Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Tribunal de Justiça Vigésima Primeira Câmara Cível

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Tribunal de Justiça Vigésima Primeira Câmara Cível"

Transcrição

1 Apelação cível nº: Apelante: FRANCISCO DE PAULA MUNIZ FREIRE BARBOSA Apelado: RONALDO GANON Relatora: DES. MÁRCIA CUNHA SILVA ARAÚJO DE CARVALHO APELAÇÃO CÍVEL. EMBARGOS Á EXECUÇÃO. DAÇÃO EM PAGAMENTO E QUITAÇÃO. OBRIGAÇÃO DE ENTREGA DE 6,5% POR PARTE DO DEVEDOR DE COTAS DE SOCIEDADE LIMITADA DA QUAL É SÓCIO. ALEGADA FALTA DE ANUÊNCIA DOS DEMAIS SÓCIOS. Fato que não nulifica o contrato. Sócios notificados que não exerceram o direito de preferência. Validade do contrato e, em consequência extinto contrato de confissão de dívida que se baseou a cessão de crédito o qual propiciou a execução, não possuindo exigibilidade em face do executado, não subsistindo o crédito cedido. SENTENÇA MANTIDA. NEGADO PROVIMENTO AO RECURSO. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos da Apelação Cível nº , em que figura como apelante FRANCISCO DE PAULA MUNIZ FREIRE BARBOSA, sendo apelado, RONALDO GANON. Acordam, por unanimidade de votos, os Desembargadores que compõem a do Tribunal do Estado do Rio de Janeiro, em negar provimento ao recurso, nos termos do voto da Relatora. Rio de Janeiro, 16 de junho de DES MÁRCIA CUNHA SILVA ARAÚJO DE CARVALHO Relatora

2 VOTO regimental. Adoto o relatório contido na sentença, na forma do permissivo Trata-se de Ação Embargos à Execução proposta por RONALDO GANON em face de FRANCISCO DE PAULA MUNIZ FREIRE BARBOSA, em que alega, em síntese, ter celebrado uma confissão de dívida com Aloísio Antônio Lopes Salazar no montante de R$ , mediante escritura pública, sendo que em 21 de junho de 2010 não dispondo de valor em espécie para pagamento do débito, firmou com o credor Aloísio um instrumento particular de autorização e Recebimento de Parte dos Lucros e Dividendos da Empresa Macaé Realty Empreendimentos Imobiliários Ltda, repactuando o débito da confissão de dívida, tendo posteriormente, em 09 de dezembro de 2011, celebrado um instrumento particular de quitação de dívida e dação em pagamento. Neste último contrato as partes rescindiam os dois anteriores, passando o Sr Aloisio a possuir 6,5% da empresa acima citada, cotas que seriam transferidas pelo Embargante, que deu procuração ao mesmo para a solução da questão, sendo dado anteriormente, o direito d preferência aos sócios para aquisição sem interesse, estando o contrato justo e acabado, inexistindo o contrato em que se baseou a execução, extinto pela dação em pagamento.

3 Insurge-se o embargado Francisco de Paula Muniz Freire Barbosa, ora apelante, contra sentença conforme anexo 00132, que acolheu os embargos e julgou extinta a execução, pela ausência de título executivo, com requisito de exigibilidade, condenando-o ao pagamento de custas e honorários, fixado em 10% sobre o valor dado a causa. Em suas razões constantes do anexo 00143, o embargado, ora apelante alega, em síntese, que a sentença recorrida, de forma contraditória, acolheu os embargos à execução e julgou extinta a execução por entender que, mesmo sendo impossível a obrigação entabulada no Instrumento Particular de Quitação e Dação este instrumento prevalece em face da confissão de dívida Sustenta, que tal como questionado nos embargos de declaração, anexo 00142, chama a atenção que mesmo reconhecida, no relatório da r. sentença, a implementação de uma cláusula condicional ao negócio jurídico não tenha a sentença, na sua fundamentação reconhecido a sua eficácia. Aduz, ainda, que anuência expressa do representante legal da João Fortes não há que se falar em consentimento total dos sócios, havendo, nítida violação ao contrato social e ao art do Código Civil. Recebido o recurso em seus regulares efeitos, conforme decisão no anexo Contrarrazões do apelado conforme anexo 00156, requerendo seja negado provimento à Apelação interposta pelo Apelante, mantendo-se a sentença apelada.

4 É o sucinto relatório. Decido. O recurso satisfaz os requisitos de admissibilidade, razão pela qual deve ser conhecido. A causa de pedir é, em síntese, tratar-se de Ação Embargos à Execução proposta por RONALDO GANON em face de FRANCISCO DE PAULA MUNIZ FREIRE BARBOSA, em que alega, em síntese, ter celebrado uma confissão de dívida com Aloísio Antônio Lopes Salazar no montante de R$ , mediante escritura pública, sendo que em 21 de junho de 2010 não dispondo de valor em espécie para pagamento do débito, firmou com o credor Aloísio um instrumento particular de autorização e Recebimento de Parte dos Lucros e Dividendos da Empresa Macaé Realty Empreendimentos Imobiliários Ltda, repactuando o débito da confissão de dívida, tendo posteriormente, em 09 de dezembro de 2011, celebrado um instrumento particular de quitação de dívida e dação em pagamento. Neste último contrato as partes rescindiam os dois anteriores, passando o Sr. Aloisio a possuir 6,5% da empresa acima citada, cotas que seriam transferidas pelo Embargante, que deu procuração ao mesmo para a solução da questão, sendo dado anteriormente, o direito d preferência aos sócios para aquisição sem interesse, estando o contrato justo e acabado, inexistindo o contrato em que se baseou a execução, extinto pela dação em pagamento. Estão, portanto, presentes os pressupostos de existência e validade do processo e as condições da ação.

