9 Referências Bibliográficas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "9 Referências Bibliográficas"

Transcrição

1 9 Referências Bibliográficas AGARWAL, A., SHANKAR, R., E TIWARI, M.K., Modeling the metrics of lean, agile and leagile supply chain: an ANP-based approach, European Journal of Operational Research, v. 173, p , ANDERSON, J..; NARUS, J. Partnering as a Focused Market Strategy, California Management Review, v. 33, p. 96, ANDERSSON, D., NORRMAN, A., Managing risk when outsourcing advanced logistics, 12 th International IPSERA Conference, ARAGÃO, A.B., SCAVARDA, L.F., HAMACHER, S., PIRES, S.R.I., Modelo de análise de cadeias de suprimentos: fundamentos e aplicação às cadeias de cilindros de GNV, Gestão & Produção, v. 11, n. 3, p , Set./Dez., AROZO, R., Monitoramento de desempenho na gestão de estoques, Artigos CEL, ASSUMPÇÃO, M. R. P., Reflexão para Gestão Tecnológica em Cadeias de Suprimento, Revista Gestão & Produção, v.10, n.3, Dez., BALLOU, R., Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos, 4 o Edição, Editora Bookman, BARROS, G., Desastre anunciado, Revista Época, 24 de maio, BENSAOU, M., Portfolios of buyer-supplier relationships, Sloan Management Review, v. 40, n. 4, p , BOWERSOX, D.J., Logística empresarial: o processo de integração da cadeia de suprimento, Editora Atlas, BUCHANAN, B., YANG, T., The benefits and costs of controlling shareholders: the rise and fall of Parmalat, Research in International Business and Finance, v. 19, n. 1, p , March, 2005.

2 174 CAMBRAIA, F., SAURIN, T., FORMOSO, C., Quase-acidentes: conceito, classificação e seu papel na gestão da segurança, anais do XXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, CARNEIRO, T, ARAÚJO, C, Desafios na implantação do supply chain management, anais do XXIII ENEGEP, CHAPMAN, P, CHRISTOPHER, M, JUTTNER, U, PECK, H, Identifying and managing supply chain vulnerability, Logistics and Transport Focus, v. 4, n.4, CHAN, F T S; QI, H F, An innovative performance measurement method for supply chain management, Supply Chain Management: An International Journal, v. 8, n. 3, p , CHILDERHOUSE, P, TOWILL, D R, Simplified material flow holds the key to supply chain integration, Omega, v. 31, n. 1, p , CHOPRA, S MEINDL, P, Gerenciamento da cadeia de suprimentos: estratégia, planejamento e operação, Pearson Education do Brasil Prentice Hall, CHRISTOPHER, M., Logistics and Supply Chain Management Creating Valueadding Networks, 3ª Edição, Pearson Education Prentice Hall, , the Agile Supply Chain: Competing in Volatile Markets, Industrial Marketing Management, v. 29, n. 1, p , 2000; , TOWILL, D.R., An integrated model for the design of agile supply chains, International Journal of Physical Distribution and Logistics Management, v. 31, n. 4, p , , PECK, H., Building the resilient supply chain, International Journal of Logistics Management, v. 15, n. 2, p. 1-13, , RUTHERFORD, C., Creating a supply chain resilience through agile six sigma, Critical Eye, p , June/Aug, COUNCIL OF SUPPLY CHAIN MANAGEMENT PROFESSIONALS, CSCMP, 2007,

3 175 COOPER, M.C., LAMBERT, D., PAGH, J., Supply Chain Management: more than a new name for logistics, The International Journal of Logistics Management, v.8, n.1, p. 1-14, 1997; , ELLRAM, L.M., GARDNER, J.T., HANKS, A.M., Meshing multiple alliances, Journal of Business Logistics, v. 18, n. 1, p , COX, A., The art of the possible: relationship management in power regimes and supply chains, International Journal of Supply Chain Management, v. 9, n. 5, p , CRANFIELD UNIVERSITY, Creating resilient supply chain: a practical guide, Centre for Logistics and Supply Chain Management, em CROXTON, K.L.; GARCÍA-DASTUGUE, S.J.; LAMBERT, D.M.; ROGERS, D., The supply chain management processes, The International Journal of Logistics Management, v.12, n.2, p.13-36, Cupp, O.S., Walker, D.E., Hillison, J., Agroterrorism in the U.S.: Key Security Challenge for the 21st Century, Biosecurity and Bioterrorism, v. 2, n. 2, p , June, DAN, W., ZAN, Y., Risk Management of Global Supply Chain, Proceedings of the IEEE International Conference on Automation and Logistics, Jinan, China, August, p.18-21, DE CICCO, F., FANTAZZINI, M., Introdução à engenharia de segurança de sistemas. 3. ed. São Paulo, Fundacentro, DGMM, Manual de Segurança de Aviação, Diretoria Geral do Material da Marinha do Brasil, EASTON, G., QUAYLE, M.; Single and Multiple Network Sourcing Network Implications, Proceedings of 6 th IMP Conference, Research and Developments in International Industrial Marketing and Purchasing, Milan, EINARSSON, S. E RAUSAND, M., An approach to vulnerability analysis for complex industrial systems, Risk Analysis, v. 18, n. 5, p , 1998.

4 176 FLEURY, PF; WANKE, P.; FIGUEIREDO, KF; Logística empresarial: a perspectiva brasileira; Editora Atlas S.A., GARDNER, J.T., COOPER, M.C., Strategic supply chain mapping approaches, Journal of Business Logistics, v. 24, n.2, p , GEORGE, M. L., Lean Six Sigma, Editora McGraw-Hill, , MAXEY, J., ROWLANDS, D.T., UPTOM, M., The lean six sigma pocket tool book: a quick reference guide to 100 tools for improving quality and speed, Editora McGraw-Hill, GUSMÃO, S. L. L., Proposição de Um Esquema Integrando a Teoria das Restrições e a Teoria dos Custos de Transação para Identificação e Análise de Restrições em Cadeias de Suprimentos: estudo de casos na cadeia de vinhos finos do Rio Grande do Sul, tese de doutorado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, FASCIONI, L., C., Caminho para a gestão integrada da identidade corporativa, Revista Conexão Comunicação e Cultura, Universidade de Caxias do Sul, v. 5, n. 10, HÄKANSSON, H; SNEHOTA, I., Developing relationships in business networks, International National Thomson Business Press, London, HALLIKAS, J., KARVONEN, I., PULKKINEN, U., VIROLAINEN, V., TUOMINEN, M., Risk management process in supplier networks, International Journal of Production Economics, v. 90, p , HAMEL, G, VÄLIKANGAS, L, The quest for resilience, Harvard Business Review, September, HARLAND, C., Supply chain management relationships, chains and networks, British Journal of Management, v. 7, p. S63-S80, March, , LAMMING, R.C., ZHENG, J., JOHNSEN, T.E., A taxonomy of supply networks, Journal of Supply Chain Management, v. 37, n. 4, p , Fall, 2001.

