Estudo de Caso. Universidade Electrônica do Paraná (UEP) BRAZIL. Distribuindo programas de educação à distância no Estado do Paraná

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estudo de Caso. Universidade Electrônica do Paraná (UEP) BRAZIL. Distribuindo programas de educação à distância no Estado do Paraná"

Transcrição

1 Estudo de Caso Universidade Electrônica do Paraná (UEP) BRAZIL Distribuindo programas de educação à distância no Estado do Paraná Teresa deonis Diretora, América Latina Julho 2001 Bright Ideas from The Video over IP Company

2 Contexto A Universidade Eletrônica do Paraná (UEP) é um provedor logístico de ensino localizado em Curitiba, a capital do estado do Paraná no sul do Brasil. A universidade focaliza a implementação de recursos técnicos para capacitar e oferecer programas de educação à distância em outras instituições. A universidade não produz conteúdo, mas deixa essa responsabilidade com universidades e outras instituições de educação existentes, tendo um papel consultor com relação à oferta técnica desse conteúdo. A Lei de Fundamentos da Educação do Brasil exige que até 2007 todos os professores no Brasil concluam o curso superior. Apenas no estado do Paraná há mais de professores do primeiro e segundo graus em 399 cidades que não têm atualmente esse certificado. A necessidade de uma solução usando videoconferência O Estado do Paraná precisou resolver três problemas principais: (1) Cumprimento das leis federais sobre educação. Como poderia o estado do Paraná cumprir a lei federal que exige que o estado certifique mais de professores dispersos em 399 cidades? Não se pode pretender que os professores deixem seus trabalhos e suas famílias para viajar ou morar onde o curso é oferecido. Nem o estado poderia investir os recursos necessários para construir universidades estaduais em todas as 399 cidades. (2) Desenvolvimento econômico continuado. O Estado do Paraná está se tornando rapidamente uma espécie de "Vale do Silício" brasileiro e precisava de novos cursos e programas técnicos para sustentar essa posição de liderança e dar continuidade ao esforço de desenvolvimento econômico nessa área. (3) Acesso à educação e a programas. O Brasil é um país muito extenso (maior que os Estados Unidos continental) que tem poucas universidades de boa qualidade. Somente uma pequena parcela da população tem acesso a essas instituições. O Estado do Paraná precisava oferecer a seus cidadãos acesso aos melhores cursos das melhores universidades do país. Em Junho de 2000, após uma visita ao ITESM de clientes de ensino superior da VCON (Monterrey Tech) no México, o Estado do Paraná decidiu que a videoconferência poderia resolver seus problemas. O Secretário de Ciência e Tecnologia do estado, Ramiro Wahrhaftig, seu consultor Ataíde Moacyr Ferrazza, e o coordenador de projeto Reinaldo Borba decidiram implementar e viabilizar o projeto. Jean Nerone, o gerente de suporte tecnológico da UEP, ficou responsável pelo projeto da rede e pela escolha do fornecedor dos serviços de videoconferência. 2

3 Por que a VCON? De acordo com Nerone, a decisão de implementar o projeto de videoconferência usando IP foi fácil. Essa é a tendência. Tudo pode e deve se basear em IP afirmou Nerone. Até recentemente, o custo da largura de banda [no Brasil] era um grande obstáculo para se implementar vídeo sobre IP. Mas os custos estão caindo e continuarão em queda a médio prazo e no futuro. Nerone também cita o uso da Internet como fator determinante na escolha de IP em vez de ISDN para o projeto: Pela maneira com que os cursos foram estruturados pode-se prever que os estudantes vão precisar ter acesso a sites na web específicos para concluir seus estudos. Poder usar uma única plataforma para videoconferência e acesso à Internet reduz o custo dos sistemas e de manutenção da rede. A Embratel foi a empresa de comunicações escolhida para implementar a rede no formato estrela. Foram instalados links IP de 256 Kbps (192 Kbps para vídeo, 64 Kbps para acesso à Internet), roteadores foram habilitados para multicast e a central de operações da rede foi instalada em Curitiba. Nerone avaliou os projetos de videoconferência da VCON, Polycom e PictureTel. A TES, revendedora da VCON no Brasil, patrocinou uma visita à sede da VCON Inc. em Austin, no Texas, para exibir sua tecnologia em primeira mão. Nerone escolheu a VCON devido ao desempenho do sistema na rede IP e ao aplicativo Interactive Multicast da VCON. A experiência da TES em videoconferência, além de sua capacidade de atendimento e suporte, também asseguraram a Nerone que ele teria serviços e suporte técnico pós-vendas completos. Dois meses depois da visita de Nerone à Austin, a UEP montou a rede IP e instalou os primeiros sistemas de videoconferência. Interactive Multicast. Nerone escolheu a VCON devido ao seu único e exclusivo recurso de Interactive Multicast. O Interactive Multicast possibilita aos estudantes a utilização de vídeo interativo. Ele dá aos instrutores a habilidade de difundir áudio e vídeo aos participantes usando pontos finais VCON ou visualizadores de multicast somente de software, enquanto também permite a qualquer participante usando ponto final VCON interagir plenamente durante a conferência. Em essência, a fonte de multicast pode ser passada entre os participantes VCON, criando um efeito de palanque virtual. Outro benefício do Interactive Multicast é a eficiência de sua largura de banda. Como ele usa multicast padrão, somente um fluxo está presente na rede, não importando quantos usuários estejam participando. Este foi um fator decisivo para Nerone, que só tinha 192 Kbps à sua disposição a ainda assim precisava fornecer vídeo interativo aos usuários. PacketAssist. Como a UEP precisava hospedar várias transmissões simultâneas e videoconferências interativas na mesma rede que também suportaria o acesso à Internet, Nerone escolheu a VCON devido ao seu alto desempenho em IP. A arquitetura PacketAssist da VCON oferece inúmeros recursos de QoS incluindo o ordenamento dos pacotes, a correção de flutuação e o ajuste de sincronia labial. Esses recursos, junto com a precedência de IP habilitada na rede da UEP, se combinam para oferecer uma conferência com a maior qualidade e o maior desempenho possíveis. Além disso, o recurso de ajuste da largura de banda adaptável permite ao ponto final VCON ajustar automaticamente a taxa de dados da conferência com base na capacidade e no desempenho da rede. 3

