Criação e compilação: Editores dos Periódicos da UEG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Criação e compilação: Editores dos Periódicos da UEG"

Transcrição

1 Criação e compilação: Editores dos Periódicos da UEG

2 Apresentação O Portal de Periódicos da Universidade Estadual de Goiás é um projeto da Pró-reitora de Pesquisa em conjunto com os editores de periódicos da Universidade com o objetivo de integrar e disponibilizar em um único sítio os periódicos acadêmicos e científicos desenvolvidos pelas diferentes unidades da UEG.

3 A política de gestão do Portal de Periódicos da UEG tem como objetivo central o aprimoramento da qualidade das revistas através de processo de avaliação contínua. A qualidade das revistas deve estar fundamentada na avaliação de mérito seguindo as exigências próprias de cada área de conhecimento disponibilizadas pelo Qualis Capes.

4 O Comitê Gestor Caberá ao Comitê Gestor do Portal fixar as políticas que orientarão o funcionamento do mesmo (nosso Comitê Gestor atualmente é composto pela equipe da PrP) Compõem o Comitê como membros convidados, três docentes vinculados aos Programas de Pós- Graduação de diferentes áreas de conhecimento e um ou dois representantes dos Editores das revistas integradas ao Portal. Os membros convidados do Comitê Gestor terão mandato de 2 anos, que poderá ser renovado por igual período.

5 Atribuições do Comitê Gestor a)aprovarapolíticadegestãodoportaldeperiódicosdaueg b)aprovarainclusãoderevistasnoportaldeperiódicosdaueg. c)aprovaraexclusãoderevistasnoportaldeperiódicosdaueg. d) sugerir medidas para o incremento do Portal e captação de recursos para o seu funcionamento. e) propor diretrizes de funcionamento do portal de periódicos e supervisionar suas atividades. f) definir e revisar, sempre que necessário, os critérios a serem observados para a inclusão e manutenção de revistas no Portal. g) designar comissões para analisar situações não previstas nas diretrizes presentes. h) Garantir apoio aos editores de periódicos I) Buscar junto a administração central da UEG meios para contratação de pessoal de apoio para os periódicos (tradutores, revisores, diagramadores)

6 Políticas de hospedagem do Portal de Periódicos da UEG Serão hospedadas no Portal de Periódicos as publicações acadêmicas e científicas periódicas institucionalmente ligadas as unidades da UEG, com exceção de anais de eventos que devem ser publicados em páginas especificas. A solicitação de hospedagem de uma revista deve ser realizada mediante a submissão de um projeto editorial (ver normas para elaboração do projeto) à Comissão Gestora do Portal (PrP) e de pelo menos um editor de periódico já consolidado, que analisarão e homologarão todos os projetos de periódicos a serem disponibilizados.

7 Serão hospedados os periódicos que contemplem critérios mínimos de qualidade: Apresente política editorial que esclareça as normas da revista e as instruções para a publicação de artigos; Disponha de um Conselho Editorial executivo que se responsabilize pelas políticas e qualidade científica da revista cujos membros deste Conselho deverão ser identificados na sua titulação e vinculação institucional; Indique um Editor Gerente, reconhecido na área de atuação da revista, por seus méritos científicos, acadêmicos e profissionais, que ficará à frente de toda a política editorial da revista; Adote periodicidade regular e zele pelo seu cumprimento;

8 Publique no mínimo doze (12) artigos por ano (06 por fascículo emcasodesemestralou04porfascículoemcasodetrimestral); Mantenha avaliação por pares. A avaliação deverá ser realizada por especialistas na(s) área(s) de conhecimento da revista, de comprovada atuação científica e/ou profissional, preferencialmente adotando o sistema de avaliação "cega"; Possua número internacional normatizado para publicações seriadas (ISSN) (para maiores informações acessar a página do IBICT- Adote padrões documentais nacionais ou internacionais (ABNT, Vancouver, APA e outros) que assegurem consistência editorial;

9 Disponha de responsável (is) pelo gerenciamento da revista, o que inclui revisão, normalização, diagramação, tradução, projeto gráfico, etc. (Itens que devem ser providenciados pelo Comitê Gestor) Os artigos publicados no periódico devem constituir produto de resultados de pesquisa Científica, artigos de revisão, artigos de caráter opinativo e outros conteúdos de Natureza acadêmica. A Comissão Gestora do Portal se reservará o direito de deixar de hospedar uma revista quando esta descumprir, por um período superior a duas edições, os critérios mínimos de qualidade, segundo sua avaliação.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS E PUBLICAÇÕES. Política Editorial de Periódicos da UEG

