rum CIESP de LEAN / SEIS SIGMA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "rum CIESP de LEAN / SEIS SIGMA"

Transcrição

1 I FóF rum CIESP de LEAN / SEIS SIGMA Paulo Mendonça Diretor Adjunto Es tadual d e Meio Am bie nte Novembro de 2009

2 DPTO MEIO AMBIENTE OBJETIVO: Fomentar a discussão sobre a importância dos métodos combinados (Lean e Seis Sigma) no contexto industrial de nossa cidade. Mostrar as vantagens dos métodos e sua aplicação prática, através de cases de sucesso regional.

3 SOROCABA P e rfil In d u s tria l ,0 40,0 4 4,5 35,0 30,0 Percentual 25,0 20,0 15,0 10,0 9,3 7,1 5,0 5,5 4,9 4,4 3,8 3,3 3,3 3,3 2,7 2,2 2,2 2,2 1,1 n = 182 0,0 Metalúrgica Química Têxteis Construção Civil Alimentos Telecomunicações Mineral Embalagens Saúde Plástico Móveis Energia Logística Borracha Aeronáutica Ra m o d e Ativid a d e Empresa

4 HIS TÓRIA A Produção Artes anal Se você quisesse comprar um carro em 1900, você deveria visitar uma das oficinas artesanais próximo a sua área. O proprietário da oficina, iria conversar com você a respeito das especificações do veículo. Meses depois você teria o seu veículo. Você iria então realizar um test drive acompanhado de um mecânico, que iria ajustar o veículo às suas necessidades e preferências.

5 HIS TÓRIA A Produção em Mas s a Fred Winslow Taylor, norteamericano, inicialmente técnico em mecânica e operário, formouse engenheiro mecânico estudando à noite, tornous-e um gerente de fundição na Philadelphia, e lançou os fundamentos da produção em massa. Ele foi um dos primeiros a aplicar sistematicamente os princípios científicos na manufatura. Frederick Wins low Taylor

6 HIS TÓRIA O Sis tema Ford Henry Ford era um jovem empresário tentando projetar um automóvel que fosse fácil de produzir e fácil de reparar. Ford finalmente atingiu seu objetivo em 1908 com o modelo T. Henry Ford e o modelo T

7 HIS TÓRIA Fo rd Visão esquemática da nova linha de montagem do modelo T

8 HIS TÓRIA O Cres cente Des entendimento Alienaç ão dos Trabalhadores A produção em massa tradicional tinha os seus problemas. Os trabalhadores odiavam, ninguém queria permanecer na fábrica. Os sindicatos continuamente lutavam para reduzir as horas de trabalho. Havia um pequeno senso de parceria entre a companhia e seus funcionários. Na realidade, parecia mais uma guerra de trincheiras. Muitos artistas satirizaram a produção em massa, inclusive Charles Chaplin com o filme clássico Tempos Modernos.

9 HIS TÓRIA O Nas cimento da Produção Enxuta A Segunda Guerra Mundial terminou com o fim das batalhas no Pacífico, após s a rendição do Japão depois do bombardeio das cidades de Hiroshima e Nagazaki com bombas nucleares que terminaram de arrasar o país.

10 HIS TÓRIA O Nas cimento da Produção Enxuta Após o bombardeio, as cidades ficaram completamente arrasadas. Em 14 de agosto de 1945 o Japão assina a rendição incondicional.

11 HIS TÓRIA O Nas cimento da Produção Enxuta O fundador da corporação Toyota, Sakichi Toyoda, filho de um humilde carpinteiro, nasceu em 1867 quando o Japão recém m iniciava seu processo de modernização. Sakichi vivia em um povoado de camponeses onde as mulheres trabalhavam em teares. Em sua juventude Sakichi utilizava seus conhecimentos de carpintaria para modernizar o antigo tear manual com que sua mãe trabalhava. Em 1891, Sakichi patenteou seu primeiro tear automático tico e se mudou para Tóquio T para começar um novo negócio de teares. Sakichi Toyoda

12 HIS TÓRIA Para mim, os custos existem para serem eliminados, não calculados Taiic hi Ohno Pai do Sistema Toyota de Produção

13 TPS? O que é o S is tema To yota de Produção (S TP)? O que es tamos fazendo é obs ervar a linha de tempo em que o cliente nos faz um pedido até o ponto em que recebemos o pagamento. E es tamos reduzindo es s a linha de tempo, removendo as perdas que não agregam valor. Taiic hi Ohno 29 d e fe ve reiro de d e m aio d e 1990

14 CAS A DO TPS Melhor Qualidade Menor Cus to Menor Lead Time - Mais Segurança Moral Alto através da redução do fluxo de produção pela eliminação de perdas Jus t-in-time Peça certa, quantidade certa, tempo certo Planejamento takt time Fluxo Contínuo Sistema Puxado Troca Rápida Logística Integrada Pes s oas e equipe de trabalho Seleção Metas Comuns Ringi de decisão Treinamento Melhoria Contínua Redução das Perdas Genchi Visão de genbutsu perdas 5 porquês Solução de Problema Pro duç ão Nive lada (HEIJUNKA) Proces s os Es táveis e Padronizados Gerenciamento Vis ual Filos ofia do Modelo Toyota JIDOKA Autonomação (Qualidade no setor) Tornar os problemas visíveis Paradas Automáticas Andon Separação pessoamáquina Verificação de erro Controle de qualidade no setor Solução na origem dos problemas (5 porquês)

15 CLIENTE? Foco no Cliente Sakichi Toyoda (14 fevereiro de outubro de 1930) O Cliente em primeiro lugar: mais do que uma declaração isto torna o primeiro mandamento para a empresa, seus produtos e para as pessoas

16 3 UM S 3MU MURI MURA MUDA Sobrecarga Variação - Desperdício Antes de dizer que você não consegue fazer algo, tente Sakichi Toyoda

17 Desperdícios Transporte Movimentação de materiais de um lugar para outro Espera Operadores esperando para realizar uma tarefa (tempo ocioso) Excesso de Produção Produzir mais que o consumidor precisa, resultando em produto e mão de obra desperdiçados Intelecto Não utilizar a contribuição intelectual dos empregados ou usá-la ineficientemente (idéias, sugestões, capacidade de resolução de problemas) Estoque Tudo que está em excesso, além do mínimo necessário para executar a atividade Excesso de Processos Mais etapas/processos sem necessidade Retrabalho Refazer atividades, corrigir erros ou má qualidade Movimento Todo movimento que não agrega valor ao produto ou serviço

18 PADRONIZAÇÃO Es tabilidade Padronização Fator de Suces s o: Padro nizaç ão A padronização é o calço que garante a melhoria contínua A C P D A C P D A C P D Melhoriacontínua

19 O QUE É SEIS SIGMA? S eis S igma é uma estratégia para controlar a variabilidade nos processos, usando ferramentas estatísticas, que objetiva alavancar os resultados, com foco no cliente e a redução significativa dos custos, eliminando desperdícios.

