Órgão Julgador: 1ª Câmara Cível Isolada

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Órgão Julgador: 1ª Câmara Cível Isolada"

Transcrição

1 1. COLOCAÇÃO EM FAMÍLIA SUBSTITUTA Nº do Acórdão: Nº do Processo: Recurso / Ação:Agravo de Instrumento Órgão Julgador: 1ª Câmara Cível Isolada Data de Julgamento:28/02/2005 Relator:Desembargadora Maria Izabel de Oliveira Benone EMENTA: AGRAVO DE INSTRUMENTO - EXECUÇÃO DE MEDIDA SÓCIO EDUCATIVA DE INTERNAÇÃO APLICADA AO RECORRENTE FACE ESTAR ESTE CUMPRINDO A MEDIDA HÁ MAIS DE ANOS. PROGRESSÃO DE INTERNAÇÃO PARA MEDIDA DE LIBERDADE ASSISTIDA - RECURSO IMPROVIDO POIS NO DECORRER DA LIBERDADE ASSISTIDA, O RECORRENTE TEM SE COMPORTADO DE FORMA INCOMPATÍVEL COM O CONVÍVIO SOCIAL - FALTA ÀS AULAS, VOLTA A SE RECOLHER DE MADRUGADA COM SINTOMAS DE INGESTÃO DE BEBIDA ALCOÓLICA, CAUSANDO TUMULTOS NA UNIDADE DE SEMI-LIBERDADE, ENFIM, SOBEJAMENTE PROVADA NÃO ESTAR PRONTO PARA A LIBERDADE ASSISTIDA - MANTIDA A DECISÃO A QUO - UNÂNIME. ACORDAM, OS EXMOS. SRS. DESEMBARGADORES QUE INTEGRAM A COLENDA 1ª CÂMARA CÍVEL ISOLADA DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ, ATRAVÉS DE SUA TURMA JULGADORA, À UNANIMIDADE DE VOTOS, EM CONHECER DO RECURSO, MAS NEGAR-LHE PROVIMENTO NOS TERMOS DO VOTO DA DESEMBARGADORA RELATORA. JULGAMENTO PRESIDIDO PELA EXMA. SRA. DESEMBARGADORA MARIA HELENA D'ALMEIDA FERREIRA. BELÉM, 28 DE FEVEREIRO DE 2005 DESA. MARIA IZABEL DE OLIVEIRA BENONE RELATORA 07/04/ VIDE EMENTA

2 Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Apelação Cível Órgão Julgador: 3ª Câmara Cível Isolada Data de Julgamento:08/05/2003 Relator: Maria do Céu Cabral Duarte APELAÇÃO CIVIL. ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE GUARDA DE MENOR PRETENDIDA POR AVÓ. I - SOMENTE EM CASOS ESPECIAIS É DADA A GUARDA DE MENOR PRETENDIDA PELOS AVÓS, POIS O IDEAL- É DA ESSÊNCIA DO ESTATUTO DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE- QUE OS FILHOS MENORES PERMANEÇAM COM SEUS GENITORES. 21/05/2003 Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Conflito de Competência Data de Julgamento:18/04/2001 Comarca:Ananindeua - PA Relator: Milton Augusto de Brito Nobre Órgão Julgador: Órgão Especial COMFLITO DE COMPETÊNCIA - GUARDA DE MENOR PARA FINS PREVIDENCIÁRIOS. I - MENOR FILHO DE PAIS SEPARADOS, QUE SE ENCONTRA SOB A GUARDA E DEPENDÊNCIA ECONÔMICA DA AVÓ MATERNA. II - JULGAMENTO AFETO À VARA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE, POIS, A COMPETÊNCIA É FIXADA PELA ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO E SITUAÇÃO DE RISCO DO MENOR. III - NÃO É A CIRCUNSTÂNCIA DE SEREM POIS, TIOS OU OUTROS PARENTES PERSONAGENS DO PROCESSO, QUE POR SI SÓ FIRMA A COMPETÊNCIA OU NÃO DA JUSTIÇA TUTELAR. MAS, É A VERIFICAÇÃO DE QUE A CRIANÇA OU ADOLESCENTE SE ENQUADRA OU NÃO NAS SITUAÇÕES JURIDICAS DO ART. 33, 1º, 2º E 3º, DO ESTATUTO DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE. IV - DECISÃO UNÂNIME. Votação unânime. Conflito provido para declarar competente a Vara da Infância e Juventude. 14/05/2001

3 INSTÂNCIA SUPERIOR - ARGUIÇÃO - COMFLITO DE COMPETÊNCIA - JULGAMENTO - PROVIMENTO - COMPETÊNCIA - VARA DA FAMILIA - MOTIVO - AUSÊNCIA - SITUAÇÃO DE RISCO Doutrina: Antonio Fernando do amaral e Silva Obra. estatuto da Criança e Adolescente Comentado Editora. RT 716, Pag. 359 LEI - Federal - Nº Ano Art. 98,LEI - Federal - Nº Ano Art. 33 Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Apelação Cível Órgão Julgador: 3ª Câmara Cível Isolada Data de Julgamento:17/12/1999 Relator: Sônia Maria de Macedo Parente APELAÇÃO CÍVEL - JUSTIÇA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE - CF/88 E LEI Nº 8.069/90 (ECA). NÃO ESTANDO CONFIGURADA NOS AUTOS QUALQUER SITUAÇÃO DE RISCO, INCABÍVEL A COLOCAÇÃO DA CRIANÇA OU ADOLESCENTE EM FAMÍLIA SUBSTITUTA. COMPROVADO NA ESPÉCIE QUE A MÃE DA CRIANÇA TRABALHA, MANTÉM CONDUTA EXEMPLAR E CUIDA DO FILHO COM DESVELO, CARINHO E SEGURANÇA, DE MODO A PROPORCIAR-LHE UM DESENVOLVIMENTO SADIO, COM BOA FORMAÇÃO FÍSICA, MORAL E SOCIAL, MERECE SER MANTIDA A SENTENÇA DE PRIMEIRO GRAU QUE JULGOU IMPROCEDENTE A GUARDA REQUERIDA PELOS PADRINHOS DA CRIANÇA. RECURSO CONHECIDO, MAS, IMPROVIDO. DECISÃO UNÂNIME. AGUARDANDO INDEXAÇÃO.

