MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO. Câmara Municipal

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO. Câmara Municipal"

Transcrição

1 MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO Câmara Municipal Ata nº16/2013 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 17 DE JULHO DE 2013 Presenças: Presidente - Aníbal Sousa Reis Coelho da Costa Vereadores: Nuno Filipe Paiva Bidarra de C. Pancada Vice-Presidente Manuel António Canilhas Reis - João Luís Ferro do Rosário Fragoso Faltas: Vereador: - Francisco António Braz Caixinha Local: - Sala de Sessões do Município Início: - Dez horas e trinta minutos Secretariou: - José Francisco Dias Mira, Coordenador Técnico

2 A ANTES DA ORDEM DO DIA JUSTIFICAÇÃO DE FALTA Nos termos da alínea c) do número um, do artigo 64º, da Lei número 169/99, de 18 de setembro, a Câmara deliberou por unanimidade e em escrutínio secreto, justificar a falta dada pelo Vereador, Francisco António Braz Caixinha. - A.1 INFORMAÇÕES DOS PELOUROS O Senhor Presidente informou a Câmara do seguinte: Que no dia 9 de julho corrente, participou na apresentação da Carta Gastronómica do Alentejo em Évora; Que participou na apresentação do projeto Bibliomusical no Centro Cultural Manuel da Fonseca com o musical A Carochinha organizado pelos serviços da biblioteca municipal ; Que no dia 10 de julho corrente, participou na reunião do Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Ferreira do Alentejo; Que no dia 11 de julho corrente, a convite da CCDR Alentejo e do QREN, esteve presente no Workshop sobre A governação territorial dos fundos comunitários Balanço e perspetivas no auditório da CCDR Alentejo em Évora; Que no dia 12 de julho corrente, esteve presente no encerramento dos Jogos Desportivos 2013, onde foi homenageado Luís Belchior -Campeão de Bóccia; Informou ainda de ter emitido parecer negativo sobre o encerramento da Escola do 1º. Ciclo do Ensino Básico de Peroguarda; Informou também que a Câmara ganhou a providência cautelar sobre o abandono das obras da autoestrada do Baixo Alentejo (IP8/A26), de acordo com sentença, cuja cópia fica arquivada na pasta de documentos anexos à ata O Senhor Vereador Nuno informou de que o bar do Jardim Público reabriu o seu espaço no passado dia 13 de julho A.2- DIVERSOS RESUMO DIÁRIO DE TESOURARIA Foi apresentado o resumo diário de tesouraria do dia dezasseis de julho de dois mil e treze, o qual apresentava os seguintes saldos: Página 2 de 19

3 Orçamental: Seiscentos e catorze mil, trezentos e seis euros e vinte e três cêntimos Não Orçamental: Duzentos e nove mil, cento e setenta e dois euros e sessenta e quatro cêntimos A Câmara tomou conhecimento B ORDEM DO DIA Foi deliberado, por unanimidade, acrescentar na ordem de trabalhos os seguintes pontos: B.13 Pedidos de Apoio B.14- Aumento temporário dos fundos disponíveis de acordo com o artº.4º. Da Lei nº.8/2012, de 21 de fevereiro Assim, a ordem de trabalhos desta reunião passou a ser a seguinte: B.1 Ata da reunião anterior B.2 Obras Particulares B.3- Feira de Ferreira 2013 preços de eletricidade B.4- Pareceres Prévios B.5- Reajustamento da rede escolar para o novo ano letivo no concelho de Ferreira do Alentejo parecer B.6- Alteração dos limites territoriais projeto de lei nº. 420/XII parecer B.7- Piscina descoberta entradas livres B.8- Parecer sobre novos cursos profissionais B.9- Pedido de isenção de IMT B.10- Contingente de táxis revisão B.11- Alteração da tabela de taxas e preços B.12- Requalificação urbana e paisagística da aldeia velha de Santa Margarida do Sado Adjudicação B.13 Pedidos de Apoio B.14- Aumento temporário dos fundos disponíveis de acordo com o artº.4º. Da Lei nº.8/2012, de 21 de fevereiro B.1 ATA DA REUNIÃO ANTERIOR Foi aprovada por unanimidade a ata da reunião anterior Página 3 de 19

4 B.2 OBRAS PARTICULARES Foram presentes à reunião os seguintes processos de obras: Primeiro: De FIMI, SA, com sede na Rua Tomás Ribeiro, 46 2º.Dtº. em Lisboa, solicitando a aprovação da instalação de armazenagem de combustível na Herdade da Sanguessuga em Odivelas, freguesia de Odivelas, concelho de Ferreira do Alentejo A Câmara depois de analisar deliberou por unanimidade o seguinte: Aprovado, conforme parecer técnico Segundo: De António José Ramos Silvestre Ferreira, residente na Herdade Vale da Rosa, freguesia e concelho de Ferreira do Alentejo, solicitando a aprovação do projeto de arquitetura para a construção de armazém/casão na Herdade Vale da Rosa A Câmara depois de analisar deliberou por unanimidade o seguinte: Ouvir o requerente nos termos do CPA Terceiro: De Marcos Filipe Machado Nunes de Vilhena Bonito, residente na Rua da Republica nº.60 em Ferreira do Alentejo, solicitando aprovação de propriedade horizontal no prédio sito na Rua acima mencionada A Câmara depois de analisar deliberou por unanimidade o seguinte: Aprovado, conforme parecer técnico Quarto: De Resipower, SA, com sede na Avenida Dr. Miguel Bombarda nº.35 em Lisboa, solicitando aprovação da licença especial de obras inacabadas no Parque Agroindustrial do Penique na freguesia de Odivelas, concelho de Ferreira do Alentejo A Câmara depois de analisar, deliberou por unanimidade o seguinte: Aprovado, conforme parecer técnico Quinto: De Fitagro, Grupo SL, com sede em Herdade do Sobrado, freguesia e concelho de Ferreira do Alentejo, solicitando a aprovação do projeto de arquitetura para ampliação de lagar na referida Herdade A Câmara depois de analisar, deliberou por unanimidade, o seguinte: Aprovado o projeto de arquitetura A) A Câmara tomou conhecimento dos despachos proferidos pelo Senhor Vereador, Manuel António Canilhas Reis, nos seguintes processos finais: Primeiro: L-ACE 1/2013, em nome de João Paulo da Silva Ventura, construção de arrumos, em Vale de Aljustrel Ferreira do Alentejo- Deferido. -- Página 4 de 19

5 Segundo: L-ALT1/2013, em nome de M chalaça, Unipessoal, Lda, construção de casa de campo (TR), em Abegoaria Ferreira do Alentejo Deferido Terceiro: L-EDI 2/2013, em nome de António José Ferreira Proença de Carvalho, alteração de habitação, em Joanica Ferreira do Alentejo Deferido B) A Câmara tomou conhecimento das comunicações prévias admitidas, atendendo ao nº.1 do artº.36º. Do Decreto-Lei nº.555/99 de 16 de dezembro, com a redação da Lei nº.60/2007 de 4 de setembro, que a seguir se discriminam: Primeiro: Processo C-ALT 9/2013, em nome de Mariana Carolina F.M. Figueira Caetano Construção de habitação em Ferreira do Alentejo Deferido Segundo: Processo C-ALT 7/2013 em nome de Pedro Manuel Guerreiro Vicente Alteração de garagem em Ferreira do Alentejo Deferido Terceiro: Processo C-ALT10/2013 em nome de Fortunato Joaquim Costa Santos Alteração de habitação em Canhestros Deferido B.3-FEIRA DE FERREIRA PREÇOS DE ELETRICIDADE Foi presente à reunião, para ratificação, a informação interna nº.6000/2013 da DAM-SA, propondo a redução de 50% do valor dos preços de eletricidade para a Feira de Ferreira a realizar no período de 13 a 15 de setembro de Na informação consta o parecer da Chefe de Divisão da DAM O senhor Vice-Presidente em face da urgência despachou favoravelmente A Câmara depois de apreciar, deliberou por unanimidade o seguinte: Ratificado B.4-PARECERES PRÉVIOS O Senhor Presidente apresentou à Câmara os seguintes pareceres prévios vinculativos: Primeiro: Parecer prévio vinculativo para a renovação de contratação de prestação de serviços para a responsabilidade técnica das explorações das instalações elétricas de vinte equipamentos municipais Página 5 de 19

6 Para efeitos de emissão de parecer nos termos da Lei n.º 66-B/2012, de 31 de dezembro, que aprova o Orçamento de Estado para 2013, apresento para apreciação e aprovação da Câmara a seguinte proposta: Proposta ) Nos termos do artigo 75.º, número 4 e 10, da lei supra citada, a renovação de contratos de aquisição de serviços carece de parecer prévio vinculativo do órgão executivo ) Pretende-se renovar o contrato de prestação de serviços para a Responsabilidade Técnica das Explorações das Instalações Elétricas de Vinte Equipamentos Municipais, com a empresa Marques Capela Projetos e Serviços Técnicos, Lda., NIF ) Tendo em atenção que este parecer depende da verificação dos requisitos previstos no artigo 75º, da referida Lei, e artº 3º da portaria 16/2013. de 17 de janeiro o pedido de parecer deve ser instruído com os seguintes elementos: a) Descrição do contrato e seu objeto, demonstrando não se tratar de trabalho subordinado, bem como a inconveniência do recurso a modalidade de relação jurídica de emprego público constituída ou a constituir e a inexistência de pessoal em situação de mobilidade especial apto para o desempenho das funções subjacentes à contratação em causa; b) Declaração de confirmação de cabimento orçamental emitida pelo órgão, serviço ou entidade requerente; c) Indicação e fundamentação da escolha do procedimento de formação do contrato; d) Identificação da contraparte; e) Demonstração do cumprimento e aplicação da redução remuneratória prevista no artigo 27.º e nos n.ºs 1,2, 3, 7 e 8 do artigo 75.º, ambos da Lei n.º 66 -B/2012, de 31 de dezembro, juntando, para o efeito, os elementos e cálculos relevantes, face ao contrato em renovação ou anteriormente celebrado sempre que a prestação de serviços tenha idêntico objeto e, ou, contraparte Com efeitos: a) Descrição do contrato e seu objeto, demonstrando não se tratar de trabalho subordinado, bem como a inconveniência do recurso a modalidade de relação jurídica de emprego público constituída ou a constituir e a inexistência de pessoal em situação de mobilidade especial apto para o desempenho das funções subjacentes à contratação em causa: a.1) Responsabilidade Técnica das Explorações das Instalações Elétricas de Vinte Equipamentos Municipais a.2) Mantém o mesmo valor do contrato 4.080,00 + IVA à taxa legal em vigor Página 6 de 19

