RTM: uma solução tecnológica para o Sped. Diretora de Marketing e Produtos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RTM: uma solução tecnológica para o Sped. Diretora de Marketing e Produtos"

Transcrição

1 RTM: uma solução tecnológica para o Sped RTM: uma solução tecnológica para o Adriane dos Santos Rêgo Diretora de Marketing e Produtos

2 Histórico 1997 Criada pela ANDIMA para interligar o setor financeiro brasileiro, reduzindo os altos custos em telecomunicações. 1999/2000 Associação CETIP e ANDIMA. RTM passa a ser a rede de telecomunicações da CETIP Empresa independente em telecomunicações. Escolhida para operar uma das redes do Sistema de Pagamentos Brasileiro Homologada pela SWIFT para atuar como Service Bureau para conexão à sua rede. 2004/2005 RTM implanta serviço de voz em mesa de operações do Tesouro Nacional e Videoconferência no Tesouro Nacional e Banco Central Autorização para ser rede de transferência de arquivos do SPED.

3 Principais Serviços RSFN Rede do Sistema Financeiro Nacional do Sistema de Pagamentos Brasileiros em consórcio com a Embratel. Movimenta mensalmente cerca de R$ 9,5 trilhões. SELIC Sistema Especial de Liquidação e Custódia para títulos públicos. Movimento diário de cerca de R$ 270 bilhões. CETIP Registro e negociação de títulos privados. Movimenta diariamente cerca de R$ 36 bilhões. Bureau para conexão à rede SWIFT A SWIFT, maior rede mundial de ordens financeiras, movimenta aproximadamente EUR 12,5 milhões diariamente, através da troca de mensagens entre seus participantes. Extranet Financeira Maior extranet financeira do mercado brasileiro. Conecta cerca de 500 usuários e 33 provedores de serviços/informações em único ambiente operacional, incluindo órgãos governamentais, entidades do setor financeiro, agências de notícias, empresas de seguridade e consultoria.

4 Financial Net

5 Outros Serviços Críticos Videoconferência Dealers do mercado financeiro de renda fixa, Banco Central e Secretaria de Tesouro Nacional Comunicação de voz Hot lines entre as instituições financeiras e as Mesas do Banco Central no Rio de Janeiro e em Brasília e Secretaria do Tesouro Nacional. Transferência de arquivos para ANS As instituições financeiras que possuem fundos ligados à área de saúde devem realizar a transferência de informações para ANS através da extranet financeira. Protocolo FIX Troca de informações entre as instituições utilizando o protocolo FIX, padrão internacional de comunicação eletrônica do mercado financeiro mundial, que garante a máxima segurança e eficiência das operações aos investidores. No mercado internacional, as principais bolsas de valores, instituições financeiras e corretoras adotaram o FIX para realizar negociações eletrônicas.

6 Principais Produtos Videoconferência Reuniões a distância, entre duas ou mais localidades, via rede privativa da RTM. Audioconferência Via rede pública de telefonia ou ramais RTM, independente da localização ou tipo de aparelho. Rede corporativa Soluciona a integração de redes entre matriz, filial e parceiros das instituições. Plataforma de Voz Oferece desde ramais corporativos até sofisticadas soluções de telefonia IP, além de hot lines entre as instituições financeiras. Site de Contingência Garante a continuidade das operações em caso de emergência, testes, manutenção, etc.

7 Parcerias Gerenciamento de Risco Operacional Modulo Risk Management Sistema de Back office, Tesouraria e Fundos Senior Solution Plano de Continuidade de Negócios Modulo Risk Management Monitoramento das Aplicações de Negócios Resource SiteSeeing Gestão de risco de crédito Equifax Transferência de Documentos AccesStage

8 Perfil Atual da RTM :: Solução de rede privada com garantia de segurança, performance e alta disponibilidade. :: Atendimento 24x7x365, realizado por técnicos especializados. :: Conecta cerca de 500 usuários. :: Gerencia serviços de rede para tráfego de dados, voz e imagem, com foco no sistema financeiro. :: Soluções customizadas. :: Serviços compartilhados - redução de custos.

9 Macroprocesso Proposto

10

Retrospectiva 2013. No âmbito interno, trabalhamos para melhorar processos e procedimentos, com adoção de ferramentas de gestão e acompanhamento

Retrospectiva 2013. No âmbito interno, trabalhamos para melhorar processos e procedimentos, com adoção de ferramentas de gestão e acompanhamento conexao 167 Dez 2013 Retrospectiva 2013 RTM fecha 2013 com balanço positivo Esta edição especial apresenta um resumo das principais atividades da RTM em 2013. Foi um ano de intenso trabalho e grandes conquistas.

