CONCEITOS DE CABOS COMPUTACIONAIS PROF. DR. PAULO ROBERTO SCHROEDER DE SOUZA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONCEITOS DE CABOS COMPUTACIONAIS PROF. DR. PAULO ROBERTO SCHROEDER DE SOUZA"

Transcrição

1 CONCEITOS DE CABOS COMPUTACIONAIS PROF. DR. PAULO ROBERTO SCHROEDER DE SOUZA 1

2 2

3 Uma empresa relativamente informatizada finca seus pilares sobre depósitos de dados setoriais e globais e que são manipulados pelos seus sistemas de informações corporativos e / ou restritos. 3

4 Deverá existir um conjunto de ferramentas que permita o acesso, a atualização, a consolidação e a simulação de informações para a tomada de decisões 4

5 Cabeamento De Redes Locais 5

6 Tipos de Cabos: Coaxial Par Trançado Fibra Óptica 6

7 CABO COAXIAL 7

8 Cabo Coaxial: Condutor interno, geralmente de liga de cobre usado para enviar um sinal. O sinal de retorno flui através da blindagem, a qual é separada do condutor central por um dielétrico, material de isolamento elétrico. 8

9 A blindagem do cabo coaxial oferece boas capacidades de largura de banda e imunidades de ruídos elétricos. Este tipo de cabo é avô dos meios de LAN; ele foi utilizado em algumas das primeiras redes locais. Os cabos coaxiais são encontrados em topologias de BUS (Barramento). Exixtem dois tipos de cabos coaxiais para rede Ethernet: Thinck Ethernet (10BASE5 Standart Ethernet RG213); Thin Ethernet (10BASE2 RG58). 9

10 PAR TRANÇADO 10

11 Os Cabos de Par Trançado (TP) consistem de um par de fios trançados entre si. Esses fios são trançados para minimizar a radiação e interferência elétrica. Esses fios podem ter uma blindagem para melhorar a sua qualidade de transmissão de dados. 11

12 Tanto o Par de fios Trançados Blindados (STP) quanto o Não Blindados (UTP) estão disponíveis para LAN S. Um dos fios é usado para enviar o sinal e o outro atua como retorno de sinal. Os cabos de pares trançados são os mais baratos e fáceis de instalar. 12

13 FIBRA OPTICA 13

14 Cabos de Fibra Óptica Em que consiste Os cabos de fibra óptica consistem de uma faixa de material de fibra, geralmente de vidro, dentro de uma jaqueta de proteção. Os sinais são transmitidos como pulsos de luz refletidos. Os sinais podem se propagar ao longo de grandes distâncias antes de precisarem de amplificação (fornecida pelos repetidores). 14

15 A fibra optica tem a melhor imunidade contra ruídos do que os outros cabos, é segura porque não pode ser facilmente dobrada e possui as melhores características de largura de banda. As LAN s de alta velocidade atuais usam os meios de fibra óptica. 15

16 Fibra Optica - Para seu uso! Como os Custos dos componentes finais para os cabos de fibra óptica e os equipamentos requeridos para conexão são muito mais altos do que os cabos coaxiais ou de pares trançados, os cabos de fibra óptica são mais usados para conexões de alta velocidade ou em situações que requerem cabos longos ou melhor imunidade contra a interferência elétrica. 16

17 Cabo Coaxial Cabo Par Trançado 17

18 PLACA DE REDE COM FIO PLACA DE REDE SEM FIO 18

19 19

20 Conexão crossover - invertido entre computadores ou equipamentos computador e equipamento Conexão direta 20

21 21

22 22

23 23

24 24

25 25

26 26

27 MATERIAIS PARA FAZER O CABO RJ45 CABO UTP CAT 5 TESTE DE CABO PLUG TIPO RJ 45 ALICATE DE CORTE ALICATE DE CRIMPAGEM RJ45 27

28 DIAGRAMA DE CABOS DE REDE Primeiramente vale a pena esclarecer que o método/diagramas mostrados aqui é apenas um dos métodos de criação de cabos tipo CAT5 direto ou cross-over. Existem outros padrões/diagramas que também funcionam. Bem após o aviso, antes de você se aventurar a fazer seu cabo de rede, é importante você definir que tipo de cabo precisa, e é claro, ter em mãos o material e ferramentas necessárias para a montagem. 28

29 Definindo o cabo a ser utilizado: Existem basicamente 2 tipos de conexão no cabo: direta e invertida (também chamada cross-over). Cabo direto (ou patch cable): utilizado para ligação da placa de rede ao hub Cabo invertido (ou crossover cable): utilizado para ligação entre 2 hubs (também chamado cascateamento), ou então para ligar 2 micros pela placa de rede (padrão RJ45) sem a utilização de hub. Tenha em mãos as ferramentas/materiais necessários que são: - Pedaço de cabo de rede padrão CAT 5 (4 pares de fios) - Conectores RJ45 - Alicate de Crimpagem 29

30 Diagrama de conexão dos cabos: Existem vários padrões de conexão dos cabos em uma rede, ou seja da ordem dos cabos internamente no conector. Deixando de lado a discussão de qual padrão é melhor, vamos apresentar o esquema de conexão no padrão EIA 568B. Esta é a configuração do padrão CAT 5 para cabo direto (ou patch cable) no padrão 568B: veja Tabela 1 e Figura A a seguir. 30

