Sua tarefa é descobrir o seu trabalho e, com todo o coração, dedicar-se a ele. (BUDA)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sua tarefa é descobrir o seu trabalho e, com todo o coração, dedicar-se a ele. (BUDA)"

Transcrição

1 SEJA BEM-VINDO(A) AO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MEDICINA DA FACULDADE EVANGÉLICA DO PARANÁ! Prezado(a) Candidato(a), A formação de um profissional está diretamente ligada à qualidade dos testes de que ele participa. Por esse motivo, esta Comissão não mede esforços para elaborar provas criteriosas e consistentes, conforme as diretrizes para a avaliação do aproveitamento escolar do Ministério da Educação e Cultura (MEC). Tenha certeza de que nosso maior objetivo é valorizar sua inteligência e seu esforço como estudante. A evolução da Medicina tem sido fantástica, principalmente nos últimos 100 anos. E assim como as pesquisas e as conquistas nessa área são feitas de tentativas e, felizmente, de acertos e sucessos, esperamos que assim também seja a carreira pela qual você está optando. COMISSÃO DE PROCESSOS SELETIVOS Sua tarefa é descobrir o seu trabalho e, com todo o coração, dedicar-se a ele. (BUDA) Boa prova! Esta prova está dividida em duas partes: a primeira possui as questões objetivas; a segunda, as questões discursivas e a Redação. Aconselha-se que a Redação seja feita depois da resolução das questões objetivas de Língua Portuguesa, pois isso lhe dará mais subsídios para desenvolver o texto. PARTE I QUESTÕES OBJETIVAS Apresentamos, a seguir, as questões objetivas, numeradas de 1 a 35. Todas elas são compostas de enunciado e 5 (cinco) afirmativas que deverão ser avaliadas como verdadeiras (V) ou falsas (F). Em caso de dúvida, você não é obrigado(a) a marcar a resposta; assim o item não será considerado. Para cada resposta errada será descontada uma certa. Por isso, evite o chute, a fim de não ser prejudicado(a). Responda às questões de que você tiver certeza. 1

2 Língua Portuguesa P1 2 Fazer mais com menos braços Em que bases vai sustentar-se a economia de países onde nascem cada vez menos crianças e os aposentados vivem cada vez mais tempo? Os efeitos do ônus demográfico já começam a afetar as nações ricas, e países como o Brasil também não escaparão deles. Por isso é urgente antecipar soluções para esse dilema social e contábil que tira o sono de governos no mundo todo, por mais que elas sejam politicamente desagradáveis. Cedo ou tarde todos terão de encarar reformas radicais para enfrentar os custos desse segmento que não produz. P2 Por outro lado, há certos aspectos do envelhecimento que, se bem aproveitados, podem atenuar suas consequências, ou mesmo neutralizá-las em longo prazo. Quando há menos crianças em uma sociedade, torna-se possível investir mais na educação de cada uma, lapidando e potencializando talentos a serviço da economia. Esse processo já está acontecendo em lugares como Japão e Taiwan, onde reinam famílias com filho único. Ali, o gasto por estudante ao longo da vida escolar equivale a seis anos de trabalho de seus pais. Isso acontece porque as economias mais avançadas exigem cada vez menos braços e mais cérebro. Além disso, graças aos avanços da medicina as pessoas conseguem se manter ativas, física e mentalmente, por muito mais tempo. Pesquisas mostram que pessoas de 70 anos estão tão ou mais saudáveis que as de 60 de três décadas atrás. A maioria segue apta para o trabalho. Eis por que esse grupo precisa de incentivos para adiar a aposentadoria, e não para antecipá-la, como é mais comum. P3 Para isso os governos precisam enfrentar o corporativismo, a resistência de gente que não quer perder benefícios, e aumentar a idade mínima para a aposentadoria. Os números atuais espelham uma realidade anterior; hoje já ingressamos em outra era, que exige novos parâmetros. Com a inadiável reforma, os países que já concentram um número considerável de gente no topo da pirâmide etária deveriam começar a refletir sobre mecanismos bem concretos para estimular a permanência dessa turma no mercado de trabalho. P4 Incentivos de ordem fiscal podem ser concedidos, por exemplo, a empregadores que contratarem funcionários mais velhos, como já ocorre nos Estados Unidos. O Estado alivia os impostos, fornecendo subsídios para que os mais velhos se sintam compelidos a economizar. A Europa, por sua vez, não está agindo como deveria. As discussões em torno de mudanças no sistema previdenciário, que naturalmente levarão à perda de benefícios, têm emperrado em argumentos sem qualquer racionalidade. Basta o assunto vir à baila para suscitar protestos indignados nas ruas das principais capitais. O debate fica meramente político e ideológico, passando ao largo do mais óbvio: se nada for feito, esses países, cedo ou tarde, quebrarão. Os Estados Unidos levam certa vantagem, pois mantêm uma taxa de fecundidade razoavelmente alta (média de dois filhos por mulher), com a perspectiva de muita gente qualificada ainda por entrar no mercado de trabalho. Mesmo assim, também precisam encarar a mudança. P5 Outro equívoco muito comum é achar que a imigração poderia atenuar o problema nas nações envelhecidas. Em curto prazo, a entrada de migrantes pode até ter um impacto positivo, mas certamente não resolverá a questão num horizonte mais distante. Se no princípio os estrangeiros se juntam à força produtiva e contribuem pagando impostos, futuramente também se tornarão um peso para os sistemas de saúde e previdência dos países que os acolheram. Além disso, a maioria desses migrantes não é mão de obra altamente qualificada, pesando mais ainda na estrutura social de nações desenvolvidas. P6 Enfim, os dados reforçam a necessidade não só das autoridades do Estado, mas também dos cientistas acelerarem o passo. A ciência tem o desafio de prover respostas cada vez mais rápidas aos problemas de saúde que já se disseminam nas sociedades mais envelhecidas; as autoridades terão de fazer as reformas se cederem ao populismo, colherão mais endividamento e crise; e os sistemas educacionais, como sempre, definirão na base o status das nações nos próximos 50 anos. (Adaptado de: LEE, Ronald. Veja, 28 maio Entrevista concedida a Mônica Weinberg) 1 Avalie as afirmativas com relação aos conteúdos e à estrutura do texto. a. ( ) (V) Deduz-se de P2: a desvantagem demográfica pode ser compensada pela elevação dos níveis de produtividade, com uma força de trabalho mais educada, pronta para ser criativa e inovadora. b. ( ) (V) Entende-se por realidade anterior (P3): as pessoas viviam menos e atravessavam os anos de velhice com maior dificuldade. c. ( ) (V) Entende-se por outra era e novos parâmetros (P3): houve ganhos substanciais de qualidade de vida na terceira idade, mas os sistemas previdenciários não se ajustaram ao novo cenário. d. ( ) (V) Relaciona-se a incentivos de ordem fiscal (P4): se mais idosos continuarem na ativa, não apenas deixarão de impactar negativamente as finanças públicas como também permanecerão pagando impostos e produzindo riqueza, o que favorece os cofres do governo, a economia do país e as poupanças pessoais. e. ( ) (F) Infere-se de P5: imigrantes nas nações ricas agregam pouco valor, mas tornam-se contribuintes e colaboram para aliviar a crise no sistema previdenciário.

3 2 Considere o parágrafo 1 (P1) e as frases (F1 a F4) abaixo. Depois, avalie as afirmações respectivas. (Deverão ser avaliados como verdadeiros (V)apenas os itens que tiverem todas as afirmações corretas.) (P1) Em que bases vai sustentar-se a economia de países onde nascem cada vez menos crianças e os aposentados vivem cada vez mais tempo? Os efeitos do ônus demográfico já começam a afetar as nações ricas, e países como o Brasil também não escaparão deles. Por isso é urgente antecipar soluções para esse dilema social e contábil que tira o sono de governos no mundo todo, por mais que elas sejam politicamente desagradáveis. Cedo ou tarde todos terão de encarar reformas radicais para enfrentar os custos desse segmento que não produz. (F1) O estado alivia os impostos, fornecendo subsídios para que os mais velhos se sintam compelidos a economizar. (F2) O debate fica meramente político e ideológico, passando ao largo do mais óbvio: se nada for feito, esses países, cedo ou tarde, quebrarão. (F3) Os Estados Unidos levam certa vantagem, pois mantêm uma taxa de fecundidade razoavelmente alta (média de dois filhos por mulher), com a perspectiva de muita gente qualificada ainda por entrar no mercado de trabalho. (F4) Se no princípio os estrangeiros se juntam à força produtiva e contribuem pagando impostos, futuramente também se tornarão um peso para os sistemas de saúde e previdência dos países que os acolheram. a. ( ) (V) Existe sinonímia entre ônus e custos; é urgente, dilema, enfrentar e segmento podem ser substituídos por urge, impasse, arcar com e contingente. b. ( ) (F) A oração de gerúndio é adjetiva de impostos; a preposição para expressa direcionamento; compelidos a economizar pode ser substituído por compelidos a poupança. c. ( ) (V) A oração de gerúndio é aditiva em relação à anterior; a sequência após os dois-pontos é explicativa do pronome demonstrativo o; os dois-pontos não podem ser substituídos por vírgula. d. ( ) (F) A concordância dos verbos poderia ser feita no singular; a preposição por tem o mesmo sentido nas duas ocorrências; o vocábulo perspectiva poderia ser substituído por expectativa, sem prejuízo do sentido. e. ( ) (F) O primeiro se é conjunção condicional; na sequência, os pronomes se e os apresentam referentes distintos na frase. 3 Considere as frases abaixo. (1) Pesquisas mostram que pessoas de 70 anos estão tão ou mais saudáveis que as de 60 de três décadas atrás. (2) A maioria segue apta para o trabalho. Eis por que esse grupo precisa de incentivos para adiar a aposentadoria, e não para antecipá-la, como é mais comum. (3) Os números atuais espelham uma realidade anterior; hoje já ingressamos em outra era, que exige novos parâmetros. (4) Basta o assunto vir à baila para suscitar protestos indignados nas ruas das principais capitais. (5) Enfim, os dados reforçam a necessidade não só das autoridades do Estado, mas também dos cientistas acelerarem o passo. Os itens a seguir estão relacionados, respectivamente, às frases acima. Assinale (V)para os que atenderem corretamente ao comando específico ou contiverem versões com o mesmo sentido de seu respectivo item e uma estrutura gramaticalmente correta; assinale (F)para os que não apresentarem essas condições. a. ( ) (V) Uma versão correta: Pesquisas mostram que pessoas de 70 anos estão tão saudáveis quanto, ou mais que as de 60 de três décadas atrás. b. ( ) (F) A maioria segue apta para o trabalho, já que precisa de incentivos para adiar a aposentadoria, e não antecipá-la, como é mais comum. c. ( ) (F) Embora os números atuais espelhem uma realidade anterior, hoje já ingressamos em outra era, que exige novos parâmetros. d. ( ) (F) Passando assunto para o plural: Bastam os assuntos virem à baila para suscitarem protestos indignados nas ruas das principais capitais. e. ( ) (V) Uma versão correta: Enfim, os dados reforçam a necessidade de não só as autoridades do Estado mas também os cientistas acelerarem o passo. 3

4 Questões de Língua Estrangeira Inglês A seguir estão as questões de Língua Estrangeira: Inglês e Espanhol. Resolva apenas as questões da Língua pela qual você optou no momento da inscrição. Mother forced adopted child to artificially inseminate herself The authorities missed opportunities to intervene in the case of a mother who forced her adopted child to impregnate herself so that she could have another child. Social services were contacted four times with concerns before the 17-year-old girl gave birth to a son. There is clear learning for many of the agencies involved. The mother is serving a five-year prison sentence for child cruelty. [ ] The woman had adopted three children from abroad but when she tried to adopt a fourth she was refused after concerns were raised about her other children. The mother decided that a further child could be added to the family by way of artificial insemination of her daughter, the serious case review said. She bought frozen sperm over the internet and a program of artificial insemination began when the girl was 14. It was likely that the first attempt resulted in a miscarriage, the report said, but she later became pregnant aged 16. The mother concocted a story that the pregnancy had followed a brief relationship between her daughter and a foreign student, who was refusing to play any further part in the unborn child s life. (Adapted from: <www.bbc.co.uk>. Published: 5 June 2013) Glossary by way of: por meio de; via further: adicional likely: provável concot: inventar intervene: intervir miscarriage: aborto (espontâneo) 4 Analyse the following sentences according to the text. a. ( ) (F) An adopted child helped her mother get pregnant by way of artificial insemination. b. ( ) (V) The seventeen-year-old girl became the mother of a boy. c. ( ) (V) Accused of child ill-treatment, the mother was sentenced to prison. d. ( ) (F) The mother was a generous woman. She had already adopted three children from the neighborhood. e. ( ) (F) The girl became pregnant when she was 16. The child s father was a foreign student. 5 Analyse the following sentences according to their structure and meaning. a. ( ) (F) A further child could be added to the family and A further child must be added to the family have the same meaning. b. ( ) (V) She forced her child to impregnate herself so that she could have another child. We could also say: In order to have another child, she forced her child to impregnate herself. c. ( ) (V) She had adopted three children but when she tried to adopt a fourth she was refused. We could also say: She had adopted three children. However, when she tried to adopt a fourth she was refused. d. ( ) (F) She was refused after concerns were raised about her other children and Her other children were refused after concerns were raised about her have the same meaning. e. ( ) (V) The mother concocted a story that the pregnancy had followed a brief relationship between her daughter and a foreign student. We could also say: The mother made up a story that the pregnancy had followed a short love affair between her daughter and an overseas student. 6 Analyse the following sentences according to grammar. a. ( ) (F) The authorities missed opportunities to intervene in the case. The negative of this sentence is: The authorities hadn t missed opportunities to intervene in the case. b. ( ) (F) The mother forced her adopted child to impregnate herself so that she could have another child. The words in bold (herself and she) refer to the mother. c. ( ) (F) They missed opportunities to intervene in the case of a mother who forced her adopted child to impregnate herself. The word who can be replaced by which. d. ( ) (V) She bought frozen sperm over the internet. The passive voice of this sentence is: Frozen sperm was bought over the internet. e. ( ) (V) If she adopts another child, she will be happy. The third conditional of this sentence is: If she had adopted another child, she would have been happy. 4

