Igreja de Hagia Sophia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Igreja de Hagia Sophia"

Transcrição

1 Igreja de Hagia Sophia

2 Constantino (em 312) teve uma revelação através de um sonho onde durante uma batalha teria visto uma cruz luminosa no céu. Depois disto, a batalha teria sido vencida. Assim, adotou o símbolo da cruz em sua bandeira. Desta forma, o imperador uniu a crença religiosa à sua vitória política

3 Devido a ocorrência de várias revoltas internas e externas o cristianismo foi adotado como religião oficial do império bizantino. Constantino acreditava que se adotasse uma religião que adorava apenas um Deus conseguiria criar o sentimento de união entre os povos que viviam sob seu domínio.

4 No governo de Teodósio (379 a 395) as iniciativas de Constantino foram fundamentadas e estabelecidas. No governo de Justiniano todas as outras crenças religiosas foram perseguidas. Justiniano determinou o Cesaropapismo a junção da política do imperador com a Igreja, sendo que esta, estaria subordinada ao Estado. Escrita cirílica: alfabeto criado pelos monges Com objetivo de transmitir os ensinamentos cristãos aos povos que não sabiam grego e o latim.

5 Os mosteiros surgiram no império bizantino, assim como os primeiros monges. Nos mosteiros os monges estudavam os conhecimentos e as artes. Surgimento da Iconoclastia não adoração das imagens Período marcado pela construção de templos, mausoléus, igrejas, palácios e prédios decorados com pinturas e mosaicos. A arquitetura bizantina foi marcada pelas cúpulas e os mosaicos tendo sempre como tema o sagrado justificando a concepção do Estado bizantino.

6 Igreja de Hagia Sophia

7 Imperador Leão III O isáurico. Sua família era de Isaúria localizada na Ásia menor. A cultura de seu país era contra o culto as imagens, além deles, os muçulmanos, judeus e outros diversos grupos eram contra à representação de figuras humanas nas imagens sagradas. Esta política foi apoiada pelos seus sucessores. Em 843, a imperatriz Teodora conseguiu acabar com a iconolastia.

8 A igreja cristã bizantina continuou sob o poder do imperador. Sem o reconhecimento da superioridade do papa, isto, gerou grande insatisfação. Em 1054, houve a separação definitiva entre a cristandade ocidental e a oriental, este movimento ficou conhecido como Cisma. No ocidente ficou a Igreja Apostólica Romana (sob a liderança do papa). No oriente a Igreja Cristã Ortodoxa grega (sob a liderança do império).

9 A partir do século XI, o Império Bizantino começou a declinar sob o peso dos gastos militares. As fronteiras do império romano do oriente ruíram com as constantes invasões. No século XV, com a invasão dos turcos otomanos o Império Bizantino não resistiu e quebrou. Os turcos conquistaram Constantinopla que atualmente é conhecida como Istambul, capital do Império Turco.

10 1) Os imperadores bizantinos detinham o poder político e o religioso. Justifique esta informação. 2) O império Bizantino era uma teocracia: os imperadores se diziam representantes de Deus na terra. Que benefício essa afirmação trazia para eles? 3) Dê o significado de iconoclastia. 4) Como aconteceu o Cisma. Explique.

11 Nas questões abaixo assinale apenas uma alternativa: Entre os fatores citados abaixo, assinale aquele que não concorreu para a difusão da civilização bizantina na Europa Ocidental: a) Fuga dos sábios bizantinos para o Ocidente, após a queda de Constantinopla. b) Expansão da Reforma Protestante, que marcou a quebra da unidade da Igreja Católica. c) Divulgação e estudo da legislação de Justiniano, conhecida como Corpus Juris Civilis. d) Intercâmbio cultural ligado ao movimento das Cruzadas. e) Contatos comerciais das repúblicas marítimas italianas com os portos bizantinos nos mares Egeu e Negro.

12 Em relação ao Império Bizantino, é certo afirmar que: a) o governo era ao mesmo tempo teocrático e liberal; b) o Estado não tinha influência na vida econômica; c) o comércio era sobretudo marítimo; d) o Império Bizantino nunca conheceu crises sociais; e) o imperialismo bizantino restringiu-se à Ásia Menor.

13 Sobre o Império Bizantino, considere as afirmações abaixo e assinale C para as que julgar corretas e E para as Erradas: a. ( ) Constantinopla, a "Nova Roma" de Constantino, foi fundada para servir como capital do Império. b. ( ) Sua localização geográfica era péssima, descampada por todos os lados, facilitando as invasões. c. ( ) O grande imperador de Bizâncio foi Justiniano, de origem humilde, mas protegido por seu tio, o imperador Justino. d. ( ) Com o objetivo de reconstruir o Antigo Império Romano, Justiniano empreendeu campanhas militares conhecidas pelo nome genérico de Reconquista".