5 Examinando-se o conjunto probatório, verifica-se que apesar do inconformismo do embargado, ora apelante, não merece reparo a sentença recorrida que deu solução adequada à demanda. No presente caso, a celebração realizada entre o embargante, ora apelado e o Sr. Aloisio Salazar através do Instrumento Particular, Quitação de Divida com Dação em pagamento é válida e eficaz, possuindo força vinculante da vontade das partes quando da celebração do contrato. Com efeito, verifica-se que o Sr. Aloisio Salazar aceitou receber 6,5% das cotas sociais que o Apelado possuía junto à empresa Macaé Realty e em comum acordo rescindir plenamente todos os atos e compromisso assumidos e praticados através da escritura pública de Confissão de Dívidas e do Instrumento particular de cessão de direitos ao recebimento de parte dos lucros e dividendos da referida empresa, dando quitação total, plena e irrevogável do valor declarado pelas partes originalmente de R$ ,00 (hum milhão e duzentos mil reais), conforme se constatam os documentos acostados aos autos nos anexos 00029/ Ressalte-se que a inexistência da anuência dos demais sócios não importa em nulidade da dação em pagamento e quitação realizada, pois os demais sócios foram notificados pelo embargante, ora apelado, através de correio eletrônico, conforme se depreendem dos documentos acostados nos anexos 0047/0052, para que exercessem direitos de preferência, tendo sido informado que não possuíam interesse na aquisição das cotas.

6 Dessa forma, ao contrário do alegado pelo apelante, todos os sócios anuíram, ficando demonstrando a validade do contrato. Por outro lado, ficando comprovado que, sendo existente, válido e eficaz o contrato de dação em pagamento, extinguindo-se a dívida oriunda da confissão de dívida firmada anteriormente entre as parte, resta assim, nula a cessão de crédito firmada entre o Sr. Aloisio Salazar e o apelante, carecendo o título executivo de certeza, liquidez e exigibilidade para fundamentar a execução judicial, eis que lastreado em título extrajudicial já devidamente quitado e, por consequência extinto. Por tais fundamentos, direciono meu voto no sentido de NEGAR PROVIMENTO AO RECURSO. Rio de Janeiro, 25 de maio de DES. MARCIA CUNHA SILVA ARAUJO DE CARVALHO RELATORA

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A.

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELADO: STELA MARIS SCHUTZ Número do Protocolo : 8785/2004 Data de Julgamento : 29-6-2004 EMENTA APELAÇÃO CÍVEL DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO TELEFÔNICO COMBINADA

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL Nº 0014628-88.2009.8.19.0061 Ação Declaratória 2.ª Vara Cível da Comarca de Teresópolis APELANTE: VANIA DOS SANTOS APELADO: DETRAN- DEPARTAMENTO

Leia mais

TURMA RECURSAL ÚNICA J. S. Fagundes Cunha Presidente Relator

TURMA RECURSAL ÚNICA J. S. Fagundes Cunha Presidente Relator RECURSO DE APELAÇÃO nº 2006.0003066-4/0, DO JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL DA COMARCA DE FAXINAL Recorrente...: VILSON RODRIGUES Recorrido...: MINISTÉRIO PÚBLICO Relator...: J. S. FAGUNDES CUNHA RECURSO DE

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores CLAUDIO GODOY (Presidente), ALCIDES LEOPOLDO E SILVA JÚNIOR E AUGUSTO REZENDE.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores CLAUDIO GODOY (Presidente), ALCIDES LEOPOLDO E SILVA JÚNIOR E AUGUSTO REZENDE. Registro: 2016.0000644381 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1012494-92.2015.8.26.0602, da Comarca de Sorocaba, em que é apelante SABRINA TOME ANDREAZZA (JUSTIÇA GRATUITA),

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL. Órgão: 3ª Turma Cível. Processo N.: Apelação Cível APC. Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL. Órgão: 3ª Turma Cível. Processo N.: Apelação Cível APC. Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL Órgão: 3ª Turma Cível Processo N.: Apelação Cível 20080510067475APC Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ Apelado(s): BRADESCO SEGUROS S/A Relator: Desembargador JOÃO MARIOSI

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR

TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO INTERNO NA APELAÇÃO CÍVEL Nº 0247406-11.2012.8.19.0001 AGRAVANTE: RODNEY NIEGESKI MONSAO AGRAVADO: BANCO SANTANDER BRASIL S/A RELATORA:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2014.0000569257 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0043066-51.2012.8.26.0053, da Comarca de São Paulo, em que é apelante FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO,

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores CLAUDIO GODOY (Presidente) e AUGUSTO REZENDE. São Paulo, 3 de maio de 2016.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores CLAUDIO GODOY (Presidente) e AUGUSTO REZENDE. São Paulo, 3 de maio de 2016. ACÓRDÃO Registro: 2016.0000294835 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0011202-14.2014.8.26.0024, da Comarca de Andradina, em que é apelante URBANIZADORA CONTINENTAL S/A EMPREENDIMENTOS

