Uma visão pessoal, baseada em processos, para competitividade em software

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Uma visão pessoal, baseada em processos, para competitividade em software"

Transcrição

1 I DO Exportação de Software São Paulo, de dezembro de 2003 Painel: A Qualidade nos Produtos e das Fábricas de Software e a Exportação Brasileira Uma visão pessoal, baseada em processos, para competitividade em software Introdução Competitividade em Software qualidade, produtividade, marketing, exportação,... Eficácia: Estratégia de Negócio exemplo, baseada em produto, projeto ou combinação; Eficiência: Melhoria de Processo utilização de modelos de maturidade / capacidade de processo, por exemplo, SW-CMM -> CMMI-SW Uma visão: oportunidades com a utilização da nova geração de frameworks de modelos de capacidade de processo #2

2 Gerações dos Modelos de Capacidade/Maturidade de Processo Item Primeira Geração Segunda Geração Terceira Geração Modelo Principal SW-CMM : 1993 TR 15504: 1998 IS 15504: 2003 Outros Modelos CMMI-S v CMMI-C v Arquitetura Por estágio Contínua Contínua Principais Elementos Fixos Perfis de Processo (Níveis de Maturidade) e Áreas de Processo e requisitos para Áreas de Processo Principais Elementos Variáveis Interpretação dos Níveis de Capacidade e sua interpretação Áreas de Processo, e sua interpretação [, 2003] #3 Cenário Primeira Geração Consolidação da melhoria de processo de software, baseada em modelos genéricos e rígidos, principalmente ISO 9001 e SW-CMM/CMMI, para a melhoria das organizações Conceito de Perfil de Capacidade de Processo, como guia para qualificação e melhoria: ISO 9001: Sistema de Gestão da Qualidade SW-CMM/CMMI: cinco níveis de maturidade Uma organização tem que seguir um perfil rígido e genérico definido, podendo apenas interpreta-lo #4

3 Framework de Modelos CMMI-SE/SW 2002 Representação por Estágio Cinco Níveis de Maturidade: Capability Maturity Model Integration 2: Gerenciado Projetos podem repetir tarefas já dominadas 1: Inicial Processo pouco controlado e imprevisível 4: Gerenciado Quantitativamente medido e controlado 3: Definido Processo é caracterizado e bem entendido 5: Otimizando Foco na melhoria contínua do processo Gerência básica de projeto: REQM: Gestão de Requisitos PP: Planejamento de Projeto PMC: Acompanhamento e Controle de Projeto SAM: Gestão de Acordos com Fornecedores CM: Gestão de Configuração PPQA: Garantia da Qualidade de Processo e Produto MA: Medição e Análise #5 Fonte: SEI, CMM Profile April 2003 #6

4 Tendências Terceira Geração Oportunidade de evolução da melhoria, com a definição de modelos específicos para o negócio Framework flexível para Modelos: ISO/IEC 15504: (Normativa) publicada em 30/11/2003 com, seis níveis de capacidade de processo e requisitos para modelos de referência de processo Podem ser definidos modelos orientado a domínio, exemplos SPICE for Space, AutoSPICE e 15504PME, e uma organização pode escolher modelos genéricos ou orientado a domínio, e escolher foco da melhoria Desafio: Faltam metodologias para definição e utilização de modelos específicos #7 Exemplo: Metodologia PRO2PI Objetivos, Estratégia e Contexto de Negócio da Organização melhores práticas de modelos de processo (9001, SW-CMM, 12207, , PMBOK, CMMI,...) e outras fontes Perfis de Capacidade de Processo para Melhoria de Processo referência para mudanças e ajustes [, 2003] Ações e Resultados da Melhoria em uma Organização projeto ISO/IEC Metodologia PRO2PI = ISO/IEC Framework para Avaliação de Processo + Extensões da ISO/IEC para Melhoria de Processo projeto PRO2PI #8

5 Uma Visão do Cenário Brasil Oportunidade Alinhar com padrões mundiais Consolidar utilização de modelos rígidos e genéricos Preparar para modelos específicos (terceira geração) Definir política de software, sugestão de áreas de desenvolvimento e modelos para este cenário Movimento Já existem várias iniciativas e resultados alcançados Riscos atraso e lentidão na disseminação dos modelos utilização inadequada dos modelos, incluindo certificação pela certificação #9 Contatos Centro de Pesquisas Renato Archer - CenPRA / MCT (antigo CTI e ITI: Inst. Nac. de Tecnologia da Informação) Divisão de Melhoria de Processos de Software - DMPS telefone: (19) Rodovia Dom Pedro I, km 143,6 Campinas SP CEP Obrigado pela atenção! #10

V Simpósio Internacional de Recife, PE - Brasil 3-5/11/2003

V Simpósio Internacional de Recife, PE - Brasil 3-5/11/2003 Recife - PE, 3 de novembro de 2003 Tutorial: Introdução aos Modelos CMM, ISO/IEC 15504 (SPICE) e CMMI Clenio F. Salviano (clenio.salviano@cenpra.gov.br) Centro de Pesquisas Renato Archer DMPS: Divisão

Leia mais

Unidade VI GOVERNANÇA DE TI. Profa. Gislaine Stachissini

Unidade VI GOVERNANÇA DE TI. Profa. Gislaine Stachissini Unidade VI GOVERNANÇA DE TI Profa. Gislaine Stachissini Capability Maturity Model Integration CMMI SW-CMM (Software Capability Maturity Model): prove informações para o aprimoramento de processos de desenvolvimento

