Guia do Acadêmico. Guia da disciplina FAEL. Pedagogia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia do Acadêmico. Guia da disciplina FAEL. Pedagogia"

Transcrição

1 Guia do Acadêmico Pedagogia 1

2 PREZADO ALUNO, SEJA BEM VINDO: A partir de agora, você é aluno da FAEL- Faculdade Educacional da Lapa. A instituição que hoje o recebe é especializada em Cursos de Graduação e Pós-Graduação, comprometida em democratizar o ensino e levar conhecimento de qualidade, proporcionando a inclusão digital à sociedade brasileira. Aqui você iniciará seus estudos acadêmicos, como futuro profissional e, sobretudo, como cidadão. A sua participação, neste programa, significa uma conquista em direção à criação de novas estratégias e alternativas de qualidade na oferta de Educação a Distância - EAD. Os impactos da EAD são o aumento da interatividade, acesso direto a bancos de conteúdos e de informações complementares, formação de grupos de estudo, realização de atividades de aprendizagem on-line, publicação de trabalhos e integração entre professores e alunos a qualquer tempo e a partir de qualquer lugar mediante diversas ferramentas. Seu aprendizado começa, portanto, com a leitura deste Manual, que é um instrumento institucional de suma importância, no qual você encontrará as principais orientações para aproveitar o que a FAEL têm a oferecer a você acadêmico e o esclarecerá sobre o sistema tecnológico desenvolvido, a fim de que possa programar-se adequadamente. Este é o seu guia de procedimentos. Portanto, tome conhecimento do conteúdo e consulte-o sempre que necessitar dirimir dúvidas. A importância deste documento está no fato de que o sistema de educação a distância e o desenvolvimento dos seus estudos devem possuir uma rotina especial. A FAEL oferece um curso moderno dividido em Núcleos do Conhecimento sendo que cada núcleo integra um conjunto de unidades de aprendizagem. Conte conosco, pois, nosso desejo é que as suas atividades, ao longo do curso, sejam criadoras e transformadoras dos processos que estamos permanentemente construindo para a educação brasileira. Sucesso! 2

3 Conheça a Instituição A Faculdade Educacional da Lapa FAEL, autorizada pela Portaria N.º 1.179/98 do Ministério da Educação, surge em um contexto de transformações e de mudanças sociais. A FAEL tem como missão oferecer educação com seriedade, competência e dedicação ao ensino, firmando compromisso com a sociedade, mediante a formação de cidadãos éticos e dinâmicos, capazes de atuar no processo de melhoria de qualidade de vida da sociedade brasileira. A Instituição procura estimular a criação cultural e o desenvolvimento científico formando profissionais especialistas compromissados com a melhoria das condições da realidade histórica local, regional e nacional. A FAEL, por meio de suas parcerias, responsabiliza-se por oferecer ferramentas e recursos técnicos para a efetivação da metodologia de Educação a Distância, como finalidade de oferecer produtos educacionais de excelência e levá-los onde, como e quando o educando precisar. Almeja, ainda, promover o desenvolvimento intelectual dos profissionais brasileiros de todas as regiões, levando programas educacionais de formatos flexíveis a custo acessível e sempre buscando a qualidade de conteúdo. O curso de Licenciatura em Pedagogia na modalidade a distância O Curso de Licenciatura em Pedagogia na modalidade a distância se soma às demais estratégias que visem à melhoria do quadro social vigente ao formar profissionais capacitados para atuarem e estimularem o desenvolvimento do país na área de serviços e apoio escolar e em demais áreas nas quais sejam previstos conhecimentos da área pedagógica. A formação oferecida abrangerá integralmente à docência, a participação na gestão e avaliação de sistemas e instituições de ensino em geral, a elaboração, a execução, o acompanhamento de programas e as atividades educativas em contextos escolares e não-escolares. Na sociedade contemporânea, as rápidas transformações no mundo do trabalho, o avanço tecnológico configurando a sociedade virtual e os meios de informação e comunicação incidem com força na escola e na formação dos docentes. As novas exigências sociais vêm orientando o campo de atuação profissional do pedagogo em várias esferas. A primeira delas surge como forma de valorização do trabalho pedagógico como base da formação do profissional da educação, na implementação de sólida formação teórico-científica, na fundamentação básica em pesquisa como forma de conhecimento e intervenção na realidade educacional e como parte integrante de um movimento crescente de desenvolvimento nas estruturas sociais e individuais para o trabalho coletivo e para o trabalho interdisciplinar. E, na sequência, visa à busca permanente da unidade entre a teoria e a prática, estabelecendo bases para uma formação continuada em termos profissionais e pessoais. O eixo central das Diretrizes Curriculares para o Curso de Pedagogia é estabelecido no artigo 4º da Resolução CNE/ CP nº1, de 15/05/2006, publicada no Diário Oficial da União de 16/05/2006, que estabelece: O Curso de Licenciatura em Pedagogia destina-se à formação de professores para exercer funções de magistério na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal, de educação Profissional na área de serviços e apoio escolar e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos. A proposta por uma matriz curricular de formação geral em Pedagogia permite a ampliação de oportunidades para docentes de inúmeros municípios, formando, além do docente dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, o docente para a Educação Infantil, configurando desta forma, a ampla qualificação do profissional da Educação Básica, demandada pela realidade educacional contemporânea. Desta forma, o Curso de Licenciatura em Pedagogia na modalidade a distância objetiva: Formar o docente com as competências necessárias para atuar na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal, e em cursos de Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar, bem como em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos. Preparar o docente para atuar nas diversas instâncias sociais em que se efetivem processos de organização, supervisão e práticas educativas, visando a sua contribuição para a universalização do saber; 3

4 Proporcionar ao docente condição para o desenvolvimento de sua autonomia intelectual e profissional; Formar profissionais da educação conscientes de seu papel no processo de transformação da sociedade; Dispor o permanente aperfeiçoamento científico e cultural da comunidade escolar discente, docente e demais interessados, por meio de realização de cursos de extensão e especialização, tendo em vista a formação continuada do profissional da educação; Encaminhar o trabalho pedagógico na perspectiva da inclusão social; Selecionar e organizar conteúdos básicos das disciplinas que compõem o currículo da educação infantil e dos anos iniciais da educação básica, de modo a promover a aprendizagem significativa e contextualizada. Perfil do Egresso O profissional egresso do Curso de Licenciatura em Pedagogia deverá ser capaz de desenvolver competências na gestão de processos educativos e na organização e funcionamento de sistemas e instituições de ensino, bem como àquelas relacionadas ao comprometimento com o valor e função social da Escola, que atenda às novas exigências colocadas pelas demandas sociais e pelos avanços da ciência e tecnologia. O licenciado em Pedagogia atua diretamente na participação da organização e planejamento de sistemas e instituições de ensino, executando, coordenando, acompanhando e avaliando as tarefas próprias do setor da educação, de projetos e experiências educativas escolares e não-escolares e na produção e difusão do conhecimento científicotecnológico do campo educacional, tanto no contexto escolar e não-escolar. A FAEL formará pedagogos com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação de professores da Educação Básica, em Nível Superior e nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Pedagogia. O licenciado em pedagogia tem de submeter-se a um processo de aprendizagem contínua e a visão de nossa Instituição de Ensino é proporcionar a compreensão da permanente necessidade de se reconhecer como agente transformador e responsável pelo cuidado da relação teórico-prático, do trabalho coletivo e interdisciplinar e da gestão da escola. Planejar e manter um Curso de Licenciatura em Pedagogia é um desafio de alta complexidade, devido aos constantes desafios de um mercado de trabalho cada vez mais complexo, exigente e competitivo, que requer pedagogos com um cabedal de conhecimentos, habilidades variadas e extraordinária competência pessoal e profissional para responder a esses desafios. O perfil do Profissional de Pedagogia deverá satisfazer às necessidades do mercado e da sociedade, seja local, regional, nacional ou internacional, pautando-se por uma visão estratégica capaz de formatar uma estrutura de formação que possa resguardar ao aluno o efetivo desenvolvimento de competências relacionadas ao gerenciamento do próprio aperfeiçoamento profissional, contínuo, em espaços escolares e não escolares. Assim, exigem-se, desse novo profissional, capacidade de diagnóstico, de solução de problemas, de intervenção no processo pedagógico, de trabalho em equipe, organização e enfrentamento das situações em constantes mudanças, sem se desviar da ética profissional e do compromisso com a sociedade e da qualidade de vida humana em geral. Trata-se da qualificação real do pedagogo, entendida como a somatória de competências, habilidades e diferentes tipos de conhecimento. Portanto, ao final do curso, o graduado deve demonstrar capacidades para: DOMINAR os aspectos teórico-prático-metodológicos específicos de sua área de atuação, assim como informações gerais sobre a realidade social, referenciais para a atuação profissional dos futuros educadores; ENVOLVER-SE em constantes programas de atualização mantidos pela própria instituição ou por outras entidades, ao assumir o compromisso de dedicação à pesquisa, tendo em vista a constante transformação da realidade sócio-educacional e o ideal desejável de qualidade nas atividades de ensino, pesquisa e extensão; OBTER o perfil de um educador que compreenda e seja capaz de intervir na docência da Educação Infantil e dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, na gestão de processos educacionais, nos cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal, e em cursos de Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar, bem como em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos. 4