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0001049-15.2011.5.01.0042 - RTOrd COISA JULGADA. Inexiste o fenômeno da coisa julgada, uma vez que, nada obstante os pedidos e a causa de pedir sejam idênticos, as partes são

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO DE SÃO PAULO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA 154 7 REGISTRADO(A) SOB N {r\ ACÓRDÃO!! 1 *03498880* Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação n 0110976-27.2007.8.26.0003,

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 90425-67.2011.8.09.0000 (201190904250) DE ANÁPOLIS AGRAVANTE AGRAVADO CÂMARA VILMAR FERREIRA PRODUTOS ALIMENTÍCIOS ORLÂNDIA S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA DESEMBARGADOR CARLOS ESCHER

Leia mais

A Ré, às fls. 70/78, argui preliminar de nulidade por julgamento extra petita e, no mérito, insurge se em relação a declaração de sucessão e quanto a

A Ré, às fls. 70/78, argui preliminar de nulidade por julgamento extra petita e, no mérito, insurge se em relação a declaração de sucessão e quanto a ACÓRDÃO 6a Turma SUCESSÃO. DROGARIA DESCONTÃO E DROGARIA PACHECO. Os elementos que definem a sucessão, no processo do trabalho, são a continuidade da atividade empresarial e a passagem de uma unidade produtiva

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA.

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELAÇÃO CÍVEL Nº 1.401.899-0, DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELANTE: CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SCHOENSTATT. APELADO: LUIZ ADRIANO DE VEIGA BOABAID. RELATOR:

Leia mais

Nº COMARCA DE FELIZ DBM FACTORING LTDA ACÓRDÃO

Nº COMARCA DE FELIZ DBM FACTORING LTDA ACÓRDÃO AÇÃO MONITÓRIA. CHEQUE PRESCRITO. DISCUSSÃO DO NEGÓCIO SUBJACENTE. DESNECESSIDADE. O cheque prescrito, como prova documental autorizativa da via injuncional, é suficiente como fato constitutivo do direito

Leia mais

- Sentença mantida. - Recurso improvido.

- Sentença mantida. - Recurso improvido. SÉTIMA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL PROCESSO Nº 0033658-26.2011.8.19.0066 RELATOR: DES. CAETANO E. DA FONSECA COSTA LOCAÇÃO IMÓVEL RESIDENCIAL - DISSOLUÇÃO DO CONTRATO PRELI- MINAR DE NULIDADE DA SENTENÇA

Leia mais

Classificação regimental: 1

Classificação regimental: 1 Sétima Câmara Cível Apelação Cível nº 2008.001.33979 Apelante: Ministério Público Apelada(1): Gol Transportes Aéreos S.A. Apelada(2): S.A. Viação Aérea Rio Grandense (em recuperação judicial) Apelada(3):

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0001290-15.2010.8.19.0028 APELANTE: AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. APELADOS: R.S.R. DE MACAÉ EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS

Leia mais

18 a CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL N o 11496/08 RELATOR : DES.JORGE LUIZ HABIB

18 a CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL N o 11496/08 RELATOR : DES.JORGE LUIZ HABIB 18 a CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL N o 11496/08 RELATOR : DES.JORGE LUIZ HABIB APELAÇÃO CÍVEL. MANDADO DE SEGURANÇA. A Lei 7347/85, com a inovação trazida pela lei 11448/07, prevê,

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Quinta Câmara Cível

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Quinta Câmara Cível AGRAVO INTERNO NO AGRAVO DE INSTRUMENTO N 0030339-49.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: SONIA MARIA PETERS D AIUTO AGRAVADA: LÉA BOTELHO BALTHAZAR RELATOR: DES. HELENO RIBEIRO PEREIRA NUNES AGRAVO INTERNO. AGRAVO

Leia mais

PROCESSO: RO

PROCESSO: RO A C Ó R D Ã O 5ª T U R M A PLANO DE SAÚDE. DIREITO ADQUIRIDO. AUXÍLIO-DOENÇA. O cancelamento abrupto do plano de saúde caracteriza-se como violação ao direito adquirido do reclamante, que é detentor do

Leia mais

Contraminuta, a fls. 1123/1128.

Contraminuta, a fls. 1123/1128. A C Ó R D Ã O 7ª TURMA MULTA. ATO ATENTATÓRIO À DIGNIDADE DA JUSTIÇA. Apesar do ordenamento jurídico assegurar às partes o contraditório e a ampla defesa, isto não implica na faculdade de atuarem irrestritivamente,

Leia mais

AGRAVANTE: BANCO FIAT S/A

AGRAVANTE: BANCO FIAT S/A AGRAVO N.º 1269433-8/01, DE FOZ DE IGUAÇU 3ª VARA CÍVEL AGRAVANTE: BANCO FIAT S/A AGRAVADO: MARLI ANA DESORDI RELATOR: DES. VITOR ROBERTO SILVA AGRAVO. AGRAVO DE INSTRUMENTO. BUSCA E APREENSÃO. DEVOLUÇÃO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO RS

PODER JUDICIÁRIO RS Número do processo: 70066740119 Comarca: Comarca de Porto Alegre Data de Julgamento: 29/10/2015 Relator: Pedro Celso Dal Pra PODER JUDICIÁRIO ---------- RS ---------- ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº ( ) DE GOIÂNIA

