Unidades de Capacitação em Ciência & Tecnologia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Unidades de Capacitação em Ciência & Tecnologia"

Transcrição

1

2 Unidades de Capacitação em Ciência & Tecnologia Processos Produtivos Apoio a Arranjos Produtivos Locais APLs Incubação de Pequenos Negócios Apoio Laboratorial Serviços Formação de Mão de Obra Técnica Especializada Educação, Ciência e Tecnologia Difusão e Popularização de Ciência e Tecnologia ApoioaoEnsinoFormal Educação a Distância e Inclusão Digital

3 Módulo Administrativo Sala de Vídeo Conferência Estrutura Física Laboratório de Informática Biblioteca Laboratórios Multidisciplinares Laboratórios Vocacionais Salas de Aula / Oficinas Incubadora de Pequenos Negócios

4

5

6

7 Uma Iniciativa Baseada em Parceria e Cooperação Proponente e Executor Universidade Federal de Campina Grande Convenente Fundação Parque Tecnológico da Paraíba Intervenientes Prefeituras Municipais (doação do espaço +/ 1000 m²) ONGs, OSCIPS Associações, Cooperativas Empresas Sociedade Civil

8 Proposta UFCG / PaqTc PB Experiência i do Parque Tecnológico Gestão Administrativa de Projetos Suporte Jurídico Gestão de Incubadoras Articulação com a Sociedade Civil Expertise da UFCG em Educação, Ciência e Tecnologia Os Centros e Suas Unidades Acadêmicas Investimento no Desenvolvimento Local Sustentável Vocações regionais Vocações regionais Necessidades locais Engajamento da sociedade

9 CONSELHO CONSULTIVO REP. REGIONAL CONSELHO EXECUTIVO UFCG/PaqTc-PB CVTT PA ARCEIROS 2 SALAS DE INCLUSÃO DIGITAL LABORATÓRIO VOCACIONAL LABORATÓRIO MULTIDISCIPLINAR VÍDEO CONFERÊNCIA INCUBADORA DE EMPRESAS BIBLIOTECA DIGITAL PARCEIRO OS Instrumento Legal de Parceria Instituição / UFCG / PaqTc-PB

10 Financiamento Investimentos em Infra Estrutura Reforma Equipamentos, Mobiliário etc. Custeio Pro labore Equipes Professores e STAs Decreto 6.114/2003 Estudantes: Bolsasde IniciaçãoCientífica (Estágio) Pessoal de Apoio Terceirizado (Administrativo / T.I.) Pessoal de Serviços Gerais / Segurança Parceiros A Geração de Receita e o Fundo Comum A sustentabilidade...

11 Proposta UFCG / PaqTc PB A Estratégia Identificar as Vocações/Necessidades Locais Evocar a Expertise existente nos Centros e suas UAs Montar a Equipe Local Coordenador (professor) Docentes, STAs e Estudantes da Área Específica Articulação com a Sociedade Local parcerias Costurar o Projeto (template) Quais cursos e laboratórios? Quais parcerias para viabilizar o projeto? Reunião Equipe Local / Conselho Executivo /Consultora

12 Proposta de Cronograma 25/08 Reunião Equipes Locais / C.E. / Consultora Quem é a equipe? Qualé o projeto (cursos, laboratóriosetc etc.)? Quem são os parceiros? Qualé infra estrutura disponível? Quais encaminhamentos/articulações? 15/09 A consultora envia a proposta síntese p (minuta) 29/09 As equipes locais enviam a proposta revisada 10/10 A consultora envia projeto finalizado para ajustes 20/10 Encaminhamento do projeto ao MCT

13 Pré Proposta do Centro de Educação e Saúde CVT SAÚDE (Cuité) Clínica Escola (Serviços / Atenção à Saúde da Mulher...) Laboratório Escola (Técnico em Análises Clínicas) Farmácia Escola (Manipulação e Fitoterápicos) CVT BIODIESEL (Nova Floresta) Parceiro: Petrobras CVT EDUCAÇÃO INDÍGENA (Baía da Traição) Centro de Humanidades (UASA AA) Centro de Humanidades (UASA AA) Organização dos Professores Indígenas Potiguara OPIP

14 Pré Proposta do Centro de Saúde e Tecnologia Rural CVT VETERINÁRIA/BIOLOGIA Formação de Técnicos em Enfermagem Veterinária Formação de Técnicos em Análises Clínicas CVT FLORESTAL/BIOLOGIA Produtos naturais / Herbário Extração de tanino da Jurema preta Produção de sementes nativas CVT ANÁLISE DE SOLO E ÁGUA Demandas da zona rural Expertise (?)