Leia mais

Introdução CMMI. Qualidade e Teste de Software CMMI 1

Introdução CMMI. Qualidade e Teste de Software CMMI 1 Introdução CMMI O propósito da qualidade é estabelecer um diferencial competitivo, através de contribuições como redução de defeitos, redução de custos, redução de retrabalho e aumento da produtividade,

Leia mais

Padrões de Qualidade de Software

Padrões de Qualidade de Software Universidade Federal do Vale do São Francisco Padrões de Qualidade de Software Engenharia de Software I Aula 4 Ricardo Argenton Ramos Agenda da Aula Introdução (Qualidade de Software) Padrões de Qualidade

Leia mais

do software Brasileiro

do software Brasileiro Projeto mps Br: melhoria de processo do software Brasileiro SUMÁRIO 1. Introdução 2. O Projeto mps Br 3. Conclusão Project: Bspi Brazilian software process improvement 1 Percepção da Qualidade dos Processos

Leia mais

Introdução aos Modelos de Capacidade de Processo do CMMI, MPS-BR, ISO/IEC 15504 e outros Clênio F. Salviano e Alfredo Tsukumo

Introdução aos Modelos de Capacidade de Processo do CMMI, MPS-BR, ISO/IEC 15504 e outros Clênio F. Salviano e Alfredo Tsukumo Introdução aos Modelos de Capacidade de Processo do CMMI, MPS-BR, ISO/IEC 15504 e outros Clênio F. Salviano e Alfredo Tsukumo Este tutorial apresenta uma visão geral, estrutura e principais elementos dos

Leia mais

Dificuldades no desenvolvimento de software Características do mercado de software A participação de Minas Gerais no cenário nacional

Dificuldades no desenvolvimento de software Características do mercado de software A participação de Minas Gerais no cenário nacional Promovendo a Melhoria de Processos e a Qualidade de Software em Minas Gerais Ana Liddy Cenni de Castro Magalhães, Fernando Silva Parreiras, Frederico Faria Comitê Gestor do SPIN-BH Direitos reservados

Leia mais

O que é CMMI? Base do CMMI. Melhorando o processo é possível melhorar-mos o software. Gerais. Processo. Produto

O que é CMMI? Base do CMMI. Melhorando o processo é possível melhorar-mos o software. Gerais. Processo. Produto Gerais Processo Produto Propostas NBR ISO 9000:2005 define principios e vocabulário NBR ISO 9001:2000 define exigências para sistema de gerência de qualidade NBR ISO 9004:2000 apresenta linha diretivas

Leia mais

FACULDADE SENAC GOIÂNIA

FACULDADE SENAC GOIÂNIA FACULDADE SENAC GOIÂNIA NORMA ISO 12.207 Curso: GTI Matéria: Auditoria e Qualidade de Software Professor: Elias Ferreira Acadêmico: Luan Bueno Almeida Goiânia, 2015 CERTIFICAÇÃO PARA O MERCADO BRASILEIRO

Leia mais

Uma Proposta Orientada a Perfis de Capacidade de Processo para Evolução da Melhoria de Processo de Software

Uma Proposta Orientada a Perfis de Capacidade de Processo para Evolução da Melhoria de Processo de Software Departamento de Engenharia de Computação e Automação Industrial Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação Universidade Estadual de Campinas DCA FEEC Unicamp Tese de Doutorado Março 2006 Orientador:

Leia mais

Políticas de Qualidade em TI

Políticas de Qualidade em TI Políticas de Qualidade em TI Prof. www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Aula 03 CMMI Capability Maturity Model Integration Parte I Agenda Processos CMMI Definição Histórico Objetivos Características Representações

Leia mais

Uma Metodologia para Teste de Software no Contexto da Melhoria de Processo

Uma Metodologia para Teste de Software no Contexto da Melhoria de Processo Uma Metodologia para Teste de Software no Contexto da Melhoria de Processo CenPRA Centro de Pesquisas Renato Archer Divisão de Melhoria de Processos de Software - DMPS Grupo de Teste www.cenpra.gov.br

Leia mais

Introdução ao CMM (CapabilityMaturityModel) e CMMI (Capability Maturity Model Integration)

Introdução ao CMM (CapabilityMaturityModel) e CMMI (Capability Maturity Model Integration) Introdução ao CMM (CapabilityMaturityModel) e CMMI (Capability Maturity Model Integration) CMM CapabilityMaturityModel O CMM é um modelo desenvolvido pelo Software Engineering Institute (SEI) em parceria

Leia mais

QUALIDADE DE SOFTWARE AULA N.7

QUALIDADE DE SOFTWARE AULA N.7 QUALIDADE DE SOFTWARE AULA N.7 Curso: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Disciplina: Qualidade de Software Profa. : Kátia Lopes Silva 1 CMM: DEFINIÇÃO Capability Maturity Model Um modelo que descreve como as práticas

Leia mais

Padrões de Qualidade de Software e Métricas de Software

Padrões de Qualidade de Software e Métricas de Software Universidade Federal do Vale do São Francisco Padrões de Qualidade de Software e Métricas de Software Engenharia de Software I Aula 3 e 4 Ricardo Argenton Ramos Agenda da Aula Introdução (Qualidade de

Leia mais

Qualidade de software

Qualidade de software Qualidade de software É cada dia maior o número de empresas que buscam melhorias em seus processos de desenvolvimento de software. Além do aumento da produtividade e da diminuição do retrabalho, elas buscam

