SUPORTE TÉCNICO EBS. Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br."

Transcrição

1 SUPORTE TÉCNICO EBS Horário de atendimento: Das 08h30min às 18h, de Segunda a Sexta-feira. Formas de atendimento: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para Suporte On-Line (Chat): Atendimento em tempo real através da Internet. Para acessar esta forma de atendimento clique no ícone na tela principal do seu software. Telefones: Curitiba: Recursos Humanos (CRH): (41) Contábil, Fiscal e Patrimônio (/CEF/CCP): (41) São Paulo: Recursos Humanos (CRH): (11) Contábil, Fiscal e Patrimônio (/CEF/CCP): (11) Versão 6.1 1

2 Sumário 1 Apresentação Teclas de função Cadastros Centros de Custo Responsáveis Títulos das Contas Plano de Contas Saldos de Balanço Estrutura dos Históricos Padrão Lançamentos Automáticos Planilhas de Lançamentos Calendário Lançamentos Lançamentos On-Line Lançamento Normal Lançamentos Múltiplos Lançamento Planilhado Módulos Análise Econômica Financeira Manutenção da DLPA - Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados Manutenção do DOAR - Demonstração de Origem e Aplicações de Recursos DIPJ / DS LALUR - Livro de Apuração do Lucro Real COSIF Transferência de Resultados Encerramento do Exercício Notas Explicativas Geração de Arquivo Padrão IN Consultas Plano de Contas (F11) Histórico Padrão (F3) Centro de Custo Contas/Razão Diário Lotes Lançamentos Exercícios Utilitários Gráficos Geração de Calendário...36 Versão 6.1 2

3 6.3 Importação Exportação Rotinas Especiais Relatórios Relatórios Contábeis Relatórios Gerenciais Relatórios Auxiliares Relatórios Comparativos Ajuda Ajuda F BIT Acesso ao site da EBS Sobre...44 Versão 6.1 3

4 1 Apresentação O Cordilheira Sistema Contábil foi desenvolvido com o objetivo de efetuar a escrituração contábil de empresas dos mais diversos ramos de atividade utilizando todas as facilidades do ambiente Windows. Possibilita a emissão de relatórios legais e gerenciais, além de gráficos em diversos estilos. 1.1 Teclas de função As teclas de função (normalmente situadas na parte superior do teclado) são uma forma rápida de acesso a rotinas mais utilizadas no sistema, podendo ser acionadas em qualquer ponto da execução. As teclas disponíveis no Cordilheira Sistema Contábil. <F1> - Acesso ao Ajuda. <F5> - Lançamento Normal <F6> - Lançamento Múltiplos <F7> - Lançamentos Planilhados <F9> - Calculadora <F11> - Consulta Plano de Contas <F4> ou <F12> - Consulta genérica (depende do campo onde se encontra o cursor). ALT + letra sublinhada Acesso rápido à rotina/ botão, sem utilização do mouse. Outra tecla que também pode ser utilizada é o <CTRL> + S para abandonar o sistema. O usuário deve manter a tecla <CTRL> pressionada, enquanto pressiona o S. 4

5 2 Cadastros Cadastro é o registro de informações minuciosas, onde são definidos os parâmetros do sistema. Para efetuar os cadastros no sistema obedeça a seqüência do menu disposta pelo sistema; assim evitará problemas de cadastros incompletos e terá um ótimo conhecimento das rotinas e facilidades disponíveis. Todos os processamentos dependerão deste cadastro. Em caso de dúvida consulte o Ajuda (F1) do sistema para obter maiores detalhes. 2.1 Centros de Custo Cadastrar os centros de custo a serem utilizados na digitação de lançamentos. A utilização de centros de custo não é obrigatória. O sistema gera os seguintes relatórios por centro de custo: Contábeis/Balancete de Verificação; Gerenciais/Razão por Centro de Custo; Gerenciais/Totais por Centro de Custo. 2.2 Responsáveis Armazena os dados dos responsáveis pela entrega de arquivos em meio magnético. Nas rotinas de geração de arquivo será solicitado o código de responsável. 5

6 2.4 Títulos das Contas São dados fundamentais para a emissão da Demonstração do Resultado do Exercício DRE, pois as contas do plano serão agrupadas nestes títulos que já estão pré-cadastrados. É permitida a alteração da descrição dos títulos das contas por estabelecimento, porém não é permitida a exclusão ou inclusão de títulos. Deverá informar os Títulos das Contas no plano de contas, nas contas de Resultado, nos graus 3, 4 ou 5, conforme orientação do Conselho Regional de Contabilidade. 2.5 Plano de Contas Nesta opção o usuário deve cadastrar o plano de contas a ser utilizado na contabilidade conforme as explicações abaixo descritas. O botão Imprimir abre a tela de impressão do plano de contas. Se for Oficial, seguirá a seqüência de página do livro diário. 6

7 Classificação: Digitar o código analítico da conta, de acordo com a estrutura definida nos parâmetros do sistema. A digitação deverá ser feita de forma corrida, sem pontos ou traços. F4 Filtro: Poderá teclar <F4> durante o cadastramento para filtrar o plano e verificar em que conta terminou determinada parte do plano. Por exemplo, para consultar as contas cadastradas a partir de , digite e tecle <F4>. Os campos código (reduzido) e digito são preenchidos automaticamente pelo sistema, permitindo alteração no momento da inclusão. Tipo para a DRE: Informar o tipo da conta para a emissão da DRE. O tipo das contas poderá ser informado nos graus 3, 4, 5, 6... Com base nos tipos das contas será montada a DRE. Natureza: Informar a natureza contábil desta conta, ou seja, se ela é credora (C) ou devedora (D). Esta informação só é possível no grau 1. Esta informação define a natureza do grupo de contas, embora o grupo possa ter contas com natureza credora e/ou devedora, como é o caso do Ativo que tem natureza devedora, mas pode possuir dentro dele contas credoras. Neste caso, nos relatórios será apresentado o valor com sinal negativo, por ser esta uma conta redutora. Conta exclusivamente de compensação: Marcar se a conta selecionada será de compensação. Podendo informar em todos os graus de contas (grupos). Entende-se por conta exclusivamente de compensação as contas transitórias, que não interferem no resultado. As contas ou grupo de contas marcadas não aparecerão na emissão do Balanço Patrimonial e na DRE, serão listados somente nos outros relatórios. 2.6 Saldos de Balanço Informar o Saldo de Balanço, saldo de encerramento do último exercício, 31/12/AAAA, para cada estabelecimento da base de dados. Utilizar somente contas do Ativo e do Passivo. Para informar valores negativos, digite o sinal de negativo (-) antes do valor. Teclar <F4> ou <F12> para consultar o plano de contas. 7