5 , BRENCHLEY, R., WALKER, H., Risk in supply networks, Journal of Purchasing & Supply Management, v. 9, n. 2, p , , ZHENG, J., JOHNSEN, T., LAMMING, R., A conceptual model of researching the creation and operation of supply networks, British Journal of Management, v. 15, n.1, p. 1-21, HEWITT, F., Supply chain redesign, the International Journal of Logistics Management, v. 5, n. 2, p. 1-9, HOUAISS, Dicionário da Língua Portuguesa, HULT, G.T.M., HURLEY, R.F., GIUNIPERO, L.C., NICHOLS, E. L., Organizational Learning in Global Purchasing: A Model and Test of Internal Users and Corporate Buyers, Decision Sciences, v. 31, n. 2, p , J. VAN DER VORST, IR. J.G.A., Supply Chain Management: theory and practices, in The Emerging World of Chains & Networks: Bridging Theory and Practice, Reed Business Information, JOHNSON, M.E., Learning from toys: lessons in managing supply chain risk from the toy industry, California Management Review, v. 43, n. 3, p , JÜTTNER, U., Supply chain risk management, the International Journal of Logistics, Management, v. 16, n. 1, p , , PECK, H. AND CHRISTOPHER, M., Supply chain risk management: outlining an agenda for future research, International Journal of Logistics: Research and Applications, v. 6, n. 4, LA LONDE, B., COOPER, M., Partnerships in Providing Customer Service: A Third-Party Perspective, Council of Logistics Management, LAMBERT, D M, COOPER, M C, PAGH, J D, Supply Chain Management: Implementation Issues and Research Opportunities, the International Journal of Logistics Management, v. 9, n. 2, p. 1-20, 1998.

6 , COOPER, M C, Issues in supply chain management, Industrial Marketing Management, v. 29, n.1, p , , GARCÍA-DASTUGUE, S., E CROXTON, K., An evaluation of process-oriented supply chain management frameworks, Journal of Business Logistics, v. 26, n. 1, , POHLEN, T L, Supply chain metrics, the International Journal of Logistics Management, v. 12, n. 1, p.1, , the Eight essential supply chain management process, Supply Chain Management Review, v. 8, n. 6, p , Set , Supply Chain Management: process, partnerships, performance, Supply Chain Management Institute, 2 o ed., LARSON, P.D., HALLDORSSON, A., Logistics versus supply chain management: an international survey, International Journal of Logistics: Research and Applications, v. 7, n.1, p , LINDROTH, R. E NORRMAN, A., Supply chain risk and risk sharing instruments an illustration from the Telecommunication Industry, 6 th Logistics Research Network, Conferences Proceedings, LI, J., HONG, S., Towards a New Model of Supply Chain Risk Management: the Cross-Functional Process Mapping Approach, Int. J. Electronic Customer Relationship Management, v. 1, n. 1, p , LIMA, R.C.A., MIRANDA, S.H.G., GALLI, F., FEBRE AFTOSA: Impacto sobre as exportações brasileiras de carnes e contexto mundial das barreiras sanitárias, Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada ESALQ/ USP, LOSHE, G. I., BIOLSI, K., WALKER, N., RUETER, H.H., A classification of visual representations, Communications of the ACM, v. 37, n. 12, p.36-49, December, MALONI, M., BENTON, W.C., Power influences in the supply chain, Journal of Business Logistics, v. 21, n. 1, p. 1-49, 2000.

7 179 MARTINS, P. G.; LAUGENI, F. P. Administração da Produção, Editora Saraiva, MASON-JONES, R., TOWILL, D.R., Shrinking the supply chain uncertainty circle, Institute of Operations Management Control Journal, v. 24, n. 7, p.17 22, , TOWILL, D.R., Using the Information Decoupling Point to Improve Supply Chain Performance, the International Journal of Logistics Management, v. 10, n. 2, p , MCADAM, R.; MCCORMACK, D., Integrating business processes for global alignment and supply chain management, Business Process Management Journal, v. 7, n. 2, p , MENTZER, J.T., DEWITT, W., KEEBLER, J.S., MIN, S., NIX, N.W., SMITH, C.D., ZACHARIA, Z.G., Defining supply chain management, Journal of Business Logistics, v. 22, n. 2, p.1-25, MICCUCI, V., SILVA, E.P.S., PIZZOLATO, N., Portfólio para identificação dos tipos de relacionamentos nas redes de suprimentos, Anais do SPOLM, 2005; MURPHY, J., Managing supply chain risk building in resilience and preparing for disruption, WisdomNet White Paper Series, June, NARAYANAN, V.G, RAMAN, A., Aligning Incentives in Supply Chains, Harvard Business Review, 82(11), p , Nov., NORRMAN, A., JANSSON, U., Ericsson s proactive supply chain risk management approach after a serious sub-supplier accident, International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, v.34, n.5, p , OLIVEIRA, C. M., CARVALHO, M. F. H., Análise de políticas de gestão em cadeias de suprimentos por modelos de simulação, Revista Gestão & Produção, v. 11, n. 3, p , Set-Dez., 2004.

8 180 OLHAGER, J., SELLDIN, E.,WIKNER, J., Decoupling the value chain, International Journal of Value Chain Management, v. 1, n. 1, p , O'REILLY, C. A., Corporations, culture and commitment: Motivation and social control in organizations, California Management Review, v. 31, n. 4, p. 9-25, PECK, H., Drivers of supply chain vulnerability: an integrated framework, International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, v. 35, n. 4, p , , Reconciling supply chain vulnerability, risk and supply chain management, International Journal of Logistics: Research and Applications, v. 9, n.2, p , PELTOLA, S., TUIMALA, J., VIROLAINEN, V., Benchmarking risk classified buyer-supplier relationships in the SME context, The 10th International Annual IPSERA Conference, PIRES, S.R.I., Gestão da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management) conceitos, estratégias, práticas e casos, Editora Atlas, 1 o ed., PLATTS, K., TAN, K.H., Strategy visualization: knowing, understanding, and formulating, Management Decision, v. 42, n. 5, p , REASON, J., Managing the risks of organizational accidents, Ashgate Publishing Company, 1 o ed. 1997, 10 o reed, SCAVARDA, L.F.R.R.C., Contribuição para sistematizar a analise da dinâmica de cadeia de suprimentos: proposta de um método de analise e a sua aplicação à indústria automotiva, Tese (Doutorado em Engenharia de Produção), Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, SIMONS, R., How risky is your company?, Harvard Business Review, May- June, SIMCHI-LEVI, D; KAMINSKY, P; SIMCHI-LEVI, E; Cadeia de suprimentos projeto e gestão, Editora Bookman, 2003.

9 181 SHEFFI, Y., The resiliente enterprise overcoming vulnerability for competitive advantage, The MIT Press, SLACK, N., CHAMBERS, S., HARLAND, C., HARRISON, A. JOHNSTON, R., Administração da Produção, Editora Atlas, 1 a ed., SORENSEN, J. B., The strength of corporate culture and the reliability of firm performance, Administrative Science Quarterly, v. 47, n. 1, p , STOCK, G.N., GREIS, N.P., KASARDA, J.D., Enterprise logistics and supply chain structure: the role fit, Journal of Operations Management, v. 18, n. 5, p , SUPPLY CHAIN COUNCIL, E-business and supply chain processes, Pennsylvania State University, SVENSSON, G., A typology of vulnerability scenarios towards suppliers and customers in supply chain based upon perceived time and relationship dependencies, International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, v. 32, n. 3, p ,2002. SVENSSON, G., A conceptual framework for the analysis of the vulnerability in supply chains, International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, v.30, n.9, p , TALAMINI, E., PEDROZO E. A., SILVA A.L., Gestão da cadeia de suprimentos e a segurança do alimento: uma pesquisa exploratória na cadeia exportadora de carne suína, Gestão& Produção, v.12, n.1, p , Jan./Abr., 2005; TAN, K.C., A framework of supply chain management literature, European Journal of Purchasing & Supply Management, v. 7, n.1, p , March, VERGARA, S.C., Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração, Editora Atlas, 8 o ed., VIEIRA, J.G.V., LUSTOSA, L., YOSHIZAKI, H., Análise da cadeia de suprimentos da indústria de laticínio da Zona da Mata Mineira: integração das

