São Paulo Rua Vergueiro, Cj. 101 V.Mariana CEP Tel:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "São Paulo Rua Vergueiro, 2.087 Cj. 101 V.Mariana CEP 04.101-000 Tel: 55 11 5087-8910"

Transcrição

1

2 São Paulo Rua Vergueiro, Cj. 101 V.Mariana CEP Tel: Fax: BRASIL

3 Ano XXIV No 255 Jan-Fev / EDITORIAL 06 EM FOCO 14 FROM THE USA 16 BRASIL URGENTE 28 CAPA 32 NEWS 40 DE OLHO NO RIO 43 PELO MERCADO 44 OPINIÃO Foto da capa: Ricardo Zerrenner (Riotur) BRASIL URGENTE 16 Crise financeira? Faça mais do que cortar custos Sérgio Carvalho LIFE STYLE 20 Ventos favoráveis no lazer e na profissão REPORTAGEM 22 Bill Sweet: uma vida bem vivida ENTREVISTA 10 Eduardo Nakao O presidente do IRB-Brasil Re traça um perfil do mercado ressegurador brasileiro depois de um ano do fim do monopólio. Ele fala, também, dos 70 anos da instituição, que considera forte, competente e promissora. CAPA 28 Bom para o carioca, bom para o turista Paulo Senise 30 Uma proposta de parceria Orlando Diniz COLUNAS 18 Tecnologia da Informação Projeto de nota fiscal eletrônica Fabiano César Tafarelo 26 Legal Alert A contratação de seguros em moeda estrangeira André Gondinho OPINIÃO 44 Resolução de disputas na Internet Luíz Virgílio Manente e Marlio de Almeida Nóbrega Martins Divulgação A tiragem desta edição de 10 mil exemplares é comprovada pela BDO TREVISAN AUDITORES INDEPENDENTES Publicação mensal da Câmara de Comércio Americana para o Brasil - RJ Diretor: Ricardo de Albuquerque Mayer Editor-chefe e Jornalista Responsável: Ana Redig (MTB RJ) Repórter e Redator: Renato Santos Editora de Arte: Ana Cristina Secco Expediente: Designer e ilustrador: Lui Pereira Impressão: Ediouro Gráfica e Editora Fotógrafos: Cinthia Aquino, Luciana Areas e Ricardo Costa Os pontos de vista expressos em artigos assinados não refletem, necessariamente, a opinião da Câmara de Comércio Americana. Câmara de Comércio Americana para o Brasil - Rio de Janeiro Praça Pio X, 15/5º andar Rio de Janeiro RJ Tel.: (21) Fax: (21) redação:

4 editorial Otimismo com os pés no chão Todo início de ano nos imbuímos de otimismo e nos esmeramos em estabelecer metas e fazer um bom planejamento. Neste 2009, no entanto, muitos se entregaram ao pessimismo, avaliando a possibilidade de interromper ou adiar planos e projetos, com receio de serem pegos pela crise financeira internacional. Mas afinal, será que há reais motivos para tanta preocupação? Se olharmos o passado recente do país veremos que não. O Brasil já passou por tantas crises, sem planejamento, sem metas e às vezes até sem esperança. Já estamos quase acostumados a dias nebulosos: planos Collor, Bresser e Verão; crise do petróleo; moratória externa; dificuldades e proibição de importação, os exemplos são muitos. Com isso, empresas, executivos e cidadãos aprenderam a lidar com crises e se tornaram experts em criatividade, agilidade e controles. O que certamente é uma vantagem competitiva em um momento de crise mundial. É claro que ninguém deseja conviver novamente com inflação e recessão, mas deixar de investir e de caminhar para onde pretendemos chegar não é a solução. O desemprego e a inflação não são bons para ninguém, mas impactam de forma mais agressiva os países desenvolvidos, que não estão acostumados com este tipo de realidade. O Brasil, além de ser experiente na matéria, tem se mostrado maduro para encarar mais esta prova. As ações do governo para conter o impacto da crise no país têm sido bem absorvidas pelo mercado, mantendo a estabilidade econômica. O que se pode esperar para o ano que se inicia é um crescimento um pouco menor do que o desejado, algo em torno de 3%, mas nada que se aproxime das fases difíceis pelas quais o país já passou. É claro que alguns setores foram mais afetados. A diferença é que, ao contrário dos períodos de inflação, empresários e trabalhadores vêm estabelecendo acordos para evitar cortes de postos de trabalho e demissões. Redução de carga horária e de salário para garantir os empregos tem sido a saída para garantir a saúde financeira de muitas empresas. O governo federal tem incentivado este tipo de ação, através de medidas como a determinação de que os desembolsos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) estejam condicionados à manutenção do emprego nos projetos beneficiados pelo banco público. Excetuando-se um ou outro segmento, os investimentos no setor produtivo têm dado mostras de sucesso. A Firjan publicou recentemente nota técnica sobre as Perspectivas Macroeconômicas da Indústria Fluminense para 2009, indicando um amento no PIB estadual entre 2,2% e 3,5%. A pesquisa concluiu que este deverá ser um ano de otimismo com moderação. Temos, portanto, muito a fazer neste ano que se inicia. Na Amcham, os comitês setoriais estão se tornando cada vez mais fortes e influentes. Com isso, esperamos levar propostas para a melhoria da sociedade e dos negócios, nos âmbitos local, estadual e federal. Acreditamos fortemente que a união das empresas em torno de objetivos comuns e a aproximação cada vez maior com as autoridades darão bons frutos para todos. Ricardo de Albuquerque Mayer 4 BRAZILIAN BUSINESS JANEIRO-FEVEREIRO/2009

5 Não existe acaso no mundo dos negócios. Existe Excelência, Liderança e Trabalho em Equipe. PwC. Pelo 7º- ano consecutivo, a Empresa Mais Admirada no Brasil no segmento Auditoria, segundo o ranking Carta Capital / TNS InterScience. Pela 3 a - vez consecutiva vencedora do prêmio Tax Firm of the Year no Brasil, concedido pela revista International Tax Review. pwc.com/br P r i c e w a t e r h o u s e C o o p e r s. To d o s o s d i r e i t o s r e s e r v a d o s. P r i c e w a t e r h o u s e C o o p e r s r e f e r e - s e a o n e t w o r k d e f i r m a s m e m b r o s d a P r i c e w a t e r h o u s e C o o p e r s I n t e r n a t i o n a l L i m i t e d, c a d a u m a d a s q u a i s c o n s t i t u i n d o u m a p e s s o a j u r í d i c a s e p a r a d a e i n d e p e n d e n t e.

6 Correios distribuem livros a 37 milhões de alunos Os Correios vão garantir que até o início das aulas, os livros didáticos cheguem a 37 milhões de alunos em 142 mil escolas públicas de todo o país. Para distribuir os 103 milhões de exemplares (70 mil toneladas de carga) em locais que vão de centros urbanos a comunidades ribeirinhas, serão necessárias 3,5 mil viagens de carreta, além de outros tipos de transporte, como aviões, balsas e até carros com tração 4x4. Funcionários dos Correios começam a atuar no processo logístico já na gráfica, quando as editoras iniciam a impressão. Enquanto isso, é feita uma distribuição virtual: um sistema organiza a logística no computador, para depois ser realizada fisicamente. Chairman s Award reconhece melhores da Continental A gerente de vendas para o Rio de Janeiro e Norte da Continental Airlines, Isabel Bartholomeu, e o vice-presidente para América Latina da empresa, John Slater, receberam em 2008 o Chairman s Award. O prêmio, entregue em Houston, é um reconhecimento aos 50 melhores profissionais da empresa que se destacaram mundialmente na área de vendas e no cumprimento de suas metas. Comunicação mais eficiente no Siqueira Castro O escritório Siqueira Castro Advogados investiu US$ 200 mil para modernizar o sistema de comunicação de sua nova sede administrativa, em São Paulo. O servidor de telefonia IP implantado tem capacidade para atender até mil ramais, além de 350 telefones IP fixos, que permitem ao usuário atender ligações de qualquer ramal em todos os andares. Os 12 sócios do escritório poderão atender a ligações dos ramais em celulares e outros dispositivos móveis. A tecnologia deverá ser estendida para os 14 escritórios do país. 6 BRAZILIAN BUSINESS JANEIRO-FEVEREIRO/2009

