No meio do caminho em nossa vida, eu me encontrei por uma selva escura porque a direita via era perdida...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "No meio do caminho em nossa vida, eu me encontrei por uma selva escura porque a direita via era perdida..."

Transcrição

1 1. Não queria ser pomposa ou resvalar para uma erudição, que não tenho como devia, nesta apresentação que vou fazer. Mas trago Dante e a Divina Comédia para começar a falar convosco, esta tarde. Começa assim o longo poema, de 14 mil versos, que o poeta italiano escreveu no toscano que todos podiam entender, e não em latim, apenas acessível a uma elite. No meio do caminho em nossa vida, eu me encontrei por uma selva escura porque a direita via era perdida... Este ano, tive a sorte de visitar a casa de Dante, em Florença. De engrossar o número de pessoas que circunda a velha casa de pedra, e que murmura num italiano titubeante: Nel mezzo del cammin di nostra vita mi ritrovai per una selva oscura, ché la diritta via era smarrita. Duas ou três portas abaixo, no mesmo bairro sinuoso, fica a capela onde Beatriz rezava, e onde Dante a via, fugazmente. Há uma estranha força nesses caminhos, e ainda mais num gesto insólito a que se dedicam boa parte dos que visitam o local: escrevem notas, preces, dedicatórias a Beatriz, que depositam num cesto de verga. Os bilhetes podem ser lidos por outros, uma vez que não são lacrados ou depositados num contentor fechado. São frases íntimas, como que tiradas de um diário, qualquer coisa que uma

2 pessoa escreve a si mesma fazendo um percurso enviesado e passando por figuras inspiradores. Juntei-me ao grupo dos que escrevem a si mesmos escrevendo a Beatriz. E, além disso, escrevi a Beatriz e a Dante para lhes dizer como os meus caminhos se tinham cruzado com os seus. Foi através de Maria Filomena Molder. Simbolicamente quis juntar o nome da minha professora àquele processo efabulador e àquele lugar. Podem fazer troça à vontade. Digo sem pejo que escrevi numa nota para duas criaturas quase mitológicas, numa igreja medieval, para selar a minha devoção, e, mais do que tudo, a minha gratidão, por uma professora. O meu mundo é o das fábulas. Acredito no seu poder gerador, de vida, e, sobretudo, de felicidade. É neste tipo de rituais que me sinto eu. 2. Vou deter-me no primeiro verso do poema. Eu estava num ponto do caminho que já não é o começo quando fui aluna de Maria Filomena Molder. Excepcionalmente, nesse ano, ensinou Filosofia Medieval no segundo semestre. Escolheu a Divina Comédia como núcleo a partir do qual iríamos estudar o pensamento medieval. Conseguem imaginar o assombro de pensar o mundo a partir da poesia, da perplexidade, da inquietação? E conseguem imaginar o que isso representa quando estamos acompanhados de uma professora que nos leva pela mão, bem soltos, e não bem presos, e que nos mantém presos por causa da sua força magnética, e que nos atira constantemente para a liberdade? É uma condução imperiosa e subtil. Dante encontrou no poeta Virgílio, que ele amava, o seu guia e tutor. Antes de mais, uma coisa que aprendi: a poder usar a palavra amor, referindo-me, por exemplo, a poetas, indo ao encontro do significado íntimo da palavra amor. E pondo atrás das costas a carga específica que ela tem na vida de todos os dias. Ama-se um texto, um autor como se ama uma mãe ou um marido? Claro que não. Evidentemente falamos de diferentes planos de relação. Mas a acepção da palavra é no essencial a mesma. E tem que ver com o que se intromete na nossa vida e nos faz ser outros. Com o que nos muda e se torna parte constitutiva de quem somos. Virgílio, dizia eu, foi o pai putativo que acompanhou Dante nas trevas da selva oscura. Mutatis mutandis, eu encontrei em Maria Filomena Molder essa certeza de estar segura, o desafio, uma figura tutelar para a minha viagem. Evocá-la, e às suas aulas, significa trazer uma miríade de pensadores, artistas, escritores, pessoas que nos ajudam a sentirmo-nos menos sozinhos na nossa selva oscura. Significa abrir portas e portas, sentir estranheza e sentir familiaridade. Significa