20 GRAUS DO SEIS SIGMA Yellow Belt? Treinamento focado na ges tão e no método.?? Es pecificidade prática Público: operacional

21 GRAUS DO SEIS SIGMA? Treinamento diferenciado, focado no gerenciamento pelo Six Sigma.??? Green Belt Técnicas de gerenciamento Apoio na execução de Tarefas Liderança? Público Alvo: Gerentes e Supervis ores

22 GRAUS DO SEIS SIGMA Black Belt? Treinamento diferenciado, focado na Técnica pelo Six Sigma.? Técnicas de bus ca de res ultados? Liderança na execução de Tarefas e Projetos? Cons ultoria? Público Alvo: Staff s, Supervis ores e Técnicos.

23 VARIABILIDADE DE PROCESSOS FATORES Proce s s o Diferenças entre máquinas ; Mudanças nas condições ambientais ; Variações entre lotes de matéria-prima; Diferenças entre fornecedores ; Outros. Individual Value 0,9 0,8 0,7 0,6 0,

24 VARIABILIDADE DE PROCES S OS S = 1, Kg 70 Kg 71,5 Kg 73 Kg 72 Kg Quando existe p o u c a v a ria b ilid a d e entre os pesos das pessoas o desvio padrão é baixo (isto é bom) S = 2 6, Kg 90 Kg 120 Kg 115 Kg Quando a d ife re n ç a entre os pesos das pessoas é m u it o g ra n d e o desvio padrão piora (isto é ruim) 60 Kg Dire to ria Re g io na l de S o ro c a ba De partame nto de Me io Am bie nte

25 e n i f C D Dayze MÉTODOS A C on trl prove Im np A Measure l Dire to ria Re g io na l de S o ro c a ba De partame nto de Me io Am bie nte

26 OBRIGADO!

Mini Curso Qualidade e Produtividade

Mini Curso Qualidade e Produtividade Mini Curso Qualidade e Produtividade Ano: 2014 Mini Curso Qualidade e Produtividade Ano: 2014 Sobre a Empresa: Fundada em 2006 por Paulo Mendonça. Aumento da Sociedade: José Macedo (2008) Certificada em

Leia mais

Lean manufacturing ou Toyotismo

Lean manufacturing ou Toyotismo ou Toyotismo Gestão da Qualidade Resultados impressionantes 1 Trimestre 2007 Toyota supera GM como líder mundial em vendas Vendas Mundiais 1º Trimestre Nº Carros Toyota 2.348.000 GM 2.260.000 2007 termina

Leia mais

Lean manufacturing ou Toyotismo. Lean manufacturing

Lean manufacturing ou Toyotismo. Lean manufacturing ou Toyotismo Resultados impressionantes 1 Trimestre 2007 Toyota supera GM como líder mundial em vendas Vendas Mundiais 1º Trimestre Nº Carros Toyota 2.348.000 GM 2.260.000 2007 termina empatado tecnicamente

Leia mais

LEAN MANUFACTURING FERRAMENTAS E APLICAÇÕES EM PROCESSOS PRODUTIVOS E TRANSACIONAIS

LEAN MANUFACTURING FERRAMENTAS E APLICAÇÕES EM PROCESSOS PRODUTIVOS E TRANSACIONAIS LEAN MANUFACTURING FERRAMENTAS E APLICAÇÕES EM PROCESSOS PRODUTIVOS E TRANSACIONAIS Semana LIAG Limeira: 09/05/2011 1 Apresentação Palestrante: José Augusto Buck Marcos Engenheiro com formação e especialização

Leia mais

Toyota Way. FDEABrandão. (Fonte de Força Competitiva da Toyota) Antes de você dizer que não consegue fazer alguma coisa, experimente!

Toyota Way. FDEABrandão. (Fonte de Força Competitiva da Toyota) Antes de você dizer que não consegue fazer alguma coisa, experimente! (Fonte de Força Competitiva da Toyota) Antes de você dizer que não consegue fazer alguma coisa, experimente! Sakichi Toyoda - Fundador do grupo TOYOTA. (Fonte de Força Competitiva da Toyota) O é um Ideal,

Leia mais

Depto de Meio Ambiente

Depto de Meio Ambiente Depto de Meio Ambiente DR - S orocaba Paulo Mendonça Depto Meio Ambiente - Sorocaba Paulo Mendonça Legislação e ISO 14001 Edson Narita Solo Karen Newman - Água Apoio / Cons elheiros Jussara Carvalho Jeferson

Leia mais

17/02/2015 JIT KANBAN. Uma técnica que se utiliza de várias normas e regras para modificar o ambiente produtivo.

17/02/2015 JIT KANBAN. Uma técnica que se utiliza de várias normas e regras para modificar o ambiente produtivo. ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO JIT KANBAN - JIT Uma técnica que se utiliza de várias normas e regras para modificar o ambiente produtivo. Técnica voltada para a otimização da produção. PODE SER APLICADA TANTO

Leia mais

Como implementar melhoria contínua (Lean e Six Sigma) alinhado à orientação por processos. Viviane Salyna

Como implementar melhoria contínua (Lean e Six Sigma) alinhado à orientação por processos. Viviane Salyna Como implementar melhoria contínua (Lean e Six Sigma) alinhado à orientação por processos Viviane Salyna Estrutura da Apresentação Muitas abordagem de processos geram: Processos devem gerar resultados

Leia mais

DEFINIÇÃO DE LEAN MANUFACTURING

DEFINIÇÃO DE LEAN MANUFACTURING MANUFATURA ENXUTA DEFINIÇÃO DE LEAN MANUFACTURING A ORIGEM DA PALAVRA LEAN O termo LEAN foi cunhado originalmente no livro A Máquina que Mudou o Mundo de Womack, Jones e Roos, publicado nos EUA em 1990.

