VESTIBULAR IFCatarinense

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VESTIBULAR IFCatarinense - 2013"

Transcrição

1 VESTIBULAR IFCatarinense LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES SEGUINTES: 1. Este CADERNO DE PROVAS contém 50 questões objetivas de múltipla escolha, sendo: 12 questões da Prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias; 12 questões da Prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias; 16 questões da Prova de linguagens, códigos e suas Tecnologias; 10 questões da Prova de Matemática e suas Tecnologias e a proposta de Redação. 2. Faz parte deste CADERNO DE PROVAS a FOLHA DE RESPOSTAS, destinada à marcação das respostas da parte objetiva e a FOLHA DE REDAÇÃO para elaboração da Redação. 3. Destaque, no local indicado neste Caderno, a FOLHA DE RESPOSTAS e a FOLHA DE REDAÇÃO e verifique se os seus dados estão corretamente registrados no cabeçalho de cada uma dessas Folhas. Em caso de divergência, notifique imediatamente o fiscal de sala. 4. Após a conferência, assine seu nome nos espaços próprios da FOLHA DE RESPOSTAS e da FOLHA DE REDAÇÃO, utilizando caneta esferográfica de tinta preta. 5. Na FOLHA DE RESPOSTAS, marque, para cada questão, a letra correspondente à opção escolhida para a resposta, preenchendo todo o espaço compreendido nas quadrículas com caneta esferográfica de tinta preta. Preencha completamente os campos de marcação, sem deixar espaços em branco. 6. Não dobre, não amasse nem manche a FOLHA DE RESPOSTA e a FOLHA DE REDAÇÃO. Elas não poderão ser substituídas. 7. Para cada uma das questões objetivas, são apresentadas 5 opções, identificadas com as letras A, B, C, D e E. Apenas uma responde corretamente à questão. Você deve, portanto, assinalar apenas uma opção em cada questão. A marcação em mais de uma opção anula a questão, mesmo que uma das respostas esteja correta. 8. ATENÇÃO: As provas de LÍNGUA ESTRANGEIRA INGLÊS E DE LÍNGUA ESTRANGEIRA ESPANHOL possuem a mesma numeração (35 a 40), para tanto você deve responder APENAS AS QUESTÕES DE UMA LÍNGUA ESTRANGEIRA. 9. O tempo disponível para estas Provas, incluindo o de elaboração da Redação, é de cinco horas. Recomenda-se que você não ultrapasse o período de uma hora e trinta minutos para elaborar sua Redação. 10. Reserve os 30 minutos finais para marcar sua FOLHA DE RESPOSTAS. Os rascunhos e as marcações assinaladas no CADERNO DE PROVAS não serão considerados na avaliação. 11. Quando terminar as Provas, entregue ao fiscal de sala este CADERNO DE PROVAS, a FOLHA DE RESPOSTAS e a FOLHA DE REDAÇÃO. Em seguida, assine a LISTA DE PRESENÇA. 12. Você será excluído do Processo Seletivo caso: a) Utilize, durante a realização das Provas, máquinas e/ou relógios de calcular, bem como rádios, gravadores, headphones, telefones celulares ou fontes de consulta de qualquer espécie; 1

2 b) Aja com incorreção ou descortesia para com qualquer participante do processo de aplicação das Provas; c) Seja surpreendido, durante as Provas, em comunicação com outro participante, verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma, bem como utilizando livros, notas ou impressos, portando ou fazendo uso de qualquer tipo de equipamento eletrônico de comunicação ou, ainda, for responsável por falsa identificação pessoal; d) Se ausente da sala em que se realiza a prova levando consigo o CADERNO DE PROVAS e/ou a FOLHA DE RESPOSTAS e/ou a FOLHA DE REDAÇÃO, antes do prazo estabelecido. 13. São de responsabilidade única do participante a leitura e conferência de todas as informações contidas no CADERNO DE PROVAS, na FOLHA DE RESPOSTAS e na FOLHA DE REDAÇÃO. 2

3 PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS QUESTÕES DE 1 A 12 Instrução: Para responder a essas questões, identifique APENAS UMA ÚNICA alternativa correta e marque a letra correspondente na Folha de Respostas. Questão 01 Existem mais de 300 substâncias químicas no chocolate, porém, há três substâncias especiais que são: feniletilamina, ácido oxálico e cafeína. A feniletilamina é a substância responsável por provocar a sensação de bemestar em nosso cérebro, pois ela pode acionar a liberação de dopamina, substância química do cérebro que causa a sensação de felicidade. A fórmula estrutural da feniletilamina está representada abaixo: Disponível em: <http://www.brasilescola.com>. Acesso em: 03 out (adaptado). Com base na estrutura apresentada, assinale a alternativa CORRETA: A) O número de átomos de carbono com hibridização sp 3, sp 2 e sp é, respectivamente, 3, 5 e 1. B) Nesta molécula da feniletilamina está presente a função orgânica amida. C) A fórmula molecular da feniletilamina é C 9 H 10 N. D) A cadeia carbônica da feniletilamina pode ser classificada como alifática, heterogênea, saturada e ramificada. E) A estrutura acima apresenta 1 carbono primário, 6 carbonos secundários, 1 carbono terciário e nenhum carbono quaternário. Questão 02 A tecnologia dos cosméticos está cada vez mais evoluída. Está na hora de conhecer um pouco mais sobre os milagrosos produtos de beleza: * Pó facial: estão entre os ingredientes, talcos e componentes minerais. O pó facial contém carbonato de cálcio (CaCO 3 ) e óxido de zinco (ZnO). * Batons: possuem na composição álcool cetílico (C 16 H 33 OH), óleo de gergelin, cera de abelha, etc. * Perfumes: os ingredientes Geraniol (aroma de rosa) e Jasmona (aroma de jasmim) dão aos perfumes o aroma específico. * Antitranspirantes: o ingrediente Cloreto de alumínio hidratado (AlCl 3.6H 2 O) é fundamental, além de conter álcool e perfume. * Hidratantes corporais: são compostos por óleo de amêndoas, vaselina, lecitina, lanolina, etc. 3

4 * Xampus: contém alginato de sódio (NaC 6 H 7 O 6 ), que age como espessador para facilitar o espalhamento pelos fios. * Condicionadores: contém na composição alcoóis, álcool comum e álcool oleico, esse último age como emoliente, o responsável por condicionar os fios. Disponível em: <http://www.brasilescola.com>. Acesso em: 03 out (adaptado). Sobre as moléculas citadas no texto, é CORRETO afirmar que: A) A massa molar da molécula de Cloreto de alumínio hexaidratado (AlCl 3.6H 2 O) é 133,5 g/mol. B) Na molécula de alginato de sódio (NaC 6 H 7 O 6 ) não está presente a ligação química iônica. C) O ZnO reage com HCl formando cloreto de zinco e água, a massa de cloreto de zinco produzida pela reação de 8,14 g de ZnO é de 13,64 g. D) O CaCO 3 é um óxido que quando em solução aquosa sofre hidrólise e produz uma base, cuja fórmula é Ca(OH) 2. E) O C 16 H 33 OH é um álcool graxo, pois possui um grupo funcional OH (lipofílico), e um grupo R que representa a cadeia graxa (hidrofílico). Questão 03 O ar atmosférico é o envoltório gasoso da Terra, constituído principalmente de oxigênio e nitrogênio. Retirando-se do ar o dióxido de carbono e a água nele contida, 78,110% do volume restante cabem ao nitrogênio, 20,953% ao oxigênio, 0,934% ao argônio. As quantidades de neônio, hélio, criptônio, xenônio, hidrogênio, metano e óxido nitroso somam menos de 0,01%, em proporções individuais que variam de 0, a 0,000050%. Disponível em: <http://www.agracadaquimica.com.br>. Acesso em: 09 out (adaptado). De acordo com o texto acima e com o seu conhecimento, é CORRETO afirmar que: A) O oxigênio faz parte do grupo dos halogênios, quando este átomo recebe elétrons origina um ânion trivalente. B) O ar atmosférico é um exemplo de solução gasosa e o gás nitrogênio é um exemplo de substância composta. C) O Argônio é um gás nobre que apresenta 18 prótons e 19 nêutrons em seu núcleo. D) A molécula de metano é apolar e as interações entre suas moléculas são do tipo dipolo induzido (Forças de London). E) Os átomos de Nitrogênio e Oxigênio pertencem ao mesmo grupo da tabela periódica, apresentando o mesmo número de elétrons na camada de valência. Questão 04 A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, participou do fechamento do lixão de Gramacho, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. O maior aterro sanitário da América Latina completaria 35 anos em

