PINTURA (INTERNA E EXTERNA)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PINTURA (INTERNA E EXTERNA)"

Transcrição

1 SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA PINTURA (INTERNA E EXTERNA) LOTE 1 Versão: 004 Vigência: 06/2014 Última atualização: 11/2016

2 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pinturas Lote 1 GRUPO PINTURAS LOTE 1 A Caixa apresenta o Grupo de Pinturas. Este é divido em 2 subgrupos, a saber: Pintura interna; Pintura externa. Para melhor compreensão do processo de aferição, é recomendável a leitura do Manual Metodológico de Composições de Custos Unitários disponível para download na página do SINAPI > Composições > Manuais de Metodologias e conceitos. Página 1

3 PINTURA INTERNA

4 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 GRUPO PINTURA INTERNA A seguir são apresentados os Cadernos Técnicos de 18 composições de serviços que representam aplicação de pintura interna, bem como a gama de serviços que a antecedem, como aplicação de selador e massa látex. Fazem parte desse grupo as composições de pintura interna como camada de acabamento na forma de uma película aderente, estratificada e de baixa espessura. O sistema de pintura é composto por múltiplos estratos resultantes da aplicação de sucessivas demãos de tintas de fundo (p.e. primer, selador, fundo preparador), massas de nivelamento (p.e. massa corrida PVA, massa corrida acrílica) e tintas de acabamento. Verificou-se a utilização de dois materiais: à base de resinas PVA e acrílica, aplicadas sobre revestimentos de argamassa e gesso. Para fins de cálculos de consumos, adotaram-se as tintas classificadas como Premium, uma vez que, devido ao seu poder de cobertura e necessidade de um número menor de demãos, torna mais econômico o serviço de pintura que as demais. As composições estão separadas nos três estratos de pintura: fundo, massa niveladora e tinta de acabamento. A eficiência na aplicação de cada estrato é influenciada pela técnica de execução e pela área de aplicação (teto ou parede). Com relação às técnicas de aplicação da tinta de acabamento, pode ser utilizada pistola para jateamento ou com o processo manual. Quanto ao selador, foi considerada apenas uma demão, enquanto que para a massa niveladora, pode ser utilizada uma ou duas demãos. Para a aplicação de textura interna, pode-se ou não aplicar uma camada de massa de nivelamento antes, dependendo das condições da superfície de aplicação e das especificações do projetista, sendo executada somente uma demão de textura. A aplicação de textura é feita com rolo específica para textura com diversas variações, de acordo com o acabamento desejado. Página 1

5 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 NORMAS E LEGISLAÇÃO NBR 11702: Versão Corrigida Tintas para construção civil - Tintas para edificações não industriais Classificação. NBR 12554:2013 Tintas para edificações não industriais Terminologia. NBR 13245: Tintas para construção civil - Execução de pinturas em edificações não industriais - Preparação da superfície. NBR 15079: Tintas para construção civil - Especificação dos requisitos mínimos de desempenho de tintas para edificações não industriais - Tinta látex nas cores claras. NBR 11702: Tintas para construção civil - Tintas para edificações não industriais Classificação. NBR 14940: Tintas para construção civil - Método para avaliação de desempenho de tintas para edificações não industriais - Determinação da resistência à abrasão úmida. NBR 14942: Tintas para construção civil - Método para avaliação de desempenho de tintas para edificações não industriais - Determinação do poder de cobertura de tinta seca. NBR 14943: Tintas para construção civil - Método para avaliação de desempenho de tintas para edificações não industriais - Determinação do poder de cobertura de tinta úmida. NBR 15303: Tintas para construção civil - Método para avaliação de desempenho de tintas para edificações não industriais - Determinação da absorção de água de massa niveladora. NBR 15312: Tintas para construção civil - Método para avaliação de desempenho de tintas para edificações não industriais - Determinação da resistência à abrasão de massa niveladora. NBR 15348: Tintas para construção civil - Massa niveladora monocomponente à base de dispersão aquosa para alvenaria Requisitos. BIBLIOGRAFIA FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO. Catálogo Técnico de Serviços. São Paulo: FDE, Outubro de Página 2

6 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 COMPOSIÇÕES AFERIDAS Código Descrição Pág. 01.PINT.INTE.001/01 APLICAÇÃO DE FUNDO SELADOR LÁTEX PVA EM TETO, UMA DEMÃO. AF_06/ PINT.INTE.002/01 APLICAÇÃO DE FUNDO SELADOR LÁTEX PVA EM PAREDES, UMA DEMÃO. AF_06/ PINT.INTE.003/01 APLICAÇÃO DE FUNDO SELADOR ACRÍLICO EM TETO, UMA DEMÃO. AF_06/ PINT.INTE.004/01 APLICAÇÃO DE FUNDO SELADOR ACRÍLICO EM PAREDES, UMA DEMÃO. AF_06/ PINT.INTE.005/01 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA LÁTEX PVA EM TETO, DUAS DEMÃOS. AF_06/ PINT.INTE.006/01 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA LÁTEX PVA EM PAREDES, DUAS DEMÃOS. AF_06/ PINT.INTE.007/01 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA LÁTEX ACRÍLICA EM TETO, DUAS DEMÃOS. AF_06/ PINT.INTE.008/01 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA LÁTEX ACRÍLICA EM PAREDES, DUAS DEMÃOS. AF_06/ PINT.INTE.009/01 APLICAÇÃO MECÂNICA DE PINTURA COM TINTA LÁTEX PVA EM TETO, DUAS DEMÃOS. AF_06/ PINT.INTE.010/01 APLICAÇÃO MECÂNICA DE PINTURA COM TINTA LÁTEX PVA EM PAREDES, DUAS DEMÃOS. AF_06/ PINT.INTE.011/01 APLICAÇÃO MECÂNICA DE PINTURA COM TINTA LÁTEX ACRÍLICA EM TETO, DUAS DEMÃOS. AF_06/ PINT.INTE.012/01 APLICAÇÃO MECÂNICA DE PINTURA COM TINTA LÁTEX ACRÍLICA EM PAREDES, DUAS DEMÃOS. AF_06/ PINT.INTE.013/01 APLICAÇÃO E LIXAMENTO DE MASSA LÁTEX EM TETO, UMA DEMÃO. AF_06/ PINT.INTE.014/01 APLICAÇÃO E LIXAMENTO DE MASSA LÁTEX EM PAREDES, UMA DEMÃO. AF_06/ PINT.INTE.015/01 APLICAÇÃO E LIXAMENTO DE MASSA LÁTEX EM TETO, DUAS DEMÃOS. AF_06/ PINT.INTE.016/01 APLICAÇÃO E LIXAMENTO DE MASSA LÁTEX EM PAREDES, DUAS DEMÃOS. AF_06/ PINT.INTE.017/01 TEXTURA ACRÍLICA, APLICAÇÃO MANUAL EM PAREDE, UMA DEMÃO. AF_09/ PINT.INTE.018/01 TEXTURA ACRÍLICA, APLICAÇÃO MANUAL EM TETO, UMA DEMÃO. AF_09/ Página 3

7 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.001/01 Código SIPCI APLICAÇÃO DE FUNDO SELADOR LÁTEX PVA EM TETO, UMA DEMÃO. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0360 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0130 I 6090 SELADOR PVA PAREDES INTERNAS L 0,1600 Página 4

8 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Selador PVA paredes internas resina à base de dispersão aquosa de acetato de polivinila utilizada para uniformizar a absorção e selar as superfícies internas como alvenaria, reboco, concreto e gesso. 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de teto efetivamente executada. 5. Critérios de aferição Limpeza e preparo do ambiente para início dos serviços estão contemplados na produtividade da mão de obra; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir o selador em água potável, conforme fabricante; Aplicar uma demão de fundo selador com rolo ou trincha. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 5

9 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.002/01 Código SIPCI APLICAÇÃO DE FUNDO SELADOR LÁTEX PVA EM PAREDES, UMA DEMÃO. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0270 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0100 I 6090 SELADOR PVA PAREDES INTERNAS L 0,1600 Página 6

10 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Selador PVA paredes internas resina à base de dispersão aquosa de acetato de polivinila utilizada para uniformizar a absorção e selar as superfícies internas como alvenaria, reboco, concreto e gesso. 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de parede efetivamente executada, excetuadas as áreas de requadro. Todos os vãos devem ser descontados (portas, janelas etc.). 5. Critérios de aferição Limpeza e preparo do ambiente para início dos serviços estão contemplados na produtividade da mão de obra; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir o selador em água potável, conforme fabricante; Aplicar uma demão de fundo selador com rolo ou trincha. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 7

11 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.003/01 Código SIPCI APLICAÇÃO DE FUNDO SELADOR ACRÍLICO EM TETO, UMA DEMÃO. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0510 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0190 I 6085 SELADOR ACRÍLICO PAREDES INTERNAS/EXTERNAS L 0,1600 Página 8

12 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Selador acrílico paredes internas e externas resina à base de dispersão aquosa de copolímero estireno acrílico utilizado para uniformizar a absorção e selar as superfícies internas como alvenaria, reboco, concreto e gesso. 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de teto efetivamente executada. 5. Critérios de aferição Limpeza e preparo do ambiente para início dos serviços estão contemplados na produtividade da mão de obra; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir o selador em água potável, conforme fabricante; Aplicar uma demão de fundo selador com rolo ou trincha. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 9

13 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.004/01 Código SIPCI APLICAÇÃO DE FUNDO SELADOR ACRÍLICO EM PAREDES, UMA DEMÃO. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0390 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0140 I 6085 SELADOR ACRÍLICO PAREDES INTERNAS/EXTERNAS L 0,1600 Página 10

