Webinar Introdução ao Puppet Enterprise

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Webinar Introdução ao Puppet Enterprise"

Transcrição

1 Webinar Introdução ao Puppet Enterprise Miguel Di Ciurcio Filho Guto Carvalho

2 Agenda Desafios da administração de sistemas. Limitações das soluções atuais. O que é o Puppet e como funciona. Demo.

3 Desafios na administração de servidores Administrar ambientes crescentes. Manter padronização e segurança. Garantir a qualidade dos serviços executados. Reduzir custos sem perder qualidade. Fazer mudanças rápidas em diversos ambientes e servidores. Manter as mudanças documentadas.

4 Gerenciamento de configuração Absorção controlada de mudanças: Quando foi configurado? Quem configurou? Mudou por quê? Quem mandou? O que mudou?

5 O SysAdmin artesão Alérgico a mudanças. Lentidão na entrega de novos serviços. Publicar informações sobre os servidores é tabu. Pouco ou nenhum compartilhamento de informações.

6 Automação primitiva Imagens pré-configuradas. Agilizando a configuração copiando arquivos de um servidor que funciona para um novo. Bons SysAdmins fazem seus próprios scripts

7 Limitações de scripts Cada sistema operacional lida de forma particular com seus recursos, e estas peculiaridades precisam ser tratadas. O uso de scripts ajuda, porém muito tempo será gasto com ajustes para atender as mais diferentes exceções. Cada um executará demandas de uma forma distinta, gerando um ambiente sem padrões, impossível de se rastear mudanças.

8 Limitações de scripts Preocupações geralmente desprezadas nos scripts: Proteção quanto à concorrência Testáveis Reversível Legível Gerar bons logs Portabilidade

9 Evolução Linguagem de alto nível para se modelar a configuração. Gerenciar escrevendo código, não só uma sequência de comandos. Multiplataforma. A configuração É a documentação.

10

11 Puppet Muda a forma como trabalhamos. Ferramenta de automação que permite declarar e modelar o estado de nossa infraestrutura, controlando recursos em cada servidor. Uso ostensivo de módulos reutilizáveis.

12 Puppet Permite ocultar muitos detalhes de implementação de cada sistema operacional. Controla e mantém as configurações da infraestrutura padronizadas, corrigindo divergências.

13 Plataformas suportadas Red Hat Enterprise Linux (RHEL) 5, 6 e derivados (CentOS, Oracle, etc) Ubuntu LTS Debian 6 e 7 SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 Solaris AIX Windows 7 e Server 2003/2008 R2/2012 R2

14 Como o Puppet funciona Definir e modelar como deve ser a configuração da sua infraestrutura, usando módulos e a linguagem declarativa do Puppet. Simular as mudanças antes de aplicá-las. Aplicar a configuração desejada e corrigir problemas e divergências. Relatar as mudanças ocorridas ou não.

15

16 Puppet em detalhes Nas máquinas clientes (nodes), um agente fica em execução como um daemon/serviço (opcionalmente). O agente compila uma lista de fatos sobre o node e vai até o servidor Puppet Master e solicita sua configuração. O Puppet Master envia ao agente a configuração. Agentes e Puppet Master checam-se mutuamente usando SSL.

17

18 Linguagem do Puppet As configurações feitas com Puppet são chamadas de manifests e armazenadas em módulos. Dentro dos manifests fazemos declarações de resources (recursos). O Puppet já vem com vários tipos de resources definidos, como: file, package, service, exec, cron, user, group e outros. Você pode definir seus próprios resources.

19 DEMO

20 Para saber mais Máquina virtual de aprendizado: Apostila Puppet Básico da Instruct: Comunidade Puppet Brasil: (inscreva-se na lista de discussão)

21 Para saber mais Treinamentos oficiais da PuppetLabs no Brasil com a Instruct: Documentação oficial:

22 Sobre a Instruct Consultoria, suporte e capacitação em Puppet Enterprise e Puppet Open Source. Treinamentos Oficiais da PuppetLabs. Licenciamento do Puppet Enterprise. Equipe composta por pioneiros no uso de Puppet no Brasil. A Instruct juntamente a com PuppetLabs podem te ajudar a obter a tão sonhada Infraestrutura Ágil.

23 Próximos webinars Instalação e configuração do Puppet. Orquestração com Live Management/MCollective. Desenvolvimento de módulos. Entre em contato! (19)

24 Obrigado! Perguntas? Fale com a gente! facebook.com/instructbr twitter.com/instructbr Canal #puppet-br na Freenode https://webchat.freenode.net/ Miguelzinho e gutocarvalho

Puppet. Automatizando e Gerênciando Con!gurações.