8 Dica: Para informar saldo de balanço com data diferente de 31/12/AAAA, utilizar a rotina de Lançamentos OnLine ou Normal (partida simples). 2.7 Estrutura dos Históricos Padrão Armazena os históricos padrão a serem utilizados lançamentos. O uso do histórico padrão é obrigatório. na digitação de 1. Código: Informe um código de cadastro, campo numérico. 2. Título: Atribua um título para identificar o histórico padrão. Este campo aceita letras e números, com até 25 caracteres. 8

9 3. No quadro Utilização, marque o tipo de utilização mais usual, caso o histórico seja utilizado indevidamente, o sistema emitirá um alerta no momento do lançamento: Débito Para lançamentos na conta Débito. Crédito Para lançamentos na conta Crédito. Ambos Para lançamento em ambas as contas. No quadro Formatação: Inclua a formatação do histórico combinando descrições e campos variáveis. Estes campos aparecem entre os sinais < >. Clique sobre a letra A para inserir os campos deste histórico. Poderão ser incluídos campos para informação de texto, valor, número, conta de débito e crédito, data ou mês e ano. Para cada campo inserido poderá ser incluída uma descrição para auxiliar na utilização do histórico nos lançamentos. Exemplo: CAMPO é o que está entre o sinal de maior e de menor <>, por exemplo, <ler data>. Você pode inserir uma descrição antes do campo. Neste exemplo foi inserida a descrição Data. Data <ler data> Para excluir um campo, clique sobre o mesmo e em seguida na letra X. No quadro Visualização/Teste, visualize como este Histórico Padrão será mostrado no lançamento. 2.8 Lançamentos Automáticos O objetivo desta rotina é possibilitar uma maior agilidade na digitação de lançamentos repetitivos, onde as contas e o histórico são sempre os mesmos. Os códigos de lançamento serão gerados sempre a partir do código e deverão ser informados no lugar da conta a débito por ocasião dos lançamentos. O sistema trará então a conta a débito, a conta a crédito e o histórico padrão, 9

10 devendo ser informados apenas o valor e o complemento do lançamento. 2.9 Planilhas de Lançamentos Esta rotina proporciona um excelente rendimento na digitação de lançamentos, através da possibilidade de cadastrar antecipadamente todas as contas e históricos utilizados em um determinado processo. Oferece uma grande facilidade ao contabilizar processos repetitivos, onde as contas contábeis são as mesmas, mudando apenas os valores. Por ocasião do lançamento serão informados os valores e os complementos de histórico. Pode-se criar planilhas específicas para contabilização de folha de pagamento, caixa, escrituração fiscal, etc. Na tabela informar as contas a débito e crédito (ou somente uma delas), o histórico e o centro de custos do lançamento. Informar também a ordem de digitação da planilha. Sugerimos manter um intervalo entre a numeração de ordem (por exemplo de 5 em 5) para poder incluir um lançamento entre dois já existentes. 10

11 Para navegar entre os campos da planilha, utilize as setas do teclado. Para efetuar os lançamentos contábeis na planilha acesse a rotina de Lançamento Planilhado (F7). Observação: Durante os lançamentos não é possível incluir novas contas na planilha, mas podem ser deixadas contas sem valor e histórico, ou dar um duplo clique sobre o lançamento para alterar os dados Calendário Possibilita o bloqueio de lançamentos em datas indevidas ou que não tenham expedientes comerciais. Desta forma é possível determinar os dias de cada mês que podem receber lançamentos. Os dias em vermelho estão fechados, e os dias em preto estão abertos. A verificação da data será efetuada no momento da confirmação dos lançamentos. Dica: Para gerar o calendário por períodos utilize a rotina Utilitários/Geração de Calendário. Exemplo: 01/AAAA a 12/AAAA. 11

12 3 Lançamentos 3.1 Lançamentos On-Line 1) Possibilita lançamento de partida dobrada (débito e crédito) ou partida simples (somente débito ou somente crédito). 2) Possibilidade de alterar, excluir ou reincluir um lançamento. 3) Apresenta a cada lançamento o total a débito, crédito e diferença do dia (opcional). 4) Apresenta na tela os últimos 50 lançamentos efetuados. 5) Possibilita repetir os dados do lançamento. 6) Concluído o lançamento no Gravar, o mesmo já aparecerá em todos os relatórios. 3.2 Lançamento Normal 1) Forma de lançamentos adequada à maioria dos lançamentos contábeis, possibilita lançamento de partida dobrada (débito e crédito) ou partida simples (somente débito ou somente crédito). 2) Possibilidade de alterar, excluir ou reincluir um lançamento. 3) Apresenta a cada lançamento o total a débito, crédito e diferença do lote (opcional). 4) Apresenta na tela os últimos 50 lançamentos efetuados. 12

13 5) Possibilidade de liberar e estornar o lote na própria rotina. 6) Possibilita repetir os dados do lançamento. Através desta rotina é possível: Criar novos lotes, Diário ou Mensal; Alterar a Situação do lote: Não Liberado, Liberado ou Estornado; Alterar os lançamentos do lote (acessando o botão Pesquisar, dentro do lançamento). Para efetuar os lançamentos deve-se informar os dados a seguir: Estabelecimento: Código da estabelecimento que receberá os lançamentos. Lote: Número do lote que deseja criar. Lote Vago: O sistema exibe, no campo lote, o próximo lote disponível. Pode-se fazer os lançamentos em lotes Diários ou Mensais, desta forma o sistema verificará os totais de débitos e créditos do lote, avisando o usuário se houver diferença e não permitindo a liberação do lote. Identificador: Campo é utilizado para identificar o lote, facilitando a busca pelo lote. Exemplo de identificador: Lotes da Folha de Pagamento dos meses 05/2002, 06/2002 e 07/

