TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º"

Transcrição

1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º AGRAVANTE: COMPANHIA ESTADUAL DE ÁGUAS E ESGOTOS - CEDAE AGRAVADO: CLENIO VIEIRA TAVARES RELATOR: DES. SEBASTIÃO RUGIER BOLELLI AGRAVO DE INSTRUMENTO. AÇÃO DE OBRIGAÇÃO DE FAZER. TUTELA ANTECIPADA DEFERIDA PARA DETERMINAR QUE A RÉ/AGRAVANTE REALIZE INSTALAÇÃO DO REGISTRO GERAL DE ENTRADA DE ÁGUA NO CONDOMÍNIO ONDE RESIDE O AUTOR E A INSTALAÇÃO DE HIDRÔMETRO NA RESIDÊNCIA DO AUTOR. DOCUMENTO JUNTADO PELA RÉ DEMONSTRANDO QUE O ABASTECIMENTO INDIVIDUALIZADO ESTÁ CONDICIONADO A OBRAS DE INFRAESTRUTURA INTERNA QUE AINDA NÃO FORAM REALIZADAS. CONTROVÉRSIA ACERCA DA VIABILIDADE TÉCNICA PARA CUMPRIMENTO DA ORDEM. AUSÊNCIA DE PROVA INEQUÍVOCA QUE CONVENÇA DA VEROSSIMILHANÇA DAS ALEGAÇÕES DO AUTOR/AGRAVADO. ARTIGO 273 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. NECESSIDADE DE DILAÇÃO PROBATÓRIA. PRECEDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA. RECURSO PROVIDO. DECISÃO Trata-se de agravo de instrumento interposto por COMPANHIA ESTADUAL DE ÁGUAS E ESGOTOS CEDAE contra decisão proferida nos autos da ação de obrigação de fazer, nº , em curso no Juízo da 2ª Vara Cível da Regional da Barra da Tijuca, proposta CLENIO VIEIRA TAVARES. A decisão agravada tem o seguinte teor:

2 Trata-se de pedido de antecipação de tutela na qual o autor pretende que a ré realize a instalação do registro geral de entrada de água no condomínio bem como a instalação do hidrômetro na residência do autor. Relata que já teria realizado os serviços internos de acordo com o padrão da empresa ré. Na contestação, a empresa ré não informa a razão pela qual não instalou o registro geral de entrada de água bem como a instalação do hidrômetro na residência do autor. Ressalto que o direito ao fornecimento de água inclui-se entre os serviços essenciais a ser atendido pela ré, nos termos do artigo 22, do CDC. A legislação vigente através do Decreto 553/76, dispõe que os hidrômetros e os limitadores de consumo serão instalados pela CEDAE as expensas dos interessados, cabendo ao usuário adequar as instalações internas de modo que seja possível a ligação com a rede distribuidora. Assim, presentes os pressupostos de verossimilhança das alegações autorais, defiro o pedido de antecipação da tutela para determinar à empresa ré que realize a instalação do registro geral de entrada de água no condomínio do autor bem como a instale o hidrômetro na residência do mesmo, no prazo de 48 horas, sob pena da incidência de multa de R$1.000,00 por dia de descumprimento. Ressalto que o autor ficará responsável pelo pagamento do serviço aqui determinado, na forma da legislação vigente. Ressalto ainda que a empresa ré não estará obrigada a cumprir a presente decisão se os serviços internos na residência do autor não estiverem de acordo com as suas normas técnicas. Intime-se por plantão. Diga o autor se insiste na produção da prova pericial e em caso positivo, voltem para homologação dos honorários periciais. A agravante alega, em síntese, que a residência do autor é situada em área de loteamento irregular, que não está obrigada a cumprir a decisão se os serviços internos da residência do agravado não estiverem de acordo com as suas normas técnicas e que o logradouro onde se localiza a residência do autor é desprovido de distribuidor de água potável, sendo necessário o

3 prolongamento do distribuidor DN 150mm, numa extensão aproximada de 240 metros. Com relação às obras de adequação internas, faz-se necessária a realização de obras de infraestrutura, qual seja, construção de rede de abastecimento, porque se trata de um loteamento. Alega que não se opõe a instalar hidrômetro individual, mas é preciso que haja viabilidade técnica para tanto. Requer efeito suspensivo. Pede a reforma da decisão agravada. Decisão concedendo efeito suspensivo a fls. 16/18. Contrarrazões a fls. 22/27, alegando, em resumo, que há laudo acostado com a inicial atestando o contrário do alegado pela agravante; que a obra para instalação do registro geral está pronta, faltando somente a instalação do registro e do hidrômetro; que o condomínio está regular e inscrito no CNPJ nº / Pede a manutenção da decisão agravada. Informações do Juízo a fls. 59. anexo. O recurso foi instruído com os documentos digitalizados no É o relatório. Decido. Presentes os requisitos de admissibilidade, conheço do recurso. Embora não haja critério objetivo para aferição do que representa a prova inequívoca, a doutrina e a jurisprudência consideram aquela resultante de uma cognição sumária e que apresenta um grau de convencimento tal que, a seu respeito, não possa ser oposta qualquer dúvida razoável, daí decorrendo o juízo de probabilidade de sua afirmação. Assiste razão à agravante. No caso em apreço, não está presente a verossimilhança das alegações do autor/agravado e, portanto, ausente um dos requisitos exigidos pelo artigo 273 do Código de Processo Civil. Apesar de o autor/agravado alegar que o condomínio em que reside já possui a infraestrutura interna necessária para as providências