Puppet. Automatizando e Gerênciando Con!gurações. <Guto Carvalho> Puppet Automatizando e Gerênciando Con!gurações whoami Consultor/SysAdmin (LPIC-3) na 4Linux Doze anos de experiência com tecnologias FOSS Blogueiro de TI há 6 anos no site gutocarvalho.net

Leia mais

Assuma o controle de suas configurações Palestrantes:

Assuma o controle de suas configurações Palestrantes: FLISOL DF - 2011 Assuma o controle de suas configurações Palestrantes: Daniel Sobral @dcsobral Guto Carvalho @gutocarvalho Já teve a sensação de estar perdendo o controle do seu ambiente? Foto tirada do

Leia mais

Gerenciamento Avançado de Ambientes com Puppet

Gerenciamento Avançado de Ambientes com Puppet Gerenciamento Avançado de Ambientes com Puppet Desafios da Gerência de TI Agilidade Confiabilidade Produtividade Visibilidade Crescimento linear de custos/servidor Fontes: Gartner, Kaseya, Harvey Nash,

Leia mais

CA Automation Suite for Data Centers

CA Automation Suite for Data Centers FOLHA DE PRODUTOS: CA Automation Suite for Data Centers CA Automation Suite for Data Centers agility made possible "A tecnologia ultrapassou a capacidade de gerenciamento manual em todas as grandes empresas

Leia mais

Mcollective. Orquestrando o seu parque de servidores

Mcollective. Orquestrando o seu parque de servidores Mcollective Orquestrando o seu parque de servidores José Augusto (Guto) Carvalho Consultor, Instrutor, SysAdmin e DevOp Blogueiro de TI há mais de 10 anos RHCSA, RCHE, LPIC3, PCP2, NCLA, FCNSAv5

Leia mais

35% GARTNER. Despesas com tecnologia ocorrem fora da T.I. Fazem uso de tecnologias não aprovadas pela T.I.

35% GARTNER. Despesas com tecnologia ocorrem fora da T.I. Fazem uso de tecnologias não aprovadas pela T.I. DEVOPS E PAAS - ABORDAGENS E FERRAMENTAS PARA ATENDER AS NOVAS DEMANDAS DE MERCADO Rodrigo Ramalho da Silva - Solutions Architect rramalho@redhat.com INOVAR NÃO É UMA ESCOLHA Organizações de T.I. que não

Leia mais

Software Livre. Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar

Software Livre. Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar Software Livre Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar Linux Licença GPL (Licença Pública Geral) Linux Licença GPL (Licença Pública Geral) - A liberdade de executar

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

11/3/2009. Software. Sistemas de Informação. Software. Software. A Construção de um programa de computador. A Construção de um programa de computador

11/3/2009. Software. Sistemas de Informação. Software. Software. A Construção de um programa de computador. A Construção de um programa de computador Sistemas de Informação Prof. Anderson D. Moura Um programa de computador é composto por uma seqüência de instruções, que é interpretada e executada por um processador ou por uma máquina virtual. Em um

Leia mais

CISL 2014 2014.04.07. Brasília/DF. Infraestrutura ágil com Puppet por Guto Carvalho

CISL 2014 2014.04.07. Brasília/DF. Infraestrutura ágil com Puppet por Guto Carvalho CISL 2014 Brasília/DF 2014.04.07 Infraestrutura ágil com Puppet por Guto Carvalho whoami José Augusto (Guto) Carvalho Consultor/SysAdmin/DevOp (LPIC-3, RHCE e PCP-201); 14 anos de experiência com TI e

Leia mais

PORTARIA Nº 178 DE 25 DE OUTUBRO DE 2012.

PORTARIA Nº 178 DE 25 DE OUTUBRO DE 2012. PORTARIA Nº 178 DE 25 DE OUTUBRO DE 2012. Acrescenta a arquitetura de padrões tecnológicos de Interoperabilidade - e- PINGRIO, no segmento recursos tecnológicos o padrão tecnológico sistemas operacionais

Leia mais

Monitoramento de múltiplas. Center. plataformas com o System MDC203

Monitoramento de múltiplas. Center. plataformas com o System MDC203 Monitoramento de múltiplas plataformas com o System Center MDC203 Monitoramento de múltiplas plataformas com o System Center Quem é o palestrante? Gustavo Zimmermann Montesdioca Especialista em Soluções

Leia mais

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7 Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Rio Grande do Sul Informação e Comunicação: Habilitação Técnica de Nível Médio Técnico em Informática Programação Android na IDE Eclipse PROGRAMANDO ANDROID

Leia mais

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura maneiras

Leia mais

As ferramentas certas para a virtualização eficiente Ferramentas virtuais. Helmuth Castillo - www.sxc.hu. e não gerem trabalho ou preocupações

As ferramentas certas para a virtualização eficiente Ferramentas virtuais. Helmuth Castillo - www.sxc.hu. e não gerem trabalho ou preocupações As ferramentas certas para a virtualização eficiente Ferramentas virtuais CAPA As boas tecnologias já existem. Conheça agora as ferramentas mais adequadas para gerenciar cada solução de virtualização.