7 a3) Não se trata de trabalho subordinado, pois será prestado com autonomia, bem como não se encontrará sujeito à disciplina e direção de órgão nem irá impor o cumprimento de horário de trabalho, e a duração do trabalho a executar é limitado à execução dos trabalhos inerentes ao processo de auditoria, o que se revela inconveniente o recurso a qualquer modalidade de relação jurídica de emprego público a) Declaração de confirmação de cabimento orçamental emitida pelo órgão, serviço ou entidade requerente, pela Divisão de Administração Municipal (Secção Financeira): comprovativos em anexo b) Indicação e fundamentação da escolha do procedimento de formação do contrato: Não aplicável c) Identificação da contraparte: Marques Capela Projetos e Serviços Técnicos, Lda. NIF ; Sede: Avenida 1.º de Maio n.º 85, 5º Esquerdo, Fogueteiro, Amora d) Demonstração do cumprimento e aplicação da redução remuneratória prevista no artigo 27.º e nos n.ºs 1,2, 3, 7 e 8 do artigo 75.º, ambos da Lei n.º 66 -B/2012, de 31 de dezembro, juntando, para o efeito, os elementos e cálculos relevantes: DESCRIÇÃO VALOR Prestações de serviços com idêntico objeto celebrado em ,00 Prestações de serviços com a mesma contraparte em ,00 Redução remuneratória a aplicar em ,5% sobre o valor superior a ,00 e inferior a , Nestes termos, caberá ao órgão executivo emitir parecer sobre o contrato de prestação de serviços aqui proposto A Câmara depois de apreciar, deliberou por unanimidade o seguinte: A câmara emite parecer favorável Segundo: Parecer prévio vinculativo para celebração de contratação de prestação de serviços no âmbito da feira de ferreira 2013 contratação de espetáculo Para efeitos de emissão de parecer nos termos da Lei n.º 66-B/2012, de 31 de dezembro, que aprova o Orçamento de Estado para 2013, apresento para apreciação e aprovação da Câmara a seguinte proposta: Página 7 de 19

8 Proposta ) Nos termos do artigo 75.º, número 4 e 10, da lei supra citada, a celebração de contratos de aquisição de serviços carece de parecer prévio vinculativo do órgão executivo ) Pretende-se desenvolver um procedimento de Ajuste Direto Geral, convidando: Infusão de Sons Som e Luz Profissional Unipessoal Lda. NIF , a apresentar proposta para a aquisição de serviços no âmbito da Feira de Ferreira 2013 Contratação de Espetáculo para dia 14 de setembro Tendo em atenção que este parecer depende da verificação dos requisitos previstos no artigo 75º, da referida Lei, e artº 3º da portaria 16/2013, de 17 de janeiro o pedido de parecer deve ser instruído com os seguintes elementos: a) Descrição do contrato e seu objeto, demonstrando não se tratar de trabalho subordinado, bem como a inconveniência do recurso a modalidade de relação jurídica de emprego público constituída ou a constituir e a inexistência de pessoal em situação de mobilidade especial apto para o desempenho das funções subjacentes à contratação em causa; b) Declaração de confirmação de cabimento orçamental emitida pelo órgão, serviço ou entidade requerente; c) Indicação e fundamentação da escolha do procedimento de formação do contrato; d) Identificação da contraparte; e) Demonstração do cumprimento e aplicação da redução remuneratória prevista no artigo 27.º e nos n.ºs 1,2, 3, 7 e 8 do artigo 75.º, ambos da Lei n.º 66 -B/2012, de 31 de dezembro, juntando, para o efeito, os elementos e cálculos relevantes, face ao contrato em renovação ou anteriormente celebrado sempre que a prestação de serviços tenha idêntico objeto e, ou, contraparte Com efeito: a) Descrição do contrato e seu objeto, demonstrando não se tratar de trabalho subordinado, bem como a inconveniência do recurso a modalidade de relação jurídica de emprego público constituída ou a constituir e a inexistência de pessoal em situação de mobilidade especial apto para o desempenho das funções subjacentes à contratação em causa: a.1) aquisição de serviços no âmbito da Feira de Ferreira 2013 Contratação de Espetáculo para dia 14 de setembro a.2) o procedimento de ajuste direto, não foi desenvolvido pelo que não existe conhecimento do valor do contrato. No entanto apresenta-se um valor estimado, de 7.900,00 + IVA em razão da natureza das tarefas e dos valores de mercado conhecidos a.3) não se trata de trabalho subordinado, pois será prestado com autonomia, bem como não se encontrará sujeito à disciplina e direção de órgão Página 8 de 19

9 nem irá impor o cumprimento de horário de trabalho, e a duração do trabalho a executar é limitado à execução dos trabalhos inerentes ao processo de auditoria, o que se revela inconveniente o recurso a qualquer modalidade de relação jurídica de emprego público b) Declaração de confirmação de cabimento orçamental emitida pelo órgão, serviço ou entidade requerente; pela Divisão de Administração Municipal (Secção Financeira): comprovativos em anexo c) Indicação e fundamentação da escolha do procedimento de formação do contrato: será observado o regime legal de aquisição de serviços, constante no Código dos Contratos Públicos (Decreto-Lei n.º 18/2008, de 29 de janeiro Ajuste Direto Geral, nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 20º do CCP d) Identificação da contraparte; Infusão de Sons Som e Luz Profissional Unipessoal Lda. NIF ; Sede: Rua dos Descobrimentos n.º7 - Bairro das Fontanas, ÉVORA e) Demonstração do cumprimento e aplicação da redução remuneratória prevista no artigo 27.º e nos n.ºs 1,2, 3, 7 e 8 do artigo 75.º, ambos da Lei n.º 66 -B/2012, de 31 de dezembro, juntando, para o efeito, os elementos e cálculos relevantes: DESCRIÇÃO VALOR Prestações de serviços com idêntico objeto celebrado em ,00 Prestações de serviços com a mesma contraparte em ,00 Redução remuneratória a aplicar em ,00% Nestes termos, caberá ao órgão executivo emitir parecer sobre o contrato de prestação de serviços aqui proposto A Câmara depois de apreciar, deliberou por unanimidade o seguinte: A câmara emite parecer favorável O Senhor Vice-Presidente apresentou à Câmara o seguinte parecer prévio vinculativo: Terceiro: Parecer vinculativo para celebração de contratação de prestação de serviços para a análise e qualidade da agua das piscinas municipais cobertas e descobertas Para efeitos de emissão de parecer nos termos da Lei n.º 66-B/2012, de 31 de dezembro, que aprova o Orçamento de Estado para 2013, apresento para apreciação e aprovação da Câmara a seguinte proposta: Proposta Página 9 de 19

10 ) Nos termos do artigo 75.º, número 4 e 10, da lei supra citada, a celebração de contratos de aquisição de serviços carece de parecer prévio vinculativo do órgão executivo ) Pretende-se desenvolver um procedimento de Ajuste Direto Geral, convidando: QUIMITESTE Engenharia e Tecnologia, S.A., NIF , a apresentar proposta para a aquisição de serviços para a análise da água das Piscinas Municipais Coberta e Descobertas Tendo em atenção que este parecer depende da verificação dos requisitos previstos no artigo 75º, da referida Lei, e artº 3º da portaria 16/2013 de 17 de janeiro o pedido de parecer deve ser instruído com os seguintes elementos: a) Descrição do contrato e seu objeto, demonstrando não se tratar de trabalho subordinado, bem como a inconveniência do recurso a modalidade de relação jurídica de emprego público constituída ou a constituir e a inexistência de pessoal em situação de mobilidade especial apto para o desempenho das funções subjacentes à contratação em causa; b) Declaração de confirmação de cabimento orçamental emitida pelo órgão, serviço ou entidade requerente; c) Indicação e fundamentação da escolha do procedimento de formação do contrato; d) Identificação da contraparte; e) Demonstração do cumprimento e aplicação da redução remuneratória prevista no artigo 27.º e nos n.ºs 1,2, 3, 7 e 8 do artigo 75.º, ambos da Lei n.º 66 -B/2012, de 31 de dezembro, juntando, para o efeito, os elementos e cálculos relevantes, face ao contrato em renovação ou anteriormente celebrado sempre que a prestação de serviços tenha idêntico objeto e, ou, contraparte Com efeito: a) Descrição do contrato e seu objeto, demonstrando não se tratar de trabalho subordinado, bem como a inconveniência do recurso a modalidade de relação jurídica de emprego público constituída ou a constituir e a inexistência de pessoal em situação de mobilidade especial apto para o desempenho das funções subjacentes à contratação em causa: a.1) serviços de a análise da água das Piscinas Municipais Coberta e Descobertas a.2) O procedimento de ajuste direto, não foi desenvolvido pelo que não existe conhecimento do valor do contrato. No entanto apresenta-se um valor estimado, de 1.247,50 + IVA em razão da natureza das tarefas e dos valores de mercado conhecidos a.3) não se trata de trabalho subordinado, pois será prestado com autonomia, bem como não se encontrará sujeito à disciplina e direção de órgão nem irá impor o cumprimento de horário de trabalho, e a duração do trabalho a Página 10 de 19