4 determinadas em antecipação de tutela, juntando um laudo de engenharia datado de 25 de janeiro de 2012 (doc. digitalizado fls. 17 dos autos originários) a ré/agravante nega tal fato e junta um relatório técnico datado de 24 de abril de 2014 (doc. digitalizado do anexo). Frise-se que os laudos juntados por ambas as partes trazem conclusões opostas e foram produzidos de forma unilateral, o do autor/agravado emitido em 2012 e o da ré/agravante em Desse modo, há necessidade de dilação probatória porque as alegações do agravado não são aptas a permitir uma antecipação de tutela, medida excepcional. Justiça: Sobre o tema, colaciono o julgado do Superior Tribunal de REsp / SC RECURSO ESPECIAL 1997/ Relator(a) Ministro CARLOS ALBERTO MENEZES DIREITO (1108) Órgão Julgador T3 - TERCEIRA TURMA Data do Julgamento 05/12/1997 Data da Publicação/Fonte DJ 08/02/1999 p. 276 REVJUR vol. 258 p. 72 Ementa Tutela antecipada: requisitos. Deferimento liminar.1. Ainda que possível, em casos excepcionais, o deferimento liminar da tutela antecipada, não se dispensa o preenchimento dos requisitos legais, assim a "prova inequívoca", a "verossimilhança da alegação", o "fundado receio de dano irreparável", o "abuso de direito de defesa ou o manifesto propósito protelatório do réu", ademais da verificação da existência de "perigo de irreversibilidade do provimento antecipado", tudo em despacho fundamentado de modo claro e preciso. 2. O despacho que defere liminarmente a antecipação de tutela com apoio, apenas, na demonstração do "fumus boni iuris" e do "periculum

5 in mora" malfere a disciplina do art. 273 pelo legislador para a salutar inovação trazida pela Lei nº 8.952/ Recurso especial não conhecido. Pelo exposto, com amparo no art. 557, 1º-A do Código de Processo Civil, dou provimento ao recurso para reformar a decisão agravada indeferindo a antecipação de tutela. Comunique-se. Intimem-se. Rio de Janeiro, 04 de junho de DES. SEBASTIÃO RUGIER BOLELLI RELATOR

(7) Agravo de Instrumento nº

(7) Agravo de Instrumento nº TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0003412-46.2014.8.19.0000 JUÍZO DE ORIGEM: VARA ÚNICA DA COMARCA DE IGUABA GRANDE AGRAVANTE:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Orloff Neves Rocha PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( )

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Orloff Neves Rocha PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 222331-78.2014.8.09.0000 (201492223310) COMARCA AGRAVANTE AGRAVADO RELATOR :GOIÂNIA :BANCO BRADESCO FINANCIAMENTOS S/A :JESSYCA DE ALMEIDA SILVA :Desembargador

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº: 0050632-74.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: EUZENI FARIA GONÇALVES AGRAVADO: LEANDRO DE TAL Relator: Desembargador MARCELO LIMA BUHATEM Vistos, etc... D

Leia mais

Sucintamente relatados, decido.

Sucintamente relatados, decido. Requerente: JOÃO CÂNDIDO PORTINARI Requerido: NELSON MARCIO NIRENBERG Trata-se de ação cautelar, com pedido de concessão de efeito suspensivo a recurso especial. Sustenta estarem presentes os requisitos

Leia mais

VIGÉSIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL / CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº AGRAVANTE: BAYER S

VIGÉSIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL / CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº AGRAVANTE: BAYER S VIGÉSIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL / CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0004565-17.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: BAYER S.A AGRAVADO: ANTONIO SANTOS RELATORA: DES. TEREZA CRISTINA SOBRAL BITTENCOURT SAMPAIO AGRAVO

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 23ª CÂMARA CÍVEL

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 23ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO n º 0018320-11.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: ADMILSON DE SOUZA SANTOS AGRAVADA: LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A RELATOR: DES. MARCELO CASTRO ANÁTOCLES DA SILVA FERREIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0001290-15.2010.8.19.0028 APELANTE: AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. APELADOS: R.S.R. DE MACAÉ EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%.

AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%. AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%. É válido o desconto em folha para pagamento de empréstimo bancário livremente

Leia mais

Décima Sexta Câmara Cível Gabinete do Desembargador Marco Aurélio Bezerra De Melo

Décima Sexta Câmara Cível Gabinete do Desembargador Marco Aurélio Bezerra De Melo AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO AGRAVADA QUE DEFERE ANTECIPAÇÃO DE TUTELA PARA DETERMINAR AO MUNICÍPIO DE NOVA FRIBURGO A DISPONIBILIZAÇÃO DE CONSULTA MÉDICA DE NEUROLOGISTA. RECURSO DO RÉU. Direito à Saúde.

