VESTIBULAR DE VERÃO 2012 Caderno de Questões Dia 28/11/2011

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VESTIBULAR DE VERÃO 2012 Caderno de Questões Dia 28/11/2011"

Transcrição

1 VESTIBULAR DE VERÃO 2012 Caderno de Questões Dia 28/11/2011 Matemática, Física, Química, Biologia, História, Geografia, Filosofia e Sociologia Número de Inscrição: Nome: Instruções para realização da prova 1. Esta prova consta de: a) um CADERNO DE QUESTÕES; b) um CARTÃO DE RESPOSTAS; c) um CARTÃO DE RESPOSTAS DE CONFERÊNCIA (para controle pessoal). OBS.: O candidato deverá conferir atentamente os dados de todo material recebido. 2. O CARTÃO DE RESPOSTAS deverá ser marcado somente à tinta (azul ou preta), PREENCHENDO TOTALMENTE o quadro da letra correspondente à alternativa correta. O preenchimento, a assinatura e a impressão digital no cartão são de responsabilidade do candidato. Exemplo de preenchimento do cartão: 3. Para cada questão existe apenas UMA resposta certa. Mais de uma letra assinalada implicará anulação da questão. 4. Esta prova terá a duração máxima de QUATRO horas. 5. O prazo mínimo para o candidato entregar sua prova é de duas horas. 6. Não será permitida qualquer espécie de consulta referente ao conteúdo da prova. 7. É PROIBIDO o empréstimo de qualquer material ou objeto. Exemplo: lápis, borracha etc. 8. É PROIBIDO o uso de telefones celulares, que deverão permanecer desligados; os relógios de pulso e demais objetos de uso pessoal deverão ser colocados sob a carteira. 9. Ao terminar a prova, o candidato deverá permanecer em seu lugar e chamar um fiscal para receber o material a ser entregue. 10. O candidato só poderá levar o cartão de conferência. 11. Os três últimos candidatos deverão deixar a sala ao mesmo tempo, após rubricar a folha de ocorrências. 12. A participação no presente Concurso pressupõe automática aceitação de todas as instruções expostas.

2

3 1 01. Os valores de duas faturas totalizam R$ 2580,00. Sobre a fatura de maior valor fez-se um desconto de 20% e sobre a fatura menor 15%, num total de R$ 452,00 de desconto. Qual o valor de cada fatura? a) R$ 1500,00 e R$ 980,00 b) R$ 1400,00 e R$ 1180,00 c) R$ 1300,00 e R$ 1280,00 d) R$ 1200,00 e R$ 1380,00 e) R$ 1000,00 e R$ 1580, Quatro pessoas trabalhando 6 horas por dia durante 5 dias produzem 1400 peças de um certo produto. Se fossem contratadas mais 10 pessoas, que trabalhassem igualmente às primeiras, quantos dias de 8 horas deveriam trabalhar para produzir peças do mesmo produto? a) 147 b) 21,3 c) 16,8 d) 12 e) 5, Qual a soma dos múltiplos de 5 existentes entre 23 e 224? a) 1450 b) 1500 c) 4500 d) 4900 e) De quantas maneiras diferentes, atendendo ao código brasileiro de trânsito, uma família de 5 pessoas adultas pode formar a lotação de um carro de cinco lugares, sendo que só duas delas possuem carteira de habilitação? a) 120 b) 60 c) 48 d) 24 e) Calcule o volume (m 3 ) de um cubo que se pode inscrever numa esfera de raio 4 3 metros. Dado: ( 3 = 1,73) a) b) 512 c) 256 d) 181,02 e) O salário de Carlos sofre um reajuste de 12% e ele passa a ganhar R$ 840,00. Qual era o valor do seu salário antes do reajuste? a) R$ 672,00 b) R$ 739,20 c) R$ 750,00 d) R$ 924,00 e) R$ 940, Considerando o metro como unidade de medida, calcule a área do círculo limitado pela circunferência de equação X 2 +Y 2 4x 6Y 108 = 0. a) 121 π b) 144,16 c) 160 π d) 216 π e) 512 m 2

4 2 08. Numa caixa temos 294 bolas azuis e 6 bolas pretas. Quantas bola azuis devemos retirar dessa caixa para que a porcentagem de bolas azuis seja reduzida a 92%? a) 8 b) 24 c) 75 d) 150 e) O espelho retrovisor dos veículos, como se pode ver na figura a seguir, é um acessório usado desde o início do século 20. Entretanto, somente a partir da década de 1970, começou a ser usado o espelho tipo esférico. O seu uso foi uma determinação de segurança adotada primeiramente nos Estados Unidos e depois pelo mundo afora. As afirmativas a seguir se referem aos espelhos retrovisores esféricos. I. Esse espelho diminui o tamanho dos carros que estão atrás e deixa-os mais distante do que estão na realidade. II. Ao usar o espelho esférico côncavo, o tamanho dos carros diminui e o campo visual é ampliado, facilitando a visão do motorista. III. Ao ser usado o espelho convexo, a imagem do carro refletido aparece mais perto do que a distância verdadeira. IV. A imagem do carro refletido está mais próxima do que a real distância e ela tem um tamanho menor, comparando com as dimensões reais do carro. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s): a) I e II b) II c) II e IV d) III e IV e) III 10. Admita que um tronco de árvore seja cilíndrico, que possua 3 m de comprimento e esteja flutuando em um rio. Sabendo que o perímetro da base do tronco vale 1,2 m, o volume de madeira que fica submerso está mais próximo de qual dos valores abaixo (em m 3 )? a) 1/2 b) 3/10 c) 3/8 d) 8/5 e) 1/4 (d madeira = 0,8 g/cm 3 ; d água = 1 g/cm 3 ) (USE π = 3) 11. Uma pessoa, ao fazer um pingado, nome conhecido da mistura de leite com café, usa 250 ml de leite, a 90 0 C, e 50 ml de café, a 60 0 C. Qual deve ser a temperatura final da mistura (em 0 C)? Admita que as densidades do leite e do café sejam iguais a 1 g/cm 3. a) 87 b) 80,5 c) 79,4 d) 75 e) 71 ( c leite = 0,9 cal/g. 0 C ; c café = 0,5 cal/g 0 C)

5 3 12. De uma altura de 90 m do solo, uma pedra é lançada verticalmente para cima a 15m/s. Em qual alternativa se encontra o tempo (em s) que a pedra leva desde o lançamento até atingir o solo? (g = 10 m/s 2 ) a) 2,0 b) 4,0 c) 6,0 d) 8,0 e) 10,0 13. As duas ilustrações a seguir estão relacionadas com a dilatação térmica dos sólidos, sendo que a figura da esquerda mostra água quente sendo derramada em um pote de vidro fechado com tampa de metal; e a outra mostra o aquecimento de uma porca em um parafuso. Ambas as ilustrações têm o objetivo de mostrar o desprendimento da tampa e da porca. Sobre esse assunto, analise as afirmativas abaixo. I. O desprendimento só é possível porque o coeficiente de dilatação da tampa é menor do que o coeficiente do vidro. II. Tanto a tampa quanto a porca devem ter coeficientes de dilatação maiores do que os coeficientes do vidro e do parafuso, respectivamente. III. Se a água despejada no pote fosse gelada, a tampa iria ficar mais firmemente encaixada. IV. Para desatarraxar, a distância entre os átomos da porca deverá ser maior do que a distância entre os átomos do parafuso. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s): a) I e III b) I, III e IV c) II d) II e IV e) II, III e IV 14. Um bloco de massa M1 = 10 kg, inicialmente em repouso em um plano horizontal, está ligado por um cabo ao bloco M2 = 5 kg. Admitindo que o sistema esteja em equilíbrio estático, assinale o valor do coeficiente de atrito entre a superfície e o bloco. (g = 10 m/s 2 ) M1 M2 a) 0,18 b) 0,27 c) 0,50 d) 0,60 e) 0,75

6 4 15. A partir do circuito elétrico abaixo, assinale a alternativa que indica, respectivamente, a leitura do amperímetro A (em A) e a do voltímetro (em V). 24 V 3,5 ohm 1,5 ohm 36 V 6 ohm A 3 ohm 3 ohm V a) 0,2 e 0,9 b) 0,4 e 1,2 c) 0,6 e 4,8 d) 0,8 e 3,6 e) 1,0 e 9,0 A Fifa anunciou ontem [17/10/2011] que 109 jogadores que disputaram o Mundial sub-17, entre junho e julho no México, testaram positivo para a substância clembuterol [clenbuterol]. (folha.com em 18/10/2011. goo.gl/9h0a4) Existem dois isômeros ópticos (D- e L-) do clenbuterol, como aparecem na figura abaixo: O clenbuterol, encontrado nos medicamentos na forma de cloridrato de clenbuterol, é usado como descongestionante e broncodilatador, entretanto atletas usam essa droga para, dentre outras finalidades, aumentar a relação músculo/gordura corporal. Em comunicado de 15/07/2011, a WADA (Agência Mundial Anti- Dopagem) esclarece que o clenbuterol é uma substância proibida e que qualquer quantidade detectável, na análise antidoping da substância, é considerada doping. Com base na figura e no texto anterior responda as questões 16 e Quantos carbonos quirais há em uma molécula do clenbuterol? a) Zero b) 1 c) 2 d) 6 e) Qual a massa molecular aproximada do clenbuterol? a) 47 b) 146 c) 211 d) 277 e) 516