11 executar é limitado à execução dos trabalhos inerentes ao processo de auditoria, o que se revela inconveniente o recurso a qualquer modalidade de relação jurídica de emprego público a) Declaração de confirmação de cabimento orçamental emitida pelo órgão, serviço ou entidade requerente, pela Divisão de Administração Municipal (Secção Financeira): comprovativos em anexo b) Indicação e fundamentação da escolha do procedimento de formação do contrato: será observado o regime legal de aquisição de serviços, constante no Código dos Contratos Públicos (Decreto-Lei n.º 18/2008, de 29 de janeiro Ajuste Direto (Regime Geral), nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 20º e artº 112º do CCP c) Identificação da contraparte: QUIMITESTE Engenharia e Tecnologia, S.A., NIF ; Sede: Rua do Ouro, Parque Industrial Vale do Alecrim, Lote 15, Palmela d) Demonstração do cumprimento e aplicação da redução remuneratória prevista no artigo 27.º e nos n.ºs 1,2, 3, 7 e 8 do artigo 75.º, ambos da Lei n.º 66 -B/2012, de 31 de dezembro, juntando, para o efeito, os elementos e cálculos relevantes: DESCRIÇÃO VALOR Prestações de serviços com idêntico objeto celebrado em ,00 Prestações de serviços com a mesma contraparte em ,88 Redução remuneratória a aplicar em ,5% sobre o valor superior a ,00 e inferior a , Nestes termos, caberá ao órgão executivo emitir parecer sobre o contrato de prestação de serviços aqui proposto A Câmara depois de apreciar, deliberou por unanimidade o seguinte: A Câmara emite parecer favorável B.5-REAJUSTAMENTO DA REDE ESCOLAR PARA O NOVO ANO LETIVO NO CONCELHO DE FERREIRA DO ALENTEJO - PARECER Página 11 de 19

12 Foi presente à reunião para ratificação o ofício nº.s/5915/2013, datado de 2 de julho corrente, da DGESTE Direção de Serviços da Região Alentejo, solicitando o parecer desta Câmara Municipal sobre a proposta de encerramento, a partir do próximo ano letivo da Escola do 1º. Ciclo do Ensino Básico de Peroguarda, atendendo a que a mesma tem atualmente a frequência de 9 alunos e previsão de 7 alunos para o próximo ano letivo Em anexo o parecer da DASEF O Senhor Presidente em face da urgência despachou desfavoravelmente conforme parecer da DASEF A Câmara depois de apreciar, deliberou por unanimidade o seguinte: A Câmara emite parecer negativo Ratificado B.6-ALTERAÇÃO DOS LIMITES TERRITORIAIS PROJETO LEI Nº.420/XII - PARECER Foi presente à reunião o ofício nº.148/caotpl, datado de 3 de julho corrente, da Assembleia República Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território e Poder Local, enviando cópia do Projeto de Lei nº.420/xii (Alteração dos limites territoriais entre as freguesias de Mombeja, e, de Ferreira do Alentejo), da iniciativa do Partido Socialista, bem como solicita o envio do parecer emitido por esta Câmara sobre o projeto de lei em apreço A Câmara depois de apreciar deliberou por unanimidade o seguinte: A câmara emite parecer favorável B.7-PISCINA DESCOBERTA ENTRADAS LIVRES Foram presentes à reunião os seguintes ofícios para ratificação: Primeiro: Da Freguesia de Ferreira do Alentejo, o oficio nº.280/2013 datado de 5 de julho corrente, solicitando autorização para a entrada de um grupo de utentes do projeto de animação, nos dias 23 e 25 do corrente mês na Piscina Municipal A Chefe de Divisão da DCD emitiu o respetivo parecer O Senhor Presidente em face da urgência despachou favoravelmente Os membros da Câmara presentes na reunião declararam não pertencer aos órgãos dirigentes desta Entidade A Câmara depois de apreciar deliberou por unanimidade o seguinte: Ratificada a autorização Página 12 de 19

13 Segundo: Da Associação Ferreira Ativa Movimento Associativo de Ferreira do Alentejo, com sede em Estrada Nacional 121 em Ferreira do Alentejo, solicitando a atribuição de um livre-trânsito de acesso à Piscina Municipal para os atletas da Ferreira Ativa BMX Freestyle A Chefe de Divisão da DCD emitiu o respetivo parecer O Senhor Presidente em face da urgência despachou favoravelmente Os membros da Câmara presentes na reunião declararam não pertencer aos órgãos dirigentes desta Entidade A Câmara depois de apreciar deliberou por unanimidade o seguinte: Ratificada a autorização Terceiro: Da Freguesia de Figueira dos Cavaleiros, solicitando autorização para a entrada de 30 crianças e 6 monitores que estão integradas no âmbito do Programa Férias na Aldeia, na Piscina Municipal, bem como o transporte das mesmas A Chefe de Divisão da DCD emitiu o respetivo parecer O Senhor Presidente em face da urgência despachou favoravelmente Os membros da Câmara presentes na reunião declararam não pertencer aos órgãos dirigentes desta Entidade A Câmara depois de apreciar deliberou por unanimidade o seguinte: Ratificada a autorização Quarto: A Carta de Francisco José da Encarnação Gingado, solicitando a entrada gratuita na piscina municipal, por motivos de saúde, conforme declaração do médico do Hospital de Beja A Chefe de Divisão da DCD emitiu o respetivo parecer A Câmara depois de apreciar deliberou por unanimidade o seguinte: Autorizado Quinto: A entrada nº.9831/2013 de 12 de julho corrente, do Agrupamento Vertical de Escolas de Ferreira do Alentejo, solicitando autorização para a aluna Inês Silva, portadora de Distrofia Muscular Ullrich, possa frequentar a piscina A Chefe de Divisão da DCD emitiu o respetivo parecer O Senhor Presidente em face da urgência despachou favoravelmente A Câmara depois de apreciar deliberou por unanimidade o seguinte: Ratificada a autorização B.8-PARECER SOBRE NOVOS CURSOS PROFISSIONAIS Foram presentes à reunião os seguintes ofícios: Página 13 de 19

14 Primeiro: Da Escola Profissional de Alvito, solicitando o parecer desta Câmara sobre a criação dos novos cursos/novas turmas para o triénio 2013/2016, nomeadamente Serviço de Mesa; Técnico de Restauração, Variante: Cozinha/Pastelaria; Técnico de Banca e Seguros/Técnico de Comércio Em anexo o parecer da DASEF-Serviço de Educação A Câmara depois de apreciar deliberou por unanimidade o seguinte: A Câmara emite parecer favorável Segundo: Da Escola Profissional de Cuba, solicitando o parecer desta Câmara sobre a candidatura a cursos profissionais nomeadamente Técnico de Comunicação, Marketing, Relações públicas e Publicidade, Técnico de receção, Técnico de Organização de Eventos Em anexo o parecer da DASEF-Serviço de Educação A Câmara depois de apreciar deliberou por unanimidade o seguinte: A Câmara emite parecer favorável B.9-PEDIDO DE ISENÇÃO DE IMT Foi presente à reunião o oficio nº.810, datada de 6 de junho p.p. Da Autoridade Tributária e Aduaneira Serviço de Finanças de Ferreira do Alentejo, dando conhecimento de que correm autos de reclamação administrativa -Isenção de IMT, relativo à aquisição dos prédios urbanos inscritos na matriz predial urbana da freguesia de Odivelas sob os artºs.p629 e p630, a realizar entre esta Câmara e a reclamante Plusalfundão, pelo que solicita que seja emitido parecer vinculativo de atividade agrícola ou industrial de superior interesse económico e social, a fim de instruir os respetivos autos A Câmara depois de apreciar, deliberou por unanimidade o seguinte: A Câmara emite parecer favorável. Remeter à Assembleia Municipal para deliberação B.10-CONTIGENTE DE TAXIS REVISÃO Foi presente à reunião a informação interna nº.4880/2013 da Secção Administrativa propondo que, de acordo com o estipulado no nº.3 do artigo 8º. Do Regulamento do Transporte Público de Aluguer em Veículos Automóveis, a Câmara proceda à revisão do contingente dos táxis existentes no concelho, e que se passa a discriminar, respeitante às freguesias de: Alfundão Um lugar; Canhestros - Um lugar; Página 14 de 19