Leia mais

MEDIDA CAUTELAR INOMINADA Nº

MEDIDA CAUTELAR INOMINADA Nº MEDIDA CAUTELAR INOMINADA Nº 0003432-37.2014.8.19.0000 Requerente: AVON INDUSTRIAL LTDA. Requerido: COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO D E C I S Ã O

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECISÃO MONOCRÁTICA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECISÃO MONOCRÁTICA fls. 237 Registro: 2016.0000609797 DECISÃO MONOCRÁTICA Agravo de Instrumento Processo nº 2163570-75.2016.8.26.0000 Relator(a): Luis Mario Galbetti Órgão Julgador: 7ª Câmara de Direito Privado Voto nº:

Leia mais

Poder Judiciário. Estado do Rio de Janeiro Décima NonaCâmara Cível

Poder Judiciário. Estado do Rio de Janeiro Décima NonaCâmara Cível Agravo de Instrumento Nº: 0035162-32.2015.8.19.0000 Agravantes: MUNICIPIO DE ANGRA DOS REIS Agravado: SEBASTIÃO MAXIMO DA COSTA Juízo de Origem: 2ª Vara Cível da Comarca de Angra dos Reis Relator: DESEMBARGADOR

Leia mais

CAPUT, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. AGRAVO DESPROVIDO. DECISÃO MONOCRÁTICA RELATÓRIO

CAPUT, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. AGRAVO DESPROVIDO. DECISÃO MONOCRÁTICA RELATÓRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº. 0063122-31.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIA - INSS AGRAVADO: MARLENE AFONSO

Leia mais

VIGÉSIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL

VIGÉSIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL VIGÉSIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0017795-29.2014.8.19.0000 Ação Ordinária nº 0095194-34.2014.8.19.0001 10ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital AGRAVANTE: RAFAEL RAMALHO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 37ª Câmara de Direito Privado

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 37ª Câmara de Direito Privado ACÓRDÃO Registro: 2016.0000683259 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2164180-43.2016.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante BANCO VOTORANTIM S/A, são

Leia mais

ACÓRDÃO lilllillliili V

ACÓRDÃO lilllillliili V TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO AC0 R SEGISTRADO(A)SOBN ACÓRDÃO lilllillliili V Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento n 990.10.409899-8, da Comarca de São Paulo, em que é

Leia mais

TIPOS DE PROCESSO. Os processos são classificados de acordo. com o tipo de provimento jurisdicional. pretendido / depende do tipo de

TIPOS DE PROCESSO. Os processos são classificados de acordo. com o tipo de provimento jurisdicional. pretendido / depende do tipo de TIPOS DE PROCESSO Os processos são classificados de acordo com o tipo de provimento jurisdicional pretendido / depende do tipo de resultado esperado pela parte Processo de Conhecimento é aquele em que

Leia mais

RELATÓRIO. 3. Foi atribuído o efeito suspensivo ao presente recurso. 4. Foram apresentadas contrarrazões. 5. É o que havia de relevante para relatar.

RELATÓRIO. 3. Foi atribuído o efeito suspensivo ao presente recurso. 4. Foram apresentadas contrarrazões. 5. É o que havia de relevante para relatar. PROCESSO Nº: 0804286-21.2014.4.05.0000 - AGRAVO DE INSTRUMENTO RELATÓRIO 1. Trata-se AGTR interposto pela UNIÃO FEDERAL, contra decisão do douto Juiz Federal da 1ª Vara da SJ/RN que, nos autos da ação

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.215.895 - MT (2010/0183418-1) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS RECORRENTE : ESTADO DE MATO GROSSO PROCURADOR : ANA CRISTINA COSTA DE ALMEIDA B TEIXEIRA E OUTRO(S) RECORRIDO : TRANSPORTES

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0145.14.044695-9/002 Númeração 0823209- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Pedro Bernardes Des.(a) Pedro Bernardes 26/05/0015 19/06/2015 EMENTA: AGRAVO

Leia mais

R E L A T Ó R I O E V O T O

R E L A T Ó R I O E V O T O AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 315469-70.2012.8.09.0000 (201293154695) APARECIDA DE GOIÂNIA AGRAVANTE: LEANDRO EVANGELISTA CIRQUEIRA AGRAVADO: MUNICÍPIO DE APARECIDA DE GOIÂNIA RELATOR: JUIZ SÉRGIO MENDONÇA

Leia mais

LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada

LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada o Semelhança advinda da sumariedade, medida cautelar e antecipação da tutela não se confundem. Distinguem as figuras no objetivo; a medida cautelar

Leia mais

Dados Básicos. Ementa. Íntegra

Dados Básicos. Ementa. Íntegra Dados Básicos Fonte: 91939/2011 Tipo: Acórdão TJMT Data de Julgamento: 14/03/2012 Data de Aprovação Data não disponível Data de Publicação: Data não disponível Estado: Mato Grosso Cidade: Sinop Relator:

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 90425-67.2011.8.09.0000 (201190904250) DE ANÁPOLIS AGRAVANTE AGRAVADO CÂMARA VILMAR FERREIRA PRODUTOS ALIMENTÍCIOS ORLÂNDIA S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA DESEMBARGADOR CARLOS ESCHER

Leia mais

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A AGRAVO DE INSTRUMENTO. FAMÍLIA. AÇÃO DE EXONERAÇÃO DE ALIMENTOS. OBRIGAÇÃO AVOENGA. AUSÊNCIA DE PROVA DA DIMINUIÇÃO DAS POSSIBILIDADES DO ALIMENTANTE. NECESSIDADE DE DILAÇÃO PROBATÓRIA. 1. No caso, corretamente

Leia mais

DESEMBARGORA AMÉLIA MARTINS DE ARAÚJO. Colenda Corte Especial Eminente Desembargador Relator,