10 182 empresas, Revista Pesquisa e Desenvolvimento Engenharia de Produção, n.1, p , dez WILSON, M.C., The impact of transportations disruptions on supply chain performance, Transportation Research Parte E, v. 43, n. 4, p , 2007; WRIGHT, J.T.C., GIOVINAZZO, R.A., Delphi Uma Ferramenta de Apoio ao Planejamento Prospectivo, Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v. 1, n. 12, p , ZSIDISIN, G.A., PANELLI, A. AND UPTON, R., Purchasing organization involvement in risk assessment, contingency plans, and risk management: an exploratory study, An International Journal Supply Chain Management, v. 5, n. 4, p , , Managerial perceptions of supply risk, The Journal of Supply Chain Management, v. 39, n. 1, p , , RAGATZ, G.L.; MELNYK, S.A., The DARK SIDE of Supply Chain Management, Supply Chain Management Review, v. 9, n. 2, p , March, 2005.

UMA FERRAMENTA GRÁFICA DE MAPEAMENTO PARA APOIAR O GERENCIAMENTO DE RISCO NA CADEIA DE SUPRIMENTOS

UMA FERRAMENTA GRÁFICA DE MAPEAMENTO PARA APOIAR O GERENCIAMENTO DE RISCO NA CADEIA DE SUPRIMENTOS ISSN 2175-6295 Rio de Janeiro- Brasil, 05 e 06 de agosto de 2008. SPOLM 2008 UMA FERRAMENTA GRÁFICA DE MAPEAMENTO PARA APOIAR O GERENCIAMENTO DE RISCO NA CADEIA DE SUPRIMENTOS Valéria C.G.S. Miccuci Pontifícia

Leia mais

UMA FERRAMENTA GRÁFICA DE MAPEAMENTO PARA APOIAR O GERENCIAMENTO DE RISCO NA CADEIA DE SUPRIMENTOS

UMA FERRAMENTA GRÁFICA DE MAPEAMENTO PARA APOIAR O GERENCIAMENTO DE RISCO NA CADEIA DE SUPRIMENTOS UMA FERRAMENTA GRÁFICA DE MAPEAMENTO PARA APOIAR O GERENCIAMENTO DE RISCO NA CADEIA DE SUPRIMENTOS Valeria C.G.S. Miccuci (PUC/Rio) valeriamiccuci@uol.com.br Nelio D. Pizzolato (PUC/Rio) ndp@puc-rio.br

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Qualidade Total e Gestão das Operações MESTRADO Gestão Negócios ANO E

Leia mais

GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM FORNECEDORES (SRM): ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DO SETOR AVÍCOLA DO ESTADO DE MATO GROSSO

GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM FORNECEDORES (SRM): ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DO SETOR AVÍCOLA DO ESTADO DE MATO GROSSO GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM FORNECEDORES (SRM): ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DO SETOR AVÍCOLA DO ESTADO DE MATO GROSSO Tatiane Cunha Villela (UFSCar ) Tatisansao@hotmail.com O OBJETIVO DESTE TRABALHO

Leia mais

Autor(es) FELIPE DE CAMPOS MARTINS. Orientador(es) ALEXANDRE TADEU SIMON. Apoio Financeiro PIBITI/CNPQ. 1. Introdução

Autor(es) FELIPE DE CAMPOS MARTINS. Orientador(es) ALEXANDRE TADEU SIMON. Apoio Financeiro PIBITI/CNPQ. 1. Introdução 19 Congresso de Iniciação Científica GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: APRIMORAMENTO DA METODOLOGIA DE DIAGNOSTICO E PROPOSIÇÃO DE UM MÉTODO PARA IMPLANTAÇÃO BASEADO EM PROCESSOS DE NEGÓCIO Autor(es) FELIPE

Leia mais

6 Referências bibliográficas

6 Referências bibliográficas 6 Referências bibliográficas ANDERSON, M.G.; KATZ, P.B. Strategic Sourcing. The International Journal of Logistics Management, v. 9, n. 1, p.1-13, 1998. ARKADER, R.; LINDNER, L. Seleção de Fornecedores

Leia mais

Mensuração de desempenho logístico e o modelo World Class Logistics Parte 1

Mensuração de desempenho logístico e o modelo World Class Logistics Parte 1 Mensuração de desempenho logístico e o modelo World Class Logistics Parte 1 Maria Fernanda Hijjar Marina Helena Gervásio Kleber Fossatti Figueiredo O desenvolvimento de um bom sistema de monitoramento

Leia mais

Prof. Me. Maico Roris Severino Curso Engenharia de Produção Universidade Federal de Goiás (UFG) Campus Catalão

Prof. Me. Maico Roris Severino Curso Engenharia de Produção Universidade Federal de Goiás (UFG) Campus Catalão Prof. Me. Maico Roris Severino Curso Engenharia de Produção Universidade Federal de Goiás (UFG) Campus Catalão 1 Roteiro da Apresentação Definições Cadeia de Suprimentos Logística Gestão da Cadeia de Suprimentos

Leia mais

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: UMA ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: UMA ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: UMA ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA Tainan Rodrigues de Oliveira Neves (PUCPR) tainan_neves@hotmail.com Everton Drohomeretski (FAE/PUCPR) profeverton.d@hotmail.com Sergio

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE MODELO PARA MEDIR O NÍVEL DE MATURIDADE DE RELACIONAMENTOS ENTRE PARTICIPANTES DE UMA CADEIA DE SUPRIMENTO

PROPOSIÇÃO DE MODELO PARA MEDIR O NÍVEL DE MATURIDADE DE RELACIONAMENTOS ENTRE PARTICIPANTES DE UMA CADEIA DE SUPRIMENTO Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR Campus Ponta Grossa - Paraná - Brasil ISSN 1808-0448 / v. 04, n. 02: p. 186-209, 2008 D.O.I.: 10.3895/S1808-04482008000200011 PROPOSIÇÃO DE MODELO PARA

Leia mais

LOGÍSTICA E GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: CONCEITOS E DIFERENÇAS

LOGÍSTICA E GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: CONCEITOS E DIFERENÇAS 46 LOGÍSTICA E GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: CONCEITOS E DIFERENÇAS Leandro Soares Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rio de Janeiro, RJ, Brasil Professor

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Competitividade, Planeamento e Controlo nos Serviços de Saúde MESTRADO

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS 7ª ETAPA GESTÃO EMPRESARIAL: FOCO SISTEMAS CORPORATIVOS Disciplina: ESTRATÉGIAS EM SISTEMAS DE GESTÃO EMPRESARIAL ENEX00614 (34) Teóricas 34 h/a Conceitos básicos de estratégia

Leia mais

ANP. (2012). Agência Nacional de Petroleo. Acesso em 22 de 06 de 2012, disponível em http://www.anp.gov.br

ANP. (2012). Agência Nacional de Petroleo. Acesso em 22 de 06 de 2012, disponível em http://www.anp.gov.br 98 8. REFERÊNCIAS ANAC. (2012). Anuário do Transporte Aéreo. Acesso em 18 de agosto de 2012, disponível em Site da ANAC: http://www2.anac.gov.br/estatistica/anuarios.asp ANP. (2012). Agência Nacional de

Leia mais

Código da Disciplina: ENEX01427. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015

Código da Disciplina: ENEX01427. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015 Unidade Universitária: FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA Curso: Sistemas de Informação Disciplina: SISTEMAS DE GESTÃO DE FINANÇAS E CUSTOS Etapa: 07 Carga horária: 68 Teóricas, 0 Práticas, 0 EaD Ementa:

Leia mais

Distribuição direta ou distribuição escalonada?

