Evento reúne novos e antigos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Evento reúne novos e antigos"

Transcrição

1 Secretaria de Recursos Humanos Ano I Número 1 Novembro de 2012 AGÊNCIA SENADO Evento reúne novos e antigos servidores do Senado Federal No dia 15 de outubro, diferentes gerações de funcionários do Senado Federal se reuniram na Assefe - Associação dos Servidores do Senado Federal - para um café da manhã. Parte das comemorações pelo Mês do Servidor, o evento marcou as boas vindas aos 277 novos concursados, além de ter homenageado 225 servidores veteranos pelos serviços prestados à casa legislativa. A técnica legislativa Cláudia Gama Franco de Oliveira, uma das homenageadas do dia, ficou emocionada com o evento: adoraria ter sido recepcionada como os novatos estão sendo. É uma iniciativa válida. O calouro Timóteo Goggin, analista legislativo, fez coro aos elogios: é uma celebração muito bonita, que deixa claro o quanto o Senado está aberto Na foto principal, novos servidores posam no salão de festas da Assefe. No detalhe, o senador José Sarney, ao lado de veteranos homenageados AGÊNCIA SENADO para receber os novos servidores e, também, o quanto a Casa valoriza aqueles que já dedicaram anos de trabalho, afirma. No evento, estiveram presentes o presidente do Senado Federal, senador José Sarney, a diretora geral do Senado Federal, Dóris Marize Peixoto e a secretária geral da Mesa, Cláudia Lyra. O ponto alto da cerimô- nia foi o discurso do senador José Sarney, que destacou o papel histórico do Senado Federal na manutenção da unidade nacional e a importância da inovação na administração pública. Sarney ainda exaltou a formação técnica dos novos concursados, convocando-os a colaborar com os servidores mais experientes para o engrandecimento da casa legislativa. A voz da experiência Edinaldo Marques de Oliveira (à direita), Cleuton Mendes de Carvalho (abaixo) e outros oito veteranos do Senado Federal falam sobre suas carreiras na casa legislativa e dão dicas valiosas aos calouros. pág. 6 e 7 Conheça o perfil dos novos servidores Se todos os novos servidores tivessem que ser representados por uma única pessoa, a escolha deveria ser por alguém do sexo masculino, de cor branca, com 30 anos de idade, que tivesse cursado Entenda como foi feita a distribuição dos novos concursados pelos diversos setores do Senado Federal ensino superior e falasse o inglês como segundo idioma. Além disso, esse ícone dos calouros teria nascido no Distrito Federal, no Rio de Janeiro ou em Minas Gerais. pág. 2 e 3 Sangue novo: pág. 3 pág. 4 e 5 cinco novos servidores falam sobre suas experiências anteriores e suas expectativas em relação ao Senado E MAIS: Gráfica do Senado inicia força-tarefa para mapear e remodelar processos Projeto Integrar ajuda calouros a assimilarem a cultura organizacional do Senado Federal Aposentadorias motivam a realização de concursos pág. 8

2 2 Folha do Servidor Novos servidores são jovens Faixa etária é ampla, vai dos 18 aos 53 anos. A grande maioria, no entanto, tem entre 26 e 35 anos. curso para o Senado, após ter concluído a graduação. Na mira dela, os cargos de analista legislativa, consultora legislativa ou advogada. O incentivo em casa contribui para os projetos da nova servidora, que se diverte com a reação de seus familiares: sou praticamente a primeira servidora pública da família, e todo mundo ficou muito A idade média dos novos servidores é de apenas 30 anos e uma das responsáveis por essa média baixa é Leonara Barbosa da Rocha. A técnica legislativa em Enfermagem tomou posse com apenas 19 anos e tem grandes planos para a sua carreira. No próximo semestre, Leonara começa a cursar Direito e pretende prestar novo con- Até 25 anos 0 18 De 26 a 35 anos 64 é um dos quatro novos servidores com mais de 50 anos, mas fala sobre o início de seu novo ciclo profissional com ânimo de menino. Para mim, tudo é novidade. Fiz minha carreira na iniciativa privada como professor de cursinhos pré-vestibulares e nunca tinha pensado em ser servidor público. Ele tem mesmo muito entusiasmo: inspirado por orgulhoso quando saiu o resultado do concurso. Meus avós agora só me chamam de Senadora e fazem questão de contar para todos os seus conhecidos que a neta deles trabalha no Senado. Na outra ponta da faixa etária está Walfrido Vianna Vital da Silva, 53 anos, analista legislativo em Redação e Revisão de Texto. Walfrido De 36 a 45 anos anos ou mais 9 3 TOTAL seus filhos, que haviam passado no vestibular para Direito, Walfrido resolveu seguir pelo mesmo caminho. Aos 50 anos, começou uma segunda graduação e a formatura já está com data marcada, para daqui a dois meses. Em relação à aposentadoria, ele dispara: mesmo antes de começar aqui, eu nem pensava em parar de trabalhar Mais novo 26 anos 21 anos 18 anos 18 anos Mais velho 52 anos 53 anos 52 anos 53 anos Idade média 35 anos 31 anos 28 anos 30 anos De todos os cantos do Brasil UM SENADO DE MUITAS LÍNGUAS Além do DF, 23 Estados brasileiros estão representados pelos novos servidores no Senado Federal. Os forasteiros são maioria, dois em cada três dos concursados. Alguns deles já moravam em Brasília antes de começarem no Senado e se sentem em casa por aqui. Outros ainda estão tendo de se adaptar à cidade, como Guido Nazareth Júnior, técnico legislativo em Processo Industrial Gráfico. O mineiro de 34 anos passou seus três primeiros meses em Brasília hospedado em um flat no Lago Norte, até se decidir onde fixar residência. Optei por morar em Águas Claras, porque foi o lugar que achei mais parecido com Belo Horizonte, conta. Guido revela, ainda, que a mudança para o DF teve um peso inesperado: preciso retomar logo alguns hábitos que tinha em casa, como ir à academia e me alimentar de forma mais saudável. Desde que cheguei a Brasília, já engordei seis quilos. Pelo o que o técnico legislativo tem observado na cidade, as perspectivas são boas. Aqui se vive com qualidade e as coisas não são tão caras quanto eu esperava. Quando a minha esposa vier para cá, logo depois que o nosso filho nascer, penso que teremos uma vida muito tranquila em Brasília, diz. Total de servidores, por local de nascimento Muito além do cursinho de inglês, alguns dos novos servidores chegam a falar até quatro outros idiomas, além do português Se depender dos novos concursados, o Senado Federal não vai ter dificuldades em se fazer entender mundo afora. 53 têm o inglês como segunda língua e muitos dominam ainda outros idiomas, como alemão, espanhol, francês e italiano. Isso, sem contar aqueles que estão aprendendo novos idiomas e que ainda têm nível entre básico e intermediário. A técnica legislativa em Administração Yana Araújo Pimenta é um belo exemplo de proficiência em línguas estrangeiras. Aos 23 anos, fala fluentemente inglês, espanhol e francês, além de ter bons conhecimentos em italiano. Sempre gostei de Depois, já com 18 anos, comecei o francês e, na faculdade, o italiano, conta. A dica da brasiliense para quem quer aprender vários idiomas é ir devagar, sem atropelos. Se, por um lado, conhecer outros idiomas facilita o aprendizado de vocabulário e o entendimento de textos, por outro, pode acabar gerando alguma confusão nas questões referentes à gramática principalmente se você estiver estudando línguas latinas. Por isso, acho que o melhor é pegar um idioma de cada vez, afirma Yana. estudar idiomas, desde pré-adolescente. Comecei a fazer cursinho de inglês aos 10 anos e três anos depois já estava estudando espanhol. 1 Porcentagem de novos servidores com proficiência em idiomas estrangeiros, por cargo AP 3 4 (MA) (CE) 7 3 (PB) (PI) 9 (PE) 1 (AL) 1 (SE) 1 1 (TO) (RO) 15 (BA) MT (SP) 1 (Coimbra, Portugal) 5 (PR) 40 (RJ) 4 (SC) 1 (Genebra, Suíça) 10 (RS) Total de novos servidores com proficiência, por idioma estrangeiro (ES) (MS) 6 36 (MG) 15 (GO) 2 84 (DF) AC 3 (RN) 42 (PA) (AM) 45 (RR)