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Roteiro Qualidade de Software Produto de Software Processo de Software Modelo de Qualidade CMM Qualidade Qualidade de Software Na visão popular: Luxo Mais caro, complexo = maior

Leia mais

ALESSANDRO PEREIRA DOS REIS PAULO CESAR CASTRO DE ALMEIDA ENGENHARIA DE SOFTWARE - CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION (CMMI)

ALESSANDRO PEREIRA DOS REIS PAULO CESAR CASTRO DE ALMEIDA ENGENHARIA DE SOFTWARE - CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION (CMMI) ALESSANDRO PEREIRA DOS REIS PAULO CESAR CASTRO DE ALMEIDA ENGENHARIA DE SOFTWARE - CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION (CMMI) APARECIDA DE GOIÂNIA 2014 LISTA DE TABELAS Tabela 1 Áreas de processo por

Leia mais

ISO 9000-3 3 e ISO 9001

ISO 9000-3 3 e ISO 9001 QUALIDADE DO PROCESSO ISO 9000-3 3 e ISO 9001 Baseado no material do prof. Mario Lúcio Cortes http://www.ic.unicamp.br/~cortes/mc726/ 1 Normas da Série ISO 9000 Introdução ISO 9000 (NBR ISO 9000, versão

Leia mais

PEDRO HENRIQUE DE OLIVEIRA E SILVA MESTRE EM MODELAGEM MATEMÁTICA E COMPUTACIONAL E-MAIL: PEDROHOLI@GMAIL.COM CMM E CMMI

PEDRO HENRIQUE DE OLIVEIRA E SILVA MESTRE EM MODELAGEM MATEMÁTICA E COMPUTACIONAL E-MAIL: PEDROHOLI@GMAIL.COM CMM E CMMI PEDRO HENRIQUE DE OLIVEIRA E SILVA MESTRE EM MODELAGEM MATEMÁTICA E COMPUTACIONAL E-MAIL: PEDROHOLI@GMAIL.COM CMM E CMMI INTRODUÇÃO Aumento da Importância do Software Software está em tudo: Elemento crítico

Leia mais

Qualidade do Processo de Software

Qualidade do Processo de Software CBCC Bacharelado em Ciência da Computação CBSI Bacharelado em Sistemas de Informação Qualidade do Processo de Software Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Tópicos Especiais

Leia mais

TI Digital: Rede Social Corporativa alavancando produtividade em desenvolvimento de sistemas com modelo CMMI

TI Digital: Rede Social Corporativa alavancando produtividade em desenvolvimento de sistemas com modelo CMMI TI Digital: Rede Social Corporativa alavancando produtividade em desenvolvimento de sistemas com modelo CMMI Autores Caroline Donato Dario Almeida Marisa Fraga Apresentação Dario Almeida Gerente Executivo

Leia mais

Estudo do CMM e do CMMI

Estudo do CMM e do CMMI Estudo do CMM e do CMMI Autores Félix Carvalho Rodrigues fcrodrigues@inf.ufrgs.br Georgina Reategui gg@inf.ufrgs.br Manuela Klanovicz Ferreira mkferreira@inf.ufrgs.br Motivação Grande quantidade de projetos

Leia mais

Pós Graduação Engenharia de Software

Pós Graduação Engenharia de Software Pós Graduação Engenharia de Software Ana Candida Natali COPPE/UFRJ Programa de Engenharia de Sistemas e Computação FAPEC / FAT Estrutura do Módulo QUALIDADE DE SOFTWARE - PROCESSO Introdução: desenvolvimento

Leia mais

HERON VIEIRA AGUIAR PEPP: PROCESSO DE SOFTWARE PARA EMPRESAS DE PEQUENO PORTE BASEADO NO MODELO CMMI

HERON VIEIRA AGUIAR PEPP: PROCESSO DE SOFTWARE PARA EMPRESAS DE PEQUENO PORTE BASEADO NO MODELO CMMI HERON VIEIRA AGUIAR PEPP: PROCESSO DE SOFTWARE PARA EMPRESAS DE PEQUENO PORTE BASEADO NO MODELO CMMI Monografia apresentada ao Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Lavras como

Leia mais

Rumo ao CMMI-SW Nível 2 para micro, pequenas e médias empresas

Rumo ao CMMI-SW Nível 2 para micro, pequenas e médias empresas Rumo ao CMMI-SW Nível 2 para micro, pequenas e médias empresas EQPS Manaus Marcello Thiry marcello.thiry@gmail.com Christiane von Wangenheim gresse@gmail.com Alessandra Casses Zoucas alessandrazoucas@gmail.com

Leia mais

Aplicando Avaliações de Contextualização em Processos de Software Alinhados ao CMMI-SE/SW

Aplicando Avaliações de Contextualização em Processos de Software Alinhados ao CMMI-SE/SW Aplicando Avaliações de Contextualização em Processos de Software Alinhados ao CMMI-SE/SW Christiane Gresse von Wangenheim 1, Kênia Karim Pickler 1, Marcello Thiry 1, Alessandra Casses Zoucas 1, Clenio

Leia mais

Processo de Desenvolvimento de Software

Processo de Desenvolvimento de Software Unidade IV Introdução aos Padrões de PDS Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo da Unidade 1. CMM / CMMI 2. SPICE 3. ISO 12207 4. MPS/BR CMM - Capability Maturity Model CMM Capability

