Mapa Mental de Português Uso da Vírgula Pontuação

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mapa Mental de Português Uso da Vírgula Pontuação"

Transcrição

1 Mapa Mental de Português Uso da Vírgula Mapa Mental de Português Uso da Vírgula Pontuação É utilizada para auxiliar a leitura e compreensão de discursos escritos, marcando três tipos de pausas, que são as:

2 Que indicam que a frase ainda não acabou: Virgula (,) 2. Travessão (-) 3. Parênteses ( ) 4. Ponto-e-vírgula (;) 5. Dois pontos (:) 2. Que indicam final de período: Ponto final (.) 3. Que indicam intenção ou emoção: Ponto de interrogação (?) 2. Ponto de exclamação (!) 3. Reticências ( ) Vírgula Separa termos dentro da oração ou orações dentro do período. De modo geral, usa-se: Para separar o aposto explicativo: João, meu vizinho, bateu com o carro. 2. Para separar o vocativo: Mãe, eu estou com fome. 3. Para separar os termos de mesma função: Comprei arroz, feijão, carne e alface. 4. Para assinalar a inversão dos adjuntos adverbiais (facultativa): Na semana passada, o diretor conversou comigo. 5. Para marcar a supressão de um verbo: Uma flor, essa menina! 6. Nas datas: São Paulo, 21 de novembro de Nos objetos deslocados para o começo da frase, repetidos por pronome enfático: A rosa, entreguei-a para a menina. 8. Para isolar expressões explicativas, corretivas, continuativas, conclusiva, tais como: Por exemplo, além disso, isto é, a saber, aliás, digo, minto, ou melhor,

3 ou antes, outrossim, demais, então, com efeito, etc. Para isolar orações ou termos intercalados (aqui se usam também, no lugar das vírgulas, travessões ou parênteses): A casa, disse Asdrúbal, precisa de reforma. A casa disse Asdrúbal precisa de reforma. A casa (disse Asdrúbal) precisa de reforma. Para separar as orações coordenadas assindéticas: Maria foi à feira, José foi ao mercado, Pedro preparou o almoço. Para separar as orações coordenadas ligadas por conjunções: Maria foi ao mercado, mas não comprou leite. Para separar as orações subordinadas explicativas: O homem, que pensa, é um ser racional. Para separar as orações subordinadas adverbiais: Ela fazia a lição, enquanto a mãe costurava. Para separar as orações reduzidas: Somente casando com José, você será feliz. Observação: A vírgula nunca separa: sujeito e predicado; verbo e complemento; termo regente nominal e complemento nominal. Ponto-e-vírgula Para separar as partes de um enunciado que se equivalem em importância: A borboleta voava; os pássaros cantavam; a vida seguia tranquila. 2. Para separar séries frásicas que já são interiormente separadas por vírgula: Em 1908, vovô nasceu; Em 1950, nasceu papai. 3. Para separar itens de leis, decretos, etc: Art. 12. Os cargos públicos são providos por: I nomeação; II promoção; III transferência ( ).

4 Dois-Pontos Antes de uma citação: Exemplo: Esta minha a que chamam prolixidade, bem fora estaria de merecer os desprezilhos que nesse vocábulo me torcem o nariz. (Rui Barbosa) Antes de aposto discriminativo: A sala possuía belos móveis: sofá de couro, mesa de mogno, abajures de pergaminho, cadeiras de veludo. Antes de explicação ou esclarecimento: Todos os seres são belos: um inseto é belo, um elefante é belo. Depois do verbo dicendi (dizer, perguntar, responder, falar etc): Maria disse: Meu Deus, o que é isso!? Ponto final 2. No final do período, indicando que o sentido está completo: A menina comeu a maçã. Nas abreviaturas: Dr., Sr., pág. Ponto de interrogação Usa-se nas interrogativas diretas: O que você esconde aí? Ponto de exclamação Depois de qualquer palavra ou frase, na qual se indique espanto, surpresa, entusiasmo, susto, cólera, piedade, súplica: Tenha pena de mim! Coitado sou eu! 2. Nas interjeições: Ah! Vixe!