Leia mais

Treinamento em Alfresco Open Source Enterprise Content Management ( ECM ) - GED Gestão Eletrônica de Documentos

Treinamento em Alfresco Open Source Enterprise Content Management ( ECM ) - GED Gestão Eletrônica de Documentos Treinamento em Alfresco Open Source Enterprise Content Management ( ECM ) - GED Gestão Eletrônica de Documentos Sobre o treinamento Este é um curso para quem precisa conhecer o essencial do produto o Alfresco

Leia mais

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Abril 2013 Sumário 1. Agente... 1 2. Onde instalar... 1 3. Etapas da Instalação do Agente... 1 a. Etapa de Instalação do Agente... 1 b. Etapa de Inserção

Leia mais

Figura 01 Kernel de um Sistema Operacional

Figura 01 Kernel de um Sistema Operacional 01 INTRODUÇÃO 1.5 ESTRUTURA DOS SISTEMAS OPERACIONAIS O Sistema Operacional é formado por um Conjunto de rotinas (denominado de núcleo do sistema ou kernel) que oferece serviços aos usuários e suas aplicações

Leia mais

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Uma poderosa ferramenta de monitoramento Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Abril de 2008 O que é? Características Requisitos Componentes Visual O que é?

Leia mais

Introdução a Sistemas Abertos

Introdução a Sistemas Abertos Introdução a Sistemas Abertos Apresentação filipe.raulino@ifrn.edu.br Sistemas Abertos Qualquer programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado e redistribuído inclusive com seu código fonte

Leia mais

FTAD Formação Técnica em Administração. Aula 07 - ACI Prof. Arlindo Neto

FTAD Formação Técnica em Administração. Aula 07 - ACI Prof. Arlindo Neto FTAD Formação Técnica em Administração Aula 07 - ACI Prof. Arlindo Neto COMPETÊNCIAS QUE TRABALHAREMOS NESTE MÓDULO Conhecer os passos para implantação de um sistema de gestão empresarial ERP e SIG SIG

Leia mais

Funcionalidades da ferramenta zabbix

Funcionalidades da ferramenta zabbix Funcionalidades da ferramenta zabbix Jordan S. Romano¹, Eduardo M. Monks¹ ¹Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS (FATEC PELOTAS) Rua Gonçalves Chaves,

Leia mais

2. O AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO EM C

2. O AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO EM C 2. O AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO EM C Este capítulo trata de colocar a linguagem C para funcionar em um ambiente de programação, concentrando-se no compilador GNU Compiler Collection (gcc). Mas qualquer outro

Leia mais

IBM Tivoli Directory Server Versão 5.2 Leia-me do Cliente

IBM Tivoli Directory Server Versão 5.2 Leia-me do Cliente IBM Tivoli Directory Server Versão 5.2 Leia-me do Cliente Nota Antes de utilizar estas informações e o produto suportado por elas, leia as informações gerais em Avisos, na página 7. Prefácio Este Leia-me

Leia mais

FRIMESA REDUZ CUSTO E COMPLEXIDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE AMBIENTE COM SOLUÇÕES BASEADAS EM TECNOLOGIAS OPEN SOURCE. Case de Sucesso.

FRIMESA REDUZ CUSTO E COMPLEXIDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE AMBIENTE COM SOLUÇÕES BASEADAS EM TECNOLOGIAS OPEN SOURCE. Case de Sucesso. junho/2012 Case de Sucesso FRIMESA REDUZ CUSTO E COMPLEXIDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE AMBIENTE COM SOLUÇÕES BASEADAS EM TECNOLOGIAS OPEN SOURCE PERFIL Fundada em 1977, a Frimesa é resultado da união de cinco

Leia mais

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada à Educação

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada à Educação Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada à Educação Software Livre e Educação Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc tiagodemelo@gmail.com 1 Sumário Introdução ao Software Livre Licenciamento de software

Leia mais

Escrito por Júlio Oliveira Ter, 30 de Junho de 2009 20:06 - Última atualização Seg, 17 de Agosto de 2009 17:25

Escrito por Júlio Oliveira Ter, 30 de Junho de 2009 20:06 - Última atualização Seg, 17 de Agosto de 2009 17:25 SendEmail - O que é No Linux temos algumas opções para enviar e-mails. Uma das mais conhecidas é o SendMail (isso mesmo, sem o E de SendEmail). O problema do SendMail é que ele é um servidor completo de

Leia mais

Manual de Instalação Linux

Manual de Instalação Linux INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA Manual de Instalação Linux Biblioteca Virtual Temática OAI Versão 2.0.1 de 11/02/2013 Season Consultoria e Treinamento Avançados em Informática