5 Espanhol Lenguaje artístico de la mano Desde la Antigüedad se ha concedido una gran importancia a las manos dentro de la totalidad del cuerpo humano. A Anaxágoras de Clazómene, siglo V antes de Cristo, se le atribuye una definición del hombre anterior a la muy conocida del platonismo el hombre es un animal racional. Anaxágoras propone el hombre es un animal que tiene manos. Tal definición no significa, en su caso, un desprecio de la racionalidad humana sino una feliz intuición de la conexión que existe entre el uso de las manos y el desarrollo y progreso humano. Desde otro punto de vista, la mano es un instrumento extremadamente parlante y su lenguaje se capta y se entiende tan fácilmente como si el hombre tuviera en su mano otra boca o fuente del discurso. Estas ideas desarrolladas por el médico inglés John Buhver en el Lenguaje natural de la mano (1644) hallan su precedente en Leonardo da Vinci quien nos habla del lenguaje de los gestos que expresan las ideas que tienen en sus mentes los que hablan. Se trata, además, de un lenguaje universal cuyo valor fue incluso equiparado al del lenguaje hablado por algunos estudiosos del gesto y de la fisonomía del siglo XVIII como J. J. Engel. En el arte, la representación de la voz humana precisa de gestualidades sustitutorias de las palabras que no se manifiestan en la cara sino que se trasladan a las manos. El gesto convencional se estima como un producto de lo que consideramos cultura y los orígenes de los gestos son, a veces, muy antiguos. A lo largo de los siglos, la pintura y la escultura han representado la mano creadora, bendecidora y sanadora. También el gesto que representa reflexión, autoridad, clemencia, la práctica de las artes y la interpretación de la música. Manos que consuelan, que señalan el mensaje divino, que oran y escriben. Las manos son, además, capaces de comunicar diversas emociones de manera inteligible y transmitir estados emocionales concretos. Las manos han significado, no sólo en la plástica, sino también en la poesía, la concreción individualizada y expresiva de la acción humana en el más noble sentido de esta palabra, acción como representación de la creatividad humana, de su poder transformador del mundo. (Adaptado de: GAINZA, M. C. García. Disponible en: <http://www.unav.es/revistamedicina/47>. Acceso en: 27 mayo 2013) 4 Evalúe las afirmativas de acuerdo al texto. a. ( ) (F) En la Antigüedad se reverenciaba el uso de las manos, pero actualmente ese planteo se especula como un claro descrédito de lo que es racional en el ser humano. b. ( ) (V) Se puede aseverar que las manos, de cierta forma, hablan y se expresan como si constituyeran un aparato más de comunicación. c. ( ) (V) Según da Vinci, en el lenguaje de los gestos se manifiestan las ideas de los hablantes. d. ( ) (V) La voz humana, en distintas ocasiones, se suplanta por los gestos de las manos sea en posición de oración, de súplica o de mando. e. ( ) (F) Las manos no pueden hablar de manera inequívoca, aunque transmiten señales quizás un tanto indefinidas. 5 Continúe evaluando las afirmativas con atención a los aspectos semánticos. a. ( ) (V) La palabra además se puede cambiar por al mismo tiempo sin modificar el sentido de la frase. b. ( ) (V) La expresión a veces tiene el significado de algo hecho o vivido en ciertas ocasiones. c. ( ) (F) La expresión a lo largo da la idea de que el tiempo corre muy rápidamente. d. ( ) (F) Al decir manera inteligible se expresa una sospecha de no entender el mensaje. e. ( ) (V) El término sino se puede cambiar por como sin modificar el significado. 6 Evalúe las afirmativas con atención a los aspectos gramaticales. a. ( ) (V) El pronombre personal complemento nos se usa con la primera persona del plural y no presenta variación de acuerdo al género. b. ( ) (F) El posesivo su es una forma apocopada de tuyo/tuya. c. ( ) (F) En el fragmento al del lenguaje sólo una de las contracciones es obligatoria. d. ( ) (V) Llevado al plural el arte se usa las artes. e. ( ) (F) La flexión han representado expresa una acción en el presente. 5

6 História 7 Considere o texto, a imagem, a história hebraica/judaica e as vicissitudes do povo judeu. Depois, avalie as afirmativas. Va, pensiero, sull ali dorate Va, ti posa sui clivi, sui colli Ove olezzano tepide e molli l aure dolci del suolo natal! Del Giordano le rive saluta, Di Sione le torri atterrate Oh mia pátria si bella e perduta! Oh membranza si cara e fatal!... Vá, pensamento, sobre as asas douradas Vá, e pousa sobre as encostas e colinas Onde os ares são tépidos e macios Com a doce fragrância do solo natal! Saúda as margens do Jordão E as torres abatidas do Sião Oh minha pátria tão bela e perdida! Oh lembrança tão cara e fatal!... (VERDI, Giuseppe. Nabucco*, ópera Disponível em: <http://letras.mus.br>) (*) Nabucodonosor a. ( ) (V) O poema musicado de Verdi trata do período do exílio dos judeus, de quase 50 anos, após a destruição do Templo de Salomão e aprisionamento da maior parte dos habitantes do Reino de Judá. b. ( ) (V) A Diáspora ou Dispersão, do século VI a.c., possibilitou aos judeus na Babilônia, metrópole cosmopolita, conhecimentos e práticas comerciais, levando-os a superar sua antiga economia, de base agropecuária. c. ( ) (V) A Diáspora do século I-II (d.c.) teve início após a destruição do segundo templo de Jerusalém, por Tito, no comando das legiões romanas, quando da guerra terminada com o fim da resistência na fortaleza de Massada. d. ( ) (F) Das contribuições hebraico-judaicas para a posteridade, os maiores destaques são a arquitetura e a escultura, originais e inspiradoras de numerosas construções e obras atuais. e. ( ) (V) Depois de mais de anos, sem unidade étnica mas com relativa unidade cultural, os judeus fundaram, em 1948, novo Estado nacional, Israel, na região da antiga pátria perdida, onde os ares são tépidos e macios, com a doce fragrância do solo natal. 8 Durante séculos, o estado político e a cultura criados pelo islamismo foram sendo modificados, mas o sistema de crenças religiosas, deveres e valores morais permaneceu essencialmente o mesmo. Esse sistema baseia-se no que comumente se designa Os Cinco Pilares do Islamismo : fé, oração, esmola, jejum e peregrinação. O primeiro pilar, a fé, baseava-se no shahada, a declaração de fé, pela qual se aderia ao islamismo: Só Alá é Deus, e Maomé é seu Profeta (em arábico: La ilaha illa Allah; Mohammed rasul Allah). Bastava que a pessoa recitasse o shahada, antepondo as palavras Eu declaro, diante de qualquer muçulmano, e tornava-se muçulmano também [...]. Nada de sacramentos misteriosos, como o batismo [...] e nada de escolas especiais de doutrina. (STEWART, Desmond. Antigo Islã.. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1973: p. 31. Biblioteca de História Universal Life) Sobre os árabes e a civilização islâmica, julgue as afirmativas. a. ( ) (V) Depois do governo dos Califas Perfeitos, que tinham parentesco com Maomé ou o conheceram, o poder passou para a dinastia Omíada, que levou a expansão islâmica ao Ocidente, conquistando a maior parte da Península Ibérica e invadindo a França. Essa invasão foi contida na batalha de Poitiers, em 732, pelo chefe franco Carlos Martel. b. ( ) (V) O conjunto de crenças e obrigações dos fiéis islâmicos está contido em dois livros, Alcorão e Suna, que resultaram em seitas rivais, em atrito até os dias presentes: xiitas, que aceitam apenas o Alcorão, e sunitas, que aceitam também tradições e fatos da vida de Maomé. c. ( ) (F) Em consequência de práticas racistas dos árabes contra os povos conquistados (o que os tornava minoria não assimilável), de opressão religiosa e de imposição de pesada carga tributária, o Império Islâmico, em constantes guerras civis, fragmentou-se. d. ( ) (F) Ao contrário da religião islâmica, produto de um sincretismo religioso com fontes no judaísmo, cristianismo e tradições árabes, a arte islâmica era original em todos os seus ramos, inclusive na literatura. e. ( ) (V) A cidade de Meca era um destaque na Arábia pré-islâmica. Em seu santuário, a Caaba, as dezenas de tribos depositavam seus ídolos, que Maomé destruiu. Ao criar uma religião monoteísta, o profeta criou o Estado Árabe, de governo teocrático. 6

7 9 Depois das eleições, a oposição a Deodoro no Congresso aumentou [...]. A tensão política chegou ao auge e, em 3 de novembro de 1891, o presidente mandou fechar o Congresso e estabeleceu estado de sítio. Logo depois, o Almirante Custódio de Melo, comandando navios de guerra, declarava-se rebelado [...]. Visando evitar uma guerra civil, o Marechal Deodoro renunciou, entregando o poder ao Vice-presidente Floriano Peixoto. A situação política do País deteriorou-se ainda mais depois da ascensão de Floriano. Desencadeou-se a Revolta Federalista no Rio Grande do Sul e, na Baía de Guanabara, a Armada declarou-se em rebelião contra o novo governo. (CAMPOS, Raymundo. Estudos de História do Brasil. São Paulo: Atual, 1999: p. 190) Sobre a República da Espada e a consolidação da República no Brasil, avalie as afirmativas. a. ( ) (F) A República foi instituída no Brasil com grande apoio popular, em decorrência da penetração das ideias positivistas na imprensa, no meio acadêmico e no meio político. b. ( ) (V) Por não realizar novas eleições nos termos da Constituição de 1891, Floriano teve seu governo contestado por ilegitimidade, o que provocou no País uma onda revolucionária. Os maragatos, visando derrubar o governo, partiram do Sul, conquistaram a Lapa, Curitiba e foram derrotados definitivamente já sob o governo civil de Prudente de Moraes. c. ( ) (V) Outra revolta veio por parte da Armada. Propondo a restauração da Monarquia em manifesto, o Almirante Saldanha da Gama aderiu ao movimento; logo após, as duas rebeliões, Marinha e Maragatos, uniram-se contra o governo de Floriano. d. ( ) (V) Forças navais estrangeiras entraram na Baía de Guanabara, a título de proteger seus nacionais na cidade, e ameaçaram os navios rebeldes, tendo assim colaborado, em parte, para a futura vitória de Floriano Peixoto. e. ( ) (V) A República foi instituída no Brasil por um golpe de estado e sua consolidação, sob Floriano, foi marcada pela sanguinolência: degolas e fuzilamentos ao pé da cova encerraram os 40 anos de relativa paz interna que a Monarquia, sob Pedro II, proporcionara ao Brasil. No Paraná, a mais famosa vítima dessa violência foi o Barão do Serro Azul. Geografia 10 Um solo é considerado degradado quando para de exercer parte de suas funções, tais como nutrir as plantas, filtrar a água ou abrigar a biodiversidade. Dos desgastes leves aos mais graves, esse fenômeno atinge aproximadamente 1,96 bilhão de hectares, ou seja, mais da metade das superfícies cultiváveis do mundo inteiro. Desmatamento, técnicas incorretas de agricultura, agrotóxicos e poluição industrial são os grandes vilões no processo de degradação do solo, causando alteração de sua composição física e química, além de gerar erosão e perda substancial de sua capacidade nutritiva. (Adaptado de: Atlas do meio ambiente. Le Monde Diplomatique Brasil, p. 16) Com base no texto, no gráfico e em conhecimentos sobre os processos de degradação dos solos no mundo, julgue as afirmativas. a. ( ) (F) O desmatamento, ligado principalmente à atual expansão urbana desordenada, é a principal causa de desgaste dos solos na Ásia e na América do Sul. b. ( ) (V) Na África, a sobrepastagem e a má gestão das terras agrícolas respondem por mais de 250 milhões de hectares de solos degradados, fato agravado pela erosão eólica em zonas peridesérticas, como é o caso da região do Sahel. c. ( ) (F) O efeito da industrialização nos solos da Europa provoca laterização e contaminação dos solos por adubos químicos, prejudicando cultivos como o trigo, a cevada e a beterraba. d. ( ) (V) Em termos proporcionais, a Oceania é um dos continentes com maior amplitude de degradação de terras ocasionada por sobrepastagem. Na Austrália, isso se deve, principalmente, ao excesso de gado, que provoca a compressão dos solos. e. ( ) (F) A América do Norte apresenta uma das menores taxas de superexploração de solos, sobretudo nas planícies dos EUA, onde se cultivam grãos em sistema intensivo e mecanizado. 7