14 Identificador = FP0502, FP0602 e FP0702 Descrição: Descrição para o lote de modo a identificar facilmente o seu conteúdo em um relatório ou consulta. Data: Data do lote. Esta data deverá obrigatoriamente estar entre o período de lançamentos informado nos parâmetros. Se o período deste lote for diário todos os lançamentos serão gerados nesta data, não sendo o dia solicitado nos lançamentos. Se o período for Mensal será solicitado o dia por ocasião do lançamento, sendo considerado o mês e ano do lote para compor a data do lançamento. Dica: Informar último dia do mês para efetuar lançamentos em lote mensal. Origem: Origem dos lançamentos, que podem ser CTB (lotes criados pela contabilidade), FPG (lote de importação do sistema de Recursos Humanos), LIF (lote de importação do sistema de Escrita Fiscal) ou OUT (lote de importação de outros sistemas). Tipo: Informar se este é um lote normal de lançamentos ou se é um lote de transferência de resultados. Lembrando que o Cordilheira gera a transferência de resultado automaticamente. Período: Informar se o lote conterá lançamentos em um único dia (Diário), ou se receberá lançamentos em vários dias dentro do mês (Mensal). Se o lote for Mensal será solicitado o dia por ocasião dos lançamentos. Situação: Ao criar o lote a situação será Não Liberado. Após efetuar os lançamentos deve-se alterar a situação do lote para Liberado. Os relatórios são gerados com base nos lotes liberados. Podendo ser alterada a situação do lote para Estornado caso seja necessário alterar os lançamentos do lote. Após a informação dos dados acima, clique no botão Ok para confirmar a criação do lote, depois clique no botão Lançamentos, ou tecle <F8>. 14

15 3.2.1 Lote / Lançamentos Ao clicar em Lançamentos <F8> será exibida a janela de lançamentos. Utilize as teclas <F4> ou <F12> para pesquisar os dados solicitados. Exibem os últimos 50 lançamentos Permite reincluir um lançamento excluído Dê um duplo clique para alterar. No botão Pesquisar, poderá consultar, alterar ou excluir os lançamentos. Dar um duplo clique sobre o lançamento para transferir para a tela de lançamento. O botão Verificar Diferença, será exibido quando houver uma diferença no lote (Lançamento Normal) ou no dia (Lançamento On Line). Emitir o Diário Sintético (em Relatórios / Auxiliares) para saber quais os dias e os números dos lotes liberados que apresentam diferenças. Através desta rotina é possível detectar lançamentos que estejam causando diferenças entre o débito e crédito em uma data no lote. Consiste em minimizar a quantidade de lançamentos a serem verificados. Para isso conta com 3 opções de filtro que eliminam os lançamentos corretos, ou seja, que provavelmente não sejam os causadores da diferença. Entre os lançamentos restantes pode ser aplicada uma verificação para tentar identificar o(s) lançamento(s) que estão causando a diferença. Estes lançamentos podem então ser impressos para uma melhor verificação. 15

16 O quadro Totais da pesquisa apresenta os totais dos lançamentos constantes na tabela abaixo. Os filtros podem ser utilizados em qualquer ordem, pode-se utilizar apenas os que se desejar (não é obrigatória a utilização dos três). Cada um tem uma aplicação específica, mas a finalidade é a mesma, ou seja, diminuir a quantidade de lançamentos a serem impressos e conferidos manualmente. Sobre os Filtros de Verificação: Filtro 1, Elimina lançamentos de partida dobrada. Retira da pesquisa os lançamentos efetuados com as contas de débito e crédito. Estes são apresentados para auxiliar na conferência, uma vez que é possível repetir as contas a débito e a crédito. Se no momento do lançamento foi esquecido de zerar uma das contas, a diferença pode estar nestes lançamentos. Retira da pesquisa os lançamentos gerados com ambas as contas (débito e crédito). Como esse tipo de lançamento gera um único registro, nunca poderiam causar diferenças. Entretanto, optamos por não excluir estes lançamentos automaticamente da pesquisa, pois em determinadas situações pode ser necessário e interessante ter estes lançamentos no relatório durante a verificação manual. Exemplo: Lançamento Débito Crédito , , , Total 45, ,00 45,00 100, ,00 Neste caso os lançamentos 002 e 006 seriam eliminados. Filtro 2, Elimina Débitos/Créditos em seqüência. Retira da pesquisa os lançamentos efetuados em ordem seqüencial numérica de lançamento (um débito e um crédito, um débito e vários créditos ou um crédito e vários débitos, onde a somatória dos valores seja equivalente. 16

17 Exemplo: Lançamento Total Débito 100, ,00 Crédito 1.100,00 500,00 45,00 455,00 100,00 300, ,00 Neste caso os lançamentos de 002 a 008 seriam eliminados (por apresentar somatória de 1.000,00 a débito e crédito) Filtro 3, Elimina Débitos/Créditos fora de seqüência. Retira da pesquisa os lançamentos efetuados a débito e crédito, ainda que fora da seqüência normal de lançamentos, onde a somatória dos valores seja equivalente. Exemplo: Lançamento Total Débito 100, , ,00 Crédito 500,00 45,00 455,00 100,00 300, ,00 Neste caso os lançamentos de 001 a 009 seriam eliminados (por apresentar somatória de 1.100,00 a débito e crédito) Verificação, Verifica possíveis lançamentos incorretos. Esta opção analisa os lançamentos constantes na pesquisa para tentar identificar sob 3 critérios diferentes os lançamentos que possivelmente sejam os causadores da diferença. Os lançamentos serão marcados com uma numeração, conforme descrição a seguir: 1 - Lançamentos no valor exato da diferença do dia. 2 - Lançamentos no valor da metade da diferença do dia (provável inversão de débito/crédito). 17

18 3 ou superior - Lançamentos cuja diferença entre eles corresponda exatamente a diferença do dia. O número acima indica a prioridade na verificação, ou seja um lançamento que se enquadre em mais que um critério será considerado sempre pelo menor critério. Exemplo: Lançamento Débito Crédito * , , , , , , , , , , , , , , , ,00 2 Total 1.345, ,00 O exemplo acima parte do princípio que não foi aplicado nenhum filtro. Nesse caso existe uma diferença no valor de 10,00 entre o total de débitos e créditos. Ao clicar no botão verificação seriam marcados os seguintes lançamentos: 012 marcado com 1 por corresponder a diferença. 097 e 105 marcados com 2 por corresponder a metade da diferença. 012 e 025 marcados com 3 por apresentarem diferença de 10,00. Entretanto, como o lançamento 012 já havia sido anteriormente marcado com 1, prevalece a primeira marcação. 022 e 027 marcados com 4 por apresentarem diferença de 10, e 058 marcados com 5 por apresentarem diferença de 10, e 090 marcados com 6 por apresentarem diferença de 10,00. Entretanto, como o lançamento 058 já havia sido anteriormente marcado com 5, prevalece a primeira marcação. Para listar os lançamentos da tabela, clique no botão Imprimir. 18