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores

Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores Prof.: Roberto Franciscatto Introdução Perguntas iniciais O que você precisa colocar para funcionar? Entender a necessidade Tens servidor específico

Leia mais

Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.508.872.8200 Fax.508.935.4015 www.idc.com

Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.508.872.8200 Fax.508.935.4015 www.idc.com Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.508.872.8200 Fax.508.935.4015 www.idc.com B O L E T I M I N F O R M A T I V O R e d H a t E n t e r p r i s e L i n u x e m u s o : V a r e j i

Leia mais

Administração de Sistemas Operacionais de Rede Linux. Prof. Michel Moron Munhoz michel.moron@aes.edu.br

Administração de Sistemas Operacionais de Rede Linux. Prof. Michel Moron Munhoz michel.moron@aes.edu.br Administração de Sistemas Operacionais de Rede Linux Prof. Michel Moron Munhoz michel.moron@aes.edu.br Conteúdo da disciplina (1 de 2) Visão Geral (multitarefa, mono-tarefa, memória virtual, ambiente gráfico

Leia mais

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

Universidade Federal de Goiás. Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG

Universidade Federal de Goiás. Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG Universidade Federal de Goiás Ubuntu Desktop Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG Conpeex / 2010 Agenda Introdução Conceitos Categorias de Software História do Linux Arquitetura do Linux Ubuntu Projeto

Leia mais

Prestação de serviços em: Baseados em: Para construir sua infraestrutura de TI e criar novas soluções de negócio. - Consultoria - Suporte - Projetos

Prestação de serviços em: Baseados em: Para construir sua infraestrutura de TI e criar novas soluções de negócio. - Consultoria - Suporte - Projetos Prestação de serviços em: Baseados em: - Consultoria - Suporte - Projetos - Desenvolvimento - Soluções e Aplicativos - Treinamento - Softwares Livres - Open Source - Padrões Abertos Para construir sua

Leia mais

Agente do Arcserve Unified Data Protection para Linux

Agente do Arcserve Unified Data Protection para Linux Agente do Arcserve Unified Data Protection para Linux Guia do Usuário Versão 5.0 A presente Documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante

Leia mais

Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.508.872.8200 Fax.508.935.4015 www.idc.com

Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.508.872.8200 Fax.508.935.4015 www.idc.com Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.508.872.8200 Fax.508.935.4015 www.idc.com B O L E T I M I N F O R M A T I V O R e d H a t E n t e r p r i s e L i n u x e m u s o : E m p r e s

Leia mais

GNU/Linux - Conhecimento e Oportunidades. Agenda Currículo Objetivo GNU/Linux. Free Software e Open Source

GNU/Linux - Conhecimento e Oportunidades. Agenda Currículo Objetivo GNU/Linux. Free Software e Open Source AS2MWPC Agenda Currículo Objetivo GNU/Linux Free Software e Open Source AS2MWPC Agenda (continuação) Estudo de Casos Instituto Dom Bosco AS2MWPC / Projeto Incubadora da FATEC-SP Agregando conhecimento

Leia mais

Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve

Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura

Leia mais

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2 Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.br Platinum Implementation Partner 1 Enterprise Edition Software de Código Aberto

Leia mais

Virtualização e Criação de uma rede Virtual utilizando Virtual Box Professor: João Paulo de Brito Gonçalves

Virtualização e Criação de uma rede Virtual utilizando Virtual Box Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Virtualização e Criação de uma rede Virtual utilizando Virtual Box Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Anatomia de uma máquina virtual Cada máquina virtual é um sistema completo encapsulado em um

Leia mais

Fundamentos de Administração de Sistemas

Fundamentos de Administração de Sistemas Fundamentos de Administração de Sistemas Este curso tem como objetivo ensinar aos alunos conceitos de administração de um sistema Linux. Isto inclui o gerenciamento de contas de usuários, automação de

Leia mais

Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.508.872.8200 Fax.508.935.4015 www.idc.com

Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.508.872.8200 Fax.508.935.4015 www.idc.com Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.508.872.8200 Fax.508.935.4015 www.idc.com B O L E T I M I N F O R M A T I V O R e d H a t E n t e r p r i s e L i n u x e m u s o : G i g a n t

Leia mais

Agente do Arcserve Unified Data Protection para Linux

Agente do Arcserve Unified Data Protection para Linux Agente do Arcserve Unified Data Protection para Linux Guia do Usuário Versão 5.0 A presente Documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante

Leia mais

5.5 Enterprise Resources Planning

5.5 Enterprise Resources Planning 5.5 Enterprise Resources Planning 5.5 Enterprise Resources Planning Enterprise Resources Planning (ERP), significa Planejamento de Recursos do Empreendimento e abrange todas as necessidades de informação

