1. Com base no disposto no Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul, assinale a assertiva correta:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. Com base no disposto no Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul, assinale a assertiva correta:"

Transcrição

1 1. Com base no disposto no Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul, assinale a assertiva correta: a) Os cargos públicos estaduais, acessíveis exclusivamente aos brasileiros, independentemente do preenchimento dos requisitos legais para a investidura, são de provimento efetivo e em comissão. b) Os cargos em comissão, de livre nomeação e exoneração, poderão ser dispostos e organizados em carreira, na forma da lei. c) Os cargos de provimento efetivo serão organizados em carreira, com promoções de grau a grau, mediante aplicação de critérios alternados de merecimento e antigüidade. d) Os cargos em comissão, cujo provimento dependerá de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, não poderão ser exercidos por servidores do quadro permanente. e) A investidura de que trata este artigo ocorrerá com a nomeação. 2. A comprovação de preenchimento dos requisitos para a investidura em cargo público do Estado do Rio Grande do Sul dar-se-á por ocasião da (o) a) Inscrição no concurso b) nomeação c) posse d) exercício e) fim do estágio probatório 3. Não são formas de provimento de cargos públicos, conforme expressamente disposto na Lei Complementar n , de 1994: a) Nomeação, reintegração e aproveitamento b) Readaptação, recondução e reintegração c) Aproveitamento, nomeação e readaptação d) Reversão, nomeação e recondução

2 e) Reinserção, reinvestidura e retorno 4. Conforme estabelecido no Estatuto dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul, lotação é: a) o efetivo desempenho das atribuições do cargo e dar-se-á no prazo de até 30 (trinta) dias contados da data da posse. b) a aceitação expressa do cargo, formalizado com a assinatura do termo no prazo de 15 (quinze) dias, a contar da nomeação. c) a passagem de um servidor de um grau para o imediatamente superior, dentro da respectiva categoria funcional. d) a força de trabalho qualitativa e quantitativa de cargos nos órgãos em que, efetivamente, devam ter exercício os servidores, observados os limites fixados para cada repartição ou unidade de trabalho. e) é o retorno à atividade do servidor em disponibilidade. 5. Osvaldo pretende ingressar em cargo público do Estado do Rio Grande do Sul. Diante disso, Osvaldo deve saber que: a) Os concursos públicos serão exclusivamente de provas e títulos e seu prazo de validade será de até 2 (dois) anos, prorrogáveis uma única vez, por igual período. b) Sua investidura se dará com a nomeação, em virtude da aprovação em concurso público. c) Posse é a aceitação expressa do cargo, formalizada com a assinatura do termo no prazo de 30 (trinta) dias improrrogáveis, a contar da nomeação. d) Se a posse não se der no prazo referido em lei, o servidor será exonerado. e) A posse poderá dar-se mediante procuração específica 6. A forma de investidura do servidor estável em cargo de atribuições e responsabilidades mais compatíveis com sua vocação ou com as limitações que tenha sofrido em sua capacidade física ou mental, podendo ser processada à pedido ou "ex-officio chama-se: a) Relotação b) Recondução c) Reinclusão d) Readaptação

3 e) Reversão 7. De acordo com o estabelecido no Estatuto dos Servidores Públicos do Estado do Rio grande do Sul, reintegração é: a) a forma de investidura do servidor estável em cargo de atribuições e responsabilidades mais compatíveis com sua vocação ou com as limitações que tenha sofrido em sua capacidade física ou mental, podendo ser processada à pedido ou "ex-officio". b) é o retorno do servidor demitido ao cargo anteriormente ocupado, ou ao resultante de sua transformação, em conseqüência de decisão administrativa ou judicial, com ressarcimento de prejuízos decorrentes do afastamento. c) é o retorno à atividade do servidor aposentado por invalidez, quando verificada, por junta médica oficial, a insubsistência dos motivos determinantes da aposentadoria. d) o retorno do servidor estável ao cargo anteriormente ocupado. e) o retorno à atividade do servidor em disponibilidade. 8. Com relação à reversão, conforme estabelecido pelo Estatuto dos servidores públicos do Estado do Rio Grande do Sul, analise as assertivas abaixo: I. Trata-se do retorno à atividade do servidor aposentado por invalidez, quando verificada a insubsistência dos motivos determinantes da aposentadoria. II. Far-se-á exclusivamente a pedido, vedada a reversão "ex-officio" e dar-se-á sempre no mesmo cargo em que se deu a aposentadoria. III. O servidor com mais de 50 (cinquenta) anos não poderá ter processada a sua reversão. Estão corretas as assertivas: a) Apenas I b) Apenas II c) Apenas III d) Apenas I e II e) Apenas II e III 9. José Eleu, servidor público do Estado do Rio Grande do Sul, obteve a anulação do ato de sua demissão mediante decisão judicial transitada em julgado. Luís Dantas teve comprovada por junta médica oficial a insubsistência dos motivos que levaram à sua aposentadoria por

4 invalidez. José Eleu e Luís Dantas retornarão ao serviço público mediante as seguintes formas de provimento de cargos públicos, respectivamente: a) Recondução e readaptação b) Reversão e redistribuição c) Renomeação e relotação d) Aproveitamento e remoção e) Reintegração e reversão 10. Conforme estabelecido no Regime Jurídico Único do Estado do Rio Grande do Sul, serão considerados de efetivo exercício para todos os efeitos, os afastamentos do serviço em virtude de, exceto: a) prestação de prova em concurso público. b) Licença gestante, adotante e paternidade. c) Em que o servidor esteve em disponibilidade. d) Licença prêmio por assiduidade. e) para concorrer a mandato eletivo federal, estadual ou municipal. 11. De acordo com o texto expresso da Lei Complementar Estadual n , de 1994, computar-se-á integralmente, exclusivamente para efeito de aposentadoria e disponibilidade o tempo: a) De afastamento para casamento, até 08 (oito) dias consecutivos. b) De afastamento para júri, ou outros serviços obrigatórios por lei. c) De afastamento para o desempenho de mandato eletivo federal, estadual ou municipal. d) Em que o servidor já esteve aposentado, quando se tratar de reversão. e) De licença para o tratamento de doença em pessoa da família, com remuneração. 12. Conforme disposto no Estatuto dos Servidores do Estado do Rio Grande do Sul, assinale a assertiva correta: a) O vencimento do cargo efetivo, acrescido das vantagens de caráter permanente, é irredutível, permitida a vinculação ou equiparação para efeitos de remuneração de pessoal.