Colégio Ser! Sorocaba História 7ºs anos Profª Marilia Coltri. Adaptado de Alex Federle do Nascimento

Colégio Ser! Sorocaba História 7ºs anos Profª Marilia Coltri. Adaptado de Alex Federle do Nascimento Colégio Ser! Sorocaba História 7ºs anos Profª Marilia Coltri Adaptado de Alex Federle do Nascimento Império Bizantino O Império Bizantino foi o Império Romano do Oriente durante a Antiguidade Tardia e

Leia mais

Prof. Alexandre Cardoso. História 5A. Bizantinos e Francos.

Prof. Alexandre Cardoso. História 5A. Bizantinos e Francos. Prof. Alexandre Cardoso História 5A Aula 14 Bizantinos e Francos. Crescente Fértil ORIENTE O IMPÉRIO BIZANTINO O IMPÉRIO BIZANTINO: Império Romano do Oriente. Constantinopla capital. Antiga Bizâncio, hoje

Leia mais

ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI

ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI História Em 395 o Imperador Teodósio divide o Império Romano em duas partes: Império Romano do Ocidente com capital em Roma Império Romano do Oriente com capital em Constantinopla

Leia mais

ARTE MEDIEVAL. Estilo Bizantino

ARTE MEDIEVAL. Estilo Bizantino ARTE MEDIEVAL Durante a Idade Média (século V ao XV), a arte europeia foi marcada por uma forte influência da Igreja Católica. Esta atuava nos aspectos sociais, econômicos, políticos, religiosos e culturais

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2º PROVA DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Aluno(a): Nº Ano: 1º Turma: Data: Nota: Professor(a): Élida Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1) Número de questões

Leia mais

PROFESSOR: CRISTÓVÃO 1 O IMPÉRIO BIZANTINO:

PROFESSOR: CRISTÓVÃO 1 O IMPÉRIO BIZANTINO: PROFESSOR: CRISTÓVÃO 1 O IMPÉRIO BIZANTINO: Império Romano do Oriente ou Império Grego. Constantinopla capital. Antiga Bizâncio, hoje Istambul (TUR). Local privilegiado estrategicamente contatos entre

Leia mais

Alta idade média (Séculos v AO X)

Alta idade média (Séculos v AO X) Alta idade média (Séculos v AO X) Baixa Idade Média (SÉCULOS XI AO XV) CARACTERÍSTICAS GERAIS OS POVOS BÁRBAROS O FEUDALISMO O IMPÉRIO CAROLÍNGEO ou REINO CRISTÃO DOS FRANCO O IMPÉRIO BIZANTINO: O IMPÉRIO

Leia mais

Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo

Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo QUANDO ACONTECEU? 753 a. C. 509 a. C. 27 a. C. 0 218 d. C. 313 476 381 Nascimento República

Leia mais

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano DICAS DO PROFESSOR História 6º Ano ROMA ANTIGA fases: séculos: IIIdC JC I ac VI ac VIIIaC IMPÉRIO REPÚBLICA MONARQUIA Auge da civilização romana; Pão e circo e Pax Romana; Cristianismo; Bárbaros; Crise.

Leia mais

Aulas 15 Império Bizantino

Aulas 15 Império Bizantino Aulas 15 Império Bizantino DeOlhoNoEnem H5 - Identificar as manifestações ou representações da diversidade do patrimônio cultural e artístico em diferentes sociedades.(catedral de Santa Sofia) H12 - Analisar

Leia mais

Império Bizantino IDADE MÉDIA

Império Bizantino IDADE MÉDIA IDADE MÉDIA Império Bizantino 476 d.c., ano da queda de Roma, que havia sido tomada pelos hérulos, um dos diversos povos bárbaros que há tempos cercavam o antigo império, é usado pela historiografia tradicional

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Perfil de aprendizagem de História 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Das sociedades recolectoras às primeiras civilizações Das sociedades recolectoras às primeiras sociedades produtoras 1. Conhecer o processo

Leia mais

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade II As tradições religiosas e os textos sagrados. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais

Oriente Médio. Do surgimento as tensões atuais

Oriente Médio. Do surgimento as tensões atuais Oriente Médio Do surgimento as tensões atuais A Região A região do Oriente Médio é uma das áreas mais conflituosas do mundo. Diversos fatores contribuem para isso, entre eles: a sua própria história; origem

Leia mais

ROMA ANTIGA. Antiguidade Ocidental

ROMA ANTIGA. Antiguidade Ocidental ROMA ANTIGA Antiguidade Ocidental Roma Antiga Geografia Península Itálica Fonte Eneida (Virgílio) Enéas Lavinia Cidade de Alba Longa Amúlio X Numitor Réia Silvia Marte Remo Rômulo Loba 753 a.c. - Roma

Leia mais

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Avaliação Aulas

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Avaliação Aulas 7º ANO - PCA 1º PERÍODO 2012-2013 TEMA A Das sociedades recoletoras às primeiras civilizações A1 As sociedades recoletoras e as primeiras sociedades produtoras As primeiras conquistas do Homem Os grandes