14 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Selador acrílico paredes internas e externas resina à base de dispersão aquosa de copolímero estireno acrílico utilizado para uniformizar a absorção e selar as superfícies internas como alvenaria, reboco, concreto e gesso. 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de parede efetivamente executada, excetuadas as áreas de requadro. Todos os vãos devem ser descontados (portas, janelas etc.). 5. Critérios de aferição Limpeza e preparo do ambiente para início dos serviços estão contemplados na produtividade da mão de obra; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir o selador em água potável, conforme fabricante; Aplicar uma demão de fundo selador com rolo ou trincha. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 11

15 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.005/01 Código SIPCI APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA LÁTEX PVA EM TETO, DUAS DEMÃOS. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,1700 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0620 I 7345 TINTA LÁTEX PVA PREMIUM, COR BRANCA L 0,3300 Página 12

16 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Tinta látex PVA premium, cor branca tinta à base de dispersão aquosa de acetato de polivinila, fosca, linha Premium. 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de teto efetivamente executado. 5. Critérios de aferição Não inclui a preparação da superfície com selador e massa corrida; Para o consumo de tinta, considera-se a aplicação de uma camada de retoque, além das duas demãos; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir a tinta em água potável, conforme fabricante; Aplicar duas demãos de tinta com rolo ou trincha. Respeitar o intervalo de tempo entre as duas aplicações. 7. Informações complementares Para fins de cálculos de consumos, adotaram-se as tintas classificadas como Premium, uma vez que, devido ao seu poder de cobertura e necessidade de um número menor de demãos, torna mais econômico o serviço de pintura que as demais. Sendo assim, esse nível de desempenho não se aplica para as tintas econômica e Standard. 8. Pendências Página 13

17 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.006/01 Código SIPCI APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA LÁTEX PVA EM PAREDES, DUAS DEMÃOS. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,1300 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0480 I 7345 TINTA LÁTEX PVA PREMIUM, COR BRANCA L 0,3300 Página 14

18 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Tinta látex PVA premium, cor branca tinta à base de dispersão aquosa de acetato de polivinila, fosca, linha Premium. 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de parede efetivamente executada, excetuadas as áreas de requadro. Todos os vãos devem ser descontados (portas, janelas etc.). 5. Critérios de aferição Não inclui a preparação da superfície com selador e massa corrida; Para o consumo de tinta, considera-se a aplicação de uma camada de retoque, além das duas demãos; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir a tinta em água potável, conforme fabricante; Aplicar duas demãos de tinta com rolo ou trincha. Respeitar o intervalo de tempo entre as duas aplicações. 7. Informações complementares Para fins de cálculos de consumos, adotaram-se as tintas classificadas como Premium, uma vez que, devido ao seu poder de cobertura e necessidade de um número menor de demãos, torna mais econômico o serviço de pintura que as demais. Sendo assim, esse nível de desempenho não se aplica para as tintas econômica e Standard. 8. Pendências Página 15

19 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.007/01 Código SIPCI APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA LÁTEX ACRÍLICA EM TETO, DUAS DEMÃOS. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,2440 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0890 I 7356 TINTA ACRÍLICA PREMIUM, COR BRANCO FOSCO L 0,3300 Página 16

20 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Tinta acrílica premium, cor branco fosco tinta à base de dispersão aquosa de copolímero estireno acrílico, fosca, linha Premium. 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de teto efetivamente executado. 5. Critérios de aferição Não inclui a preparação da superfície com selador e massa corrida; Para o consumo de tinta, considera-se a aplicação de uma camada de retoque, além das duas demãos; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir a tinta em água potável, conforme fabricante; Aplicar duas demãos de tinta com rolo ou trincha. Respeitar o intervalo de tempo entre as duas aplicações. 7. Informações complementares Para fins de cálculos de consumos, adotaram-se as tintas classificadas como Premium, uma vez que, devido ao seu poder de cobertura e necessidade de um número menor de demãos, torna mais econômico o serviço de pintura que as demais. Sendo assim, esse nível de desempenho não se aplica para as tintas econômica e Standard. 8. Pendências Página 17

21 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.008/01 Código SIPCI APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA LÁTEX ACRÍLICA EM PAREDES, DUAS DEMÃOS. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,1870 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0690 I 7356 TINTA ACRÍLICA PREMIUM, COR BRANCO FOSCO L 0,3300 Página 18

22 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Tinta acrílica premium, cor branco fosco tinta à base de dispersão aquosa de copolímero estireno acrílico, fosca, linha Premium. 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de parede efetivamente executada, excetuadas as áreas de requadro. Todos os vãos devem ser descontados (portas, janelas etc.). 5. Critérios de aferição Não inclui a preparação da superfície com selador e massa corrida; Para o consumo de tinta, considera-se a aplicação de uma camada de retoque, além das duas demãos; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir a tinta em água potável, conforme fabricante; Aplicar duas demãos de tinta com rolo ou trincha. Respeitar o intervalo de tempo entre as duas aplicações. 7. Informações complementares Para fins de cálculos de consumos, adotaram-se as tintas classificadas como Premium, uma vez que, devido ao seu poder de cobertura e necessidade de um número menor de demãos, torna mais econômico o serviço de pintura que as demais. Sendo assim, esse nível de desempenho não se aplica para as tintas econômica e Standard. 8. Pendências Página 19

23 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.009/01 Código SIPCI APLICAÇÃO MECÂNICA DE PINTURA COM TINTA LÁTEX PVA EM TETO, DUAS DEMÃOS. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 09/2016 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0410 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0150 I 7345 TINTA LÁTEX PVA PREMIUM, COR BRANCA L 0,3700 C C PULVERIZADOR DE TINTA ELÉTRICO/MÁQUINA DE PINTURA AIRLESS, VAZÃO 2 L/MIN - CHP DIURNO. AF_08/2016 PULVERIZADOR DE TINTA ELÉTRICO/MÁQUINA DE PINTURA AIRLESS, VAZÃO 2 L/MIN CHI DIURNO. AF_08/2016 SERVIÇOS DE PINTURA INTERNA CHP 0,0057 CHI 0,0353 TINTA LATEX PVA TINTA ACRÍLICA FUNDO SELADOR LATEX PVA FUNDO SELADOR ACRÍLICO MASSA E LIXAMENTO APLICAÇÃO MANUAL APLICAÇÃO MECÂNICA UMA DEMÃO DUAS DEMÃOS TETO PAREDE 2. Itens e suas características Tinta látex PVA premium, cor branca tinta à base de dispersão aquosa de acetato de polivinila, fosca, linha Premium; Página 20

24 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min - Custo Horário Produtivo, CHP; Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min - Custo Horário Improdutivo, CHI; 3. Equipamentos Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min. 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de teto efetivamente executada. 5. Critérios de aferição Não inclui a preparação da superfície com selador e massa corrida; Para o consumo de tinta, considera-se a aplicação de uma camada de retoque, além das duas demãos; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição; Tempo produtivo (CHP) e improdutivo (CHI) do equipamento da seguinte forma: o o CHP: considera o tempo de funcionamento necessário para se aplicar 1m² de área, utilizando-se equipamento com vazão de 2,0 l/min; CHI: considera os tempos de improdutividades no início e fim da jornada, próximo ao horário do almoço e os tempos de espera. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir a tinta em água potável, conforme fabricante; Aplicar duas demãos de tinta com pistola para pintura. Respeitar o intervalo de tempo entre as duas aplicações. 7. Informações complementares Para fins de cálculos de consumos, adotaram-se as tintas classificadas como Premium, uma vez que, devido ao seu poder de cobertura e necessidade de um número menor de demãos, torna mais econômico o serviço de pintura que as demais. Sendo assim, esse nível de desempenho não se aplica para as tintas econômica e Standard. 8. Pendências Página 21

25 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.010/01 APLICAÇÃO MECÂNICA DE PINTURA COM TINTA Código SIPCI LÁTEX PVA EM PAREDES, DUAS DEMÃOS. AF_06/ Vigência: 06/2014 Última atualização: 09/2016 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0320 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0120 I 7345 TINTA LÁTEX PVA PREMIUM, COR BRANCA L 0,3700 C C PULVERIZADOR DE TINTA ELÉTRICO/MÁQUINA DE PINTURA AIRLESS, VAZÃO 2 L/MIN - CHP DIURNO. AF_08/2016 PULVERIZADOR DE TINTA ELÉTRICO/MÁQUINA DE PINTURA AIRLESS, VAZÃO 2 L/MIN CHI DIURNO. AF_08/2016 CHP 0,0044 CHI 0, Itens e suas características Tinta látex PVA premium, cor branca tinta à base de dispersão aquosa de acetato de polivinila, fosca, linha Premium; Página 22

26 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min - Custo Horário Produtivo, CHP; Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min - Custo Horário Improdutivo, CHI; 3. Equipamentos Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min. 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de parede efetivamente executada, excetuadas as áreas de requadro. Todos os vãos devem ser descontados (portas, janelas etc.). 5. Critérios de aferição Não inclui a preparação da superfície com selador e massa corrida; Para o consumo de tinta, considera-se a aplicação de uma camada de retoque, além das duas demãos; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição; Tempo produtivo (CHP) e improdutivo (CHI) do equipamento da seguinte forma: o o CHP: considera o tempo de funcionamento necessário para se aplicar 1m² de área, utilizando-se equipamento com vazão de 2,0 l/min; CHI: considera os tempos de improdutividades no início e fim da jornada, próximo ao horário do almoço e os tempos de espera. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir a tinta em água potável, conforme fabricante; Aplicar duas demãos de tinta com pistola para pintura. Respeitar o intervalo de tempo entre as duas aplicações. 7. Informações complementares Para fins de cálculos de consumos, adotaram-se as tintas classificadas como Premium, uma vez que, devido ao seu poder de cobertura e necessidade de um número menor de demãos, torna mais econômico o serviço de pintura que as demais. Sendo assim, esse nível de desempenho não se aplica para as tintas econômica e Standard. 8. Pendências Página 23