Leia mais

Portfólio de Treinamentos. Exo Excelência Operacional // 2014

Portfólio de Treinamentos. Exo Excelência Operacional // 2014 Portfólio de Treinamentos Exo Excelência Operacional // 2014 Treinamentos Exo Excelência Operacional A Exo Excelência Operacional traz para você e sua empresa treinamentos fundamentais para o desenvolvimento

Leia mais

Declaração de Conflitos de Interesse. Diretor da NKB Medicina Diagnóstica

Declaração de Conflitos de Interesse. Diretor da NKB Medicina Diagnóstica Declaração de Conflitos de Interesse Diretor da NKB Medicina Diagnóstica Lean na Microbiologia Conceito de Lean Cláudio Pereira Diretor Regional NKB RJ Agenda Lean Thinking Sistema de Produção da Toyota

Leia mais

LEAN APLICADO À CADEIA DE SUPRIMENTOS

LEAN APLICADO À CADEIA DE SUPRIMENTOS LEAN APLICADO À CADEIA DE SUPRIMENTOS INTRODUÇÃO AO LEAN MANUFACTURING SUPPLY CHAIN (INCLUI LOGÍSTICA) 2 2 INTRODUÇÃO AO LEAN MANUFACTURING 3 INTRODUÇÃO AO LEAN MANUFACTURING Pensar fora da caixa... Lean

Leia mais

15/09/2011. Historico / Conceito. Lean Production é um programa corporativo ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO II. Evolucao do Conceito LEAN THINKING

15/09/2011. Historico / Conceito. Lean Production é um programa corporativo ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO II. Evolucao do Conceito LEAN THINKING Historico / Conceito Lean : década de 80 James Womack (MIT) Projeto de pesquisa: fabricantes de motores automotivos; ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO II Lean Production é um programa corporativo composto por

Leia mais

Por que Lean & Six Sigma?

Por que Lean & Six Sigma? CONTEÚDO DA PALESTRA O O que é LEAN? O O que é Six Sigma? Por que? LEAN LEAN ORIGEM DO LEAN A metodologia Lean já existe há algum tempo: A Ford foi pioneira no início do século XX 33 horas para concluir

Leia mais

Preço da Venda. Custo operacional Preço de venda Melhoria

Preço da Venda. Custo operacional Preço de venda Melhoria Prof. Marcio Santos Antigamente Custo Operacional Preço da Venda Lucro Hoje Custo Operacional Preço de Mercado Lucro O mercado determina o preço! Custo operacional Preço de venda Lucro Melhoria Não me

Leia mais

Introdução ao Lean Manufacturing. Dário Spinola

Introdução ao Lean Manufacturing. Dário Spinola Introdução ao Lean Manufacturing Dário Spinola Dário Uriel P. Spinola Sócio da Táktica Consultoria em Manufatura MBA em Conhecimento, Tecnologia e Inovação pela FIA/FEA USP Mestrando e Engenheiro de Produção

Leia mais

Definição. Kaizen na Prática. Kaizen para a Administração. Princípios do Just in Time. Just in Time 18/5/2010

Definição. Kaizen na Prática. Kaizen para a Administração. Princípios do Just in Time. Just in Time 18/5/2010 Uninove Sistemas de Informação Teoria Geral da Administração 3º. Semestre Prof. Fábio Magalhães Blog da disciplina: http://fabiotga.blogspot.com Semana 15 e 16 Controle e Técnicas de controle de qualidade

Leia mais

Impactos humanos da PE CLIENTE. Impactos humanos da PE. Impactos humanos da PE. Impactos humanos da PE. Impactos humanos da PE

Impactos humanos da PE CLIENTE. Impactos humanos da PE. Impactos humanos da PE. Impactos humanos da PE. Impactos humanos da PE Menor Lead Time Estrutura do STP Just-In-Time Fluxo Contínuo Takt Time Produção Puxada Kanban Custo Mais Baixo CLIENTE Segurança Moral Jidoka Separação Homem/ Máquina Poka-Yoke Inspeção Fonte Ação Imediata

Leia mais

TÍTULO: GESTÃO DA PRODUÇÃO COM FOCO NA MANUFATURA ENXUTA MELHORIA DE PROCESSOS INDUSTRIAIS ATRAVÉS DO SISTEMA TOYOTA DE PRODUÇÃO

TÍTULO: GESTÃO DA PRODUÇÃO COM FOCO NA MANUFATURA ENXUTA MELHORIA DE PROCESSOS INDUSTRIAIS ATRAVÉS DO SISTEMA TOYOTA DE PRODUÇÃO TÍTULO: GESTÃO DA PRODUÇÃO COM FOCO NA MANUFATURA ENXUTA MELHORIA DE PROCESSOS INDUSTRIAIS ATRAVÉS DO SISTEMA TOYOTA DE PRODUÇÃO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS

Leia mais

Vendas na Empresa Lean

Vendas na Empresa Lean Vendas na Empresa Lean Autor: Alexandre Cardoso Publicado: 29/04/2011 Introdução Em uma empresa, a área de Vendas é de extrema importância para o sucesso do negócio. Aprimorar o seu desempenho tem sido

Leia mais

POTENCIALIZANDO OS GANHOS COM LEAN SEIS SIGMA

POTENCIALIZANDO OS GANHOS COM LEAN SEIS SIGMA POTENCIALIZANDO OS GANHOS COM LEAN SEIS SIGMA Marco Siqueira Campos Diretor da Siqueira Campos Associados Estatístico - Eng. Qualidade Cert. ASQ 15 anos 15 anos 1 Quem somos 15 anos de atuação. Foco em

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação. Prof. Paulo Sérgio Ramão

Administração de Sistemas de Informação. Prof. Paulo Sérgio Ramão Administração de Sistemas de Informação Prof. Paulo Sérgio Ramão Temas para os Seminários: CRM Customer Relationship Management OLAP - On-Line Analytical Processing DATAMINING DATA WAREHOUSE e DATA MART

Leia mais

1- Introdução ao Lean V1-2008

1- Introdução ao Lean V1-2008 1- Introdução ao Lean V1-2008 Autor: José Pedro A. Rodrigues da Silva 1 Programa 1- Introdução 2- Os 7 tipos de desperdício 3- Técnicas e ferramentas do Lean 4- Implementação do Lean 5- Conclusões Anexos

Leia mais

O novo sistema de movimentação de materiais da Toyota mostra a flexibilidade do TPS

O novo sistema de movimentação de materiais da Toyota mostra a flexibilidade do TPS O novo sistema de movimentação de materiais da Toyota mostra a flexibilidade do TPS Tradução: Diogo Kosaka A Toyota introduziu um novo sistema de manuseio de material baseado em kits para reduzir a complexidade

Leia mais

Entrevista Lean Six Sigma com David Vicentin (para compor reportagem da Revista Banas Qualidade julho/2010)

Entrevista Lean Six Sigma com David Vicentin (para compor reportagem da Revista Banas Qualidade julho/2010) Entrevista Lean Six Sigma com David Vicentin (para compor reportagem da Revista Banas Qualidade julho/2010) 1) Fale a respeito de sua formação profissional e atuação. Sou engenheiro de produção pela Escola