5 b) Salvo por imposição legal, mandado judicial ou decisão administrativa de autoridade competente, devidamente fundamentada, nenhum desconto incidirá sobre a remuneração ou provento. c) O vencimento, a remuneração ou provento não serão objeto de arresto, seqüestro ou penhora, exceto nos casos de prestação de alimentos, resultantes de decisão judicial, ou de dano doloso ao erário ou a terceiros. d) Mediante autorização do servidor, poderá haver consignação em folha de pagamento a favor de terceiros, a critério da administração e com reposição de custos, na forma definida em regulamento. e) Terá o prazo de 30 (trinta) dias para quitar eventuais débitos com o erário, o servidor que for demitido ou exonerado. A não-quitação do débito no prazo previsto implicará no bloqueio administrativo de seus bens. Gabarito: 1C 2C 3E 4D 5E 6D 7B 8A 9E 10C 11D 12D 13. De acordo com o disposto no Estatuto dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul, relativo às indenizações devidas aos servidores, relacione as colunas: I. Destina-se a compensar as despesas de instalações do servidor que, no interesse do serviço, passe a ter exercício em nova sede, com mudança de domicílio em caráter permanente. II. Será concedida ao servidor que realizar despesas com a utilização de meio próprio de locomoção, para execução de serviços externos, por força das atribuições próprias do cargo, conforme previsto em regulamento. III. Destina-se a cobrir as despesas do servidor que se afastar temporariamente da sede, em objeto de serviço. ( ) indenização de transporte ( ) ajuda de custo ( ) diárias Fazendo as devidas relações, a ordem correta fica:

6 a) I, III e II b) II, III e I c) II, I e III d) III, I e II e) I, II e III 14. Ao servidor que adquirir direito à aposentadoria voluntária com proventos integrais e cuja permanência no desempenho de suas funções for julgada conveniente e oportuna para o serviço público estadual poderá ser deferida, por ato do Governador: a) Gratificação por serviço extraordinário, com acréscimo de 50% em relação à remuneração normal do trabalho. b) Gratificação por exercício de função, nos termos e valores estabelecidos em lei específica. c) Gratificação de representação, na forma da lei. d) Jetons. e) Gratificação de permanência em serviço de valor correspondente a 50% (cinquenta por cento) do seu vencimento básico. 15. Com base no disposto na Lei Complementar Estadual n , de 1994, quanto à licença para tratamento da saúde, assinale a assertiva incorreta: a) Poderá ser concedida a pedido ou ex officio. b) Terá duração máxima de 365 dias, a partir de quando se converterá automaticamente em aposentadoria por invalidez. c) Findo o período de licença, o servidor deverá reassumir imediatamente o exercício do cargo, sob pena de ser considerado faltoso, salvo prorrogação ou determinação constante em laudo. d) Se necessário, a inspeção médica oficial poderá ser realizada na residência do servidor ou no estabelecimento hospitalar onde internado. e) Computará como tempo de serviço para todos os efeitos. 16. De acordo com o Estatuto dos Servidores Públicos do Estado Rio Grande do Sul, considere as assertivas abaixo: I. Licença para o exercício de mandato classista.

7 II. Licença por motivo de doença em pessoa da família, no período que exceder 365 dias, até o máximo de 730 dias. III. Licença para tratar de interesses particulares. IV. Licença para acompanhar cônjuge. V. Licença para concorrer a mandato eletivo. São licenças não dão direito à remuneração, aquelas dispostas nos itens: a) I, III e V b) II, III e IV c) I, IV e V d) II, III e V e) I, II e III 17. Carla e Mauro são casados entre si e ambos servidores públicos do Estado do Rio Grande do Sul. Pretendem a adoção de Marquinhos, criança com três anos de idade. Neste caso, se realizarem a adoção: a) Carla terá direito à licença adotante de 180 dias e Mauro à licença paternidade de 30 dias. b) Carla terá direito à licença adotante de 150 dias e Mauro à licença paternidade de 15 dias. c) Carla terá direito à licença adotante de 120 dias e Mauro à licença paternidade de 08 dias. d) Ambos terão direito à licença adotante de 150 dias. e) Ambos terão direito à licença adotante de 120 dias. 18. De acordo com as regras estabelecidas no Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis do Estado do Rio Grande do Sul, o servidor público investido no mandato de prefeito: a) Havendo compatibilidade de horários, poderá acumular o cargo com o mandato, assim como as remunerações correspondentes. b) Será afastado do cargo, sem direito à remuneração. c) Será afastado do cargo, podendo optar pela sua remuneração. d) Será afastado do cargo, mas fará jus a ambas as remunerações. e) Será afastado do cargo e receberá o equivalente à metade da soma de ambas as remunerações.

8 19. Com base no disposto no Estatuto dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul acerca do direito de petição, assinale a assertiva correta: a) O pedido de reconsideração poderá ser renovado. b) O recurso será dirigido à autoridade superior em relação a que tiver proferido a decisão ou expedido o ato. c) O pedido de reconsideração e o de recurso, mesmo quando cabíveis, não interrompem a prescrição. d) A prescrição é de ordem pública, não podendo ser relevada pela Administração. e) São fatais e improrrogáveis os prazos estabelecidos para o direito de petição, vedadas quaisquer exceções. 20. Conforme estabelecido no Estatuto dos Servidores Públicos Civis, do Estado do Rio Grande do Sul, são deveres dos servidores públicos: a) tratar com urbanidade as partes, atendendo-as com preferências pessoais. b) providenciar para que esteja sempre em dia no seu assentamento individual, seu endereço residencial e sua declaração de família. c) atender à expedição de certidões requeridas, exceto quando para defesa de direito ou esclarecimento de situações de interesse pessoal. d) eximir-se de levar ao conhecimento da autoridade superior as irregularidades de que tiver conhecimento, no órgão em que servir. e) atender com presteza o público em geral, prestando as informações requeridas que estiverem a seu alcance, mesmo aquelas protegidas por sigilo. 21. São deveres do servidor público, do Estado do Rio Grande do Sul, exceto: a) cumprir as ordens superiores, exceto quando manifestamente ilegais. b) manter conduta compatível com a moralidade administrativa. c) praticar usura sob qualquer das suas formas. d) zelar pela economia do material que lhe for confiado e pela conservação do patrimônio público. e) manter espírito de cooperação com os colegas de trabalho.