3 aquilo que Caetano Veloso sintetizou na canção Livro: Porque a frase, o conceito, o enredo, o verso (e, sem dúvida, sobretudo o verso) é o que mais pode lançar mundos no mundo Não imagino que um professor possa ser melhor do que isto. Não imagino que a escola possa ser melhor do que isto. Um professor pode ser uma pessoa fulcral na nossa vida. Talvez deva ser uma pessoa fulcral na nossa vida. Um interlocutor privilegiado. Alguém a quem perguntar. Alguém que nos instala na vontade de compreender. Sobretudo, alguém que nos ensina a pensar. Talvez seja isto a Filosofia. 3. Do que estou a falar, quando devia falar da FCSH, que assinala os seus 36 anos, quando devia falar da especificidade desta faculdade, é de mim e dos meus encontros. Do que também fez de mim quem sou. É nesta apresentação, heterodoxamente política, mas política, que falo de educação, do que entendo que deve ser a preocupação primeira de uma faculdade. Numa linha, de criar nos seus alunos uma apetência pelo saber, uma formação que é, para começar, e como não pode deixar de ser, incipiente, mas que contém em si o gérmen da curiosidade, também o da incompreensão, e os alicerces que servirão para a construção do edifício. Numa palavra, pensar. Esse processo, meticuloso, complexo, laborioso, não pode ser feito sem professores excepcionais, sem uma composição criteriosa dos departamentos. Há encontros que mudam uma vida, como já expus. E se um aluno se sentir tocado, desta maneira fulminante, por um professor, há já qualquer coisa preciosa que é resgatada. Que é salva. Que uma vez, ao menos, se dê uma epifania assim na vida de uma pessoa. Que maravilha se isso acontecer na faculdade. E que maravilha se isto acontecer numa universidade pública. E que maravilha, ainda, se aos professores é dada a liberdade de ensinar assim. Sou dos que acreditam que um país só é país se tiver serviços públicos de qualidade acessíveis a todos. Saúde e Educação, para começar. Seria bom que os nossos governantes percebessem isto, que para mim é elementar. Urge acabar com o desinvestimento na educação. Gostava que não entendessem o que disse até aqui como um longo preâmbulo para falar agora como falam as pessoas que mandam e fazem avançar o mundo. O que faz avançar o meu mundo tem outros vocábulos na sua origem. E se falei até agora, mais do que tudo, de uma professora, é porque ela encarna grandemente isto que penso que uma faculdade deve ser. Mas acima de tudo está a Filosofia, essa disciplina que no seu étimo quer dizer amor ao saber, e que nos serve de instrumento para compreender o mundo, para nos compreendermos no

4 mundo. Acima de tudo está o aprender a pensar criticamente, a atitude de interrogação e de questionamento. Estes são os nossos tesouros. 4. Talvez deva agora dizer o que nos discursos canónicos vem no princípio. Dizer da minha relação com a FCSH. Eu não fui uma aluna regular nem extraordinária. Eu tinha quase 30 anos quando me mudei do norte para Lisboa e para uma casa não muito longe da faculdade. Já trabalhava há uns anos, já tinha feito rádio, televisão, imprensa. Não tinha uma formação académica, até então. Entrei em Coimbra em Direito, com 18 anos, e com média de 18. Acho que foi disso que gostei. De ter entrado com média de 18. Mas, para ser sincera, o Direito não me interessava para nada. E hoje acho que não seria possível tirar um curso de Direito. Não é a minha cabeça. Não é o meu modo de me apropriar das palavras, dos conceitos e interpretar o mundo. Não fiz uma única cadeira em Direito. Quando decidi retomar os estudos, não tive dúvida de que não estudaria Ciências da Comunicação, mas sim Filosofia. Melhor: ainda hesitei e pensei se não poderia ser Estudos Portugueses... Sem grande resistência, foi Filosofia. Porquê, se já trabalhava na área da comunicação? Porque intuí o que hoje posso argumentar com firmeza: a Filosofia ensina-nos o mais precioso e basilar dos procedimentos: a pensar. A partir daqui, como dizia o Caetano, pode-se lançar mundos no mundo. Sempre que falo com jovens que querem ser jornalistas e me pedem conselhos sobre a melhor forma de prosseguir os seus intentos, falo da importância da palavra, como célula primeira. É no pensar que nos fazemos humanos. É na palavra, burilada, que ilumina o mundo onde antes era escuro, que nos fazemos pessoas. Que me perdoem os professores de Ciências da Comunicação, mas não percebo porque se esforçam tanto os alunos para conseguir uma média altíssima e entrar nesse curso quando podem fazer a diferença e adquirir competências singulares se estudarem Filosofia ou Estudos Portugueses. As regras do comunicar são importantes e há que aprendê-las, mas antes disso vem a relação com a palavra. Que, na minha imaginação, deve ser amorosa e atenta. O resto aprende-se, e muito se aprende fazendo.