Leia mais

Departamento de Engenharia. ENG 1090 Introdução à Engenharia de Produção

Departamento de Engenharia. ENG 1090 Introdução à Engenharia de Produção Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Curso de Graduação em Engenharia de Produção ENG 1090 Introdução à Engenharia de Produção Prof. Gustavo Suriani de Campos Meireles Faz

Leia mais

SISTEMAS DE PRODUÇÃO. Técnico em Logística, Pronatec- Anhanguera

SISTEMAS DE PRODUÇÃO. Técnico em Logística, Pronatec- Anhanguera SISTEMAS DE PRODUÇÃO Técnico em Logística, Pronatec- Anhanguera James Watt foi um matemático e engenheiro escocês. Construtor de instrumentos científicos, destacou-se pelos melhoramentos que introduziu

Leia mais

Antecedentes Históricos da Administração: Os primórdios da Administração

Antecedentes Históricos da Administração: Os primórdios da Administração Antecedentes Históricos da Administração: Os primórdios da Administração No decorrer da história da humanidade sempre existiu alguma forma simples ou complexa de administrar as organizações. O desenvolvimento

Leia mais

CONCURSO PETROBRAS DRAFT. Planejamento da Produção e Sistemas de Produção. Questões Resolvidas. Produzido por Exatas Concursos www.exatas.com.

CONCURSO PETROBRAS DRAFT. Planejamento da Produção e Sistemas de Produção. Questões Resolvidas. Produzido por Exatas Concursos www.exatas.com. CONCURSO PETROBRAS ENGENHEIRO(A) DE PRODUÇÃO JÚNIOR ENGENHEIRO(A) JÚNIOR - ÁREA: PRODUÇÃO Planejamento da Produção e Sistemas de Produção Questões Resolvidas QUESTÕES RETIRADAS DE PROVAS DA BANCA CESGRANRIO

Leia mais

UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA SEIS SIGMA NO MONITORAMENTO DO SISTEMA OPERACIONAL ENXUTO NA ÁREA DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS

UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA SEIS SIGMA NO MONITORAMENTO DO SISTEMA OPERACIONAL ENXUTO NA ÁREA DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA SEIS SIGMA NO MONITORAMENTO DO SISTEMA OPERACIONAL ENXUTO NA ÁREA DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS Cristiano Marques de Oliveira Delphi Automotive Systems E-mail: cristiano.m.oliveira@delphi.com

Leia mais

Excelência Operacional

Excelência Operacional Excelência Operacional Inter-relação entre Lean Manufacturing e TPM ( Total Productive Management) Paulo Yida - Diretor Solving Efeso America do Sul Renato Cosloski Iamondi Consultor Senior Solving Efeso

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE QUÍMICA - IV REGIÃO (SP)

CONSELHO REGIONAL DE QUÍMICA - IV REGIÃO (SP) CONSELHO REGIONAL DE QUÍMICA - IV REGIÃO (SP) Introdução ao Lean Thinking Ministrante: Christopher Thompson Lean Institute Brasil Contatos: lean@lean.org.br Apoio São Paulo, 16 de setembro de 2010 Observação:

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE CADEIAS PRODUTIVAS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE CADEIAS PRODUTIVAS PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE CADEIAS PRODUTIVAS 2ª OFICINA MAPEAMENTO DO FLUXO DE VALOR Lean Manufacturing é a busca da perfeição do processo através da eliminação de desperdícios Definir Valor Trabalhar

Leia mais

JUST-IN-TIME & KANBAN

JUST-IN-TIME & KANBAN JUST-IN-TIME & KANBAN Prof. Darli Rodrigues Vieira darli@darli.com.br 1 OBJETIVO DA AULA OBJETIVO: EVIDENCIAR O QUE É JUST IN TIME E QUAL É SUA UTILIDADE EM PROJETOS DE OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS EM OPERAÇÕES

Leia mais

ajfa@dem.isel.ipl.pt Seminário - Manutenção e Gestão Lean Auditório da Sede da Ordem dos Engenheiros, Lisboa 9 de Novembro de 2011

ajfa@dem.isel.ipl.pt Seminário - Manutenção e Gestão Lean Auditório da Sede da Ordem dos Engenheiros, Lisboa 9 de Novembro de 2011 O Papel da Cultura Lean no Contexto Actual António Abreu ajfa@dem.isel.ipl.pt Seminário - Manutenção e Gestão Lean Auditório da Sede da Ordem dos Engenheiros, Lisboa 9 de Novembro de 2011 Sumário i. O

Leia mais

Lean Manufacturing. Teoria e Prática. Primeira Edição 2014 Caique Cardoso. Todos os direitos reservados.

Lean Manufacturing. Teoria e Prática. Primeira Edição 2014 Caique Cardoso. Todos os direitos reservados. Lean Manufacturing Teoria e Prática Primeira Edição 2014 Caique Cardoso. Todos os direitos reservados. Lean Manufacturing.- Teoria e Prática. 2/28 Sumário 1Introdução...3 2As bases do Lean...5 3Lean e

Leia mais

Unidade II GESTÃO DE. Prof. Léo Noronha

Unidade II GESTÃO DE. Prof. Léo Noronha Unidade II GESTÃO DE SUPRIMENTOS E LOGÍSTICA Prof. Léo Noronha Após a Segunda Guerra Mundial: Estados Unidos da América passaram por um longo período de crescimento. Responsáveis pela reconstrução de muitos

Leia mais

Administração da Produção. Prof. Paulo Medeiros.

Administração da Produção. Prof. Paulo Medeiros. Administração da Produção Prof. Paulo Medeiros. Evolução Histórica A função produção, entendida como o conjunto de atividades que levam a transformação de um bem tangível, ou serviço, em outro com maior

Leia mais

Considerações sobre a Parte I - Histórico e componentes do lean, 74

Considerações sobre a Parte I - Histórico e componentes do lean, 74 Sumário Prefácio, xi Introdução, 1 Parte I - HISTÓRICO E COMPONENTES DO LEAN, 5 1 Conceito Enxuto: das Origens à Consolidação, 6 As indústrias da produção em massa, 8 Crise na indústria automobilística

Leia mais

Sistemas de Transformação e Estratégia de produção

Sistemas de Transformação e Estratégia de produção Sistemas de Transformação e de produção A seleção do Processo de produção depende: -Tecnologia dos Processos de Transformaçã ção -Tecnologia dos meios auxiliares (dispositivos, ferramentas) -Tecnologia