APELAÇÃO CÍVEL Nº ( ) DE GOIÂNIA APELAÇÃO CÍVEL Nº 180002-68.2009.8.09.0051 (200991800028) DE GOIÂNIA APELANTE APELADA CÂMARA ANA LÚCIA PRUDENTE D'OLIVEIRA CAVALCANTE FGR CONSTRUTORA S/A DESEMBARGADOR CARLOS ESCHER 4ª CÍVEL RELATÓRIO

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores PEREIRA CALÇAS (Presidente), ENIO ZULIANI E TEIXEIRA LEITE.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores PEREIRA CALÇAS (Presidente), ENIO ZULIANI E TEIXEIRA LEITE. PODER JUDICIÁRIO ACÓRDÃO Registro: 2012.0000263205 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 0071641-34.2012.8.26.0000, da Comarca de Osasco, em que é agravante INTELIGÊNCIA

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1^ REGIÃO. RECURSO ORDINÁRIO - TRT -1^ REGIÃO PROC. W (Embargos de Declaração)

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1^ REGIÃO. RECURSO ORDINÁRIO - TRT -1^ REGIÃO PROC. W (Embargos de Declaração) ^-^^t ^K ''^SP- 'f PODER JUDICIÁRIO FEDERAL 1/, / JUSTIÇA DO TRABALHO ''' ^ ^Jos^Trançâf4[), TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1^ REGIÃO "" -^^^'^^'o RECURSO ORDINÁRIO - TRT -1^ REGIÃO PROC. W 02765-2003-341-01-00-0

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 687.239 - RJ (2004/0084577-7) RELATORA : MINISTRA NANCY ANDRIGHI : AMIR VIEIRA SOBRINHO FELIPPE ZERAIK E OUTROS : ANDRÉ SCHMIDT DE BRITO TANCREDO ROCHA JUNIOR EMENTA Direito

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 238 Registro: 2014.0000492060 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1005329-60.2013.8.26.0053, da Comarca de, em que é apelante PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO, é apelado.

Leia mais

Acórdão em Apelação Cível Processo n º Relator: DES. Antônio Iloízio Barros Bastos

Acórdão em Apelação Cível Processo n º Relator: DES. Antônio Iloízio Barros Bastos Acórdão em Apelação Cível Processo n º 0095306-76.2009.8.19.0001 Relator: DES. Antônio Iloízio Barros Bastos Ação de obrigação de fazer cumulada com pedido de indenização por danos morais. Videogame XBox,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 125 Registro: 2016.0000104672 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1029695-32.2014.8.26.0053, da Comarca de, em que é apelante, é apelado FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO.

Leia mais

CÍVEL Nº COMARCA DE PORTO ALEGRE ROSINA ALIMENTOS LTDA.

CÍVEL Nº COMARCA DE PORTO ALEGRE ROSINA ALIMENTOS LTDA. AGRAVO DE INSTRUMENTO. EXECUÇÃO DE SENTENÇA CONTRA A FAZENDA PÚBLICA. CESSÃO DE CRÉDITO. HABILITAÇÃO. Legitimada a totalidade dos herdeiros habilitados na execução de sentença para, em conjunto, cederem

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ANDRADE NETO (Presidente) e ORLANDO PISTORESI. São Paulo, 30 de maio de 2012.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ANDRADE NETO (Presidente) e ORLANDO PISTORESI. São Paulo, 30 de maio de 2012. Registro: 2012.0000252889 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0339919-02.2009.8.26.0100, da Comarca de, em que é apelante ALGARISMOS BRINQUEDOS LTDA sendo apelado VIAÇÃO AÉREA

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores BERETTA DA SILVEIRA (Presidente), EGIDIO GIACOIA E VIVIANI NICOLAU.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores BERETTA DA SILVEIRA (Presidente), EGIDIO GIACOIA E VIVIANI NICOLAU. Registro: 2016.0000644435 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0000653-18.2013.8.26.0302, da Comarca de Jaú, em que é apelante E. J. B. (JUSTIÇA GRATUITA), é apelado L. E.

Leia mais

VOTO: I - R E L A T Ó R I O

VOTO: I - R E L A T Ó R I O Acórdão 10a Turma FÉRIAS NÃO GOZADAS. DOBRA. TERÇO CONSTITUCIONAL. Conforme artigo 137 da CLT, as férias concedidas fora do prazo concessivo previsto no artigo 134 da CLT serão pagas em dobro. O mesmo

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 5ª T U R M A AUXÍLIO DOENÇA. SUSPENSÃO DO CONTRATO DE TRABALHO. MANUTENÇÃO DE BENEFÍCIO ADQUIRIDO PELO OBREIRO DURANTE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. A suspensão do contrato de trabalho interrompe

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 3 Registro: 2015.0000367711 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0029261-67.2011.8.26.0602, da Comarca de Sorocaba, em que é apelante BANCO VOLKSWAGEN S/A, é apelado EXPRESSO

Leia mais

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS 1 Jurisdição 1.1 Introdução 1.2 Conceito e características 1.3 Divisão da jurisdição 1.4 Organização judiciária 2 Direito Processual Civil 2.1 Conceito e delimitação

Leia mais

Contestação às folhas 70/80. Atas de audiência às folhas 541 e 555.