3 Ano I Número 1 Novembro de Altos níveis de qualificação técnica Entre os consultores legislativos, mais da metade dos concursados possui mestrado ou doutorado Os calouros do Senado são veteranos na Academia: mais de 44 deles já foram além da graduação, tendo cursado pós-graduações, mestrados e doutorados. O grupo também já publicou mais de 70 artigos científicos, em diversas áreas do conhecimento de produção gráfica a processo legislativo. Alexandre Cruvinel Lopes, técnico legislativo em Administração, está trilhando esse caminho e se prepara para concluir sua primeira graduação, em Direito, no próximo semestre. Até agora, o brasiliense de 22 anos manteve seu foco em estudar para concursos públicos, mas garante que vai longe na carreira acadêmica: meu objetivo é chegar ao doutorado, afirma Alexandre. Aos 37 anos, Valentim Capuzzo Neto já chegou lá. Doutor em Engenharia de Estruturas pela Universida- de de São Paulo (USP), o goianiense explica como a sua formação acadêmica o ajudou a passar no concurso para o cargo de analista legislativo em Engenharia Civil. Em relação à parte técnica de engenharia, a vantagem de se ter um doutorado é óbvia: a carga horária de estudo que temos chega a ser duas ou três vezes maior do que a de alguém que só tenha feito graduação, por exemplo. Mas há ainda outra questão importante. Todo esse tempo de estudo facilita também o aprendizado de novos conteúdos. A gente acaba desenvolvendo técnicas para identificar e priorizar os pontos mais importantes das matérias. TOTAL Ensino médio Ensino superior Pós-graduação Mestrado Doutroado 18 0 CLUBE DO BOLINHA Dois em cada três dos novos servidores são do sexo masculino Os homens são maioria absoluta entre os concursados. No total, são 194 servidores do sexo masculino contra apenas 83 do sexo feminino. Nesse quesito, os cargos de analista legislativo em Tecnologia da Informação e de consultor legislativo são emblemáticos: 100 das vagas foram preenchidas por homens. Aline Sayuri Mortisugu Silva é uma das três mulheres que ocuparam vagas entre as 25 abertas para o cargo de Policial Legislativo Federal. Ela diz não estranhar trabalhar em um ambiente de maioria masculina. Já estou acostumada a ser uma das poucas mulheres: foi assim na minha graduação e nos estágios que fiz. Homens tendem a ser mais brincalhões, o que deixa o ambiente de trabalho mais leve. Mas a policial garante que, na hora do serviço, as diferenças desaparecem. Dá para perceber que eles falam com mais delicadeza com a gente, por sermos mulheres. Mas na hora de entrar em ação, não tem moleza. A gente pega no batente que nem eles. 100 Porcentagem de homens e mulheres, por cargo Um longo caminho até a equidade racial O Senado Federal já aderiu ao program Pró-Equidade do Governo Federal, mas ainda há muito a se fazer. O resultado do último concurso público é exemplo disso. Segundo o Censo 2010, há 96,7 milhões de brasileiros negros ou pardos o equivalente a pouco mais de 50 da população. Entre os novos servidores da casa legislativa, os números foram bem BRANCO 73 diferentes: apenas 20 deles pertencem a esse grupo. Daniel Mattos Silveira dos Santos, um dos quatro concursados que se declararam negros, afirma que a questão é complexa e que não deve ser vista apenas como uma distorção estatística. Há pouco mais de 100 anos ainda havia escravidão no Brasil, o que, em termos históricos, é quase nada. Ainda temos Distribuição de cor/raça, por cargo BRANCO 73 muita desigualdade no país e as soluções que as autoridades têm encontrado, como as cotas raciais, ainda são meros paliativos. O ideal é que todos os brasileiros tenham acesso à educação de qualidade diferente da que se vê nas escolas das periferias pobres, com maioria de negros e pardos. Aí, sim, veríamos as mudanças acontecerem em alguns anos. BRANCO Total, por sexo 194 PARDO 27 PARDO 17 6 Não informado 3 AMARELO NEGRO PARDO 2 6 Não informado 3 AMARELO NEGRO 2 83 Total de novos servidores, por cor/raça BRANCO Não informado 198 PARDO AMARELO 7 NEGRO 4 Novos servidores são lotados de acordo suas aptidões Encontrar a lotação ideal para os servidores ficou mais fácil depois de uma ação da Secretaria de Recursos Humanos (SERH). Trata-se do Formulário para Coleta de Dados Curriculares, que foi enviado a cada um dos 277 nomeados do Concurso do Senado Nele, além das informações referentes ao histórico profissional, os novos colegas puderam indicar suas expectativas em relação ao trabalho e suas áreas de interesse, além de eventuais produções culturais e científicas que tenham desenvolvido. O trabalho, iniciado em julho, continua sendo feito à medida que são convocados novos concursados. Todas as informações coletadas são analisadas pela Secretaria de Recursos Humanos, que, assim, consegue indicar as lotações de acordo com as aptidões dos servidores. Isso não só garante que as áreas receberão os profissionais mais adequados, como também significa para os novos servidores mais facilidade e maior motivação para desempenharem suas tarefas, já que trabalharão em áreas que dominam ou em que têm interesse de atuar. A importância dessa iniciativa é ainda maior para os cargos de lotação não vinculada, como os de técnico e analista legislativo em Administração. Uma outra benesse que os formulários trouxeram foi a criação um banco de competências, que identifica as formações, especializações e os idiomas falados pelos novos servidores. Agora que estão compilados e organizados, esses dados servirão de subsídio para o planejamento de ações futuras do Senado Federal.

4 4 Folha do Servidor Preparados para o Senado Federal dos eles têm em comum: a vontade de mostrar a que vieram. Eles já vêm se preparando para trabalhar na casa legislativa há algum tempo, seja através de suas experiências profissionais ou através de seus estudos Homens ou mulheres, negros ou brancos, nascidos em todos os cantos do país - e até fora dele. A diversidade é grande quando se trata dos novos servidores do Senado Federal, mas uma coisa toteóricos. Além de alto nível de qualificação, os calouros também têm muito para contar. Conheça um pouco a história de cinco deles nas páginas a seguir. Idade: 45 anos Boa Vista, RR mestre em Biologia (UnB) inglês avançado HABIB JORGE FRAXE NETO ras do dia no trabalho e também não queria abrir mão do tempo que tenho com a minha família, eu sabia que seria difícil fazer uma carga pesada de leituras quando a prova se aproximasse. Por isso, me programei para estudar devagar e sempre, de uma a duas horas por dia, conta. Em seus dois anos como analista legislativo, Habib trabalhou na Comissão Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC) e na Subsecretaria de Apoio às Comissões Permanentes (SSACP), onde chegou ao cargo de secretário de Comissão adjunto. A experiência serviu para que se aproximasse dos colegas da Consultoria. Estar perto do trabalho dos consultores foi uma tremenda motivação para No dia 13 de setembro de 2012, Habib se levantou com a sensação de dever cumprido quando foi chamado à mesa para assinar o termo de posse como consultor legislativo. Analista legislativo do Senado Federal desde 2009, ele havia estabelecido a Consultoria Legislativa como meta, logo que chegou a Casa. Assim que comecei a entender como era o trabalho dos consultores, sabia que aqui era o meu lugar. Queria tanto vir para cá, que comecei a estudar uma semana após ter tomado posse como analista, revela. Foram dois anos de dedicação, em que Habib teve que conciliar o estudo com sua rotina diária. O segredo para o seu sucesso no concurso foi ter constância e disciplina. Como já passava muitas hocontinuar estudando. Além disso, acabei não tendo qualquer dificuldade em me adaptar ao pessoal: eu já conhecia praticamente todo mundo. Habib ainda está fazendo o curso de formação de consultores, mas já está tendo que atender demandas do novo cargo. São minutas para Projetos de Lei e notas informativas, produzidas através de um fluxo de trabalho que tem impressionado o novo consultor. Aqui, tudo é muito organizado. Através de um sistema informatizado, a gente consegue acompanhar a nossa produtividade e consultar estudos feitos anteriormente. O corpo de consultores tem um nível de conhecimento técnico excepcional e o clima é de cooperação, com foco total no resultado do trabalho, sem vaidades, empolga-se Habib. Antes de vir para o Senado, Habib trabalhou por dez anos no Ministério Público, como perito ambiental, e também atuou no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), como pesquisador na área de sustentabilidade ambiental. O seu entusiasmo pelo meio ambiente, no entanto, não se restringe à esfera profissional. Vou ao Parque Nacional de Brasília com frequência, para nadar nas piscinas de água mineral. E, sempre que posso, gosto de dar uma fugida para fazer trilhas e tomar banho de cachoeira. Boavistense de nascença e brasiliense de coração, Habib é casado há 13 anos e tem dois filhos. GUSTAVO DE ALMEIDA O carioca Gustavo de Almeida é movido pelo desafio. Graduado em Medicina pela USP um dos cursos mais concorridos e respeitados do país, ele já soma mais de dez anos de experiência no serviço público. Ao longo de sua carreira como médico, Gustavo passou por órgãos com características muito diferentes, como a Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo, as prefeituras de São Paulo, Itaquaquecetuba e Guarujá, o INSS, o Ministério Público Militar e a Câmara dos Deputados. Agora no Senado Federal, o analista legislativo em Medicina se prepara para novos desafios. Vai ser a primeira vez que vou ter a oportunidade de trabalhar para a criação de um setor, o de Saúde e Segurança do Trabalho. Isso é diferente de tudo o que já fiz, conta entusiasmado. O novo setor terá foco na prevenção de doenças e de condições físicas adversas, lançando mão de ações como ginástica laboral, reengenharia de processos e adaptação de ambientes de trabalho. O primeiro passo será concentrar as diversas iniciativas, já existentes no Senado Federal, que visam à melhoria das condições de trabalho e à prevenção de acidentes, conta Gustavo. Depois, vamos ampliá-las e criar novas. O meu objetivo pessoal, por exemplo, é implantar o exame periódico anual, levando em consideração a ocupação de cada um dos servidores. Para o médico, o novo setor ainda vai precisar de reforços: nesse último concurso, só foram abertas vagas para profissionais em Medicina Ocupacional. Acontece que a área de Saúde e Segurança do Trabalho é mais ampla e passa por processos que demandam a expertise de engenheiros de segurança do trabalho. No que depender de mim, vou lutar para que sejam criadas essas vagas. E não se deve duvidar de Gustavo e de sua capacidade de fazer acontecer. Casado há uma década e pai de uma filhinha de seis anos, o médico conseguiu, depois de adulto, realizar um sonho de infância: jogar tênis. Eu adorava assistir a partidas de tênis já desde muito pequeno, mas a minha primeira oportunidade de jogar só veio aos 27 anos. Hoje, não consigo ficar muito tempo sem praticar o esporte. Idade: 36 anos Rio de Janeiro, RJ pós-graduado em Medicina Chinesa e Acupuntura (Unifesp) e Anestiologia (Hospital Guilherme Álvaro) inglês intermediário e espanhol básico RENATA MARTINEZ COUTINHO Idade: 29 anos São José dos Campos, SP graduada em Administração (UFPR) inglês avançado e espanhol intermediário Depois de graduada, Renata passou três anos e meio na renomada PricewaterhouseCoopers, trabalhando como consultora na área de Governança, Risco e Conformidade. A minha atuação tinha a ver com mapeamento de processos e elaboração de fluxogramas, avaliação de risco e controles internos, conta. Hoje, ela avalia que a intensidade do trabalho que tinha por lá deixou saldos positivos: eu aprendi a ter jogo de cintura. A carga de atribuições era tão pesada, que a única opção era partir para a multitarefa.