Distribuição direta ou distribuição escalonada? Distribuição direta ou distribuição escalonada? A visão da indústria numa rede de distribuição simples Peter Wanke Introdução As últimas três décadas foram marcadas por fortes transformações nas relações

Leia mais

7 Referências bibliográficas

7 Referências bibliográficas 7 Referências bibliográficas ALMEIDA, F. C.; SIQUEIRA, J. O.; ONUSIC, L. M. Data Mining no contexto de Customer Relationship Management. Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v. 12, n. 2, p.

Leia mais

Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008

Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008 Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008 Bibliografía BREALEY, Richard A.; MYERS, Stewart C. - Princípios de Finanças Empresariais.

Leia mais

Valéria Campos Gomes de Souza Miccuci. Um Modelo Pró-ativo de Gerenciamento de Riscos na Cadeia de Suprimentos. Tese de Doutorado

Valéria Campos Gomes de Souza Miccuci. Um Modelo Pró-ativo de Gerenciamento de Riscos na Cadeia de Suprimentos. Tese de Doutorado Valéria Campos Gomes de Souza Miccuci Um Modelo Pró-ativo de Gerenciamento de Riscos na Cadeia de Suprimentos Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da

Leia mais

6 Referências bibliográficas

6 Referências bibliográficas 6 Referências bibliográficas AAKER, D. Pesquisa de Marketing. São Paulo: Atlas, 2001. ABBAS, K. Gestão de Custos em Organizações Hospitalares. 2001. In COUTO, Renato e PEDROSA, Tânia. Hospital: Acreditação

Leia mais

Avaliação de Desempenho da Cadeia de Suprimento da Polpa de Morango a Nível Local

Avaliação de Desempenho da Cadeia de Suprimento da Polpa de Morango a Nível Local Avaliação de Desempenho da Cadeia de Suprimento da Polpa de Morango a Nível Local SILVA, C. C. a,b*, GIANNETTI, B. F. a, ALMEIDA, C. M. V. B. a a. Universidade Paulista, São Paulo b. IFSULDEMINAS Câmpus

Leia mais

Desafios na implantação do supply chain management

Desafios na implantação do supply chain management Desafios na implantação do supply chain management Teresa Cristina Janes Carneiro (COPPEAD / UVV) carneiro.teresa@terra.com.br Claúdia Affonso Silva Araújo (COPPEAD / UFRJ) claurauj@uninet.com.br Resumo

Leia mais

ADOÇÃO DO POSTPONEMENT EM EMPRESAS PRODUTORAS DE DERIVADOS DE TOMATE

ADOÇÃO DO POSTPONEMENT EM EMPRESAS PRODUTORAS DE DERIVADOS DE TOMATE ADOÇÃO DO POSTPONEMENT EM EMPRESAS PRODUTORAS DE DERIVADOS DE TOMATE Karine Araujo Ferreira (UFOP) karineprod@deenp.ufop.br Rosane Lucia Chicarelli Alcantara (UFSCar) rosane@power.ufscar.br Nesta pesquisa

Leia mais

MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS

MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: NOVAS TENDÊNCIAS EM CONTABLIDADE DE GESTÃO Semestre 1º ECT s 6 Área Científica: Docente: CONTABILIDADE HUMBERTO RIBEIRO

Leia mais

6 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

6 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 96 6 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ALVAREZ, M. Terceirização Parceria e Qualidade. Rio de Janeiro: Campus, 1996. ARAGÃO, A. Modelo Para SCM Baseado em Integração de Processos, Compartilhamento de Informação

Leia mais

Entrega não assistida: uma contribuição para a logística colaborativa

Entrega não assistida: uma contribuição para a logística colaborativa Entrega não assistida: uma contribuição para a logística colaborativa Mauro Vivaldini (UNIMEP) mvivaldini@mbbrasil.com.br Fernando Bernardi de Souza (UNIMEP) fbsouza@unimep.br Resumo A partir da análise

Leia mais

Proposta de Modelo de Desenvolvimento de Sistema de Medição de Desempenho Logístico

Proposta de Modelo de Desenvolvimento de Sistema de Medição de Desempenho Logístico Winston Carvalho Santana Proposta de Modelo de Desenvolvimento de Sistema de Medição de Desempenho Logístico DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL Programa de Pós-Graduação Profissional

Leia mais

O modelo de referência das operações na cadeia de suprimentos - (SCOR-model)

O modelo de referência das operações na cadeia de suprimentos - (SCOR-model) VI ENEGEP - Fortaleza, CE, Brasil, 9 a 11 de Outubro de 2006 O modelo de referência das operações na cadeia de suprimentos - (SCOR-model) Carlos M.Taboada Rodrigues (PPGEP UFSC) taboada@deps.ufsc.br Cristian

Leia mais

O PAPEL DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) NA INTEGRAÇÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E O IMPACTO NO DESEMPENHO

O PAPEL DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) NA INTEGRAÇÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E O IMPACTO NO DESEMPENHO O PAPEL DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) NA INTEGRAÇÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E O IMPACTO NO DESEMPENHO Claudia Aparecida Mattos (FEI) ccldmtts@terra.com.br Fernando Jose Barbin Laurindo (USP) fjblau@usp.br

Leia mais

Gerenciamento do relacionamento com fornecedores: um estudo de caso na indústria de telecomunicações.

Gerenciamento do relacionamento com fornecedores: um estudo de caso na indústria de telecomunicações. Gerenciamento do relacionamento com fornecedores: um estudo de caso na indústria de telecomunicações. Rafael Siqueira (UNIFEI) raffa.siqueira@uol.com.br Renato da Silva Lima (UNIFEI) - rslima@unifei.edu.br

Leia mais

Definição de Critérios para Análise Comparativa de Modelos de Referência para Desenvolvimento Global de Software

Definição de Critérios para Análise Comparativa de Modelos de Referência para Desenvolvimento Global de Software Definição de Critérios para Análise Comparativa de Modelos de Referência para Desenvolvimento Global de Software Leonardo Pilatti, Jorge Luis Nicolas Audy Faculdade de Informática Programa de Pós Graduação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - PPGCC FICHA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - PPGCC FICHA DE DISCIPLINA FICHA DE DISCIPLINA Disciplina Contabilidade e Análise de Custos Código Carga Horária 6 Créditos 4 Tipo: PPGCC09 Eletiva OBJETIVOS Apresentar e discutir os conhecimentos fundamentais voltados para a identificação,

Leia mais

Gestão do serviço ao cliente sob a perspectiva da gestão da cadeia de suprimentos

Gestão do serviço ao cliente sob a perspectiva da gestão da cadeia de suprimentos Gestão do serviço ao cliente sob a perspectiva da gestão da cadeia de suprimentos Management of customer service under the perspective of supply chain management Renata Alexandre Aluna de Iniciação Científica

Leia mais

Suporte teórico para desenvolvimento da cadeia de navipeças. SUPPLY CHAIN MANAGEMENT INTEGRADO