31 PASSOS

32 CERTO ERRADO 32

33 CRIMPANDO O CABO 33

34 Diagrama de conexão dos cabos: Existem vários padrões de conexão dos cabos em uma rede, ou seja da ordem dos cabos internamente no conector. Deixando de lado a discussão de qual padrão é melhor, vamos apresentar o esquema de conexão no padrão EIA 568B. Esta é a configuração do padrão CAT 5 para cabo direto (ou patch cable) no padrão 568B: veja Tabela 1 e Figura A abaixo. 34

35 35

36 Esta é a configuração do padrão CAT 5 para cabo invertido (ou crossover) no padrão 568B: 36

37 37

38 38

Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado. Prof. Alexandre Beletti Ferreira. Cabo Coaxial

Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado. Prof. Alexandre Beletti Ferreira. Cabo Coaxial Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado Prof. Alexandre Beletti Ferreira COMPOSTO POR: Cabo Coaxial Fio de cobre rígido que forma o núcleo Envolto por um material isolante, O isolante, por

Leia mais

Prof. Marcelo Cunha Parte 7

Prof. Marcelo Cunha Parte 7 Prof. Marcelo Cunha Parte 7 www.marcelomachado.com Cabos Elétricos Coaxiais Pares trançados Ópticos Fibras ópticas Um dos primeiros tipos de cabo a ser utilizado em redes; Características: Núcleo de cobre

Leia mais

Prof. Filipe Ornelas

Prof. Filipe Ornelas Prof. Filipe Ornelas ICCRLRI Hardware de Redes Por onde seguem os sinais nas redes? 3 Meios de Transmissão ICORLI 4 Cabulagem 0Cabos eléctricos 0 Coaxiais 0 Entrançados 5 Cabulagem - Cabo Coaxial 0 Até

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA 1. Considere a seguinte seqüência de cores utilizada para se fazer um cabo de par trançado no padrão T568A: 1 - Branco-verde 2 - Verde 3 - Branco-laranja 4 - Azul 5 - Branco-azul 6 - Laranja 7 - Branco-marrom

Leia mais

Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de São Paulo. Campus Presidente Epitácio REDES DE COMPUTADORES I (RC1A2) MEIOS DE TRASMISSÃO

Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de São Paulo. Campus Presidente Epitácio REDES DE COMPUTADORES I (RC1A2) MEIOS DE TRASMISSÃO Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de São Paulo. Campus Presidente Epitácio REDES DE COMPUTADORES I (RC1A2) MEIOS DE TRASMISSÃO Aluna: Pamela Nascimento da Silva 2º Semestre ADS Presidente Epitácio

Leia mais

Sumário: Par Trançado (UTP) 07/07/2016. Meios de Comunicação para (LAN): Fios e Cabos de Cobre; Fibras Óticas; Irradiação Eletromagnética;

Sumário: Par Trançado (UTP) 07/07/2016. Meios de Comunicação para (LAN): Fios e Cabos de Cobre; Fibras Óticas; Irradiação Eletromagnética; Sumário: Meios de Comunicação para (LAN): Fios e Cabos de Cobre; Fibras Óticas; Irradiação Eletromagnética; Técnico em Informática 4º Integrado Redes de Computadores Fabricio Alessi Steinmacher Par Trançado

Leia mais

FUNDAMENTOS DE REDES DE COMPUTADORES AULA 4: REDE DE ACESSO CAMADA FÍSICA Prof. Luiz Leão

FUNDAMENTOS DE REDES DE COMPUTADORES AULA 4: REDE DE ACESSO CAMADA FÍSICA Prof. Luiz Leão Prof. Luiz Leão Conteúdo Desta Aula SISTEMAS DE COMUNICAÇÃO CABEAMENTO DE COBRE ORGANIZAÇÕES DE PADRONIZAÇÃO 1 2 3 4 5 CAMADA FÍSICA REDES SEM FIO PRÓXIMOS PASSOS Sistema de Comunicações Tarefa de Comunicações

Leia mais

Par Trançado e Cabo Coaxial

Par Trançado e Cabo Coaxial UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL COMUNIDADE EVANGÉLICA LUTERANA SÃO PAULO Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681 de 07/12/89 DOU de 11/12/89 Campus Torres Par Trançado e Cabo Coaxial Redes 1 Vitor

Leia mais

Cabo Coaxial Fino ou 10 Base 2 também conhecido como Thin Cable ou RG58, suas características são:

Cabo Coaxial Fino ou 10 Base 2 também conhecido como Thin Cable ou RG58, suas características são: Cabo Coaxial Um Cabo coaxial é constituído de um condutor interno circundado por um condutor externo, tendo entre os condutores, um dielétrico que os separa. O condutor externo é por sua vez circundado

Leia mais

Capítulo 7 - Tecnologias Ethernet. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de Página

Capítulo 7 - Tecnologias Ethernet. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de Página Capítulo 7 - Tecnologias Ethernet 1 Tipos de Ethernet Quatro características comuns em todos os tipos de Ethernet: parâmetros de temporização, o formato de quadros, o processo de transmissão e as regras

