Sistemas de Informação. Metodologia Científica 3º Período

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistemas de Informação. Metodologia Científica 3º Período"

Transcrição

1 Sistemas de Informação Metodologia Científica 3º Período

2 SUMÁRIO CAPÍTULO 3 Fichamento Bibliográfico Fichas de Síntese Geral. Fichas de Síntese Detalhada. Fichas de Transcrição.

3 FICHAS DE SÍNTESE GERAL FICHAS DE SÍNTESE DETALHADA FICHAS DE TRANSCRIÇÃO

4 Todas as pesquisas acadêmicas exigem levantamento documental e bibliográfico. Leia todo o material reunido; Anote os trechos mais importantes para uso posterior, na forma de citações, resultantes de paráfrases e, ou, de transcrições. O processo de anotação e arquivamento tem o nome de fichamento. Fichas organizam e disponibilizam o material lido e anotado.

5 O suporte do fichamento poderá variar: fichas, folhas soltas, folhas de colecionador, cadernos, folhas A-4 cortadas ao meio ou em quatro, computador. Registre as informações de forma prática, para: 1) Localizá-las; 2) Utilizá-las no seu trabalho acadêmico: a) Comunicações; b) Artigos; c) Ensaios; d) Monografias.

6 Com o computador, as fichas tradicionais cederam lugar aos arquivos e às pastas do programa utilizado, que têm um caminho para serem localizadas: um endereço. O processo de fichamento continua o mesmo: muda apenas o suporte, que passa a ser eletrônico. A grande vantagem está na localização rápida das informações.

7 Toda ficha deve ter: CABEÇALHO INDICANDO O ASSUNTO/ENDEREÇO; REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA COMPLETA; PÁGINAS INICIAL E FINAL DO TEXTO FICHADO; PÁGINA(S) DE ONDE O TRECHO FOI COPIADO; ORIGEM DO TEXTO (BIBLIOTECA); NÚMERO DE ORDEM DAS FICHAS, EM ALGARISMOS ARÁBICOS.

8 Exemplos: CABEÇALHO DA FICHA DE PAPEL: a) Assunto: Fichamento/resumo/exemplificação CABEÇALHO DA FICHA NO COMPUTADOR: a) Endereço: E:\Bruno\Ifets\IFMG\Sistemas de Informação\Metodologia Científica\Aulas\Fichamento

9 Tipos de Fichas e de Anotações CORPO DA FICHA: 1 Anotações feitas sob a forma de: 1.1 SÍNTESE GERAL: podem ser usadas sob forma de citações livres (paráfrases); 1.2 SÍNTESE DETALHADA: resumo ou esquema: podem ser usadas sob forma de citações livres (paráfrases); 1.3 TRANSCRIÇÃO: cópia exata do fragmento: podem ser usadas sob forma de citações diretas ou literais.

10 DADOS COMPLEMENTARES 1 Anotação da referência completa do documento consultado: 1.1 No verso da ficha, para anotações em fichas de papel; 1.2 Anteposto ao texto, para anotações em computador; 1.3 Nos dois casos, de acordo com o exemplo: RÓNAI, Paulo. Não perca o seu latim. 5. ed. rev. e ampl. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, AUTOR. Título do documento. Edição. Local de publicação: editora, ano de publicação. 2 Anotação da origem do documento: 2.1 Biblioteca particular.

11 NÚMERO DE PÁGINAS 1) Toda sequência de fichas deve ser numerada; 2) Numere todas as páginas do arquivo eletrônico de cada fichamento; DICAS PARA LOCALIZAÇÃO DE FICHAS E ARQUIVOS 1) Coloque suas fichas num mesmo lugar: caixa, gaveta, fichário; 2) Coloque seus arquivos eletrônicos numa mesma pasta com título claro e reconhecível. 3) Faça cópias reserva de seu texto.

12 Ficha de Síntese Geral (FSG): primeiro passo de uma pesquisa, fundamental para seu sucesso. Finalidades da FSG: Identificar o conteúdo de documentos lidos; Permitir decidir se o documento será fichado em detalhes (ou não), se será citado (ou não). Como fazê-la: Sintetize o conteúdo de um livro ou capítulo em apenas algumas linhas; Seja objetivo.

13 Exemplo de Síntese Geral METODOLOGIA/MÉTODOS EM CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS 1 Métodos e técnicas de pesquisa comuns ao Direito e às Ciências Sociais Aplicadas. A especificidade das técnicas do Direito. O uso de métodos e técnicas qualitativas e quantitativas: o estudo de caso, a entrevista e a estatística. Processo de documentação e os critérios de classificação econômica do Brasil. VERSO DA FICHA: OLIVEIRA, Sílvio Luiz de. Metodologia de pesquisa aplicada ao Direito. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.

14 FICHA DE SÍNTESE DETALHADA ESQUEMA COMO ELABORAR ESTA FICHA Obedecer à sequência de subtítulos do texto; Para cada subtítulo, considerar as informações de cada parágrafo; Indicar a relação das informações entre si: causa e consequência, identidade, exemplificação, temporalidade, definição, oposição, diferenciação; Utilizar letras e números para indicar essa relação; Escrever frases curtas (uma ou duas linhas, no máximo); Manter a uniformidade dos tempos verbais nos vários itens.