Leia mais

IPN - Integração da Pós Negociação

IPN - Integração da Pós Negociação IPN - Integração da Pós Negociação IPN Integração da Pós Negociação Manual Operacional da (Fase 1 Derivativos financeiros e de commodities e ouro disponível) Fevereiro / 2014 Índice IPN Integração da Pós

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Você conectado ao mundo com liberdade APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL > ÍNDICE Sobre a TESA 3 Telefonia IP com a TESA 5 Portfólio de produtos/serviços 6 Outsourcing 6 Telefonia 7 Web

Leia mais

Diagnóstico da troca de informações entre os Participantes

Diagnóstico da troca de informações entre os Participantes Diagnóstico da troca de informações entre os Participantes Ausência de padronização e automação na troca de informações entre os diversos participantes do mercado Corretoras de valores e de mercadorias

Leia mais

A Sothis é uma empresa provedora de voz e dados com suporte a gestão de economia. para sua empresa. Através da Tecnologia de IP, dispomos de soluções

A Sothis é uma empresa provedora de voz e dados com suporte a gestão de economia. para sua empresa. Através da Tecnologia de IP, dispomos de soluções C O M U N I C A Ç Ã O D I G I T A L A Sothis é uma empresa provedora de voz e dados com suporte a gestão de economia para sua empresa. Através da Tecnologia de IP, dispomos de soluções para o trafego de

Leia mais

"Um guia com dicas e informações que garantem evitar dor de cabeça na hora de escolher um provedor SMS no Brasil."

Um guia com dicas e informações que garantem evitar dor de cabeça na hora de escolher um provedor SMS no Brasil. Escolhendo um provedor e gateway SMS confiável no mercado "Um guia com dicas e informações que garantem evitar dor de cabeça na hora de escolher um provedor SMS no Brasil." por Rubem Didini e Pedro Rêgo

Leia mais

Unidade 1. Conceitos Básicos

Unidade 1. Conceitos Básicos Unidade 1 Conceitos Básicos 11 U1 - Conceitos Básicos Comunicação Protocolo Definição de rede Rede Internet 12 Comunicação de dados Comunicação de dados comunicação de informação em estado binário entre

Leia mais

Valor Comercial das Telecomunicações. Telecomunicações nas Empresas. Superar barreiras geográficas. Superar barreiras do tempo

Valor Comercial das Telecomunicações. Telecomunicações nas Empresas. Superar barreiras geográficas. Superar barreiras do tempo Valor Comercial das Telecomunicações Superar barreiras geográficas Atendimento ao cliente/preenchimento de pedidos Superar barreiras do tempo Consultas de crédito (POS) Superar barreiras de custo Videoconferência

Leia mais

Potencializar futuros, subtraindo riscos

Potencializar futuros, subtraindo riscos Potencializar futuros, subtraindo riscos QUEM SOMOS O Risk Office é uma consultoria cujo objetivo é a prestação de serviços em gestão de riscos financeiros e operacionais. Criado em 1999, na cidade de

Leia mais

RICCA MOBILE IR AUXILIANDO EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO A SE COMUNICAREM NO SÉCULO 21: #mobileir

RICCA MOBILE IR AUXILIANDO EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO A SE COMUNICAREM NO SÉCULO 21: #mobileir RICCA MOBILE IR AUXILIANDO EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO A SE COMUNICAREM NO SÉCULO 21: 1 Quem somos A Ricca é uma empresa que busca trazer à atividade de RI o marketing e seus conceitos, ferramentas e valores,

Leia mais

Informações sobre oportunidades de trabalho na INTELECTO CONTACT CENTER

Informações sobre oportunidades de trabalho na INTELECTO CONTACT CENTER Informações sobre oportunidades de trabalho na INTELECTO CONTACT CENTER ASSISTENTE DE DEPARTAMENTO PESSOAL Salário a combinar São Bernardo do Campo/SP Atribuições: Atendimento aos clientes, organização

Leia mais

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 Universo TOTVS Fundada em 1983 6ª maior empresa de software (ERP) do mundo Líder em Software no Brasil e

Leia mais

Roteiro Específico OC 046/2010 07/10/2010

Roteiro Específico OC 046/2010 07/10/2010 OC 046/2010 07/10/2010 Índice 1. CAPTAR E MANTER CLIENTES... 4 2. GERENCIAR NEGÓCIO... 5 3. EECUTAR ORDENS... 6 4. COMPENSAR E LIQUIDAR... 6 5. FUNÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO... 7 GLOSSÁRIO... 8 2 Definições

Leia mais

Soluções de Voz. Otimize os serviços de comunicações e os custos de telefônia com nossas soluções integradas de voz.