15 Pré Proposta do Centro de Ciências e Tecnologia Agro alimentar CVT SEC PB/CEFET PB/PMP (Pombal) Instalado no CAIC Verificar possibilidade de parceria CVT AGROINDÚSTRIA SERTANEJA (Pombal) Fruticultura (banana) Bovinos (leite e carne) Parceria: Fórum da Bovinocultura CVT ANÁLISE DE SOLO E ÁGUA (Coremas) Parceria proposta: Curso de Engenharia Civil (CTRN)

16 Pré Proposta do Centro de Formação de Professores CVT DIVULGAÇÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA Capacitação laboratorial para a rede pública de ensino Produção de material didático Central de Línguas Línguas estrangeiras, redação oficial, multilinguagem (cinema, etc) Educação Artística Artes cênicas, dança, música (construir parcerias) CVT SAÚDE Formaçãode Cuidadores de Idosos Formaçãode Cuidadores de Idosos Educação Física (capacitação para rede pública e cursos) Técnico em Análises Clínicas e Químicas

17 Pré Proposta do Centro de Ciências Jurídicas e Sociais CVT CEFET/Prefeitura Municipal Propor parceria Propor parceria Formação gerencial (administração e contabilidade) Apoio jurídico ao empreendedorismo Informática aplicada

18 Sugestões Equipe (SPE/PROEX/SEPLAN/PaqTc PB) CVT TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (Itabaiana) Parceria: PMI, CEE CVT PISCICULTURA E APICULTURA (Itaporanga) Parceria: CCTA, PEASA, Prefeitura Municipal CVT OVINOCAPRINOCULTURA (Taperoá) Parceria: CDSA, PEASA Universidade Leiga do Cariri

19 Sugestões Equipe (SPE/PROEX/SEPLAN/PaqTc PB) CVT PRODUÇÃO CULTURAL (Cabaceiras) Parceria: PMC,IPHAN, CH/UAAM CVT TURISMO RURAL (São João do Rio do Peixe) Termas de Brejo das Freiras Construir parcerias... CVT AGROINDÚSTRA (Araruna) Parceria: UEPB, PEASA, CTRN (Alimentos), CES (Nutrição)

20

27 - SECRETARIA MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

27 - SECRETARIA MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA Tipo: Finalístico Programa: 5463-MANUTENÇÃO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA A SECITEC Objetivo: PROMOVER O APRIMORAMENTO ADMINISTRATIVO, VISANDO MAXIMIZAR A PRODUTIVIDADE

Leia mais

1ª Retificação do Edital Nº 024/2015

1ª Retificação do Edital Nº 024/2015 1ª Retificação do Edital Nº 024/2015 O Diretor Geral do Câmpus Juiz de Fora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG), no uso de suas atribuições

Leia mais

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia Sessão Plenária 5: Programas Nacionais de Estímulo e Apoio às Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos Ana Lúcia Vitale Torkomian Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério

Leia mais

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV Realizar projetos para destinação de resíduos sólidos * Meio Ambiente Desenvolver programas de educação ambiental Apresentar pequenos e médios projetos de recuperação (seqüestro

Leia mais

OFICINA REGIONAL ESTADUAIS DE APOIO A ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS ARTICULADOS AO GTP APL. Curitiba-PR outubro/2006

OFICINA REGIONAL ESTADUAIS DE APOIO A ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS ARTICULADOS AO GTP APL. Curitiba-PR outubro/2006 OFICINA REGIONAL INSTALAÇÃO DE NÚCLEOS N ESTADUAIS DE APOIO A ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS ARTICULADOS AO GTP APL Curitiba-PR outubro/2006 Opções Estratégicas e Diretrizes para o Desenvolvimento Sustentável

Leia mais

Secretaria de Ciência e Tecnologia para a Inclusão o Social. Institutos Federais. Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social - SECIS

Secretaria de Ciência e Tecnologia para a Inclusão o Social. Institutos Federais. Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social - SECIS Secretaria de Ciência e Tecnologia para a Inclusão o Social Fórum Extensão o Tecnológica dos Institutos Federais Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social - SECIS Ministério da Ciência e

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2018 PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2018 PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES CAMPUS CONGONHAS DEZEMBRO - 2013 INFRA-ESTRUTURA Objetivo

Leia mais

2 Oferta de cursos técnicos e superiores por eixo tecnológico, por Campus. Taxa de ingresso nos cursos técnicos na forma de oferta, por Campus

2 Oferta de cursos técnicos e superiores por eixo tecnológico, por Campus. Taxa de ingresso nos cursos técnicos na forma de oferta, por Campus PERSPECTIVA OBJETIVO INDICADOR META RESULTADOS INSTITUCIONAIS 1 Nº de cursos técnicos e superiores, articulados com os arranjos produtivos locais por Campus; 2 Oferta de cursos técnicos e superiores por

Leia mais

A UAB ESTÁ INSTITUCIONALMENTE INTEGRADA COMO PROGRAMA PERMANENTE NA ESTRUTURA DA NOVA CAPES

A UAB ESTÁ INSTITUCIONALMENTE INTEGRADA COMO PROGRAMA PERMANENTE NA ESTRUTURA DA NOVA CAPES A UAB ESTÁ INSTITUCIONALMENTE INTEGRADA COMO PROGRAMA PERMANENTE NA ESTRUTURA DA NOVA CAPES UAB NA NOVA CAPES CAPES DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DED UAB COORDENAÇÃO GERAL DE INFRA-ESTRUTURA DE PÓLOS

Leia mais

Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico CDT/UnB

Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico CDT/UnB Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico CDT/UnB Centro da Universidade de Brasília responsável por: Transferência de tecnologia; Prestação de serviços especializados; Interação da Universidade com

Leia mais

Programa de Responsabilidade Socioambiental

Programa de Responsabilidade Socioambiental Programa de Responsabilidade Socioambiental Conheça o Programa de Responsabilidade Socioambiental da BAESA e da ENERCAN e saiba como ajudar sua comunidade Você já deve ter ouvido falar da BAESA e da ENERCAN.