7 5 Taddynha das crianças! Recentemente, um evento envolvendo uma famosa marca de leite achocolatado foi notícia nacional. Ocorreu que um lote do produto colocado no varejo apresentava o valor do ph superior a 13. O ph de bebidas achocolatadas deve ficar em torno de 7. Esse valor pode apresentar pequenas variações dependendo do grau de alcalinização do cacau e da acidez do soro de leite utilizados na formulação. (Rev. Bras. Cienc. Farm. v.40 n Uma análise feita com outro lote da marca em questão apresentou ph de 6,53. Esse mesmo trabalho avaliou outras nove marcas de leite achocolatado e foram observados ph de 6,25 e de 7,01, para o menor e o maior valores, respectivamente. (Pesq Bras Odontoped Clin. v.6 n goo.gl/phc0d). O ph ou poh são definidos como sendo o cologaritmo (-log) das atividades dos íons H + ou OH - em solução, respectivamente. Para ácidos e bases fortes e soluções diluídas, o ph ou poh podem ser definidos como o cologaritmo das concentrações [mol/l] do íon H + ou OH -, respectivamente (Quím. Nova v.30 n dx.doi.org/ /s ) Com base no texto anterior e conhecimentos adquiridos nas aulas de química, responda as questões 18 e Considerando que o leite achocolatado apresente ph=7 (poh=7), e que o lote com problema apresentou ph=13 (poh=1), pode-se afirmar que a alcalinidade, isto é, a concentração do íon hidroxila [OH - ], no lote com problema, é aproximadamente: a) 6 vezes menor que o normal; b) 6 vezes maior que o normal; c) 100 vezes menor que o normal; d) mil vezes menor que o normal; e) 1 milhão de vezes maior que o normal. 19. Sobre o acontecimento do leite achocolatado com ph maior que 13, algumas reportagens jornalísticas diziam: I. A escala de ph vai de 0 a II. Análises feitas (...) apontaram valores de ph alcalinos no achocolatado... III....análises apontam que o achocolatado estava com acidez muito alta... Com relação aos conceitos químicos abordados em I, II e III, assinale a alternativa correta. a) Somente I está correto. b) Somente II está correto. c) Somente III está correto. d) Apenas I e III estão corretos. e) Apenas II e III estão corretos. 20. Nos últimos meses, os hidrocarbonetos foram notícias. Não por guerras no Oriente Médio ou pelo aumento do petróleo, mas sim devido às explosões: de bueiros, de uma lanchonete no Rio de Janeiro e de um caminhão em posto de combustível em Curitiba, além dos riscos de explosões no Shopping Center Norte e no conjunto habitacional Cingapura, em São Paulo. Todos esses casos tiveram algum hidrocarboneto como protagonista. A tabela a seguir traz as entalpias padrões de combustão de alguns hidrocarbonetos usados como combustíveis no GNV, GLP e Gasolina. Entalpias padrões de combustão a 25ºC ( H c º) de alguns hidrocarbonetos Substância Fórmula Massa molar (g/mol) H c º = kj mol -1 metano CH 4(g) 16, etano C 2 H 6(g) 30, propano C 3 H 8(g) 44, butano C 4 H 10(g) 58, iso-octano (2,2,4-trimetilpentano) C 8 H 18(l) 114, Fonte: ATIKINS, P.; JONES, L. Princípios de Química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. Bookman, Qual dos hidrocarbonetos citados na tabela libera maior quantidade de energia por kg de substância queimada? a) metano b) etano c) propano d) butano e) iso-octano

8 6 21. Quais são os valores dos coeficientes estequiométricos para a reação de combustão completa do propano x C 3 H 8 + y O 2 ==> w CO 2 + z H 2 O? a) x=8; y=2; w=2; z=2 b) x=3; y=2; w=5; z=2 c) x=3; y=2; w=2; z=2 d) x=2; y=4; w=5; z=1 e) x=1; y=5; w=3; z=4 22. Em 2011, a ida do homem ao espaço completou 50 anos. No ano de 1961, o astronauta soviético Yuri Alekseievitch Gagarin, viajando a km/h, deu uma volta completa na Terra, sobrevoando o planeta em altitude estimada de 180 km, no perigeu, e 327 km da superfície, no apogeu. A essa altitude, Gagarin não saiu da atmosfera, orbitou a Terra na termosfera, camada atmosférica que se estende de 80 a 350 km, podendo chegar a 800 km, dependendo da atividade solar. A temperatura na termosfera fica em torno de 1800ºK. Apesar da elevada temperatura, os astronautas não se queimariam ao passear pela termosfera, porque a pressão de gases nessa camada é muito baixa (1x10-2 Pa). Já na superfície da Terra, a pressão é de aproximadamente 1x10 5 Pa e a temperatura de 300ºK. Comparando com a termosfera, a concentração em quantidade de matéria (mol/dm 3 ) na superfície da Terra é: a) 1 x 10-6 vezes menor b) 1 x 10-3 vezes maior c) 6 x 10 7 vezes maior d) 6 vezes menor e) 6 vezes maior 23. Observe o ciclo da verminose que pode acometer o homem. Adaptado de: Assinale a alternativa correta, atentando para as indicações numéricas do esquema. a) Trata-se da doença chamada teníase (4), a qual é causada pela penetração ativa de larvas do parasita. b) Trata-se da doença chamada ascaridíase (6), em que as larvas, depois de eclodirem dos ovos no intestino delgado, caem na corrente sanguínea atingindo fígado, coração e pulmões. c) Trata-se da doença chamada teníase (2), em que os ovos, eliminados nas fezes, contaminam a água de consumo e os alimentos utilizados pelo homem. d) Trata-se da doença chamada ascaridíase (3), em que os vermes adultos já estão contidos no interior dos ovos que serão ingeridos pelo homem. e) Trata-se da doença teníase (7), em que as larvas, após abandonarem os alvéolos pulmonares, passam para os brônquios, traqueia e faringe, provocando tosse.

9 7 24. Para quem tem preocupação com a preservação do meio ambiente e com a fauna em extinção, no site do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE podemos encontrar informações sobre animais brasileiros em extermínio. Dentre alguns, podemos citar o pica-pau de cara amarela (Dryocopus galeatus), a onça pintada (Pantera onca palustris) e a tartaruga de couro (Dermochelys coriacea). Disponível em: Nas três espécies citadas acima, quais características são verdadeiras com relação à sua circulação sanguínea, na sequência em que foram mencionadas no texto? a) Fechada, dupla e completa; fechada, dupla e completa; fechada, dupla e incompleta. b) Fechada, simples e completa; fechada, dupla e completa; aberta, dupla e incompleta. c) Fechada, dupla e incompleta; fechada, dupla e completa; aberta, dupla e completa. d) Aberta, dupla e completa; fechada, simples e completa; fechada, simples e incompleta. e) Aberta, dupla e incompleta; fechada, dupla e incompleta; fechada, dupla e completa. 25. Os papéis duais das formas de vida como produtores de alimento e como consumidores de alimento dão ao sistema uma estrutura trófica, determinada pelas relações de alimentação, através da qual a energia flui e os nutrientes circulam. (Ricklefs, R. A economia da natureza. 5a ed. Rio de Janeiro: Guanabara koogan, página 91). A partir das relações apresentadas no esquema a seguir, assinale a afirmação correta. a) A teia apresenta organismos que ocupam até o nível de consumidor terciário. b) A energia que chegará ao homem será maior do que para o grilo. c) O grilo e o boi apresentam interação ecológica do tipo competição intraespecífica. d) Todos os organismos que atuam como consumidores secundários nessa teia competem diretamente pelo alimento. e) Os decompositores atuam sobre todos os níveis apresentados na teia e na ciclagem dos nutrientes. 26. Cada elemento segue uma trajetória única, determinada por suas transformações bioquímicas particulares no seu ciclo, através do ecossistema. Sistemas vivos transformam elementos nos seus compostos para fornecer nutrientes que vão construir as estruturas e transportar a energia requerida por todos os processos vitais. (Ricklefs, R. A economia da natureza. 5a Ed. Rio de Janeiro: Guanabara koogan, Página 101 Sobre os ciclos biogeoquímicos, assinale a afirmativa INCORRETA. a) A ação do ser humano pode acelerar o movimento de muitos materiais e com isso os ciclos tendem a se tornar imperfeitos (acíclicos), tanto pela carência quanto pelo excesso de algum elemento. b) Existe correlação direta entre o fluxo de energia e de matéria, pois os organismos, ao consumirem matéria, garantem energia para sua sobrevivência, a qual poderá ser passada para outro nível ou ser perdida na forma de calor. c) O ciclo da água é conduzido pela energia solar através da evapotranspiração e isso condiciona características climáticas que atuam na distribuição dos seres vivos sobre a crosta terrestre. d) O desequilíbrio do ciclo natural do nitrogênio pode ter implicações na alteração do chamado efeito estufa, com consequente aumento na temperatura global da Terra. e) Os nitratos podem ser obtidos por meio da ação de bactérias fixadoras de nitrogênio e das descargas elétricas que ocorrem na atmosfera na fase do ciclo que chamamos de fixação do nitrogênio. 27. O clima do bioma cerrado é caracterizado por altas temperaturas e alto nível de insolação durante todo o ano, com uma estação chuvosa e uma, frequentemente, forte estação seca. As folhas das plantas do cerrado apresentam modificações morfoanatômicas que as tornam mais adaptadas a esse clima. Assinale a alternativa que NÃO contém adaptações morfoanatômicas foliares à alta temperatura, insolação e seca. a) Ausência de estômatos. b) Cutícula bem desenvolvida. c) Parênquima lacunoso pouco desenvolvido. d) Menor área foliar. e) Abundância de tricomas

10 8 28. A família Cactaceae é exclusiva das Américas, sendo típica de ambientes xerofíticos, ou seja, de climas secos, como desertos e savanas secas. Na África não ocorre essa família, entretanto, nos desertos e savanas secas desse continente, outras famílias ocuparam nichos semelhantes aos ocupados por Cactaceae nas Américas. Um exemplo é a família Euphorbiaceae, que possui espécies africanas típicas de ambiente seco, com adaptações morfoanatômicas e fisiológicas bastante semelhantes às encontradas em Cactaceae. O padrão evolutivo encontrado entre espécies de Cactaceae e de Euphorbiaceae, que não são aparentadas e ocorrem em ambientes com características semelhantes, é um exemplo de qual situação? a) Especiação, já que, em condições ambientais de deserto, espécies pertencentes a diferentes grupos tendem a se tornar a mesma espécie, devido a uma resposta de pressão de seleção semelhante. b) Evolução divergente, já que, apesar de algumas espécies de Cactaceae e Euphorbiaceae possuírem semelhanças fenotípicas, elas divergem entre si, pois pertencem a diferentes famílias botânicas. c) Evolução por ancestralidade, já que, provavelmente, por Cactaceae e Euphorbiaceae possuírem características fenotípicas comuns, significa que essas famílias possuem um ancestral comum. d) Fluxo gênico, já que, para que essas espécies, que pertencem a famílias diferentes, possuam características fenotípicas comuns, é necessário que tenha ocorrido troca de alelos entre elas. e) Evolução convergente, já que essas espécies, que pertencem a famílias diferentes, possuem características fenotípicas comuns que surgiram em resposta a uma pressão de seleção semelhante. 29. Cada grama de gordura possui 5300 células-tronco, cinco vezes mais do que a medula óssea, compara o cirurgião plástico Ithamar Nogueira Stecchero, presidente da Associação Brasileira de Engenharia de Tecidos e Estudos das Células-Tronco. As células-tronco se transformam em fibroblastos, as células responsáveis pela produção de colágeno e elastina. (Revista Veja, 19 de outubro de 2011.) Em relação às três estruturas sublinhadas no texto acima, assinale a alternativa correta. a) As três pertencem a tipos diferentes de tecidos conjuntivos, sendo que a gordura pode ser chamada de tecido adiposo e a medula óssea é o tecido hemocitopoético. b) As três apresentam baixa taxa mitótica, sendo as células filhas responsáveis pela renovação de tecidos e produção de colágeno e elastina. c) Os fibroblastos apresentam alta taxa mitótica e podem se diferenciar em células adiposas, responsáveis pelo acúmulo de gordura. d) Apesar de ser rica em células-tronco embrionárias, a medula óssea pode acumular cinco vezes menos gordura. e) O tecido adiposo contém fibroblastos, células de alta taxa mitótica e consideradas células-tronco, responsáveis pela produção de colágeno e elastina. 30. A cromatina sexual também é chamada de corpúsculo de Barr (em homenagem a Murray Barr, que foi quem descobriu essa cromatina sexual nas células de mulheres, no ano de 1949). Por meio de análise das células durante a intérfase, pode-se identificar o sexo de um indivíduo. Em algumas competições esportivas, é comum submeter atletas femininas ao teste de determinação da cromatina sexual. Que resultado deve apresentar esse teste para confirmação do sexo? a) Ausência de cromatina sexual, pois nas células somáticas da mulher normal encontramos somente um cromossomo X. b) Presença de cromatina sexual, pois nas células somáticas da mulher normal encontramos dois cromossomos X. c) Ausência de cromatina sexual, pois nas células somáticas da mulher normal encontramos sempre um cromossomo X e um Y. d) Presença de cromatina sexual, pois nas células somáticas da mulher normal encontramos somente um cromossomo X. e) Presença de cromatina sexual, pois nas células somáticas da mulher normal encontramos dois cromossomos X e um Y. 31. Desde, pelo menos, o século XVII, o território do atual Estado do Paraná foi estrategicamente importante nas ações exploratórias e colonizadoras de espanhóis e de portugueses, resultando na gradativa criação de cidades nas regiões auríferas litorâneas e nos caminhos dos tropeiros. A propósito, marque a alternativa com o nome da mais antiga cidade paranaense. a) Castro. b) Curitiba. c) Morretes. d) Ponta Grossa. e) Paranaguá.