4 Instalação e operação Nerone escolheu o MediaConnect 8000, o sistema de conferência para grupos de trabalho da VCON de alto desempenho para ser o sistema instrutor. Cada um dos quatro MC8000 está localizado no centro da estrela em uma sala tipo estúdio onde fica sentado o instrutor. O instrutor envia um multicast interativo a partir do MC8000 para três ou quatro salas de aula remotas em outras cidades. As salas de aula são equipadas com sistemas MediaConnect 6000 compactos e fáceis de usar da VCON. Durante o multicast, um dos estudantes (professores) pode fazer perguntas ou comentários e requisitar a palavra usando o recurso de participante do Interactive Multicast do VCON no MC6000. O instrutor pode conceder a palavra para essa sala de aula com um simples clique do mouse. Essa sala de aula torna-se então a origem do multicast e o benefício resultante é que todos podem ver e ouvir esse estudante. Ao terminar, o instrutor pode retomar a palavra e continuar a conferência. A UEP gerencia a administra a rede de videoconferência de IP com o Media Xchange Manager (MXM) (gerente de troca de mídia). O MXM é um conjunto de aplicativos e serviços cliente/servidor integrados que fornecem a Nerone as ferramentas para administrar, configurar e monitorar todo o vídeo sobre IP nos pontos finais da rede a partir de uma central em Curitiba. Montado e funcionando Em 11 de setembro de 2000, a Universidade Eletrônica do Paraná começou a resolver seu principal problema para certificar seus professores do primeiro e segundo graus inaugurando os cursos Normal Superior. O primeiro curso Normal Superior está sendo oferecido pela Universidade Estadual de Ponta Grossa a 900 professores localizados nas cidades de Curitiba, Iratí, Ponta Grossa e Francisco Beltrão. Há 50 instrutores dando 40 aulas diferentes de 7:30 da manhã até às 22:30 da noite e de segunda à sexta-feira. Até o momento em que este documento era redigido, mais onze cidades estavam entrando on-line. Lições aprendidas De acordo com Nerone, como o projeto foi implementado muito rapidamente (dois meses), ocorreram alguns desafios que foram prontamente resolvidos. Nerone comentou, A maioria dos problemas tinham a ver, basicamente, com a infra-estrutura subjacente (comunicações de dados, centrais e configurações de roteadores). Do lado da videoconferência, o desafio principal era fazer os instrutores aprenderem a usar os sistemas. 4

5 Com um olho no futuro Os quatro estúdios de instrutores e as quinze salas de aula desenvolvidos para implementar os cursos Normal Superior no Estado do Paraná são apenas o início. Nerone planeja adicionar dois estúdios para instrutores e quinze novas salas de aula antes do final de Agora que a tecnologia foi implementada, as idéias estão fluindo e os assuntos a seguir serão desenvolvidos pela rede de vídeo em 2001: A Universidade do Estado de Ponta Grossa irá certificar professores antes do final de 2001 através do curso Normal Superior. A Universidade Federal do Paraná irá oferecer educação contínua na área da saúde. Cursos sobre Tecnologias da Informação serão ministrados a mais de estudantes em 15 cidades. Os seguintes programas de educação à distância também estão em desenvolvimento: Curso de Mestrado em Estatística em conjunto com a Universidade Federal de Santa Catarina. Mestrado em Redes de Comunicação com a UNB Mestrado em Engenharia Biomédica (3 cursos) Mestrado em Tecnologias de Informação na Saúde (2 cursos) Mestrado em Ciências Agrônomas com a UEM e a UEL Grau profissional para Treinar os Treinadores Mestrado em Administração Hospitalar Nerone planeja usar o Kit de Desenvolvimento da VCON, que é um conjunto completo de controles personalizados OCX de 32 bits, para integrar facilmente a comunicação visual da VCON nos aplicativos de educação à distância feitos sob encomenda. Ele também planeja implementar um gateway para ligar a rede da UEP com outras redes de vídeo de outros estados a fim de desenvolver projetos de educação à distância e programas com outras instituições. Uma unidade de conferência multiponto também será desenvolvida nesse período para habilitar videoconferências interativas com mais de duas instituições remotas simultaneamente. UEP: Uma história de sucesso A UEP é um estudo de caso claro de como a videoconferência pode resolver grandes problemas de governos encarregados de promover a educação de seus cidadãos. A videoconferência tem democratizado a educação no Estado do Paraná, afirma Nerone. Para estudantes das cidades distantes das maiores cidades do Paraná seria impossível fazer e concluir cursos avançados. Com as tecnologias da videoconferência, o Estado do Paraná está dando um grande passo no sentido de desenvolver nossa comunidade, oferecendo a todos os cidadãos do estado acesso a uma educação de qualidade. 5