27 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.011/01 APLICAÇÃO MECÂNICA DE PINTURA COM TINTA Código SIPCI LÁTEX ACRÍLICA EM TETO, DUAS DEMÃOS. AF_06/ Vigência: 06/2014 Última atualização: 09/2016 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0590 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0220 I 7356 TINTA ACRÍLICA PREMIUM, COR BRANCO FOSCO L 0,3700 C C PULVERIZADOR DE TINTA ELÉTRICO/MÁQUINA DE PINTURA AIRLESS, VAZÃO 2 L/MIN - CHP DIURNO. AF_08/2016 PULVERIZADOR DE TINTA ELÉTRICO/MÁQUINA DE PINTURA AIRLESS, VAZÃO 2 L/MIN CHI DIURNO. AF_08/2016 CHP 0,0082 CHI 0, Itens e suas características Tinta acrílica premium, cor branco fosco tinta à base de dispersão aquosa de copolímero estireno acrílico, fosca, linha Premium; Página 24

28 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min - Custo Horário Produtivo, CHP; Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min - Custo Horário Improdutivo, CHI. 3. Equipamentos Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min. 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de teto efetivamente executada. 5. Critérios de aferição Não inclui a preparação da superfície com selador e massa corrida; Para o consumo de tinta, considera-se a aplicação de uma camada de retoque, além das duas demãos; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição; Tempo produtivo (CHP) e improdutivo (CHI) do equipamento da seguinte forma: o o CHP: considera o tempo de funcionamento necessário para se aplicar 1m² de área, utilizando-se equipamento com vazão de 2,0 l/min; CHI: considera os tempos de improdutividades no início e fim da jornada, próximo ao horário do almoço e os tempos de espera. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir a tinta em água potável, conforme fabricante; Aplicar duas demãos de tinta com pistola para pintura. Respeitar o intervalo de tempo entre as duas aplicações. 7. Informações complementares Para fins de cálculos de consumos, adotaram-se as tintas classificadas como Premium, uma vez que, devido ao seu poder de cobertura e necessidade de um número menor de demãos, torna mais econômico o serviço de pintura que as demais. Sendo assim, esse nível de desempenho não se aplica para as tintas econômica e Standard. 8. Pendências Página 25

29 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.012/01 APLICAÇÃO MECÂNICA DE PINTURA COM TINTA Código SIPCI LÁTEX ACRÍLICA EM PAREDES, DUAS DEMÃOS. AF_06/ Vigência: 06/2014 Última atualização: 09/2016 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0450 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0170 I 7356 TINTA ACRÍLICA PREMIUM, COR BRANCO FOSCO L 0,3700 C C PULVERIZADOR DE TINTA ELÉTRICO/MÁQUINA DE PINTURA AIRLESS, VAZÃO 2 L/MIN - CHP DIURNO. AF_08/2016 PULVERIZADOR DE TINTA ELÉTRICO/MÁQUINA DE PINTURA AIRLESS, VAZÃO 2 L/MIN CHI DIURNO. AF_08/2016 CHP 0,0063 CHI 0, Itens e suas características Tinta acrílica premium, cor branco fosco tinta à base de dispersão aquosa de copolímero estireno acrílico, fosca, linha Premium; Página 26

30 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min - Custo Horário Produtivo, CHP; Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min - Custo Horário Improdutivo, CHI. 3. Equipamentos Pulverizador de tinta elétrico Airless, vazão de 2,0 l/min. 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de parede efetivamente executada, excetuadas as áreas de requadro. Todos os vãos devem ser descontados (portas, janelas etc.). 5. Critérios de aferição Não inclui a preparação da superfície com selador e massa corrida; Para o consumo de tinta, considera-se a aplicação de uma camada de retoque, além das duas demãos; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição; Tempo produtivo (CHP) e improdutivo (CHI) do equipamento da seguinte forma: o o CHP: considera o tempo de funcionamento necessário para se aplicar 1m² de área, utilizando-se equipamento com vazão de 2,0 l/min; CHI: considera os tempos de improdutividades no início e fim da jornada, próximo ao horário do almoço e os tempos de espera. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Diluir a tinta em água potável, conforme fabricante; Aplicar duas demãos de tinta com pistola para pintura. Respeitar o intervalo de tempo entre as duas aplicações. 7. Informações complementares Para fins de cálculos de consumos, adotaram-se as tintas classificadas como Premium, uma vez que, devido ao seu poder de cobertura e necessidade de um número menor de demãos, torna mais econômico o serviço de pintura que as demais. Sendo assim, esse nível de desempenho não se aplica para as tintas econômica e Standard. 8. Pendências Página 27

31 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.013/01 Código SIPCI APLICAÇÃO E LIXAMENTO DE MASSA LÁTEX EM TETO, UMA DEMÃO. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,5040 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,1850 I 4051 MASSA CORRIDA PVA PARA PAREDES INTERNAS 18L 0,0328 I 3767 LIXA EM FOLHA PARA PAREDE OU MADEIRA, NUMERO 120 (COR VERMELHA) UN 0,0600 Página 28

32 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Massa corrida PVA para paredes internas massa niveladora monocomponente à base de dispersão aquosa, para uso interno e externo, em conformidade à NBR 15348:2006; Lixa em folha para parede ou madeira, número 120 (cor vermelha). 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de teto efetivamente executada. 5. Critérios de aferição Considerado o esforço de lixamento da massa para uniformização da superfície; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Se necessário, amolecer o produto em água potável, conforme fabricante. Aplicar em camadas finas com espátula ou desempenadeira até obter o nivelamento desejado. Aguardar a secagem final para efetuar o lixamento final e remoção do pó. 7. Informações complementares Caso haja opção pelo insumo INX 4056 Massa acrílica p/ paredes interior/exterior, deve ser considerado o coeficiente de 0,1639 gl. 8. Pendências Página 29

33 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.014/01 Código SIPCI APLICAÇÃO E LIXAMENTO DE MASSA LÁTEX EM PAREDES, UMA DEMÃO. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,2340 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0860 I 4051 MASSA CORRIDA PVA PARA PAREDES INTERNAS 18L 0,0328 I 3767 LIXA EM FOLHA PARA PAREDE OU MADEIRA, NUMERO 120 (COR VERMELHA) UN 0,0600 Página 30

34 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Massa corrida PVA para paredes internas massa niveladora monocomponente à base de dispersão aquosa, para uso interno e externo, em conformidade à NBR 15348:2006; Lixa em folha para parede ou madeira, número 120 (cor vermelha). 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de parede efetivamente executada, excetuadas as áreas de requadro. Todos os vãos devem ser descontados (portas, janelas etc.). 5. Critérios de aferição Considerado o esforço de lixamento da massa para uniformização da superfície; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Se necessário, amolecer o produto em água potável, conforme fabricante; Aplicar em camadas finas com espátula ou desempenadeira até obter o nivelamento desejado; Aguardar a secagem final para efetuar o lixamento final e remoção do pó. 7. Informações complementares Caso haja opção pelo insumo INX 4056 Massa acrílica p/ paredes interior/exterior, deve ser considerado o coeficiente de 0,1639 gl. 8. Pendências Página 31

35 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.015/01 Código SIPCI APLICAÇÃO E LIXAMENTO DE MASSA LÁTEX EM TETO, DUAS DEMÃOS. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,6720 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,2470 I 4051 MASSA CORRIDA PVA PARA PAREDES INTERNAS 18L 0,0489 I 3767 LIXA EM FOLHA PARA PAREDE OU MADEIRA, NUMERO 120 (COR VERMELHA) UN 0,0600 Página 32

36 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Massa corrida PVA para paredes internas massa niveladora monocomponente à base de dispersão aquosa, para uso interno e externo, em conformidade à NBR 15348:2006; Lixa em folha para parede ou madeira, número 120 (cor vermelha). 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de teto efetivamente executada. 5. Critérios de aferição Considerado o esforço de lixamento da massa para uniformização da superfície; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Se necessário, amolecer o produto em água potável, conforme fabricante; Aplicar em camadas finas com espátula ou desempenadeira até obter o nivelamento desejado; Aguardar a secagem da primeira demão e aplicar a segunda demão de massa; Aguardar a secagem final para efetuar o lixamento final e remoção do pó. 7. Informações complementares Caso haja opção pelo insumo INX 4056 Massa acrílica p/ paredes interior/exterior, deve ser considerado o coeficiente de 0,2444 gl. 8. Pendências Página 33

37 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.016/01 Código SIPCI APLICAÇÃO E LIXAMENTO DE MASSA LÁTEX EM PAREDES, DUAS DEMÃOS. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 08/2015 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,3120 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,1140 I 4051 MASSA CORRIDA PVA PARA PAREDES INTERNAS 18L 0,0489 I 3767 LIXA EM FOLHA PARA PAREDE OU MADEIRA, NUMERO 120 (COR VERMELHA) UN 0,0600 Página 34

38 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Massa corrida PVA para paredes internas massa niveladora monocomponente à base de dispersão aquosa, para uso interno e externo, em conformidade à NBR 15348:2006. Lixa em folha para parede ou madeira, número 120 (cor vermelha). 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de parede efetivamente executada, excetuadas as áreas de requadro. Todos os vãos devem ser descontados (portas, janelas etc.). 5. Critérios de aferição Considerado o esforço de lixamento da massa para uniformização da superfície; O esforço para colocação de escadas ou montagem das plataformas de trabalho e guarda-corpos está contemplado na composição. 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; Se necessário, amolecer o produto em água potável, conforme fabricante; Aplicar em camadas finas com espátula ou desempenadeira até obter o nivelamento desejado; Aguardar a secagem da primeira demão e aplicar a segunda demão de massa; Aguardar a secagem final para efetuar o lixamento final e remoção do pó. 7. Informações complementares Caso haja opção pelo insumo INX 4056 Massa acrílica p/ paredes interior/exterior, deve ser considerado o coeficiente de 0,2444 gl. 8. Pendências Página 35