Leia mais

O que foram as Cruzadas? Prof. Tácius Fernandes

O que foram as Cruzadas? Prof. Tácius Fernandes O que foram as Cruzadas? Prof. Tácius Fernandes Compreendendo as Cruzadas a partir de imagens Mapa da Primeira Cruzada Pintura sobre a sétima Cruzada. Data: século 13. Autor desconhecido. Imagem retirada

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 2ª PROVA PARCIAL DE HISTÓRIA Aluno(a): Nº Ano: 1º Turma: Data: 02 /06 /2012 Nota: Professor(a): Élida Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia. Lista de atividades 6º ano

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia. Lista de atividades 6º ano 1 Conteúdos selecionados: Nome: nº Recuperação Final de História Profª Patrícia Lista de atividades 6º ano Apostila 1 Tempo histórico, periodização da História, ocupação da América. Apostila 2 Egito, Mesopotâmia,

Leia mais

ARTE PALEOCRISTÃ PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. Arte Paleocristã Arte Bizantina Arte Islâmica - ESPIRITUALIDADE

ARTE PALEOCRISTÃ PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. Arte Paleocristã Arte Bizantina Arte Islâmica - ESPIRITUALIDADE Arte Paleocristã Arte Bizantina Arte Islâmica ARTE PALEOCRISTÃ ARTE PALEOCRISTÃ Também chamada de Arte das Catacumbas, desenvolveu-se dentro do Império Romano, quando surgiram os primeiros núcleos cristãos.

Leia mais

Arte cristã primitiva (paleocristã)

Arte cristã primitiva (paleocristã) Arte cristã primitiva (paleocristã) -Abrange os primeiros cinco séculos do surgimento do cristianismo. - Duras e cruéis perseguições aos cristãos (aqueles que seguiam os ensinamentos de Jesus Cristo) empreendidas

Leia mais

Ano Lectivo 2014/ ºCiclo 7 ºAno. 7.º Ano 1º Período. Domínios / subdomínios Ojetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação

Ano Lectivo 2014/ ºCiclo 7 ºAno. 7.º Ano 1º Período. Domínios / subdomínios Ojetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2014/2015 3 ºCiclo 7 ºAno 7.º Ano 1º Período Domínios / subdomínios Ojetivos Gerais / Metas Competências Específicas

Leia mais

A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros.

A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros. ArtenaIdadeMédia A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros. Seu fim foi assinalado pela queda do Império Romano do Oriente em 1453,devido

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã 2 Habilidades: Reconhecer as manifestações artísticas relacionadas ao período da arte: Roma Antiga e primitiva Cristã. 3 4 5 Todos os caminhos levam à Roma:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR HISTÓRIA 7º ANO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR HISTÓRIA 7º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR HISTÓRIA 7º ANO DOMÍNIOS DE CONTEÚDO DOMÍNIO / TEMA A Das Sociedades Recolectoras às Primeiras

Leia mais

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Hominização

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Hominização 7º ANO 1º PERÍODO 2012-2013 TEMA A Das sociedades recoletoras às primeiras civilizações A1 As sociedades recoletoras e as primeiras sociedades produtoras As primeiras conquistas do Homem Os grandes caçadores

Leia mais

Antiguidade século IV. Arte Bizantina

Antiguidade século IV. Arte Bizantina Antiguidade século IV Arte Bizantina Na Antiguidade, além da arte Egípcia e Grega, também encontram-se a Romana, Paleocristã e Bizantina... Enquanto os romanos desenvolviam uma arte colossal e espalhavam

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES. PERÍODO LECTIVO 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. AULAS PREVISTAS

ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES. PERÍODO LECTIVO 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. AULAS PREVISTAS ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES 3º CICLO DISCIPLINA HISTÓRIA TURMAS A/B/C ANO: 7º ANO 2010/2011 COMPETÊNCIAS 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. A. Das Sociedades Recolectoras

Leia mais

Crise no Império Romano. Capítulo 6

Crise no Império Romano. Capítulo 6 Crise no Império Romano Capítulo 6 A falta de escravos leva ao aparecimento do sistema do colonato. Corte nas verbas do exército, gera revolta e briga entre os generais. Os generais passam a não obedecer

Leia mais

Aula 07 Profª. Lila Donato IDADE MÉDIA. a produção artística. CRISTÃ PARTE 2a. Aula 07 Prof. Lila Donato BIZANTINA

Aula 07 Profª. Lila Donato IDADE MÉDIA. a produção artística. CRISTÃ PARTE 2a. Aula 07 Prof. Lila Donato BIZANTINA Profª. Lila Donato IDADE MÉDIA a produção artística CRISTÃ PARTE 2a A ARTE BIZANTINA 1. RELEMBRANDO E REFORÇANDO 1 momento arte & arquitetura PALEOCRISTÃ 1ª etapa CATACUMBAS SEPULCRO Congregação clandestina

Leia mais

Colégio Pedro II Departamento de Desenho e Artes Visuais

Colégio Pedro II Departamento de Desenho e Artes Visuais Colégio Pedro II Departamento de Desenho e Campus São Cristóvão II Coordenador pedagógico de Disciplina: Shannon Botelho 7º ano. TURMA: NOME: nº ARTE PÁLEO-CRISTÃ OU DAS CATACUMBAS Surgiu com os primeiros