Contestação às folhas 70/80. Atas de audiência às folhas 541 e 555. Acórdão 6a Turma FALTAS. ACOMPANHAMENTO DE IDOSO. DIREITO. ABONO. A Lei nº 10.741/2003, Estatuto do Idoso, dispõe em seu artigo 16 que o idoso internado para tratamento médico e hospitalar tem direito

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º 0030633-38.2013.8.19.0000 Agravante: DELVINA CÂNDIDA DE OLIVEIRA. Agravados:ELIANE

Leia mais

ACÓRDÃO 7ª TURMA EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. Acolhidos, para corrigir os vícios verificados.

ACÓRDÃO 7ª TURMA EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. Acolhidos, para corrigir os vícios verificados. ACÓRDÃO 7ª TURMA EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. Acolhidos, para corrigir os vícios verificados. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de Recurso Ordinário nº TRT-RO-0090200-06.2008.5.01.0039, nos

Leia mais

T SSkS^^-« PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

T SSkS^^-« PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO T SSkS^^-«ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação n 994.06.116558-0, da Comarca de Guarulhos, em que é apelante CAROLINA BRAGA sendo apelados HUANG

Leia mais

PROCESSO: MS Agravo Regimental

PROCESSO: MS Agravo Regimental Acórdão Seção Especializada em Dissídios Individuais AGRAVO REGIMENTAL. Liminar. A medida liminar somente pode ser deferida quando comprovados o fumus boni iuris e o periculum in mora, o que não é o caso

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma AGRAVO DE PETIÇÃO. CUSTAS. BASE DE CÁLCULO. TOTAL ATUALIZADO DA LIQUIDAÇÃO. Inteligência do art. 789, inciso I, da CLT, as custas são fixadas sobre o valor da condenação, na sentença,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO fls. 2 Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0102423-13.2004.8.26.0547, da Comarca de Santa Rita do Passa Quatro, em que são apelantes RENILSON AUGUSTO

Leia mais

RELATÓRIO. 5. Contrarrazões apresentadas. 6. É este o relatório.

RELATÓRIO. 5. Contrarrazões apresentadas. 6. É este o relatório. PROCESSO Nº: 0802966-89.2014.4.05.8000 - APELAÇÃO APELANTE: DIELDA DA GRACA AMORIM CEDRIM ADVOGADO: ALFREDO JOSE PEREIRA APELADO: UNIÃO FEDERAL RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL MANOEL DE OLIVEIRA ERHARDT

Leia mais

A C Ó R D Ã O

<CABBCCBDAABCACBCABBCBACCBBCAADCADABAA DDADAAAD> A C Ó R D Ã O EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL COBRANÇA TAXA ECAD TELEVISOR EM QUARTO DE HOTEL AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO DE SONORIZAÇÃO MUSICAL NAS DEPENDÊNCIAS FÍSICAS AUSÊNCIA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Jorge F. G. da Fonte Av. Presidente Antonio Carlos, 251 7o andar - Gab.40 Castelo RIO DE JANEIRO 20020-010

Leia mais

PROCESSO: (RO)

PROCESSO: (RO) A C Ó R D ÃO TERCEIRA T U R M A I- INOVAÇÃO À LIDE. As matérias discutidas em grau recursal devem estar restritas aos limites em que fixada a lide, sendo vedado às partes aduzirem novas questões não alegadas

Leia mais

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. RUBENS DE MENDONÇA CANUTO (Relator Convocado):

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. RUBENS DE MENDONÇA CANUTO (Relator Convocado): PROCESSO Nº: 0805042-25.2015.4.05.8300 - APELAÇÃO RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL RUBENS DE MENDONCA CANUTO NETO - 1º TURMA RELATÓRIO O Sr. Des. Fed. RUBENS DE MENDONÇA CANUTO (Relator Convocado):

Leia mais

ACORDAM os Desembargadores que compõem a Quinta Câmara Cível do Tribunal de Justiça, por unanimidade de votos, em negar provimento ao recurso.

ACORDAM os Desembargadores que compõem a Quinta Câmara Cível do Tribunal de Justiça, por unanimidade de votos, em negar provimento ao recurso. QUINTA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0065370-67.2013.8.19.0000 6ª VARA DE FAZENDA PÚBLICA DA COMARCA DA CAPITAL AGRAVO INTERNO AGRAVANTE: CARLOS JOSE VICTOR DEL GUERCIO AGRAVADA:

Leia mais

PROCESSO: RTOrd. Acórdão 10a Turma

PROCESSO: RTOrd. Acórdão 10a Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Flávio Ernesto Rodrigues Silva Av. Presidente Antonio Carlos,251 11º Andar - Gab.06 Castelo Rio de Janeiro

Leia mais

Nº PORTO ALEGRE

Nº PORTO ALEGRE APELAÇÃO E REEXAME NECESSÁRIO. DIREITO TRIBUTÁRIO. MANDADO DE SEGURANÇA. CERTIDÃO POSITIVA COM EFEITO DE NEGATIVA. DEVE SER AUTORIZADA A EXPEDIÃO DE CERTIDÃO POSITIVA COM EFEITO DE NEGATIVA, EM RAZÃO DA

Leia mais

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A APELAÇÃO CÍVEL. DIREITO PROCESSUAL CIVIL. SENTENÇA SEM RELATÓRIO E DISPOSITIVO, COM MERA REMISSÃO AO PARECER DO MINISTÉRIO PÚBLICO. NULIDADE. SENTENÇA DESCONSTITUÍDA. É nula a sentença fundamentada pela

Leia mais

TRT-PR (AP)

TRT-PR (AP) TRT-PR-71003-2005-024-09-00-1(AP) CONTA-POUPANÇA. APLICAÇÃO FINANCEIRA. PENHORA. POSSIBILIDADE. É absolutamente legal a desconsideração da personalidade jurídica da empresa quando esta não apresenta força

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0022300-36.2009.5.01.0341 - RTOrd ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. BASE DE CÁLCULO. O STF há muito, repudia a adoção do salário mínimo como base de cálculo para qualquer outra relação

Leia mais

Custas processuais à fl Contrarrazões às fls. 177/181.