Suporte teórico para desenvolvimento da cadeia de navipeças. SUPPLY CHAIN MANAGEMENT INTEGRADO Suporte teórico para desenvolvimento da cadeia de navipeças. SUPPLY CHAIN MANAGEMENT INTEGRADO Elaborado por: Adriane A. Farias Santos L. de Queiroz Doutoranda POLI-USP São Paulo, 23 de outubro de 2007

Leia mais

9. Referencias Bibliográficas

9. Referencias Bibliográficas 96 9. Referencias Bibliográficas ADVFN Advanced Financial Network. Indicadores. Disponível em: . Acesso em: 15 Mar. 2012. Alvarenga, A. C.; Novaes, A. G. N. Logística Aplicada:

Leia mais

6 Referências Bibliográficas

6 Referências Bibliográficas 85 6 Referências Bibliográficas ABML, disponível em: http://www.abml.org.br/website/downloads/conceitodooperadorlogistico.p df - acesso em 28/04/07. AFRICK, J. M.; CALKINS, C.S.; Does asset ownership mean

Leia mais

9 Referências bibliográficas

9 Referências bibliográficas 136 9 Referências bibliográficas ALVARENGA, A. C. ; NOVAES, A. G. N. Logística aplicada: suprimento e distribuição física. 3. ed. 1. reimp. São Paulo: Edgard Blücher, 2000. 194 p. BAÍDYA, T. K. N. ; AIUBE,

Leia mais

A Influência do Planejamento e das Capacidades Logísticas sobre o Desempenho dos Ciclos de Valor da Logística Integrada

A Influência do Planejamento e das Capacidades Logísticas sobre o Desempenho dos Ciclos de Valor da Logística Integrada A Influência do Planejamento e das Capacidades Logísticas sobre o Desempenho dos Ciclos de Valor da Logística Integrada Autoria: Marcelo Bronzo Ladeira, Marcos Paulo Valadares de Oliveira ABSTRACT Apesar

Leia mais

Gestão baseada no prestador de serviços logísticos (PSL): o caso da cadeia de suprimentos do McDonald s

Gestão baseada no prestador de serviços logísticos (PSL): o caso da cadeia de suprimentos do McDonald s Gestão baseada no prestador de serviços logísticos (PSL): o caso da cadeia de suprimentos do McDonald s Mauro Vivaldini (UNIMEP) mvivaldini@mbbrasil.com.br Fernando Bernardi de Souza (UNIMEP) fbsouza@unimep.br

Leia mais

CAPACIDADE DE INTEGRAÇÃO DE PRESTADORES DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS EM CADEIAS DE SUPRIMENTOS

CAPACIDADE DE INTEGRAÇÃO DE PRESTADORES DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS EM CADEIAS DE SUPRIMENTOS ! "#$ " %'&)(*&)+,.- /10.2*&4365879&4/1:.+58;.2*=?5.@A2*3B;.- C)D 5.,.5FE)5.G.+ &4- (IHJ&?,.+ /?=)5.KA:.+5MLN&OHJ5F&4E)2*EOHJ&)(IHJ/)G.- D - ;./);.& CAPACIDADE DE INTEGRAÇÃO DE PRESTADORES DE SERVIÇOS

Leia mais

Programa de Mestrado Profissional em Economia Área de Especialização: Finanças [mestradoprofissional@fgv.br]

Programa de Mestrado Profissional em Economia Área de Especialização: Finanças [mestradoprofissional@fgv.br] Programa de Mestrado Profissional em Economia Área de Especialização: Finanças [mestradoprofissional@fgv.br] Disciplina: ESTRATÉGIA FINANCEIRA Professores: RAFAEL SCHIOZER; 1 Semestre de 2008 EMENTA Esse

Leia mais

III Simpósio sobre Gestão Empresarial e Sustentabilidade (SimpGES) Produtos eco-inovadores: produção e consumo"

III Simpósio sobre Gestão Empresarial e Sustentabilidade (SimpGES) Produtos eco-inovadores: produção e consumo 24 e 25 de outubro de 2013 Campo Grande-MS Universidade Federal do Mato Grosso do Sul RESUMO EXPANDIDO TRIPLE BOTON LINE INCORPORADO NAS ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS: UM ESTUDO EM OPERADORES LOGÍSTICOS NO

Leia mais

Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum Desenvolvendo Competências Estratégicas para Agilidade em Inovação. Edivandro Conforto

Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum Desenvolvendo Competências Estratégicas para Agilidade em Inovação. Edivandro Conforto Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum Desenvolvendo Competências Estratégicas para Agilidade em Inovação Edivandro Conforto Pesquisador Consultor Autor Palestra 18.Set.2012 Edivandro Conforto é pesquisador,

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO EM OPERAÇÕES EMPRESARIAIS E LOGÍSTICA 27/11/2014

ADMINISTRAÇÃO EM OPERAÇÕES EMPRESARIAIS E LOGÍSTICA 27/11/2014 ADMINISTRAÇÃO EM OPERAÇÕES EMPRESARIAIS E LOGÍSTICA 27/11/2014 Composição do GELOG Adm. ANA CLAUDIA BELFORT Tecn. ANTONIO SAMPAIO Adm. DOMINGOS ALVES CORRÊA NETO (coordenador) Tecn. JOSINEI RODRIGUES Adm.

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE CADEIAS DE SUPRIMENTOS

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE CADEIAS DE SUPRIMENTOS AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE CADEIAS DE SUPRIMENTOS Carlos H. M. Aravechia Sílvio R. I. Pires Programa de Mestrado em Engenharia de Produção UNIMEP Rod. Iracemápolis/Sta. Bárbara d Oeste, Km 1, Sta. B. d

Leia mais

REDUÇÃO DE CUSTOS NAS ORGANIZAÇÕES: COMPLEXIDADE E DINÂMICA DAS REDES LOGISTICAS

REDUÇÃO DE CUSTOS NAS ORGANIZAÇÕES: COMPLEXIDADE E DINÂMICA DAS REDES LOGISTICAS Versão inicial submetida em 15/11/2011. Versão final recebida em 19/07/2012. Resumo Rio de Janeiro, v.4, n.3, p. 325-338, setembro a dezembro de 2012 REDUÇÃO DE CUSTOS NAS ORGANIZAÇÕES: COMPLEXIDADE E

Leia mais

Palavras-chave: Gestão do Fluxo da Cadeia de Suprimentos (MFMP); Logística Reversa; Efficient Consumer Response; Postergação; Coordenação.

Palavras-chave: Gestão do Fluxo da Cadeia de Suprimentos (MFMP); Logística Reversa; Efficient Consumer Response; Postergação; Coordenação. Análise de ferramentas, técnicas e metodologias utilizadas na gestão logística como mecanismos de realização dos subprocessos operacionais da gestão do fluxo de manufatura para coordenação de ordens na

Leia mais

Monitoramento da cadeia hortícola para otimização de processos produtivos

Monitoramento da cadeia hortícola para otimização de processos produtivos Monitoramento da cadeia hortícola para otimização de processos produtivos Lilian Cristina Anefalos lcanefal@iac.sp.gov.br IAC Resumo:As novas tecnologias agrícolas geradas têm sido de extrema relevância

Leia mais

9º Congresso de Pós-Graduação UMA ANÁLISE GERENCIAL NA LOGÍSTICA REVERSA DE PÓS-VENDA

9º Congresso de Pós-Graduação UMA ANÁLISE GERENCIAL NA LOGÍSTICA REVERSA DE PÓS-VENDA 9º Congresso de Pós-Graduação UMA ANÁLISE GERENCIAL NA LOGÍSTICA REVERSA DE PÓS-VENDA Autor(es) ELIACY CAVALCANTI LELIS Orientador(es) ALEXANDRE TADEU SIMON 1. Introdução Atualmente, a preocupação da gestão