11 9 32. Assinale a alternativa que contém a data exata da emancipação política do Paraná, com sua elevação à condição de Província do Império do Brasil, através da Lei nº 704, sancionada por D. Pedro II. a) 29 de agosto de b) 29 de agosto de c) 29 de agosto de d) 29 de agosto de e) 29 de agosto de O filme Gladiador (EUA, 2000) finda-se com a morte do imperador Commodus pelo general-gladiador Maximus, sinalizando o fim do Império Romano e o início do que seria, apenas na trama daquela narrativa fílmica, uma Nova República, com os poderes políticos concentrados no Senado. Historicamente, contudo, as razões para o fim desse Império são outras e bem mais complexas, desdobrando-se a partir do século III. A propósito, considere as seguintes afirmativas. I. Entre os séculos II e V, a gradativa fixação de camponeses à terra contribuiu para o desenvolvimento do colonato, em prejuízo da economia escravista sobre a qual ergueu-se o Império Romano. II. A decisão de tolerar o estabelecimento dos bárbaros nas fronteiras (limes) enfraqueceu paulatinamente as linhas militares de defesa do Império Romano. III. A partir do século III, o exército imprimiu o caráter do regime imperial e determinou a ascensão e queda dos imperadores. Assinale a alternativa que apresenta a(s) afirmativa(s) correta(s). a) Nenhuma. b) Todas. c) Apenas a I. d) Apenas a II. e) Apenas a III. 34. Após as décadas de 1170 e 1180, desenvolveram-se dois grandes movimentos não-conformistas focalizados na penitência e na pobreza, representando uma ameaça ao sistema romano uma oposição organizada dentro da igreja. Em face de um cristianismo em que o direito da igreja enrijeceu, de mosteiros ricos e de um clero de posição mais elevada que vivia no luxo e negligenciava o dever de pregar, estes movimentos adotaram como programa os lemas pregação leiga e pobreza evangélica. (KÜNG, Hans. A Igreja Católica. Objetiva, 2002) Assinale a alternativa que contém os nomes atribuídos aos seguidores dos dois movimentos de contestação do poderio da Igreja Cristã Latina de fins do século XII, referenciados pelo teólogo e historiador do cristianismo Hans Küng no texto acima. a) Cátaros e Pelagianos. b) Albigenses e Monofisistas. c) Arianos e Pelagianos. d) Albigenses e Valdenses. e) Pelagianos e Valdenses. 35. O mercantilismo não era um sistema em nosso sentido da palavra, mas antes um número de teorias econômicas aplicadas pelo Estado num momento ou outro, num esforço para conseguir riqueza e poder. Os estadistas pensavam no problema não porque lhes agradasse pensar nele, mas porque seus governos estavam sempre extremamente interessados na questão sempre quebrados e precisando de dinheiro. (HUBERMAN, Leo. História da Riqueza do Homem. Zahar Editores, 1981) O texto acima explicita a orientação pragmática da política mercantilista que resultou em diferentes tipos de relação político-econômica. Assinale a alternativa que contenha a adequada correspondência clássica entre os tipos de mercantilismo e os Estados em que predominaram. a) Mercantilismo Metalista nas cidades alemãs ; Mercantilismo Industrial na França; Mercantilismo Bulionista em Portugal. b) Mercantilismo Bulionista na Espanha; Mercantilismo de Plantagem em Portugal; Mercantilismo Cameralista nas cidades alemãs. c) Mercantilismo de Plantagem na Espanha; Mercantilismo Cameralista na França; Mercantilismo Metalista nas Províncias Unidas dos Países Baixos. d) Mercantilismo Cameralista na Inglaterra; Mercantilismo Industrial nas cidades alemãs ; Mercantilismo Bulionista na Espanha. e) Mercantilismo Cameralista na Inglaterra; Mercantilismo Bulionista na França; Mercantilismo de Plantagem na Espanha.

12 Na segunda metade do século XVIII, os ingleses empreenderam o que se considera hoje uma verdadeira Revolução Industrial, com profundas consequências sociopolíticas. Assinale a alternativa que contenha as principais razões para esse pioneirismo industrial inglês. a) Distribuição comunal de terras, fortalecimento da monarquia absolutista, desenvolvimento tecnológico. b) Distribuição comunal de terras, consolidação da monarquia parlamentar, desenvolvimento tecnológico. c) Privatização de terras, consolidação da monarquia parlamentar, desenvolvimento tecnológico. d) Privatização de terras, fortalecimento da monarquia absolutista, acumulação primitiva de capital através dos saques de corsários e do comércio de escravos. e) Distribuição comunal de terras, consolidação da monarquia parlamentar, acumulação primitiva de capital através dos saques de corsários e do comércio de escravos. 37. Uma das medidas mais controvertidas da administração pombalina foi a expulsão dos jesuítas de Portugal e de seus domínios, com confisco de bens (1759). Essa medida pode ser compreendida no quadro dos objetivos de centralizar a administração portuguesa e impedir áreas de atuação autônoma por ordens religiosas cujos fins eram diversos dos da Coroa. Além dos jesuítas, em meados da década de 1760, os mercedários segunda ordem em importância na Amazônia foram expulsos da região e tiveram suas propriedades confiscadas. (FAUSTO, Boris. História do Brasil. 11.ed. São Paulo: EDUSP, 2003) Considerando o texto acima, assinale a alternativa correta sobre as ordens religiosas na administração do Marquês de Pombal. a) Pombal, seguindo a cartilha estritamente ateia dos déspotas esclarecidos, serviu-se de motivos políticos e econômicos para expulsar todas as ordens religiosas do Império. b) A confiscação dos bens dos Jesuítas e dos Mercedários foi a mais importante estratégia de Pombal para minimizar a crise econômica que se abatera sobre o Império Português com o declínio da economia mineradora, a partir do ano de c) A Ordem dos Jesuítas foi a única expulsa do Brasil, principalmente da Amazônia, em virtude da desobediência ao Tratado de Madri (1750), que resultou nas Guerras Guaraníticas ( ). d) Pombal expulsou os Jesuítas e os Mercedários para implantar um novo sistema de ensino, mais condizente com os avanços científicos do século XVIII, cujo êxito ensejou o surgimento da primeira faculdade na América Portuguesa, ainda na administração pombalina. e) Pombal priorizou ações de intimidação a pessoas, famílias e corporações que rivalizassem com o poder do Estado e do Monarca, como a família dos Távora e a Ordem dos Jesuítas Leia as assertivas referentes ao mapa a seguir. + I. O mapa destaca as quatro sub-regiões da região nordeste, ou seja, os números 1, 2, 3 e 4 indicam, respectivamente, o Litoral, a Zona da Mata, o Agreste e o Sertão. II. O mapa destaca as diversas peculiaridades naturais da grande região nordeste, sobretudo em relação à pluviosidade, ao clima, ao relevo e a constituição geológica. III. O mapa destaca na sequência 1, 2, 3 e 4, respectivamente, as sub-regiões Meio Norte, Sertão, Agreste e Zona da Mata. IV. A sub-região do Agreste inclui os estados do Maranhão e do Piauí e sua principal formação vegetal é a Mata dos Cocais. A(s) assertiva(s) correta(s) é (são) apenas a(s): a) III b) III e IV c) I, II e III d) I, III e IV e) II, III e IV