Leia mais

Modelos de Maturidade. Porque estudar um Modelo de Maturidade? Descrevem as características de processos efetivos;

Modelos de Maturidade. Porque estudar um Modelo de Maturidade? Descrevem as características de processos efetivos; Versão 1.1 - Última Revisão 16/08/2006 Porque estudar um Modelo de Maturidade? Segundo o Standish Group, entidade americana de consultoria empresarial, através de um estudo chamado "Chaos Report", para

Leia mais

www.asrconsultoria.com.br

www.asrconsultoria.com.br www.asrconsultoria.com.br Melhores Práticas para Melhoria do Processo de Software 22 de maio de 2006 Agenda Introdução Motivações para a Melhoria de Processos e sua importância Modelos de Qualidade de

Leia mais

Prof. Dr. Ivanir Costa. Unidade IV QUALIDADE DE SOFTWARE

Prof. Dr. Ivanir Costa. Unidade IV QUALIDADE DE SOFTWARE Prof. Dr. Ivanir Costa Unidade IV QUALIDADE DE SOFTWARE introdução As mudanças que estão ocorrendo nos clientes e nos ambientes de negócios altamente competitivos têm motivado as empresas a modificarem

Leia mais

CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION. Prof. Késsia R. C. Marchi

CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION. Prof. Késsia R. C. Marchi CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION Prof. Késsia R. C. Marchi Modelos de maturidade Um modelo de maturidade é um conjunto estruturado de elementos que descrevem características de processos efetivos.

Leia mais

Fatores humanos de qualidade CMM E CMMI

Fatores humanos de qualidade CMM E CMMI Fatores humanos de qualidade CMM E CMMI Eneida Rios¹ ¹http://www.ifbaiano.edu.br eneidarios@eafcatu.gov.br Campus Catu 1 Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Conteúdos Fatores humanos de qualidade

Leia mais

Projeto 2.32, Ciclo 2004

Projeto 2.32, Ciclo 2004 Programa Brasileiro de EQPS, Manaus, AM Qualidade e Produtividade 31 de outubro de 2005 Projeto 2.32, Ciclo 2004 Consolidação de uma Metodologia para Avaliação de Processos de Software (para a melhoria)

Leia mais

Processo de Software

Processo de Software Processo de Software Uma importante contribuição da área de pesquisa de processo de software tem sido a conscientização de que o desenvolvimento de software é um processo complexo. Pesquisadores e profissionais

Leia mais

Gerenciando Riscos no Desenvolvimento de Software

Gerenciando Riscos no Desenvolvimento de Software Rafael Espinha, MSc rafael.espinha@primeup.com.br João Condack, MSc condack@primeup.com.br Maiores informações: http://www.primeup.com.br riskmanager@primeup.com.br +55 21 2512-6005 Gerenciando Riscos

Leia mais

CMMI Capability Maturity Model Integration

CMMI Capability Maturity Model Integration www.asrconsultoria.com.br CMMI Capability Maturity Model Integration Visão Geral Capability Maturity Model and CMMI are registered in the U.S. Patent and Trademark Office 1 Agenda Introdução Maturidade

Leia mais

SEQUÊNCIA: TIPOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PROF. MARTIUS V R Y RODRIGUEZ, DSc TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

SEQUÊNCIA: TIPOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PROF. MARTIUS V R Y RODRIGUEZ, DSc TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO TIPOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 Prof. Martius Vicente Rodriguez y Rodriguez, DSc - 1 TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO 1. TIPOS DE 2. ARQUITETURAS DE SISTEMAS - CRM 3. KNOWLEDGE DISCOVERY IN DATABASE 4. SISTEMAS

Leia mais

PRO2PI: Perfis de Capacidade de Processo para Melhoria de Processo

PRO2PI: Perfis de Capacidade de Processo para Melhoria de Processo # Programa Brasileiro de EQPS - Belém, PA Qualidade e Produtividade 23-24 de novembro de 26 Projeto 4.7, Ciclo 25 3º lugar PRO2PI: Perfis de Capacidade de Processo para Melhoria de Processo Clenio F. Salviano

Leia mais

Qualidade de Software. Aécio Costa

Qualidade de Software. Aécio Costa de Software Aécio Costa A Engenharia pode ser vista como uma confluência de práticas artesanais, comerciais e científicas [SHA90]. Software sem qualidade Projetos de software difíceis de planejar e controlar;

Leia mais

Melhoria de Processos CMMi

Melhoria de Processos CMMi Melhoria de Processos CMMi Prof. Marcelo Maia 1 O que é o CMMI? Um modelo previamente comprovado de melhoria de processos na organização; Um framework para organizar e priorizar atividades de melhoria;

Leia mais

Qualidade em TIC: Principais normas e modelos

Qualidade em TIC: Principais normas e modelos Qualidade em TIC: Principais normas e modelos "Falta de tempo é desculpa daqueles que perdem tempo por falta de métodos." Albert Einstein CMMI Visão Geral Three Complementary Constellations CMMI-DEV fornece

Leia mais

Introdução a CMMI. Paulo Ricardo Motta Gomes Renato Miceli Costa Ribeiro

Introdução a CMMI. Paulo Ricardo Motta Gomes Renato Miceli Costa Ribeiro Introdução a CMMI Paulo Ricardo Motta Gomes Renato Miceli Costa Ribeiro Campina Grande, 29 de setembro de 2008 Agenda Processos Motivação Sintomas de falha de processo Aprimoramento de Processos O Framework