Custas processuais à fl Contrarrazões às fls. 177/181. PROCESSO: 0000958-75.2012.5.01.0013 - RTSum ACÓRDÃO 9ªTurma CONTRIBUIÇÃO SINDICAL. AÇÃO DE COBRANÇA. REPRESENTATIVIDADE SINDICAL. DEPÓSITO JUDICIAL. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL. Agravo Interno Agravo de Instrumento nº

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL. Agravo Interno Agravo de Instrumento nº TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL Agravo Interno Agravo de Instrumento nº 0031072-49.2013.8.19.0000 Relator: Desembargador FERNANDO CERQUEIRA CHAGAS AGRAVO INTERNO

Leia mais

V O T O CONHECIMENTO Conheço do agravo de petição, por satisfeitos os pressupostos de admissibilidade.

V O T O CONHECIMENTO Conheço do agravo de petição, por satisfeitos os pressupostos de admissibilidade. A C Ó R D Ã O 3ª Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL. BEM DE FAMÍLIA. Comprovado que o imóvel penhorado se trata de bem de família, incide sobre o mesmo a impenhorabilidade prevista na Lei nº 8.009/90. Vistos,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO APELAÇÃO CÍVEL Nº 0002622-97.2009.4.03.6117/SP D.E. 2009.61.17.002622-3/SP Juíza Federal Convocada ELIANA Publicado em 24/03/2014 RELATORA : MARCELO

Leia mais

VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL n.º 0029389-71.2013.8.19.0001-E Obrigação de Fazer 14ª Vara de Fazenda Pública da Comarca da Capital APELANTE: SINDICATO DOS TRABALHADORES AUTÔNOMOS,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2013.0000585081 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0031938-38.2009.8.26.0506, da Comarca de Ribeirão Preto, em que é apelante PEDRO JOSÉ ONI CASTRO SHIRAI (JUSTIÇA

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 19/08/2016 PLENÁRIO EMB.DECL. NO AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 936.384 SÃO PAULO RELATOR EMBTE.(S) EMBDO.(A/S) : MINISTRO PRESIDENTE

Leia mais

129 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA

129 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA nº 0001916-79.2014.8.19.0000 (5) Suscitante: EGRÉGIA 14ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

DECISÃO (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC)

DECISÃO (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC) TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0016014-69.2014.8.19.0000 Agravantes: MARIO JUSTO LOPES e JANETE MUNIZ LOPES (herdeiros) Relatora: Desembargadora PATRICIA RIBEIRO SERRA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.324.399 - SP (2012/0102789-3) RELATOR : MINISTRO PAULO DE TARSO SANSEVERINO RECORRENTE : SINTERAMA DO BRASIL LTDA ADVOGADO : MARCOS ANDRÉ FRANCO MONTORO E OUTRO(S) RECORRIDO : NTL

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR AGTE.(S) AGDO.(A/S) : MIN. ROBERTO BARROSO :MÓVEIS SANDRIN LTDA : ALESSANDRO MAMBRINI E OUTRO(A/S) :LUCIANA FERNANDES SOARES :ROBERTO BERNARDES

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgInt no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 955.087 - SP (2016/0191795-1) RELATOR AGRAVANTE AGRAVADO : MINISTRO LUIS FELIPE SALOMÃO : PAULO PINTO DE CARVALHO FILHO : CRISTINA PINTO DE CARVALHO - SP140953 :

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma AGRAVO DE PETIÇÃO. ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA. PENHORA SOBRE DIREITOS DO DEVEDOR FIDUCIANTE. POSSIBILIDADE. É possível a penhora recair sobre os direitos já incorporados ao patrimônio do devedor

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 8ª T U R M A Cinto de segurança é EPI que deve proteger o empregado, proteção esta que deve ocorrer, inclusive, quando realiza movimentos inesperados, já que se utiliza cinto quando o equilíbrio

Leia mais

Dados Básicos. Ementa. Íntegra. Fonte: Tipo: Acórdão STJ. Data de Julgamento: 19/03/2013. Data de Aprovação Data não disponível

Dados Básicos. Ementa. Íntegra. Fonte: Tipo: Acórdão STJ. Data de Julgamento: 19/03/2013. Data de Aprovação Data não disponível Dados Básicos Fonte: 1.281.236 Tipo: Acórdão STJ Data de Julgamento: 19/03/2013 Data de Aprovação Data não disponível Data de Publicação:26/03/2013 Estado: São Paulo Cidade: Relator: Nancy Andrighi Legislação:

Leia mais

ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Buffet Amanda Ltda.

ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Buffet Amanda Ltda. ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Recorrente: Buffet Amanda Ltda. Recorridos: Alex Sandro Farias de Oliveira Marina

Leia mais

A C Ó R D Ã O 6ª T U R M A E M E N T A

A C Ó R D Ã O 6ª T U R M A E M E N T A A C Ó R D Ã O 6ª T U R M A E M E N T A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL INDEVIDA PELAS MICROEMPRESAS INSCRITAS NO SIMPLES, CONFORME ARTIGO 149 DA CRFB C/C ARTIGO 3º, 4º, DA LEI 9.317/1996 E ARTIGO 5º, 8º, DA INSTRUÇÃO

Leia mais

DEVIDAMENTE FUNDAMENTADA, NOS TERMOS DO ART. 557, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. DESPROVIMENTO DO RECURSO DE AGRAVO INTERNO. feps

DEVIDAMENTE FUNDAMENTADA, NOS TERMOS DO ART. 557, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. DESPROVIMENTO DO RECURSO DE AGRAVO INTERNO. feps VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL AGRAVO INTERNO EM AGRAVO DE INSTRUMENTO: Nº 0013678-92.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: MARIA CRISTINA SUTIL VINOGRAFF AGRAVADA: CONDOMÍNIO DO EDIFÍCIO GLORIAMAR POÇOS DE CALDAS RELATOR:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO (HÓÖÖ0Ø1éñ) PODER JUDICIÁRIO RELATORA : DESEMBARGADORA FEDERAL MARIA DO CARMO CARDOSO APELANTE : FAZENDA NACIONAL PROCURADOR : CRISTINA LUISA HEDLER APELADO : TRANSPORTADORA LEV E TRAZ LTDA ADVOGADO :

Leia mais

A C Ó R D Ã O. ACORDA, em Turma, a Terceira Câmara Civil do Tribunal de Alçada do Estado de Minas Gerais, NEGAR PROVIMENTO.

A C Ó R D Ã O. ACORDA, em Turma, a Terceira Câmara Civil do Tribunal de Alçada do Estado de Minas Gerais, NEGAR PROVIMENTO. EMENTA: PROCESSUAL CIVIL - AGRAVO DE INSTRUMENTO AÇÃO CAUTELAR PREPARATÓRIA DÉBITO CONTRAÍDO COM INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DESCONTO EM CONTA CORRENTE VENCIMENTOS DEBITADOS EM CONTA LIMINAR QUE REDUZIU O PERCENTUAL

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 384 Registro: 2014.0000696642 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1001513-61.2014.8.26.0562, da Comarca de Santos, em que

Leia mais

LFF Nº /CÍVEL

LFF Nº /CÍVEL AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANOS. CONSUMIDOR. AQUISIÇÃO DE BICICLETA ELÉTRICA. RÉ QUE INFORMA AO AUTOR SER DESNECESSÁRIA HABILITAÇÃO E REGISTRO. VIOLAÇÃO DO DEVER DE INFORMAR. DESFAZIMENTO DO NEGÓCIO. 1. A norma

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gabinete Juiz Convocado 8 Av. Presidente Antonio Carlos, 251

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gabinete Juiz Convocado 8 Av. Presidente Antonio Carlos, 251 A C Ó R D Ã O 8ª T U R M A TESTEMUNHA CLIENTE DO ADVOGADO DO AUTOR NÃO ACOLHIMENTO DA CONTRADITA, PORÉM APRECIADA COM RESERVAS POR PRESUMIR-SE QUE FOI ORIENTADA POR DEVER DE OFÍCIO. Entendo que o fato

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR AGTE.(S) AGDO.(A/S) : MINISTRO PRESIDENTE :DOUGLAS VICTOR DA SILVA :GIOVANNI CHARLES PARAÍZO :BV FINANCEIRA S/A CRÉDITO, FINANCIAMENTO E

Leia mais

DECISÃO MONOCRÁTICA. Agravo de Instrumento nº Agravante: MUNICÍPIO DE NITERÓI. Agravada: ZIMAR DA SILVEIRA COSTA.

DECISÃO MONOCRÁTICA. Agravo de Instrumento nº Agravante: MUNICÍPIO DE NITERÓI. Agravada: ZIMAR DA SILVEIRA COSTA. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO SÉTIMA CÂMARA CÍVEL. Agravante: MUNICÍPIO DE NITERÓI. Agravada: ZIMAR DA SILVEIRA COSTA. DECISÃO MONOCRÁTICA DIREITO CIVIL. AGRAVO DE INSTRUMENTO MANEJADO CONTRA DECISÃO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma PRINCÍPIO DA UNIRRECORRIBILIDADE PRECLUSÃO CONSUMATIVA. O princípio da unirrecorribilidade, preconiza que o direito da parte de se insurgir contra o julgado que lhe foi desfavorável, se

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL Agravo Interno no Agravo de Instrumento nº 0007110-60.2014.8.19.0000 Agravante: Tim Celular S/A Agravado: Miguel da Silva Virgem

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATÓRIO O EXMO. SR. MINISTRO MOURA RIBEIRO (Relator): Trata-se de recurso especial interposto por J.M. dos S. com fundamento no art. 105, III, a, do permissivo constitucional contra acórdão do Tribunal