5 5. Também devia ter começado por dizer que não fui aluna da FCSH. Eu sou aluna da FCSH. Actualmente frequento o mestrado em Filosofia, variante Estética. Estou a ultimar uma tese que tem por objecto a afirmação e a negação da vida no livro Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis. Ou seja, estou a fazer um mestrado em Filosofia incidindo sobre literatura brasileira. Mais uma vez, faço a apologia do cruzamento de caminhos, da multiplicidade de abordagens. De uma coisa a que talvez chamem numa linguagem que não é a minha transdisciplinaridade. Mas aceito e adopto a palavra. O que eu disse de Maria Filomena Molder é em larga medida extensível aos meus orientadores neste processo, os professores João Constâncio e Abel Barros Baptista. O pudor impede-me de ser tão efusiva como posso ser com a Prof. Molder, agora que se reformou e sei que não nos vamos voltar a encontrar na qualidade de professora-aluna. Sempre ouvi dizer que dar graxa é foleiro. Mas tenho de dizer que é bom encontrar na mesma universidade professores tão inspiradores, e felizmente, além dos citados, encontrei outros ao longo dos anos. Só abona a favor da casa. Confesso que fiquei desapontada quando soube que este ano não tinha aberto este mestrado. Soube entretanto que se trata, apenas, de uma interrupção. Faço votos para que ele recomece já no próximo ano e alimente as expectativas de tantos quanto alimenta as minhas. Se não abrir, venho cá para o ano barafustar, e com claque ruidosa. É também num tom ruidoso e caloroso que termino o meu testemunho, agradecendo o convite para estar aqui e para me juntar à festa. Bela faculdade! Gosto de fazer parte. Anabela Mota Ribeiro

Disciplina: Matemática Data da realização: 24/8/2015

Disciplina: Matemática Data da realização: 24/8/2015 Ficha da semana 4º ano A/B/C. Instruções: 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte. 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus Ensino - Ensino 11 - Anos 11 Anos Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus História Bíblica: Mateus 3:13 a 17; Marcos 1:9 a 11; Lucas 3:21 a 22 João Batista estava no rio Jordão batizando as pessoas que queriam

Leia mais

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS QUE OPORTUNIDADES PÓS-LICENCIATURA ESPERAM? EXPECTATIVAS QUE INQUIETAÇÕES TÊM OS ALUNOS DE DC? MADALENA : M QUAL É A TUA PERSPECTIVA DO MERCADO

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS Nessa unidade vou mostrar para você como escrever e-mails que geram resultados. Mas que resultados são esses? Quando você escreve um e-mail tem que saber

Leia mais

GS Educacional www.gseducacional.com.br

GS Educacional www.gseducacional.com.br Curso: Completo de Importação Henrique, boa noite. Nós que pensamos a Meritocracia e valoramos a quem Realiza, nos vimos na obrigação de dar feedbacks. Em pouco tempo de curso e sem nem receber ainda a

Leia mais

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana HINOS DE DESPACHO Tema 2012: Flora Brasileira Estrela D Alva www.hinarios.org 1 2 01 O DAIME É O DAIME O é o Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana O é o O professor dos professores

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 14 Discurso: em encontro com professores

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

pensamentos para o seu dia a dia

pensamentos para o seu dia a dia pensamentos para o seu dia a dia Israel Belo de Azevedo 1Vida e espiritualidade 1 Adrenalina no tédio O interesse por filmes sobre o fim do mundo pode ser uma forma de dar conteúdo ao tédio. Se a vida