Leia mais

Introdução ao Modelo de Referência para melhoria do processo de software (MR mps) Projeto: mps Br melhoria de processo do software Brasileiro

Introdução ao Modelo de Referência para melhoria do processo de software (MR mps) Projeto: mps Br melhoria de processo do software Brasileiro Introdução ao Modelo de Referência para melhoria do processo de software (MR mps) Realidade das Empresas Brasileiras ISO/IEC 12207 ISO/IEC 15504 CMMI Softex Governo Universidades Modelo de Referência para

Leia mais

Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504

Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504 Especialização em Gerência de Projetos de Software Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504 Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br Qualidade de Software 2009 Instituto

Leia mais

www.asrconsultoria.com.br

www.asrconsultoria.com.br www.asrconsultoria.com.br Garantia da Qualidade de Processo e Produto Direitos de Uso do Material Material desenvolvido pela ASR Consultoria e Assessoria em Qualidade Ltda. É permitido o uso deste material

Leia mais

CERTIFICAÇÃO BRASILEIRA DE MELHORIA DE PROCESSO DE SOFTWARE: O MPS.BR

CERTIFICAÇÃO BRASILEIRA DE MELHORIA DE PROCESSO DE SOFTWARE: O MPS.BR CERTIFICAÇÃO BRASILEIRA DE MELHORIA DE PROCESSO DE SOFTWARE: O MPS.BR Leonardo Galvão Daun Universidade Estadual de Maringá leonardo.daun@gmail.com Profª Drª Sandra Ferrari Universidade Estadual de Maringá

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

MODELO SPICE Software Improvement and Capacibilty Determination Avalia o software com foco na melhoria de seus processos (identifica pontos fracos e

MODELO SPICE Software Improvement and Capacibilty Determination Avalia o software com foco na melhoria de seus processos (identifica pontos fracos e MODELO SPICE Software Improvement and Capacibilty Determination Avalia o software com foco na melhoria de seus processos (identifica pontos fracos e fortes, que serão utilizados para a criação de um plano

Leia mais

UMA ABORDAGEM SOBRE OS PADRÕES DE QUALIDADE DE SOFTWARE COM ÊNFASE EM SISTEMAS PARA WEB

UMA ABORDAGEM SOBRE OS PADRÕES DE QUALIDADE DE SOFTWARE COM ÊNFASE EM SISTEMAS PARA WEB UMA ABORDAGEM SOBRE OS PADRÕES DE QUALIDADE DE SOFTWARE COM ÊNFASE EM SISTEMAS PARA WEB Alan Francisco de Souza¹, Claudete Werner¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil alanfsouza.afs@gmail.com,

Leia mais

CMM CMMI Principais conceitos, diferenças e correlações www.asrconsultoria.com.br

CMM CMMI Principais conceitos, diferenças e correlações www.asrconsultoria.com.br 30 de outubro de 2003 CMM CMMI Principais conceitos, diferenças e correlações Renato Luiz Della Volpe Sergio Massao Jomori Ana Cecília Peixoto Zabeu www.asrconsultoria.com.br 1 Agenda Introdução Evolução

Leia mais

Cap a í p t í ul u o l o 8 : 8 C on o c n l c u l s u ã s o IC-UNICAMP Capítulo 8: Conclusão

Cap a í p t í ul u o l o 8 : 8 C on o c n l c u l s u ã s o IC-UNICAMP Capítulo 8: Conclusão Capítulo 8: Conclusão Capítulo 1: Introdução Capítulo 2: Conceitos Básicos Capítulo 3: Qualidade de Produto (ISO9126) Capítulo 4: ISO9001 e ISO90003 Capítulo 5: CMMI Capítulo 6: PSP Capítulo 7: SPICE Capítulo

Leia mais

MBA em Gestão de Empreendimentos Turísticos

MBA em Gestão de Empreendimentos Turísticos Prof. Martius V. Rodriguez y Rodriguez, DSc martius@kmpress.com.br MBA em Gestão de Empreendimentos Turísticos Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação Gestão do Conhecimento evolução conceitual.

Leia mais

Qualidade de Software Aula 6 / 2010. luis@garcia.pro.br www.garcia.pro.br

Qualidade de Software Aula 6 / 2010. luis@garcia.pro.br www.garcia.pro.br Qualidade de Software Aula 6 / 2010 Prof. Dr. Luís Fernando Garcia luis@garcia.pro.br www.garcia.pro.br Introdução As três dimensões críticas Introdução Começando MAL CMMI Impeditivos CMMI Desculpas CMMI

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARE

GESTÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARE GESTÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARE Fernando L. F. Almeida falmeida@ispgaya.pt Principais Modelos Capability Maturity Model Integration (CMMI) Team Software Process and Personal Software Process (TSP/PSP)

Leia mais

CLEVERSONTPP@GMAIL.COM

CLEVERSONTPP@GMAIL.COM UM BREVE DESCRITIVO DO MODELO MPS-BR (MELHORIA DE PROCESSO DE SOFTWARE BRASILEIRO) E SUAS PERSPECTIVAS PARA O FUTURO CLÉVERSON TRAJANO PRÉCOMA PORTES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Sistemas de Informação Empresarial