Leia mais

FISL 13. Fórum Internacional de Software Livre

FISL 13. Fórum Internacional de Software Livre FISL 13 Fórum Internacional de Software Livre Criando um storage iscsi com PCs, Linux e software livre. Que tal? Administração de Sistemas e Alta Disponibilidade Jansen Sena Julho, 2012. Porto Alegre,

Leia mais

10. Defina Sistemas Distribuídos: Um conjunto de computadores independentes que se apresenta a seus usuários como um sistema único e coerente

10. Defina Sistemas Distribuídos: Um conjunto de computadores independentes que se apresenta a seus usuários como um sistema único e coerente 1. Quais os componentes de um sistema cliente-servidor? Clientes e servidores 2. Na visão do hardware, defina o que é cliente e o que é servidor: Clientes. Qualquer computador conectado ao sistema via

Leia mais

No mercado atual, podemos encontrar vários tipos de sistemas operacionais que fazem parte das seguintes classes:

No mercado atual, podemos encontrar vários tipos de sistemas operacionais que fazem parte das seguintes classes: Módulo 4 Sistema Operacional Sistemas Operacionais Neste módulo falaremos sobre alguns sistemas operacionais existentes no mercado, suas características, e conheceremos o básico das redes de computadores.

Leia mais

CA Protection Suites. Proteção total dos dados para as pequenas e médias empresas

CA Protection Suites. Proteção total dos dados para as pequenas e médias empresas CA Protection Suites Proteção total dos dados para as pequenas e médias empresas Desafios das SMBs As ameaças crescem em número e gravidade - Spywares e adwares - Vírus, worms, cavalos de Tróia e ataques

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 02. Prof. André Lucio

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 02. Prof. André Lucio FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 02 Prof. André Lucio Competências da aula 2 Instalação e configuração dos sistemas operacionais proprietários Windows (7 e

Leia mais

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 06/10/2009 10:21 Leite Júnior

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 06/10/2009 10:21 Leite Júnior ÍNDICE SOFTWARE LIVRE / OPEN SOURCE...2 PROPRIEDADE INTELECTUAL...2 GRAUS DE RESTRIÇÃO EM LICENÇAS DE SOFTWARE...2 LICENÇAS DE SOFTWARE...2 OPEN SOURCE...2 SOFTWARE LIVRE...2 GNU GPL...4 GNU LGPL...4 SOFTWARE

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas Visual COBOL é a solução líder da indústria para o desenvolvimento de aplicações COBOL e implantação em sistemas Windows, Unix e Linux. Ele combina as melhores ferramentas de desenvolvimento de sua classe

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Sistemas Operacionais. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Sistemas Operacionais Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Estruturas de Sistemas Operacionais Um sistema operacional fornece o ambiente no qual os programas são executados. Internamente,

Leia mais

Grupo de Usuários Java do RS 26/11/2004 Daniel Wildt RSJUG dwildt@rsjug.org

Grupo de Usuários Java do RS 26/11/2004 Daniel Wildt RSJUG dwildt@rsjug.org RSJUG Grupo de Usuários Java do RS 26/11/2004 Daniel Wildt RSJUG dwildt@rsjug.org 1. Java 2. J2ME/J2SE/J2EE 3. JCP 4. Certificações 5. JUG 6. RSJUG Agenda 2 Java - Multiplataforma: Conceito compile once,

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 05 Estrutura e arquitetura do SO Parte 2. Cursos de Computação

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 05 Estrutura e arquitetura do SO Parte 2. Cursos de Computação Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 05 Estrutura e arquitetura do SO Parte 2 Referência: MACHADO, F.B. ; MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed. LTC,

Leia mais

Rafael José Ewerling Kelvin Gustavo Rute Carvalho Aline Reis Tiago Pertile Andreia Ozelame Alessandro Ozelame

Rafael José Ewerling Kelvin Gustavo Rute Carvalho Aline Reis Tiago Pertile Andreia Ozelame Alessandro Ozelame Rafael José Ewerling Kelvin Gustavo Rute Carvalho Aline Reis Tiago Pertile Andreia Ozelame Alessandro Ozelame O QUE É BACULA Bacula é um software de backup open source, onde abrange desde um único computador

Leia mais

Líder em Soluções Samba 4 no Brasil

Líder em Soluções Samba 4 no Brasil Apresentação Líder em Soluções Samba 4 no Brasil A Vantage TI conta uma estrutura completa para atender empresas de todos os segmentos e portes, nacionais e internacionais. Nossos profissionais dedicam-se

Leia mais

Proteção de ambientes VMware vsphere/esx com Arcserve

Proteção de ambientes VMware vsphere/esx com Arcserve Proteção de ambientes VMware vsphere/esx com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura

Leia mais

Cisco Intelligent Automation for Cloud

Cisco Intelligent Automation for Cloud Dados técnicos do produto Cisco Intelligent Automation for Cloud Os primeiros a adotarem serviços com base em nuvem buscavam uma economia de custo maior que a virtualização e abstração de servidores podiam