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES. Vinícius Pádua

REDES DE COMPUTADORES. Vinícius Pádua REDES DE COMPUTADORES Introdução Necessidade Compartilhar dados em tempo hábil Constituída por vários computadores conectados através de algum meio de comunicação onde recursos são compartilhados Telecomunicação

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES. Introdução

REDES DE COMPUTADORES. Introdução REDES DE COMPUTADORES Introdução Parte 02 geovanegriesang@ifsul.edu.br www.geovanegriesang.com Ementa UNIDADE I Introdução às redes de computadores 1.1 Visão geral de protocolos, pilha de protocolos e

Leia mais

ÍNDICE CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO... 6 O QUE É UMA REDE E PARA QUE SERVE?... 7 O PORQUE DE UMA REDE... 9

ÍNDICE CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO... 6 O QUE É UMA REDE E PARA QUE SERVE?... 7 O PORQUE DE UMA REDE... 9 Redes -1- ÍNDICE CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO... 6 O QUE É UMA REDE E PARA QUE SERVE?... 7 O PORQUE DE UMA REDE... 9 CAPÍTULO 2 ARQUITETURAS... 12 MEIOS DE TRANSMISSÃO... 12 TIPOS DE TRANSMISSÃO... 14 CAPÍTULO

Leia mais

Data and Computer Network. Redes de Computadores & Comunicação de Dados. Singo

Data and Computer Network. Redes de Computadores & Comunicação de Dados. Singo Redes de Computadores & Comunicação de Dados Prof. DoutorFélix Singo A classificação de redes em categorias pode ser realizada segundo diversos critérios, alguns dos mais comuns são: Dimensão ou área geográfica

Leia mais

Meios de Transmissão de Dados. Fundamentos. Silvio Lucas. FP.AC

Meios de Transmissão de Dados. Fundamentos. Silvio Lucas. FP.AC Meios de Transmissão de Dados Fundamentos Silvio Lucas silvio.lucas@ymail.com 2009 FP.AC.010.00 Dos primórdios... Modelo de Referência TCP/IP 2 10Base2 (Cabo Coaxial Fino) 10 = 10 Mbps; Base= Banda Base;

Leia mais

MEIOS DE TRANSMISSÃO REDES E SR1 ETER-FAETEC. Rio de Janeiro - RJ ETER-FAETEC

MEIOS DE TRANSMISSÃO REDES E SR1 ETER-FAETEC. Rio de Janeiro - RJ ETER-FAETEC MEIOS DE TRANSMISSÃO REDES E SR1 Rio de Janeiro - RJ INTRODUÇÃO É a conexão física entre os nós. Pode ser através de cabos ou por ondas de rádio, como no caso do wireless. Influencia diretamente no custo

Leia mais

Prof. Marcelo Machado Cunha Parte 2

Prof. Marcelo Machado Cunha Parte 2 Prof. Marcelo Machado Cunha Parte 2 www.marcelomachado.com As redes de computadores se classificam conforme a forma de ligação entre as estações nas seguintes categorias: Linear ou Barramento Estrela Anel

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES. Introdução

REDES DE COMPUTADORES. Introdução REDES DE COMPUTADORES Introdução Parte 03 geovanegriesang@ifsul.edu.br www.geovanegriesang.com Ementa UNIDADE I Introdução às redes de computadores 1.1 Visão geral de protocolos, pilha de protocolos e

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial. E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico. Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial. E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico. Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática NAIELEM BITENCOURTE DE FREITAS MEIOS

Leia mais

MACIEL FURTADO RELATÓRIO FINAL DE PROJETO

MACIEL FURTADO RELATÓRIO FINAL DE PROJETO Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática RAQUEL MACIEL FURTADO RELATÓRIO FINAL

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DE REDES-

CLASSIFICAÇÃO DE REDES- 1 CLASSIFICAÇÃO DE REDES- MEIO DE TRANSMISSÃO Prof. Me. Hélio Esperidião CLASSIFICAÇÃO SEGUNDO O MEIO DE TRANSMISSÃO: Rede por cabo Rede de Cabo coaxial Rede de Cabo de par trançado Rede de Cabo de fibra

Leia mais

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com Meios de comunicação Protocolos de rede AULA 03 Meios de comunicação COMUTAÇÃO CIRCUITOS Necessário

Leia mais

Introdução A partir do momento em que passamos a usar mais de um micro, seja dentro de uma empresa, escritório, ou mesmo em casa, fatalmente surge a

Introdução A partir do momento em que passamos a usar mais de um micro, seja dentro de uma empresa, escritório, ou mesmo em casa, fatalmente surge a Introdução A partir do momento em que passamos a usar mais de um micro, seja dentro de uma empresa, escritório, ou mesmo em casa, fatalmente surge a necessidade de transferir arquivos e programas, assim

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. O tipo de rede é definido pela sua área de abrangência, podemos classificar as redes