Sistemas de Informação Empresarial Sistemas de Informação Empresarial Governança de Tecnologia da Informação parte 2 Fonte: Mônica C. Rodrigues Padrões e Gestão de TI ISO,COBIT, ITIL 3 International Organization for Standardization d -

Leia mais

APOSTILAS: NORMAS; ABNT NBR ISO; MPS BR

APOSTILAS: NORMAS; ABNT NBR ISO; MPS BR APOSTILAS: NORMAS; ABNT NBR ISO; MPS BR Fonte: http://www.softex.br/mpsbr/_home/default.asp Apostilas disponíveis no site 1 NORMAS: NBR ISO NBR ISO/IEC CMM SPICE Continuação... 2 NORMAS VISÃO GERAL NBR

Leia mais

Unidade V GOVERNANÇA DE TI. Profa. Gislaine Stachissini

Unidade V GOVERNANÇA DE TI. Profa. Gislaine Stachissini Unidade V GOVERNANÇA DE TI Profa. Gislaine Stachissini Control Objectives for Information and Related Technology - Cobit O CobiT é um guia para a gestão de TI recomendado pelo Information Systems Audit

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação Centro de Ciências Agrárias Departamento de Computação Visão Geral do Processo de Desenvolvimento de Software Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação COM06850-2015-II Prof.

Leia mais

Gerência de Projetos de Software Modelos de gerência. CMM: Capability Maturity Model ITIL: Information Technology Infrastructure Library MPS BR

Gerência de Projetos de Software Modelos de gerência. CMM: Capability Maturity Model ITIL: Information Technology Infrastructure Library MPS BR Modelos de gerência CMM: Capability Maturity Model ITIL: Information Technology Infrastructure Library MPS BR Modelo de maturidade: CMM CMM (Capability Maturity Model) é um modelo subdividido em 5 estágios

Leia mais

Projeto 2.32 Consolidação da Metodologia para Avaliação de Processos de Software de MPEs Baseada na Norma ISO/IEC 15504 (SPICE)

Projeto 2.32 Consolidação da Metodologia para Avaliação de Processos de Software de MPEs Baseada na Norma ISO/IEC 15504 (SPICE) Programa Brasileiro de EQPS, Campinas, SP Qualidade e Produtividade 16 e 17 de Setembro de 2004 Projeto 2.32 Consolidação da Metodologia para Avaliação de Processos de Software de MPEs Baseada na Norma

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software Qualidade de Software André Mesquita Rincon Instituto de Informática/Universidade Federal de Goiás (UFG) Goiânia GO Brasil Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas/Fundação

Leia mais

Gestão de Projetos CMMI e outros modelos de referência

Gestão de Projetos CMMI e outros modelos de referência Gestão de Projetos CMMI e outros modelos de referência Autora: Ivanise M. Gomes IO SEPG Manager Mercosur General Motors do Brasil, IS&S Agenda Ø Introdução Ø Visão Estratégica Ø Malcolm Baldrige Ø ISO

Leia mais

Programa MPS.BR e Modelo MPS: A Evolução da Qualidade de Software no Brasil

Programa MPS.BR e Modelo MPS: A Evolução da Qualidade de Software no Brasil Programa MPS.BR e Modelo MPS: A Evolução da Qualidade de Software no Brasil 1. Qualidade de Software: motivação para o foco no processo, características dos processos de software e abordagens para melhoria

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco

Universidade Federal de Pernambuco Universidade Federal de Pernambuco GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA A relação entre a implantação da qualidade de software e o ciclo de crescimento empresarial: proposição de um

Leia mais

Iniciando a implementação do modelo CMMI em uma Fábrica de Software: Um processo para a elaboração do diagnóstico e plano de ação

Iniciando a implementação do modelo CMMI em uma Fábrica de Software: Um processo para a elaboração do diagnóstico e plano de ação Iniciando a implementação do modelo CMMI em uma Fábrica de Software: Um processo para a elaboração do diagnóstico e plano de ação Regina Yoneko Asato (UNIP) ryoneko.mes.engprod@unip.br Mauro Mesquita Spinola

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Informática

Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Informática Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Informática Disciplina: INF5008 Prof.: (monalessa@inf.ufes.br) Conteúdo 2. Qualidade do

Leia mais

Modelo de Qualidade CMMI

Modelo de Qualidade CMMI Modelo de Qualidade CMMI João Machado Tarcísio de Paula UFF - Campus Rio das Ostras Resumo Este trabalho tem como objetivo explicar de forma simples o que é e como funciona o modelo de qualidade CMMI,

Leia mais

Políticas de Qualidade em TI

Políticas de Qualidade em TI Políticas de Qualidade em TI Aula de Apresentação Prof. www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Agenda Apresentação do Professor Apresentação da Disciplina Ambientação Apresentação do Plano de Ensino O que

Leia mais

Modelos de Maturidade: MPS.BR. Aécio Costa

Modelos de Maturidade: MPS.BR. Aécio Costa Modelos de Maturidade: MPS.BR Aécio Costa Criado em 2003 pela Softex para melhorar a capacidade de desenvolvimento de software nas empresas brasileiras. Objetivo: Impulsionar a melhoria da capacidade de

Leia mais

Definição do Framework

Definição do Framework Definição do Framework 1. Introdução 1.1. Finalidade Este documento tem por finalidade apresentar o mapeamento dos processos de Definição de Processo Organizacional e Avaliação e Melhoria do Processo dos

Leia mais

CMMI - nível 2: um projeto da MSA para melhoria de processos de desenvolvimento de software Ana Silva e Cássia Leite