5 Ano I Número 1 Novembro de RENATO DE ALMEIDA MARTINS Renato é um cidadão do mundo. Nascido em Coimbra, filho de pai brasileiro e mãe portuguesa, ele veio para Goiânia ainda bebê, com apenas um ano de idade. De lá, depois de ter concluído curso técnico em Telecomunicações e graduação em Ciências da Computação, lançou-se novamente a viajar. Mudou-se para Campinas, onde começou a trabalhar na IBM. Passado algum tempo, foi transferido para a filial da empresa em Dublin, na Irlanda, onde trabalhou por três anos. Depois da experiência no exterior, veio para a IBM de Brasília, onde trabalhava até ser chamado para o Senado Federal. Por onde passou, o analista legislativo em Informática construiu relacionamentos, que faz questão de manter. Tenho afilhados em Campinas e devo voltar à Irlanda no ano que vem para o casamento de uns amigos, conta. Todo esse cuidado que tem com a sua rede de contatos, Renato passa a dedicar também à rede de computadores do Senado. Lotado no Serviço de Administração de Servidores de Rede (SSR), ele aproveita para colocar em prática conhecimentos que adquiriu ao longo de sua trajetória profissional. Ultimamente, meu trabalho na IBM era ligado ao desenvolvimento de sistemas, mas a parte de manutenção de redes não é novidade para mim. Já trabalhei nessa área em outros momentos da minha carreira, relata o lusitano de 36 anos. Durante 14 anos, Renato também acumulou o papel de professor em faculdades e cursos especializados, além de ter realizado trabalho voluntário como instrutor de informática. Por suas aulas, já passaram cerca de 800 alunos, número que tende a crescer com as turmas que, em breve, atenderá no Senado Federal. Já conversei com o pessoal do ILB e vou trazer dois cursos que eu costumava oferecer nas instituições por onde passei, revela. Conciliar os trabalhos como analista de sistemas e como professor não chega ser um grande desafio para Renato, que sempre aproveitou ao máximo o seu tempo. Na época em que se preparava para o concurso do Senado Federal, por exemplo, até o transporte público era lugar para estudo. Eu ia de ônibus todo dia para o trabalho e, para mim, era um desperdício ficar sentado ali dentro, só olhando para o trânsito. Tratava, então, de levar os meus livros comigo e estudar no trajeto de ida e vinda para casa, conta. Essa habilidade toda em multitarefa vem bem a calhar, principalmente pelo momento em que Renato se encontra na vida pessoal. Pai pela segunda vez há poucas semanas, ele tem se desdobrado entre os cuidados com a nova filhota e a atenção ao primogênito e à esposa, com quem é casado há 15 anos. Para não perder o gás, ele corre. Já fiz algumas corridas de rua e, inclusive, uma maratona. Quando morava na Irlanda, por duas vezes participei de uma caminhada beneficente que tinha um trajeto de 100 km, orgulha-se o analista legislativo que parece nunca perder o fôlego. Idade: 36 anos Coimbra, Portugal graduado em Ciências da Computação (Univ. Católica de Goiás) inglês avançado e espanhol intermediário Idade: 25 anos Brasília, DF graduada em Educação Física (UnB) inglês avançado ALINE SAYURI MORITSUGU SILVA Dos tempos como estudante e profissional de Educação Física, Aline contabiliza artigos científicos, congressos e simpósios internacionais e a participação em um livro sobre os benefícios das atividades físicas. Dois anos atrás, ela iniciou uma segunda graduação em Direito, e vem acumulando conhecimentos também nessa área, já tendo atuado como técnica judiciária em Administração no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ). O trabalho na polícia surgiu de forma natural para Aline. Foi algo que, de repente, começou a fazer sentido para mim. Primeiro, porque ser policial exige muito da parte física, e eu já tinha um bom condicionamento da minha época em Educação Física. Depois, pelo contato que vinha tendo com o Direito Cível e Criminal, tanto no TJDFT quanto no STJ, explica. Quem não gostou muito dessa história foram os pais dela, que se preocupavam com os riscos da profissão. Mas, quando saiu o edital do concurso para policial legislativo do Senado Federal, o apoio não faltou. Ainda que a gente faça também o policiamento ostensivo, o trabalho na Polícia do Senado tem muito a ver com Serviço de Inteligência e Segurança Corporativa; a probabilidade de eu me envolver em um combate armado é relativamente pequena, se comparada com outras polícias. Por isso, recebi muito incentivo da minha família, esclarece Aline. A brasiliense de 25 anos revela que o Senado Federal vem superando as suas expectativas: todo mundo sabe que o Senado é uma casa nobre, mas tenho sido surpreendida de forma muito positiva aqui. Percebo que há uma preocupação institucional com a formação continuada do servidor, o que é vital para atividades como as desempenhadas pela Polícia do Senado, em que qualquer imperícia pode ter graves consequências. Como parte do processo de orientação, Aline atualmente faz um rodízio de trabalho em três setores diferentes da SPOL, mas afirma encontrar sempre a mesma receptividade por onde passa: estou deslumbrada com o tratamento que os novos servidores têm recebido do pessoal mais antigo. A gente se sente tão bem-vinda, que eu costumo brincar, dizendo que eu era mais esperada aqui, no Senado Federal, do que sou em casa. Entre as novidades na rotina da policial legislativa, também estão as atividades físicas na Academia da Polícia do Senado. Depois que parti para a área de Direito, fiquei um tempo sem fazer exercícios. Voltar a frequentar a academia está sendo importante para que eu retome a velha forma física, conta. Em 2010, Renata começou a trabalhar como analista administrativa na Agência Nacional das Águas (ANA), dando apoio à Superintendência de Regulação. Entre as suas atividades, estavam o acompanhamento orçamentário e a gestão de aquisições, contratos e convênios. Agora, como analista legislativa em Administração no Senado Federal, Renata tem oportunidade de atuar em um setor que sempre lhe despertou interesse: Recursos Humanos. Meu primeiro contato com a área foi na época da graduação, nas disciplinas que tratavam de gestão de pessoas, e já gostava do tema desde então. Fico muito feliz em poder trabalhar com isso agora. O desafio de começar algo novo não põe medo em Renata, que já pensa em fazer uma especialização em Gestão de Pessoas, assim que concluir a pós-graduação em Administração Pública, que cursa na Fundação Getúlio Vargas. Essa grande capacidade de adaptação da analista legislativa já a ajudou antes, como quando precisou sair de sua cidade natal. Nasci em São José dos Campos, fiz a minha graduação em Curitiba e, agora, trabalho em Brasília, se diverte, completando: vim para cá há dois anos, mas já me sinto em casa. Não abro mão da qualidade de vida que tenho aqui. A flexibilidade e o jogo de cintura parecem mesmo se aplicar a todos os aspectos da vida de Renata, que, nas horas livres, pratica o balé. A paixão pela dança veio aos 12 anos e não foi mais embora. Depois de muito tempo sem dançar, comecei de novo aos 20 anos e não parei mais. Todo ano, eu participo de uma apresentação da minha escola de balé, revela a bailarina.