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA

ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA Avaliação da unidade III Pontuação: 7,5 pontos 2 Questão 01 (1,0) As religiões orientais desenvolveram-se

Leia mais

Arte Cristã Primitiva. Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1

Arte Cristã Primitiva. Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1 Arte Cristã Primitiva Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1 2 Arte Paleocristã (séc. II séc V) Desenvolveu-se dentro do Império Romano; Perseguidos pelos imperadores;

Leia mais

FÍSICA FILOSOFIA. Resumex JáEntendi 1. A FILOSOFIA NA IDADE MÉDIA. Características Fundamentais da Idade Média

FÍSICA FILOSOFIA. Resumex JáEntendi 1. A FILOSOFIA NA IDADE MÉDIA. Características Fundamentais da Idade Média FILOSOFIA FÍSICA Resumex JáEntendi 1. A FILOSOFIA NA IDADE MÉDIA O período histórico comumente chamado de Idade Média inicia- se no século V e termina no século XV. Portanto, ele representa mil anos de

Leia mais

OS BÁRBAROS A IDADE MÉDIA

OS BÁRBAROS A IDADE MÉDIA OS BÁRBAROS A IDADE MÉDIA Antecedentes: Crise do Império Romano: Crise do escravismo; Declínio da produção e crises econômicas; Altos custos do Estado; Instabilidade política e militar; Ampliação do latifúndio;

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 6 o ano 4 o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o : Observe a imagem e responda às questões 1 e 2. REPRODUÇÃO 1. Cite dois elementos presentes na imagem que representam a Igreja católica.

Leia mais

Easinfluências do Oriente.

Easinfluências do Oriente. IMPÉRIO BIZANTINO (séc IV a XV) Easinfluências do Oriente. PROFESSOR NICHOLAS GABRIEL MINOTTI LOPES FERREIRA INTRODUÇÃO O império romano caiu, dividiu-se em dois: Ocidental e Oriental. Oi Sua sede Bizâncio

Leia mais

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5.º ANO SEGUNDO CICLO DO ENSINO BÁSICO ANA FILIPA MESQUITA CLÁUDIA VILAS BOAS HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL DOMÍNIO A DOMÍNIO B A PENÍNSULA IBÉRICA: LOCALIZAÇÃO E QUADRO NATURAL A PENÍNSULA IBÉRICA:

Leia mais

Datada do séc. II ao final do séc. V d.c.

Datada do séc. II ao final do séc. V d.c. ARTE PALEOCRISTÃ ARTE PALEOCRISTÃ ANTIGUIDADE Datada do séc. II ao final do séc. V d.c. ARTE PRIMITIVA CRISTÃ arte dos cinco primeiros séculos do aparecimento do cristianismo. Divide-se em dois períodos:

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Idade Média. Professor Isaac Antonio Camargo

HISTÓRIA DA ARTE. Idade Média. Professor Isaac Antonio Camargo HISTÓRIA DA ARTE Idade Média 1 Professor Isaac Antonio Camargo O conceito de Medieval é comumente entendido como uma época de atraso e estagnação cultural onde dominou uma profunda ignorância e superstição

Leia mais

2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7. Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira

2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7. Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira 2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7 Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira 1 Igreja na Era Medieval Importância: 1. Único poder universal. 2.

Leia mais

3- Sob o poder de qual imperador o império romano atingiu sua maior extensão? R.: Sob o comando do imperador Trajano que governou entre 98 a 117 d.c.

3- Sob o poder de qual imperador o império romano atingiu sua maior extensão? R.: Sob o comando do imperador Trajano que governou entre 98 a 117 d.c. Professor: Edson Alves Martins Questões sobre o Império Romano 1 Qual o nome da 1ª dinastia do império romano? R: Dinastia Julio Cláudia (14-68) 2- Qual o primeiro imperador romano R.: Otávio Augusto.

Leia mais

escala educacionai 1!! edic;ao Sao Paulo 2012

escala educacionai 1!! edic;ao Sao Paulo 2012 LEITURAS, DA HISTORIA Oldimar Cardoso Manual do Professor Membro da diretoria da Sociedade Internacional de DidMica da Hist6ria Docente da Catedra de Didatica da Hist6ria da Universidade de Augsburg (Alemanha)

Leia mais

cumpriam suas funções assim criou-se o cargo de prefeitos do palácio, o mais destacado deles foi Pepino,o breve,que derrubou o último rei indolente,

cumpriam suas funções assim criou-se o cargo de prefeitos do palácio, o mais destacado deles foi Pepino,o breve,que derrubou o último rei indolente, HG 3: Alta idade média ocidental: -Imperador Constantino divide o império entre Roma Ocidental e Roma Oriental,porém no século IV intensificam-se as invasões bárbaras e no ano de 476 o império romano do