Leia mais

AP03 OS MODELOS DE PRODUÇÃO DE HENRY FORD

AP03 OS MODELOS DE PRODUÇÃO DE HENRY FORD 1 2 Conhecer os princípios de produção em massa preconizados por Henry Ford Estabelecer correlações entre o Taylorismo e o Fordismo 3 Henry Ford e o modelo T Henry Ford (1863-1947) também é um dos precursores

Leia mais

Sumário AS LIÇÕES DA HISTÓRIA 13. O que é a Ciência da Fábrica? 1 PARTE I. 1 A Indústria Norte-Americana 15

Sumário AS LIÇÕES DA HISTÓRIA 13. O que é a Ciência da Fábrica? 1 PARTE I. 1 A Indústria Norte-Americana 15 O que é a Ciência da Fábrica? 1 0.1 Uma resposta simples (A resposta curta) 1 0.2 Uma resposta mais elaborada (A resposta longa) 1 0.2.1 Foco: a gestão da produção 1 0.2.2 O escopo: as operações 3 0.2.3

Leia mais

LOGO. Sistema de Produção Puxada

LOGO. Sistema de Produção Puxada LOGO Lean Manufacturing Sistema de Produção Puxada Pull Production System 1 Conteúdo 1 Definição 2 Objetivo 3 Sistema Empurrado 4 Sistema Empurrado X Puxado 2 Lean Manufacturing Conteúdo 5 Sistema de Produção

Leia mais

Eliminando os picos artificiais de vendas. Alexandre Cardoso

Eliminando os picos artificiais de vendas. Alexandre Cardoso Eliminando os picos artificiais de vendas Alexandre Cardoso Os mercados se comportam de maneiras erráticas e imprevisíveis, gerando sempre uma variação nos volumes e no mix de produção. As causas estão

Leia mais

Lean Six Sigma Uma estratégia de sucesso para enfrentar crises, falta de competitividade e aumentar a lucratividade das empresas e organizações.

Lean Six Sigma Uma estratégia de sucesso para enfrentar crises, falta de competitividade e aumentar a lucratividade das empresas e organizações. Lean Six Sigma Uma estratégia de sucesso para enfrentar crises, falta de competitividade e aumentar a lucratividade das empresas e organizações. O atual cenário econômico no Brasil não é dos melhores e

Leia mais

Teresa Maciel MSC, PhD Candidate. Docente UFRPE tmmaciel@gmail.com

Teresa Maciel MSC, PhD Candidate. Docente UFRPE tmmaciel@gmail.com Teresa Maciel MSC, PhD Candidate Docente UFRPE tmmaciel@gmail.com Sobre a instrutora... Doutoranda em Engenharia de Software (métodos ágeis), Mestre em Engenharia de Software (melhoria de processos de

Leia mais

ESCRITÓRIO ENXUTO (LEAN OFFICE)

ESCRITÓRIO ENXUTO (LEAN OFFICE) ESCRITÓRIO ENXUTO (LEAN OFFICE) Jeferson Duarte Oliveira * Este artigo tem como objetivo fazer uma revisão bibliográfica das mais importantes formas de desperdício nos escritórios e apresentar os métodos

Leia mais

Aplicação de Layout Celular na Recuperação de. Eficiência na Remanufatura

Aplicação de Layout Celular na Recuperação de. Eficiência na Remanufatura Aplicação de Layout Celular na Recuperação de Produtos: Uma Proposta Lean para Aumentar a Eficiência na Remanufatura (UFSC) - marinabouzon@gmail.com Carlos M. Taboada Rodriguez taboada@deps.ufsc.br Abelardo

Leia mais

Gestão Aplicada I. Professor: Venicio Paulo Mourão Saldanha E-mail: veniciopaulo@gmail.com / Site: www.veniciopaulo.com

Gestão Aplicada I. Professor: Venicio Paulo Mourão Saldanha E-mail: veniciopaulo@gmail.com / Site: www.veniciopaulo.com Gestão Aplicada I Professor: Venicio Paulo Mourão Saldanha E-mail: veniciopaulo@gmail.com / Site: www.veniciopaulo.com Formação e ficha profissional: Graduado em Analises e Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais

DEPS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E SISTEMAS SISTEMAS DE PRODUÇÃO LEAN

DEPS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E SISTEMAS SISTEMAS DE PRODUÇÃO LEAN DEPS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E SISTEMAS SISTEMAS DE PRODUÇÃO LEAN Prof a Carla R. Pereira SURGIMENTO DA PRODUÇÃO LEAN Novas ideias vem em resposta a problemas concretos (Dennis, 2008, p.19)

Leia mais

Comparando as metodologias Lean Enterprise, Six Sigma e de Gestão da Qualidade

Comparando as metodologias Lean Enterprise, Six Sigma e de Gestão da Qualidade Página 1 de 6 NOTÍCIAS CARREIRAS & GESTÂO CURSOS & SEMINÁRIOS LIVROS DANÇA DAS CADEIRAS PESQUISAS COMPRAS ENTREVISTAS EM VÍDEO LAZER & TURISMO HOME Artigos Comparando as metodologias Lean Enterprise, Six

Leia mais

Ecogerma 2012 Lean Production na redução de uso de recursos em processos produtivos

Ecogerma 2012 Lean Production na redução de uso de recursos em processos produtivos Ecogerma 2012 Lean Production na redução de uso de recursos em processos produtivos Paulino G. Francischini pgfranci@usp.br Conteúdo 1. Conceito de Lean Production 2. Desperdícios no processos produtivo

Leia mais

Introdução histórica a Administração de Materiais. Prof. Vianir André Behnem

Introdução histórica a Administração de Materiais. Prof. Vianir André Behnem Introdução histórica a Administração de Materiais Prof. Vianir André Behnem Origem - A origem da logística surge cerca de 10.000 AC; - Cerca de 6.000 anos, as civilizações da Mesopotâmia e do Egito já

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Noções de Engenharia de Produção

Curso de Engenharia de Produção. Noções de Engenharia de Produção Curso de Engenharia de Produção Noções de Engenharia de Produção Histórico: - Um dos registros mais antigos de produção gerenciada data de cerca de 5.000 a.c.: monges sumérios já contabilizavam seus estoques,

Leia mais

Aluno: RA: INSTRUÇÕES GERAIS

Aluno: RA: INSTRUÇÕES GERAIS PROVA DE EIXO - REGULAR CURSOS: ADMINISTRAÇÃO Disciplina: Gestão de Operações IV Duração: 1h30 90 minutos Professor: Número de questões: 20 Data: 12/06/2010 Nota: Aluno: RA: INSTRUÇÕES GERAIS 1. A prova