5 3. Nos vocativos intensivos: Senhor Deus dos desgraçados! Protegei-nos. Reticências Para indicar supressão de um trecho nas citações: a generosidade de quem no-la doou. (Rui Barbosa) 2. Para indicar interrupção da frase: Ela estava Não, não posso dizer isso. 3. Para indicar hesitação: Acho que eram 12 horas não sei ao certo, disse Jocasta. 4. Para deixar algo subentendido no final da frase: Deixa o seu coração dizer a verdade

Mapa Mental de Português Análise Sintática

Mapa Mental de Português Análise Sintática Mapa Mental de Português Análise Sintática Mapa Mental de Português Análise Sintática Mapa Mental de Português - Análise Sintática Mapa Mental de Português Plural dos Substantivos Simples Mapa Mental de

Leia mais

Profª. Raquel Freitas Sampaio

Profª. Raquel Freitas Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA PONTUAÇÃO Profª. Raquel Freitas Sampaio 1 TIPOS DE PONTUAÇÃO Sinais que indicam que a frase não foi concluída: a vírgula (,) o ponto e vírgula (;) o travessão ( ) os dois pontos

Leia mais

PONTUAÇÃO. Prof. Flaverlei A. Silva

PONTUAÇÃO. Prof. Flaverlei A. Silva PONTUAÇÃO Prof. Flaverlei A. Silva Pontuação indica na escrita as várias possibilidades de entonação da fala, além de ajudar a expressão de pensamentos, sentidos e emoções, tornando mais clara e precisa

Leia mais

c) Nas datações, para separar o nome do lugar. Ex.: Rio de Janeiro, 22 de agosto de 2005.

c) Nas datações, para separar o nome do lugar. Ex.: Rio de Janeiro, 22 de agosto de 2005. c) Nas datações, para separar o nome do lugar. Ex.: Rio de Janeiro, 22 de agosto de 2005. d) Com certas orações reduzidas de gerúndio que se leem com pausa. Ex.: Chegou tarde naquela noite, deixando a

Leia mais

TURMAS DO 1º ANO LÍNGUAPORTUGUESA.

TURMAS DO 1º ANO LÍNGUAPORTUGUESA. ATIVIDADE PARA O MÊS DE ABRIL PROFESSORA MARILÉA F. DA ROCHA TURMAS DO 1º ANO LÍNGUAPORTUGUESA. EMPREGO DA VÍRGULA. http://www.portuguesfacil.net/regras simples faceis usar virgula/ 1. Use a vírgula para

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 11.1 Conteúdos

Leia mais

Ensino Médio O EMPREGO DA VÍRGULA

Ensino Médio O EMPREGO DA VÍRGULA Ensino Médio O EMPREGO DA VÍRGULA Conceito A vírgula marca uma pausa de pequena duração. Emprega-se não só para separar elementos de uma oração, mas também orações de um só período. Emprego da vírgula

Leia mais

4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui.

4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui. 4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui. Obs.: Na inversão, aparecerá a vírgula se houver predicativo pleonástico. Ex.: Professor, eu já o fui. predicativo: professor.

Leia mais

Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples

Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples André Gazola A vírgula é um dos elementos que causam mais confusão na Língua Portuguesa. Pouca gente sabe, ao certo, onde deve e onde não deve

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA Súmario Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 15 APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I FONÉTICA CAPÍTULO 1 ORTOGRAFIA... 21 1. Introdução... 21 2. O alfabeto...21 3. Emprego das letras

Leia mais

SEXTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

SEXTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco SEXTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco 1. Aposto e a vírgula. 2. Adjunto Adverbial e a vírgula. 3. Vocativo e a vírgula. 4. Uso da Vírgula. Resumo. 5. Exercícios. 1. Aposto e a vírgula.

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1 Sumário Capítulo 1 Comunicação 1 1.1 Elementos da comunicação 1 1.2 Linguagem, língua e fala 1 1.3 Significante e significado 2 1.4 Língua escrita e falada 2 1.5 Modalidades da língua 2 1.6 Funções da

Leia mais

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14 Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética... 2 Fonemas...2 Letra...2 Sílaba...2 Número de sílabas...3 Tonicidade...3 Posição da sílaba tônica...3 Dígrafos...3 Encontros consonantais...3 Encontros vocálicos...4

Leia mais

Frase simples e frase complexa

Frase simples e frase complexa Frase simples e frase complexa Orações coordenadas e subordinadas 1 I. Frase simples O O José telefonou à Joana. A A senhora traz umas flores. Eu saio. O O meu vizinho foi ao médico. Cada uma destas frases

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1 Sumário Capítulo 1 Comunicação 1 1.1 Elementos da comunicação 1 1.2 Linguagem, língua e fala 1 1.3 Significante e significado 2 1.4 Língua escrita e falada 2 1.5 Variedades linguísticas 2 1.6 Funções da

Leia mais

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Lição 1 Fonética 1.1. Fonema e letra 1.2. Divisão dos fonemas 1.3. Classificação dos fonemas 1.4. Encontro vocálico 1.5.

Leia mais

Complexo de Ensino Renato Saraiva (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS

Complexo de Ensino Renato Saraiva  (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS MPU técnicos e analistas JÚNIA ANDRADE Exemplos Cespe - Abin Mudado seu modo de pensar, o pesquisador já não concebe aquele tema da mesma forma e, assim, já não é capaz de estabelecer um relação exatamente

Leia mais

O ESTUDO DAS PALAVRAS

O ESTUDO DAS PALAVRAS Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Lição 1 Fonética...3 1.1. Fonema e letra... 3 1.2. Divisão dos fonemas... 3 1.3. Classificação dos fonemas... 5 1.4. Encontro vocálico... 6 1.5. Encontro consonantal...

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

Normas Gramaticais da Língua Portuguesa AULA 4. Temas: Pontuação O uso da Vírgula

Normas Gramaticais da Língua Portuguesa AULA 4. Temas: Pontuação O uso da Vírgula Normas Gramaticais da Língua Portuguesa AULA 4 Temas: Pontuação O uso da Vírgula Pontuação Os sinais de pontuação existem para indicar na escrita a marcação de pausas, melodias e entoações existentes na

Leia mais

Regra magna da vírgula. Em geral, a vírgula indica que duas palavras são vizinhas, mas não estão interligadas sintaticamente.

Regra magna da vírgula. Em geral, a vírgula indica que duas palavras são vizinhas, mas não estão interligadas sintaticamente. USO DA VÍRGULA Prof. Daniel Regra magna da vírgula Em geral, a vírgula indica que duas palavras são vizinhas, mas não estão interligadas sintaticamente. ITA - Assinale a opção em que a ausência da vírgula

Leia mais

Gramática Eletrônica. Destacamos os sinais de pontuação que apresentam maior dificuldade em seu emprego.

Gramática Eletrônica. Destacamos os sinais de pontuação que apresentam maior dificuldade em seu emprego. Lição 10 Pontuação Pontuação Destacamos os sinais de pontuação que apresentam maior dificuldade em seu emprego. Dois-pontos : Usam-se dois-pontos: em citações ou transcrições. Suas palavras foram mais

Leia mais

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 11/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 11/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 11/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 05 PONTUAÇÃO Ementa Na aula de hoje serão abordados os seguintes

Leia mais

BOLSÃO 2017 / 6º ANO

BOLSÃO 2017 / 6º ANO Você que se inscreveu no Bolsão do Colégio Futuro Vip para cursar o 6º ano do Ensino Fundamental está BOLSÃO 2017 / 6º ANO Fonética Fonema distinção entre FONEMA e LETRA Sílaba número de sílabas / divisão

Leia mais

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA A. Gomes Ferreira J. Nunes de Figueiredo 2. CICLO Oo Introdução I. ONDE SE FALA A LÍNGUA PORTUGUESA II. A PALAVRA. A FRASE. SINTAXE E MORFOLOGIA MATÉRIA DAS UNIDADES

Leia mais

ORDEM DIRETA DE ORAÇÕES E PERÍODOS E OS USOS DA VÍRGULA

ORDEM DIRETA DE ORAÇÕES E PERÍODOS E OS USOS DA VÍRGULA ORDEM DIRETA DE ORAÇÕES E PERÍODOS E OS USOS DA VÍRGULA O que é a ordem direta da oração Em língua portuguesa, na maioria das vezes, as orações são estruturadas na seguinte sequência: OU sujeito + verbo

Leia mais

Vírgula. A vírgula assinala falta ou desvio de ligação sintática no discurso

Vírgula. A vírgula assinala falta ou desvio de ligação sintática no discurso PONTUAÇÃO (cont.) Vírgula A vírgula assinala falta ou desvio de ligação sintática no discurso Nem a toda pausa corresponde uma vírgula, nem a toda vírgula corresponde uma pausa. LUFT, Celso Pedro. A vírgula.

Leia mais

LABORATÓRIO GRAMATICAL

LABORATÓRIO GRAMATICAL Nome Ano Turma O que já sabes: LABORATÓRIO GRAMATICAL Os sinais de pontuação permitem reproduzir, no texto escrito, as pausas e a entoação da fala. São absolutamente indispensáveis à clareza do texto.

Leia mais

O ESTUDO DO VOCABULÁRIO

O ESTUDO DO VOCABULÁRIO Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DO VOCABULÁRIO Lição 1 Fonética...3 1.1. Fonema e Letra... 3 1.2. Divisão dos Fonemas... 3 1.3. Classificação dos fonemas... 5 1.4. Encontro Vocálico... 7 1.5. Encontro Consonantal...

Leia mais

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21 sumário CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO...14 1.1.TIPOS DE TEXTO... 15 1.2.GÊNERO DE TEXTO... 20 1.3.TIPOS DE DISCURSO... 21 1.3.1. DISCURSO DIRETO... 22 1.3.2. DISCURSO INDIRETO... 22 1.3.3. DISCURSO

Leia mais

Funções sintáticas. Porto Editora

Funções sintáticas. Porto Editora Funções sintáticas Funções sintáticas ao nível da frase Sujeito Função sintática desempenhada por grupos nominais ou por alguns tipos de orações. O sujeito pode ser classificado como: sujeito simples sujeito

Leia mais

PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO

PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; APOSTO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS OU ADJUNTOS. ORAÇÕES

Leia mais

Aula 18.1 Conteúdos: O uso da vírgula (, ) e o ponto e vírgula ( ; ) na construção de textos. LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES

Aula 18.1 Conteúdos: O uso da vírgula (, ) e o ponto e vírgula ( ; ) na construção de textos. LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 18.1 Conteúdos: O uso da vírgula (, ) e o ponto e vírgula ( ; ) na construção de textos. 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES

Leia mais

REDAÇÃO PARA CONCURSOS

REDAÇÃO PARA CONCURSOS REDAÇÃO PARA CONCURSOS Sumário Primeira Parte Primeira Lição Poesia matemática Gramática acentuação gráfica Tipos de palavras Regras gerais Dupla prosódia Pronúncia duvidosa Orientação Ortográfica emprego

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Trabalho- A trajetória humana, suas produções e manifestações. 2 CONTEÚDOS

Leia mais

Ensino Fundamental 5º Ano. Português. Matemática

Ensino Fundamental 5º Ano. Português. Matemática Conteúdo Programático Você que se inscreveu no Bolsão do Colégio Futuro VIP Brás de Pina pode conferir aqui o programa do concurso de bolsas de estudo. Fique atento ao conteúdo específico da série que

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BOLSÃO 2017 (5º ANO)

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BOLSÃO 2017 (5º ANO) CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BOLSÃO 2017 (5º ANO) Você que se inscreveu no Bolsão do COLÉGIO MARQUES RODRIGUES para cursar o 5º ano do Ensino 5º ANO 1. Interpretação e Compreensão de Textos; 2. Letras e Fonemas;

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação É o período composto por duas ou mais orações independentes. Estas orações podem ser assindéticas ou sindéticas. Orações coordenadas assindéticas Não apresentam conectivos

Leia mais

Pontuação: vírgula e ponto e vírgula. Manoel Francisco Guaranha

Pontuação: vírgula e ponto e vírgula. Manoel Francisco Guaranha Pontuação: vírgula e ponto e vírgula Manoel Francisco Guaranha DEIXO MEUS BENS À MINHA IRMÃ NÃO AO MEU PRIMO JAMAIS SERÁ PAGA A CONTA DO DENTISTA NADA AOS SOBRINHOS Uso da vírgula Separa elementos ou orações

Leia mais

Prefácio Nota sobre o livro. Capítulo 1 Fundamentos da Comunicação 1. 1 Componentes 1

Prefácio Nota sobre o livro. Capítulo 1 Fundamentos da Comunicação 1. 1 Componentes 1 Nota sobre o livro Esta gramática passou por uma gestação de mais de trinta anos. Ainda quando eu estava na graduação, na UFRJ, no início dos anos 80, comecei a escrevê-la, antes de tudo para eu mesmo

Leia mais

Coordenação e subordinação. Porto Editora

Coordenação e subordinação. Porto Editora Coordenação e subordinação Frase simples complexa Frase simples Constituída apenas por um verbo ou por um complexo verbal. Ex.: A Maria brinca muito com o irmão. frase simples (constituída por um verbo)

Leia mais

P ontuação. Podemos classificar os sinais de pontuação em dois grupos: a) sinais que marcam as pausas: vírgula(,), ponto(.), ponto e vírgula (;).

P ontuação. Podemos classificar os sinais de pontuação em dois grupos: a) sinais que marcam as pausas: vírgula(,), ponto(.), ponto e vírgula (;). 1 P ontuação Podemos classificar os sinais de pontuação em dois grupos: a) sinais que marcam as pausas: vírgula(,), ponto(.), ponto e vírgula (;). b) sinais que marcam a melodia ou entonação: dois pontos(:),

Leia mais

Exercícios. Confira as respostas ao final do arquivo

Exercícios. Confira as respostas ao final do arquivo Exercícios Confira as respostas ao final do arquivo (G1 - UTFPR 2013) A frase abaixo está sem pontuação nenhuma. Assinale a alternativa em que a pontuação está de acordo com as normas do português padrão.

Leia mais

Professor Jailton. www. professorjailton.com.br

Professor Jailton. www. professorjailton.com.br Professor Jailton www. professorjailton.com.br Período Composto por Subordinação Oração Subordinada Substantiva Oração Subordinada Adjetiva Oração Subordinada Adverbial Funções do substantivo Sujeito Objeto

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁCTICA

PLANIFICAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁCTICA ANEXO 3 PLANIFICAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁCTICA 155 ESCOLA SECUNDÁRIA/3 PADRE ALBERTO NETO - QUELUZ Planificação a curto prazo de Língua Portuguesa 8.º ano de escolaridade Turma C Ano lectivo 2009/2010 Mestranda:

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Termos acessórios da oração Apesar de prescindíveis são necessários para

Leia mais

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu.

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. - Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. COMPLEMENTO NOMINAL É o termo que completa o sentido de uma palavra que não seja verbo. Assim, pode referir-se

Leia mais

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone Termos ligados ao nome (complemento nominal, adjunto adnominal e aposto) e o vocativo Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone 2 Regência Nominal Designa a relação existente

Leia mais

Conteúdo Gramatical. Profª MSc. Lívia Saab Muraro

Conteúdo Gramatical. Profª MSc. Lívia Saab Muraro Conteúdo Gramatical breve revisão Profª MSc. Lívia Saab Muraro Coerência e coesão textual Coerência: não podemos fugir do assunto tratado; temos que falar do tema do início ao fim da produção; observar

Leia mais

PORTUGUÊS PARA CONSULTOR DO SENADO FEDERAL EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA

PORTUGUÊS PARA CONSULTOR DO SENADO FEDERAL EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Somente hoje (sábado) tive condições de aprontar esta aula. O motivo? Na quarta-feira à noite, a dengue me pegou. Chegou fraquinha, mas no dia seguinte ela se agravou e me deixou de cama. Na sexta de manhã,

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. INTRODUÇÃO À SINTAXE Frase Frase é todo enunciado de sentido completo, podendo

Leia mais

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada.

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada. PREPOSIÇÃO Ordem Direta da Oração: Sujeito + verbo + Complemento Ex.: Todos gostam de carnaval. Todos gostam carnaval. PREPOSIÇÃO QUEM ALGO ALGUÉM ALGUMA COISA SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA

LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA P1-3º BIMESTRE 8º ANO FUNDAMENTAL II Aluno (a): Turno: Turma: Unidade Data: / /2016 HABILIDADES E COMPETÊNCIAS Reconhecer palavras ou expressões que exerçam função de aposto.

Leia mais

Os principais casos de uso da vírgula. Vírgula proibida. Entre sujeito e predicado ou entre predicado e sujeito

Os principais casos de uso da vírgula. Vírgula proibida. Entre sujeito e predicado ou entre predicado e sujeito Vírgula proibida Os principais casos de uso da vírgula Entre sujeito e predicado ou entre predicado e sujeito Entre verbo e seu(s) complemento(s) Vírgula obrigatória Depois de orações adverbiais antepostas

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal;

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal; EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) 1. Considere a frase Ele andava triste porque não encontrava a companheira os verbos grifados são a) transitivo direto de ligação; b) de ligação intransitivo;

Leia mais

1º PERÍODO COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO ...

1º PERÍODO COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO ... ... DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO Conteúdos Aulas previstas 1º PERÍODO Textos jornalísticos (notícia, entrevista, reportagem, artigo de opinião, comentário, crónica) Textos biográficos

Leia mais

Língua Portuguesa 8º ano

Língua Portuguesa 8º ano Língua Portuguesa 8º ano Conteúdos por Unidade Didática 1º Período A - Comunicação Oral. Ideias principais.. Ideias secundárias..adequação comunicativa ( processos persuasivos; recursos verbais e não verbais)..

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO O período composto por coordenação é constituído por orações coordenadas. Chamamos oração coordenada por não exercer nenhuma função sintática em outra oração, daí ser chamada

Leia mais

Vírgula. As orações que se apresentam na ordem direta não admitem vírgulas entre seus termos sequenciais. Sujeito + verbo + complemento.

Vírgula. As orações que se apresentam na ordem direta não admitem vírgulas entre seus termos sequenciais. Sujeito + verbo + complemento. Pontuação Vírgula As orações que se apresentam na ordem direta não admitem vírgulas entre seus termos sequenciais. Sujeito + verbo + complemento. Estudaremos, portanto, as proibições e obrigatoriedades

Leia mais

Sumário. O que é Gramática Normativa, Norma Culta, Registro Culto etc.?

Sumário. O que é Gramática Normativa, Norma Culta, Registro Culto etc.? Sumário Introdução O que é Gramática Normativa, Norma Culta, Registro Culto etc.? Capítulo 1 Fonologia Fonema Letra Dígrafo e Dífono dos Fonemas Sílaba Encontros Vocálicos Encontros Consonantais Separação

Leia mais

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS GRAMÁTICA - Prof. CARLA CAMPOS De sonhos e conquistas Aluno (a): MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais,

Leia mais

10 APOSTO. Apresentar o aposto, termo acessório, sua relação com o sujeito e classificação segundo a NGB.

10 APOSTO. Apresentar o aposto, termo acessório, sua relação com o sujeito e classificação segundo a NGB. Aula APOSTO META Apresentar o aposto, termo acessório, sua relação com o sujeito e classificação segundo a NGB. OBJETIVOS Ao final desta aula o aluno deverá: compreender a relação do aposto com o substantivo

Leia mais

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO Observe os exemplos... Marisa comprou um carro. São termos essenciais da oração: Sujeito É o termo da oração sobre quem se declara alguma coisa Predicado É tudo aquilo

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula

Leia mais

ORDEM DIRETA DOS TERMOS DA ORAÇÃO

ORDEM DIRETA DOS TERMOS DA ORAÇÃO ORDEM DIRETA DOS TERMOS DA ORAÇÃO S V C ADJ. ADV. Simples Composto Oculto Indeterm. * oração sem sujeito VI VTD VTI VTDI VL *LV (verbo ser/estar + verbo no particípio) Ø OD OI OD + OI PS AG. da PASSIVA

Leia mais

1. ARTIGO É uma palavra que determina outra classe de palavra chamada de substantivo. Divide-se em: - Artigo definido: o, a, os, as.

1. ARTIGO É uma palavra que determina outra classe de palavra chamada de substantivo. Divide-se em: - Artigo definido: o, a, os, as. CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 11/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 06 CLASSES GRAMATICAIS Ementa Na aula de hoje serão abordados

Leia mais

Orações Subordinadas d Adjetivas. Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329)

Orações Subordinadas d Adjetivas. Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329) Orações Subordinadas d Adjetivas Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329) Professora Simone 2 Orações Subordinadas Adjetivas A sua história assustadora será contada para todos assustadora

Leia mais

Exercícios sobre tipos de predicado

Exercícios sobre tipos de predicado Exercícios sobre tipos de predicado Exercício 1: Identifique a alternativa em que aparece um predicado verbo-nominal: Os viajantes chegaram cedo ao destino. Demitiram o secretário da instituição. Nomearam

Leia mais

Orações subordinadas adverbiais: principais casos. Gramática - Semi

Orações subordinadas adverbiais: principais casos. Gramática - Semi Orações subordinadas adverbiais: principais casos Gramática - Semi Orações subordinadas adverbiais I - Como identificá-las? São introduzidas por conjunções subordinativas que expressam circunstâncias (causa,

Leia mais

QUESTÃO SOBRE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO

QUESTÃO SOBRE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO COMENTÁRIOS À PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA E À QUESTÃO 38 DO CONCURSO PARA ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS CERTAME REALIZADO NO DIA 21 DE JUNHO DE 2015 QUESTÃO

Leia mais

índice geral Prefácio, X/77

índice geral Prefácio, X/77 índice geral Prefácio, X/77 Capítulo I CONCEITOS GERAIS, / Linguagem, língua, discurso, estilo / Língua e sociedade: variação e conservação linguística, 2 Diversidade geográfica da língua: dialecto e falar,

Leia mais

Pontuação e entonação

Pontuação e entonação Sequência didática para a sala de aula 6 PORTUGUÊS Unidade 1 Brinquedos (páginas 32 a 34) 1 Objetivo: empregar adequadamente os sinais de pontuação. Aula 1: entonação e efeito de sentido dos sinais de

Leia mais

Aluno: Nº: 1) Os termos destacados da fábula a seguir são adjuntos adverbiais. Identifique as circunstâncias que cada um deles expressa.

Aluno: Nº: 1) Os termos destacados da fábula a seguir são adjuntos adverbiais. Identifique as circunstâncias que cada um deles expressa. TER 7ºAno 4º Bimestre 2014 Aluno: Nº: Vamos rever Adjunto Adverbial Adjunto Adverbial é o termo que exprime circunstâncias de modo, lugar, tempo, intensidade... modificando o verbo e, mais raramente, o

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL II

ENSINO FUNDAMENTAL II ENSINO FUNDAMENTAL II CONTEÚDO 6 º ANO 1) Produção de texto: Narração. Foco narrativo: narrador-observador. Estrutura do texto narrativo. Elementos narrativos. Uso do diálogo. Paragrafação. 2) Texto: Leitura

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I EDITAIS E PLANO DE ESTUDOS

SUMÁRIO PARTE I EDITAIS E PLANO DE ESTUDOS SUMÁRIO PARTE I EDITAIS E PLANO DE ESTUDOS EDITAIS... 23 1. Introdução... 23 2. Plano de estudos... 23 3. Editais... 24 3.1. TRT 2 São Paulo FCC (prova aplicada em 2014)... 24 3.2. TRF 1 FCC (prova aplicada

Leia mais

Bizu para Polícia Federal

Bizu para Polícia Federal Bizu para Polícia Federal Primeiro assunto a ser observado é a interpretação de texto, acumulando um índice de quase 18% das mais de 200 provas analisadas. Para interpretar textos: a) Leia o texto, no

Leia mais

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja.