7 Outback: novidades que dão água na boca O Outback Steakhouse lançou opções inéditas em seu cardápio: para quem não dispensa uma boa salada, a Peppered Salmon Salad e a El Ranchito Salad. Já para os amantes da carne, uma boa pedida é o Chargrilled Ribeye. A Peppered Salmon Salad traz filé de salmão coberto por exclusivo mix de pimentas pretas, servido sobre a salada escolhida pelo cliente. Já a El Ranchito Salad combina alface, cenoura, repolho roxo, bacon e tiras de nachos. Com cortes nobres, o Chargrilled Ribeye leva um tempero exclusivo da rede Outback. A carne, grelhada em chama aberta, é uma homenagem ao ritual de celebração dos aborígenes australianos. Wall Mart abre loja ecoeficiente A Wall Mart Brasil inaugurou, no final de dezembro, o primeiro hipermecado ecoeficiente da rede, em Campinho (RJ). A empresa já vinha se destacando por seu programa de sustentabilidade, dividido em 10 frentes de trabalho. Criado em 2005, ele abrange diversas áreas, de construções sustentáveis a clientes conscientes, passando por produtos e embalagens mais eficientes e conscientização de funcionários. United Airlines: top em atendimento ao cliente A United Airlines recebeu o prêmio Global Six Sigma and Business Improvement, pelo melhor projeto de Realização, Marketing ou Experiência do Consumidor. Concedido por uma comissão independente de consultoria formada por seis especialistas, a conquista é um reconhecimento pelos esforços feitos pela companhia quando a viagem não transcorre como o planejado. JANEIRO-FEVEREIRO/2009 BRAZILIAN BUSINESS 7

8 Edi Pereira Personal Service sem sinal de crise Com um faturamento anual de R$ 300 milhões, a Personal Service, empresa de gestão de infraestrutura e Recursos Humanos começa o ano com novos clientes, entre eles Coca-cola, Golden Cross, Brascan, Rodobens, All Nations e os condomínios residenciais FrontLake, Aquarius e Macaé Palace. Prestes a completar 15 anos, a empresa é hoje uma das maiores do país em prestação de serviços, com cerca de 160 clientes distribuídos em 11 estados do Brasil. Além disso, pretende expandir sua atuação no Sul e no Nordeste e prevê um crescimento de 28% no faturamento em relação ao ano passado. Tratamento de resíduos é bom negócio A PricewaterhouseCoopers preparou um estudo para a Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos (Abetre) que mostra um crescimento de 41,4% do faturamento do setor privado de tratamento de resíduos no período A quantidade de resíduos de indústrias e empresas dos setores de comércio e serviços tratados, processados e dispostos de forma ambientalmente correta aumentou 33,6%. O setor faturou R$ 1,7 bilhão em 2007, o dobro da receita verificada em O estudo abrangeu 87% das empresas do mercado e é o mais representativo no Brasil. Sheraton Barra lança Virtual Planner O Sheraton Barra, único hotel cinco estrelas de padrão internacional da Barra da Tijuca, vai lançar o Virtual Planner, ferramenta virtual desenvolvida pela Starwood América Latina. Com o programa, disponível em www. sheraton-barra.com.br, será possível escolher o salão que melhor se adequar às necessidades de cada cliente com base na localização e capacidade. Também será possível montar orçamentos virtuais, ver vídeos e fotos dos espaços, selecionar a montagem do salão, personalizar a decoração e trocar a mobília. Divulgação Divulgação 8 BRAZILIAN BUSINESS JANEIRO-FEVEREIRO/2009

9 Fevereiro 2009 Para se inscrever em cursos e eventos, acesse Avaliação do valor da empresa e negócios Sérgio Carvalho 9h às 18h American Business Center CURSOS DE MARÇO 5 - O Líder financeiro Sérgio Carvalho 9h às 18h American Business Center 16 - Custos e orçamentos em instituições financeiras Sérgio Carvalho 9h às 18h American Business Center 17 - Desenvolvimento de relacionamentos na advocacia empresarial Marco Antônio P. Gonçalves 9h às 18h30 American Business Center 24 - Seleção por competências Daniela Coelho e Patricia Guimarães 9h às 18h American Business Center 09 - Café da manhã Comitê de Marketing Movimento É do Rio - o desenvolvimento da marca Rio de Janeiro Hans Donner 9h às 10h30 American Business Center 10 - Café da manhã O papel da Petrobras no fortalecimento da cidadania Luiz Fernando Nery 9h às 10h30 American Business Center 12 - Workshop Comitê de Turismo A adequação dos voos nacionais nos aeroportos do Rio de Janeiro 9h às 12h American Business Center 13 - Café da manhã Comitê de Meio Ambiente INEA - a reestruturação dos órgãos ambientais estaduais 12h30 às 14h30 Clube Comercial - ACRJ EVENTOS DE MARÇO 31 - Seminário Competitividade e ética nas organizações Laura Nash 9h às 10h30 Auditório - Firjan JANEIRO-FEVEREIRO/2009 FEVEREIRO/2008 BRAZILIAN BUSINESS 9

10 entrevista EDUARDO NAKAO Resseguros: o Brasil em uma nova fase Paulista e nissei, o economista Eduardo Hitiro Nakao é funcionário de carreira do Banco Central. Comandou a mesa de mercado aberto do BC na época do open market, no biênio 2001/2002. Em seguida, foi diretor presidente do BB DTVM. Em 2005, chegou ao IRB-Brasil Re como diretor financeiro, assumindo a presidência em abril de 2006 período em que as discussões sobre a abertura do mercado brasileiro de resseguros estavam em alta. Eduardo Nakao conta, nesta entrevista à editora da Brazilian Business, Ana Redig, o que pensa do mercado brasileiro de resseguros, como a crise financeira internacional afeta o setor e quais são os próximos planos da empresa, que completa 70 anos em abril. Divulgação 10 BRAZILIAN BUSINESS JANEIRO-FEVEREIRO/2009

11 Tendo em vista a emergência dos efeitos da crise financeira internacional, o comportamento defensivo e seletivo dos resseguradores instalados no país fica confirmado Em abril faz um ano que o mercado de resseguros brasileiro foi aberto. Como o senhor avalia este período? Na realidade, desde a edição da Lei Complementar 126, de , o mercado de resseguros está aberto. Antes de janeiro de 2007, o próprio IRB-Brasil Re já autorizara a colocação direta de riscos no exterior, sempre que a sua assunção fosse contraindicada tecnicamente e a legislação facultasse. Nessas condições, sob a ótica do IRB- Brasil Re, a abertura do mercado de resseguros deixou de ser considerada uma situação inédita e, antes de tudo, refletiu inicialmente um período de ajustamento para a aceitação apenas de parte do resseguro e não da íntegra, como fazia parte da história. Refletiu também a transferência de riscos para um painel de resseguradores limitado a aqueles cadastrados; e, por fim, a possibilidade de assumir ou não toda a operação de intermediação do resseguro. O senhor poderia fazer um perfil do mercado ressegurador brasileiro atualmente? Neste momento, com base na história do IRB-Brasil Re, os resseguradores cadastrados devem realizar operações de resseguro sob condições conservadoras. Tendo em vista a emergência dos efeitos da crise financeira internacional, que reduz a capacidade de absorção de riscos dos resseguradores com atuação no mercado externo, o comportamento defensivo e seletivo dos resseguradores instalados no país fica confirmado. Os segurados, portanto, também devem demandar por políticas de segurança para que não sofram aumento nos prêmios a serem pagos nem sejam destinatários de cláusulas de seguro muito severas. O senhor considera que os brokers que atuam no país são bem preparados? Sim. A maior parte das corretoras de resseguros cadastradas está vinculada a grupos econômicos internacionais, com atuação em diversos países com tradição no mercado de resseguro que sempre trabalharam com o IRB-Brasil Re. Portanto, são detentoras de experiência na colocação de riscos, desde a sua subscrição até a identificação do melhor painel de resseguradores com capacidade. Como o mercado brasileiro está convivendo com os novos players internacionais? As seguradoras, em nome de seus clientes segurados, procuram melhores termos e condições de resseguro, principalmente na redução de custos de colocação dos riscos. Como a operação de resseguro, no entanto, detém as características de uma commodity, os custos de colocação de risco ou prêmios estabelecidos pelos resseguradores apresentam diferença insignificante e, se assim não for, devem ser confrontados sempre com as condições de cobertura e franquias decorrentes do clausulado negociado. O que ocorre com o mercado brasileiro em um momento de crise como este? Expansão ou retração? Por quê? Ocorre uma pequena retração. A duração da fragilidade da economia de cada país é diretamente proporcional à importância do sistema financeiro, no sentido lato, em sua renda nacional. O impacto sobre a economia brasileira, portanto, está sendo menor se confrontado com aquele incidente sobre os demais países. Não resta dúvida que o Brasil passa por uma diminuição no ritmo dos investimentos privados. O resultado líquido do confronto entre a redução da capacidade de absorção dos riscos excedentes do país e a menor solicitação por resseguro é uma elevação dos prêmios, pela sua característica de commodity. A situação externa, definida JANEIRO-FEVEREIRO/2009 BRAZILIAN BUSINESS 11