Soluções de Voz. Otimize os serviços de comunicações e os custos de telefônia com nossas soluções integradas de voz. Nossas Soluções Soluções de Voz Otimize os serviços de comunicações e os custos de telefônia com nossas soluções integradas de voz. lâmina_option_voz.indd 1 10/30/13 2:47 PM Soluções de Voz Soluções Integradas

Leia mais

Plataforma Interativa de Vídeo

Plataforma Interativa de Vídeo Plataforma Interativa de Vídeo Milonga DWM Soluções em Comunicação e Tecnologia Interativa, empresa do Grupo Ciclotron. Desenvolvemos soluções com foco na experiência do usuário, implantado um novo conceito

Leia mais

Panorama do mercado de Comunicações Unificadas

Panorama do mercado de Comunicações Unificadas Panorama do mercado de Comunicações Unificadas Agenda Vídeo O IPNews O Mercado de Telecomunicações Conceito Novos Meios de Comunicação Cenário Por que adotar? Benefícios Noticiário 1º portal brasileiro

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres Sistemas Colaborativos Empresariais (ECS) Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERNATIVO N 095-LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERNATIVO N 095-LC Empresa PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERNATIVO N 095-LC Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. Nome do Plano Plano NET FONE VIA EMBRATEL PAS 095-LC Modalidade

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERANTIVO N 036 - LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERANTIVO N 036 - LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE VIA EMBRATEL PLANO ALTERANTIVO N 036 - LC Empresa Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. Nome do Plano Plano NET FONE VIA EMBRATEL PAS 036 Modalidade

Leia mais

Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País

Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País EMBRATEL CASE Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País O Portfólio de TI da Embratel a Serviço da Agroindústria A convergência de serviços de TI e telecom se consolida como fenômeno

Leia mais

Telepresença Embratel

Telepresença Embratel I D C V E N D O R S P O T L I G H T Telepresença Embratel Outubro, 2014 Por João Paulo Bruder, Coordenador de Telecomunicações, IDC Brasil Patrocinado pela Embratel A busca por eficiência operacional é

Leia mais

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR fevereiro/2011 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 3 2 QUEM SOMOS?... 4 3 PRODUTOS... 5 3.1 SMS... 6 3.2 VOZ... 8 3.3 INFRAESTRUTURA... 12 3.4 CONSULTORIA... 14 4 SUPORTE... 14

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO DO PARCEIRO Soluções de garantia do serviço da CA Technologies você está ajudando seus clientes a desenvolver soluções de gerenciamento da TI para garantir a qualidade do serviço e a

Leia mais

Diretoria de Assuntos Internacionais Gerência-Executiva de Normatização de Câmbio e Capitais Estrangeiros

Diretoria de Assuntos Internacionais Gerência-Executiva de Normatização de Câmbio e Capitais Estrangeiros Diretoria de Assuntos Internacionais Gerência-Executiva de Normatização de Câmbio e Capitais Estrangeiros Geraldo Magela Siqueira Rio de Janeiro 16 / 17 de março de 2010 Contextualização As novas condições

Leia mais

REDES CORPORATIVAS. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial

REDES CORPORATIVAS. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial REDES CORPORATIVAS Presente no mercado há 31 anos, a Compugraf atua em vários segmentos da comunicação corporativa, oferecendo serviços e soluções de alta tecnologia, com reconhecida competência em diversos

Leia mais

Tabela de Preços MARKETING B2B

Tabela de Preços MARKETING B2B 1. SOLUÇÔES DE DADOS E ACESSO A INTERNET... 2 1.1. TC IP ECONÔMICO SAT... 2 1.2. TC VPN CONNECT... 4 1.3. TC DATA... 4 1.4. TC PAC... 6 1.5. TC PAC DEDICADO... 7 1.6. TC FRAME WAY... 12 1/15 1. SOLUÇÔES

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 088-LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 088-LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 088-LC Empresa Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. Nome do Plano Via Fone Fale Simples Modalidade do STFC Local. Descrição Resumida A adesão a este plano

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 093-LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 093-LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO 093-LC Empresa Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. Nome do Plano Plano 093 Local Modalidade do STFC Local. Descrição Resumida A adesão a este plano de serviço

Leia mais

Comunicado Cetip n 052/12 1º de Junho de 2012. Assunto: Abertura da Solicitação de Acesso as Novas Plataformas

Comunicado Cetip n 052/12 1º de Junho de 2012. Assunto: Abertura da Solicitação de Acesso as Novas Plataformas Comunicado Cetip n 052/12 1º de Junho de 2012 Assunto: Abertura da Solicitação de Acesso as Novas Plataformas O Diretor-Presidente da CETIP S.A. MERCADOS ORGANIZADOS comunica que, com o objetivo de melhoria

Leia mais

Informática. 2 o Período 09/03/2012

Informática. 2 o Período 09/03/2012 Informática 2 o Período 09/03/2012 1 Agenda 1ª Parte Perguntas da aula do dia 28/02/2012 2ª Parte Redes: Protocolos e Serviços 1ª Parte Perguntas da aula do dia 28/02/2012 Grupo de 5 pessoas Perguntas

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Fale Light PLANO ALTERNATIVO N 068 - LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Fale Light PLANO ALTERNATIVO N 068 - LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO Fale Light PLANO ALTERNATIVO N 068 - LC Empresa Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. Nome do Plano Plano Fale Light PAS 068 Modalidade do STFC Local. Descrição

Leia mais

Comunicação Exclusiva e Estável à altura dos seus Negócios. Bastaria dizer que não somos uma Operadora...