Leia mais

JOGO DE NEGÓCIO SIMULADOR DOS EFEITOS POSITIVOS DA APLICAÇÃO DAS FERRAMENTAS LEAN PARA FUNCIONÁRIOS OPERACIONAIS E LIDERANÇAS DO CHÃO DE FÁBRICA

JOGO DE NEGÓCIO SIMULADOR DOS EFEITOS POSITIVOS DA APLICAÇÃO DAS FERRAMENTAS LEAN PARA FUNCIONÁRIOS OPERACIONAIS E LIDERANÇAS DO CHÃO DE FÁBRICA JOGO DE NEGÓCIO SIMULADOR DOS EFEITOS POSITIVOS DA APLICAÇÃO DAS FERRAMENTAS LEAN PARA FUNCIONÁRIOS OPERACIONAIS E LIDERANÇAS DO CHÃO DE FÁBRICA Gece Wallace Santos Reno (UFSCar) gece.reno@uol.com.br Carolina

Leia mais

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky Tradução: Diogo Kosaka Gostaria de compartilhar minha experiência pessoal como engenheiro

Leia mais

Abordagem Clássica da Administração: TGA Abordagem Clássica da Administração. Abordagem Clássica da Administração:

Abordagem Clássica da Administração: TGA Abordagem Clássica da Administração. Abordagem Clássica da Administração: TGA Abordagem Clássica da Administração Profa. Andréia Antunes da Luz andreia-luz@hotmail.com No despontar do XX, 2 engenheiros desenvolveram os primeiros trabalhos pioneiros a respeito da Administração.

Leia mais

DOW BUSINESS SERVICES Diamond Value Chain Consulting

DOW BUSINESS SERVICES Diamond Value Chain Consulting DOW BUSINESS SERVICES Diamond Value Chain Consulting Soluções personalizadas para acelerar o crescimento do seu negócio Estratégia Operacional Projeto e Otimização de Redes Processos de Integração Eficácia

Leia mais

JIDOKA. Gilberto I. Kosaka

JIDOKA. Gilberto I. Kosaka Gilberto I. Kosaka JIDOKA A filosofia lean com os seus cinco princípios: valor, fluxo de valor, fluxo contínuo, puxar e perfeição é inspirada no TPS (Toyota Production System). O TPS constitui um sistema

Leia mais

Modelos de Produção. 1 Empresas: Movimentos Ideológicos. 1.1 - Taylorismo:

Modelos de Produção. 1 Empresas: Movimentos Ideológicos. 1.1 - Taylorismo: Modelos de Produção 1 Empresas: Movimentos Ideológicos 1.1 - Taylorismo: Taylorismo ou Administração científica é o modelo de administração desenvolvido pelo engenheiro norte-americano Frederick Taylor

Leia mais

Logística Lean para a Eliminação do Warehouse

Logística Lean para a Eliminação do Warehouse Logística Lean para a Eliminação do Warehouse Nelson Eiji Takeuchi Uma cadeia logística convencional é composta por logística inbound, logística outbound, warehouse e movimentação interna. Fala-se que

Leia mais

Pedagogia Empresarial

Pedagogia Empresarial Pedagogia Prof. Denise D Aurea Tardeli PEDAGOGIA E EMPRESA: fundamentos e práticas Pedagogia Empresarial A Pedagogia empresarial é a área que se ocupa em formar pessoas no âmbito da empresa e promover

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS ATRAVÉS DE FERRAMENTAS DE MELHORIA CONTÍNUA.

OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS ATRAVÉS DE FERRAMENTAS DE MELHORIA CONTÍNUA. OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS ATRAVÉS DE FERRAMENTAS DE MELHORIA CONTÍNUA. Palestrante: Recife, Pernambuco LEAN THINK DEFINIÇÃO O Lean Manufacture é uma filosofia de administração da manufatura, surgida no Japão,

Leia mais

Julio Nascif Xavier 31-3227-2705 nascif@tecem.com.br

Julio Nascif Xavier 31-3227-2705 nascif@tecem.com.br abraman Congresso de Manutenção - 2001 EFEITOS DA TERCEIRIZAÇÃO SOBRE A MANUTENÇÃO Julio Nascif Xavier 31-3227-2705 nascif@tecem.com.br Terceirização é a transferência para terceiros de atividades que

Leia mais

DANTE RAMACCIOTTI ABREU Consultor Associado a Luis Borges Assessoria em Gestão Ltda. FORMAÇÃO ACADÊMICA

DANTE RAMACCIOTTI ABREU Consultor Associado a Luis Borges Assessoria em Gestão Ltda. FORMAÇÃO ACADÊMICA DANTE RAMACCIOTTI ABREU Consultor Associado a Luis Borges Assessoria em Gestão Ltda. FORMAÇÃO ACADÊMICA Graduação Engenharia Industrial Mecânica CEFET MG 1992. PRINCIPAIS ÁREAS DE ATUAÇÃO NA GESTÃO DE

Leia mais

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: matheus.bortoleto@cnec.edu.br Colégio Cenecista Dr. José Ferreira

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: matheus.bortoleto@cnec.edu.br Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Sociologia Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: matheus.bortoleto@cnec.edu.br Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Organização da produção social do trabalho Objetivo: Problematizar as diferentes

Leia mais

Curso de Graduação em Administração. Administração da Produção e Operações I

Curso de Graduação em Administração. Administração da Produção e Operações I Curso de Graduação em Administração Administração da Produção e Operações I 2º Encontro - 17/02/2012 18:50 às 20:30h COMO SERÁ NOSSO ENCONTRO HOJE? 02 - ABERTURA - EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA ADMINISTRAÇÃO DA

Leia mais

INTRODUÇÃO A LE L A E N A N M AN A U N FA F C A TURI R NG N

INTRODUÇÃO A LE L A E N A N M AN A U N FA F C A TURI R NG N INTRODUÇÃO A LEAN MANUFACTURING O queé LEAN? Uma filosofia de produção que enfatiza o minimização da quantidade de todos os recursos (inclusive tempo) usados nas várias atividades da empresa. Envolve a

Leia mais

Gestão de Carreira Perfil do profissional de Excelência Operacional. ALBERTO PEZEIRO Sócio-Fundador e CEO pezeiro@setadg.com.

Gestão de Carreira Perfil do profissional de Excelência Operacional. ALBERTO PEZEIRO Sócio-Fundador e CEO pezeiro@setadg.com. Gestão de Carreira Perfil do profissional de Excelência Operacional ALBERTO PEZEIRO Sócio-Fundador e CEO pezeiro@setadg.com.br 11 98110-0026 1 Profissional de Excelência Operacional Requisitos obrigatórios

Leia mais

PRODUÇÃO ENXUTA. Eng. Liane Freitas, MsC.