Leia mais

ESET Soluções de Segurança para a sua empresa

ESET Soluções de Segurança para a sua empresa ESET Soluções de Segurança para a sua empresa Apresentando a ESET Fundada em 1992 Líder na indústria de detecção proativa Escritórios centrais na Eslováquia e Estados Unidos Escritórios na América Latina

Leia mais

ESET Soluções de Segurança

ESET Soluções de Segurança ESET Soluções de Segurança Comparativos - Virus Bulletin Esta organização realiza 6 avaliações anuais. Para obter o prêmio VB100, o produto deve detectar 100% dos vírus in-the-wild além de não gerar nenhum

Leia mais

Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0

Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0 Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0 Brasília, 29 de junho de 2010 Sumário Licença deste Documento...3 Introdução ao Sistema de Atendimento...4 Características e módulos...4 Arquitetura...5

Leia mais

Symantec Endpoint Protection 12.1 Segurança inigualável. Performance superior. Projetado para ambientes virtuais.

Symantec Endpoint Protection 12.1 Segurança inigualável. Performance superior. Projetado para ambientes virtuais. Segurança inigualável. Performance superior. Projetado para ambientes virtuais. Visão Geral Com o poder do Symantec Insight, o Symantec Endpoint Protection é a segurança rápida e poderosa para endpoints.

Leia mais

O ANews está baseado em três importantes pilares: a mobilidade, a comunicação eficiente e a facilitação do fluxo de trabalho.

O ANews está baseado em três importantes pilares: a mobilidade, a comunicação eficiente e a facilitação do fluxo de trabalho. ANews é o que você precisa O ANews chegou ao mercado para inovar. Não é mais um programa, é o software que os jornalistas precisavam e não existia. É muito mais que um simples programa, é um sistema que

Leia mais

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Informática I Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

B O L E T I M I N F O R M A T I V O

B O L E T I M I N F O R M A T I V O B O L E T I M I N F O R M A T I V O L i n u x n o f o c o c e n t r a l : d e s t a c a n d o c l i e n t e s c o n d u z i n d o s e u s n e g ó c i o s c o m R e d H a t E n t e r p r i s e L i n u x

Leia mais

NetBackup Como a melhor solução de Backup do mundo ficou ainda melhor.

NetBackup Como a melhor solução de Backup do mundo ficou ainda melhor. NetBackup Como a melhor solução de Backup do mundo ficou ainda melhor. Proteção para Ambientes Virtuais, Backups Mais Inteligentes, Mais Automação, Maior Velocidade de Recuparação de Desastres. Eraldo

Leia mais

Apresentação. Objetivo. Dados Principais. Tecnologia Abordada Linux

Apresentação. Objetivo. Dados Principais. Tecnologia Abordada Linux Apresentação Dados Principais Objetivo Este curso fornecerá o conhecimento técnico e administrativo necessário ao desenvolvimento, administração e manutenção de estações e servidores baseados na plataforma

Leia mais

Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres

Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres Há diversos motivos para as empresas de hoje enxergarem o valor de um serviço de nuvem, seja uma nuvem privada oferecida por

Leia mais

Líder em Treinamentos de Samba 4 no Brasil

Líder em Treinamentos de Samba 4 no Brasil Apresentação Líder em Treinamentos de Samba 4 no Brasil A VANTAGE Educacional é uma referência no Brasil em Treinamento e Capacitação das principais soluções corporativas Open Source. Nosso Centro Oficial

Leia mais

Virtualização de Documentos e Processos. Edoc 2013 Porto Alegre

Virtualização de Documentos e Processos. Edoc 2013 Porto Alegre Virtualização de Documentos e Processos Edoc 2013 Porto Alegre Agenda - Evolução das soluções - Processo de Escolha da solução - Uso do Alfresco - ECM - Uso do Bonita - BPM - Alguns Projetos já Implementados

Leia mais

Mantenha seus dados seguros

Mantenha seus dados seguros Mantenha seus dados seguros Nossos testes revelam que o CA ARCserve Backup r15 é mais maduro, mais capaz, mais rápido e menos caro. O CA ARCserve Backup r15 é certamente a melhor escolha para proteger

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Serviços e Agendamento Sumário 1 SERVIÇOS NO LINX POSTOS AUTOSYSTEM...3 2 CRIAR SERVIÇO...3 2.1 Agendamento de Tarefas Windows...5 2.2 Criar Serviço e Agendar Tarefas no Ubuntu-LINUX...6

Leia mais

Noções de Software. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Software. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Software André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Software; Sistemas Operacionais: Evolução; Conceitos Básicos; Tipos; Exemplos. DEINFO/UFRPE