6 6 Folha do Servidor A experiência de quem já viveu muito o Senado Federal gia e sua inteligência ao Senado Federal. São homens e mulheres que garantem o funcionamento da casa legislativa, cuidando do seu patrimônio material, huma- O evento do dia 15 de outubro de 2012 foi também uma oportunidade de prestar homenagem àqueles servidores que há anos dedicam sua enerno e intelectual. Nas páginas a seguir, eles dividem um pouco de suas histórias, que servem de modelo e de inspiração aos novos servidores. Analice Pimentel Analista legislativa, com especialização em Ciências Con tábeis. Chefe de gabinete do senador Cyro Miranda. Estou à frente da chefia de gabinete há 25 anos. Isso faz com que você esteja ligada a tudo que acontece no país, pois tudo passa pelo Parlamento, pelo Senado. É um privilégio e uma honra acompanhar e participar de processos tão importantes para a vida nacional. Todos os dias, renovo a aprendizagem. Como servidora, sinto-me realizada em poder contribuir. Para quem trabalha nos gabinetes parlamentares, há um grande desafio. O parlamentar, geralmente, ou vem da iniciativa empresarial ou do executivo, onde tudo é mais rápido, mais ágil, devido à própria natureza da atividade. No legislativo, o processo exige articulação política, paciência. O chefe de gabinete parlamentar precisa ser capaz de harmonizar as expectativas e experiências do senador com o ritmo do processo no Senado. O fato de o chefe de gabinete ser um servidor da Casa, com experiência acumulada, com a memória da instituição, facilita o trabalho e a estratégia de realizar essa conciliação. Considero, ainda, outro grande desafio a formação de uma equipe competente, que tenha o comprometimento com o Parlamentar, a Nação e a Instituição. Pós-graduada em Recursos Humanos, na área de Supervisão de Treinamento. Ingressei no Senado por concurso público, como analista legislativa em Comunicação Social. Depois de um bom tempo trabalhando na área de Relações Públicas, tive a oportunidade de me transferir para a Secretaria de Recursos Humanos, que na época era dirigida por Doris Peixoto, nossa atual diretora geral. Depois que Doris foi nomeada para assumir a Direção Geral do Senado Federal, ela me convidou para ajudar a organizar as demandas que partiam das diversas áreas, que iam de substituição de cartuchos de impressora à troca de vidros quebrados. Àquela época, situações como a compra de prateleiras sem parafusos para fixá-las eram bastante comuns. O primeiro desdobramento do trabalho foi a criação de um sistema de controle de pedidos e atendimentos, que passou a servir de subsídio para planejar compras e solicitações. Com ele, as próprias áreas começaram a perceber a importância do planejamento. Na minha visão, esse processo fez com que a DGER ganhasse a confiança dos diversos setores e conseguisse se aproximar deles. Atualmente, estamos tocando mais de 100 processos iniciados pela área parlamentar, além de outros 360 que partiram da área administrativa. PinheiroJosé Roberto Leite de Matos Lucyana Maria Araújo de Moraes Vega Pós-graduado em Direito Público. Analista legislativo, secretário geral adjunto da Mesa. O conhecimento que hoje possuo sobre processo legislativo foi fruto do longo e sempre renovado aprendizado que tive, nos anos de Secretaria-Geral da Mesa, com pessoas que tenho como mestres e companheiros. Foi essa convivência com servidores da Casa a motivação permanente que ainda hoje mantém acessa a vontade de continuar estudando, aprendendo e trabalhando. Quando me refiro a mestres, sempre me reporto aos secretários gerais O contato com tantas áreas do Senado me deu uma visão sistêmica da Casa e me permitiu exercer todas as profissões para as quais me preparei em minha trajetória acadêmica. Aqui, já consegui explorar conhecimentos que adquiri nas graduações em Serviço Social, Relações Públicas e Magistério. Costumo concentrar o meu trabalho nas fases iniciais das diversas iniciativas em que tomo parte. Um exemplo disso é um evento de que me orgulho muito, o Redação no Senado. Participei da sua criação e das primeiras edições e, hoje, ele está integrado ao Programa Jovem Senador, sob a guarda da Secretaria Geral da Mesa. Isso é recompensador e faz com que eu me sinta uma engenheira social - ou um João de Barro -, que constrói projetos que serão adotados por outras pessoas. Por todas estas experiências, tenho muita satisfação com meu trabalho. da Mesa sob a direção dos quais tive a oportunidade de trabalhar e, consequentemente, apropriar-me de um pouco do vasto conhecimento de cada um; quando me refiro a companheiros, reporto-me a todos os colegas de trabalho com os quais tive discussões e diferenças que sempre resultaram na ponderação e harmonização de pontos de vista que, em princípio contraditórios, ao final, revelaram-se complementares. Essa experiência sem dúvida é que me proporcionou hoje ter plena convicção que entendo um pouco sobre processo legis- lativo e que, a cada dia que trabalho, aprendo mais e que muito mais há por aprender ainda. Para quem trabalha na Secretaria Geral da Mesa, o maior desafio, em minha opinião, é conseguir conciliar sua vida pessoal com a dedicação que esta Secretaria exige daqueles que com ela se identificam, pois essa identificação implica no compromisso de dedicação e entrega praticamente total ao trabalho. Aqui na SGM costumamos dizer que somente existe horário para a entrada, mas não há horário para saída. Marcos Vinicius Vasconcelos Analista legislativo, assistente técnico da Secretaria de Coordenação Legislativa, graduado em Administração. Minha experiência nesta Casa é na área legislativa. Comecei a trabalhar no Plenário, a grande escola do processo legislativo, porque é no Plenário onde se aprende o que se encontra na teoria. Considero importante o curso de Direito para quem pretende trabalhar com o processo legislativo. Se fosse possível recomeçar, eu faria Direito. Como trabalho numa Secretaria que lida com deputados e senadores, concluo que o Congresso Nacional exige uma visão muito ampla dos grandes problemas nacionais. A absoluta maioria dos parlamentares chega à Câmara e ao Senado depois de uma experiência na Câmara Municipal, na Assembleia Estadual, no Governo do Estado. Aqui, esta experiência é aprimorada, porque o parlamentar tem a visão do país. Nesta Casa, passei por experiências marcantes da história nacional. O momento mais rico, mais expressivo, foi o da Assembleia Nacional Constituinte. Considero fundamental prestigiar os servidores. Na homenagem do dia 15 de outubro, uma frase do Padre Antônio Vieira, pronunciada pelo Presidente Sarney, serve perfeitamente para minha vida: tenho saudades do futuro. Cleuton Mendes de Carvalho Analista Legislativo, graduado em Ciências Contábeis e Direito. Subchefe de gabinete do senador Ciro Nogueira. Trabalho no Gabinete do Senador Ciro Nogueira, na área mais relacionada com o administrativo da unidade. Assim, sou um ponto de apoio para servidores efetivos e comissionados. Preciso estar atento aos problemas de RH e manter um relacionamento constante com a Secretaria de Recursos Humanos, pois o servidor comissionado, antes de procurar aquela Secretaria, procura o gabinete. Alguns até pensam que a posse é aqui no gabinete. A gente orienta, contorna arestas, repassa informação, dá suporte a esses servidores. Além do mais, necessita estar em contato direto com a Secretaria Geral da Mesa, pois todo o processo legislativo passa por essa Secretaria. Acho que o servidor efetivo que vem trabalhar em gabinete parlamentar deve ter em mente que vai lidar com pessoas muito próximas do senador. Para ter êxito em seu trabalho, precisa ser paciente, atencioso, cuidadoso e precisa sempre mostrar ao comissionado quais os procedimentos necessários a sua vida funcional. O servidor efetivo que vem para a área administrativa do gabinete precisa lembrar-se de que o titular do gabinete é o parlamentar.