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS E PUBLICAÇÕES. Política Editorial de Periódicos da UEG UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS E PUBLICAÇÕES Política Editorial de Periódicos da UEG Regulamento para criação, inserção, exclusão, permanência

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA PORTAL DE PERIÓDICOS DA UFPA POLÍTICA DE GESTÃO BELÉM PORTAL DE PERIÓDICOS DA UFPA Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SISTEMA DE BIBLIOTECAS BIBLIOTECA DIGITAL DE PERIÓDICOS DA UFPR

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SISTEMA DE BIBLIOTECAS BIBLIOTECA DIGITAL DE PERIÓDICOS DA UFPR UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SISTEMA DE BIBLIOTECAS BIBLIOTECA DIGITAL DE PERIÓDICOS DA UFPR DIRETRIZES DA BIBLIOTECA DIGITAL DE PERIÓDICOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR) Curitiba 2013 Conselho

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA SERVIÇO DE PERIÓDICOS DIRETRIZES DO PORTAL DE PERIÓDICOS DA UFSC

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA SERVIÇO DE PERIÓDICOS DIRETRIZES DO PORTAL DE PERIÓDICOS DA UFSC UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA SERVIÇO DE PERIÓDICOS DIRETRIZES DO PORTAL DE PERIÓDICOS DA UFSC Florianópolis, Março, 2012 Revisado em julho, 2012 2 1 INTRODUÇÃO O Portal

Leia mais

Programa de Bolsas de Iniciação Científica - CNPq 2015/2016 CHAMADA PÚBLICA PRPGP - URCA 04/2015 - PIBIC-CNPq

Programa de Bolsas de Iniciação Científica - CNPq 2015/2016 CHAMADA PÚBLICA PRPGP - URCA 04/2015 - PIBIC-CNPq Programa de Bolsas de Iniciação Científica - CNPq 2015/2016 CHAMADA PÚBLICA PRPGP - URCA 04/2015 - PIBIC-CNPq A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Regional do Cariri URCA, no uso

Leia mais

REGULAMENTO DA REVISTA ELETRÔNICA MULTIDISCIPLINAR CIÊNCIA & INOVAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA

REGULAMENTO DA REVISTA ELETRÔNICA MULTIDISCIPLINAR CIÊNCIA & INOVAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA REGULAMENTO DA REVISTA ELETRÔNICA MULTIDISCIPLINAR CIÊNCIA & INOVAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA Art. 1º - A Revista Eletrônica Ciência & Inovação, em versão exclusivamente eletrônica, de orientação pluralista,

Leia mais

Gestão do Portal de Periódicos da UFSC http://www.periodicos.ufsc.br

Gestão do Portal de Periódicos da UFSC http://www.periodicos.ufsc.br Gestão do Portal de Periódicos da UFSC http://www.periodicos.ufsc.br http://www.periodicos.ufsc.br/ Narcisa de Fátima Amboni Diretora da Biblioteca Universidade Federal de Santa Catarina Esta obra está

Leia mais

PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU A Pesquisa e a Pós-Graduação Stricto Sensu são atividades coordenadas por uma mesma

Leia mais

Apresentação. Critérios SciELO Brasil para admissão de periódicos e procedimentos do processo de seleção

Apresentação. Critérios SciELO Brasil para admissão de periódicos e procedimentos do processo de seleção Seleção SciELO Brasil: critérios e procedimentos para a admissão e permanência de periódicos científicos na coleção Fabiana Montanari Lapido BIREME/OPAS/OMS Unidade SciELO VI Encontro Internacional de

Leia mais

REGIMENTO DA REVISTA ÁGORA

REGIMENTO DA REVISTA ÁGORA REGIMENTO DA REVISTA ÁGORA Revista Eletrônica de História vinculada ao Programa de Pósgraduação em História Social das Relações Políticas da Universidade Federal do Espírito Santo 1. DA IDENTIFICAÇÃO:

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PRÓ-CIÊNCIA) CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGULAMENTO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PRÓ-CIÊNCIA) CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS REGULAMENTO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PRÓ-CIÊNCIA) CAPÍTULO DOS OBJETIVOS Art. 1. O Programa Institucional de Iniciação Científica (Pró-Ciência) tem por objetivo geral o desenvolvimento

Leia mais

PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional

PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional 1 PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional Capítulo I Objetivos Artigo 1º - O Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional (PROFIAP) tem

Leia mais

SISTEMA ELETRÔNICO DE EDITORAÇÃO DE REVISTAS: SEER

SISTEMA ELETRÔNICO DE EDITORAÇÃO DE REVISTAS: SEER SISTEMA ELETRÔNICO DE EDITORAÇÃO DE REVISTAS: SEER O Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER/OJS) foi customizado pelo IBICT, e o objetivo principal do projeto foi organizar a informação científica