5 A cerca de sete mil toneladas de lixo geradas por dia na cidade do Rio de Janeiro serão despejadas, a partir de agora, na Central de Tratamento de Resíduos de Seropédica. A nova central garantirá o destino adequado dos resíduos, sem riscos para o meio ambiente. O metano, contido o chorume, é um dos principais poluentes, 21 vezes mais nocivo do que o dióxido de carbono. Altamente inflamável, será utilizado para a geração de energia. Disponível em: <http://www.brasil.gov.br>. Acesso em: 10 out (adaptado). A combustão do metano se dá pela equação: CH 4 (g) + 2 O 2 (g) CO 2 (g) + 2 H 2 O (g) ΔH c = kj/mol Com base nos dados apresentados acima, é CORRETO afirmar que: A) Um aumento na temperatura da reação desloca o equilíbrio para esquerda, ou seja, favorecendo a reação endotérmica. B) Com o aumento da concentração de CH 4 desloca o equilíbrio para a esquerda, para formação de mais reagente. C) A diminuição na concentração de O 2 desloca o equilíbrio no sentido de formar mais produto. D) A reação de combustão do metano é exotérmica, logo, a entalpia do produto é maior que a entalpia dos reagentes. E) A quantidade de calor absorvido na queima de 4 g de metano é 200,5 kj. Questão 05 Segundo o princípio de Pascal temos que: a variação de pressão sofrida por um fluido ideal em equilíbrio é distribuída igualmente por todo o fluido. Vários sistemas multiplicadores de forças são baseados nesse princípio, como prensas hidráulicas, elevadores hidráulicos e macacos hidráulicos. Considere uma prensa hidráulica, em que um dos êmbolos tem o triplo da área do outro. Se no êmbolo menor for exercida uma pressão de 300 Pa, a pressão exercida no êmbolo maior será de: A) 900 Pa. B) 300 Pa. C) 100 Pa. D) 150 Pa. E) zero Questão 06 Bruno e Alice estão realizando uma experiência para verificar as Leis de Newton. Bruno, com massa de 70 Kg, está em pé em frente à Alice, que está de patins e possui massa de 45 Kg. Em um dado instante Alice empurra Bruno. Ele permanece em repouso e ela adquire movimento para trás. Com base nas informações e seus conhecimentos sobre as Leis de Newton, assinale a 5

6 afirmativa CORRETA. A) Alice adquire movimento para trás e Bruno continua em repouso porque a força que Alice exerce sobre Bruno é menor que a força que Bruno exerce sobre Alice. B) Bruno continua em repouso porque a força que Alice exerceu sobre ele é menor que seu peso. C) Bruno continua em repouso porque a força que Alice exerceu sobre ele é menor que a força de atrito estático máximo. D) A terceira Lei de Newton é válida somente para corpos em repouso. E) É necessária uma força constante para produzir um movimento com velocidade constante. Questão 07 Em águas profundas, a escuridão impossibilita que animais como golfinhos e baleias usem a visão para caçar presas. Por isso, eles dependem de um sistema biológico conhecido como ecolocalização para encontrar seus alimentos com precisão. Agora, um estudo da Universidade do Havaí, nos Estados Unidos, demonstrou que esses animais conseguem direcionar impulsos sonoros, transmitidos por meio da ecolocalização, para o alvo em questão, assim como os humanos concentram sua visão em objetos próximos ou distantes. Disponível em: - acesso 05/10/12 Sobre sondas sonoras considere as afirmações a seguir. I. Ondas sonoras são ondas mecânicas, longitudinais, que não necessitam de um meio para propagação. II. Considere que as baleias produzam som com frequência na faixa de 150 KHz e que a velocidade do som na água seja de 1500 m/s. O comprimento de ondas que elas emitem será de 1,00 x 10-2 m. III. Quando uma onda sonora passa de um meio para o outro, sua frequência permanece inalterada. IV. Um dos conceitos físicos utilizados na ecolocalização é o Efeito Doppler, que consiste na mudança da frequência do som, devido ao movimento relativo entre emissor e receptor. Estão CORRETAS: A) apenas I, II e IV 6

7 B) apenas II, III e IV C) apenas I, III e IV D) apenas II e III E) apenas II e IV Questão 08 Um brinquedo muito popular entre as crianças são as tradicionais pistas, em que um carrinho é lançado de uma determinada altura e executa um looping. Disponível em: https://br.hotweels.com Considere que o trecho circular tenha um diâmetro de 40 cm e que as forças dissipativas são desprezíveis. A altura mínima em que o carrinho deve ser abandonado para que ele execute o looping é de: A) 0,6 m. B) 50 m. C) 0,3 m. D) 30 m. E) 0,5 m. Questão 09 Um aluno, ao realizar uma pesquisa escolar, observa que a autofagia celular é um processo de digestão intracelular em que as células reciclam suas próprias organelas e proteínas e que, em função disso, pode ser a chave para o desenvolvimento de novos tratamentos contra o câncer, doenças degenerativas e infecções. Esse mecanismo interno, atua como supressor de tumores quando limita o tamanho da célula e remove os componentes danificados que poderiam gerar radicais livres ou criar mutações. Atualmente, os cientistas que pesquisam o câncer têm tentado ligar a morte celular à autofagia de células cancerígenas, porém ainda há muito estudo a ser realizado para que a autofagia celular possa ser qualificada como boa ou má. Para finalizar o estudo, o estudante relata que esse processo autofágico das células está relacionado com a organela citoplasmática denominada de: A) Mitocôndria. B) Cromoplasto. C) Complexo de Golgi. 7

8 D) Lisossomo. E) Retículo endoplasmático não granuloso. Questão 10 O comportamento dos animais é consequência de uma estratégia evolutiva, ele é uma adaptação do organismo às condições externas, que aumenta sua capacidade de sobrevivência. Esse fato ocorre pela necessidade de os organismos se manterem vivos, gerando descendentes férteis para perpetuar a espécie, mesmo ocorrendo algumas modificações ao longo das gerações. Ao observar a imagem, responda se o membro superior humano em relação à nadadeira da baleia e à nadadeira de peixe, do ponto de vista embriológico e funcional, são estruturas anatômicas: (Disponível em: <http://www.nossomeioporinteiro.wordpress.com. Acesso em: 26 set. 2012) A) Homólogas, no caso do membro superior humano em relação à nadadeira da baleia, por apresentarem a mesma origem embrionária apesar de terem funções distintas. B) Convergentes, no caso do membro superior humano em relação à nadadeira da baleia, por apresentarem origem embrionária e funções distintas. C) Divergentes, no caso do membro superior humano em relação à nadadeira de peixe, por apresentarem a mesma origem embrionária e funções distintas. D) Análogas, no caso da nadadeira da baleia em relação à nadadeira de peixe, por apresentarem a mesma origem embrionária e funções aquáticas semelhantes. E) Filogeneticamente distintas, no caso do membro superior humano em relação à nadadeira da baleia, apesar de apresentarem origem embrionária e funções distintas. Questão 11 A "Science", uma das mais importantes revistas da área científica, ao escolher os destaques científicos do atual período, externa que as áreas da biotecnologia e da genética dominam a lista, ambas baseadas no conhecimento da natureza do DNA. A respeito do DNA, é correto afirmar que: I. Duas cadeias de DNA são complementares quando houver uma base A em uma delas e T na outra, e, onde houver um C em uma cadeia, 8