5 SER um educador- um educador-pesquisador preparado teórico- prático para um processo contínuo de investigação e produção de novas teorias pedagógicas; TER o perfil de um educador em processo de formação continuada voltado, permanentemente, à reflexão/ ação/reflexão e à busca de novos conhecimentos, que possam contribuir para o enriquecimento de sua prática sócio-educacional. Conheça a Dimensão Curricular do curso Total de Núcleos de Conhecimento = 8 (oito) Carga horária total dos Núcleos de Conhecimento = 3.200h, das quais: horas são dedicadas às atividades formativas distribuídas pelas disciplinas; 300 horas são destinadas ao Estágio Supervisionado, ou seja, um conjunto de experiências e vivências interdisciplinares de trabalho em educação realizadas em instituições escolares conveniadas prioritariamente de educação infantil (120 horas mínimas do total de 300 horas) e ensino fundamental - anos iniciais (120 horas mínimas do total de 300 horas), e em disciplinas pedagógicas dos cursos de nível médio, modalidade Normal e/ou de educação profissional na área de serviços e apoio escolar e/ou em outras modalidades e atividades como educação de jovens e adultos, grupos de reforço ou fortalecimento escolar ou gestão dos processos educativos (60 horas máximas do total de 300 horas). As atividades devem ser diversificadas, tanto em relação aos espaços onde serão desenvolvidas, como em relação às funções realizadas, as quais deverão necessariamente incluir as funções de ensino e de organização do trabalho pedagógico. Atividades Acadêmicas-Científico Culturais (AACC) = 100h Total Geral = 3.200h NÚCLEOS DO CONHECIMENTO Os núcleos de conhecimento são formados por temas selecionados em função dos objetivos definidos para o Curso, tendo como referência o perfil do profissional egresso e toda a dimensão teórico metodológica descrita nas diretrizes curriculares e no projeto do Curso. Os núcleos de conhecimento se desenvolvem e são oferecidos tendo uma programação de áreas temáticas abordadas por inteiro dentro de cada núcleo. Visa-se, deste modo, garantir um contato intenso e aprofundado do aluno com estes temas, de forma contínua, consistente, articulada internamente como, por exemplo: Pesquisa na Prática Pedagógica e o Estágio Supervisionado. Ao longo do Curso, estão previstos núcleos do conhecimento a seguir apresentados. COMUNICAÇÃO, INTERAÇÃO E PESQUISA REFLEXÃO, DISCUSSÃO E ORGANIZAÇÃO DA PRÁTICA EDUCATIVA APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO EDUCAÇÃO INFANTIL: A CRIANÇA, O MUNDO E O CONHECIMENTO GESTÃO EDUCACIONAL PEDAGOGO E DOCÊNCIA: COMPETÊNCIA PARA A QUALIDADE PEDAGOGIA: ARTE E MOVIMENTO EDUCAÇÃO PARA A DIVERSIDADE AACC TOTAL DO GERAL NÚCLEOS DO CONHECIMENTO - DISCIPLINAS Os núcleos do conhecimento se desenvolvem sequencialmente em cada período. 400 h 400 h 400 h 400 h 400 h 420 h 340 h 340 h 100 h 3200 h 5

6 As disciplinas ofertadas foram agrupadas em oito Núcleos do Conhecimento e cada um engloba conhecimentos que se entrelaçam na busca do domínio de um determinado conhecimento, sendo este essencial para a formação do docente. Os mencionados núcleos são delimitados por áreas temáticas, mas apresentam a mesma concepção de serem núcleos de conhecimentos com objetivos uníssonos definidos para o Curso direcionando-os a possíveis situações com que o egresso do curso irá se defrontar em sua prática profissional. Esses conhecimentos não se esgotam em cada núcleo. A sua aplicação é crescente. Desta forma, têm-se, a cada núcleo do conhecimento e respectiva área temática, as seguintes disciplinas: NÚCLEO DO CONHECIMENTO: COMUNICAÇÃO, INTERAÇÃO E PESQUISA Auto estudo (40%) Mediação Televisiva: (15%) Digital: ( 35%) Atividades práticas 10% CH Total Tecnologia da Informação e da Comunicação em EaD Língua Portuguesa Filosofia da educação Sociologia da Educação Metodologia da Pesquisa Científica Pesquisa na Prática Pedagógica - Perfil do Professor NÚCLEO DO CONHECIMENTO: REFLEXÃO, DISCUSSÃO E ORGANIZAÇÃO DA PRÁTICA EDUCATIVA Pensamento Matemático e construção de conceitos Fundamentos de Antropologia e Educação Auto estudo (40%) Mediação Televisiva: (15%) Digital: ( 35%) Atividades práticas 10% CH Total Currículos e Programas História da Educação Didática e Planejamento Pesquisa na Prática Pedagógica Mapeamento Escolar NÚCLEO DO CONHECIMENTO: APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO Auto estudo (40%) Mediação Televisiva: (15%) Digital: ( 35%) Atividades práticas 10% CH Total Psicologia da Aprendizagem Dificuldades de Aprendizagem Escolar Avaliação do Desenvolvimento e da Aprendizagem Projetos Educacionais Psicologia do Desenvolvimento Pesquisa na Prática Pedagógica a prática pedagógica: da observação à docência

7 NÚCLEO DO CONHECIMENTO: EDUCAÇÃO INFANTIL: A CRIANÇA, O MUNDO E O CONHECIMENTO Auto estudo (40%) Mediação Televisiva: (15%) Digital: ( 35%) Atividades práticas 10% CH Total Alfabetização: fundamentos, processos e métodos Jogos, Recreação e Educação Fundamentos da Educação Infantil Organização do Trabalho Pedagógico na Ed. Infantil Fundamentos da Educação Psicomotora Estágio Supervisionado Educação Infantil Total NÚCLEO DO CONHECIMENTO: GESTÃO EDUCACIONAL Auto estudo (40%) Mediação Televisiva: (15%) Digital: ( 35%) Atividades práticas 10% CH Total Organização e Gestão Educacional I Organização e Gestão Educacional II Educação, Trabalho e Cidadania Tópicos Avançados de Educação Políticas Públicas e Legislação Educacional Estágio Supervisionado - Gestão Educacional NÚCLEO DO CONHECIMENTO: PEDAGOGO E DOCÊNCIA: COMPETÊNCIA PARA A QUALIDADE Auto estudo (40%) Mediação Televisiva: (15%) Digital: ( 35%) Atividades práticas 10% CH Total Fundamentos e Metodologia do Ensino de Matemática Fundamentos e Metodologia do Ensino de Ciências Fundamentos e Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa Fundamentos e Metodologia do Ensino de História Fundamentos e Metodologia do Ensino de Geografia Estágio Supervisionado - Anos Iniciais do Ensino Fundamental Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) - Projeto de Pesquisa NÚCLEO DO CONHECIMENTO: PEDAGOGIA: ARTE E MOVIMENTO Auto estudo (40%) Mediação Televisiva: (15%) Digital: ( 35%) Atividades práticas 10% CH Total Educação em Espaço não Escolar Fundamentos e Metodologia do Ensino das Artes Fundamentos e Metodologia da Educação Física

8 NÚCLEO DO CONHECIMENTO: PEDAGOGIA: ARTE E MOVIMENTO Auto estudo (40%) Mediação Televisiva: (15%) Digital: ( 35%) Atividades práticas 10% CH Total Educação e Meio Ambiente Literatura Infanto-Juvenil Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Artigo Científico NÚCLEO DO CONHECIMENTO: EDUCAÇÃO PARA A DIVERSIDADE Auto estudo (40%) Mediação Televisiva: (15%) Digital: ( 35%) Atividades práticas 10% CH Total Fundamentos e Metodologia da Educação de Jovens e Adultos Fundamentos e Metodologia do Ensino Especial Educação e Políticas de Inclusão Língua Brasileira de Sinais: Libras Práticas em Educação: Os Cenários da Diversidade Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Trabalho Final Sub total 3100 AACC- ao longo do curso AGORA CONHEÇA AS EMENTAS DAS UNIDADES CURRICULARES NUCLEO DO CONHECIMENTO: COMUNICAÇÃO, INTERAÇÃO E PESQUISA Aborda aspectos gerais da formação acadêmica, ressaltando a importância da Pesquisa para a formação profissional, introduz as diferentes linguagens que ampliam o processo de comunicação na EAD, assim como, as diferentes formas de interação, midiatizadas pela tecnologia. Ao cursar o Núcleo do Conhecimento Comunicação, Interação e Pesquisa, o acadêmico se apropriará de conhecimentos indispensáveis à formação do pedagogo como articulador, mediador do processo ensino e aprendizagem. TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO EM EAD A sociedade do conhecimento e da informação e os novos rumos para a educação. Tecnologia como área do conhecimento humano. Aplicações tecnológicas no processo de ensino e aprendizagem: possibilidades, limites e perspectivas. Ciberespaço e educação a distância: novos ambientes de aprendizagem e comunicação docente. Inserção da tecnologia da comunicação e da informação no cotidiano escolar: critérios para seleção e utilização de recursos. Elementos introdutórios de informática educativa; aspectos históricos da EaD; Dispositivos tecnológicos, usos e manejos inclusivos da cultura digital. BARBOSA, Rommel Melgaço, Ambientes virtuais de aprendizagem. Rio Grande do Sul: Artmed, FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (Org.). TICs no currículo do ensino superior. Curitiba: Fael, Interação, multimídia e educação. Curitiba: Fael,

9 CARVALHO, Fábio Câmara Araújo de. Tecnologias que educam: ensinar e aprender com as tecnologias da informação e comunicação. São Paulo: Pearson Prentice Hall, DEMO, Pedro. Metodologia da investigação em educação. Curitiba: IBPEX, (disponível em bvirtual.com.br) KENSKI, Vani Moreira. Educação e Tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas, SP: Papirus, (disponível ROCHA, Carlos Alves. Mediações tecnológicas no Ensino Superior. Curitiba: Editora IBPEX, (disponível em SETTON, Maria da Graça J. Mídia e Educação. São Paulo: Contexto, LÍNGUA PORTUGUESA Estudo da conceituação de língua, linguagem e fala, articulado ao estudo de textos oral e escrito, considerada a variação linguística. Coerência e coesão relacionadas aos articuladores textuais. Estudo do parágrafo e formas de desenvolvimento. Diferenciação das tipologias textuais. Leitura e processo cognitivo: nível superficial ou informativo; intermediário ou das relações; profundo ou das abstrações. Produção de resumos. Bibliografia Básica DIONISIO, Angela Paiva; MACHADO, Anna Rachel, BEZERRA, Maria Auxiliadora. Gêneros Textuais e Ensino. 5. ed. Rio de Janeiro: Lucerma, FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (ORG.). Língua portuguesa: projetos e literatura. CURITIBA: Fael, Práticas contemporâneas para o ensino de língua portuguesa. Curitiba: Fael, Bibliografia Complementar CAVALCANTI, J.R. Professor leitura e escrita. São Paulo: Contexto, GERALDI, João W. (org.). O texto na sala de aula. 4 ed. São Paulo: Ática, (disponível em com.br) GOMES, Maria Lucia de C. Metodologia da Língua Portuguesa. Curitiba: IBPEX, (disponível em bvirtual.com.br) MICOTTI, Maria Cecilia de Oliveira (org.). Leitura e Escrita: como aprender com êxito por meio da pedagogia por projetos. São Paulo: Contexto, SILVA, Rita do C.P. da. A lingüística textual e a sala de aula. Curitiba: IBPEX, (disponível em bvirtual.com.br) FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO O homem e sua relação com o mundo: perspectiva filosófica. História do pensamento ocidental: concepções, tendências e correntes filosóficas e suas implicações pedagógicas. Especificidade da filosofia da educação. A formação do pensamento pedagógico brasileiro. A filosofia como suporte para a reflexão crítica do educador. FOLSCHEID, Dominique; WUNENBURGER, Jean Jacques. Metodologia Filosófica. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, GHIRALDELLI JUNIOR, Paulo, Filosofia da Educação. Rio de Janeiro: DP&A, 2 ed SEVERINO, Antônio Joaquim, Educação, sujeito e História. São Paulo: Olho d Água,