39 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.017/01 Código SIPCI TEXTURA ACRÍLICA, APLICAÇÃO MANUAL EM PAREDE, UMA DEMÃO. AF_09/2016 Vigência: 09/2016 Última atualização: 09/2016 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,1880 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0690 MASSA PARA TEXTURA LISA DE BASE I ACRILICA, COR BRANCA, USO INTERNO E EXTERNO KG 1,1400 SERVIÇOS DE PINTURA INTERNA TEXTURA ACRÍLICA FUNDO SELADOR LATEX PVA FUNDO SELADOR ACRÍLICO MASSA E LIXAMENTO TINTA LATEX PVA TINTA ACRÍLICA APLICAÇÃO MANUAL APLICAÇÃO MECÂNICA UMA DEMÃO DUAS DEMÃOS TETO PAREDE Página 36

40 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Massa de parede para efeito texturizado liso (grãos finos) de base acrílica, diluível em água. Aplicação sobre reboco, blocos de concreto, fibrocimento, concreto aparente, massa corrida ou acrílica e repintura sobre látex PVA ou acrílico. 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área da parede efetivamente executada. 5. Critérios de aferição Não inclui preparação da superfície com selador ou aplicação de massa corrida. Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os oficiais e os serventes que auxiliavam diretamente nas proximidades do local de execução. No consumo de textura foi considerada a aplicação de uma demão. 6. Execução A superfície deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; A tinta deve ser diluída em água potável de acordo com recomendações do fabricante; Aplicar uma demão com rolo, conforme orientação do fabricante. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 37

41 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de Parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.INTE.018/01 Código SIPCI TEXTURA ACRÍLICA, APLICAÇÃO MANUAL EM TETO, UMA DEMÃO. AF_09/2016 Vigência: 09/2016 Última atualização: 09/2016 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,2590 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0960 MASSA PARA TEXTURA LISA DE BASE I ACRILICA, COR BRANCA, USO INTERNO E EXTERNO KG 1,1400 SERVIÇOS DE PINTURA INTERNA TEXTURA ACRÍLICA FUNDO SELADOR LATEX PVA FUNDO SELADOR ACRÍLICO MASSA E LIXAMENTO TINTA LATEX PVA TINTA ACRÍLICA APLICAÇÃO MANUAL APLICAÇÃO MECÂNICA UMA DEMÃO DUAS DEMÃOS TETO PAREDE Página 38

42 SINAPI - Caderno Técnico do Grupo Pintura Interna Lote 1 2. Itens e suas características Massa de parede para efeito texturizado liso (grãos finos) de base acrílica, diluível em água. Aplicação sobre reboco, blocos de concreto, fibrocimento, concreto aparente, massa corrida ou acrílica e repintura sobre látex PVA ou acrílico. 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de teto efetivamente executada. 5. Critérios de aferição Não inclui preparação da superfície com selador ou aplicação de massa corrida. Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os oficiais e os serventes que auxiliavam diretamente nas proximidades do local de execução. No consumo de textura foi considerada a aplicação de uma demão. 6. Execução A superfície deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou bolor antes de qualquer aplicação; A tinta deve ser diluída em água potável de acordo com recomendações do fabricante; Aplicar uma demão com rolo, conforme orientação do fabricante. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 39

43 PINTURA EXTERNA

44 GRUPO PINTURA EXTERNA A seguir são apresentados os Cadernos Técnicos de 21 composições de serviços que representam aplicação de pintura externa. Fazem parte desse grupo as composições de pintura externa com o uso de texturas (tintas com mais carga que as denominadas tintas de acabamento, mas menos que as massas corridas) e tintas acrílicas. Resolvem a questão da irregularidade geométrica da base e a protege e são normalmente aplicadas sobre o selador. Portanto, além da textura, estão presentes também as composições com fundo selador acrílico. As composições consideram a execução com aplicação manual de textura acrílica, nas seguintes condições: com ou sem presença de vãos, em edifícios ou casas, uma ou duas cores, superfícies externas ou internas de sacada, paredes externas, além da pintura em moldura de EPS. Já para tinta acrílica são consideradas: com ou sem presença de vãos, duas demãos, superfícies externas ou internas de sacada de edifícios e paredes externas de casas. Para melhor entendimento dos locais de aplicação, seguem os desenhos representativos: Pano com Vãos: Pano sem vãos: Superfície externa da sacada: Superfície interna da sacada: Página 1

45 COMPOSIÇÕES AFERIDAS Código Descrição Pág. 01.PINT.EXTE.001/ PINT.EXTE.002/ PINT.EXTE.003/ PINT.EXTE.004/ APLICAÇÃO MANUAL DE FUNDO SELADOR ACRÍLICO EM PANOS COM PRESENÇA DE VÃOS DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE FUNDO SELADOR ACRÍLICO EM PANOS CEGOS DE FACHADA (SEM PRESENÇA DE VÃOS) DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE FUNDO SELADOR ACRÍLICO EM SUPERFÍCIES EXTERNAS DE SACADA DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE FUNDO SELADOR ACRÍLICO EM SUPERFÍCIES INTERNAS DA SACADA DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS. AF_06/ PINT.EXTE.005/01 APLICAÇÃO MANUAL DE FUNDO SELADOR ACRÍLICO EM PAREDES EXTERNAS DE CASAS. AF_06/ PINT.EXTE.006/ PINT.EXTE.007/ PINT.EXTE.008/ PINT.EXTE.009/ PINT.EXTE.010/ PINT.EXTE.011/ PINT.EXTE.012/ PINT.EXTE.013/ PINT.EXTE.014/ PINT.EXTE.015/ PINT.EXTE.016/ APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA TEXTURIZADA ACRÍLICA EM PANOS COM PRESENÇA DE VÃOS DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, UMA COR. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA TEXTURIZADA ACRÍLICA EM PANOS CEGOS DE FACHADA (SEM PRESENÇA DE VÃOS) DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, UMA COR. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA TEXTURIZADA ACRÍLICA EM SUPERFÍCIES EXTERNAS DE SACADA DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, UMA COR. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA TEXTURIZADA ACRÍLICA EM SUPERFÍCIES INTERNAS DA SACADA DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, UMA COR. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA TEXTURIZADA ACRÍLICA EM PAREDES EXTERNAS DE CASAS, UMA COR. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA TEXTURIZADA ACRÍLICA EM PANOS COM PRESENÇA DE VÃOS DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, DUAS CORES. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA TEXTURIZADA ACRÍLICA EM PANOS CEGOS DE FACHADA (SEM PRESENÇA DE VÃOS) DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, DUAS CORES. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA TEXTURIZADA ACRÍLICA EM SUPERFÍCIES EXTERNAS DE SACADA DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, DUAS CORES. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA TEXTURIZADA ACRÍLICA EM SUPERFÍCIES INTERNAS DA SACADA DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, DUAS CORES. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA TEXTURIZADA ACRÍLICA EM PAREDES EXTERNAS DE CASAS, DUAS CORES. AF_06/2014 APLICAÇÃO MANUAL DE PINTURA COM TINTA TEXTURIZADA ACRÍLICA EM MOLDURAS DE EPS, PRÉ-FABRICADOS, OU OUTROS. AF_06/ Página 2

46 Código Descrição Pág. 01.PINT.TINT.001/01 APLICAÇÃO MANUAL DE TINTA LÁTEX ACRÍLICA EM PANOS COM PRESENÇA DE VÃOS DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, DUAS DEMÃOS. AF_11/ PINT.TINT.002/01 APLICAÇÃO MANUAL DE TINTA LÁTEX ACRÍLICA EM PANOS SEM PRESENÇA DE VÃOS DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, DUAS DEMÃOS. AF_11/ PINT.TINT.003/01 APLICAÇÃO MANUAL DE TINTA LÁTEX ACRÍLICA EM SUPERFÍCIES EXTERNAS DE SACADA DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, DUAS DEMÃOS. AF_11/ PINT.TINT.004/01 APLICAÇÃO MANUAL DE TINTA LÁTEX ACRÍLICA EM SUPERFÍCIES INTERNAS DE SACADA DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS, DUAS DEMÃOS. AF_11/ PINT.TINT.005/01 APLICAÇÃO MANUAL DE TINTA LÁTEX ACRÍLICA EM PAREDE EXTERNAS DE CASAS, DUAS DEMÃOS. AF_11/ Página 3

47 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO Classe: PINT - PINTURAS Tipo: 155 Pintura de parede Código / Seq. Descrição da Composição Unidade 01.PINT.EXTE.001/01 APLICAÇÃO MANUAL DE FUNDO SELADOR Código SIPCI ACRÍLICO EM PANOS COM PRESENÇA DE VÃOS DE EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS PAVIMENTOS. AF_06/2014 Vigência: 06/2014 Última atualização: 06/2014 M² COMPOSIÇÃO Item Código Descrição Unidade Coeficiente C PINTOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0470 C SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0120 I 6085 SELADOR ACRÍLICO PAREDES INTERNAS/EXTERNAS L 0, Itens e suas características Selador acrílico resina à base de dispersão aquosa de copolímero estireno acrílico utilizado para uniformizar a absorção e selar as superfícies como alvenaria, reboco, concreto e gesso. Página 4

48 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar a área de fachada efetivamente executada, excetuadas as áreas de requadros. Todos os vãos devem ser descontados (portas, janelas etc.); 5. Critérios de aferição Considerado o acesso à fachada através de balancim de tração manual; Foi utilizado um pano de referência para cálculo dos itens da composição, ilustrado na Figura 1. Figura 1: Desenho representativo para a situação de pano com vãos 6. Execução Observar a superfície: deve estar limpa, seca, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou mofo antes de qualquer aplicação; Diluir o selador em água potável, conforme fabricante; Aplicar uma demão de fundo selador com rolo de lã. 7. Informações complementares No caso de uso de balancim elétrico, reduzir apenas os coeficientes da mão de obra pintor e servente em 5% (cinco por cento). 8. Pendências Página 5