CMMI - nível 2: um projeto da MSA para melhoria de processos de desenvolvimento de software Ana Silva e Cássia Leite CMMI - nível 2: um projeto da MSA para melhoria de processos de desenvolvimento de software Ana Silva e Cássia Leite Atualmente, a idéia de utilizar modelos para promover melhorias e capacitação sobre

Leia mais

Uma Experiência de Capacitação e Início de Melhoria de Processo de Software com o Método PRO2PI-WORK

Uma Experiência de Capacitação e Início de Melhoria de Processo de Software com o Método PRO2PI-WORK Uma Experiência de Capacitação e Início de Melhoria de Processo com o Método PRO2PI-WORK Flávia de Petri 1,4, Juliana Rodrigueiro 1,4, Luiz Mapelli 2,4, Vera Lúcia Oliveira 2,4 e Clênio F. Salviano 3,4,5

Leia mais

CMMI (Capability Maturity Model Integration) Thiago Gimenez Cantos. Bacharel em Sistemas de Informação

CMMI (Capability Maturity Model Integration) Thiago Gimenez Cantos. Bacharel em Sistemas de Informação CMMI (Capability Maturity Model Integration) Thiago Gimenez Cantos Bacharel em Sistemas de Informação Faculdade de Informática de Presidente Prudente Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) thiago@visioncom.com.br;

Leia mais

Engenharia de Software Qualidade de Software

Engenharia de Software Qualidade de Software Engenharia de Software Qualidade de Software O termo qualidade assumiu diferentes significados, em engenharia de software, tem o significado de está em conformidade com os requisitos explícitos e implícitos

Leia mais

O IMPACTO DA CERTIFICAÇÃO DE SOFTWARE E SERVIÇOS NA EXPORTAÇÃO

O IMPACTO DA CERTIFICAÇÃO DE SOFTWARE E SERVIÇOS NA EXPORTAÇÃO Pedro Alem Filho O IMPACTO DA CERTIFICAÇÃO DE SOFTWARE E SERVIÇOS NA EXPORTAÇÃO 1 Por que certificação? VISÃO DO COMPRADOR 2 2 VISÃO DO COMPRADOR Aderência a requisitos mínimos Maior previsibilidade Redução

Leia mais

Delfraro Rodrigues Douglas M Gandini José Luiz CMM. Capability Maturity Model

Delfraro Rodrigues Douglas M Gandini José Luiz CMM. Capability Maturity Model Delfraro Rodrigues Douglas M Gandini José Luiz CMM Capability Maturity Model O que é o CMM? Modelo para avaliação da maturidade dos processos de software de uma organização Identificação das práticas chave

Leia mais

CMMI Capability Maturity Model Integration

CMMI Capability Maturity Model Integration Centro Universitário UNA Pós-Graduação em Gestão de Tecnologia da Informação CMMI Capability Maturity Model Integration Professor: Julio Vilela da Silva Neto Eduardo Fernandes Catrinck RA: 0623787 Belo

Leia mais

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE DE ACORDO COM A NORMA ISO/IEC 15504

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE DE ACORDO COM A NORMA ISO/IEC 15504 PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE DE ACORDO COM A NORMA ISO/IEC 15504 MARCELO NORTE DE OLIVEIRA 1 marcelonorte.ti@gmail.com IREMAR NUNES DE LIMA 2 iremar.prof@uol.com.br RESUMO: Este artigo trata

Leia mais

Visão Geral da Certificação CERTICS

Visão Geral da Certificação CERTICS Projeto 0113009300 - Implementação da CERTICS - Certificação de Tecnologia Nacional de Software IX Workshop Anual do MPS WAMPS 2013 Visão Geral da Certificação CERTICS Palestrante: Adalberto Nobiato Crespo

Leia mais

Qualidade de Software. Prof. Natália Oliveira M.Sc queiroz.nati@gmail.com

Qualidade de Software. Prof. Natália Oliveira M.Sc queiroz.nati@gmail.com Qualidade de Software Prof. Natália Oliveira M.Sc queiroz.nati@gmail.com Ementa Conceitos sobre Qualidade Qualidade do Produto Qualidade do Processo Garantida da Qualidade X Controle da Qualidade Conceitos

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 2 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 2-26/04/2006 1 Ementa Processos de desenvolvimento de software Estratégias e técnicas de teste de software Métricas para software

Leia mais

Lista de Exercícios - COBIT 5

Lista de Exercícios - COBIT 5 Lista de Exercícios - COBIT 5 1. O COBIT 5 possui: a) 3 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios b) 3 volumes, 5 habilitadores, 7 princípios c) 5 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios d) 5 volumes, 5 habilitadores,

Leia mais

Introdução ao MPS.BR Guia Geral. Prof. Elias Batista Ferreira

Introdução ao MPS.BR Guia Geral. Prof. Elias Batista Ferreira Introdução ao MPS.BR Guia Geral Prof. Elias Batista Ferreira IMPORTANTE Este NÃO é um curso oficial do MPS.BR. Este curso NÃO é apoiado pela Softex. Objetivo deste Curso Descrever os processos e resultados

Leia mais

ISO - 9126. Aécio Costa

ISO - 9126. Aécio Costa ISO - 9126 Aécio Costa A evolução da Qualidade do Produto Qualidade = funcionalidade Confiabilidade Realização de funções críticas Produto de qualidade = sem bugs Controle de qualidade Teste do produto