Leia mais

2009 2010 2011 total 58.888 158.947 124.881 344.910

2009 2010 2011 total 58.888 158.947 124.881 344.910 Formação inicial 80000 Plano Nacional de Formação de Professores 70000 60000 50000 40000 Formação Pedagógica 30000 2ªLicenciatura 1ªLicenciatura especial 20000 1ªLicenciatura existente 10000 0 Presencial

Leia mais

O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social

O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social II Fórum de Informação em Saúde IV Encontro da Rede BiblioSUS O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social Maria de Fátima Ramos Brandão Outubro/2007 1 Apresentação O Projeto Casa Brasil Modelos

Leia mais

Arvore da Vida Partnership para o desenvolvimento: Educação, Formação profissional e encaminhamento

Arvore da Vida Partnership para o desenvolvimento: Educação, Formação profissional e encaminhamento Arvore da Vida Partnership para o desenvolvimento: Educação, Formação profissional e encaminhamento Maio 2011 Arvore da Vida Partnership para o desenvolvimento: Educação, Formação profissional e encaminhamento

Leia mais

Projetos Nova Alvorada do Sul - MS

Projetos Nova Alvorada do Sul - MS Projetos Nova Alvorada do Sul - MS Projeto Cursos Profissionalizantes Para atender à demanda de profissionais das indústrias de Nova Alvorada do Sul e região, a Comissão Temática de Educação elaborou o

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 36, DE 04 DE ABRIL DE 2005. Dispõe sobre alterações à Resolução CONSEPE n. 57, de 14 de maio de 2001. R E S O L V E: I DA CONCEITUAÇÃO

RESOLUÇÃO N.º 36, DE 04 DE ABRIL DE 2005. Dispõe sobre alterações à Resolução CONSEPE n. 57, de 14 de maio de 2001. R E S O L V E: I DA CONCEITUAÇÃO RESOLUÇÃO N.º 36, DE 04 DE ABRIL DE 2005. Dispõe sobre alterações à Resolução CONSEPE n. 57, de 14 de maio de 2001. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO, no

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROEXAE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX EDITAL Nº 006/2015 PROEXAE/UEMA

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROEXAE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX EDITAL Nº 006/2015 PROEXAE/UEMA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROEXAE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX EDITAL Nº 006/2015 PROEXAE/UEMA A Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis da Universidade

Leia mais

COMPROV UFCG Manual do Candidato Vestibular 2013

COMPROV UFCG Manual do Candidato Vestibular 2013 Dos Cursos Oferecidos Os Cursos de Graduação oferecidos pela UFCG têm funcionamento nos turnos: Matutino M (aulas pela manhã), Vespertino T (aulas à tarde), Noturno N (aulas à noite) e Diurno D (aulas

Leia mais

Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo ou quaisquer partes do documento, em

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA DE TRABALHOS PARA A REVISTA PRÁXIS: SABERES DA EXTENSÃO EDITAL 23/2012

EDITAL DE CHAMADA DE TRABALHOS PARA A REVISTA PRÁXIS: SABERES DA EXTENSÃO EDITAL 23/2012 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL DE CHAMADA DE TRABALHOS PARA A REVISTA PRÁXIS: SABERES DA EXTENSÃO EDITAL 23/2012 A Pró-Reitoria de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS ORDINÁRIAS ANUAL Exercício de 2011 -

PRESTAÇÃO DE CONTAS ORDINÁRIAS ANUAL Exercício de 2011 - 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRESTAÇÃO DE CONTAS ORDINÁRIAS ANUAL Exercício de 2011 - ÓRGÃO/ENTIDADE PEÇAS E CONTEÚDOS - EERCÍCIO 2011 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO

Leia mais

Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social CENTRO VOCACIONAL TECNOLÓGICO - CVT

Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social CENTRO VOCACIONAL TECNOLÓGICO - CVT CENTRO VOCACIONAL TECNOLÓGICO - CVT A riqueza das nações, hoje, deriva do seu patrimônio educacional, científico e tecnológico. Tem poder quem tem conhecimento. Robert Wong Unidade de ensino profissionalizante

Leia mais

Estratégias Produtivas

Estratégias Produtivas Estratégias Produtivas Seminário Internacional Desenvolvimento Econômico Regional para a Redução da Pobreza e Desigualdade: o Modelo do Ceará Prof. Jair do Amaral Filho Evolução das estratégias produtivas-ceará

Leia mais

OFERTA FORMATIVA 2015/2016

OFERTA FORMATIVA 2015/2016 OFERTA FORMATIVA 2015/2016 2.º e 3.º Ciclo CURSOS VOCACIONAIS + ENSINO ARTICULADO AE António Alves Amorim AE Paços de Brandão AE Fernando Pessoa AE Argoncilhe AE Arrifana AE da Corga de Lobão Vocacional

Leia mais

Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis.

Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis. Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis Localização Missão, Valores e Visão Os 5 Pilares Objetivos e estratégias

Leia mais

Lista de Quadros. Fundação Uniplac

Lista de Quadros. Fundação Uniplac Lista de Quadros Quadro 1 Dirigente dafundaçãouniplac... 22 Quadro 2 Matérias apreciadas no Conselho Curador... 23 Quadro 3 Nominata do Conselho Curador... 23 Quadro 4 Matérias apreciadas no Conselho de

Leia mais

Elaboração de Projetos Sociais e Capitação de Recursos

Elaboração de Projetos Sociais e Capitação de Recursos Elaboração de Projetos Sociais e Capitação de Recursos MARINA MONTEIRO DE QUEIROZ RAVAZZI Coordenadora de Políticas para as Mulheres de Marília/SP Elaboração de Projetos Sociais INSTITUIÇÃO PROPONENTE:

Leia mais

ANEXO VI - (Quadro de Vagas com as respectivas codificações)

ANEXO VI - (Quadro de Vagas com as respectivas codificações) NEXO VI - (Quadro de Vagas com as respectivas codificações) 001 gricultor Orgânico Ouro Branco Empreendedorismo Graduação em Ciências Contábeis, dministração, Matemática, Técnico em Contabilidade ou experiência

Leia mais

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Seminário: Caminhos para a Inovação Debate: A Atividade de CT&I e a Estratégia Nacional de Ciência Tecnologia e Inovação (ENCTI) Infraestrutura

Leia mais

O Programa de Fortalecimento da Atividade Empresarial (PROGREDIR) e os APLs no Estado da Bahia: Um Caso de Sucesso

O Programa de Fortalecimento da Atividade Empresarial (PROGREDIR) e os APLs no Estado da Bahia: Um Caso de Sucesso O Programa de Fortalecimento da Atividade Empresarial (PROGREDIR) e os APLs no Estado da Bahia: Um Caso de Sucesso 4ª Conferência Brasileira de Arranjos Produtivos Locais Brasília, 27 a 29 de novembro

Leia mais

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Nós promovemos o desenvolvimento sustentável de diversas maneiras Uma delas é por meio do Investimento Social INVESTIMENTO INVESTIENTO SOCIAL - Estratégia

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS Centro Federal de Educação Tecnológica do Amazonas CEFET-AM Lei Nº 11. 892, de 29 de dezembro de 2008, Art. 5º, inciso IV, criou o Instituto

Leia mais

HIERARQUIA DE SETORES

HIERARQUIA DE SETORES SIGA - SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA RELATÓRIO DE HIERARQUIA DE SETORES - 21/10/2014 REITORIA RET-GAB-GABINETE HIERARQUIA DE SETORES BJL-DG-DIRETORIA GERAL CAT-DG-DIRETORIA GERAL CSI-DG-DIRETORIA

Leia mais

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista MEC e MCTI Programa Quero ser professor Quero ser cientista Contexto: Censo da Educação Superior 2012 Posição Nome OCDE Total % Matrícula % Acumulado 1 Administração 833.042 11,9 11,9 2 Direito 737.271

Leia mais

Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE

Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE IV. CÂMARA TEMÁTICA DA EDUCACÃO, CULTURA E DESPORTOS Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE Meta 1 Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola; Meta 2 Até 2010, 80% e,

Leia mais

DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005

DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005 DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005 Número total de Programas 1 e seus respectivos projetos vinculados, público atendido

Leia mais

FEM. Flávio Figueiredo Secretário Executivo SEPLAG/PE

FEM. Flávio Figueiredo Secretário Executivo SEPLAG/PE FEM Flávio Figueiredo Secretário Executivo SEPLAG/PE FEM Criado em 18 de março de 2013 através da Lei 14.921 Art. 1º Fica instituído o Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal - FEM, mecanismo

Leia mais

FORMAS DE CONTRIBUIÇÃO. O presente anteprojeto de proposta está estruturado a partir de três níveis de organização.

FORMAS DE CONTRIBUIÇÃO. O presente anteprojeto de proposta está estruturado a partir de três níveis de organização. FORMAS DE CONTRIBUIÇÃO O presente anteprojeto de proposta está estruturado a partir de três níveis de organização. O primeiro deles se refere aos eixos norteadores da política. Este nível compreende os

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLOGICO DA PARAÍBA 01/2014

SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLOGICO DA PARAÍBA 01/2014 SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLOGICO DA PARAÍBA 01/2014 PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS 1. APRESENTAÇÃO A Fundação Parque Tecnológico da

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Recursos Humanos II Administração de Sistemas de Informações Contabilidade Básica I Contabilidade Básica II Contabilidade Geral Economia Brasileira e Contemporânea

Leia mais

a) Título: REDE CVT S: Infovia para a inclusão sócio-digital e para o desenvolvimento

a) Título: REDE CVT S: Infovia para a inclusão sócio-digital e para o desenvolvimento Proponente: Universidade Federal de Campina Grande Interveniente e Executor: PaqTCPB I Sintese do Projeto a) Título: REDE CVT S: Infovia para a inclusão sócio-digital e para o desenvolvimento b) Objetivo

Leia mais

Visa, como objetivo final, a promoção do desenvolvimento sustentável da região.