ALVENARIA ESTRUTURAL (BLOCOS DE CONCRETO, BLOCOS CERÂMICOS, GRAUTEAMENTO E ARMAÇÃO)

ALVENARIA ESTRUTURAL (BLOCOS DE CONCRETO, BLOCOS CERÂMICOS, GRAUTEAMENTO E ARMAÇÃO) SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA ALVENARIA ESTRUTURAL (BLOCOS DE CONCRETO, BLOCOS CERÂMICOS, GRAUTEAMENTO E ARMAÇÃO) LOTE

Leia mais

DRENAGEM DE AR CONDICIONADO

DRENAGEM DE AR CONDICIONADO SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA DRENAGEM DE AR CONDICIONADO LOTE 2 Versão: 003 Vigência: 12/2014 Última atualização: 09/2016

Leia mais

INSTALAÇÕES DE CAIXAS E RALOS SIFONADOS PARA ÁGUAS PLUVIAIS SINAPI LOTE 2 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL

INSTALAÇÕES DE CAIXAS E RALOS SIFONADOS PARA ÁGUAS PLUVIAIS SINAPI LOTE 2 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA INSTALAÇÕES DE CAIXAS E RALOS SIFONADOS PARA ÁGUAS PLUVIAIS LOTE 2 Versão: 002 Vigência:

Leia mais

COMPOSIÇÕES REPRESENTATIVAS DO SERVIÇO DE EMBOÇO/MASSA ÚNICA INTERNA

COMPOSIÇÕES REPRESENTATIVAS DO SERVIÇO DE EMBOÇO/MASSA ÚNICA INTERNA SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES REPRESENTATIVAS DO SERVIÇO DE EMBOÇO/MASSA ÚNICA INTERNA LOTE 1 Versão: 003 Vigência: 11/2014

Leia mais

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA INSTALAÇÃO DE REGISTROS LOTE 2

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA INSTALAÇÃO DE REGISTROS LOTE 2 SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA INSTALAÇÃO DE REGISTROS LOTE 2 Versão: 003 Vigência: 12/2014 GRUPO INSTALAÇÕES DE REGISTROS

Leia mais

CONTRAPISO, CONTRAPISO ACÚSTICO E CONTRAPISO AUTONIVELANTE SINAPI LOTE 1 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL

CONTRAPISO, CONTRAPISO ACÚSTICO E CONTRAPISO AUTONIVELANTE SINAPI LOTE 1 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA CONTRAPISO, CONTRAPISO ACÚSTICO E CONTRAPISO AUTONIVELANTE LOTE 1 Versão: 007 Vigência:

Leia mais

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA CONCRETO PROJETADO LOTE 3

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA CONCRETO PROJETADO LOTE 3 SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA CONCRETO PROJETADO LOTE 3 Versão: 002 Vigência: 01/2016 Última atualização: 05/2016 GRUPO

Leia mais

COMPOSIÇÕES REPRESENTATIVAS

COMPOSIÇÕES REPRESENTATIVAS SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES REPRESENTATIVAS LOTE 1 Versão: 005 Vigência: 11/2014 Última atualização: 11/2016 SINAPI Cadernos

Leia mais

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA ATERRO DE VALAS LOTE 3

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA ATERRO DE VALAS LOTE 3 SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA ATERRO DE VALAS LOTE 3 Versão: 002 Vigência: 05/2016 Atualização: 06/2016 GRUPO ATERRO

Leia mais

Oque é? Conjunto estabelecido pela associação da tinta de acabamento a respectivas massas e fundos, através de ferramentas/utensílios específicos.

Oque é? Conjunto estabelecido pela associação da tinta de acabamento a respectivas massas e fundos, através de ferramentas/utensílios específicos. Sistemas de pintura Oque é? Conjunto estabelecido pela associação da tinta de acabamento a respectivas massas e fundos, através de ferramentas/utensílios específicos. Sua aplicação resulta em uma película

Leia mais

TUBOS DE PVC E PEAD EM REDES DE ESGOTO

TUBOS DE PVC E PEAD EM REDES DE ESGOTO SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA TUBOS DE PVC E PEAD EM REDES DE ESGOTO LOTE 3 Versão: 004 Vigência: 06/2015 Última atualização:

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO FR (REV. 00)

BOLETIM TÉCNICO FR (REV. 00) BOLETIM TÉCNICO FR413-00 (REV. 00) Acrílico Premium Total Semibrilho É uma tinta com excelente poder de cobertura, boa resistência a intempéries e de fácil aplicação. É considerada sem cheiro após 3 horas

Leia mais

CONCRETAGEM PARA ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO

CONCRETAGEM PARA ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA CONCRETAGEM PARA ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO LOTE 1 Versão: 001 Vigência: 12/2015 Última

Leia mais

INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS EM PEX (tubos e conexões) SINAPI LOTE 1 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL

INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS EM PEX (tubos e conexões) SINAPI LOTE 1 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS EM PEX (tubos e conexões) LOTE 1 Versão: 002 Vigência: 06/2015

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO FR (REV. 00)

BOLETIM TÉCNICO FR (REV. 00) BOLETIM TÉCNICO FR413-00 (REV. 00) Selador Acrílico Pigmentado É um selador de superfície, de fácil aplicação, é utilizado como primeira demão em superfícies não seladas. Proporciona uniformidade na absorção,

Leia mais

FÔRMAS PARA ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO

FÔRMAS PARA ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA FÔRMAS PARA ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO LOTE 1 Versão: 004 Vigência: 12/2015 Última atualização:

Leia mais

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA ESTRUTURA E TRAMA PARA COBERTURA

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA ESTRUTURA E TRAMA PARA COBERTURA SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA ESTRUTURA E TRAMA PARA COBERTURA LOTE 1 Versão: 005 Vigência: 12/2015 Última atualização:

Leia mais

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA ESTRUTURA E TRAMA PARA COBERTURA

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA ESTRUTURA E TRAMA PARA COBERTURA SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA ESTRUTURA E TRAMA PARA COBERTURA LOTE 1 Versão: 005 Vigência: 12/2015 Última atualização:

Leia mais

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011 1 - PRODUTO: Base A esmalte base água brilhante Sistema Multicores Natrielli. 2 - DESCRIÇÃO: É uma base de uso exclusivo do SISTEMA MULTICORES NATRIELLI. Recomendada para pigmentação de cores pastéis.

Leia mais

INSTALAÇÃO DE PORTAS

INSTALAÇÃO DE PORTAS SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA INSTALAÇÃO DE PORTAS LOTE 1 Versão: 002 Vigência: 08/2015 Última atualização: 06/2016 GRUPO

Leia mais

CADERNOS TÉCNICOS DAS COMPOSIÇÕES DE ARGAMASSAS LOTE 1

CADERNOS TÉCNICOS DAS COMPOSIÇÕES DE ARGAMASSAS LOTE 1 CADERNOS TÉCNICOS DAS COMPOSIÇÕES DE ARGAMASSAS LOTE 1 GRUPO ARGAMASSAS LOTE 01 A CAIXA apresenta o grupo de composições de serviços que representam a produção de argamassas, que serão incorporadas ao

Leia mais

INSTALAÇÃO DE JANELAS

INSTALAÇÃO DE JANELAS SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA INSTALAÇÃO DE JANELAS LOTE 1 Versão: 001 Vigência: 07/2016 Última atualização: 07/2016

Leia mais

FR (REV. 00) Fundo prepador de paredes

FR (REV. 00) Fundo prepador de paredes BOLETIM TÉCNICO FR413-00 (REV. 00) Fundo prepador de paredes É um produto base água incolor, com baixíssimo odor e de fácil aplicação que possui na sua formulação, ingredientes que tem o poder de aglutinar

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA orçamento sintético

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA orçamento sintético MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA orçamento sintético Brasília/DF, 4/0/2009 OBJETO: Contratação de empresa especializada na execução de reforma em ambientes da Residência Oficial,

Leia mais

CADERNOS TÉCNICOS DAS COMPOSIÇÕES DE PASSEIOS DE CONCRETO LOTE 3

CADERNOS TÉCNICOS DAS COMPOSIÇÕES DE PASSEIOS DE CONCRETO LOTE 3 CADERNOS TÉCNICOS DAS COMPOSIÇÕES DE PASSEIOS DE CONCRETO LOTE 3 GRUPO PASSEIOS DE CONCRETO Fazem parte desse grupo 26 composições de Passeios de Concreto moldado in loco. O acabamento pode ser liso, sarrafeado

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO FR (REV. 01)

BOLETIM TÉCNICO FR (REV. 01) BOLETIM TÉCNICO FR413-00 (REV. 01) Tinta Para Piso Piso Novo É uma tinta com alta resistência a intempéries e ao tráfego de pessoas e carros. Tem boa cobertura, rendimento e secagem rápida. Seu uso protege

Leia mais

ESTACAS SINAPI LOTE 1 HÉLICE CONTÍNUA, PRÉ-MOLDADA E ESCAVADA SEM FLUIDO SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL

ESTACAS SINAPI LOTE 1 HÉLICE CONTÍNUA, PRÉ-MOLDADA E ESCAVADA SEM FLUIDO SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA ESTACAS HÉLICE CONTÍNUA, PRÉ-MOLDADA E ESCAVADA SEM FLUIDO LOTE 1 Versão: 003 Vigência:

Leia mais

TRANSPORTE HORIZONTAL E VERTICAL

TRANSPORTE HORIZONTAL E VERTICAL SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA TRANSPORTE HORIZONTAL E VERTICAL LOTE 3 Versão: 006 Vigência: 06/2014 Última atualização:

Leia mais

CADERNOS TÉCNICOS ESTACA RAIZ LOTE 1

CADERNOS TÉCNICOS ESTACA RAIZ LOTE 1 CADERNOS TÉCNICOS ESTACA RAIZ LOTE 1 GRUPO ESTACA RAIZ - LOTE 01 A CAIXA apresenta o Grupo Estaca Raiz em 24 composições, que serão incorporadas ao Sistema Nacional de Pesquisas de Custos e Índices da

Leia mais

MCC Materiais de Construção I. Professora Carmeane Effting. Alunos: Edson, Neroci, Rafael, Sérgio e Vanesssa

MCC Materiais de Construção I. Professora Carmeane Effting. Alunos: Edson, Neroci, Rafael, Sérgio e Vanesssa MCC1001 - Materiais de Construção I Professora Carmeane Effting Alunos: Edson, Neroci, Rafael, Sérgio e Vanesssa O uso das tintas existe desde o tempo pré-histórico. Com tintas à base de gordura animal

Leia mais

Ecoplac Cimentícia. Base Coat. Passo a Passo. Tratamento de Juntas com Base Coat

Ecoplac Cimentícia. Base Coat. Passo a Passo. Tratamento de Juntas com Base Coat Passo a Passo Após a fixação das Placas Cimentícias deixando 3mm a 5mm de dilatação entre elas, limpar a superfície a ser aplicada, retirando qualquer elemento que prejudique sua aderência (poeira, óleo,

Leia mais

FR (REV. 00) Tinta Emborrachada Anjo

FR (REV. 00) Tinta Emborrachada Anjo BOLETIM TÉCNICO FR413-00 (REV. 00) Tinta Emborrachada Anjo É um revestimento elástico, com propriedades de redução térmica e acústica do ambiente que está sob sua cobertura. Possui excelente aderência,

Leia mais

09/2013. Brilhante. NBR da ABNT Ⅰ Tipo da NBR Premium

09/2013. Brilhante. NBR da ABNT Ⅰ Tipo da NBR Premium Quaisquer recomendações, informações, assistências ou serviços fornecidos pelas Indústrias Químicas Irajá sobre seus produtos ou sobre o uso e aplicação dos mesmos são dados de boa fé, acreditando serem

Leia mais

COLOQUE MAIS COR NA SUA VIDA COM RESITINTAS.

COLOQUE MAIS COR NA SUA VIDA COM RESITINTAS. A Resitintas está há mais de 10 anos no mercado com produção e comercialização de tintas, texturas, seladores e massas corridas entre os mais de 200 itens oferecidos para pinturas e acabamentos interiores

Leia mais

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011 1 - PRODUTO: Zarcão Pitbull serralheiro óxido. 2 - DESCRIÇÃO: É um fundo anticorrosivo recomendado para proteger superfícies de ferro, novas ou com vestígios de ferrugem, para ser usado antes da pintura.

Leia mais

INSTALAÇÃO DE KIT S DE INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS SINAPI LOTE 2 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL

INSTALAÇÃO DE KIT S DE INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS SINAPI LOTE 2 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA INSTALAÇÃO DE KIT S DE INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS LOTE 2 Versão: 001 Vigência: 12/2014 GRUPO

Leia mais

Sistemas para paredes

Sistemas para paredes Sistemas para paredes Wall Tech Descrição geral Aplicações Integra-se perfeitamente aos sistemas de pisos em MMA, formando um sistema monolítico único. Ideal para ambientes internos, é aplicável diretamente

Leia mais

Diretrizes de Projeto de Revestimento de Fachadas com Argamassa

Diretrizes de Projeto de Revestimento de Fachadas com Argamassa Diretrizes de Projeto de Revestimento de Fachadas com Argamassa 6. Procedimento de Execução Elaboração Estruturas de Concreto e Revestimentos de Argamassa 92 Instruções para a contratação de mão-de-obra

Leia mais

DICAS. Multiplicador de Qualidade Futura

DICAS. Multiplicador de Qualidade Futura DICAS Multiplicador de Qualidade Futura 1. Patologias Patologia é qualquer anormalidade que venha a ocorrer abaixo ou acima do filme da tinta e que provoque o desgaste acelerado do sistema de pintura.

Leia mais

Suvinil Sempre NovaAcrílico PremiumExterior Fachadas limpas e protegidas Não deixa a sujeira grudar Não desbota

Suvinil Sempre NovaAcrílico PremiumExterior Fachadas limpas e protegidas Não deixa a sujeira grudar Não desbota GRUPO PRODUTOS IMOBILIARIOS LINHA LÁTEX E ACRÍLICOS Suvinil Sempre NovaAcrílico PremiumExterior Fachadas limpas e protegidas Não deixa a sujeira grudar Não desbota Aplicação Cores Deste Produto x Rendimento

Leia mais

VERGA, CONTRAVERGA, FIXAÇÃO DE ALVENARIA DE VEDAÇÃO E CINTA DE AMARRAÇÃO DE ALVENARIA

VERGA, CONTRAVERGA, FIXAÇÃO DE ALVENARIA DE VEDAÇÃO E CINTA DE AMARRAÇÃO DE ALVENARIA SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA VERGA, CONTRAVERGA, FIXAÇÃO DE ALVENARIA DE VEDAÇÃO E CINTA DE AMARRAÇÃO DE ALVENARIA LOTE

Leia mais

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 007 Junho/2012

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 007 Junho/2012 1 - PRODUTO: Seladora Concentrada para madeira Natrielli. 2 - DESCRIÇÃO: É Recomendada somente para uso interno, para embelezamento ou selagem de utensílios de madeira em geral, móveis, armários, lambris

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - CONSTRUÇÃO CIVIL II 08/06/2016 PINTURA DEFINIÇÃO FUNÇÕES FERRAMENTAS FERRAMENTAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - CONSTRUÇÃO CIVIL II 08/06/2016 PINTURA DEFINIÇÃO FUNÇÕES FERRAMENTAS FERRAMENTAS Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Departamento de Construção Civil Construção Civil II ( TC-025) PINTURAS 2016 PINTURA Na construção civil a pintura representa uma

Leia mais

JOSÉ VIEIRA CABRAL 1.PINTURAS DE PAREDE, 2.INSTRUÇÕES GERAS, 3.FERRAMENTAS ADEQUARAS.

JOSÉ VIEIRA CABRAL 1.PINTURAS DE PAREDE, 2.INSTRUÇÕES GERAS, 3.FERRAMENTAS ADEQUARAS. JOSÉ VIEIRA CABRAL 1.PINTURAS DE PAREDE, 2.INSTRUÇÕES GERAS, 3.FERRAMENTAS ADEQUARAS. Biobibliografia José vieira Cabral nasceu no dia 25 de agosto de 1.960 em Xambrê, Paraná. Viveu ali até os seus oito

Leia mais

ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO PARA GABINETE DA SEDE DAS PROMOTORIAS DE RONDONÓPOLIS MT

ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO PARA GABINETE DA SEDE DAS PROMOTORIAS DE RONDONÓPOLIS MT 1 MEMORIAL DESCRITIVO E CADERNO DE ENCARGOS ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO PARA GABINETE DA SEDE DAS PROMOTORIAS DE RONDONÓPOLIS MT 2 SUMÁRIO (Arquitetura e Civil) 1 OBJETIVO...3 2 GENERALIDADES...3 SERVIÇOS A

Leia mais

TELHAMENTO E SERVIÇOS COMPLEMENTARES PARA COBERTURA

TELHAMENTO E SERVIÇOS COMPLEMENTARES PARA COBERTURA SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA TELHAMENTO E SERVIÇOS COMPLEMENTARES PARA COBERTURA LOTE 1 Versão: 001 Vigência: 06/2016

Leia mais

UNeB Relatório de Material e Mão-de-obra

UNeB Relatório de Material e Mão-de-obra 1 PREPARAÇÃO DO TERRENO 2709.43 20202 RASPAGEM e limpeza manual de terreno M2 25.00 0.00 0.87 0.00 0.87 21.75 20301 LIGAÇÃO provisória de água para obra e instalação sanitária provisória, instalação mínima

Leia mais

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA LOUÇAS E METAIS LOTE 2

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA LOUÇAS E METAIS LOTE 2 SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA LOUÇAS E METAIS LOTE 2 Versão: 007 Vigência: 12/2013 Última atualização: 03/2016 GRUPO

Leia mais

UNeB Relatório de Material e Mão-de-obra

UNeB Relatório de Material e Mão-de-obra 1 PREPARAÇÃO DO TERRENO 2709.43 20202 RASPAGEM e limpeza manual de terreno M2 25.00 0.00 0.87 0.00 0.87 21.75 20301 LIGAÇÃO provisória de água para obra e instalação sanitária provisória, instalação mínima

Leia mais

SAC 0800-VEDACIT DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45

SAC 0800-VEDACIT DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45 Produto VEDAFIX é um adesivo e selador de base acrílica, compatível com cimento e cal. Tem ação adesiva, o que aglutina as partículas do cimento e dos agregados, proporcionando melhor trabalhabilidade

Leia mais

SINAPI LOTE 3 EXECUÇÃO DE TIRANTES SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA

SINAPI LOTE 3 EXECUÇÃO DE TIRANTES SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA EXECUÇÃO DE TIRANTES LOTE 3 Versão: 001 Vigência: 07/2016 Última Atualização: 07/2016 GRUPO

Leia mais

Efeitos especiais para a cor

Efeitos especiais para a cor www.casa.com.br/curso-cores Aula 7 por Betina Gomes Nada mais prático para renovar um ambiente do que pintar as paredes. Mas você pode ir além, imprimindo personalidade ao espaço. Nesta aula, a arquiteta

Leia mais

EFEITOS DECORATIVOS. We create chemistry

EFEITOS DECORATIVOS. We create chemistry EFEITOS DECORATIVOS We create chemistry ROTEIRO DO CURSO MÓDULO 01: PINTOR PROFISSIONAL Postura Fidelização de clientes Apresentação pessoal Colocando preço no serviço Como elaborar orçamentos Como valorizar