9 22. Com relação às proibições previstas pelo Regime Jurídico Único dos Servidores do Estado do Rio Grande do Sul, assinale a assertiva incorreta: a) Retirar qualquer documento ou objeto existente na repartição só é proibido quando sem permissão da autoridade competente. b) Não é proibido ao servidor promover manifestações de apreço no recinto da repartição. c) Não é proibido ao servidor ausentar-se do serviço mediante prévia autorização do chefe imediato. d) É lícito ao servidor figurar como acionista, cotista ou comanditário de empresa privada. e) Não é proibido ao servidor criticar atos ou autoridades públicas em trabalho assinado, do ponto de vista doutrinário e da organização do serviço. 23. No que toca à responsabilidade do servidor do Estado do Rio Grande do Sul, conforme expressamente estabelecido pela lei Complementar n , de 1994, assinale a assertiva correta: a) Pelo exercício regular e irregular de suas atribuições, o servidor responde civil, penal e administrativamente. b) A responsabilidade civil decorre de ato necessariamente comissivo e doloso, que importe em prejuízo à Fazenda Estadual ou a terceiros. c) Tratando-se de dano causado a terceiros, responderá o servidor perante a Fazenda Pública. d) A responsabilidade penal abrange os crimes e contravenções imputadas ao servidor nesta qualidade, ou não. e) As sanções civis, penais e administrativas são inacumuláveis, sendo umas e outras interdependentes entre si. 24. Considere as assertivas abaixo: I. Repreensão II. Censura pública III. Suspensão IV. Remoção compulsória V. Demissão

10 VI. Cassação da aposentadoria e disponibilidade Não são penas disciplinares aplicáveis aos servidores públicos do Estado do Rio Grande do Sul, as contidas nos itens: a) II e IV b) I e VI c) III e V d) IV e VI e) II e VI 25. José, Gabriel e Carlos são servidores públicos do Estado do Rio Grande do Sul. José praticou ato de improbidade administrativa; Gabriel exerceu advocacia administrativa e Carlos se recusou, sem justo motivo, à prestação de serviço extraordinário. Neste caso, conforme disposto na Lei Complementar Estadual n , de 1994: a) José e Gabriel serão suspensos e Carlos será repreendido. b) José será demitido, Gabriel será suspenso e Carlos será repreendido. c) José e Gabriel serão demitidos e Carlos será suspenso. d) José Gabriel e Carlos serão demitidos. e) José, Gabriel e Carlos serão suspensos. Gabarito: 13C 14E 15B 16B 17B 18C 19D 20B 21C 22B 23C 24A 25C FIQUEM LIGADOS Muito embora não esteja sendo pedido em questões o prazo do estágio probatório, pois a depender da forma como será questionado poderá levar a anulação de questão, cabe lembrar, o que já foi comentado em sala de aula, mas sempre é bom fixar:

11 A Constituição Federal (EC 19/98) determina a estabilidade a partir de 3 anos de efetivo exercício, sendo assim unificado pelo STF estágio probatório será pelo período de 3 anos e estabilidade se dará a partir deste período de 3 anos. A Lei determina estágio probatório de 2 anos, mas sabemos que na prática para o Rio Grande do Sul são 3 anos. Portanto lembrem que para a resposta ser 2 anos só poderia ser se a questão versasse sobre a letra fria da lei 10098, ou melhor dizendo, segundo o texto da lei 10098, desconsiderando norma constitucional e Decreto Estadual 44376/2006( ato do Governador que regulamentou o estágio probatório de 3 anos para estar em acordo com a CF/88). Pois se a questão só falar em estágio probatório a resposta terá de ser 3 anos. A princípio não tem caído questões com este tema de prazo para o estágio probatório do RS, justamente por poder gerar nulidade da questão. Um abraço a todos Roberta

comissivo praticado no desempenho do cargo ou função, ou fora deles.

comissivo praticado no desempenho do cargo ou função, ou fora deles. Julgue os itens abaixo: 1. É dever do servidor público federal atender com presteza a todas as requisições realizadas pelo contribuinte. 2. É dever do servidor público federal ser leal ao chefe imediato.

Leia mais

Capítulo 12 PROVIMENTO ART. 8º

Capítulo 12 PROVIMENTO ART. 8º PROVIMENTO ART. 8º Capítulo 12 PROVIMENTO ART. 8º Significa o preenchimento de um cargo público, consubstanciado mediante ato administrativo de caráter funcional, pois o ato é que materializa ou formaliza

Leia mais

OAB. Direito Administrativo. Prof. Rodrigo Canda LEI 8.112/90

OAB. Direito Administrativo. Prof. Rodrigo Canda LEI 8.112/90 LEI 8.112/90 Art. 5o São requisitos básicos para investidura em cargo público: I - a nacionalidade brasileira; II - o gozo dos direitos políticos; III - a quitação com as obrigações militares e eleitorais;

Leia mais

ERRATA SEPLAG/ SEDF PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA E ORIENTADOR EDUCACIONAL NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO AUTOR: IVAN LUCAS

ERRATA SEPLAG/ SEDF PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA E ORIENTADOR EDUCACIONAL NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO AUTOR: IVAN LUCAS ERRATA SEPLAG/ SEDF PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA E ORIENTADOR EDUCACIONAL NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO AUTOR: IVAN LUCAS Na página 115, onde se lê: 31. Pelo menos cinquenta por cento dos cargos em

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO ESTÁCIO-CERS DIREITO ADMINISTRATIVO PROF. JOÃO PAULO OLIVEIRA AGENTES PÚBLICOS DIREITOS E VANTAGENS AGENTES PÚBLICOS: Pessoa física que presta atividade própria de Estado. Agentes Políticos Militares Agentes

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 Vide texto compilado Mensagem de veto Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos

Leia mais

Tabela de Prazos da Lei 8112/90 - Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União

Tabela de Prazos da Lei 8112/90 - Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União Tabela de Prazos da Lei 8112/90 - Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União Dispositivo Prazo Referência Art. 12 Art. 13 1º Até 2 anos Validade do concurso público - podendo ser prorrogado

Leia mais

Principais diferenças entre CARGO EFETIVO, CARGO EM COMISSÃO e FUNÇÃO DE CONFIANÇA:

Principais diferenças entre CARGO EFETIVO, CARGO EM COMISSÃO e FUNÇÃO DE CONFIANÇA: Prof.: Clayton Furtado LEI 8.112/90 clayton_furtado@yahoo.com.br 1ª AULA 1 - Introdução: a. Histórico: Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA

Leia mais

ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS LEI 8.112/90. Profª Lana Furtado

ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS LEI 8.112/90. Profª Lana Furtado ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS LEI 8.112/90 Profª Lana Furtado AGENTES PÚBLICOS: Toda pessoa física que presta serviços ao Estado e às pessoas jurídicas da Administração Indireta, conforme elencado

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO POVO

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO POVO LEI Nº516/2012- DE 09 DE ABRIL DE 2012 Altera a Lei Municipal nº 280, de 30 de março de 2004, que dispõe sobre o Estatuto Geral do Servidores Públicos do Município de São José do Povo. JOÃO BATISTA DE

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº. 004/95. De 6 de julho de 1995.