7 Ano I Número 1 Novembro de Paulo Elísio Brito Policial legislativo, diretor da Subsecretaria de Administração Patrimonial. Ingressou no Senado em 1979 Senti-me muito prestigiada ao ser escolhida, num universos de servidores, para ser homenageada pelo Senado Federal. Prestigiada especialmente pelo senador Francisco Dornelles, que não deixou de ter seguidas demonstrações de afeto assim que soube que eu estava gravemente doente. Mas antes do câncer me acometer, ele fazia questão de valorizar o meu trabalho, dizendo com certa frequência que tivera poucos servidores a seu serviço que fossem tão competentes. E isso me deixava feliz e orgulhosa, pois vinha de um senador que passara por três pastas de Ministro de Estado e me escolhera para ser a sua chefe de gabinete, baseado somente no meu curriculum vitae. Esta iniciativa de prestar homenagem aos servidores com compromisso com o Senado tem muita importância, porque a tendência é frustrar o servidor efetivo, que, desanimado, vai deixando o entusiasmo para trás. E, sem entusiasmo, motivação e alegria, Em primeiro lugar, agradeço a Deus, à minha família e à instituição meus três amores pelo reconhecimento dos anos de dedicação ao trabalho. Especial agradecimento à Diretoria Geral do Senado pelo bom atendimento e pela homenagem. Cuidar do patrimônio do Senado Federal é atividade primordial, pois promove atendimento a toda a instituição e é responsável por gerar conforto, cuidar dos colegas para que se sintam em casa. As demandas são inúmeras, são internas e de eventos e solenidades externas, mas são Cláudia Gama Franco de Oliveira Técnica legislativa, subchefe de gabinete do senador Eduardo Lopes No meu percurso no Senado, tive experiência na área administrativa e na área legislativa. Trabalhei com CPI. Gosto muito do trabalho legislativo porque tem tudo a ver com a área fim do Senado. Cada gabinete tem suas demandas e a tarefa de enfrentá-las é desafiante. Fiquei bastante tocada com Márcia Maria Correa de Azevedo Técnica legislativa, com mestrado em Gestão Empresarial. Tem larga experiência na área legislativa. é impossível desempenhar qualquer função. Eu sempre dizia que iria me aposentar quando completasse meu jubileu de ouro no Senado, ou seja, ao completar 70 anos... A vida quis diferente. Sempre adorei as secretarias por onde passei: a biblioteca, o arquivo, a Secretaria Legislativa, a Subsecretaria de Ata, e os dois gabinetes de senadores Roberto Saturnino Braga e Francisco Dornelles. Logo que entrei no Senado, tive a grande sorte de trabalhar com a Dra. Sarah Ramos de Figueiredo, que nos ensinou desde a postura correta até o vestir-se com elegância e discrição. Faço parte desse grupo privilegiado de servidores que colocava acima de tudo o glamour do Senado Federal. Sentíamo-nos diferenciados e não medíamos esforços para nos manter nessa elite ora fazendo cursos, ora perseguindo objetivos quase impossíveis eu estava iniciando um curso oferecido pelo TCU, a Câmara dos Deputados e o Senado Federal, quando fui afastada. Na atendidas com amor. É possível conciliá-las porque a estrutura do Senado é muito boa para se trabalhar e a Diretoria Geral está investindo na modernização do setor. O desafio do trabalho é matar um leão a cada dia. É necessário uma equipe dedicada, pois o administrador não vai a lugar nenhum sem espírito de equipe. É preciso ter amor à instituição e aos colegas para se relacionar bem e fazer um bom trabalho. Aos novos, um conselho: tenham o evento do dia 15 de outubro, que reuniu os veteranos e os servidores novatos. Adoraria ter sido recepcionada como os novatos estão sendo. É uma iniciativa válida. Os jovens servidores transmitem uma energia contagiante. minha carreira, sempre procurei oportunidades de crescer. Então, hoje, olhando para trás, acredito que o meu sucesso no serviço público se deva a essa sementinha de inquietação, plantada, primeiramente por Dra. Sarah, e pelos anos que se seguiram, pelos demais chefes e colegas que me acompanharam nessa jornada. E sempre com muito entusiasmo e dedicação. o pensamento de que um ser humano sem projetos é um ser morto, tenham vontade e amor ao trabalho para serem bem sucedidos, pois a Casa tem espaço, é maravilhosa. Nosso trabalho é como a parábola dos 5 talentos: o servo que recebeu 1 talento achou pouco e o enterrou; o que recebeu 5 talentos os multiplicou. Edinaldo Marques de Oliveira Pós-graduado em Língua Portuguesa e em Psicologia. Diretor da Sub secretaria de Pessoal Ativo. O Senado está passando por uma fase de renovação de conceitos. Nunca esteve tão aberto, com informações tão disponíveis para a imprensa e a população em geral. Isso é excelente para o fortalecimento da Democracia, pois hoje todos têm acesso a qualquer informação que buscam sobre gastos, serviços, obras, dados funcionais e, inclusive, a remuneração dos servidores, com a devida identificação nominal não quero, aqui, emitir qualquer juízo de valor quanto ao risco que isso possa representar para a integridade de todos. A população tem acesso, em tempo real, ao que acontece nas sessões plenárias, por meio da TV Senado. Esta Casa do Legislativo está, portanto, atuando verdadeiramente em prol de uma sociedade melhor e mais consolidada na Democracia, cujo real valor só conhece quem viveu a ditadura de outrora. Trabalho no setor de Recursos Humanos do Senado desde que aqui ingressei, após aprovação em concorridíssimo concurso público, nos idos Cláudia Luciana de Lamounier Bicalho Analista legislativa, ingressou no Senado em 23/11/1984. No plano pessoal, trabalhar na Gráfica do Senado significou para mim um desafio e ao mesmo tempo a minha independência. No plano profissional, a vivência de uma realidade nova, com pessoas e atividades muito diferentes do mundo em que eu vivia me ensinou bastante. Aprendi in loco - na área industrial - como se desenvolve o processo gráfico - do seu início (o texto) até o produto final (o livro). Aprendi e compreendi a importância do convívio humano. Estive sempre atenta às dificuldades dos colegas, sendo autorizada e incentivada pelos Eu recebi apenas 1 talento, mas o valorizei, soube multiplicá-lo e fui reconhecido e abençoado por Deus, como está na Bíblia, no livro de Mateus 25:21: Sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei. A sensação é de dever cumprido. A aposentadoria me deixará com saudades da Casa e dos colegas. de 1985, quando, então com 20 anos, comecei a trabalhar nesta Casa. A experiência de trabalhar com pessoas é fantástica; digo isso, inclusive, porque minha área de formação principal é a Psicologia. Nunca, desde que comecei a trabalhar aqui, houve um dia igual a outro; todos os dias acontecem coisas diferentes, atendo pessoas diferentes, lido com assuntos diversos; trabalhar com gestão de pessoas é algo fascinante, gratificante, engrandecedor; gerir os direitos, deveres e expectativas dos servidores é algo nobre, mas difícil, com tênue linha, via de regra, entre ser amado ou odiado, dependendo do que dizem as normas: se forem boas para o servidor, o gestor de RH será amado; caso contrário, odiado. Essa é a beleza de se lidar com pessoas. meus superiores a realizar um trabalho social com eles, o que me orgulha e gratifica. Sou uma grafiana feliz. O Senado passou por grandes mudanças. A transformação foi muito rápida. A gráfica saiu de um trabalho artesanal (tipográfica) para uma tecnologia de última geração. Acho que a valorização humana e a autoestima dos servidores da gráfica merecem da Secretaria de Recursos Humanos um olhar atento e de preocupação diante do desafio homem x tecnologia. Espero que os novos servidores saibam,com humildade, unir os seus conhecimentos à experiência dos mais velhos.

8 8 Folha do Servidor Programa de ambientação auxilia novos servidores a entender o funcionamento do Senado Federal Depois que o novo servidor começa a trabalhar no Senado Federal, precisa absorver muita coisa. De partida, se depara com vários procedimentos diferentes, como a confecção de crachá, o credenciamento de veículos, a averbação de tempo de serviço, a solicitação de adicional de especialização e a adesão ao SIS. Depois de iniciado o exercício, precisa apreender, além das tarefas que irá desempenhar em seu setor, a usar ferramentas como o Ergon online, o Forponto e o e-bap. É importante para ele, também, que conheça o quanto antes as possibilidades de estudo e capacitação oferecidas pela Biblioteca do Senado, pelo ILB, pelo Interlegis e pela Unilegis. Pensando em facilitar o entendimento de tanta informação, assim como estimular a assimilação da cultura organizacional da casa legislativa, foi criado o Programa Integrar. Desenvolvido em parceria com a Diretoria Geral, o programa é uma iniciativa da Secretaria de Recursos Humanos (SERH) e do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) e se divide em cinco etapas sequenciais, em que os novos servidores são levados a conhecer os diversos aspectos do trabalho no Senado Federal. Guia Prático do Servidor: livreto distribuído aos novos concursados, como parte do Programa Integrar CONHEÇA AS ETAPAS DO PROGRAMA INTEGRAR Guia da Posse - primeiro documento que o servidor recebe do Senado, é enviado por logo após a publicação no Diário Oficial da nomeação do concursado. Nele, há informações relevantes sobre a documentação necessária para a posse e todas as demais providências que o nomeado deve tomar para atender às exigências legais. Cerimônia de Posse - de caráter solene, é o momento no qual os novos servidores são recepcionados pela Diretoria Geral. Tour institucional - uma visita guiada especial, com a apresentação das áreas do Senado, para que os novos servidores tenham uma noção geral sobre a localização de setores, a história e o funcionamento da Casa. Curso Básico de Integração - uma atividade de ensino com duração de 20 horas, em que são fornecidas informações sobre o funcionamento e a estrutura organizacional do Senado. Nas diversas palestras, são explanadas as expectativas da instituição em relação aos novos servidores e explicados os principais procedimentos de gestão de pessoas, tais como registro de frequência, avaliação funcional e estágio probatório, entre outros. Durante o curso, é distribuído o Kit de Integração, composto pelo Guia Prático do Servidor, material desenvolvido pela SERH que compila e complementa as informações das palestras, pelo Regulamento Administrativo do Senado Federal (RASF) e pelo Regimento Interno do Senado Federal. Tutoria Setorial - trata-se de um acompanhamento individualizado dos novos servidores, realizado pelos diretores, chefes de serviço ou pessoas indicadas pela direção de seus respectivos setores. Tem como objetivo introduzir os novatos ao local de trabalho e às suas novas atribuições, assim como auxiliá-los no aprendizado de procedimentos e normas institucionais. Gráfica do Senado lança o projeto Conheça e Opine Em parceria com a Diretoria Geral, a Secretaria Especial de Editoração e Publicações (SEEP) está promovendo o projeto Conheça e Opine. A iniciativa está alinhada aos esforços de modernização do Senado Federal e visa, além de integrar os novos servidores, mapear suas percepções sobre os processos da gráfica e possibilidades de melhoria. Logo nas primeiras semanas de Senado Federal, os 20 novos servidores participaram de uma reunião de boas vindas, em que estavam presen- tes o diretor da SEEP, Florian Augusto Coutinho Madruga, e grande parte dos chefes de setores. Nesse encontro, os calouros foram apresentados ao conceito do Conheça e Opine e solicitados a criar um pequeno grupo de trabalho, que teve como tarefa delinear as primeiras etapas do projeto. Desde o início temos contado com o apoio do Escritório de Governança, o que é muito importante. O know-how que eles trazem sobre as melhores práticas em gestão tem sido fundamental para o nosso planejamento, comenta Mauricio Soares, um dos técnicos legislativos em Processo Industrial Gráfico que participa do projeto desde a criação do grupo de trabalho. A primeira etapa já foi iniciada e, no momento, todos os novos servidores estão percorrendo os setores da gráfica para fazer o levantamento de seus processos e entender como eles se interconectam. Assim que for concluída essa fase, o próximo passo será incluir os servidores mais antigos para, enfim, apontar possíveis melhorias e revisão de procedimentos. Concurso do Senado: pela primeira vez, em nível nacional O Concurso do Senado de 2012 trouxe uma novidade. Nessa última edição, as provas foram realizadas em todas as capitais do País. Com isso, quase 93 mil candidatos puderam participar do concurso sem ter que sair de seus Estados. Graças à iniciativa, que democratizou o acesso ao Senado Federal em nível nacional, 3 das vagas previstas no edital foram ocupadas por candidatos que fizeram suas provas fora do Distrito Federal. Para suprir vagas abertas com aposentadorias, Senado Federal realiza concursos públicos O concurso público de 2012 fez parte dos esforços para renovação dos quadros do Senado Federal, que anualmente contabiliza baixas entre seus servidores efetivos, devido, principalmente, à aposentadoria. De janeiro a outubro de 2012, por exemplo, 164 servidores efetivos já se tornaram aposentados e, até o fim do ano, outros 41 irão cumprir os requesitos para se aposentarem. Entre 2009 e 2011, foram admitidos 482 novos servidores efetivos número insuficiente para suprir a falta dos 620 que se aposentaram no mesmo período. A maior parte do desequilíbrio da equação se deu em 2011, ano em que se registrou 58 dessas aposentadorias. O tema demanda atenção especial da Direção Geral, pois nem todos os servidores se aposentam assim que têm direito. Atualmente, há 467 efetivos que já têm condições de se aposentar e, até o final de 2014, outros 492 estarão na mesma situação. Desde julho de 2012, 277 servidores efetivos foram agregados ao corpo funcional do Senado Feral, com o intuito de preencher as vagas abertas no ano passado. Mas, como há muitos veteranos que planejando a sua aposentadoria, a tendência é que esse número aumente. Relação servidores aposentados x admitidos * Legenda Aposentados Admitidos (*) Dados referentes aos meses de janeiro a outubro de 2012 Publicação da Secretaria de Recursos Humanos (SERH) Edição, redação, revisão e diagramação: Gabinete da Secretaria de Recursos Humanos Fotografias: Thomas Barbosa, exceto quando indicado