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Décima Quarta Câmara Cível

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Décima Quarta Câmara Cível Tribunal de ustiça do Estado do Rio de aneiro APELAÇÃO CÍVEL n.º 0306582-86.2010.8.19.0001 Apelante: WAGNER CHAPELL EDIÇÕES MUSICAIS LTDA Apelante: RENATO TEIXEIRA DE OLIVEIRA Apelado: MP Publicações Ltda

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2012.0000004310 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0117478-25.2006.8.26.0000, da Comarca de, em que é apelante G G F COMERCIO DE ALIMENTOS LTDA sendo apelado CASSIANO

Leia mais

22/09/2015 SEGUNDA TURMA : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA

22/09/2015 SEGUNDA TURMA : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 7 22/09/2015 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 567.276 SANTA CATARINA RELATOR AGTE.(S) PROC.(A/S)(ES) AGDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. DIAS

Leia mais

ACÓRDÃO , da Comarca de São Paulo, em que é. apelante OLGA MARIA VIEIRA CARDENAS MARIN, são apelados

ACÓRDÃO , da Comarca de São Paulo, em que é. apelante OLGA MARIA VIEIRA CARDENAS MARIN, são apelados Registro: 2014.0000441744 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1063218-25.2013.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante OLGA MARIA VIEIRA CARDENAS MARIN, são apelados

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial 1 PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial Data de distribuição : 12/12/2008 Data de julgamento : 20/05/2009 100.001.2008.016120-0 Apelação Origem : 00120080161200

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0029266-76.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: MAURÍCIO WHATELY FORTES AGRAVADO: ITAÚ UNIBANCO S/A RELATOR: DES.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º 1261790-6, DE CURITIBA 2ª VARA DE FALÊNCIAS E RECUPERAÇÕES JUDICIAIS AGRAVANTE: ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S/A AGRAVADOS: HELCIO KRONBERG E MASSA FALIDA DE STIRPS EMPREENDIMENTOS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 6a Turma MULTA PELO ATRASO NO PAGAMENTO DE ACORDO JUDICIAL. RAZOABILIDADE. Não obstante a existência de cláusula penal, a multa decorrente do atraso no pagamento dos acordos judiciais devem observar

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO PELA UNIÃO (PGF), EM FACE DE DECISÃO PUBLICADA ANTES DA VIGÊNCIA DA LEI Nº 13.015/2014. PROCEDIMENTO SUMARÍSSIMO. ACORDO HOMOLOGADO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 473 Registro: 2015.0000798098 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Embargos de Declaração nº 1003251-59.2014.8.26.0053/50000, da Comarca de, em que é embargante SINDICATO DOS TRABALHADORES

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos estes autos de. AGRAVO DE INSTRUMENTO n /8-00, da Comarca de

Vistos, relatados e discutidos estes autos de. AGRAVO DE INSTRUMENTO n /8-00, da Comarca de TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAUL O ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRATICA REGISTRADO(A) SOB N Vistos, relatados e discutidos estes autos de AGRAVO DE INSTRUMENTO n 614.281-4/8-00,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO fls. 4 Registro: 2016.0000488213 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 3001981-76.2013.8.26.0157, da Comarca de Cubatão, em que é apelante MARILANE GARCIA DE ARAUJO, é apelado

Leia mais

AGTE: ROMÁRIO SPORTS MARKETING E EMPREENDIMENTO LTDA EPP AGDO: CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA RELATORA: DESEMBARGADORA MARIA REGINA NOVA

AGTE: ROMÁRIO SPORTS MARKETING E EMPREENDIMENTO LTDA EPP AGDO: CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA RELATORA: DESEMBARGADORA MARIA REGINA NOVA AGTE: ROMÁRIO SPORTS MARKETING E EMPREENDIMENTO LTDA EPP AGDO: CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA RELATORA: DESEMBARGADORA MARIA REGINA NOVA AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO QUE, DE OFÍCIO, NOS AUTOS DA EXECUÇÃO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.087.509 - RJ (2008/0205400-1) RELATOR : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES AGRAVANTE : TRANSRETA LOGÍSTICA E LOCAÇÃO DE GUINDASTES LTDA : JOSÉ OSWALDO CORREA E OUTRO(S) AGRAVADO

Leia mais

PROCESSO: RO

PROCESSO: RO A C Ó R D Ã O 5ª T U R M A PODER JUDICIÁRIO FEDERAL IMPOSTO DE RENDA. DEDUÇÃO. É devida a dedução da cota fiscal incidente sobre os créditos deferidos, porque quem aufere a renda é o responsável pela parcela

Leia mais

2. Caso em que a família aduz não reunir condições para controlar, tratar ou submeter o filho a tratamento voluntário (fl. 2, verso).

2. Caso em que a família aduz não reunir condições para controlar, tratar ou submeter o filho a tratamento voluntário (fl. 2, verso). APELAÇÃO CÍVEL. INTERNAÇÃO COMPULSÓRIA. DIREITO CONSTITUCIONAL À SAÚDE. DESNECESSIDADE DE PRÉVIO INDEFERIMENTO ADMINISTRATIVO. DESCONSTITUIÇÃO DA SENTENÇA. ENFRENTAMENTO DO MÉRITO. IMPOSSIBILIDADE. AUSÊNCIA

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão DJe 13/12/2011 Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 22/11/2011 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO AGRAVO DE INSTRUMENTO 850.589 RIO GRANDE DO SUL RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO AGTE.(S) : INSTITUTO

Leia mais