13 Ao chegar à Oban, fui conduzido à sala de interrogatórios. A equipe do capitão Maurício passou a acarear-me com duas pessoas. O assunto era o congresso da UNE em Ibiúna, em outubro de Queriam que eu esclarecesse fatos ocorridos naquela época. Apesar de declarar nada saber, insistiam para que eu confessasse. Pouco depois levaram-me para o pau-de-arara. Dependurado, nu, com mãos e pés amarrados, recebi choques elétricos, de pilha seca, nos tendões dos pés e na cabeça. Eram seis os torturadores comandados pelo capitão Maurício. (Depoimento de Frei Tito. In: FREI BETTO. Batismo de sangue. Civ. Brasileira, 1983.) Frei Tito ( ), padre da Ordem dos Pregadores, ou dominicanos, foi um dos milhares de cidadãos vítimas da tortura institucionalizada durante o período de governo dos generais na presidência do Brasil, entre 1964 e Sobre esse período de Ditadura Militar no Brasil, assinale a alternativa INCORRETA. a) O Golpe Militar de 31 de março de 1964 pode ser inscrito numa série de golpes preventivos das Forças Armadas Brasileiras no desenvolvimento da política republicana entre 1946 e 1964, ou desde a retirada de Vargas até a instauração do Parlamentarismo, com Tancredo Neves como primeiroministro, por ocasião da recusa militar em aceitar a posse de João Goulart. b) A tortura foi prática institucionalizada na Ditadura Militar brasileira, utilizada estruturalmente como parte das ações da chamada Doutrina de Segurança Nacional. O célebre relatório Brasil, nunca mais informa que presos políticos atestaram terem sido torturados entre 1964 e c) Efetivado como mais um golpe preventivo em favor da liberdade contra o comunismo e o terrorismo, o regime militar iniciou-se com o apoio de grande parcela da sociedade civil brasileira, de importantes associações e da imprensa. O assassinato do jornalista Vladimir Herzog por agentes do governo militar, em 1975, parece ter atraído a atenção da sociedade, das instituições e da imprensa para as atrocidades do regime, dando início a uma crescente onda de protestos e movimentações contra a Ditadura Militar. d) As práticas de tortura foram ações individualizadas e pontuais de alguns poucos agentes radicais do governo militar, na medida em que a presença constante dos soldados nas ruas garantia um clima de paz e de segurança, com baixos índices de violência, se comparados aos dos nossos dias e, por tudo isso, no Brasil os torturadores e seus comandantes não foram indiciados ou presos, como na Argentina e no Chile. e) Na perspectiva da história da cidadania, o período da Ditadura Militar no Brasil pode ser considerado como o das décadas perdidas no que se refere aos entraves para o desenvolvimento dos direitos civis, políticos, sociais, e, sobretudo, de forma integral, dos direitos humanos Leia as assertivas referentes ao mapa a seguir. I. O mapa destaca a divisão regional do Brasil proposta em 1965 por Aroldo de Azevedo. II. O mapa mostra a divisão regional do Brasil proposta pelo IBGE em 2000, enfocando as regiões físiconaturais do território brasileiro. III. Amazônia, Nordeste e Centro Sul (1, 2 e 3 no mapa), correspondem respectivamente às regiões de maior preservação de florestas, mais antiga região agroindustrial sucro-alcooleira, e a mais flagelada pelo clima semi árido. IV. Os números 1, 2 e 3 correspondem, respectivamente, às regiões Amazônica, Centro Sul e Nordeste e destacam as atuais regiões geoeconômicas do Brasil. A(s) assertiva(s) correta(s) é (são): a) todas b) apenas II, III e IV c) apenas I, III e IV d) apenas I, II e III e) apenas a IV

14 Leia as assertivas referentes ao mapa a seguir. I. O mapa destaca as possíveis divisões territoriais, em estudo pelo Congresso Nacional, de algumas unidades federativas do Brasil em novos estados membros ou em novos territórios federais. II. Com a proposta acima, o estado do Pará poderá ser dividido nos estados de Tapajós e de Carajás, e no sul do Piauí poderá ser criado o estado da Gurgueia. III. O estado do Mato Grosso poderá ser dividido em Mato Grosso do Norte, Araguaia e Território Federal do Pantanal, enquanto o estado do Triângulo poderá ser criado a partir da divisão do oeste de Minas Gerais. IV. O estado do Amazonas poderá ter 03 territórios federais: Rio Negro, Solimões e Juruá, enquanto o oeste da Bahia poderá dar origem ao estado de São Francisco. Está(ão) correta(s) a(s) assertiva(s): a) todas; b) apenas II, III e IV; c) apenas I, III e IV; d) apenas I, II e III; e) apenas a II, pois a única proposta de divisão territorial já votada pelo Câmara dos Deputados é a divisão do Pará.

15 Leia as assertivas referentes ao mapa a seguir. I. O mapa acima destaca o potencial hidráulico brasileiro indicando a importância da bacia hidrográfica amazônica e as prováveis usinas hidrelétricas a serem instaladas nos estados de RO, AM, MT, PA e MA. II. No estado de Rondônia, já estão licitadas as usinas de Jirau e Santo Antonio, sendo que a de Jirau (próxima a Porto Velho) já está na fase final de sua construção. III. Existem projetos de construção da usina Belo Monte, no rio Xingu, e de Marabá, no rio Araguaia. IV. No Brasil, a maior fonte de energia é a hidráulica, entretanto já existem outras fontes alternativas utilizadas, tais como: termelétrica, solar, eólica, nuclear, etc. Está(ão) correta(s) a(s) assertiva(s): a) todas; b) apenas I, III e IV; c) apenas I, II e IV; d) apenas I, II e III; e) apenas a I.

16 Leia as assertivas referentes ao mapa a seguir. I. De acordo com o mapa do relevo paranaense, pode-se inferir que as cidades de Bandeirantes e Cornélio Procópio localizam-se totalmente no Terceiro Planalto (Planalto de Guarapuava), enquanto Jacarezinho tem seu território municipal inserido nos planaltos de Ponta Grossa e de Guarapuava. II. Os municípios que compõem a Região Norte Pioneira do Paraná localizam-se nos planaltos de Curitiba, Ponta Grossa e de Guarapuava. III. Jacarezinho e Santo Antonio da Platina são exemplos de municípios cujos territórios estão localizados simultaneamente nos planaltos de Ponta Grossa e de Guarapuava. IV. A divisão do território paranaense em Baixada Litorânea, Planalto de Curitiba, Planalto de Ponta Grossa e Planalto de Guarapuava foi considerada a partir da constituição geológica, pois o Planalto de Guarapuava, por exemplo, é formado por rochas sedimentares (Formação Botucatu), que possuem idade Cenozóica. Estão corretas as assertivas: a) apenas I e III; b) apenas I, II e III; c) apenas I, II e IV; d) apenas II, III e IV; e) todas. 44. Leia as assertivas a seguir. I. A África é o continente que tem a maior porcentagem de suas terras formada por maciços cristalinos, seu relevo é bastante desgastado e seu litoral é retilinizado. Possui riquezas minerais metálicas e pedras preciosas. É um continente banhado pelos Mares Mediterrâneo e Vermelho e pelos Oceanos Atlântico e Índico. II. O Japão situa-se num ponto de contato entre as placas tectônicas Euroasiática e do Pacífico na região conhecida como círculo do fogo, por isso está sujeito a constantes vulcões e terremotos e possui uma carência de recursos minerais e energéticos. III. A taiga é uma vegetação de conífera pouco desenvolvida que ocupa os solos pobres e gelados do norte da Rússia (Sibéria), norte da Europa, além do Alaska e do Canadá. IV. Os desertos africanos do Saara e de Kalahari são atravessados, respectivamente, pelos trópicos de Capricórnio e de Câncer; possuem baixos índices pluviométricos e são originados pelas correntes marinhas frias de Benguela e das Canárias, que tangenciam o litoral atlântico africano. Estão corretas as assertivas: a) todas; b) apenas I, III e IV; c) apenas I, II e III; d) apenas II e III; e) apenas I e IV.

17 Leia as assertivas a seguir. I. Após a 2ª Guerra Mundial, as potências europeias não conseguiram manter as mesmas relações com suas colônias. Elas começaram a se libertar do jugo colonial: algumas nações passaram para o domínio das elites locais; outras mergulharam em conflitos internos que deixaram marcas profundas, de fome e destruição, na sociedade africana. II. O Plano Marshall foi um empréstimo oferecido, em 1947, pelos EUA à Europa, com o intuito de afastar a ameaça socialista do continente. O Plano Colombo foi um empréstimo, também oferecido pelos EUA, para reconstruir o Japão. III. A União Europeia surgiu do antigo Mercado Comum Europeu e foi criada em 1991 pelo Tratado de Maastricht e implementada a partir de Ela reúne 25 países, desde 2004, dos quais a maioria utiliza o euro como moeda. A União Europeia constitui-se num complexo projeto de integração regional, englobando simultaneamente vários níveis de integração: zona de livre comércio, união aduaneira, mercado comum e união política, econômica e monetária. IV. O termo commoditie refere-se genericamente aos bens primários negociados nas bolsas de mercadorias ou de futuros. Essas bolsas constituem um mercado organizado para a compra e venda de contratos. Esses contratos são acordos formais e legais para entrega, em data futura, de bens como trigo, soja, ouro ou café. Estão corretas as assertivas: a) apenas I e IV; b) apenas III e IV; c) apenas I, II e III; d) apenas II, III e IV; e) todas. 46. Leia as assertivas a seguir. I. O termo revolução verde surgiu nas décadas de 1960 e 1970, em países como Quênia, México, Índia e Paquistão, com o emprego em larga escala de sementes selecionadas, rações balanceadas e novas técnicas de cultivos que resultaram em aumento significativo da produtividade. As empresas transnacionais, que financiaram o empreendimento, buscavam, supostamente, auxiliar os pequenos produtores a conquistar sua autonomia econômica. II. Apesar dos graves problemas sociais que enfrenta o país, em quase todo o território indiano estão presentes indústrias de grande porte. A Índia, inclusive, ocupa posição de destaque mundial na área de informática, principalmente em produção de softwares. III. Desde meados do século XX, a imigração de pessoas de países subdesenvolvidos para nações desenvolvidas aumentou consideravelmente. De 1960 a 1989, o movimento totalizou 24,5 milhões de indivíduos. As regiões mais procuradas foram a América do Norte e a Europa Ocidental. Esse movimento se estabilizou na década de IV. A macrocefalia urbana é o estado de crise permanente em que se encontram inúmeras cidades do mundo subdesenvolvido. Essa crise pode ser medida pela precariedade das condições de vida, que transforma as cidades em locais cheios de problemas sociais e ambientais crônicos, tais como: favelas, cortiços, degradação ambiental avançada e deterioração dos serviços públicos (transporte, segurança, saúde, educação). Estão corretas as assertivas: a) todas; b) apenas II, III e IV; c) apenas I, III e IV; d) apenas I, II e III; e) apenas I e IV.