19 3.3 Lançamentos Múltiplos Vantagens deste lançamento: 1) É mais adequado a um lançamento com um débito e vários créditos (ou viceversa). 2) Permite efetuar um lançamento em um estabelecimento e a contrapartida em outro (desde que filiais de uma mesma empresa). 3) Efetua a verificação entre os valores (débito e crédito) ao confirmar o lançamento. Os lançamentos efetuados nesta rotina serão gerados no lote, da mesma forma que os lançamentos normais, podendo ser consultados, alterados ou excluídos através da rotina de Lançamentos Normal. Nesta rotina é possível: Criar novos lotes, Diário ou Mensal; Alterar a Situação do lote: Não Liberado, Liberado ou Estornado; 19

20 Débito/Crédito: Informar se o primeiro lançamento será efetuado a débito ou a crédito. Os lançamentos abaixo, de contra-partida, serão gerados com natureza inversa a este lançamento. Além dos dados comuns a todos os lançamentos é permitido informar outro código para o estabelecimento, possibilitando desta forma fazer a transferências entre filiais. Utilize a tecla F12 para pesquisar contas, histórico e centro de custo. 20

21 3.4 Lançamento Planilhado Vantagens deste lançamento: 1) É excelente para lançamentos que são sempre contabilizados de uma mesma forma (por exemplo, a contabilização de uma folha de pagamento). Basta fornecer o código da planilha (que você deverá ter previamente cadastrada com as contas contábeis e históricos padrão), o valor, e o complemento para os lançamentos (somente os que tiverem valor para esta planilha). 2) Efetua uma checagem entre os valores (débito e crédito) ao confirmar o lançamento. Os lançamentos efetuados nesta rotina são gravados no lote, podendo ser consultados, alterados ou excluídos através da rotina de Lote/Lançamento. Informar o código da Planilha para os lançamentos. As contas contábeis e históricos virão informados. Duplo clique edita o lançamento para alteração. Informar o valor e o complemento do histórico. Após a digitação clicar no botão OK para gravar os lançamentos. É obrigatório que os totais a débito e crédito estejam iguais. Observação: Durante os lançamentos não é possível incluir novas contas na planilha, mas podem ser deixadas contas sem valor e histórico, ou dar um duplo clique sobre o lançamento para alterar os dados. 21

22 4 Módulos 4.1 Análise Econômica Financeira Análise Padrão Fornece 11 fórmulas pré-definidas pela EBS, com base no saldo atual ou movimento das contas. Para a geração da análise é necessário informar a classificação das contas contábeis solicitadas no formulário. Fórmulas Padrões: 01 - Liquidez Corrente; 02 - Liquidez Seca; 03 - Liquidez Geral; 04 - Participação de Terceiros; 05 - Garantia de Capital de Terceiros; 06 - Imobilização do Investimento Total; 07 - Imobilização do Capital Próprio; 08 - Rentabilidade do Investimento Total; 09 - Rentabilidade do Capital Próprio; 10 - Capital de Giro Próprio; 11 - Solvência Geral Análise por Fórmulas Possibilidade de gerar as mais diversas informações com base no saldo atual das contas do plano. Consulte a Ajuda (F1) do sistema para auxiliar na montagem da fórmula. 22

23 4.2 Manutenção da DLPA - Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados É necessário informar os valores para emissão do Relatório, disponível em Relatórios/ Contábeis. 4.3 Manutenção do DOAR - Demonstração de Origem e Aplicações de Recursos É necessário informar os valores para emissão do Relatório, disponível em Relatórios/ Contábeis. 4.4 DIPJ / DS Parâmetros Informar os parâmetros (características) e definições de perfil da estabelecimento para a geração da Declaração de Informações EconômicoFiscais da Pessoa Jurídica DIPJ ou da Declaração Simplificada DS. Informar os dados solicitados na tela e clicar nos botões Fichas Nível 01, Nível 02 e Nível 03. Sserão listadas as fichas que a estabelecimento poderá gerar pelo sistema. O usuário poderá marcar ou desmarcar as fichas que desejar. 23

24 À direita o sistema apresenta a Origem dos sistemas que fornecerão os dados. As fichas onde a origem aparece em branco, não serão geradas no arquivo, devendo assim sua manutenção ser realizada após a importação, dentro do programa da Receita Federal. Ainda assim, o sistema não tem como gerar todas as fichas necessárias, confira as fichas faltantes após a importação no programa da Receita Federal Classificação por conta Permite identificar as contas contábeis com suas respectivas fichas, campos e colunas de geração. Exemplo: A conta contábil Custo dos Serviços Vendidos, está relacionada com a Ficha 04A Custo dos Bens e Serviços Vendidos - PJ em Geral, assim como a conta Caixa, está vinculada a Ficha 45A - Ativo - Balanço Patrimonial, Campo 1 - Caixa, Coluna Valor Total. 24

25 4.4.3 Manutenção das Fichas Deverá ser usada para informar dados que não existam no sistema, como por exemplo, alguns campos das fichas 01 e 02. Esses dados deverão ser informados antes da geração do arquivo, pois a falta deles pode ocasionar erro na importação para o programa da DIPJ/PJSI Apuração de valores Apura os saldos ou movimentações das contas classificadas por ficha Manutenção dos valores Esta rotina permite alterar valores calculados pelo sistema na rotina de Apuração de Valores. Se preferir, a manutenção poderá ser feita também pelo programa da DIPJ/PJSI, após a importação Geração da PJSI Gera o arquivo da Pessoa Jurídica Simples ou Inativa - PJSI. Será gerado um arquivo com o nome PJSI.TXT, nos padrões estabelecidos pela Receita Federal. Após gerar o arquivo, deverá validá-lo no programa da PJSI, na versão atualizada Geração da DIPJ Gera o arquivo da DIPJ, nos padrões estabelecidos pela Receita Federal para ser importado no sistema próprio. 4.5 LALUR - Livro de Apuração do Lucro Real A legislação do Imposto de Renda exige para algumas empresas, a escrituração do chamado LALUR (Livro de Apuração do Lucro Real), onde são registrados todos os ajustes do Lucro ou Prejuízo de cada período de apuração. Através destas rotinas, pode-se efetuar os lançamentos de históricos e contas (parte A e B), podendo importar os lançamentos contábeis para a escrituração do LALUR, e ao final emitir o Demonstrativo do Livro Real e o Registro dos Ajustes do Lucro Líquido do Exercício. 25