8 11 A população brasileira cresce cada vez menos, mas envelhece e vive mais. Essas são as constatações da mais nova projeção realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), divulgada ontem. Segundo o levantamento, o País tem, em 2013, habitantes 7% deles com 65 anos ou mais. No ritmo das estimativas do IBGE, em 2060 um em cada quatro brasileiros será idoso (27%). No Paraná, onde as projeções indicam que a expectativa de vida saltará para 80 anos em 2028, a proporção de idosos pulará dos atuais 7,92% para 15,13% em Com base no texto, nos gráficos e em conhecimentos sobre demografia, julgue as afirmativas. (GAZETA DO POVO, 30 ago. 2013) a. ( ) (V) A queda da taxa de fecundidade no Brasil e no Paraná tende a ocorrer em ritmo semelhante na presente década, acompanhada por uma mudança no perfil populacional, o que traz como consequência uma alteração na razão de dependência da população. b. ( ) (F) O envelhecimento da população brasileira deve manter-se constante entre 2020 e 2030 como reflexo do atual índice de fecundidade, que se encontra acima da taxa de reposição populacional. c. ( ) (F) A redução da taxa de natalidade no Brasil está diretamente relacionada à diminuição da população economicamente ativa, situação contrária à da maioria dos países em desenvolvimento. d. ( ) (V) A expectativa de vida do paranaense, que deve ultrapassar 80 anos em torno de 2030, vai alcançar esse índice antes da média nacional, refletindo melhorias nas condições de saúde e saneamento básico no Estado do Paraná. e. ( ) (V) A atual característica demográfica do Brasil já ocorreu em países europeus, a exemplo de Alemanha, França e Itália depois da Segunda Guerra Mundial, em função de fatores como a urbanização e o aumento da presença da mulher no mercado de trabalho. 12 Durante a campanha eleitoral de 2011, o atual presidente do Peru, Ollanta Humala, discursou em Lima. No tempo dos incas não havia tratados de livre comércio, e nem por isso as pessoas aqui passavam fome, disse ele, sob aplausos. Humala fazia, assim, eco à aversão de alguns segmentos ideológicos a acordos comerciais, que tanto beneficiaram o Peru nos últimos anos. No império inca, ele tinha razão, o que não faltava era batata. E só. Na última quinta-feira, 23, o mesmo Humala apareceu para as câmeras em situação bem diferente. Em Cali, na Colômbia, posou ao lado do presidente colombiano, Juan Manuel Santos, do mexicano Enrique Peña Nieto, e do chileno Sebastian Piñera, para sacramentar a entrada em vigor da Aliança do Pacífico. Essa área de livre-comércio, cujo projeto foi anunciado no ano passado, passa a funcionar no dia 30 de junho, quando 90% dos produtos comercializados entre essas nações terão as tarifas zeradas. (VEJA, p. 88, 29 maio 2013) Com base no texto, no mapa acima e em conhecimentos sobre o assunto, julgue as afirmativas. a. ( ) (V) O Bloco do Pacífico já nasce bastante competitivo em função do dinamismo econômico dos países da região, que adotam políticas econômicas neoliberais apoiadas pelos Estados Unidos. b. ( ) (V) O sucesso da Aliança do Pacífico está fundamentado na eliminação do protecionismo, o que permite atrair investimentos estrangeiros, aumentar as relações comerciais na Bacia do Pacífico e aquecer a economia dos países membros. c. ( ) (F) O Mercosul e a Aliança do Pacífico possuem identidades semelhantes, pois procuram estatizar setores deficitários de suas economias e costurar acordos internacionais que incluem, predominantemente, países desenvolvidos. d. ( ) (F) A manutenção dos ideais bolivarianos na economia venezuelana e a recente reintegração do Paraguai ao Mercosul reforçaram ainda mais os laços comerciais entre os países do Cone Sul, preocupados com a adoção de programas sociais e com a redução dos gastos estatais. e. ( ) (F) A Aliança do Pacífico tem efeito positivo imediato sobre a economia brasileira, cuja tendência é o ganho de clientes ao redor do mundo, especialmente na zona comercial do Pacífico, com o aumento das exportações por parte do agronegócio e do setor industrial. 8

9 Biologia 13 Uma análise de uma rocha coletada pelo jipe-robô Curiosity, em Marte, mostrou que o planeta pode ter tido vida microbiana, segundo anúncio feito pela Nasa. Os cientistas identificaram S, N, O, P, C alguns dos ingredientes chave da vida no pó retirado de uma rocha perto de um antigo rio na cratera Gale. Uma pergunta fundamental dessa missão é se Marte pode ter tido um ambiente habitável. Pelo que sabemos agora, a resposta é sim, afirmou Michael Meyer, cientista-chefe do programa de exploração de Marte, da Nasa. A região onde o Curiosity fez a coleta está em uma rede de antigos canais cujo leito tem evidências de múltiplos períodos com água. (Disponível em: <http://www.gazetadopovo.com.br/mundo>. Acesso em: 16 set. 2013) Com base nas informações e em conhecimentos de Biologia, avalie as afirmativas. GABARITO ALTERADO. Por falha de digitação, o gabarito havia sido trocado. A afirmativa a é verdadeira. a. ( ) (V) O nitrogênio é um importante elemento associado à vida, pois entra na composição de carboidratos, proteínas e lipídios. b. ( ) (V) A panspermia cósmica propõe que a vida se originou em algum ponto do Universo e chegou à Terra sob a forma de esporos trazidos por meteoritos vindos do espaço. c. ( ) (V) O fosfato é indispensável para o metabolismo energético, tanto na realização da respiração celular quanto na fotossíntese. d. ( ) (F) A origem por evolução química propõe que a vida teria surgido na Terra de forma espontânea por transformações de compostos inorgânicos influenciados por um princípio ativo. e. ( ) (F) Os ácidos nucleicos, moléculas fundamentais para a manifestação da vida, têm em sua composição tanto átomos de P quanto de S e Ca. 14 O uso de proteínas da fotossíntese para a produção de energia elétrica foi descoberto há 40 anos e vem sendo aperfeiçoado. Agora, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, desenvolveu uma maneira de combinar a proteína fotossintética do espinafre com o silício, material que converte luz em energia eletroquímica. O resultado é uma corrente elétrica maior do que a geralmente registrada por células solares híbridas. A combinação produz níveis quase mil vezes maiores do que os que fomos capazes de alcançar pelo depósito de proteína em metais e gera ainda mais tensão. Se continuarmos nessa trajetória de aumento de níveis de corrente, poderemos atingir, nos próximos anos, ampla gama de tecnologia de conversão de energia solar em outras modalidades de energia. (Adaptado de: <http://g1.globo.com/natureza/noticia/2012/09>. Acesso em: 15 maio 2013) Avalie as afirmativas sobre clorofila e fotossíntese. a. ( ) (V) A fase escura da fotossíntese ocorre no estroma do cloroplasto e compreende a formação de glicídios a partir das moléculas de CO 2 do ambiente. b. ( ) (F) O oxigênio liberado no processo de fotossíntese é proveniente da degradação da molécula de água pela ação do NADP e ATP. c. ( ) (F) A fase clara da fotossíntese ocorre na membrana externa do cloroplasto, onde os átomos de hidrogênio são capturados pelo NADP, e o CO 2 é absorvido. d. ( ) (F) Para que uma planta possa se desenvolver, necessita receber uma intensidade luminosa equivalente a seu ponto de compensação fótica. e. ( ) (V) A clorofila está associada a outras proteínas e pigmentos que absorvem melhor as faixas de cores não absorvidas pela própria clorofila. 15 Uma vacina anticocaína foi testada com sucesso em primatas não humanos e está próxima de aprovação para uso em terapias de dependência química. A cocaína impede a reciclagem da dopamina, elevando seu teor (da dopamina) em duas áreas do cérebro, o que produz o efeito estimulante e prazeroso da droga. A vacina induz o corpo a tratar a droga como um intruso e a responder imunitariamente contra ela. Estudos mostraram que primatas não humanos vacinados apresentaram níveis bastante reduzidos da ligação de cocaína com o transmissor da dopamina, cerca de 20% bem abaixo dos 47% necessários para dar barato. (Adaptado de: <http://institutointegralmedica.org>. Acesso em: 8 jun. 2013) 9

10 Com base nas informações e em conhecimentos de Biologia, avalie as afirmativas a seguir. a. ( ) (F) Se a cocaína também estimular o sistema nervoso autônomo simpático, verificar-se-á o aumento do diâmetro das pupilas, aumento da frequência cardíaca e contração da bexiga e dos brônquios. b. ( ) (F) As vacinas biológicas são constituídas por baterias de anticorpos específicos previamente elaborados, capazes de combater vírus e bactérias. c. ( ) (F) Os mastócitos, células imunológicas encontradas no tecido conjuntivo propriamente dito, são responsáveis pela produção de anticorpos naturais. d. ( ) (V) A resposta imune é um mecanismo ativo de imunização pela produção de imunoglobulinas. É capaz de reconhecer o mesmo agente estranho, quando há nova exposição a ele. e. ( ) (V) A imunidade natural ou inata não é específica, mas a resposta imune muda drasticamente de intensidade com a exposição ao agente invasor. 16 O governo da Malásia decidiu resolver o problema dos mosquitos, que carregavam inúmeras doenças, lançando DDT nas áreas infestadas. O veneno funcionou, mas depois as baratas começaram a comer os mosquitos mortos. Os lagartos da região comeram as baratas, e, embora houvesse ainda uma quantidade residual de veneno nas baratas, os lagartos não morreram. Em vez disso, tornaram-se incrivelmente lentos, e então os gatos começaram a comer os lagartos (que eram bastante rápidos para fugir dos gatos antes de comerem as baratas). O veneno dos lagartos matou os gatos, e quando não há gatos, os ratos multiplicam-se. Isso levou a Organização Mundial da Saúde a banir o DDT e a importar milhares de gatos para controlar os ratos. (Adaptado de: <http://www.planeta10.com.br/ Acesso em: 30 ago. 2013) Considere o caso e julgue as afirmativas que se seguem. a. ( ) (F) A concentração mais alta de DDT foi atingida no organismo dos lagartos que, ao serem comidos pelos gatos, provocaram a morte dos felinos. b. ( ) (V) O DDT pode causar uma maior mortalidade aos predadores naturais de uma determinada "praga" do que à própria "praga". c. ( ) (V) O DDT pode também ser absorvido por plantas, que por sua vez são comidas por diferentes animais, depositando-se no leite e tecido adiposo de mamíferos. d. ( ) (V) Numa cadeia alimentar, uma parte da biomassa é transferida de nível trófico, e outra parte é consumida. Mas as perdas do DDT ao longo da cadeia alimentar são pequenas em relação à quantidade transferida, havendo assim um efeito acumulativo. e. ( ) (V) Substâncias como Hg, Pb e Sr podem ter um comportamento semelhante ao DDT quando lançados em ecossistemas aquáticos. 17 Ao saber que a tripulação da nau francesa Peregrina precisava de víveres, o capitão da frota portuguesa, Antônio Correia, forneceu-lhes biscoitos salgados e se ofereceu para comboiar a embarcação até Marselha. Os franceses aceitaram ambas as propostas. Em 15 de agosto de 1532, Correia montou um ardil e capturou a nau. Os portugueses, então, assustaram-se com as toras de pau-brasil, peles de onça, 600 papagaios e 1,8 tonelada de algodão, além de óleos medicinais, pimenta, sementes de algodão e amostras minerais presentes nos porões do navio. Foi a gota d água nas relações entre Portugal e França. Ao serem informados da coleta que a Peregrina realizara em Pernambuco, o Rei D. João III e seus assessores concluíram que só lhes restava uma solução: colonizar de vez o Brasil. (Adaptado de BUENO, Eduardo. Capitães do Brasil. São Paulo, Objetiva, Série Terra Brasilis, V. III) Avalie as afirmativas sobre os seres biológicos coletados pela Peregrina. a. ( ) (F) O tronco de pau-brasil apresenta em seu cilindro central um câmbio vascular e um felogênio, meristemas secundários responsáveis pelo crescimento em espessura. b. ( ) (F) As peles de onça são constituídas por tecido epitelial de revestimento, que se caracteriza pela abundância de diversos tipos celulares e de fibras colágenas e elásticas. c. ( ) (V) O algodoeiro é um vegetal fanerogâmico, cujos frutos maduros possuem células esclerenquimáticas em sua composição. d. ( ) (V) A pimenta é um fruto resultante da hipertrofia ovariana, estimulada pela ação de hormônios após a fecundação. e. ( ) (V) Nos papagaios, o tubo digestório é completo, terminando em cloaca, e o principal produto de excreção é o ácido úrico. 10