Visa, como objetivo final, a promoção do desenvolvimento sustentável da região. Agenda 21 Comperj Iniciativa voluntária de relacionamento da Petrobras para contribuir para que o investimento na região retorne para a população, fomentando a formação de capital social e participação

Leia mais

ANEXO I- (Quadro de Vagas com as respectivas codificações)

ANEXO I- (Quadro de Vagas com as respectivas codificações) ANEXO I- (Quadro de Vagas com as respectivas codificações) P1 Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Recursos Humanos, Auxiliar Financeiro. Fundamentos da administração, Recursos humanos e departamento de

Leia mais

Eventos. Cerimonial e Protocolo em Eventos

Eventos. Cerimonial e Protocolo em Eventos Eventos Cerimonial e Protocolo em Eventos Administração - Habilitação em Gestão Turística e Administração em Administração em e Comunicação Social com Habilitação em Relações Públicas Gastronomia Letras

Leia mais

Ações do Governo do Estado do Rio de Janeiro com Educação a Distância. Carlos Bielschowsky Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj

Ações do Governo do Estado do Rio de Janeiro com Educação a Distância. Carlos Bielschowsky Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj Ações do Governo do Estado do Rio de Janeiro com Educação a Distância Carlos Bielschowsky Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj 100 mil alunos EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS 1. Graduação do

Leia mais

DEMOCRACIA, ÉTICA E RENOVAÇÃO

DEMOCRACIA, ÉTICA E RENOVAÇÃO PLANO DE GESTÃO CANDIDATURA A DIREÇÃO GERAL DO IFSC CÂMPUS CHAPECÓ ROBERTA PASQUALLI DIRETORA GERAL LUIS FERNANDO POZAS DIRETOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO ELIANDRO LUIZ MINSKI DIRETOR DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Eixos Programa de longo prazo e impacto geracional Rede Cooperação horizontal 1º, 2º e 3º setores Território Criativo - Setor Cultural Estruturante

Eixos Programa de longo prazo e impacto geracional Rede Cooperação horizontal 1º, 2º e 3º setores Território Criativo - Setor Cultural Estruturante Plano 2002 2022: Programa de Cultura e Desenvolvimento Local iniciado em 2002 e liderado pela Sociedade Civil com instituições do 3º setor com o apoio de empresas privadas e Governos locais, estaduais

Leia mais

Relatório das atividades da Ouvidoria da UNISC. nos meses de março e abril /2013

Relatório das atividades da Ouvidoria da UNISC. nos meses de março e abril /2013 Relatório das atividades da Ouvidoria da UNISC nos meses de março e abril /2013 Considerações Em março e abril de 2013, a Ouvidoria da UNISC recebeu 184 solicitações. Das solicitações dos dois meses, 60,33%

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DA PARAÍBA ECONOMIA CRIATIVA - 01/2015

SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DA PARAÍBA ECONOMIA CRIATIVA - 01/2015 SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DA PARAÍBA ECONOMIA CRIATIVA - 01/2015 PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS 1. APRESENTAÇÃO A Fundação

Leia mais

SAUDÁVEL. Você mais PARA MAIORIDADE. PLANTÃO 24h

SAUDÁVEL. Você mais PARA MAIORIDADE. PLANTÃO 24h Você mais SAUDÁVEL Profissionais de Enfermagem à sua disposição 24 horas prestando um serviço de qualidade, por um custo nas dimensões exatas da sua necessidade. CONFIRA ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA PARA MAIORIDADE

Leia mais

Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos

Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos Disseminar a cultura empreendedora e inovadora em Santa Maria Ações de disseminação da Cultura Empreendedora Ações de trabalho conjunto entre Universidades e Comunidade Divulgação do trabalho pelo CEI

Leia mais

Plano Agrícola e Pecuário Centros de Excelência em Educação PAP 2013/2014 Profissional e Assistência Técnica Rural

Plano Agrícola e Pecuário Centros de Excelência em Educação PAP 2013/2014 Profissional e Assistência Técnica Rural Plano Agrícola e Pecuário Centros de Excelência em Educação PAP 2013/2014 Profissional e Assistência Técnica Rural ROSEMEIRE SANTOS Superintendente Técnica Premissas Gerais Centros nacionais de educação

Leia mais

META MUNICIPAL 14: elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação stricto sensu, de modo a atingir a titulação anual de 60.

META MUNICIPAL 14: elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação stricto sensu, de modo a atingir a titulação anual de 60. META MUNICIPAL 14: elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação stricto sensu, de modo a atingir a titulação anual de 60.000 (sessenta mil) mestres e 25.000 (vinte e cinco mil) doutores.