6 Para mais informações, entre em contato com: VCON, Inc. Universidade Eletrônica do Paraná Boyer Blvd., Suite 300 Rua Dr. Correa Coelho, 767 Austin, TX EUA 3775, CIC Tel: Curitiba, Paraná - BRASIL Fax: Tel: Contato: Teresa de Onís Contato: Jean Carlo Nerone TES Rod. Anhanguera SP-330, Km 296 Cravinhos SP BRASIL Tel: Fax: Contato: Decio Luiz Rigotto The Video over IP Company

O protocolo H.323 UNIP. Renê Furtado Felix. rffelix70@yahoo.com.br

O protocolo H.323 UNIP. Renê Furtado Felix. rffelix70@yahoo.com.br UNIP rffelix70@yahoo.com.br Este protocolo foi projetado com o intuito de servir redes multimídia locais com suporte a voz, vídeo e dados em redes de comutação em pacotes sem garantias de Qualidade de

Leia mais

Protocolos Sinalização

Protocolos Sinalização Tecnologia em Redes de Computadores Fundamentos de VoIP Professor: André Sobral e-mail: alsobral@gmail.com São protocolos utilizados para estabelecer chamadas e conferências através de redes via IP; Os

Leia mais

WEBCAST GUIA DE ACESSO. Índice

WEBCAST GUIA DE ACESSO. Índice WEBCAST GUIA DE ACESSO Índice REQUISITOS MÍNIMOS DE TECNOLOGIA...2 WEB CAST...3 ACESSANDO O WEB CAST (AULA AO VIVO)...4 ACESSANDO O WEB CAST (VIDEO TAPE)...6 CONFIGURANDO O MAC (APPLE) PARA ACESSO AO WEB

Leia mais

Soluções em Videoconferência Case - TJDFT. A.TELECOM TELEINFORMÁTICA LTDA www.atelecom.com.br

Soluções em Videoconferência Case - TJDFT. A.TELECOM TELEINFORMÁTICA LTDA www.atelecom.com.br Soluções em Videoconferência Case - TJDFT A.TELECOM TELEINFORMÁTICA LTDA www.atelecom.com.br Introdução A A.Telecom participou da licitação de soluções de videoconferência para o TJDFT (Tribunal de Justiça

Leia mais

Desenvolvimento da ReMAV-Curitiba Perspectivas Novos parceiros e alianças Institucionalização

Desenvolvimento da ReMAV-Curitiba Perspectivas Novos parceiros e alianças Institucionalização ,,:RUNVKRS :RUNVKRSGD513 %HOR+RUL]RQWHGHPDLRGH 5(0$9&XULWLED ([SHULPHQWRVGH*HVWmRH$SOLFDo}HV HP5HGHVGH$OWD9HORFLGDGH &HQWUR,QWHUQDFLRQDOGH7HFQRORJLDGH6RIWZDUH &HQWUR)HGHUDOGH(GXFDomR7HFQROyJLFDGR3DUDQi,QVWLWXWRGH7HFQRORJLDGR3DUDQi

Leia mais

Educação e Treinamento

Educação e Treinamento SERVIÇOS E SOLUÇÕES Educação e Treinamento Nas Instalações do Cliente Centro de Recursos de Treinamento Online Experience In Motion SERVIÇOS E SOLUÇÕES Para os Mercados Globais de Infraestrutura As Soluções

Leia mais

FleetBroadband. O referencial em comunicações móveis via satélite

FleetBroadband. O referencial em comunicações móveis via satélite FleetBroadband O referencial em comunicações móveis via satélite A toda velocidade para um futuro com banda larga FleetBroadband é o primeiro serviço de comunicações marítimas a fornecer voz e dados em

Leia mais

PASSO A PASSO PARA VISUALIZAR NA INTERNET O DVR STAND ALONE ECOTRONIC

PASSO A PASSO PARA VISUALIZAR NA INTERNET O DVR STAND ALONE ECOTRONIC PASSO A PASSO PARA VISUALIZAR NA INTERNET O DVR STAND ALONE ECOTRONIC Nesse passo a passo, vamos dar uma orientação básica de como colocar nosso stand alone em rede para ter acesso remotamente pela rede

Leia mais

Objeto: Sistema de Vídeo-conferência para a Hemorrede de Santa Catarina, incluindo:

Objeto: Sistema de Vídeo-conferência para a Hemorrede de Santa Catarina, incluindo: Termo de Referência: Objeto: Sistema de Vídeo-conferência para a Hemorrede de Santa Catarina, incluindo: Item Descrição Qtdade 1 MCU Dedicada 1 2 Terminal de Vídeo-conferência para salas de médio porte

Leia mais

Videoconferência Polycom Modelo VSX3000. Outubro de 2014 - Edição 001

Videoconferência Polycom Modelo VSX3000. Outubro de 2014 - Edição 001 Suporte Videoconferência Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação - NTIC Office: +55 53 3240 5432 #8505 Email: vconf@ntic.unipampa.edu.br Webpage: www.ntic.unipampa.edu.br/vconf

Leia mais

Manual do usuário sobre o WebEx Meeting Center com as Salas de Reuniões de Colaboração (Nuvem CMR)

Manual do usuário sobre o WebEx Meeting Center com as Salas de Reuniões de Colaboração (Nuvem CMR) Manual do usuário sobre o WebEx Meeting Center com as Salas de Reuniões de Colaboração (Nuvem CMR) Primeira publicação: 2014 Última modificação: Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman

Leia mais

Guia do Usuário da Ferramenta de Instalação da Câmera Avigilon

Guia do Usuário da Ferramenta de Instalação da Câmera Avigilon Guia do Usuário da Ferramenta de Instalação da Câmera Avigilon Versão 4.10 PDF-CIT-D-Rev1_PT Copyright 2011 Avigilon. Todos os direitos reservados. As informações apresentadas estão sujeitas a modificação

Leia mais

O Que é Videoconferência e Como Funciona

O Que é Videoconferência e Como Funciona O Que é Videoconferência e Como Funciona Renato M.E. Sabbatini, PhD O objetivo da videoconferência é colocar em contato, através de um sistema de vídeo e áudio, duas ou mais pessoas separadas geograficamente.

