 02 de agosto de 2011. Projeto Representatividade Cemig Distribuição S. A. Planejamento Projeto de Representatividade Objetivo Garantir

Leia mais

PRIMEIRA IGREJA EVANGÉLICA CONGREGACIONAL DE BRASÍLIA PRIMEIRA IGREJA EVANGÉLICA CONGREGACIONAL DE BRASÍLIA MANUAL DE MARCA

PRIMEIRA IGREJA EVANGÉLICA CONGREGACIONAL DE BRASÍLIA PRIMEIRA IGREJA EVANGÉLICA CONGREGACIONAL DE BRASÍLIA MANUAL DE MARCA MANUAL DE MARCA APRESENTAÇÃO Este manual apresenta e normatiza a utilização da marca da Primeira Igreja Evangélica Congregacional de Brasília. A marca é elemento essencial para a construção da identidade

Leia mais

A modelação do trabalho realizado nas reuniões de Planejamento Estratégico apontou para perspectivas e objetivos estratégicos, apresentados abaixo.

A modelação do trabalho realizado nas reuniões de Planejamento Estratégico apontou para perspectivas e objetivos estratégicos, apresentados abaixo. Planejamento Estratégico 2. Perspectivas e Objetivos Estratégicos A modelação do trabalho realizado nas reuniões de Planejamento Estratégico apontou para perspectivas e objetivos estratégicos, apresenta

Leia mais

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA FUNCIONAL ENTORNO IDENTIFICAR A RELAÇÃO DO EDIFÍCIO COM OS ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS EDIFICADAS, RELAÇÕES DE PROXIMIDADE, DIÁLOGO, INTEGRAÇÃO OU AUTONOMIA CASA VIZINHA

Leia mais

Manual de Publicidade e Merchandising

Manual de Publicidade e Merchandising Manual de Publicidade e Merchandising Você esta recebendo o Manual de Propriedades de Publicidade e Merchandising do principal Centro de Convenções da América do Sul. Uma grande oportunidade para destacar

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL Projeto BRA 06/024 - PREMEF 1 I. INTRODUÇÃO A missão do Tesouro Nacional é

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual rede de atenção À urgência Manual de Identidade Visual Versão 1.0 / Abr. 2012 As marcas do sus Introdução O Ministério da Saúde, por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), presta inúmeros serviços à população

Leia mais

Sinproquim. Reformulação da identidade visual e construção da identidade corporativa

Sinproquim. Reformulação da identidade visual e construção da identidade corporativa Sinproquim Reformulação da identidade visual e construção da identidade corporativa Apresentação Este case apresenta um balanço geral do trabalho de comunicação realizado pela Yellow Comunicação durante

Leia mais

Código de Identidade Visual

Código de Identidade Visual Manual da Marca Apresentação O manual da marca Academia da Saúde tem a função de ordenar e padronizar o signo que distingue e diferencia o Programa, compreendendo os padrões e as regras de aplicação da

Leia mais

Manual de Aplicação da Marca

Manual de Aplicação da Marca ICIPAL - AD A MUNICIPAL - ADM A MUNICIPAL - ADMINI Manual de Aplicação da Marca ade n PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAMONTE Administração 2013/2016 cidade cidade nos nos 1 2 Manual de Aplicação da Marca Padronização

Leia mais

Política de Comunicação Integrada

Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada agosto 2009 Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada 5 1. Objetivos Promover a comunicação integrada entre as empresas Eletrobras e dessas

Leia mais

Política de Comunicação Integrada

Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada agosto 2009 Política de Comunicação Integrada 4 1 Objetivos Promover a comunicação integrada entre as empresas Eletrobras e dessas com os seus públicos de relacionamento,

Leia mais

Comunicação Empresarial

Comunicação Empresarial Comunicação Empresarial MBA em Gestão Empresarial MBA em Logística MBA em Recursos Humanos MBA em Gestão de Marketing Prof. Msc Alice Selles 24/11 Aula inicial apresentação e visão geral do módulo. Proposição

Leia mais

Business Intelligence na área de Compras

Business Intelligence na área de Compras Business Intelligence na área de Compras - Caso de Sucesso DeciLogic - 2007 Agenda Introdução - Business Intelligence Eric Sarzana - Diretor - DeciLogic O projeto de BI da Telhanorte Marcelo Dalbone -

Leia mais

CARTILHA CAU/RS 2014 INSTRUÇÕES PARA ARQUITETURA DE INTERIORES SHOPPING CENTER

CARTILHA CAU/RS 2014 INSTRUÇÕES PARA ARQUITETURA DE INTERIORES SHOPPING CENTER CARTILHA CAU/RS 2014 INSTRUÇÕES PARA ARQUITETURA DE INTERIORES SHOPPING CENTER APRESENTAÇÃO O CAU/RS Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul, na qualidade de Autarquia Federal deve na

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE COMUNICAÇÃO MARKETING,RELAÇÕES PÚBLICAS E PUBLICIDADE. Planificação anual

CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE COMUNICAÇÃO MARKETING,RELAÇÕES PÚBLICAS E PUBLICIDADE. Planificação anual CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE COMUNICAÇÃO MARKETING,RELAÇÕES PÚBLICAS E PUBLICIDADE Planificação anual Disciplina: Comunicação Gráfica Audiovisual - 2ºL Professor: Rui Calmeiro - Estrutura da disciplina

Leia mais

Agenda. A Empresa História Visão Conceito dos produtos

Agenda. A Empresa História Visão Conceito dos produtos Agenda A Empresa História Visão Conceito dos produtos Produto Conceito Benefícios Vantagens: Criação Utilização Gestão Segurança Integração Mobilidade Clientes A empresa WF História Em 1998, uma ideia