15 EXEMPLO DE ESQUEMA MORGAN, Clifford; DEESE, James. Estudando em livros didáticos. In: MORGAN, Clifford; DEESE, James. Como estudar. 13. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, ESTUDANDO EM LIVROS DIDÁTICOS I - Um método eficaz de estudo (SQ3R) tem cinco estágios: pesquisar, perguntar, ler, repetir, rever (P2LR2). A. Pesquisar é ter uma visão geral do texto (livro ou capítulo): 1. Examinar um livro por partes, do geral para o particular: a. Ler o prefácio; b. Folhear o livro lendo títulos, frases e vendo ilustrações; c. Ler o resumo dos capítulos.

16 EXEMPLO DE ESQUEMA 2. Examinar um capítulo segue o mesmo processo: a. Prestar atenção aos títulos; b. Prestar atenção ao tipo dos títulos; c. Ler o resumo do capítulo. B. Perguntar ajuda a gravar a resposta obtida: 1. Perguntas indicam que o leitor tem objetivos; 2. Perguntas devem ser feitas pelo leitor que: a. Deve automatizar o hábito de perguntar. 3. Perguntas orientam o leitor para a idéia principal do trecho; 4. Perguntas feitas pelo autor servem para teste, estudo, revisão e modelo de provas.

17 FICHA DE SÍNTESE DETALHADA RESUMO PARA FAZER ESTA FICHA VOCÊ DEVE: Obedecer à sequência de subtítulos do texto; Para cada subtítulo, considerar as informações de cada parágrafo; Indicar a relação das informações entre si: causa e consequência, identidade, exemplificação, temporalidade, definição, oposição, diferenciação; Utilizar frases para indicar essa relação; Integrar as frases formando parágrafos; Integrar os parágrafos constituindo um texto; Usar palavras de referência e partículas de transição para relacionar palavras, frases e parágrafos entre si.

18 EXEMPLO DE RESUMO MORGAN, Clifford; DEESE, James. Estudando em livros didáticos. In:. Como estudar. 13. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, Para obter bons resultados em seu estudo, utilize os cinco estágios de um método eficiente (SQ3R ou P 2 LR 2 ): pesquisar, perguntar, ler, rever, repetir. Pesquisar significa ter uma visão geral do texto, que pode ser um livro ou um capítulo. Deve-se pesquisar um livro por partes, indo do geral para o particular. Primeiro, deve-se ler o prefácio; depois, folhear o livro lendo títulos, frases e vendo ilustrações. Por último, lê-se o resumo dos capítulos. A pesquisa de um capítulo segue um processo semelhante: presta-se atenção aos títulos e ao tipo em que são escritos e faz-se a leitura do resumo, quando houver.

19 FICHA DE TRANSCRIÇÃO PARA FAZER ESTA FICHA VOCÊ DEVE: Observar a estrutura externa do texto e ler integralmente o texto, de forma ativa e crítica; Escolher fragmentos que contenham informações importantes; Copiar os fragmentos colocando-os entre aspas; Manter os erros por acaso existentes, indicando-os com (sic); Anotar o número da página de cada fragmento; Disponibilizar a anotação para uso posterior.

20 SIC O que é? Sic é um advérbio latino que em português significa assim, desse modo, desta forma exatamente assim e assim mesmo. A palavra sic é escrita entre parênteses, após uma palavra ou frase, de terceiros, quando estas apresentam algum erro na forma em que estão escritas, ou que aparentem estranheza, mas foi dessa forma que o autor escreveu.

21 FICHA DE CITAÇÃO BIOPIRATARIA A biopirataria ocorre quando o patrimônio genético deixa o país por meios ilegais, propiciando a destruição e a degradação de reservas naturais na medida em que promove a saída de espécies vegetais e animais. Podemos chamar a isso garimpagem genética.

22 FICHA DE CITAÇÃO VERSO DA FICHA SILVEIRA, Clesne Maria da. Biopirataria. In: CLEMENTE, Ana Paula Pacheco (Org.). Bioética. Belo Horizonte: Bioconsulte, p

23 MODELO DE FICHA DE PAPEL Os campos devem ser preenchidos.

DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor

DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor A seguir são propostos alguns procedimentos que, caso sejam exercitados cotidianamente, podem ser muito eficientes para o desenvolvimento

Leia mais

Sumário. Introdução, 1

Sumário. Introdução, 1 Sumário Introdução, 1 1 Como tomar o estudo e a aprendizagem mais eficazes, 5 1 Eficácia nos estudos, 5 2 Anotação, 8 2.1 Anotações corridas, 9 2.2 Anotações esquemáticas, 10 2.3 Anotações resumidas, 12

Leia mais

Instrumentos de Estudos Acadêmicos

Instrumentos de Estudos Acadêmicos Instrumentos de Estudos Acadêmicos Fichamento Resumo Resenha ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas Veja a seguir uma síntese das principais características e recomendações da ABNT para a elaboração

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO?