10 DEWEY, John. Democracia e Educação: capítulos essenciais. São Paulo: Ática, (disponível em bvirtual.com.br) GHIRALDELLI JÚNIOR, Paulo. Filosofia da Educação. São Paulo: Ática, (disponível em com.br). Filosofia e História da Educação Brasileira: da colônia ao governo Lula. 2 ed. Barueri, SP: Manole, PERISSÉ, Gabriel. Filosofia, Ética e Literatura: uma proposta pedagógica. Barueri, SP: Manole, (disponível em VASCONCELOS, José Antonio. Fundamentos Filosóficos da Educação. Curitiba: IBPEX, SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Os sistemas sociais. As instituições e os movimentos sociais. O surgimento da Sociologia da Educação e os Paradigmas Clássicos da Disciplina. A educação como processo social. Educação e estrutura social. Tendências teóricas da sociologia da educação e sua influencia na educação brasileira. A Sociologia da Educação no Século XX e o Estudo Sociológico da Escola. Educação e Mudança Social. A educação como processo social e suas relações com a cultura e a aprendizagem de papéis sociais. A função social da escola. As relações entre educação e sociedade. FREIRE, Paulo. Política e Educação. 5 ed. São Paulo: Cortez, RODRIGUES, Alberto Tosi, Sociologia da Educação. Rio de Janeiro: DP&A, 5 ed SOUZA, João V.A. Introdução à Sociologia da Educação. São Paulo: Ática, 3 ed., DIAS, Reinaldo. Introdução à sociologia. São Paulo: Pearson Prentice Hall, FERRÉOL, Gilles; NORECK, Jean-Pierre. Introdução a Sociologia. São Paulo: Ática, MELO, Alessandro de. Fundamentos socioculturais da educação. Curitiba: IBPEX, PILETTI, Nelson. Sociologia da Educação: do positivismo aos estudos culturais. São Paulo: Ática, (disponível em WEBER, Max. Max Weber: Sociologia. São Paulo: ÁTICA, METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA Fundamentos da teoria do conhecimento, epistemologia, ciência, ideologia, crise paradigmática e pós-modernidade. Disciplinaridade, interdisciplinaridade e perspectivas multidisciplinares e multirreferenciais na produção e difusão do conhecimento científico. Métodos e técnicas de estudo. Tipos de trabalhos científicos e normas de elaboração: resenha, resumo, artigo científico e comunicação científica. Bibliografia Básica BEZZON, Lara Crivelaro. Guia prático de monografias, dissertações e teses elaboração e apresentação. Campinas: Alínea,

11 KÖCHE, José Carlos, Fundamentos de Metodologia Científica; Teoria da ciência e prática da pesquisa. Rio de Janeiro: Vozes, 18 ed VIEIRA, José Guilherme Silva. Metodologia de pesquisa científica na prática. Curitiba: Fael, Bibliografia Complementar AZEVEDO, Celicina Borges. Metodologia Científica ao alcance de todos. 2 ed. Barueri, SP: Manole, (disponível em BARROS, A.J. da S.; LEHFELD, N.A. de S. Fundamentos da Metodologia Científica. 3 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall. CASTRO, Claudio de Moura. Como redigir e apresentar um trabalho científico. São Paulo: Pearson Prentice Hall, DEMO, Pedro. Metodologia da investigação em educação. Curitiba, IBPEX, (disponível em bvirtual.com.br) MAGALHÃES, Gildo. Introdução a Metodologia de Pesquisa: caminhos da ciência e tecnologia. São Paulo: Ática, Pesquisa na Prática Pedagógica Perfil do Professor Caracterização, problematização e análise da prática docente cotidiana: determinantes sócio-históricos, componentes culturais e operacionais, limites e possibilidades. A relação conteúdo-forma no processo de ensino. Resgate de memórias escolares. Rituais e organização do trabalho escola. Natureza e sentido da Prática de ensino e Estágio. Legislação atual relativa à Prática de Ensino e ao Estágio. Reflexão sobre a situação do ensino na educação infantil e fundamental e nos diferentes processos educativos desenvolvidos por instituições escolares e por outras instituições e grupos sociais. MACHADO, Dinamara. Perspectivas da docência, do aluno e das tecnologias na EAD. Curitiba: Fael, SANTOS, Josiane Gonçalves. Profissionalização docente. Curitiba: Fael, PICONEZ, Stella C. Bertholo. A prática do Ensino e o Estágio Supervisionado. 12ed. São Paulo: Papirus, 2006/2007 ALVES, Silvane Rodrigues Leite. História e cotidiano na formação docente: desafios da prática pedagógica. Curitiba: IBPEX, VEIGA, Ilma P. A. (org.) Projeto político pedagógico da escola: uma construção possível. 29 ed. Campinas, SP: Papirus, SUHR, Inge R.F. Teoria do conhecimento pedagógico. Curitiba: IBPEX, (disponível em com.br) FIDALGO, Fernando e Nara L.R.; OLIVEIRA, Maria Aparecida M. A intensificação do trabalho docente: tecnologia e produtividade. Campinas, SP: Papirus, MARTINS, Pura Lúcia Oliver. Didática. Curitiba: IBPEX, NUCLEO DO CONHECIMENTO: REFLEXÃO, DISCUSSÃO E ORGANIZAÇÃO DA PRÁTICA EDUCATIVA O Núcleo do Conhecimento: Reflexão, Discussão e Organização da Prática Educativa, traz, para a formação do pedagogo, aspectos mais específicos da organização e da prática pedagógica. Tem no percurso da construção histórica da educação a base para tomada de decisão e na didática e no planejamento a planificação da organização do trabalho docente, bem como das outras instâncias de competência do pedagogo. 11

12 PENSAMENTO MATEMÁTICO E CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS A construção do conhecimento matemático e o desenvolvimento do raciocínio lógico. Retrospectiva histórica da matemática e as novas tendências. Objetivos do ensino da matemática. Reflexão sobre concepções de matemática presente na escola básica brasileira. Compreensão da matemática como um instrumento de transformação e socialização do educando. Discussão e estudo de conceitos matemáticos presentes no currículo da educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental. Geometria. A contribuição da estatística para os estudos em educação. Métodos estatísticos. FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (Org.). Matemática na educação básica. Curitiba: Fael, Matemática: considerar o erro, repensar as práticas. Curitiba: Fael, PANIZZA, Mabel e Colaboradores. Ensinar Matemática na Educação Infantil e nas Séries Iniciais: Análise e Propostas. Porto Alegre: Artmed, 2006 LOPES, S.R. e S.V. de A.; VIANA, R.L. A construção de conceitos matemáticos e a prática docente. Curitiba: IBPEX, MOYSÉS, Lucia. Aplicações de Vygotsky a educação matemática. Campinas, SP: Papirus, (disponível em MUNHOZ, Mauricio de Oliveira. Propostas metodológicas para o ensino da matemática. Curitiba: IBPEX, (disponível ROLKOWSKI, Emerson. Tecnologias no ensino de matemática. Curitiba: IBPEX, (disponível em bvirtual.com.br) SADOVSKY, Patricia. O ensino de matemática hoje: enfoques, sentidos e desafios. São Paulo: Ática, (disponível FUNDAMENTOS DE ANTROPOLOGIA E EDUCAÇÃO Antropologia e suas contribuições para a reflexão sobre a sociedade e a educação no Brasil. Cultura, educação e socialização: a contribuição teórico-metodológica da Antropologia para o seu entendimento. Multiculturalismo, pluralidade cultural, igualdade, diferença e educação: perspectivas antropológicas. A cultura da escola: ritos, rituais e práticas escolares. Etnias e educação brasileira: a abordagem antropológica. A investigação antropológica e o conhecimento do cotidiano escolar. BOAS, Franz. Antropologia Cultural. 3. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, HARGREAVS, Any. O ensino na sociedade de conhecimento: educação na era da insegurança. Trad. Roberto Cataldo Costa. Porto Alegre: Artmed, 2004 LARAIA, Roque de Barros. Cultura: Um Conceito Antropológico 21.ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2007 CARLI, Ranieri. Antropologia filosófica. Curitiba: IBPEX, FAZENDA, Ivani (org.). A pesquisa em educação e as transformações do conhecimento. 11 ed. Campinas, SP: Papirus, GOMES, Mércio Pereira. Antropologia: ciência do homem, filosofia e cultura. São Paulo: Contexto, (disponível em 12