Leia mais

CAMADA DE REDE. UD 2 Aula 3 Professor João Carneiro Arquitetura de Redes 1º e 2º Semestres UNIPLAN

CAMADA DE REDE. UD 2 Aula 3 Professor João Carneiro Arquitetura de Redes 1º e 2º Semestres UNIPLAN CAMADA DE REDE UD 2 Aula 3 Professor João Carneiro Arquitetura de Redes 1º e 2º Semestres UNIPLAN Modelo de Referência Híbrido Adoção didática de um modelo de referência híbrido Modelo OSI modificado Protocolos

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Você conectado ao mundo com liberdade APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL > ÍNDICE Sobre a TESA 3 Telefonia IP com a TESA 5 Portfólio de produtos/serviços 6 Outsourcing 6 Telefonia 7 Web

Leia mais

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Visão Geral do Mercado Embora o uso dos produtos da Web 2.0 esteja crescendo rapidamente, seu impacto integral sobre

Leia mais

ERRATA. 3. Item 7.9.2.2 e 7.9.2.2.1 do ANEXO I - Minuta do Termo de Referência;

ERRATA. 3. Item 7.9.2.2 e 7.9.2.2.1 do ANEXO I - Minuta do Termo de Referência; ERRATA Este documento tem por objetivo retificar: 1. Item 4.1.1 do ANEXO I - Minuta do Termo de Referência; 2. Item 7.9.2.1 do ANEXO I - Minuta do Termo de Referência; 3. Item 7.9.2.2 e 7.9.2.2.1 do ANEXO

Leia mais

Configurando o Cisco IP SoftPhone com a ferramenta de personalização

Configurando o Cisco IP SoftPhone com a ferramenta de personalização Configurando o Cisco IP SoftPhone com a ferramenta de personalização Índice Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Configurando a ferramenta de personalização Cisco Configurando o

Leia mais

MAXPRO. em Nuvem SERVIÇOS DE VÍDEO HOSPEDADO EM NUVEM PARA PROTEGER SEUS NEGÓCIOS. Vídeo a qualquer momento, em qualquer lugar

MAXPRO. em Nuvem SERVIÇOS DE VÍDEO HOSPEDADO EM NUVEM PARA PROTEGER SEUS NEGÓCIOS. Vídeo a qualquer momento, em qualquer lugar MAXPRO em Nuvem SERVIÇOS DE VÍDEO HOSPEDADO EM NUVEM PARA PROTEGER SEUS NEGÓCIOS Vídeo a qualquer momento, em qualquer lugar VIGILÂNCIA DE VÍDEO HOSPEDADO Vídeo em Nuvem 2 A qualquer momento, em qualquer

Leia mais

Introdução. PSINF Internet / Intranet nas Empresas. Motivos. Intranet. Canais. Finalidade

Introdução. PSINF Internet / Intranet nas Empresas. Motivos. Intranet. Canais. Finalidade Introdução PSINF Internet / Intranet nas Empresas Prof. Alexandre Beletti Ferreira Internet: sites sobre lazer, shopping, cultura, etc... Intranet: sistemas corporativos de informações, e que também podem

Leia mais

Figura 2 - Menu "Config. Rede"

Figura 2 - Menu Config. Rede Produto: CL Titânio Assunto: Como acessar o CL Titânio remotamente via browser? Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio: Entre no menu Principal. clicando com o botão

Leia mais

Usando o Adobe Acrobat X para aumentar a colaboração com o Microsoft SharePoint e o Microsoft Office

Usando o Adobe Acrobat X para aumentar a colaboração com o Microsoft SharePoint e o Microsoft Office Usando o Adobe Acrobat X para aumentar a colaboração com o Microsoft SharePoint e o Microsoft Office Acelere os ciclos de revisão de projetos, integrando os fluxos de trabalho para o SharePoint e plataforma

Leia mais

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET Objectivos História da Internet Definição de Internet Definição dos protocolos de comunicação Entender o que é o ISP (Internet Service Providers) Enumerar os equipamentos

Leia mais

Sistemas para internet e software livre

Sistemas para internet e software livre Sistemas para internet e software livre Aula 3 - Plataformas e sistemas para e- commerce Image: FreeDigitalPhotos.net E-commerce: Por onde começar? Projeto de e-commerce Plataforma de TI Treinamento de

Leia mais

A base do BIM para engenharia estrutural. Autodesk Revit. Structure 2010

A base do BIM para engenharia estrutural. Autodesk Revit. Structure 2010 A base do BIM para engenharia estrutural. Autodesk Revit Structure 2010 Melhore a Eficácia, a Precisão e a Coordenação O software Autodesk Revit Structure oferece modelagem simultânea para projeto estrutural,

Leia mais

QOS SOBRE REDES DE PACOTES UTILIZANDO H.323

QOS SOBRE REDES DE PACOTES UTILIZANDO H.323 QOS SOBRE REDES DE PACOTES UTILIZANDO H.323 Aluno: Ricardo dos Santos Alves de Souza Professor: Otto Carlos Muniz Bandeira Duarte Abril de 2004 DEL 1 ÍNDICE Resumo... 3 1 Introdução... 4 1.1 Redes de Pacotes...

Leia mais

BLACKBOARD LEARNING SYSTEM ML

BLACKBOARD LEARNING SYSTEM ML BLACKBOARD LEARNING SYSTEM ML DA INFORMAÇÃO À EDUCAÇÃO Facilidade de uso e facilidade de integração têm sido as características de nossa implantação do Blackboard. Com 75.000 usuários e aproximadamente

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE ACESSO REMOTO (TELNET E TERMINAL SERVICES) Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE ACESSO REMOTO (TELNET E TERMINAL SERVICES) Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE ACESSO REMOTO (TELNET E O que é roteamento e acesso remoto? Roteamento Um roteador é um dispositivo que gerencia o fluxo de dados entre segmentos da rede,

Leia mais

Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet

Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet 57 Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet Hoje em dia ter a Internet como aliada é um recurso indispensável para qualquer educador ou responsável por treinamento corporativo que atue em qualquer

Leia mais

Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software

Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software Capítulo 4 Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software 4.1 2007 by Prentice Hall Infra-Estrutura de TI: Hardware Componentes da Infra-Estrutura Hardware Software Tecnologia de gerenciamento de dados Tecnologia

Leia mais

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 FileMaker Pro 14 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 2007-2015 FileMaker, Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Aplicações Multimídia Distribuídas. Aplicações Multimídia Distribuídas. Introdução. Introdução. Videoconferência. deborams@telecom.uff.br H.

Aplicações Multimídia Distribuídas. Aplicações Multimídia Distribuídas. Introdução. Introdução. Videoconferência. deborams@telecom.uff.br H. Departamento de Engenharia de Telecomunicações - UFF Aplicações Multimídia Distribuídas Aplicações Multimídia Distribuídas Videoconferência Padrão H.323 - ITU Padrão - IETF Profa. Débora Christina Muchaluat

Leia mais

É CLOUD. É ON-DEMAND.

É CLOUD. É ON-DEMAND. É CLOUD. É ON-DEMAND. Última geração de software para transferência de arquivos digitais PARA MOVIMENTAÇÃO INTELIGENTE DA SUA MÍDIA Conceito digital FedEx: A maneira mais fácil e confiável para enviar

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL. Produtos: PABX Virtual e Call Center Virtual. www.locaweb.com.br Página 1 de 10

PROPOSTA COMERCIAL. Produtos: PABX Virtual e Call Center Virtual. www.locaweb.com.br Página 1 de 10 PROPOSTA COMERCIAL Produtos: PABX Virtual e Call Center Virtual www.locaweb.com.br Página 1 de 10 Sumário SOBRE A LOCAWEB 3 INFRA-ESTRUTURA DO DATA CENTER 4 SOLUÇÕES PROPOSTAS 5 BENEFÍCIOS LOCAWEB 6 REQUISITOS

Leia mais

Especificações da oferta Remote Infrastructure Monitoring

Especificações da oferta Remote Infrastructure Monitoring Visão geral do Serviço Especificações da oferta Remote Infrastructure Monitoring Este serviço oferece o Dell Remote Infrastructure Monitoring ("Serviço" ou "Serviços" RIM), como apresentado mais especificamente

Leia mais

1 - HUGHES PROPRIETARY

1 - HUGHES PROPRIETARY PROJETO SEDUC-AMAZONAS 1 - HUGHES PROPRIETARY O CLIENTE O CLIENTE SEDUC-AM Secretaria de Educação do Estado do Amazonas Maior estado Brasileiro 1,5 milhões de km² Estado coberto pela floresta amazônica

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro NCE/PGTIAE. Tutorial SweetHome3D

Universidade Federal do Rio de Janeiro NCE/PGTIAE. Tutorial SweetHome3D Universidade Federal do Rio de Janeiro NCE/PGTIAE Tutorial SweetHome3D Trabalho apresentado ao Prof. Carlo na Disciplina de Software Livre no curso Pós Graduação em Tecnologia da Informação Aplicada a

Leia mais

: O Novo Padrão em Banda Larga Sem Fio

: O Novo Padrão em Banda Larga Sem Fio : O Novo Padrão em Banda Larga Sem Fio As soluções de banda larga sem fio epmp da Cambium Networks são as primeiras a trazer confiabilidade comprovada em campo, sincronização por GPS, escabilidade e desempenho

Leia mais

Secretaria de Estado de Educação Rio de Janeiro RNP. Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. ProInfo Integrado

Secretaria de Estado de Educação Rio de Janeiro RNP. Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. ProInfo Integrado Formação de participantes das salas virtuais do serviço de web conferência da RNP ANOTAÇÕES DO APRESENTADOR Formação de participantes das salas virtuais do serviço de web conferência da RNP Ao final da

Leia mais

2 ALGUMAS PLATAFORMAS DE ENSINO A DISTÂNCIA

2 ALGUMAS PLATAFORMAS DE ENSINO A DISTÂNCIA 2 ALGUMAS PLATAFORMAS DE ENSINO A DISTÂNCIA Neste capítulo faremos uma breve descrição de algumas plataformas para ensino a distância e as vantagens e desvantagens de cada uma. No final do capítulo apresentamos

Leia mais

Universo Online S.A 1

Universo Online S.A 1 Universo Online S.A 1 1. Sobre o UOL HOST O UOL HOST é uma empresa de hospedagem e serviços web do Grupo UOL e conta com a experiência de mais de 15 anos da marca sinônimo de internet no Brasil. Criado

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 1 Conceitos da Computação em Nuvem A computação em nuvem ou cloud computing

Leia mais

NextCall Server IP Servidor de Gravação Telefônica

NextCall Server IP Servidor de Gravação Telefônica NextCall Server IP Servidor de Gravação Telefônica www.nexttech.com.br NextTech Automação Ltda. - (11) 3019-2020 Por que gravar? Gravação telefônica é legal? O que é um Servidor de gravação? Será que funciona

Leia mais

Codec de vídeo por IP LiveShot Comrex Vídeo por IP ao vivo, sem fio, com baixa latência

Codec de vídeo por IP LiveShot Comrex Vídeo por IP ao vivo, sem fio, com baixa latência Codec de vídeo por IP LiveShot Comrex Vídeo por IP ao vivo, sem fio, com baixa latência Desde 1961, a Comrex produz produtos inovadores que avançam os limites da tecnologia e oferecem às emissoras soluções

Leia mais

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa 1. Apresentação 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social A conexão Digital para o Desenvolvimento Social é uma iniciativa que abrange uma série de atividades desenvolvidas por ONGs em colaboração

Leia mais

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Outubro de 2007 Resumo Este white paper explica a função do Forefront Server

Leia mais

Tecnologia Broadcast ao serviço da educação

Tecnologia Broadcast ao serviço da educação reportagem Universidades Tecnologia Broadcast ao serviço da educação A Anhanguera Educacional conta com cerca de 40 estúdios de televisão com sinais via satélite para transmitir aulas a distancia para

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO DO PARCEIRO Soluções de garantia do serviço da CA Technologies você está ajudando seus clientes a desenvolver soluções de gerenciamento da TI para garantir a qualidade do serviço e a

Leia mais

Personalização da Loja: Personalizamos a sua loja com base na identidade visual da empresa, logomarca, personalização de botões e cores.

Personalização da Loja: Personalizamos a sua loja com base na identidade visual da empresa, logomarca, personalização de botões e cores. Curitiba, 03 de Dezembro de 2014. CLIENTE: Vidri FONE: 3272-9598 RESPONSÁVEL: Luciano Plataforma e-commerce Ideal Loja Apresentação: A Plataforma e-commerce Ideal Loja, é uma plataforma própria em uso

Leia mais

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Versão 1.4 3725-03261-003 Rev.A Dezembro de 2014 Neste guia, você aprenderá a compartilhar e visualizar conteúdo durante uma conferência

Leia mais

Laboratório - Mapeamento da Internet

Laboratório - Mapeamento da Internet Objetivos Parte 1: Testar a conectividade de rede usando o ping Parte 2: Rastrear uma rota para um servidor remoto usando o tracert do Windows Parte 3: Rastrear uma rota para um servidor remoto usando

Leia mais

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 2007 2012 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Rede GlobalWhitepaper

Rede GlobalWhitepaper Rede GlobalWhitepaper Janeiro 2015 Page 1 of 8 1. Visão Geral...3 2. Conectividade Global, qualidade do serviço e confiabilidade...4 2.1 Qualidade Excepcional...4 2.2 Resiliência e Confiança...4 3. Terminais

Leia mais

Vídeo Conferência da Polycom

Vídeo Conferência da Polycom Vídeo Conferência da Polycom Para a melhor experiência em colaboração, siga o líder Praticamente em qualquer lugar que você for atualmente, você irá encontrar pessoas confiando nos sistemas VSX da Polycom

Leia mais

Treine a sua empresa por inteiro com um Programa em Vídeo de Educação a Distância Videocurso Online Commit

Treine a sua empresa por inteiro com um Programa em Vídeo de Educação a Distância Videocurso Online Commit Treine a sua empresa por inteiro com um Programa em Vídeo de Educação a Distância Videocurso Online Commit Conheça a Plataforma de Videocursos Online Commit. São mais de 470 títulos organizados por áreas

Leia mais

APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA DE ACESSO REMOTO NO ENSINO À DISTÂNCIA

APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA DE ACESSO REMOTO NO ENSINO À DISTÂNCIA APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA DE ACESSO REMOTO NO ENSINO À DISTÂNCIA Daniel da Silva Carla E. de Castro Franco Diogo Florenzano Avelino daniel.silva1@ext.mpsa.com carla.franco@mpsa.com diogo@inf.aedb.br Associação

Leia mais

BGAN. Transmissão global de voz e dados em banda larga. Banda larga para um planeta móvel

BGAN. Transmissão global de voz e dados em banda larga. Banda larga para um planeta móvel BGAN Transmissão global de voz e dados em banda larga Banda larga para um planeta móvel Broadband Global Area Network (BGAN) O firm das distâncias O serviço da Rede Global de Banda Larga da Inmarsat (BGAN)

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Modelo: H.264 Câmera IP (1.0 Megapixels) guia de instalação rápida

Modelo: H.264 Câmera IP (1.0 Megapixels) guia de instalação rápida 1 Modelo: H.264 Câmera IP (1.0 Megapixels) guia de instalação rápida 1. Colocado diretamente no desktop Colocou a câmera IP na posição adequada 2 2. Montagem na parede O suporte com o parafuso de bloqueio

Leia mais

Manual do Usuário. Copyright 2006 BroadNeeds 20061010-1600 Página 1 de 16

Manual do Usuário. Copyright 2006 BroadNeeds 20061010-1600 Página 1 de 16 Manual do Usuário Copyright 2006 BroadNeeds 20061010-1600 Página 1 de 16 Índice INTRODUÇÃO E UTILIZAÇÕES GERAIS Funcionalidades...03 Introdução...04 Requisitos Necessários...04 Instalando o xconference...05-07

Leia mais

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES 1. Conectando a Empresa à Rede As empresas estão se tornando empresas conectadas em redes. A Internet e as redes de tipo Internet dentro da empresa (intranets), entre uma

Leia mais

VIDEOCONFERÊNCIA Edital de Licitação Anexo I Termo de Referência

VIDEOCONFERÊNCIA Edital de Licitação Anexo I Termo de Referência VIDEOCONFERÊNCIA Edital de Licitação Anexo I Termo de Referência Pregão Conjunto nº 27/2007 VIDEOCONFERÊNCIA ANEXO I Termo de Referência Índice 1. Objetivo...3 2. Requisitos técnicos e funcionais...3 2.1.