Comunicação Exclusiva e Estável à altura dos seus Negócios. Bastaria dizer que não somos uma Operadora... Bastaria dizer que não somos uma Operadora... Você prefere ter uma Rede Própria e Exclusiva ou estar em uma rede privada mas compartilhada? Você quer a estabilidade de uma Rede Própria ou contar com uma

Leia mais

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 Sua Infra na Nuvem Quem somos A Under é uma empresa de tecnologia e infraestrutura para internet, fundada em 2002. Figuramos entre as maiores empresas

Leia mais

BM&FBOVESPA divulga balanço de operações de novembro de 2010. Empréstimos de ações têm recorde de volume financeiro

BM&FBOVESPA divulga balanço de operações de novembro de 2010. Empréstimos de ações têm recorde de volume financeiro BM&FBOVESPA divulga balanço de operações de novembro de 2010 Empréstimos de ações têm recorde de volume financeiro Total de negócios com ETFs passa de 17,9 mil para 25,6 mil Futuro de juro (DI) totaliza

Leia mais

PRODAM - Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Mun. SP DIT- Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia CPI - Comissão de Planejamento e

PRODAM - Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Mun. SP DIT- Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia CPI - Comissão de Planejamento e PRODAM - Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Mun. SP DIT- Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia CPI - Comissão de Planejamento e Implantação 1. Objetivo Esta cartilha tem o objetivo

Leia mais

INTERNET, INTRANET E EXTRANET

INTERNET, INTRANET E EXTRANET INTERNET, INTRANET E EXTRANET 1 Internet Rede de computadores que interliga milhões de usuários em todo o mundo. Não é uma rede única, mas um grupo de redes hierarquizadas. Pessoas e computadores trocando

Leia mais

SMS Corporativo. Descritivo do Produto Eduardo Cury Parceiro Takenet Março 2012

SMS Corporativo. Descritivo do Produto Eduardo Cury Parceiro Takenet Março 2012 SMS Corporativo Descritivo do Produto Eduardo Cury Parceiro Takenet Março 2012 Definições SMS Corporativo O QUE É? É uma solução que permite às Empresas, de qualquer segmento do mercado, abrir um canal

Leia mais

Vendas (11) 4318-0643 - www.idealvoz.com.br

Vendas (11) 4318-0643 - www.idealvoz.com.br A Ideal Voz se diferencia do mercado por ser o único Agente Claro Empresas do Brasil que também atende as marcas Embratel e Net. Com um único atendimento podemos fornecer soluções em telefonia móvel e

Leia mais

REDE IP WAVENET INFRA-ESTRUTURA MULTISERVIÇOS IP WIRELESS

REDE IP WAVENET INFRA-ESTRUTURA MULTISERVIÇOS IP WIRELESS REDE IP WAVENET INFRA-ESTRUTURA MULTISERVIÇOS IP WIRELESS TÓPICOS - INTRODUÇÃO - HISTÓRICO - INTERNET PONTO A PONTO - INTERNET PONTO MULTIPONTO - TECNOLOGIA WI-MESH - REDE MULTISERVIÇOS IP - CASOS PRÁTICOS

Leia mais

Unidade IV. Mercado Financeiro e de Capitais. Prof. Maurício Felippe Manzalli

Unidade IV. Mercado Financeiro e de Capitais. Prof. Maurício Felippe Manzalli Unidade IV Mercado Financeiro e de Capitais Prof. Maurício Felippe Manzalli Mercados Financeiros - Resumo encontro anterior Sistema Financeiro Nacional Órgãos, entidades e operadoras Estrutura do Sistema

Leia mais

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA Pioneirismo tecnológico e FLEXIBILIDADE na migração O é uma plataforma de comunicação convergente, aderente às principais necessidades das

Leia mais

Cartões. Mercado Atual

Cartões. Mercado Atual Agenda Cartões Mercado Atual Crescimento do Mercado Cartões=Meios de Pagamentos = Evolução Futuro Estágio Tecnológico A TIVIT Principais Serviços Modelo de Gestão Melhores Práticas Principais Clientes

Leia mais

:: Telefonia pela Internet

:: Telefonia pela Internet :: Telefonia pela Internet http://www.projetoderedes.com.br/artigos/artigo_telefonia_pela_internet.php José Mauricio Santos Pinheiro em 13/03/2005 O uso da internet para comunicações de voz vem crescendo

Leia mais

Mobilidade para o negócio Utilização Eficaz de MOBILIDADE. Ago 2006

Mobilidade para o negócio Utilização Eficaz de MOBILIDADE. Ago 2006 Mobilidade para o negócio Utilização Eficaz de MOBILIDADE Ago 2006 conteúdo vínculo mensagens tendências Buscar ferramentas de mobilidade que transformem nosso negócio, possibilitando aumento de produtividade

