INSTRUÇÕES CADERNO DE PROVA FOLHA DE RESPOSTAS. Nome:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTRUÇÕES CADERNO DE PROVA FOLHA DE RESPOSTAS. Nome:"

Transcrição

1 INSTRUÇÕES [Estas instruções passam a fazer parte do Regulamento do Vestibular Simulado Especial.] 01. Deixe sobre a carteira escolar apenas o material estritamente necessário para a realização da prova e o Documento de Identidade. 02. Você receberá do Fiscal os seguintes materiais: a) este caderno de prova; e b) a folha de respostas. CADERNO DE PROVA 03. Este caderno de prova deve conter 50 (cinquenta) questões, numeradas de 01 a 50. Confira-o antes de iniciar a prova. Caso encontre algum defeito, levante o braço e aguarde a chegada do Fiscal. Após a prova ser iniciada, não será aceita qualquer reclamação sobre falhas na impressão e/ou montagem. 04. Em cada questão, somente UMA alternativa será aceita como resposta. 05. A interpretação das questões é parte integrante da prova. Evite perguntas. 06. A prova é individual. É vedada a comunicação entre os alunos durante a prova. FOLHA DE RESPOSTAS 07. Confira se o seu nome, número de inscrição e número de sua identidade estão corretos na folha de respostas. Caso contrário, notifique imediatamente o Fiscal. 08. Não amasse, nem dobre a folha de respostas. Preencha-a com caneta esferográfica azul ou preta, escrita grossa. Não faça uso de borracha ou corretivo. 09. A marcação na folha de respostas é de inteira responsabilidade do aluno. 10. Procure responder a todas as questões. As questões não respondidas, com mais de uma resposta ou preenchidas em desacordo com as instruções da folha de respostas serão consideradas nulas. Identidade com foto sobre a carteira escolar Não use 11. Guarde o seu relógio antes do início da prova. O tempo de realização da prova será controlado pelo Fiscal de sala. 12. Desligue o seu telefone celular antes do início da prova e guarde-o. 13. Duração da prova: 03h (três horas), já incluído o tempo destinado à identificação do aluno e ao preenchimento da folha de respostas. 14. Você somente poderá retirar-se da sala de prova após decorrida 1 (uma) hora de seu início. 15. Ao terminar a prova, devolva ao Fiscal a Folha de Respostas e o caderno de Prova. Após a entrega, retire-se do local de prova. 16. Os 03 (três) últimos alunos de cada sala deverão entregar a folha de respostas ao mesmo tempo, assinar o Termo de Encerramento de Prova e retirar-se, todos juntos, da sala. 17. A desobediência a qualquer uma das determinações destas instruções ou das constantes da folha de respostas poderá implicar a anulação da sua prova. Não use Não use Nome: Assinatura RESPOSTAS

2

3 Já na época dos pitagóricos, a observação de padrões numéricos representava um grande desafio para aqueles amantes da aritmética. Observe a seguir 6 linhas da disposição de alguns números naturais de acordo com certo padrão numérico: Linha 1 Linha 2 Linha 3 Linha 4 Linha 5 Linha 6... O termo correspondente à média aritmética entre o décimo quinto e o décimo sexto termos localizados na Linha 30 dessa disposição de números é: a) 902 b) 901 c) 900 d) 899 e) 898 Considere no plano cartesiano os gráficos das funções reais definidas por: f(x) = x e g(x) = x + m, sendo m uma constante real. Sabendo que os gráficos dessas funções delimitam no plano cartesiano um quadrilátero de área igual a 16 u.a. (unidades de área), o valor de m é: a) 2 2 b) 5 2 c) 8 2 d) 6 2 e) 4 2 1

4 Uma pesquisa realizada com 200 pessoas de uma comunidade evidenciou o consumo dos produtos A, BeC. Dos entrevistados, exatamente 50% consomem o produto A, exatamente 30% consomem o produto B, exatamente 40% consomem o produto C e qualquer pessoa entrevistada consome pelo menos um dos produtos citados. Sabe-se que exatamente 5% dos entrevistados consomem os três produtos. Desta forma, o número de pessoas entrevistadas que consomem mais de um produto citado é exatamente igual a: a) 20 b) 30 c) 5 d) 15 e) 10 Um grupo de 10 pessoas é constituído por 6 homens e 4 mulheres, em que um dos homens chama-se Anselmo e uma das mulheres chama-se Beatriz. A partir desse grupo de 10 pessoas, uma equipe composta por 5 pessoas deve ser responsável pela arrecadação de fundos destinados a uma campanha social, sendo que 3 pessoas devem ser homens e 2 pessoas devem ser mulheres. Se essa equipe deve necessariamente ser formada com a presença de Anselmo e sem a presença de Beatriz, o número exato de maneiras com que a equipe pode ser formada é igual a: a) 252 b) 120 c) 60 d) 240 e) 30 2

5 Com relação à Geometria Euclidiana, analise as afirmações e marque V (verdadeiro) ou F (falso): ( ) Se dois planos distintos são paralelos, toda reta paralela a um deles é paralela ao outro. ( ) Uma reta é paralela a um plano se for paralela a uma reta desse plano. ( ) Uma reta é perpendicular a um plano quando for ortogonal a duas retas distintas desse plano. ( ) Duas retas reversas admitem uma reta perpendicular a ambas somente quando forem ortogonais. A sequência correta, de cima para baixo, é: a) F V V V b) F F V V c) F F F V d) V V V F e) F F F F Na figura abaixo o raio de circunferência é igual a 4. O ângulo B CA tem medida igual a15 o.tendoosegmentoabumcomprimentoiguala8eestandoelenadireção do centro O da circunferência, determine a área da região hachurada para =3. a) 8 b) 9,6 c) 12 d) 12,6 e) 9,

6 João e Antônio colecionavam figurinhas para um álbum. Coladas às figurinhas no álbum, João tinha 20 figurinhas a mais que Antônio. Depois, eles resolveram fazer troca das figurinhas repetidas. Como João tinha bem mais figurinhas disponíveis, eles fizeram um acordo: para cada figurinha dada por Antônio, João daria 2 figurinhas. No final da troca observou-se que João e Antônio ficaram com 150 e 140 figurinhas coladas no álbum, respectivamente. Diante do exposto, podemos afirmar que: a) João possuía, inicialmente, 110 figurinhas coladas no álbum. b) João deu a Antônio 10 figurinhas. c) Antônio possuía, inicialmente, 120 figurinhas coladas no álbum. d) João e Antônio possuíam, inicialmente, juntos, 220 figurinhas coladas no álbum. e) João possuía, inicialmente, 120 figurinhas coladas no álbum. Deseja-se obter a lente objetiva de uma câmera fotográfica através da associação de duas lentes esféricas delgadas. A lente (1) é biconvexa e possui índice de refração igual a 1,5, tendo ambas as faces com raio de curvatura de 10,0 cm. A lente (2) é convexo-côncava, de mesmo índice, e encaixa perfeitamente na lente (1) por justaposição, sendo que o raio da sua face convexa vale 20,0 cm. Considerando o exposto e estando ambas as lentes mergulhadas no ar, marque a única opção correta. a) A lente (2) é divergente e não pode ser usada numa associação para se obter a objetiva de uma máquina fotográfica, a qual deve ser convergente. b) A associação das duas lentes resulta numa lente biconvexa com vergência de 17,5 dioptrias. c) A associação terá comportamento divergente no ar, possuindo vergência de 12,5 dioptrias. d) A associação resultará numa lente biconvexa de 7,5 dioptrias, podendo ser usada como objetiva de uma máquina fotográfica. e) Somente a lente (1) de 10,0 dioptrias de vergência poderá ser usada como objetiva, sendo descartada uma associação com a lente (2). 4

7 No circuito da figura abaixo, o potencial do ponto B é igual ao potencial do ponto O. A intensidade de corrente elétrica que entra no circuito pelo ponto A é i = 6 A. A potência dissipada no resistor R vale: a) 80 W b) 320 W c) 400 W d) 420 W e) 480 W Um objeto A, com carga elétrica Q e dimensão desprezíveis, fica sujeito a uma força de N, quando colocado em presença de um objeto idêntico, à distância de 1 m. Se o objeto for colocado na presença de dois objetos idênticos, como indicado na figura, ficará sujeito a uma força de: a) N b) N c) N d) N e) N 5

8 Uma sonda espacial viaja pelo sistema solar recolhendo informações sobre vários corpos celestes. A tabela a seguir mostra algumas informações recolhidas: Corpo celeste Aceleração da gravidade (g) Diâmetro equatorial Período de translação Mercúrio 3,6 m/s km 88 dias Vênus 8,7 m/s km 225 dias Lua 1,66 m/s km 28 dias Terra 9,8 m/s km 365 dias Marte 3,7 m/s km 687 dias Em um experimento realizado em um desses corpos celestes, um corpo de massa 5 kg é abandonado do ponto A, que fica a uma altura de 60 cm, como mostra a figura a seguir: Esse corpo desce pelo trilho mostrado e, já na superfície horizontal, encosta na mola de constante elástica de 200 N/m, de maneira que ela atinge uma deformação máxima de 20 cm. Devido a atritos, 20% da energia mecânica do corpo são dissipados nesse processo. De acordo com o que foi apresentado, pode-se afirmar que o experimento mencionado anteriormente foi realizado em qual dos corpos celestes a seguir? a) Mercúrio b) Vênus c) Lua d) Terra e) Marte 6

9 Na figura a seguir, as distâncias entre A ebe os pontos B ecsão iguais: Um móvel vai de A para B com velocidade escalar média de módulo v 1. Em seguida, vai de B para C com velocidade escalar média de módulo v 2. Ao chegar no ponto C, esse móvel inverte o sentido de seu movimento e retorna ao ponto B com velocidade escalar média de módulo v 3. Qual das alternativas apresenta a velocidade escalar média desse móvel em seu trajeto total? 3. v 1. v 2. v3 a) V m = v.v v.v v.v v 1. v 2. v3 b) V m = v.v v.v v.v v 1. v 2. v3 c) V m = v.v v.v v.v v 1. v 2. v3 d) V m = v.v v.v v.v v 1. v 2. v3 e) V m = v.v v.v v.v Uma pessoa aplica um rápido empurrão em um bloco de forma cúbica. Assim que perde o contato com a mão da pessoa, ele começa a subir uma rampa, deslizando com velocidade inicial v o. Durante todo o trajeto o corpo está sujeito a atrito cujo coeficiente é. A inclinação do plano com a horizontal é. Atingindo determinada altura ele para e, em seguida, volta ao ponto de partida. Desprezando a resistência do ar, pode-se afirmar que: I. o tempo que o objeto gasta para subir a rampa é o mesmo que ele gasta para descer. II. o módulo da aceleração na subida é maior que o módulo da aceleração na descida. III. a força resultante tem sempre direção paralela à rampa, com sentido para cima durante a subida e para baixo durante a descida. IV. a aceleração não depende da massa do objeto, ou seja, um corpo pesado e um corpo leve terão a mesma aceleração em determinado instante. São verdadeiras as afirmações: a) I e III b) II e IV c) I, II e IV d) I, II e III e) I, III e IV 7

10 Sobre as leis da Hidrostática são feitas as afirmações abaixo: I. O aquaplay é um brinquedo infantil, constituído por um recipiente de plástico transparente, contendo água em seu interior. Dentro dele existem diversos pinos fixos apontando na vertical para cima, distribuídos desordenadamente desde a parte de baixo até a parte de cima do recipiente. Diversas argolinhas estão soltas e podem se deslocar aleatoriamente pela água. O objetivo do jogo é encaixá-las nos pinos e, para isso, basta apertar um botão de plástico, situado na base do brinquedo, o qual tem contato direto com o líquido. Ao pressionar este botão, pressiona-se também o líquido, fazendo com que as argolinhas se mexam em quaisquer que sejam suas respectivas posições. Normalmente elas se deslocam inicialmente para cima e, ao descerem lentamente, podem se encaixar em algum dos pinos. A Lei de Pascal explica o funcionamento desse brinquedo. II. A densidade do gelo é 0,92 g/cm 3, a do óleo 0,8 g/cm 3 e a da água 1 g/cm 3. Certamente o gelo flutua tanto no óleo quanto na água. III. Um bloco constituído de material impermeável flutua com parte de seu volume submerso em água. Pode-se afirmar que o peso desse corpo é igual ao peso de uma massa de água cujo respectivo volume é idêntico ao volume da parte do corpo que se encontra imersa. IV. Um mergulhador encontra-se a 20 m de profundidade no mar. A pressão total a que ele está submetido é de aproximadamente 2 atm. São verdadeiras as afirmações: a) I e II b) II e III c) I e III d) II e IV e) III e IV O isoctano, de fórmula molecular C 8 H 18, é um dos componentes da gasolina. O volume de ar, medido nas CNTP, necessário para a combustão completa de 228 g de isoctano será de: a) 224 L Dados: Massas Molares (g. mol 1 ) {C = 12; H = 1 b) 448 L Volume Molar do 22,4 L. mol 1 c) 560 L gás nas CNTP d) 870 L 80% de N 2(g) e) 2800 L * Considerar a composição volumétrica do ar 20% de O 2(g) 8

11 Sabendo que a entalpia de formação ( H f o ) da água líquida no estado padrão é 286 kj/mol, se associarmos essa informação com as equações termoquímicas abaixo: I. Combustão completa de 1 mol de propano: C 3 H 8(g) + 5 O 2(g) 3 CO 2(g) + 4 H 2 O (l) H o = 2220 kj II. Hidrogenação de 1 mol de propeno: C 3 H 6(g) + H 2(g) C 3 H 8(g) H o = 124 kj propeno propano poderemos corretamente afirmar que, na combustão completa de 21 g de propeno (C 3 H 6 ), no estado padrão, a energia total liberada será de: a) 318 kj b) 427 kj c) 887 kj d) 1029 kj e) 2058 kj C 12 Dados: M(g/mol) H 1 9

12 VIVA!!! A NOSSA GASOLINA É UMA DAS MELHORES DO MUNDO Desde primeiro de janeiro de 2014 houve uma redução significativa na concentração de enxofre na nossa gasolina, aumentando consideravelmente sua qualidade. Passou de vergonhosos 800 ppm para 50 ppm, que, entre outras vantagens, proporciona uma chuva menos ácida, sem contar com o melhor funcionamento dos motores. De acordo com essa informação e sabendo que a densidade da gasolina brasileira é aproximadamente 0,75 g. ml 1, assinale a alternativa que traz a redução de enxofre em cada litro desse combustível Dado: ppm = mg kg Reduziu de: para: a) 600 mg, 48,5 mg b) 800 mg, 50 mg c) 750 mg, 48 mg d) 600 mg, 37,5 mg e) 800 mg, 65 mg 10

13 A uma altitude entre 15 km e 50 km em relação ao nível do mar, está a estratosfera, onde se localiza o que é denominado camada de ozônio. Essa substância é responsável pela filtração dos raios ultravioleta provenientes do Sol. A decomposição do ozônio é um processo que ocorre naturalmente de acordo com o mecanismo apresentado a seguir: O 2(g) + O (g) O 3(g) (Etapa Rápida) O 3(g) + O (g) 2 O 2(g) (Etapa Lenta) Em qualquer combustão há produção de vários gases, entre eles o monóxido de nitrogênio (NO) que, ao atingir a estratosfera acelera essa decomposição. Um possível mecanismo está representado pela sequência abaixo. (1ª Etapa) NO (g) + O 3(g) NO 2(g) + O 2(g) (2ª Etapa) NO 2(g) + O (g) NO (g) + O 2(g) De acordo com o apresentado, analise as afirmações seguintes: I. De acordo com o mecanismo proposto para a decomposição do ozônio que ocorre naturalmente, a equação da velocidade é dada por: V = k. [O 3 ]. [O]. II. A equação da reação global da decomposição do ozônio na presença do poluente atmosférico (NO) pode ser representada por: O 3(g) + O (g) 2 O 2(g) III. O monóxido de nitrogênio é um catalisador da decomposição do ozônio e, portanto, aumenta a velocidade dessa reação por aumentar o número de choques efetivos, pois proporciona maior superfície de contato entre as substâncias reagentes. Estão corretas: a) I e III, apenas b) I e II, apenas c) II e III, apenas d) II, apenas e) I, II e III Nota: Por Lei, os carros, inclusive esse que você pode ganhar, saem de fábrica com uma peça denominada conversor catalítico. Dentro desse aparelho ocorrem reações transformando substâncias poluentes como NO e CO em outras NÃO poluentes, CO 2 e N 2. 11

14 Após assistir a uma vergonhosa derrota da seleção na última Copa do Mundo de Futebol e para gravar o placar da partida, um vestibulando resolve fazer 7 experiências no laboratório: 1) Queima uma fita de magnésio. 2) Adiciona sódio metálico na água. 3) Mistura uma solução aquosa de cloreto de sódio com uma de nitrato de prata. 4) Adiciona zinco metálico a uma solução aquosa de sulfato de cobre II. 5) Dissolve glicose na água. 6) Filtra uma suspensão de areia em água. 7) Mistura uma solução aquosa de bicarbonato de potássio com uma de ácido clorídrico. Um amigo deste vestibulando, também inconformado com a derrota no esporte, faz algumas afirmações sobre estas experiências: I. As experiências 5 e 6 são processos físicos, mas todas as outras são reações químicas. II. A experiência 1 forma um óxido básico, a solução resultante da experiência 2 tem ph maior que sete e a experiência 7 libera um gás com caráter ácido. III. Na experiência 3 ocorre uma reação de dupla-troca com formação de precipitado (AgCl). IV. Na experiência 4 o nox do zinco passa de zero para +2; nas experiências 5 e 6 não há variação do nox de nenhum elemento. Enquanto todos desejam melhores resultados na próxima Copa, assinale a alternativa com todas as afirmações corretas: a) I II III b) I III IV c) II III IV d) I II IV e) I II III IV 12

15 Um ácido orgânico produzido naturalmente na fermentação de produtos como iogurtes, vegetais em conserva, produtos cárneos etc. é o ácido láctico. Seus sais e ésteres são amplamente utilizados na indústria farmacêutica, alimentícia e cosmética. Dada a estrutura do ácido láctico H 3 C CH(OH) COOH assinale a alternativa correta. a) Todos os átomos de carbono apresentam hibridização sp 3. b) O ácido láctico e o lactato de metila são isômeros funcionais. c) O ácido láctico possui dois enantiômeros, que são estereoisômeros com rotações ópticas não antagônicas. d) O poder rotatório de uma solução de D-ácido do láctico depende do comprimento de onda da luz que o atravessa. e) Os estereoisômeros do ácido láctico são diferenciados pelos prefixos cis e trans. Considerando: Estrutura Atômica, Estrutura Eletrônica e Ligações Químicas, analise as afirmativas e a seguir Dado: O (Z = 8) 1. Para um dado valor de número quântico principal n (n 1) há um único orbital atômico s. 2. Nos freons os átomos de cloro são isótopos dos átomos de flúor. 3. Na molécula de ozônio a carga formal do oxigênio central é CF = O conjunto de números quânticos n = 2; l = 0; m = +1; S = 1 é um conjunto não permitido. 2 Assinale a alternativa correta a) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras. b) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 3 e 4 são verdadeiras. e) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras. 13

16 Os frutos e as sementes de muitas plantas, sobretudo aquelas crescendo em fontes de água ou perto delas, são adaptados para a flutuação, porque há ar retido em alguma parte da sua estrutura ou têm tecidos com grandes espaços aeríferos. Alguns frutos são especialmente adaptados para a dispersão por correntes oceânicas. O mais notável entre estes é o coco, razão pela qual quase todo atol recém-formado no Pacífico rapidamente obtém seu próprio coqueiro. A chuva, outro meio também comum de dispersão de frutos e sementes, é particularmente importante para plantas que vivem em colinas ou encostas de montanha. (Texto extraído e modificado de RAVEN, P. H.; EVERT, R. F.; EICHHORN, S. E. Biologia Vegetal Rio de Janeiro Guanabara Koogan 2007) A respeito do assunto exposto no texto acima, são feitas as seguintes afirmativas: 1. Frutos e sementes são estruturas originadas de flores nas quais o gineceu está ausente. 2. Em uma semente, o endosperma é um tecido que acumula reservas nutritivas e no coco se apresenta como a porção comestível. 3. Coqueiros são plantas representantes do grupo das angiospermas; mas pelo fato de viverem em regiões litorâneas, não possuem um sistema de condução de seiva (xilema e floema). 4. Além da água, sementes podem ser dispersas por meio de outros agentes, assim como o vento e animais. 5. De forma geral, os frutos podem ser classificados em secos e carnosos, nestes últimos o processo de amadurecimento é um importante fator para que a dispersão possa ocorrer de forma adequada. Estão corretas apenas as afirmativas: a) 1, 3 e 4 b) 2, 4 e 5 c) 1, 2 e 5 d) 2, 3 e 4 e) 3, 4 e 5 14

17 Os antibióticos são compostos químicos de origem natural ou sintética (medicamentos), que atuam na falência de agentes patogênicos ao ser humano, ou também resultando na inibição do desenvolvimento dos mesmos, agindo seletivamente na população de micro-organismos, como, por exemplo, das bactérias. Contudo, algumas espécies podem manifestar resistência aos antimicrobianos, ocorrendo normalmente através de mutações que proporcionam a síntese de enzimas capazes de conferir a inativação de tais substâncias. Em relação ao processo de resistência microbiana aos antibióticos, são feitas as seguintes afirmações: 1. De forma geral, uma bactéria mutante para resistência a um determinado antibiótico não seria favorecida pela seleção natural em um ambiente sem a presença do medicamento, mas, ao enfrentar o antibiótico, sua prole pode se tornar bem-sucedida. 2. A resistência verificada em certas bactérias é um fenômeno pós-adaptativo que se desenvolve por meio da seleção de organismos que conseguem sobreviver à aplicação de determinada dose de um antibiótico. 3. A diversidade gênica constitui um fator de grande importância para a sobrevivência de uma determinada população bacteriana, uma vez que, se houver indivíduos pré-adaptados a certo tipo de antibiótico, o risco de extinção da população é menor. 4. Um dos efeitos negativos da automedicação é a aplicação de dosagens muito pequenas que, ao invés de eliminar a infecção, induzem as bactérias a desenvolverem a resistência. 5. Uma determinada população de bactérias pode desenvolver resistência a um determinado antibiótico dependendo da pressão exercida pelo processo seletivo ser maior ou menor. Estão corretas as afirmações a) 2, 3 e 5 apenas b) 1, 4 e 5 apenas c) 1, 2, 4 e 5 apenas d) 2 e 4 apenas e) 1 e 3 apenas Analise as frases a seguir: I. As células humanas são eucarióticas, heterótrofas, provenientes da diferenciação de células embrionárias. As células embrionárias humanas são indiferenciadas. II. Um vírus é um ser acelular, ametabólico, parasita intracelular obrigatório, apresentando especificidade por células. Quando estão fora das células se cristalizam e entram em estado de latência. III. A gripe é uma doença de aves selvagens, provocada por um vírus portador de RNA. Nas aves, o vírus da gripe se aloja nos intestinos e a disseminação se faz através das fezes. Nos humanos, o vírus da gripe se aloja nas vias aéreas superiores, sendo eliminado e disseminado através de espirros e tosses. IV. Uma célula secretora de lipídios poderá apresentar Retículo Endoplasmático Liso (agranular) e Sistema Golgiense bem desenvolvidos, além de grande número de vesículas secretoras e mitocôndrias. 15

18 V. O metabolismo energético celular envolve: a fotossíntese, que produz a glicose nos autótrofos; a respiração celular aeróbia, que é a quebra completa da glicose; fermentação, que é a quebra incompleta da glicose e a respiração celular anaeróbia em alguns tipos de bactérias. A quimiossíntese é um processo que não se relaciona com consumo ou produção de energia (ATP). VI. Células secretoras de proteínas apresentam as membranas do Retículo Endoplasmático Rugoso (granular) bastante desenvolvidas, grande número de mitocôndrias e um nucléolo denso e volumoso. Estão corretas: a) I, II, III e IV, somente. b) I, II, III e V, somente. c) I, II, III, IV e VI, somente. d) I, II e III, somente. e) I, II, III, IV, V e VI. Identifique as estruturas colocadas a seguir pelas características descritas: ESTRUTURAS A B C D E Figura embriológica maciça, compacta e transportada ao longo das trompas, nos humanos. Figura embriológica que possui ectoderme, mesoderme, endoderme, celoma, arquêntero, notocorda e tubo neural. Anexo embrionário presente em todos os vertebrados e que realiza nutrição e função hematopoiética. Anexo embrionário que retira excreção, participa das trocas gasosas e nutre o embrião das aves com cálcio. É uma diferenciação do cório e da parede do útero. Está presente nos mamíferos. Agora assinale a frase ERRADA: a) A é a mórula. b) B é a nêurula. c) C é o saco vitelino. d) D é o âmnio. e) E pode ser a placenta. Um determinado gene é formado por 3 éxons e 2 íntrons. Após a transcrição do mesmo, ocorre o splicing alternativo e os 2 íntrons são eliminados. Os 3 éxons resultantes formarão várias combinações com sequências diferentes, cada uma contendo sempre os 3 éxons e, assim, originarão quantos tipos de RNAs mensageiros funcionais diferentes? a) 2 b) 4 c) 6 d) 8 e) 12 16

19 Um indivíduo Aa Bb Cc formou quatro tipos de gametas diferentes, nas seguintes quantidades: AbC = 450 gametas abc = 450 gametas Abc = 50 gametas abc = 50 gametas Em relação a esses dados e seus conhecimentos, pode-se deduzir corretamente que: a) se trata de um indivíduo heterozigoto para três características com segregação independente. b) o indivíduo produziu os quatro tipos de gametas por processo de recombinação. c) os quatro tipos de gametas produzidos pelo indivíduo são do tipo parental. d) os gametas Abc e abc foram produzidos por crossing-over que ocorreu entre os genes B e C. e) a taxa de recombinação entre os genes A e B foi de 10%. Considere o texto abaixo: CIÊNCIA BUSCA FÁRMACOS EM FORMIGAS...Cientistas do Brasil e dos Estados Unidos vão literalmente enfiar a mão em formigueiros e coletar formigas por todo o País em busca de novas moléculas capazes de destruir fungos parasitas e, quem sabe, até células cancerígenas. Não nos insetos propriamente ditos, mas nas bactérias que vivem sobre suas carapaças e impedem que suas colônias subterrâneas sejam contaminadas por fungos nocivos a sua sobrevivência... A meta é isolar cerca de 500 linhagens de bactérias simbiontes de formigueiros por ano, para serem testados contra fungos infecciosos (que atacam principalmente pacientes com sistema imunológico comprometido), parasitas tropicais (em especial, os da Doença de Chagas e Leishmaniose) e células tumorais... Fonte: Jornal O Estado de São Paulo. 23 de maio de Com relação as parasitoses mencionadas no texto, é correto afirmar: a) Fungos são sempre parasitas e causam doenças no ser humano denominadas micoses. b) A doença de Chagas é causada pelo protozoário flagelado Trypanosoma cruzi e transmitida pelo caramujo do gênero Biomphalaria sp. c) Leishmaniose é causada por bactéria e transmitida pelo mosquito do gênero Lutzomyia sp. (mosquito-palha). d) Na doença de Chagas os reservatórios naturais do Trypanosoma cruzi são animais silvestres, tais como: tatus, quatis, gambás. e) Os mosquitos são insetos holometábolos, isto é, possuem desenvolvimento pós-embrionário com ninfas e pupas. 17

20 Leia o texto a seguir para responder às questões 29 e 30. TEMA PARA DEBATE: MARCHA DAS P... Maria Berenice Dias* Bem assim: a letra p e reticências. Esta era a forma utilizada por todos os meios de comunicação para identificar as mulheres que, simplesmente, assumiam o livre exercício de sua sexualidade. Seja profissionalmente, mediante remuneração; seja pelo só fato de se vestirem de uma forma considerada inadequada, deixando exposta alguma parte do corpo que poderia revelar que se tratava de um corpo feminino. Inclusive, houve época em que eram assim rotuladas as mulheres que saíam do casamento por vontade própria. Nem importava a causa. Separadas e desquitadas eram consideradas p.... Mulheres disponíveis que qualquer homem tinha o direito de usar. Claro que muitas coisas mudaram. E não há como deixar de prestar tributo ao movimento feminista, que, em um primeiro momento, gerou tamanha reação, que convenceu até as mulheres de que não poderiam ser ativistas, o que as identificaria como mulheres indesejadas. Talvez pelo absurdo de reivindicarem as mesmas prerrogativas dos homens. É significativo constatar que ao feminismo não se atribuíam adjetivações ligadas à prática sexual. Ou seja, as feministas eram mulheres feias, mal-amadas, lésbicas, mas não eram chamadas de p.... Eram mulheres que homem nenhum quis. Por isso saíam às ruas em busca de igualdade. (...) De qualquer modo, [foi] um movimento tão significativo, que mudou a feição do mundo, a ponto de se dizer que o século XX foi o século das mulheres. Apesar dos avanços em termos de igualdade de oportunidades no mundo público, na esfera privada ainda é longo o caminho a percorrer. Basta atentar à violência doméstica, cujos assustadores números só recentemente vêm sendo revelados, graças à Lei Maria da Penha. Mas há outra violência que somente agora está levantando o véu da impunidade: a violência sexual. Como a virilidade é reconhecida como o maior atributo do homem, o livre exercício da sexualidade sempre foi um direito ao qual as mulheres precisam se submeter. Inclusive ainda se fala em débito conjugal e tem gente que acredita que o casamento se consuma na noite de núpcias e busca anulá-lo sob o absurdo fundamento de que o casamento não ocorreu. O controle da natalidade é outro exemplo da absoluta irresponsabilidade masculina. Até hoje se atribui à mulher o encargo de prevenir a gravidez. É sua a culpa pela gestação indesejada. É ela que precisa fazer uso dos meios contraceptivos, em face da enorme resistência dos homens ao uso de preservativos. Até que enfim, as mulheres estão se dando conta de que submissão e castidade não lhes servem mais de qualificativos. Não são atributos que lhes agregam valor. Têm o direito de agir, se vestir e se expor do jeito que desejarem. Não podem ser chamadas de putas, vadias, vagabundas, adjetivos que só servem para inocentar os homens que as estupram. Vislumbra-se um novo momento, em que as mulheres passam a ter orgulho de sua condição de seres sexuados. A Marcha das Vagabundas, que está acontecendo no mundo todo, é uma bela prova. Reação à afirmativa de um policial, em uma universidade de Toronto, Canadá: as mulheres devem evitar se vestirem como slut para não se tornarem vítimas. A expressão pode ser traduzida por vadia, vagabunda ou puta. Depois que nos tornarmos sujeitas de nossos direitos, é chegada a hora de assumirmos a condição de senhoras de nossos desejos. * Advogada [zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf.] 18

21 Sobre o texto, pode-se afirmar que a) no quarto parágrafo, há a ideia de que as próprias mulheres foram convencidas pelo movimento feminista de que não poderiam ser ativistas. b) a autora do texto, no quinto parágrafo, considera que as feministas eram mulheres feias, mal-amadas, lésbicas, por isso não sendo chamadas de p.... c) a Lei Maria da Penha, segundo o sexto parágrafo, incrementou os casos de violência contra a mulher. d) o registro de linguagem utilizado no nono parágrafo é incoerente com o gênero textual em questão, principalmente se for levado em conta a posição profissional do enunciador, incompatível com a linguagem apresentada no trecho. e) posto que haja avanço na condição feminina notadamente na esfera pública, a autora destaca que ainda hoje há posturas reacionárias ferindo a imagem da mulher. Em cada item dos pares abaixo relacionados, há uma informação sintática sobre palavras e expressões retiradas do texto. Assinale a alternativa que apresenta um par de itens sem qualquer informação errada sobre o papel sintático dos termos destacados. a) I. prestar tributo ao movimento feminista, tributo é um objeto direto; ao movimento feminista, objeto indireto; feminista, adjunto adnominal; II. reivindicarem as mesmas prerrogativas dos homens, as mesmas prerrogativas dos homens é objeto direto; dos homens é objeto indireto; b) I. ao feminismo não se atribuíam adjetivações ligadas à prática sexual, o se é partícula apassivadora; adjetivações ligadas à prática sexual é objeto direto; ao feminismo, objeto indireto. II. Por isso saíam às ruas em busca de igualdade, isso se refere ao fato de as mulheres serem feias, mal-amadas, lésbicas; às ruas é adjunto adverbial; de igualdade, complemento nominal. c) I. na esfera privada ainda é longo o caminho a percorrer, na esfera privada é adjunto adverbial; privada é adjunto adnominal; longo, predicativo. II. Mas há outra violência que somente agora está levantando o véu da impunidade: a violência sexual, que é sujeito; da impunidade é adjunto adnominal. d) I. Até hoje se atribui à mulher o encargo de prevenir a gravidez, se é partícula apassivadora; o encargo de prevenir a gravidez é sujeito; à mulher, objeto indireto; II. da enorme resistência dos homens ao uso de preservativos, enorme é adjunto adnominal; dos homens é complemento nominal; ao uso dos preservativos, complemento nominal. e) I. Não são atributos que lhes agregam valor. Têm o direito de agir, se vestir e se expor do jeito que desejarem, lhes é objeto indireto; se é pronome recíproco nos dois casos; o sujeito da forma têm é oculto (elas mulheres). II. é chegada a hora de assumirmos a condição de senhoras de nossos desejos, a hora é objeto direto; de senhoras de nossos desejos é adjunto adnominal; de nossos desejos é adjunto adnominal. 19

Mostrar os Objetos 10 Contar a história seguindo os slides (anexo1) 40

Mostrar os Objetos 10 Contar a história seguindo os slides (anexo1) 40 Aula 1: A história do banheiro Tema Mostrar ao aluno como era a vida das pessoas que não possuíam os recursos sanitários conhecidos hoje, a história de como surgiu à necessidade dos mesmos, sua origem

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco

Leia mais

DINÂMICA. Força Resultante: É a força que produz o mesmo efeito que todas as outras aplicadas a um corpo.

DINÂMICA. Força Resultante: É a força que produz o mesmo efeito que todas as outras aplicadas a um corpo. DINÂMICA Quando se fala em dinâmica de corpos, a imagem que vem à cabeça é a clássica e mitológica de Isaac Newton, lendo seu livro sob uma macieira. Repentinamente, uma maçã cai sobre a sua cabeça. Segundo

Leia mais

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1 - A duração da prova é de 3 horas, já incluído o tempo de preenchimento do cartão de respostas e

Leia mais

Exercícios de Monera e Principais Bacterioses

Exercícios de Monera e Principais Bacterioses Exercícios de Monera e Principais Bacterioses 1. (Fuvest) O organismo A é um parasita intracelular constituído por uma cápsula protéica que envolve a molécula de ácido nucléico. O organismo B tem uma membrana

Leia mais

Você acha que o rapaz da figura abaixo está fazendo força?

Você acha que o rapaz da figura abaixo está fazendo força? Aula 04: Leis de Newton e Gravitação Tópico 02: Segunda Lei de Newton Como você acaba de ver no Tópico 1, a Primeira Lei de Newton ou Princípio da Inércia diz que todo corpo livre da ação de forças ou

Leia mais

Anna Catharinna 1 Ao contrário da palavra romântico, o termo realista vai nos lembrar alguém de espírito prático, voltado para a realidade, bem distante da fantasia da vida. Anna Catharinna 2 A arte parece

Leia mais

horizontal, se choca frontalmente contra a extremidade de uma mola ideal, cuja extremidade oposta está presa a uma parede vertical rígida.

horizontal, se choca frontalmente contra a extremidade de uma mola ideal, cuja extremidade oposta está presa a uma parede vertical rígida. Exercícios: Energia 01. (UEPI) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas das frases abaixo. O trabalho realizado por uma força conservativa, ao deslocar um corpo entre dois pontos é da

Leia mais

Seu pé direito nas melhores faculdades

Seu pé direito nas melhores faculdades Seu pé direito nas melhores faculdades FUVEST 2 a Fase 10/janeiro/2011 conhecimentos gerais 01. a) Quantos são os números inteiros positivos de quatro algarismos, escolhidos sem repetição, entre 1, 3,

Leia mais

DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: NOME COMPLETO:

DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: NOME COMPLETO: DISCIPLINA: FÍSICA PROFESSORES: Erich/ André NOME COMPLETO: I N S T R U Ç Õ E S DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 1 a EM Circule a sua turma: Funcionários:

Leia mais

Ano: 8 Turma: 81 / 82

Ano: 8 Turma: 81 / 82 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2012 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 8 Turma: 81 / 82 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

3) Uma mola de constante elástica k = 400 N/m é comprimida de 5 cm. Determinar a sua energia potencial elástica.

3) Uma mola de constante elástica k = 400 N/m é comprimida de 5 cm. Determinar a sua energia potencial elástica. Lista para a Terceira U.L. Trabalho e Energia 1) Um corpo de massa 4 kg encontra-se a uma altura de 16 m do solo. Admitindo o solo como nível de referência e supondo g = 10 m/s 2, calcular sua energia

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente BIOLOGIA I TRIMESTRE A descoberta da vida Biologia e ciência Origem da vida

Leia mais

Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de Admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx

Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de Admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de dmissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx Questão Concurso 009 Uma partícula O descreve um movimento retilíneo uniforme e está

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião Família Qual era a profissão dos seus pais? Como eles conciliavam trabalho e família? Como era a vida de vocês: muito apertada, mais ou menos, ou viviam com folga? Fale mais sobre isso. Seus pais estudaram

Leia mais

EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (7 ANO)

EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (7 ANO) EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (7 ANO) 1- Uma das etapas do ciclo de vida é o processo da reprodução. O comportamento reprodutivo varia muito entre os seres vivos e é por meio dele que uma espécie de ser vivo

Leia mais

FÍSICA. Questões de 01 a 04

FÍSICA. Questões de 01 a 04 GRUPO 1 TIPO A FÍS. 1 FÍSICA Questões de 01 a 04 01. Considere uma partícula presa a uma mola ideal de constante elástica k = 420 N / m e mergulhada em um reservatório térmico, isolado termicamente, com

Leia mais

CONTEÚDOS PARA A 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL 2ª ETAPA 2014 ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE BIOLOGIA 2ª ETAPA 2014

CONTEÚDOS PARA A 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL 2ª ETAPA 2014 ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE BIOLOGIA 2ª ETAPA 2014 CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE BIOLOGIA 2ª ETAPA 2014 1ª SÉRIE - 06/ 08/ 2014 - Capítulo 6 Citoplasma e organelas citoplasmáticas; - Capítulo 7 Núcleo e cromossomos; - Capítulo 8 Divisão celular:

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e necessita de uma constante renovação de energia, que é garantida pelo Sol. Com a matéria inorgânica que participa dos ecossistemas

Leia mais

A soma será feita da seguinte forma:

A soma será feita da seguinte forma: TESTE VOCACIONAL Teste sua vocação Testes vocacionais não fazem milagres, não têm poder de apontar uma única profissão a ser seguida, mas são um bom norte acerca de aptidões e interesses. O questionário

Leia mais

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO Provas 2º Bimestre 2012 CIÊNCIAS DESCRITORES DESCRITORES DO 2º BIMESTRE DE 2012

Leia mais

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de?

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de? Física 01. Um fio metálico e cilíndrico é percorrido por uma corrente elétrica constante de. Considere o módulo da carga do elétron igual a. Expressando a ordem de grandeza do número de elétrons de condução

Leia mais

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III Questões COVEST Física Mecânica Prof. Rogério Porto Assunto: Cinemática em uma Dimensão III 1. Um atleta salta por cima do obstáculo na figura e seu centro de gravidade atinge a altura de 2,2 m. Atrás

Leia mais

Lição 5. Instrução Programada

Lição 5. Instrução Programada Instrução Programada Lição 5 Na lição anterior, estudamos a medida da intensidade de urna corrente e verificamos que existem materiais que se comportam de modo diferente em relação à eletricidade: os condutores

Leia mais

Versão 2. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Versão 2. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Físico-Química Versão 2 Teste Intermédio Físico-Química Versão 2 Duração do Teste: 90 minutos 18.04.2013 9.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro????????????

Leia mais

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam.

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam. Conjuntura Econômica Brasileira Palestrante: José Márcio Camargo Professor e Doutor em Economia Presidente de Mesa: José Antonio Teixeira presidente da FENEP Tentarei dividir minha palestra em duas partes:

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

18 a QUESTÃO Valor: 0,25

18 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a A 0 a QUESTÃO FÍSICA 8 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a QUESTÃO Valor: 0,25 Entre as grandezas abaixo, a única conservada nas colisões elásticas, mas não nas inelásticas é o(a): 2Ω 2 V 8Ω 8Ω 2 Ω S R 0 V energia

Leia mais

Biofísica. Patrícia de Lima Martins

Biofísica. Patrícia de Lima Martins Biofísica Patrícia de Lima Martins 1. Conceito É uma ciência interdisciplinar que aplica as teorias, a metodologia, conhecimentos e tecnologias da Matemática, Química e Física para resolver questões da

Leia mais

AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ)

AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ) Aluno(a) Turma N o 6 o ano - Ensino Fundamental II Data 16 / 05 / 12 AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ) INSTRUÇÕES: PROFESSORES: HELEN, GORRETTI, MAGNO E ROSE I. sua avaliação possui 05

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO TEXTO O termo Renascimento é comumente aplicado à civilização européia que se desenvolveu entre 1300 e 1650. Além de reviver a antiga cultura greco-romana, ocorreram nesse

Leia mais

Tempo de Ciências. SUGESTÃO DE AVALIAÇÃO Temas 1 e 2

Tempo de Ciências. SUGESTÃO DE AVALIAÇÃO Temas 1 e 2 Tempo de Ciências 6 SUGESTÃO DE AVALIAÇÃO Temas 1 e 2 Avaliação Ciências da Natureza NOME: N o TURMA: ESCOLA: PROFESSOR: DATA: 1. Complete as lacunas do texto a seguir com as palavras do quadro abaixo.

Leia mais

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO A prova de física exigiu um bom conhecimento dos alunos. Há questões relacionadas principalmente com a investigação e compreensão dos

Leia mais

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufc) Na(s) questão(ões) a seguir escreva no espaço apropriado a soma dos itens corretos.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufc) Na(s) questão(ões) a seguir escreva no espaço apropriado a soma dos itens corretos. Respiração e Fermentação 1. (Fuvest) O fungo 'Saccharomyces cerevisiae' (fermento de padaria) é um anaeróbico facultativo. Quando cresce na ausência de oxigênio, consome muito mais glicose do que quando

Leia mais

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA PROVA OBJETIVA PROCESSO SELETIVO DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Prezado candidato(a), você recebeu o seguinte material: - um caderno de questões contendo 30 (trinta) questões

Leia mais

Vamos relatar alguns fatos do dia -a- dia para entendermos a primeira lei de Newton.

Vamos relatar alguns fatos do dia -a- dia para entendermos a primeira lei de Newton. CAPÍTULO 8 As Leis de Newton Introdução Ao estudarmos queda livre no capítulo cinco do livro 1, fizemos isto sem nos preocuparmos com o agente Físico responsável que provocava a aceleração dos corpos em

Leia mais

ATIVIDADE DE FÍSICA PARA AS FÉRIAS 9. OS A/B/C PROF. A GRAZIELA

ATIVIDADE DE FÍSICA PARA AS FÉRIAS 9. OS A/B/C PROF. A GRAZIELA ATIVIDADE DE FÍSICA PARA AS FÉRIAS 9. OS A/B/C PROF. A GRAZIELA QUESTÃO 1) Atente para a ilustração e os fragmentos de texto abaixo. Utilize-os para responder aos itens da questão 1. [ 1 ] Em muitos parques

Leia mais

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens Um país de idosos Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens A expectativa de vida do brasileiro aumentou mais de 20 anos em

Leia mais

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES Introdução ao tema A importância da mitologia grega para a civilização ocidental é tão grande que, mesmo depois de séculos, ela continua presente no nosso imaginário. Muitas

Leia mais

UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL

UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL Julho/2013 Em 2014, o Brasil sediará a Copa do Mundo e em 2016 as Olimpíadas. Os brasileiros efetivamente são apaixonados por futebol e quando foi divulgado que

Leia mais

Fig.: Esquema de montagem do experimento.

Fig.: Esquema de montagem do experimento. Título do Experimento: Tratamento de água por Evaporação 5 Conceitos: Mudanças de fases Materiais: Pote de plástico de 500 ml ou 1L; Filme PVC; Pote pequeno de vidro; Atilho (Borracha de dinheiro); Água

Leia mais

Termos Técnicos Ácidos Classe de substâncias que têm ph igual ou maior que 1 e menor que 7. Exemplo: sumo do limão. Átomos Todos os materiais são formados por pequenas partículas. Estas partículas chamam-se

Leia mais

ACESSO VESTIBULAR QUESTÕES DE PROCESSAMENTO DE RNA OU SPLICING 01. (MAMA 2007.1) PÁGINAS OCULTAS NO LIVRO DA VIDA

ACESSO VESTIBULAR QUESTÕES DE PROCESSAMENTO DE RNA OU SPLICING 01. (MAMA 2007.1) PÁGINAS OCULTAS NO LIVRO DA VIDA ACESSO VESTIBULAR QUESTÕES DE PROCESSAMENTO DE RNA OU SPLICING 01. (MAMA 2007.1) PÁGINAS OCULTAS NO LIVRO DA VIDA Os biólogos supunham que apenas as proteínas regulassem os genes dos seres humanos e dos

Leia mais

Física. Resolução. Q uestão 01 - A

Física. Resolução. Q uestão 01 - A Q uestão 01 - A Uma forma de observarmos a velocidade de um móvel em um gráfico d t é analisarmos a inclinação da curva como no exemplo abaixo: A inclinação do gráfico do móvel A é maior do que a inclinação

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO. VESTIBULAR UNIFICADO PUC-SP/2015 (Verão) Gabarito da Prova do dia 07/12/2014

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO. VESTIBULAR UNIFICADO PUC-SP/2015 (Verão) Gabarito da Prova do dia 07/12/2014 PNTIFÍIA UNIVERSIDADE ATÓLIA DE SÃ PAUL VESTIBULAR UNIFIAD PU-SP/2015 (Verão) Gabarito da Prova do dia 07/12/2014 Língua Port Física istória 1 16 E 31 D 2 D 17 32 E 3 B 18 A 33 A 4 E 19 * 34 5 E 20 D 35

Leia mais

VESTIBULAR 2011 1ª Fase HISTÓRIA GRADE DE CORREÇÃO

VESTIBULAR 2011 1ª Fase HISTÓRIA GRADE DE CORREÇÃO VESTIBULAR 2011 1ª Fase HISTÓRIA GRADE DE CORREÇÃO A prova de História é composta por três questões e vale 10 pontos no total, assim distribuídos: Questão 1 3 pontos (sendo 1 ponto para o subitem A, 1,5

Leia mais

Ecologia. 1) Níveis de organização da vida

Ecologia. 1) Níveis de organização da vida Introdução A ciência que estuda como os seres vivos se relacionam entre si e com o ambiente em que vivem e quais as conseqüências dessas relações é a Ecologia (oikos = casa e, por extensão, ambiente; logos

Leia mais

QUESTÃO 1 Nessa charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala da personagem, para reforçar o sentimento de

QUESTÃO 1 Nessa charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala da personagem, para reforçar o sentimento de Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6.O ANO EM 2013 Disciplina: Prova: português desafio nota: Texto para a questão 1. (Disponível em: )

Leia mais

Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano

Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano O termo célula foi usado pela primeira vez pelo cientista inglês Robert Hooke, em 1665. Por meio de um microscópio

Leia mais

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Física Questão 01 Durante uma brincadeira, Rafael utiliza o dispositivo mostrado nesta figura para lançar uma bolinha horizontalmente. Nesse

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor 1 a QUESTÃO: (,0 pontos) Avaliador evisor Vários fenômenos físicos podem ser explicados pela propagação retilínea da luz em meios homogêneos. Essa hipótese é conhecida como o modelo do raio luminoso da

Leia mais

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS INSTRUÇÕES: PRCESS SELETIV 2013/2 - CPS PRVA DISCURSIVA DE QUÍMICA CURS DE GRADUAÇÃ EM MEDICINA 1. Só abra a prova quando autorizado. 2. Veja se este caderno contém 5 (cinco) questões discursivas. Caso

Leia mais

Teste de Habilidade Específica - THE

Teste de Habilidade Específica - THE LEIA COM ATENÇÃO 1. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 2. Preencha os dados pessoais. 3. Autorizado o inicio da prova, verifique se este caderno

Leia mais

As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade

As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade Sugestões de atividades As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade 9 CIÊNCIAS 1 Ciências Naturais 1. Por que a Física é considerada uma ciência básica? 2. O que a Biologia estuda? 3. O que

Leia mais

muito gás carbônico, gás de enxofre e monóxido de carbono. extremamente perigoso, pois ocupa o lugar do oxigênio no corpo. Conforme a concentração

muito gás carbônico, gás de enxofre e monóxido de carbono. extremamente perigoso, pois ocupa o lugar do oxigênio no corpo. Conforme a concentração A UU L AL A Respiração A poluição do ar é um dos problemas ambientais que mais preocupam os governos de vários países e a população em geral. A queima intensiva de combustíveis gasolina, óleo e carvão,

Leia mais

P R O V A DE FÍSICA II

P R O V A DE FÍSICA II 1 P R O V A DE FÍSICA II QUESTÃO 16 A figura mostra uma barra rígida articulada no ponto O. A barra é homogênea e seu peso P está em seu ponto médio. Sobre cada uma de suas extremidades são aplicadas forças

Leia mais

São grandezas que para que a gente possa descrever 100%, basta dizer um número e a sua unidade.

São grandezas que para que a gente possa descrever 100%, basta dizer um número e a sua unidade. Apostila de Vetores 1 INTRODUÇÃO Fala, galera! Essa é a primeira apostila do conteúdo de Física I. Os assuntos cobrados nas P1s são: Vetores, Cinemática Uni e Bidimensional, Leis de Newton, Conservação

Leia mais

Questão 48. Questão 46. Questão 47. alternativa A. alternativa D. alternativa A

Questão 48. Questão 46. Questão 47. alternativa A. alternativa D. alternativa A Questão 46 Do alto de um edifício, lança-se horizontalmente uma pequena esfera de chumbo com velocidade de 8 m/s. Essa esfera toca o solo horizontal a uma distância de 24 m da base do prédio, em relação

Leia mais

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR LINGUAGENS 01. C 02. D 03. C 04. B 05. C 06. C 07. * 08. B 09. A 10. D 11. B 12. A 13. D 14. B 15. D LÍNGUA ESTRANGEIRA 16. D 17. A 18. D 19. B 20. B 21. D MATEMÁTICA 22. D 23. C De acordo com as informações,

Leia mais

Questões do capítulo oito que nenhum aluno pode ficar sem fazer

Questões do capítulo oito que nenhum aluno pode ficar sem fazer Questões do capítulo oito que nenhum aluno pode ficar sem fazer 1) A bola de 2,0 kg é arremessada de A com velocidade inicial de 10 m/s, subindo pelo plano inclinado. Determine a distância do ponto D até

Leia mais

Questão 28. Questão 30. Questão 29. alternativa E. alternativa C

Questão 28. Questão 30. Questão 29. alternativa E. alternativa C Sempre que for necessário, utilize a aceleraçãodagravidadelocalcomog= 10 m/s Questão 8 A potência hídrica média teórica da hidrelétrica de Tucuruí, localizada no Pará, é de, 10 6 kw (fonte: site oficial

Leia mais

A) Escreva a equação que representa a semi-reação de redução e seu respectivo potencial padrão.

A) Escreva a equação que representa a semi-reação de redução e seu respectivo potencial padrão. QUÍMICA QUESTÃ 01 Aparelhos eletrônicos sem fio, tais como máquinas fotográficas digitais e telefones celulares, utilizam, como fonte de energia, baterias recarregáveis. Um tipo comum de bateria recarregável

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor do trabalho: 2.0 Nota: Data: /dezembro/2014 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 8º Trabalho de Recuperação Final de Geografia ORIENTAÇÕES: Leia atentamente

Leia mais

Prova Escrita de Física e Química A

Prova Escrita de Física e Química A Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Física e Química A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 715/Época Especial Critérios de Classificação 11 Páginas

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FÍSICA 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Provas contém seis questões, constituídas de itens e subitens,

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1D

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1D CADERNO DE EXERCÍCIOS 1D Ensino Fundamental Ciências da Natureza II Questão Conteúdo Habilidade da Matriz da EJA/FB 01 Propriedades e aplicação dos materiais H55/H56 02 Propriedades específicas, físicas

Leia mais

LIVRETE DE QUESTÕES E RASCUNHO. 1) Confira seus dados e assine a capa deste Livrete de Questões e Rascunho somente no campo próprio.

LIVRETE DE QUESTÕES E RASCUNHO. 1) Confira seus dados e assine a capa deste Livrete de Questões e Rascunho somente no campo próprio. P R OVA D I S C U R S I VA LIVRETE DE QUESTÕES E RASCUNHO 2 1 / 1 1 2 0 1 5 V E S T I B U L A R 2 0 1 6 INSTRUÇÕES 1) Confira seus dados e assine a capa deste Livrete de Questões e Rascunho somente no

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

O DNA é formado por pedaços capazes de serem convertidos em algumas características. Esses pedaços são

O DNA é formado por pedaços capazes de serem convertidos em algumas características. Esses pedaços são Atividade extra Fascículo 2 Biologia Unidade 4 Questão 1 O DNA é formado por pedaços capazes de serem convertidos em algumas características. Esses pedaços são chamados de genes. Assinale abaixo quais

Leia mais

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças 1) (UNIGRANRIO) Um veículo de massa 1200kg se desloca sobre uma superfície plana e horizontal. Em um determinado instante passa a ser acelerado uniformemente, sofrendo uma variação de velocidade representada

Leia mais

REVISÃO QUÍMICA. Profº JURANDIR QUÍMICA

REVISÃO QUÍMICA. Profº JURANDIR QUÍMICA REVISÃO QUÍMICA Profº JURANDIR QUÍMICA DADOS 01. (ENEM 2004) Em setembro de 1998, cerca de 10.000 toneladas de ácido sulfúrico (H 2 SO 4 ) foram derramadas pelo navio Bahamas no litoral do Rio Grande

Leia mais

ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / SEDE:

ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / SEDE: Professor: Edney Melo ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / SEDE: 01. As pirâmides do Egito estão entre as construções mais conhecidas em todo o mundo, entre outras coisas pela incrível capacidade de engenharia

Leia mais

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO EMPRESARIAL CADERNO DE RASCUNHO

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO EMPRESARIAL CADERNO DE RASCUNHO SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO EMPRESARIAL CADERNO DE RASCUNHO Leia com atenção as instruções a seguir: Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno de rascunho contendo o enunciado

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S GEOGRAFIA 2 a. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco questões, que ocupam um total de nove páginas, numeradas de 3 a 11.. Caso haja algum

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015 Informações de Tabela Periódica CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015 Folha de Dados Elemento H C N O F Al Cl Zn Sn I Massa atômica (u) 1,00 12,0 14,0

Leia mais

AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS

AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS Apesar da diversidade entre os seres vivos, todos guardam muitas semelhanças, pois apresentam material genético (DNA) em que são encontradas todas as informações

Leia mais

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR RESENHA Neste capítulo, vamos falar acerca do gênero textual denominado resenha. Talvez você já tenha lido ou elaborado resenhas de diferentes tipos de textos, nas mais diversas situações de produção.

Leia mais

química FUVEST ETAPA Resposta QUESTÃO 1 QUESTÃO 2 c) Determine o volume adicionado da solução

química FUVEST ETAPA Resposta QUESTÃO 1 QUESTÃO 2 c) Determine o volume adicionado da solução Química QUESTÃO 1 Um recipiente contém 100 ml de uma solução aquosa de H SO 4 de concentração 0,1 mol/l. Duas placas de platina são inseridas na solução e conectadas a um LED (diodo emissor de luz) e a

Leia mais

6. Considerações finais

6. Considerações finais 84 6. Considerações finais Nesta dissertação, encontram-se registros de mudanças sociais que influenciaram as vidas de homens e mulheres a partir da chegada das novas tecnologias. Partiu-se da Revolução

Leia mais

A função do primeiro grau

A função do primeiro grau Módulo 1 Unidade 9 A função do primeiro grau Para início de conversa... Já abordamos anteriormente o conceito de função. Mas, a fim de facilitar e aprofundar o seu entendimento, vamos estudar algumas funções

Leia mais

Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_ 4.O gráfico apresentado mostra a elongação em função do tempo para um movimento harmônico simples.

Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_ 4.O gráfico apresentado mostra a elongação em função do tempo para um movimento harmônico simples. Eercícios Movimento Harmônico Simples - MHS 1.Um movimento harmônico simples é descrito pela função = 7 cos(4 t + ), em unidades de Sistema Internacional. Nesse movimento, a amplitude e o período, em unidades

Leia mais

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma:

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma: IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS Aluno(a): Turma: Querido (a) aluno (a), Este estudo dirigido foi realizado para que você revise

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIAS INTERNAS E EXTERNAS LICENCIATURA EM CIÊNCIAS NATURAIS - QUÍMICA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIAS INTERNAS E EXTERNAS LICENCIATURA EM CIÊNCIAS NATURAIS - QUÍMICA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIAS INTERNAS E EXTERNAS LICENCIATURA EM CIÊNCIAS NATURAIS - QUÍMICA BOLETIM DE QUESTÕES N LEIA, COM ATENÇÃO, AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 1. Este

Leia mais

UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli

UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli 1. A figura abaixo mostra o mapa de uma cidade em que as ruas retilíneas se cruzam perpendicularmente e cada quarteirão

Leia mais

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. 04/12/2011 Física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL. O 2(g) O 2(aq)

QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL. O 2(g) O 2(aq) QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL Questão 01 O agente oxidante mais importante em águas naturais é, sem a menor dúvida, o oxigênio molecular dissolvido, O 2. O equilíbrio entre o oxigênio

Leia mais

COMENTÁRIO DA PROVA DE BIOLOGIA

COMENTÁRIO DA PROVA DE BIOLOGIA COMENTÁRIO DA PROVA DE BIOLOGIA A prova de Biologia da UFPR apresentou uma boa distribuição de conteúdos ao longo das nove questões. O grau de dificuldade variou entre questões médias e fáceis, o que está

Leia mais

Programa de Retomada de Conteúdo - 3º Bimestre

Programa de Retomada de Conteúdo - 3º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Programa de Retomada de Conteúdo

Leia mais

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2009

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2009 Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá Vestibular 2009 PROVA ANALÍÍTIICO--DIISCURSSIIVA 2ªª Fase 05//01//2009 Tiipo de Prrova B05 Nome do Candidato: Nº de Inscrição Curso: 1. Este caderno

Leia mais

VESTIBULAR DE INVERNO 2013 GABARITOS E COMENTÁRIOS

VESTIBULAR DE INVERNO 2013 GABARITOS E COMENTÁRIOS VESTIBULAR DE INVERNO 013 GABARITOS E COMENTÁRIOS (TARDE 07/07/013) CURSOS DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO E DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PROVAS DE: BIOLOGIA, GEOGRAFIA E HISTÓRIA (OBJETIVAS) FÍSICA, MATEMÁTICA E

Leia mais

Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil

Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil CMSB 1 O que é corrupção? Corrupção é um termo genérico que define a má conduta de utilizar o poder ou autoridade para conseguir obter vantagens e fazer uso

Leia mais

CA 6 - Apropriar-se de conhecimentos da Física para, em situações problema, interpretar, avaliar ou planejar intervenções científico-tecnológicas.

CA 6 - Apropriar-se de conhecimentos da Física para, em situações problema, interpretar, avaliar ou planejar intervenções científico-tecnológicas. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES CADERNO 8 PROF.: Célio Normando CA 6 - Apropriar-se de conhecimentos da Física para, em situações problema, interpretar, avaliar ou planejar intervenções científico-tecnológicas.

Leia mais

CADERNO DE PROVA 2.ª FASE. Nome do candidato. Coordenação de Exames Vestibulares

CADERNO DE PROVA 2.ª FASE. Nome do candidato. Coordenação de Exames Vestibulares CADERNO DE PROVA 2.ª FASE Nome do candidato Nome do curso / Turno Local de oferta do curso N.º de inscrição Assinatura do candidato Coordenação de Exames Vestibulares I N S T R U Ç Õ E S LEIA COM ATENÇÃO

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE DISCIPLINA: Língua Portuguesa Texto 2 Jovens estão consumindo mais álcool O álcool é a droga mais usada entre jovens com menos de 18 anos. Estudo feito pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

Leia mais

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza).

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza). GEOGRAFIA 7ª Série/Turma 75 Ensino Fundamental Prof. José Gusmão Nome: MATERIAL DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL A GEOGRAFIA DO MUNDO SUBDESENVOLVIDO A diferença entre os países que mais chama a atenção é

Leia mais

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARALELA 4º BIMESTRE

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARALELA 4º BIMESTRE EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARALELA 4º BIMESTRE NOME Nº SÉRIE : 1º EM DATA : / / BIMESTRE 3º PROFESSOR: Renato DISCIPLINA: Física 1 VISTO COORDENAÇÃO ORIENTAÇÕES: 1. O trabalho deverá ser feito em papel

Leia mais

O papel da mulher na construção de uma sociedade sustentável

O papel da mulher na construção de uma sociedade sustentável O papel da mulher na construção de uma sociedade sustentável Sustentabilidade Socioambiental Resistência à pobreza Desenvolvimento Saúde/Segurança alimentar Saneamento básico Educação Habitação Lazer Trabalho/

Leia mais