Leia mais

6 Referências Bibliográficas

6 Referências Bibliográficas 6 Referências Bibliográficas AGRAWAL, M.; KUMARESH, T. V.; MERCER, G. A. The False Promise of Mass Customization. The Mckinsey Quarterly, 2001, Nº 3. ALFORD, D.; SACKETT, P.; NELDER, G. Mass customisation

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DAS DISCIPLINAS OPTATIVAS I

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DAS DISCIPLINAS OPTATIVAS I EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1 FACUL DADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMATICA NEGÓGIOS GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ( 68) Teóricas Etapa: 7ª ( ) Práticas Interpretação de Governança e estratégia organizacional:

Leia mais

7 Referências Bibliográficas

7 Referências Bibliográficas 89 7 Referências Bibliográficas ABIHPEC Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal Perfumaria e Cosméticos, Panorama do Setor, 2006, www.abihpec.org.br, acesso em 8 de setembro de 2007. ASHENBAUM,

Leia mais

7 Referências bibliográficas

7 Referências bibliográficas 7 Referências bibliográficas ACS, Z. J.; AUDRETSCH, D. B. Innovation in large and small firms: an empirical analysis. The American Economic Review, v. 78, n. 4, p. 678-690, 1988. ANTONCIC, B.; HISRICH,

Leia mais

INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE: ESTUDO DE CASOS COM OPERADORES LOGÍSTICOS

INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE: ESTUDO DE CASOS COM OPERADORES LOGÍSTICOS INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE: ESTUDO DE CASOS COM OPERADORES LOGÍSTICOS Projeto de Pesquisa Período: Agosto de 2010 a Julho de 2011 PIBIC Programa Institucional de Iniciação Científica Aluno: Aline Loureiro

Leia mais

A gestão da cadeia de suprimentos: teoria e prática

A gestão da cadeia de suprimentos: teoria e prática A gestão da cadeia de suprimentos: teoria e prática Jaciane Cristina Costa (UFRGS) jccosta@ea.ufrgs.br Jorgelina Beltrán Rodriguez (UFRGS) jbrodriguez@ea.ufrgs.br Wagner Junior Ladeira (UFRGS) wjladeira@ea.ufrgs.br

Leia mais

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde*

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde* UniversidadeNovedeJulho1UNINOVE ProgramadeMestradoProfissionalemAdministração GestãoemSistemasdeSaúde Disciplina ProjetosComplexoseEstratégicosAplicadosàSaúde Códigodadisciplina GSEL04 Linhadepesquisa

Leia mais

8 Referências bibliográficas

8 Referências bibliográficas 8 Referências bibliográficas ALVES, M. Carro Flex Fuel: Uma Avaliação por Opções Reais. Dissertação (Mestrado em Administração). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2007.

Leia mais

O GERENCIAMENTO ESTRATÉGICO DA LOGÍSTICA E OS RESULTADOS NO DESEMPENHO DA KEPLER WEBER S.A.

O GERENCIAMENTO ESTRATÉGICO DA LOGÍSTICA E OS RESULTADOS NO DESEMPENHO DA KEPLER WEBER S.A. O GERENCIAMENTO ESTRATÉGICO DA LOGÍSTICA E OS RESULTADOS NO DESEMPENHO DA KEPLER WEBER S.A. Simone Regina Didonet Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Cascavel Rua Souza Naves, 4097/51 CEP 85810-070

Leia mais

PLANEJAMENTO DE COMPRAS E OS TRADE-OFFS EM OPERAÇÕES: UMA ANÁLISE EM UMA EMPRESA FABRICANTE DE TINTAS AUTOMOTIVAS

PLANEJAMENTO DE COMPRAS E OS TRADE-OFFS EM OPERAÇÕES: UMA ANÁLISE EM UMA EMPRESA FABRICANTE DE TINTAS AUTOMOTIVAS PLANEJAMENTO DE COMPRAS E OS TRADE-OFFS EM OPERAÇÕES: UMA ANÁLISE EM UMA EMPRESA FABRICANTE DE TINTAS AUTOMOTIVAS ROGER AUGUSTO LUNA Universidade de Fortaleza rog_luna@hotmail.com FERNANDO LUIZ EMERENCIANO

Leia mais

FAUEL - ESP. ENGENHARIA DE PRODUÇÃO POSICAO EM 07.02.07

FAUEL - ESP. ENGENHARIA DE PRODUÇÃO POSICAO EM 07.02.07 FAUEL - ESP. ENGENHARIA DE PRODUÇÃO POSICAO EM 07.02.07 A pratica estatistica empresarial: como usar dados para tomar decisoes. Rio de Janeiro: LTC, 2006. 519.22-7:658 P912 Ballou, Ronald H. Logistica

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: Administração Estratégica PROFESSOR: Dr. André

Leia mais

Código da Disciplina: ENEX01426. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015

Código da Disciplina: ENEX01426. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015 Unidade Universitária: FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA Curso: Sistemas de Informação Disciplina: SISTEMAS DE GESTÃO COMERCIAL Etapa: 08 Carga horária: 68 Teóricas, 0 Práticas, 0 EaD Ementa: Código

Leia mais

UNIVERSIDAD E FEDERAL DE L AVR AS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

UNIVERSIDAD E FEDERAL DE L AVR AS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU UNIVERSIDAD E FEDERAL DE L AVR AS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Código Denominação DISCIPLINA Crédito(s) (*) Carga Horária Teórica Prática

Leia mais

MODELAGEM E SIMULAÇÃO DE RUPTURAS DE CADEIAS DE SUPRIMENTOS BASEADOS EM REDE DE PETRI

MODELAGEM E SIMULAÇÃO DE RUPTURAS DE CADEIAS DE SUPRIMENTOS BASEADOS EM REDE DE PETRI Belo Horizonte, MG, 2 a 24 de Setembro de 214 MODELAGEM E SIMULAÇÃO DE RUPTURAS DE CADEIAS DE SUPRIMENTOS BASEADOS EM REDE DE PETRI CÉLIA H. KANO, MAURICIO F. BLOS, DIOLINO J. SANTOS FILHO, FABRICIO JUNQUEIRA,

Leia mais

ENTRAVES PARA A APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM UMA TRANSPORTADORA DO ESPÍRITO SANTO

ENTRAVES PARA A APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM UMA TRANSPORTADORA DO ESPÍRITO SANTO ENTRAVES PARA A APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM UMA TRANSPORTADORA DO ESPÍRITO SANTO Arildo Paulo Viana Junior (AEGEA) arildoviana@gmail.com Caio Ruano da Silva (IFES) caio.silva@ifes.edu.br

Leia mais

CURRICULUM VITÆ. June 2007 Present: Assistant Professor, Faculdade de Economia da Universidade do Porto.