LEI COMPLEMENTAR Nº. 004/95. De 6 de julho de 1995. LEI COMPLEMENTAR Nº. 004/95. De 6 de julho de 1995. DISPÕE SOBRE O ESTATUTO E O REGIME JURÍDICO ÚNICO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE CRUZ ALTA- RS. ********************************** O Senhor

Leia mais

CARTILHA: DIREITOS E VANTAGENS DOS SERVIDORES PÚBLICOS UNIDADE ADMINISTRATIVO FINANCEIRA - UNAFIN

CARTILHA: DIREITOS E VANTAGENS DOS SERVIDORES PÚBLICOS UNIDADE ADMINISTRATIVO FINANCEIRA - UNAFIN CARTILHA: DIREITOS E VANTAGENS DOS SERVIDORES PÚBLICOS UNIDADE ADMINISTRATIVO FINANCEIRA - UNAFIN 1. Que vantagens além do vencimento podem ser pagas ao servidor? a) indenizações, que não se incorporam

Leia mais

Regime Jurídico Único Lei nº. 8.112/1990

Regime Jurídico Único Lei nº. 8.112/1990 Integração Regime Jurídico Único Lei nº. 8.112/1990 André Luís dos Santos Lana O que é Regime Jurídico? O regime jurídico é a lei com base na qual são definidos os direitos, deveres garantias, vantagens,

Leia mais

Estatuto Federal Lei n o 8.112/1990

Estatuto Federal Lei n o 8.112/1990 C a p í t u l o 5 Estatuto Federal Lei n o 8.112/1990 5.1. Cargos Públicos, Provimento e Vacância Questão 1. Questão 2. (Cespe/Analista/Anac/2009) A readaptação, a reversão e a recondução são formas de

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI COMPLEMENTAR Nº 10.098, DE 03 DE FEVEREIRO DE 1994. (publicada no DOE nº 24, de 04 de fevereiro de 1994) (vide

Leia mais

AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02

AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02 AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02 CAPÍTULO VII DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA SEÇÃO I DISPOSIÇÕES

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO ESQUEMATIZADO INSS FCC

DIREITO ADMINISTRATIVO ESQUEMATIZADO INSS FCC CARGOS: Técnico do INSS www.beabadoconcurso.com.br TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. - 1 - APOSTILA ESQUEMATIZADA SUMÁRIO UNIDADE 1 Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União (Lei n 8.112/90) 1.1

Leia mais

DIREITOS E DEVERES DO SERVIDOR PÚBLICO CIVIL DO ESTADO DO ACRE 4 NOÇÕES BÁSICAS 4 SERVIDOR 4 CARGO PÚBLICO 4 DA ESTABILIDADE 4 ESTÁGIO PROBATÓRIO 5

DIREITOS E DEVERES DO SERVIDOR PÚBLICO CIVIL DO ESTADO DO ACRE 4 NOÇÕES BÁSICAS 4 SERVIDOR 4 CARGO PÚBLICO 4 DA ESTABILIDADE 4 ESTÁGIO PROBATÓRIO 5 Sumário DIREITOS E DEVERES DO SERVIDOR PÚBLICO CIVIL DO ESTADO DO ACRE 4 NOÇÕES BÁSICAS 4 SERVIDOR 4 CARGO PÚBLICO 4 DA ESTABILIDADE 4 ESTÁGIO PROBATÓRIO 5 LICENÇAS 5 LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA

Leia mais

CURSO ON-LINE NORMAS APLICÁVEIS AOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS TRE/ES - TODOS OS CARGOS TEORIA E EXERCÍCIOS PROFESSOR: ANDERSON LUIZ.

CURSO ON-LINE NORMAS APLICÁVEIS AOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS TRE/ES - TODOS OS CARGOS TEORIA E EXERCÍCIOS PROFESSOR: ANDERSON LUIZ. Aula 04 Assunto: Exercícios 60 questões (da 81ª à 140ª) 81. (CESPE/MEC/2009) Considere a seguinte situação hipotética. Maria e seu esposo, Gabriel, residem no interior do estado de Goiás. Maria é estudante

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N.º 053 DE 31 DE DEZEMBRO DE 2001

LEI COMPLEMENTAR N.º 053 DE 31 DE DEZEMBRO DE 2001 LEI COMPLEMENTAR N.º 053 DE 31 DE DEZEMBRO DE 2001 Dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis do Estado de Roraima e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE RORAIMA, no uso

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ARAGUAIA Av. Carlos Hugueney, 552 - Centro - CEP.: 78.780-000 Tel/Fax.: (065) 481 1139-481 1431

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ARAGUAIA Av. Carlos Hugueney, 552 - Centro - CEP.: 78.780-000 Tel/Fax.: (065) 481 1139-481 1431 LEI N.º 761/93 Dispõe sobre o Estatuto do Magistério Público municipal de Alto Araguaia. O Prefeito Municipal de Alto Araguaia, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, faço saber que

Leia mais

LEI ORDINÁRIA Nº 2.912/11 DE 6 DE MAIO DE 2011.

LEI ORDINÁRIA Nº 2.912/11 DE 6 DE MAIO DE 2011. LEI ORDINÁRIA Nº 2.912/11 DE 6 DE MAIO DE 2011. Institui o Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos do Município de Gramado e dá outras providências TÍTULO I Das Disposições Preliminares Art. 1.º

Leia mais

REGIME JURÍDICO e ESTATUTO dos SERVIDORES PÚBLICOS do MUNICÍPIO de ARMAÇÃO DOS BÚZIOS

REGIME JURÍDICO e ESTATUTO dos SERVIDORES PÚBLICOS do MUNICÍPIO de ARMAÇÃO DOS BÚZIOS REGIME JURÍDICO e ESTATUTO dos SERVIDORES PÚBLICOS do MUNICÍPIO de ARMAÇÃO DOS BÚZIOS Lei Complementar nº 15, de 15 de janeiro de 2007. Elaborado pelo Departamento de Redação Oficial 1 ÍNDICE TÍTULO I

Leia mais

SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS Lei nº 8.112/90 Prof. Leandro Cadenas Prado

SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS Lei nº 8.112/90 Prof. Leandro Cadenas Prado SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS Lei nº 8.112/90 Prof. Leandro Cadenas Prado Servidores Públicos Federais Lei nº n 8.112/90. 7 Agentes Públicos Espécies - agentes políticos - agentes em delegação - servidores

Leia mais

Estatuto do servidor público do Tocantins Lei 1818/2007

Estatuto do servidor público do Tocantins Lei 1818/2007 Estatuto do servidor público do Tocantins Lei 1818/2007 1 Lei 1818/2007 O estatuto regulamenta as relações(férias, licenças, afastamentos, vantagens) entre o servidor e o seu empregador, o Estado. Quem

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO AMAZONAS Coordenadoria de Informática Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Amazonas

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO AMAZONAS Coordenadoria de Informática Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Amazonas LEI Nº LEI 1762 DE 14 DE NOVEMBRO DE 1986 DISPÕE sobre o. O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, FAÇO SABER a todos os habitantes que a ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA decretou e eu sanciono a presente L E I : TÍTULO

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE CAÇADOR, faço saber a todos os habitantes do Município, que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte

O PREFEITO MUNICIPAL DE CAÇADOR, faço saber a todos os habitantes do Município, que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte LEI COMPLEMENTAR nº 056, de 20 de dezembro de 2004. Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Município de Caçador e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE CAÇADOR, faço saber a

Leia mais

TÍTULO I CAPÍTULO ÚNICO. Das Disposições Preliminares

TÍTULO I CAPÍTULO ÚNICO. Das Disposições Preliminares LEI Nº 1.904, DE 10 DE DEZEMBRO DE 1997 Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Pitangueiras. ELISIO LEONE, Prefeito do Município de Pitangueiras, do Estado de São Paulo, no uso

Leia mais

ESTATUTO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

ESTATUTO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO 1 / 43 ESTATUTO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO LEI Nº 8.989, DE 29 DE OUTUBRO DE 1979 Dispõe sobre o Estatuto dos Funcionários Públicos do Município de São Paulo e dá providências

Leia mais

Apostilas OBJETIVA - Técnico Judiciário Área Administrativa TRE Tribunal Regional Eleitoral Estado do Acre - Concurso Público 2015.