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO? Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003 COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO? Título do artigo, centralizado. Maria da Silva Pereira* Maria Alves de Arruda** Nome(s) do(s) autor(es). RESUMO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE MATEMÁTICA CURSO XXXXXXXX DISCIPLINA XXXXXX JOSÉ DA SILVA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE MATEMÁTICA CURSO XXXXXXXX DISCIPLINA XXXXXX JOSÉ DA SILVA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE MATEMÁTICA CURSO XXXXXXXX DISCIPLINA XXXXXX JOSÉ DA SILVA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS Regras gerais de apresentação: Formato: papel branco, no formato

Leia mais

Modelo para elaboração e formatação de artigos para Boletim Científico

Modelo para elaboração e formatação de artigos para Boletim Científico Modelo para elaboração e formatação de artigos para Boletim Científico Nome (s) do (s) autor (es) *, Nome (s) do (s) autor (es) ** * Instituição afiliada ** Instituição afiliada E-mail (s) Resumo O texto

Leia mais

Profª Dra. Márcia C. da S. Galindo

Profª Dra. Márcia C. da S. Galindo Profª Dra. Márcia C. da S. Galindo COMO FAZER UM FICHAMENTO DE TEXTO OU LIVRO O que é fichamento? Registro dos estudos de um livro ou de um texto. O fichamento facilita: A execução dos trabalhos acadêmicos;

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS

ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS A redação de um relatório científico tem como um de seus principais objetivos registrar com exatidão e clareza como o experimento foi realizado e compreendido.

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

Fichamento: Técnica de Estudo. Prof. Alexandre Nojoza Amorim.

Fichamento: Técnica de Estudo. Prof. Alexandre Nojoza Amorim. : Técnica de Estudo Prof. Alexandre Nojoza Amorim. Você já leu algo muito importante em algum lugar (obra escrita) e nunca mais encontrou para ler novamente? O fichamento é uma forma de investigar que

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 2 TCC2 Direção da Escola de Arquivologia Coordenação

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO-CIENTÍFICO

RELATÓRIO TÉCNICO-CIENTÍFICO RELATÓRIO TÉCNICO-CIENTÍFICO Relata formalmente o progresso ou os resultados de uma investigação de pesquisa ou do desenvolvimento de um processo. Apresenta, sistematicamente, informação suficiente para

Leia mais

Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER

Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER Faculdade de Araçatuba - FAAR Araçatuba-SP 2016 Nome Completo

Leia mais

Referências. Prof. Sérgio Henrique Braz

Referências. Prof. Sérgio Henrique Braz Referências Bibliográficas Prof. Sérgio Henrique Braz Segundo a ABNT-NBR 6023:2002 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Relação de obras citadas pelo autor em livros, artigos de periódicos, teses, relatórios técnicos,

Leia mais

leitura Leitura, Análise e Documentação de textos 29/04/2011 LEITURA LEITURA LEITURA Ler significa

leitura Leitura, Análise e Documentação de textos 29/04/2011 LEITURA LEITURA LEITURA Ler significa Leitura, Análise e Documentação de textos Prof.Dr. Daniel Bertoli Gonçalves leitura Ler significa conhecer, interpretar, decifrar, eleger, escolher Imprescindível em qualquer tipo de investigação científica

Leia mais

Sumário Prefácio 11 Apresentação 13 1 Introdução 15 2 O Método Científico O Conhecimento Científico Método de Pesquisa Método D

Sumário Prefácio 11 Apresentação 13 1 Introdução 15 2 O Método Científico O Conhecimento Científico Método de Pesquisa Método D Antonio Carlos de Souza Francisco Antonio Pereira Fialho Nilo Otani TCC: Métodos e Técnicas Visual Books Sumário Prefácio 11 Apresentação 13 1 Introdução 15 2 O Método Científico 17 2 1 O Conhecimento

Leia mais

FICHAMENTO E SEU USO NOS TRABALHOS ACADÊMICOS. anos iniciais da vida universitária a pesquisa. O problema reside no fato de que a maioria dos

FICHAMENTO E SEU USO NOS TRABALHOS ACADÊMICOS. anos iniciais da vida universitária a pesquisa. O problema reside no fato de que a maioria dos FICHAMENTO E SEU USO NOS TRABALHOS ACADÊMICOS RESUMO: Num país onde a produção científica é pequena, é necessário estimular já nos anos iniciais da vida universitária a pesquisa. O problema reside no fato

Leia mais

Preparando um projeto de pesquisa - ideias apresentadas no texto de Raul Wazlawick Metodologia de Pesquisa para Ciência da Com

Preparando um projeto de pesquisa - ideias apresentadas no texto de Raul Wazlawick Metodologia de Pesquisa para Ciência da Com Preparando um projeto de pesquisa - ideias apresentadas no texto de Raul Wazlawick Metodologia de Pesquisa para Ciência da Computação Maria Angélica de Oliveira Camargo Brunetto Universidade Estadual de

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇAO DE PROJETO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL

MANUAL PARA ELABORAÇAO DE PROJETO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO MANUAL PARA ELABORAÇAO DE PROJETO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL Colegiado Alex Martins Varela de Arruda Alex

Leia mais

Modelo para a formatação dos artigos a serem utilizados apresentados no XXV CBBD (Título)

Modelo para a formatação dos artigos a serem utilizados apresentados no XXV CBBD (Título) XXV Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documento e Ciência da Informação Florianópolis, SC, Brasil, 07 a 10 de julho de 2013 Modelo para a formatação dos artigos a serem utilizados apresentados no

Leia mais

MANUAL ARTIGO CIENTÍFICO

MANUAL ARTIGO CIENTÍFICO FACULDADE DOM LUIZ DE ORLEANS E BRAGANÇA COORDENAÇÃO GERAL DOS CURSOS MANUAL ARTIGO CIENTÍFICO Ribeira do Pombal - BA ARTIGO CIENTÍFICO O artigo pode ser definido como discussão de temáticas científicas

Leia mais

ECO, UMBERTO. COMO SE FAZ UMA TESE

ECO, UMBERTO. COMO SE FAZ UMA TESE ECO, UMBERTO. COMO SE FAZ UMA TESE A PESQUISA DO MATERIAL (CAP.3) FONTES PRIMÁRIA (objeto/material que você pesquisa) SECUNDÁRIA (literatura crítica) Se possível, escolha o livro original e não a tradução.