CURRICULUM VITÆ. June 2007 Present: Assistant Professor, Faculdade de Economia da Universidade do Porto. CURRICULUM VITÆ PERSONAL DATA Full name: Birth: Nationality: Address: Manuel Emílio Mota de Almeida Delgado Castelo Branco 30 December 1971, Porto (Portugal) Portuguese Faculdade de Economia da Universidade

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO EM PESQUISA OPERACIONAL 2º SEMESTRE/2013 A Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp, em Limeira, torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

Proposta de medição de desempenho da cadeia de suprimentos

Proposta de medição de desempenho da cadeia de suprimentos Proposta de medição de desempenho da cadeia de suprimentos Autoria: Márcia Maria Penteado Marchesini, Rosane Lúcia Chicarelli Alcântara Resumo Dentro do contexto do surgimento da SCM (Supply Chain Management

Leia mais

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira 15 INTELIGÊNCIA DE MERCADO: TRANSFORMANDO AS OLIMPÍADAS EM NEGÓCIOS 1 RESUMO Um dos grandes desafios das organizações hoje é a aplicabilidade assertiva das técnicas de análise e métodos utilizados em Inteligência

Leia mais

Agente integrador em cadeias de suprimentos um estudo teórico sobre Prestador de Serviços Logísticos (PSL)

Agente integrador em cadeias de suprimentos um estudo teórico sobre Prestador de Serviços Logísticos (PSL) Agente integrador em cadeias de suprimentos um estudo teórico sobre Prestador de Serviços Logísticos (PSL) Mauro Vivaldini (UNIMEP) mvivaldini@mbbrasil.com.br Sivio R. I. Pires (UNIMEP) sripires@unimep.br

Leia mais

SUPPLY CHAIN MANAGEMENT: UMA INTRODUÇÃO À UM MODELO DE GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS PARA OBTENÇÃO DE DIFERENCIAL COMPETITIVO

SUPPLY CHAIN MANAGEMENT: UMA INTRODUÇÃO À UM MODELO DE GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS PARA OBTENÇÃO DE DIFERENCIAL COMPETITIVO SUPPLY CHAIN MANAGEMENT: UMA INTRODUÇÃO À UM MODELO DE GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS PARA OBTENÇÃO DE DIFERENCIAL COMPETITIVO BURGO, Rodrigo Navarro Sanches, RIBEIRO, Talita Cristina dos Santos, RODRIGUES,

Leia mais

CURRICULUM VITÆ. Licenciatura em Economia da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, concluída em Julho de 1996.

CURRICULUM VITÆ. Licenciatura em Economia da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, concluída em Julho de 1996. CURRICULUM VITÆ DADOS PESSOAIS Nome: Nascimento: Nacionalidade: Morada: Manuel Emílio Mota de Almeida Delgado Castelo Branco 30 de Dezembro de 1971, Porto (Portugal) Portuguesa Faculdade de Economia do

Leia mais

6. Referências Bibliográficas

6. Referências Bibliográficas 6. Referências Bibliográficas AGUILAR, G.G. Sistemas de Planejamento Avançado (APS). Rio de Janeiro, 2004. Dissertação de Mestrado (Opção profissional) - Departamento de Engenharia Industrial, Pontifícia

Leia mais

GERENCIAMENTO DE RISCOS NA CADEIA DE SUPRIMENTOS: APLICAÇÃO REAL PARA MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS DE PROTEÇÃO AO VOO

GERENCIAMENTO DE RISCOS NA CADEIA DE SUPRIMENTOS: APLICAÇÃO REAL PARA MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS DE PROTEÇÃO AO VOO GERENCIAMENTO DE RISCOS NA CADEIA DE SUPRIMENTOS: APLICAÇÃO REAL PARA MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS DE PROTEÇÃO AO VOO Deize Mary Cavalcante Comando da Aeronáutica PAME-RJ, R. General Gurjão

Leia mais

Análise de Sistemas de Planejamento Avançado (APS): conceituação e avaliação

Análise de Sistemas de Planejamento Avançado (APS): conceituação e avaliação Gisele Gomes Aguilar Análise de Sistemas de Planejamento Avançado (APS): conceituação e avaliação Dissertação de Mestrado (Opção profissional) Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção

Leia mais

CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADE COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA NA MENSURAÇÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO LOGÍSTICO

CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADE COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA NA MENSURAÇÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO LOGÍSTICO CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADE COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA NA MENSURAÇÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO LOGÍSTICO Fabiano Giacobo PPGEP/UFSM Paulo Sérgio Ceretta CCSH/UFSM Resumo Empresas estão cada vez mais preocupadas

Leia mais

Uma discussão a respeito do uso de medidas de desempenho em sistemas de operações

Uma discussão a respeito do uso de medidas de desempenho em sistemas de operações 4 th International Conference on Industrial Engineering and Industrial Management XIV Congreso de Ingeniería de Organización Donostia- San Sebastián, September 8 th -10 th 2010 Uma discussão a respeito

Leia mais

PERFIL DE RELACIONAMENTO DAS CONSTRUTORAS EM SELECIONAR E MUDAR FORNECEDORES DE MATERIAIS

PERFIL DE RELACIONAMENTO DAS CONSTRUTORAS EM SELECIONAR E MUDAR FORNECEDORES DE MATERIAIS PERFIL DE RELACIONAMENTO DAS CONSTRUTORAS EM SELECIONAR E MUDAR FORNECEDORES DE MATERIAIS SOUZA, André Luiz (1); JUNGLES, Antônio Edésio (2); MARCHIORI, Fernanda (3) (1) Universidade Federal de Santa Catarina,

Leia mais

A gestão da demanda em cadeias de suprimentos: uma abordagem além da previsão de vendas

A gestão da demanda em cadeias de suprimentos: uma abordagem além da previsão de vendas Gest. Prod., São Carlos, v. 18, n. 4, p. 809-824, 2011 A gestão da demanda em cadeias de suprimentos: uma abordagem além da previsão de vendas Demand management on supply chains: more than sales forecast

Leia mais

Desenvolvimento de Plataformas Modulares: Revisão Teórica Preliminar

Desenvolvimento de Plataformas Modulares: Revisão Teórica Preliminar Desenvolvimento de Plataformas Modulares: Revisão Teórica Preliminar César Coutinho Ramos Cesar.Ramos@volkswagen.com VW-MAN Antonio Wagner Forti awforti@feg.unesp.br UNESP Rodrigo de Oliveira Chaves VW-MAN

Leia mais

Referências Bibliográficas

Referências Bibliográficas Referências Bibliográficas BALLOU, R. H. Logística empresarial: transportes, administração de materiais e distribuição física. São Paulo: Atlas, 1993.. Gerenciamento da cadeia de suprimentos: planejamento,

Leia mais

2XVRGD$QiOLVHGH*DSVQD$YDOLDomRGD3HUFHSomRGRV &OLHQWHV VREUH R 3URFHVVR GH 'LVWULEXLomR )tvlfd (VWXGR GH&DVRHP'LVWULEXLGRUDGH%HELGDV

2XVRGD$QiOLVHGH*DSVQD$YDOLDomRGD3HUFHSomRGRV &OLHQWHV VREUH R 3URFHVVR GH 'LVWULEXLomR )tvlfd (VWXGR GH&DVRHP'LVWULEXLGRUDGH%HELGDV 7LUOr&UX]6LOYD 2XVRGD$QiOLVHGH*DSVQD$YDOLDomRGD3HUFHSomRGRV &OLHQWHV VREUH R 3URFHVVR GH 'LVWULEXLomR )tvlfd (VWXGR GH&DVRHP'LVWULEXLGRUDGH%HELGDV 'LVVHUWDomRGH0HVWUDGR Dissertação apresentada como requisito

Leia mais

Eixo Temático: Estratégia e Internacionalização de Empresas SUSTENTABILIDADE E CADEIAS DE SUPRIMENTOS: QUAL A CONFIGURAÇÃO ATUAL?