13 LOPES, Eliane M.T. Perspectivas históricas da educação. 5 ed. São Paulo: Ática, (disponível em bvirtual.com.br) MELO, Alessandro de. Fundamentos socioculturais da educação. Curitiba: IBPEX, CURRÍCULOS E PROGRAMAS Seleção e organização dos conteúdos curriculares na Educação Infantil: as diretrizes curriculares e o Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Abordagem pedagógica dos conteúdos na creche e na pré-escola. Planejamento e avaliação do currículo na educação infantil. Seleção e organização dos conteúdos nos anos iniciais do ensino fundamental: os Parâmetros Curriculares Nacionais. Formação dos educadores e sua atuação no processo curricular. Currículo, cultura e sociedade. Os currículos da escola básica. Abordagem pedagógica dos conteúdos nos anos iniciais do ensino fundamental. Planejamento e avaliação do currículo no ensino fundamental. FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (org.). Diretrizes curriculares. Curitiba: Fael, Práxis pedagógica. Curitiba: Fael, SAVIANI, Nereide. Saber Escolar, Currículo e Didática: Problemas da Unidade Conteúdo/ Método no Processo Pedagógico. 5. ed. Campina, SP: Autores Associados, BARBOSA, Laura M.S. Temas transversais: como utilizá-los na prática educativa. Curitiba: IBPEX, (disponível em LIMA, Michelle Fernandes. A função do currículo no contexto escolar. Curitiba: IBPEX, (disponível em MOREIRA, Antonio Flávio B. (org.). Currículo: políticas e práticas. 12 ed. Campinas, SP: Papirus, (disponível em MOREIRA, Antonio Flávio. Currículos e Programas no Brasil. 18 ed. Campinas, SP: Papirus, (disponível em PAVIANI, Jayme. Interdisciplinaridade: conceitos e distinções. 2 ed. Caxias do Sul,RS: Educs, (disponível em HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Objeto e método da História da Educação. Reconstrução da história da educação no Brasil da Colônia à República. Educação contemporânea no Brasil: problemas e perspectivas. O pensamento pedagógico brasileiro e as políticas educacionais. Exame das proposições dos principais pedagogos. Movimentos histórico-sociais em direção à universalização da educação. A educação no mundo globalizado e na sociedade da comunicação e da informação. O contexto histórico da educação brasileira: inter-relações e importância para a compreensão da realidade educacional atual. FILHO, Geraldo Francisco. A Educação Brasileira no Contexto Histórico. 2 ed. Campinas, SP: Alínea, LOPES, Eliane Marta Teixeira; GALVÃO, Ana Maria de Oliveira. Perspectivas históricas da educação. 2 ed. Rio de Janeiro: DP&A, ROMANELLI, Otaíza de Oliveira. História da Educação no Brasil. 33 ed. Petrópolis: Vozes,

14 GHIRALDELLI JR., Paulo. Filosofia e história da educação brasileira. 2 ed. Barueri, SP: Manole, (disponível em GONÇALVES, Nadia G. Fundamentos Históricos e Filosóficos da Educação Brasileira. Curitiba: IBPEX, (disponível LOPES, Eliane M.T. Perspectivas históricas da educação. 5 ed. São Paulo: Ática, (disponível em bvirtual.com.br) PILETTI, Nelson. História da educação no Brasil. 7 ed. São Paulo: Ática, (disponível em com.br) VEIGA, Cynthia Greive. História da Educação. São Paulo: Ática, DIDÁTICA E PLANEJAMENTO Reconstrução da Didática numa perspectiva histórico-crítica de educação. Concepções Teóricas da Educação. O processo de ensino e suas relações. A didática e a formação do educador. Objetivos e conteúdos de ensino. Os componentes do processo didático, suas relações e implicações na educação infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Planejamento de ensino em suas várias dimensões numa perspectiva crítica da educação. Análise dos fundamentos teóricos do planejamento educacional e estudo dos modelos de planejamento e sua relação com o processo políticopedagógico da escola. CANDAU, Vera Maria, et al. Didática, Currículo e Saberes Escolares. 2ed. Rio de Janeiro: DP&A, FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (org.). Estratégias multidisciplinares na educação básica. Curitiba: Fael, Práxis pedagógica. Curitiba: Fael, CASTILLO ARREDONDO, S.; POLANCO GONZÁLEZ, L. Didática do estudo. Volumes I e II. Curitiba: IBPEX, (disponível CORDEIRO, Jaime F.P. Didática contexto, educação. São Paulo: Contexto, MARTINS, Pura Lúcia Oliver. Didática. Curitiba: IBPEX, PILETTI, Claudino. Didática Geral. 24 ed. São Paulo: Ática, VEIGA, Ilma P.A. (org.). Didática: o ensino e suas relações. 18 ed. Campinas, SP: Papirus, (disponível em PESQUISA NA PRÁTICA PEDAGÓGICA MAPEAMENTO ESCOLAR Investigação das ações dos agentes da educação na escola e sua relação com o conhecimento: levantamento de problemas e construção de propostas alternativas. Levantamento de problemas da prática docente na educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e das ações dos gestores da escola. Pesquisa diagnóstica. Mapeamento da realidade escolar e da prática educativa. Organização e sistematização dos dados coletados. Levantamento de problemáticas. Produção de relatório analítico das observações. Problematização, apresentação de propostas alternativas através de pesquisa. MACHADO, Dinamara. Perspectivas da docência, do aluno e das tecnologias na EAD. Curitiba: Fael,

15 PICONEZ, Stella C. Bertholo. A prática do Ensino e o Estágio Supervisionado. 12ed. São Paulo: Papirus, 2006/2007 SANTOS, Josiane Gonçalves. Profissionalização docente. Curitiba: Fael, ALVES, Silvane Rodrigues Leite. História e cotidiano na formação docente: desafios da prática pedagógica. Curitiba: IBPEX, FIDALGO, Fernando e Nara L.R.; OLIVEIRA, Maria Aparecida M. A intensificação do trabalho docente: tecnologia e produtividade. Campinas, SP: Papirus, MARTINS, Pura Lúcia Oliver. Didática. Curitiba: IBPEX, SUHR, Inge R.F. Teoria do conhecimento pedagógico. Curitiba: IBPEX, (disponível em com.br) VEIGA, Ilma P. A. (org.) Projeto político pedagógico da escola: uma construção possível. 29 ed. Campinas, SP: Papirus, NUCLEO DO CONHECIMENTO: APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO O Núcleo do Conhecimento: Aprendizagem e Desenvolvimento abrange aspectos mais específicos da formação integral da criança, estabelecendo as relações entre aprendizagem e desenvolvimento. Tem na psicologia e nas suas diferentes faces a base de discussão. Analisa de que forma dá-se a aprendizagem da criança e qual o papel do professorpedagogo neste processo. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Aprendizagem: conceitos, princípios gerais e epistemológicos. Aprendizagem e a construção do pensamento. Principais abordagens teóricas da aprendizagem, suas contribuições e implicações para a prática pedagógica na sala de aula. Estudo dos fatores psicológicos, sócio-ambientais e relacionais envolvidos nos processos de ensino e aprendizagem. Bibliografia Básica CUNHA, Marcus V. Psicologia da Educação. Rio de Janeiro: DP&A/Lamparina, FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (org.). Comportamento e cognição: implicações na aprendizagem. Curitiba: Fael, Psicologia, aprendizagem e intervenção. Curitiba: Fael, Bibliografia Complementar BARROS, Célia S.G. Pontos de psicologia escolar. 5 ed. São Paulo: Ática, (disponível em com.br) CARMO, João dos Santos. Fundamentos Psicológicos da Educação. Curitiba: IBPEX, JOSÉ, E. da A.; COELHO, Maria T. Problemas de aprendizagem. 12 ed. São Paulo: Ática, (disponível em MACEDO, Lino de (org.). Jogos, Psicologia e Educação: teoria e pesquisas. São Paulo: Casa do Psicólogo, (disponível PATTO, Maria Helena Souza (org.). Introdução a psicologia escolar. 4 ed. São Paulo: Casa do Psicólogo, (disponível DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM ESCOLAR Dificuldades de aprendizagem; Características. Fatores: Psicológicos - habilidades intelectuais, dislexia, disgrafia, disfonia, o aluno de aprendizagem lenta; o aluno hiper-ativo; Sensoriais - deficiência visual e auditiva. Aspectos etioló- 15

16 gicos dos distúrbios. Sintomas e atendimento no sistema educacional. Distúrbios do desenvolvimento e sua influência na aprendizagem. Problemas escolares: social-familiares, sócio-econômicos, físicos. Avaliação. Atendimento pedagógico. O professor frente ao aluno com dificuldades de aprendizagem.. Reflexão sobre a interação professor x aluno portador de distúrbio de aprendizagem. Orientação à família FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (org.). A criança com TDHA: metodologias e adaptações curriculares. Curitiba: Fael, Comportamento e cognição: implicações na aprendizagem. Curitiba: Fael, FUNAYAMA, Carolina Araújo Rodrigues. Problemas de aprendizagem: enfoque multidisciplinar. Campinas, SP. Editora Alínea, ª ed. CHABANNE, Jean Luc. Dificuldades de aprendizagem: um enfoque inovador do ensino escolar. São Paulo: Ática, JOSÉ, E. da A.; COELHO, Maria T. Problemas de aprendizagem. 12 ed. São Paulo: Ática, (disponível em LEAL, D.; NOGUEIRA, M.O.G. Dificuldades de aprendizagem: um olhar psicopedagógico. Curitiba: IBPEX, (disponível STOLTZ, Tania. As perspectivas construtivista e histórico-cultural na educação escolar. 3 ed. Curitiba: IBPEX, TOPCZEWSKI, Abram. Aprendizado e suas desabilidades: como lidar? 3 ed. São Paulo: Casa do Psicólogo, (disponível AVALIAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO E DA APRENDIZAGEM Concepções de avaliação. Estudo da avaliação nas diferentes concepções pedagógicas. Análise de propostas de avaliação do desenvolvimento e da aprendizagem. Os paradigmas em avaliação e a sua aplicação prática.. Elaboração de técnicas e instrumentos a serem utilizados na Escola. Estudo da avaliação como instrumento indispensável para o planejamento e acompanhamento das ações educativas. Avaliação como acompanhamento do desenvolvimento da criança. As diferentes concepções da avaliação e suas manifestações na prática. Procedimentos e instrumentos da avaliação do desenvolvimento e da aprendizagem. A avaliação da Educação Básica: SAEB. Análise de instrumentos de medida e avaliação usados na escola. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar. 15ª ed. São Paulo: Cortez, SANTOS, Josiane G. Avaliação do ensino nos anos iniciais do ensino fundamental. Curitiba: Fael, STIVAL, Maria Cristina E. Avaliação do desenvolvimento na educação infantil. Curitiba: Fael, ARREDONDO, S.C.; DIAGO, J.C. Avaliação educacional e promoção escolar. Curitiba: IBPEX, (disponível em BOTH, Ivo José. Avaliação planejada, aprendizagem consentida: é ensinando que se avalia, é avaliando que se ensina. 3 ed. Curitiba: IBPEX, BOTH, Ivo José. Avaliação: voz da consciencia da aprendizagem. 2 ed. Curitiba: IBPEX, (disponível em 16