26 As rotinas permitem a importação de lançamentos efetuados na contabilidade, bem como a digitação de lançamentos extra-contábeis Manutenção de Históricos Através desta rotina serão cadastrados os históricos e as contas, necessários para o controle e emissão do LALUR, parte A e B. Tipo: Selecionar o tipo de histórico: 1 - Adições 2 - Exclusões 3 - Compensações 4 - Lançamentos (único) Importação de Lançamentos para o LALUR Facilita a integração contábil com o LALUR, permitindo Importar os lançamentos normais para o lançamento de LALUR. Está rotina é executada em duas (02) etapas: 1º Etapa - Seleção de Lançamentos para Importação. Consiste em selecionar os lançamentos que deseja importar, através do filtro de pesquisa. Serão exibidos na janela os lançamentos, apresentando os Totais da Pesquisa. Possui opção de Marcar/Desmarcar todos, ou selecionar um a um dos lançamentos apresentados na tabela de resultado da pesquisa. 2º Etapa - Importação de Lançamentos para o LALUR. Clique no botão Importar. Nesta janela, devem ser informar os dados solicitados Lançamento LALUR Parte A Efetuar os lançamentos dos históricos, as adições, exclusões e compensações de ajuste do lucro, para posterior emissão do: Demonstrativo do Lucro Real e Registro dos Ajustes do Lucro Líquido do Exercício. 26

27 4.5.4 Lançamento LALUR Parte B Efetuar os lançamentos para controle de ajuste do lucro líquido de exercícios futuros, para posterior emissão do: Controle de Valores que Constituirão Ajuste do Lucro de Exercício Futuros Emissão do LALUR Parte A Emite o Demonstrativo do Livro Real Parte A, referente aos lançamentos de históricos (Adições, Exclusões e Compensações) efetuados. Este relatório será impresso em duas partes. A primeira com os valores das Adições, Exclusões e Compensações, compondo o Demonstrativo do Lucro Real, e a segunda com os Registros (lançamentos) dos Ajustes do Lucro. Resultado do Exercício: Informar o valor de Resultado. Este campo será preenchido automaticamente com o valor de resultado (Lucro/Prejuízo) apurado na emissão da D.R.E. Pode ser alterado, se necessário Emissão do LALUR Parte B Emite o Registro dos Ajustes do Lucro Líquido do Exercício - Parte B, referente aos "lançamentos" efetuados. 4.6 COSIF Relaciona as contas contábeis do plano de contas do estabelecimento com as contas do Sistema COSIF - Consolidação do Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro, para posterior geração do arquivo Classificação por Conta Plano Normal: Relacione as contas do plano de contas da estabelecimento, com as contas do plano de contas do COSIF. Esta rotina deve ser utilizada para as instituições financeiras em geral, exceto empresas administradoras de consórcio que devem utilizar o Plano Consórcio. Plano Consórcio: Relacione as contas do plano de contas da estabelecimento, com as contas do plano de contas do COSIF. Esta rotina deve ser utilizada somente para as empresas 27

28 administradoras de consórcio, que possuem um plano de contas diferenciado no sistema COSIF. As demais instituições financeiras devem utilizar o Plano Normal. Dica: Se este cadastro já foi realizado em outra base de dados, que possui plano de contas semelhante, poderá realizar a importação dos dados através do botão IMPORTAR Geração do COSIF Esta rotina gera o arquivo para o Sistema COSIF - Consolidação do Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro. No quadro Arquivos, o sistema automaticamente selecionará os arquivos que serão gerados, de acordo com o tipo da instituição financeira informado no cadastro da estabelecimento. No quadro Consolidação, a opção de consolidação por estabelecimento deve ser utilizada para a entrega do arquivo. As demais opções poderão ser utilizadas somente para a emissão de relatórios com fins gerenciais pelo aplicativo do COSIF. 4.7 Transferência de Resultados Nesta rotina o sistema efetuará lançamentos nas contas de resultado a crédito ou a débito, zerando-as, e transferindo para a conta do sistema de resultados. Ao finalizar esta transferência a conta de Patrimônio Líquido receberá o resultado da transferência originando assim o Lucro ou Prejuízo do período. Pode-se efetuar a transferência mensal, trimestral, semestral ou anual, ou seja, a qualquer tempo. O período da transferência dependerá do Mês Base informado na rotina. 28

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br.

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. C S C SUPORTE TÉCNICO EBS Horário de atendimento: Das 08h30min às 18h, de Segunda a Sexta-feira. Formas de atendimento: E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. Suporte On-Line

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br.

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. C C P SUPORTE TÉCNICO EBS Horário de atendimento: Das 08h30min às 18h, de Segunda a Sexta-feira. Formas de atendimento: E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. Suporte On-Line

Leia mais

Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração...

Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração... Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração...3 2.1.2.Contabilização de Notas Fiscais...4 2.1.3.Agrupamento...4

Leia mais

C C P SUPORTE TÉCNICO EBS

C C P SUPORTE TÉCNICO EBS C C P SUPORTE TÉCNICO EBS Horário de atendimento: Das 08h30min às 18h, de Segunda a Sexta-feira. Formas de atendimento: E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. Suporte On-Line

Leia mais

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL Geração da ECF para empresas optantes pelo Lucro Presumido Informações importantes A Escrituração Contábil Fiscal é uma nova obrigação acessória, cuja primeira entrega

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Tópicos: Acessar o módulo Domínio Contabilidade:

Tópicos: Acessar o módulo Domínio Contabilidade: Tópicos: *acessar o modulo domínio contabilidade; *definir parâmetros *cadastrar plano de contas, históricos, entre outros *efetuar lançamentos contábeis *conciliação bancária e conciliação cliente/fornecedor

Leia mais

TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL

TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL Tutorial do Sistema WinThor Módulo Contábil Copyright - PC Informática Ltda. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total por qualquer

Leia mais

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro SUMÁRIO 1. FINANCEIRO... 5 1.1. ED - SECRETARIA... 5 1.2. ED - ESCOLA... 5 1.3. USUÁRIOS POR ENTIDADE NO ED SECRETARIA E ESCOLA... 6 2. FINANCEIRO - SECRETARIA... 7 2.1.