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA EDITAL Nº 08/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À PESQUISA (PBIP)

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA EDITAL Nº 08/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À PESQUISA (PBIP) PRÓ-REITORIA DE PESQUISA EDITAL Nº 08/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À PESQUISA (PBIP) 1. APRESENTAÇÃO A Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade Federal do Pampa torna pública a abertura de processo

Leia mais

Regimento Interno da Comissão de Avaliação e Gestão de Projetos de Pesquisa e Inovação - CAGPPI

Regimento Interno da Comissão de Avaliação e Gestão de Projetos de Pesquisa e Inovação - CAGPPI Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Farroupilha Regimento Interno da Comissão de Avaliação

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2013 PPGLET. O Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Letras, Cultura e Regionalidade, da Universidade RESOLVE:

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2013 PPGLET. O Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Letras, Cultura e Regionalidade, da Universidade RESOLVE: INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2013 PPGLET Estabelece os procedimentos para o Exame de Qualificação para os discentes vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Letras, Cultura e Regionalidade Mestrado O Colegiado

Leia mais

NORMA DO PROGRAMA DE BOLSAS REUNI DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE

NORMA DO PROGRAMA DE BOLSAS REUNI DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE NORMA DO PROGRAMA DE BOLSAS REUNI DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE As Pró-Reitorias de Graduação e de Pesquisa e Pós-Graduação, CONSIDERANDO a necessidade

Leia mais

PRÓ-EQUIPAMENTOS CAPES/2013

PRÓ-EQUIPAMENTOS CAPES/2013 PRÓ-EQUIPAMENTOS CAPES/2013 EDITAL INTERNO PRPPG/UFRPE A Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), comunica a abertura de Edital Interno

Leia mais

Requisitos para o ingresso dos programas de pós-graduação stricto sensu das Instituições de Ensino Superior no PROEX

Requisitos para o ingresso dos programas de pós-graduação stricto sensu das Instituições de Ensino Superior no PROEX Programa de Excelência Acadêmica PROEX Documento Básico de Orientações do Programa de Excelência Acadêmica PROEX Objetivos do PROEX e critérios para a aplicação dos recursos O Programa de Excelência Acadêmica

Leia mais

EDITAL PRPGI Nº 057, de 11 de Junho de 2015

EDITAL PRPGI Nº 057, de 11 de Junho de 2015 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA NÚCLEO DE FOMENTO E APOIO FINANCEIRO EDITAL PRPGI Nº 057, de 11

Leia mais

Programa Institucional de Iniciação Cientifica do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos PIC/UNIFEB

Programa Institucional de Iniciação Cientifica do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos PIC/UNIFEB Programa Institucional de Iniciação Cientifica do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos PIC/UNIFEB INTRODUÇÃO A atividade de pesquisa científica é parte da tríade das funções das Instituições

Leia mais

Regulamento Interno da Comissão de Bolsas PPGCOM- ESPM/SP,

Regulamento Interno da Comissão de Bolsas PPGCOM- ESPM/SP, Escola Superior de Propaganda e Marketing ESPM SP Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo PPGCOM Regulamento Interno da Comissão de Bolsas PPGCOM- ESPM/SP, Dispõe sobre a política

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq/URCA

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq/URCA Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq/URCA Chamada Pública PRPGP-URCA 07/2014 A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa torna público

Leia mais

FESURV- UNIVERSIDADE DE RIO VERDE

FESURV- UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FESURV- UNIVERSIDADE DE RIO VERDE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Campus Universitário Fazenda Fontes do Saber, Bloco I, Cx.p 104, 75.901-970, Rio Verde Goiás, (64)3620-2306,pesquisa@fesurv.br

Leia mais

REGULAMENTO PARA A APLICAÇÃO DOS RECURSOS PROAP (Versão Preliminar 1 )

REGULAMENTO PARA A APLICAÇÃO DOS RECURSOS PROAP (Versão Preliminar 1 ) UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE CIENCIAIS SOCIAIS APLICADAS INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR INSTITUTO DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL E POLITICAS

Leia mais

Regulamento Geral dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu

Regulamento Geral dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu VICE-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA Regulamento Geral dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DA ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO Art. 1º Os Programas de

Leia mais

EDITAL PIC Nº 01/2009

EDITAL PIC Nº 01/2009 EDITAL PIC Nº 01/2009 O Reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, com vistas à chamada para a seleção de bolsista/estudante de Iniciação Científica para o Programa Institucional de Iniciação