17 VILLAS BOAS, B.M. de F. Projeto de intervenção na escola: mantendo as aprendizagens em dia. Campinas, SP: Papirus, VILLAS BOAS, B.M. de F. Virando a escola do avesso por meio da avaliação. 2 ed. Campinas, SP: Papirus, (disponível PROJETOS EDUCACIONAIS Fundamentos teórico-práticos e metodologia de elaboração de projetos. Tipos de projetos educativos. Projetos educacionais. Técnicas para a elaboração de projetos em escolas. Viabilidade e aplicabilidade. Integração do projeto ao currículo DEMO, Pedro. Princípio Científico e Educativo. São Paulo: Cortez, FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (org.). Contextos e práticas pedagógicas na educação básica. Curitiba: Fael, MACHADO, Dinamara. Perspectivas da docência, do aluno e das tecnologias na EAD. Curitiba: Fael, AZEVEDO, Celicina Borges. Metodologia científica ao alcance de todos. 2 ed. Barueri, SP: Manole, (disponível em CASTILLO ARREDONDO, S.; POLANCO GONZÁLEZ, L. Didática do estudo. Volumes I. Curitiba: IBPEX, (disponível. Didática do estudo. Volumes II. Curitiba: IBPEX, OLIVEIRA, Marcia Cristina de. Caminhos para a gestão compartilhada da educação escolar. Curitiba: IBPEX, VEIGA, Ilma P. A. (org.) Projeto político pedagógico da escola: uma construção possível. 29 ed. Campinas, SP: Papirus, Psicologia do Desenvolvimento A perspectiva histórica da psicologia da educação: objeto de estudo, objetivos e finalidades. Fundamentos bio-psico-sociais da infância e da vida adulta: o desenvolvimento humano nas dimensões biológica, cognitiva, social e emocional. A escola como integrante do meio sócio-cultural que influencia, interfere e participa do desenvolvimento bio-psico-sócial e cultural do ser em crescimento. Conceito de desenvolvimento; Princípios e leis do processo de desenvolvimento; Esferas ou dimensões do desenvolvimento; A Psicologia do Desenvolvimento e a Pedagogia. Teorias de desenvolvimento e aprendizagem. Bibliografia Básica BIAGGIO, Ângela M. Brasil. Psicologia do Desenvolvimento. 19.ed. Petrópolis: Vozes, FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (org.). A criança com TDHA: metodologias e adaptações curriculares. Curitiba: Fael, A psicologia do comportamento escolar. Curitiba: Fael, BARROS, Célia Silva G. Pontos da psicologia do desenvolvimento. 12 ed. São Paulo: Ática, (disponível em CARMO, João dos Santos. Fundamentos Psicológicos da Educação. Curitiba: IBPEX,

18 CÓRIA-SABINI, Maria A. Psicologia do Desenvolvimento. São Paulo: Ática, KAIL, Robert V. A criança. São Paulo: Prentice Hall, MACEDO, Lino de (org.). Jogos, psicologia e educação: teoria e pesquisas. São Paulo: Casa do Psicólogo, (disponível PESQUISA NA PRÁTICA PEDAGÓGICA DA OBSERVAÇÃO À DOCÊNCIA A Organização da Educação Nacional. Níveis e Modalidades de Educação e Ensino brasileiro. Atividade curricular de reflexão permanente sobre a prática pedagógica. Diagnóstico de aulas em classes da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Análise da relação entre o plano de ensino, o projeto pedagógico-curricular e a interdisciplinaridade na educação infantil e nos anos iniciais. Problematização ao planejar, executar e avaliar o ensino na Educação infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (org.). Práxis pedagógica. Curitiba: Fael, MACHADO, Dinamara. Perspectivas da docência, do aluno e das tecnologias na EAD. Curitiba: Fael, PICONEZ, Stella C. Bertholo. A prática do Ensino e o Estágio Supervisionado. 12ed. São Paulo: Papirus, 2006/2007 ALVES, Silvane Rodrigues Leite. História e cotidiano na formação docente: desafios da prática pedagógica. Curitiba: IBPEX, FIDALGO, Fernando e Nara L.R.; OLIVEIRA, Maria Aparecida M. A intensificação do trabalho docente: tecnologia e produtividade. Campinas, SP: Papirus, MARTINS, Pura Lúcia Oliver. Didática. Curitiba: IBPEX, SUHR, Inge R.F. Teoria do conhecimento pedagógico. Curitiba: IBPEX, (disponível em com.br) VEIGA, Ilma P. A. (org.) Projeto político pedagógico da escola: uma construção possível. 29 ed. Campinas, SP: Papirus, NÚCLEO DO CONHECIMENTO: EDUCAÇÃO INFANTIL: A CRIANÇA, O MUNDO E O CONHECIMENTO O Núcleo do Conhecimento: Educação Infantil: a criança, o mundo e o conhecimento, aborda em profundidade a Educação Infantil como etapa inicial da Educação Básica, contemplando aspectos tanto do formar como do educar objetivando situar a ação do pedagogo como docente da educação Infantil e como gestor deste nível de escolaridade. Dar à Educação Infantil, à sua clientela e às suas práticas a importância devida, assim como, chamar o profissional que atua neste nível à sua responsabilidade sobre a formação inicial da criança é função deste Núcleo do Conhecimento ALFABETIZAÇÃO: FUNDAMENTOS, PROCESSOS E MÉTODOS Abordagem histórica da alfabetização no contexto educacional brasileiro. A linguagem enquanto sistema simbólico, representativo das interações humanas. Processos de alfabetização e alternativas metodológicas. A função social da escrita em uma sociedade letrada. Produção e apropriação da leitura e da escrita: uma metodologia de alfabetização a partir do texto. Os embates e as interfaces entre os conceitos de alfabetização e letramento. Análise de diferentes teorias do letramento e da alfabetização que servem de base aos educadores na atualidade. Estudo das práticas letradas não escolares e de seus respectivos modos de circulação. Alfabetizar letrando: práticas de letramento no processo de apropriação da língua escrita. Atividades práticas de leitura que favorecem o letramento na escola. 18

19 FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (org.). Língua portuguesa: projetos e literatura. Curitiba: Fael, Práticas contemporâneas para o ensino de língua portuguesa. Curitiba: Fael, ROJO, Roxane. Letramentos Múltiplos, escola e inclusão social. Parábola Editorial. CAGLIARI, Luiz Carlos. Alfabetização e lingüística. São Paulo: Scipione, (disponível em com.br) CAGLIARI, Luiz Carlos. Alfabetizando sem o ba-be-bi-bo-bu. São Paulo: Scipione, OÑATIVIA, Ana Cecilia. Alfabetização e três propostas. São Paulo: Ática, SENNA, Antonio Gomes (org.). Letramento: princípios e processos. Curitiba: IBPEX, SOARES, Magda. Alfabetização e letramento. São Paulo: Contexto, (disponível em com.br) JOGOS, RECREAÇÃO E EDUCAÇÃO Estudo histórico da ludicidade. As várias concepções de jogos e recreação. Valor educativo e social do jogo. Classificação dos jogos: jogo livre e organizado. Pequenos e grandes jogos, jogos pedagógicos. O significado do lúdico como prática cultural. O lúdico como fonte de compreensão do mundo e o papel na educação. Atividades desenvolvidas na pré-escola. Gincana: importância e organização, tipos de gincanas. Dobraduras. Brinquedos cantados e de rodas. Conhecer recreio orientado. Colônia de férias. Bibliografia básica: DALLA VALLE, Luciana de Luca. Jogos, recreação e educação. Editora FAEL, FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (org.). A psicologia do comportamento escolar. Curitiba: Fael, KISHIMOTO, Tizuko Morchida (org.). Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. 10ª edição, SP: Cortez, Bibliografia complementar: CÓRIA-SABINI, Maria A.; LUCENA, Regina F. de. Jogos e brincadeiras na educação infantil. Campinas, SP: Papirus, MACEDO, Lino (org.). Jogos, psicologia e educação: teoria e pesquisas. São Paulo: Casa do Psicólogo, (disponível MARINHO, Hermínia R.B...[et.al] Pedagogia do movimento: universo lúdico e psicomotricidade. Curitiba: IBPEX, RAU, Maria C.D. A ludicidade na educação: uma atitude pedagógica. Curitiba: IBPEX, ZAGONEL, Bernadete. Brincando com música na sala de aula: jogos de criação musical usando a voz, o corpo e movimento. Curitiba: IBPEX, FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Estudo das diferentes concepções de infância sob enfoque interdisciplinar considerando a base histórica, biológica, psicológica, antropológica e sociológica. Concepções de educação infantil: pressupostos epistemológicos e consequ- 19