Leia mais

ANEXO 02 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: SUBST PISO RESIDEN 01 CONDOM SOBRAL LOCALIZAÇÃO: CONDOMINIO SOBRAL

ANEXO 02 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: SUBST PISO RESIDEN 01 CONDOM SOBRAL LOCALIZAÇÃO: CONDOMINIO SOBRAL OBRA: SUBST PISO RESIDEN 01 CONDOM SOBRAL LOCALIZAÇÃO: CONDOMINIO SOBRAL ANEXO 02 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS O reboco será demolido com ferramentas adequadas, tendo todo o cuidado para não causar nenhum dano

Leia mais

PENEIRAMENTO E ENSACAMENTO DE AREIA

PENEIRAMENTO E ENSACAMENTO DE AREIA SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA PENEIRAMENTO E ENSACAMENTO DE AREIA LOTE 3 Versão: 001 Vigência: 11/2015 Última atualização:

Leia mais

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO II CÓDIGO: IT837 CRÉDITOS: T2-P2 INSTITUTO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO II CÓDIGO: IT837 CRÉDITOS: T2-P2 INSTITUTO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO II CÓDIGO: IT837 CRÉDITOS: T2-P2 INSTITUTO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO OBJETIVO DA DISCIPLINA: Fornecer ao aluno as informações necessárias sobre a constituição,

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO REVESTIMENTO ECOGRANITO

BOLETIM TÉCNICO REVESTIMENTO ECOGRANITO DESCRIÇÃO O ECOGRANITO é um revestimento revolucionário, patenteado, com aparência real do granito. É uma massa a base de resina acrílica aplicável diretamente na superfície, resistente ao intemperismo

Leia mais

REVESTIMENTOS Escolha do Sistema de Revestimento

REVESTIMENTOS Escolha do Sistema de Revestimento 200888 Técnicas das Construções I REVESTIMENTOS Escolha do Sistema de Revestimento Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana pastana@projeta.com.br (14) 3422-4244 AULA 13 EXERCÍCIO 1 ESCOLHA DO SISTEMA DE

Leia mais

Boletim Técnico. Cores Branca. Textura Lisa e Acabamento Fosco.

Boletim Técnico. Cores Branca. Textura Lisa e Acabamento Fosco. Boletim Técnico Produto Multimassa Tapa-Tudo Descrição Multimassa Tapa-Tudo é um produto inovador e de alta tecnologia que preenche e nivela imperfeições dos mais diversos tipos de superfícies. Possibilita

Leia mais

REVESTIMENTO INTERNO DE PAREDES-AVALIAÇÃO COMPARATIVA DOS MÉTODOS PASTA DE GESSO E ARGAMASSA DO TIPO MASSA ÚNICA

REVESTIMENTO INTERNO DE PAREDES-AVALIAÇÃO COMPARATIVA DOS MÉTODOS PASTA DE GESSO E ARGAMASSA DO TIPO MASSA ÚNICA REVESTIMENTO INTERNO DE PAREDES-AVALIAÇÃO COMPARATIVA DOS MÉTODOS PASTA DE GESSO E ARGAMASSA DO TIPO MASSA ÚNICA Lucas Fernando De Sales Gonçalves (1) ; Geovana Bomtempo Morais (2), Paula Gabriele Campos

Leia mais

tratamento de juntas invisíveis

tratamento de juntas invisíveis tratamento de juntas invisíveis massa cimentícia BrasiMassa materiais necessários Massa cimentícia BrasiMassa. Fibatape AR (álcali-resistente) 5 cm de largura. Fibatape AR (álcali-resistente) 10 cm de

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 153

Norma Técnica SABESP NTS 153 Norma Técnica SABESP NTS 153 Esquema de pintura para equipamentos e materiais plásticos expostos a raios solares Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 153 : 2001 Norma Técnica SABESP S U M Á R I O 1

Leia mais

Pintura 100% Sólidos ST BOLETIM TÉCNICO. Pintura 100%

Pintura 100% Sólidos ST BOLETIM TÉCNICO. Pintura 100% BOLETIM TÉCNICO Pintura 100% Sólidos ST DESCRIÇÃO DO PRODUTO A Pintura 100% Sólidos ST é um sistema de pintura epóxi, 100% sólidos, bi-componente, formulado para proporcionar, através de uma película protetora

Leia mais

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00013/ SRP

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00013/ SRP 52131 - COMANDO DA MARINHA 783810 - CENTRO DE INTENDENCIA DA MARINHA EM NATAL RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00013/2016-000 SRP 1 - Itens da Licitação 1 - AREIA AREIA, TIPO LAVADA, GRANULOMETRIA

Leia mais

Prof. Marcos Valin Jr TINTAS

Prof. Marcos Valin Jr TINTAS Prof. Marcos Valin Jr TINTAS As tintas são empregadas na construção com o fim de conservar os materiais sobre os quais são aplicados e também para fim decorativo. As tintas devem ter além da fixidez a

Leia mais

MOSAICOS. Assentamento e Cuidados Especiais.

MOSAICOS. Assentamento e Cuidados Especiais. www.tessela.com.br Materiais Necessários Nível, régua, prumo, trena e esquadro Reconhecimento e adequação da superfície, controle do assentamento. Serra mármores munida de disco de diamante Efetuar recortes

Leia mais

Fibras Abrasivas Scotch-Brite MR e Fibraço MR

Fibras Abrasivas Scotch-Brite MR e Fibraço MR 3 Fibras Abrasivas Scotch-Brite MR e Fibraço MR Dados Técnicos Outubro/06 Substitui: Dezembro/00 Descrição do Produto: Manta de não-tecido, de fibras sintéticas, unidas com resina impregnada com mineral

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE PINTURA

PROCEDIMENTOS DE PINTURA 1 PROCEDIMENTOS DE PINTURA 2 PROCEDIMENTOS DE PINTURA 01.00 SISTEMA DE PINTURA PARA ACABAMENTO FINAL EM LATEX PVA 01.01 - PREPARAÇÃO DA SUPERFÍCIE 1. GESSO (PLACA/PASTA) - Aplicar fundo preparador de parede

Leia mais

E-book Curso de Airless

E-book Curso de Airless E-book Curso de Airless www.azevedotintas.com (19) 3802-1723 Desenvolvido por Izabel Bordotti Pintura Airless Assim a pintura Airless é um método de pintura, em que a tinta é pulverizada através de um

Leia mais

Av Dr. Cardoso de Mello, 1340 - cjto. 131 - Vila Olímpia Cep: 04548-004 - São Paulo - SP Fone/Fax: 11 3054-1480

Av Dr. Cardoso de Mello, 1340 - cjto. 131 - Vila Olímpia Cep: 04548-004 - São Paulo - SP Fone/Fax: 11 3054-1480 www.abrafati.com.br Av Dr. Cardoso de Mello, 1340 - cjto. 131 - Vila Olímpia Cep: 04548-004 - São Paulo - SP Fone/Fax: 11 3054-1480 Rua Júlio Diniz, 56 - cjto 41 - Vila Olímpia Cep: 04547-090 - São Paulo

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza

MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza OBJETIVO: O presente memorial descritivo destina-se a estabelecer as etapas necessárias, juntamente com sua descrição, para contratação de mão

Leia mais

COMO REALIZAR UMA EXCELENTE PINTURA PREDIAL!

COMO REALIZAR UMA EXCELENTE PINTURA PREDIAL! COMO REALIZAR UMA EXCELENTE PINTURA PREDIAL! Na execução de uma PINTURA, devemos levar em consideração os vários fatores que envolvem as etapas deste processo e suas particularidades. Por exemplo, temos

Leia mais

CONSTRUÇÃO CIVIL II ENG 2333 (2016/1)

CONSTRUÇÃO CIVIL II ENG 2333 (2016/1) ENG 2333 (2016/1) Aula 12 Forros FORROS Definição: Revestimento da face inferior da laje ou de telhados de modo a constituir a superfície superior de um ambiente fechado FORROS FORROS Critérios de escolha:

Leia mais

SAC 0800-VEDACIT DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45

SAC 0800-VEDACIT DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45 Produto VEDACIL ACQUA é um verniz à base de resina acrílica dispersa em água. É indicado para proteção de estruturas e, após a cura, forma um filme transparente, impermeável, de fácil limpeza, de boa resistência

Leia mais

Hardyconcret cimento Autonivelante. Sistema autonivelante de base cimentícea BOLETIM TÉCNICO. Hardyconcret. Autonivelante

Hardyconcret cimento Autonivelante. Sistema autonivelante de base cimentícea BOLETIM TÉCNICO. Hardyconcret. Autonivelante BOLETIM TÉCNICO Hardyconcret Cimento Autonivelante DESCRIÇÃO DO PRODUTO Hardyconcret cimento autonivelante, é composto por uma combinação de cimentos, aditivos especiais, acrílico de ultima geração e agregados

Leia mais

SAC 0800-VEDACIT DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45

SAC 0800-VEDACIT DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45 Produto NEUTROL é uma tinta asfáltica de grande aderência e alta resistência química que forma uma película impermeável. É indicado para proteção de estruturas de concreto e alvenaria revestida com argamassa

Leia mais

AMETISTA REVESTIMENTOS

AMETISTA REVESTIMENTOS AMETISTA REVESTIMENTOS Ficha técnica MASSA CORRIDA É composta de emulsão acrílica, carga minerais inertes e aditivos solúveis em água, desenvolvida para a execução de quaisquer correções em ambientes internos.