DESEMBARGORA AMÉLIA MARTINS DE ARAÚJO. Colenda Corte Especial Eminente Desembargador Relator, MANDADO DE SEGURANÇA 354029-13.2014.8.09.0000 (201493540297) IMPETRANTES SILVIO MOREIRA DA COSTA E OUTRA IMPETRADO DESEMBARGADOR RELATOR DA 4ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS RELATORA

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) COMARCA DE GOIÂNIA AGRAVANTE:

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) COMARCA DE GOIÂNIA AGRAVANTE: AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 307599-37.2013.8.09.0000 (201393075991) COMARCA DE GOIÂNIA AGRAVANTE: ADRIANO FARIA PIMENTA AGRAVADO: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL RELATOR: Juiz FERNANDO DE CASTRO MESQUITA

Leia mais

: MIN. GILMAR MENDES

: MIN. GILMAR MENDES RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 949.410 RIO DE JANEIRO RELATOR RECTE.(S) : MIN. GILMAR MENDES :JANDIRA COSTA VIEIRA :DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL :UNIÃO :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO :ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

DECISÃO. (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC)

DECISÃO. (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC) TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0038147-13.2011.8.19.0000 Agravante:AYMORÉ CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S.A (autor) Agravada: MARIA DAS DORES DA SILVA (ré) Relatora:

Leia mais

DECISÃO SUPERMERCADO DIA BRASIL

DECISÃO SUPERMERCADO DIA BRASIL fls. 1 DECISÃO Processo Físico nº: 0003811-51.2015.8.26.0063 Ordem nº 1871/2015 Classe - Assunto Procedimento Ordinário - Indenização por Dano Moral Requerente: SUPERMERCADOS BURGOS & CIA LTDA. Requerido:

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade).

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade). Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade). (Nome do autor), brasileiro, casado, engenheiro de minas, carteira de identidade

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0006422-98.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: DENISE GUARINO MOREIRA FOLETTO AGRAVADO 1: CONDOMÍNIO DO EDIFÍCIO

Leia mais

DECISÃO. (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC)

DECISÃO. (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC) TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0048175-69.2013.8.19.0000 Agravante: DIBENS LEASING S/A ARRENDAMENTO MERCANTIL (autora) Agravado: JOSÉ LUIS DA SILVA (réu) Relatora: Desembargadora

Leia mais

A C Ó R D Ã O DO AGRAVO INTERNO.

A C Ó R D Ã O DO AGRAVO INTERNO. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO 24ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO INTERNO NO AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0011012-84.2015.8.19.0000 4ª VARA EMPRESARIAL AGRAVANTE : MICROSOFT INFORMATICA LTDA AGRAVADO : MINISTÉRIO

Leia mais

Estado da Paraíba Poder Judiciário Tribunal de Justiça

Estado da Paraíba Poder Judiciário Tribunal de Justiça á Estado da Paraíba Poder Judiciário Tribunal de Justiça AGRAVO INTERNO N" 200.2009.036736-4/001 RELATOR : Juiz Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito Convocado AGRAVANTE : Banco Real Leasing S/A

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR JOÃO ALVES DA SILVA DECISÃO MONOCRÁTICA AGRAVO INTERNO NQ 001.2011.016574-1/001 RELATOR :Desembargador João Alves da Silva AGRAVANTE : Renata Toscano

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível EMBARGOS DE DECLARAÇÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO 0046297-12.2013.8.19.0000 PARTE EMBARGANTE: CONMEDH CONVÊNIOS MÉDICOS HOSPITALARES LTDA. PARTE EMBARGADA: CLÁUDIA COUTINHO GUIMARÃES MANES RELATOR: DES. MARCO

Leia mais

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO RELATÓRIO O DESEMBARGADOR FEDERAL GERALDO APOLIANO (RELATOR): Agravo de Instrumento manejado em face da decisão da lavra do MM. Juiz Federal da 8ª Vara da Seção Judiciária do Ceará, proferida nos autos

Leia mais

DECISÃO MONOCRÁTICA RELATÓRIO

DECISÃO MONOCRÁTICA RELATÓRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO NONA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º 0046120-82.2012.8.19.0000 AGRAVANTE: TRANSTURISMO REI LTDA AGRAVADA: PORTO SEGURO COMPANHIA DE SEGUROS GERAIS

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR

TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO INTERNO NA APELAÇÃO CÍVEL Nº 0247406-11.2012.8.19.0001 AGRAVANTE: RODNEY NIEGESKI MONSAO AGRAVADO: BANCO SANTANDER BRASIL S/A RELATORA:

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0055178-75.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DO VALE DO RIO PRETO AGRAVADO: YOLANDA

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0194.09.096338-1/001 Númeração 0963381- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Mota e Silva Des.(a) Mota e Silva 09/06/2009 30/06/2009 EMENTA: DIREITO

Leia mais

ACÓRDÃO. - Somente sobre as parcelas com natureza remuneratória incide a contribuição previdenciária.

ACÓRDÃO. - Somente sobre as parcelas com natureza remuneratória incide a contribuição previdenciária. Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete da Desa. Maria das Graças Morais Guedes ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO NQ 200.2010.044.162-1/001 RELATORA: DESA. MARIA DAS GRAÇAS MORAIS

Leia mais

A C Ó R D Ã O. ACORDA, em Turma, a Terceira Câmara Civil do Tribunal de Alçada do Estado de Minas Gerais, NEGAR PROVIMENTO.