11 18 Cientistas nos Estados Unidos produziram rins funcionais de rato em laboratório. Foi um dos avanços mais significativos no campo da bioengenharia, que busca métodos de produção de órgãos de proveta para transplante. Os novos rins produziram urina tanto in vitro (no laboratório, em condições controladas que mimetizavam as do organismo) quanto in vivo, depois de transplantados em ratos. Os órgãos de proveta foram produzidos por meio de uma técnica que remove as células originais do rim, deixando apenas um esqueleto tridimensional de colágeno e outras substâncias biológicas estruturais; esse esqueleto é depois repovoado com novas células renais e epiteliais extraídas de ratos e seres humanos. (Adaptado de: <http://mikamienvironmentalblog.blogspot.com.br/2013/04>. Acesso em: 11 jul. 2013) Sobre o assunto, julgue as afirmativas. a. ( ) (V) Em forma de grão de feijão e de cor vermelha escura, os rins localizam-se ao lado da coluna vertebral, na região lombar. Externamente são protegidas por uma resistente cápsula de tecido conjuntivo fibroso. b. ( ) (F) A aldosterona, liberada pela medula das suprarrenais, reduz a absorção ativa de sódio nos túbulos renais, diminuindo o volume de urina produzida. c. ( ) (V) O diabetes insipidus é causado por baixa produção do hormônio ADH. Com isso há pouca absorção de água nos túbulos renais, e o volume de urina produzida aumenta muito. d. ( ) (V) Se a pressão arterial na arteríola aferente cair demasiadamente, pode reduzir a produção de urina por incapacidade de filtração do plasma nos glomérulos. e. ( ) (F) O néfron é a unidade funcional dos rins e escoa continuamente seu produto de excreção diretamente nos ureteres, túbulos e cálices renais, respectivamente. 19 Nos peixes-pescadores de profundidade Linophryne inica, para cada fêmea sexualmente madura existem até vinte machos. Eles vivem menos e têm uma única função em sua existência: encontrar e fertilizar uma fêmea. Possuem olhos especiais para captar a luz das companheiras à distância e supõe-se que sejam capazes de segui-las por feromônios. Ao encontrar uma fêmea, o macho, vinte vezes menor, liga-se a ela pela boca. Seus corpos se fundem, a circulação torna-se comum aos dois, e o macho fica reduzido à condição de apêndice sexual vivendo apenas para produzir e armazenar esperma a serviço da parceira. Essa incrível simbiose atrai o interesse dos pesquisadores não apenas por tratar-se de uma exótica técnica de reprodução, mas também por poder ter grande utilidade no tratamento da rejeição em transplantes. (Adaptado de: <http://ambientes.ambientebrasil.com.br/fauna/artigos>. Acesso em 15 jun. 2013) Avalie as afirmativas que se seguem, sobre reprodução. a. ( ) (F) As espécies que realizam reprodução sexuada são menos adaptadas a ambientes novos e sob influência de mudanças abruptas, em consequência da necessidade de parceiros para a realização desse tipo de reprodução. b. ( ) (V) Uma vantagem da reprodução sexuada é a "diluição" das características parentais nos descendentes, acarretando maior heterogeneidade. Isso pode aumentar as chances de sobrevivência dos organismos em caso de estresse ambiental. c. ( ) (V) A reprodução sexuada está diretamente ligada à meiose e à fecundação. Na meiose, o número diploide de cromossomas é reduzido à metade, e pela fecundação restabelece-se o número diploide típico da espécie. d. ( ) (F) A fecundação é interna quando se dá no interior do organismo feminino, que é o produtor de óvulos. Pode ocorrer tanto com seres vivíparos quanto com os ovíparos e ovulíparos. e. ( ) (V) Organismos que apresentam reprodução assexuada podem também reproduzir-se sexuadamente, embora existam outras espécies em que a reprodução assexuada não ocorre. 20 Uma mulher de Iowa (EUA) foi ao médico e relatou história escabrosa: ela havia comprado na internet uma tênia solitária e ingerido o parasita com o objetivo de emagrecer. De acordo com o Des Moines Register, o médico ficou tão assustado com a história da paciente que recorreu ao Departamento de Saúde Pública do Estado em busca de uma orientação. Patricia Quinlisk, diretora médica do departamento, ordenou que o médico aplicasse imediatamente um medicamento que matasse a solitária. E assim foi feito. (Adaptado de: <http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/posts/2013/08/19>. Acesso em: 25 ago. 2013) Sobre o assunto, julgue as afirmativas a seguir. 11

12 a. ( ) (V) Os ovos da tênia são libertados, quando a proglótide se destaca do animal no interior do intestino, ou no exterior, quando a proglótide se decompõe. b. ( ) (F) Quando o homem come carne mal cozida contaminada com ovos, a larva se aloja em seu intestino e aí se desenvolve, dando origem a uma tênia adulta, fechando o ciclo. c. ( ) (F) Ao ingerir água ou alimentos contaminados com ovos de Taenia solium, o homem torna-se hospedeiro intermediário, portador da fase sexualmente madura do animal. d. ( ) (F) Ao ingerir cisticercos, o homem pode desenvolver a cisticercose, doença gravíssima, pois os cisticercos se localizam no sistema nervoso central, nos olhos, nos músculos e nas vísceras. e. ( ) (V) A Taenia solium possui um escólex com ganchos e ventosas, enquanto a Taenia saginata apresenta apenas ventosas em seu escólex. Matemática 21 Tales e a altura da pirâmide A ideia de proporção e sua aplicação em Geometria são bastante antigas. Um dos trabalhos mais importantes nesse sentido foi desenvolvido por Tales ( a.c.), um rico comerciante, filósofo, matemático, astrônomo e geômetra, considerado um dos sete sábios da Antiguidade. Conta-se que, numa de suas viagens ao Egito, Tales foi desafiado a medir a altura da grande pirâmide de Queóps. Construída por volta de 2500 a.c., ela é considerada uma das grandes maravilhas do mundo antigo.é uma pirâmide reta de base quadrada cujos lados medem cerca de 230 metros. Fincando uma vara vertical no extremo da sombra projetada pela pirâmide, obteve-se uma sombra projetada de mesmo comprimento da vara. Como p (altura da estaca), d (sombra do bastão) e s (comprimento da sombra da pirâmide) podem ser medidos diretamente, o valor de h (altura da pirâmide) fica determinado. (Adaptado do disponível em: <http://comahistoriadamatematica.blogspot.com.br/>. Acesso em: 25 jul. 2013) Sabendo que o comprimento da sombra da pirâmide é de 35 metros, avalie as afirmativas. a. ( ) (V) A altura da pirâmide é de 150 metros. b. ( ) (V) O volume da pirâmide de Queóps é de m 3. c. ( ) (V) Os triângulos VHB e ABC são semelhantes. d. ( ) (F) A razão entre a altura (h) e a sombra da pirâmide (s) é proporcional à razão entre a altura (p) e a sombra do bastão (d). e. ( ) (V) A área lateral (Al) da pirâmide é igual a Al = A pirâmide financeira é um modelo especulativo que depende do recrutamento progressivo de outras pessoas para o esquema. A ideia básica por trás do golpe é que o indivíduo faz um único pagamento, mas recebe a promessa de que irá receber benefícios exponenciais de outras pessoas como recompensa. Na maioria dos casos, somente o idealizador do golpe (o administrador da pirâmide) ou poucas pessoas ganham com a manobra financeira. Quem fica na pior situação são aqueles que ficam na base da pirâmide. Considere um exemplo em que cada novo participante paga R$ 5 mil como taxa de inscrição na pirâmide e deve recrutar mais 6 membros; esses 6 precisam recrutar mais 6, e assim sucessivamente, coforme a figura ao lado. O ganho (de cada participante, em cada nível) cai pela metade do ganho de cada membro do nível anterior. Por exemplo, se no nível 3 cada participante recebe R$ 100 mil, no nível 4 cada participante recebe R$ 50 mil. Com base nos dados, avalie as afirmativas. a. ( ) (V) O número de participantes cresce em progressão geométrica de razão 6. b. ( ) (F) Somente a partir do 10º nível, o ganho de cada participante é inferior à taxa de participação. c. ( ) (V) A soma dos pagamentos de apenas um membro de cada nível será inferior a R$ 800 mil. d. ( ) (F) O ganho de cada participante decresce a cada nível numa progressão geométrica decrescente de razão 2. e. ( ) (V) O pagamento efetuado aos participantes pelo administrador da pirâmide cresce a cada nível numa progressão geométrica de razão 3. 12

13 23 Somos 201 milhões e idosos serão 1/4 da população até 2060, diz IBGE Envelhecimento dos brasileiros é resultado da queda da fecundidade e do aumento da expectativa de vida. A população brasileira cresce cada vez menos, mas envelhece e vive mais. Essas são as constatações da mais nova projeção realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), divulgada ontem. Segundo o levantamento, em 2013 o país tem habitantes 7% deles com 65 anos ou mais. No ritmo das estimativas do instituto, em 2060 um em cada quatro brasileiros será idoso. (GAZETA DO POVO. 30 ago. 2013) Observe os gráficos a seguir. Gráfico 1 Gráfico 2 Observação: no gráfico 1, x = 0 corresponde ao ano de De acordo com o texto, a função e os gráficos, avalie as afirmativas. a. ( ) (V) A população no Brasil deve parar de crescer em b. ( ) (V) A população em 2060 será a mesma de c. ( ) (V) De 2000 a 2010, a taxa de fecundidade teve uma variação maior no Paraná do que no Brasil. d. ( ) (F) De acordo com a função, somente a partir de 2100 a população brasileira será inferior à atual. e. ( ) (F) O número de idosos em 2060 será inferior a 50 milhões. Química 24 Retiramos da natureza todos os recursos de que necessitamos, e a maioria das substâncias que utilizamos são encontradas misturadas a outras. Uma das tarefas dos químicos é o desenvolvimento de técnicas e procedimentos que permitam isolar as substâncias dessas misturas. Considere as figuras abaixo e os métodos de separação de misturas para avaliar as afirmativas a seguir. a. ( ) (V) A evaporação, nome do método utilizado para separar o sal da água do mar, é possível por causa da diferença entre as temperaturas de ebulição ou de volatilidade dos componentes da mistura. b. ( ) (V) O petróleo é uma mistura de muitas substâncias pertencentes à classe dos hidrocarbonetos. Elas são separadas por faixas de destilação, isto é, em grupos de substâncias que apresentam temperaturas de ebulição próximas, as frações do petróleo. c. ( ) (F) O principal método de fabricação do álcool etílico utiliza o melaço da cana-de-açúcar. Após a fermentação, o álcool é separado por destilação das outras substâncias do mosto, obtendo-se uma mistura eutética formada por 96% de álcool e 4% de água. d. ( ) (F) O ar atmosférico puro é uma mistura homogênea de gases, na qual o nitrogênio e o oxigênio são os principais componentes. Esses podem ser separados aumentando-se a temperatura e diminuindo-se a pressão do sistema, o que provoca a liquefação separada dos gases que apresentam temperaturas de ebulição diferentes. e. ( ) (F) Levigação é o método usado em misturas nas quais os componentes a serem separados apresentam densidades bem diferentes. Nesse processo utilizam-se as correntes de ar. 13