12 entrevista O pólo internacional de resseguros será uma conquista importante para o fortalecimento do mercado ressegurador brasileiro na recessão por que passam algumas economias consideradas desenvolvidas e no aumento do grau de incerteza no produto dos investimentos, deve prevalecer na fixação dos prêmios de resseguro, dentre outras variáveis. Como está a proposta de transformar o estado do Rio de Janeiro em um pólo internacional de resseguros? O assunto está sendo discutido pelas autoridades competentes. O pólo internacional de resseguros será uma conquista importante para o fortalecimento do mercado ressegurador brasileiro e, independente da localização, o IRB-Brasil Re estará presente com sua força e tradição. O IRB-Brasil Re faz 70 anos em abril. O que essa marca significa? Estamos muito satisfeitos. Sem nunca recorrer a qualquer auxílio financeiro do Tesouro Nacional, os empregados do IRB-Brasil Re têm e em meu entendimento estão corretos orgulho do patrimônio acumulado. A evolução da indústria nacional de seguros evidencia a importância do IRB-Brasil Re na construção de um mercado forte e preparado para a entrada no ambiente concorrencial. Por último, a observação dos resultados, nos dez últimos exercícios, demonstra que há muito houve retorno integral aos investimentos realizados pelos acionistas e renova a nossa expectativa, inclusive, em relação aos desafios dos próximos 70 anos. Quais são os projetos para os próximos anos? O IRB-Brasil Re deseja se manter como empresa competitiva, respaldada no acúmulo de sua experiência. Diante de resseguradores de grupos econômicos internacionais, com capitalização expressiva e atuação em diversos países, a realização de parceria estratégica, com ou sem participação acionária, não é uma meta a ser descartada, em particular neste período em que o banco de dados das operações de resseguros e o relacionamento tradicional com as seguradoras e os grandes segurados têm um valor econômico maior. BB 12 BRAZILIAN BUSINESS JANEIRO-FEVEREIRO/2009

13 VEIRANO ADVOGADOS Consultoria Jurídica nas Áreas de: Administrativo l Aeronáutico l Antitruste e Concorrência l Ambiental l Arbitragem e Mediação l Bancário e Financeiro Comércio Exterior l Consumidor l Contencioso l Contratos l Energia Elétrica l Entretenimento l Fusões e Aquisições Imigração Empresarial l Imobiliário l Infra-estrutura l Mercado de Capitais l Mineração l Naval l Petróleo e Gás Propriedade Intelectual l Recuperação de Créditos e de Empresas l Seguro e Resseguro l Societário l Tecnologia da Informação l Telecomunicações l Trabalhista e Previdenciário l Tributário e Aduaneiro Business Law Consultancy in the Areas of: Administrative Law l Antitrust and Competition Law l Arbitration and Mediation l Aviation Law l Banking and Finance Capital Markets l Consumer Law l Contracts l Corporate l Corporate Immigration l Credit Recovery & Corporate Reorganization l Energy l Entertainment l Environmental l Information Technology l Infrastructure l Insurance & Reinsurance l Intellectual Property l International Trade l Labor and Social Security l Litigation l Mergers & Acquisitions Mining l Oil & Gas l Real Estate Law l Shipping l Taxation and Customs l Telecommunications RIO DE JANEIRO SÃO PAULO PORTO ALEGRE BRASÍLIA RIBEIRÃO PRETO

14 from the usa Obama e as novas oportunidades para parcerias nas Américas Clifford Sobel C om a posse de Barack Obama, 44º presidente dos Estados Unidos da América, devemos considerar as extraordinárias oportunidades que nossas nações têm de construir parcerias mais profundas e duradouras. Este é o começo de uma nova era de cooperação regional. Como disse o presidente Obama: hoje começamos para valer o trabalho de assegurar que o mundo que deixaremos para nossos filhos seja um pouco melhor do que o que habitamos hoje. 14 BRAZILIAN BUSINESS JANEIRO-FEVEREIRO/2009

15 Precisamos ter em mente que nossos destinos como povos das Américas são inseparáveis. Se os Estados Unidos e o Brasil concordarem em liderar, certamente os outros seguirão Os Estados Unidos compartilham um hemisfério com muitas nações que adotaram uma visão partilhada para seus povos. Uma visão que permite aos cidadãos a liberdade de moldar seu destino político e buscar oportunidades econômicas ilimitadas. Compartilhamos desafios que são transnacionais, que não conhecem fronteiras, e temos a responsabilidade de enfrentá-los com nossos parceiros. Isso exige uma liderança regional capaz de inspirar, energizar e mobilizar os povos das Américas. Os dois meses após a eleição presidencial americana oferecem novas evidências dos desafios que temos à frente não apenas em nossa região, mas também no mundo: um novo conflito em Gaza; a crise financeira; atentados terroristas em Mumbai; cólera na África Austral; relatórios do rápido derretimento de geleiras; e até mesmo o ressurgimento da pirataria. Tudo isso, além das questões que enfrentamos regionalmente e que afetam nosso cotidiano: crime organizado, gangues, drogas, desastres naturais, imigração, bem como questões de saúde pública e de prosperidade econômica. Estamos em uma encruzilhada. Não há nenhum país com os recursos ou o capital intelectual para tratar sozinho das questões que afetam nossas sociedades. Nenhum país tem monopólio sobre a sabedoria. Juntas, as nações devem se valer das extraordinárias oportunidades para transformar nossa comunidade global no século 21. Juntos, devemos liderar, construindo e fortalecendo as parcerias e alianças necessárias para vencermos nossos desafios comuns. Que países estão mais estreitamente afinados para trabalhar em parceria e liderar os esforços do que a dupla EUA- Brasil? São democracias vibrantes, economias de mercado aberto e sociedades diversas, arraigadas em tradições européias, latinas e africanas, convivendo lado a lado. Os presidentes Lula e Bush trabalharam em estreita cooperação para estabelecer uma parceria baseada na amizade, no respeito mútuo e nos interesses comuns dos nossos cidadãos. Devemos fortalecer essa parceria. O presidente Obama está preparado para fazê-lo. Sua eleição foi um divisor de águas que trouxe esperança não somente aos americanos, mas também aos brasileiros. O presidente Obama reconhece que os Estados Unidos devem continuar a ser uma força positiva no hemisfério. O presidente Lula também reconhece que o Brasil é uma força positiva para as Américas. Durante a campanha eleitoral, Obama ressaltou que o que é bom para os povos das Américas é bom para os Estados Unidos. Ele observou que devemos mensurar o sucesso não apenas com base nos acordos entre os governos, mas também com base na esperança das crianças das favelas do Rio, e nos sonhos que temos para elas. Em todo o nosso hemisfério temos oportunidades para melhorar a cooperação e alcançar objetivos compartilhados nas áreas econômica, de segurança e ambiental que afetam a todos. Os EUA buscam uma compreensão mais profunda e um engajamento mais amplo com nações do Caribe e das Américas Central e do Sul. A secretária de Estado, senadora Hillary Clinton, em sua sabatina de confirmação disse que estamos na expectativa de tratar de muitas questões durante a Cúpula das Américas, em abril, e de usar o chamado do presidente eleito para uma nova parceria energética das Américas, trabalhando em torno de tecnologias que já compartilhamos e de novos investimentos em energia renovável. Este é o momento de reforçar antigas parcerias e construir novas para enfrentar os desafios do século 21 terrorismo e profliferação nuclear; reforma do sistema financeiro e revitalização da economia; energias alternativas e mudanças climáticas; pobreza e doenças. O ano de 2009 deverá representar uma oportunidade de renovação do nosso sentimento de que temos objetivos comuns e cidadania compartilhada. Precisamos ter em mente que nossos destinos como povos das Américas são inseparáveis. Se os Estados Unidos e o Brasil concordarem em liderar, certamente os outros seguirão. O futuro parece promissor, e tenho muita confiança no que as duas maiores democracias do hemisfério ocidental Brasil e Estados Unidos podem conquistar. Vamos continuar a trabalhar juntos para fazer do nosso hemisfério e do mundo lugares melhores para todos vivermos. BB Embaixador dos EUA no Brasil JANEIRO-FEVEREIRO/2009 BRAZILIAN BUSINESS 15