A C Ó R D Ã O. ACORDA, em Turma, a Terceira Câmara Civil do Tribunal de Alçada do Estado de Minas Gerais, NEGAR PROVIMENTO. EMENTA: PROCESSUAL CIVIL - AGRAVO DE INSTRUMENTO AÇÃO CAUTELAR PREPARATÓRIA DÉBITO CONTRAÍDO COM INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DESCONTO EM CONTA CORRENTE VENCIMENTOS DEBITADOS EM CONTA LIMINAR QUE REDUZIU O PERCENTUAL

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DE DESEMBARGADOR

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DE DESEMBARGADOR ( Agravo de Instrumento no. 041.2007.002068-4/001 Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa Agravante: Município de Conde, representado por seu Prefeito Adv. Marcos Antônio Leite Ramalho Junior e outros Agravado:

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO 910.603 MINAS GERAIS RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :MARLUCIA BARBOSA OTONI ADV.(A/S) :ALESSANDRA COIMBRA DE CASTRO E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE

Leia mais

COMARCA DE PORTO ALEGRE 6ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA 2º JUIZADO Processo nº: 001/ Natureza: Autora:

COMARCA DE PORTO ALEGRE 6ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA 2º JUIZADO Processo nº: 001/ Natureza: Autora: COMARCA DE PORTO ALEGRE 6ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA 2º JUIZADO Processo nº: 001/1.07.0150175-1 Natureza: Autora: Réu: Juíza Prolatora: AÇÃO CAUTELAR DE CAUÇÃO STEM PHARMACEUTICAL SUPLEMENTOS ALIMENTARES

Leia mais

Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Gabinete do Desembargador Federal Vladimir Souza Carvalho. PJe-AGTR

Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Gabinete do Desembargador Federal Vladimir Souza Carvalho. PJe-AGTR Tribunal Regional Federal da 5ª Região : FLACI COSTA SANTOS e outro (Relatório) O desembargador federal Vladimir Souza Carvalho: Trata-se de agravo de instrumento, com pedido de atribuição de efeito suspensivo,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº AÇÃO N : 0011515-20.2011.8.19.0203 ORIGEM : 6ª VARA CÍVEL DO FÓRUM REGIONAL DE JACAREPAGUÁ AGRAVANTE:INSTITUTO DE MEDICINA NUCLEAR LTDA AGRAVADA : ANDRÉA TEIXEIRA GOMES RELATOR :DES. ROBERTO GUIMARÃES

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 23ª CÂMARA CÍVEL

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 23ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO n º 0023902-89.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: FUNDAÇÃO HABITACIONAL DO EXÉRCITO - FHE AGRAVADO: VALFRIDO JACINTO DA SILVA JUNIOR RELATOR: DES. MARCELO CASTRO ANÁTOCLES DA SILVA FERREIRA

Leia mais

IIIIIIIIIIIIIIIIIJIIW

IIIIIIIIIIIIIIIIIJIIW TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRATICA REGISTRADO(A) SOB N IIIIIIIIIIIIIIIIIJIIW Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 865. JURANDYR REIS JUNIOR RELATORA DESIGNADA : DES. DENISE KRÜGER PEREIRA

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 865. JURANDYR REIS JUNIOR RELATORA DESIGNADA : DES. DENISE KRÜGER PEREIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 865.377-0, DE CASCAVEL - 1ª VARA CÍVEL AGRAVANTE : UNIMED CASCAVEL COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO AGRAVADO : VALDIR BILIBIO RELATOR ORIGINÁRIO : DES. JURANDYR REIS JUNIOR RELATORA

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Décima Sexta Câmara Cível

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Décima Sexta Câmara Cível Agravo de Instrumento nº 0046423-91.2015.8.19.0000 Agravante: UBIRATAN FRANCISCO PAIVA DE OLIVEIRA Agravado: ESTADO DO RIO DE JANEIRO Relator: DES. CARLOS JOSÉ MARTINS GOMES Ementa: Agravo de instrumento.

Leia mais

ACORDAM. Os Desembargadores que integram a 18ª Câmara Cível em negar provimento ao recurso, nos termos do voto do Relator. Decisão unânime.

ACORDAM. Os Desembargadores que integram a 18ª Câmara Cível em negar provimento ao recurso, nos termos do voto do Relator. Decisão unânime. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL AGRAVO INOMINADO NO AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº. 0003042-04.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: ZILMA IZABEL DA CONCEIÇÃO MARIA AGRAVADO: INSTITUTO

Leia mais

Apesar de os negros serem menos da metade dos usuários de drogas nos Estados Unidos, eles compõem muito mais da metade dos presos por causa de

Apesar de os negros serem menos da metade dos usuários de drogas nos Estados Unidos, eles compõem muito mais da metade dos presos por causa de Apesar de os negros serem menos da metade dos usuários de drogas nos Estados Unidos, eles compõem muito mais da metade dos presos por causa de drogas. Um em cada três jovens negros americanos serão presos

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Primeira Câmara Cível

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Primeira Câmara Cível Agravo de instrumento nº: 0068684-21.2013.8.19.0000 Agravante: BANCO SANTANDER BRASIL S.A Advogado: Fabio Caon Pereira Agravado: MUNICÍPIO DE DUQUE DE CAXIAS Relator: Desembargador ANDRÉ RIBEIRO AGRAVO