18 16 NÃO HÁ VAGAS Cartazes como este são cada vez mais comuns nas portas das empresas latino-americanas. O crescimento econômico da região não foi capaz de gerar mais empregos nem melhores condições de trabalho para seus habitantes. Enquanto no período 1945/1980, a América Latina manteve uma taxa anual de crescimento econômico de 5,5%; na década de 1990, ela cresceu apenas 3,2% ao ano. Em 2001, o índice de desemprego, na região, oscilou entre 10 e 12%. (Adaptado de PULSO latino-americano - setembro de 2001.) 47. Leia as afirmativas a seguir. I. Tem aumentado o emprego de mão-de-obra não qualificada, na medida do aquecimento dos setores informais da economia. II. Existe uma tendência mundial da ampliação dos direitos trabalhistas, o que em certa medida estimula as contratações e a geração de mais postos de trabalho. III. As novas tecnologias aplicadas ao setor produtivo geram mais emprego. IV. O impacto da desocupação é maior, na medida em que aumenta o período entre a demissão e a nova contratação do trabalhador. Estão corretas apenas as afirmativas: a) I e II b) I e IV c) II e III d) II e IV e) III e IV 48.. Movimento social é uma expressão técnica usada para denominar movimentos feitos por pessoas sociais e pela sociedade. A categoria é ampla e pode congregar, dependendo dos critérios de análise empregados, organizações voltadas para a promoção de interesses morais, éticos e legais (v.g. entidades voltadas para a defesa de direitos humanos ou de prerrogativas análogas ou, em outro extremo, a alteração radical e/ou violenta de ordens e sistemas normativos, políticos ou econômicos vigentes, sob a égide dos mais variados suportes ideológicos). A realidade dos movimentos sociais é bastante dinâmica e nem sempre as teorizações têm acompanhado esse dinamismo. (Disponível em Analise as afirmativas abaixo: I. Para Alain Touraine, os movimentos sociais é a ação conflitante dos agentes das classes sociais (luta de classes). II. Para Manuel Castells, os movimentos sociais são sistemas de práticas sociais contraditórias, de acordo com a ordem social urbana/rural, cuja natureza é a de transformar a estrutura do sistema, seja através de ações revolucionárias ou não, numa correlação classista e, em última instância, o poder estatal. III. As mobilizações sociais são fruto da articulação de movimentos e atores sociais localizados, com a finalidade de dar visibilidade a pautas particulares, em busca de simpatizantes e para fazer pressão política sobre os poderes constituídos. Assinale a alternativa que apresenta a(s) afirmativa(s) correta(s). a) Todas. b) Apenas I e II. c) Apenas I e III. d) Apenas a I. e) Apenas a II.

19 17 Alto Desenv. Humano Médio Desenv. Humano Baixo Desenv. Humano Não avaliado Note: HDI rankings for the Human Development Indices: A statistical update 2008 are based on 2006 data. The complete set of data is avaiable here. 49. O Brasil é classificado pela ONU como sendo um país de alto desenvolvimento humano. De 2009 para 2010, ele subiu 4 posições no ranking e ficou em 73º lugar, entre 169 países e territórios avaliados. Sobre a questão, marque a alternativa INCORRETA. a) Mesmo com alteração na metodologia de cálculo do IDH (de 2006, período do gráfico, e 2010) o Brasil continua sendo considerado um país de alto desenvolvimento humano. b) O índice brasileiro, de 0,699, situa o país entre os de alto desenvolvimento humano, é maior que a média mundial (0,624) e parecido com o do conjunto dos países da América Latina e Caribe (0,704). c) A reformulação do IDH, em 2010, resultou em aprimoramento, mas implicou uma redução no número de países e territórios abrangidos: 15 (incluindo Cuba, Omã e Líbano) saíram da lista por não disporem de informações verificáveis para, pelo menos um dos quatro indicadores usados no índice. d) Quando reformulou sua metodologia de cálculo no subíndice de renda, o PIB (Produto Interno Bruto) per capita foi substituído pela Renda Nacional Bruta (RNB) per capita, o IDH passou a considerar o progresso apenas em termos econômicos. e) Na última década, a expectativa de vida dos brasileiros aumentou 2,7 anos, a média de escolaridade cresceu 1,7 ano e os anos de escolaridade esperada recuaram em 0,8 ano. A renda nacional bruta teve alta de 27% no período. 50. Diariamente todos os brasileiros convivem e visualizam os resultados decorrentes da pobreza, na qual a maioria da população nacional se encontra, os meios de comunicação (revistas, jornais e rádio) divulgam os imensos problemas provenientes de uma sociedade capitalista dividida em classes sociais. Uma parcela da população acredita que a condição de miséria de milhares de pessoas espalhadas pelo território brasileiro é causada pela preguiça, falta de interesse pelo trabalho, acomodados à espera de programa sociais oferecidos pelo governo, em suma, acham que só não trabalha quem não quer, no entanto, isso não é verdade. (FREITAS, Eduardo de. A pobreza no Brasil. Disponível em Sobre a questão da pobreza, analise as afirmativas abaixo. I. A pobreza acentuou-se no século XVI com a dissolução do mundo feudal e o surgimento do capitalismo. Houve uma expulsão dos camponeses das terras que lhes forneciam meios para subsistência e essas pessoas não tiveram como reproduzir sua vida e começaram a viver de ajuda e caridade alheia. II. Para que o sistema capitalista funcione é necessária a existência de trabalhadores desprovidos dos meios de produção. A desigualdade, portanto, depende do modo como a sociedade organiza a produção e a distribuição dos bens que consome. III. O Brasil se transformou em outro, principalmente dos anos 50 aos 70. De uma economia agrícola voltada para exportação, tornamo-nos uma economia industrializada. Nesse período, houve um movimento brutal de expulsão das pessoas do campo e atração para as cidades. Com a indústria, surge uma pobreza nova nas periferias urbanas. IV. Com os programas de transferência de renda do governo e outros programas sociais, como o microcrédito e o Luz para Todos, tem ocorrido uma mudança importante na conjuntura nacional. A(s)afimativa(s) correta(s) é(são): a) apenas I e III; b) apenas I e IV; c) apenas II e III; d) todas; e) nenhuma

20 Uma das características do que chamo de "modernidade sólida" era que as maiores ameaças para a existência humana eram muito mais óbvias. Os perigos eram reais, palpáveis, e não havia muito mistério sobre o que fazer para neutralizá-los ou, ao menos, aliviá-los. Era óbvio, por exemplo, que alimento, e só alimento, era o remédio para a fome. Os riscos de hoje são de outra ordem, não se pode sentir ou tocar muitos deles, apesar de estarmos todos expostos, em algum grau, a suas consequências. Não podemos, por exemplo, cheirar, ouvir, ver ou tocar as condições climáticas que gradativamente, mas sem trégua, estão se deteriorando. O mesmo acontece com os níveis de radiação e de poluição, a diminuição das matérias-primas e das fontes de energia não renováveis, e os processos de globalização sem controle político ou ético, que solapam as bases de nossa existência e sobrecarregam a vida dos indivíduos com um grau de incerteza e ansiedade sem precedentes. (PALLARES-BURKE, Maria Lúcia Garcia. Entrevista com Zigmunt Bauman.Tempo soc. 2004, vol.16, n.1 [cited ], pp ) Sobre a sociedade contemporânea, analise as afirmativas abaixo. I. As sociedades contemporâneas são hostis aos imigrantes e costumam culpá-los por suas frustrações, ou como quem põe obstáculos aos projetos de vida dos demais cidadãos. II. Apesar das relações humanas terem ficado cada vez mais complexas na contemporaneidade, a hospitalidade e a tolerância têm sido vetores éticos norteadores de todos os povos. III. Na medida em que países como a China, Índia ou o Brasil passam por processos de modernização, o número de pessoas desnecessárias cresce. Estão corretas as afirmativas: a) apenas I e II b) apenas I e III c) apenas II e II d) todas e) nenhuma 52. Hebert Marcuse é um dos mais importantes filósofos da chamada Escola de Frankfurt. E também um dos que mais se distanciaram do pensamento apocalíptico que caracterizou essa escola. Enquanto Adorno chamava a polícia para reprimir os jovens revoltosos de 1968, na Alemanha, Marcuse era o líder intelectual da garotada que pretendia fazer uma revolução baseada em princípios de liberdade e beleza. A influência de Marcuse na década de 60 era tão grande que se dizia que a juventude seguia três Ms: Marx, Mao, Marcuse. A crítica à racionalidade técnica irá direcionar toda a sua obra. Para ele, a instrumentalidade das coisas tornava-se a instrumentalidade dos indivíduos. Em outras palavras, o ser humano era visto como uma coisa, como um instrumento, e não como um indivíduo. Ao invés do homem dominar a máquina e tecnologia, como previa a utopia iluminista, era o homem que estava sendo dominado pela máquina e pela tecnologia. As pessoas são transformadas em coisas, reproduzidas em sequência, massificadas, como produtos saindo de uma linha de montagem. Marcuse denunciou a criação do chamado homem unidimensional: um indivíduo que consegue ver apenas a aparência das coisas, nunca indo até a sua essência. O homem unidimensional é conformista, consumista e acrítico. Ele se acha feliz porque a mídia lhe diz que ele é feliz e, quando se sente triste, vai ao shopping, fazer compras. (DANTON, Gian. O Filósofo da contracultura.disponível em Sobre a contracultura e o pensamento de Marcuse marque a alternativa INCORRETA. a) É necessário que os homens desenvolvam a dimensão da liberdade para promover mudanças na sociedade de consumo. b) A nova sociedade, nascida das ruínas da sociedade de consumo, deve desenvolver uma dimensão estético-erótica. c) A anti-arte e a contracultura são expressão de um novo tipo de homem, diferente do homem unidimensional da sociedade de consumo. d) A arte deve desempenhar um papel revolucionário e instigar o público a rever constantemente os seus valores. e) As catástrofes do século 20, especialmente o holocausto, apontam para a impossibilidade da arte e da crítica.

21 Sobre o feminismo no Brasil, assinale a alternativa correta a) No Brasil, as mulheres têm acesso à educação desde meados do século XIX, quando se iniciou a instalação de um sistema educacional universal. b) Atualmente, o feminismo brasileiro apresenta uma tendência unificadora, que tem proporcionado a discussão de uma pauta ampla e geral para as mulheres. c) Em 1937, o fortalecimento dos ideais corporativistas incrementou as pautas feministas. d) Até a Constituição de 1988, apesar de terem conquistado diversos direitos, as mulheres dependiam da autorização marital para o trabalho. e) Em 1934, houve o reconhecimento do direito de voto às mulheres, apesar do caráter autoritário do Governo Vargas. 54. Na história da filosofia, ao longo de mais de dois milênios, verdade é palavra-chave para as reflexões metafísicas ou gnosiológicas. Sobre o conceito de verdade, julgue as afirmativas abaixo. 55. I. O idealismo tende à verdade imanente, ao fechamento num sistema, ao conhecimento não-intencional. II. O pragmatismo, partindo da verdade de que o conhecimento deva servir à vida e favorecer as finalidades práticas, inverte a relação, e faz com que a verdade deva ser reduzida a promover a prática da vida. III. A verdade na contemporaneidade é, de acordo com filósofos como Foucault, produzida como acontecimento num espaço e num tempo específicos. Assinale a alternativa que apresenta apenas a(s) afirmativa(s) verdadeira(s). a) I e II b) I e III c) II e III d) Todas e) Nenhuma Analise a charge e as afirmações abaixo. I. O conhecimento filosófico possui como critério de verdade a coerência lógico-argumentativa dos argumentos. II. O conhecimento científico possui como critério de verdade a experimentabilidade e a possibilidade de verificação. III. O conhecimento mítico-religioso possui como critério de verdade a crença. IV. A tirinha do Calvin não problematiza a questão da verdade, apontando para a existência de apenas um tipo de conhecimento válido. Estão corretas apenas as afirmativas: a) I e II b) I, II e III c) I, III e IV d) II, III e IV e) I, II, III e IV