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 14) Concordância com mais de e menos de. * Com numeral um: verbo no singular.

Leia mais

Professor Jailton.

Professor Jailton. Professor Jailton www.professorjailton.com.br Pronomes Possessivos São aqueles que se referem às pessoas do discurso, indicando ideia de posse. número pessoa Pronomes possessivos singular (um possuidor)

Leia mais

Sumário. A língua portuguesa e o ensino gramatical... 1. A língua portuguesa no ensino superior... 3. O novo acordo ortográfico...

Sumário. A língua portuguesa e o ensino gramatical... 1. A língua portuguesa no ensino superior... 3. O novo acordo ortográfico... Sumário I A língua portuguesa e o ensino gramatical... 1 A língua portuguesa no ensino superior... 3 POR QUE ESTUDAR PORTUGUÊS NO ENSINO SUPERIOR... 5 Concepções de gramática... 6 O novo acordo ortográfico...

Leia mais

CURRÍCULO DA DISCIPLINA DE PORTUGUÊS/ CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2013/2014

CURRÍCULO DA DISCIPLINA DE PORTUGUÊS/ CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2013/2014 1º Ciclo Metas/Domínios Objetivos gerais Conteúdos Programáticos Critérios 3º Ano Oralidade O3 Comprensão do oral Expressão oral Escutar para aprender e construir conhecimentos Produzir um discurso oral

Leia mais

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: 1. Jardineiros diplomados regam flores [...] sujeito predicado 2. A luz da tua poesia é

Leia mais

Classes de Palavras (Morfologia) Flexão Nominal e Verbal. Prof Carlos Zambeli

Classes de Palavras (Morfologia) Flexão Nominal e Verbal. Prof Carlos Zambeli Classes de Palavras (Morfologia) Flexão Nominal e Verbal Prof Carlos Zambeli A morfologia está agrupada em dez classes, denominadas classes de palavras ou classes gramaticais. São elas: Substantivo, Artigo,

Leia mais

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio.

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio. A) Restritiva: é aquela que limita, restringe o sentido do substantivo ou pronome a que se refere. A restritiva funciona como adjunto adnominal de um termo da oração principal e não pode ser isolada por

Leia mais

2014/ º Período Unidades. Domínios / Conteúdos. Unidade 3 Narrativas juvenis. Unidade 0 Uma nova viagem

2014/ º Período Unidades. Domínios / Conteúdos. Unidade 3 Narrativas juvenis. Unidade 0 Uma nova viagem Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio Escola E.B. 2, 3 professor Gonçalo Sampaio Departamento de línguas Português - 8ºano Planificação anual simplificada 2014/2015 1º Período Unidade 0 Uma nova viagem

Leia mais

2.8. Alusão histórica 3. A afirmação da tese e a impessoalização do discurso 4. Exercícios 5. Atividade de produção textual

2.8. Alusão histórica 3. A afirmação da tese e a impessoalização do discurso 4. Exercícios 5. Atividade de produção textual SUMÁRIO CAPÍTULO I NOÇÕES GERAIS DE TIPOLOGIA TEXTUAL 1. A definição de tipo textual 1.1. Texto narrativo 1.2. Texto descritivo 1.3. Texto injuntivo 1.4. Texto dialogal 1.5. Texto dissertativo 2. Elaborando

Leia mais

Planificação Longo Prazo

Planificação Longo Prazo DEPARTAMENTO LÍNGUAS ANO LETIVO 2016 / 2017 DISCIPLINA Português ANO 7.ºANO Planificação Longo Prazo CONTEÚDOS TEXTOS DOS MEDIA E DO QUOTIDIANO 1.º período Notícia Frio arrasta centenas de corvos marinhos

Leia mais

Currículo e Aulas Previstas

Currículo e Aulas Previstas Rua Dr. Francisco Sá Carneiro, N.º 8 Telef. 231 920 454/5 Fax: 231 920 300 Sítio web http://www.aemrt.pt E-mail aemortagua@aemrt.pt Ano Letivo 2013/2014 Português Currículo e Aulas Previstas 3 º Ano TEMAS