Leia mais

Arte Cristã Primitiva. 6º Ano 2015 Prof. Juventino Artes

Arte Cristã Primitiva. 6º Ano 2015 Prof. Juventino Artes Arte Cristã Primitiva 6º Ano 2015 Prof. Juventino Artes Dois Momentos 1º - Clandestino e perseguidos pelos romanos. 2 - Aceitação da religião cristã. Os primeiros cristãos de origem humilde, reuniam-se

Leia mais

RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 7º ANO

RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 7º ANO RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 7º ANO QUESTÃO 1. Renascimento comercial e urbano. O fim das invasões bárbaras na Europa, por volta do século X, trouxe certa paz ao continente. Do período que

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1º EM História Rafael Av. Mensal 30/04/15 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE HISTÓRIA

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE HISTÓRIA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE HISTÓRIA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE HISTÓRIA O QUE É HISTÓRIA? História é uma palavra com origem no antigo termo grego "historie", que significa "conhecimento através da investigação".

Leia mais

I D A D E M É D I A Arquitetura Medieval Estilo Bizantino INSTRODUÇÃO A CONSTRUÇÃO CIVIL 1

I D A D E M É D I A Arquitetura Medieval Estilo Bizantino INSTRODUÇÃO A CONSTRUÇÃO CIVIL 1 I D A D E M É D I A Arquitetura Medieval Estilo Bizantino INSTRODUÇÃO A CONSTRUÇÃO CIVIL 1 Professora Arq.: VERÔNICA FREITAS Equipe: Ana Paula Diego Neves John Kennedy Sthefany Cabrera Oswaldo Garcia Campus

Leia mais

Prof. Osvaldo. Civilizações Escravistas da Antiguidade Clássica

Prof. Osvaldo. Civilizações Escravistas da Antiguidade Clássica Prof. Osvaldo Civilizações Escravistas da Antiguidade Clássica Modo de Produção Asiático Comunidades Primitivas Modo de Produção Escravista Grécia Roma sociedades cuja principal característica era o predomínio

Leia mais

IDADE MÉDIA ORIENTAL BIZANTINOS E ÁRABES

IDADE MÉDIA ORIENTAL BIZANTINOS E ÁRABES IDADE MÉDIA ORIENTAL BIZANTINOS E ÁRABES 1 O IMPÉRIO BIZANTINO: Império Romano do Oriente ou Império Grego. Constantinopla capital. Antiga Bizâncio, hoje Istambul (TUR). Local privilegiado estrategicamente

Leia mais

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2015 / 2016 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período DOMÌNIO / TEMA D O contexto europeu dos séculos XII a XIV (recuperação

Leia mais

Trabalho de Regulação. 4 bimestre

Trabalho de Regulação. 4 bimestre V Nome: Ano: 6 ano Disciplina: História Data: Professor: Eder Nº: Trabalho de Regulação 4 bimestre 1 - Complete abaixo a Linha do Tempo da Roma Antiga e responda a seguir com suas palavras o que diferenciou

Leia mais

RENASCIMENTO CULTURAL

RENASCIMENTO CULTURAL RENASCIMENTO CULTURAL O termo renascimento, ou renascença, faz referência a um movimento intelectual e artístico ocorrido na Europa, entre os séculos XV e XVI, durante a transição da Idade Média para a

Leia mais

UDESC 2016/2 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2016/2 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Questão tratou sobre movimentos que emergiram nos EUA dos anos 1960 e suas consequências na Europa e até mesmo no Brasil. I. Verdadeira. 1 II. Falsa. Os movimentos LGBT ocorreram a partir dos

Leia mais

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas Judaísmo, Cristianismo, Islamismo Qual a definição da palavra religião? Vem do latim religare, tem o siginificado de religação. Essa religação

Leia mais

1. Concílio de Niceia I 2. Concílio de Constantinopla I 3. Conhecendo a Igreja e suas ações.

1. Concílio de Niceia I 2. Concílio de Constantinopla I 3. Conhecendo a Igreja e suas ações. 1. Concílio de Niceia I 2. Concílio de Constantinopla I 3. Conhecendo a Igreja e suas ações. 2013 Vivaldo Armelin Júnior www.vivajesusbr.com Concílios Ecumênicos da Igreja Católica II Concílio de Niceia

Leia mais

Roma Antiga. O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império;

Roma Antiga. O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império; ROMA Roma Antiga O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império; Sua queda, em 476, marca o início da Idade Média. O mito

Leia mais

H I S T Ó R I A P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O. DISCIPLINA: História ANO: 7 TURMAS: B, C e D ANO LECTIVO: 2011/

H I S T Ó R I A P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O. DISCIPLINA: História ANO: 7 TURMAS: B, C e D ANO LECTIVO: 2011/ DISCIPLINA: História ANO: 7 TURMAS: B, C e D ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A - 1 - TEMA A Das Sociedades Recolectoras Às Primeiras Civilizações SUBTEMA

Leia mais

Disciplina: História Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de:

Disciplina: História Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: A herança do Mediterrâneo Antigo Das sociedades recoletoras às primeiras civilizações CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO Disciplina: Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: Ensino Básico