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O trabalho científico deverá ser organizado de acordo com a estrutura abaixo, NBR 14724/2006: capa; folha de rosto; verso da folha de rosto (ficha catalográfica)

Leia mais

CONSIDERAÇÕES GERAIS NORMAS DA ABNT

CONSIDERAÇÕES GERAIS NORMAS DA ABNT CONSIDERAÇÕES GERAIS NORMAS DA ABNT Aglaé de Lima Fierli Biblioteca Profª. Marcia Cristina dos Reis Núcleo de Apoio à Pesquisa e à Produção Acadêmica 2. ed. CONTEÚDO DESTE MATERIAL CONFIGURAÇÃO BÁSICA

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, PROPESP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO, PPGE

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, PROPESP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO, PPGE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Este roteiro contém os requisitos obrigatórios, estabelecidos pelo Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Centro-Oeste,

Leia mais

Como Elaborar Artigos para Publicação?

Como Elaborar Artigos para Publicação? Material compilado pelo Prof. Dr. Luiz Alberto Pilatti do Programa de Mestrado em Engenharia de Produção da UTFPR Campus Ponta Grossa Como Elaborar Artigos para Publicação? Apresentar a norma NBR 6022

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1- Orientações gerais; 2- Estrutura de TCC (monografia); 3- Estrutura de TCC (artigo); 4- Anexo 01: modelo de capa de TCC 1 Orientações Gerais:

Leia mais

Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular. Supervisionado. AGR Planejamento de Estágio Curricular. Supervisionado e TCC

Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular. Supervisionado. AGR Planejamento de Estágio Curricular. Supervisionado e TCC UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular Supervisionado AGR 5801 - Planejamento de Estágio

Leia mais

ELEMENTOS DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

ELEMENTOS DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO ELEMENTOS DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 ELEMENTOS PRELIMINARES: CAPA: É a proteção externa do documento, portanto o material usado deve ser resistente ao manuseio. Permitem-se cores, fotos e

Leia mais

REGRAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS. Nota Introdutória

REGRAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS. Nota Introdutória REGRAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS Nota Introdutória Este regulamento pretende estabelecer alguns parâmetros a fim de que se registe uma paridade dos trabalhos em termos formais. É assim que se

Leia mais

Normas ABNT. 0 NBR ( ) Trabalhos acadêmicos Apresentação. 0 NBR (ago.2002) Citações em documentos

Normas ABNT. 0 NBR ( ) Trabalhos acadêmicos Apresentação. 0 NBR (ago.2002) Citações em documentos Normas ABNT 0 NBR 14724 (17.04.2011) Trabalhos acadêmicos Apresentação 0 NBR 10520 (ago.2002) Citações em documentos 0 NBR 6023(ago.2002) Referências - Elaboração Normas da USP 0 Diretrizes para apresentação

Leia mais

Profa. Dra. Jakeline Romero

Profa. Dra. Jakeline Romero GRUPO EDUCACIONAL KROTON UNIVERSIDADE DE CUIABÁ- UNIC Disciplina: Metodologia Científica Profa. Dra. Jakeline Romero Agosto/12 Cuiabá/MT OBJETIVOS DA LEITURA A leitura serve para formar leitores pensantes

Leia mais

Citações e Referências. PGCEM -UDESC Disciplina: Seminários de Pesquisa. Estudantes: Ana Paula Grimes de Souza Elias Jagiello

Citações e Referências. PGCEM -UDESC Disciplina: Seminários de Pesquisa. Estudantes: Ana Paula Grimes de Souza Elias Jagiello Citações e Referências PGCEM -UDESC Disciplina: Seminários de Pesquisa. Estudantes: Ana Paula Grimes de Souza Elias Jagiello Normas para Referência Bibliográfica ABNT NBR 6023:2002 Informação e documentação

Leia mais

REGULAMENTO DA ATIVIDADE SEMIPRESENCIAL INTEGRADA. Capítulo I Das Modalidades

REGULAMENTO DA ATIVIDADE SEMIPRESENCIAL INTEGRADA. Capítulo I Das Modalidades REGULAMENTO DA ATIVIDADE SEMIPRESENCIAL INTEGRADA Visa modificar o regulamento da atividade semipresencial integrada para o Curso de Direito, no intuito de melhorar a sua flexibilidade, diversidade e qualidade,

Leia mais

DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA Profª Drª Patrícia Ruiz Spyere CITAÇÃO EM DOCUMENTOS ABNT NBR /2002

DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA Profª Drª Patrícia Ruiz Spyere CITAÇÃO EM DOCUMENTOS ABNT NBR /2002 ! DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA Profª Drª Patrícia Ruiz Spyere CITAÇÃO EM DOCUMENTOS ABNT NBR 10.520/2002 CITAÇÃO: Menção no texto de uma informação extraída de outra fonte. - Dar maior crédito

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO BANNER (PÔSTER CIENTÍFICO)

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO BANNER (PÔSTER CIENTÍFICO) MANUAL PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO BANNER (PÔSTER CIENTÍFICO) 1 BANNER (PÔSTER CIENTÍFICO) 1.1 Conceito O banner, painel ou pôster é um tipo de trabalho científico que objetiva, de forma clara e

Leia mais

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK ESCOPO Especifica os princípios gerais para a elaboração de teses e dissertações, visando apresentação

Leia mais

Prof. Carlos José Giudice dos Santos

Prof. Carlos José Giudice dos Santos Prof. Carlos José Giudice dos Santos É o registro sistemático das idéias de uma obra (texto, artigo de revista, livro ou capítulo de livro. A palavra fichamento deriva de ficha. Antigamente (antes da invenção

Leia mais

Citações NBR 10520/2002

Citações NBR 10520/2002 Citações NBR 10520/2002 Citação é mencionar uma informação extraída de outra fonte (livros, revistas, fitas de vídeo, CD-ROM, documentos extraídos da Internet). As citações podem ser direta, indireta e

Leia mais

1) Devemos proceder a primeira leitura de reconhecimento ininterrupta.

1) Devemos proceder a primeira leitura de reconhecimento ininterrupta. TRABALHOS CIENTÍFICOS ACADÊMICOS Muitas vezes, o estudante ou pesquisador, ao ser abordado para fazer um trabalho científico acadêmico, tem muitas dificuldades de diferenciar as características quanto

Leia mais

COMO ORGANIZAR UM TRABALHO

COMO ORGANIZAR UM TRABALHO COMO ORGANIZAR UM TRABALHO 1 Sempre que os professores te pedirem um trabalho, convém que saibas as partes que o constituem: Capa / Página de rosto Sumário ou índice Introdução Corpo do trabalho Conclusão

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO 1. Capa 2. Índice 3. Introdução teórica 4. Objetivos 5. Material 6. Metodologia 7. Resultados

Leia mais

NORMAS PARA FORMATAR TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA FORMATAR TRABALHOS ACADÊMICOS Faculdades Milton Campos (FMC) NORMAS PARA FORMATAR TRABALHOS ACADÊMICOS Texto organizado a partir das normas vigentes da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) Emilce Maria Diniz Bibliotecária

Leia mais

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodológica científica. 3. ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, p

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodológica científica. 3. ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, p LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodológica científica. 3. ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, 1993. p.238-243. 1. ARTIGOS CIENTÍFICOS Os artigos científicos são pequenos estudos, porém

Leia mais

Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular

Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS CAMPO MOURÃO COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular CAMPO MOURÃO 2010 1. APRESENTAÇÃO A finalidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Rua Vinte, 1600. Bairro Tupã. CEP 38304-402, Ituiutaba / MG Em acordo com a ABNT NBR 14724:2011

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA

NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CÂMPUS JATAÍ CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA FLORESTAL NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA 1. Formatação geral Os textos devem ser digitados em cor preta, podendo utilizar

Leia mais

INTRODUÇÃO [Times New Roman 12, Justificado, Caixa Alta, espaçamento 1,5]

INTRODUÇÃO [Times New Roman 12, Justificado, Caixa Alta, espaçamento 1,5] 1 TÍTULO DO ARTIGO [fonte Times New Roman 14, Centralizado, espaçamento 1.0] Subtítulo [Se houver, fonte Times New Roman 14, Centralizado, espaçamento 1.0] Nome do Autor 1 [Fonte Times New Roman 10, Texto

Leia mais

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito CURSO DE... NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO MARINGÁ ANO NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO Recuo de 7 cm, fonte 12, espaço simples Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade Metropolitana de Maringá

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Metodologia Científica Código da Disciplina: NDC 137 Curso: Direito Período de oferta da disciplina: 1 Faculdade responsável: Núcleo de Disciplinas Comuns (NDC) Programa

Leia mais

TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo

TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo Nome do autor(a) 1 Nome do(a) professor(a) orientador(a) 2 RESUMO Este modelo permite a visualização da estrutura geral de um artigo científico e apresenta orientações

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome Nº 6º Ano Data: Professor(a): Nota: (valor 1,0) 1 o.bimestre Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos mínimos necessários.

Leia mais

PESQUISA EM INFORMÁTICA -INTRODUÇÃO. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

PESQUISA EM INFORMÁTICA -INTRODUÇÃO. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. PESQUISA EM INFORMÁTICA -INTRODUÇÃO Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Providenciando o ferramental inicial Templates para artigos da SBC Normas ABNT para referências

Leia mais

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar?