Leia mais

BIANCO. Misturar antes de usar. Adicionar BIANCO à água de amassamento na diluição indicada

BIANCO. Misturar antes de usar. Adicionar BIANCO à água de amassamento na diluição indicada Produto BIANCO é uma resina sintética, de alto desempenho, que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos. Confere maior plasticidade, aumenta a impermeabilidade e evita

Leia mais

Normas ABNT em Consulta Pública, Publicadas, Confirmadas ou Canceladas 18 de Outubro à 04 de Novembro de2016

Normas ABNT em Consulta Pública, Publicadas, Confirmadas ou Canceladas 18 de Outubro à 04 de Novembro de2016 em, Publicadas, Confirmadas ou Canceladas ABNT/CEE-185 ABNT NBR 16569 _ Parede e laje de concreto celular estrutural moldada no local para a construção de edificações Projeto, execução e controle Requisitos

Leia mais

Treinamento IMPERGEL PU

Treinamento IMPERGEL PU Treinamento IMPERGEL PU Posicionamento do Produto (Versões) Os Produtos do sistema IMPERGEL O que é tinta??? O que é um substrato??? Sistemas de pintura Tratamento de superfície ou substrato Principais

Leia mais

VEDAPREN FAST. -lajes expostas; -estruturas inclinadas como lajes, abóbadas, sheds, cúpulas e marquises; -telhas onduladas; -calhas de concreto.

VEDAPREN FAST. -lajes expostas; -estruturas inclinadas como lajes, abóbadas, sheds, cúpulas e marquises; -telhas onduladas; -calhas de concreto. Produto VEDAPREN FAST é uma manta líquida, de base acrílica, secagem ultrarrápida e aplicação a frio sem emendas, pronta para uso e moldada no local. Com alto rendimento, cobre a estrutura com uma proteção

Leia mais

# $ %&' ( ) # " # % " *! " $ % + (, " $ - & "! "! " $ %&. ' ( ) #! " $ %' & +!

# $ %&' ( ) #  # %  *!  $ % + (,  $ - & ! !  $ %&. ' ( ) #!  $ %' & +! / 0 1 0 2 5 4 4 0 3 4 4 ORIGINAL REV. A REV. B REV. C REV. D REV. E REV. F REV. G DATA 01.09.99 01.09.99 10.07.00 EXECUÇÃO J.S. J.S. J.S. VERIFICAÇÃO J.S. J.S. J.S. APROVAÇÃO 6 1.0 0BJETIVO O objetivo

Leia mais

Composição Básica Emulsão Látex Modificada, pigmentos orgânicos e inorgânicos, cargas minerais, aditivos e água.

Composição Básica Emulsão Látex Modificada, pigmentos orgânicos e inorgânicos, cargas minerais, aditivos e água. Boletim Técnico Produto Frentes & Fachadas Emborrachada Descrição Frentes & Fachadas Emborrachada é um produto flexível, de acabamento fosco, que age cobrindo trincas e fissuras, formando uma película

Leia mais

A sua casa sem um pingo de infiltrações.

A sua casa sem um pingo de infiltrações. A sua casa sem um pingo de infiltrações. Gama Anti-Humidade e Infiltrações HIDROFUGANTE FACHADAS WB 141-0002 Hidrofugante aquoso baseado numa emulsão de silicone, ideal para aplicação em materiais de construção

Leia mais

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA ASSESSORIA DE OBRAS E MANUTENÇÃO Processo: Sistema de Custo para Obras e Serviços de Engenharia SC- SERVIÇOS COMPLEMENTARES Ano referência:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. Generalidades

MEMORIAL DESCRITIVO 1. Generalidades MEMORIAL DESCRITIVO Memorial descritivo de serviço de pintura geral do prédio da Câmara Municipal de Fortaleza de Minas MG. Compõem este memorial as especificações técnicas acerca dos serviços a serem

Leia mais

Faculdade Sudoeste Paulista Curso de Engenharia Civil Técnicas da Construção Civil

Faculdade Sudoeste Paulista Curso de Engenharia Civil Técnicas da Construção Civil AULA 11 CONTRAPISOS O contrapiso é uma camada de argamassa executada sobre uma base, que pode ser a laje de um pavimento ou um lastro de concreto, se for sobre o solo. Sua função é regularizar a superfície

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO J.L. MADALOZZO DA ROSA & CIA LTDA

TERMO DE ADJUDICAÇÃO J.L. MADALOZZO DA ROSA & CIA LTDA TERMO DE ADJUDICAÇÃO Observados os preceitos legais, efetuo a ADJUDICAÇÃO do Processo Licitatório nº 86/2015, modalidade Pregão Presencial, cujo objeto é REGISTRO DE PREÇOS DE MATERIAL DE PINTURA, aos

Leia mais

Pintura de Acabamento PVC-Alquídica para revestimentos intumescentes

Pintura de Acabamento PVC-Alquídica para revestimentos intumescentes Ficha do Produto Edição 24/03/2014 Identificação 02 06 04 00 001 0 000015 Sika Unitherm - Top S Pintura de Acabamento PVC-Alquídica para revestimentos intumescentes Descrição do Produto Sika Unitherm -Top

Leia mais

Prefeitura Municipal de São Miguel das Missões Construção de Lavanderia na UBS/Bairro Alegria PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

Prefeitura Municipal de São Miguel das Missões Construção de Lavanderia na UBS/Bairro Alegria PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 3.3 73942/002 Prefeitura Municipal de São Miguel das Missões 1. SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 355,38 1.1 73801/001 DEMOLICAO DE PISO DE ALTA RESISTENCIA M² 8,25 R$ 17,84 R$ 22,30 R$ 183,98 1.2 LOCACAO CONVENCIONAL

Leia mais

ANEXO XIII MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO XIII MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO XIII MEMORIAL DESCRITIVO 1. APRESENTAÇÃO O presente MEMORIAL DESCRITIVO tem por finalidade determinar os detalhes de acabamento, tipo e a qualidade dos materiais a serem utilizados na reforma do

Leia mais

PESQUISA DE MATERIAIS DE ACABAMENTO FORROS E TETOS. Aquiles Fernandes Pinho

PESQUISA DE MATERIAIS DE ACABAMENTO FORROS E TETOS. Aquiles Fernandes Pinho PESQUISA DE MATERIAIS DE ACABAMENTO FORROS E TETOS Aquiles Fernandes Pinho 1 TETOS: FABRICANTE: PRODUTO: TIPO DE USO: Knauf D112 Unidirecional Revestimento do Forro DESCRIÇÃO: Utiliza uma estrutura metálica

Leia mais

Retirada de tótem de 4,5m a 7,5m Remoção de letreiro Remoção de painel fachadeiro e estrutura metalica existente na

Retirada de tótem de 4,5m a 7,5m Remoção de letreiro Remoção de painel fachadeiro e estrutura metalica existente na Divulgamos os preços registrados pelo Banco do Brasil, em conformidade com o art. 6º do Decreto nº 3.931/2001 e art. 15 da Lei nº 8.666/93 - CONCORRÊNCIA 2011/7935 (7417) - Centro de Serviços de Logística

Leia mais

Técnicas de Construção Civil 3 Revestimento Interno e Externo

Técnicas de Construção Civil 3 Revestimento Interno e Externo Curso Técnico em Edificações Disciplina Técnicas de Construção Civil 3 Revestimento Interno e Externo Docente: Profa. Priscila B. Alves TCCC3 O que é? Pra que serve? Quais os tipos? Introdução Nada mais

Leia mais

SAC 0800-VEDACIT 0800-833-2248 DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) 2902-5522 DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45

SAC 0800-VEDACIT 0800-833-2248 DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) 2902-5522 DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45 Produto CIMENTOL é uma tinta impermeável de grande durabilidade, que mantém a boa aparência por mais tempo. Apresenta ótima aderência sobre alvenaria, concreto e fibrocimento. Características Aparência:

Leia mais

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA COLETORES PREDIAIS LOTE 2

SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA COLETORES PREDIAIS LOTE 2 SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA COLETORES PREDIAIS LOTE 2 Versão: 002 Vigência: 03/2016 Última atualização: 05/2016 GRUPO

Leia mais

CUMEEIRA TELHA CERAMICA EMBOCADA ARGAMASSA 1:2:8 (CIMENTO, CAL E AREIA) 63,00 m 25, ,34

CUMEEIRA TELHA CERAMICA EMBOCADA ARGAMASSA 1:2:8 (CIMENTO, CAL E AREIA) 63,00 m 25, ,34 UL URUAÇU - ORÇAMENTO PARA REFORMA DA INSTALAÇÕES DA UNIDADE LOCAL DE URUAÇU MÊS REFERÊNCIA SETEMBRO 2015 ITEM ITEM SINAPI DESCRIÇÃO QUANT. UNID. SERVIÇO UNIT. TOTAL 01. SERVIÇOS PRELIMINARES 1.575,00

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PATY DO ALFERES PREFEITURA MUNICIPAL DE PATY DO ALFERES

PREFEITURA MUNICIPAL DE PATY DO ALFERES PREFEITURA MUNICIPAL DE PATY DO ALFERES 1. 7930.001.0021.003 - ÁGUA RAZ - Água Raz (galão com 05 litros). ITAQUA GL 50 46,000 2.300,00 11. 5120.001.0006.002 - DESEMPENADEIRA - Desempenadeira, aço especial,dentada, tamanho médio 16. 8040.001.0013.002

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS Orçamento Sintético Global

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS Orçamento Sintético Global PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS Orçamento Sintético Global Data:06/07/2012 OBRA : ORÇAMENTO : RIACHO DOCE REFORMA L.S=155,71% BDI=30% CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE QUANT. PREÇO(R$) PREÇO TOTAL

Leia mais

Quantificação de Materiais e Mão-de-obra

Quantificação de Materiais e Mão-de-obra Quantificação de Materiais e Mão-de-obra INFRA-ESTRUTURA 20501 LOCAÇÃO DA OBRA Madeiras e pregos (locação) 144,71 1 144,71 m2 2,5 361,775 Execução da locação da obra Mão-de-obra 144,71 1 144,71 m2 2 289,42

Leia mais