16 brasil urgente Crise financeira? Faça mais do que cortar custos Sérgio Carvalho A boa gestão de custos é fator crítico de sucesso para organizações de todos os setores, seja industrial, serviços, comercial, financeiro, no segmento privado ou público, com e sem fins lucrativos. É vital para diversas áreas funcionais, como vendas, marketing, produção, qualidade, recursos humanos, engenharia, finanças. Sabemos que as informações de custos são úteis para preparar relatórios contábeis, formar o preço de venda e racionalizar custos. Mas, relatórios contábeis servem apenas para informar a posição econômico-financeira, e o preço de venda cada vez mais é função das forças do próprio mercado. 16 BRAZILIAN BUSINESS JANEIRO-FEVEREIRO/2009

17 A empresa equilibrada promove um ambiente melhor, pois seu pessoal se sente mais seguro, passando a criar novos produtos e processos, arriscando mais e, assim, vencendo no mercado Isto quer dizer que somente racionalizar custos torna a organização competitiva no mercado. Mas, infelizmente, alguns profissionais não percebem a lógica corporativa e imaginam que racionalizar custos significa defender o chamado capitalismo selvagem. Pelo contrário, custos controlados aumentam a poupança e o investimento, o que gera crescimento, e com ele, o emprego. Contudo, a maioria das organizações oscila entre dois extremos na gestão de seus níveis de custos. Em períodos de crescimento econômico e empresarial tendem a ser extremamente liberais com os gastos. Em períodos de queda de vendas e lucro vão para o lado oposto, implementando cortes radicais de custos. São as organizações bipolares. Esse exagerado e repetitivo expande e corta cria indisciplina e gastos desnecessários. Certamente corta custos, mas corta também lucros, participação de mercado, criatividade e motivação. É claro que há empresas que planejam adequadamente seus níveis de gastos. Elas são empresas equilibradas. Não deixam de ter oscilação de expansão e contração, de acordo com os ciclos da economia, mas num nível menor do que as empresas bipolares. As equilibradas estão sempre operando programas de racionalização de custos, por isso oscilam menos. E oscilar menos faz com que, no médio prazo, a empresa ganhe mais do que aquela que vai no ritmo montanha-russa. Além de ganhar mais financeiramente, a empresa equilibrada promove um ambiente melhor, pois seu pessoal sente-se mais seguro, passando a criar novos produtos e processos, arriscando mais e, assim, vencendo no mercado. Ou seja, a empresa que parece mais conservadora e estável com seus gastos, é, na realidade, mais consistente na agressividade comercial. A crise financeira, o declínio econômico ou mesmo a recessão não deveriam ser o momento ideal para se iniciar um programa estruturado de racionalização de custos, porque há o risco do programa nascer com o carimbo negativo de ter vindo só para promover o quase inevitável corte de pessoal que ocorre nestas situações. Mas, antes começar tarde, na crise, do que nunca dar partida no programa. Para ser implementado com sucesso, o programa precisa superar a resistência de muitos funcionários que se sentirão ameaçados. E como obter o apoio necessário? Os gestores devem demonstrar que o programa promoverá a melhoria da competitividade, sustentabilidade e, portanto, também do crescimento dos funcionários. Ou seja, o programa deverá estar associado à gestão estratégica da organização. Ninguém vai se opor à empresa cumprir com sua missão e visão estratégicas. Portanto, seja nos períodos de bonança ou nos de restrição, o planejamento estratégico da organização deverá sempre contemplar objetivos e planos de ação associados à racionalização de custos, via capacitação do pessoal e melhoria de processos. Esta é parte fundamental para maior e melhor nível de vendas, participação de mercado, retorno financeiro com liquidez e segurança. Bingo! Racionalizar custos é estratégico e traz benefícios a acionistas e funcionários. Implementar um programa estruturado de racionalização de custos é por em prática algumas destas metodologias: Perguntas dos 4 P s; Círculos de Controle da Qualidade; 5 S s; 6 Sigma; Programa de Sugestões; Orçamento Empresarial Matricial; Custeio e Gestão Baseados em Atividades; Just in Time; Kanban; Gestão da Manutenção Produtiva; e Troca Rápida de Ferramentas. A cada empresa cabe escolher as metodologias que melhor se adaptem à sua realidade. E por último, mas não menos importante, a eficácia e retorno destes programas será maior se forem apoiados por sistemas de Business Intelligence. Então, mãos à obra e xô crise financeira. BB Diretor executivo da Profit Tecnologia em Finanças JANEIRO-FEVEREIRO/2009 BRAZILIAN BUSINESS 17

18 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Projeto de nota fiscal eletrônica: conformidade e redução de custos Por Fabiano César Tafarelo Desde seu lançamento oficial no primeiro trimestre de 2008, o projeto nacional de nota fiscal eletrônica (NF-e) tem sido um grande sucesso do governo brasileiro: até janeiro de 2009, mais de 1,5 trilhões de reais trafegaram pelos sistemas de NF-e do fisco. Em setembro deste ano teremos a 4ª onda, com mais 50 setores da economia integrando este importante projeto nacional, o que totalizará, desde sua criação, aproximadamente 100 setores da economia operando com nota fiscal eletrônica. Com a nota fiscal em formato eletrônico, o fisco sabe, em tempo real, todo o volume de notas que estão circulando no país e passa a ter o controle das operações de compra e venda de mercadorias. O governo cria, assim, uma barreira natural para atuações fraudulentas, tais como: viagens de mercadorias com uma única nota ou escrituração de entradas fictícias, com notas frias, com o objetivo de creditamento falso de ICMS. Além disso, espera-se também a redução de custos administrativos com fiscalização e, de quebra, aumento na arrecadação de impostos, permitindo ao governo rever e otimizar a legislação tributária sem perda de receita. Os projetos de nota fiscal eletrônica demandam planejamento, mudança cultural, dispêndio de recursos e tempo de profissionais de diversas áreas, adaptação e testes nos sistemas de informação da empresa, integração com a Secretaria da Fazenda, saneamento de dados cadastrais, em resumo, investimento. Para o governo e para o país com um todo, os benefícios da nota fiscal eletrônica estão evidentes, mas, e para as empresas? Em época de crise global e pouco crédito disponível a implementação da nota fiscal eletrônica é uma boa opção de investimento? A resposta é sim. Além da obrigatoriedade legal para muitos setores da economia, o investimento se paga ao longo do tempo. Para a alta gestão das em- presas, a nova nota fiscal dá maior confiança e credibilidade no processo de emissão deste documento, por saber que o governo está controlando e liberando toda operação de compra e venda de mercadorias. Com isso, a concorrência tende a ser mais justa para empresas que pagam seus tributos corretamente. Além disso, espera-se uma redução nos custos administrativos com as auditorias fiscais, que serão mais focadas em divergências encontradas e pré-analisadas por profissionais do governo. Há ganhos também no processo logístico, haja visto a redução de tempo de parada de caminhões em postos fiscais de fronteira, que estarão equipados com sistemas on-line e integrados para capturar e checar os dados da Danfe (Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica). Os ganhos tangíveis e diretos também são possíveis. Com o novo formato eletrônico da nota fiscal, as empresas terão ganhos oriundos de redução de gastos com papel, gastos com impressão da nota fiscal, armazenamento físico de documentos, que hoje é obrigatório por um prazo de cinco anos, além da maior velocidade nas transações e a garantia de inviolabilidade de dados. A implantação da solução da nota fiscal eletrônica também traz benefícios à proteção ambiental, por meio da economia de impressões e, consequentemente, diminuição na utilização do papel. A nota fiscal eletrônica, além de melhorar o controle das operações, age também como uma ferramenta antifraude e, acima de tudo, como solução sustentável, valor atualmente importante às empresas. Consultor de portfólio e desenvolvimento de novos serviços e soluções da Siemens IT Solutions and Services 18 BRAZILIAN BUSINESS JANEIRO-FEVEREIRO/2009