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO Edital Nº 001/2012 -TABELA DE CARGOS

CONCURSO PÚBLICO Edital Nº 001/2012 -TABELA DE CARGOS CONCURSO PÚBLICO Edital Nº 001/2012 -TABELA DE CARGOS NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO (comprovação de escolaridade até a 4ª série do EF atual 5º ano) 01 Servente - Zona Urbana Nível Fundamental Incompleto

Leia mais

N. de Horas. 1 Agricultura Biológica Agricultura Biológica 144 Média Duração Formação Sem Legislação de Suporte

N. de Horas. 1 Agricultura Biológica Agricultura Biológica 144 Média Duração Formação Sem Legislação de Suporte Anexo II - Técnicos. Correspondência dos Cursos realizados no Entre Douro e Minho, entre 94 e 03, por área temática, tema do curso, duração, 1 Agricultura Biológica Agricultura Biológica 144 Média Duração

Leia mais

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS Estabelece a política de pesquisa, desenvolvimento, inovação e extensão da Universidade Positivo (UP). O CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR (CAS), órgão da administração superior

Leia mais

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica Edital 1/2014 Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica A (PoloSul.org) torna pública a presente chamada e convida os interessados para apresentar propostas de incubação

Leia mais

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de sua competência e em conformidade com o estabelecido no 1o- do art 10, da Lei no- 11.091, de 12 de janeiro de 2005, resolve:

Leia mais

Cooperação e Governança em Arranjos Produtivos Locais

Cooperação e Governança em Arranjos Produtivos Locais Cooperação e Governança em Arranjos Produtivos Locais 1ª Conferência Brasileira sobre Arranjos Produtivos Locais Carlos Roberto Rocha Cavalcante Superintendente 2004 Histórico de Atuação do IEL 1969 -

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PESQUISA E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PESQUISA E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PESQUISA E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO ANEXO I BOLSAS DE EXTENSÃO 2015/2016 1. IDENTIFICAÇÃO ATIVIDADE ver anexo I ( ) Projetos ( ) Programas ÁREAS TEMÁTICAS ver anexo

Leia mais

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS Cursos de Pós-Graduação a Distância em Administração Pública - EAD Administração de Casas Legislativas Administração de RH no Setor Público Administração Patrimonial em Organizações

Leia mais

V CINFORM Encontro Nacional de Ciência da Informação. Política de Informação Pública

V CINFORM Encontro Nacional de Ciência da Informação. Política de Informação Pública V CINFORM Encontro Nacional de Ciência da Informação Política de Informação Pública Salvador, 28 a 30 de junho de 2004 Política de Informação Pública Inclusão Digital de Micro e Pequeno Empresa Telecentros

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA 06/ 05/ INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO º SEMESTRE 05 ANEXO II EDITAL Nº 8/05 DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA Técnico em Redes de Computadores

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL BAIANO CAMPUS URUÇUCA PLANO DE TRABALHO QUADRIÊNIO 2014-2018 EURO OLIVEIRA DE ARAÚJO

INSTITUTO FEDERAL BAIANO CAMPUS URUÇUCA PLANO DE TRABALHO QUADRIÊNIO 2014-2018 EURO OLIVEIRA DE ARAÚJO INSTITUTO FEDERAL BAIANO CAMPUS URUÇUCA PLANO DE TRABALHO QUADRIÊNIO 2014-2018 EURO OLIVEIRA DE ARAÚJO Euro Oliveira de Araújo, graduado em Licenciatura em Química pela Universidade Estadual da Bahia.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS RESOLUÇÃO Nº. 82 DE 28 DE MAIO DE 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS RESOLUÇÃO Nº. 82 DE 28 DE MAIO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº. 82 DE 28 DE MAIO DE 2015 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS, no uso de suas atribuições legais RESOLVE: I) Aprovar a Avaliação de Desempenho da Fundação de

Leia mais

Inovação & Sustentabilidade

Inovação & Sustentabilidade Inovação & Sustentabilidade O Sapiens Parque O Sapiens Parque Projeto de Desenvolvimento Regional que integra público e privado Novo conceito: Parque de Inovação Idealizado para promover : turismo, serviços

Leia mais

11. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

11. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES 11. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES AÇÕES 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 2 0 21 2 2 2 3 24 Segmento do Estímulo à Participação (ESP) 1) Constituição da Equipe Técnica Social executora do projeto:

Leia mais

Edital de Retificação nº 357, de 21 de novembro de 2013

Edital de Retificação nº 357, de 21 de novembro de 2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS PROFESSOR EFETIVO DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO

Leia mais

História da tecnologia em São José dos Campos. Cbers. 1ª Exportação. Sistema Astros. Programa Bandeirante. Embraer 170/190

História da tecnologia em São José dos Campos. Cbers. 1ª Exportação. Sistema Astros. Programa Bandeirante. Embraer 170/190 São José dos Campos São Paulo Brasil, Junho de 2015 História da tecnologia em São José dos Campos 1947 1950 1961 1965 1969 1971 1975 1ª Exportação 1999 Cbers Sistema Astros Programa Bandeirante Embraer

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 20/1/2005 (*) Portaria/MEC nº 174, publicada no Diário Oficial da União de 20/1/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE E SETOR PRODUTIVO

INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE E SETOR PRODUTIVO INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE E SETOR PRODUTIVO LIRA, B. B. - belarminolira@ct.ufpb.br Universidade Federal da Paraíba, Centro de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil UFPB/CT/DEC. PONTES, L. R. A. -