Leia mais

APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO

APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO ANO 2004 1 ÍNDICE 1 - Provisão de 13º Salário e Férias Preparando a Provisão 1.1 Cadastro de Provisão de férias 1.2 Cadastro de provisão de 13º Salário 1.3 Relatório

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

CCP Cordilheira Controle Patrimonial

CCP Cordilheira Controle Patrimonial CCP Cordilheira Controle Patrimonial Versão 1.0 - Fevereiro/2015 1/44 Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1. CADASTROS... 4 1.1. Empresas... 4 1.2. Responsáveis... 4 1.3. Estrutura Organizacional... 6 1.4.

Leia mais

CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS

CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS As mudanças ocorridas com a publicação da lei 11.638/07 e alterações da lei 11.941/09 exigiram das empresas uma adequação em sua estrutura de balanços e demonstrações

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda Manual do Usuário Sistema Notapará Programa Nota Fiscal Cidadã Objetivo: Estabelecer orientações aos usuários do sistema Notapará, tais como: usabilidade, funcionalidade e navegabilidade. Manual do Usuário

Leia mais

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Razão.

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Razão. Impairment Produto : TOTVS Gestão Contábil 12.1.1 Processo : Relatórios Subprocesso : Razão Data publicação da : 12/11/2014 O relatório razão tem a finalidade de demonstrar a movimentação analítica das

Leia mais

Foram criadas três empresas padrões que podem ser importadas na criação de novas siglas no SIGER, sendo uma para cada forma de tributação.

Foram criadas três empresas padrões que podem ser importadas na criação de novas siglas no SIGER, sendo uma para cada forma de tributação. Foram implementadas no módulo de Contabilidade do ERP SIGER, a partir da versão 15.30a, melhorias que visam agilizar e facilitar principalmente o trabalho dos Escritórios Contábeis e também poderá ser

Leia mais

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira.

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira. AUDITORIA FINANCEIRA Processo de uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

Demonstração dos Fluxos De Caixa. (DFC)

Demonstração dos Fluxos De Caixa. (DFC) Demonstração dos Fluxos De Caixa. (DFC) Índice 1. DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXAS - DFC... 1 1.1. Objetivo... 1 1.2. Obrigatoriedade e Período de Apuração... 1 1.3. Definições... 1 1.4. Método e Estrutura

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas

Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Í N D I C E A N A L Í T I C O

Í N D I C E A N A L Í T I C O EXTRATUS V1.09 PROGRAMA PARA IMPORTAÇÃO DE EXTRATOS BANCÁRIOS OFC, OFX, QIF E HTML E EXPORTAÇÃO DE LANÇAMENTOS CONTÁBEIS Stactus Informática Ltda Agosto / 2010 Í N D I C E A N A L Í T I C O 1 Introdução...1

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Sistema de Planejamento

Sistema de Planejamento Sistema de Planejamento Copyright 2013 by Softplan Rod. José Carlos Daux, km 1, Nº 10 Centro de Tecnologia Ilhasoft - ParqueTecAlfa João Paulo CEP 88030-000 Florianópolis SC Telefone: (48) 3027-8000 Homepage:

Leia mais

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet www.controlenanet.com.br Copyright 2015 - ControleNaNet Conteúdo Tela Principal... 3 Como imprimir?... 4 As Listagens nas Telas... 7 Clientes... 8 Consulta... 9 Inclusão... 11 Alteração... 13 Exclusão...

Leia mais

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos.

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos. VERSÃO 5 Outubro/2012 Release Notes Não deixe de atualizar o seu sistema Planejamos a entrega ao longo do exercício de 2012 com mais de 140 melhorias. Mais segurança, agilidade e facilidade de uso, atendendo

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 2013 GVDASA Sistemas Caixa AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

O que é um inventário?

O que é um inventário? Com a chegada do fim de ano e os encerramentos fiscais e contábeis, as empresas fazem o processo de inventário do seu estoque. O que é um inventário? Inventário basicamente é uma lista de bens e materiais

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br CONTABILIDADE RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo. Este

Leia mais

Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CADASTRO DA EMPRESA... 8 3. CONTROLE DE PERMISSÕES... 14 4. CONFIGURAÇÕES DA EMPRESA... 19 5. CND...

Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CADASTRO DA EMPRESA... 8 3. CONTROLE DE PERMISSÕES... 14 4. CONFIGURAÇÕES DA EMPRESA... 19 5. CND... Sage CND Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 1.1. Primeiro Acesso... 2 1.2. Conhecendo a Plataforma Sage... 4 1.2.1. Seleção de Empresa de Trabalho... 4 1.2.2. Sair do sistema/minhas Configurações... 5 1.2.3.

Leia mais

RESUMO DE CATALOGAÇÃO

RESUMO DE CATALOGAÇÃO RESUMO DE CATALOGAÇÃO CLASSIFICAÇÃO DISTINTA Contatos: Cirineo Zenere (c.zenere@pucpr.br) Eulália M. Soares (eulalia.soares@pucpr.br) Josilaine O. Cezar (josilaine.cezar@pucpr.br) SUMÁRIO INICIANDO A CATALOGAÇÃO...2

Leia mais

MANUAL ELETRÔNICO SUMÁRIO

MANUAL ELETRÔNICO SUMÁRIO SUMÁRIO 1 OPÇÕES... 6 1.1 Selecionar Empresa... 7 1.2 Conexão... 9 1.3 Autorização... 10 1.4 Controle de Acesso... 11 1.4.1 Controle de Acessos... 11 1.4.2 Configura Acesso... 16 1.5 Outro Usuário... 19

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 Cordilheira Recursos Humanos CRH 2.85A As rotinas de Retiradas de Pró-labore e Autônomos tiveram diversas alterações, com o objetivo

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Índice 1 Introdução...2 2 Acesso ao Sistema...3 3 Funcionamento Básico do Sistema...3 4 Tela Principal...4 4.1 Menu Atendimento...4 4.2 Menu Cadastros...5 4.2.1 Cadastro de Médicos...5

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Circulação de Materiais

Circulação de Materiais Circulação de Materiais Manual Pergamum Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 1-3 2 CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO/OPERADOR... 2-0 3 UTILIZANDO O MÓDULO DE CIRCULAÇÃO DE MATERIAIS... 3-1 3.1 CONFIGURAÇÃO DE GUIAS NO

Leia mais

Digitação de Centros de Custo pela movimentação de produtos dos documentos fiscais (Pacotes: 3102,3103,3270,3271,3272).