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga?

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga? Abdias Aires 2º Ano EM Arthur Marques 2º Ano EM Luiz Gabriel 3º Ano EM Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam

Leia mais

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra?

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra? Rádio Web Saúde dos estudantes de Saúde Coletiva da UnB em parceria com Rádio Web Saúde da UFRGS em entrevista com: Sarah Donetto pesquisadora Inglesa falando sobre o NHS - National Health Service, Sistema

Leia mais

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas.

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas. ESCOLA MUNICIPAL BUENA VISTA Goiânia, 19 de junho de 2013. - Turma: Mestre de Obras e Operador de computador - 62 alunos 33 responderam ao questionário Orientador-formador: Marilurdes Santos de Oliveira

Leia mais

Relatório Anual de Desempenho 2012

Relatório Anual de Desempenho 2012 Relatório Anual de Desempenho 2012 Brasília, janeiro de 2013 ALÔ SENADO Em 2012, o Alô Senado registrou 1.098.035 mensagens distribuídas. A maior parte dos atendimentos (95%) foram solicitações de envio

Leia mais

CONHEÇA MINHA CARREIRA CONSULTOR LEGISLATIVO DO SENADO FEDERAL

CONHEÇA MINHA CARREIRA CONSULTOR LEGISLATIVO DO SENADO FEDERAL CONHEÇA MINHA CARREIRA CONSULTOR LEGISLATIVO DO SENADO FEDERAL Olá, concurseiro(a)! Meu nome é Luciano Oliveira e sou Consultor Legislativo do Senado Federal. Também já exerci os cargos de Auditor Federal

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

Eu, Você, Todos Pela Educação

Eu, Você, Todos Pela Educação Eu, Você, Todos Pela Educação Um domingo de outono típico em casa: eu, meu marido, nosso filho e meus pais nos visitando para almoçar. Já no final da manhã estava na sala lendo um livro para tentar relaxar

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia do Dia Nacional de Combate a Cartéis

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia do Dia Nacional de Combate a Cartéis , Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia do Dia Nacional de Combate a Cartéis Ministério da Justiça Brasília-DF, 08 de outubro de 2009. Meu querido companheiro José Alencar, vice-presidente da República,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 14 Discurso: em encontro com professores

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Site Revista Making Of Data: 20/08/2009 Seção: Marketing Pág.: www.revistamakingof.com.br Assunto:

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Analista de Correios / Administrador AC / Rio Branco 123 1 123,00 Analista de Correios / Técnico em Comunicação Social Atuação: Jornalismo AC / Rio Branco 27 1 27,00 Médico do Trabalho Formação: Medicina

Leia mais

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual Por: Rosana Rodrigues Quando comecei a escrever esse artigo, inevitavelmente fiz uma viagem ao meu passado. Lembrei-me do meu processo de escolha de carreira e me dei conta de que minha trajetória foi

Leia mais

Avaliação do Evento. 23 SET a 26 SET de 2012 São Luís - MA

Avaliação do Evento. 23 SET a 26 SET de 2012 São Luís - MA Avaliação do Evento 23 SET a 26 SET de 2012 São Luís - MA Realização Aspectos desta Avaliação Opinião dos Participantes sobre o Evento Carga Horária por Atividade Opiniões, Sugestões e Comentários Opinião

Leia mais

Carreiras de Técnico e de Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT)

Carreiras de Técnico e de Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) Carreiras de Técnico e de Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) Prazer! Sou Marília Barcelos, ingressei no último concurso na carreira de técnico judiciário

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES JORNALISMO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES JORNALISMO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES JORNALISMO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E

Leia mais

PROJETOS INSTITUCIONAIS

PROJETOS INSTITUCIONAIS PROJETOS INSTITUCIONAIS A valorização das pessoas e da diversidade, a promoção de valores éticos e morais, assim como o incentivo a práticas de cidadania, livre iniciativa e responsabilidade social são

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Acesso e permanência no Ensino Superior. Mozart Neves Ramos mozart@ias.org.br

Acesso e permanência no Ensino Superior. Mozart Neves Ramos mozart@ias.org.br Acesso e permanência no Ensino Superior Mozart Neves Ramos mozart@ias.org.br 1. Cenário atual e futuro 2. O que pode (e deve) mudar com o Enem 2.1. Ensino Médio e o Ciclo Básico das IES 2.2. SISU x Aumento

Leia mais

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015 V.4 - N.4 - Setembro de 2015 Vilma Lúcia da Silva 05 Assessora de Comunicação do Parque da Cidade Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal Só no mês de setembro o Parque da Cidade recebeu

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

Antônio Carlos Bento Ribeiro

Antônio Carlos Bento Ribeiro Antônio Carlos Bento Ribeiro Acredito que a Academia pode e deve participar do processo de renovação do Direito do Trabalho no Brasil. Centrada essencialmente nas transformações que têm afetado o mundo

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº21 29/07-04/08 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº21 29/07-04/08 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional EDITAIS DE MONITORIA E ESTÁGIO Até o dia 16 de agosto de 2013, estão abertas as inscrições para o preenchimento

Leia mais

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Terça-feira, 11 de março de 2014 Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Nádia Junqueira Goiânia - Dalila tem 15 anos, estuda o 2º ano no Colégio

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL

POLÍTICA NACIONAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL POLÍTICA NACIONAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL (arquivo da Creche Carochinha) Secretaria de Educação Básica CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL A Educação Infantil é dever do Estado e direito de todos, sem qualquer

Leia mais

PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL?

PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL? PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL? Em épocas de vestibular, cerca de 1,8 milhão de jovens vão escolher uma profissão e dar arrepios no mercado, ou ficarem arrepiados, dando assim o primeiro empurrão

Leia mais

INFORMATIVO JURIDICO

INFORMATIVO JURIDICO Volume 3, Edição 1 30 de Julho de 2013 a d v o g a d o s INFORMATIVO JURIDICO Merçon e Ortiz NESTA EDIÇÃO: Especial de 35 anos Historia da Merçon e Ortiz 1 A Merçon Ortiz pela Merçon e Ortiz A Merçon Ortiz

Leia mais

Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências

Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências boletim Jovem de Futuro ed. 04-13 de dezembro de 2013 Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências O Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013 aconteceu de 26 a 28 de novembro.

Leia mais

MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997

MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997 MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997 APMP: Como surgiu a ideia de prestar concurso para o MP? Desde

Leia mais

ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012

ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012 ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012 Olá, amigos do Estratégia! Como diz meu amigo Sérgio Mendes, como é bom estar aqui! Hoje irei entrevistar o Marcos Marino, aluno do Estratégia Concursos

Leia mais

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita!