22 A charge ao lado retrata a oposição epistemológica de duas escolas filosóficas cujos iniciadores podem ser considerados, respectivamente, Francis Bacon e Rene Descartes. Assinale a alternativa correta. a) Empirismo X Criticismo b) Ceticismo X Existencialismo c) Empirismo X Racionalismo d) Racionalismo X Existencialismo e) Racionalismo X Ceticismo 57. A Fenomenologia trata dos fenômenos perceptíveis analisando a realidade do ponto de vista individual. Tudo que se apresenta à consciência é intencional. O objetivo do método fenomenológico é alcançar a intuição das essências, ele busca interpretar o mundo através da consciência de um determinado sujeito, segundo as suas experiências. Nesse contexto, marque a alternativa INCORRETA. a) A percepção é o conhecimento sensorial de um sujeito corporal dotado de significação. b) A percepção é uma relação do sujeito com o mundo exterior, com suas formas e estruturas complexas dotadas de sentido. c) O mundo percebido é sempre quantitativo, de modo que a percepção é sempre uma reação fisiológica a estímulos externos. d) A percepção da realidade envolve nossa personalidade, nossa história pessoal, nossa afetividade, nossos desejos e paixões. e) A percepção envolve nossa vida social, e portanto, nossa história social, a cultura e os estímulos recebidos da vivência no mundo. 58. Esquecia-se de esquecer de esquecer O que tinha de esquecer E como se esquecia De se esquecer de esquecer Nunca se lembrava de nada (Má Memória de Boris Vian) A filosofia contemporânea tem se preocupado com o tema da memória, especialmente na teoria do conhecimento. Dito isso, analise as funções abaixo. I. Retenção de um dado na percepção. II. Capacidade de criar algo possível. III. Reminiscência. Assinale a alternativa que contém apenas a(s) típica(s) função(ções) da memória. a) II b) I e II c) I e III d) II e III e) Nenhuma

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= 01- Observe a figura

Leia mais

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar)

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Somos parte de uma sociedade, que (re)produz, consome e vive em uma determinada porção do planeta, que já passou por muitas transformações, trata-se de seu lugar, relacionando-se

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CIÊNCIAS HUMANAS 3º ANO FILOSOFIA FILOSOFIA NA HISTÓRIA

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO - SIMULADO OBS: GABARITO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. QUALQUER DÚVIDA DEIXAR MENSAGEM NO FACEBOOK

EXERCÍCIOS DE REVISÃO PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO - SIMULADO OBS: GABARITO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. QUALQUER DÚVIDA DEIXAR MENSAGEM NO FACEBOOK EXERCÍCIOS DE REVISÃO PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO - SIMULADO OBS: GABARITO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. QUALQUER DÚVIDA DEIXAR MENSAGEM NO FACEBOOK 1. A vegetação varia de local para local baseada, sobretudo,

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 9º Turma: Data: / /2012 Nota: Professor(a): Edvaldo Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1)

Leia mais

Biomas Brasileiros I. Floresta Amazônica Caatinga Cerrado. Mata Atlântica Pantanal Campos Sulinos ou Pampas Gaúchos

Biomas Brasileiros I. Floresta Amazônica Caatinga Cerrado. Mata Atlântica Pantanal Campos Sulinos ou Pampas Gaúchos Biomas Brasileiros I Floresta Amazônica Caatinga Cerrado Mata Atlântica Pantanal Campos Sulinos ou Pampas Gaúchos Floresta Amazônica Localizada na região norte e parte das regiões centro-oeste e nordeste;

Leia mais

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza).

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza). GEOGRAFIA 7ª Série/Turma 75 Ensino Fundamental Prof. José Gusmão Nome: MATERIAL DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL A GEOGRAFIA DO MUNDO SUBDESENVOLVIDO A diferença entre os países que mais chama a atenção é

Leia mais

Prof. Janderson Barros

Prof. Janderson Barros TEMA 1 Prof. Janderson Barros Aspectos Gerais da Oceania. Definição de Oceania Continente insular composto por um conjunto de ilhas; Conhecida como Novíssimo Mundo devido sua descoberta nas décadas finais

Leia mais

GEOGRAFIA. Professora Bianca

GEOGRAFIA. Professora Bianca GEOGRAFIA Professora Bianca TERRA E LUA MOVIMENTO DA LUA MOVIMENTOS DA TERRA TEMPO E CLIMA Tempo é o estado da atmosfera de um lugar num determinado momento. Ele muda constantemente. Clima é o conjunto

Leia mais

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 8 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 8 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Data: /08/2014 Bimestre: 2 Nome: 8 ANO B Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Prova / Atividade: 2,0 (DOIS) Nota: GRUPO 3 1- (1,0) A mundialização da produção industrial é caracterizada

Leia mais

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS 1 RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS QUESTÕES ( ) I Unidade ( ) II Unidade ( x ) III Unidade FÍSICA E GEOGRAFIA Curso: Ensino Fundamental Ano: 1.º Turma: ABCDEFG Data: / / 11 009 Física Profs. 1. Resolução I

Leia mais

01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio.

01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio. 01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio. Sobre essa questão, leia atentamente as afirmativas abaixo: I. Em 11 de setembro de 2001, os EUA sofreram um violento

Leia mais

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.:

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= TEMPO ATMOSFÉRICO

Leia mais

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT)

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O capitalismo teve origem na Europa, entre os séculos XIII e XIV, com o renascimento urbano e comercial e o surgimento de uma nova classe social:

Leia mais

Guerra fria (o espaço mundial)

Guerra fria (o espaço mundial) Guerra fria (o espaço mundial) Com a queda dos impérios coloniais, duas grandes potências se originavam deixando o mundo com uma nova ordem tanto na parte política quanto na econômica, era os Estados Unidos

Leia mais

Expansão do território brasileiro

Expansão do território brasileiro Expansão do território brasileiro O território brasileiro é resultado de diferentes movimentos expansionistas que ocorreram no Período Colonial, Imperial e Republicano. Esse processo ocorreu através de

Leia mais

Vestibular Comentado - UVA/2010.2

Vestibular Comentado - UVA/2010.2 GEOGRAFIA Comentários: Prof. Marcos Lupi 01. O mapa representa uma proposta de divisão econômica do espaço mundial. Sobre a divisão do mundo em 'Norte-Sul' podemos afirmar que: I - Essa regionalização

Leia mais

1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como:

1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como: 1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como: a) incapacidade dos Braganças de resistirem à pressão

Leia mais

Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA

Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA Atividade de Ciências 5º ano Nome: ATIVIDADES DE ESTUDO Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA FLORESTA AMAZÔNICA FLORESTA ARAUCÁRIA MANGUEZAL PANTANAL CAATINGA CERRADO

Leia mais

Assinale a alternativa que identifica, corretamente, as paisagens 1 e 2 destacadas no mapa.

Assinale a alternativa que identifica, corretamente, as paisagens 1 e 2 destacadas no mapa. GEOGRAFIA 31 a Observe o mapa. Assinale a alternativa que identifica, corretamente, as paisagens 1 e 2 destacadas no mapa. a) b) c) d) e) I Desértica: baixa umidade do ar; grande amplitude térmica; vegetação

Leia mais

Geografia. Professor: Jonas Rocha

Geografia. Professor: Jonas Rocha Geografia Professor: Jonas Rocha Questões Ambientais Consciência Ambiental Conferências Internacionais Problemas Ambientais Consciência Ambiental Até a década de 1970 o homem acreditava que os recursos

Leia mais

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A O capitalismo teve origem na Europa, nos séculos XV e XVI, e se expandiu para outros lugares do mundo ( Ásia, África,

Leia mais

GEOGRAFIA. O texto refere-se ao(à) (A) Índia. (B) Japão. (C) Coréia do Sul. (D) Cingapura. (E) China.

GEOGRAFIA. O texto refere-se ao(à) (A) Índia. (B) Japão. (C) Coréia do Sul. (D) Cingapura. (E) China. GEOGRAFIA 16ª QUESTÃO Com a criação de zonas econômicas especiais, nos últimos anos, este país asiático em transição econômica, do socialismo para o capitalismo, tem adotado uma política de abertura da

Leia mais

Meio Ambiente Global Conteúdo Complementar

Meio Ambiente Global Conteúdo Complementar GEOGRAFIA 1ª Série Meio Ambiente Global Conteúdo Complementar http://karlacunha.com.br/tag/charges Geografia - 1ª Série Prof. Márcio Luiz Conferência do Clube de Roma Considero que um dos documentos mais

Leia mais

Capítulo 21 Meio Ambiente Global

Capítulo 21 Meio Ambiente Global Capítulo 21 Meio Ambiente Global http://karlacunha.com.br/tag/charges Geografia - 1ª Série Prof. Márcio Luiz Conferência do Clube de Roma Considero que um dos documentos mais importantes, em termos de

Leia mais

África. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Blaise Pascal 30. www1.folha.uol.com.br

África. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Blaise Pascal 30. www1.folha.uol.com.br África Acredita-se que a situação atual da África seja resultado da maneira em que foi colonizado pelos Europeus. Por meio de colônia de exploração de recursos mineiras, separação dos territórios tribais

Leia mais

VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2010 EXCLUSIVAMENTE PARA OS CURSOS DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO E DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2010 EXCLUSIVAMENTE PARA OS CURSOS DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO E DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO VSTIBULAR D INVRNO PUC-Rio 2010 XCLUSIVAMNT PARA OS CURSOS D CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO D SISTMAS D INFORMAÇÃO GABARITO DA PROVA OBJTIVA D CONHCIMNTOS GRAIS BIOLOGIA Questão 1 Resposta: (C) diminuição do número

Leia mais

Amazônia Brasileira e Brasil em Crise

Amazônia Brasileira e Brasil em Crise Amazônia Brasileira e Brasil em Crise 1. (UERJ-2009) Folha de São Paulo, 01/06/2008. Adaptado de Zero Hora, 16/06/2008. Diferentes critérios e objetivos podem orientar a divisão do espaço geográfico em

Leia mais

RESOLUÇÕES E RESPOSTAS

RESOLUÇÕES E RESPOSTAS GEOGRAFIA 1 GRUPO CV 10/2009 RESOLUÇÕES E RESPOSTAS QUESTÃO 1: a) Os gráficos destacam que conforme ocorreu o aumento da população na grande São Paulo aumentaram também o número de viagens da população

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL. Geografia Leituras e Interação

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL. Geografia Leituras e Interação Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL Geografia Leituras e Interação 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta útil à análise e

Leia mais

REVISÃO NOVAFAP-FACID(geografia-Hugo)