15 Ferreira do Alentejo sete lugares (seis na vila e um nos Gasparões); Figueira dos Cavaleiros dois lugares (um na sede da freguesia e outro em Santa Margarida do Sado); Odivelas Um lugar; Peroguarda Não tem contingente Em anexo ao processo, pareceres favoráveis das freguesias respetivas da Federação Portuguesa do Táxi e da Antral, em como se deve manter o mesmo número de lugares A Câmara depois de apreciar, deliberou por unanimidade o seguinte: A Câmara delibera manter o atual contingente B.11-ALTERAÇÃO DA TABELA DE TAXAS E PREÇOS Foi presente à reunião a informação interna nº2078/2013 da Chefe de Divisão de Administração Municipal: Nos termos da Lei 53-E/2006 de 29 de dezembro e da Lei número 169/99 de 18 de setembro, alterada pela Lei nº.5-a/2002, de 15 de janeiro, o projeto das alterações efetuadas à Tabela de Taxas e Preços, as quais vão ficar arquivadas na pasta de documentos anexos às atas, e respetivas fichas com o estudo económico e financeiro, para apreciação e aprovação, devendo ser submetido para discussão pública, nos termos do artº.118º. Do CPA Mais propõe que, se durante o período de discussão pública, não forem feitas propostas de alterações, possa a respetiva Tabela de Taxas ser de imediato remetida à apreciação e aprovação do órgão deliberativo, nos termos do disposto na alínea e) do nº.2 do artº.53º. Da Lei nº.169/99, de 18 de setembro, alterada pela Lei nº.5-a/2002 de 15 de Janeiro, e a Tabela de Preços entrar em vigor após a publicação do respetivo edital. (Após discussão pública) Foi uma cópia previamente distribuída a cada membro da Câmara A Câmara depois de analisar deliberou por unanimidade o seguinte: Aprovado o projeto de alteração ao Regulamento Municipal Tabela de Taxas e Preços, conforme proposto. Colocar à discussão pública nos termos do artº.118º. Do CPA, se durante este período não existirem reclamações ou sugestões remeter a Tabela de Taxas ao órgão deliberativo e entrando em vigor a Tabela de preços após discussão pública referida B.12-REQUALIFICAÇÃO URBANA E PAISAGISTICA DA ALDEIA VELHA DE SANTA MARGARIDA DO SADO - ADJUDICAÇÃO Página 15 de 19

16 Na sequência do deliberado na reunião realizada no dia 8 de maio p.p., relativamente à empreitada em epígrafe, foi presente à reunião o relatório final de apreciação das propostas apresentadas. Assim é proposta a adjudicação à Empresa classificada em primeiro lugar, Consdep, SA. Com a pontuação de 67,56, e pelo valor de setenta e nove mil, quinhentos e trinta e dois euros e cinquenta e cinco cêntimos, de acordo com o relatório preliminar A Câmara depois de apreciar, deliberou por unanimidade o seguinte: Aprovado o relatório final. Adjudique-se pelo valor de ,55 (setenta e nove mil, quinhentos e trinta e dois euros e cinquenta e cinco cêntimos) à empresa Consdep.SA B.13-PEDIDOS DE APOIO Foram presentes à reunião os seguintes pedidos de apoio da freguesia de Figueira dos Cavaleiros: Primeiro: Oficio nº.127/2013 datado de 3 de julho corrente, solicitando a concessão de apoio monetário para fazer face as despesas com a realização da IX Feira do Melão nos dias 2,3 e 4 de agosto próximo Os membros da Câmara presentes na reunião declararam não pertencer aos órgãos dirigentes desta entidade A Câmara depois de apreciar, deliberou unanimidade o seguinte: Atribuise o subsídio de (doze mil e quinhentos euros) Segundo: Oficio nº.130/2013, datado de 10 de julho corrente, solicitando a concessão de apoio monetário para fazer face a despesas com materiais adquiridos para a construção do telhado do palco em Santa Margarida do Sado Os membros da Câmara presentes na reunião declararam não pertencer aos órgãos dirigentes desta entidade A Câmara depois de apreciar, deliberou unanimidade o seguinte: Atribuise o subsidio de (mil euros) Terceiro: A informação interna nº.5615/2013, da DCD- Desporto- Coordenação, propondo a atribuição de um subsídio ao Sporting Clube Ferreirense no valor de para fazer face ao apoio concedido na execução dos jogos desportivos A Câmara depois de apreciar, deliberou unanimidade o seguinte: Atribuise o subsídio de 2.007,38 (dois mil e sete euros e trinta e oito cêntimos) Página 16 de 19

17 B.14 AUMENTO TEMPORÁRIO DE FUNDOS DISPONIVEIS DE ACORDO COM O ARTIGO 4º. DA LEI Nº.8/2012 DE 21 DE FEVEREIRO Foi presente à reunião para ratificação a informação interna nº6072/2013 da Chefe de Divisão da DAM, propondo o aumento temporário dos fundos disponíveis para o mês de julho, por antecipação das receitas com origem no Fundo de Equilíbrio Financeiro na sua componente corrente: a) Considerando a publicação da Lei n. 8/2012, de 21 de fevereiro, a qual veio a aprovar as regras aplicáveis a assunção de compromissos e aos pagamentos em atraso de entidades públicas; b) Considerando que das referidas regras, resulta a obrigatoriedade de reporte informativo, via SIIAL, para a DGAL, de um conjunto de informação financeira, tendo em vista a monitorização do cumprimento dos preceitos legalmente exigíveis, designadamente o apuramento dos Fundos Disponíveis; c) Considerando, que por - Fundos Disponíveis - consideram-se as verbas disponíveis a muito curto prazo, que incluem, quando aplicável e desde que não tenham sido comprometidos ou gastos (alínea f) do artº 3 da Lei 8/2012, de 21 de Fevereiro): As transferências ou subsídios com origem no Orçamento do Estado, relativos aos três meses seguintes; A receita efetiva própria que tenha sido cobrada ou recebida como adiantamento; A previsão de receita efetiva própria a cobrar nos três meses seguintes; O produto de empréstimos contraídos nos termos da lei; As transferências ainda não efetuadas decorrentes de programas e projetos do QREN e de outros programas estruturais resultantes de pedidos de pagamento submetidos nas plataformas dos programas; Outros montantes autorizados nos termos do artº 4º da LCPA Pelo exposto, e nos termos: a) Do nº 1 do artº 4º da LCPA que estabelece, a título excecional, podem ser acrescidos outros montantes desde que expressamente autorizados pela Câmara Municipal b) O nº 2 do artº 6º do Decreto-Lei nº 127/2012, de 21 de Junho, determina que o aumento temporário dos fundos disponíveis a que se refere o artº 4º da LCPA só pode ser efetuado mediante recurso a valores a cobrar ou a receber dentro do período compreendido entre a data do compromisso e a data em que se verifique a obrigação de efetuar o último pagamento relativo a esse compromisso Página 17 de 19

18 Assim, por se encontrarem registados compromissos de que resultam pagamentos periódicos cujo momento do último pagamento ultrapassa o trimestre de referência para o cálculo dos fundos, conforme demonstrado no mapa I, propõe- se o aumento temporário dos fundos disponíveis para o mês de julho, por antecipação das receitas com origem no Fundo de Equilíbrio Financeiro na sua componente corrente - de acordo com o mapa em anexo, no valor de , O Senhor Presidente em face da urgência despachou favoravelmente A Câmara depois de apreciar, deliberou unanimidade o seguinte: Ratificado PERÍODO DE INTERVENÇÃO DO PÚBLICO Esteve presente a D. Elvira Simões, de Odivelas dizendo que faz oito anos que não é resolvida a situação da passagem de águas na frente da sua cas, pois entende que o cano deve ser direto para a ribeira O Senhor Vereador Manuel Reis, informou que já tinha falado em limpar a respetiva vala A D. Elvira disse que já na situação das águas no parque de estacionamento, alertou para a situação afim das mesmas não irem para a sua terra, mas foi logo resolvido O Senhor Vereador Manuel Reis, esclareceu que foi resolvido porque os serviços se aperceberam e corrigiram A D. Elvira diz que os serviços da Câmara Municipal fizeram uma passagem com enrocamento (pedra) na linha de água, passagem essa de água (tipo presa) que deveria ter ido até à ribeira por meio de tubos (manilhas) porque agora bate na presa e sai rasgando as suas terras O Senhor Vereador Manuel Reis, informou que após a presa, foi colocado tubo, mas que já verificou que com aquele tubo é insuficiente quando chove muito, e que até ao inverno irá colocar outro tubo conforme o que foi combinado. Pois ate à presente data ainda não foi possível ENCERRAMENTO Página 18 de 19

19 Não havendo mais assuntos a tratar, e quando eram treze horas e vinte e cinco minutos o Senhor Presidente declarou encerrada a reunião A presente ata foi aprovada em minuta E eu,, Coordenador Técnico, a redigi e subscrevi O Presidente da Câmara, Dr Aníbal Reis Costa Página 19 de 19

CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA DE LOBOS

CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA DE LOBOS ---------------------------- ACTA NÚMERO 24/2004---------------------------- Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, realizada em vinte e cinco de Novembro de dois mil e quatro. --- Aos

Leia mais

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA SETE DE

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA SETE DE Ata n.º 16 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA SETE DE AGOSTO DE DOIS MIL E TREZE. ------- Aos sete dias do mês de Agosto do ano dois mil e treze, na Sala de Sessões da Câmara Municipal de Mora,

Leia mais

MUNICÍPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR CÂMARA MUNICIPAL A T A REUNIÃO ORDINÁRIA DE 8 DE JANEIRO DE 2015

MUNICÍPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR CÂMARA MUNICIPAL A T A REUNIÃO ORDINÁRIA DE 8 DE JANEIRO DE 2015 Livro_ Folha_ Pres._ Secr._ - Aos oito dias do mês de janeiro do ano de dois mil e quinze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, para apreciação e deliberação

Leia mais

E D I T A L AMBIENTE, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO

E D I T A L AMBIENTE, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO E D I T A L HORTÊNSIA DOS ANJOS CHEGADO MENINO, Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, faz saber, através do presente Edital, que nos termos do nº. 1, do artº. 56º. da Lei nº. 75/2013, de 12

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DAS LAJES DO PICO

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DAS LAJES DO PICO Parte da ata em minuta da Sessão Ordinária da Assembleia Municipal das Lajes do Pico, realizada aos trinta dias do mês de setembro do ano de dois mil e catorze, no Auditório Municipal das Lajes do Pico.