20 ências metodológicas. Os referenciais e as bases legais da educação infantil no Brasil. Análise do processo histórico de constituição da educação infantil no mundo e na sociedade brasileira: origem e papéis da creche e da pré-escola. Pressupostos, impasses e perspectivas na formação de profissionais de educação infantil. DALLA VALLE, Luciana de Luca. Fundamentos teóricos e metodológicos das ciências naturais na educação infantil. Curitiba: Fael, KRAMER, Sonia et al. Infância e Educação Infantil. 6ed. São Paulo: Papirus, 2007 PIERIN, Gesiane. Nutrição, higiene e saúde na educação infantil. Curitiba: Fael, CARTAXO, Simone R.M. Pressupostos da educação infantil. Curitiba: IBPEX, (disponível em bvirtual.com.br) KRAMER, Sonia (org.) Profissionais da educação infantil: gestão e formação. São Paulo: Ática, (disponível em OSTETO, Luciana E. (org.). Educação infantil: saberes e fazeres da formação de professores. Campinas, SP: Papirus, RAU, Maria Cristina T.D. Educação infantil: práticas pedagógicas de ensino e aprendizagem. Curitiba: IBPEX, VÁRIOS AUTORES. Infância e Educação Infantil. Campinas, SP: Papirus, (disponível em com.br) ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Contexto, cultura e suas relações com a Educação Infantil. Políticas de atendimento à infância e à criança. A instituição de Educação Infantil e seus diferentes atores: pais, crianças e professores. Políticas de atendimento à infância. Creches e pré-escolas. Funções da Educação Infantil. Relações entre Educação Infantil e ensino fundamental. O cuidar e o educar: o papel do professor na Educação Infantil. O espaço e o tempo como protagonista da ação educativa. A rotina nas instituições de Educação Infantil. A inserção e o acolhimento. A brincadeira, a construção do conhecimento e a criança. Aspectos da higiene física e mental. A saúde infantil: construção de hábitos, atitudes e habilidades que promovam a prevenção, a proteção e a recuperação da saúde individual e coletiva. Bibliografia Básica DALLA VALLE, Luciana de Luca. Fundamentos teóricos e metodológicos das ciências naturais na educação infantil. Curitiba: Fael, OSTETO, Luciana E. (org.). Encontros e encantamentos na Educação Infantil. São Paulo: Papirus, PIERIN, Gesiane. Nutrição, higiene e saúde na educação infantil. Curitiba: Fael, Bibliografia complementar CARTAXO, Simone R.M. Pressupostos da Educação Infantil. Curitiba: IBPEX, (disponível em bvirtual.com.br) FARIA, Vitória L.B.; DIAS, Fátima R.T.S. Currículo na Educação Infantil: diálogo com os demais elementos da Proposta Pedagógica. São Paulo: Scipione, OSTETO, Luciana E. (org.). Educação Infantil: saberes e fazeres da formação de professores. Campinas, SP: Papirus, RAU, Maria C.T.D. Educação infantil: práticas pedagógicas de ensino e aprendizagem. Curitiba: IBPEX, (disponível 20

FAEL Faculdade Educacional da Lapa

FAEL Faculdade Educacional da Lapa Manual do curso Pedagogia EAD - FAEL 2009 GUIA DO SEMESTRE - CURSO DE PEDAGOGIA EAD FAEL TURMA 2009-1º SEMESTRE 2010 2 PREZADO ALUNO, SEJA BEM VINDO: A partir de agora, você é aluno da FAEL- Faculdade

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 30 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL... 4 02 INVESTIGAÇÃO PEDAGÓGICA: DIVERSIDADE CULTURAL NA APRENDIZAGEM... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA...

Leia mais

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Prática: 15 h/a Carga Horária: 60 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INVESTIGAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE I... 4 02 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 4 03 PROFISSIONALIDADE DOCENTE... 4 04 RESPONSABILIDADE

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 93 DE JUNHO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº. 93 DE JUNHO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS RESOLUÇÃO Nº. 93 DE JUNHO DE 2014 O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS,

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO EM EDUCAÇÃO INFANTIL SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização:

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PEDAGOGIA Disciplina: Comunicação e Expressão Ementa: A leitura como vínculo leitor/texto através do conhecimento veiculado pelo texto escrito. Interpretação:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 1.ª SÉRIE DE OFERTA 99-8791-04 DIDÁTICA 160 0 160 99-8792-04

MATRIZ CURRICULAR 1.ª SÉRIE DE OFERTA 99-8791-04 DIDÁTICA 160 0 160 99-8792-04 Curso: Graduação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA PLENA MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 60 h Prática: 15 h Créditos: 4 A Biologia e o educador. Herança e meio, a hereditariedade. Reprodução humana. As funções vegetativas (digestão e alimentos,

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 15:06

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 15:06 Curso: 9 DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências da Educação Pedagogia (Noturno) Ano/Semestre: 0/ 09/0/0 :06 s por Curso Magistério: Educação Infantil e Anos Iniciais do Ens. Fundamental CNA.0.00.00-8

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura

Leia mais

CAMPANHA NACIONALDE ESCOLAS DA COMUNIDADE - CNEC FACULDADE CENECISTA DE CAMPO LARGO FACECLA CURSO DE PEDAGOGIA

CAMPANHA NACIONALDE ESCOLAS DA COMUNIDADE - CNEC FACULDADE CENECISTA DE CAMPO LARGO FACECLA CURSO DE PEDAGOGIA CAMPANHA NACIONALDE ESCOLAS DA COMUNIDADE - CNEC FACULDADE CENECISTA DE CAMPO LARGO FACECLA CURSO DE PEDAGOGIA O curso de Pedagogia, Licenciatura da FACECLA de acordo com as Diretrizes Curriculares de

Leia mais

Ementas aprovadas nos Departamentos (as disciplinas obrigatórias semestrais estão indicadas; as demais são anuais)

Ementas aprovadas nos Departamentos (as disciplinas obrigatórias semestrais estão indicadas; as demais são anuais) UFPR SETOR DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA EMENTAS DAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS Ementas aprovadas nos Departamentos (as disciplinas obrigatórias semestrais estão indicadas; as demais são anuais) 1º ANO

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2004.1. Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2004.1. Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 10 h/a Créditos: 2 : A Antropologia enquanto ciência e seus principais ramos. Metodologia da pesquisa em Antropologia

Leia mais

ANEXO E: EMENTÁRIO DO CURRÍCULO 13

ANEXO E: EMENTÁRIO DO CURRÍCULO 13 ANEXO E: EMENTÁRIO DO CURRÍCULO 13 I CICLO DE ESTUDOS INTERDISCIPLINARES (1º e 2º semestres): FUNDAMENTOS DA FORMAÇÃO DO PEDAGOGO EMENTÁRIO: O I Ciclo do Curso de Pedagogia do UniRitter desenvolve os fundamentos

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR

PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR Instituição Certificadora: FALC Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001 Resolução CNE CES 1 2007 Carga Horária: 460h Período de Duração: 12 meses (01 ano) Objetivos:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 4 anos INÍCIO EM 2012.1

MATRIZ CURRICULAR 4 anos INÍCIO EM 2012.1 MATRIZ CURRICULAR 4 anos INÍCIO EM 2012.1 EIXO1 Formação docente: Profissionalização, Ética e Cidadania 1º Período Disciplina C.H.R. C.H.S. Informática Aplicada 20 20 01 01 Políticas Públicas e Organizações

Leia mais

EMENTÁRIO NÚCLEO DE ESTUDOS BÁSICOS

EMENTÁRIO NÚCLEO DE ESTUDOS BÁSICOS EMENTÁRIO NÚCLEO DE ESTUDOS BÁSICOS a) FUNDAMENTAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO DADOS DO CAMPO DE CONHECIMENTO Filosofia, Ética e 3 1 4 90 EMENTA: Correntes filosóficas da modernidade e seus fundamentos para

Leia mais

Centro de Estudos Avançados em Pós Graduação e Pesquisa

Centro de Estudos Avançados em Pós Graduação e Pesquisa EDUCAÇÃO INFANTIL JUSTIFICATIVA O momento social, econômico, político e histórico em que vivemos está exigindo um novo perfil de profissional, de cidadão: informado, bem qualificado, crítico, ágil, criativo,

Leia mais

Curso de Pedagogia Ementário da Matriz Curricular 2010.2

Curso de Pedagogia Ementário da Matriz Curricular 2010.2 1ª FASE 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL A Biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão neurológica nos processos básicos: os sentidos

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CONSELHO PLENO RESOLUÇÃO CNE/CP Nº 1, DE 15 DE MAIO DE 2006. (*)

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CONSELHO PLENO RESOLUÇÃO CNE/CP Nº 1, DE 15 DE MAIO DE 2006. (*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CONSELHO PLENO RESOLUÇÃO CNE/CP Nº 1, DE 15 DE MAIO DE 2006. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. O Presidente

Leia mais

Cursos de Pedagogia têm novas Diretrizes Curriculares Nacionais

Cursos de Pedagogia têm novas Diretrizes Curriculares Nacionais Cursos de Pedagogia têm novas Diretrizes Curriculares Nacionais O Conselho Nacional de Educação baixou a Resolução nº 1, de 15 de maio de2006, publicada no Diário 0ficial da União de 16, instituindo as

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PEDAGOGIA Comunicação e Expressão: Leitura e compreensão de textos. Gêneros textuais. Linguagem verbal e não verbal. Linguagem literária. Variação da língua,

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: FUND. TEÓRICOS METODOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA Educação

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO INCLUSIVA 400h. Estrutura Curricular do Curso Disciplinas

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO INCLUSIVA 400h. Estrutura Curricular do Curso Disciplinas CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO INCLUSIVA 400h Ética profissional na Educação Fundamentos históricos, conceitos, sociais e legais na Educação Inclusiva Legislação Aplicável na Educação Inclusiva Fundamentos

Leia mais

PEDAGOGIA. 1. ATIVIDADES COMPLEMENTARES O aluno deve comprovar 100h de atividades no decorrer do curso.

PEDAGOGIA. 1. ATIVIDADES COMPLEMENTARES O aluno deve comprovar 100h de atividades no decorrer do curso. PEDAGOGIA Ementas das Disciplinas 1. ATIVIDADES COMPLEMENTARES O aluno deve comprovar 100h de atividades no decorrer do curso. 2. COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO Leitura e compreensão de textos. Gêneros textuais.