Leia mais

A Direção-Geral da Escola Superior do Ministério Público do Ceará, no uso de suas atribuições estatutárias, Resolve

A Direção-Geral da Escola Superior do Ministério Público do Ceará, no uso de suas atribuições estatutárias, Resolve Normas para Submissão de Artigos na Revista Eletrônica da ESMP A Direção-Geral do Ceará, no uso de suas atribuições estatutárias, Resolve Art. 1º - Promover a Revista Acadêmica do Ceará, padronizando o

Leia mais

REGIMENTO DO FÓRUM ESTADUAL PERMANENTE DE APOIO À FORMAÇÃO DOCENTE GOIÁS (FORPROF-GO)

REGIMENTO DO FÓRUM ESTADUAL PERMANENTE DE APOIO À FORMAÇÃO DOCENTE GOIÁS (FORPROF-GO) REGIMENTO DO FÓRUM ESTADUAL PERMANENTE DE APOIO À FORMAÇÃO DOCENTE GOIÁS (FORPROF-GO) Goiânia-2010 REGIMENTO DO FÓRUM ESTADUAL PERMANENTE DE APOIO À FORMAÇÃO DOCENTE GOIÁS (FORPROF-GO) CAPÍTULO I DOS FUNDAMENTOS

Leia mais

Pró-Reitoria Administrativa - Proad Pró-Reitoria Acadêmica Proac Pró-Reitoria Adjunta de Pós-Graduação e Pesquisa Papgp

Pró-Reitoria Administrativa - Proad Pró-Reitoria Acadêmica Proac Pró-Reitoria Adjunta de Pós-Graduação e Pesquisa Papgp Pró-Reitoria Administrativa - Proad Pró-Reitoria Acadêmica Proac Pró-Reitoria Adjunta de Pós-Graduação e Pesquisa Papgp Programa de Capacitação e Qualificação Docente Edital. 01/2010 1. Objetivo Subsidiar

Leia mais

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE ANIMAL Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (FEPAGRO)

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE ANIMAL Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (FEPAGRO) REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE ANIMAL Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (FEPAGRO) Portaria CPG-PPGSA 004/2015 de 24 de agosto de 2015. Pág. 1 O presidente do Comitê de Pós-graduação

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 01/2008 O Presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico FUNCAP, Prof. Tarcísio

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Considerando a necessidade de padronização da metodologia de análise, dos critérios de avaliação e do fluxo de encaminhamento da proposta institucional submetida à Chamada Pública MCTI/FINEP/CT-INFRA PROINFRA

Leia mais

CAPÍTULO I SEÇÃO I - DAS ATIVIDADES DE ENSINO

CAPÍTULO I SEÇÃO I - DAS ATIVIDADES DE ENSINO Resolução CsA nº.163/2009 Normatiza a alocação de carga horária dos docentes do quadro temporário da Universidade Estadual de Goiás. A 104ª Plenária do Conselho Acadêmico CsA da Universidade Estadual de

Leia mais

anped EDITAL Concurso nº 001/2014 FUNAPE/UFG/MEC/SECADI Processo nº 10811/2014

anped EDITAL Concurso nº 001/2014 FUNAPE/UFG/MEC/SECADI Processo nº 10811/2014 FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA - FUNAPE UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS UFG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO Concurso nº 001/2014 FUNAPE/UFG/MEC/SECADI

Leia mais

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação BIT/UFRGS - 2015/2016

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação BIT/UFRGS - 2015/2016 Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação BIT/UFRGS - 2015/2016 A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico

Leia mais

PROGRAMA DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NO CAMPUS ARARANGUÁ DO IF-SC EDITAL INTERNO- N0 XX/2010

PROGRAMA DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NO CAMPUS ARARANGUÁ DO IF-SC EDITAL INTERNO- N0 XX/2010 PROGRAMA DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NO DO IF-SC EDITAL INTERNO- N0 XX/2010 CHAMADA DE PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EXECUÇÃO: 19 DE ABRIL DE 2010 A 10 DE MAIO DE 2010

Leia mais

EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011.

EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011. EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011. INFORMAÇÕES GERAIS: O processo seletivo do Programa de Iniciação Científica da USP na Faculdade de Medicina da USP baseia-se no edital 2011/

Leia mais

EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES. Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP

EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES. Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP PAEP Programa de Apoio a Eventos no País EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP A Fundação Coordenação

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ GESTOR INSTITUCIONAL DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DE PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Av. João Naves de Ávila, 2121 Campus Santa Mônica CP 593 38400-902 Uberlândia MG

Universidade Federal de Uberlândia Av. João Naves de Ávila, 2121 Campus Santa Mônica CP 593 38400-902 Uberlândia MG RESOLUÇÃO N o ESTUDANTIS 05/2009, DO CONSELHO DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS Aprova alterações no Regimento da Revista EM EXTENSÃO, e dá outras providências. O CONSELHO DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA E TECNOLOGIA ESPACIAIS ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM ENGENHARIA E GERENCIAMENTO DE SISTEMAS ESPACIAIS

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA E TECNOLOGIA ESPACIAIS ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM ENGENHARIA E GERENCIAMENTO DE SISTEMAS ESPACIAIS REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA E TECNOLOGIA ESPACIAIS ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM ENGENHARIA E GERENCIAMENTO DE SISTEMAS ESPACIAIS TÍTULO I DOS OBJETIVOS DO CURSO Art. 1º A Área de Concentração

Leia mais

EDITAL INTERNO Nº 07 / 2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA PIVICT 2013-2014

EDITAL INTERNO Nº 07 / 2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA PIVICT 2013-2014 EDITAL INTERNO Nº 07 / 2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA PIVICT 2013-2014 O Pró-Reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (PROPPI) do Instituto Federal de

Leia mais

1. REQUISITOS DO SOLICITANTE

1. REQUISITOS DO SOLICITANTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL Nº 023/PRPGP/UFSM, DE 29 DE ABRIL DE 2015 Programa Especial de Incentivo às Revistas Científicas

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIGRANRIO

REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIGRANRIO UNIVERSIDADE DO GRANDE RIO Prof. José de Souza Herdy Reconhecida pela Portaria MEC 940/94 D.O.U. de 16 de Junho de 1994 PRÓ - REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROPEP REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE

Leia mais

EDITAL PROPI Nº 005/2014 PIBIC/ PIBIC-EM/PIBIC-Af/PIBITI/IFRS/CNPq

EDITAL PROPI Nº 005/2014 PIBIC/ PIBIC-EM/PIBIC-Af/PIBITI/IFRS/CNPq EDITAL PROPI Nº 005/2014 PIBIC/ PIBIC-EM/PIBIC-Af/PIBITI/IFRS/CNPq O Pró-Reitor de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), no uso de suas

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO 1) UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE ITABERAÍ CURSO DE PEDAGOGIA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO REGULAMENTO Itaberaí/2012 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE ITABERAÍ CURSO DE

Leia mais

Resolução Normativa PUC n o 014/10

Resolução Normativa PUC n o 014/10 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS Resolução Normativa PUC n o 014/10 Campinas (SP), 16/4/10 DESTINATÁRIO: TODAS AS UNIDADES DA PUC-CAMPINAS ASSUNTO: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU -

Leia mais

REGULAMENTO (ARTIGO CIENTÍFICO) X ENCONTRO BAIANO DOS ESTUDANTES DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Feira de Santana - BA

REGULAMENTO (ARTIGO CIENTÍFICO) X ENCONTRO BAIANO DOS ESTUDANTES DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Feira de Santana - BA REGULAMENTO (ARTIGO CIENTÍFICO) X ENCONTRO BAIANO DOS ESTUDANTES DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Feira de Santana - BA Capítulo I Do Local e Data de Realização Art. 1 - O Prêmio do X EBECIC realizar-se-á no Anfiteatro

Leia mais

RESOLUÇÃO UnC-CONSEPE 040/2007

RESOLUÇÃO UnC-CONSEPE 040/2007 RESOLUÇÃO UnC-CONSEPE 040/2007 Aprova a Reformulação do Regimento da Educação a Distância O Reitor da Universidade do Contestado, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art. 25 do Estatuto da Universidade

Leia mais

Programa de Bolsas Pesquisa Alunos da PUCRS/BPA 2015 EDITAL CHAMADA PARA O PROGRAMA DE APOIO À INTEGRAÇÃO ENTRE ÁREAS PRAIAS Nº 07/2015

Programa de Bolsas Pesquisa Alunos da PUCRS/BPA 2015 EDITAL CHAMADA PARA O PROGRAMA DE APOIO À INTEGRAÇÃO ENTRE ÁREAS PRAIAS Nº 07/2015 Programa de Bolsas Pesquisa Alunos da PUCRS/BPA 2015 EDITAL CHAMADA PARA O PROGRAMA DE APOIO À INTEGRAÇÃO ENTRE ÁREAS PRAIAS Nº 07/2015 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento faz saber

Leia mais

REGULAMENTO DA POLÍTICA DE FOMENTO À PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E PRÁTICAS DE CONSUMO

REGULAMENTO DA POLÍTICA DE FOMENTO À PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E PRÁTICAS DE CONSUMO REGULAMENTO DA POLÍTICA DE FOMENTO À PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E PRÁTICAS DE CONSUMO No uso das suas atribuições, o Pró-Reitor Nacional de Pesquisa da Escola Superior de Propaganda

Leia mais

9.8 Toda comunicação eletrônica entre os proponentes e a empresa contratada deverá ocorrer com cópia para o NIT, através do e-mail nit@ifrs.edu.br.