9 haverá um G na outra. II. A molécula de DNA é formada por cinco anéis aromáticos, encontrada no meio intracelular, e sua importância reside no fato de que é formada pela cromatina. III. Cada um dos filamentos de DNA é composto por milhares ou milhões de unidades chamadas nucleotídeos, encadeados em sequência. IV. Uma cadeia de DNA com sequência de bases TAAGC produz um RNA AUTCG, assim o código do DNA é reproduzido para o RNA, processo chamado duplicação gênica. V. O DNA se reproduz por duplicação semiconservativa, quando as duas cadeias que o constituem se separam e orientam a produção da cadeia complementar. A) Somente as afirmativas I e V estão corretas. B) Somente as afirmativas I e III estão corretas. C) Somente as afirmativas I, III e V estão corretas. D) Somente as afirmativas I, II e V estão corretas. E) Somente as afirmativas II, III e IV estão corretas. Questão 12 Cientistas acreditam que o licenciamento de uma vacina contra a AIDS, Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, provocada pelo vírus HIV, pode acontecer em breve. O HIV é um vírus mutável, gerando continuamente versões diferentes de si mesmo, nas diferentes cepas que afetam populações distintas ao redor do mundo. Especialistas dizem que a vacina continua sendo a maior esperança de erradicação da doença. Sobre o vírus HIV e a vacinação é CORRETO afirmar que: I. A vacinação estimula as principais células de defesa do organismo contra a AIDS: os trombócitos e as plaquetas, as quais detectam e destroem partículas virais e células já infectadas pelo vírus HIV. II. O vírion do HIV pertence ao grupo dos vírus envelopados por apresentar, em sua estrutura, moléculas protéicas que formam o capsídio, penetrando na célula hospedeira por fusão do envelope viral. III. A vacina funciona estimulando a produção dos linfócitos (tipos B e T) e, para que seja eficaz, essas células ficam no corpo por anos, caso o vírus tente entrar na célula, o sistema imunológico detectará e desativará o vírus e destruirá a célula infectada. IV. Semelhante a outros vírus, o HIV se difere dos demais seres vivos por ser acelular, por ser parasita intracelular obrigatório e por não apresentar qualquer tipo de atividade metabólica fora das células hospedeiras. V. O vírus causador da AIDS é um ser unicelular procariótico, cuja célula não apresenta organelas membranosas citoplasmáticas, porém apresenta um envoltório externo rígido denominado envelope viral. A) As afirmativas I, IV e V estão corretas. B) As afirmativas I e II estão corretas. C) As afirmativas II, III e V estão corretas. 9

10 D) As afirmativas III e IV estão corretas. E) As afirmativas II, III e IV estão corretas. TABELA PERIÓDICA Série dos Lantanídios Série dos Actinídios (A numeração dos grupos de 1 a 18 é a recomendada atualmente pela IUPAC) 10

11 PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS QUESTÕES DE 13 A 24 Instrução: Para responder a essas questões, identifique APENAS UMA ÚNICA alternativa correta e marque a letra correspondente na Folha de Respostas. Questão 13 O território brasileiro, devido à sua dimensão espacial, comporta uma grande diversidade de paisagens. Visando compreender o mosaico paisagístico e ecológico do país, Aziz Nacib AB Saber, um dos grandes nomes da geografia brasileira, propõe o conceito de domínio morfoclimático, entendido pelo autor como um conjunto espacial de certa ordem de grandeza territorial de centenas de milhares a milhões de quilômetros quadrados de área onde haja um esquema coerente de feições de relevo, tipos de solo, formas de vegetação e condições climático-hidrológicas (AB SÁBER, Aziz Nacib. Os Domínios de Natureza no Brasil: potencialidades paisagísticas. São Paulo: Ateliê Editorial, 2003). Observe o mapa a seguir, que representa os domínios morfoclimáticos de acordo com o autor citado e, analise as afirmativas que se seguem. I. Domínio caracterizado pelo predomínio de extensas planícies, recoberta, originalmente, por mata de araucárias. II. Domínio de pradarias mistas que se constitui de zonas temperadas úmidas e subúmidas. III. Domínio de planaltos de altitudes médias, revestidos por bosques de araucárias de diferentes densidades e por mosaicos de pradarias mistas. IV. Domínio marcado por planaltos e chapadas, com vegetação predominante caracterizada por árvores retorcidas, assemelhando-se com as faixas de savanas da África. V. Domínio de posição equatorial e subequatorial, com elevada precipitação pluviométrica e complexa rede hidrográfica. VI. Domínio marcado por uma depressão interplanáltica reduzida a verdadeiras planícies de erosão, com solo raso e pedregoso. Assinale a opção que contém as afirmativas CORRETAS: 11

12 A) I, III e V B) IV, V e VI C) II, III e IV D) III, IV e VI E) I, II e IV Questão 14 No final do século XIX o imperialismo colonial europeu mudou a geopolítica do continente africano. O mapa mostra a Partilha do continente. A respeito da Partilha Africana, assinale a alternativa INCORRETA: A) A Partilha Africana está associada com a fase monopolista do capitalismo, que impulsionou os países europeus a buscar novos mercados consumidores e matéria-prima no continente. B) A ocupação colonial da África foi defendida, pelos europeus, com o argumento de que a sua presença permitiria a civilização das sociedades africanas. C) A Partilha Africana, concluída com a Conferência de Berlim de 1885, dividiu o continente de acordo com os interesses europeus sem considerar, no entanto, as especificidades étnicas. D) Além do uso das armas de fogo, os missionários católicos e protestantes, também, foram importantes para o processo de dominação e colonização européia no continente africano. 12

13 E) Apesar da subjugação dos povos africanos, o regime político instaurado pelos europeus favoreceu a manutenção da autonomia administrativa dos governos nativos nas áreas conquistadas. Questão 15 O modelo econômico agroexportador do Brasil deixou marcas na estrutura fundiária do país, como demonstra o gráfico abaixo. Além disso, o processo de industrialização do país provocou um reflexo direto sobre a produção agrária brasileira. Baseado nas características do espaço agrário brasileiro, analise as alternativas: I. A modernização das atividades agrícolas tem sido responsável pela criação de novas oportunidades de emprego para a população rural. II. A concentração fundiária provoca a expropriação, expulsão e exclusão de trabalhadores rurais. III. A luta pela terra no Brasil é consequência do processo histórico de sua apropriação, ocupação e uso, desde a colonização até os dias atuais. IV. A desigual distribuição das terras, herança do modelo econômico, que se implantou recentemente no país, trouxe como consequência os atuais conflitos sociais no campo. V. A produção da agricultura familiar está relacionada com o abastecimento do mercado interno. Assinale a opção que contém as afirmativas CORRETAS: A) II, III e IV B) I, II e III C) I, III e IV D) II, III e V E) III, IV e V 13

14 Questão 16 Sobre a história republicana brasileira até 1945, considere as seguintes afirmações: I. Para combater os problemas relacionados ao excesso de produção e aos baixos preços do café no mercado internacional, os governadores de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro firmaram, em 1906, o Convênio de Taubaté. II. Durante a República Velha o domínio político coube as grandes oligarquias rurais dos Estados, sendo que a base desse domínio estava na própria Constituição que limitava bastante a intervenção federal nos Estados e estabelecia que o voto não era secreto. III. A aliança entre o Partido Republicano Paulista e o Partido Republicano Mineiro, a partir da eleição de Prudente de Morais em 1894, institucionalizou a política do café-com-leite, responsável pela eleição de todos os presidentes da República até IV. O rompimento da política do café-com-leite por parte do Partido Republicano Paulista, fez com que Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraíba, formassem a Aliança Liberal e lançassem Getúlio Vargas para concorrer com Júlio Prestes às eleições de V. Do ponto de vista econômico, a Era Vargas, ficou marcado pela intervenção do Estado na economia e, embora a exportação de produtos agrícolas continuasse preponderante, a industrialização passou a ser um dos objetivos do Estado Brasileiro. Estão CORRETOS: A) os itens I, II, IV e V. B) os itens I, II, III e IV. C) os itens I, III e V. D) os itens II, III e IV. E) os itens II, IV e V. Questão 17 Sobre a Ditadura Militar Brasileira ( ), assinale a alternativa ERRADA: A) Através do Ato Institucional nº 02, de 27 de outubro de 1965, e do Ato Institucional nº 03, de 5 de fevereiro de 1966, respectivamente, as eleições presidenciais e para governadores de Estado passaram a ser indiretas. B) Durante a Ditadura Militar Brasileira foi preservada a Constituição de 1946, no entanto, através de Atos Institucionais, foram garantidos poderes quase que ilimitados aos presidentes militares. C) O Ato Institucional nº 5, de 13 de dezembro de 1965, permitiu ao Presidente da República, entre outras prerrogativas, fechar o Congresso Nacional e nomear interventores para os Estados e Municípios. 14