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E

POLÍTICAS PÚBLICAS DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO CARTA SÃO PAULO 2006 1 CARTA SÃO PAULO 2006 Visão para inovação, competitividade e renda. Reunidos na cidade de São Paulo-SP, no dia 25 de agosto de

Leia mais

Desenvolvimento Regional Sustentável - DRS. Crise Mundial e o Desenvolvimento Regional: Desafios e Oportunidades

Desenvolvimento Regional Sustentável - DRS. Crise Mundial e o Desenvolvimento Regional: Desafios e Oportunidades Desenvolvimento Regional Sustentável - DRS Crise Mundial e o Desenvolvimento Regional: Desafios e Oportunidades Grandes números do Banco do Brasil Ativos totais: R$ 598 bilhões Clientes: 48,1 milhões Carteira

Leia mais

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio)

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) 1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) Administração Administração (EII) Administração - Habilitação em Administração de Empresas Administração - Habilitação em Administração

Leia mais

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Para todos os ambientes organizacionais para todos os servidores, independentemente do ambiente organizacional: Administração pública Estado,

Leia mais

Desenvolvimento I CONFERÊNCIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL VETORES DE DESENVOLVIMENTO

Desenvolvimento I CONFERÊNCIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL VETORES DE DESENVOLVIMENTO Desenvolvimento I CONFERÊNCIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL VETORES DE DESENVOLVIMENTO 1 Desenvolvimento... o desenvolvimento é uma corrida de longa distância, e nela há um elemento de solidão,

Leia mais

Cartilha Interação Universidade-Empresa

Cartilha Interação Universidade-Empresa UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE Cartilha Interação Universidade-Empresa Potencial e Competências da Universidade Federal de Campina Grande C a m p i n a G r a n d e - PB S e t e m b r o 2 0 1 3

Leia mais

CURSOS DO ENSINO SECUNDÁRIO. Cursos Científico- Humanísticos. Ensino Superior. Mercado de Trabalho

CURSOS DO ENSINO SECUNDÁRIO. Cursos Científico- Humanísticos. Ensino Superior. Mercado de Trabalho CURSOS DO ENSINO SECUNDÁRIO Cursos Científico- Humanísticos Ensino Superior Cursos Profissionais Mercado de Trabalho CURSOS DO ENSINO SECUNDÁRIO Cursos Científico- Humanísticos Exames Nacionais (obrigatórios)

Leia mais

Profª.. MSc. Silvana Pimentel de Oliveira Manaus/2009

Profª.. MSc. Silvana Pimentel de Oliveira Manaus/2009 Profª.. MSc. Silvana Pimentel de Oliveira Manaus/2009 SECT- AM: Missão e Diretrizes A SECT foi criada para formular e gerir políticas estaduais de C&T buscando articular os esforços os de fazer com que

Leia mais

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia ANEXO XIII XXXIII REUNIÓN ESPECIALIZADA DE CIENCIA Y TECNOLOGÍA DEL MERCOSUR Asunción, Paraguay 1, 2 y 3 de junio de 2005 Gran Hotel del Paraguay Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia Anexo XIII Projeto:

Leia mais

Apresentações Técnicas. ciclo de seminários NOVOS MODELOS ORGANIZACIONAIS

Apresentações Técnicas. ciclo de seminários NOVOS MODELOS ORGANIZACIONAIS Apresentações Técnicas ciclo de seminários NOVOS MODELOS ORGANIZACIONAIS Seminário IV Novos Modelos Organizacionais de Ciência e Tecnologia Apresentações Técnicas São Paulo, 2007 APRESENTAÇÃO A área de

Leia mais

EDITAL Nº 154, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015.

EDITAL Nº 154, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓOGICO DA PARAÍBA 01/2013

SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓOGICO DA PARAÍBA 01/2013 SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓOGICO DA PARAÍBA 01/2013 PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS A Diretora Geral da Fundação Parque Tecnológico

Leia mais

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social AGENDA SOCIAL AGENDA SOCIAL Estamos lutando por um Brasil sem pobreza, sem privilégios, sem discriminações. Um país de oportunidades para todos. A melhor forma para um país crescer é fazer que cada vez

Leia mais

Janelas de Oportunidades Locacionais: o PAPL alagoano. Francisco Rosário FEAC/UFAL Keuller Hissa FEAC/UFAL

Janelas de Oportunidades Locacionais: o PAPL alagoano. Francisco Rosário FEAC/UFAL Keuller Hissa FEAC/UFAL Janelas de Oportunidades Locacionais: o PAPL alagoano Francisco Rosário FEAC/UFAL Keuller Hissa FEAC/UFAL Agenda 1. Por que Janelas de Oportunidades Locacionais? O contexto do debate. 2. A política de

Leia mais

Anexo III ARTICULAÇÕES POSSÍVEIS

Anexo III ARTICULAÇÕES POSSÍVEIS QUADRO DE ARTICULAÇÃO DOS PROJETOS ESTRUTURANTES ENSINO FUNDAMENTAL PROJETOS ESTRUTURANTES ARTICULADOS ARTICULAÇÕES POSSÍVEIS OPERACIONALIZAÇÃO Gestão da Aprendizagem Escolar (GESTAR) + Programa Mais Educação