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar? Hábitos de Estudo Queridos alunos, Você sabe estudar? Estudar deve ser um hábito como escovar os dentes, comer e dormir? Qual o lugar apropriado para estudar? É adequado estudar da mesma forma para as

Leia mais

Prof. Aparecido Carlos Duarte. Unidade II METODOLOGIA CIENTÍFICA

Prof. Aparecido Carlos Duarte. Unidade II METODOLOGIA CIENTÍFICA Prof. Aparecido Carlos Duarte Unidade II METODOLOGIA CIENTÍFICA Conteúdo Leitura Critica Analise de textos Pesquisa Bibliográfica Resenha Critica Fichamento O Processo da Escrita Estrutura Interna do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISONADO AGRONOMIA ESAGRO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISONADO AGRONOMIA ESAGRO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISONADO AGRONOMIA ESAGRO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO

Leia mais

EDITAL 01/2009 CHAMADA PARA ARTIGOS REVISTA GÊNERO E DIREITO DISCIPLINA A CHAMADA DE ARTIGOS PARA

EDITAL 01/2009 CHAMADA PARA ARTIGOS REVISTA GÊNERO E DIREITO DISCIPLINA A CHAMADA DE ARTIGOS PARA EDITAL 01/2009 CHAMADA PARA ARTIGOS REVISTA GÊNERO E DIREITO DISCIPLINA A CHAMADA DE ARTIGOS PARA PUBLICAÇÃO NA REVISTA GÊNERO E DIREITO DO NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM GÊNERO E DIREITO - UNIVERSIDADE

Leia mais

Bibliográfica: Levantamento de informações impressas e eletrônicas de obras publicadas sobre um tema; De campo: A partir da coleta de dados in

Bibliográfica: Levantamento de informações impressas e eletrônicas de obras publicadas sobre um tema; De campo: A partir da coleta de dados in A pesquisa científica faz parte da vida acadêmica do aluno exigindo que o pesquisador, através de seu trabalho, proponha formas de superar o conhecimento existente até o momento sobre determinado assunto.

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL VALE DO SÃO FRANCISCO ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL VALE DO SÃO FRANCISCO ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE FUNDAÇÃO EDUCACIONAL VALE DO SÃO FRANCISCO ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA (laboratório ou campo) E VISITAS TÉCNICAS. IGUATAMA-MINAS GERAIS 2007 FUNDAÇÃO

Leia mais

O QUE É FICHAMENTO. respeito de determinado assunto.

O QUE É FICHAMENTO. respeito de determinado assunto. O QUE É FICHAMENTO É uma forma organizada de registrar as informações obtidas na leitura de um texto. Fichar é selecionar, organizar e registrar informações, de forma a constituir uma documentação que:

Leia mais

Título do artigo Subtítulo (opcional)

Título do artigo Subtítulo (opcional) 1 MODELO Título do artigo Subtítulo (opcional) Nome Completo dos autores em Ordem Alfabética 1 Professor Orientador (Nome Completo) 2 RESUMO O resumo só poderá ser elaborado depois de concluído o trabalho.

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ

METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ Citações em documentos CITAÇÕES EM DOCUMENTOS Menção no texto de uma informação extraída de outra fonte Maior crédito ao trabalho ABNT NBR 10520/2002 Devem

Leia mais

1 Apresentação gráfica Formato do papel: A4 (210 x 297mm); Margens: esquerda e superior: 3cm, direita e inferior: 2cm;

1 Apresentação gráfica Formato do papel: A4 (210 x 297mm); Margens: esquerda e superior: 3cm, direita e inferior: 2cm; Breve orientação para formatação das 6 (seis) primeiras páginas de teses e dissertações, condição obrigatória para que os textos sejam divulgados pela Biblioteca Digital. Em caso de dúvida, consulte o

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIRG CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG (FONTE 12) Nome do autor (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA (FONTE 12)

FUNDAÇÃO UNIRG CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG (FONTE 12) Nome do autor (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA (FONTE 12) FUNDAÇÃO UNIRG CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG (FONTE 12) Nome do autor (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA (FONTE 12) GURUPI TO MÊS, ANO. MODELO DE FOLHA DE ROSTO NOME DO ALUNO (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO

Leia mais

AULA 06 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos

AULA 06 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos 1 AULA 06 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos Ernesto F. L. Amaral 19 de março de 2010 Metodologia (DCP 033) Fonte: Severino, Antônio Joaquim. 2007. Metodologia do trabalho científico.

Leia mais

Plano de Seminários TC I Prof. Marcos Procópio

Plano de Seminários TC I Prof. Marcos Procópio Plano de Seminários TC I 2015.2 Prof. Marcos Procópio Os 4 tipos de conhecimento. 1. Quais são? 2. Quais são seus respectivos papeis? 3. Dê exemplos. O que é e o que faz a ciência. 1. O que é ciência?

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1,5 espaçamento entre as linhas CURSO XXXXXXXXXXXXXXX Fonte 14 Fonte 16 RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Colocado no centro da folha Nome do Estagiário Fonte 14 Fonte 14 ALMENARA 2012 Espaçamento simples

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES - 2016 - A T E N Ç Ã O Os trabalhos escolares do IMA são sempre ESCRITOS A MÃO e as regras para sua montagem são baseadas na ABNT. No entanto, neste documento,

Leia mais

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO Professora Andréa Senna,Psicóloga, Especialista em Gerência Geral, Especialista em Organização e Gestão de Instituições de Ensino Superior e Mestre em Psicologia Apresentação

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE FÍSICA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE FÍSICA ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO ( ) - Os documentos originais, tais como plano de estágio, termo de compromisso, etc., devem ser incluídos na cópia final do relatório que ficará arquivada

Leia mais

Para Rauen ( 2002) esquema é um tipo de produção textual que explicita a linha diretriz do autor de um documento de base.