Leia mais

ROTEIRO DE AULA OBJETIVO MATERIAL INTRODUÇÃO. Atividade

ROTEIRO DE AULA OBJETIVO MATERIAL INTRODUÇÃO. Atividade ROTEIRO DE AULA OBJETIVO O Objetivo desta aula prática é a aplicar dos conhecimentos teóricos desenvolvidos em sala e o exercitar a crimpagem de cabos coaxial e par-trançado. MATERIAL Alicate crimpador

Leia mais

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CONCEITO DE REDE DE COMPUTADORES PROFESSOR CARLOS MUNIZ

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CONCEITO DE REDE DE COMPUTADORES PROFESSOR CARLOS MUNIZ INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA DA CONCEITO DE REDE DE COMPUTADORES PROFESSOR CARLOS MUNIZ INTRODUÇÃO Redes de computadores são estruturas físicas (equipamentos) e lógicas (programas, protocolos) que permitem

Leia mais

Fundamentos de Redes de Computadores. Prof. Claudemir Santos Pinto

Fundamentos de Redes de Computadores. Prof. Claudemir Santos Pinto Fundamentos de Redes de Computadores MEIOS FÍSICOS DE TRANSMISSÃO Prof. Claudemir Santos Pinto profdemir@yahoo.com.br Meios Físicos de Transmissão Com cabeamento: Cabo coaxial Cabo par trançado Fibra ótica

Leia mais

Redes de comunicação. Mod 2 Redes de computadores. Professor: Rafael Henriques

Redes de comunicação. Mod 2 Redes de computadores. Professor: Rafael Henriques Redes de comunicação Mod 2 Redes de computadores 1 Professor: Rafael Henriques Apresentação 2 Professor: Rafael Henriques Introdução às redes de computadores; Tipos de rede; Diagramas de encaminhamento;

Leia mais

Redes de Computadores.

Redes de Computadores. Redes de Computadores www.profjvidal.com TOPOLOGIA DE REDES Topologia de Redes A topologia de rede descreve como é o layout de uma rede de computadores, através da qual há o tráfego de informações, e também

Leia mais

Camada Física. Exemplo: RS-232 ou EIA-232. Redes Aplicação Apresentação Sessão Transporte Rede Enlace Físico. Codificação de Sinais Digitais

Camada Física. Exemplo: RS-232 ou EIA-232. Redes Aplicação Apresentação Sessão Transporte Rede Enlace Físico. Codificação de Sinais Digitais Camada Física Redes Nível Físico Aplicação Apresentação Sessão Transporte Rede Enlace Físico Ativar, manter e desativar transmissões físicas entre duas ou mais entidades do nível de enlace Cuidar da Transferência

Leia mais

Categorias e modelos de cabos. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Categorias e modelos de cabos. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Categorias e modelos de cabos Prof. Marciano dos Santos Dionizio Cabos Par Trançado STP Os cabos STP (Shielded Twisted Pair) vão um pouco além do cabo UTP, usando uma blindagem individual para cada par

Leia mais

Redes de Computadores. Cablagem

Redes de Computadores. Cablagem Redes de Computadores Cablagem Meios físicos de transmissão guiados! Cabos coaxiais! Cabos de pares entrançados! Cabos de fibra óptica 2 Cabo coaxial Malha de cobre Condutor de cobre Revestimento externo

Leia mais

Cabos Ethernet 100BaseTX e 10BaseT: Guidelines and Specifications

Cabos Ethernet 100BaseTX e 10BaseT: Guidelines and Specifications Cabos Ethernet 100BaseTX e 10BaseT: Guidelines and Specifications Índice Introdução Prérequisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Qual o cabo necessário? Diretrizes de cabeamento de Ethernet

Leia mais

CST em Redes de Computadores

CST em Redes de Computadores CST em Redes de Computadores Dispositivos de Rede II Aula 02 Unidade II Dispositivos Básicos de Rede Prof: Jéferson Mendonça de Limas Introdução Redes LAN Dois ou mais dispositivos interligados por um

Leia mais

Redes de Computadores.

Redes de Computadores. Redes de Computadores www.profjvidal.com Cabo Par Trançado Cabo Par Trançado - Padrões de Conectorização Conectorização T568A (Straight Through) para 10BaseT e 100BaseT Cabo Par Trançado - Padrões de Conectorização

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Redes de Computadores Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com 2/16 Nível Físico Tem a função de transmitir uma seqüência de bits através de um canal e comunicação. Este nível trabalha basicamente

Leia mais

Disciplina: Dispositivos de Rede II. Professor: Jéferson Mendonça de Limas. 4º Semestre. Aula 02 Dispositivos Básicos de Rede

Disciplina: Dispositivos de Rede II. Professor: Jéferson Mendonça de Limas. 4º Semestre. Aula 02 Dispositivos Básicos de Rede Disciplina: Dispositivos de Rede II Professor: Jéferson Mendonça de Limas 4º Semestre Aula 02 Dispositivos Básicos de Rede 2014/2 Roteiro Introdução Adaptadores de Rede Reptidor Hub Bridge Introdução O

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES Professor: Renato da Costa SOLDADO PM MINAS GERAIS 1) As redes de computadores podem ser classificadas quanto ao seu tamanho. Dentre as alternativas abaixo, indique a opção que representa

Leia mais

- Curso: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Redes de Computadores Lista de Exercício I