Leia mais

DAS ARTES. 1º semestre / 2012 Aula 5 26/03/2012. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com

DAS ARTES. 1º semestre / 2012 Aula 5 26/03/2012. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com ESTÉTICA TICA E HISTÓRIA DAS S 1º semestre / 2012 Aula 5 26/03/2012 Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão masiscao@hotmail.com IDADE MÉDIA Idade Antiga (Antiguidade) Idade Média (Era Medieval) c ESCRITA

Leia mais

Mudanças no feudalismo

Mudanças no feudalismo Mudanças no feudalismo Capítulo 06 Igreja & Cruzadas Prof: Diego Gomes e Ariane Bastos Disciplina: História Série: 7 ano Na Europa medieval... A força da igreja se devia, sobretudo, a sua organização e

Leia mais

Arte Bizantina Morte e vida de um novo império

Arte Bizantina Morte e vida de um novo império Arte Bizantina Morte e vida de um novo império Quando o imperador Diocleciano dividiu o império em dois, separando o Oriente do Ocidente, teve início o colapso final da parte oeste. No século V, o império

Leia mais

Ano Lectivo 2016/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2016/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2016/2017 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas

Leia mais

DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO 6ª 3 P2 REVISÃO

DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO 6ª 3 P2 REVISÃO DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO História CONTEÚDO: CAP 3 - Islã CAP 4 Francos e Carolíngios 6ª 3 P2 REVISÃO 1. Na Arábia pré-islâmica, uma cidade em especial se transformou num ponto de encontro,

Leia mais

CAPÍTULO 02 ARQUITETURA BIZANTINA

CAPÍTULO 02 ARQUITETURA BIZANTINA CAPÍTULO 02 56 ARQUITETURA BIZANTINA 57 2.1. CONTEXTO HISTÓRICO-CULTURAL O imperador romano Constantino, sucessor de Diocleciano no trono, decidiu fazer de Bizâncio (antiga colônia grega à margem do estreito

Leia mais

UNIDADE 1 ANTIGUIDADE ORIENTAL

UNIDADE 1 ANTIGUIDADE ORIENTAL UNIDADE 1 ANTIGUIDADE ORIENTAL Aproximadamente 4000 a.c. até 476 d.c. MARCOS HISTÓRICOS: invenção da escrita até a queda do Império Romano do Ocidente. EGÍPCIOS MESOPOTÂMICOS PERSAS HEBREUS FENÍCIOS CHINESES

Leia mais

4. (1.0) Explique por que o Brasil é considerado um país de dimensões continentais:

4. (1.0) Explique por que o Brasil é considerado um país de dimensões continentais: QiD 1 7º ANO PARTE 3 GEOGRAFIA 1. (1,0) O Brasil é soberano sobre parte do oceano onde se localiza sua faixa de fronteira marítima, denominada de mar territorial. De acordo, com a Convenção das Nações

Leia mais

Introdução A Alta Idade Média

Introdução A Alta Idade Média ALTA IDADE MÉDIA Introdução A Idade Média é o período histórico compreendido entre os anos de 476 (Queda do Império Romano do Ocidente) ao ano de 1453 (Queda de Constantinopla) esse peródo apresenta um

Leia mais

COLÉGIO DANTE ALIGHIERI DEPARTAMENTO DE ARTE COORDENADORA PROFª MARIA BEATRIZ PEROTTI CURSO DE RECUPERAÇÃO PARALELA ENSINO FUNDAMENTAL (7º ANO)

COLÉGIO DANTE ALIGHIERI DEPARTAMENTO DE ARTE COORDENADORA PROFª MARIA BEATRIZ PEROTTI CURSO DE RECUPERAÇÃO PARALELA ENSINO FUNDAMENTAL (7º ANO) DEPARTAMENTO DE ARTE COORDENADORA PROFª MARIA BEATRIZ PEROTTI 3º PERÍODO Ano 2015 ENSINO FUNDAMENTAL (7º ANO) Conteúdo Curricular Livro No tempo de Renoir Toulouse-Lautrec (págs. 36 e 37) Simbolismo (págs.

Leia mais

História. Bussunda. Prof. Bussunda

História. Bussunda. Prof. Bussunda Prof. Australopithecus Homo Habilis Homo Erectus Homo Neanderthalensis Homo Sapiens Primeiro hominídeo Confecção de ferramentas Domínio Do fogo linguagem cultura Paleolítico Sem agricultura Nomadismo

Leia mais

O inicio da Idade Media foi não precisamente no ano de 476 D.C quando o império romano do ocidente caiu através de invasões barbaras.