Leia mais

Linguagem Língua portuguesa. Preposição e sua construção de sentido

Linguagem Língua portuguesa. Preposição e sua construção de sentido Linguagem Língua portuguesa Preposição e sua construção de sentido Conceito Preposições: ligam palavras e orações, isoladamente NÃO possuem função sintática, possuem na frase um valor semântico. A função

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Língua Portuguesa

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Língua Portuguesa CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Língua Portuguesa 5º ano Interpretação de Texto; Verbos; Silaba Tônica; Pronomes (Tratamento); Substantivo; Acentuação e Pontuação; Adjetivo; Artigo; Advérbio de Tempo e Espaço. 6º

Leia mais

Orações Subordinadas Substantivas Objetivas. Izabela da Cunha Bataglioli & Yuli Thamires Magalhães

Orações Subordinadas Substantivas Objetivas. Izabela da Cunha Bataglioli & Yuli Thamires Magalhães Orações Subordinadas Substantivas Objetivas Izabela da Cunha Bataglioli & Yuli Thamires Magalhães Orações Objetivas Diretas A oração subordinada substantiva objetiva direta exerce função de objeto direto

Leia mais

Reflexão sobre o uso da pontuação

Reflexão sobre o uso da pontuação EBI da Charneca de Caparica L.P. FICHA INFORMATIVA - 7 º ANO Língua Portuguesa Reflexão sobre o uso da pontuação Texto do vídeo disponível em: http://bookcrossingebi.ning.com/video/1504036:video:17557

Leia mais

Pronomes Demonstrativos. Colégio 7 de Setembro

Pronomes Demonstrativos. Colégio 7 de Setembro Pronomes Demonstrativos Colégio 7 de Setembro Pronomes demonstrativos Demonstram a posição de um elemento qualquer em relação às pessoas do discurso, situando-os no espaço, no tempo ou no próprio discurso.

Leia mais

Revisão para 2ª série. Profª Sueli Oliveira Nobre Fazenda Rio Grande

Revisão para 2ª série. Profª Sueli Oliveira Nobre Fazenda Rio Grande Revisão para 2ª série p2 Profª Sueli Oliveira Nobre Fazenda Rio Grande O que é? Aquela que exerce a função sintática de um adjetivo. Os pronomes relativos (que, o qual, a qual, os quais, as quais, quem,

Leia mais

Sumário. 2. Regras para emprego do hífen...14 Exercícios para fixação...17 2.1 Quadro prático para verificação de emprego de hífen...17 Gabarito...

Sumário. 2. Regras para emprego do hífen...14 Exercícios para fixação...17 2.1 Quadro prático para verificação de emprego de hífen...17 Gabarito... Sumário Capítulo 1 Ortografia.... 1 1. Regras de acentuação gráfica...1 1.1. Acentuação dos vocábulos monossilábicos...1 1.2. Acentuação dos vocábulos oxítonos...1 1.3. Acentuação dos vocábulos paroxítonos...2

Leia mais

JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES

JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES Edição comemorativa de 20 anos. Revista, ampliada, novos exercícios e questões. 20ª edição Brasília 2014 2014 Vestcon Editora Ltda. Todos os direitos autorais desta obra são

Leia mais

7º Ano A - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica. Pronome interrogativo

7º Ano A - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica. Pronome interrogativo 7º Ano - C 7º Ano - B 7º Ano - A 7º Ano A - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica. Pág. 46 Introdução á unidade 3 - As historias em quadrinhos-outra forma de narrar. Palavras para quê?

Leia mais

PORTUGUÊS. Relação aula x conteúdo

PORTUGUÊS. Relação aula x conteúdo CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS AULAS CURSO: UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ (UFCCE) - ASSISTENTE ADMINISTRATIVO - REGULAR Poderá haver substituições de professores, ficando a critério da coordenação pedagógica

Leia mais

Para casa: 1) Responder os exercícios do livro didático pp. 38 a 42 - formação do modo imperativo.

Para casa: 1) Responder os exercícios do livro didático pp. 38 a 42 - formação do modo imperativo. 1) Responder os exercícios do livro didático pp. 38 a 42 - formação do modo imperativo. Análise linguística formação do modo imperativo. Identificar e compreender a formação do modo imperativo do verbo.

Leia mais

Agrupamento de Escolas D. Pedro IV, Vila do Conde PLANIFICAÇÃO RESUMIDA - PORTUGUÊS - 8º ANO 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO

Agrupamento de Escolas D. Pedro IV, Vila do Conde PLANIFICAÇÃO RESUMIDA - PORTUGUÊS - 8º ANO 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO Agrupamento de Escolas D. Pedro IV, Vila do Conde PLANIFICAÇÃO RESUMIDA - PORTUGUÊS - 8º ANO ANO LETIVO: 2015/2016 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO Educação literária Texto literário e texto não literário.

Leia mais