Leia mais

FREGUESIA DE ALVORNINHA

FREGUESIA DE ALVORNINHA 72 Aos seis dias do mês de dezembro do ano de dois mil e doze, nesta Freguesia de Alvorninha e edifício da Junta de Freguesia, compareceram os Senhores: Presidente Virgílio Leal dos Santos, Secretário

Leia mais

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA. Ac. Câmara (AO-01) COBRANÇA DO IVA NA TARIFA DE RESÍDUOS SÓLIDOS PEDIDOS DE PARECER

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA. Ac. Câmara (AO-01) COBRANÇA DO IVA NA TARIFA DE RESÍDUOS SÓLIDOS PEDIDOS DE PARECER (AO-01) COBRANÇA DO IVA NA TARIFA DE RESÍDUOS SÓLIDOS PEDIDOS DE PARECER Pelo Vereador senhor João Araújo foi questionado o facto de nos recibos de água se estar a cobrar IVA na tarifa de resíduos sólidos

Leia mais

EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 17 DE FEVEREIRO DE 2016

EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 17 DE FEVEREIRO DE 2016 EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 17 DE FEVEREIRO DE 2016 JOSÉ GABRIEL CALIXTO, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, em

Leia mais

DIREÇÃO REGIONAL DA SOLIDARIEDADE SOCIAL

DIREÇÃO REGIONAL DA SOLIDARIEDADE SOCIAL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Entre, de uma parte, a Direção Regional da Solidariedade Social, com sede no Solar dos Remédios, 9701-855 Angra do Heroísmo, Concelho de Angra do Heroísmo, representado

Leia mais

ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005

ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005 ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005 Aos doze dias do mês de Dezembro do ano de dois mil e cinco, no Salão Nobre dos Paços do Município,

Leia mais

CÂMARA MU ICIPAL COVILHÃ

CÂMARA MU ICIPAL COVILHÃ CÂMARA MU ICIPAL DA COVILHÃ TEXTO DEFINITIVO DA ACTA Nº 18/07 Da reunião extraordinária realizada no dia 27 de Novembro de 2007, iniciada às 09:10 horas e concluída às 09:30 horas. Sumário: Abertura Aprovação

Leia mais

DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS

DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS (Nos termos do nº3 do artº 92º do Decreto-Lei nº 169/99, de 18/09) --------- Reunião de 4 de Abril de 2006 --------- ----PROCESSOS DE OBRAS Nº8

Leia mais

ACTA N.º 21/2002 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 15 / 10 / 2002 RESUMO DIÁRIO DE TESOURARIA REFERENTE AO DIA 14 / 10 / 2002

ACTA N.º 21/2002 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 15 / 10 / 2002 RESUMO DIÁRIO DE TESOURARIA REFERENTE AO DIA 14 / 10 / 2002 CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO ALENTEJO ACTA N.º 21/2002 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 15 / 10 / 2002 PRESENÇAS PRESIDENTE : ESTÊVÃO MANUEL MACHADO PEREIRA VEREADORES : JOÃO LUIS BATISTA PENETRA MANUEL

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE (MANDATO 2013-2017)

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE (MANDATO 2013-2017) (MANDATO 20132017) ATA DA QUARTA REUNIÃO DE 2014 Aos treze dias do mês de fevereiro do ano dois mil e catorze, pelas dez horas, em cumprimento de convocatória emanada nos termos do disposto no n.º 3 do

Leia mais

REGULAMENTO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 1º CICLO MANUAIS ESCOLARES

REGULAMENTO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 1º CICLO MANUAIS ESCOLARES REGULAMENTO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 1º CICLO MANUAIS ESCOLARES Divisão de Educação e Promoção Social Ano Letivo 2014/2015 Regulamento Municipal para atribuição de Auxílios Económicos relativos a manuais escolares,

Leia mais

Município de Leiria Câmara Municipal

Município de Leiria Câmara Municipal DELIBERAÇÃO DA REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE 22 DE ABRIL DE 2014 Serviço responsável pela execução da deliberação Divisão de Desporto Epígrafe 5 Aditamento ao Contrato Programa de Desenvolvimento Desportivo

Leia mais

Reunião Ordinária Pública de

Reunião Ordinária Pública de --ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA PÚBLICA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VILA DO PORTO REALIZADA A 29 DE OUTUBRO DE 2014--------------------------------------------- -- ATA NÚMERO VINTE E DOIS DE DOIS MIL E CATORZE---------------------------------

Leia mais

MINUTA DA ACTA n.º 19/2011

MINUTA DA ACTA n.º 19/2011 MINUTA DA ACTA n.º 19/2011 Minuta da Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, realizada no dia 16 DE AGOSTO DE 2011. Aos dezasseis dias do mês de Agosto de 2011, em

Leia mais

Deliberações Reunião de Câmara de 09 de janeiro 2015 ORDEM DE TRABALHOS

Deliberações Reunião de Câmara de 09 de janeiro 2015 ORDEM DE TRABALHOS Deliberações Reunião de Câmara de 09 de janeiro 2015 ORDEM DE TRABALHOS 1.- PROPOSTA DE ACORDO COLETIVO DE ENTIDADE EMPREGADORA PÚBLICA PARA O MUNICÍPIO DE VIEIRA DO MINHO - RATIFICAÇÃO. Presente, para

Leia mais

Cláusula Segunda Prazo O prazo para execução do presente contrato é 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias a contra da data da consignação.

Cláusula Segunda Prazo O prazo para execução do presente contrato é 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias a contra da data da consignação. CONTRATO DE EMPREITADA DE OBRA PÚBLICA Nº 135/2016 0103/DOM/DEM/15 REPARAÇÕES DIVERSAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL EM ESCOLAS E JARDINS DE INFÂNCIA DO MUNICÍPIO DE OEIRAS Entre: Município de Oeiras, Pessoa Colectiva

Leia mais

Município da Marinha Grande Câmara Municipal

Município da Marinha Grande Câmara Municipal Município da Marinha Grande Câmara Municipal Reunião extraordinária da Página 1 de 27 Aos treze dias do mês de junho de dois mil e catorze, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, reuniu extraordinariamente

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO

CONTRATO DE FORNECIMENTO 1 CÂMARA MUNICIPAL MINUTA DE CONTRATO DE FORNECIMENTO Proc. n.º 22/2014-DPO/SP RECOLHA E TRANSPORTE DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS, LIMPEZA URBANA E LAVAGEM, DESINFEÇÃO E MANUTENÇÃO DE CONTENTORES, NO MUNICÍPIO

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOBAÇA

MUNICÍPIO DE ALCOBAÇA ------18/14 FORNECIMENTO DE FERRO -------------------------------------------------------- ------Aos trinta dias do mês de Maio de dois mil e catorze, no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Câmara Municipal

Leia mais

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA DOZE DE

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA DOZE DE Ata n.º 12 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA DOZE DE JUNHO DE DOIS MIL E TREZE. ------- Aos doze dias do mês de Junho do ano dois mil e treze, na Sala de Sessões da Câmara Municipal de Mora, reuniu

Leia mais

2 16 de Março de 2011 Número 30. Artigo 1.º Objecto. Portaria n.º 20/2011 de 16 de Março

2 16 de Março de 2011 Número 30. Artigo 1.º Objecto. Portaria n.º 20/2011 de 16 de Março 2 16 Março 21 VICE-PRESIDÊNCIADO GOVERNO REGIONAL E SECRETARIAREGIONALDO PLANO E FINANÇAS Portaria n.º 20/21 16 Março O n.º 4 do artigo 35.º da Lei n.º 12-A/20, 27 Fevereiro, com a redacção conferida pela

Leia mais

MODELO DE GOVERNAÇÃO ANEXO I

MODELO DE GOVERNAÇÃO ANEXO I MODELO DE GOVERNAÇÃO ANEXO I Modelo de Governação do Fundo para a Modernização da Justiça ENQUADRAMENTO O Fundo para a Modernização da Justiça (FMJ) foi criado pelo artigo 167.º da Lei n.º 55/2010, de

Leia mais

MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE JANEIRO DE 2016

MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE JANEIRO DE 2016 1 Ata n.º 1/2016 MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE JANEIRO DE 2016 --------No dia sete de janeiro de dois mil e dezasseis, nesta Vila da Murtosa, edifício dos Paços do Município e

Leia mais

Reunião Ordinária de

Reunião Ordinária de -- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VILA DO PORTO REALIZADA A 15 DE MAIO DE 2012---------------------------------------------------------------- -- ATA NÚMERO ONZE DE DOIS MIL E DOZE---------------------------------------------------

Leia mais

S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA Portaria n.º 71/2016 de 4 de Julho de 2016

S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA Portaria n.º 71/2016 de 4 de Julho de 2016 S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA Portaria n.º 71/2016 de 4 de Julho de 2016 Considerando que o Regime Jurídico de Apoio ao Movimento Associativo Desportivo, aprovado pelo Decreto Legislativo Regional n.º 21/2009/A,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MAFRA CONTRATO N. 12/2015 REFORÇO DO ESPORÃO DA PRAIA DO SUL - ERICEIRA

CÂMARA MUNICIPAL DE MAFRA CONTRATO N. 12/2015 REFORÇO DO ESPORÃO DA PRAIA DO SUL - ERICEIRA Aos dez dias do mês de Março do ano dois mil e quinze, no edifício dos Paços do Município de Mafra, perante mim, Ana Maria Ferreira Loureiro Pereira Viana Taborda Barata, Licenciada em Direito, Directora