Leia mais

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Visão geral do Serviço Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Os Serviços de gerenciamento de dispositivos distribuídos ajudam você a controlar ativos

Leia mais

Como solicitar o BRI ISDN para o seu sistema de colaboração nos Estados Unidos e no Canadá

Como solicitar o BRI ISDN para o seu sistema de colaboração nos Estados Unidos e no Canadá Preparando sua rede para colaboração Este documento contém planilhas que o ajudarão a: Pedir ISDN para o seu sistema de colaboração nos Estados Unidos e no Canadá Pedir ISDN para o seu sistema de colaboração

Leia mais

Videoconferência na RNP

Videoconferência na RNP Graciela Machado Leopoldino Agosto 2003 RNP/PAL/0196 Videoconferência 2003 RNP na RNP Roteiro de Apresentação Sumário 1. A RNP 1.1 - Introdução 1.2 - Serviços disponibiliados 2. 2.1 - Padrão H.323 2.2

Leia mais

Projeto de Ensino Via Satélite

Projeto de Ensino Via Satélite Projeto de Ensino Via Satélite O Instituto Edumed Associação de pesquisa, desenvolvimento e educação, sem fins lucrativos, estabelecida em Campinas, junho de 2000 Formada por pesquisadores e professores

Leia mais

A ULTRANET TELECOM LTDA prestadora de serviços de Telecomunicações na modalidade

A ULTRANET TELECOM LTDA prestadora de serviços de Telecomunicações na modalidade Fortaleza, 2 do 08 de 2011. Ào Sr. Ref.: Telefonia fixa e Link dedicado Proposta: 0117/11 Prezado Sr. A ULTRANET TELECOM LTDA prestadora de serviços de Telecomunicações na modalidade de Telefonia Fixa

Leia mais

REDES CORPORATIVAS. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial

REDES CORPORATIVAS. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial REDES CORPORATIVAS Presente no mercado há 31 anos, a Compugraf atua em vários segmentos da comunicação corporativa, oferecendo serviços e soluções de alta tecnologia, com reconhecida competência em diversos

Leia mais

01. O QUE É? 02. OBJETIVOS DO CURSO 03. CAMPO DE ATUAÇÃO

01. O QUE É? 02. OBJETIVOS DO CURSO 03. CAMPO DE ATUAÇÃO 01. O QUE É? O Curso de Desenvolvimento de Websites é um curso de graduação tecnológica de nível superior com duração de dois anos e meio. Este curso permite a continuidade dos estudos em nível de bacharelado

Leia mais

Software SMART Bridgit Versão 4.5

Software SMART Bridgit Versão 4.5 Especificações Software SMART Bridgit Versão 4.5 Descrição do produto O software de conferências SMART Bridgit é um aplicativo cliente/servidor econômico que permite que você programe facilmente reuniões

Leia mais

CENÁRIO ATUAL DA UTILIZAÇÃO DOS SOFTWARES DE VOIP

CENÁRIO ATUAL DA UTILIZAÇÃO DOS SOFTWARES DE VOIP CENÁRIO ATUAL DA UTILIZAÇÃO DOS SOFTWARES DE VOIP CRUZ, Alexander Junio Felipe da (1); SANTOS, Danilo Fernandes dos (1); ARAÚJO, Diego Castell Vieira de (1); ARAÚJO, Fábio Edson Rabelo de (1); SANTOS,

Leia mais

Introdução. O que é Serviços de Terminal

Introdução. O que é Serviços de Terminal Introdução Microsoft Terminal Services e Citrix MetaFrame tornaram-se a indústria padrões para fornecer acesso de cliente thin para rede de área local (LAN), com base aplicações. Com o lançamento do MAS

Leia mais

Guia do Polycom Scheduling para Microsoft Outlook

Guia do Polycom Scheduling para Microsoft Outlook Guia do Polycom Scheduling para Microsoft Outlook 6.0.0 Setembro de 2011 3725-18004-010E Informações sobre marcas comerciais Polycom, o logotipo de "Triângulos" da Polycom e os nomes e as marcas associados

Leia mais

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES O sistema digital de radiocomunicação será constituído pelo Sítio Central, Centro de Despacho (COPOM) e Sítios de Repetição interligados

Leia mais

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Versão 1.2 3725-69877-001 Rev.A Novembro de 2013 Neste guia, você aprenderá a compartilhar e visualizar conteúdos durante uma conferência

Leia mais

Papel da SBIS na Educação

Papel da SBIS na Educação I Ciclo de Seminários de Tecnologias de Informação em Saúde Educação Continuada, Certificação Profissional e Título de Especialista: o Projeto da SBIS Prof. Renato M.E. Sabbatini Diretor de Educação e

Leia mais

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado.