Leia mais

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Em 2013, a Duratex lançou sua Plataforma 2016, marco zero do planejamento estratégico de sustentabilidade da Companhia. A estratégia baseia-se em três

Leia mais

TRANSBRASILEIRO CARGAS & MUDANÇAS

TRANSBRASILEIRO CARGAS & MUDANÇAS Manual de Identidade Visual INTRODUÇÃO AO MANUAL Respeitar às orientações deste manual significa respeitar a imagem da empresa, dentro e fora de sua corporação, e mostra como é importante a apresentação

Leia mais

MANUAL DE IMPLANTAÇÃO SISTEMA DE INVENTÁRIO CACIC GOVERNO FEDERAL SOFTWARE PÚBLICO

MANUAL DE IMPLANTAÇÃO SISTEMA DE INVENTÁRIO CACIC GOVERNO FEDERAL SOFTWARE PÚBLICO MANUAL DE IMPLANTAÇÃO SISTEMA DE INVENTÁRIO CACIC Configurador Automático e Coletor de Informações Computacionais GOVERNO FEDERAL SOFTWARE PÚBLICO software livre desenvolvido pela Dataprev Sistema de Administração

Leia mais

PROJETO BELÉM DO FUTURO: DESIGN DE EQUIPAMENTOS URBANOS. Pedro H. B. X. SILVA

PROJETO BELÉM DO FUTURO: DESIGN DE EQUIPAMENTOS URBANOS. Pedro H. B. X. SILVA PROJETO BELÉM DO FUTURO: DESIGN DE EQUIPAMENTOS URBANOS Pedro H. B. X. SILVA Instituto de Estudos Superiores da Amazônia IESAM Av. Governador José Malcher, 1148 66055-260 Belém-PA pedrobrasilxavier@gmail.com

Leia mais

ALTERNATIVAS DE MERCHANDISING

ALTERNATIVAS DE MERCHANDISING INTRODUÇÃO Este pré-projeto apresenta um levantamento de oportunidades de merchandising que, em nosso entendimento, são viáveis de serem comercializadas no Shopping Valinhos. CRITÉRIOS UTILIZADOS Para

Leia mais

Programa de Remuneração Variável 2011

Programa de Remuneração Variável 2011 Programa de Remuneração Variável 2011 Sistema de Gestão É o conjunto de processos que permite traduzir as estratégias em ações alinhadas em todos os níveis de forma a garantir o alcance da Missão e Visão,

Leia mais

O design nos serviços

O design nos serviços O design nos serviços SUMÁRIO O que é Serviço Alguns segmentos do Serviço Design no Turismo Design na Economia criativa Design na Economia digital Design nas Startups Design na Limpeza Design no Transporte

Leia mais

REVISTA 7. Até ½ página R$ 1.418,47 8. Até 1 página R$ 1.874,66 9. Página dupla R$ 2.836,94

REVISTA 7. Até ½ página R$ 1.418,47 8. Até 1 página R$ 1.874,66 9. Página dupla R$ 2.836,94 JORNAL 1. Menor ou igual a 1/4 de página R$ 841,10 2. Até 1/3 de página R$ 1.069,20 3. Até 1/2 de página R$ 1.539,65 4. Até 2/3 de página R$ 2.131,27 5. Até 1 página R$ 2.452,03 6. Até página dupla R$

Leia mais

Possuímos expertise em planejamento estratégico e criativo, no tocante a:

Possuímos expertise em planejamento estratégico e criativo, no tocante a: Possuímos expertise em planejamento estratégico e criativo, no tocante a: Gestão de marcas (Planejamento de Marketing, Plano de Comunicação, Planos de Ações, Planos de Mídia, Branding, MIV - Manual de

Leia mais

Panorama da Norma NBR 9050 Sistemas de Calçadas

Panorama da Norma NBR 9050 Sistemas de Calçadas Panorama da Norma NBR 9050 Sistemas de Calçadas Cenário 20% das ruas não possui pavimentação 46% das casas no país não têm calçadas no entorno e, quando têm, falta acessibilidade 4,7% apresenta rampas

Leia mais

Saiba tudo sobre o Cartão Tricard

Saiba tudo sobre o Cartão Tricard Saiba tudo sobre o Cartão Tricard 03 Conhecendo o Cartão Tricard Vantagens para meu cliente, vantagens para minha loja Como funciona o Cartão Tricard Kit de boas vindas do Cartão Tricard 07 15 24 25 Faça

Leia mais

ANEXO II MODELO DE PROJETO SOCIAL. Solicitação de Habilitação no Banco de Projetos Entidade/Organização

ANEXO II MODELO DE PROJETO SOCIAL. Solicitação de Habilitação no Banco de Projetos Entidade/Organização ANEXO II MODELO DE PROJETO SOCIAL Solicitação de Habilitação no Banco de Projetos Entidade/Organização 1 IDENTIFICAÇÃO 1.1.Dados de Identificação do(s) Proponente(s) Proponente: (órgão ou Nome entidade

Leia mais

Apresentação. Apresentamos a seguir, o sistema de controle de estacionamentos

Apresentação. Apresentamos a seguir, o sistema de controle de estacionamentos Apresentação Apresentamos a seguir, o sistema de controle de estacionamentos Objetivos O Parking System tem por objetivo automatizar a entrada e saída de veículos de um estacionamento com segurança e agilidade.

Leia mais