Leia mais

Tiago Eugenio de Melo

Tiago Eugenio de Melo "TCO: Reduzindo custos com Software Livre*" Tiago Eugenio de Melo *original elaborado por Marcelo de Jesus Ferreira1 Por que usar Software (Livre )? 2 Software livre x Software gratuito 3 4 Medidas quantitativas

Leia mais

Unidade IV ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS. Software livre se refere à liberdade dos usuários com relação ao software, mais precisamente:

Unidade IV ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS. Software livre se refere à liberdade dos usuários com relação ao software, mais precisamente: ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS Unidade IV DEFINIR A MELHOR SOLUÇÃO DE BANCO DE DADOS PARA AS NECESSIDADES DA EMPRESA.1 O uso das tecnologias.1.1 O software livre 1 A tecnologia de banco de dados, assim

Leia mais

Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas. Eng. Alison Rabelo arabelo@next.org.br

Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas. Eng. Alison Rabelo arabelo@next.org.br Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas Eng. Alison Rabelo arabelo@next.org.br Objetivo do Núcleo O - Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas - tem como objetivo a melhoria contínua da qualidade

Leia mais

Migração para Software Livre Administração da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira

Migração para Software Livre Administração da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira Migração para Software Livre Administração da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira Valdir Barbosa valdir@adm.feis.unesp.br Outubro 2009 Agenda Motivação Objetivos Projeto Piloto /Treinamento Aplicativos

Leia mais

Sistema Operacional. História Sistema Operacional 1. QI Escolas e Faculdades Apostila de Linux

Sistema Operacional. História Sistema Operacional 1. QI Escolas e Faculdades Apostila de Linux 4 Capítulo 1 Sistema Operacional É uma coleção de programas que inicializa hardwares, fornece rotinas básicas para controle de dispositivos, mantém a integridade de um sistema. Um sistema operacional de

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO LINUX ESSENTIALS Presencial (40h) - À distância (48h) Conhecendo um Novo Mundo Introdução ao GNU/Linux Distribuições GNU/Linux Linux Inside: Instalação Desktop Debian e CentOS Primeiros

Leia mais

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Sumário Introdução... 3 Windows Server 2008 R2 Hyper-V... 3 Live Migration... 3 Volumes compartilhados do Cluster... 3 Modo de Compatibilidade de Processador...

Leia mais

Aula 2. Objetivo: Saber qual a funcionalidade de um sistema operacional de rede.

Aula 2. Objetivo: Saber qual a funcionalidade de um sistema operacional de rede. Aula 2 Objetivo: Saber qual a funcionalidade de um sistema operacional de rede. Sistema Operacional de Rede Definição: Conjunto de módulos que ampliam as tarefas dos sistemas operacionais locais, complementando-os

Leia mais

Parceiro Oficial de Soluções Zimbra no Brasil

Parceiro Oficial de Soluções Zimbra no Brasil Apresentação A Vantage TI conta uma estrutura completa para atender empresas de todos os segmentos e portes, nacionais e internacionais. Nossos profissionais dedicam-se ao desenvolvimento e criação de

Leia mais

Visão Geral da Plataforma Java. Robinson Castilho - JUGMS castilho@bacarin.com.br http://www.jugms.com.br

Visão Geral da Plataforma Java. Robinson Castilho - JUGMS castilho@bacarin.com.br http://www.jugms.com.br Visão Geral da Plataforma Java Robinson Castilho - JUGMS castilho@bacarin.com.br http://www.jugms.com.br Agenda Apresentação Motivação para a palestra História do Java A máquina virtual Java (JVM) Java

Leia mais

Apache + PHP + MySQL

Apache + PHP + MySQL Apache + PHP + MySQL Fernando Lozano Consultor Independente Prof. Faculdade Metodista Bennett Webmaster da Free Software Foundation fernando@lozano.eti.br SEPAI 2001 O Que São Estes Softwares Apache: Servidor

Leia mais

UNIFIED. A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA. em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION

UNIFIED. A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA. em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION UNIFIED A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO UNIFIED DATA PROTECTION Incentivadas pelo crescimento

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Sistemas Operacionais: Software Oculto Introdução a Computação Sistemas Operacionais Serve como um intermediário entre o hardware e os softwares aplicativos. Sistema Operacional Software de sistemas Kernel

Leia mais

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira ENTERPRISE JAVABEANS 3 Msc. Daniele Carvalho Oliveira Apostila Servlets e JSP www.argonavis.com.br/cursos/java/j550/index.html INTRODUÇÃO Introdução Enterprise JavaBeans é um padrão de modelo de componentes

Leia mais

Manual de Instalação PIMSConnector em Linux

Manual de Instalação PIMSConnector em Linux Manual de Instalação PIMSConnector em Linux Julho/2015 Sumário 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Pré-requisitos instalação/implantação/utilização... 4 3. JBOSS... 6 3.1. Instalação... 6 3.2.