19 2009 KPMG Auditores Independentes, the Brazilian entity and member firm of the KPMG network of independent member firms affi liated with KPMG International, a Swiss cooperative. All rights reserved. Transparência e Integridade. Transparency and integrity. Qualidade e Independência. Quality and independence. Em todo o mundo, auxiliamos as corporações a atuarem diante das constantes mudanças na economia global. We assist companies worldwide on how to face the constant changes in a global economy environment. Buscamos intensamente o fortalecimento da confiança nos mercados de capitais e em nossa profissão, realizando melhorias e mantendo nosso alto padrão de integridade. We strive to strengthen the trust in the capital markets and in our profession through a continuous implementation of improvements and maintenance of high integrity standards. Valorizamos nossos profissionais e reconhecemos sua real atuação, inclusive no que se refere à sua contribuição para um mundo sustentável. We praise our professionals and believe in meritocracy, wich also takes into consideration their actions towards a more sustainable world. No Brasil, somos aproximadamente profissionais, distribuídos em 11 Estados e Distrito Federal, atuando em 14 cidades e 16 escritórios. In Brazil, we have approximately professionals working from 16 offices in 14 cities, located in 11 States and the Federal District. kpmg.com.br

20 life style Ventos favoráveis no lazer e na profissão CHEFE DA DELEGAÇÃO BRASILEIRA DE VELA NOS JOGOS PAN-AMERICANOS EM 2007, ADVOGADO CONQUISTOU TÍTULOS NO PAÍS E NO EXTERIOR COM O IATISMO Renato Santos Modalidade olímpica que mais angariou medalhas para o Brasil, o iatismo é a grande paixão de Peter Dirk Siemsen, sócio sênior do Dannemann Siemsen, Bigler e Ipanema Moreira, escritório especializado em propriedade industrial. 20 BRAZILIAN BUSINESS JANEIRO-FEVEREIRO/2008

A locomotiva de concreto

A locomotiva de concreto A locomotiva de concreto 16 KPMG Business Magazine Construção civil supera período de estagnação, mas ainda há gargalos que podem comprometer o ritmo de investimentos A construção civil no Brasil não para

Leia mais

São Paulo. O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios. tsando@visitesaopaulo.com

São Paulo. O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios. tsando@visitesaopaulo.com São Paulo O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios São Paulo Convention & Visitors Bureau Fundação 25 de Janeiro Entidade estadual, mantida pela iniciativa privada. Captação e apoio

Leia mais

A decolagem do turismo

A decolagem do turismo A decolagem do turismo OBrasil sempre foi considerado detentor de um enorme potencial turístico. Em 1994, no entanto, o país recebeu menos de 2 milhões de turistas internacionais, um contingente que, na

Leia mais

Quem somos. 60 sócios. 22 anos de atuação. 328 administração. 365 associados e estagiários. Escritório em Números

Quem somos. 60 sócios. 22 anos de atuação. 328 administração. 365 associados e estagiários. Escritório em Números Quem somos O Mattos Filho é um dos escritórios líderes no mercado brasileiro, com destacada atuação na área empresarial e reconhecido pela qualidade de seus serviços em diversas práticas jurídicas. Nossa

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

As lições de Vancouver

As lições de Vancouver As lições de Vancouver O sucesso das Olimpíadas de Inverno realizadas na cidade canadense ensina diversas lições sobre como organizar eventos desse porte Com a proximidade das duas grandes competições

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

Room Tax/Doação para o Turismo ganha mascote Ação do CCVB pretende sensibilizar hóspedes e funcionários de hotéis

Room Tax/Doação para o Turismo ganha mascote Ação do CCVB pretende sensibilizar hóspedes e funcionários de hotéis 9 de maio de 2014 Room Tax/Doação para o Turismo ganha mascote Ação do CCVB pretende sensibilizar hóspedes e funcionários de hotéis Como a Room Tax/Doação para o Turismo é uma contribuição nacional, o

Leia mais

Agosto. São Paulo Brasil. connectedsmartcities.com.br

Agosto. São Paulo Brasil. connectedsmartcities.com.br 03 a 05 Agosto 2015 São Paulo Brasil connectedsmartcities.com.br Por que Connected Smart Cities? As grandes e modernas cidades são, talvez, as mais importantes realizações do homem, por serem responsáveis,

Leia mais

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país.

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país. Fonte: http://www.portaldaindustria.org.br 25/02/2015 PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO NACIONAL (CDN) DO SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE), NA SOLENIDADE

Leia mais

Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável

Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável Quem Somos Somos uma sociedade de advogados dedicada à assistência e orientação jurídica as empresas nacionais e estrangeiras.

Leia mais

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel.

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. Press Release Date 1º de outubro de 2013 Contato Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508 Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. (11) 3674-3760 Pages

Leia mais

Gerenciar risco, eis a paixão de

Gerenciar risco, eis a paixão de Gerenciar risco, eis a paixão de Jorge Luzzi Jorge Luzzi GERENCIADOR DE RISCOS, DA HERCO GLOBAL, DO GRUPO MDS Jorge Luzzi, considerado um dos maiores experts em gerenciamento de riscos, foi fisgado pela

Leia mais

Fortaleza, 4 de novembro de 2013.

Fortaleza, 4 de novembro de 2013. Fortaleza, 4 de novembro de 2013. Discurso do Ministro Alexandre Tombini, Presidente do Banco Central do Brasil, no V Fórum Banco Central sobre Inclusão Financeira Senhoras e senhores, boa tarde a todos.

Leia mais

Presidente da Terra Brasis faz críticas às mudanças na regulamentação do resseguro

Presidente da Terra Brasis faz críticas às mudanças na regulamentação do resseguro Presidente da Terra Brasis faz críticas às mudanças na regulamentação do resseguro Por Paulo Botti, presidente da Terra Brasis, resseguradora local Nascido em 2008 após árduo trabalho e amplo diálogo entre

Leia mais

X X. Com portas abertas, Djazil recebe familiares. Uma história que se firmou com comprometimento e confiança PÁG 2

X X. Com portas abertas, Djazil recebe familiares. Uma história que se firmou com comprometimento e confiança PÁG 2 X X X Informativo Djazil Nº133 Ano XIII Maio/Junho 2011 Com portas abertas, Djazil recebe familiares A oportunidade levou familiares dos colaboradores até a empresa para uma manhã de sábado diferente.