Leia mais

DAF/ID Ata da reunião ordinária de 23 de Novembro de /13

DAF/ID Ata da reunião ordinária de 23 de Novembro de /13 ATA N.º 22 - REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA EM VINTE E TRÊS DE NOVEMBRO DE DOIS MIL E ONZE Aos vinte e três dias do mês de Novembro, do ano dois mil e onze, nesta Vila de Vieira do Minho, no Edifício dos

Leia mais

Tribunal de Contas ENTIDADES PÚBLICAS PARTICIPANTES RESOLUÇÃO

Tribunal de Contas ENTIDADES PÚBLICAS PARTICIPANTES RESOLUÇÃO RESOLUÇÃO ENTIDADES PÚBLICAS PARTICIPANTES Resolução n.º 6/2013 2ª Secção Alteração à Resolução n. o 4/2001 2. a Secção. Instruções n. o 1/2001 2. a Secção instruções para a organização e documentação

Leia mais

EXTRACTO DA ACTA Nº 21. Aos trinta dias do mês de Maio de dois mil e oito, pelas dezoito horas e trinta

EXTRACTO DA ACTA Nº 21. Aos trinta dias do mês de Maio de dois mil e oito, pelas dezoito horas e trinta EXTRACTO DA ACTA Nº 21 Aos trinta dias do mês de Maio de dois mil e oito, pelas dezoito horas e trinta minutos, reuniu em Assembleia Geral, no Auditório do Estádio José Alvalade, na Rua Professor Fernando

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 03/2016

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 03/2016 ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 03/2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO DOMÍNIO DA COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO (RECI) Sistema de Incentivos às Empresas Inovação Produtiva Majoração «Execução do Investimento»

Leia mais

E D I T A L N.º 132/2016

E D I T A L N.º 132/2016 E D I T A L N.º 132/2016 R E U N I Ã O O R D I N Á R I A D A C Â M A R A M U N I C I P A L D E P E N I C H E 19 D E S E T E M B R O D E 2016 -----------ANTÓNIO JOSÉ FERREIRA SOUSA CORREIA SANTOS, PRESIDENTE

Leia mais

MUNICIPAL SUMÁRIO 2.º SUPLEMENTO AO BOLETIM MUNICIPAL N.º 1158 RESOLUÇÕES DOS ÓRGÃOS DO MUNICÍPIO CÂMARA MUNICIPAL

MUNICIPAL SUMÁRIO 2.º SUPLEMENTO AO BOLETIM MUNICIPAL N.º 1158 RESOLUÇÕES DOS ÓRGÃOS DO MUNICÍPIO CÂMARA MUNICIPAL B O L E T I M C Â M A R A M U N I C I P A L D E L I S B O A 2.º SUPLEMENTO AO BOLETIM SUMÁRIO RESOLUÇÕES DOS ÓRGÃOS DO MUNICÍPIO CÂMARA Deliberações (Reunião Pública de Câmara realizada em 27 de abril

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR PREÂMBULO A Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro, diploma que estabelece, entre outros, o regime jurídico das autarquias locais, veio atribuir, no

Leia mais

CONTRATO DE EMPREITADA DE OBRAS PÚBLICAS. (Contrato n.36/2014) Obras de Reparação no Edifício da Casa de Artes e Cultura do Tejo

CONTRATO DE EMPREITADA DE OBRAS PÚBLICAS. (Contrato n.36/2014) Obras de Reparação no Edifício da Casa de Artes e Cultura do Tejo MUNICÍPIO DE VILA VELHA DE RÓDÃO CÂiv1A1~A. 1S IUNICIPAL CONTRATO DE EMPREITADA DE OBRAS PÚBLICAS (Contrato n.36/2014) Obras de Reparação no Edifício da Casa de Artes e Cultura do Tejo No dia quatro de

Leia mais

CÂMAR4 MUNICIPAL DE MAFRA

CÂMAR4 MUNICIPAL DE MAFRA CÂMAR4 MUNICIPAL DE MAFRA PRESTAÇÃO DO SERVIÇO DE PREPARAÇÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE REFEIÇÕES (ALMOÇOS E LANCHES) Aos quinze dias do mês de Dezembro do ano dois mil e catorze, no edifício dos Paços do Município

Leia mais

Reunião Ordinária de

Reunião Ordinária de -- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VILA DO PORTO REALIZADA A 15 DE MAIO DE 2015---------------------------------------------------------------- -- ATA NÚMERO DEZ DE DOIS MIL E QUINZE--------------------------------------------------

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MAFRA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, NA MODALIDADE DE AVENÇA

CÂMARA MUNICIPAL DE MAFRA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, NA MODALIDADE DE AVENÇA CÂMARA MUNICIPAL DE MAFRA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, NA MODALIDADE DE AVENÇA Entre o Município de Malta, pessoa colectiva n. 502 177 080, sediado na Praça do Município, 2644-001 Mafra, representado

Leia mais

DAF/ID Ata da reunião ordinária de 05 de dezembro de /10

DAF/ID Ata da reunião ordinária de 05 de dezembro de /10 ATA Nº 23 - REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA EM CINCO DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E DOZE Aos cinco dias do mês de dezembro, do ano dois mil e doze, nesta Vila de Vieira do Minho, no Edifício dos Paços do Município,

Leia mais

UNIÃO DAS FREGUESIA DE RECARDÃES E ESPINHEL

UNIÃO DAS FREGUESIA DE RECARDÃES E ESPINHEL UNIÃO DAS FREGUESIA DE RECARDÃES E ESPINHEL REGULAMENTO DE INCENTIVO À NATALIDADE Página 1 de 7 Nota Justificativa Considerando que a diminuição da Natalidade é um problema premente e preocupante nas regiões

Leia mais

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, SAD

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, SAD SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, SAD Sociedade Aberta Capital Social: 39 000 000 euros Capital Próprio: (75.593.000) euros aprovado em Assembleia Geral de 28 de Setembro de 2012 Sede Social: Estádio

Leia mais

DAF/ID Ata da reunião ordinária de 19 de dezembro de /12

DAF/ID Ata da reunião ordinária de 19 de dezembro de /12 ATA Nº 24 - REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA EM DEZANOVE DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E DOZE Aos dezanove dias do mês de dezembro, do ano dois mil e doze, nesta Vila de Vieira do Minho, no Edifício dos Paços do

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MACEDO DE CAVALEIROS

CÂMARA MUNICIPAL DE MACEDO DE CAVALEIROS CÂMARA MUNICIPAL DE MACEDO DE CAVALEIROS ACTA N.º 6/09 REUNIÃO ORDINARIA DA CAMARA MUNICIPAL NOVO MANDATO DE 29 DE DEZEMBRO DE 2009 VICE-PRESIDENTE: MANUEL DUARTE FERNANDES MORENO VEREADORES: RUI MANUEL

Leia mais

MUNICIPIO DE CELORICO DE BASTO. CÂMARA MUNICIPAL REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2012/07/16 Nº 16/2012 Fls.

MUNICIPIO DE CELORICO DE BASTO. CÂMARA MUNICIPAL REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2012/07/16 Nº 16/2012 Fls. MUNICIPIO DE CELORICO DE BASTO CÂMARA MUNICIPAL REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2012/07/16 Nº 16/2012 Fls. Aos dezasseis dias de Julho do ano de dois mil e doze, na sala de reuniões do 2º piso do Edifício dos Paços

Leia mais

HABISOLVIS E.M. - Empresa Municipal de Habitação Social de Viseu

HABISOLVIS E.M. - Empresa Municipal de Habitação Social de Viseu ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA EMPRESA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO HABISOLVIS REALIZADA NO DIA VINTE E NOVE DE MARÇO DE DOIS MIL E DEZASSEIS. ------ Aos vinte e nove dias do mês de março de dois mil e dezasseis,

Leia mais

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 06 DE AGOSTO 2015 Nº 16 /2015

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 06 DE AGOSTO 2015 Nº 16 /2015 ATA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 06 DE AGOSTO 2015 Nº 16 /2015 PRESIDENTE: Nuno Manuel Sousa Pinto de Carvalho Gonçalves. VEREADORES PRESENTES: José Manuel Gonçalves, Manuel José Ramalho Ramos

Leia mais

Município de Leiria Câmara Municipal

Município de Leiria Câmara Municipal Município de Leiria Câmara Municipal Subunidade Orgânica de Expediente Geral DELIBERAÇÃO DA REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE 18 DE SETEMBRO DE 2012 Serviço responsável pela execução da deliberação Divisão

Leia mais

INCENTIVO FISCAL AO ABATE DE VEÍCULOS EM FIM DE VIDA. Condições de acesso ao incentivo 2016/2017

INCENTIVO FISCAL AO ABATE DE VEÍCULOS EM FIM DE VIDA. Condições de acesso ao incentivo 2016/2017 INCENTIVO FISCAL AO ABATE DE VEÍCULOS EM FIM DE VIDA Condições de acesso ao incentivo 2016/2017 A Lei nº 82-D/2014, de 31 de dezembro (Lei da Fiscalidade Verde ), alterada pela Lei n.º 7-A/2016 de 30 de

Leia mais

(R ) 1 FREGUESIA DE FAZENDAS DE ALMEIRIM ACTA NÚMERO NOVENTA E NOVE DE DOIS MIL E NOVE

(R ) 1 FREGUESIA DE FAZENDAS DE ALMEIRIM ACTA NÚMERO NOVENTA E NOVE DE DOIS MIL E NOVE (R.2009.12.11) 1 FREGUESIA DE FAZENDAS DE ALMEIRIM --------ACTA NÚMERO NOVENTA E NOVE DE DOIS MIL E NOVE--------- --------Aos onze dias do mês de Novembro do ano de dois mil e nove, pelas dezanove horas,

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO MAR, DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO MAR, DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO 12629 Despacho (extrato) n.º 5181/2013 Em conformidade com o estipulado na alínea b) do n.º 1 do artigo 37.º da Lei n.º 12 -A/2008, de 27 de fevereiro, torna -se público para os devidos efeitos que por

Leia mais

MUNICÍPIO DE LAGOA AÇORES REGULAMENTO DO PAGAMENTO EM PRESTAÇÕES DA RECEITA DO FORNECIMENTO DE ÁGUA. Preâmbulo

MUNICÍPIO DE LAGOA AÇORES REGULAMENTO DO PAGAMENTO EM PRESTAÇÕES DA RECEITA DO FORNECIMENTO DE ÁGUA. Preâmbulo REGULAMENTO DO PAGAMENTO EM PRESTAÇÕES DA RECEITA DO FORNECIMENTO DE ÁGUA Preâmbulo O Regulamento Municipal dos Sistemas Públicos e Predial de Distribuição de Água e Drenagem de Águas Residuais do Concelho

Leia mais

PONTO 1 - INFORMAÇÃO/PROPOSTA N.º 72 MANDATO 2013/2017, APRESENTADA PELO PRESIDENTE DA CÂMARA PARTICIPAÇÃO DE 5% NO I.R.S...