Leia mais

11ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO N o RELATOR: DES. ADOLPHO ANDRADE MELLO

11ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO N o RELATOR: DES. ADOLPHO ANDRADE MELLO 11ª CÂARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUENTO N o 0055514-16.2012.8.19.0000 RELATOR: DES. ADOLPHO ANDRADE ELLO Agravante - SUPERVIA CONCESSIONÁRIA DE TRANSPORTE FERROVIÁRIO S. A. Agravados - COPANHIA FLUINENSE

Leia mais

respeitável decisão interlocutória (fs ) proferida pelo digno juiz de

respeitável decisão interlocutória (fs ) proferida pelo digno juiz de AGRAVO DE INSTRUMENTO N. 643851-3, DE MARINGÁ 5.ª VARA CÍVEL RELATOR : DESEMBARGADOR Francisco Pinto RABELLO FILHO AGRAVANTE : ÉLIO CAETANO VIEIRA AGRAVADA : FAZENDA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ Execução

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA.

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELAÇÃO CÍVEL Nº 1.401.899-0, DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELANTE: CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SCHOENSTATT. APELADO: LUIZ ADRIANO DE VEIGA BOABAID. RELATOR:

Leia mais

QUARTA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº / CLASSE CNJ COMARCA CAPITAL AGRAVANTE: CENTRAIS ELÉTRICAS MATOGROSSENSE S/A - CEMAT

QUARTA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº / CLASSE CNJ COMARCA CAPITAL AGRAVANTE: CENTRAIS ELÉTRICAS MATOGROSSENSE S/A - CEMAT AGRAVANTE: CENTRAIS ELÉTRICAS MATOGROSSENSE S/A - CEMAT AGRAVADO: COTTON KING LTDA. Número do Protocolo: 100563/2009 Data de Julgamento: 23-11-2009 EMENTA AGRAVO DE INSTRUMENTO - AÇÃO DECLARATÓRIA COM

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Vistos, relatados e discutidos estes autos de

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Vistos, relatados e discutidos estes autos de ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SAO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA d REGISTRADO(A) SOB H Vistos, relatados e discutidos estes autos de APELAÇÃO CÍVEL n 24 6.418-4/7-00, da Comarca de ITAPETININGA, em

Leia mais

Número:

Número: Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão PJe - Processo Judicial Eletrônico Consulta Processual 30/09/2016 Número: 0857074-64.2016.8.10.0001 Classe: MANDADO DE SEGURANÇA Órgão julgador: 4ª Vara da Fazenda

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 125 Registro: 2016.0000104672 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1029695-32.2014.8.26.0053, da Comarca de, em que é apelante, é apelado FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO.

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça MEDIDA CAUTELAR Nº 24.201 - MG (2015/0089529-9) RELATOR : MINISTRO PAULO DE TARSO SANSEVERINO REQUERENTE : N M C ADVOGADO : RAFAEL VINICIUS NORMANDIA CRUZ REQUERIDO : S M P EMENTA Vistos etc. MEDIDA CAUTELAR.

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) COMARCA DE AURILÂNDIA

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) COMARCA DE AURILÂNDIA AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 456857-87.2014.8.09.0000 (201494568578) COMARCA DE AURILÂNDIA AGRAVANTE : SANEAMENTO DE GOIÁS S/A SANEAGO AGRAVADO : MINISTÉRIO PÚBLICO RELATOR : DES. ALAN SEBASTIÃO DE SENA CONCEIÇÃO

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 23ª CÂMARA CÍVEL

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 23ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO n º 0009034-09.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: UNIMED PAULISTANA SOCIEDADE COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO AGRAVADO: JOÃO PAULO GOMES RODRIGUES RELATOR: DES. MARCELO CASTRO ANÁTOCLES DA

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0433.01.022186-2/001 Númeração 0221862- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Francisco Figueiredo Des.(a) Francisco Figueiredo 29/06/2006 21/07/2006

Leia mais

<CABBCAABDCBCAADCABBCAACDBACDBADAACBAA DDABCAAD> EMENTA: AGRAVO DE INSTRUMENTO. AÇÃO CAUTELAR INOMINADA. LIMINAR CONCEDIDA. DESCUMPRIMENTO DO ART. 806, DO CPC. CESSAÇÃO DA EFICÁCIA. HIPÓTESE DE EXTINÇÃO

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0053722-22.2015.8.19.0000 Ação Originária nº 0001432-93.2015.8.19.0076 AGRAVANTES: LEANDRO SOARES DE SOUZA, CAMILA APARECIDA FARACO DA SILVA, MARIA APARECIDA FARACO DA SILVA e

Leia mais

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A VIGÉSIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INTRUMENTO Nº 0042132-19.2013.8.19.0000 Ação Originária: 0002327-88.2013.8.19.0055 Mandado de Segurança 2ª Vara da Comarca de São Pedro da Aldeia AGRAVANTE: DEPARTAMENTO

Leia mais

Gabinete do Desembargador Fausto Moreira Diniz 6ª Câmara Cível

Gabinete do Desembargador Fausto Moreira Diniz 6ª Câmara Cível AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 27488-16.2014.8.09.0000 (201490274880) COMARCA DE CALDAS NOVAS AGRAVANTE : KLEBER GONÇALVES DE OLIVEIRA JÚNIOR AGRAVADA : SOCIEDADE DE ENSINO DE CALDAS NOVAS LTDA (UNICALDAS) RELATOR