- Curso: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Redes de Computadores Lista de Exercício I 1- Um dos componentes de um a Rede de Teleprocessamento que tem a função de compatibilizar o sinal digital de dados ao sinal analógico para uso da Rede Pública de Telefonia é: a) UNIDADE CONTROLADORA DE

Leia mais

Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos AC M4C. Instalação e configuração de redes locais

Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos AC M4C. Instalação e configuração de redes locais Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos AC M4C Instalação e configuração de redes locais A IMPORTÂNCIA DOS MEIOS FÍSICOS DE TRANSMISSÃO Numa rede de computadores

Leia mais

Rede de Computadores Modelo OSI

Rede de Computadores Modelo OSI Rede de Computadores Modelo OSI Protocolos TCP/IP Protocolos TCP X UDP CUIDADO! HTTPS IPv4 e IPv6 IPv4 IPv6 Protocolos de Email SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) POP3 (POST OFFICE PROTOCOL

Leia mais

Tipos de Meios de Transmissão TIPOS DE CABOS UTP. NOME : Jefferson Mendes dos Anjos

Tipos de Meios de Transmissão TIPOS DE CABOS UTP. NOME : Jefferson Mendes dos Anjos Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática Tipos de Meios de Transmissão TIPOS

Leia mais

Meios de transmissão

Meios de transmissão Laboratório de Redes I 1º Semestre Aula 04 Meios de transmissão Prof. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com Objetivos Identificar as características básicas do meio físico de rede de cobre, fibra ótica

Leia mais

Componentes Físicos. Jun.08. Luis Garcia

Componentes Físicos. Jun.08. Luis Garcia Componentes Físicos Jun.08 Luis Garcia 1 INTRODUÇÃO 1(2) Para montar uma rede informática são necessários vários dispositivos, que ligados entre si permitem tirar partido de todas as potencialidades das

Leia mais

Modulo 3: Componentes básicos de conectividade

Modulo 3: Componentes básicos de conectividade Modulo 3: Componentes básicos de conectividade Componentes básicos de conectividade Cabos de redes Coaxial Par trançado Fibra Ótica Comunicação sem fio (wireless) Rádio Bluetooth Microondas Infra-vermelho

Leia mais

Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos IMEI M8

Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos IMEI M8 Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos IMEI M8 A IMPORTÂNCIA DOS MEIOS FÍSICOS DE TRANSMISSÃO Numa rede de computadores é necessário existir troca de informação, estes dados

Leia mais

Simbologia de Projetos de redes. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Simbologia de Projetos de redes. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Simbologia de Projetos de redes Prof. Marciano dos Santos Dionizio Redes de Computadores Uso Doméstico Comércio Eletrônico Entretenimento Comunicação entre pessoas (bate-papo, comunicação instântanea,

Leia mais

Cabeamento Estruturado Módulo de Transmissão e Ativos de Rede. Prof. George Silva

Cabeamento Estruturado Módulo de Transmissão e Ativos de Rede. Prof. George Silva Cabeamento Estruturado Módulo de Transmissão e Ativos de Rede Prof. George Silva Objetivo Saber distinguir os componentes envolvidos na montagem de uma rede de computadores; Conseguir ter uma fundamentação

Leia mais

CCT0023 INFRAESTRUTURA DE REDES DE COMPUTADORES Aula 9: Equipamentos Rede / Topologia Hierárquica

CCT0023 INFRAESTRUTURA DE REDES DE COMPUTADORES Aula 9: Equipamentos Rede / Topologia Hierárquica CCT0023 Aula 9: Equipamentos Rede / Topologia Hierárquica Placa de rede Placa de rede Preparação dos quadros para que possam ser enviados pelos cabos. A placa de rede gera os bits de um quadro no sentido

Leia mais

CCNA 1 Meios de Comunicação. Kraemer

CCNA 1 Meios de Comunicação. Kraemer CCNA 1 Meios de Comunicação Meios de comunicação Meios de cobres Meios ópticos Meios sem fio Meios de cobre Meios de cobre fecham circuitos para que a corrente elétrica flua de um lado ao outro Meios de

Leia mais

Experiência 01: CONECTORIZAÇÃO DO CABEAMENTO METÁLICO

Experiência 01: CONECTORIZAÇÃO DO CABEAMENTO METÁLICO ( ) Prova ( ) Prova Semestral ( ) Exercícios ( ) Prova Modular ( ) Segunda Chamada ( ) Exame Final ( ) Prática de Laboratório ( ) Aproveitamento Extraordinário de Estudos Nota: Disciplina: Turma: Aluno

Leia mais

Quando você precisar de ir além do computador em cima. instalar uma rede local.