O inicio da Idade Media foi não precisamente no ano de 476 D.C quando o império romano do ocidente caiu através de invasões barbaras. Idade Media O inicio da Idade Media foi não precisamente no ano de 476 D.C quando o império romano do ocidente caiu através de invasões barbaras. O território romano do ocidente foi dividido em muitos

Leia mais

FACULDADE ESTADUAL DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS ANA PAULA JACYNTHO TATIANE JASKIU DA SILVA PÉRICLES E A ERA DOURADA DE ATENAS

FACULDADE ESTADUAL DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS ANA PAULA JACYNTHO TATIANE JASKIU DA SILVA PÉRICLES E A ERA DOURADA DE ATENAS FACULDADE ESTADUAL DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS ANA PAULA JACYNTHO TATIANE JASKIU DA SILVA PÉRICLES E A ERA DOURADA DE ATENAS UNIÃO DA VITÓRIA 2010 INTRODUÇÃO O presente trabalho tem como finalidade

Leia mais

Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio. Capítulo 14. A arte no Barroco Europeu. 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p.

Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio. Capítulo 14. A arte no Barroco Europeu. 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p. Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio Capítulo 14 A arte no Barroco Europeu 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p.141 02 No livro, encontramos duas explicações para o surgimento

Leia mais

UM CRISTO PARA O NOSSO TEMPO. Um Mundo Dividido

UM CRISTO PARA O NOSSO TEMPO. Um Mundo Dividido UM CRISTO PARA O NOSSO TEMPO Um Mundo Dividido POR QUE UM CRISTO PARA O NOSSO TEMPO? CRISTO É A RESPOSTA! 50 650 1100 1453 1517 1750 2012 2015 MAS CRISTO É A RESPOSTA PARA QUAL PERGUNTA? QUAL ERA O CONTEXTO?

Leia mais

Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos de Jesus.

Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos de Jesus. Como estudamos anteriormente, no final de Idade Média e início da Idade Moderna, muitas pessoas estavam insatisfeitas com os abusos da Igreja. Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES - 10.º ANO ANO LECTIVO DE 2010/2011

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES - 10.º ANO ANO LECTIVO DE 2010/2011 PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES - 10.º ANO ANO LECTIVO DE 2010/2011 Módulos/Conteúdos Tronco Comum Módulo inicial Criatividade e Rupturas A Cultura, a Arte e a História; as artes

Leia mais

Um pouco mais sobre história. Karen Biazus e Leonardo Borges

Um pouco mais sobre história. Karen Biazus e Leonardo Borges Um pouco mais sobre história. Karen Biazus e Leonardo Borges IDADE MÉDIA A Idade Média foi um período histórico que aconteceu no século II. Nesse século já estavam em crise e no século V a crise aumenta.

Leia mais

1º, o direito que vigorou por 12 séculos; 2º, o direito privado romano; 3º, o direito do Corpus Iuris Civilis.

1º, o direito que vigorou por 12 séculos; 2º, o direito privado romano; 3º, o direito do Corpus Iuris Civilis. 1º, o direito que vigorou por 12 séculos; 2º, o direito privado romano; 3º, o direito do Corpus Iuris Civilis. Razões: Ordem Histórica; Ordem Prática; Ordem técnico-jurídica DIREITO ARCAICO OU QUIRITÁRIO:

Leia mais

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano DICAS DO PROFESSOR História 6º Ano OS POVOS DA ANTIGUIDADE ORIENTAL: ORIENTE PRÓXIMO E EXTREMO ORIENTE QUAIS A PRINCIPAL HERANÇA DEIXADA PELOS HEBREUS A maior contribuição dos hebreus foi religiosa.

Leia mais

Igreja Católica Apostólica Romana e Ortodoxa

Igreja Católica Apostólica Romana e Ortodoxa Igreja Católica Apostólica Romana e Ortodoxa Roteiro 23 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Objetivos Identificar

Leia mais

O QUE FOI A IDADE MÉDIA?

O QUE FOI A IDADE MÉDIA? Idade Média O QUE FOI A IDADE MÉDIA? A Idade Média ou Idade Medieval foi um período intermédio numa divisão esquemática da História da Europa em quatro "eras": a Idade Antiga, a Idade Média', a Idade Moderna

Leia mais

Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo

Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo Renascimento e Reformas 1. As imagens abaixo ilustram alguns procedimentos utilizados por um novo modo de conhecer e explicar a

Leia mais

Império Romano do Oriente ou Império Grego.

Império Romano do Oriente ou Império Grego. 1 O IMPÉRIO BIZANTINO: Império Romano do Oriente ou Império Grego. Constantinopla capital. Antiga Bizâncio, hoje Istambul (TUR). Local privilegiado estrategicamente contatos entre Oriente e Ocidente, rota

Leia mais

I SEMINÁRIO DO LABORATÓRIO DE ESTUDOS EM HISTÓRIA CULTURAL

I SEMINÁRIO DO LABORATÓRIO DE ESTUDOS EM HISTÓRIA CULTURAL I SEMINÁRIO DO LABORATÓRIO DE ESTUDOS EM HISTÓRIA CULTURAL 18 DE DEZEMBRO (QUARTA-FEIRA) 17:30h SALA 9 MÓDULO II O IMPERADOR DIOCLECIANO NAS CRÔNICAS DO SÉCULO IV D.C. 1 Thales Esdras Ferreira da Silva

Leia mais

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes 4ª FASE Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes Unidade II Natureza Sociedade: questões ambientais. Aula 13 Revisão e avaliação da unidade II 2 Hebreus Sua principal fonte de informações é a Bíblia Sagrada,

Leia mais

História. divulgação. Comparativos curriculares. Material de. A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado do Paraná.