PONTO 1 - INFORMAÇÃO/PROPOSTA N.º 72 MANDATO 2013/2017, APRESENTADA PELO PRESIDENTE DA CÂMARA PARTICIPAÇÃO DE 5% NO I.R.S... PONTO 1 - INFORMAÇÃO/PROPOSTA N.º 72 MANDATO 2013/2017, APRESENTADA PELO PRESIDENTE DA CÂMARA PARTICIPAÇÃO DE 5% NO I.R.S..... PONTO 2 INFORMAÇÃO/PROPOSTA N.º 73 MANDATO 2013/2017, APRESENTADA PELO PRESIDENTE

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 01/2014 -

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 01/2014 - - ATA N.º 01/2014 - ---------- Aos vinte e oito dias do mês de fevereiro do ano de dois mil e catorze, no Centro de Convívio de Rio de Moinhos, reuniu ordinariamente a Assembleia Municipal de Aljustrel,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SOUSEL E D I T A L

CÂMARA MUNICIPAL DE SOUSEL E D I T A L E D I T A L ARMANDO JORGE MENDONÇA VARELA, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SOUSEL: Ao abrigo do disposto no artigo 56º do Anexo I da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, FAZ PÚBLICO QUE, a Câmara Municipal

Leia mais

Ata da Quadragésima Quarta Reunião Ordinária

Ata da Quadragésima Quarta Reunião Ordinária 126 Ata da Quadragésima Quarta Reunião Ordinária Ata da 44ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Itajubá, realizada aos dezesseis dias do mês de dezembro de dois mil e treze as treze horas e trinta

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ CÂMARA MUNICIPAL DA COVILHÃ TEXTO DEFINITIVO DA ACTA Nº 3-A/0 Da reunião extraordinária realizada no dia 2 de Novembro de 200, iniciada às 09:20 horas e concluída às 09:2 horas. Sumário: Abertura Aprovação

Leia mais

Aos vinte e nove dias do mês de novembro de dois mil e treze, os seguintes outorgantes:

Aos vinte e nove dias do mês de novembro de dois mil e treze, os seguintes outorgantes: CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SERVIÇOS DE PRODUÇÃO DE DOCUMENTO DE DESIGN E ACOMPANHAMENTO DE PRODUÇÃO DE JOGO ESTRATÉGICO PARA A REDE DE CASTELOS E MURALHAS DO MONDEGO Valor: 34.000,00 Aos vinte e nove

Leia mais

NORMAS PARA OPERACIONALIZAÇÃO DAS ISENÇÕES E / OU REDUÇÕES DE TAXAS E BENEFICIOS FISCAIS

NORMAS PARA OPERACIONALIZAÇÃO DAS ISENÇÕES E / OU REDUÇÕES DE TAXAS E BENEFICIOS FISCAIS ANEXO III NORMAS PARA OPERACIONALIZAÇÃO DAS ISENÇÕES E / OU REDUÇÕES DE TAXAS E BENEFICIOS FISCAIS No âmbito da estratégia de reabilitação urbana serão concedidos os seguintes apoios: 1. TAXAS MUNICIPAIS

Leia mais

cnt COMISSÃO NACIONAL DE ELEiÇÕES ATA N.o 137/XIV Teve lugar no dia onze de março de dois mil e catorze, a reunião número cento

cnt COMISSÃO NACIONAL DE ELEiÇÕES ATA N.o 137/XIV Teve lugar no dia onze de março de dois mil e catorze, a reunião número cento cnt ATA N.o 137/XIV Teve lugar no dia onze de março de dois mil e catorze, a reunião número cento e trinta e sete da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na Avenida D. Carlos I, n.o

Leia mais

REGULAMENTO DO REGISTO DAS SOCIEDADE CIVIS DE SOLICITADORES

REGULAMENTO DO REGISTO DAS SOCIEDADE CIVIS DE SOLICITADORES REGULAMENTO DO REGISTO DAS SOCIEDADE CIVIS DE SOLICITADORES O Estatuto da Câmara dos Solicitadores, aprovado pelo Decreto-Lei 88/2003, de 26 de Abril, no seu artigo 102º, prevê que os solicitadores podem

Leia mais

Município de Santarém

Município de Santarém Município de Santarém CÂMARA MUNICIPAL Minuta da Ata nº 9 Data da Reunião Ordinária 02-05-2016 Início da Reunião 15.10 horas Termo da Reunião 16.45 horas Membros da Câmara Municipal que compareceram à

Leia mais

Ex. m.ºs Senhores Subdirectores- Gerais Directores de Serviços Directores de Finanças Representantes da Fazenda Pública. Assunto:

Ex. m.ºs Senhores Subdirectores- Gerais Directores de Serviços Directores de Finanças Representantes da Fazenda Pública. Assunto: Classificação: 000.01.09 DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DO IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS COLECTIVAS Ofício n.º: Processo: Entrada Geral: N.º Identificação Fiscal (NIF): Sua Ref.ª: Técnico: João Sousa Cód.

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO PARA ATRIBUIÇÃO E UTILIZAÇÃO DE TELEMÓVEIS DO MUNICÍPIO DE SALVATERRA DE MAGOS PARA USO OFICIAL

REGULAMENTO INTERNO PARA ATRIBUIÇÃO E UTILIZAÇÃO DE TELEMÓVEIS DO MUNICÍPIO DE SALVATERRA DE MAGOS PARA USO OFICIAL REGULAMENTO INTERNO PARA ATRIBUIÇÃO E UTILIZAÇÃO DE TELEMÓVEIS DO MUNICÍPIO DE SALVATERRA DE MAGOS PARA USO OFICIAL Preâmbulo Considerando que a utilização de telemóveis pelos responsáveis e serviços da

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 3/2013

ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 3/2013 ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 3/2013 Por alteração da Orientação de Gestão da Orientação de Gestão n. º 1/2012 (06-01-2012), n.º 1/2010 (29-03-2010) e da Orientação de Gestão n.º 7/2008 (21-01-2009) REGRAS

Leia mais

Regulamento específico Assistência Técnica FEDER

Regulamento específico Assistência Técnica FEDER Regulamento específico Assistência Técnica FEDER Capítulo I Âmbito Artigo 1.º Objecto O presente regulamento define o regime de acesso aos apoios concedidos pelo Programa Operacional de Assistência Técnica

Leia mais

Pagamento da taxa através da guia n.º de / /

Pagamento da taxa através da guia n.º de / / Registo de Entrada N.º Proc.º Em / / Funcionário: Informação - Prosseguir seus termos Em / / A Responsável da U.O.F.U.O.S.U. Despacho - Prosseguir seus termos Em / / O Vereador do Pelouro Exm.º Senhor:

Leia mais

DAF/ID Ata da reunião ordinária de 18 de Janeiro de /6

DAF/ID Ata da reunião ordinária de 18 de Janeiro de /6 MINUTA DA ATA Nº 02 - REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA EM DEZOITO DE JANEIRO DE DOIS MIL E DOZE Aos dezoito dias do mês de janeiro, do ano dois mil e doze, nesta Vila de Vieira do Minho, no Edifício dos Paços

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA DOZE DE AGOSTO

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA DOZE DE AGOSTO Acta n.º 16 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA DOZE DE AGOSTO DE DOIS MIL E QUINZE. -------------- ------- Aos doze dias de mês de Agosto do ano de dois mil e quinze, na Sala de Sessões da Câmara

Leia mais

01 PAGAMENTOS DO MÊS ------ O Conselho de Administração deliberou aprovar as seguintes propostas de pagamento: ---------------

01 PAGAMENTOS DO MÊS ------ O Conselho de Administração deliberou aprovar as seguintes propostas de pagamento: --------------- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA EMPRESA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO HABISOLVIS REALIZADA NO DIA VINTE E SETE DO MÊS DE JUNHO DE DOIS MIL E TREZE. ------ Aos vinte e sete dias do mês de junho de dois mil e treze,

Leia mais

Capítulo I Constituição do Orçamento

Capítulo I Constituição do Orçamento REPÚBLICA DE ANGOLA ASSEMBLEIA NACIONAL Lei n.º 2/03 de 7 de Janeiro O Orçamento Geral do Estado é o principal instrumento da política económica e financeira que expresso em termos de valores, para um