4 Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Apelação Cível Órgão Julgador: 1ª Câmara Cível Isolada Data de Julgamento:13/12/1999 Comarca:São Sebastião da Boa Vista - PA Relator: Maria do Céu Cabral Duarte APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DE ADOÇÃO - IMPOSSIBILIDADE DE ADOÇÃO POR AVÓS EX VI PARÁGRAFO 1º, DO ART. 42 DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, QUE APRESENTA PROIBIÇÃO EXPRESSA. AGUARDANDO INDEXAÇÃO. Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Agravo de Instrumento Órgão Julgador: 1ª Câmara Cível Isolada Data de Julgamento:29/03/1999 Relator: Marta Inês Antunes Jadão DIREITO DO MENOR - ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. 1.PODE A TUTELA ANTECIPADA PRESCINDIR DE ANTERIOR MANIFESTAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO, COMO ATO DO JUIZ PRESO APENAS AOS PRESSUPOSTOS DO ARTIGO 273, INCISO I DO CÓDIGO DE

5 PROCESSO CIVIL. 2. COMPROVADA QUE A SITUAÇÃO DO MENOR É SATISFATÓRIA AO LADO DE SEU PAI, COM O QUAL CONVIVE DES A TENRA IDADE, A MANTENÇA DA GUARDA ATENDE A RECOMENDAÇÃO DO ECA DE QUE O INTERESSE DA CRIANÇA SE SOBREOE AO INTERESSE DE SEUS PAIS. INSTÂNCIA INFERIOR - DESPACHO JUDICIL - CONCESSÃO - ANTECIPAÇÃO - TUTELA - AÇÃO JUDICIAL - ALTERAÇÃO - CLÁUSULA - ACÓRDO - CASAL - DESQUITE - INSTÂNCIA SUPERIOR - INTERPOSIÇÃO - AGRAVO DE INSTRUMENTO - JULGAMENTO - DESPROVIMENTO - RECURSO JUDICIAL - MOTIVO - DECISÃO JUDICIAL - GUARDA - MENOR - AUSÊNCIA - COISA JULGADA - LEGALIDADE - ALTERAÇÃO - CPC-73 art. 273 I Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Apelação Cível Órgão Julgador: 2ª Câmara Cível Isolada Data de Julgamento:19/03/1998 Relator: Osmarina Onadir Sampaio Nery GUARDA E VIGILÂNCIA DE MENOR - PRETENSÃO DA TIA COM A FINALIDADE DE GARANTIR BENEFÍCIO EDUCACIONAL AO INFANTE. INADMISSIBILIDADE FRENTE A NORMA INSCULPIDA NO ART. 33, PARÁGRAFO 2º DO ECA. 1- NÃO É DE SE RECONHECER VIABILIDADE JURÍDICA A PRETENSÃO IN CASU. O INTERESSE DE GARANTIR BENEFÍCIO EDUCACIONAL AO INFANTE NÃO CARACTERIZA A SITUAÇÃO EXCEPCIONAL QUE JUSTIFICA, NOS TERMOS DO ART. 33, PARÁGRAFO 2º, DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, O DEFERIMENTO DE GUARDA E VIGILÂNCIA DO MENOR À PRETENDENTE. 2- RECURSO CONHECIDO MAS IMPROVIDO. DECISÃO UNÂNIME. INSTÂNCIA INFERIOR - PEDIDO - TIO - GUARDA - MENOR - OBJETO - BENEFÍCIO - INSTRUÇÃO - SENTENÇA JUDICIAL - INDEFERIMENTO -

6 INSTÂNCIA SUPERIOR - APELAÇÃO CÍVEL - DESPROVIMENTO - MOTIVO - AUSÊNCIA - JUSTIFICATIVA - ESTATUTO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCENTE. ECA-90 art Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Conflito de Competência Órgão Julgador: Órgão Especial Data de Julgamento:26/11/1997 Comarca:Ananindeua - PA Relator: Climeniè Bernadette de Araújo Pontes CONFLITO DE COMPETÊNCIA CÍVEL - GUARDA DE MENOR - SITUAÇÃO DE RISCO LEI Nº 8.069/90 (ECA) - JUÍZO COMPETENTE. COM A EDIÇÃO DA LEI Nº 8069/90 (ECA), A INTERPRETAÇÃO DOUTRINÁRIA E JURISPRUDENCIAL É DE QUE A VARA DE MENORES SÓ POSSUI COMPETÊNCIA PARA PROCESSAR E JULGAR PEDIDO DE GUARDA DE MENOR EM SITUAÇÃO DE RISCO, NÃO ESTANDO O MENOR NESTA SITUAÇÃO, A COMPETÊNCIA PARA PROCESSAR E JULGAR O PEDIDO É DE VARA DE FAMÍLIA. Votação unânime. Conflito julgado procedente. INSTÂNCIA INFERIOR - PEDIDO - GUARDA - MENOR - ALEGAÇÕES - SITUAÇÃO RISCO - MINISTÉRIO PÚBLICO - ARGUIÇÃO - PRELIMINAR - CONFLITO DE COMPETÊNCIA - INSTÂNCIA SUPERIOR - JULGAMENTO - PROCEDÊNCIA - MOTIVO VARA DE FAMÍLIA - PROCESSAMENTO - MENOR - AUSÊNCIA - PERIGO. Doutrina: Wilson Donizeti Liberati, Estatuto da Criança e do Adolescente,, Ed. IBPS 1ª Ed. 1991, Comentários, 0088, n art. 148 Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Conflito de Competência

7 Órgão Julgador: Órgão Especial Data de Julgamento:26/11/1996 Relator: José Alberto Soares Maia Comarca:Ananindeua - PA SITUAÇÃO DE RISCO - COMPETÊNCIA DA VARA DA INFÂNCIA E JUVENTUDE. A VARA DA INFÂNCIA E JUVENTUDE, SOMENTE É COMPETENTE, AOS PEDIDOS DE MENORES QUE SE ENCONTRAM EM SITUAÇÃO DE RISCO. IMPROCEDENTE, Á UNANIMIDADE. Votação unânime. Conflito provido para declarar competente a Vara da Assistência Judiciária. INSTÂNCIA INFERIOR - PROCESSO - OBJETO - TUTELA - MENOR - MINISTÉRIO PÚBLICO - ARGUIÇÃO - CONFLITO DE COMPETÊNCIA - INSTÂNCIA SUPERIOR - JULGAMENTO - DESPROVIMENTO - MOTIVO - AUSÊNCIA - SITUAÇÃO - RISCO - LEGALIDADE - ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. n art. 149 Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Apelação Cível Órgão Julgador: 2ª Câmara Cível Isolada Data de Julgamento:07/08/1997 Relator: Maria Helena D'Almeida Ferreira GUARDA DE MENOR - PEDIDO FORMULADO PELA AVÓ - ANUÊNCIA DOS PAIS - ADMISSIBILIDADE - PREVALÊNCIA DO INTERESSE DO MENOR. NAS QUESTÕES RELATIVAS A GUARDA DE MENOR, A DECISÃO DEVE ATENDER DE MODO RELEVANTE, AO INTERESSE DO MENOR. ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE ARTS. 6º E 7º. RECURSO CONHECIDO E PROVIDO, PARA REFORMAR A SENTENÇA DE PRIMEIRO GRAU. Votação unânime. Recurso provido.