Digitação de Centros de Custo pela movimentação de produtos dos documentos fiscais (Pacotes: 3102,3103,3270,3271,3272). Lista completa das atualizações JBCepil: Inovações: Digitação de Centros de Custo pela movimentação de produtos dos documentos fiscais (Pacotes: 3102,3103,3270,3271,3272). Disponibilizada no sistema nova

Leia mais

CPS FINANÇAS PESSOAIS MANUAL DO USUÁRIO

CPS FINANÇAS PESSOAIS MANUAL DO USUÁRIO APRESENTAÇÃO O CPS FINANÇAS PESSOAIS é um software desenvolvido para gerenciar a movimentação financeira de forma pessoal, rápida e simplificada fornecendo relatórios e demonstrativos. Este manual é parte

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO 3.0

MANUAL DO USUÁRIO 3.0 MANUAL DO USUÁRIO 3.0 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 04 1.1 Sobre o SIScont 04 1.2 Licença de uso 05 1.3 Pré-requisitos 07 2. INSTALAÇÃO 08 2.1 Instalar o SIScont 08 3. CADASTROS 09 3.1 Empresas 09 3.2 Usuários

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches -

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches - Curso de Capacitação ao Sistema CDV - GID Desmanches - Coordenadoria de Gestão de Desmanches Divisão de Desmanches Conteúdo Módulo 1 Como utilizar o Moodle... 4 Módulo 2 - Acessando o GID CDV... 4 Aula

Leia mais

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont Atualizado em Maio/2008 Pág 1/36 Para integrar os dados do sistema Efiscal com o sistema Telecont, efetue os procedimentos abaixo: CADASTRO DE EMPRESAS ABA BÁSICO Acesse menu Arquivos Empresas Usuárias

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Sistema de Contabilidade Empresa Administradora de Fundos

Sistema de Contabilidade Empresa Administradora de Fundos Sistema de Contabilidade Empresa Administradora de Fundos 29/03/2013 Sumário 1. Objetivo... 3 2. Configurações... 3 2.1. Módulo Parâmetros...... 4 2.1.1. Cadastro de Administradora de Fundos (ver Fluxo)...

Leia mais

Manual. Sistema Venus. (Introdução)

Manual. Sistema Venus. (Introdução) Manual Do Sistema Venus (Introdução) 1 Este Manual tem com o objetivo demonstrar os padrões utilizados no sistema, e o início para usar o Vênus com sucesso. Ícone para acesso ao Vênus, para entrar, basta

Leia mais

Manual do Usuário SUMÁRIO

Manual do Usuário SUMÁRIO SUMÁRIO VISUAL LIVRO CAIXA 1. Noções Gerais 1.1. Objetivo... 03 1.2. Sistema com Fundamento Legal Atualizado...03 1.3. Assistência Técnica... 03 1.3.1. Suporte Técnico... 03 1.3.2. Office Service... 03

Leia mais

Primeiros Passos para o Simulador de Ações do FinanceDesktop. Parte A INICIANDO E CONFIGURANDO (5 passos)

Primeiros Passos para o Simulador de Ações do FinanceDesktop. Parte A INICIANDO E CONFIGURANDO (5 passos) Primeiros Passos para o Simulador de Ações do FinanceDesktop. Seja bem-vindo(a) ao Simulador de Ações FinanceDesktop. Seu propósito é oferecer um ambiente completo e fácil de usar que permita o registro

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 INDICE APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 1.1 - ENTRADA NO SISTEMA... 4 1.2 - TELA DO ORGANIZADOR DO MULTICONTAS... 4 CAPÍTULO 2 - FUNCIONALIDADES

Leia mais

Manual Operacional Versão 2.2

Manual Operacional Versão 2.2 1 Manual Operacional Versão 2.2 2 SUMÁRIO 1) Assistente de configuração 4 2) Módulo Geral 9 2.1) Administradora 9 2.2) Empresa 9 2.3) Grupo de Empresa 12 2.4) Responsável 13 2.5) CEP 13 2.6) Configurações

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 2

Sumário INTRODUÇÃO... 2 Sumário INTRODUÇÃO... 2 DOWNLOAD DOS ARQUIVOS DE INSTALAÇÃO DO RPC... 3 CRIANDO UM DIRETÓRIO TEMPORÁRIO... 3 ACESSANDO A PÁGINA ELETRÔNICA... 4 COPIANDO OS ARQUIVOS... 5 DESCOMPACTANDO OS ARQUIVOS... 9

Leia mais

www.gerenciadoreficaz.com.br

www.gerenciadoreficaz.com.br Fone: (62) 4141-8464 E-mail: regraconsultoria@hotmail.com www.gerenciadoreficaz.com.br Guia Prático do Usuário Manual de Instalação Gerenciador Eficaz 7 2 Manual do Usuário Gerenciador Eficaz 7 Instalando

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

Usuários. Manual. Pergamum

Usuários. Manual. Pergamum Usuários Manual Pergamum Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 1-2 2 CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO/OPERADOR... 2-1 3 UTILIZANDO O MÓDULO DE USUÁRIOS... 3-2 3.1 CONFIGURAÇÃO DE GUIAS NO EXPLORER... 3-3 4 CADASTRO...

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS

MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...3 2 APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA...4 2.1 CONCILIAÇÃO MOVIMENTOS COM LANÇAMENTOS...6 3 PASSO A PASSO: CONCILIAÇÃO

Leia mais

TREINAMENTO. Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil.