REVISÃO NOVAFAP-FACID(geografia-Hugo) REVISÃO NOVAFAP-FACID(geografia-Hugo) 1. (Ufu) Na década de 1960, o geógrafo Aziz Nacib Ab'Saber reuniu as principais características do relevo e do clima das regiões brasileiras para formar, com os demais

Leia mais

O continente africano

O continente africano O continente africano ATIVIDADES Questão 04 Observe o mapa 2 MAPA 2 Continente Africano Fonte: . A região do Sahel, representada

Leia mais

CORREÇÃO TAREFAS. Aulas 1 4 Pág. 24-31

CORREÇÃO TAREFAS. Aulas 1 4 Pág. 24-31 CORREÇÃO TAREFAS Aulas 1 4 Pág. 24-31 Paginas 24 e 25 1. a) População absoluta é a população total de um determinado local. b) População relativa é a densidade demográfica, ou seja, média de habitantes

Leia mais

HABILIDADES PARA RECUPERAÇÃO

HABILIDADES PARA RECUPERAÇÃO Componente Curricular: Geografia Professor (a): Oberdan Araújo Ano: 6º Anos A e B. HABILIDADES 1º Bimestre Conceituar e caracterizar: espaço cultural (urbano e rural) e espaço natural. Identificar e caracterizar

Leia mais

Expedição 1. 7º ANO_ PROFª BRUNA ANDRADE

Expedição 1. 7º ANO_ PROFª BRUNA ANDRADE Expedição 1. 7º ANO_ PROFª BRUNA ANDRADE O Brasil é considerado um país de dimensões CONTINENTAIS, pois sua área de 8.514.876 Km² é quase igual a do Continente Oceânico. Ele é o 5º país em extensão territorial

Leia mais

TERCEIRÃO GEOGRAFIA FRNTE 8 A - aula 25. Profº André Tomasini

TERCEIRÃO GEOGRAFIA FRNTE 8 A - aula 25. Profº André Tomasini TERCEIRÃO GEOGRAFIA FRNTE 8 A - aula 25 Profº André Tomasini Localizado na Região Centro-Oeste. Campos inundados na estação das chuvas (verão) áreas de florestas equatorial e tropical. Nas áreas mais

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1B

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1B CADERNO DE EXERCÍCIOS 1B Ensino Fundamental Ciências da Natureza II Habilidade da Questão Conteúdo Matriz da EJA/FB 1 Biomas brasileiros H18 2 Problemas ambientais H19 3 Cadeia alimentar H24 4 Evolução

Leia mais

Cidade e desigualdades socioespaciais.

Cidade e desigualdades socioespaciais. Centro de Educação Integrada 3º ANO GEOGRAFIA DO BRASIL A Produção do Espaço Geográfico no Brasil nas economias colonial e primário exportadora. Brasil: O Espaço Industrial e impactos ambientais. O espaço

Leia mais

a) Cite o nome do estado brasileiro onde aparece a maior parte do domínio das araucárias. R:

a) Cite o nome do estado brasileiro onde aparece a maior parte do domínio das araucárias. R: Data: /08/2014 Bimestre: 2 Nome: 7 ANO A Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Prova / Atividade: 2,0 (DOIS) Nota: GRUPO 3 1-(1,0) A paisagem brasileira está dividida em domínios morfoclimáticos.

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES

CADERNO DE ATIVIDADES COLÉGIO ARNALDO 2014 CADERNO DE ATIVIDADES GEOGRAFIA Aluno (a): 4º ano Turma: Professor (a): Valor: 20 pontos Conteúdo de Recuperação Sistema Solar. Mapa político do Brasil: Estados e capitais. Regiões

Leia mais

Brasil e América do Sul

Brasil e América do Sul Brasil e América do Sul Brasil Linha do equador Tropico de Capricórnio O Brasil é o quinto país mais extenso e populoso do mundo. É a sétima maior economia mundial. É um país capitalista à apresenta propriedade

Leia mais

1. INTRODUÇÃO CONCEITUAL SOBRE O DESENVOLVIMENTO E O CRESCIMENTO ECONÔMICO

1. INTRODUÇÃO CONCEITUAL SOBRE O DESENVOLVIMENTO E O CRESCIMENTO ECONÔMICO 1. INTRODUÇÃO CONCEITUAL SOBRE O DESENVOLVIMENTO E O CRESCIMENTO ECONÔMICO A análise da evolução temporal (ou dinâmica) da economia constitui o objeto de atenção fundamental do desenvolvimento econômico,

Leia mais

Tipos de Energia. Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear.

Tipos de Energia. Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear. Fontes de Energia Tipos de Energia Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear. Fontes de Energia Primaria fontes que quando empregadas diretamente num trabalho ou geração de calor. Lenha, para produzir

Leia mais

Cadeia alimentar 3º ano

Cadeia alimentar 3º ano Cadeia alimentar 3º ano O equilíbrio ecológico depende diretamente da interação, das trocas e das relações que os seres vivos estabelecem entre si e com o ambiente. Os seres respiram, vivem sobre o solo

Leia mais

Climas do Brasil GEOGRAFIA DAVI PAULINO

Climas do Brasil GEOGRAFIA DAVI PAULINO Climas do Brasil GEOGRAFIA DAVI PAULINO Grande extensão territorial Diversidade no clima das regiões Efeito no clima sobre fatores socioeconômicos Agricultura População Motivação! Massas de Ar Grandes

Leia mais

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL 1) (UDESC - 2012) São exemplos da indústria de bens de consumo (ou leve): a) Indústria de autopeças e de alumínio. b) Indústria de automóveis

Leia mais

1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil.

1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil. Marque com um a resposta correta. 1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil. I. A região Nordeste é a maior região do país, concentrando

Leia mais

América Latina: quadro natural e exploração dos recursos naturais

América Latina: quadro natural e exploração dos recursos naturais Yiannos1/ Dreamstime.com América Latina: quadro natural e exploração dos recursos naturais Imagem de satélite do continente americano. Allmaps Allmaps Divisão Política (por localização) América do Norte

Leia mais

REVISÃO PARA AV1 Unidade 1 Cap. 1

REVISÃO PARA AV1 Unidade 1 Cap. 1 REVISÃO PARA AV1 Unidade 1 Cap. 1 Continente Americano Prof. Ivanei Rodrigues Teoria sobre a formação dos continentes Transformação da crosta terrestre desde a Pangeia até os dias atuais. A Teoria da

Leia mais

PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA TREZE COLÔNIAS Base de ocupação iniciativa privada: Companhias de colonização + Grupos de imigrantes = GRUPOS DISTINTOS [excedente da metrópole;

Leia mais

Oficina Índice de Desenvolvimento Humano IDH

Oficina Índice de Desenvolvimento Humano IDH Oficina Índice de Desenvolvimento Humano IDH Oficina CH/EM Caro Aluno, Esta oficina tem por objetivo analisar as principais características de um dos principais indicadores socioeconômicos utilizados na

Leia mais

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro?

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro? População mundial Leia as manchetes abaixo: População mundial superará 9,2 bilhões em 2050, estima ONU BBC Brasil Casais ricos burlam lei do filho único na China BBC Brasil A população mundial atingiu

Leia mais

AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS

AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS Tema 1: A América no mundo 1. Um continente diversificado A América possui grande extensão latitudinal e, por isso, nela encontramos diversas paisagens. 2. Fatores

Leia mais

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa.

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O que é o Aquecimento Global? O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O efeito estufa é um fenômeno natural e consiste na retenção de calor irradiado pela

Leia mais

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto Capítulo 21 Meio Ambiente Global Geografia - 1ª Série O Tratado de Kyoto Acordo na Cidade de Kyoto - Japão (Dezembro 1997): Redução global de emissões de 6 Gases do Efeito Estufa em 5,2% no período de

Leia mais

II - Desenvolvimento. 1. O primeiro mundo. 2. Sociedades de consumo

II - Desenvolvimento. 1. O primeiro mundo. 2. Sociedades de consumo I - Introdução Consideram-se como Norte os países ricos ou industrializados: o primeiro Mundo ou países capitalistas desenvolvidos, em primeiro lugar e também os países mais industrializados do antigo

Leia mais

Prova 3 Geografia QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 3

Prova 3 Geografia QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 3 Prova 3 QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. UEM Comissão Central do Vestibular Unificado GEOGRAFIA 01 Sobre as rochas que compõem

Leia mais

Total aulas previstas

Total aulas previstas ESCOLA BÁSICA 2/3 DE MARTIM DE FREITAS Planificação Anual de História do 7º Ano Ano Lectivo 2011/2012 LISTAGEM DE CONTEÚDOS TURMA Tema 1.º Período Unidade Aulas Previas -tas INTRODUÇÃO À HISTÓRIA: DA ORIGEM

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA 8º ANO PROFESSOR: MÁRCIO AUGUSTO

Leia mais

Imperialismo dos EUA na América latina

Imperialismo dos EUA na América latina Imperialismo dos EUA na América latina 1) Histórico EUA: A. As treze colônias, colonizadas efetivamente a partir do século XVII, ficaram independentes em 1776 formando um só país. B. Foram fatores a emancipação

Leia mais

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) 1 ọ 2 ọ O OLHAR GEOGRÁFICO: LENTES NOVAS PARA ENTENDER NOSSO MUNDO 1. O espaço em transformação Geografia para quê? O espaço geográfico:

Leia mais

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I APRENDER A APRENDER APRENDER A APRENDER CONTEÚDO E HABILIDADES GEOGRAFIA. Aula 10.2 Conteúdo: Guianas.

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I APRENDER A APRENDER APRENDER A APRENDER CONTEÚDO E HABILIDADES GEOGRAFIA. Aula 10.2 Conteúdo: Guianas. Aula 10.2 Conteúdo: Guianas. 2 Habilidades: Observar as limitações das Guianas e suas ligações com o Brasil. 3 Colômbia 4 Maior população da América Andina. Possui duas saídas marítimas: Para o Atlântico

Leia mais

Sugestão de avaliação

Sugestão de avaliação Sugestão de avaliação 9 GEOGRAFIA Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao primeiro bimestre escolar ou à Unidade 1 do Livro do Aluno. Avaliação Geografia NOME: TURMA: escola: PROfessOR: DATA:

Leia mais

Ecologia: definição. OIKOS Casa LOGOS Estudo. Ciência que estuda as relações entre os seres vivos e desses com o ambiente.