9.8 Toda comunicação eletrônica entre os proponentes e a empresa contratada deverá ocorrer com cópia para o NIT, através do e-mail nit@ifrs.edu.br. EDITAL PROPPI Nº 013/2015 SELEÇÃO DE INVENÇÃO OU MODELO DE UTILIDADE PARA BUSCA DE ANTERIORIDADES E ESCRITA DE RELATÓRIO DESCRITIVO PARA ENCAMINHAMENTO DE PEDIDO DE PATENTE O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação

Leia mais

A área de trabalho é o espaço reservado para as telas de preenchimento do Sistema e contém os seguintes elementos:

A área de trabalho é o espaço reservado para as telas de preenchimento do Sistema e contém os seguintes elementos: Mudanças do Currículo Lattes Conheça a interface A área de trabalho é o espaço reservado para as telas de preenchimento do Sistema e contém os seguintes elementos: 1.Barra de Ferramentas: Contém utilidades

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO REGULAMENTO INTERNO CAPÍTULO I

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO REGULAMENTO INTERNO CAPÍTULO I Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO REGULAMENTO INTERNO CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS Artigo 1º 1. O Departamento de Educação, adiante

Leia mais

PROCIÊNCIA 2014 Comprovação do Currículo e Aplicação de Critérios de Pontuação

PROCIÊNCIA 2014 Comprovação do Currículo e Aplicação de Critérios de Pontuação PROCIÊNCIA 2014 Comprovação do Currículo e Aplicação de Critérios de Pontuação. Considerando o expresso no art. 7 da Deliberação 25/2013, e nos itens 9.5, 9.6 e 9.7 do Edital PROCIÊNCIA/2014, o DEPESQ/SR-2

Leia mais

Programa de Excelência Acadêmica PROEX

Programa de Excelência Acadêmica PROEX Programa de Excelência Acadêmica PROEX Documento Básico de Orientações do Programa de Excelência Acadêmica PROEX Objetivos do PROEX e critérios para a aplicação dos recursos O Programa de Excelência Acadêmica-PROEX

Leia mais

Qualis 2007 Perguntas Mais Frequentes

Qualis 2007 Perguntas Mais Frequentes Qualis 2007 Perguntas Mais Frequentes Conteúdo: 1. Há diferença nos conceitos de Qualis das Áreas e Qualis? 2. O que é WebQualis? 3. Como é construído o Qualis? 4. Gostaria de saber como faço para indicar

Leia mais

Programa de Mestrado em Informática 1

Programa de Mestrado em Informática 1 Programa de Mestrado em Informática 1 REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM INFORMÁTICA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS I - OBJETIVOS DO CURSO ART. 1º - O Curso de

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (62) 3328-1153 prp@ueg.br

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (62) 3328-1153 prp@ueg.br EDITAL INTERNO PrP 004/2014 - A (PrP) da Universidade Estadual de Goiás (UEG), tendo em vista o disposto nas Resoluções CsU n o 8/2014 e CsU n o 9/2014, torna público que estarão abertas as inscrições

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS DIRETRIZES PARA A REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PORTO ALEGRE 2009 2 SUMÁRIO 1. VINCULAÇÃO NA ATIVIDADE DE TCC... 04 2. DESENVOLVIMENTO

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MESTRADO STRICTO SENSU EM MATEMÁTICA DOS OBJETIVOS DA ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MESTRADO STRICTO SENSU EM MATEMÁTICA DOS OBJETIVOS DA ORGANIZAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MESTRADO STRICTO SENSU EM MATEMÁTICA DOS OBJETIVOS Art. 1º - O Programa de Mestrado Stricto Sensu em Matemática (PMAT) da Universidade Federal de Itajubá têm por objetivo formar

Leia mais

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS INTRODUÇÃO Com base no Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais - REHUF, destinado à reestruturação e revitalização dos hospitais das universidades federais, integrados

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior ASSUNTO: Aprecia Indicação CNE/CP nº 2/2002 sobre Diretrizes Curriculares