TREINAMENTO. Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil. TREINAMENTO Visão Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil. Missão Desenvolvimento e fornecimento de soluções e serviços através de softwares

Leia mais

Manual do Usuário. Vixen PDV

Manual do Usuário. Vixen PDV 1 Manual do Usuário Vixen PDV 2 Índice 1. INTRODUÇÃO 3 2. ENTRANDO NO SISTEMA 4 2.1 TELA LOGIN 4 2.2 CARGA DE TABELAS LOCAIS 4 3. MENU INICIAL 5 4. BARRA DE STATUS 6 5. ABRINDO O CAIXA 6 6. VENDA 7 6.1

Leia mais

1. FCONT CONTROLE FISCAL CONTÁBIL DE TRANSIÇÃO

1. FCONT CONTROLE FISCAL CONTÁBIL DE TRANSIÇÃO 1. FCONT CONTROLE FISCAL CONTÁBIL DE TRANSIÇÃO Conforme disciplina a Instrução Normativa RFB nº 949/09, O FCONT é uma escrituração, das contas patrimoniais e de resultado, em partidas dobradas, que considera

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE Criada a rotina de Plano de Assistência a Saúde. Esta rotina irá possibilitar gerar a DIRF com valores descontados

Leia mais

Treinamento Módulo Contas a Pagar

Treinamento Módulo Contas a Pagar Contas a Pagar Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2 Gravar Tecla

Leia mais

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin Modulo 05 0 CGAINFOMÁTICA Retwin ESTOQUE 2 Estoque Sumário 5.1 Configuração Geral... 3 5.2 Entradas... 4 5.2.1 Manutenção... 4 5.2.2 Consulta... 6 5.2.3 Produção... 6 5.2.4 Relatórios... 8 5.3 Saídas...

Leia mais

Instalação - Primeiros Passos

Instalação - Primeiros Passos O CIAF Hotelaria, é um sistema que permite ao administrador, gerenciar completamente sua empresa que presta serviço de hospedagem como hotéis e pousadas por exemplo. Facilmente você poderá cadastrar suas

Leia mais

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização 1º PASSO: ACESSO À PAGINA PARA EMPREGADORES NÃO CADASTRADOS Acesse o site www.tripoa.com.br e selecione a opção Vale-transporte, ou então acesse www.trensurb.gov.br. Neste espaço você será informado sobre

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR Todos os direitos reservados. PC Sistemas 1.0 - Data: 28/08/2012 Página 1 de 47 Sumário Apresentação... 4 1. PROCEDIMENTOS INICIAIS... 5 1.1. Realizar Atualizações...

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Roteiro Básico de Utilização

Roteiro Básico de Utilização Neste roteiro apresentamos alguns passos iniciais para quem nunca utilizou o sistema ter uma noção básica de por onde começar a utilizar o Account. Cadastramento da Empresa base do Exercício O cadastro

Leia mais

INFOGAB 3.0. Sistema de Automação de Gabinetes. Manual do Usuário V 2.1

INFOGAB 3.0. Sistema de Automação de Gabinetes. Manual do Usuário V 2.1 INFOGAB 3.0 Sistema de Automação de Gabinetes Manual do Usuário V 2.1 1. Descrição do Sistema O Sistema de Automação de Gabinetes da Câmara dos Deputados (Infogab) tem por finalidade apoiar as atividades

Leia mais

ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 2 2. O SISTEMA DE CAPTURA, GERENCIAMENTO E DESCONTO DE CHEQUES... 3 3. COMEÇANDO A USAR O SISTEMA...17

ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 2 2. O SISTEMA DE CAPTURA, GERENCIAMENTO E DESCONTO DE CHEQUES... 3 3. COMEÇANDO A USAR O SISTEMA...17 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 2 2. O SISTEMA DE CAPTURA, GERENCIAMENTO E DESCONTO DE CHEQUES... 3 Onde e Como Obter o Programa de Instalação... 3 Instalando o Sistema de Captura, Gerenciamento e Desconto de

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

1. Apresentação... 2. 1.1. Primeiro acesso... 2. 1.2. Conhecendo a Plataforma... 4. 1.2.1. Seleção da Empresa... 4. 1.2.2. Sair do Sistema...

1. Apresentação... 2. 1.1. Primeiro acesso... 2. 1.2. Conhecendo a Plataforma... 4. 1.2.1. Seleção da Empresa... 4. 1.2.2. Sair do Sistema... 1. Apresentação... 2 1.1. Primeiro acesso... 2 1.2. Conhecendo a Plataforma... 4 1.2.1. Seleção da Empresa... 4 1.2.2. Sair do Sistema... 4 1.2.3. Retornar a tela principal... 5 1.3. Cadastro da Empresa...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice

MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice Item MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice Página 1.Apresentação... 4 2.Funcionamento Básico... 4 3.Instalando o MCS... 4, 5, 6 4.Utilizando o MCS Identificando

Leia mais

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.0A-01 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?...

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... 4 COMO CONFIGURAR O CNAB... 5 CADASTRO DE BANCOS... 5 PARAMETROS DO CNAB...

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 ÍNDICE Apresentação Principais Botões Login Usúario Resultado Método Quantum Preencher Método Quantum Extrato On-Line Engenharia de Função Grupos

Leia mais

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA...

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... Portal de Vendas Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 1.1. Guia Portal de Vendas... 7 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 8 5.

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

Manual do Módulo de PC Online

Manual do Módulo de PC Online do Módulo de PC Online Agilis Conteúdo Introdução... 4 Acesso à Funcionalidade... 5 1. Internet Explorer 6.x... 7 2. Internet Explorer 7.x... 9 3. Netscape Navigator 7.x... 10 4. Netscape Navigator 7.2x...

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS 1) Clique duas vezes no arquivo ControlGasSetup.exe. Será exibida a tela de boas vindas do instalador: 2) Clique em avançar e aparecerá a tela a seguir: Manual de Instalação

Leia mais

ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015

ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015 ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015 Versão 1.4 (03/09/2015) Prazo de entrega 2015-30/09/2015. Instrução Normativa RFB nº 1524, de 08 de dezembro de 2014) Art. 3º A ECF será transmitida anualmente ao

Leia mais

Corregedoria-Geral de Justiça. Serviço Notarial e de Registro. Manual do Sistema SISNOR CARTÓRIO

Corregedoria-Geral de Justiça. Serviço Notarial e de Registro. Manual do Sistema SISNOR CARTÓRIO Corregedoria-Geral de Justiça Serviço Notarial e de Registro Manual do Sistema SISNOR CARTÓRIO Atualizado em 29/04/2015 CONTEÚDO APRESENTAÇÃO... 4 CAPÍTULO 1 DOWNLOAD DO SISNOR CARTÓRIO... 5 CAPÍTULO 2

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO - Windows MANUAL DO USUÁRIO DPSISTEMAS www.dpsistemas.com.br 1. Registrando o programa... 3 2. Entrando no programa Login... 5 3. Tela Principal do Sistema... 6 4. Utilizando os botões de navegação...

Leia mais