Leia mais

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul 26 de março de 2013 2ª Câmara Cível Agravo de Instrumento - Nº - Chapadão do Sul Relator Exmo. Sr. Juiz Vilson Bertelli Agravante : Banco Bradesco S/A Advogada : Karina de Almeida Batistuci Agravados :

Leia mais

A C Ó R D Ã O

<CABBCBBCCADACABAADBCAADCBAACDBBAACDAA DDADAAAD> A C Ó R D Ã O EMENTA: AGRAVO EM EXECUÇÃO PENAL CONDENAÇÃO SUPERVENIENTE HOMOLOGAÇÃO DO ATESTADO DE PENA REGIME ABERTO INCONFORMISMO MINISTERIAL IMPOSIÇÃO DO REGIME SEMIABERTO

Leia mais

AGTE: ROMÁRIO SPORTS MARKETING E EMPREENDIMENTO LTDA EPP AGDO: CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA RELATORA: DESEMBARGADORA MARIA REGINA NOVA

AGTE: ROMÁRIO SPORTS MARKETING E EMPREENDIMENTO LTDA EPP AGDO: CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA RELATORA: DESEMBARGADORA MARIA REGINA NOVA AGTE: ROMÁRIO SPORTS MARKETING E EMPREENDIMENTO LTDA EPP AGDO: CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA RELATORA: DESEMBARGADORA MARIA REGINA NOVA AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO QUE, DE OFÍCIO, NOS AUTOS DA EXECUÇÃO

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO INVERSÃO ÔNUS DA PROVA REGRA DE JULGAMENTO A C Ó R D Ã O

AGRAVO DE INSTRUMENTO INVERSÃO ÔNUS DA PROVA REGRA DE JULGAMENTO A C Ó R D Ã O AGRAVO DE INSTRUMENTO INVERSÃO ÔNUS DA PROVA REGRA DE JULGAMENTO - A inversão do ônus da prova é regra de julgamento ou para julgamento, quando na sentença, momento próprio, onde, de frente ao contexto

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma PRINCÍPIO DA UNIRRECORRIBILIDADE PRECLUSÃO CONSUMATIVA. O princípio da unirrecorribilidade, preconiza que o direito da parte de se insurgir contra o julgado que lhe foi desfavorável, se

Leia mais

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A APELAÇÃO CÍVEL. DIREITO PROCESSUAL CIVIL. SENTENÇA SEM RELATÓRIO E DISPOSITIVO, COM MERA REMISSÃO AO PARECER DO MINISTÉRIO PÚBLICO. NULIDADE. SENTENÇA DESCONSTITUÍDA. É nula a sentença fundamentada pela

Leia mais

Os Agravados não apresentaram contraminuta ao agravo de instrumento nem contrarrazões ao recurso de revista.

Os Agravados não apresentaram contraminuta ao agravo de instrumento nem contrarrazões ao recurso de revista. PROCESSO Nº TST-AIRR-1614-51.2010.5.01.0482 A C Ó R D Ã O 4ª Turma GMFEO/FDAN/NDJ AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE REVISTA. DESERÇÃO. I. As alegações constantes da minuta de agravo de instrumento não

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO IV AGRAVANTE: DEFENSORIA PÚBLICA AGRAVADO: ESTADO DO RIO DE JANEIRO RELATORA: DESEMBARGADORA MARIA REGINA NOVA AGRAVO DE INSTRUMENTO. AÇÃO CIVIL PÚBLICA. DECISÃO QUE INDEFERIU O PEDIDO DE ANTECIPAÇÃO DOS

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A.

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELADO: STELA MARIS SCHUTZ Número do Protocolo : 8785/2004 Data de Julgamento : 29-6-2004 EMENTA APELAÇÃO CÍVEL DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO TELEFÔNICO COMBINADA

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes Bezerra Cavalcanti Acórdão

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes Bezerra Cavalcanti Acórdão Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes Bezerra Cavalcanti Acórdão AGRAVO DE INSTRUMENTO : 0000530-88.2015.815.0000 Capital RELATORA

Leia mais

D E C I S Ã O P R E L I M I N A R

D E C I S Ã O P R E L I M I N A R Agravo de Instrumento nº 324816-25.2015.8.09.0000 (201593248164) Comarca de Goiânia Agravante : Sindicato dos Funcionários do Fisco do Estado de Goiás Sindifisco Agravada : Estado de Goiás Relator : Desembargador

Leia mais

demandado em utilizar indevidamente tal terreno.

demandado em utilizar indevidamente tal terreno. PROCESSO Nº: 0804934-64.2015.4.05.0000 - AGRAVO DE INSTRUMENTO AGRAVANTE: UNIÃO FEDERAL AGRAVADO: ANTONIO MARCIO BRITTO RAPOSO ADVOGADO: ANTONIO CARLOS FREITAS MELRO DE GOUVEIA RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A)

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO. 26* Câmara

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO. 26* Câmara TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO 26* Câmara AGRAVO DE INSTRUMENTO NO.1177738-0/4 Comarca de SÃO PAULO Processo 127075/08 31.V.CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Terceira Câmara Cível