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA PNPD/CAPES 2013

EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA PNPD/CAPES 2013 EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA PNPD/CAPES 2013 A ESPM, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação stricto sensu e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo (PPGCOM),

Leia mais

SEER SEER / OJS. Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas

SEER SEER / OJS. Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas SEER SEER / OJS Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas Estrutura da Apresentação 1 - Definições 2 - Facilidades ofertadas; 3 - O SEER/OJS no Brasil; 4 - Ibict e o SEER/OSJ SEER/OJS É um software

Leia mais

FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DA COORDENADORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO CAPÍTULO I - DIRETRIZES GERAIS

FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DA COORDENADORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO CAPÍTULO I - DIRETRIZES GERAIS FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DA COORDENADORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO CAPÍTULO I - DIRETRIZES GERAIS A Coordenadoria de Pesquisa e Extensão - CPE, da Faculdade Moraes Junior Mackenzie

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Este regulamento, elaborado pela Coordenação do Curso de Ciências Econômicas da Universidade Metodista de São Paulo, tem por objetivo regulamentar o desenvolvimento

Leia mais

EDITAL Nº 01/2013 - DG

EDITAL Nº 01/2013 - DG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CÂMPUS SÃO VICENTE DO SUL Rua 20 de Setembro, s/nº - 97420-000 São

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA CURSO DE ZOOTECNIA. Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso I e II

UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA CURSO DE ZOOTECNIA. Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso I e II UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA CURSO DE ZOOTECNIA Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso I e II Presidente Prudente 2009 CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E CARACTERÍSTICAS Art. 1. o - O Trabalho de Conclusão

Leia mais

RESOLUÇÃO N 02/2013 CEFID

RESOLUÇÃO N 02/2013 CEFID RESOLUÇÃO N 02/2013 CEFID Dispõe sobre orientação para autores e avaliadores, para submissão e emissão de parecer quando da solicitação de gasto de recurso público para pagamento de empresa de tradução

Leia mais

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DISTÚRBIOS DA COMUNICAÇÃO HUMANA: CAMPO FONOAUDIOLÓGICO CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DISTÚRBIOS DA COMUNICAÇÃO HUMANA: CAMPO FONOAUDIOLÓGICO CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DISTÚRBIOS DA COMUNICAÇÃO HUMANA: CAMPO FONOAUDIOLÓGICO CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO Art. 1º - O Programa de Pós-Graduação em "Distúrbios de Comunicação

Leia mais

1. OBJETIVO 2. PÚBLICO ALVO E CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

1. OBJETIVO 2. PÚBLICO ALVO E CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO NÚCLEO DE FOMENTO E APOIO FINANCEIRO EDITAL PRPGI Nº 17, de 10 de junho de 2014 CONCESSÃO

Leia mais

Edital 01/2013 PRPPG/Unespar Apoio à publicação de artigos em periódicos científicos

Edital 01/2013 PRPPG/Unespar Apoio à publicação de artigos em periódicos científicos Edital 01/2013 PRPPG/Unespar Apoio à publicação de artigos em periódicos científicos A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual do Paraná PRPPG/Unespar torna pública a seleção

Leia mais

Banco Nacional de Itens (BNI) do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade)

Banco Nacional de Itens (BNI) do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) Banco Nacional de Itens (BNI) do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR COORDENAÇÃO GERAL DO ENADE SINAES AVALIAÇÃO DE IES AVALIAÇÃO DE CURSOS AVALIAÇÃO

Leia mais

Regimento do Mestrado Profissional em Matemeatica em Rede Nacional

Regimento do Mestrado Profissional em Matemeatica em Rede Nacional Regimento do Mestrado Profissional em Matemeatica em Rede Nacional Capítulo I Objetivos Artigo 1º - O Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT) tem como objetivo proporcionar formação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A EDITAL FOPIN 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A EDITAL FOPIN 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PROPPI N o 06 de 09 de Julho de 2015 EDITAL FOPIN 2015 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA DAS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO ANEXO VI PLANILHA DE PONTUAÇÃO RECONHECIMENTO DE SABERES

Leia mais

NORMAS INTERNAS DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA BIOMÉDICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC TÍTULO I DOS OBJETIVOS

NORMAS INTERNAS DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA BIOMÉDICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC TÍTULO I DOS OBJETIVOS NORMAS INTERNAS DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA BIOMÉDICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC TÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º O Programa de Pós-graduação em Engenharia Biomédica da UFABC (doravante,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 056/2013 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016 Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016 O Comitê Institucional dos Programas de Iniciação Científica (CIPIC) da Universidade Federal de Ciências