14 25 Em 2012 foi lançado nas Américas o primeiro vinho espumante elaborado com ouro comestível. Cada garrafa contém 25 miligramas de ouro 23 quilates, que proporciona ao espumante um visual único e brilhante. O ouro possui diversas propriedades benéficas ao organismo. É usado na medicina desde o século XV para melhorar a função cerebral ou regenerar órgãos em falência. Atualmente ainda é recomendado para tratar esgotamento nervoso e depressão; possibilita melhoras na circulação sanguínea e estimula a atividade celular. (Dados: Au: Z = 79; A = 197) Sobre o ouro e suas ligas, avalie as afirmativas a seguir. a. ( ) (V) Na classificação periódica dos elementos, o ouro é classificado como um metal de transição; seu subnível mais energético é o d da penúltima camada. b. ( ) (V) Objetos de ouro deformam-se facilmente; por isso, em sua confecção utilizam-se ligas de ouro com prata e cobre, que são mais resistentes que o ouro. c. ( ) (F) Os agregados atômicos do ouro formam estruturas que se cristalizam no sistema cúbico de face centrada e apresentam cada átomo rodeado por outros oito átomos. d. ( ) (F) O ouro é um metal que possui alta afinidade eletrônica, pois seus elétrons estão fortemente atraídos, sendo difícil arrancá-los. e. ( ) (F) Em uma garrafa com 25 miligramas de ouro 23 quilates existem aproximadamente 1, átomos de ouro. 26 O Conselho Nacional de Trânsito tornou mais rígidos os índices máximos de álcool para motorista que for flagrado dirigindo depois de ter bebido. (Dados: álcool etílico = 46 g/mol) De acordo com as informações avalie as afirmativas. a. ( ) (V) O álcool etílico é um monoálcool primário, de cadeia aberta, cuja fórmula molecular é C 2H 5OH. b. ( ) (V) Se o teste do bafômetro apresentar 1, moléculas de álcool por litro de ar, o condutor será multado. c. ( ) (F) Um exame de sangue que apresente mols de álcool por litro de sangue indica que o condutor tem 0,046 mg de álcool por litro de sangue. d. ( ) (V) O álcool etílico é um composto orgânico polar que apresenta pontes de hidrogênio entre suas moléculas. e. ( ) (F) No teste do bafômetro ocorre uma reação de oxirredução na qual o elemento que oxida é o agente oxidante. 27 Apesar do aumento no número de veículos nas ruas, Curitiba é a 2ª cidade do mundo que mais reduziu a poluição do ar na última década. Isso é resultado de uma soma de fatores: o aumento da quantidade de veículos flex, a utilização de biocombustíveis no transporte coletivo e a fiscalização de potenciais poluentes, como as indústrias. Admitindo que os combustíveis usados nos veículos flex sejam formados unicamente por moléculas de álcool etílico (álcool comum) e de octano (gasolina), avalie as afirmativas sobre o assunto. a. ( ) (F) Na combustão do octano são liberados kj para cada mol de CO 2 produzido. b. ( ) (F) Na combustão total de quantidades iguais de moléculas de álcool e gasolina, o volume de gás oxigênio gasto é menor na queima da gasolina. c. ( ) (V) Dos combustíveis usados nos veículos flex, o álcool é o que libera mais energia para uma mesma quantidade de CO 2 produzida, considerando-se a combustão completa desses combustíveis. d. ( ) (V) A combustão do gás natural é uma reação exotérmica. e. ( ) (V) O metano, CH 4, é o principal componente do biogás. 14

15 28 O incêndio na Boate Kiss, na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, foi provocado pelas fagulhas de um artefato usado pela banda em show pirotécnico. Atingida pelas fagulhas, a espuma de revestimento se incendiou, liberando gases tóxicos que ocasionaram a morte de mais de duas centenas de pessoas. Como não havia sinalização nem saída de emergência, houve tumulto e muitas pessoas não conseguiram chegar à única porta para a rua, caindo desacordadas em poucos minutos. Laudos periciais confirmaram as mortes pela inalação de monóxido de carbono e gás cianídrico. Sobre o monóxido de carbono e o gás cianídrico, julgue as afirmativas a seguir. a. ( ) (V) O monóxido de carbono é um gás incolor e inodoro, formado pela queima incompleta de combustíveis. b. ( ) (F) O monóxido de carbono, CO, é um óxido ácido, pois é formado por um não-metal. c. ( ) (V) Ácido cianídrico é o nome dado a uma solução aquosa do gás cianídrico; esse ácido é fraco, pois tem grau de ionização muito baixo. d. ( ) (V) Segundo Brönsted-Lowry, o íon CN - é base conjugada forte do HCN. e. ( ) (V) A molécula de HCN é linear e polar. 29 É muito comum medir o ph da água de piscinas e de aquários, do sangue, da água da chuva, do solo (para possibilitar certas culturas agrícolas), etc. Essas medições são de grande importância na ciência e no cotidiano. Considerando os conceitos de ph e poh, a 25ºC, julgue as afirmativas. a. ( ) (F) A medição do ph da água da chuva na cidade de São Paulo, durante um ano, é em média igual a 5; comparando-se esse valor com o ph da água pura (ph = 7), a [H + ] na água da chuva é 5 vezes maior. b. ( ) (F) Para corrigir a acidez do solo utiliza-se cal extinta, Ca(OH) 2, provocando aumento de poh, uma vez que a cal extinta é básica. c. ( ) (V) O ph do sangue se situa entre 7,3 e 7,5; distúrbios que causem aceleração da respiração removem muito CO 2 do pulmão, o que aumenta o ph sanguíneo e desloca para a esquerda o seguinte equilíbrio: CO 2(g) + H 2 O (l) H + - (aq) + HCO 3 (aq) d. ( ) (V) Se a análise da água de uma piscina resultou em ph = 9, o meio tem caráter básico. e. ( ) (V) Se o ph da água de um aquário para criação de peixes é 6, a [H + ] é maior que a [OH - ]. 30 Para medir a velocidade de uma reação química deve-se medir a quantidade de reagente que desaparece ou a quantidade de produto que se forma por unidade de tempo. Esse procedimento é semelhante ao da medida da velocidade de um automóvel, quando mencionamos quantos quilômetros são percorridos por hora. Numa vela, a combustão é lenta. A explosão da dinamite é praticamente instantânea. De acordo com a cinética química, avalie as afirmativas a seguir. a. ( ) (V) Se a reação de formação da água estiver ocorrendo com o consumo de 4 mols de oxigênio por minuto, a velocidade de consumo de hidrogênio será de 8 mol/min. b. ( ) (F) Com relação à reação elementar 2A + 3B 2C + D, podemos afirmar que a velocidade de desaparecimento de A é a metade da velocidade de aparecimento de D. c. ( ) (F) A combustão total da parafina, representada pela equação não balanceada C 20H 42 + O 2 CO 2 + H 2O, ocorre à velocidade de x mols por minuto, medidos em CNTP. A velocidade de formação do gás carbônico, medida nas mesmas condições, é a mesma se comparada à da parafina. d. ( ) (V) A velocidade de uma reação global, quando composta de várias etapas, é determinada pela velocidade da etapa mais lenta. e. ( ) (F) A elevação da temperatura aumenta a velocidade das reações químicas, porque aumenta a energia de ativação. 15

16 31 Gás lacrimogêneo é o nome genérico de vários tipos de substâncias que provocam irritação na pele, nos olhos e nas vias respiratórias. Uma dessas substâncias é o CS (2-clorobenzilideno malononitrilo), classificada como arma não letal e utilizada por policiais para dispersar multidões e conter manifestantes sem causar fatalidades (mortes). Estrutura molecular do CS (2-clorobenzilideno malononitrilo): A respeito dessa estrutura, julgue as afirmativas. a. ( ) (V) Nessa fórmula estrutural existe núcleo benzênico, haleto e dois grupos cianeto. b. ( ) (F) As ligações entre os átomos de carbono do anel aromático são saturadas. c. ( ) (V) Sua fórmula molecular é C 10H 5N 2Cl. d. ( ) (F) A estrutura é um haleto de acila, porque o cloro está ligado a carbono do anel aromático. e. ( ) (F) Apresenta um carbono quaternário. Física 32 A segurança no trânsito tem sido foco de enormes discussões nas últimas décadas. O resultado é a produção de automóveis equipados com dispositivos que aumentam a segurança passiva (evitar que um acidente aconteça) e a ativa (evitar maiores danos aos envolvidos em caso de acidente). Grande parte desses esforços podem ser observados em equipamentos como freios antitravamento (ABS), almofadas infláveis (airbags) para motorista e passageiros, carrocerias com deformação programada, painéis acolchoados e deformáveis e, ultimamente, capôs dos motores mais elevados, de forma a minimizar danos aos pedestres em eventuais atropelamentos. Avalie as relações entre esses equipamentos e os fenômenos físicos mencionados nas afirmativas a seguir. a. ( ) (F) Os freios ABS diminuem a distância de frenagem, ao impedirem o travamento das rodas e o consequente deslizamento dos pneus pelo asfalto, pois transforma toda a energia cinética do movimento das rodas em energia sonora. b. ( ) (F) Os airbags tornam o impacto mais confortável dos ocupantes do veículo, minimizando os potenciais ferimentos desses porque torna a reação sobre o corpo do passageiro menor que a ação deste corpo sobre o airbag. c. ( ) (V) De um ponto de vista físico, airbags, interiores acolchoados e carrocerias deformáveis obedecem ao mesmo princípio, que é, por meio da absorção do impacto, aumentar o tempo deste, de forma a diminuir as forças da colisão transmitidas aos ocupantes do veículo. d. ( ) (F) As carrocerias deformáveis permitem ser possível a minimização de um efeito da 3ª Lei de Newton, de forma que, absorvendo melhor o impacto, faz com que a reação a este, aplicada sobre os ocupantes do veículo, seja menor que a ação, que é a força aplicada sobre a carroceria. e. ( ) (V) O freio ABS tem sua eficiência fundamentada em um principio físico no qual, evitando o travamento das rodas, se aproveita mais o atrito estático, que é maior que o atrito cinético (de deslizamento). 33 O novo regime automotivo de 2013 a 2017 deve exigir que as montadoras reduzam o consumo dos veículos produzidos no País em 11% para serem beneficiadas com a redução de 30 pontos porcentuais no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), de acordo com fontes do governo ouvidas pela Reuters no começo desta semana. (Disponível em: <http://carros.uol.com.br/noticias/reuters/2012/09/13>. Acesso em: 5 jan. 2013) A procura por alternativas energéticas mais econômicas tem sido uma constante na sociedade contemporânea, seja por questões de sustentabilidade ambiental, seja por razões econômicas e tecnológicas, que sempre permitem um avanço ante a concorrência. Se por um lado o Governo Federal insiste no menor consumo de combustível dos automóveis, por outro os fabricantes argumentam que isso leva a um aumento dos custos de desenvolvimento e produção dos veículos. 16 Em termos físicos, que fatores podem embasar a argumentação dos fabricantes? Avalie as afirmativas.

17 a. ( ) (F) Embora seja possível, ainda é muito caro produzir um motor de combustão interna (gasolina, etanol, diesel) que tenha um rendimento de 100%, em função dos materiais que devem ser utilizados em sua construção. b. ( ) (F) O que o Governo Federal solicita pode ser atingido com certa facilidade, pois a aplicação da eletrônica nos motores de combustão interna permite aumentar seu rendimento térmico até chegar à conversão total da energia química armazenada no combustível em trabalho mecânico para movimentar o veículo. c. ( ) (F) O problema no caso são os combustíveis utilizados nos automóveis brasileiros, como gasolina e etanol. Com fontes alternativas o motor poderia operar em um ciclo de Carnot com rendimento próximo a 100%. d. ( ) (V) O Governo Federal solicita uma redução de 11% no consumo dos automóveis como um todo, não apenas em seus motores. Assim, além do aumento do rendimento destes, outros fatores, como diminuição da resistência aerodinâmica, devem ser levados em conta. e. ( ) (V) Os sistemas que controlam e mantêm a temperatura do motor do carro constante, em níveis seguros, contribuem para um aproveitamento melhor da energia liberada na combustão em cada ciclo. 34 Música não é qualquer barulho: só se transformam em música os ruídos que obedecem a uma sequência rítmica e a uma harmonia de algum modo agradáveis. Os próprios instrumentos acústicos, para chegar à sonoridade que hoje possuem, tiveram de ser lenta e cuidadosamente aperfeiçoados. O estudo do som começou para valer somente no início do século XVII, com o matemático inglês Robert Hooke. De acordo com Hooke, a altura do som depende da vibração do ar: se as moléculas do ar oscilam mais velozmente, o som é mais agudo. Tais diferenças são percebidas pela peça vibrante do aparelho auditivo humano, o tímpano. Ao tocar uma corda de violão, duas ondas são produzidas. Uma é a onda transversal e estacionária na própria corda, e a outra é a onda sonora, longitudinal, que chega até nossos ouvidos. Sobre essas ondas, avalie as afirmativas. a. ( ) (F) A velocidade de propagação da onda produzida na corda é igual à da onda sonora emitida. b. ( ) (V) Conforme aumenta a frequência de vibração da corda, diminui o comprimento de onda do som produzido. c. ( ) (V) A altura da onda sonora produzida depende da frequência de vibração da corda. d. ( ) (F) A velocidade de propagação da onda na corda é inversamente proporcional à força que a traciona. e. ( ) (V) Um aumento na força que traciona a corda tende a produzir ondas sonoras de maior frequência. 35 A área radiológica utiliza a radiação X em larga escala com diversas finalidades diagnósticos, terapias, inspeções de homogeneidade, entre outras. Mas de onde vêm os raios X? Como eles são formados? Por que não os vemos? Que perigos eles oferecem? Essas são perguntas que intrigam muitas pessoas que fazem uso dessa ferramenta preciosa. Do filamento do dispositivo representado na figura saem elétrons acelerados em razão da alta diferença de potencial entre os terminais. Esses elétrons vão em direção ao alvo com o qual eles colidirão, sofrendo brusca desaceleração e convertendo a energia cinética (movimento) em raios X e grande parte em calor. Atualmente, a utilização de campos elétrico e magnético cruzados é importante para viabilizar o uso da técnica híbrida de tomografia de ressonância magnética e de raios X. Sobre os conceitos de campo elétrico e campo magnético, avalie as afirmativas a seguir. a. ( ) (V) Se um elétron for lançado com velocidade v r em uma região onde exista um campo magnético B r, ele descreverá uma trajetória circular desde que v r seja perpendicular a B r. b. ( ) (V) Se um elétron for lançado com velocidade v r em uma região onde existam um campo magnético e um campo elétrico cruzados, sua velocidade poderá permanecer constante e, nesse caso, pode ser determinada pela razão entre os módulos dos campos. c. ( ) (V) Como a força magnética agindo sobre um elétron é sempre perpendicular ao vetor velocidade, um campo magnético B r constante não pode alterar a energia cinética do elétron. d. ( ) (F) Um campo magnético pode ser criado por cargas em repouso. O campo magnético gerado por um ímã natural justifica a afirmativa. e. ( ) (F) Se o campo elétrico for desligado e atuar somente o campo magnético perpendicular ao vetor velocidade de um elétron, sua trajetória será circular, e o raio da trajetória será diretamente proporcional ao módulo B do campo magnético. 17