História. divulgação. Comparativos curriculares. Material de. A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado do Paraná. Comparativos curriculares SM História Ensino médio Material de divulgação de Edições SM A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado do Paraná Apresentação Professor, Devido à inexistência

Leia mais

ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO

ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO OBJETIVO 2016 1º ANO E.M. MÓDULO 26 ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO POPULAÇÃO Grande diversidade étnica: maioria de origem árabe. Dos 16 países, 11 são de etnia árabe, localizados na Península Arábica.

Leia mais

FILOSOFIA CRISTÃ. Jesus Cristo Pantocrator, Uma das mais antigas imagens de Jesus (séc. VI-VII). Monastério Sta. Catarina, Monte Sinai.

FILOSOFIA CRISTÃ. Jesus Cristo Pantocrator, Uma das mais antigas imagens de Jesus (séc. VI-VII). Monastério Sta. Catarina, Monte Sinai. Jesus Cristo Pantocrator, Uma das mais antigas imagens de Jesus (séc. VI-VII). Monastério Sta. Catarina, Monte Sinai. FILOSOFIA CRISTÃ Unidade 01. Capítulo 04: pg. 53-54 Convite a Filosofia Unidade 08.

Leia mais

ALTA IDADE MÉDIA 1. FORMAÇÃO DOS REINOS CRISTÃOS-BÁRBAROS

ALTA IDADE MÉDIA 1. FORMAÇÃO DOS REINOS CRISTÃOS-BÁRBAROS ALTA IDADE MÉDIA É costume dividir o período medieval em duas grandes fases: a Alta Idade Média, que se estende do século V ao século XI e a Baixa Idade Média, do século XII ao século XV. A primeira fase

Leia mais

Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10. Nome: Nº: Turma:

Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10. Nome: Nº: Turma: História Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10 Nome: Nº: Turma: 1. Conteúdos a serem abordados no 3º bimestre: História Geral 1. Unificação e expansão islâmica (Cap. 15). 2. Reinos

Leia mais

HISTÓRIA E CONCEITUAÇÃO DA TIPOGRAFIA

HISTÓRIA E CONCEITUAÇÃO DA TIPOGRAFIA TYPOS Do grego (formas) + GRAPHEIN (escrita) HISTÓRIA E CONCEITUAÇÃO DA A língua é a expressão falada ou escrita do pensamento humano. Povos diferentes têm idiomas diferentes e idiomas diferentes possuem

Leia mais

TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA

TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA Agrupamento de Escolas de Fronteira Escola Básica Integrada Frei Manuel Cardoso Ano Lectivo 2010/2011 HISTÓRIA 7º ano Teste de Avaliação nº 4 TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA Nome: Turma: 7º B Nº: Avaliação:

Leia mais

GOLFO PÉRSICO GEOGRAFIA E GEOPOLÍTICA

GOLFO PÉRSICO GEOGRAFIA E GEOPOLÍTICA GOLFO PÉRSICO GEOGRAFIA E GEOPOLÍTICA ANTECEDENTES Pressão Internacional sobre o Irã = proibição ao PROJETO NUCLEAR Teerã ameaça criar obstáculos para a travessia de navios petroleiros pelo Estreito de

Leia mais

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO Resultado da 2ª Revolução Industrial CONTEXTO: 2ª Revolução Industrial; Necessidade de novos mercados; Nacionalismo; Produção de armas; O CAPITALISMO MONOPOLISTA Setor industrial

Leia mais

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 Disciplina: EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 História Professor: Rodrigo Bento Turma: 1º série Ensino Médio Data Conteúdo 12/fevereiro APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA CAPITULO I O QUE É HISTÓRIA? 16/fevereiro

Leia mais

8.º Ano Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu Renascimento, Reforma e Contrarreforma

8.º Ano Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu Renascimento, Reforma e Contrarreforma Escola Secundária Dr. José Afonso Informação-Prova de Equivalência à Frequência História Prova 19 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal Tema 0 - Conhecer o Manual 2012/2013 Aulas previstas-5 1º Período Apresentação Material necessário para o

Leia mais

26/02/2014. Roma. Monarquia; República e Império

26/02/2014. Roma. Monarquia; República e Império 1 Roma Monarquia; República e Império 2 Início de Roma Região do Lácio Banhada pelo Rio Tibre; Ocupada por italiotas, sabinos,latinos e etruscos. 3 Rio Tibre atualmente Monarquia Composição da sociedade

Leia mais

Total aulas previstas

Total aulas previstas ESCOLA BÁSICA 2/3 DE MARTIM DE FREITAS Planificação Anual de História do 7º Ano Ano Lectivo 2011/2012 LISTAGEM DE CONTEÚDOS TURMA Tema 1.º Período Unidade Aulas Previas -tas INTRODUÇÃO À HISTÓRIA: DA ORIGEM

Leia mais