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

CÓPULA CLODOALDO TURCATO

CÓPULA CLODOALDO TURCATO CÓPULA CLODOALDO TURCATO 2 CÓPULA Primeira Edição Editora do Livre Pensador Recife, Pernambuco 2013 Titulo Original Cópula Primeira Edição 3 Copyright @ 2012 by Clodoaldo Turcato Copyright da edição @

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia

É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia Entrevista a Carlos Amaral Dias É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia Andreia Sanches 04/05/2014 O politicamente correcto implica pensar que a praxe é uma coisa horrível.

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos

DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Eu queria testar a metodologia criativa com alunos que eu não conhecesse. Teria de

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro Histórias do Velho Testamento 3 a 6 anos Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro O Velho Testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

Mariana, 9 anos - Escrever esse livro foi uma experiência interessante, legal e divertida!

Mariana, 9 anos - Escrever esse livro foi uma experiência interessante, legal e divertida! Giulia, 12 anos - Participar de um livro dessa importância é muito interessante, pois se eu me revelar uma boa escritora, posso escrever outros textos e outros livros, o que seria muito legal, já que o

Leia mais

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012.

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. MALDITO de Kelly Furlanetto Soares Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. 1 Em uma praça ao lado de uma universidade está sentado um pai a

Leia mais

Vamos falar de amor? Amornizando!

Vamos falar de amor? Amornizando! Vamos falar de amor? Amornizando! Personagens 1) Neide Tymus (Regente); 2) Sérgio Tymus (Marido Neide); 3) Nelida (Filha da Neide); 4) Primeiro Coralista; 5) Segundo Coralista; 6) Terceiro Coralista; 7)

Leia mais

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe!

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! *MELHOR MÃE DO MUNDO Coaching para Mães Disponíveis, www.emotionalcoaching.pt 1 Nota da Autora Olá, Coaching

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

#38. FeedForward. O e a caminho de Ser. Ser Feliz. Márcia Pinho COACH e Fundadora da believe IN (ICC 10410)

#38. FeedForward. O e a caminho de Ser. Ser Feliz. Márcia Pinho COACH e Fundadora da believe IN (ICC 10410) O e a caminho de Ser. Ser Feliz. Alexandra Lemos International Executive Coach Coach Trainer da ICC para Portugal www.mindcoach.pt O e a caminho de Ser. Ser Feliz. E de repente estava tudo errado. A minha

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe

Leia mais

Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem?

Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem? Unschooling Life Podcast #2 Por que desescolarizar? Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem? Eu fui em busca de pais que desescolarizam seus filhos para fazer essa

Leia mais

Fim. Começo. Para nós, o tempo começou a ter um novo sentido.

Fim. Começo. Para nós, o tempo começou a ter um novo sentido. Fim. Começo. Para nós, o tempo começou a ter um novo sentido. Assim que ela entrou, eu era qual um menino, tão alegre. bilhete, eu não estaria aqui. Demorei a vida toda para encontrá-lo. Se não fosse o

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR Marcha Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe me disse Que é

Leia mais

Amar Dói. Livro De Poesia

Amar Dói. Livro De Poesia Amar Dói Livro De Poesia 1 Dedicatória Para a minha ex-professora de português, Lúcia. 2 Uma Carta Para Lúcia Querida professora, o tempo passou, mas meus sonhos não morreram. Você foi uma pessoa muito

Leia mais

Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer.

Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer. CAPITULO 3 Ele não é o Homem que eu pensei que era. Ele é como é. Não se julga um Homem pela sua aparência.. Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer. Eu costumava saber como encontrar

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 15 Creio em Deus Pai - 2.

ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 15 Creio em Deus Pai - 2. ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 15 Creio em Deus Pai - 2. Frei Hipólito Martendal, OFM. São Paulo-SP, 20 de setembro de 2012. revisão da aula anterior. 2.1- Deus Todo Poderoso. Dei uma

Leia mais

Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005)

Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005) Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005) Lhundrup: Sou um monge budista. Estou muito contente em encontrar vocês. Vocês já encontraram um monge budista antes? Uma paciente:

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores (DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina -Marcadores de várias cores -Folhas cada qual com a sua letra ocantinhodasao.com.pt/public_html Página

Leia mais

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO HISTÓRIA BÍBLICA: Mateus 18:23-34 Nesta lição, as crianças vão ouvir a Parábola do Servo Que Não Perdoou. Certo rei reuniu todas as pessoas que lhe deviam dinheiro.