15 D) Às vésperas das eleições de 1976 foi decretada a Lei Falcão, que estabelecia que na propaganda eleitoral do rádio e da televisão, os partidos somente poderiam expor os nomes e os números dos candidatos, sendo lido o currículo de cada um e mostrado a foto (na televisão). E) O general João Baptista Figueiredo inaugura a fase da abertura política do Regime Militar, sendo a Lei de Anistia, de 28 de agosto de 1979, um marco importante desse processo. Questão 18 Sobre as duas grandes guerras mundiais, considere as seguintes informações: I. O assassinato do herdeiro do trono austro-húngaro, em junho de 1914, em Sarajevo, é considerada a causa estrutural da Primeira Guerra Mundial. II. O progressivo declínio da Europa e a ascensão dos Estados Unidos como grande potência mundial pode ser apontado com uma das consequências da Primeira Guerra Mundial. III. A necessidade de uma redefinição da geopolítica mundial, com uma maior participação dos países emergentes (Alemanha, Itália e Japão) pode ser apontada com uma das causas da Segunda Guerra Mundial. IV. A reabilitação da Alemanha como grande potência econômica mundial e a criação da Organização das Nações Unidas, podem ser apontados com consequências da Segunda Guerra Mundial. Estão CORRETOS: A) os itens I e III. B) os itens II e IV. C) os itens I e IV. D) os itens I e II. E) os itens II e III. Questão 19 A Sociologia surge na Europa durante o século XIX. Contudo, pode-se atribuir elementos, que fortemente contribuiram para sua origem ainda no século XVIII, o chamado século das luzes. Tal século é considerado o século do: A) Medievo B) Cubismo C) Iluminismo D) Trovadorismo E) Expressionismo 15

16 Questão 20 Para Karl Marx a história da humanidade é toda ela de exploração dos mais ricos pelos mais pobres. Quais das seguintes categorias fazem parte dos escritos de Marx? A) Classe, trabalho e totemismo B) Classe, trabalho e alienação C) Trabalho, totemismo e feminismo D) Trabalho, pós-modernidade e alienação E) Totemismo, feminismo e pós-modernidade Questão 21 A defesa de que a Sociologia deveria ser uma disciplina diferente da Psicologia e da Biologia, pois apenas a Sociologia poderia entender a vida social dos seres humanos, foi uma das grandes defesas de Émile Durkheim. Para este sociólogo, situações que são consideradas marcadamente pessoais, são na realidade sociais. Um exemplo disso, é discutido por ele na obra: A) O Imigrante B) O Sexo C) O Aborto D) A Origem E) O Suícidio Questão 22 Imaginemos uma caverna separada do mundo externo por um alto muro, cuja entrada permite a passagem da luz exterior. Desde seu nascimento, geração após geração, seres humanos ali vivem acorrentados, sem poder mover a cabeça para a entrada, nem locomover-se, forçados a olhar apenas a parede do fundo, e sem nunca terem visto o mundo exterior nem a luz do Sol. Acima do muro, uma réstia de luz exterior ilumina o espaço habitado pelos prisioneiros, fazendo com que as coisas que se passam no mundo exterior sejam projetadas como sombras nas paredes do fundo da caverna. Por trás do muro, pessoas passam conversando e carregando nos ombros figuras de homens, mulheres, animais cujas sombras são projetadas na parede da caverna. Os prisioneiros julgam que essas sombras são as próprias coisas externas, e que os artefatos projetados são os seres vivos que se movem e falam. Um dos prisioneiros, tomado pela curiosidade, decide fugir da caverna. Fabrica um instrumento com o qual quebra os grilhões e escala o muro. Sai da caverna, e no primeiro instante fica totalmente cego pela luminosidade do Sol, com a qual seus olhos não estão acostumados; pouco a pouco, habitua-se à luz e começa a ver o mundo. Encanta-se, deslumbra-se, tem a felicidade de, finalmente, ver as próprias coisas, descobrindo que, em sua prisão, vira apenas sombras. De volta à caverna, para contar o que viu e libertar os demais, também não saberá mover-se nem falar de modo compreensível para os 16

17 outros, que não acreditarão nele e, correrá o risco de ser morto pelos que jamais abandonaram a caverna (adaptado de CHAUI, Marilena citado por A passagem acima é o conhecido Mito da Caverna, exposto na obra A República, de Platão. As alternativas abaixo correspondem corretamente à passagem acima, EXCETO: A) A visão do sol é a visão da verdade, a visão das sombras, por outro lado, é a visão do erro, da falsidade. B) O prisioneiro que decide fugir da caverna representa o filósofo, já os prisioneiros que nela permanecem representam as pessoas comuns. C) A vida na caverna é a vida na dimensão do inteligível, a vida na pura luz é a vida na dimensão do sensível. D) Um dos vários significados desse mito diz respeito à questão do conhecimento sensível e do conhecimento inteligível, este é, portanto, o significado epistemológico do mito. E) As sombras representam o conhecimento ilusório, errôneo: o conhecimento dos sentidos, já o sol representa o conhecimento verdadeiro: o conhecimento da razão. Questão 23 Por tanto amor, por tanta emoção, a vida me fez assim, doce ou atroz, manso ou feroz, eu, caçador de mim. Preso a canções, entregue a paixões, que nunca tiveram fim. Vou me encontrar longe do meu lugar, eu, caçador de mim. Nada a temer senão o correr da luta. Nada a fazer senão esquecer o medo. Abrir o peito à força numa procura. Fugir às armadilhas da mata escura. Longe se vai, sonhando demais, mas onde se chega assim. Vou descobrir o que me faz sentir, caçador de mim. Com a música acima, intitulada Caçador de mim, de autoria de Sérgio Magrão e Luiz Carlos Sá, eternizada na voz de Milton Nascimento, pode-se fazer uma analogia (relação de semelhança) com uma conhecida afirmação na história da filosofia, que é: A) O ser humano é um caniço pensante. B) Sapere aude (ousa saber)! C) Conhece-te a ti mesmo. D) Só sei que nada sei. E) Saber é poder. Questão 24 O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio, dependem de decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o 17

18 peito dizendo que odeia política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância nasce a prostituta, o menor abandonado, o assaltante e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e o lacaio das empresas nacionais e multinacionais (BRECHT, Bertold. O analfabeto político.). As alternativas abaixo correspondem ao que Brecht denomina de analfabeto político EXCETO: A) o eleitor que afirma odiar a política. B) o político analfabeto. C) a pessoa desinteressada dos acontecimentos políticos. D) o cidadão que não gosta de participar das decisões políticas. E) o indivíduo alheio à vida e aos fatos políticos. 18

19 PROVA DE LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS QUESTÕES DE 25 A 40 Instrução: Para responder a essas questões, identifique APENAS UMA ÚNICA alternativa correta e marque a letra correspondente na Folha de Respostas. Questão 25 Disponível em: Acesso em: 1 out. 2012) A psicóloga e socióloga Sherry Turkle defende em seu trabalho que por conta dessa virtualização das relações os indivíduos estariam perdendo a capacidade de lidar com as complexidades das relações humanas. Mais especificamente, ela propõe que a despeito de pensarmos que estamos juntos e da sensação de companhia, estamos na verdade sozinhos. Logo, esse tipo de relacionamento virtual possui fragilidades do ponto de vista da vida e do sentido das relações humanas de fato. In: Paulo Silvino Ribeiro. Disponível em: Acesso em 7 out Considerando a relação entre a imagem e o texto sobre a forma virtual de se relacionar é possível AFIRMAR que: A) as relações virtuais tornam obrigatória a proximidade física. B) a amizade virtual afeta na relação humana, promovendo discórdia entre as pessoas. C) a relação humana na internet obrigatoriamente cria laços profundos de amizade. D) o relacionamento virtual tem a responsabilidade de aproximar fisicamente as pessoas. E) o sentimento de solidão e de vazio existencial permanecem mesmo quando se possui um elevado número de amigos virtuais. 19

20 Questão 26 O hipertexto, segundo Theodor Holm Nelson - criador do termo - é uma forma de escrita não linear na informática, que permite ao leitor escolher o caminho que deseja seguir. Em 1945, Vannevar Bush (físico e matemático) apresentou em seu artigo as we may think os conceitos primordiais do hipertexto baseado na complexidade da mente humana. Seu projeto MEMEX objetiva registrar a memória auxiliar de cientistas que com ele trabalhavam, prevendo a criação de elos entre informações e com a possibilidade de navegação por diferentes caminhos de leitura. Disponível em: Acesso em: 7 out Diante do acúmulo de informações no ciberespaço e da necessidade de interagir com as diversas possibilidades da linguagem, assinale a alternativa INCORRETA em relação ao hipertexto: A) contribui para distanciar o leitor da escrita tradicional, uma vez que possui um alto grau de exigência. B) possibilita ao leitor fazer a escolha do que deseja ler, sem elementos de coerência. C) é uma forma de facilitar o caminho da escrita e desfavorecer o leitor. D) permite ao leitor buscar uma informação de maneira segura nas redes sociais. E) facilita o caminho da escrita, predeterminando o que o leitor vai ler, por isso deve ser evitado por jovens. Questão 27 Samba do Arnesto O Arnesto nos convidou pra um samba, ele mora no Brás Nós fumos não encontremos ninguém Nós voltermos com uma baita de uma reiva Da outra vez nós num vai mais Nós não semos tatu! No outro dia encontremo com o Arnesto Que pediu desculpas mais nós não aceitemos Isso não se faz, Arnesto, nós não se importa Mas você devia ter ponhado um recado na porta Um recado assim ói: "Ói, turma, num deu pra esperá 20

TÓPICOS DE REVISÃO PARA A PROVA DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA E SOCIOLOGIA

TÓPICOS DE REVISÃO PARA A PROVA DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA E SOCIOLOGIA TÓPICOS DE REVISÃO PARA A PROVA DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA E SOCIOLOGIA DITADURA MILITAR Comparado com suas origens históricas, o conceito de ditadura conservou apenas esse caráter de poder excepcional,

Leia mais

COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais. 1º ano D. Arte

COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais. 1º ano D. Arte COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais Arte -Resumo Arte feminino plural Função pragmática ou utilitária Função naturalista As linguagens artísticas

Leia mais

PROGRAMA DO 7ª SÉRIE / 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL II - 2014 I UNIDADE

PROGRAMA DO 7ª SÉRIE / 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL II - 2014 I UNIDADE COORDENAÇÃO COLÉGIO OFICINA 1 PROGRAMA DO 7ª SÉRIE / 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL II - 2014 I UNIDADE DISCIPLINA CONTEÚDO COMPETÊNCIAS E HABILIDADES LÍNGUA PORTUGUESA REDAÇÃO OFICINA DE LEITURA ARTES EDUCAÇÃO

Leia mais

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA 2 o DIA MANHÃ GRUPO 2 Novembro / 2011 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais

Polaridade de moléculas

Polaridade de moléculas Polaridade de moléculas 01. (Ufscar) É molécula polar: a) C 2 H 6. b) 1,2-dicloroetano. c) CH 3 Cl. d) p-diclorobenzeno. e) ciclopropano. 02. (Mackenzie) As fórmulas eletrônicas 1, 2 e 3 a seguir, representam,

Leia mais

Caderno de Aprendizagem

Caderno de Aprendizagem Caderno de Aprendizagem Módulo IV Unidade 3 Nome tutor data de entrega / / Governo Federal Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância Módulo IV Unidade 3 3 LINGUAGENS E CÓDIGOS Leia o poema

Leia mais

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2009

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2009 Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá Vestibular 2009 PROVA ANALÍÍTIICO--DIISCURSSIIVA 2ªª Fase 05//01//2009 Tiipo de Prrova B05 Nome do Candidato: Nº de Inscrição Curso: 1. Este caderno

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

CURSOS História e Tecnologia em Design de Moda

CURSOS História e Tecnologia em Design de Moda PROCESSO SELETIVO 2006/1 História CURSOS História e Tecnologia em Design de Moda Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. 1. Este caderno de prova contém dez

Leia mais

O continente africano

O continente africano O continente africano ATIVIDADES Questão 04 Observe o mapa 2 MAPA 2 Continente Africano Fonte: . A região do Sahel, representada

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação I - Proposta de Redação INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação A proposta de redação do vestibular do ITA pode ser composta de textos verbais, não verbais (foto ou ilustração,

Leia mais

REVISÃO QUÍMICA. Profº JURANDIR QUÍMICA

REVISÃO QUÍMICA. Profº JURANDIR QUÍMICA REVISÃO QUÍMICA Profº JURANDIR QUÍMICA DADOS 01. (ENEM 2004) Em setembro de 1998, cerca de 10.000 toneladas de ácido sulfúrico (H 2 SO 4 ) foram derramadas pelo navio Bahamas no litoral do Rio Grande

Leia mais

TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR

TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR CADERNO DE PROVA CARGO: ESTAGIÁRIO DO DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE

Leia mais

2- Nas frases a seguir estão destacadas quatro formas verbais de um mesmo verbo. Compare-as.

2- Nas frases a seguir estão destacadas quatro formas verbais de um mesmo verbo. Compare-as. FICHA DA SEMANA 5º ANO A / B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 26.09.06 BIOLOGIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 26.09.06 BIOLOGIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO Simulado 5 Padrão FUVEST Aluno: N o do Cursinho: Sala: BIOLOGIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO 1. Aguarde a autorização do fiscal para abrir o caderno de questões e iniciar a prova. 2. Duração

Leia mais

Web Revista Diálogos & Confrontos Revista em Humanidades 42 ISSN - 2317-1871 VOL 02 2º Edição Especial JUL DEZ 2013 PAULO HENRIQUE PRESSOTTO

Web Revista Diálogos & Confrontos Revista em Humanidades 42 ISSN - 2317-1871 VOL 02 2º Edição Especial JUL DEZ 2013 PAULO HENRIQUE PRESSOTTO Web Revista Diálogos & Confrontos Revista em Humanidades 42 PAULO HENRIQUE PRESSOTTO Labirinto de vidro 2013 Web Revista Diálogos & Confrontos Revista em Humanidades 43 Início e fim? Um silêncio denso

Leia mais

CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil

CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil I TRODUÇÃO Vivemos um tempo muito importante e é nossa responsabilidade preservar a Terra. Todos os povos e todas as culturas do mundo formam uma única e grande família.

Leia mais

Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS

Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS REGRA DO OCTETO Cada átomo tem um número de elétrons diferente e estes e - (elétrons) estão distribuídos

Leia mais

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO Simulado 5 Padrão FUVEST Aluno: N o do Cursinho: Sala: QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO 1. Aguarde a autorização do fiscal para abrir o caderno de questões e iniciar a prova. 2. Duração da

Leia mais

EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO

EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO 1 o Ano (TAB) Aluno(a): Ano: Turma: Turno: Senhores pais e alunos, Estaremos realizando as Verificações Bimestrais do 3 o bimestre no período de 21/09 a 25/09/2015.