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. , ()! $ Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. Uma estratégia muito utilizada para organizar visualmente informações numéricas

Leia mais

Guia do usuário para sistemas Polycom CX7000

Guia do usuário para sistemas Polycom CX7000 Guia do usuário para sistemas Polycom CX7000 1.1 Agosto de 2012 3725-82842-114/A Informações sobre marcas comerciais Polycom, o logotipo de "Triângulos" da Polycom e os nomes e as marcas associados aos

Leia mais

IPv6: Introdução. Escrito por Paul Stalvig Gerente Técnico de Marketing

IPv6: Introdução. Escrito por Paul Stalvig Gerente Técnico de Marketing IPv6: Introdução Assim como outras pessoas, eu acredito que algumas complicam demais a vida. Talvez seja a segurança do emprego, o efeito "Chicken Little" ou o fato de que isso dá ao mundo de TI uma plataforma

Leia mais

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web;

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; CONCEITOS INICIAIS Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; O que é necessário para se criar páginas para a Web; Navegadores; O que é site, Host, Provedor e Servidor Web; Protocolos.

Leia mais

ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015

ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015 ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015 O SESI/SENAI-PR, através de sua Comissão de Licitação, torna público o ESCLARECIMENTO referente ao edital de licitação acima relacionado, conforme

Leia mais

arquitetura do join.me

arquitetura do join.me Uma visão geral técnica da arquitetura confiável e segura do join.me. 1 Introdução 2 Visão geral da arquitetura 3 Segurança de dados 4 Segurança de sessão e site 5 Visão geral de hospedagem 6 Conclusão

Leia mais

Procedimentos para configurar o Monitoramento Agendado no D-viewCam

Procedimentos para configurar o Monitoramento Agendado no D-viewCam Procedimentos para configurar o Monitoramento Agendado no D-viewCam 1 Para configurar Monitoramento Agendado no D-viewCam, é necessário que esteja logado como Administrador do Software. 1 2 Abra o D-viewCam

Leia mais

Videoconferência Polycom Modelo QDX6000. Outubro de 2014.- Edição 001

Videoconferência Polycom Modelo QDX6000. Outubro de 2014.- Edição 001 Suporte Videoconferência Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação - NTIC Office: +55 53 3240 5432 #8505 Email: vconf@ntic.unipampa.edu.br Webpage: www.ntic.unipampa.edu.br/vconf

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

Organograma Organizacional Automático e Subordinação da Força de Trabalho

Organograma Organizacional Automático e Subordinação da Força de Trabalho Organograma Organizacional Automático e Subordinação da Força de Trabalho Visualização da Força de Trabalho Subordinação por Contagem de Pessoas Orçamentação e Planejamento Gerenciamento de Diversidade

Leia mais

Arquitetura da Plataforma All-in-one da GenNex

Arquitetura da Plataforma All-in-one da GenNex Arquitetura da Plataforma All-in-one da GenNex 1. Descrição Geral A plataforma all-in-one desenvolvida pela GenNex Telecom não é baseada em Asterisk, mas sim, fruto de um projeto próprio onde todos os

Leia mais

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Índice Introdução 2 Interface administrativa 2 Status 2 Minha conta 3 Opções 3 Equipes de suporte 4 Jumpoint 5 Jump Clients 6 Bomgar Button 6 Mensagens

Leia mais

Plataforma na nuvem do CA AppLogic para aplicativos corporativos

Plataforma na nuvem do CA AppLogic para aplicativos corporativos FOLHA DE PRODUTOS: CA AppLogic Plataforma na nuvem do CA AppLogic para aplicativos corporativos agility made possible O CA AppLogic é uma plataforma de computação na nuvem pronta para o uso que ajuda a

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres Sistemas Colaborativos Empresariais (ECS) Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. Dr. Rogério Galante Negri

Redes de Computadores. Prof. Dr. Rogério Galante Negri Redes de Computadores Prof. Dr. Rogério Galante Negri Rede É uma combinação de hardware e software Envia dados de um local para outro Hardware: transporta sinais Software: instruções que regem os serviços

Leia mais

Telepresença Embratel

Telepresença Embratel I D C V E N D O R S P O T L I G H T Telepresença Embratel Outubro, 2014 Por João Paulo Bruder, Coordenador de Telecomunicações, IDC Brasil Patrocinado pela Embratel A busca por eficiência operacional é

Leia mais

A Intel espera uma redução de 20% nos custos de audioconferências com solução de comunicações unificadas

A Intel espera uma redução de 20% nos custos de audioconferências com solução de comunicações unificadas Microsoft Office System Estudo de caso da solução do cliente A espera uma redução de 20% nos custos de audioconferências com solução de comunicações unificadas Visão geral País ou região: Estados Unidos

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES E REDES

TELECOMUNICAÇÕES E REDES Capítulo 8 TELECOMUNICAÇÕES E REDES 8.1 2003 by Prentice Hall OBJETIVOS Quais são as tecnologias utilizadas nos sistemas de telecomunicações? Que meios de transmissão de telecomunicações sua organização

Leia mais

NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação.

NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação. NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação. PLATAFORMA AcademiaWeb Sistema de gerenciamento de escola virtual com gestão de conteúdo, transmissão de web-aula ao vivo e interação online com os participantes.

Leia mais

1. Passos iniciais. Tutoriais para aprendizado e familiarização com o software Clique no item desejado para ser direcionado para a seção.

1. Passos iniciais. Tutoriais para aprendizado e familiarização com o software Clique no item desejado para ser direcionado para a seção. Tutoriais para aprendizado e familiarização com o software Clique no item desejado para ser direcionado para a seção. Índice 1. Passos iniciais... 2. Gerenciando tarefas... 3. Cadastro de pessoas... 4.

Leia mais

MetrixND. especificações. MetrixND - Ferramenta de previsão de energia elétrica

MetrixND. especificações. MetrixND - Ferramenta de previsão de energia elétrica MetrixND especificações MetrixND - Ferramenta de previsão de energia elétrica Visão geral O MetrixND da Itron é uma ferramenta de modelagem flexível, bastante usada pelos principais serviços de previsão

Leia mais