Apostilas OBJETIVA - Técnico Judiciário Área Administrativa TRE Tribunal Regional Eleitoral Estado do Acre - Concurso Público 2015. Índice PG Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União (Lei nº 8.112/90 Das disposições preliminares... 02 Provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição... 02 Direitos e vantagens...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE OURINHOS Estado de São Paulo Secretaria Municipal de Administração

PREFEITURA MUNICIPAL DE OURINHOS Estado de São Paulo Secretaria Municipal de Administração LEI COMPLEMENTAR Nº. 474 De 22 de junho de 2006. Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Ourinhos e dá outras providências. A Câmara Municipal de Ourinhos, aprovou em sessão do

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MESQUITA GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MESQUITA GABINETE DO PREFEITO LEI COMPLEMENTAR Nº 004 DE 13 DE DEZEMBRO DE 2005. Dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Público do Poder Executivo do Município de Mesquita e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE MESQUITA,

Leia mais

PONTO 1: Formas de Provimento PONTO 2: Formas de Vacância 1. FORMAS DE PROVIMENTO DE CARGO: READAPTAÇÃO: Art. 24 da Lei 8.112/90.

PONTO 1: Formas de Provimento PONTO 2: Formas de Vacância 1. FORMAS DE PROVIMENTO DE CARGO: READAPTAÇÃO: Art. 24 da Lei 8.112/90. 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Formas de Provimento PONTO 2: Formas de Vacância 1. FORMAS DE PROVIMENTO DE CARGO: READAPTAÇÃO: Art. 24 da Lei 8.112/90. Readaptação envolve a troca de cargo, sem concurso

Leia mais

Município de Capanema - PR

Município de Capanema - PR LEI Nº 877 DE 18 DE SETEMBRO 2001. Dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos de Capanema. A Câmara Municipal de Capanema, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALGUEIRO LEI Nº 1.940/2014 TITULO I DO REGIME JURÍDICO ÚNICO. CAPÍTULO ÚNICO Das Disposições Preliminares TITULO II

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALGUEIRO LEI Nº 1.940/2014 TITULO I DO REGIME JURÍDICO ÚNICO. CAPÍTULO ÚNICO Das Disposições Preliminares TITULO II LEI Nº 1.940/2014 EMENTA: Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Salgueiro e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SALGUEIRO, ESTADO DE PERNAMBUCO, no uso de suas

Leia mais

LEI Nº 679 DE 25 DE SETEMBRO DE 2001

LEI Nº 679 DE 25 DE SETEMBRO DE 2001 LEI Nº 679 DE 25 DE SETEMBRO DE 2001 Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Primavera do Leste, Estado de Mato Grosso e de suas Autarquias e Fundações e dá outras Providências.

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº. 014. DE 18 DE DEZEMBRO DE 1992 (TEXTO ATUALIZADO)

LEI COMPLEMENTAR Nº. 014. DE 18 DE DEZEMBRO DE 1992 (TEXTO ATUALIZADO) LEI COMPLEMENTAR Nº. 014. DE 18 DE DEZEMBRO DE 1992 (TEXTO ATUALIZADO) 1 Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Ubá. O Povo do Município de Ubá, por seus representantes, decretou,

Leia mais

MUNICÍPIO DE TAGUATINGA GABINETE DO EXECUTIVO

MUNICÍPIO DE TAGUATINGA GABINETE DO EXECUTIVO Lei n. 404/2011 Taguatinga TO, 13 de junho de 2011. Dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Taguatinga - TO, e dá outras providências. A Prefeita do Município de Taguatinga

Leia mais

Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento do DAP

Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento do DAP Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento do DAP LEGISLAÇÃO DE PESSOAL COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO Regime Jurídico dos Servidores Públicos Federais Lei nº. 8.112/90 Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ALCIDES CARNEIRO DIA - 20/12/2009 CARGO: AUXILIAR ADMINISTRATIVO C O N C U R S O P Ú B L I C O - H U A C / 2 0 0 9 HUAC CONHECIMENTOS

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 013/2008 ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS

LEI COMPLEMENTAR Nº 013/2008 ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS LEI COMPLEMENTAR Nº 013/2008 ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS Sabará julho/2008 ÍNDICE TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES (arts. 1º e 2º)... 05 Capítulo Único... 05 TÍTULO II DO CONSELHO MUNICIPAL

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Page 1 of 62 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 Texto compilado Mensagem de veto Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores

Leia mais

d) V - V - F - F. e) V - F -F - V. GABARITO:B

d) V - V - F - F. e) V - F -F - V. GABARITO:B 33 -Constitui, nos temos da lei, ato de improbidade administrativa, EXCETO: a)retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício. Ato de improbidade que atenta contra os princípios da Administração

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TIMON GABINETE DO PREFEITO - GP

PREFEITURA MUNICIPAL DE TIMON GABINETE DO PREFEITO - GP LEI MUNICIPAL Nº 1299 DE 28 DE DEZEMBRO DE 2004 Institui o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Timon. O PREFEITO MUNICIPAL DE TIMON, ESTADO DO MARANHÃO: Faço saber que a Câmara Municipal de

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO LEI 8.112/90 - REGIME JURÍDICO DOS SERVIDORES PÚBLICOS CIVIS DA UNIÃO

DIREITO ADMINISTRATIVO LEI 8.112/90 - REGIME JURÍDICO DOS SERVIDORES PÚBLICOS CIVIS DA UNIÃO DIREITO ADMINISTRATIVO LEI 8.112/90 - REGIME JURÍDICO DOS SERVIDORES PÚBLICOS CIVIS DA UNIÃO Atualizado em 03/12/2015 LEI 8112/90 REGIME JURÍDICO DOS SERVIDORES PÚBLICOS CIVIS FEDERAIS PROVIMENTO Provimento

Leia mais

DISPÕE SOBRE O ESTATUTO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE COTIA, E DÁ PROVIDÊNCIAS CORRELATAS.

DISPÕE SOBRE O ESTATUTO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE COTIA, E DÁ PROVIDÊNCIAS CORRELATAS. http://www.leismunicipais.com.br/cgi-local/form_vig.pl Lei Ordinária de Cotia-SP, nº 628 de 20/11/1980 LEI Nº 628/80 DISPÕE SOBRE O ESTATUTO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE COTIA, E DÁ PROVIDÊNCIAS

Leia mais

Institui o Estatuto dos Servidores Públicos do Estado de Minas Gerais.