Leia mais

Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes

Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes 2014 Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes Enem, fantasias e verdades. 3 Eu sou Rommel Fernandes, Diretor de Ensino do Bernoulli, e vou expor um tema interessantíssimo, que envolve o Enem. O exame

Leia mais

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br Preposições na língua inglesa geralmente vem antes de substantivos (algumas vezes também na frente de verbos no gerúndio). Algumas vezes é algo difícil de se entender para os alunos de Inglês pois a tradução

Leia mais

PROVA UNIJUÍ. Locais de Realização da Prova Câmpus/Polo Ijuí, Câmpus Santa Rosa, Câmpus Panambi e Câmpus Três Passos.

PROVA UNIJUÍ. Locais de Realização da Prova Câmpus/Polo Ijuí, Câmpus Santa Rosa, Câmpus Panambi e Câmpus Três Passos. PROVA UNIJUÍ Data 08 de fevereiro de 2015 (domingo) Modalidades e Horários Cursos EaD Prova da Unijuí (Redação) Início às 8h30min e término às 11h30min. Cursos Presenciais Prova da Unijuí (Redação e 40

Leia mais

Divirta-se com o Clube da Química

Divirta-se com o Clube da Química Divirta-se com o Clube da Química Produzido por Genilson Pereira Santana www.clubedaquimica.com A idéia é associar a Química ao cotidiano do aluno usando as palavras cruzadas, o jogo do erro, o domino,

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Inglês 6º Ano de Escolaridade Prova 06 / 2.ª Fase 7 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. 2014 Prova 06/ 2.ª F.

Leia mais

UNESP- 2013- Vestibular de Inverno

UNESP- 2013- Vestibular de Inverno UNESP- 2013- Vestibular de Inverno 1-Compostos de crômio têm aplicação em muitos processos industriais, como, por exemplo, o tratamento de couro em curtumes e a fabricação de tintas e pigmentos. Os resíduos

Leia mais

CAp-UERJ Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira

CAp-UERJ Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira CAp-UERJ Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira INSTRUÇÕES Você está recebendo um caderno de prova com 12 (doze) folhas numeradas. As partes I e II contêm 16 (dezesseis) questões de Língua

Leia mais

A soma será feita da seguinte forma:

A soma será feita da seguinte forma: TESTE VOCACIONAL Teste sua vocação Testes vocacionais não fazem milagres, não têm poder de apontar uma única profissão a ser seguida, mas são um bom norte acerca de aptidões e interesses. O questionário

Leia mais

Arcoverde: Páginas que Ninguém Leu 1. Aline de Souza Silva SIQUEIRA 2 Adriana Xavier Dória MATOS 3 Universidade Católica de Pernambuco, Recife, PE

Arcoverde: Páginas que Ninguém Leu 1. Aline de Souza Silva SIQUEIRA 2 Adriana Xavier Dória MATOS 3 Universidade Católica de Pernambuco, Recife, PE Arcoverde: Páginas que Ninguém Leu 1 Aline de Souza Silva SIQUEIRA 2 Adriana avier Dória MATOS 3 Universidade Católica de Pernambuco, Recife, PE RESUMO Este trabalho se propõe uma jornada Arcoverde adentro

Leia mais

Geografia. Professor: Jonas Rocha

Geografia. Professor: Jonas Rocha Geografia Professor: Jonas Rocha Questões Ambientais Consciência Ambiental Conferências Internacionais Problemas Ambientais Consciência Ambiental Até a década de 1970 o homem acreditava que os recursos

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 12014

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 12014 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 12014 ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AOS SEGUINTES CARGOS: Auxiliar de Serviços

Leia mais

Seu Tempo é Precioso. Volume I. Charlles Nunes

Seu Tempo é Precioso. Volume I. Charlles Nunes APRENDA INGLÊS EM CASA Seu Tempo é Precioso Volume I Charlles Nunes Aprenda Inglês em Casa ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 LESSON 1... 5 LESSON 2... 10 LESSON 3... 16 LESSON 4... 21 2 Charlles Nunes APRESENTAÇÃO

Leia mais

Resolução: 0,86ºC. x = 0,5 mol etanol/kg acetona. 0,5 mol 1000 g de acetona. 200 g de acetona. y = 0,1 mol de etanol. 1 mol de etanol (C 2 H 6 O) 46 g

Resolução: 0,86ºC. x = 0,5 mol etanol/kg acetona. 0,5 mol 1000 g de acetona. 200 g de acetona. y = 0,1 mol de etanol. 1 mol de etanol (C 2 H 6 O) 46 g (ACAFE) Foi dissolvida uma determinada massa de etanol puro em 200 g de acetona acarretando em um aumento de 0,86 C na temperatura de ebulição da acetona. Dados: H: 1 g/mol, C: 12 g/mol, O: 16 g/mol. Constante

Leia mais

GABARITO DAS TAREFAS 2ª Série

GABARITO DAS TAREFAS 2ª Série GABARITO DAS TAREFAS 2ª Série Semana de 24 a 28 de fevereiro PORTUGUÊS MATEMÁTICA 1 MATEMÁTICA 2 INGLÊS INTERMEDIÁRIO INGLÊS AVANÇADO HISTÓRIA GEOGRAFIA FÍSICA QUÍMICA BIOLOGIA GABARITOS COMENTADOS GEOGRAFIA

Leia mais

PRÁTICAS DE LINGUAGEM ORAL E ESCRITA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

PRÁTICAS DE LINGUAGEM ORAL E ESCRITA NA EDUCAÇÃO INFANTIL PRÁTICAS DE LINGUAGEM ORAL E ESCRITA NA EDUCAÇÃO INFANTIL CRUVINEL,Fabiana Rodrigues Docente do curso de pedagogia da faculdade de ciências humana- FAHU/ACEG Garça/SP e-mail:fabianarde@ig.com.br ROCHA,

Leia mais

CADERNO DE PROVA 2.ª FASE. Nome do candidato. Coordenação de Exames Vestibulares

CADERNO DE PROVA 2.ª FASE. Nome do candidato. Coordenação de Exames Vestibulares CADERNO DE PROVA 2.ª FASE Nome do candidato Nome do curso / Turno Local de oferta do curso N.º de inscrição Assinatura do candidato Coordenação de Exames Vestibulares I N S T R U Ç Õ E S LEIA COM ATENÇÃO

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO 2015/2016 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Prova 1) 6º Ano / Ensino Fundamental

CONCURSO DE ADMISSÃO 2015/2016 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Prova 1) 6º Ano / Ensino Fundamental Leia atentamente o texto 1 e responda às questões de 01 a 12 e 18, assinalando a única alternativa correta. Texto 1 O pote vazio 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015 ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015 Nome: Nº 7º ano Data: / /2015 Professor: Nota: (valor: 2,0) A - Introdução Neste ano, sua pontuação foi inferior a 60,0 pontos e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

Searching for Employees Precisa-se de Empregados

Searching for Employees Precisa-se de Empregados ALIENS BAR 1 Searching for Employees Precisa-se de Empregados We need someone who can prepare drinks and cocktails for Aliens travelling from all the places in our Gallaxy. Necessitamos de alguém que possa

Leia mais

Verbs - Simple Tenses

Verbs - Simple Tenses Inglês Prof. Davi Verbs - Simple Tenses Simple Present Simple Past Simple Future Simple Present - Formação Infinitivo sem o to Ausência do auxiliar (usa-se to do ) Inclusão de s na 3ª pessoa do singular

Leia mais

Como dizer quanto tempo leva para em inglês?

Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Você já se pegou tentando dizer quanto tempo leva para em inglês? Caso ainda não tenha entendido do que estou falando, as sentenças abaixo ajudarão você a entender

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 66 Discurso na solenidade de comemoração

Leia mais

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias. Comentário de Biologia: Resposta: E

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias. Comentário de Biologia: Resposta: E Comentário de Biologia: a) (F) É impraticável que se deixe de utilizar aparelhos elétricos à pilha. Além disto, o problema não está no uso, mas na destinação que se dá às pilhas. Na medida em que elas

Leia mais

QUÍMICA Prova de 2 a Etapa

QUÍMICA Prova de 2 a Etapa QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém sete questões, constituídas de itens e subitens, e é composto de dezesseis

Leia mais

REDE DE ENSINO FARIA BRITO COORDENAÇÃO DE ENSINO MÉDIO. 1º Ano

REDE DE ENSINO FARIA BRITO COORDENAÇÃO DE ENSINO MÉDIO. 1º Ano Língua Portuguesa - Perceber as modificações realizadas nas antigas regras de acentuação, fixando as que permanecem inalteradas pelo novo acordo ortográfico; - Conhecer as classes gramaticais; - Apresentar

Leia mais

SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA

SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA QUESTÃO 01 Em uma determinada transformação foi constatado que poderia ser representada

Leia mais

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them?

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them? GUIÃO A Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/7 Grupo: Chocolate Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas 1º Momento Intervenientes

Leia mais

GERÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE PLANALTINA CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL 02 COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA - 2013. Plano de Ensino

GERÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE PLANALTINA CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL 02 COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA - 2013. Plano de Ensino Plano de Ensino 1. IDENTIFICAÇÃO: DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS Turma: A / B / C / D /E SÉRIE/ANO: 8ª / 9º Turno: MATUTINO Bimestral: 1º / 2º / 3º / 4º Anual: 2013 Professor: MÁRIO CÉSAR CASTRO E-mail:

Leia mais

Paisagens Climatobotânicas do Brasil

Paisagens Climatobotânicas do Brasil Paisagens Climatobotânicas do Brasil 1. (UEL-2012) Os domínios morfoclimáticos brasileiros são definidos a partir da combinação dos elementos da natureza, como os climáticos, botânicos, pedológicos, hidrológicos

Leia mais

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Terça-feira, 11 de março de 2014 Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Nádia Junqueira Goiânia - Dalila tem 15 anos, estuda o 2º ano no Colégio

Leia mais

O QUE FOI A POESIA MARGINAL

O QUE FOI A POESIA MARGINAL O QUE FOI A POESIA MARGINAL A poesia marginal ou a geração Mimeógrafo surgiu na década de 70 no Brasil, de forma a representar o movimento sociocultural que atingiu as artes e principalmente a literatura.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS 3 PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS QUÍMICA 01 - O dispositivo de segurança que conhecemos como air-bag utiliza como principal reagente para fornecer o gás N 2 (massa molar igual a 28 g mol -1

Leia mais

AS TRÊS EXPERIÊNCIAS

AS TRÊS EXPERIÊNCIAS Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões de 1 a 7. AS TRÊS EXPERIÊNCIAS Há três coisas para

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 9º Turma: Data: / /2012 Nota: Professor(a): Edvaldo Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1)

Leia mais

Ele deu... a luz. Era noite e chovia torrencialmente. Roberto,

Ele deu... a luz. Era noite e chovia torrencialmente. Roberto, A UU L AL A Ele deu... a luz Era noite e chovia torrencialmente. Roberto, prevenido, deu a sua ordem preferida: - Desliga a televisão que é perigoso, está trovejando! Mal ele acabou a frase, surgiu um

Leia mais

Conteúdo Programático da Prova Bimestral. Placas tectônicas; Agentes internos e externos do relevo.

Conteúdo Programático da Prova Bimestral. Placas tectônicas; Agentes internos e externos do relevo. 6º Geografia 6º Espanhol 6º Gramática Maria do Carmo 6º Matemática 6º 6º 6 História 6º Artes Placas tectônicas; Agentes internos e externos do relevo.. Classificação do substantivo; Gênero e número do

Leia mais

AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS

AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS Apesar da diversidade entre os seres vivos, todos guardam muitas semelhanças, pois apresentam material genético (DNA) em que são encontradas todas as informações

Leia mais

SUMÁRIO VOLUME 1 LÍNGUA INGLESA

SUMÁRIO VOLUME 1 LÍNGUA INGLESA SUMÁRIO VOLUME 1 "No mar tanta tormenta e dano, Tantas vezes a morte apercebida, Na terra, tanta guerra, tanto engano, Tanta necessidade aborrecida." Os Lusíadas, p. 106, Luís Vaz de Camões Lesson 1 -

Leia mais

ROTEIRO TRIMESTRAL DE ATIVIDADES ARTE - 9.º ANO 2015 Profª.: Maycon Batista

ROTEIRO TRIMESTRAL DE ATIVIDADES ARTE - 9.º ANO 2015 Profª.: Maycon Batista ROTEIRO TRIMESTRAL DE ATIVIDADES ARTE - 9.º ANO 2015 Profª.: Maycon Batista Temática da Etapa: Conceito sobre Arte Conceito sobre Artesanato Conceito sobre Releitura Arte como Patrimônio da Humanidade

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco

Leia mais

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. 04/12/2011 Física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO COMENTÁRIO GERAL DOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO Uma prova, para avaliar tantos candidatos deve ser sempre bem dosada como foi a deste ano. Houve tanto questões de interpretação (6) como de gramática

Leia mais

02/12/2012. Geografia

02/12/2012. Geografia 02/12/2012 Geografia Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Geografia. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

1ª a 5ª série. (Pró-Letramento, fascículo 1 Capacidades Linguísticas: Alfabetização e Letramento, pág.18).

1ª a 5ª série. (Pró-Letramento, fascículo 1 Capacidades Linguísticas: Alfabetização e Letramento, pág.18). SUGESTÕES PARA O APROVEITAMENTO DO JORNAL ESCOLAR EM SALA DE AULA 1ª a 5ª série A cultura escrita diz respeito às ações, valores, procedimentos e instrumentos que constituem o mundo letrado. Esse processo

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS

ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS 1 Confira se este caderno contém uma proposta de redação e 06 questões discursivas, distribuídas conforme o quadro abaixo. TIPO CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES E PROPOSTA Redação

Leia mais

Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico

Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico 1. (UFF 2009) Desde a Antiguidade, diversos povos obtiveram metais, vidro, tecidos, bebidas alcoólicas, sabões, perfumes, ligas metálicas, descobriram elementos

Leia mais

geografia Boa prova! 05/12/2010

geografia Boa prova! 05/12/2010 05/12/2010 geografia Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Geografia. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA CADERNO: 1 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA CADERNO: 1 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA ENGENHARIA Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES CADERNO: 1 AGENDA 1 - A duração da prova é de 3 (três) horas, já incluído o tempo de preenchimento do

Leia mais

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGEMHARIA CADERNO: 2 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGEMHARIA CADERNO: 2 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA ENGEMHARIA Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES CADERNO: 2 AGENDA 1 - A duração da prova é de 3 (três) horas, já incluído o tempo de preenchimento do

Leia mais

ETAPA: SONDAGEM DOS SABERES

ETAPA: SONDAGEM DOS SABERES PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO 2013.1 (EDITAL Nº 004/2012) ETAPA: SONDAGEM DOS SABERES Instruções: 1. A Sondagem dos Saberes está constituída de 20 (vinte)

Leia mais

As provas da 1ª etapa, AV1, serão realizadas no período de 16/03 a 27/03, conforme cronograma a seguir:

As provas da 1ª etapa, AV1, serão realizadas no período de 16/03 a 27/03, conforme cronograma a seguir: Circular Informativa: 015/15 Data: 06/03 Assunto: Cronograma de provas AV1 1ª etapa matutino - EFII Senhores pais ou responsáveis, As provas da 1ª etapa, AV1, serão realizadas no período de 16/03 a 27/03,

Leia mais

HABILIDADES DE LEITURA

HABILIDADES DE LEITURA HABILIDADES DE LEITURA QUESTÃO 1 Os PCNs Parâmetros Curriculares Nacionais: Língua Portuguesa prescrevem como se deve organizar o ensino de Língua Portuguesa. Assinale a alternativa cuja afirmação está

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2014 Curso de Medicina 2ª Etapa

PROCESSO SELETIVO 2014 Curso de Medicina 2ª Etapa ESCREVA AQUI SEU NÚMERO DE INSCRIÇÃO NOME: PROCESSO SELETIVO 2014 Curso de Medicina 2ª Etapa CADERNO DE PROVAS DISCURSIVAS PROVA DE BIOLOGIA ANTES DE INICIAR A PROVA, LEIA AS INSTRUÇÕES ABAIXO: 1. Só abra

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Expressar curiosidade e desejo de saber; Reconhecer aspetos do mundo exterior mais próximo; Perceber a utilidade de usar os materiais do seu quotidiano;

Leia mais

Vários Brasis CONCEITOS A EXPLORAR COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER. B iologia. Ecossistemas. Cadeias, pirâmides e teias alimentares.