Leia mais

Práticas de Desenvolvimento de Software

Práticas de Desenvolvimento de Software Aula 1. 23/02/2015. Práticas de Desenvolvimento de Software Aula 1 Unix, Linux e a linha de comando Oferecimento Ambiente de desenvolvimento Computador (hardware) Sistema operacional Idealmente: iguais

Leia mais

Sistema Operativo Linux

Sistema Operativo Linux Sistema Operativo Linux Linux É um sistema operativo da família UNIX, desenvolvido colaborativamente através da internet. É um software livre ou open source, com o código fonte disponível em www.kernel.org

Leia mais

Consolidação inteligente de servidores com o System Center

Consolidação inteligente de servidores com o System Center Consolidação de servidores por meio da virtualização Determinação do local dos sistemas convidados: a necessidade de determinar o melhor host de virtualização que possa lidar com os requisitos do sistema

Leia mais

Manual de Instalação PIMSConnector em Windows

Manual de Instalação PIMSConnector em Windows Manual de Instalação PIMSConnector em Windows Julho/2015 Sumário 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Pré-requisitos instalação/implantação/utilização... 4 3. JBOSS... 6 3.1. Instalação... 6 3.2.

Leia mais

ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2)

ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2) ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2) Duração: 3 dias (24 horas) Versão do ArcGIS: 10.2 Material didático: Inglês Descrição Projetado para administradores, este curso ensina como

Leia mais

Monday, August 6, 12

Monday, August 6, 12 Gerência de Configurações em Cloud Puppet em ambientes IaaS José Augusto (Guto) Carvalho jose.carvalho@4linux.com.br whoami Consultor/SysAdmin (LPIC-3) na 4Linux.com.br 12 anos de experiência com tecnologias

Leia mais

Especificação do KAPP-PPCP

Especificação do KAPP-PPCP Especificação do KAPP-PPCP 1. ESTRUTURA DO SISTEMA... 4 1.1. Concepção... 4 2. FUNCIONALIDADE E MODO DE OPERAÇÃO... 5 3. TECNOLOGIA... 7 4. INTEGRAÇÃO E MIGRAÇÃO DE OUTROS SISTEMAS... 8 5. TELAS E RELATÓRIOS

Leia mais

EUCALYPTUS: UMA PLATAFORMA CLOUD COMPUTING PARA

EUCALYPTUS: UMA PLATAFORMA CLOUD COMPUTING PARA EUCALYPTUS: UMA PLATAFORMA CLOUD COMPUTING PARA QUALQUER TIPO DE USUÁRIO Gustavo Henrique Rodrigues Pinto Tomas 317624 AGENDA Introdução: Cloud Computing Modelos de Implementação Modelos de Serviço Eucalyptus

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL. Produto: Cloud Server Pro. www.locaweb.com.br 1

PROPOSTA COMERCIAL. Produto: Cloud Server Pro. www.locaweb.com.br 1 PROPOSTA COMERCIAL Produto: Cloud Server Pro www.locaweb.com.br 1 Sumário SOBRE A LOCAWEB 3 INFRAESTRUTURA DO DATA CENTER 4 SOLUÇÕES PROPOSTAS 5 BENEFÍCIOS DO CLOUD SERVER PRO LOCAWEB 6 SISTEMAS OPERACIONAIS

Leia mais

SUPLEMENTO Nº 02. O presente Suplemento tem por finalidade introduzir no Edital da Licitação as seguintes alterações:

SUPLEMENTO Nº 02. O presente Suplemento tem por finalidade introduzir no Edital da Licitação as seguintes alterações: SUPLEMENTO Nº 02 O presente Suplemento tem por finalidade introduzir no Edital da Licitação as seguintes alterações: 1. A data limite de acolhimento de propostas fica alterada para 19.02.2008. 2. A CLÁUSULA

Leia mais

Parceiro Oficial de Treinamentos Proxmox no Brasil

Parceiro Oficial de Treinamentos Proxmox no Brasil Apresentação Parceiro Oficial de Treinamentos Proxmox no Brasil A VANTAGE Educacional é uma referência no Brasil em Treinamento e Capacitação das principais soluções corporativas Open Source. Nosso Centro

Leia mais

Índice. Introdução 2. Quais funcionalidades uma boa plataforma de EAD deve ter? 4. Quais são as vantagens de ter uma plataforma EAD?

Índice. Introdução 2. Quais funcionalidades uma boa plataforma de EAD deve ter? 4. Quais são as vantagens de ter uma plataforma EAD? Índice SUA EMPRESA DE TREINAMENTOS ESTÁ PARADA NO TEMPO? Introdução 2 Quais funcionalidades uma boa plataforma de EAD deve ter? 4 Quais são as vantagens de ter uma plataforma EAD? 6 A gestão de cursos

Leia mais