Leia mais

MANUAL DE ACESSO À INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICA DA BM&FBOVESPA

MANUAL DE ACESSO À INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICA DA BM&FBOVESPA MANUAL DE ACESSO À INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICA DA BM&FBOVESPA HISTÓRICO DE REVISÕES...3 1. INTRODUÇÃO...4 2. RCB REDE DE COMUNICAÇÃO BM&FBOVESPA...5 2.1 DESCRIÇÃO DO MODO DE ACESSO... 5 2.2 CARACTERÍSTICAS

Leia mais

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS Aulas : Terças e Quintas Horário: AB Noite [18:30 20:20hs] PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS 1 Conteúdo O que Rede? Conceito; Como Surgiu? Objetivo; Evolução Tipos de

Leia mais

Rede Corporativa. Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro. Introdução

Rede Corporativa. Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro. Introdução Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro Rede Corporativa Introdução Rede corporativa é um sistema de transmissão de dados que transfere informações entre diversos equipamentos de uma mesma corporação, tais

Leia mais

Unidade I GOVERNANÇA DE TI. Profa. Gislaine Stachissini

Unidade I GOVERNANÇA DE TI. Profa. Gislaine Stachissini Unidade I GOVERNANÇA DE TI Profa. Gislaine Stachissini Objetivo Sistemas para redução de custos e aprimoramento de produção. Diferenciais de processos em seus negócios. Melhores práticas de gestão de tecnologia

Leia mais

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO L2 0 0 6 R E L AT Ó R I O A N U A EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Prêmio de Seguros Participação no Mercado (em %) Mercado 74,2% Fonte: Susep e ANS Base: Nov/2006 Bradesco 25,8%

Leia mais

Terça-feira, 03 de Setembro de 2013. DESTAQUES

Terça-feira, 03 de Setembro de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa beira os 52 mil pontos Estrangeiros ampliam aposta na alta Produção da Petrobras no Brasil cai 4,6% Produção industrial muda de direção e cai 2% ATS tenta acelerar estreia no Brasil Disputa

Leia mais

EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA

EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA Palestra Teletrabalho Modelo de Trabalho Home Office Modernização da área de Vendas EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA 1º Movimento 1999/2000 2º Movimento 2001/2002 3º Movimento 2005-2007

Leia mais

A utilização das redes na disseminação das informações

A utilização das redes na disseminação das informações Internet, Internet2, Intranet e Extranet 17/03/15 PSI - Profº Wilker Bueno 1 Internet: A destruição as guerras trazem avanços tecnológicos em velocidade astronômica, foi assim também com nossa internet

Leia mais

Apresentação da plataforma

Apresentação da plataforma SMS CORPORATIVO Apresentação da plataforma Vitor Lopes Maio de 2010 Conteúdo 1. VISÃO GERAL... 3 1.1 COBERTURA SMS NO BRASIL... 3 2. VANTAGENS DO SMS... 4 2.1 SMS É A FERRAMENTA QUE ESTÁ MAIS PRÓXIMA DO

Leia mais

VIRTUAIS PRIVADAS. Pedro Celestino Mestre em Engenharia Mecânica Professor do CEFET-SP. Luiz Octávio Mattos dos Reis. Professor da UNITAU

VIRTUAIS PRIVADAS. Pedro Celestino Mestre em Engenharia Mecânica Professor do CEFET-SP. Luiz Octávio Mattos dos Reis. Professor da UNITAU REDES VIRTUAIS PRIVADAS Pedro Celestino Mestre em Engenharia Mecânica Professor do CEFET-SP Luiz Octávio Mattos dos Reis Doutor em Engenharia Professor da UNITAU Mecânica Com as redes de computadores,

Leia mais

Brasil ICT - Institucional

Brasil ICT - Institucional Brasil ICT - Institucional Somos uma empresa de tecnologia especializada em serviços e soluções de conectividade e colaboração Buscar inovação e eficiência em conectividade e colaboração para nossos clientes

Leia mais

A Intel espera uma redução de 20% nos custos de audioconferências com solução de comunicações unificadas

A Intel espera uma redução de 20% nos custos de audioconferências com solução de comunicações unificadas Microsoft Office System Estudo de caso da solução do cliente A espera uma redução de 20% nos custos de audioconferências com solução de comunicações unificadas Visão geral País ou região: Estados Unidos

Leia mais

milenaresende@fimes.edu.br

milenaresende@fimes.edu.br Fundação Integrada Municipal de Ensino Superior Sistemas de Informação A Internet, Intranets e Extranets milenaresende@fimes.edu.br Uso e funcionamento da Internet Os dados da pesquisa de TIC reforçam

Leia mais

CAPÍTULO 13. Conectividade Linhas Privativas Comercias LINHAS PRIVATIVAS COMERCIAIS

CAPÍTULO 13. Conectividade Linhas Privativas Comercias LINHAS PRIVATIVAS COMERCIAIS CAPÍTULO 13 LINHAS PRIVATIVAS COMERCIAIS Todos os serviços de conectividade e comunicação de dados oferecidos por qualquer operadora de telecomunicações, devem terminar nos pontos finais de utilização

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE FALE FIXO LOCAL PLANO ALTERANTIVO N 107 - LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE FALE FIXO LOCAL PLANO ALTERANTIVO N 107 - LC PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO NET FONE FALE FIXO LOCAL PLANO ALTERANTIVO N 107 - LC Empresa Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. Nome do Plano Plano NET FONE FALE FIXO LOCAL PAS 107 - LC

Leia mais

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Sistema Financeiro Nacional

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Sistema Financeiro Nacional Capítulo Sistema Financeiro Nacional Bibliografia básica Todo o conteúdo dos slides deve ser acompanhado com o livro Mercados Financeiros, publicado pela Editora Atlas. Objetivos do capítulo Distinguir

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Art. 1º - A Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação DTIC da Universidade FEDERAL DO ESTADO DO RIO

Leia mais

O F ÍC I O C I R C U L A R. Participantes dos Mercados da BM&FBOVESPA (BVMF) Segmento BOVESPA

O F ÍC I O C I R C U L A R. Participantes dos Mercados da BM&FBOVESPA (BVMF) Segmento BOVESPA 09 de agosto de 2010 030/2010-DP O F ÍC I O C I R C U L A R Participantes dos Mercados da BM&FBOVESPA (BVMF) Segmento BOVESPA Ref.: Acesso ao Sistema Eletrônico de Negociação Implantação dos Modelos de

Leia mais

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica 1. Arquitetura da Aplicação 1.1. O Banco Postal utiliza uma arquitetura cliente/servidor WEB em n camadas: 1.1.1. Camada de Apresentação estações de atendimento, nas

Leia mais

Troca de Tráfego : criando uma infraestrutura Internet melhor e mais barata (http://ptt.br). Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic.

Troca de Tráfego : criando uma infraestrutura Internet melhor e mais barata (http://ptt.br). Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic. Troca de Tráfego : criando uma infraestrutura Internet melhor e mais barata (http://ptt.br). Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic.br Agenda O CGI.br e o NIC.br O que é a Internet? E o protocolo IP? Quais

Leia mais

Comunicado Cetip n 051/2015 de 16 de junho de 2015

Comunicado Cetip n 051/2015 de 16 de junho de 2015 Comunicado Cetip n 051/2015 de 16 de junho de 2015 Assunto: Etapa de Oferta Pública de NTN-B Leilão(ões) de Oferta de compra de títulos pela STN Secretaria do Tesouro Nacional Módulo Leilão STN Plataforma

Leia mais

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS A sua empresa em contato com o mundo Ferramenta de envio de SMS A Talktelecom Líder na América Latina em telefonia computadorizada Compete no mercado desde 1992 com soluções em telecomunicações Em plena

Leia mais

Unidade I SISTEMAS PARA INTERNET E. Prof. Emanuel Matos

Unidade I SISTEMAS PARA INTERNET E. Prof. Emanuel Matos Unidade I SISTEMAS PARA INTERNET E SOFTWARE LIVRE Prof. Emanuel Matos Sumário Unidade I Principais tecnologias da rede digital Computação cliente/servidor Comutação de pacotes TCP/IP Sistemas de informação

Leia mais

Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro

Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro NEWS RELEASE Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro Langley, Reino Unido, 12 de junho de 2014: A Travelport, empresa líder no segmento de comércio de viagens, que oferece

Leia mais

Bancos Corretoras Seguradoras

Bancos Corretoras Seguradoras Bancos Corretoras Seguradoras A TCI BPO Com atuação em todo o Brasil, a TCI oferece excelência na prestação dos serviços em BPO - Business Process Outsourcing, levando aos seus clientes as melhores competências

Leia mais

HOJE SISTEMAS DE INFORMÁTICA LTDA (HOJE TELECOM) OFERTA PÚBLICA DE INTERCONEXÃO

HOJE SISTEMAS DE INFORMÁTICA LTDA (HOJE TELECOM) OFERTA PÚBLICA DE INTERCONEXÃO HOJE SISTEMAS DE INFORMÁTICA LTDA (HOJE TELECOM) OFERTA PÚBLICA DE INTERCONEXÃO RESOLUÇÃO N.º 410, de 11 de julho de 2005 da ANATEL D.O.U. de 13/07/2005. INTERCONEXÃO DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES DE INTERESSE

Leia mais

OPORTUNIDADES ÚNICAS. O CME Group e a BM&FBovespa uniram-se para oferecer acesso global a dois dos mercados mais dinâmicos do mundo

OPORTUNIDADES ÚNICAS. O CME Group e a BM&FBovespa uniram-se para oferecer acesso global a dois dos mercados mais dinâmicos do mundo OPORTUNIDADES ÚNICAS O CME Group e a BM&FBovespa uniram-se para oferecer acesso global a dois dos mercados mais dinâmicos do mundo Panorama da parceria do CME Group com a BM&FBOVESPA Conectando mercados

Leia mais

EFICIÊNCIA E EFICÁCIA. E COM OS DIFERENCIAIS INOVAÇÃO E QUALIDADE. ISSO É EVERIS BPO. attitude makes the difference

EFICIÊNCIA E EFICÁCIA. E COM OS DIFERENCIAIS INOVAÇÃO E QUALIDADE. ISSO É EVERIS BPO. attitude makes the difference EFICIÊNCIA E EFICÁCIA. E COM OS DIFERENCIAIS INOVAÇÃO E QUALIDADE. ISSO É EVERIS BPO. attitude makes the difference Consulting, IT & Outsourcing Professional Services everis BPO. Nossa razão de ser: Direcionamos

Leia mais

Prof. Cid Roberto. Concurso 2012

Prof. Cid Roberto. Concurso 2012 Prof. Cid Roberto Concurso 2012 Grupo Conhecimentos Bancários no Google http://goo.gl/gbkij Comunidade Conhecimentos Bancários (orkut) http://goo.gl/4a6y7 São realizadas por bancos de investimentos e demais

Leia mais

Convergência TIC e Projetos TIC

Convergência TIC e Projetos TIC TLCne-051027-P1 Convergência TIC e Projetos TIC 1 Introdução Você responde essas perguntas com facilidade? Quais os Projetos TIC mais frequentes? Qual a importância de BI para a venda de soluções TIC (TI

Leia mais

Unidade II TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Me. Elvis Pontes

Unidade II TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Me. Elvis Pontes Unidade II TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Me. Elvis Pontes Conceitos e Componentes de Software Software (SW) são: os programas de computador; é a parte intangível do computador, representada pelos programas,

Leia mais

2002 - Serviços para empresas

2002 - Serviços para empresas 2002 - Serviços para empresas Grupo Telefónica Data. Resultados Consolidados 1 (dados em milhões de euros) Janeiro - Dezembro 2002 2001 % Var. Receita por operações 1.731,4 1.849,7 (6,4) Trabalho para

Leia mais

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa Análise XP Fundamentos Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa A Empresa A Senior Solution está presente, há mais de 17 anos, no segmento de Tecnologia da Informação no mercado brasileiro, sendo uma

Leia mais

Transformar adversidade em oportunidade.

Transformar adversidade em oportunidade. $ Transformar adversidade em oportunidade. Com uma metodologia 360º, juntamos diferentes expertises em um processo otimizado e eficiente de trabalho para ouvir as necessidades de nossos clientes e de seus

Leia mais

Soluções em Mobilidade

Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Desafios das empresas no que se refere a mobilidade em TI Acesso aos dados e recursos de TI da empresa estando fora do escritório, em qualquer lugar conectado

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII Crédito lastreado em imóveis, alta rentabilidade e fluxo de caixa constante, com a solidez do concreto.

Leia mais

ipbras MUNDIAL VOIP DESENVOLVIMENTO PROJETO / ORÇAMENTO Orçamento para desenvolvimento de sistema web based Página w w w. i p b r a s.

ipbras MUNDIAL VOIP DESENVOLVIMENTO PROJETO / ORÇAMENTO Orçamento para desenvolvimento de sistema web based Página w w w. i p b r a s. 1 Orçamento para desenvolvimento de sistema web based MUNDIAL VOIP Quem é a IPBRAS.COM 2 Desde sua criação, no início de 2003 a IPBRAS, uma empresa 100%.COM, localizada em Penápolis-SP, Brasil, tem uma

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 SECRETARIAL & MANAGEMENT SUPPORT Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores

Leia mais

Technology and Security Risk Services. Novembro, 2003

Technology and Security Risk Services. Novembro, 2003 Technology and Security Risk Services Novembro, 2003 1. Por que escrevemos o livro? 2. Objetivo do livro 3. Conteúdo do livro 4. Dúvidas Acesso aos sites financeiros cresceu 199% em dois anos; Os sites

Leia mais

Informática Básica. Internet Intranet Extranet

Informática Básica. Internet Intranet Extranet Informática Básica Internet Intranet Extranet Para começar... O que é Internet? Como a Internet nasceu? Como funciona a Internet? Serviços da Internet Considerações finais O que é Internet? Ah, essa eu

Leia mais

Conceitos. Qual é a infra-estrutura de um Call Center? Uma central de atendimento é composta por:

Conceitos. Qual é a infra-estrutura de um Call Center? Uma central de atendimento é composta por: 1 Conceitos Call Center - O que é? Denominamos Call Center ou Central de Atendimento ao conjunto de soluções e facilidades (Equipamentos, Sistemas e Pessoal) que tem como objetivo fazer o interface entre