Ecologia: definição. OIKOS Casa LOGOS Estudo. Ciência que estuda as relações entre os seres vivos e desses com o ambiente. Profª Kamylla Ecologia: definição OIKOS Casa LOGOS Estudo Ciência que estuda as relações entre os seres vivos e desses com o ambiente. Componentes do Ecossistema Substâncias Abióticas; Componentes Bióticos:

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais

POPULAÇÃO SUBNUTRIDA - 2006

POPULAÇÃO SUBNUTRIDA - 2006 PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- Observe os

Leia mais

O IMPERIALISMO EM CHARGES. Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com. 1ª Edição (2011)

O IMPERIALISMO EM CHARGES. Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com. 1ª Edição (2011) O IMPERIALISMO EM CHARGES 1ª Edição (2011) Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com Imperialismo é a ação das grandes potências mundiais (Inglaterra, França, Alemanha, Itália, EUA, Rússia

Leia mais

FORMAÇÃO VEGETAL BRASILEIRA. DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS Aziz Ab`Saber. Ipê Amarelo

FORMAÇÃO VEGETAL BRASILEIRA. DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS Aziz Ab`Saber. Ipê Amarelo FORMAÇÃO VEGETAL BRASILEIRA DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS Aziz Ab`Saber Ipê Amarelo Fatores que influenciam na distribuição das formações vegetais: Clima 1. Temperatura; 2. Umidade; 3. Massas de ar; 4. Incidência

Leia mais

Construção do Espaço Africano

Construção do Espaço Africano Construção do Espaço Africano Aula 2 Colonização Para melhor entender o espaço africano hoje, é necessário olhar para o passado afim de saber de que forma aconteceu a ocupação africana. E responder: O

Leia mais

Geografia 8º Ano - Prof. Beto Filho

Geografia 8º Ano - Prof. Beto Filho Regionalização DO ESPAÇO MUNDIAL Unidade 1 Geografia 8º Ano - Prof. Beto Filho Neste capítulo vamos estudar uma forma de regionalizar o mundo fundamentada, principalmente, em fatores físicos ou naturais:

Leia mais

ORIENTE MÉDIO. Prof: Marcio Santos ENEM 2009 Ciências Humanas Aula II. Jerusalém Muro das Lamentações e Cúpula da Rocha

ORIENTE MÉDIO. Prof: Marcio Santos ENEM 2009 Ciências Humanas Aula II. Jerusalém Muro das Lamentações e Cúpula da Rocha Prof: Marcio Santos ENEM 2009 Ciências Humanas Aula II ORIENTE MÉDIO -Região marcada por vários conflitos étnicos, políticos e religiosos. -Costuma-se considerar 18 países como pertencentes ao Oriente

Leia mais

Brasil e suas Organizações políticas e administrativas. Brasil Atual 27 unidades político-administrativas 26 estados e distrito federal

Brasil e suas Organizações políticas e administrativas. Brasil Atual 27 unidades político-administrativas 26 estados e distrito federal Brasil e suas Organizações políticas e administrativas GEOGRAFIA Em 1938 Getúlio Vargas almejando conhecer o território brasileiro e dados referentes a população deste país funda o IBGE ( Instituto Brasileiro

Leia mais

Formação das Rochas. 2.Rochas sedimentares: formadas pela deposição de detritos de outras rochas,

Formação das Rochas. 2.Rochas sedimentares: formadas pela deposição de detritos de outras rochas, Relevo Brasileiro 1.Rochas magmáticas ou ígneas, formadas pela solidificação do magma.podem ser intrusivas formadas dentro da crosta terrestre ou extrusivas na superfície. Formação das Rochas 2.Rochas

Leia mais

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2 1º ano O absolutismo e o Estado Moderno Capítulo 12: Todos os itens A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10:

Leia mais

LIVRETE DE QUESTÕES E RASCUNHO. 1) Confira seus dados e assine a capa deste Livrete de Questões e Rascunho somente no campo próprio.

LIVRETE DE QUESTÕES E RASCUNHO. 1) Confira seus dados e assine a capa deste Livrete de Questões e Rascunho somente no campo próprio. P R OVA D I S C U R S I VA LIVRETE DE QUESTÕES E RASCUNHO 2 1 / 1 1 2 0 1 5 V E S T I B U L A R 2 0 1 6 INSTRUÇÕES 1) Confira seus dados e assine a capa deste Livrete de Questões e Rascunho somente no

Leia mais

Questão 57. Questão 59. Questão 58. alternativa D. alternativa C

Questão 57. Questão 59. Questão 58. alternativa D. alternativa C OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representada por g. Quando necessário adote: para g, o valor de 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO:

DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO: DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSORES: Marina Monteiro e Fábio Luiz DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO: Nº: A PROVA FINAL NÃO SERÁ LIMITADA

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs. História Oficina de História

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs. História Oficina de História Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs História Oficina de História 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2011 DIREITO PROVA DISCURSIVA

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2011 DIREITO PROVA DISCURSIVA ESCREVA AQUI SEU NÚMERO DE INSCRIÇÃO: PROVA DISCURSIVA - O presente caderno contém 0 (três) questões de História e 0 (três) questões de Geografia, dentre as quais você deverá escolher DUAS de cada disciplina

Leia mais

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA. Fase 1

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA. Fase 1 FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA Fase 1 Novembro 2008 INTRODUÇÃO Na prova de História de 2009 foi possível concretizar vários dos objetivos do programa do Vestibular.

Leia mais

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROFa. JULIANA NOME N o 8 o ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

Geografia/Profª Carol

Geografia/Profª Carol Geografia/Profª Carol Recebe essa denominação porque parte dos territórios dos países platinos que constituem a região é banhada por rios que compõem a bacia hidrográfica do Rio da Prata. Países: Paraguai,

Leia mais

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA Clodoaldo Meneguello Cardoso Nesta "I Conferência dos lideres de Grêmio das Escolas Públicas Estaduais da Região Bauru" vamos conversar muito sobre política.

Leia mais

Questão 45. Questão 47. Questão 46. alternativa D. alternativa E

Questão 45. Questão 47. Questão 46. alternativa D. alternativa E Questão 45 alternativa D Entre os recursos naturais importantes para o fortalecimento da economia canadense no século XX temos a taiga (o Canadá encontra-se entre os maiores produtores de madeira, papel

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE - Sistemas sociais e culturais de notação de tempo ao longo da história, - As linguagens das fontes históricas; - Os documentos escritos,

Leia mais

BRASIL Comércio Exterior

BRASIL Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC BRASIL Comércio Exterior Novembro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

GEOGRAFIA / 2º ANO PROF. SÉRGIO RICARDO

GEOGRAFIA / 2º ANO PROF. SÉRGIO RICARDO GEOGRAFIA / 2º ANO PROF. SÉRGIO RICARDO BRASIL 1) Aspectos Gerais: Território: 8 547 403 Km 2. 5 0 maior país do mundo em extensão e população. País continental devido a sua dimensão territorial. Ocupa

Leia mais

CRESCIMENTO POPULACIONAL NO BRASIL

CRESCIMENTO POPULACIONAL NO BRASIL GEOGRAFIA CRESCIMENTO POPULACIONAL NO BRASIL 1. ASPECTOS GERAIS O Brasil atualmente apresenta-se como o quinto país mais populoso do mundo, ficando atrás apenas da China, Índia, Estados Unidos e Indonésia.

Leia mais

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense Biomas Brasileiros 1. Bioma Floresta Amazônica 2. Bioma Caatinga 3. Bioma Cerrado 4. Bioma Mata Atlântica 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense 6. Bioma Pampas BIOMAS BRASILEIROS BIOMA FLORESTA AMAZÔNICA

Leia mais

ENEM 2014 - Caderno Rosa. Resolução da Prova de História

ENEM 2014 - Caderno Rosa. Resolução da Prova de História ENEM 2014 - Caderno Rosa Resolução da Prova de História 5. Alternativa (E) Uma das características basilares do contato entre jesuítas e os povos nativos na América, entre os séculos XVI e XVIII, foi o

Leia mais

Sobre a modernização do Extremo Oriente, é INCORRETO afirmar:

Sobre a modernização do Extremo Oriente, é INCORRETO afirmar: 18 Q U E S T Ã O 2 5 O Extremo Oriente asiático se tornou, no final do último século, a principal região industrial do planeta, superando sucessivamente a Europa e os Estados Unidos (Castells, 1999). A

Leia mais

Gabarito oficial preliminar: História

Gabarito oficial preliminar: História 1) Questão 1 Segundo José Bonifácio, o fim do tráfico de escravos significaria uma ameaça à existência do governo porque Geraria uma crise econômica decorrente da diminuição da mão de obra disponível,

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco

Leia mais

UMA RESPOSTA ESTRATÉGICA AOS

UMA RESPOSTA ESTRATÉGICA AOS UMA RESPOSTA ESTRATÉGICA AOS DESAFIOS DO CAPITALISMO GLOBAL E DA DEMOCRACIA Luiz Carlos Bresser-Pereira A Reforma Gerencial ou Reforma à Gestão Pública de 95 atingiu basicamente os objetivos a que se propunha

Leia mais

FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO

FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO É claro que o Brasil não brotou do chão como uma planta. O Solo que o Brasil hoje ocupa já existia, o que não existia era o seu território, a porção do espaço sob domínio,

Leia mais

ENERGIA SOLAR Adriano Rodrigues 1546632730 Adriano Oliveira 9930001250 Fabio Rodrigues Alfredo 2485761798 Frank Junio Basilio

ENERGIA SOLAR Adriano Rodrigues 1546632730 Adriano Oliveira 9930001250 Fabio Rodrigues Alfredo 2485761798 Frank Junio Basilio ENERGIA SOLAR Adriano Rodrigues 1546632730 Adriano Oliveira 9930001250 Fabio Rodrigues Alfredo 2485761798 Frank Junio Basilio 1587938146 Jessika Costa 1581943530 Rafael Beraldo de Oliveira 1584937060 A

Leia mais

Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos.

Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos. EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Economia A 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 712/2.ª Fase 14 Páginas Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância:

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO E VIABILIDADES DE FONTES ENERGÉTICAS

CLASSIFICAÇÃO E VIABILIDADES DE FONTES ENERGÉTICAS CLASSIFICAÇÃO E VIABILIDADES 1 INTRODUÇÃO NA PRÉ HISTÓRIA O HOMEM UTILIZAVA SUA PRÓPRIA ENERGIA PARA DESENVOLVER SUAS ATIVIDADES TRANSFERÊNCIA DO ESFORÇO PARA OS ANIMAIS 2 APÓS A INVENSÃO DA RODA: UTILIZAÇÃO

Leia mais

o declínio do poder dos senhores feudais e as monarquias nacionais... 14

o declínio do poder dos senhores feudais e as monarquias nacionais... 14 SuMÁRIo UNIDADE I O ADVENTO DO MUNDO MODERNO: POLÍTICA E CULTURA... 12 Capítulo 1 o declínio do poder dos senhores feudais e as monarquias nacionais... 14 A fragmentação do poder na sociedade feudal...

Leia mais