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 15/2011

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 15/2011 CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 15/2011 Cria o Arquivo Central e dispõe sobre o Sistema de Arquivos da UFJF O Conselho Superior da Universidade Federal de Juiz de Fora, no uso de suas atribuições, tendo

Leia mais

Universidade de Brasília Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade de Brasília Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação RESOLUÇÃO DO DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO N. 4/2006 Regulamenta o Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília. O Decano de Pesquisa e Pós-Graduação, no uso das atribuições que

Leia mais

Programa de Mestrado em Fisioterapia Universidade Cidade de São Paulo Regulamento

Programa de Mestrado em Fisioterapia Universidade Cidade de São Paulo Regulamento Programa de Mestrado em Fisioterapia Universidade Cidade de São Paulo Regulamento CAPÍTULO I Do Curso Artigo 1º - A Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) manterá o Programa de Mestrado em Fisioterapia,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O programa de Iniciação Científica da

Leia mais

SciELO Brasil e o processo de avaliação da área de odontologia

SciELO Brasil e o processo de avaliação da área de odontologia SciELO Brasil e o processo de avaliação da área de odontologia Fabiana Montanari Lapido Projeto SciELO FAPESP, CNPq, BIREME, FapUNIFESP 27ª Reunião Anual da SBPqO Águas de Lindóia, 9 setembro 2010 Apresentação

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC ENFERMAGEM Elaboração: Docente Ms. Taísa Guimarães de Souza 2012/1 Revisão: Docente Drº Rogério Alexandre Nunes dos Santos / Docente Esp. Robsom Inácio

Leia mais

PROFMAT - Programa de Mestrado Profissional em Matemática. Regimento. Coordenação do ensino de matemática nas escolas;

PROFMAT - Programa de Mestrado Profissional em Matemática. Regimento. Coordenação do ensino de matemática nas escolas; Capítulo I Objetivos Regimento Artigo 1º - O Objetivo do Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional é proporcionar ao aluno formação matemática aprofundada, relevante ao exercício

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL NA UFV

REGIMENTO INTERNO DO MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL NA UFV REGIMENTO INTERNO DO MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL NA UFV 1 CAPÍTULO I: Dos Objetivos e da Organização Geral Artigo 1º - O Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT)

Leia mais

Gestão 2013-2017. Plano de Trabalho. Colaboração, Renovação e Integração. Eduardo Simões de Albuquerque Diretor

Gestão 2013-2017. Plano de Trabalho. Colaboração, Renovação e Integração. Eduardo Simões de Albuquerque Diretor Gestão 2013-2017 Plano de Trabalho Colaboração, Renovação e Integração Eduardo Simões de Albuquerque Diretor Goiânia, maio de 2013 Introdução Este documento tem por finalidade apresentar o Plano de Trabalho

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação Tecnológica

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação Tecnológica EDITAL 15/2014 Propit PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO Pibic 2014 Doutores Recém-contratados SUBPROGRAMA Pibic/Fapespa A (Propit) torna

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO ÀS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS PERIÓDICAS DA USP

PROGRAMA DE APOIO ÀS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS PERIÓDICAS DA USP PROGRAMA DE APOIO ÀS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS PERIÓDICAS DA USP III ENAB Encontro Nacional de Bibliotecários ABEC Associação Brasileira de Editores Científicos Florianópolis, 11 a 14 novembro de 2012 Profa.

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Fisioterapia (Mestrado e Doutorado) Universidade Cidade de São Paulo Regulamento

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Fisioterapia (Mestrado e Doutorado) Universidade Cidade de São Paulo Regulamento Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Fisioterapia (Mestrado e Doutorado) Universidade Cidade de São Paulo Regulamento CAPÍTULO I Do Curso Artigo 1º - A Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) manterá

Leia mais

ANEXO II TERMOS DE REFERÊNCIA

ANEXO II TERMOS DE REFERÊNCIA ANEXO II TERMOS DE REFERÊNCIA Contratação de Empresa para Diagramação, Tradução e Revisão. Livro sobre Avaliação da Qualidade do Gasto Público e Mensuração da Eficiência. 1 Antecedentes e Justificativa

Leia mais

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM DECRETO nº 1098, de 12 de fevereiro de 2009 Dispõe sobre alocação, denominação e atribuições dos órgãos que compõem a estrutura organizacional do Gabinete da Prefeita e dá outras providências. A PREFEITA

Leia mais

2 DAS CONDIÇÕES GERAIS

2 DAS CONDIÇÕES GERAIS Universidade Federal do Rio de Janeiro Conselho de Ensino para Graduados e Conselho de Ensino de Graduação EDITAL nº 59 CEG/CEPG 2013, de 22 de março de 2013 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação

Leia mais