Leia mais

1 Disseminar a cultura de empreender e inovar, fortalecendo as ações do Comitê de Empreendedorismo e Inovação (CEI)

1 Disseminar a cultura de empreender e inovar, fortalecendo as ações do Comitê de Empreendedorismo e Inovação (CEI) Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos Visão: "Que em 2020 Santa Maria e região sejam referência pela capacidade de empreender,

Leia mais

REGULAMENTO SEMANA UEMG

REGULAMENTO SEMANA UEMG REGULAMENTO SEMANA UEMG Belo Horizonte, abril de 2015 0 SUMÁRIO CAPÍTULO I DA SEDE, DATA E DA INSTITUIÇÃO PROMOTORA... 2 CAPÍTULO II DA ABRANGÊNCIA DA SEMANA UEMG... 2 CAPÍTULO III DOS OBJETIVOS... 2 CAPÍTULO

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO FINANCEIRO Nº 01

RELATÓRIO DE DESEMPENHO FINANCEIRO Nº 01 RELATÓRIO DE DESEMPENHO FINANCEIRO Nº 01 Fortalecimento da Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas na Amazônia Instituto de Conservação Ambiental The Nature Conservancy do Brasil - TNC Brasil

Leia mais

MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE QUADROS

MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE QUADROS MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE QUADROS O PNFQ E O MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR Ministério do Ensino Superior é responsável pela formação de quadros superiores altamente especializados

Leia mais

Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN

Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN Alguns indicadores I n d i c a d o r e s 2006 Acréscimo Número de Alunos Graduação (Regulares, Probásica e Educação a Distância) 23.924 Pós-Graduação (Mestrado

Leia mais

Edital PROEX/IFRS nº 035/2015. Seleção de servidores do IFRS para composição da Comissão de Avaliação ad hoc de Extensão

Edital PROEX/IFRS nº 035/2015. Seleção de servidores do IFRS para composição da Comissão de Avaliação ad hoc de Extensão Edital PROEX/IFRS nº 035/2015 Seleção de servidores do IFRS para composição da Comissão de Avaliação ad hoc de Extensão A Pró-reitora de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE TÉCNICOS BOLSISTAS PROJETO CVDS

EDITAL PARA SELEÇÃO DE TÉCNICOS BOLSISTAS PROJETO CVDS EDITAL PARA SELEÇÃO DE TÉCNICOS BOLSISTAS PROJETO CVDS Manaus, 04 de Dezembro de 2014. 1. CONTEXTUALIZAÇÃO O Centro Vocacional para o Desenvolvimento Sustentável (CVDS), trata-se de um projeto piloto que

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA INCUBAÇÃO DE EMPREENDIMENTOS DA ECONOMIA CRIATIVA NO PORTO DIGITAL (CP 01/2012)

CHAMADA PÚBLICA PARA INCUBAÇÃO DE EMPREENDIMENTOS DA ECONOMIA CRIATIVA NO PORTO DIGITAL (CP 01/2012) CHAMADA PÚBLICA PARA INCUBAÇÃO DE EMPREENDIMENTOS DA ECONOMIA CRIATIVA NO PORTO DIGITAL (CP 01/2012) 1. APRESENTAÇÃO O Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD), com o apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia

Leia mais

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº. 001/ 2010

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº. 001/ 2010 UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº. 001/ 2010 SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA CADASTRAMENTO DE PROFESSOR MEDIADOR ( TUTOR) PRESENCIAL PARA O CURSO DE LICENCIATURA

Leia mais

Encontro de alunos EaD e presencial da UFRRJ. A educação a distancia no Consórcio CEDERJ: Alguns dados

Encontro de alunos EaD e presencial da UFRRJ. A educação a distancia no Consórcio CEDERJ: Alguns dados Encontro de alunos EaD e presencial da UFRRJ A educação a distancia no Consórcio CEDERJ: Alguns dados Masako Oya Masuda Vice-Presidente de Educação a Distância O que é o Consórcio CEDERJ? Consórcio das

Leia mais

capacitação e qualificação de pessoas envolvidas na área; produção e divulgação de informações, conhecimentos e material didático na área.

capacitação e qualificação de pessoas envolvidas na área; produção e divulgação de informações, conhecimentos e material didático na área. 1 LINHAS DE EXTENSÃO A atividade de extensão deve compreender linhas que especifiquem e detalhem os temas para a nucleação das ações de extensão, por meio das cinqüenta e três linhas de extensão, conforme

Leia mais

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte foi

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte foi A Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte foi criada pela Lei Complementar Nº 257, de 14/11/2003 e tem seu funcionamento regido pelo Decreto Nº 17.456, de 19/04/2004, com recursos previstos

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO ABLA

PROGRAMA NACIONAL DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO ABLA PROGRAMA NACIONAL DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO ABLA Programa Nacional de Capacitação e Qualificação ABLA Convênio nº 635/2007. Objeto: Aumentar a qualidade na prestação de serviços e competitividade dos

Leia mais