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Terceira Câmara Cível Agravo de Instrumento N.º 0012924-53.2014.8.19.0000 1 Agravo de Instrumento. Ação revisional de locação. Insurgência contra a decisão que fixou os provisórios em valor menor daquele que seria encontrado

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: Ag/Rg 117-46.2013.6.21.0000 PROCEDÊNCIA: DEZESSEIS DE NOVEMBRO AGRAVANTES: ADEMIR JOSÉ ANDRIOLI GONZATTO, ADÃO ALMEIDA DE BARROS E OILSON DE MATOS ALBRING AGRAVADA: JUSTIÇA ELEITORAL -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça CONFLITO DE COMPETÊNCIA Nº 132.402 - SP (2014/0028913-0) RELATOR SUSCITANTE ADVOGADO SUSCITADO SUSCITADO : MINISTRO SIDNEI BENETI : ARTUR MONTEIRO VIEIRA : CAROLINA DE ROSSO AFONSO E OUTRO(S) : JUÍZO DE

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 862.615 - MT (2006/0101767-2) RELATOR RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO PAULO DE TARSO SANSEVERINO : GRAÚNA AGRO LTDA : JOCIMARA MOCHI JORGE E OUTRO(S) : EDUARDO CRISTIANO

Leia mais

DECISÃO. Processo Digital nº: Classe - Assunto Ação Civil Pública - Improbidade Administrativa

DECISÃO. Processo Digital nº: Classe - Assunto Ação Civil Pública - Improbidade Administrativa fls. 201 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO COMARCA DE SÃO MANUEL FORO DE SÃO MANUEL 2ª VARA Rua Ettore Targa, s/n,., V. Consolata - CEP 18650-000, Fone: (14) 3841-2422, Sao Manuel-SP - E-mail:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.511.655 - MG (2014/0298242-0) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL RECORRIDO : BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO ADVOGADO : SEM REPRESENTAÇÃO

Leia mais

03. Quer, pois, o provimento do agravo. 04. O recurso é tempestivo e está devidamente preparado É o relatório.

03. Quer, pois, o provimento do agravo. 04. O recurso é tempestivo e está devidamente preparado É o relatório. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº. 0013921-70.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: MAPMA CORRETORA DE SEGUROS E CONSULTORIA LTDA AGRAVADO: DEJALCENIR

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0000.15.033552-9/000 Númeração 0335529- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Audebert Delage Des.(a) Audebert Delage 18/08/2015 28/08/2015 EMENTA: CONFLITO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO HUMBERTO GOMES DE BARROS E M E N T A AGRAVO REGIMENTAL. AGRAVO DE INSTRUMENTO. COTAS CONDOMINIAIS. CONDOMÍNIO ATÍPICO. Embora a convenção de condomínio aprovada, mas não registrada,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEGUNDA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0043788-11.2013.8.19.0000 Agravante: MUNICÍPIO DE MACAÉ Agravada: REALIZA TRANSPORTE E LOCAÇÃO DE VEÍCULOS LTDA - ME Relatora: Des. ELISABETE FILIZZOLA ACÓRDÃO

Leia mais

Processo originário da 4ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro.

Processo originário da 4ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro. ACÓRDÃO 8ª TURMA CONTRATO DE EXPERIÊNCIA. PRORROGAÇÃO. AUSÊNCIA DE NULIDADE. É lícita a prorrogação do contrato de experiência inicialmente firmado por trinta dias, para mais sessenta. Recorrente: DAIANA

Leia mais

Eis o teor da decisão (f. 46):

Eis o teor da decisão (f. 46): AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1191431-9, DE GUARAPUAVA - 3ª VARA CÍVEL AGRAVANTE : MARIA APARECIDA CAMPOS OGIBOSKI AGRAVADO : DANIEL SCHNEIDER RELATORA : DESª DENISE KRÜGER PEREIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO AÇÃO

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Primeira Câmara Cível

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Primeira Câmara Cível Agravo de Instrumento: 0007803-44.2014.8.19.0000 Agravante: JOAQUIM FERNANDO DE MATTOS FONSECA Advogado: Dr. Renato Salles Areas Agravada: EMDA ADMINISTRAÇÃO DE BENS LTDA Advogado: Ronaldo Maciel Figueiredo

Leia mais

Á'Os. Poder yudiciário 'Tribunal de :Justiça do Estado da 'Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes BeJerra Cavalcanti

Á'Os. Poder yudiciário 'Tribunal de :Justiça do Estado da 'Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes BeJerra Cavalcanti IB Á'Os. Poder yudiciário 'Tribunal de :Justiça do Estado da 'Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes BeJerra Cavalcanti DECISÃO MONOCRÁTICA AGRAVO DE INSTRUMENTO 200.2006.018796-6/ 002

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR AGTE.(S) ADV.(A/S) AGDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. ROBERTO BARROSO :GTECH BRASIL LTDA :DANELLE ZULATO BITTAR : :PROCURADOR-GERAL DO EMENTA:

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) GOIÂNIA

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) GOIÂNIA AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 172440-59.2012.8.09.0000 (201291724400) GOIÂNIA AGRAVANTE: AGRAVADO: RELATOR: CÂMARA: VALDEMAR PARREIRA ALVES SÔNIA MARIA AREAS E OUTROS EUDÉLCIO MACHADO FAGUNDES JUIZ SUBSTITUTO

Leia mais