Vários Brasis CONCEITOS A EXPLORAR COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER. B iologia. Ecossistemas. Cadeias, pirâmides e teias alimentares. CONCEITOS A EXPLORAR B iologia Ecossistemas. Cadeias, pirâmides e teias alimentares. G eografia Domínios morfoclimáticos. Região e planejamento regional. Desenvolvimento sustentável e preservação ambiental.

Leia mais

3º ano Filosofia Teorias do conhecimento Prof. Gilmar Dantas. Aula 4 Platão e o mundo das ideias ou A teoria do conhecimento em Platão

3º ano Filosofia Teorias do conhecimento Prof. Gilmar Dantas. Aula 4 Platão e o mundo das ideias ou A teoria do conhecimento em Platão 3º ano Filosofia Teorias do conhecimento Prof. Gilmar Dantas Aula 4 Platão e o mundo das ideias ou A teoria do conhecimento em Platão ACADEMIA DE PLATÃO. Rafael, 1510 afresco, Vaticano. I-Revisão brevíssima

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO 2015/2016 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (PROVA 3) 1º Ano / Ensino Médio

CONCURSO DE ADMISSÃO 2015/2016 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (PROVA 3) 1º Ano / Ensino Médio Leia atentamente o texto 1 e responda às questões de 01 a 06, assinalando a única alternativa correta. Texto 1 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

Leia mais

Lição 40: deve, não deve, não deveria

Lição 40: deve, não deve, não deveria Lesson 40: must, must not, should not Lição 40: deve, não deve, não deveria Reading (Leituras) You must answer all the questions. ( Você deve responder a todas as We must obey the law. ( Nós devemos obedecer

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão: 26 30 41 A questão 26 do código 02, que corresponde à questão 30 do código 04 e à questão 41 do código 06 Nº de Inscrição: 2033285 2041257 2030195 2033529 2032517 2080361 2120179 2120586 2037160

Leia mais

CONTEÚDOS PARA A 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL 1ª ETAPA 2014 ENSINO FUNDAMENTAL II CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE CIÊNCIAS 1ª ETAPA 2014

CONTEÚDOS PARA A 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL 1ª ETAPA 2014 ENSINO FUNDAMENTAL II CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE CIÊNCIAS 1ª ETAPA 2014 CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE CIÊNCIAS 1ª ETAPA 2014 6º ANO - 17/ 03/ 2014 - Ecologia (níveis de organização; relações alimentares; cadeia e teia alimentar; relações ecológicas); 7º ANO - 17/ 03/

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS Título do Podcast Área Segmento Duração Consumo, consumismo e impacto humano no meio ambiente Ciências Humanas Ensino Fundamental; Ensino Médio 6min29seg Habilidades:

Leia mais

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA QUÍMICA E BIOLÓGICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA QUÍMICA E BIOLÓGICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Página 1 de 12 Provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior para titulares de Diploma de Especialização Tecnológica, Decreto-Lei n.º 113/2014, de

Leia mais

Qualquer fotografia une planos num só plano, desloca um lado da

Qualquer fotografia une planos num só plano, desloca um lado da F A Z E N D O E S C O L A C O M I M A G E N S TREM DO DESEJO...fotografias despregadas do real Wenceslao Machado de Oliveira Jr Uma jangada à deriva a céu aberto leva os corações despertos a sonhar por

Leia mais

Questão 1 / Tarefa 1. Questão 1 / Tarefa 2. Questão 1 / Tarefa 3. Questão

Questão 1 / Tarefa 1. Questão 1 / Tarefa 2. Questão 1 / Tarefa 3. Questão Neste teste, a resolução da questão 1 exige a audição de uma sequência de três músicas que serão executadas sem interrupção: uma vez, no início do teste; uma vez, dez minutos após o término da primeira

Leia mais

Informações e instruções para os candidatos

Informações e instruções para os candidatos A preencher pelo candidato: Nome: N.º de inscrição: Documento de identificação: N.º: Local de realização da prova: A preencher pelo avaliador: Classificação final: Ass: Informações e instruções para os

Leia mais

Descoberta e Invenção: o lugar da argumentação nos textos dissertativos

Descoberta e Invenção: o lugar da argumentação nos textos dissertativos Atividade extra Descoberta e Invenção: o lugar da argumentação nos textos dissertativos Questão 1 (UFPR 2013) Leia o texto a seguir: Ao realizar um experimento no laboratório da escola, um estudante fez

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 1

PROJETO PEDAGÓGICO 1 PROJETO PEDAGÓGICO 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Silêncio criativo Em Catador de Palavras, o jovem leitor tem a oportunidade de escolher as palavras mais adequadas que o ajudarão a

Leia mais

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as Exercícios extras Assunto do dia Na aula de hoje, você deverá arregaçar as mangas e entrar de cabeça nos exercícios extras, que têm como tema tudo que vimos nas aulas do Segundo Grau. Atenção: 3, 2, 1...

Leia mais

Composição fotográfica

Composição fotográfica Composição fotográfica É a seleção e os arranjos agradáveis dos assuntos dentro da área a ser fotografada. Os arranjos são feitos colocando-se figuras ou objetos em determinadas posições. Às vezes, na

Leia mais

POESIA PRA QUÊ TE QUERO? UMA PERSPECTIVA DO TRABALHO COM POESIA NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

POESIA PRA QUÊ TE QUERO? UMA PERSPECTIVA DO TRABALHO COM POESIA NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL POESIA PRA QUÊ TE QUERO? UMA PERSPECTIVA DO TRABALHO COM POESIA NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL Rita de Cássia Rangel Alves Rita.alves_2007@hotmail.com Paula Sabrina Barbosa de Albuquerque Paulasabrina.ba@hotmail.com

Leia mais

Versão 1. Nome do aluno: N.º: Turma: Atenção! Não vires esta página até receberes a indicação para o fazeres.

Versão 1. Nome do aluno: N.º: Turma: Atenção! Não vires esta página até receberes a indicação para o fazeres. Teste Intermédio de Inglês Parte III Compreensão do oral Versão 1 Teste Intermédio Inglês Versão 1 Duração do Teste: 15 minutos 22.02.2013 9.º Ano de Escolaridade Escola: Nome do aluno: N.º: Turma: Classificação

Leia mais

CURUPIRA AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII 3 O BIMESTRE RESOLUÇÃO COMENTADA

CURUPIRA AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII 3 O BIMESTRE RESOLUÇÃO COMENTADA Aluno(a) Data: 14 / 09 / 11 3 o ano 2 a Série Turma: Ensino Fundamental I Turno: Matutino Professoras: Disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Naturais e História/Geografia Eixo Temático Herança

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL. Geografia Leituras e Interação

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL. Geografia Leituras e Interação Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL Geografia Leituras e Interação 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta útil à análise e

Leia mais

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR Já pensou um bairro inteirinho se transformando em escola a

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

AJUDANTE DE CARGA / DESCARGA I

AJUDANTE DE CARGA / DESCARGA I 01 LIQUIGÁS EDITAL N o 1, LIQUIGÁS PSP - 02/12 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este caderno, com o enunciado das 30 (trinta) questões objetivas,

Leia mais

INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009

INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009 INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009 Seleção Pré Vestibular Gratuito da ONG Oficina de Cidadania 2009 A Origem A ONG Oficina de Cidadania funciona desde 1998 e agrega outros projetos, todos com ações visando

Leia mais