Quando você precisar de ir além do computador em cima. instalar uma rede local. Quando você precisar de ir além do computador em cima de sua mesa, está na hora de instalar uma rede local. Redes de Computadores Uma Rede de computadores ou Network é a maneira de conectar computadores

Leia mais

Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado Prof. Alexandre Beletti Ferreira Cabo Coaxial COMPOSTO POR: Fio de cobre rígido que forma o núcleo Envolto por um material isolante, O isolante, por

Leia mais

A escolha desses itens é importante pois interfere no custo das interfaces de rede. Cabo coaxial Par trançado Fibra ótica

A escolha desses itens é importante pois interfere no custo das interfaces de rede. Cabo coaxial Par trançado Fibra ótica Meios físicos de transmissão Objetivos: 1 - Definir os termos referentes a cabeamento. 2 - Identificar os principais tipos de cabos de rede. 3 - Determinar o tipo de cabeamento apropriado para cada tipo

Leia mais

CCNA 1 Teste de Cabos. Kraemer

CCNA 1 Teste de Cabos. Kraemer CCNA 1 Teste de Cabos Testes de Cabos Tipos de sinais Características dos meios de cobre Características dos meios ópticos Tipos de sinais Sinal Analógico (ondas senoidais) Variam continuamente O que é

Leia mais

Redes e Conectividade

Redes e Conectividade Redes e Conectividade Padrões e estrutura do quadro ethernet Versão 1.0 Setembro de 2016 Prof. Jairo jairo@uni9.pro.br professor@jairo.pro.br http://www.jairo.pro.br/ Redes e Conectividade setembro/2016

Leia mais

Tecnologias de rede. Diversas tecnologias com características diferentes Exemplos. Ethernet FDDI ATM

Tecnologias de rede. Diversas tecnologias com características diferentes Exemplos. Ethernet FDDI ATM Tecnologias de rede Diversas tecnologias com características diferentes Exemplos Ethernet FDDI ATM Ethernet Vários tipos se diferenciam na camada física em função do tipo de cabo, da codificação e do uso

Leia mais

É a propagação de ondas por meio de um meio físico que podem ter suas características alteradas no tempo. 20/08/2013

É a propagação de ondas por meio de um meio físico que podem ter suas características alteradas no tempo. 20/08/2013 Capitulo 03 Prof. Ricardo de Macedo Define as Especificações Elétricas, Mecânica, Funcionais e de Procedimentos para ativar, Manter e Desativar o Link Físico Entre o Emissor e o Receptor É a propagação

Leia mais

Vejamos, então, os vários tipos de cabos utilizados em redes de computadores:

Vejamos, então, os vários tipos de cabos utilizados em redes de computadores: Classificação quanto ao meio de transmissão Os meios físicos de transmissão são os cabos e as ondas (luz, infravermelhos, microondas) que transportam os sinais que, por sua vez, transportam a informação

Leia mais

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 7 Blindagem e Aterramento do Cabeamento Estruturado

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 7 Blindagem e Aterramento do Cabeamento Estruturado APRENDIZAGEM INDUSTRIAL UNIDADE 7 Blindagem e Aterramento do Cabeamento Estruturado Porque blindar ou aterrar? Quando um cabo é submetido a um campo eletromagnético, correntes e tensões são induzidas em

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES - ANO LECTIVO 2013/2014 MÓDULO 2 REDE DE COMPUTADORES - FICHA DE TRABALHO Nº 1

REDES DE COMPUTADORES - ANO LECTIVO 2013/2014 MÓDULO 2 REDE DE COMPUTADORES - FICHA DE TRABALHO Nº 1 MÓDULO 2 REDE DE COMPUTADORES - FICHA DE TRABALHO Nº 1 1) Em que consiste uma rede de computadores? 2) Refira as principais vantagens e desvantagens associadas à implementação de uma rede de computadores.

Leia mais

Cabos de fibra ótica devem ser utilizados no backbone e risers (conexões verticais) em todos os projetos de cabeamento. Cabos de Categoria 6 UTP

Cabos de fibra ótica devem ser utilizados no backbone e risers (conexões verticais) em todos os projetos de cabeamento. Cabos de Categoria 6 UTP Projeto de camada 1 Um dos componentes mais importantes a considerar no projeto de uma rede é o cabeamento. Hoje, a maior parte do cabeamento das redes locais é baseada na tecnologia Fast Ethernet. Fast

Leia mais

Redes de Computadores. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais

Redes de Computadores. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais Redes de Computadores Disciplina: Informática Prof. Higor Morais 1 Agenda Sistemas de Comunicação Histórico das Redes de Comunicação de Dados Mídias de Comunicação Meios de Transmissão Padrões e Protocolos

Leia mais

Redes de Computadores.

Redes de Computadores. Redes de Computadores www.profjvidal.com Meios de Comunicação Fibra Óptica Meios de Comunicação Fibra Óptica Consiste basicamente de material dielétrico, em geral sílica ou plástico, transparente flexível

Leia mais

Agente Administrativo da Receita Federal REDES DE COMPUTADORES

Agente Administrativo da Receita Federal REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES O QUE É UMA REDE? Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos, ou seja, dois ou mais computadores interligados por algum meio

Leia mais

Infra-estrutura de redes locais e remotas com PCs. Redes Locais

Infra-estrutura de redes locais e remotas com PCs. Redes Locais Infra-estrutura de redes locais e remotas com PCs. Hubs, switches, roteadores e cabos. Para que serve tudo isso? Desvende a função dos elementos de rede para interligar os seus PCs. Muitas vezes nos deparamos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE LICITAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE LICITAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE LICITAÇÃO ANEXO II DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 63/2016/AD 1 Patch panel padrão 19, categoria ansi/tia/eia-568-b.21, módulo

Leia mais

Manutenção de PCs: aprenda a crimpar cabos de rede

Manutenção de PCs: aprenda a crimpar cabos de rede Manutenção de PCs: aprenda a crimpar cabos de rede Atualmente, é comum que existam redes de computadores, não apenas em empresas, onde a rede pode ser composta por centenas de computadores, mas também

Leia mais

17/03/2011. Nesta topologia, cada dispositivo possui um link ponto-a-ponto com todos os outros dispositivos da rede.