Eixo Temático: Estratégia e Internacionalização de Empresas SUSTENTABILIDADE E CADEIAS DE SUPRIMENTOS: QUAL A CONFIGURAÇÃO ATUAL? Eixo Temático: Estratégia e Internacionalização de Empresas RESUMO SUSTENTABILIDADE E CADEIAS DE SUPRIMENTOS: QUAL A CONFIGURAÇÃO ATUAL? SUSTAINABILITY AND SUPPLY CHAIN: WHICH THE CURRENT CONFIGURATION?

Leia mais

O uso de tecnologia de informação na atividade logística de transportes: estudo de caso em uma empresa da indústria de alimentos

O uso de tecnologia de informação na atividade logística de transportes: estudo de caso em uma empresa da indústria de alimentos O uso de tecnologia de informação na atividade logística de transportes: estudo de caso em uma empresa da indústria de alimentos Karine Araújo Ferreira (UFSCar) karineprod@yahoo.com.br Maria Rita Pontes

Leia mais

A sua Organização já está preparada para o novo Código dos Contratos Públicos (CCP, DL 18/2008)?

<Insert Picture Here> A sua Organização já está preparada para o novo Código dos Contratos Públicos (CCP, DL 18/2008)? A sua Organização já está preparada para o novo Código dos Contratos Públicos (CCP, DL 18/2008)? Sessão Aberta Homero Silveira - Sector Público e Saúde Contratação Pública agenda

Leia mais

Integração da cadeia de suprimentos na indústria automobilística

Integração da cadeia de suprimentos na indústria automobilística Integração da cadeia de suprimentos na indústria automobilística Neiva Terezinha Badin (CEFET-PR / UFSC) neiva@icablenet.com.br Antônio Galvão Novaes (UFSC) novaes@eps.ufsc.br Nadja Glheuca S Dutra (DET-UFC

Leia mais

Evoluções no Atendimento aos Clientes e seus Impactos na Logística e na Cadeia de Suprimentos: o Caso de uma Joint-venture Fabricante de Freios

Evoluções no Atendimento aos Clientes e seus Impactos na Logística e na Cadeia de Suprimentos: o Caso de uma Joint-venture Fabricante de Freios See discussions, stats, and author profiles for this publication at: http://www.researchgate.net/publication/26503699 Evoluções no Atendimento aos Clientes e seus Impactos na Logística e na Cadeia de Suprimentos:

Leia mais

Metodologia para Análise da Gestão da Cadeia de Suprimentos: estrutura, processos de negócios e componentes de gestão

Metodologia para Análise da Gestão da Cadeia de Suprimentos: estrutura, processos de negócios e componentes de gestão Metodologia para Análise da Gestão da Cadeia de Suprimentos: estrutura, processos de negócios e componentes de gestão Supply Chain Management Analysis Methodology: structure, business processes and management

Leia mais

Economia dos Recursos Humanos

Economia dos Recursos Humanos Disciplina oferecida ao Curso de MBE Executivo (5ª edição) do Programa de Pós Graduação em Economia da UFRGS. Economia dos Recursos Humanos Professor Responsável: Giácomo Balbinotto Neto. Objetivo: A economia

Leia mais

Avaliando a Integração em Cadeias de Suprimentos - Um Estudo de Caso no Setor Automobilístico

Avaliando a Integração em Cadeias de Suprimentos - Um Estudo de Caso no Setor Automobilístico Revista Gestão & Tecnologia e-issn: 2177-6652 revistagt@fpl.edu.br http://revistagt.fpl.edu.br/ Avaliando a Integração em Cadeias de Suprimentos - Evaluating Integration in Supply Chains - A Case Study

Leia mais

JOHNSON, Gerry; SCHOLES, Kevan; WHITTINGTON, Richard.Exploring corporate strategy: text & cases. 8.ed. England: Prentice-Hall, 2008.881 p : il.

JOHNSON, Gerry; SCHOLES, Kevan; WHITTINGTON, Richard.Exploring corporate strategy: text & cases. 8.ed. England: Prentice-Hall, 2008.881 p : il. BSP Especializados BSP - Especializados JOHNSON, Gerry; SCHOLES, Kevan; WHITTINGTON, Richard.Exploring corporate strategy: text & cases. 8.ed. England: Prentice-Hall, 2008.881 p : il. UNIDADE: Morumbi

Leia mais

ASPECTOS FUNDAMENTAIS DO PROBLEMA DE LOCALIZAÇÃO DE INSTALAÇÕES EM REDES LOGÍSTICAS

ASPECTOS FUNDAMENTAIS DO PROBLEMA DE LOCALIZAÇÃO DE INSTALAÇÕES EM REDES LOGÍSTICAS ASPECTOS FUNDAMENTAIS DO PROBLEMA DE LOCALIZAÇÃO DE INSTALAÇÕES EM REDES LOGÍSTICAS Data: 10/03/2001 Peter Wanke INTRODUÇÃO Localizar instalações ao longo de uma cadeia de suprimentos consiste numa importante

Leia mais

BLAGOVEST, SENDOV. Entrando na Era da Informação. Academia Búlgara de Ciências, Sofia, Bulgária. Estudos Avançados, 1994.

BLAGOVEST, SENDOV. Entrando na Era da Informação. Academia Búlgara de Ciências, Sofia, Bulgária. Estudos Avançados, 1994. 83 7 Blibliografia A Guide to the Project Management Body of Knowledge 2000 edition PMI Tradução e adaptação realizada por Mauro Sotille, resp pelo capítulo Project Procurement Management junto à Comissão

Leia mais

PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O PLANEJAMENTO DE TRANSPORTE DE PRODUTOS ENTRE UMA FÁBRICA E SEUS CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO

PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O PLANEJAMENTO DE TRANSPORTE DE PRODUTOS ENTRE UMA FÁBRICA E SEUS CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O PLANEJAMENTO DE TRANSPORTE DE PRODUTOS ENTRE UMA FÁBRICA E SEUS CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO Umberto Sales Mazzei Bruno Vieira Bertoncini PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O PLANEJAMENTO

Leia mais

Aplicando Pontos de Função na Definição de um Sistema de Indicadores BIT

Aplicando Pontos de Função na Definição de um Sistema de Indicadores BIT Aplicando Pontos de Função na Definição de um Sistema de Indicadores BIT Eduardo Alves de Oliveira eduaopec@yahoo.com.br SERPRO - Serviço Federal de Processamento de Dados Rua Pacheco Leão, 1235 - Fundos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO/ UFPE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO/ DCA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO/ PROPAD

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO/ UFPE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO/ DCA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO/ PROPAD UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO/ UFPE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO/ DCA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO/ PROPAD PLANO DE ENSINO DO DOCENTE PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

A prática do overbooking como estratégia para a gestão da demanda por hospedagem

A prática do overbooking como estratégia para a gestão da demanda por hospedagem A prática do overbooking como estratégia para a gestão da demanda por hospedagem Gerson Luis Russo Moysés (Senac São Paulo / Mackenzie) gersonmoyses@hotmail.com Roberto Giro Moori (Mackenzie) rgmoori@mackenzie.com.br

Leia mais

GESTÃO DE RISCOS NA CADEIA DE SUPRIMENTOS: UM ESTUDO

GESTÃO DE RISCOS NA CADEIA DE SUPRIMENTOS: UM ESTUDO GESTÃO DE RISCOS NA CADEIA DE SUPRIMENTOS: UM ESTUDO MULTICASO EM OPERAÇÕES DE TRANSFERÊNCIA DE CARGA NO MODO RODOVIÁRIO Eurico Laydner Quinteiro Neto Centro de Engenharias da Mobilidade - Universidade

Leia mais