Institui o Estatuto dos Servidores Públicos do Estado de Minas Gerais. Projeto de lei complementar Institui o Estatuto dos Servidores Públicos do Estado de Minas Gerais. TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Esta lei institui o Estatuto dos Servidores Públicos do Estado

Leia mais

O Regime Jurídico Estatutário dos Funcionários Públicos do Município de Bom Jesus dos Perdões.

O Regime Jurídico Estatutário dos Funcionários Públicos do Município de Bom Jesus dos Perdões. O Regime Jurídico Estatutário dos Funcionários Públicos do Município de Bom Jesus dos Perdões. A Câmara Municipal, usando de suas atribuições legais, faz saber que aprova e o Prefeito sanciona e promulga

Leia mais

Estatuto dos Servidores Públicos da Administração Direta, Autarquias e Fundações Públicas do Município de Maracanaú

Estatuto dos Servidores Públicos da Administração Direta, Autarquias e Fundações Públicas do Município de Maracanaú TÍTULO I Estatuto dos Servidores Públicos da Administração Direta, Autarquias e Fundações Públicas do Município de Maracanaú SUMÁRIO Das Disposições Preliminares ( Arts. 1º ao 5º )...Página 2 TÍTULO II

Leia mais

ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS

ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS LEI MUNICIPAL Nº 129, DE 29 DE AGOSTO DE 1995 Lei 129/95 - Reforma Pág. nº 1 Lei nº 129/1995 "Dispõe sobre o regime jurídico dos Servidores Públicos do Município de Bertioga,

Leia mais

LEl COMPLEMENTAR N 011, DE 11 DE MAIO DE 1992 A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI COMPLEMENTAR:

LEl COMPLEMENTAR N 011, DE 11 DE MAIO DE 1992 A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI COMPLEMENTAR: Secretaria Municipal da Casa Civil LEl COMPLEMENTAR N 011, DE 11 DE MAIO DE 1992 Redações Anteriores Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Goiânia. A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA

Leia mais

REGIME JURÍDICO ÚNICO. TÍTULO II - Do Provimento, Vacância, Remoção, Redistribuição e substituição.

REGIME JURÍDICO ÚNICO. TÍTULO II - Do Provimento, Vacância, Remoção, Redistribuição e substituição. REGIME JURÍDICO ÚNICO FICHA REGIME JURÍDICO ÚNICO DOS SERVIDORES TÍTULO I - Das Disposições Preliminares. TÍTULO II - Do Provimento, Vacância, Remoção, Redistribuição e substituição. TÍTULO III - Dos Direitos

Leia mais

LEI N 884, DE 12/02/1969. A Câmara Municipal de Betim decreta e eu sanciono a seguinte lei: TÍTULO I CAPITULO ÚNICO DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI N 884, DE 12/02/1969. A Câmara Municipal de Betim decreta e eu sanciono a seguinte lei: TÍTULO I CAPITULO ÚNICO DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 8 LEI N 884, DE 12/02/1969 DISPÕE SOBRE O ESTATUTO DOS FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM. A Câmara Municipal de Betim decreta e eu sanciono a seguinte lei: TÍTULO I CAPITULO ÚNICO DISPOSIÇÕES

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MURIAÉ GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MURIAÉ GABINETE DO PREFEITO LEI N. 3.824 / 2009 Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Município de Muriaé/MG, das autarquias e das fundações públicas e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Muriaé Faço

Leia mais

Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Amazonas Organizador: Ronnie Frank Torres Stone

Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Amazonas Organizador: Ronnie Frank Torres Stone Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Amazonas Organizador: Ronnie Frank Torres Stone Lei 1.762 de 14 de novembro de 1986. Dispõe sobre o Estatuto Dos Funcionários Públicos Civis do Estado

Leia mais

ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS LEI COMPLEMENTAR N.º 04/90

ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS LEI COMPLEMENTAR N.º 04/90 ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS LEI COMPLEMENTAR N.º 04/90 ATUALIZADA ATÉ A LC 400/2010 TÍTULO I...6 CAPÍTULO ÚNICO...6 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES...6 TÍTULO II...7 DO PROVIMENTO, PROGRESSÃO, VACÂNCIA,

Leia mais

ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS

ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS 1 ÍNDICE TÍTULO I CAPÍTULO ÚNICO Das Disposições Preliminares (arts. 1º a 4º) TÍTULO II Do Provimento, Vacância, Remoção, Redistribuição e Substituição (arts. 5º a 43)

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Imprimir "Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial do Estado." LEI Nº 6.677 DE 26 DE SETEMBRO DE 1994 Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado da Bahia, das Autarquias

Leia mais

1 Lei nº 081/91 13-06-1991 ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DE MACABU.

1 Lei nº 081/91 13-06-1991 ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DE MACABU. 1 Lei nº 081/91 13-06-1991 ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DE MACABU. Lei nº 081/91 Institui o ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS do município de Conceição de Macabu, e dá outras

Leia mais

BRASIL: DO CABURAÍ AO CHUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DO PREFEITO LEI COMPLEMENTAR Nº 003, DE 02 DE JANEIRO DE 2012.

BRASIL: DO CABURAÍ AO CHUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DO PREFEITO LEI COMPLEMENTAR Nº 003, DE 02 DE JANEIRO DE 2012. LEI COMPLEMENTAR Nº 003, DE 02 DE JANEIRO DE 2012. DISPÕE SOBRE O REGIME JURÍDICO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA. O PREFEITO MUNICIPAL DE BOA VISTA Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N.º 008/99, de 16 de novembro de 1999. Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL aprova e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

LEI COMPLEMENTAR N.º 008/99, de 16 de novembro de 1999. Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL aprova e eu sanciono a seguinte Lei Complementar: LEI COMPLEMENTAR N.º 008/99, de 16 de novembro de 1999. Institui o Estatuto dos Servidores Públicos da Administração Direta e Indireta dos Poderes do Município de Palmas. Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

Licença e afastamento SERVIDOR PÚBLICO V LICENÇA E AFASTAMENTO. Licenças não remuneradas: Licenças: 12/11/2012

Licença e afastamento SERVIDOR PÚBLICO V LICENÇA E AFASTAMENTO. Licenças não remuneradas: Licenças: 12/11/2012 Licença e afastamento Hipóteses em que o servidor não presta serviço, sem perder o cargo. Há 7 hipóteses de licença e 4 hipóteses de afastamento. SERVIDOR PÚBLICO V LICENÇA E AFASTAMENTO Paula Freire Licenças:

Leia mais

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI COMPLEMENTAR Nº 107, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2006. Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos do Município de Dourados e de suas autarquias e fundações públicas. O PREFEITO MUNICIPAL DE DOURADOS,

Leia mais

Prof. Gustavo Knoplock Estatuto Federal Lei nº 8.112/1990

Prof. Gustavo Knoplock Estatuto Federal Lei nº 8.112/1990 I - PROVIMENTO E VACÂNCIA 01- (CESPE TRF 1ª Região JUIZ FEDERAL/2009) Readaptação é a investidura do servidor em cargo de atribuições e responsabilidades compatíveis com a limitação que tenha sofrido em

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA LEI N.º 1.402 DE 30 DE DEZEMBRO DE 1975. Dispõe sobre o Estatuto dos Funcionários Públicos do Município de Indaiatuba. ROMEU ZERBINI, Prefeito Municipal de Indaiatuba, usando das atribuições que lhe são

Leia mais

EMENTA: Institui o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Duque de Caxias e dá outras providências.