PRODUÇÃO ENXUTA. Eng. Liane Freitas, MsC. PRODUÇÃO ENXUTA Eng. Liane Freitas, MsC. O que será visto neste capítulo? 1 O significado a filosofia JIT 2 O JIT versus a prática tradicional 3 As técnicas JIT de gestão 4 As técnicas JIT de planejamento

Leia mais

Conectando a Montagem aos Processos em Lotes através de Sistemas Puxados Básicos

Conectando a Montagem aos Processos em Lotes através de Sistemas Puxados Básicos Conectando a Montagem aos Processos em Lotes através de Sistemas Puxados Básicos Art Smalley Tradução: Diogo Kosaka Sistemas puxados são uma parte fundamental da manufatura lean e freqüentemente são mal

Leia mais

Indicadores de Desempenho do SGQ

Indicadores de Desempenho do SGQ Módulo 3: Indicadores de Desempenho do SGQ Instrutor: Henrique Pereira Indicadores de Desempenho do SGQ Partes interessadas: Quem são? Quais são suas necessidades? Como monitorar e medir os processos:

Leia mais

Copyright Alberto W. Ramos 1. Breve Histórico do 6 Sigma

Copyright Alberto W. Ramos 1. Breve Histórico do 6 Sigma Copyright Alberto W. Ramos 1 Breve Histórico do 6 Sigma Criado pela Motorola na década de 80; Adotado mundialmente por diversas empresas: Allied Signal, General Electric, Polaroid, Asea Brown Boveri, Kodak,

Leia mais

Ementa e Cronograma Programático...

Ementa e Cronograma Programático... Prof. Fabrício Rogério Parrilla Ementa e Cronograma Programático... AULA 01 Estratégia de Operações e Planejamento Agregado AULA 02 Planejamento e Controle de Operações AULA 03 Gestão da Demanda e da Capacidade

Leia mais

O sistema Just-In-Time. Professor: Dannilo Barbosa Guimarães

O sistema Just-In-Time. Professor: Dannilo Barbosa Guimarães O sistema Just-In-Time Professor: Dannilo Barbosa Guimarães Introdução ao JIT O Just-In-Time surgiu no Japão na década de 70 na Toyota Motor Company (Taiichi Ohno). O JIT visa o combate ao desperdício

Leia mais

LEAN MANUFACTURING: REDUÇÃO DE DESPERDÍCIOS E A PADRONIZAÇÃO DO PROCESSO RESUMO. Palavras-Chaves: Lean Manufacturing. Cronoanálise. Padronização.

LEAN MANUFACTURING: REDUÇÃO DE DESPERDÍCIOS E A PADRONIZAÇÃO DO PROCESSO RESUMO. Palavras-Chaves: Lean Manufacturing. Cronoanálise. Padronização. LEAN MANUFACTURING: REDUÇÃO DE DESPERDÍCIOS E A PADRONIZAÇÃO DO PROCESSO Daiane Maciel Rezende ¹ Jessica Freitas da Silva ² Sheila Marcela Miranda ³ Anderson Barros 4 RESUMO O objetivo deste artigo é de

Leia mais

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas. Módulo: Administração de Materiais. Profª Neuza

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas. Módulo: Administração de Materiais. Profª Neuza FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo: Administração de Materiais Profª Neuza AULA ANTERIOR: Compras O que é??? É uma atividade de aquisição que visa garantir o abastecimento da empresa

Leia mais

LEAN-CURSOS E WORKSHOPS Cursos otimizados para as necessidades do Cliente Cursos Padrão Workshops de Capacitação

LEAN-CURSOS E WORKSHOPS Cursos otimizados para as necessidades do Cliente Cursos Padrão Workshops de Capacitação LEAN-CURSOS E WORKSHOPS Cursos otimizados para as necessidades do Cliente Cursos Padrão Workshops de Capacitação Serviços : Cursos e workshops especialmente criados para capacitar a sua organização no

Leia mais

RELEASE À IMPRENSA São Paulo, 29 de outubro de 2008 Inédito! Especialista internacional ensina no Brasil como implementar Logística Lean

RELEASE À IMPRENSA São Paulo, 29 de outubro de 2008 Inédito! Especialista internacional ensina no Brasil como implementar Logística Lean RELEASE À IMPRENSA São Paulo, 29 de outubro de 2008 Inédito! Especialista internacional ensina no Brasil como implementar Logística Lean Escritor norte-americano, consultor do primeiro instituto Lean do

Leia mais

FORMAÇÃO PRÁTICA LEAN

FORMAÇÃO PRÁTICA LEAN TREINAMENTOS PRESENCIAIS PRÁTICOS FORMAÇÃO PRÁTICA LEAN Oportunidade ideal para gerar resultados reais na sua carreira e empresa. Capacitação com implementação prática de projeto KPO Fevereiro 2016 Informações

Leia mais

COMO MELHORAR O DESEMPENHO DAS LINHAS DE. Edson Donisete da Silva, Carlos Roberto Sponteado Aquarius Software

COMO MELHORAR O DESEMPENHO DAS LINHAS DE. Edson Donisete da Silva, Carlos Roberto Sponteado Aquarius Software COMO MELHORAR O DESEMPENHO DAS LINHAS DE PRODUÇÃO Edson Donisete da Silva, Carlos Roberto Sponteado Aquarius Software Objetivo Apresentar conceitos e ferramentas atuais para melhorar eficiência da produção

Leia mais

σ LEAN LEAN SEIS SIGMA UPGRADE BLACK BELT TURMA REDUZIDA INÍCIO EM ABRIL DE 2016

σ LEAN LEAN SEIS SIGMA UPGRADE BLACK BELT TURMA REDUZIDA INÍCIO EM ABRIL DE 2016 6 σ LEAN UPGRADE BLACK BELT TURMA REDUZIDA INÍCIO EM ABRIL DE 2016 UPGRADE BLACK BELT ORIGENS DO A metodologia Seis Sigma surgiu na Motorola, na década de 1980, e foi posteriormente implementada na General

Leia mais

Transformação de Processos. Palestrante: Monica Moreira

Transformação de Processos. Palestrante: Monica Moreira Transformação de Processos Palestrante: Monica Moreira Sobre a Instrutora Monica Rodrigues Moreira MsC, MBA, CBPP, ITIL, Cobit Pesquisadora Universidade Federal Fluminense Curriculo linkedin www.linkedin.com/in/monicarodriguesmoreira

Leia mais

LEAD TIME PRODUTIVO: UMA FERRAMENTA PARA OTIMIZAÇÃO DOS CUSTOS PRODUTIVOS

LEAD TIME PRODUTIVO: UMA FERRAMENTA PARA OTIMIZAÇÃO DOS CUSTOS PRODUTIVOS LEAD TIME PRODUTIVO: UMA FERRAMENTA PARA OTIMIZAÇÃO DOS CUSTOS PRODUTIVOS Sandra Mara Matuisk Mattos (DECON/UNICENTRO) smattos@unicentro.br, Juliane Sachser Angnes (DESEC/UNICENTRO), Julianeangnes@gmail.com

Leia mais

No modo de produção escravista os trabalhadores recebiam salários muito baixos.