Para Rauen ( 2002) esquema é um tipo de produção textual que explicita a linha diretriz do autor de um documento de base. Esquema Textual Para Rauen ( 2002) esquema é um tipo de produção textual que explicita a linha diretriz do autor de um documento de base. Assim esquema é a apresentação do texto, colocando em destaque

Leia mais

Padrão de Formatação das Monografias

Padrão de Formatação das Monografias 1. Informações Gerais Padrão de Formatação das Monografias Papel formato A4 (21,0cm X 29,7 cm), digitado ou datilografado somente no anverso da folha; Letra do texto n. 12 (Times New Roman ou Arial; letra

Leia mais

BIBLIOTECA DA FATEC GARÇA NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO

BIBLIOTECA DA FATEC GARÇA NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO Faculdade de Tecnologia Dep. Júlio Julinho Marcondes de Moura BIBLIOTECA DA FATEC GARÇA NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO GARÇA 2015 Sumário 1 ARTIGO CIENTÍFICO...

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO I

ESTÁGIO SUPERVISIONADO I ESTÁGIO SUPERVISIONADO I Professor: Luis Guilherme Magalhães professor@luisguiherme.adm.br www.luisguilherme.adm.br (62) 9607-2031 TIPOS DE CITAÇÃO CITAÇÃO Na elaboração de trabalhos acadêmicos, o pesquisador

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA TRANSCRIÇÃO DE COLEÇÃO CCN

INSTRUÇÕES PARA TRANSCRIÇÃO DE COLEÇÃO CCN INSTRUÇÕES PARA TRANSCRIÇÃO DE COLEÇÃO CCN Brasília, maio de 2013 (versão preliminar) Sumário Procedimentos para transcrição de coleção... 3 Lista de elementos de dados... 3 Área de dados da coleção...

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE PROCEDIMENTOS DE LEITURA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE PROCEDIMENTOS DE LEITURA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE PROCEDIMENTOS DE LEITURA Nome: Nº 9º Data: / /2015 Professores: Belisa, Natália e Willian Nota: A - Introdução Neste ano, sua média final foi inferior a 6,0, o que revela

Leia mais

TABELA ELEMENTOS PARA ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO

TABELA ELEMENTOS PARA ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO TABELA ELEMENTOS PARA ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO TIPO DE ELEMENTO ELEMENTOS DESCRIÇÃO Elementos externos Capa Nome da Instituição, Nome do autor, título e subtítulo, local (cidade), Ano. Elementos

Leia mais

FICHAMENTO UMA ARTE

FICHAMENTO UMA ARTE www.santificando.blogspot.com/ FICHAMENTO UMA ARTE Um fichamento é um trabalho intelectual, individual, onde o aluno tem oportunidade de sistematizar suas leituras, de tal forma que tenha consigo um material

Leia mais

Esquemas de organização do texto dissertativo-argumentativo

Esquemas de organização do texto dissertativo-argumentativo Esquemas de organização do texto dissertativo-argumentativo Esquema básico de uma redação Título 1º Parágrafo 2º parágrafo 3º parágrafo 4º parágrafo 5º parágrafo TESE + argumento 1 + argumento 2 + argumento

Leia mais

NBR 14724:2011 INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS - APRESENTAÇÃO BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK

NBR 14724:2011 INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS - APRESENTAÇÃO BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK NBR 14724:2011 INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS - APRESENTAÇÃO BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK ESCOPO Especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses,

Leia mais

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA Aluno: Matrícula: Curso: Unidade de Estudo: Data Prova: / / MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA AVP MÉDIA 1 A B C D 2 A B C D 3 A B C D 4 A B C D 5 A B C D 6 A B C D 7 A B C D

Leia mais

Normas de Submissão. Considerar-se-á submissão de manuscritos para as seções que seguem:

Normas de Submissão. Considerar-se-á submissão de manuscritos para as seções que seguem: Normas de Submissão Considerar-se-á submissão de manuscritos para as seções que seguem: 1. Artigos - textos originais e inéditos resultantes de pesquisa e ensaios (média de 8.000 palavras ou 20 páginas);

Leia mais

Elaboração de Monografia. Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais

Elaboração de Monografia. Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais Os trabalhos de conclusão de curso de graduação e pós-graduação (especialização) conhecidos como (TCC) constituem uma etapa fundamental para a formação do estudante. O aluno apresenta um trabalho abordando

Leia mais

Como elaborar uma revisão de literatura

Como elaborar uma revisão de literatura Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz LZT 0310 Biotecnologia Como elaborar uma revisão de literatura Simone Fernanda Nedel Pértile Revisão de literatura Base que sustenta

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS - CELER FACULDADES

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS - CELER FACULDADES NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS - CELER FACULDADES Os artigos, cuja extensão será entre 15 e 20 páginas (incluindo títulos, resumos, tabelas, figuras, mapas e referências), deverão ser redigidos

Leia mais

Formatação ABNT (Consultar o Manual de Normas para Estrutura Formal de Trabalhos Científicos da Faculdade Integrada do Ceará).