EMENTA: Institui o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Duque de Caxias e dá outras providências. EMENTA: Institui o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Duque de Caxias e dá outras providências. A Câmara Municipal de Duque de Caxias, decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Título

Leia mais

ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS CIVIS DO ESTADO DA BAHIA, DAS AUTARQUIAS E DAS FUNDAÇÕES PÚBLICAS ESTADUAIS

ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS CIVIS DO ESTADO DA BAHIA, DAS AUTARQUIAS E DAS FUNDAÇÕES PÚBLICAS ESTADUAIS GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS CIVIS DO ESTADO DA BAHIA, DAS AUTARQUIAS E DAS FUNDAÇÕES PÚBLICAS ESTADUAIS Lei nº 6.677/94 com suas alterações Salvador-Bahia

Leia mais

ESTATUTO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE SÃO JOSÉ E SUAS ATUALIZAÇÕES Lei nº 2.248 de 20 de março de 1991

ESTATUTO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE SÃO JOSÉ E SUAS ATUALIZAÇÕES Lei nº 2.248 de 20 de março de 1991 ESTATUTO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE SÃO JOSÉ E SUAS ATUALIZAÇÕES Lei nº 2.248 de 20 de março de 1991 DECRETO INSALUBRIDADE Decreto nº 27.618/2008 Lei nº 2.248, de 20 de março de 1991. DISPÕE SOBRE O

Leia mais

Estatuto do Servidor LEI COMPLEMENTAR Nº 46 TÍTULO I TÍTULO II

Estatuto do Servidor LEI COMPLEMENTAR Nº 46 TÍTULO I TÍTULO II Estatuto do Servidor A Lei Complementar nº 46, publicada em 31/01/1994, institui o Regime Jurídico Único para os servidores públicos civis da administração direta, das autarquias e das fundações do Estado

Leia mais

Lei nº Lei Complementar 003/2001

Lei nº Lei Complementar 003/2001 Lei nº Lei Complementar 003/2001 Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores da Prefeitura e Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia. FAÇO SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE APARECIDA DE GOIÂNIA APROVOU E EU,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 39, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1993. FAÇO SABER que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

LEI COMPLEMENTAR Nº 39, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1993. FAÇO SABER que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar: LEI COMPLEMENTAR Nº 39, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1993 "Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado do Acre, das Autarquias e das Fundações Públicas, instituídas e mantidas pelo Poder Público."

Leia mais

LEI Nº 7.169, DE 30 DE AGOSTO DE 1996 Republicada em 7/9/1996

LEI Nº 7.169, DE 30 DE AGOSTO DE 1996 Republicada em 7/9/1996 LEI Nº 7.169, DE 30 DE AGOSTO DE 1996 Republicada em 7/9/1996 Institui o Estatuto dos Servidores Públicos do Quadro Geral de Pessoal do Município de Belo Horizonte vinculados à administração direta, (VETADO)

Leia mais

ESTATUTO DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL

ESTATUTO DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL ESTATUTO DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE COCOS - BA LEI N 517, DE 28 DE ABRIL DE 2008. Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos municipais e dá outras providências.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VESPASIANO ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS LEI Nº 542

PREFEITURA MUNICIPAL DE VESPASIANO ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS LEI Nº 542 PREFEITURA MUNICIPAL DE VESPASIANO ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS LEI Nº 542 LEI Nº 542 Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município O Povo do Município de Vespasiano, por seus representantes

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR LEI Nº 5.247, DE 26 DE JULHO DE 1991. INSTITUI O REGIME JURÍDICO ÚNICO DOS SERVIDORES PÚBLICOS CIVIS DO ESTADO DE ALAGOAS, DAS AUTARQUIAS E DAS FUNDAÇÕES PÚBLICAS

Leia mais

É o retorno do servidor posto em disponibilidade. A disponibilidade não é uma forma de punição, é uma garantia do servidor.

É o retorno do servidor posto em disponibilidade. A disponibilidade não é uma forma de punição, é uma garantia do servidor. Turma e Ano: TJ ANALISTA JUDICIÁRIO e EXECUTANTE (2014) Matéria / Aula: Estatuto dos Servidores / Aula 2 Professor: Marcelo Chaves Monitor: Juliana Louzada FORMAS DE PROVIMENTO: Recondução: Segundo a Constituição,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N.º 008 DE 23.12.99

LEI COMPLEMENTAR N.º 008 DE 23.12.99 LEI COMPLEMENTAR N.º 008 DE 23.12.99 Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos Municipais e dá outras providências. Valmir Rosa Correia, Prefeito do Município de Chapadão do Lageado, Estado de Santa

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO. ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO ESTADO DE MATO GROSSO Lei Complementar n. 04, de 15.10.

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO. ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO ESTADO DE MATO GROSSO Lei Complementar n. 04, de 15.10. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO ESTADO DE MATO GROSSO Lei Complementar n. 04, de 15.10.90 Cuiabá - MT 2004 1 2 ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS Lei

Leia mais

Lei nº 110 de 22 de outubro de 1991.

Lei nº 110 de 22 de outubro de 1991. Lei nº 110 de 22 de outubro de 1991. Dispõe sobre o Regime Jurídico único dos servidores públicos do Município, das autarquias e das fundações municipais. O Prefeito Municipal de Macururé, Estado da Bahia,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N.º 133 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013

LEI COMPLEMENTAR N.º 133 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013 LEI COMPLEMENTAR N.º 133 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013 Estatuto dos Servidores Públicos Municipais Não-Me-Toque/RS Não-Me-Toque/RS, 12 de novembro de 2013. 1 LEI COMPLEMENTAR N.º 133 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013

Leia mais

Prefeitura Municipal de São Mateus Estado do Espirito Santo

Prefeitura Municipal de São Mateus Estado do Espirito Santo Prefeitura Municipal de São Mateus Estado do Espirito Santo ESTATUTO DOS SERVIDORES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIRETA, DAS AUTARQUIAS E DAS FUNÇÕES PÚBLICAS DO MUNICIPIO DE SÃO MATEUS - ES. ANO/ 1992. SUMÁRIO

Leia mais

LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990

LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 Dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA; Faço saber que

Leia mais

Estatuto do Servidor Público

Estatuto do Servidor Público Estatuto do Servidor Público LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 Dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais. O PRESIDENTE

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE 1 LEI Nº 2.378 De 07 de janeiro 1992. DISPÕE SOBRE O ESTATUTO DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE, DAS AUTARQUIAS E DAS FUNDAÇÕES PÚBLICAS MUNICIPAIS. O PREFEITO MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS TÍTULO I - DISPOSIÇÕES GERAIS... 4 CAPÍTULO I - REGIME JURÍDICO... 4 CAPÍTULO II - DOS CARGOS E DA CARREIRA... 4 CAPÍTULO III - DO PROVIMENTO... 4 SEÇÃO I - DISPOSIÇÕES GERAIS... 4 SEÇÃO II - DA NOMEAÇÃO...