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

DIAS 94. de Claudio Simões (1990 / 94)

DIAS 94. de Claudio Simões (1990 / 94) DIAS 94 de Claudio Simões (1990 / 94) 2 PERSONAGENS São cinco personagens identificadas apenas por números. Não têm gênero definido, podendo ser feitas por atores ou atrizes. As frases em que falam de

Leia mais

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero!

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! As pessoas com dificuldades de aprendizagem têm o poder para escolher os seus serviços de apoio. Este folheto está escrito em linguagem fácil. O que é um consumidor?

Leia mais

SEU GUIA DEFINITIVO PARA PLANEJAR E EXECUTAR DE UMA VEZ POR TODAS SEU SONHO ENGAVETADO

SEU GUIA DEFINITIVO PARA PLANEJAR E EXECUTAR DE UMA VEZ POR TODAS SEU SONHO ENGAVETADO FAÇA ACONTECER AGORA MISSÃO ESPECIAL SEU GUIA DEFINITIVO PARA PLANEJAR E EXECUTAR DE UMA VEZ POR TODAS SEU SONHO ENGAVETADO RENATA WERNER COACHING PARA MULHERES Página 1 Q ue Maravilha Começar algo novo

Leia mais

Semeadores de Esperança

Semeadores de Esperança Yvonne T Semeadores de Esperança Crônicas de um Convite à Vida Volume 11 Crônicas de um Convite à Vida Livre d IVI Convidados a Viver PREFÁCIO Estou comovida por escrever este prefácio : tudo o que se

Leia mais

Lembro-me do segredo que ela prometeu me contar. - Olha, eu vou contar, mas é segredo! Não conte para ninguém. Se você contar eu vou ficar de mal.

Lembro-me do segredo que ela prometeu me contar. - Olha, eu vou contar, mas é segredo! Não conte para ninguém. Se você contar eu vou ficar de mal. -...eu nem te conto! - Conta, vai, conta! - Está bem! Mas você promete não contar para mais ninguém? - Prometo. Juro que não conto! Se eu contar quero morrer sequinha na mesma hora... - Não precisa exagerar!

Leia mais

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo 2:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo Amados de Deus, a paz de Jesus... Orei e pensei muito para que Jesus me usasse para poder neste dia iniciar esta pregação com a

Leia mais

Projetos sociais. Criança Futuro Esperança

Projetos sociais. Criança Futuro Esperança Projetos sociais Newsletter externa ABB - Projetos sociais Criança Futuro Esperança Maria Eslaine conta sobre o início de seu curso profissionalizante 02 De ex-aluno do projeto a funcionário da ABB 04

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Vai ao encontro! de quem mais precisa!

Vai ao encontro! de quem mais precisa! Vai ao encontro! 2ª feira, 05 de outubro: Dos mais pobres Bom dia meus amigos Este mês vamos tentar perceber como podemos ajudar os outros. Vocês já ouviram falar das muitas pessoas que estão a fugir dos

Leia mais

A DIVERSIDADE NA ESCOLA

A DIVERSIDADE NA ESCOLA Tema: A ESCOLA APRENDENDO COM AS DIFERENÇAS. A DIVERSIDADE NA ESCOLA Quando entrei numa escola, na 1ª série, aos 6 anos, tinha uma alegria verdadeira com a visão perfeita, não sabia ler nem escrever, mas

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org PROGRAMA DE VOLUNTARIADO NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org WEBSITES: Serviço de Voluntariado Europeu: http://www.sve.pt http://www.facebook.com/l.php?u=http%3a%2f%2fwww.sve.pt%2f&h=z

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

ulher não fala muito Mulher pensa alto

ulher não fala muito Mulher pensa alto ulher não fala muito Mulher pensa alto bla bla PROF. GRETZ Mulher não fala muito. Mulher pensa alto. Reflexões bem humoradas para uma ótima vida a dois Florianópolis 2014 1. Silêncio 7 2. Percepção 13