8 INSTÂNCIA INFERIOR - DECISÃO JUDICIAL - AUTOS - PEDIDO - GUARDA MENOR - AUTOR - ANO - INDEFERIMENTO - INSTÂNCIA SUPERIOR - INTERPOSIÇÃO - RECURSO JUDICIAL - JULGAMENTO - PROVIMENTO - APELAÇÃO CÍVEL - MOTIVO - RELEVÂNCIA - INTERESSE - MENOR - OBJETIVO - LEGALIDADE - FATO - SITUAÇÃO - EXISTÊNCIA. Doutrina: José Luiz Mônaco da Silva, Estatuto da Criança e do Adolescente,, Comentários Ed. RT 1994.,, 0052, n art. 22 n art n art. 6 n art. 7 Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Apelação Cível Data de Julgamento:23/12/1996 Comarca:Paragominas - PA Relator: Ricardo Borges Filho Órgão Julgador: 1ª Câmara Cível Isolada APELAÇÃO CÍVEL - ADOÇÃO DE MENOR IMPÚBERE - RESPEITADAS AS EXIGÊNCIAS DO ESTATUTO DA CRIANÇAE DO ADOLESCENTE É DE SER DEFERIDA A ADOÇÃO DE MENOR IMPÚBERE AO CASAL QUE A REQUEREU - RECURSO PROVIDO Á UNANIMIDADE DE VOTOS. Votação unânime. Recurso provido. INSTÂNCIA INFERIOR - PEDIDO - ADOÇÃO - MENOR - INDEFERIMENTO - JUIZ MOTIVO - EXISTÊNCIA - CONDIÇÃO FINANCEIRA - MÃE - INSTÂNCIA SUPERIOR - APELAÇÃO CÍVEL - JULGAMENTO - PROVIMENTO - MOTIVO - OBEDIÊNCIA - ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - CASO - SUBJUDICE. F5/F6

9 Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Apelação Cível Data de Julgamento:12/02/1993 Comarca:Ananindeua - PA Relator: Calistrato Alves de Mattos Órgão Julgador: 3ª Câmara Cível Isolada APELAÇÃO CÍVEL - ADOÇÃO - FALTA DA PUBLICAÇÃO DO EDITAL CHAMANDO A MÃE BIOLÓGICA. O ESPIRITO DA LEI Nº DE ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE), É PROTEGER A CRIANÇA ABANDONADA, COLOCANDO - A COMO CENTRO DAS ATENÇÕES DA JUSTIÇA. A SIMPLES FALTA DE PROVA DA PUBLICAÇÃO DO EDITAL, CHAMANDO A MÃE BIOLÓGICA, É MERA IRREGULARIDADE, O QUE NÃO CARACTERIZA NULIDADE DA SENTENÇA. APELAÇÃO NÃO PROVIDA. DECISÃO UNÂNIME. ADOÇÃO - AUSÊNCIA - PUBLICAÇÃO - EDITAL - MÃE BIOLÓGICA - IMPOSSIBILIDADE - NULIDADE - SENTENÇA JUDICIAL - PRELIMINAR - REJEIÇÃO - ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - PROTEÇÃO - MENOR ABANDONADO. Federal, Lei n Nº do Acórdão: Recurso / Ação:Apelação Cível Órgão Julgador: 3ª Câmara Cível Isolada Data de Julgamento:23/06/1995 Relator: Climeniè Bernadette de Araújo Pontes

10 APELAÇÃO. PEDIDO DE AGUARDA DE MENOR. SITUAÇÃO DE RISCO. PARA QUE SEJA CONCEDIDA A GUARDA NÃO É NECESSÁRIO QUE A CRIANÇA OU O ADOLESCENTE ESTEJA EM SITUAÇÃO DE RISCO. SE O PEDIDO OBSERVA OS PRESSUPOSTOS EXIGIDOS PELO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, NÃO HÁ PORQUE NEGÁ LO. RECURSO CONHECIDO E PROVIDO. Votação unânime. Recurso provido. INSTÂNCIA INFERIOR - MAGISTRADO - DENEGAÇÃO - PEDIDO - GUARDA DE MENOR - INSTÂNCIA SUPERIOR - APELAÇÃO CÍVEL - PROVIMENTO - RECURSO JUDICIAL - MOTIVO - APLICAÇÃO - ESTATUTO DA CRIANÇA E DA ADOLESCENTE. Federal, Lei n art. 190

Órgão Julgador: 2ª Câmara Cível Isolada. Data de Julgamento: 28/02/2005

Órgão Julgador: 2ª Câmara Cível Isolada. Data de Julgamento: 28/02/2005 1. BUSCA E APREENSÃO DE MENOR Nº do Acórdão: 55717 Nº do Processo:20043004130-1 Recurso / Ação:Agravo de Instrumento Órgão Julgador: 2ª Câmara Cível Isolada Data de Julgamento: 28/02/2005 Comarca: Ananindeua

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0035.12.011240-0/001 Númeração 1041280- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Pedro Bernardes Des.(a) Pedro Bernardes 30/04/2013 06/05/2013 EMENTA: AGRAVO

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0000.15.033552-9/000 Númeração 0335529- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Audebert Delage Des.(a) Audebert Delage 18/08/2015 28/08/2015 EMENTA: CONFLITO

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0145.14.044695-9/002 Númeração 0823209- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Pedro Bernardes Des.(a) Pedro Bernardes 26/05/0015 19/06/2015 EMENTA: AGRAVO

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA.

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELAÇÃO CÍVEL Nº 1.401.899-0, DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELANTE: CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SCHOENSTATT. APELADO: LUIZ ADRIANO DE VEIGA BOABAID. RELATOR:

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A.

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELADO: STELA MARIS SCHUTZ Número do Protocolo : 8785/2004 Data de Julgamento : 29-6-2004 EMENTA APELAÇÃO CÍVEL DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO TELEFÔNICO COMBINADA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO Identificação PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO PROCESSO nº 0001876-26.2014.5.11.0015 (AIRO) AGRAVANTE: SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS URBANAS

Leia mais

Dados Básicos. Ementa. Íntegra

Dados Básicos. Ementa. Íntegra Dados Básicos Fonte: 91939/2011 Tipo: Acórdão TJMT Data de Julgamento: 14/03/2012 Data de Aprovação Data não disponível Data de Publicação: Data não disponível Estado: Mato Grosso Cidade: Sinop Relator:

Leia mais

RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008

RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SERGIPE ACÓRDÃO: 862/2008 RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008 PROCESSO: 2008900809 RECORRENTE SUL AMERICA CIA. NACIONAL DE SEGUROS VANESSA RODRIGUES DE

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA 1 ri PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

ESTADO DA PARAÍBA 1 ri PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA /1, I?. 11f271-1. N.- t ESTADO DA PARAÍBA 1 ri PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador r lir 18: fío r, Marcos Cavalcantide Albuquerque J - 11 8. 001301.4, azul&,p0', _ ACÓRDÃO APELAÇÃO

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0194.09.096338-1/001 Númeração 0963381- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Mota e Silva Des.(a) Mota e Silva 09/06/2009 30/06/2009 EMENTA: DIREITO

Leia mais

Dados Básicos. Ementa. Íntegra. Fonte: Tipo: Acórdão STJ. Data de Julgamento: 19/03/2013. Data de Aprovação Data não disponível

Dados Básicos. Ementa. Íntegra. Fonte: Tipo: Acórdão STJ. Data de Julgamento: 19/03/2013. Data de Aprovação Data não disponível Dados Básicos Fonte: 1.281.236 Tipo: Acórdão STJ Data de Julgamento: 19/03/2013 Data de Aprovação Data não disponível Data de Publicação:26/03/2013 Estado: São Paulo Cidade: Relator: Nancy Andrighi Legislação:

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 90425-67.2011.8.09.0000 (201190904250) DE ANÁPOLIS AGRAVANTE AGRAVADO CÂMARA VILMAR FERREIRA PRODUTOS ALIMENTÍCIOS ORLÂNDIA S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA DESEMBARGADOR CARLOS ESCHER

Leia mais

14ª Sessão Ordinária do(a) 4ª TURMA SUPLEMENTAR

14ª Sessão Ordinária do(a) 4ª TURMA SUPLEMENTAR (20QÞ0US`) TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1a. REGIÃO SECRETARIA JUDICIÁRIA CENTRAL EXECUTIVA DE APOIO PROCESSUAL 14ª Sessão Ordinária do(a) 4ª TURMA SUPLEMENTAR Pauta de: 03/07/2012 Julgado em : 03/07/2012

Leia mais

ACÓRDÃO 7ª TURMA EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. Acolhidos, para corrigir os vícios verificados.

ACÓRDÃO 7ª TURMA EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. Acolhidos, para corrigir os vícios verificados. ACÓRDÃO 7ª TURMA EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. Acolhidos, para corrigir os vícios verificados. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de Recurso Ordinário nº TRT-RO-0090200-06.2008.5.01.0039, nos

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão DJe 07/03/2012 Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR AGTE.(S) AGDO.(A/S) : MIN. AYRES BRITTO :MASTER DISTRIBUIDORA DE REVISTAS LTDA : MAURICIO PEREIRA DA SILVA E OUTRO(A/S) :MUNICÍPIO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO. 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N /4. Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO. 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N /4. Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N 1 2 4 1 4 9 0-0/4 Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V. CÍVEL P r o c e s s o 38380/08 APTE RAIMUNDA AUGUSTA LIMA ALVES APDO MARÍTIMA

Leia mais

Processo originário da 4ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro.

Processo originário da 4ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro. ACÓRDÃO 8ª TURMA CONTRATO DE EXPERIÊNCIA. PRORROGAÇÃO. AUSÊNCIA DE NULIDADE. É lícita a prorrogação do contrato de experiência inicialmente firmado por trinta dias, para mais sessenta. Recorrente: DAIANA

Leia mais

Apelação Criminal nº , oriundo do Juizado Especial Criminal da Comarca de Curitiba.

Apelação Criminal nº , oriundo do Juizado Especial Criminal da Comarca de Curitiba. Apelação Criminal nº 0027371-37.2012.8.16.0182, oriundo do Juizado Especial Criminal da Comarca de Curitiba. Apelante: Ivan Lelis Bonilha Apelado: Esmael Alves de Moraes Interessado: Ministério Público

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Registro: 2014.0000113011 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0016739-69.2012.8.26.0053, da Comarca de São Paulo, em que são apelantes FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO (E OUTROS(AS))

Leia mais

O Exmº. Sr. Desembargador Federal EDILSON PEREIRA NOBRE JÚNIOR (Relator):

O Exmº. Sr. Desembargador Federal EDILSON PEREIRA NOBRE JÚNIOR (Relator): PROCESSO Nº: 0806399-92.2014.4.05.8100 - APELAÇÃO RELATÓRIO O Exmº. Sr. Desembargador Federal EDILSON PEREIRA NOBRE JÚNIOR (Relator): Trata-se de apelação interposta por FRANCISCO DAS CHAGAS MARTINS LINHARES

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Oitava Câmara Cível A C Ó R D Ã O RECURSO PROVIDO.

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Oitava Câmara Cível A C Ó R D Ã O RECURSO PROVIDO. 38 Agravante: Vitoria Faertag Agravados: A E B comércio de Calçados Relatora: Des. Flávia Romano de Rezende A C Ó R D Ã O AGRAVO DE INSTRUMENTO. SUSPENSÃO DA AÇÃO DE DESPEJO C/C COBRANÇA EM RAZÃO DE TER

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores BERETTA DA SILVEIRA (Presidente), EGIDIO GIACOIA E VIVIANI NICOLAU.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores BERETTA DA SILVEIRA (Presidente), EGIDIO GIACOIA E VIVIANI NICOLAU. Registro: 2016.0000644435 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0000653-18.2013.8.26.0302, da Comarca de Jaú, em que é apelante E. J. B. (JUSTIÇA GRATUITA), é apelado L. E.

Leia mais

2. Caso em que a família aduz não reunir condições para controlar, tratar ou submeter o filho a tratamento voluntário (fl. 2, verso).

2. Caso em que a família aduz não reunir condições para controlar, tratar ou submeter o filho a tratamento voluntário (fl. 2, verso). APELAÇÃO CÍVEL. INTERNAÇÃO COMPULSÓRIA. DIREITO CONSTITUCIONAL À SAÚDE. DESNECESSIDADE DE PRÉVIO INDEFERIMENTO ADMINISTRATIVO. DESCONSTITUIÇÃO DA SENTENÇA. ENFRENTAMENTO DO MÉRITO. IMPOSSIBILIDADE. AUSÊNCIA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA NONA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA NONA CÂMARA CÍVEL Agravo Regimental nos autos do Agravo de Instrumento Nº 0067708-14.2013.8.19.0000 Agravante: ESTADO DO RIO DE JANEIRO Agravado: ELIEZE DE OLIVEIRA DA SILVA Relator: DES. EDUARDO DE AZEVEDO PAIVA AGRAVO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2012.0000219136 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 9000766-37.2010.8.26.0037, da Comarca de Araraquara, em que são apelantes/apelados SÃO PAULO PREVIDÊNCIA - SPPREV

Leia mais

DECISÃO. (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC)

DECISÃO. (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC) TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0048175-69.2013.8.19.0000 Agravante: DIBENS LEASING S/A ARRENDAMENTO MERCANTIL (autora) Agravado: JOSÉ LUIS DA SILVA (réu) Relatora: Desembargadora

Leia mais

AGRAVO REGIMENTAL NA APELAÇÃO CÍVEL Nº ( ) DE GOIÂNIA DESEMBARGADOR CARLOS ESCHER RELATÓRIO E VOTO

AGRAVO REGIMENTAL NA APELAÇÃO CÍVEL Nº ( ) DE GOIÂNIA DESEMBARGADOR CARLOS ESCHER RELATÓRIO E VOTO AGRAVO REGIMENTAL NA APELAÇÃO CÍVEL Nº 56173-45.2012.8.09.0051 (201290561737) DE GOIÂNIA AGRAVANTE AGRAVADO RELATOR CÂMARA OTAILDO LUIZ LIMA ESTADO DE GOIÁS DESEMBARGADOR CARLOS ESCHER 4ª CÍVEL RELATÓRIO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 687.239 - RJ (2004/0084577-7) RELATORA : MINISTRA NANCY ANDRIGHI : AMIR VIEIRA SOBRINHO FELIPPE ZERAIK E OUTROS : ANDRÉ SCHMIDT DE BRITO TANCREDO ROCHA JUNIOR EMENTA Direito

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 812.012 - RS (2006/0013624-0) RELATOR : MINISTRO ALDIR PASSARINHO JUNIOR RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO RECORRIDO : L A B E CÔNJUGE ADVOGADO : JOSMARÍ DOTTI EMENTA CIVIL. CASAMENTO.

Leia mais

PROCESSO: ET. Acórdão 3a Turma

PROCESSO: ET. Acórdão 3a Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Jorge Fernando Gonçalves da Fonte Avenida Presidente Antonio Carlos 251 10o andar - Gabinete 17 Castelo RIO

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) GOIÂNIA

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) GOIÂNIA AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 172440-59.2012.8.09.0000 (201291724400) GOIÂNIA AGRAVANTE: AGRAVADO: RELATOR: CÂMARA: VALDEMAR PARREIRA ALVES SÔNIA MARIA AREAS E OUTROS EUDÉLCIO MACHADO FAGUNDES JUIZ SUBSTITUTO

Leia mais

R E L A T Ó R I O. O Desembargador Federal JOSÉ MARIA LUCENA (Relator):

R E L A T Ó R I O. O Desembargador Federal JOSÉ MARIA LUCENA (Relator): R E L A T Ó R I O O Desembargador Federal JOSÉ MARIA LUCENA (Relator): Trata-se de apelação contra a sentença que julgou improcedente o pedido da parte autora de aposentadoria especial, com o pagamento

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL. Órgão: 3ª Turma Cível. Processo N.: Apelação Cível APC. Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL. Órgão: 3ª Turma Cível. Processo N.: Apelação Cível APC. Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL Órgão: 3ª Turma Cível Processo N.: Apelação Cível 20080510067475APC Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ Apelado(s): BRADESCO SEGUROS S/A Relator: Desembargador JOÃO MARIOSI

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 21.205 - SP (2006/0009180-5) RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI IMPETRADO : JUIZ FEDERAL DA 13A VARA CÍVEL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE SÃO PAULO EMENTA PROCESSUAL

Leia mais

Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região - 2º Grau Processo Judicial Eletrônico - 2º Grau

Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região - 2º Grau Processo Judicial Eletrônico - 2º Grau Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região - 2º Grau Processo Judicial Eletrônico - 2º Grau O documento a seguir foi juntado ao autos do processo de número 0007026-85.2015.5.15.0000 em 26/10/2015 15:59:11

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 37ª Câmara de Direito Privado

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 37ª Câmara de Direito Privado ACÓRDÃO Registro: 2016.0000683259 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2164180-43.2016.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante BANCO VOTORANTIM S/A, são

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO 2ª TURMA

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO 2ª TURMA PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO 2ª TURMA PROCESSO TRT - RO - 0010593-60.2013.5.18.0017 RELATOR : DESEMBARGADOR PLATON TEIXEIRA DE AZEVEDO FILHO RECORRENTE(S)

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 8a Turma RECURSO ORDINÁRIO. VIGILANTE. JUSTA CAUSA. FALTAS SUCESSIVAS. NÃO JUSTIFICADAS. A desídia, em regra, não se caracteriza por um único ato e sim por um conjunto de atos faltosos de menor

Leia mais

PRIMEIRA TURMA DE CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS MANDADO DE SEGURANÇA INDIVIDUAL Nº 63096/ CLASSE II COMARCA DE POXORÉO

PRIMEIRA TURMA DE CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS MANDADO DE SEGURANÇA INDIVIDUAL Nº 63096/ CLASSE II COMARCA DE POXORÉO IMPETRANTE(S): IMPETRADO(S): MARIA APARECIDA BIANCHIN PACHECO MM. JUIZ SUBSTITUTO DA 2ª VARA DA Número do Protocolo: 63096/2006 Data de Julgamento: 05-6-2007 EMENTA MANDADO DE SEGURANÇA ATO JUDICIAL AMEAÇA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 5ª Turma RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA JUNTO AO INSS NEXO TÉCNICO EPIDEMIOLÓGICO O efeito suspensivo dado ao recurso administrativo contra a aplicação do nexo técnico epidemiológico, de que

Leia mais

(7) Agravo de Instrumento nº

(7) Agravo de Instrumento nº TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0003412-46.2014.8.19.0000 JUÍZO DE ORIGEM: VARA ÚNICA DA COMARCA DE IGUABA GRANDE AGRAVANTE:

Leia mais

(?YÁê0ì1S0) EMENTA ACÓRDÃO. Decide a Turma, por unanimidade, dar provimento à apelação, nos termos do voto. do Relator.

(?YÁê0ì1S0) EMENTA ACÓRDÃO. Decide a Turma, por unanimidade, dar provimento à apelação, nos termos do voto. do Relator. (?YÁê0ì1S0) PODER JUDICIÁRIO RELATOR : JUIZ FEDERAL CARLOS AUGUSTO PIRES BRANDÃO (CONV.) APELANTE : LEONARDO DE CASTRO MACEDO E OUTRO(A) ADVOGADO : FABRICIO CASTRO ALVES DE MELO E OUTRO(A) APELADO : UNIAO

Leia mais

28/04/13 <NÚMERODETOKENSNODOCUMENTO \18><COMPOSIÇÃODEACÓRDÃOEMENTA \TEXTO="(INSIRA AQUI O TÍTULO DA EMENTA)^P^

28/04/13 <NÚMERODETOKENSNODOCUMENTO \18><COMPOSIÇÃODEACÓRDÃOEMENTA \TEXTO=(INSIRA AQUI O TÍTULO DA EMENTA)^P^ Número do processo: 70050364199 Comarca: Comarca de Santa Maria Data de Julgamento: 29-08-2012 Relator: Isabel Dias Almeida ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA IDA Nº 70050364199

Leia mais

IV - APELACAO CIVEL

IV - APELACAO CIVEL RELATOR APELANTE ADVOGADO APELADO ORIGEM : DESEMBARGADOR FEDERAL PAULO BARATA : COMPANHIA DE MARCAS : DEBORAH BARRETO MENDES E OUTROS : UNIAO FEDERAL / FAZENDA NACIONAL : DÉCIMA PRIMEIRA VARA FEDERAL DO

Leia mais

RELATÓRIO VOTO. 3. Contrarrazões apresentadas. 4. É o que havia de relevante para relatar.

RELATÓRIO VOTO. 3. Contrarrazões apresentadas. 4. É o que havia de relevante para relatar. PROCESSO Nº: 0807416-48.2014.4.05.8300 - APELAÇÃO RELATÓRIO 1. Trata-se apelação contra sentença que julgou improcedente o pedido de condenação do CONFEF e do CREF 12 à obrigação de cessar a prática de

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL Nº 0014628-88.2009.8.19.0061 Ação Declaratória 2.ª Vara Cível da Comarca de Teresópolis APELANTE: VANIA DOS SANTOS APELADO: DETRAN- DEPARTAMENTO

Leia mais

Dados Básicos. Legislação. Ementa. Íntegra

Dados Básicos. Legislação. Ementa. Íntegra Dados Básicos Fonte: 990.10.423.737-8 Tipo: Acórdão CSM/SP Data de Julgamento: 19/04/2011 Data de Aprovação Data não disponível Data de Publicação:06/07/2011 Estado: São Paulo Cidade: Carapicuíba Relator:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2014.0000569257 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0043066-51.2012.8.26.0053, da Comarca de São Paulo, em que é apelante FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO,

Leia mais

ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS

ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS Tribunal de Justiça 12ª Câmara Cível Apelação Cível nº 0045893-97.2011.8.19.0042 Apelantes: AMPLA ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS Apelado: IZABEL DE AZEVEDO SILVA Relator: Desembargador

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0433.01.022186-2/001 Númeração 0221862- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Francisco Figueiredo Des.(a) Francisco Figueiredo 29/06/2006 21/07/2006

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 238 Registro: 2014.0000492060 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1005329-60.2013.8.26.0053, da Comarca de, em que é apelante PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO, é apelado.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Zacarias Neves Coêlho

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Zacarias Neves Coêlho AGRAVO INTERNO NA APELAÇÃO CÍVEL N. 103257-71.2014.8.09.0051 (201491032570) COMARCA DE GOIÂNIA AGRAVANTE : GOL LINHAS AEREAS INTELIGENTES S/A AGRAVADA : CAMILA VILELA MEDEIROS BARBOSA REIS RELATOR : DES.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7a TURMA REEXAME NECESSÁRIO EM DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO. ECT. NÃO CONHECIMENTO. A sentença proferida contra a ECT não está sujeita ao duplo grau de jurisdição, porquanto referida empresa não integra

Leia mais

Anexo II do Provimento 3/ CÍVEL SENTENÇA DE JULGAMENTO COM RESOLUÇÃO DE MÉRITO (CÍVEL) :

Anexo II do Provimento 3/ CÍVEL SENTENÇA DE JULGAMENTO COM RESOLUÇÃO DE MÉRITO (CÍVEL) : ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA CENTRO ADMINISTRATIVO GOVERNADOR VIRGÍLIO TÁVORA Av. Gal. Afonso Albuquerque de Lima s/n.º - Cambeba Fortaleza Ceará CEP 60.830-120 DDD (0**85)

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0001049-15.2011.5.01.0042 - RTOrd COISA JULGADA. Inexiste o fenômeno da coisa julgada, uma vez que, nada obstante os pedidos e a causa de pedir sejam idênticos, as partes são

Leia mais

QUARTA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 23079/ CLASSE II COMARCA CAPITAL

QUARTA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 23079/ CLASSE II COMARCA CAPITAL APELANTE: APELADAS: SUL AMÉRICA TERRESTRES MARÍTIMOS E ACIDENTES CIA. DE SEGUROS ALTINA PEREIRA DA SILVA E TRANSPORTES NOVA ERA LTDA. Número do Protocolo: 23079/2004 Data de Julgamento: 14-3-2005 EMENTA

Leia mais

<CABBCCBDAABCACBCABBCBACCBBCAADCADABAA DDADAAAD> A C Ó R D Ã O

<CABBCCBDAABCACBCABBCBACCBBCAADCADABAA DDADAAAD> A C Ó R D Ã O EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL COBRANÇA TAXA ECAD TELEVISOR EM QUARTO DE HOTEL AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO DE SONORIZAÇÃO MUSICAL NAS DEPENDÊNCIAS FÍSICAS AUSÊNCIA

Leia mais

PROCESSO: MS Agravo Regimental

PROCESSO: MS Agravo Regimental Acórdão Seção Especializada em Dissídios Individuais AGRAVO REGIMENTAL. Liminar. A medida liminar somente pode ser deferida quando comprovados o fumus boni iuris e o periculum in mora, o que não é o caso

Leia mais

GUARDA. ALTERAÇÃO. DESCABIMENTO. 1. Em regra, as alterações de guarda são prejudiciais para a criança, devendo ser mantida a infante sob a guarda

GUARDA. ALTERAÇÃO. DESCABIMENTO. 1. Em regra, as alterações de guarda são prejudiciais para a criança, devendo ser mantida a infante sob a guarda GUARDA. ALTERAÇÃO. DESCABIMENTO. 1. Em regra, as alterações de guarda são prejudiciais para a criança, devendo ser mantida a infante sob a guarda paterna, onde já se encontra e vem sendo bem cuidada. 2.