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA - MAGISTÉRIO DA EDUCAÇÃO BÁSICA E GESTÃO EDUCACIONAL - UAB

CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA - MAGISTÉRIO DA EDUCAÇÃO BÁSICA E GESTÃO EDUCACIONAL - UAB CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA - MAGISTÉRIO DA EDUCAÇÃO BÁSICA E GESTÃO EDUCACIONAL - UAB Reconhecido pela Resolução CEPE n.º 230, de 16.12.08. Para completar o currículo pleno do curso superior de

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA Orientação para a observação e a coleta de dados das instituições de educação infantil e da sala de aula. Orientações para o planejamento, desenvolvimento e avaliação do trabalho de campo. Reflexão

Leia mais

Curso: Pedagogia ( 1 ª Licenciatura) I Bloco. Fundamentos Epistemológicos de Pedagogia 60 horas

Curso: Pedagogia ( 1 ª Licenciatura) I Bloco. Fundamentos Epistemológicos de Pedagogia 60 horas Curso: Pedagogia ( 1 ª Licenciatura) I Bloco Fundamentos Epistemológicos de Pedagogia 60 horas Metodologia Científica 60 horas História da Educação 60 horas Sociologia da Educação I 60 horas Filosofia

Leia mais

FP 108501 FUNDAMENTOS DA GINÁSTICA

FP 108501 FUNDAMENTOS DA GINÁSTICA Ementas das Disciplinas de Educação Física Estão relacionadas abaixo, as ementas e a bibliografia dos diferentes eixos curriculares do Curso, identificadas conforme os ciclos de formação: Ciclo de Formação

Leia mais

COORDENADORA: Profa. Herica Maria Castro dos Santos Paixão. Mestre em Letras (Literatura, Artes e Cultura Regional)

COORDENADORA: Profa. Herica Maria Castro dos Santos Paixão. Mestre em Letras (Literatura, Artes e Cultura Regional) COORDENADORA: Profa. Herica Maria Castro dos Santos Paixão Mestre em Letras (Literatura, Artes e Cultura Regional) Universidade Federal de Roraima UFRR Brasil Especialista em Alfabetização (Prática Reflexiva

Leia mais

PROJETO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL 2014.2

PROJETO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL 2014.2 PROJETO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL 2014.2 APRESENTAÇÃO A Educação Infantil é a primeira etapa da Educação Básica e tem como finalidade o desenvolvimento integral

Leia mais

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - PRÁTICAS PEDAGÓGICAS

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - PRÁTICAS PEDAGÓGICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE REFERÊNCIA EM FORMAÇÃO E

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA PROCESSO DE SELEÇÃO DOCENTE PARA 2010/1 ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: FUNDAMENTOS

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA: DOCÊNCIA E GESTÃO EDUCACIONAL (Currículo iniciado em 2009)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA: DOCÊNCIA E GESTÃO EDUCACIONAL (Currículo iniciado em 2009) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA: DOCÊNCIA E GESTÃO EDUCACIONAL (Currículo iniciado em 2009) CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO BÁSICA 2171 C/H 102 Fundamentos e concepções sobre a organização curricular

Leia mais

INSTITUTO SINGULARIDADES CURSO PEDAGOGIA MATRIZ CURRICULAR POR ANO E SEMESTRE DE CURSO

INSTITUTO SINGULARIDADES CURSO PEDAGOGIA MATRIZ CURRICULAR POR ANO E SEMESTRE DE CURSO INSTITUTO SINGULARIDADES CURSO PEDAGOGIA MATRIZ CURRICULAR POR ANO E SEMESTRE DE CURSO 1º N1 1. Espaços e Práticas Culturais 40h N1 2. Oficina de Artes Visuais 80h N1 3. Prática de Leitura e escrita 80h

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. APRESENTAÇÃO Este curso, que ora apresentamos, insere-se como mais uma ação na perspectiva da formação do educador e destina-se a especializar

Leia mais

Curso de Especialização Educação Infantil 2ª Edição EMENTA DAS DISCIPLINAS

Curso de Especialização Educação Infantil 2ª Edição EMENTA DAS DISCIPLINAS Curso de Especialização Educação Infantil 2ª Edição EMENTA DAS DISCIPLINAS Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem da Criança de 0 a 5 anos Docente do Curso Gilza Maria Zauhy Garms Total da Carga

Leia mais

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300 Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Gestão dos Profissionais da Educação Coordenação de Administração de Pessoas Instituição CETEB A adolescência e o ensino da

Leia mais

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO 2º SEMESTRE 205 ANEXO I - EDITAL Nº 5/205 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Formação de professor/pedagogo. Didática. Mediação. Práxis. Introdução

PALAVRAS-CHAVE Formação de professor/pedagogo. Didática. Mediação. Práxis. Introdução 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA.

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA. EDITAL Nº 00/204 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA Módulo I Educação a Distância e Ambiente Virtual de Aprendizagem História e

Leia mais

Estabelece a Base Curricular, para a Formação Pedagógica dos Cursos de Licenciatura.

Estabelece a Base Curricular, para a Formação Pedagógica dos Cursos de Licenciatura. RESOLUÇÃO Nº 04/2004 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Estabelece a Base Curricular, para a Formação Pedagógica dos Cursos de Licenciatura.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Mês/ Unidade s. Conteúdos T/P 1 08

PLANO DE ENSINO. Mês/ Unidade s. Conteúdos T/P 1 08 PLANO DE ENSINO CURSO: Licenciatura em Matemática MODALIDADE: Presencial DISCIPLINA: Teorias Educacionais e Curriculares CÓDIGO: NPED 03 FASE DO CURSO: 2ª SEMESTRE LETIVO: 2º 2013 CARGA HORARIA SEMESTRAL/

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA RESOLUÇÃO/UEPB/CONSEPE/003/2009. UNIVERSIDADE ESTADU DA PARAÍBA APROVA O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA LICENCIATURA PLENA, DO CENTRO DE EDUCAÇÃO - CEDUC, QUE REFORMULA

Leia mais

PNAIC. CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa

PNAIC. CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa PNAIC POLO DE POÇOS OS DE CALDAS Equipe do PNAIC-CEAD CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa Supervisão de avaliação ão: Profa. Dra. Carla

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA - UAB Currículo nº 1

CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA - UAB Currículo nº 1 CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA - UAB Turno: INTEGRAL Currículo nº 1 Autorizado pela Resolução CEPE n.º 011, de 20.03.12. Para completar o currículo pleno do curso superior de graduação em Licenciatura

Leia mais

CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2013 INTRODUÇÃO: O presente trabalho apresenta a relação de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu a serem reorganizados no

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Conteúdos e Metodologia de Educação Física Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 7º 1 - Ementa (sumário, resumo) Educação

Leia mais

6 créditos (108h) TCC 12 créditos ( 216h) Atividades técnico-científicas ou culturais 28 créditos (504 horas)

6 créditos (108h) TCC 12 créditos ( 216h) Atividades técnico-científicas ou culturais 28 créditos (504 horas) Componente curricular Créditos e Carga horária Disciplinas eletivas 4 créditos (72h) NADE(s) 6 créditos (108h) TCC 12 créditos ( 216h) Atividades técnico-científicas ou culturais 6 créditos (108h) TOTAL

Leia mais

Título: A formação do professor para o uso do jornal na sala de aula no ensino

Título: A formação do professor para o uso do jornal na sala de aula no ensino Título: A formação do professor para o uso do jornal na sala de aula no ensino fundamental Resumo O projeto de iniciação científica está vinculado à pesquisa Uso do jornal em sala de aula e compreensão

Leia mais

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade Mantenedora da Faculdade Cenecista de Campo Largo

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade Mantenedora da Faculdade Cenecista de Campo Largo Ementas das Disciplinas 1. Teorias Administrativas e a Gestão Escolar - 30 horas Ementa: Gestão Educacional conceitos, funções e princípios básicos. A função administrativa da unidade escolar e do gestor.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO 2011-1 DISCIPLINA: Teorias e Práticas Alfabetizadoras II - JP0027 PROFESSORA: Ms. Patrícia Moura Pinho I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária Teórica: 60h Carga Horária Prática: 15h II

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADO: Secretaria Municipal de Educação SEMED

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADO: Secretaria Municipal de Educação SEMED INTERESSADO: Secretaria Municipal de Educação SEMED ASSUNTO: Proposta de Estrutura Curricular do Ensino Fundamental de 9 (nove) Anos com um Bloco Pedagógico nos Três Anos Iniciais RELATORA: Aldenilse Araújo

Leia mais

EIXO DE FORMAÇÃO DO NÚCLEO DE APROFUNDAMENTO E/OU DIVERSIFICAÇÃO DE ESTUDOS: EDUCAÇÃO INFANTIL

EIXO DE FORMAÇÃO DO NÚCLEO DE APROFUNDAMENTO E/OU DIVERSIFICAÇÃO DE ESTUDOS: EDUCAÇÃO INFANTIL EIXO DE FORMAÇÃO DO NÚCLEO DE APROFUNDAMENTO E/OU DIVERSIFICAÇÃO DE ESTUDOS: EDUCAÇÃO INFANTIL - CONTRIBUIÇÕES DAS TEORIAS PSICOGENÉTICAS PARA A EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS Conceitos e categorias fundamentais.

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA Ementário Relações Interpessoais e Ética Profissional Concepções sobre o Processo Inter-relacional no Trabalho; Competência Interpessoal; Qualidade de Vida no

Leia mais

PED PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS

PED PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS PED PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS Prezado aluno, O maior diferencial deste projeto pedagógico é o desenvolvimento da autonomia do estudante durante sua formação. O currículo acadêmico

Leia mais

Dimensão 1 - Organização Didático-Pedagógica do Curso

Dimensão 1 - Organização Didático-Pedagógica do Curso AUTO-AVALIAÇAO INSTITUCIONAL DO CURSO DE PEDAGOGIA FACED-UFAM / Professores Dimensão 1 - Organização Didático-Pedagógica do Curso Objetivos do Curso 01 - Tenho conhecimento do Projeto Pedagógico do Curso.