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no encontro com a delegação de atletas das Paraolimpíadas de Atenas-2004

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no encontro com a delegação de atletas das Paraolimpíadas de Atenas-2004 , Luiz Inácio Lula da Silva, no encontro com a delegação de atletas das Paraolimpíadas de Atenas-2004 Palácio do Planalto, 14 de outubro de 2004 Meu querido companheiro Agnelo Queiroz, ministro de Estado

Leia mais

Mostra Cultural 2015

Mostra Cultural 2015 Mostra Cultural 2015 Colégio Marista João Paulo II Eu e as redes sociais #embuscadealgumascurtidas Uma reflexão sobre a legitimação do eu através das redes sociais. Iago Faria e Julio César V. Autores:

Leia mais

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe?

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Trecho do romance Caleidoscópio Capítulo cinco. 05 de novembro de 2012. - Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Caçulinha olha para mim e precisa fazer muita força para isso,

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

FESTA DO Pai-Nosso. 1º ano. Igreja de S. José de S. Lázaro. 7 de Maio de 2005

FESTA DO Pai-Nosso. 1º ano. Igreja de S. José de S. Lázaro. 7 de Maio de 2005 FESTA DO Pai-Nosso Igreja de S. José de S. Lázaro 1º ano 1 7 de Maio de 2005 I PARTE O acolhimento será feito na Igreja. Cada criança ficará com os seus pais nos bancos destinados ao seu catequista. Durante

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo Era uma vez a família Rebolo, muito simpática e feliz que vivia na Amadora. Essa família era constituída por quatro pessoas, os pais Miguel e Natália e os seus dois filhos Diana e Nuno. Estávamos nas férias

Leia mais

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5 1 Lc 5 AGUAS PROFUNDAS 1 Certo dia Jesus estava perto do lago de Genesaré, e uma multidão o comprimia de todos os lados para ouvir a palavra de Deus. 2 Viu à beira do lago dois barcos, deixados ali pelos

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

Programa de Português Nível A2 Ensino Português no Estrangeiro. Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP

Programa de Português Nível A2 Ensino Português no Estrangeiro. Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP Português A2 Programa de Português Nível A2 Ensino Português no Estrangeiro Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP Direção de Serviços de Língua e Cultura Composição Gráfica: Centro Virtual Camões

Leia mais

este ano está igualzinho ao ano passado! viu? eu não falei pra você? o quê? foi você que jogou esta bola de neve em mim?

este ano está igualzinho ao ano passado! viu? eu não falei pra você? o quê? foi você que jogou esta bola de neve em mim? viu? eu não falei pra você? o quê? este ano está igualzinho ao ano passado! foi você que jogou esta bola de neve em mim? puxa, acho que não... essa não está parecendo uma das minhas... eu costumo comprimir

Leia mais

Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação.

Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação. I Domingo do Advento I Domingo do Advento Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação. Podes contar comigo. Estou atento para Te escutar e para que tenhas

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor.

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor. Capítulo 2 Ela representa um desafio. O simbolismo existe nas imagens coloridas. As pessoas apaixonam-se e desapaixonam-se. Vão onde os corações se abrem. É previsível. Mereces um lugar no meu baloiço.

Leia mais

Mestrado em Ciências da Educação

Mestrado em Ciências da Educação Mestrado em Ciências da Educação Tema : Educação e formação de jovens e adultos pouco escolarizados O Processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências na (re) definição de trajectórias

Leia mais

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23.

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23. Tema: DEUS CUIDA DE MIM. Texto: Salmos 23:1-6 Introdução: Eu estava pesando, Deus um salmo tão poderoso até quem não está nem ai prá Deus conhece uns dos versículos, mas poderosos da bíblia e o Salmo 23,

Leia mais

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias Lucas Zanella Collin Carter & A Civilização Sem Memórias Sumário O primeiro aviso...5 Se você pensa que esse livro é uma obra de ficção como outra qualquer, você está enganado, isso não é uma ficção. Não

Leia mais

Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens

Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens Depoimentos de Intercambistas Brasileiros 2 Carolina Castro foi aos Estados Unidos em 2011 Programa Longa Duração O ano

Leia mais

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência)

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência) Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em uma agência) MANUAL final2.indd 1 14/3/2006 23:19:58 Flávio Waiteman Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em

Leia mais

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com Tema:Humor Você vai ler a seguir um fragmento da peça teatral Lua nua, de Leilah Assunção, que foi encenada em várias cidades do país entre 1986 e 1989, sempre com grande sucesso de público e de crítica.