Leia mais

ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Buffet Amanda Ltda.

ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Buffet Amanda Ltda. ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Recorrente: Buffet Amanda Ltda. Recorridos: Alex Sandro Farias de Oliveira Marina

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº ( ) DE GOIÂNIA

APELAÇÃO CÍVEL Nº ( ) DE GOIÂNIA APELAÇÃO CÍVEL Nº 180002-68.2009.8.09.0051 (200991800028) DE GOIÂNIA APELANTE APELADA CÂMARA ANA LÚCIA PRUDENTE D'OLIVEIRA CAVALCANTE FGR CONSTRUTORA S/A DESEMBARGADOR CARLOS ESCHER 4ª CÍVEL RELATÓRIO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo TRIBUNAL DE JUSTIÇA São Paulo fls. 2 Registro: 2015.0000679516 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0006628-41.2011.8.26.0318, da Comarca de Leme, em que é apelante FAZENDA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2013.0000585081 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0031938-38.2009.8.26.0506, da Comarca de Ribeirão Preto, em que é apelante PEDRO JOSÉ ONI CASTRO SHIRAI (JUSTIÇA

Leia mais

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A APELAÇÃO CÍVEL. DIREITO PROCESSUAL CIVIL. SENTENÇA SEM RELATÓRIO E DISPOSITIVO, COM MERA REMISSÃO AO PARECER DO MINISTÉRIO PÚBLICO. NULIDADE. SENTENÇA DESCONSTITUÍDA. É nula a sentença fundamentada pela

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Registro: 2014.0000263328 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação / Reexame Necessário nº 3012557-22.2013.8.26.0451, da Comarca de Piracicaba, em que são apelantes FAZENDA DO ESTADO

Leia mais

Contestação às folhas 70/80. Atas de audiência às folhas 541 e 555.

Contestação às folhas 70/80. Atas de audiência às folhas 541 e 555. Acórdão 6a Turma FALTAS. ACOMPANHAMENTO DE IDOSO. DIREITO. ABONO. A Lei nº 10.741/2003, Estatuto do Idoso, dispõe em seu artigo 16 que o idoso internado para tratamento médico e hospitalar tem direito

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0022300-36.2009.5.01.0341 - RTOrd ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. BASE DE CÁLCULO. O STF há muito, repudia a adoção do salário mínimo como base de cálculo para qualquer outra relação

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: Ag/Rg 117-46.2013.6.21.0000 PROCEDÊNCIA: DEZESSEIS DE NOVEMBRO AGRAVANTES: ADEMIR JOSÉ ANDRIOLI GONZATTO, ADÃO ALMEIDA DE BARROS E OILSON DE MATOS ALBRING AGRAVADA: JUSTIÇA ELEITORAL -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

PROCESSO Nº:

PROCESSO Nº: ADVOGADO: SEBASTIÂO REGINALDO LOPES RELATÓRIO O Senhor DESEMBARGADOR FEDERAL MANUEL MAIA (CONVOCADO): Tem-se aqui apelação da União em face de sentença que, confirmando tutela judicial, nos autos de ação

Leia mais

Órgão Julgador: 2ª Câmara Cível Isolada. Data de Julgamento:26/09/2005

Órgão Julgador: 2ª Câmara Cível Isolada. Data de Julgamento:26/09/2005 1. AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE Nº do Acórdão: 58869 Nº do Processo:19993007344-7 Recurso / Ação:Agravo de Instrumento Ramo:Cível Órgão Julgador: 2ª Câmara Cível Isolada Data de Julgamento:26/09/2005

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.505.261 - MG (2014/0216602-3) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS RECORRENTE : ROSÂNGELA GONTIJO ADVOGADO : GUSTAVO TADEU BIJOS ASSIS PINTO E OUTRO(S) RECORRIDO : INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR AGTE.(S) AGDO.(A/S) : MIN. ROBERTO BARROSO :MÓVEIS SANDRIN LTDA : ALESSANDRO MAMBRINI E OUTRO(A/S) :LUCIANA FERNANDES SOARES :ROBERTO BERNARDES

Leia mais

Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014

Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014 Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014 Transporte Terrestre Sumário 1ª Turma Recursal... 1 2ª Turma Recursal... 2 3ª Turma Recursal... 2 1ª Turma Rêcursal RECURSO CÍVEL VIRTUAL Nº 0013864-56.2012.820.0001

Leia mais

- Sentença mantida. - Recurso improvido.

- Sentença mantida. - Recurso improvido. SÉTIMA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL PROCESSO Nº 0033658-26.2011.8.19.0066 RELATOR: DES. CAETANO E. DA FONSECA COSTA LOCAÇÃO IMÓVEL RESIDENCIAL - DISSOLUÇÃO DO CONTRATO PRELI- MINAR DE NULIDADE DA SENTENÇA

Leia mais

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE Processo número José, já qualificado, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, interpor, com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I

Leia mais

R E L A T Ó R I O. 3) Recurso da interessada indeferido pela Presidência em 27/VIII/2002.

R E L A T Ó R I O. 3) Recurso da interessada indeferido pela Presidência em 27/VIII/2002. Procedência: IPSEMG Instituto de Previdência de Servidores do Estado Interessada: Maria Claudina Cotta de Souza Parecer nº: 14.761 Data: 13 de março de 2007 Ementa: PREVIDENCIÁRIO SERVIDOR INCLUSÃO DE

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR WASHINGTON LUIS BEZERRA DE ARAUJO

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR WASHINGTON LUIS BEZERRA DE ARAUJO Processo: 0001353-14.2015.8.06.0000 - Conflito de competência Suscitante: Juiz de Direito da 15ª Vara de Família da Comarca de Fortaleza Suscitado: Juiz de Direito da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO QUINTA CÂMARA CRIMINAL CORREIÇÃO PARCIAL PROCESSO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO QUINTA CÂMARA CRIMINAL CORREIÇÃO PARCIAL PROCESSO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO QUINTA CÂMARA CRIMINAL CORREIÇÃO PARCIAL PROCESSO 0065537-84.2013.8.19.0000 RECLAMANTE: CARLOS ALBERTO SIMÕES RECLAMADO: JUÍZO DE DIREITO DA SEGUNDA VARA

Leia mais

RELATÓRIO A EXMA. SRA. DESEMBARGADORA FEDERAL LEIDE POLO:

RELATÓRIO A EXMA. SRA. DESEMBARGADORA FEDERAL LEIDE POLO: APELAÇÃO/REEXAME NECESSÁRIO Nº 2005.61.23.001640-5/SP RELATORA : Desembargadora Federal LEIDE POLO APELANTE : SEBASTIAO ANTONIO DE LIMA (= ou > de 65 anos) ADVOGADO : EVELISE SIMONE DE MELO e outro APELANTE

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0000.14.073318-9/000 Númeração 0733189- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Marcos Lincoln Des.(a) Marcos Lincoln 11/02/2015 13/02/2015 EMENTA: < CONFLITO

Leia mais

RELATÓRIO. TRF/fls. E:\acordaos\ _ doc

RELATÓRIO. TRF/fls. E:\acordaos\ _ doc *AC 305947-AL (20028000001001-9) APTE: INSS - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ADV: MARIA DE FATIMA FALCÃO ALBUQUERQUE E OUTROS APDO: OTACILIA RAMOS DUARTE ADV: RAIMUNDA MOREIRA AZEVEDO E OUTROS REMTE:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI EMENTA PROCESSUAL CIVIL E TRIBUTÁRIO. MANDADO DE SEGURANÇA. LEGITIMIDADE ATIVA. ACÓRDÃO BASEADO EM FUNDAMENTO CONSTITUCIONAL. INVIABILIDADE DE EXAME. USURPAÇÃO

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 831.699 DISTRITO FEDERAL RELATORA RECTE.(S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :EDVALDO BORGES DE ARAÚJO ADV.(A/S) :ANTONIO DANIEL CUNHA RODRIGUES DE SOUZA E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :CELIO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça CONFLITO DE COMPETÊNCIA Nº 49.516 - SC (2005/0072581-0) RELATOR : MINISTRO CESAR ASFOR ROCHA AUTOR : VALDECIR JOÃO DE OLIVEIRA ADVOGADO : PAULO CÉSAR SAATKAMP E OUTRO RÉU : SADIA S/A SUSCITANTE : JUÍZO

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) COMARCA DE GOIÂNIA AGRAVANTE:

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) COMARCA DE GOIÂNIA AGRAVANTE: AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 307599-37.2013.8.09.0000 (201393075991) COMARCA DE GOIÂNIA AGRAVANTE: ADRIANO FARIA PIMENTA AGRAVADO: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL RELATOR: Juiz FERNANDO DE CASTRO MESQUITA

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL DA REPÚBLICA DA 4ª REGIÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL DA REPÚBLICA DA 4ª REGIÃO EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) ELEITORAL RELATOR(A), EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL Recurso Eleitoral n.º 47-92.2015.6.21.0118 Procedência: IVOTI-RS (118ª ZONA ELEITORAL

Leia mais

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO RELATÓRIO O DESEMBARGADOR FEDERAL GERALDO APOLIANO (RELATOR): Agravo de Instrumento manejado em face da decisão da lavra do MM. Juiz Federal da 8ª Vara da Seção Judiciária do Ceará, proferida nos autos

Leia mais

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior Apelação Cível n. 2010.078282-8, de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE COBRANÇA SECURITÁRIA C/C COMPENSAÇÃO POR DANOS MORAIS. CONTRATO DE SEGURO DE VIDA EM GRUPO. PRESCRIÇÃO.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0001290-15.2010.8.19.0028 APELANTE: AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. APELADOS: R.S.R. DE MACAÉ EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS

Leia mais

conclusões do Acórdão sido publicadas no DJ de "Da sentença, negando ou concedendo o mandado, cabe apelação ".

conclusões do Acórdão sido publicadas no DJ de Da sentença, negando ou concedendo o mandado, cabe apelação . Súmula nº 09... Cancelada por força da decisão prolatada nos autos do Expediente nº 98.005112-8, julgado em 24.02.99, tendo as conclusões do Acórdão sido publicadas no DJ de 19.03.99. Referências: Art.

Leia mais

ACÓRDÃO. i-41z4' PODER JUDICIÁRIO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA

ACÓRDÃO. i-41z4' PODER JUDICIÁRIO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA . i-41z4' PODER JUDICIÁRIO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Apelação Cível e Recurso Adesivo n 001.2005.003.241-4/001 Relator: João Batista Barbosa Juiz Convocado para substituir o Des. Luiz Silvio Ramalho

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 3 Registro: 2015.0000367711 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0029261-67.2011.8.26.0602, da Comarca de Sorocaba, em que é apelante BANCO VOLKSWAGEN S/A, é apelado EXPRESSO

Leia mais

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. RUBENS DE MENDONÇA CANUTO (Relator Convocado):

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. RUBENS DE MENDONÇA CANUTO (Relator Convocado): PROCESSO Nº: 0805042-25.2015.4.05.8300 - APELAÇÃO RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL RUBENS DE MENDONCA CANUTO NETO - 1º TURMA RELATÓRIO O Sr. Des. Fed. RUBENS DE MENDONÇA CANUTO (Relator Convocado):

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM. 1 Registro: 2016.0000888926 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2223275-04.2016.8.26.0000, da Comarca de Santa Bárbara D Oeste, em que é agravante ELZA DOMINGOS

Leia mais

PROCESSO: RTOrd. Acórdão 10a Turma

PROCESSO: RTOrd. Acórdão 10a Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Flávio Ernesto Rodrigues Silva Av. Presidente Antonio Carlos,251 11º Andar - Gab.06 Castelo Rio de Janeiro

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 008.2009.001090-4/001. ORIGEM : Vara Única da Comarca de Bananeiras-PB.

Leia mais

NÃO CONSTA NENHUMA DECISÃO;

NÃO CONSTA NENHUMA DECISÃO; No Supremo Tribunal Federal (que cuida da correta aplicação da Lei, sem ofensa à Constituição Federal) NÃO CONSTA NENHUMA DECISÃO; Sinal de que tal matéria não foi submetida ao crivo de inconstitucionalidade

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA A C Ó R D Ã O (CSJT) GARP/ly/ps PROC. N TST-CSJT-180.517/2007-000-00-00.2 EXTENSÃO DA ASSISTÊNCIA PRÉ-ESCOLAR AOS DEPENDENTES DOS MAGISTRADOS - INDEVIDA. Consoante o disposto no art.

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça HABEAS CORPUS Nº 173.928 - MG (2010/0094429-2) RELATOR : MINISTRO NAPOLEÃO NUNES MAIA FILHO EMENTA HABEAS CORPUS. EXECUÇÃO PENAL. LATROCÍNIO. 20 ANOS DE RECLUSÃO, EM REGIME INICIAL FECHADO. PRISÃO DOMICILIAR.

Leia mais