Formatação ABNT (Consultar o Manual de Normas para Estrutura Formal de Trabalhos Científicos da Faculdade Integrada do Ceará). Formatação ABNT (Consultar o Manual de Normas para Estrutura Formal de Trabalhos Científicos da Faculdade Integrada do Ceará). 1 FORMATAÇÃO No que tange a formatação, algumas normas devem ser verificadas:

Leia mais

COMO ELABORAR UM TRABALHO ESCRITO

COMO ELABORAR UM TRABALHO ESCRITO COMO ELABORAR UM TRABALHO ESCRITO 1-IDENTIFICAR COM CLAREZA O TEMA DO TRABALHO Responder às questões: * Qual é o tema do trabalho? * A que questões gostaria de responder com este trabalho? 2- PESQUISAR

Leia mais

Título do trabalho NOME 1 NOME 2 NOME 3. Professor Orientador Disciplina 6º Ano Turma

Título do trabalho NOME 1 NOME 2 NOME 3. Professor Orientador Disciplina 6º Ano Turma Sociedade Educacional Pe. Norberto Didoni - SENDI Educando Mentes, Cultivando Corações NOME 1 NOME 2 NOME 3 Título do trabalho Professor Orientador Disciplina 6º Ano Turma São Leopoldo 2016 RESUMO Consiste

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO (TCC) DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA.

NORMAS PARA REDAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO (TCC) DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA. ANEXO 02 DA RESOLUÇÃO CGESA Nº 001, DE 27 DE MARÇO DE 2013. NORMAS PARA REDAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO (TCC) DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA. A estrutura do TCC deverá ser composta por pré-texto,

Leia mais

REGRAS DE UNIFORMIZAÇÃO DOS ARTIGOS

REGRAS DE UNIFORMIZAÇÃO DOS ARTIGOS REGRAS DE UNIFORMIZAÇÃO DOS ARTIGOS Para facilitar a etapa de preparação editorial, estabelecemos determinados critérios de uniformização que sugerimos sejam seguidos pelos autores já quando da elaboração

Leia mais

Os trabalhos acadêmicos devem ser elaborados conforme os itens 2.1 a 2.9.

Os trabalhos acadêmicos devem ser elaborados conforme os itens 2.1 a 2.9. 2 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO (NBR-14724) Os trabalhos acadêmicos devem ser elaborados conforme os itens 2.1 a 2.9. 2.1 Formato Os textos devem ser apresentados em papel branco, formato A4, digitados

Leia mais

REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS PROJETOS DE BIOLOGIA I E II DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CPAQ/UFMS

REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS PROJETOS DE BIOLOGIA I E II DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CPAQ/UFMS REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS PROJETOS DE BIOLOGIA I E II DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CPAQ/UFMS I - DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS Art. 1º O presente Regulamento tem por objetivo definir as normas das disciplinas

Leia mais

Orientações para elaboração de relatório técnico-científico

Orientações para elaboração de relatório técnico-científico Orientações para elaboração de relatório técnico-científico SENAI, 2013. Trabalho elaborado pelo CFP 5.12 para a unidade curricular Projetos do Curso Técnico em Eletromecânica. Elaboração Renata de Fátima

Leia mais

NORMA PARA APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM METODOLOGIA DE PROJETO UEM/UEL

NORMA PARA APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM METODOLOGIA DE PROJETO UEM/UEL NORMA PARA APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM METODOLOGIA DE PROJETO UEM/UEL 1. INTRODUÇÃO Este documento apresenta os requisitos obrigatórios para a apresentação

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA Nome: Nº 1ª série Data: / / 2016 Professor: Nota: (valor: 1,0 para cada bimestre 0.8 trabalho + 0.2 grades de correção) 3º bimestre A - Introdução Neste bimestre, sua

Leia mais

Atividade de Ciências Verificação Corrente I 2º Bimestre de 2016

Atividade de Ciências Verificação Corrente I 2º Bimestre de 2016 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CENTRO DE ORIENTAÇÃO E SUPERVISÃO AO ENSINO ASSISTENCIAL COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II Atividade de Ciências Verificação Corrente I 2º Bimestre de 2016 Nomes

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA PROFESSOR: Alexei Manso Correa Machado 1. EMENTA: A disciplina tem como objetivo apresentar aos alunos os fundamentos da construção do

Leia mais

Normas Gerais de Publicação

Normas Gerais de Publicação Normas Gerais de Publicação São aceitos artigos em português, inglês, francês e espanhol, segundo as normas abaixo: Extensão: O texto deverá ter entre 10 e 15 páginas, incluídas referências bibliográficas

Leia mais

Pesquisa bibliográfica, redação e apresentação oral de trabalhos de Engenharia. Prof. Maristela Gomes da Silva

Pesquisa bibliográfica, redação e apresentação oral de trabalhos de Engenharia. Prof. Maristela Gomes da Silva Pesquisa bibliográfica, redação e apresentação oral de trabalhos de Engenharia Prof. Maristela Gomes da Silva Pesquisa solução de problemas empregando método científico problema dúvida uso do método resposta

Leia mais

Dicas Acadêmicas. Elaboração de Trabalhos Acadêmicos Normas ABNT

Dicas Acadêmicas. Elaboração de Trabalhos Acadêmicos Normas ABNT Dicas Acadêmicas Elaboração de Trabalhos Acadêmicos Normas ABNT ABNT Fundada em 1940, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o órgão responsável pela normalização técnica no país, fornecendo

Leia mais