Leia mais

MUNICÍPIO DE TOLEDO Estado do Paraná

MUNICÍPIO DE TOLEDO Estado do Paraná LEI Nº 1.822, de 5 de maio de 1999 (CONSOLIDAÇÃO) Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos Municipais de Toledo. O POVO DO MUNICÍPIO DE TOLEDO, por seus representantes na Câmara Municipal, aprovou

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 1990 - D.O. 15.10.90.

LEI COMPLEMENTAR N 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 1990 - D.O. 15.10.90. LEI COMPLEMENTAR N 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 1990 - D.O. 15.10.90. Autor: Poder Executivo Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos da Administração Direta, das Autarquias e das Fundações Públicas

Leia mais

Estatuto dos Servidores Civis do Estado

Estatuto dos Servidores Civis do Estado Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul Estatuto dos Servidores Civis do Estado Atualizado até 25 de janeiro de 2012. Tribunal de Justiça Campo Grande - MS Tribunal de Justiça do Estado de Mato

Leia mais

NORMAS APLICÁVEIS AOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS

NORMAS APLICÁVEIS AOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS Técnico dos Tribunais TRE, TRF e TRT Sumário NORMAS APLICÁVEIS AOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS Regime jurídico dos servidores públicos civis da União... 1 Lei nº 8.112/90, 1. Testes de Normas Aplicáveis

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 I - DAS REGRAS GERAIS SOBRE A CONTAGEM DO TEMPO DE SERVIÇO

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 I - DAS REGRAS GERAIS SOBRE A CONTAGEM DO TEMPO DE SERVIÇO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 O MINISTRO DE ESTADO CHEFE DA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO FEDERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe conferem a Lei nº 8.490, de

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1 LEI COMPLEMENTAR Nº. 034/2013, DE 31 DE JULHO DE 2013. DISPÕE SOBRE O ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DA ADMINISTRAÇÃO GERAL DO MUNICÍPIO DE LUZ-MG E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A Câmara Municipal de Luz

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CONTROLADORIA DO MUNICÍPIO DE PORTO UNIÃO - CMPU UNIDADE OPERACIONAL DE CONTROLE INTERNO

SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CONTROLADORIA DO MUNICÍPIO DE PORTO UNIÃO - CMPU UNIDADE OPERACIONAL DE CONTROLE INTERNO LEI Nº 2.055, DE 20 DE OUTUBRO DE 1994. Institui o Regime Jurídico Único Para Os Servidores Públicos Do Município, Das Fundações e Autarquias Instituídas E Mantidas Pelo Município, Estabelece Diretrizes

Leia mais

LEI Nº 184 DE 20 DE JUNHO DE 1969.

LEI Nº 184 DE 20 DE JUNHO DE 1969. LEI Nº 184 DE 20 DE JUNHO DE 1969. Dispõe sobre o Estatuto dos Funcionários Públicos Municipais de Arujá A CÂMARA DO MUNICIPIO DE ARUJÁ, DO ESTADO DE SÃO PAULO, DECRETA, E EU, BENJAMIN MANOEL, PREFEITO,

Leia mais

Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Águas Formosas.

Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Águas Formosas. LEI COMPLEMENTAR MUNICIPAL Nº 1.206/07 Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Águas Formosas. O Povo do Município de Águas Formosas /MG, por seus representantes, na Câmara Municipal,

Leia mais

Título V Dos Direitos e Vantagens...14 Capítulo I Do Vencimento e da Remuneração...14 Capítulo II Das Vantagens...15 Seção I Das Indenizações...

Título V Dos Direitos e Vantagens...14 Capítulo I Do Vencimento e da Remuneração...14 Capítulo II Das Vantagens...15 Seção I Das Indenizações... ÍNDICE Título I Disposições Preliminares...05 Título II Do Provimento e da Vacância...06 Capítulo I Do Provimento...06 Seção I Disposições Gerais...06 Seção II Do Concurso Público...06 Seção II Da Nomeação...06

Leia mais

LEI N 4623, DE 12 DE JUNHO DE 1984 DISPÕE SOBRE O ESTATUTO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS MUNICIPAIS DE SANTOS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

LEI N 4623, DE 12 DE JUNHO DE 1984 DISPÕE SOBRE O ESTATUTO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS MUNICIPAIS DE SANTOS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. 1 LEI N 4623, DE 12 DE JUNHO DE 1984 DISPÕE SOBRE O ESTATUTO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS MUNICIPAIS DE SANTOS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Dr. Paulo Gomes Barbosa, Prefeito Municipal de Santos, faço saber que

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N 0 949/2011, DE 31 DE AGOSTO DE 2011.

LEI COMPLEMENTAR N 0 949/2011, DE 31 DE AGOSTO DE 2011. LEI COMPLEMENTAR N 0 949/2011, DE 31 DE AGOSTO DE 2011. Dispõe sobre o Estatuto do Servidor Público. O Povo do Município de Dom Joaquim, por seus representantes aprovou, e eu, Prefeito Municipal, em seu

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 Emendas Constitucionais Emendas Constitucionais de Revisão Ato das Disposições

Leia mais

Faço saber que a câmara municipal aprovou e eu sanciono a seguinte lei TITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS CAPITULO I DO REGIME JURÍDICO

Faço saber que a câmara municipal aprovou e eu sanciono a seguinte lei TITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS CAPITULO I DO REGIME JURÍDICO LEI Nº 021/90 Disposições sobre o regime jurídico único dos servidores do município e das autarquias e das fundamentações de Pacajá A PREFEITA MUNICIAPL DE PACAJÁ Faço saber que a câmara municipal aprovou

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IGUATU. A Câmara Municipal de Iguatu, no uso de suas atribuições legais, aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei:

PREFEITURA MUNICIPAL DE IGUATU. A Câmara Municipal de Iguatu, no uso de suas atribuições legais, aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: LEI MUNICIPAL N. 104 DE 13 DE NOVEMBRO DE 1990. Dispõe sobre o Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos do Município, das autarquias e das fundações Municipais. A Câmara Municipal de Iguatu, no uso

Leia mais