18 PARTE II QUESTÕES DISCURSIVAS E REDAÇÃO Nas questões discursivas a seguir (Biologia e Química) serão considerados não só o grau de conhecimento e de interpretação crítica do conteúdo, mas também a capacidade de síntese, a correção e a clareza no uso da língua. Não serão consideradas respostas em forma de "esquemas" de itens, típicos de apostilas. A resposta deverá ser dada em linguagem cursiva, dentro da norma culta. Há espaços próprios para o rascunho das respostas, no final da prova. Utilize-os, se necessário. Escreva as respostas com letra legível para não ser prejudicado(a) na correção. Biologia 36 Os cavalos puro-sangue inglês são de uma raça selecionada na Inglaterra pelo cruzamento de três garanhões orientais com éguas inglesas e Royal Mares, da Península Ibérica. O objetivo era obter cavalos resistentes para corrida de longas distâncias. Hoje, essa é considerada uma raça melhoradora. Suponha que a cor negra da pelagem desses animais se deva ao gene dominante N, e a cor castanha a seu alelo recessivo n ; que o caráter trotador se deva ao gene dominante T e o marchador ao alelo recessivo t. Suponha ainda que se trate de segregação independente. Com base nos dados fornecidos e em conhecimentos de Biologia, responda ao que se pede. a) Que tipos de descendentes resultam do cruzamento de um trotador negro homozigoto para os dois caracteres com uma fêmea de marchador castanho? Caráter trotador = TT ou Tt Caráter marchador = tt Caráter negro = NN ou Nn Caráter castanho = nn P = trotador negro TTNN x ttnn marchador castanho F1 = 100% TtNn b) Como serão os descendentes de dois animais F1 cruzados entre si e em que proporções deverão aparecer? TtNn x TtNn TN Tn tn tn TN TTNN TTNn TtNN TtNn Tn TTNn TTnn TtNn Ttnn tn TtNN TtNn ttnn ttnn 9 trotadores negros 3 trotadores castanhos 3 marchadores negros 1 marchador castanho 18

19 37 Um grupo de pesquisadores britânicos está sugerindo que lanchonetes de fast-food distribuam medicamentos anticolesterol para combater os efeitos de comidas gordurosas na saúde. Segundo os cientistas ingleses, uma pílula de 10 mg de estatina por dia eliminaria o dano provocado pelo consumo de um hambúrguer e um milk-shake. Na Grã-Bretanha, o custo seria inferior a 5 centavos de libra, o mesmo valor cobrado por um sachê de ketchup. Em artigo no American Journal of Cardiology, o cardiologista Darrel Francis sugere que, para se reduzir os efeitos de comidas gordurosas, é preciso tratar as pessoas da mesma forma que se faz com viciados, que podem ser tratados farmacologicamente. Para os pesquisadores, não há substitutos para uma alimentação balanceada, mas a substância também não faria nenhum mal e colaboraria para combater o colesterol alto. Responda ao que se pede. (Adaptado de: <http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/01/130114> Acesso em: 21 set. 2013) a) Como são classificados os ácidos graxos resultantes da digestão das gorduras e qual a principal diferença estrutural entre eles? Ácidos graxos saturados só apresentam ligações simples entre os carbonos de suas longas cadeias moleculares, enquanto os ácidos graxos insaturados podem ter uma ou mais duplas ligações entre os carbonos de suas cadeias. b) O que são ateromas e que tipo de ácido graxo dificulta sua formação? Ateromas são placas de gordura que se acumulam na parede das artérias diminuindo o lúmen do vaso, podendo levar a uma obstrução completa. Os ácidos graxos insaturados têm ação protetora contra a formação de ateromas. c) Qual a relação entre elevadas concentrações de LDL e baixas concentrações de HDL para o risco de ateromas, AVCs e enfartes? O LDL (low density lipoprotein) apresenta alto teor de colesterol (45%), enquanto o HDL (high density lipoprotein) tem apenas 20% de colesterol. Portanto, o LDL em alta concentração e o HDL em baixa aumentam o risco de ateromas e enfartes. 38 O gráfico a seguir representa a atividade enzimática do sistema digestório. Observe-o com atenção e faça o que se pede. a) Para as enzimas I e II, mencione o nome, o órgão em que atuam, seu substrato e os produtos das reações que catalisam. I - Pepsina, Estômago, proteínas, aminoácidos e peptonas. II - Ptialina ou amilase salivar, boca, amido, maltose. b) Qual é a etapa da digestão que ocorre no órgão onde atua a enzima III? Explique como se processa a digestão dos lipídios. Quilificação As gorduras são inicialmente emulsificadas pela ação da bile e, posteriormente, hidrolisadas pelas liposes entérica e pancreática, que as transformam em ácidos grxos e glicerol que poderão ser absorvidos. 19

20 Química 39 As propriedades medicinais das frutas cítricas eram conhecidas desde o século XVI, porém a estrutura da vitamina C e seu princípio ativo só foram determinados em Produzida em laboratório ou obtida de fontes naturais, a vitamina C é a mesma. Uma vez conhecida a estrutura, os químicos tentam produzir o composto por meio de reações químicas, que podem ser classificadas de várias maneiras. De acordo com os tipos de reações orgânicas e seus mecanismos, escreva as equações das reações solicitadas a seguir, dando o nome dos produtos orgânicos obtidos. Instruções: utilizar o núcleo benzênico na forma ; os catalisadores e os meios nos quais as reações ocorrem não precisam ser representados; se uma reação originar mais de um produto, escrever a fórmula de todos os produtos que podem ser formados. a) Reação do benzeno com o cloreto de metila + H 3 C Cl CH 3 + HCl Metilbenzeno ou Tolueno b) Nitração total do tolueno CH 3 + 3HNO 3 O 2 N CH 3 NO 2 + 3H 2 O NO 2 o,o,p- trinitrotolueno ou 2,4,6-trinitrotolueno (ácido pícrico) c) Ozonólise do 2-Metilbut-2-eno d) Ácido acético + etanol 20

Cadeia alimentar 3º ano

Cadeia alimentar 3º ano Cadeia alimentar 3º ano O equilíbrio ecológico depende diretamente da interação, das trocas e das relações que os seres vivos estabelecem entre si e com o ambiente. Os seres respiram, vivem sobre o solo

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e necessita de uma constante renovação de energia, que é garantida pelo Sol. Com a matéria inorgânica que participa dos ecossistemas

Leia mais

QUESTÕES DE QUÍMICA DA UNICAMP PROVA DE 2014.

QUESTÕES DE QUÍMICA DA UNICAMP PROVA DE 2014. QUESTÕES DE QUÍMICA DA UNICAMP PROVA DE 2014. 1- Prazeres, benefícios, malefícios, lucros cercam o mundo dos refrigerantes. Recentemente, um grande fabricante nacional anunciou que havia reduzido em 13

Leia mais

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens Um país de idosos Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens A expectativa de vida do brasileiro aumentou mais de 20 anos em

Leia mais

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo.

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. QUÍMICA As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas de compostagem, após a reciclagem, obtém-se

Leia mais

Formas do fósforo: -Ortofosfatos: PO 4 3-, HPO 4 2-, H 2 PO 4 -, H 3 PO 4

Formas do fósforo: -Ortofosfatos: PO 4 3-, HPO 4 2-, H 2 PO 4 -, H 3 PO 4 CICLO DO FÓSFORO O fósforo é um não-metal multivalente pertencente à série química do nitrogênio (grupo 15 ou 5 A) que se encontra na natureza combinado, formando fosfatos inorgânicos, inclusive nos seres

Leia mais

TERMOQUÍMICA. O que é o CALOR? Energia térmica em transito

TERMOQUÍMICA. O que é o CALOR? Energia térmica em transito TERMOQUÍMICA Termoquímica PROF. Prof. DAVID David TERMOQUÍMICA O que é o CALOR? Energia térmica em transito TERMOQUÍMICA Estuda as quantidades de calor liberadas ou absorvidas durante as reações químicas

Leia mais

O mar está morrendo!

O mar está morrendo! A UU L AL A O mar está morrendo! O mar, além de ser fonte de recursos para a humanidade, serve também como local de turismo. Esse ambiente abriga uma grande quantidade de seres vivos, desde formas microscópicas

Leia mais

LIVRETE DE QUESTÕES E RASCUNHO. 1) Confira seus dados e assine a capa deste Livrete de Questões e Rascunho somente no campo próprio.

LIVRETE DE QUESTÕES E RASCUNHO. 1) Confira seus dados e assine a capa deste Livrete de Questões e Rascunho somente no campo próprio. P R OVA D I S C U R S I VA LIVRETE DE QUESTÕES E RASCUNHO 2 1 / 1 1 2 0 1 5 V E S T I B U L A R 2 0 1 6 INSTRUÇÕES 1) Confira seus dados e assine a capa deste Livrete de Questões e Rascunho somente no

Leia mais

Centro de Educação Integrada

Centro de Educação Integrada Centro de Educação Integrada 1º ANO BIOLOGIA Origem da vida Citologia Teoria da geração espontânea e biogênese. Teoria de Oparin e Haldane. Panspermia. Criacionismo. Os primeiros seres vivos. Água. Sais

Leia mais

Luz Solar. 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres humanos.

Luz Solar. 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres humanos. Luz Solar 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? Raquitismo e Osteoporose 2. Em qual dia da criação, Deus criou a luz? 1 dia 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres

Leia mais

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro?

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro? População mundial Leia as manchetes abaixo: População mundial superará 9,2 bilhões em 2050, estima ONU BBC Brasil Casais ricos burlam lei do filho único na China BBC Brasil A população mundial atingiu

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL. O 2(g) O 2(aq)

QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL. O 2(g) O 2(aq) QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL Questão 01 O agente oxidante mais importante em águas naturais é, sem a menor dúvida, o oxigênio molecular dissolvido, O 2. O equilíbrio entre o oxigênio

Leia mais

Problemas Ambientais Urbanos

Problemas Ambientais Urbanos Problemas Ambientais Urbanos INVERSÃO TÉRMICA É comum nos invernos, principalmente no final da madrugada e início da manhã; O ar frio, mais denso, é responsável por impedir a dispersão de poluentes (CO,

Leia mais

Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico

Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico 1. (UFF 2009) Desde a Antiguidade, diversos povos obtiveram metais, vidro, tecidos, bebidas alcoólicas, sabões, perfumes, ligas metálicas, descobriram elementos

Leia mais

Biocombustíveis. Também chamados de agrocombustíveis

Biocombustíveis. Também chamados de agrocombustíveis Biocombustíveis Também chamados de agrocombustíveis Biomassa É o combustível obtido a partir da biomassa: material orgânico vegetal ou animal Uso tradicional: lenha, excrementos Etanol: álcool combustível.

Leia mais

Resumo das Funções Orgânicas e nomenclatura

Resumo das Funções Orgânicas e nomenclatura Resumo das Funções Orgânicas e nomenclatura EXERCÍCIOS As questões 2 e 3 referem-se aos textos abaixo. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado as usinas de compostagem,

Leia mais

Resolução Resolução OBJETIVO 2004

Resolução Resolução OBJETIVO 2004 1 Nas bactérias, a cadeia respiratória encontra-se associada à membrana plasmática e os ácidos nucléicos estão associados ao citoplasma. a) É assim também em um protista, em um animal e em um vegetal?

Leia mais

SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA

SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA QUESTÃO 01 Em uma determinada transformação foi constatado que poderia ser representada

Leia mais

2. (Ifsc 2014) A reação abaixo representa este processo: CO 3H H COH H O ΔH 12 kcal/mol

2. (Ifsc 2014) A reação abaixo representa este processo: CO 3H H COH H O ΔH 12 kcal/mol 1. (Uel 2014) A gasolina é uma mistura de vários compostos. Sua qualidade é medida em octanas, que definem sua capacidade de ser comprimida com o ar, sem detonar, apenas em contato com uma faísca elétrica

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE 6 ANO - 1 TRIMESTRE

EXERCÍCIOS ON LINE 6 ANO - 1 TRIMESTRE EXERCÍCIOS ON LINE 6 ANO - 1 TRIMESTRE 1- Leia o texto e responda as questões Todos os animais, independentemente do seu estilo de vida, servem como fonte de alimento para outros seres vivos. Eles estão

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS 3 PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS QUÍMICA 01 - O dispositivo de segurança que conhecemos como air-bag utiliza como principal reagente para fornecer o gás N 2 (massa molar igual a 28 g mol -1

Leia mais

Sistemas Excretores. Professor Fernando Stuchi

Sistemas Excretores. Professor Fernando Stuchi Sistemas Excretores Definição Para manutenção da vida de um organismo animal, todo alimento e substancia que são digeridas, as células absorvem os nutrientes necessários para o fornecimento de energia.

Leia mais

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 6º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da recuperação. Superficie da Terra. Litosfera, solo e relevo 1- Analise a imagem. www.trabanca.com-acesso:

Leia mais

Identificando os tipos de fontes energéticas

Identificando os tipos de fontes energéticas Identificando os tipos de fontes energéticas Observe a figura abaixo. Nela estão contidos vários tipos de fontes de energia. Você conhece alguma delas? As fontes de energia podem ser renováveis ou não-renováveis,

Leia mais

SISTEMA URINÁRIO. Prof. Me. Leandro Parussolo

SISTEMA URINÁRIO. Prof. Me. Leandro Parussolo SISTEMA URINÁRIO Prof. Me. Leandro Parussolo SISTEMA URINÁRIO Conjunto de órgãos e estruturas responsáveis pela filtração do sangue e consequente formação da urina; É o principal responsável pela eliminação

Leia mais

Biofísica. Patrícia de Lima Martins

Biofísica. Patrícia de Lima Martins Biofísica Patrícia de Lima Martins 1. Conceito É uma ciência interdisciplinar que aplica as teorias, a metodologia, conhecimentos e tecnologias da Matemática, Química e Física para resolver questões da

Leia mais

Islamismo. Sobre a cultura árabe.

Islamismo. Sobre a cultura árabe. Islamismo O livro sagrado da religião islâmica é chamado Alcorão que é composto por 114 capítulos que traduzem a mensagem de Deus enviada a Maomé, porém, nem sempre foi assim, antes da revelação maometana,

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UFRJ 2007 www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UFRJ 2007 www.planetabio.com 1-O gráfico a seguir mostra como variou o percentual de cepas produtoras de penicilinase da bactéria Neisseria gonorrhoeae obtidas de indivíduos com gonorréia no período de 1980 a 1990. A penicilinase

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS VESTIBULAR 2007 2.ª FASE 15 DE SETEMBRO DE 2007 VESTIBULAR 2007 2.ª FASE 15 DE SETEMBRO DE 2007 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS INSTRUÇÕES Para a realização desta prova, você recebeu este caderno contendo

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2006 2ª fase www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2006 2ª fase www.planetabio.com 1-O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. Com relação a esse ambiente: a) Indique os consumidores primários. b) Dentre

Leia mais

O interesse da Química é analisar as...

O interesse da Química é analisar as... O interesse da Química é analisar as... PROPRIEDADES CONSTITUINTES SUBSTÂNCIAS E MATERIAIS TRANSFORMAÇÕES ESTADOS FÍSICOS DOS MATERIAIS Os materiais podem se apresentar na natureza em 3 estados físicos

Leia mais

O MUNDO ISLÂMICO Prof. Nilson Urias

O MUNDO ISLÂMICO Prof. Nilson Urias O MUNDO ISLÂMICO Prof. Nilson Urias É a religião com maior número de seguidores e é a religião que mais cresce no mundo. Noite do Destino : Maomé recebe a revelação do anjo Gabriel. Só há um Deus, que

Leia mais

Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO

Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO I Ocorre de maneira natural; Atividade humana; Década de 1970 preocupação com a biodiversidade e poluição; Esforço global... Substituir civilização

Leia mais

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS INSTRUÇÕES: PRCESS SELETIV 2013/2 - CPS PRVA DISCURSIVA DE QUÍMICA CURS DE GRADUAÇÃ EM MEDICINA 1. Só abra a prova quando autorizado. 2. Veja se este caderno contém 5 (cinco) questões discursivas. Caso

Leia mais

Exercícios 3º ano Química -

Exercícios 3º ano Química - Exercícios 3º ano Química - Ensino Médio - Granbery 01-ufjf-2003- Cada vez mais se torna habitual o consumo de bebidas especiais após a prática de esportes. Esses produtos, chamados bebidas isotônicas,

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 12 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem

Leia mais

Resumos. 1) Aula L1 - O Lixo e Conceitos Químicos a. Aulas. 1) Aula L1 - Lixo e Conceitos Gerais. 2) Aula L2 - Estados Físicos da Matéria

Resumos. 1) Aula L1 - O Lixo e Conceitos Químicos a. Aulas. 1) Aula L1 - Lixo e Conceitos Gerais. 2) Aula L2 - Estados Físicos da Matéria Resumo Teórico 1 Fala Gás Nobre! Tudo bem? Já assistimos todos os vídeos sobre o Lixo. Estamos cada vez mais próximos do sucesso. Por isso quero te entregar esse material que contém o resumo das aulas

Leia mais

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano.

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano. Oficina CN/EM 2012 Alimentos e nutrientes (web aula) Caro Monitor, Ao final da oficina, o aluno terá desenvolvido as habilidade: H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 Questão 26 Como a questão pede a separação do sólido solúvel do líquido, o único processo recomendado é a destilação simples. Lembrando que filtração e decantação

Leia mais

46. Com relação à pequena circulação, assinale a afirmativa CORRETA:

46. Com relação à pequena circulação, assinale a afirmativa CORRETA: 2 o PROCESSO SELETIVO/2005 2 O DIA GABARITO 1 29 BIOLOGIA QUESTÕES DE 46 A 60 46. Com relação à pequena circulação, assinale a afirmativa CORRETA: a) A artéria pulmonar sai do ventrículo esquerdo e transporta

Leia mais

TC Revisão 2 Ano Termoquímica e Cinética Prof. Alexandre Lima

TC Revisão 2 Ano Termoquímica e Cinética Prof. Alexandre Lima TC Revisão 2 Ano Termoquímica e Cinética Prof. Alexandre Lima 1. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas de compostagem, após a reciclagem, obtém-se

Leia mais

*MAT MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS (questões de 13

*MAT MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS (questões de 13 HABILIDADE 01 ERRATA 1 (CADERNO DE ITENS POR HABILIDADE) Questão 01360 Simulado 1 e *MAT MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS (questões de 13 Questão 01390 A figura representa um tipo de medidor de energia Um

Leia mais

Poluição do ar. Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador. Deu no jornal. Nossa aula

Poluição do ar. Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador. Deu no jornal. Nossa aula A UU L AL A Poluição do ar Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador do laboratório de poluição atmosférica experimental da Faculdade de Medicina da USP, a relação entre o nível de poluição e a

Leia mais

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução à Anatomia e Fisiologia EN2319-Bases Biológicas para Engenharia I Reginaldo K Fukuchi Universidade Federal do ABC Por que

Leia mais

Concurso Especial de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para maiores de 23

Concurso Especial de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para maiores de 23 Concurso Especial de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para maiores de 23 Prova Modelo de Biologia NOME Nas perguntas de escolha múltipla rodeie com um círculo a resposta que considera correcta (respostas

Leia mais

História Geral. 3ª Edição - 2007

História Geral. 3ª Edição - 2007 História Geral 3ª Edição - 2007 Arábia Pré Islâmica Os Muçulmanos (Religião Islâmica) Caaba Página de um Alcorão do século XIX. O texto sagrado do islamismo, composto de 114 suratas ou capítulos contém

Leia mais

OSMORREGULAÇÃO um exemplo de regulação hormonal

OSMORREGULAÇÃO um exemplo de regulação hormonal OSMORREGULAÇÃO um exemplo de regulação hormonal A composição química do nosso meio interno está continuamente sujeita a modificações (principalmente devido ao metabolismo celular), pelo que é importante

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente BIOLOGIA I TRIMESTRE A descoberta da vida Biologia e ciência Origem da vida

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0 EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0 1- Que órgão do sistema nervoso central controla nosso ritmo respiratório? Bulbo 2- Os alvéolos são formados por uma única camada de células muito finas. Explique como

Leia mais

ECOLOGIA GERAL FLUXO DE ENERGIA E MATÉRIA ATRAVÉS DE ECOSSISTEMAS

ECOLOGIA GERAL FLUXO DE ENERGIA E MATÉRIA ATRAVÉS DE ECOSSISTEMAS ECOLOGIA GERAL Aula 05 Aula de hoje: FLUXO DE ENERGIA E MATÉRIA ATRAVÉS DE ECOSSISTEMAS Sabemos que todos os organismos necessitam de energia para se manterem vivos, crescerem, se reproduzirem e, no caso

Leia mais

ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade

ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade Origem dos povos ORIENTE MÉDIO: Conflitos árabes-israelenses: 1948 Independência de Israel 1949 Guerras da Independência 1956 Crise de Suez 1964 Criação da OLP` 1967

Leia mais

Divirta-se com o Clube da Química

Divirta-se com o Clube da Química Divirta-se com o Clube da Química Produzido por Genilson Pereira Santana www.clubedaquimica.com A idéia é associar a Química ao cotidiano do aluno usando as palavras cruzadas, o jogo do erro, o domino,

Leia mais

CONTEÚDOS DE QUÍMICA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE QUÍMICA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO DE QUÍMICA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO Paulo Henrique Saraiva Câmara SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Frederico

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE 1. OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES Compreender a importância de uma alimentação equilibrada e segura Nutrientes - o que são Funções dos nutrientes ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE Apresentar

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 62 O PETRÓLEO EM DESTAQUE

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 62 O PETRÓLEO EM DESTAQUE GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 62 O PETRÓLEO EM DESTAQUE Como pode cair no enem? (ENEM) No mundo contemporâneo, as reservas energéticas tornam-se estratégicas para muitos países no cenário internacional. Os

Leia mais

EQUILÍBRIO QUÍMICO 1

EQUILÍBRIO QUÍMICO 1 EQUILÍBRIO QUÍMICO 1 1- Introdução Uma reação química é composta de duas partes separadas por uma flecha, a qual indica o sentido da reação. As espécies químicas denominadas como reagentes ficam à esquerda

Leia mais

QUÍMICA Prova de 2 a Etapa

QUÍMICA Prova de 2 a Etapa QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém sete questões, constituídas de itens e subitens, e é composto de dezesseis

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA. Fonte:http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/9811533-criticos-aos-transgenicos-estaomalformados-diz-pesquisador.

PROVA DE BIOLOGIA. Fonte:http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/9811533-criticos-aos-transgenicos-estaomalformados-diz-pesquisador. 13 PROVA DE BIOLOGIA Q U E S T Ã O 1 6 Críticos aos transgênicos estão mal informados, diz pesquisador Cientista que desenvolve seu trabalho pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) diz

Leia mais

Polaridade de moléculas

Polaridade de moléculas Polaridade de moléculas 01. (Ufscar) É molécula polar: a) C 2 H 6. b) 1,2-dicloroetano. c) CH 3 Cl. d) p-diclorobenzeno. e) ciclopropano. 02. (Mackenzie) As fórmulas eletrônicas 1, 2 e 3 a seguir, representam,

Leia mais

SISTEMA EXCRETOR (URINÁRIO) RIO) Rins: morfologia e funcionamento Regulação hormonal Distúrbios mais comuns Excreção de compostos nitrogenados

SISTEMA EXCRETOR (URINÁRIO) RIO) Rins: morfologia e funcionamento Regulação hormonal Distúrbios mais comuns Excreção de compostos nitrogenados SISTEMA EXCRETOR (URINÁRIO) RIO) Rins: morfologia e funcionamento Regulação hormonal Distúrbios mais comuns Excreção de compostos nitrogenados Regulação osmótica SISTEMA URINÁRIO HUMANO adrenal Veia cava

Leia mais

DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO 6ª 3 P2 REVISÃO

DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO 6ª 3 P2 REVISÃO DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO História CONTEÚDO: CAP 3 - Islã CAP 4 Francos e Carolíngios 6ª 3 P2 REVISÃO 1. Na Arábia pré-islâmica, uma cidade em especial se transformou num ponto de encontro,

Leia mais

Pág. 1. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD CONCURSO VESTIBULAR 2009 2ª Fase PROVA DE QUÍMICA

Pág. 1. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD CONCURSO VESTIBULAR 2009 2ª Fase PROVA DE QUÍMICA Questão 1: As bebidas alcoólicas contêm etanol e podem ser obtidas pela destilação do álcool (ex. whiskey e vodka) ou pela fermentação de uma variedade de produtos como frutas e outros vegetais (ex. vinho

Leia mais

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Itens do capítulo 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5. A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5.1 O consumo

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA I. O esquema representa alguns aspectos metabólicos e fisiológicos de uma planta. H 2 O + PRODUTOS ORGÂNICOS DA FOTOSSÍNTESE

PROVA DE BIOLOGIA I. O esquema representa alguns aspectos metabólicos e fisiológicos de uma planta. H 2 O + PRODUTOS ORGÂNICOS DA FOTOSSÍNTESE 24 PROVA DE BIOLOGIA I Q U E S T Ã O 4 0 O esquema representa alguns aspectos metabólicos e fisiológicos de uma planta. PRODUÇÃO ABSORÇÃO O 2 Processo A CO 2 O 2 CO 2 H 2 O Processo B LIBERAÇÃO H 2 O Processo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO INSTITUTO DE CIÊNCIAS NATURAIS, HUMANAS E SOCIAIS (ICNHS) Prof. Evaldo Martins Pires Doutor em Entomologia

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO INSTITUTO DE CIÊNCIAS NATURAIS, HUMANAS E SOCIAIS (ICNHS) Prof. Evaldo Martins Pires Doutor em Entomologia ECOLOGIA GERAL Aula 04 Aula de hoje: CICLAGEM DE NUTRIENTES E CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O ciclo ou a rota dos nutrientes no ecossistema está diretamente relacionado ao processo de reciclagem ou reaproveitamento

Leia mais

HUMANIDADE E AMBIENTE. Profª Janaina Q. B. Matsuo

HUMANIDADE E AMBIENTE. Profª Janaina Q. B. Matsuo HUMANIDADE E AMBIENTE Profª Janaina Q. B. Matsuo POLUIÇÃO AMBIENTAL POLUIÇÃO: É a presença concentrada de poluentes (substâncias ou agentes físicos no ambiente), em geral produzidos pelas atividades humanas.

Leia mais

QUÍMICA CELULAR NUTRIÇÃO TIPOS DE NUTRIENTES NUTRIENTES ENERGÉTICOS 4/3/2011 FUNDAMENTOS QUÍMICOS DA VIDA

QUÍMICA CELULAR NUTRIÇÃO TIPOS DE NUTRIENTES NUTRIENTES ENERGÉTICOS 4/3/2011 FUNDAMENTOS QUÍMICOS DA VIDA NUTRIÇÃO QUÍMICA CELULAR PROFESSOR CLERSON CLERSONC@HOTMAIL.COM CIESC MADRE CLÉLIA CONCEITO CONJUNTO DE PROCESSOS INGESTÃO, DIGESTÃO E ABSORÇÃO SUBSTÂNCIAS ÚTEIS AO ORGANISMO ESPÉCIE HUMANA: DIGESTÃO ONÍVORA

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Currículo Nacional do Ensino Básico Competências essenciais 2º CICLO CIÊNCIAS NATURAIS

Leia mais

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Porção de 100g (1/2 copo) Quantidade por porção g %VD(*) Valor Energético (kcal) 64 3,20 Carboidratos 14,20 4,73 Proteínas 1,30 1,73 Gorduras

Leia mais

ÁGUA. Água conhecida como elemento vital. primitivas. evoluídas. História da humanidade relação simples e intrínseca: Homem/Água.

ÁGUA. Água conhecida como elemento vital. primitivas. evoluídas. História da humanidade relação simples e intrínseca: Homem/Água. ÁGUA Água conhecida como elemento vital Comunidades primitivas evoluídas Água Sobrevivência História da humanidade relação simples e intrínseca: Homem/Água. Civilizações mais primitivas comunidades nômades

Leia mais

Aluno (a): Nº. Disciplina: Química Goiânia, / / 2014

Aluno (a): Nº. Disciplina: Química Goiânia, / / 2014 Lista de Exercícios Aluno (a): Nº. Professora: Núbia de Andrade Série: 1º ano (Ensino médio) Turma: Disciplina: Química Goiânia, / / 2014 01) A mudança de fase denominada sublimação ocorre quando a) o

Leia mais

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se:

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: + + = = = + = = = = = = 07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: (1) PP'A: 4 = cos60º = 1 = () PABC é regular P' é baricentro y = y = () ABC é equilátero + y =

Leia mais

FISIOLOGIA RENAL EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM

FISIOLOGIA RENAL EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM FISIOLOGIA RENAL 01. A sudorese (produção de suor) é um processo fisiológico que ajuda a baixar a temperatura do corpo quando está muito calor ou quando realizamos uma atividade

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UNICAMP 2011 1ª fase www.planetabio.com TEXTO PARA AS QUESTÕES 1 E 2

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UNICAMP 2011 1ª fase www.planetabio.com TEXTO PARA AS QUESTÕES 1 E 2 TEXTO PARA AS QUESTÕES 1 E 2 O vazamento de petróleo no Golfo do México, em abril de 2010, foi considerado o pior da história dos EUA. O vazamento causou o aparecimento de uma extensa mancha de óleo na

Leia mais

ORBITAIS DE ELÉTRONS, FLUORESCÊNCIA E FOTOSSÍNTESE.

ORBITAIS DE ELÉTRONS, FLUORESCÊNCIA E FOTOSSÍNTESE. Atividade didático-experimental ORBITAIS DE ELÉTRONS, FLUORESCÊNCIA E FOTOSSÍNTESE. O objetivo desta atividade é proporcionar contato com alguns fenômenos e conceitos físicos e químicos que permitem avançar

Leia mais

IDADE MÉDIA ORIENTAL BIZANTINOS E ÁRABES

IDADE MÉDIA ORIENTAL BIZANTINOS E ÁRABES IDADE MÉDIA ORIENTAL BIZANTINOS E ÁRABES 1 O IMPÉRIO BIZANTINO: Império Romano do Oriente ou Império Grego. Constantinopla capital. Antiga Bizâncio, hoje Istambul (TUR). Local privilegiado estrategicamente

Leia mais

Ficha de trabalho. Tema A Terra, um planeta a proteger. 1. Explica a constituição das áreas continentais e das áreas oceânicas.

Ficha de trabalho. Tema A Terra, um planeta a proteger. 1. Explica a constituição das áreas continentais e das áreas oceânicas. Ficha de trabalho Tema A Terra, um planeta a proteger Com o crescimento populacional e económico, veio também o aumento do consumo de matérias-primas naturais e, com este, a poluição. Consomem-se cada

Leia mais

Seu pé direito nas melhores faculdades

Seu pé direito nas melhores faculdades Seu pé direito nas melhores faculdades FUVEST 2 a Fase 10/janeiro/2011 conhecimentos gerais 01. a) Quantos são os números inteiros positivos de quatro algarismos, escolhidos sem repetição, entre 1, 3,

Leia mais

-2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE

-2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE -2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE DISCURSIVA OBJETIVA QUÍMICA FÍSICA QUÍMICA FÍSICA Matéria e energia Propriedades da matéria Mudanças de estado físico

Leia mais

CAPÍTULO 10 ENERGIAS RENOVÁVEIS FONTES ALTERNATIVAS

CAPÍTULO 10 ENERGIAS RENOVÁVEIS FONTES ALTERNATIVAS CAPÍTULO 10 ENERGIAS RENOVÁVEIS FONTES ALTERNATIVAS. O Sol, o vento, os mares...fontes naturais de energia que não agridem o meio ambiente. Será viável utilizá-las? A Energia renovável é aquela que é obtida

Leia mais

Química Geral I. Experimento 3 Tendências Periódicas

Química Geral I. Experimento 3 Tendências Periódicas Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Ciência e Tecnologia Laboratório de Ciências Químicas Química Geral I Experimento 3 Tendências Periódicas 1 - OBJETIVOS Relacionar a reatividade química

Leia mais

Create PDF with GO2PDF for free, if you wish to remove this line, click here to buy Virtual PDF Printer

Create PDF with GO2PDF for free, if you wish to remove this line, click here to buy Virtual PDF Printer A DIFERENÇA ENTRE GASOLINA E DIESEL HISTÓRICO Gasolina e diesel são produtos do refino de petróleo cru, achado no seu estado natural no subsolo em várias partes do mundo. Já o petróleo cru é um fluído

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015 Informações de Tabela Periódica CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015 Folha de Dados Elemento H C N O F Al Cl Zn Sn I Massa atômica (u) 1,00 12,0 14,0

Leia mais

QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA - 1997 - TARDE

QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA - 1997 - TARDE QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA - 1997 - TARDE QUESTÃO 01 Um estudante listou os seguintes processos como exemplos de fenômenos que envolvem reações químicas: I adição de álcool à gasolina. II fermentação da massa

Leia mais

Resolução: 0,86ºC. x = 0,5 mol etanol/kg acetona. 0,5 mol 1000 g de acetona. 200 g de acetona. y = 0,1 mol de etanol. 1 mol de etanol (C 2 H 6 O) 46 g

Resolução: 0,86ºC. x = 0,5 mol etanol/kg acetona. 0,5 mol 1000 g de acetona. 200 g de acetona. y = 0,1 mol de etanol. 1 mol de etanol (C 2 H 6 O) 46 g (ACAFE) Foi dissolvida uma determinada massa de etanol puro em 200 g de acetona acarretando em um aumento de 0,86 C na temperatura de ebulição da acetona. Dados: H: 1 g/mol, C: 12 g/mol, O: 16 g/mol. Constante

Leia mais

UNESP- 2013- Vestibular de Inverno

UNESP- 2013- Vestibular de Inverno UNESP- 2013- Vestibular de Inverno 1-Compostos de crômio têm aplicação em muitos processos industriais, como, por exemplo, o tratamento de couro em curtumes e a fabricação de tintas e pigmentos. Os resíduos

Leia mais

Mudança tecnológica na indústria automotiva

Mudança tecnológica na indústria automotiva ESTUDOS E PESQUISAS Nº 380 Mudança tecnológica na indústria automotiva Dyogo Oliveira * Fórum Especial 2010 Manifesto por um Brasil Desenvolvido (Fórum Nacional) Como Tornar o Brasil um País Desenvolvido,

Leia mais

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão 1 Questão 2 O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. a) O câncer é uma doença genética, mas na grande maioria dos

Leia mais

1.1 Poluentes atmosféricos. 1.2 Principais Poluentes Atmosféricos

1.1 Poluentes atmosféricos. 1.2 Principais Poluentes Atmosféricos 18 1. Introdução Nos últimos anos, o crescimento econômico dos países desenvolvidos provocou o aumento da demanda mundial por energia. Com esta também veio um forte aumento da dependência do petróleo e

Leia mais

Regulação dos níveis iônicos do sangue (Na +, K +, Ca 2+, Cl -, HPO 4. , K +, Mg 2+, etc...)

Regulação dos níveis iônicos do sangue (Na +, K +, Ca 2+, Cl -, HPO 4. , K +, Mg 2+, etc...) Regulação dos níveis iônicos do sangue (Na +, K +, Ca 2+, Cl -, HPO 4 2-, K +, Mg 2+, etc...) Regulação do equilíbrio hidrossalino e da pressão arterial; Regulação do ph sanguíneo (H +, HCO 3- ); Síntese

Leia mais

COLÉGIO ALEXANDER FLEMING SISTEMA RESPIRATÓRIO. Profª Fernanda Toledo

COLÉGIO ALEXANDER FLEMING SISTEMA RESPIRATÓRIO. Profª Fernanda Toledo COLÉGIO ALEXANDER FLEMING SISTEMA RESPIRATÓRIO Profª Fernanda Toledo RECORDAR Qual a função do alimento em nosso corpo? Por quê comer????? Quando nascemos, uma das primeiras atitudes do nosso organismo

Leia mais

BIOLOGIA SISTEMA EXCRETOR

BIOLOGIA SISTEMA EXCRETOR BIOLOGIA Prof. Helder SISTEMA EXCRETOR ANATOMIA O sistema excretor é formado por um conjunto de órgãos que filtram o sangue, produzem e excretam a urina - o principal líquido de excreção do organismo.

Leia mais

Gestão Ambiental 19/3/2012. MÓDULO Gerenciamento e Controle de Poluição da Água. Tema: DISPONIBILIDADE HÍDRICA: as Águas do Planeta

Gestão Ambiental 19/3/2012. MÓDULO Gerenciamento e Controle de Poluição da Água. Tema: DISPONIBILIDADE HÍDRICA: as Águas do Planeta Gestão Ambiental Profª Denise A. F. Neves MÓDULO Gerenciamento e Controle de Poluição da Água Tema: DISPONIBILIDADE HÍDRICA: as Águas do Planeta Objetivos: Entender a distribuição da água no Planeta. Reconhecer

Leia mais

1ª série Ensino Médio - Simulado Química 1º bimestre 1. Seja uma mistura formada por: um pouco de areia, uma pitada de sal de cozinha, 100ml de álcool, 100ml de água e cubos de gelo. Quantas fases apresenta

Leia mais