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Hum, essa não é uma novidade. As outras também eram de certa forma inéditas, uma vez que o layout era baseado na estrutura dos Gurus, mas vamos lá,

Leia mais

Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo SERVIDORES RESPONDENTES

Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo SERVIDORES RESPONDENTES Tribunal de Justiça Militar do Estado SERVIDORES 100,0% RESPONDENTES Percentual de respostas positivas dos de tribunais/conselhos Concordância 95,4% 99,2% 76,5% Estão felizes com a escolha profissional

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

Número 24. Carga horária de trabalho: evolução e principais mudanças no Brasil

Número 24. Carga horária de trabalho: evolução e principais mudanças no Brasil Número 24 Carga horária de trabalho: evolução e principais mudanças no 29 de julho de 2009 COMUNICADO DA PRESIDÊNCIA Carga horária de trabalho: evolução e principais mudanças no 2 1. Apresentação Este

Leia mais

GRUPO 3 - TRABALHO e REABILITAÇÃO PROFISSIONAL

GRUPO 3 - TRABALHO e REABILITAÇÃO PROFISSIONAL GRUPO 3 - TRABALHO e REABILITAÇÃO PROFISSIONAL Nº PROPOSTA UF e Nº Original da Proposta 01 Garantir os 20% das vagas, e a efetivação das condições de acesso e permanência AC/08 necessárias para pessoas

Leia mais

QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009

QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009 QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009 ESTADOS GREVE/PERCENTUAL ES Greve * MG Greve a partir de 13/11 PR Greve * RJ Greve * RS Greve * SE Greve * BA Greve * SP Adesão a partir do

Leia mais

Edital do Processo Seletivo para o Curso Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde Ênfase na Gestão Estadual do Sistema Único de Saúde

Edital do Processo Seletivo para o Curso Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde Ênfase na Gestão Estadual do Sistema Único de Saúde 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Rio de Janeiro, em 06 de outubro

Leia mais

População residente, por situação do domicílio Brasil, 2000 Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2000 Resultados do Universo

População residente, por situação do domicílio Brasil, 2000 Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2000 Resultados do Universo Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2012 Prova bimestral 3o Bimestre 5o ano Geografia Data: / / Nível: Escola: Nome: 1. Leia os dados e o gráfico do censo do

Leia mais

FAQs Editais VRERI 2015

FAQs Editais VRERI 2015 FAQs Editais VRERI 2015 As perguntas a seguir estão agrupadas por público alvo dos editais VRERI 2015, em ordem dos que mais encaminharam questões. FUNCIONÁRIO - Sou funcionário e gostaria de me candidatar

Leia mais

FAEL comemora 15 anos de atividades

FAEL comemora 15 anos de atividades ANOS FAEL comemora 15 anos de atividades Hoje, comemoramos 15 anos de um projeto que visa à democratização do ensino e que tornou a FAEL uma referência em educação de qualidade. Com o objetivo de proporcionar

Leia mais

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning)

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) DISCURSOS 1, 2, 3 e 4 sem mensagem de raça ou classe (o texto do discurso é para ser lido duas vezes por cada ator,

Leia mais

Psicólogo: o seu fazer nos interessa!

Psicólogo: o seu fazer nos interessa! Serviço de Enfrentamento à Violência, Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes Pesquisa Online Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas Psicólogo: o seu fazer nos

Leia mais

Cultura do não Foco do RH no Departamento Pessoal Não alinhamento das estratégias de Gestão de Pessoas com as estratégias do MTur Pouco envolvimento

Cultura do não Foco do RH no Departamento Pessoal Não alinhamento das estratégias de Gestão de Pessoas com as estratégias do MTur Pouco envolvimento Cultura do não Foco do RH no Departamento Pessoal Não alinhamento das estratégias de Gestão de Pessoas com as estratégias do MTur Pouco envolvimento da alta direção nos eventos Desinteresse dos servidores

Leia mais

O médico Rogério Antunes Pereira Filho, professor associado da disciplina de Gastroenterologia do Departamento de Clínica Medica da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, foi homenageado no dia

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 5

Transcrição de Entrevista nº 5 Transcrição de Entrevista nº 5 E Entrevistador E5 Entrevistado 5 Sexo Feminino Idade 31 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica e Telecomunicações E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

Mauricio, eles dizem que querem continuar a fazer outros Módulos e o proximo será fruticultura

Mauricio, eles dizem que querem continuar a fazer outros Módulos e o proximo será fruticultura ELES QUEREM MAIS... Sarandi é uma cidade situada no Norte do Paraná e petence a Região metropolitana de Maringá. È uma cidade que cresceu rápido e apresenta uma vunerabilidade social muito grande! É comum

Leia mais

Síntese da Pesquisa Realização BERNARDO LEITE CONSULTORIA www.bernardoleite.com.br

Síntese da Pesquisa Realização BERNARDO LEITE CONSULTORIA www.bernardoleite.com.br Síntese da Pesquisa Realização BERNARDO LEITE CONSULTORIA www.bernardoleite.com.br Objetivo da pesquisa: Identificar as práticas na aplicação da Avaliação de Desempenho Período da Pesquisa: 15 de Dezembro

Leia mais

Conselho Nacional de Controle Interno

Conselho Nacional de Controle Interno Veículo: Site Congresso em Foco Data: 13/07/2012 Editoria: Lei de Acesso Coluna: - Página: - Só 12% das prefeituras dão atenção a transparência Uma mesma pergunta foi feita às administrações de 133 cidades

Leia mais

A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF

A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF Danilo Domingos Gonzales Simão 1 Fábio Augusto Martins Pereira 2 Gisele Maciel de Lima 3 Jaqueline de Oliveira Rocha 4

Leia mais

Governança Pública. O Desafio do Brasil. Contra a corrupção e por mais desenvolvimento. Governança de Municípios. Março/2015

Governança Pública. O Desafio do Brasil. Contra a corrupção e por mais desenvolvimento. Governança de Municípios. Março/2015 Governança Pública O Desafio do Brasil Contra a corrupção e por mais desenvolvimento Governança de Municípios Março/2015 João Augusto Ribeiro Nardes Ministro do TCU Sumário I. Introdução-OTCUeocombateàcorrupção

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio Inglaterra Mini Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja a lazer, trabalho

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. SAUDE VAGAS: 08 (OITO)

PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. SAUDE VAGAS: 08 (OITO) PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. SAUDE VAGAS: 08 (OITO) Os currículos e as fichas de cadastro deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico seguranca.cidada@mj.gov.br

Leia mais

Combate à Pobreza, Crescimento Inclusivo e Nova Agenda Social. Centro de Políticas Sociais FGV Wanda Engel Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2015

Combate à Pobreza, Crescimento Inclusivo e Nova Agenda Social. Centro de Políticas Sociais FGV Wanda Engel Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2015 Combate à Pobreza, Crescimento Inclusivo e Nova Agenda Social Centro de Políticas Sociais FGV Wanda Engel Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2015 Marcos da Política de Combate à Pobreza Antecedentes: Assistência

Leia mais

2014 DEZEMBRO. Caderno de Informação da Saúde Suplementar. Beneficiários, Operadoras e Planos

2014 DEZEMBRO. Caderno de Informação da Saúde Suplementar. Beneficiários, Operadoras e Planos 2014 DEZEMBRO Caderno de Informação da Saúde Suplementar Beneficiários, Operadoras e Planos Elaboração, distribuição e informações: MINISTÉRIO DA SAÚDE Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) Diretoria

Leia mais

Em conversa com Rita Maia. Celorico de Basto é o meu porto de refúgio, onde me sinto bem (Rita Maia,

Em conversa com Rita Maia. Celorico de Basto é o meu porto de refúgio, onde me sinto bem (Rita Maia, Celoricenses de Sucesso Em conversa com Rita Maia Celorico de Basto é o meu porto de refúgio, onde me sinto bem (Rita Maia, 21 de fevereiro de 2015) Nascida e criada em Celorico de Basto, Rita Maia é uma

Leia mais

Fevereiro 2013 - n.º 2. Uma franquia que surpreende

Fevereiro 2013 - n.º 2. Uma franquia que surpreende Fevereiro 2013 - n.º 2 Uma franquia que surpreende EDITORIAL Atualmente para decidirem sua carreira muitas mulheres pesam o equilíbrio entre vida profissional e pessoal. E vemos surgir uma nova tendência

Leia mais

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Meus queridos brasileiros e brasileiras, É com muita emoção

Leia mais

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP. Ministério da Educação MEC

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP. Ministério da Educação MEC 01) Qual o seu estado civil? A) Solteiro(a). B) Casado(a). C) Separado(a)/desquitado(a)/divorciado(a). D) Viúvo(a). E) Outro. 02) Como você se considera? A) Branco(a). B) Negro(a). C) Pardo(a)/mulato(a).