Leia mais

CLIPPING EVENTO DO DIA 30/03 POSSE AMCHAM RIO

CLIPPING EVENTO DO DIA 30/03 POSSE AMCHAM RIO CLIPPING EVENTO DO DIA 30/03 POSSE AMCHAM RIO 29 de março de 2012 Executivo da SulAmérica fará parte da nova diretoria da Amcham Rio O diretor regional de Vendas da SulAmérica Seguros, Previdência e Investimentos,

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

FACIM Feira Internacional de Maputo

FACIM Feira Internacional de Maputo FACIM Feira Internacional de Maputo 50ª Edição 25 a 31 de Agosto de 2014 1. Sobre a FACIM Feira Internacional de Maputo A FACIM é uma feira multisetorial com periodicidade anual, e constitui o maior evento

Leia mais

II Congresso do FDJUR Estratégia para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia: A necessidade da visão empresarial São Paulo, 27 de

II Congresso do FDJUR Estratégia para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia: A necessidade da visão empresarial São Paulo, 27 de II Congresso do FDJUR Estratégia para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia: A necessidade da visão empresarial São Paulo, 27 de setembro de 2012 CARLOS FERNANDO SIQUEIRA CASTRO BREVE APRESENTAÇÃO

Leia mais

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP Soluções integradas para a Indústria do turismo empresarial THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP A equipa da XYM Hospitality e os seus parceiros possuem vastos conhecimentos sobre a

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 36 Discurso por ocasião do jantar

Leia mais

entrevista Felipe Cavalcante, Presidente da ADIT Brasil

entrevista Felipe Cavalcante, Presidente da ADIT Brasil entrevista Felipe Cavalcante, Presidente da ADIT Brasil 10 Brasil-Portugal no Ceará ABRINDO PORTAS PARA O BRASIL PRESIDENTE DA ADIT BRASIL, FELIPE CAVALCANTE DESTACA O ATUAL PANORAMA DOS INVESTIMENTOS

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio

Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio Our partner to Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio 120+ where our Audit, Tax and and Advisory professional work together $4.2bn revenues 2012 2015 Grant Thornton Brazil Ltd. All rights

Leia mais

Você se lembra por que se envolveu com viagens?

Você se lembra por que se envolveu com viagens? Fique à frente. Você se lembra por que se envolveu com viagens? Nós também. Sabemos que viajar é muito mais do que ir do ponto A para o ponto B. Trata-se de conhecer outras culturas, criar relacionamentos

Leia mais

EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL

EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL 14 REVISTA RI Abril 2015 É sabido que 2015 vai ser um ano difícil diante de uma economia com perspectiva de recessão. No

Leia mais

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho IBMEC Jr. Consultoria A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho O mercado de trabalho que nos espera não é o mesmo dos nossos pais... ... ele mudou! As mudanças Certeza Incerteza Real Virtual

Leia mais

EXPOSIÇÃO DIDÁTICA SOBRE A ABERTURA DO MERCADO DE RESSEGUROS NO BRASIL

EXPOSIÇÃO DIDÁTICA SOBRE A ABERTURA DO MERCADO DE RESSEGUROS NO BRASIL RELATÓRIOS DE PESQUISA EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO v.13, Série B. n.1, p. 1-7 EXPOSIÇÃO DIDÁTICA SOBRE A ABERTURA DO MERCADO DE RESSEGUROS NO BRASIL Deborah Tinoco Ribeiro deborahtinoco@yahoo.com.br Marcus

Leia mais

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial.

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. visão, missão e valores corporativos visão Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma Organização empresarial focada em siderurgia, com a missão de satisfazer

Leia mais

Como driblar a crise. e obter sucesso no Gerenciamento de Projetos

Como driblar a crise. e obter sucesso no Gerenciamento de Projetos Como driblar a crise e obter sucesso no Gerenciamento de Projetos COMO DRIBLAR A CRISE E OBTER SUCESSO NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS Índice Introdução 03 A crise 04 Conclusão 22 Sobre a Projectlab 24 8

Leia mais

46 KPMG Business Magazine. Siscoserv inspira cuidados

46 KPMG Business Magazine. Siscoserv inspira cuidados 46 KPMG Business Magazine Siscoserv inspira cuidados Novo sistema eletrônico demanda dados até então não sistematizados pelas empresas, elevando os riscos ao compliance da norma Em meio a um emaranhado

Leia mais

Centro Cultural e de Exposições de Maceió

Centro Cultural e de Exposições de Maceió Centro Cultural e de Exposições de Maceió Descrição Administrar, explorar comercialmente e desenvolver eventos culturais, de lazer e de negócios no Centro Cultural e de Exposições de Maceió, localizado

Leia mais

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundamentos da Vantagem Estratégica ou competitiva Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam

Leia mais

LATIN LAWYER 2 ND REGIONAL PROJECT FINANCE SUMMIT ANALISA AS NOVIDADES NOS FINANCIAMENTOS ESTRUTURADOS

LATIN LAWYER 2 ND REGIONAL PROJECT FINANCE SUMMIT ANALISA AS NOVIDADES NOS FINANCIAMENTOS ESTRUTURADOS Dezembro, 2014 NEWS 1. ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO DE EMPRESAS É DEBATIDA POR SÓCIOS DO SOUZA CESCON EM EVENTO PROMOVIDO PELA AMCHAM EM NOVA IORQUE 2. LATIN LAWYER 2 ND REGIONAL PROJECT FINANCE SUMMIT ANALISA

Leia mais

AMÉRICA LATINA INTRODUÇÃO

AMÉRICA LATINA INTRODUÇÃO ANDREA NACCACHE NÚCLEO DE CRIAÇÃO INTRODUÇÃO AMÉRICA LATINA Uma rede de profissionais especializada em processos criativos e de inovação, que trabalha com algumas das mais importantes marcas do planeta,

Leia mais

claro que o emprego existe enquanto houver trabalho para cada empregado.

claro que o emprego existe enquanto houver trabalho para cada empregado. Automotivação Antes de abordarmos a importância da motivação dentro do universo corporativo, vale a pena iniciarmos esta série de artigos com uma definição sobre esta palavra tão em voga nos dias atuais.

Leia mais

fazem bem e dão lucro

fazem bem e dão lucro Melhores práticas de fazem bem e dão lucro Banco Real dá exemplo na área ambiental e ganha reconhecimento internacional Reunidos em Londres, em junho deste ano, economistas e jornalistas especializados

Leia mais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Fonte: O Globo Data: 16/09/2015 Seção: Economia Versão: Impresso (página 25) e Online Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Retomada de cobrança

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC - CCI

CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC - CCI CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC - CCI SINÔNIMO DE EXCELÊNCIA EM GOVERNANÇA CORPORATIVA O PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC IRÁ APRIMORAR E CONFERIR MAIOR EFICÁCIA À ATIVIDADE PROFISSIONAL

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Prezado Cooperado, Em 2012 a economia brasileira apresentou forte desaceleração, tendo uma das mais baixas taxas de crescimento da América Latina, inferior até as pessimistas

Leia mais

Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS

Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS Apresentação O Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS ocorrerá nos dias 13, 14 e 15 de outubro de

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS PLANEJAMENTO PARA ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA 1º SEMESTRE DE 2016 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

Assessoria Consultoria Treinamento F I N A N C E I R A - E M P R E S A R I A L

Assessoria Consultoria Treinamento F I N A N C E I R A - E M P R E S A R I A L Assessoria Consultoria Treinamento F I N A N C E I R A - E M P R E S A R I A L Quem somos Bem vindo à Nord. Formada por profissionais oriundos do mercado financeiro, com formações multidisciplinares e

Leia mais

A importância de um plano de aposentadoria complementar

A importância de um plano de aposentadoria complementar INFORMATIVO É a melhor maneira de planejar a sua aposentadoria; Poupança com 100% de rentabilidade - Parte Patrocinadora; Rentabilidade totalmente revertida ao participante Datusprev sem fins lucrativos;

Leia mais

ALMEIDA ADVOGADOS DIREITO CORPORATIVO D IREITO CORPORATIVO. Experiência, Comprometimento, Capilaridade e Entendimento BRASIL SÃO PAULO RIO DE JANEIRO

ALMEIDA ADVOGADOS DIREITO CORPORATIVO D IREITO CORPORATIVO. Experiência, Comprometimento, Capilaridade e Entendimento BRASIL SÃO PAULO RIO DE JANEIRO SÃO PAULO RIO DE JANEIRO BRASÍLIA BELO HORIZONTE Experiência, Comprometimento, Capilaridade e Entendimento DIREITO CORPORATIVO EXPERIÊNCIA Ano após ano, o Almeida Advogados cresce em segmentos e especialidades

Leia mais

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL Maio de 2009 NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL GRUPO FITTA CÂMBIO E TURISMO Segmento: Câmbio e Turismo Desde 1999, o Grupo Fitta oferece os mais completos produtos de câmbio no Brasil: cartões bandeira

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

Porque é que o Turismo. é essencial para a Economia Portuguesa?