Leia mais

Agilidade e eficácia na implantação de programas de melhoria de processos

Agilidade e eficácia na implantação de programas de melhoria de processos Agilidade e eficácia na implantação de programas de melhoria de processos PMPS Programa de Melhoria de Processos de Software Carla Fabiana Massochini Apresentação VALORIZZA Desenvolvimento Empresarial

Leia mais

Qualidade de Produto de Software

Qualidade de Produto de Software Qualidade de Produto de Software Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer-CTI Rodovia Dom Pedro I km 143,6 Campinas SP Brasil Divisão de Qualificação em Software - DQS Ana Cervigni Guerra ana.guerra@cti.gov.br

Leia mais

25/05/2015. Um pouco de história. O Modelo CMMI. Capability Maturity Model Integration (CMMI) Capability Maturity Model (CMM)

25/05/2015. Um pouco de história. O Modelo CMMI. Capability Maturity Model Integration (CMMI) Capability Maturity Model (CMM) DCC / ICEx / UFMG Um pouco de história O Modelo CMMI Na década de 80, o Instituto de Engenharia de Software (SEI) foi criado Eduardo Figueiredo http://www.dcc.ufmg.br/~figueiredo Objetivos Fornecer software

Leia mais

Análise da Maturidade de um Processo de Teste Orientado a Artefatos

Análise da Maturidade de um Processo de Teste Orientado a Artefatos Análise da Maturidade de um Processo de Teste Orientado a Artefatos Paulo M. S. Bueno 1*, Adalberto N. Crespo 1, Mario Jino 2 1 Divisão de Melhoria de Processo - CenPRA Rodovia Dom Pedro I, km 143,6 -

Leia mais

PEDRO HENRIQUE DE OLIVEIRA E SILVA MESTRE EM MODELAGEM MATEMÁTICA E COMPUTACIONAL E-MAIL: PEDROHOLI@GMAIL.COM

PEDRO HENRIQUE DE OLIVEIRA E SILVA MESTRE EM MODELAGEM MATEMÁTICA E COMPUTACIONAL E-MAIL: PEDROHOLI@GMAIL.COM PEDRO HENRIQUE DE OLIVEIRA E SILVA MESTRE EM MODELAGEM MATEMÁTICA E COMPUTACIONAL E-MAIL: PEDROHOLI@GMAIL.COM M P S. B R : M E L H O R I A D E P R O C E S S O D O S O F T W A R E B R A S I L E I R O A

Leia mais

SIMPROS 2007 03 a 05 Dezembro de 2007

SIMPROS 2007 03 a 05 Dezembro de 2007 Conciliando Modelos: Arquitetura Corporativa, COBIT, PMBOK e CMMI em Harmonia Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions TI E NEGÓCIO 10 entre 10 CIOs hoje estão preocupados com: Alinhar TI ao Negócio;

Leia mais

MPS.BR Melhoria de Processo do Software Brasileiro

MPS.BR Melhoria de Processo do Software Brasileiro Melhoria de Processo do Software Brasileiro (MPS.BR) SUMÁRIO 1. Introdução 2. Implantação do Programa MPS.BR: 2004 2007 3. Consolidação do Programa MPS.BR: 20082010 4. Conclusão Kival Weber Coordenador

Leia mais

CMM - Capability Maturity Model

CMM - Capability Maturity Model Tema da Aula Normas e Padrões de Qualidade em II CMM Prof. Cristiano R R Portella portella@widesoft.com.br CMM - Capability Maturity Model Desenvolvido pelo SEI (Instituto de Engenharia de ) Carnegie Mellon

Leia mais

Inovação na utilização de Método Ágil aderente ao CMMI. Palestrante: Anderson Donas, PMP, CFPS Consultor Sênior - DISYS

Inovação na utilização de Método Ágil aderente ao CMMI. Palestrante: Anderson Donas, PMP, CFPS Consultor Sênior - DISYS Inovação na utilização de Método Ágil aderente ao CMMI Palestrante: Anderson Donas, PMP, CFPS Consultor Sênior - DISYS AGENDA A DISYS DISYS e a Inovação Inovação, Implementação do CMMI com SCRUM Case de

Leia mais

CMMI Conceitos básicos. CMMI Representações contínua e por estágios. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com)

CMMI Conceitos básicos. CMMI Representações contínua e por estágios. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com) CMMI Conceitos básicos 113 CMMI integra as disciplinas de engenharia de sistemas e de engenharia de software em um único framework de melhoria de processos. 114 No tocante às disciplinas de engenharia

Leia mais

Painel Setorial Programa Nacional de Certificação de Software e Serviços. INMETRO / Xerém

Painel Setorial Programa Nacional de Certificação de Software e Serviços. INMETRO / Xerém Painel Setorial Programa Nacional de Certificação de Software e Serviços INMETRO / Xerém 31 de maio de 2007 Regina M Thienne Colombo CenPRA Centro de Pesquisas Renato Archer Tecnologia da Informação Campinas

Leia mais

Melhoria de Processo de Software baseado no Modelo MPS.BR nível G - Um Estudo de Caso

Melhoria de Processo de Software baseado no Modelo MPS.BR nível G - Um Estudo de Caso Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade em Software PBQP SW Melhoria de Processo de Software baseado no Modelo MPS.BR nível G - Um Estudo de Caso Categoria 2.36: Métodos de Gestão Soltin - Soluções

Leia mais