17/03/2011. Nesta topologia, cada dispositivo possui um link ponto-a-ponto com todos os outros dispositivos da rede. A Topologia de uma rede é a representação geométrica dos relacionamentos de todos os links e dispositivos de uma rede. Existem quatro tipos básicos de topologias possíveis: Árvore, Barramento, Estrela

Leia mais

Curso Técnico de Informática

Curso Técnico de Informática Curso Técnico de Informática Módulo II Cabeamento Estruturado Profº Carlos Henrique Grilo Diniz Rio Grande do Norte, setembro de 2015. Índice ÍNDICE... 2 1. INTRODUÇÃO AO CABEAMENTO ESTRUTURADO... 4 1.1.

Leia mais

Meios de Comunicação de Dados.

Meios de Comunicação de Dados. Meios de Comunicação de Dados www.profjvidal.com Acesso Remoto Meios de Comunicação de Dados Introdução A necessidade da troca de informações sigilosas de forma segura e com baixos custos tornou-se um

Leia mais

Redes. Cabeamento Estruturado

Redes. Cabeamento Estruturado Redes Cabeamento Estruturado Redes de Computadores Uso Doméstico Comércio Eletrônico Entretenimento Comunicação entre pessoas (bate-papo, comunicação instântanea, etc) Acesso a informações remotas Redes

Leia mais

É um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos.

É um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. REDES DE COMPUTADORES CABO COAXIAL É um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. Topologias de rede A topologia de uma rede é um diagrama que descreve como

Leia mais

UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO)

UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO) Par Trançado UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO) O cabo UTP é composto por pares de fios, sendo que cada par é isolado um do outro e todos são trançados juntos dentro de uma cobertura externa, que não possui

Leia mais

Legrand Cabling Systems

Legrand Cabling Systems Legrand Cabling Systems Módulo VIII Solução Legrand Linha completa de produtos para sistemas de Cabeamento Estruturado 03/2016 CENTRO DE SUPORTE TÉCNICO / FORMAÇÃO Paulo Morais (31) 9 9922-4489 paulo.morais@psmgestec.com.br

Leia mais

2/10/2014 Redes Industriais - R. C. Betini 1

2/10/2014 Redes Industriais - R. C. Betini 1 REDES INDUSTRIAIS AULA 3 MEIOS FÍSICOS DE TRANSMISSÃO 2/10/2014 Redes Industriais - R. C. Betini 1 4. MEIOS FÍSICOS DE TRANSMISSÃO 4.1 Meio de Transmissão Diferem com relação a: Banda passante Potencial

Leia mais

Redes de computadores. Douglas Wildgrube Bertol DEE - Engenharia Elétrica CCT

Redes de computadores. Douglas Wildgrube Bertol DEE - Engenharia Elétrica CCT Redes de computadores Douglas Wildgrube Bertol DEE - Engenharia Elétrica CCT AS1RAI1 Redes para Automação Industrial JOINVILLE 23/02/2017 Introdução contextualização Como conectar dois equipamentos fisicamente

Leia mais

QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO:

QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO: CABEAMENTO DE REDE QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO: MEIO FÍSICO: CABOS COAXIAIS, FIBRA ÓPTICA, PAR TRANÇADO MEIO NÃO-FÍSICO:

Leia mais

CABEAMENTO ESTRUTURADO (PARTE II)

CABEAMENTO ESTRUTURADO (PARTE II) CABEAMENTO ESTRUTURADO (PARTE II) Objetivos Na parte I, foram tratados alguns conceitos relacionados à instalação de cabeamento estruturado e assuntos correlatos. A parte II apresenta conceitos complementares

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Camada Física Parte II Prof. Thiago Dutra Agenda Camada Física n Introdução ntécnicas de Transmissão de Dados n Meios de Transmissão ndispositivos n Cabeamento

Leia mais

Informática. Transferência de Arquivos e Dados. Professor Márcio Hunecke.