Leia mais

CETIP. Segundo o BACEN - CETIP

CETIP. Segundo o BACEN - CETIP Professor Luiz Antonio de Carvalho Central de Liquidação Financeira e de Custódia de Títulos - lac.consultoria@gmail.com 1 2 A Cetip é a integradora do mercado financeiro. É uma companhia de capital aberto

Leia mais

1. H ABILITAÇÃO DE A GENTE DE C OMPENSAÇÃO, A GENTE

1. H ABILITAÇÃO DE A GENTE DE C OMPENSAÇÃO, A GENTE A N E X O I H A B I L I T A Ç Ã O, C A D A S T R O E C O N E X Ã O D E P A R T I C I P A N T E S 1. H ABILITAÇÃO DE A GENTE DE C OMPENSAÇÃO, A GENTE DE C USTÓDIA A GENTE E SPECIAL DE C USTÓDIA, A GENTE

Leia mais

Pequenas oportunidades são muitas vezes o começo de grandes empreendimentos.

Pequenas oportunidades são muitas vezes o começo de grandes empreendimentos. Desligue ou coloque o seu telemóvel em silêncio Deixe as dúvidas para o fim da apresentação Pequenas oportunidades são muitas vezes o começo de grandes empreendimentos. _ Demóstenes Vivemos constantemente

Leia mais

Anexo III: Solução de Rede Local - LAN (Local Area Network)

Anexo III: Solução de Rede Local - LAN (Local Area Network) Anexo III: Solução de Rede Local - LAN (Local Area Network) 1. Objeto: 1.1. Contratação de uma Solução de rede de comunicação local (LAN) para interligar diferentes localidades físicas e os segmentos de

Leia mais

SISTEMAS PARA INTERNET

SISTEMAS PARA INTERNET Unidade II SISTEMAS PARA INTERNET E SOFTWARE LIVRE Prof. Emanuel Matos Sumário Unidade II Comércio Eletrônico Tecnologia de Comércio Eletrônico Categorias do Comércio Eletrônico M-commerce Comércio eletrônico

Leia mais

Núcleo de Gestão do Porto Digital. Plano Bi-anual 2001-2002

Núcleo de Gestão do Porto Digital. Plano Bi-anual 2001-2002 Núcleo de Gestão do Porto Digital Plano Bi-anual 2001-2002 Identidade Missão A estruturação e gestão sustentável de um ambiente de negócios capaz de criar e consolidar empreendimentos de classe mundial

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE O SISTEMA DE PAGAMENTOS BRASILEIRO Por: Carlos Augusto Messias Orientador Prof. Antonio Fernando Vieira Ney Niterói 2009 2

Leia mais

Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB)

Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) Conceito e panorama geral O Sistema de Pagamentos Brasileiro é o conjunto de procedimentos, regras, instrumentos e operações integradas que dão suporte à movimentação

Leia mais

ORA XECUTAR FXGO: NEGOCIAÇÃO ELETRÔNICA DE CÂMBIO >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

ORA XECUTAR FXGO: NEGOCIAÇÃO ELETRÔNICA DE CÂMBIO >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> FXGO: NEGOCIAÇÃO ELETRÔNICA DE CÂMBIO Uma oferta do serviço Bloomberg Professional ORA E XECUTAR BLOOMBERG FXGO A PRINCIPAL PLATAFORMA DE

Leia mais

AULA 04. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional. Subsistema Operativo III

AULA 04. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional. Subsistema Operativo III AULA 04 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional Subsistema Operativo III SCTVM As sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários (SCTVM) são pessoas jurídicas auxiliares do Sistema Financeiro

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE, PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE UMA REDE VPN (VIRTUAL PRIVATE NETWORK)

ESTUDO DE VIABILIDADE, PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE UMA REDE VPN (VIRTUAL PRIVATE NETWORK) ESTUDO DE VIABILIDADE, PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE UMA REDE VPN (VIRTUAL PRIVATE NETWORK) 1. VPN Segundo TANENBAUM (2003), VPNs (Virtual Private Networks) são redes sobrepostas às redes públicas, mas com

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

GERENCIANDO SERVIÇOS DE MENSAGENS OTT PARA UM PROVEDOR DE TELECOM GLOBAL

GERENCIANDO SERVIÇOS DE MENSAGENS OTT PARA UM PROVEDOR DE TELECOM GLOBAL GERENCIANDO SERVIÇOS DE MENSAGENS OTT PARA UM PROVEDOR DE TELECOM GLOBAL A Sytel Reply foi comissionada por uma grande operadora global de Telecom para o fornecimento de um Service Assurance de qualidade.

Leia mais

Introdução. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite

Introdução. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Introdução Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Os Benefícios do Trabalho Remoto O mundo assiste hoje à integração e à implementação de novos meios que permitem uma maior rapidez e eficácia

Leia mais

NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação.

NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação. NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação. PLATAFORMA AcademiaWeb Sistema de gerenciamento de escola virtual com gestão de conteúdo, transmissão de web-aula ao vivo e interação online com os participantes.

Leia mais