Porque é que o Turismo. é essencial para a Economia Portuguesa? Porque é que o Turismo é essencial para a Economia Portuguesa? 14 milhões de hóspedes Vindos do Reino Unido, Alemanha, Espanha, França, Brasil, EUA Num leque de países que alarga ano após ano. 9,2 % do

Leia mais

2 Histórico de fusões e aquisições e conceitos.

2 Histórico de fusões e aquisições e conceitos. 2 Histórico de fusões e aquisições e conceitos. 2.1. Fusões e aquisições globais Com a globalização e a necessidade de escalas cada vez maiores de operação, as grandes empresas ultrapassaram fronteiras

Leia mais

PROGRAMAS E PROJETOS DE COOPERAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE PROGRAMAS E PROJETOS DE COOPERAÇÃO COOPE. www.ucp.fazenda.gov.br

PROGRAMAS E PROJETOS DE COOPERAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE PROGRAMAS E PROJETOS DE COOPERAÇÃO COOPE. www.ucp.fazenda.gov.br COORDENAÇÃO-GERAL DE PROGRAMAS E PROJETOS DE COOPERAÇÃO COOPE www.ucp.fazenda.gov.br PROGRAMAS EM ANDAMENTO Programa Nacional de Apoio à Gestão Administrativa e Fiscal dos Municípios Brasileiros - PNAFM

Leia mais

PRIMELINE DESAFIOS, CONQUISTAS E SONHOS

PRIMELINE DESAFIOS, CONQUISTAS E SONHOS PRIMELINE DEZEMBRO/2015 EDIÇÃO 61 DESAFIOS, CONQUISTAS E SONHOS Mais que um período para balanços e avaliações, o fim do ano é uma oportunidade que a vida nos oferece para avançar e acreditar na renovação.

Leia mais

REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos!

REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos! REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos! 2013 é um ano significativo para o Instituto Embraer: estamos comemorando 10 anos do Programa Parceria Social! Ao longo desses anos o Instituto Embraer pôde,

Leia mais

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Nota de Imprensa Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Presidente mundial do Banco Santander apresenta em São Paulo o Plano Estratégico 2008-2010 para o A integração

Leia mais

Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA

Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA O papel das Micro e Pequenas Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA PROF. LÍVIO GIOSA Especialista em modelos de Gestão Empresarial Presidente do CENAM: Centro Nacional de Modernização

Leia mais

PACOTE DE ACELERAÇÃO BRASIL

PACOTE DE ACELERAÇÃO BRASIL PACOTE DE ACELERAÇÃO BRASIL Entendemos que, quando você entrar no complexo ambiente legal e tributário brasileiro, você precisa de um suporte confiável e do conselho dos melhores especialistas em cada

Leia mais

Apaixonado. Pessoal. Serviço.

Apaixonado. Pessoal. Serviço. Apaixonado. Pessoal. Serviço. sobre nós Privileged (Privilegiado) é um serviço de gestão global padrão luxo que oferece uma linha de serviços padronizados, 24 horas por dia, 365 dias por ano, ou seja,

Leia mais

SOMOS UM FIQUE DE OLHO NA PRÓXIMA EDIÇÃO. Unidade de Negócios Centro Norte (SP) realiza apresentação na Funenseg

SOMOS UM FIQUE DE OLHO NA PRÓXIMA EDIÇÃO. Unidade de Negócios Centro Norte (SP) realiza apresentação na Funenseg Assessoria de Comunicação Lojacorr S.A. 7ª Edição, Ano 2014. Comunicação Interna Ana Clara Baptistella Assessoria de Imprensa Prisma Comunicação Diagramação Rafael Martins Email: comunicacao@lojacorr.com.br

Leia mais

Gestão de Pessoas. Formação, desenvolvimento e qualificação de profissionais na PricewaterhouseCoopers* *connectedthinking

Gestão de Pessoas. Formação, desenvolvimento e qualificação de profissionais na PricewaterhouseCoopers* *connectedthinking Gestão de Pessoas Formação, desenvolvimento e qualificação de profissionais na * *connectedthinking Gestão de Pessoas Quem somos e o que fazemos Slide 2 Gestão de Pessoas Presença no Mundo Mais de 140.000

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR PROGRAMA DE MUNICIPALIZAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR É com satisfação que a Fundação Procon/SP apresenta o novo Programa de Municipalização que tem como objetivo fortalecer o Sistema Estadual

Leia mais

Discurso Presidente do Banco Central do Brasil Alexandre Tombini

Discurso Presidente do Banco Central do Brasil Alexandre Tombini Discurso Presidente do Banco Central do Brasil Alexandre Tombini Boa tarde. É com satisfação que estamos aqui hoje para anunciar o lançamento das novas cédulas de 10 e 20 reais, dando sequência ao projeto

Leia mais

GUIA INVESTIDOR HOTELEIRO

GUIA INVESTIDOR HOTELEIRO GUIA DO INVESTIDOR HOTELEIRO 15 A Operadora Proposta Tem capacidade de captação em nível internacional e possui canais de distribuição adequados ao mundo globalizado? Tem capacidade empresarial/diferencial

Leia mais

Projeções dos Impactos Econômicos da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos no Brasil. Marcelo Weishaupt Proni Unicamp

Projeções dos Impactos Econômicos da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos no Brasil. Marcelo Weishaupt Proni Unicamp Projeções dos Impactos Econômicos da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos no Brasil Marcelo Weishaupt Proni Unicamp A discussão sobre os megaeventos ainda é feita com base em informações precárias Sem dúvida,

Leia mais

Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar

Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar Sumário Prefácio: Os hospitais não são essenciais Introdução: O sistema hospitalar mudou, mas continua o mesmo! Imagem pública

Leia mais

PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA

PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA Prestação de Serviço de Configuração de Portal de Cidade VISÃO GERAL PESM Projeto Eu Sou de Minas tem a satisfação de enviar esta proposta de serviços

Leia mais

A Empresa. Missão. Visão. Valores

A Empresa. Missão. Visão. Valores A Empresa Com um know-how de 10 anos de excelência em Treinamento Transcultural e Linguístico, a CTL tem se especializado em Comunicação Corporativa e Relações Internacionais e oferece uma variedade de

Leia mais

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS SALVADOR 2012 1 CONTEXTUALIZAÇÃO Em 1999, a UNIJORGE iniciou suas atividades na cidade de Salvador, com a denominação de Faculdades Diplomata. O contexto

Leia mais

OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006

OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006 OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006 Apresentação Nossa história Objetivos, Atribuições e Compromisso Nosso Método de Trabalho Manifestações dos Usuários 1. Quantidade 2. Tipos 3. Percentual

Leia mais

O Desenvolvimento Hoteleiro no Interior do Brasil

O Desenvolvimento Hoteleiro no Interior do Brasil O Desenvolvimento Hoteleiro no Interior do Brasil Panorama e Oportunidades Apresentado por O Desenvolvimento Hoteleiro No Interior do Brasil A economia brasileira, caracterizada pelos setores de agricultura,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS.

CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS. CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS. CHAMADA PÚBLICA 2016 A Política de Responsabilidade Social da AngloGold Ashanti define como um de seus princípios que a presença de nossa

Leia mais

ROSANA DALLA COSTA FÉLIX MEDIA TRAINING DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL - TREINAMENTO PARA GESTORES RELATÓRIO TÉCNICO

ROSANA DALLA COSTA FÉLIX MEDIA TRAINING DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL - TREINAMENTO PARA GESTORES RELATÓRIO TÉCNICO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GOVERNANÇA PÚBLICA ROSANA DALLA COSTA FÉLIX MEDIA TRAINING DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL - TREINAMENTO PARA GESTORES

Leia mais

Terça-feira, 27.07.10

Terça-feira, 27.07.10 Terça-feira, 27.07.10 Pensamento do dia: A felicidade consiste em preparar o futuro, pensando no presente e esquecendo o passado, se foi triste. John Ruskin A dúvida é: Incluso ou inclusas seguem as notas

Leia mais

Gestão orçamentária na Construção Civil

Gestão orçamentária na Construção Civil Um retrato dos desafios, práticas e resultados do planejamento orçamentário Maio, 2014 Agenda Metodologia e amostra Desafios e cultura da organização na gestão orçamentária Processos e riscos do planejamento

Leia mais

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 1 Senhores Associados: RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 Temos a satisfação de apresentar o Relatório da Gestão e as Demonstrações Contábeis da CREDICOAMO Crédito Rural Cooperativa, relativas às atividades desenvolvidas

Leia mais

FALANDO PARA O MUNDO. www.espm.br/centraldecases

FALANDO PARA O MUNDO. www.espm.br/centraldecases FALANDO PARA O MUNDO www.espm.br/centraldecases FALANDO PARA O MUNDO Preparado pelo Prof. Marcus S. Piaskowy. Este caso foi escrito inteiramente a partir de informações cedidas pela empresa e outras fontes

Leia mais

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE 1. INTRODUÇÃO A contabilidade foi aos poucos se transformando em um importante instrumento para se manter um controle sobre o patrimônio da empresa e prestar contas e informações sobre gastos e lucros

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Sindicato das Secretárias e Secretários do Estado do Rio Grande do Sul SISERGS Unindo você a todos os Secretários do RS! SISERGS BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Dia 06 de novembro ocorreu o penúltimo treinamento

Leia mais

SAP Customer Success Story Turismo Hotel Urbano. Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One

SAP Customer Success Story Turismo Hotel Urbano. Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One Geral Executiva Nome da Hotel Urbano Indústria Turismo Produtos e Serviços Comercialização online de pacotes

Leia mais

menu No dia 17/12/1953, em Uberlândia (MG), é inaugurado o Armazém de Secos e Molhados Borges Martins, a primeira empresa Martins.

menu No dia 17/12/1953, em Uberlândia (MG), é inaugurado o Armazém de Secos e Molhados Borges Martins, a primeira empresa Martins. Versão Completa No dia 17/12/1953, em Uberlândia (MG), é inaugurado o Armazém de Secos e Molhados Borges Martins, a primeira empresa Martins. Borges Martins começa a atuar no Planalto Central. Os excedentes

Leia mais

17 de setembro de 2007. SYSPHERA NO ANGELONI Análise do Projeto, Benefícios e Particularidades

17 de setembro de 2007. SYSPHERA NO ANGELONI Análise do Projeto, Benefícios e Particularidades BUSINESS CASE VAREJO 17 de setembro de 2007 A SYSPHERA é uma empresa brasileira de tecnologia que se dedica ao desenvolvimento de soluções estratégicas para clientes que buscam a melhoria contínua de sua

Leia mais

Julho, um mês festivo

Julho, um mês festivo Nutricionista Atividade física e alimentação Alimentação e exercícios físicos equilibrados são imbatíveis quando o assunto é saúde, manutenção ou redução do peso e ganho de massa muscular. Para qualquer

Leia mais

O processo de abertura comercial da China: impactos e perspectivas

O processo de abertura comercial da China: impactos e perspectivas O processo de abertura comercial da China: impactos e perspectivas Análise Economia e Comércio / Desenvolvimento Carolina Dantas Nogueira 20 de abril de 2006 O processo de abertura comercial da China:

Leia mais

De mãos dadas: RH e marketing

De mãos dadas: RH e marketing De mãos dadas: RH e marketing A união de RH e marketing é um dos melhores caminhos para a sobrevivência de uma empresa - e das próprias áreas Não é incomum, em tempos de turbulência e incertezas econômicas,

Leia mais

A revista Segue Viagem é uma publicação bimestral, um indicador de tendências em turismo. Recheada de informações úteis, sugestões de locais e

A revista Segue Viagem é uma publicação bimestral, um indicador de tendências em turismo. Recheada de informações úteis, sugestões de locais e A revista Segue Viagem é uma publicação bimestral, um indicador de tendências em turismo. Recheada de informações úteis, sugestões de locais e hospedagens no Brasil e no mundo, também revela dicas valiosas

Leia mais

O dentista que virou dono de restaurante chinês 1

O dentista que virou dono de restaurante chinês 1 O dentista que virou dono de restaurante chinês 1 O cirurgião dentista Robinson Shiba, proprietário da rede China In Box, em 1992 deixava de exercer sua profissão como dentista para inaugurar a primeira

Leia mais

Valores de Locação no Rio de Janeiro aumentarão até 2016.

Valores de Locação no Rio de Janeiro aumentarão até 2016. 1º SEMESTRE 2011 ESCRITÓRIOS A E A+ RIO DE JANEIRO MARKET REPORT DE ESCRITÓRIOS RELATÓRIO DE PESQUISA DE ESCRITÓRIOS A+ E A Valores de Locação no Rio de Janeiro aumentarão até 2016. Economia PREÇO ABSORÇÃO

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Julho 2014

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Julho 2014 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Julho 2014 O SETOR HOTELEIRO BRASILEIRO APÓS A COPA Caio Sergio Calfat Jacob - ex-presidente da LARES (Latin American Real Estate Society)

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca r f Considerei particularmente oportuno

Leia mais

SEGURANÇA E AGILIDADE EM TODAS AS SUAS ENTREGAS

SEGURANÇA E AGILIDADE EM TODAS AS SUAS ENTREGAS SEGURANÇA E AGILIDADE EM TODAS AS SUAS ENTREGAS TNT EFICIÊNCIA EM TRANSPORTES A TNT, uma das líderes mundiais em transporte expresso, possui hoje a maior rede de distribuição expressa rodoviária de toda

Leia mais

Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar

Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar AGENDA BAHIA Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar Além das reformas tributária e trabalhista, país precisa investir em infraestrutura eficaz, na redução do custo da energia

Leia mais

Expandir visões e criar novas estratégias para o seu negócio. Podemos fazer isso juntos.

Expandir visões e criar novas estratégias para o seu negócio. Podemos fazer isso juntos. Expandir visões e criar novas estratégias para o seu negócio. Podemos fazer isso juntos. Quem somos A 2DA Branding & Design é uma empresa de construção de marca. O que fazemos Transformamos ideias e negócios

Leia mais

Indústria do Esporte. Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo

Indústria do Esporte. Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo Indústria do Esporte Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo Fevereiro 2013 Com a proximidade da Copa do Mundo no Brasil, a BDO RCS fez um levantamento sobre a evolução da receita da FIFA desde a sua

Leia mais

CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA. 22 de junho de 2015

CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA. 22 de junho de 2015 CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA UMA UNIÃO EUROPEIA MAIS FORTE 22 de junho de 2015 A União Europeia deve contar com um quadro institucional estável e eficaz que lhe permita concentrar-se

Leia mais

AGENDA. Gestão Estratégia de Pessoas: A importância da gestão de pessoas nas organizações Tatiane Tiemi Shirazawa. GPTW Quem somos?

AGENDA. Gestão Estratégia de Pessoas: A importância da gestão de pessoas nas organizações Tatiane Tiemi Shirazawa. GPTW Quem somos? Gestão Estratégia de Pessoas: A importância da gestão de pessoas nas organizações Tatiane Tiemi Shirazawa 1 AGENDA 1 GPTW Quem somos? 2 Benefícios para o negócio 3 O que é uma empresa GPTW? 4 Sobre as

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL 1. O que é a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)? A Lei de Responsabilidade Fiscal é um código

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

Reflexos da evasão e da inadimplência na gestão da instituição de ensino

Reflexos da evasão e da inadimplência na gestão da instituição de ensino Reflexos da evasão e da inadimplência na gestão da instituição de ensino Sergio Roschel Diretor de Finanças as e Controladoria Instituto Metodista de Ensino Superior sergio.roschel@metodista.br 1 - Cenários

Leia mais