Leia mais

EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 6 DE JULHO DE 2016

EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 6 DE JULHO DE 2016 EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 6 DE JULHO DE 2016 JOSÉ GABRIEL CALIXTO, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, em conformidade

Leia mais

PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTOS PARTE ESPECIFICA (REF G1)

PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTOS PARTE ESPECIFICA (REF G1) PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTOS PARTE ESPECIFICA (REF G1) A duração desta prova é de 30 minutos MATERIAL O material desta prova é constituído por este caderno de questões e pela folha de respostas para

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE RESENDE, REALIZADA EM

CÂMARA MUNICIPAL DE RESENDE, REALIZADA EM Acta nº. 17/2010 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE RESENDE, REALIZADA EM 16.08.2010 LOCAL: ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Município de Marvão. Alienação das Habitações do Bairro Fronteira de Marvão

Município de Marvão. Alienação das Habitações do Bairro Fronteira de Marvão Victor Manuel Martins Frutuoso, Presidente da Câmara Municipal de Marvão, torna públicas as condições de alienação das habitações do Bairro da Fronteira, aprovadas na reunião de Câmara Municipal, do dia

Leia mais

2. Os terrenos rústicos e a sua base de licitação, a que corresponde a 12,00 (doze euros) por hectare e por ano, são os seguintes:

2. Os terrenos rústicos e a sua base de licitação, a que corresponde a 12,00 (doze euros) por hectare e por ano, são os seguintes: Hasta pública (apresentação de proposta em carta fechada) para arrendamento rural agrícola de terrenos rústicos das Freguesias de Beirã, Santa Maria de Marvão, Santo António das Areias e São Salvador da

Leia mais

N.º 288/2016/PCM/MANDATO

N.º 288/2016/PCM/MANDATO Ata da Reunião Ordinária Pública da Câmara Municipal do Concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, realizada no dia dezoito de janeiro de dois mil e dezasseis. -------- Aos dezoito dias do mês de janeiro

Leia mais

ACTA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 24 DE MARÇO DE 2011 Nº 06/2011

ACTA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 24 DE MARÇO DE 2011 Nº 06/2011 ACTA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 24 DE MARÇO DE 2011 Nº 06/2011 PRESIDENTE: José Manuel Gonçalves. VEREADORES PRESENTES: Mário Francisco Cancela Mesquita Montes, Salvador Costa Ferreira, Nei

Leia mais

ATA Nº Apresentação de contas do ano 2015;

ATA Nº Apresentação de contas do ano 2015; ATA Nº 13 Ao terceiro dia do mês de Fevereiro do ano de 2016, pelas 20 horas e 15 minutos, reuniram em Assembleia ordinária, os condóminos do prédio em regime de propriedade horizontal sito na Av. Abraão

Leia mais

MEMORANDO ASSEMBLEIA DISTRITAL DE LISBOA

MEMORANDO ASSEMBLEIA DISTRITAL DE LISBOA Doc 6 Conf Rep 18.5.2015 MEMORANDO ASSEMBLEIA DISTRITAL DE LISBOA 1 - PONTO DE SITUAÇÂO (Desde Outubro de 2014): Universalidade Jurídica da ADL Em 24-10-2014 a Assembleia Distrital de Lisboa deliberou

Leia mais

FEIRA DE SÃO SIMÃO - PROGRAMA DO PROCEDIMENTO PROGRAMA

FEIRA DE SÃO SIMÃO - PROGRAMA DO PROCEDIMENTO PROGRAMA PROGRAMA ARTIGO 1º (OBJETO) 1. O presente programa tem por objeto a definição das regras a que obedece a entrega das candidaturas e os trâmites subsequentes até à atribuição do direito à instalação e exploração

Leia mais

ATA N.º 11/2016. Ata da Reunião Ordinária de 14/06/2016 Página 1 de 7

ATA N.º 11/2016. Ata da Reunião Ordinária de 14/06/2016 Página 1 de 7 ATA N.º 11/2016 ----- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE CATORZE DE JUNHO DE DOIS MIL E DEZASSEIS. ------------------------------------------------------ ----- Aos catorze dias do mês de

Leia mais

DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS

DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS (Nos termos do nº3 do artº 92º do Decreto-Lei nº 169/99, de 18/09) ------- Reunião de 2 de Dezembro de 2003 -------- ---- ARREMATAÇÃO DE BANCAS,

Leia mais

Realização de Acampamentos Ocasionais

Realização de Acampamentos Ocasionais Capítulo 470 Realização de Acampamentos Ocasionais MR.470.01.Vers.1.0.b Página 1 de 11 Conteúdo PREÂMBULO... 3 CAPÍTULO I - ÂMBITO DE APLICAÇÃO... 4 Artigo 1.º Lei habilitante... 4 Artigo 2.º Âmbito e

Leia mais

AN-------- Aos sete dias do mês de Fevereiro do ano de dois mil e onze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila

AN-------- Aos sete dias do mês de Fevereiro do ano de dois mil e onze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila AN-------- Aos sete dias do mês de Fevereiro do ano de dois mil e onze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e

Leia mais

MUNICIPIO DE VIMIOSO CÂMARA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO

MUNICIPIO DE VIMIOSO CÂMARA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO CONCURSO PÚBLICO Fornecimento de Serviços e Materiais para a Gestão Activa de Espaços Naturais no Parque Ibérico de Natureza e Aventura de Vimioso - Concepção de Projectos de Arquitectura e Especialidades,

Leia mais

DECLARAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA

DECLARAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA DECLARAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA CONSTITUIÇÃO DE DIREITOS REAIS DE HABITAÇÃO PERIÓDICA (DRHP) Enquadramento Legal: Decreto-Lei n.º 275/93, de 5 de Agosto, na redacção dada pelo Decreto-Lei n.º 37/2011,

Leia mais

I PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA

I PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA ------------------------------------------------------------------------ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA ------------------------------------------------------------------------MUNICIPAL, REALIZADA A

Leia mais

ATA N.º 38 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VILA FLOR, REALIZADA EM DOZE DE SETEMBRO DE DOIS MIL E ONZE

ATA N.º 38 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VILA FLOR, REALIZADA EM DOZE DE SETEMBRO DE DOIS MIL E ONZE ATA N.º 38 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VILA FLOR, REALIZADA EM DOZE DE SETEMBRO DE DOIS MIL E ONZE Aos doze dias do mês de setembro do ano de dois mil e onze, no Edifício dos Paços do Concelho

Leia mais

Agrupamento de Escolas José Estêvão. Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral

Agrupamento de Escolas José Estêvão. Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral Agrupamento de Escolas José Estêvão Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral Secção I Disposições gerais Artigo 1º Objeto O presente regulamento estabelece as condições e procedimentos

Leia mais

Regulamento Municipal de Atribuição de. Bolsas de Mérito Desportivo

Regulamento Municipal de Atribuição de. Bolsas de Mérito Desportivo PREÂMBULO O desporto assume na sociedade atual um papel de extrema importância, não apenas na promoção da saúde, do desenvolvimento económico e na formação dos cidadãos mas, igualmente, como elemento valorizador

Leia mais

PARECER N.º 116/CITE/2013

PARECER N.º 116/CITE/2013 PARECER N.º 116/CITE/2013 Assunto: Parecer prévio à intenção de recusa do pedido de autorização de trabalho em regime de horário flexível de trabalhador com responsabilidades familiares, nos termos do

Leia mais

PROPOSTA N.º 46/P/2011

PROPOSTA N.º 46/P/2011 Fls. 253 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 12 DE SETEMBRO DE 2011 ACTA N.º 18 Aos doze dias do mês de Setembro do ano de dois mil e onze, nesta Vila de Ourique, no Salão Nobre, no Edifício dos Paços

Leia mais

*************************************

************************************* CONTRATO Contrato nº: 228/2014 Ajuste Directo nº : 5410215/2014 Fornecimento de: Perfluoron Octane 100% Frs 5 Ml Firma: Optifar Importação e Exportação, Ld.ª Valor contratual: 17.327,50 (dezassete mil

Leia mais

Lei n.º 20/2012, de 14 de maio. A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea g) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte:

Lei n.º 20/2012, de 14 de maio. A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea g) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: Lei n.º 20/2012, de 14 de maio A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea g) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: Artigo 1.º Objeto 1. A presente lei altera a Lei n.º 64-B/2011, de

Leia mais

REUNIÃO DE 13 DEZEMBRO DE 2013 Fl - 1

REUNIÃO DE 13 DEZEMBRO DE 2013 Fl - 1 REUNIÃO DE 13 DEZEMBRO DE 2013 Fl - 1 ATA N.º 29/2013 (Contém 10 páginas) ------------ Aos treze dias do mês de dezembro do ano de dois mil e treze, pelas 09.30h, nesta Cidade de Miranda do Douro no edifício

Leia mais

Câmara Municipal de Aljezur. Ata nº 11/15

Câmara Municipal de Aljezur. Ata nº 11/15 Câmara Municipal de Aljezur Ata nº 11/15 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA Local: Salão Nobre dos Paços do Concelho Data: 21 de abril de 2015 Inicio: 15.00 horas Encerramento: 16.10 horas Aprovada em: 28 de abril

Leia mais

MUNICÍPIO DE NISA - CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DE NISA - CÂMARA MUNICIPAL INÍCIO: 14H25m - TERMO: 17H00 LOCAL: NISA/BIBLIOTECA MUNICIPAL EXECUTIVO: Srª Presidente da Câmara, Engª Maria Gabriela Tsukamoto e Srs. Vereadores Drª Idalina Trindade, Drª Fernanda Policarpo, Dr. Manuel

Leia mais