No modo de produção escravista os trabalhadores recebiam salários muito baixos. Atividade extra Fascículo 2 Sociologia Unidade 3 Questão 1 Leia com atenção o texto de Paul Lovejoy sobre escravidão: Enquanto propriedade, os escravos eram bens móveis: o que significa dizer que eles

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DE KANBAN DE FORNECEDOR, TRANSPORTE E PRODUÇÃO: ESTUDO DE CASO EM EMPRESA DE CABINES DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS

IMPLEMENTAÇÃO DE KANBAN DE FORNECEDOR, TRANSPORTE E PRODUÇÃO: ESTUDO DE CASO EM EMPRESA DE CABINES DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS ! "#$ " %'&)(*&)+,.- /10.2*&4365879&4/1:.+58;.2*=?5.@A2*3B;.- C)D 5.,.5FE)5.G.+ &4- (IHJ&?,.+ /?=)5.KA:.+5MLN&OHJ5F&4E)2*EOHJ&)(IHJ/)G.- D - ;./);.& IMPLEMENTAÇÃO DE KANBAN DE FORNECEDOR, TRANSPORTE

Leia mais

A Cadeia de Ajuda para Manter a Estabilidade Produtiva

A Cadeia de Ajuda para Manter a Estabilidade Produtiva A Cadeia de Ajuda para Manter a Estabilidade Produtiva Sergio Kamada* Este artigo tem como objetivo descrever a importância da Cadeia de Ajuda no processo de estabilização produtiva e apresentar métodos

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E SISTEMAS

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E SISTEMAS UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E SISTEMAS THIAGO ALEXSANDER GOMES MAFFIOLETTI IMPLANTAÇÃO DA FERRAMENTA TRABALHO PADRONIZADO

Leia mais

MRP MRP. Módulo 5 MRP e JIT. Demanda de produtos e serviços. Fornecimento de produtos e serviços

MRP MRP. Módulo 5 MRP e JIT. Demanda de produtos e serviços. Fornecimento de produtos e serviços Módulo 5 MRP e JIT Adm Prod II 1 MRP Fornecimento de produtos e serviços Recursos de produção MRP Decisão de quantidade e momento do fluxo de materiais em condições de demanda dependente Demanda de produtos

Leia mais

Palestra: A Contribuição do Lean Six Sigma na Gestão do Negócio

Palestra: A Contribuição do Lean Six Sigma na Gestão do Negócio Palestra: A Contribuição do Lean Six Sigma na Gestão do Negócio Paulo César C Ferreira Franco Certified Manager of Quality/Organizational Excellence Certified Quality Engineer Certified Quality Auditor

Leia mais

Estratégia Seis Sigma. Prof. Dr. Messias Borges Silva

Estratégia Seis Sigma. Prof. Dr. Messias Borges Silva Estratégia Seis Sigma Livre Docente em Engenharia da Qualidade (UNESP) Engenheiro Industrial Químico (FAENQUIL- EEL/USP) Certified Quality Engineer (American Society for Quality-ASQ-USA) Pós-graduado em

Leia mais

O Seis Sigma como apoio a Estratégia Organizacional

O Seis Sigma como apoio a Estratégia Organizacional 1 O Seis Sigma como apoio a Estratégia Organizacional Andre Rodrigues da SILVA 1 Introdução A produção em massa revolucionou a fabricação na metade do século XIX e esta filosofia foi explorada por grandes

Leia mais

INTRODUÇÃO A ADMINISTRAÇÃO

INTRODUÇÃO A ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO EM SEGURANÇA DO TRABALHO IMPORTÂNCIA INTRODUÇÃO A ADMINISTRAÇÃO Quando do início de um empreendimento, de um negócio ou qualquer atividade; As expectativas e desejos de início são grandes:

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Redução do impacto ambiental através das práticas lean Autor: Lando Tetsuro Nishida.

Redução do impacto ambiental através das práticas lean Autor: Lando Tetsuro Nishida. Redução do impacto ambiental através das práticas lean Autor: Lando Tetsuro Nishida. O sistema de gerenciamento ambiental está se tornando cada vez mais uma prioridade na gestão das empresas. Em diversas

Leia mais

Integrando Lean com os sistemas de tecnologia de informação

Integrando Lean com os sistemas de tecnologia de informação Integrando Lean com os sistemas de tecnologia de informação Jean Cunningham Quando eu era CFO (Chief Financial Officer) da Lantech (Louisville, KY), ajudei a adaptar o sistema de tecnologia de informação

Leia mais

σ LEAN LEAN SEIS SIGMA FORMAÇÃO GREEN BELT TURMA REDUZIDA INÍCIO EM SETEMBRO DE 2015

σ LEAN LEAN SEIS SIGMA FORMAÇÃO GREEN BELT TURMA REDUZIDA INÍCIO EM SETEMBRO DE 2015 6 σ LEAN FORMAÇÃO GREEN BELT TURMA REDUZIDA INÍCIO EM SETEMBRO DE 2015 FORMAÇÃO GREEN BELT ORIGENS DO A metodologia Seis Sigma surgiu na Motorola, na década de 1980, e foi posteriormente implementada na

Leia mais

Treinamento de. Green Belt em Lean Seis Sigma

Treinamento de. Green Belt em Lean Seis Sigma Treinamento de Green Belt em Lean Seis Sigma Sumário 03. Nossa Empresa 05. Seis Sigma 06. Treinamento de Green Belt em Lean Seis Sigma 07. Conteúdo Programático 12. Certificados 13. Principais Instrutores

Leia mais

σ LEAN LEAN SEIS SIGMA UPGRADE BLACK BELT TURMA REDUZIDA INÍCIO EM AGOSTO DE 2015

σ LEAN LEAN SEIS SIGMA UPGRADE BLACK BELT TURMA REDUZIDA INÍCIO EM AGOSTO DE 2015 6 σ LEAN UPGRADE BLACK BELT TURMA REDUZIDA INÍCIO EM AGOSTO DE 2015 UPGRADE BLACK BELT ORIGENS DO A metodologia Seis Sigma surgiu na Motorola, na década de 1980, e foi posteriormente implementada na General

Leia mais