Leia mais

Revista Científica Eletrônica de Ciências Sociais Aplicadas da EDUVALE - ISSN 1806-6283

Revista Científica Eletrônica de Ciências Sociais Aplicadas da EDUVALE - ISSN 1806-6283 O PAPEL DO PROFESSOR E DO AUXILIAR DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL E DO ESTAGIÁRIO: Um diálogo necessário OLIVEIRA, Elisangela 1 SERAFIM, Lindineide 2 OLIVEIRA, Elizabete Gaspar de 3 RESUMO O presente estudo

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE CURTA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do

Leia mais

RELAÇÃO DE LINHAS DE PESQUISA, EMENTAS E TEMAS PARA ORIENTAÇÃO DE TCC PEDAGOGIA

RELAÇÃO DE LINHAS DE PESQUISA, EMENTAS E TEMAS PARA ORIENTAÇÃO DE TCC PEDAGOGIA RELAÇÃO DE LINHAS DE, S E PARA METODOLOGIAS DO ENSINO E DA APRENDIZAGEM GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DOS PROCESSOS EDUCATIVOS Constituição histórica das metodologias do ensino e as diferentes concepções de ensino

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA CURSO DE PEDAGOGIA. COMPONENTE CURRICULAR PERÍODO PROFESSOR (A) ANO/SEMESTRE Fundamentos Teórico-metodológicos

PROGRAMA DE DISCIPLINA CURSO DE PEDAGOGIA. COMPONENTE CURRICULAR PERÍODO PROFESSOR (A) ANO/SEMESTRE Fundamentos Teórico-metodológicos PROGRAMA DE DISCIPLINA CURSO DE PEDAGOGIA COMPONENTE CURRICULAR PERÍODO PROFESSOR (A) ANO/SEMESTRE Fundamentos Teórico-metodológicos 3º período Daniela Santana Reis 2012.1 da Educação Infantil CRÉDITOS

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO - 54 horas (03 créditos) O contexto histórico e o surgimento da Sociologia. As principais correntes sociológicas. As concepções

Leia mais

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Portaria nº 808, de 8 de junho de 00. Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES. O MINISTRO DE

Leia mais

CURSO: Matemática. Missão

CURSO: Matemática. Missão CURSO: Matemática Missão O Curso de Licenciatura em Matemática tem por missão a formação de docentes com um novo perfil fundamentado na conexão de dois eixos, pedagógico e matemático, permeado pelos recursos

Leia mais

Coordenação de Pós-Graduação e Extensão - FACON. Catálogo de Cursos. Pós-graduação e Extensão. Conchas SP 2015.2

Coordenação de Pós-Graduação e Extensão - FACON. Catálogo de Cursos. Pós-graduação e Extensão. Conchas SP 2015.2 * Catálogo de Cursos Pós-graduação e Extensão Edição 1º de Julho de 2015 Conchas SP 2015.2 Pós-Graduação e Extensão FACON Catálogo de Cursos de Pós-Graduação Direção Acadêmica Coordenação de Pós-Graduação

Leia mais

ALFABETIZAR-SE: UM DIREITO DA CRIANÇA DE 6 ANOS

ALFABETIZAR-SE: UM DIREITO DA CRIANÇA DE 6 ANOS ALFABETIZAR-SE: UM DIREITO DA CRIANÇA DE 6 ANOS Marcia Aparecida Alferes 1 Resumo O presente texto pretende refletir sobre a questão da alfabetização como conceito presente nas políticas educacionais que

Leia mais

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área;

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n. 66/ 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Computação, Licenciatura

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA Paradigmas de Organização Escolar: pressupostos teóricos e práticos. Administração/gestão escolar: teorias e tendências atuais no Brasil. A escola concebida e organizada a partir das Diretrizes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA Coordenadora do Curso: Prof a Maria Cláudia Alves Guimarães IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. Denominação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 196 DE 20 DE NOVEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº. 196 DE 20 DE NOVEMBRO DE 2014 RESOLUÇÃO Nº. 196 DE 20 DE NOVEMBRO DE 2014 O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA, no uso de suas atribuições legais, considerando o contido no Processo nº. 23005.002237/2008-46, resolve:

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL

PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL Instituição Certificadora: FALC Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001 Resolução CNE CES 1 2007 Carga Horária: 460h Período de Duração: 12 meses (01 ano) Objetivos: Objetivo

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Metodologia Científica Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º 1 - Ementa (sumário, resumo) Conceito e concepção de ciência

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE PEDAGOGIA, Licenciatura REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das disposições gerais O presente documento

Leia mais

Palavras-chave: Currículo. Educação Infantil. Proposta Curricular. Políticas Curriculares.

Palavras-chave: Currículo. Educação Infantil. Proposta Curricular. Políticas Curriculares. REFORMULAÇÃO DA PROPOSTA CURRICULAR PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE SANTA RITA/PB: o processo de formulação das políticas BARROS, Maria Cristitna de Oliveira Bezerra 1 AMORIM, Ana Luisa Nogueira

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Curso de graduação em Pedagogia - Licenciatura Disciplina: Conteúdo e Metodologia em Matemática Carga Horária: 60 Teórica: 60 Prática: Semestre: 2013.2

Leia mais

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Turno: MATUTINO/NOTURNO Matutino Currículo nº 2 Noturno Currículo nº 2 A PARTIR DE 2013 Reconhecido pelo Decreto nº 3.554 de 15.02.01, D.O.E. nº. 5929 de 16.02.01. Renovação

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. 1º O novo currículo é o 0004-L, cujas ementas e objetivos das disciplinas também constam do anexo.

R E S O L U Ç Ã O. 1º O novo currículo é o 0004-L, cujas ementas e objetivos das disciplinas também constam do anexo. RESOLUÇÃO CONSEPE 6/2015 ALTERA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA, DO CAMPUS ITATIBA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE, no uso das

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO Câmpus de Bauru

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO Câmpus de Bauru UNESP UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO Câmpus de Bauru Curso: Licenciatura em Pedagogia Departamento: Educação-FC IDENTIFICAÇÃO Código: 4419 Disciplina: CONTEÚDOS E METODOLOGIA DO

Leia mais

ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1. Cursos de Especialização oferecidos: (CAMPI/NÚCLEOS)

ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1. Cursos de Especialização oferecidos: (CAMPI/NÚCLEOS) ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1 Edital de ofertas de cursos para o Programa de Pós- Graduação Lato Sensu da UESPI, conforme Resolução CONSUN nº 045/2003. Cursos de Especialização

Leia mais

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA: Perspectivas da formação de professores no viés da Gestão de Conhecimento

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA: Perspectivas da formação de professores no viés da Gestão de Conhecimento PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA: Perspectivas da formação de professores no viés da Gestão de Conhecimento Leonardo Rocha de Almeida Mestrando Profissional em Gestão Educacional Universidade

Leia mais

Área de Ciências Humanas

Área de Ciências Humanas Área de Ciências Humanas Ciências Sociais Unidade: Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia (FCHF) www.fchf.ufg.br Em Ciências Sociais estudam-se as relações sociais entre indivíduos, grupos e instituições,

Leia mais

QUADRO DE EQUIVALENTES, CONTIDAS E SUBSTITUTAS DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO

QUADRO DE EQUIVALENTES, CONTIDAS E SUBSTITUTAS DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO 28380 Antropologia Teológica A 1 34 28380 Antropologia Teológica A 1 34 A partir de conceitos teológicos, estimula o aluno a problematizar e analisar, criticamente, Equivalente Estuda a cultura humana,

Leia mais

EMENTAS DO CURSO 4 ANOS

EMENTAS DO CURSO 4 ANOS PEDAGOGIA EMENTAS DO CURSO 4 ANOS FILOSOFIA - INTRODUÇÃO À FILOSOFIA Conceito de filosofia e filosofia da educação. Racionalismo e empirismo na história do pensamento humano e sua influência nas tendências

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:33

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:33 7//1 19:33 Centro de Ciências da Educação Curso: 9 Pedagogia (Noturno) Currículo: 11/ 1 CNA.157.-3 Biologia Humana Ementa: Natureza Biológica e Visão Sistêmica do Ser humano. Sistemas do corpo humano.

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS MISSÃO DO CURSO O Curso de Licenciatura em Artes Visuais busca formar profissionais habilitados para a produção, a pesquisa

Leia mais

CONHECIMENTOS GERAIS (5 questões)

CONHECIMENTOS GERAIS (5 questões) 1. Paulo Freire na sua concepção pedagógica parte de alguns princípios que marcam, de forma clara e objetiva, o seu modo de entender o ato educativo. Considerando as características do pensamento desse

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE. Curso: Licenciatura em Educação Física Projeto Pedagógico

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE. Curso: Licenciatura em Educação Física Projeto Pedagógico UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE Curso: Licenciatura em Educação Física Projeto Pedagógico Ingressantes em 2007 Dados: Sigla: Licenciatura em Educação Física Área: Biológicas

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR PEDAGOGIA 2015

MATRIZ CURRICULAR PEDAGOGIA 2015 MATRIZ CURRICULAR PEDAGOGIA 2015 1º PERÍODO Disciplinas Aulas Aulas Semanais Semestrais Ementa Ética e prática educativa 02 40 Ética: conceito e implicações no ambiente escolar. Análise e reflexão sobre

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) DE PEDAGOGIA (LICENCIATURA) 1. COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO A leitura como vínculo leitor/texto, através da subjetividade contextual, de atividades de

Leia mais

DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR: DILEMAS E PERSPECTIVAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MÚSICA

DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR: DILEMAS E PERSPECTIVAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MÚSICA DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR: DILEMAS E PERSPECTIVAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MÚSICA Everson Ferreira Fernandes Universidade Federal do Rio Grande do Norte eversonff@gmail.com Gislene de Araújo Alves

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução nº47/ 2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Pedagogia, Licenciatura, com

Leia mais

3.360 H/AULA (*) CURRÍCULO PLENO/

3.360 H/AULA (*) CURRÍCULO PLENO/ MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: HISTÓRIA LICENCIATURA PLENA SERIADO ANUAL 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 05 (CINCO)

Leia mais

Palavras-chave: Escola, Educação Física, Legitimidade e cultura corporal.

Palavras-chave: Escola, Educação Física, Legitimidade e cultura corporal. A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA MUNICIPAL RECANTO DO BOSQUE: LIMITES E POSSIBILIDADES PARA UMA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA A PARTIR DO SUBPROJETO DA EDUCAÇÃO FÍSICA DA ESEFFEGO/UEG.

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 119-COU/UNICENTRO, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013. ALTERADA A NOMENCLATURA DESSE CURSO PARA LICENCIATURA EM PSICOLOGIA COMPLEMENTAÇÃO, CONFORME RESOLUÇÃO Nº 182/2014-GR/UNICENTRO. Aprova o Projeto

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA PROJETO PEDAGÓGICO

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA PROJETO PEDAGÓGICO Campo Limpo Paulista 2012 1 CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA Marcos Legais Resolução CNE CES 1 2002 Resolução CNE

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CÓDIGO: EDU512 DISCIPLINA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO INFANTIL CARGA HORÁRIA: 105h EMENTA:

Leia mais