Informática. Transferência de Arquivos e Dados. Professor Márcio Hunecke. Informática Transferência de Arquivos e Dados Professor Márcio Hunecke www.acasadoconcurseiro.com.br Informática TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS E DADOS Upload e Download Em tecnologia, os termos download e

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de omputadores luno: ata: Professor: Leonardo abral da Rocha Soares 1.São vantagens decorrentes da utilização de redes de computadores, exceto: a) ompartilhamento de arquivos b) ompartilhamento de

Leia mais

Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Comunicação de Dados Módulo 2- Caracterização de Redes e Comunicação de Dados

Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Comunicação de Dados Módulo 2- Caracterização de Redes e Comunicação de Dados Ficha Formativa 2 Tipos de Topologias de Rede Topologia bus ou barramento Nesta topologia temos um cabo, com as extremidades separadas, ao longo do qual se ligam os dispositivos. Os sinais são transmitidos

Leia mais

CRIMPANDO CABOS. (fonte:

CRIMPANDO CABOS. (fonte: CRIMPANDO CABOS (fonte: http://www.hardware.com.br/livros/redes/crimpando-cabos.html) A ferramenta básica para crimpar os cabos é o alicate de crimpagem. Ele "esmaga" os contatos do conector, fazendo com

Leia mais

Aula 2- Categorias de cabos. Associação dos Instrutores NetAcademy - Dezembro Página

Aula 2- Categorias de cabos. Associação dos Instrutores NetAcademy - Dezembro Página Aula 2- Categorias de cabos Associação dos Instrutores NetAcademy - Dezembro 2004 - Página 1 Categorias 1 e 2 Estas duas categorias de cabos não são mais reconhecidas pela TIA; Elas foram usadas no passado

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Cabeamento Fabricio Breve Um dos primeiros tipos de cabos utilizados em rede Possui dois fios, sendo um uma malha que envolve o cabo em toda a sua extensão Essa malha funciona como

Leia mais

Subsistemas e recomendações de projeto segundo NBR Segundo a ABNT os subsistemas do cabeamento, se subdividem conforme o desenho abaixo:

Subsistemas e recomendações de projeto segundo NBR Segundo a ABNT os subsistemas do cabeamento, se subdividem conforme o desenho abaixo: Subsistemas e recomendações de projeto segundo NBR 14565 Segundo a ABNT os subsistemas do cabeamento, se subdividem conforme o desenho abaixo: Projeto de rede secundária O desenvolvimento do projeto consiste

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA FUNDAMENTOS DE REDES REDES DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Material elaborado com base nas apresentações

Leia mais

Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Redes De Comunicação. Pedro Monteiro 10º / 13ª 2013/2014

Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Redes De Comunicação. Pedro Monteiro 10º / 13ª 2013/2014 Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Redes De Comunicação Pedro Monteiro 10º / 13ª 2013/2014 Neste trabalho vamos abordar o tema Topologias de Redes. Com a leitura

Leia mais

Cabeamento Estruturado

Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado Padrões ANSI/TIA/EIA-568 - Cabeamento Estruturado (CE) ANSI/TIA/EIA-569 - Caminhos e espaços para CE ANSI/TIA/EIA-606 - Administração de CE ANSI/TIA/EIA-607 - Aterramento de CE ISO/IEC

Leia mais

Meios físicos. Par Trançado (TP) dois fios de cobre isolados

Meios físicos. Par Trançado (TP) dois fios de cobre isolados Meios físicos bit: propaga entre pares de transmissor/receptor enlace físico: o que fica entre transmissor e receptor meio guiado: sinais se propagam em meio sólido: cobre, fibra, coaxial meio não guiado:

Leia mais

ICORLI. INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO e OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS e INTERNET

ICORLI. INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO e OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS e INTERNET INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO e OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS e INTERNET 2010/2011 1 Tipos de Cabos Cabos eléctricos São cabos, normalmente fabricados em cobre (ou de outro material condutor), que transmitem os

Leia mais

Topologias e Classificação das RC. Prof. Eduardo

Topologias e Classificação das RC. Prof. Eduardo Topologias e Classificação das RC Prof. Eduardo Introdução As redes de computadores de modo geral estão presentes em nosso dia-a-dia. Estamos tão acostumados a utilizá-las que não nos damos conta da sofisticação

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. O tipo de rede é definido pela sua área de abrangência, podemos classificar as redes

Leia mais

Capítulo 8. a) Em uma exposição de informática, na qual não existe infraestrutura pronta para um cabeamento normal.

Capítulo 8. a) Em uma exposição de informática, na qual não existe infraestrutura pronta para um cabeamento normal. Redes sem fio Capítulo 8 Aplicações das redes sem fio Redes sem fio (wireless) utilizam ondas de rádio, luz infravermelha ou a laser para transmitir dados pelo ar. É difícil dizer com certeza absoluta

Leia mais

Por que ter uma rede?

Por que ter uma rede? O que é uma rede de computadores? Conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos, interconectados por um sistema de comunicação. Por que ter uma rede? Aumento da

Leia mais

Comunicações por Computador

Comunicações por Computador Comunicações por Computador António Nabais Grupo de Sistemas e Tecnologias de Informação Escola Superior de Tecnologia Instituto Politécnico do Cávado e do Ave anabais@ipca.pt 2006/2007 Componentes de

Leia mais

Comunicação de Dados. Aula 9 Meios de Transmissão

Comunicação de Dados. Aula 9 Meios de Transmissão Comunicação de Dados Aula 9 Meios de Transmissão Sumário Meios de Transmissão Transmissão guiada Cabo par trançado Coaxial Fibra ótica Transmissão sem fio Ondas de rádio Micro ondas Infravermelho Exercícios

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 21 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 21-30/11/2007 1 Sistemas de Comunicação de Dados Sistemas computadorizados que transmitem dados por meio de linhas de comunicação,

Leia mais