Leia mais

Relatório de Atividades Maio e Junho

Relatório de Atividades Maio e Junho Relatório de Atividades Maio e Junho ANA LISE MENSAL MAIO/JUNHO Devido a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 o horário do Projeto Construindo o Saber Pré Vestibular durante a semana foi modificado (16h50min

Leia mais

Desenvolvimento sustentável: o que é e como alcançar? 1. Marina Silva 2

Desenvolvimento sustentável: o que é e como alcançar? 1. Marina Silva 2 Desenvolvimento sustentável: o que é e como alcançar? 1 Boa tarde a todos e a todas! Marina Silva 2 Quero dizer que é motivo de muita satisfação participar de eventos como esse porque estamos aqui para

Leia mais

Ser voluntário #issomudaomundo. Voluntariado. Cabe na sua vida. NOTÍCIAS. Ciclos fortalecidos em 2014 e novos ciclos que virão

Ser voluntário #issomudaomundo. Voluntariado. Cabe na sua vida. NOTÍCIAS. Ciclos fortalecidos em 2014 e novos ciclos que virão NOTÍCIAS Ciclos fortalecidos em 2014 e novos ciclos que virão Mobilizar e ampliar de forma estruturada. Esse foi o propósito da ação voluntária Estudar Vale a Pena, que em cinco anos de atuação impactou

Leia mais

Fim do 'home office' no Yahoo! causa polêmica; no Brasil, cada vez mais empresas adotam a prática

Fim do 'home office' no Yahoo! causa polêmica; no Brasil, cada vez mais empresas adotam a prática Feito em casa Fim do 'home office' no Yahoo! causa polêmica; no Brasil, cada vez mais empresas adotam a prática TRABALHADOR PRECISA DE DISCIPLINA E ORGANIZAÇÃO PARA EXERCER CORRETAMENTE O 'HOME OFFICE'

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Discurso na cerimónia de posse

Leia mais

Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório

Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório Recursos Humanos Coordenação de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório Introdução No dia 04 de Agosto de 2011, durante a reunião de Planejamento, todos os

Leia mais

QUESTIONÁRIO DO ESTUDANTE

QUESTIONÁRIO DO ESTUDANTE Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Diretoria de Avaliação da Educação Superior Coordenação Geral do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

Entrevista com Lúcia Stumpf presidente da UNE, a quarta mulher a ocupar o cargo em 72 anos da instituição

Entrevista com Lúcia Stumpf presidente da UNE, a quarta mulher a ocupar o cargo em 72 anos da instituição Entrevista com Lúcia Stumpf presidente da UNE, a quarta mulher a ocupar o cargo em 72 anos da instituição Para Lúcia Stumpf, sua eleição para a presidência da UNE estimulou outras mulheres a ingressarem

Leia mais

Boletim Informativo. O ano de 2013. Informe RH - Redução da Jornada de Trabalho. Próxima edição C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I

Boletim Informativo. O ano de 2013. Informe RH - Redução da Jornada de Trabalho. Próxima edição C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I Boletim Informativo Nossa Missão: Promover assistência segura à saúde, com respeito e ética aos usuários, desenvolvendo o ensino e pesquisa na busca

Leia mais

De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK!

De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK! Treinamento de Consultoras De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK! Ferramentas de trabalho a serem desenvolvidas para crescer na Entender

Leia mais

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna 14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA [Escrever o subtítulo do documento] Bruna Autobiografia O meu nome é Maria João, tenho 38 anos e sou natural da Nazaré, onde vivi até há sete anos atrás, sensivelmente.

Leia mais

Estrada Real é Nossa vai dar descontos em restaurantes. Passaporte ER chega ao Caminho do Sabarabuçu. Programa do IER treina condutores dos parques

Estrada Real é Nossa vai dar descontos em restaurantes. Passaporte ER chega ao Caminho do Sabarabuçu. Programa do IER treina condutores dos parques Ano 1 Nº 3 Informativo Estrada Real é Nossa vai dar descontos em restaurantes Pág. 02 Novo portal do Instituto Estrada Real é lançado Pág. 03 Passaporte ER chega ao Caminho do Sabarabuçu Pág. 05 Programa

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE - CFFC

CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE - CFFC CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE - CFFC REQUERIMENTO Nº /2015 (Do Sr. Delegado Waldir) Solicita realização de Audiência Pública para discussão do tema: falta de vagas

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais

ABO, ABENO, ACBO, CFO, FIO e FNO

ABO, ABENO, ACBO, CFO, FIO e FNO Pesquisa realizada para as entidades nacionais de Odontologia: ABO, ABENO, ACBO, CFO, FIO e FNO Abril/03 O Grupo Inbrape 273 Pesquisas Realizadas 266 Cursos de Pós- Graduação Ministrados 115 Consultorias

Leia mais

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor.

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor. OSVALDO Bom dia! Meu nome é Osvaldo, tenho 15 anos, sou de Santa Isabel SP (uma cidadezinha próxima à Guarulhos) e, com muito orgulho, sou bolsista ISMART! Ingressei no ISMART este ano e atualmente estou

Leia mais

Mapeamento de Experiências Municipais e Estaduais no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa

Mapeamento de Experiências Municipais e Estaduais no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa COMEMORAÇÃO DOS 29 ANOS DO ICICT/FIOCRUZ Mapeamento de Experiências Municipais e Estaduais no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa O papel da COSAPI no incentivo de experiências exitosas de

Leia mais

APRESENTAÇÃO. 1. Identificação do Órgão/Unidade Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro Escola Judiciária Eleitoral.

APRESENTAÇÃO. 1. Identificação do Órgão/Unidade Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro Escola Judiciária Eleitoral. APRESENTAÇÃO 1. Identificação do Órgão/Unidade Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. 2. E-mail para contato eje@tre-rj.gov.br. 3. Nome do Projeto. 4. Tema escolhido Gestão Sócio Ambiental. 5.

Leia mais

Missão. fortaleçam a segurança no transporte rodoviário e que qualifiquem o capital humano no setor logístico.

Missão. fortaleçam a segurança no transporte rodoviário e que qualifiquem o capital humano no setor logístico. O Instituto Julio Simões foi criado em 2006 com o objetivo de fortalecer o trabalho social que a JSL realizava junto às comunidades do entorno de suas operações. Seguindo a vocação de sua mantenedora de

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE CPA / PESQUISA Comissão avalia qualidade de ensino da FABE Avaliação positiva: A forma de abordagem dos objetivos gerais dos cursos também foi bem avaliada e a qualidade do corpo docente continua em alta.

Leia mais

24/04/2007. Presidência da República Secretaria de Comunicação Social Discurso do Presidente da República

24/04/2007. Presidência da República Secretaria de Comunicação Social Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de assinatura dos atos normativos do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) Palácio do Planalto, 24 de abril de 2007 Excelentíssimo senador Renan Calheiros,

Leia mais

Lívia Calazans Adriana Oliveira Kátia Alves Ansely Priscilla.

Lívia Calazans Adriana Oliveira Kátia Alves Ansely Priscilla. Aproveito a oportunidade para dizer que suas aulas são maravilhosas, já assisti diversas algumas aulas de processo do trabalho, mas nenhuma com tanta profundidade quanto as ministradas pelo senhor. Lívia

Leia mais

A atratividade da Carreira Docente no Brasil. Fundação Carlos Chagas

A atratividade da Carreira Docente no Brasil. Fundação Carlos Chagas A atratividade da Carreira Docente no Brasil Fundação Carlos Chagas Questões de pesquisa Quais são os fatores relacionados à atratividade das carreiras profissionais? E especificamente da carreira docente?

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Sindicato das Secretárias e Secretários do Estado do Rio Grande do Sul SISERGS Unindo você a todos os Secretários do RS! SISERGS BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Dia 06 de novembro ocorreu o penúltimo treinamento

Leia mais

PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv

PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv Viçosa Agosto 2015 APRESENTAÇÃO A Wizard Idiomas é a maior rede de franquias no segmento de ensino de idiomas do Brasil. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising

Leia mais

Setembro foi um mês marcante para a. Fim de Ciclo. Formatura marca final das atividades da 2ª turma do projeto Educação Integral

Setembro foi um mês marcante para a. Fim de Ciclo. Formatura marca final das atividades da 2ª turma do projeto Educação Integral Setembro 2013 São Paulo. Brasil www.vidajovem.org Fim de Ciclo Formatura marca final das atividades da 2ª turma do projeto Educação Integral Setembro foi um mês marcante para a associação. Depois de um

Leia mais

ATA DA REUNIÃO IX DA REUNIÃO DO COLEGIADO TÉCNICO CONSULTIVO DO PNAGE

ATA DA REUNIÃO IX DA REUNIÃO DO COLEGIADO TÉCNICO CONSULTIVO DO PNAGE ATA DA REUNIÃO IX DA REUNIÃO DO COLEGIADO TÉCNICO CONSULTIVO DO PNAGE A IX reunião do Colegiado Técnico Consultivo do PNAGE foi realizada nos dias 10 e 11 de junho de 2008, na cidade de Palmas e contou

Leia mais

Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Ivo Barcelos Assumpção, nasci dia 13 do doze de 1954 em Rezende, Estado do Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu estudei engenharia química na UFRJ, entrei

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

CENTRO HISTÓRICO EMBRAER. Entrevista: Arlindo de Figueiredo Filho. São José dos Campos SP. Agosto de 2011

CENTRO HISTÓRICO EMBRAER. Entrevista: Arlindo de Figueiredo Filho. São José dos Campos SP. Agosto de 2011 CENTRO HISTÓRICO EMBRAER Entrevista: Arlindo de Figueiredo Filho São José dos Campos SP Agosto de 2011 Apresentação e Formação Acadêmica O meu nome é Arlindo de Figueiredo Filho, estou no momento..., completei

Leia mais

Escola em que trabalha e na qual será desenvolvido o Plano de Ação: Escola Estadual Santos Dumont E. F.

Escola em que trabalha e na qual será desenvolvido o Plano de Ação: Escola Estadual Santos Dumont E. F. CURSO GÊNERO E DIVERSIDADE NA ESCOLA PROJETO GDE APLICADO NA ESCOLA SANTOS DUMONT- PARANACITY- PR NÚCLEO PARANAVAI PROFESSORA: MARIA HILDA LIMA / DISCIPLINA: MATEMÁTICA Diagnóstico da Realidade: * Sabemos

Leia mais

Maria Cristina Irigoyen Peduzzi

Maria Cristina Irigoyen Peduzzi Maria Cristina Irigoyen Peduzzi Ingressei na Academia realmente muito cedo... E fiquei muito feliz, pois tenho, até hoje, grande amor e grande dedicação por ela. Maria Cristina Peduzzi foi a primeira e

Leia mais