Leia mais

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil Documento do MEJ Internacional Para que a minha alegria esteja em vós Por ocasião dos 100 anos do MEJ O coração do Movimento Eucarístico Juvenil A O coração do MEJ é a amizade com Jesus (Evangelho) B O

Leia mais

Fui, não: fui e sou. Não mudei a esse respeito. Sou anarquista.

Fui, não: fui e sou. Não mudei a esse respeito. Sou anarquista. Tínhamos acabado de jantar. Defronte de mim o meu amigo, o banqueiro, grande comerciante e açambarcador notável, fumava como quem não pensa. A conversa, que fora amortecendo, jazia morta entre nós. Procurei

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto.

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto. Boa tarde a todos, para quem não me conhece sou o Ricardo Aragão Pinto, e serei o Presidente do Concelho Fiscal desta nobre Fundação. Antes de mais, queria agradecer a todos por terem vindo. É uma honra

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT)

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) AJUDA DE MÃE APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) Objectivos: Informar, apoiar, encaminhar e acolher a mulher grávida. Ajudar cada

Leia mais

7 Negócios Lucrativos

7 Negócios Lucrativos 7 Negócios Lucrativos CAPÍTULO 1 Mentalidade Geralmente empreendedores ficam caçando uma maneira nova de ganhar dinheiro constantemente, e de fato é isso que faz com que uns cheguem ao topo e outros não,

Leia mais

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação Jairo Martins da Silva FOTOs: divulgação E N T R E V I S T A Disseminando qualidade e cultura Superintendente-geral da Fundação Nacional da Qualidade, Jairo Martins da Silva fala sobre o desafio da qualidade

Leia mais

O que veremos. O que tudo mundo quer? Liderança para aumentar a renda! 08/12/2015

O que veremos. O que tudo mundo quer? Liderança para aumentar a renda! 08/12/2015 Liderança para aumentar a renda! Iniciaremos em breve! Quero você me acompanhando porque as informações de hoje são extremamente vitais para seu sucesso! O que veremos 1 -Aprenda o que a liderança pode

Leia mais

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto.

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto. O Coração Sujo Personagens - Tuca - Teco - Tatá - Tia Tuca e Tatá estão conversando. Teco chega. Teco Oi, meninas, sobre o que vocês estão falando? Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse?

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA PARÓQUIA DE SANTA MARIA DE BORBA CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA Feliz o homem que ama a Palavra do Senhor e Nela medita dia e noite (Sl 1, 1-2) 4º ANO da CATEQUESE 17 de Janeiro de 09 ENTRADA PROCESSIONAL

Leia mais

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR?

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? Esse texto é um dos mais preciosos sobre Davi. Ao fim de sua vida,

Leia mais

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO Design & Saúde Financeira para maiores de 50 anos Vera Damazio Laboratório Design Memória Emoção :) labmemo (: O que Design tem a ver com Saúde Financeira para maiores de 50 anos? E o que faz um Laboratório

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 25 Discurso na cerimónia de entrega

Leia mais

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN)

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Instituto Superior Técnico Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Núcleo de Engenharia Biológica Em primeiro lugar, a direcção do NEB gostaria de deixar claro que a resposta de forma

Leia mais

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil!

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Implemente esses 3 passos para obter resultados fantásticos no Inglês! The Meridian, 4 Copthall House, Station Square, Coventry, Este material pode ser redistribuído,

Leia mais

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br Alô, alô Quero falar com o Marcelo. Momento. Alô. Quem é? Marcelo. Escuta aqui. Eu só vou falar uma vez. A Adriana é minha. Vê se tira o bico de cima dela. Adriana? Que Adriana? Não se faça de cretino.

Leia mais

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. Eu quero não parar coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - de consigo.o usar que eu drogas f o? aç e Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais