PORTO DE SETÚBAL HUB RORO E FERROVIÁRIO VÍTOR CALDEIRINHA, DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGICO E LOGÍSTICO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PORTO DE SETÚBAL HUB RORO E FERROVIÁRIO VÍTOR CALDEIRINHA, DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGICO E LOGÍSTICO"

Transcrição

1 PORTO DE SETÚBAL HUB RORO E FERROVIÁRIO VÍTOR CALDEIRINHA, DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGICO E LOGÍSTICO

2 PORTO DE SETÚBAL HUB RORO E FERROVIÁRIO 1. Indústria Automóvel 2. Transporte Marítimo de Veículos 3. Evolução do Roro no Porto de Setúbal 4. Setúbal, Potencial Hub Atlântico 5. A Ferrovia no Porto de Setúbal

3 PORTO DE SETÚBAL HUB RORO E FERROVIÁRIO 1. Indústria Automóvel 2. Transporte Marítimo de Veículos 3. Evolução do Roro no Porto de Setúbal 4. Setúbal, Potencial Hub Atlântico 5. A Ferrovia no Porto de Setúbal

4 TENDÊNCIA NA INDÚSTRIA AUTOMÓVEL Indústria global Cadeia de valor complexa Papel chave nas economias Concentração da Produção Capacidade produtiva excede a procura Deslocalização para a Europa de Leste, China, Índia, e América do Sul Novas Marcas Chinesas

5 PRINCIPAIS PAÍSES FABRICANTES X unidades USA Brazil Mexico Canada Argentina 0,6 2,2 2,1 3,2 8,7 Germany France Spain Russia UK Turkey Italy Poland Czech Rep. Belgium Slovakia Ukraine Hungary Sweden Romania Slovenia Portugal Austria Netherlands Finland Serbia 1,1 1,0 1,0 0,9 0,7 0,6 0,4 0,3 0,3 0,2 0,2 0,2 0,2 0,1 0,0 0,0 2,6 2,5 1,8 1,6 India Iran Uzbekistan 0,2 1,1 Japan China South Korea Thailand Indonesia Malaysia Taiwan 6,0 3,8 1,4 0,6 0,5 0,2 2,3 9,3 11,6 Egypt 0,1 South Africa 0,6 Australia 0,1 Fonte: JAMA-Japan Automobile Manufacturers Association

6 PRINCIPAIS AQUISIÇÕES DE VEÍCULOS NOVOS Fonte: JAMA-Japan Automobile Manufacturers Association

7 PRODUÇÃO MUNDIAL FORA DA EUROPA

8 PRINCIPAIS FÁBRICAS NA EUROPA

9 A CADEIA LOGÍSTICA AUTOMÓVEL NA EUROPA

10 PORTO DE SETÚBAL HUB RORO E FERROVIÁRIO 1. Indústria Automóvel 2. Transporte Marítimo de Veículos 3. Evolução do Roro no Porto de Setúbal 4. Setúbal, Potencial Hub Atlântico 5. A Ferrovia no Porto de Setúbal

11 EVOLUÇÃO DA FROTA PCC (PURE CAR CARRIER)

12 TRÁFEGO PORTUÁRIO RORO (VEÍCULOS E CARGA) NA EUROPA

13 CORREDORES MARÍTIMOS (MILHÕES DE VEÍCULOS NOVOS) Japão, Coreia do Sul Europa, América do Norte Brasil, China, India 1,0 Milhões de veículos

14 EUKOR NYK

15 K LINE WALLENIUS MOL MITSUI Fonte:

16 UECC Grimaldi

17 PORTO DE SETÚBAL HUB RORO E FERROVIÁRIO 1. Indústria Automóvel 2. Transporte Marítimo de Veículos 3. Evolução do Roro no Porto de Setúbal 4. Setúbal, Potencial Hub Atlântico 5. A Ferrovia no Porto de Setúbal

18 ANOS 70

19

20 SETÚBAL

21 SETÚBAL Movimento Portuário fotos históricas

22 FÁBRICAS Renault Opel Combo

23 VW AutoEuropa

24 SETÚBAL: UNIDADES RO-RO ACUMULADAS

25 SETÚBAL: 90% DO MERCADO PORTUÁRIO NACIONAL 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Porto de Setúbal Porto de Lisboa Porto de Leixões Porto de Sines Porto de Aveiro

26 RORO: TMS1

27 TERMINAIS RORO E VW

28 Linhas regulares Roll-On Roll-off VW para a China KIA da Coreia do Sul

29 GRIMALDI Salerno, Savona Setúbal Cork, Portbury Esbjerg Wallhamn Antwerp Southampton Salerno Piraeus Izmir Ashdod Limassol Alexandria GRIMALDI Hamburg Antwerp Portbury Setúbal Valencia Livorno Civitavecchia Salerno Alexandria Beirut Tripoli Tartous Lattakia Mersin Gemlik Yenikoy Southampton Flushing

30 NYK Line (ESEA Service) Zeebrugge Bremerhaven Southampton Setúbal Savona Xinsha Shanghai Xingang

31 FLOTA SUARDÍAZ Flushing Zeebrugge Southampton Santander Vigo Setúbal Casablanca Las Palmas Tenerife VW -TRANSPORT Emden Dublin Santander Setúbal

32 SETÚBAL - MARCAS ALFA ROMEO AUDI BENTLEY BMW CHEVROLET CITROEN DAEWOO DAIHATSU FIAT FORD HONDA HYUNDAI ISUZU IVECO JAGUAR JEEP LANCIA LAND ROVER MAZDA MERCEDES-BENZ MG MITSUBISHI NISSAN OPEL PEUGEOT PORSCHE RENAULT ROVER SAAB SEAT SKODA SMART SSANGYONG SUBARU SUZUKI TATA TOYOTA VOLVO VW

33 SETÚBAL - MARCAS VW FORD OPEL FIAT AUDI OUTROS MITSUBISHI TOYOTA RENAULT MERCEDES-BENZ SEAT SKODA HONDA DAEWOO VOLVO HYUNDAI ALFA ROMEO CITROEN LANCIA IVECO CHEVROLET PEUGEOT JAGUAR LAND ROVER ISUZU NISSAN SAAB SUBARU DAIHATSU SMART ROVER SUZUKI BMW MAZDA BENTLEY MG

34 RORO CADEIA LOGISTICA ENTREPOSTO MITSUBISHI MOVAUTO ROVER FORD FIAT RENAULT ALFA ROMEU NISSAN OPEL HONDA EUROPARQUE SIVA KIA TOYOTA MERCEDES MITSUBISHI TRUCKS SINTAX VW, AUDI, SEAT SKODA CITROEN PEUGEOT FIAT STIFA INTERSET CAT KIA AUTOEUROPA

35 PARQUES DE SEGUNDA LINHA

36 SETÚBAL ORIGEM / DESTINO OUTROS SANTANDER Unidades roro CHENNAI LIVORNO (LEGHORN) CORK OUTROS TURQUIA: MAR NEGRO ULSAN BARCELONA INCHON SOUTHAMPTON VIGO CIVITAVECCHIA IZMIR (SMYRNA) SAVONA SHEERNESS SALERNO PORTBURY ANTWERPEN ZEEBRUGGE EMDEN

37 PORTO DE SETÚBAL HUB RORO E FERROVIÁRIO 1. Indústria Automóvel 2. Transporte Marítimo de Veículos 3. Evolução do Roro no Porto de Setúbal 4. Setúbal, Potencial Hub Atlântico 5. A Ferrovia no Porto de Setúbal

38

39 SETÚBAL: POTENCIAL DE EXPANSÃO

40 O MAIOR NAVIO RORO ESCALOU SETÚBAL M/V Oberon 7620 CEU s 230 m 11,3 m de calado GT: t

41 Espaço Terminais Acessos Expansão Conhecimento Indústria Pessoas Logística

42 VISÃO Ser a solução marítima Ibérica mais interessante em tempo e custo para qualquer ligação até Madrid. Ser uma solução interessante para as ligações europeias e ibéricas a África e à América do Sul.

43 VISÃO DO PAPEL DO PORTO DE SETÚBAL Interligação entre a Europa, a África e a América do Sul Porto de Hinterland Na ligação das Regiões de Lisboa e da Extremadura espanhola até Madrid com o Atlântico Porto Hub Na ligação do Mar Mediterrâneo e do Norte da Europa, com os continentes Africano e Americano

44 PORTO DE SETÚBAL: HINTERLAND DE 22 MILHÕES HAB. INCLUINDO MADRID

45 DESENVOLVER A AMÉRICA E A ÁFRICA

46 QUESTÕES ESTRATÉGICAS DO RORO NO PORTO DE SETÚBAL: Hinterland Ibérico Transhipment Serviços PDI e Área Logística no Porto Expansão de Terraplenos ou parqueamento em altura

47 PORTO DE SETÚBAL HUB RORO E FERROVIÁRIO 1. Indústria Automóvel 2. Transporte Marítimo de Veículos 3. Evolução do Roro no Porto de Setúbal 4. Setúbal, Potencial Hub Atlântico 5. A Ferrovia no Porto de Setúbal

48 Movimento Ferroviário de Setúbal (30% do total) Terminal Nº comboios/dia Mercadoria Origem/Destino SOMINCOR 4 Concentrado de Cobre Minas Neves Corvo SN 5 Ferros barra, arame e rolo Seixal (Siderurgia) CONTENTORES 3 Contentores Bobadela CIMENTO 3 Cimento (sacos e bigbags) Cimpor Alhandra LUSOSIDER 3 Coils de chapa de ferro Seixal (Siderurgia) PETCOQ./CLINQUER 1 Carvão e clínquer Secil/Cimpor VW 4 Veículos Export. Fábrica (Palmela) TOTAL 23 (28)

49 Autoeuropa

50 Terminal Roro

51 Terminal Multiusos I Tersado (Ferros, Cimento, Madeiras)

52 Terminal Multiusos II Sadoport (Contentores, Ferros, Cimento)

53 Somincor, Concentrado de Cobre

54 SPC

55

56

Logística Automóvel em Portugal

Logística Automóvel em Portugal Tomcads Roll-Out Planung 2009 Logística Automóvel em Portugal LNO 02.11.2010 Seite 1 Logística Automóvel em Portugal: Porto de Setúbal escoa ca. 80 % do volume de produção da Volkswagen Autoeuropa Azambuja

Leia mais

# Artigo Artigo Qt.Existência Preço Líquido 3463 PONT. HOMOC. TOYOTA 2.00 32,00 3006K PONT. HOMOC. AUSTIN/MINI/ROVER 6.00 16,35 3009K PONT. HOMOC.

# Artigo Artigo Qt.Existência Preço Líquido 3463 PONT. HOMOC. TOYOTA 2.00 32,00 3006K PONT. HOMOC. AUSTIN/MINI/ROVER 6.00 16,35 3009K PONT. HOMOC. # Artigo Artigo Qt.Existência Preço Líquido 3463 PONT. HOMOC. TOYOTA 2.00 32,00 3006K PONT. HOMOC. AUSTIN/MINI/ROVER 6.00 16,35 3009K PONT. HOMOC. AUSTIN/MG/MINI/ROVER 11.00 34,00 3012K PONT. HOMOC. FIAT/LANCIA/SEAT

Leia mais

O mercado ro/ro: o caso Grimaldi

O mercado ro/ro: o caso Grimaldi O mercado ro/ro: o caso Grimaldi 1 V Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas Definições Carga RoRo: qualquer tipo de carga que embarque e desembarque a rolar: 2 Definições Carga RoRo: qualquer tipo de

Leia mais

Assim como o salário mínimo, que passou a ser R$ 788,00 em 2015, todos os mercados tiveram adequações ao longo de 10 anos.

Assim como o salário mínimo, que passou a ser R$ 788,00 em 2015, todos os mercados tiveram adequações ao longo de 10 anos. Curiosidade automotiva Preços de automóveis x salário mínimo A JATO Dynamics do Brasil, líder em fornecimento de informações automotivas, desenvolveu uma análise que apurou o valor do salário mínimo e

Leia mais

15 Modelos Mais Vendidos em Março de 2007

15 Modelos Mais Vendidos em Março de 2007 Análise do Mercado de Passageiros - Março de 2007 O mercado de ligeiros de passageiros no mês de Março foi de 20.631 unidades vendidas, obtendo-se um acumulado de 49.132 viaturas vendidas. A tendência

Leia mais

12º Sallão Auttomóvell e Componenttes

12º Sallão Auttomóvell e Componenttes FIICHA TÉCNIICA 12º Sallão Auttomóvell e Componenttes Orrgani ização AIMinho - Associação Empresarial PEB - Parque de Exposições de Braga Comissão D``Honrra SALÃO AUTOMÓVEL ACAP - Associação do Comércio

Leia mais

qualidade - tecnologia - performance

qualidade - tecnologia - performance qualidade - tecnologia - performance Fone - (11) 5068-2268 1 A ESPECIALISTA EM ROLAMENTOS DE RODA Empresa Experiência de vários anos no mercado de reposição e em constante sintonia com o setor automotivo,

Leia mais

Autohoje - Postos de carregamento Efacec inaugurados na Alemanha

Autohoje - Postos de carregamento Efacec inaugurados na Alemanha Page 1 of 7 Autohoje Menu Notícias Testes Notícias Notícias Bizarras Especial Informações Úteis Desporto Vídeos/Fotos Fórum Revista Novo Usado Página Principal pesquisar... pesquisar Página Principal Edição

Leia mais

João Franco. Portos e Transportes Marítimos. Presidente do Conselho de Administração Administração do Porto de Sines, S.A.

João Franco. Portos e Transportes Marítimos. Presidente do Conselho de Administração Administração do Porto de Sines, S.A. João Franco Presidente do Conselho de Administração Administração do Porto de Sines, S.A. Lisboa, 14 de novembro de 2013 Portos e Transportes Marítimos 1 Portugal como HUB de transporte marítimo Visão

Leia mais

Foram incluídos nesta edição mais de 190 esquemas eléctricos para o seguinte modelo:

Foram incluídos nesta edição mais de 190 esquemas eléctricos para o seguinte modelo: Novidades do Autodata Online Veículos novos Nesta actualização incluem-se 128 modelos totalmente novos, que cobrem, entre si, uma totalidade de mais de 2400 secções de dados. As novas gamas de modelo incluem:

Leia mais

O caso Volkswagen Autoeuropa

O caso Volkswagen Autoeuropa Ciclo de Conferências Factores de competitividade na Economia Portuguesa: «Ferrovia, Logística e competitividade na Economia Portuguesa» O caso Sandra Augusto 15 de Maio de 2012 Agenda 1 Breve apresentação

Leia mais

Bodio Lomnago, 2009 Apresentação Produtos GEMINI

Bodio Lomnago, 2009 Apresentação Produtos GEMINI Bodio Lomnago, 2009 Apresentação Produtos GEMINI 863 ALARME MODULAR RADIOCOMANDADO 862 Como 863 mas não autolimentado 861- Como 862 mas sem bloqueio motor e chave electrónica. Desactivação de emergência

Leia mais

Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007

Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007 Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007 1. Visitações Diárias ( Y ) Visitas ( X ) Dia do mês 1.1) Janeiro 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15

Leia mais

TABELA DE APLICAÇÕES DE *LÂMPADAS XENON HID

TABELA DE APLICAÇÕES DE *LÂMPADAS XENON HID Abarth 500c Hatch 2010 RU85402 48.900 Alfa Romeo 156 Saloon Jan 1998 Out 2005 RU85122 48.910 Alfa Romeo 156 Estate Jun 2000 Out 2005 RU85122 48.910 Alfa Romeo 159 Saloon Feb 2006 RU85402 48.900 Alfa Romeo

Leia mais

Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006

Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006 Curso e Learning Sistema de Gestão de Segurança da Informação Interpretação da norma NBR ISO/IEC 2700:2006 Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste

Leia mais

15 Modelos MaisVendidos em Janeiro de 2007

15 Modelos MaisVendidos em Janeiro de 2007 Análise do Mercado Janeiro de 2007 O ano de 2007 teve um início completamente desastroso em termos de vendas, com o mercado a apresentar um dos piores resultados dos últimos anos. As notícias que começaram

Leia mais

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES Eduardo Augusto Guimarães Maio 2012 Competitividade Brasil 2010: Comparação com Países Selecionados. Uma chamada para a ação África

Leia mais

Painel Automotivo - Carros

Painel Automotivo - Carros 1 / 12 Painel Automotivo - Carros Portugal Características Tamanho painel (ISO): 32.637 Pessoas perfiladas (ISO): 16.851 Taxa de resposta estimada (ISO): 33% Atualizado: 15/12/2014 Tamanho (ISO): o número

Leia mais

A importância e desafios da agricultura na economia regional. Assessoria Econômica

A importância e desafios da agricultura na economia regional. Assessoria Econômica A importância e desafios da agricultura na economia regional Assessoria Econômica A Agricultura é importante para o crescimento e desenvolvimento econômico ou é apenas fornecedora de alimentos? Taxa Média

Leia mais

FILTROS. Filtros / Filters. Catálogo Catalogo Catalog. Vehicles: Passenger Cars & Light Trucks, Heavy Trucks, Buses & Off Highway

FILTROS. Filtros / Filters. Catálogo Catalogo Catalog. Vehicles: Passenger Cars & Light Trucks, Heavy Trucks, Buses & Off Highway FILTROS Filtros / Filters Catálogo Catalogo Catalog Vehículos: Paseo y Camionetas, Camiones, Autobuses y Vehículos Fuera de Carretera Veículos: Passeio e Pickups, Caminhões, Ônibus e Máquinas Agrícolas

Leia mais

EDUCAÇÃO. Base do Desenvolvimento Sustentável

EDUCAÇÃO. Base do Desenvolvimento Sustentável EDUCAÇÃO Base do Desenvolvimento Sustentável 1 Por que investir em educação? 2 Por que investir em educação? 1. Acesso à cidadania. 2. Aumento da renda pessoal (prêmio salarial): 10% por um ano a mais

Leia mais

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2014 BRASIL

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2014 BRASIL Global leader in hospitality consulting Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2014 BRASIL % DE RESPOSTAS POR REGIÃO INTRODUÇÃO Américas 19% Ásia 31% A pesquisa global de opinião sobre o mercado

Leia mais

ESPANHA Porta de acessoà Europa para as multinacionais brasileiras

ESPANHA Porta de acessoà Europa para as multinacionais brasileiras ESPANHA Porta de acessoà Europa para as multinacionais brasileiras Existem muitas empresas e investimentos espanhóis no Brasil. É a hora de ter investimentos brasileiros na Espanha Presidente Lula da Silva,

Leia mais

Associação KNX Portugal

Associação KNX Portugal Associação KNX Portugal Organização KNX e rede de parceiros KNX Association International Page No. 3 Associações Nacionais: Membros Membros KNX Nacionais: Fabricantes: Empresas fabricantes ou representantes

Leia mais

Transporte Marítimo e Portos

Transporte Marítimo e Portos Transporte Marítimo e Portos Disposição de Terminais num Porto - 1 Disposição geral do porto de Leixões. 1 Disposição de Terminais num Porto - 2 Porto de Rotterdam (Holanda), o maior porto europeu. Disposição

Leia mais

1 ADC45501 Jogo de Pinos de Aperto Mitsubishi / Hyundai / Kia 2 ADG05501/2 Ferramenta Reparadora de Roscas de Sonda Lambda 12 e 18mm 3 ADG05505/6

1 ADC45501 Jogo de Pinos de Aperto Mitsubishi / Hyundai / Kia 2 ADG05501/2 Ferramenta Reparadora de Roscas de Sonda Lambda 12 e 18mm 3 ADG05505/6 (BPPK010) 8 10 3 7 11 5 4 9 6 13 12 2 1 Referência Descrição 1 ADC45501 Jogo de Pinos de Aperto Mitsubishi / Hyundai / Kia 2 ADG05501/2 Ferramenta Reparadora de Roscas de Sonda Lambda 12 e 18mm 3 ADG05505/6

Leia mais

A Norma Brasileira e o Gerenciamento de Projetos

A Norma Brasileira e o Gerenciamento de Projetos A Norma Brasileira e o Gerenciamento de Projetos Realidade Operacional e Gerencial do Poder Judiciário de Mato Grosso Na estrutura organizacional, existe a COPLAN que apoia administrativamente e oferece

Leia mais

Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2006/2007. João Amador Seminário de Economia Europeia. Economia Portuguesa e Europeia. Exame de 1 a época

Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2006/2007. João Amador Seminário de Economia Europeia. Economia Portuguesa e Europeia. Exame de 1 a época Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2006/2007 FaculdadedeEconomia João Salgueiro João Amador Seminário de Economia Europeia Economia Portuguesa e Europeia Exame de 1 a época 5 de Janeiro de 2007 Atenção:

Leia mais

O ERP AUTOMÓVEL. A solução de referência para a distribuição automóvel

O ERP AUTOMÓVEL. A solução de referência para a distribuição automóvel O ERP AUTOMÓVEL A solução de referência para a distribuição automóvel I CAR SYSTEMS UM ESPECIALISTA AO SEU LADO EXPERIÊNCIA ACUMULADA NA INFORMÁTICA E NO MUNDO AUTOMÓVEL PRINCIPAIS INDICADORES Com uma

Leia mais

6XUYH\QDLQG~VWULDDXWRPRWLYD

6XUYH\QDLQG~VWULDDXWRPRWLYD 50 6XUYH\QDLQG~VWULDDXWRPRWLYD Este capítulo está dividido em duas grandes seções: a primeira consta de um breve resumo da história das empresas que fazem parte da amostra, com a apresentação de seus números

Leia mais

Painel Automotivo - Carros

Painel Automotivo - Carros 1 / 10 Painel Automotivo - Carros Argentina Características Tamanho painel (ISO): 71.139 Pessoas perfiladas (ISO): 15.690 Taxa de resposta estimada (ISO): 48% Atualizado: 15/12/2014 Tamanho (ISO): o número

Leia mais

As Marcas nos Social Media 2014 - Menções nos social media e presença no Facebook

As Marcas nos Social Media 2014 - Menções nos social media e presença no Facebook Alimentação Becel Sim Sim Alimentação Danone Sim Sim Alimentação Donuts Sim Sim Alimentação Iglo Sim Não Alimentação Kinder Sim Sim Alimentação Kit Kat Sim Sim Alimentação Knorr Sim Sim Alimentação Mentos

Leia mais

MOBILIDADE AO NOSSO ALCANCE

MOBILIDADE AO NOSSO ALCANCE MOBILIDADE AO NOSSO ALCANCE Wesley Xavier de Oliveira Joaldo de Carvalho Irlei Rodrigo Ferraciolli da Silva Rodrigo Clemente Thom de Souza INTRODUÇÃO A tecnologia móvel já é realidade ao público final

Leia mais

EDUCAÇÃO. Base para o desenvolvimento

EDUCAÇÃO. Base para o desenvolvimento EDUCAÇÃO Base para o desenvolvimento 1 Por que investir em educação? 2 Por que investir em educação? 1. Acesso à cidadania. 2. Aumento da renda pessoal (prêmio salarial): 10% por um ano a mais de escolaridade.

Leia mais

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2015 BRASIL

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2015 BRASIL Global leader in hospitality consulting Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2015 BRASIL INTRODUÇÃO Europe 43% % DE RESPOSTAS POR REGIÃO Americas 9% Asia 48% A pesquisa global de opinião sobre

Leia mais

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 2 Semestre 2013 BRASIL

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 2 Semestre 2013 BRASIL Global leader in hospitality consulting Global Hotel Market Sentiment Survey 2 Semestre 2013 BRASIL 50 40 30 20 10 0-10 -20-30 -40-50 Fev 2009 Jul 2009 SENTIMENT NÍVEL GLOBAL Jan 2010 % DE RESPOSTAS POR

Leia mais

x 20 Lista veis Versão Análise e do Po oder de 6.6.3

x 20 Lista veis Versão Análise e do Po oder de 6.6.3 Salles Ind dex x 20 015 Análise e do Po oder de e Compra Re egion nal Lista L a de e variáv veis Versão V 6 6.6.3 Indicadores Marktest \ Índices Gerais de Desenvolvimento ID_DESENV.ID7 Índice de Área 1995-2003

Leia mais

CREBi Media Kit. Site CREBI Conforme relatórios de visitas emtidos em dezembro de 2008, temos os seguintes dados médios:

CREBi Media Kit. Site CREBI Conforme relatórios de visitas emtidos em dezembro de 2008, temos os seguintes dados médios: CREBi Media Kit Atualmente, somos a mais representativa mídia eletrônica do setor de jóias e afins e também já superamos em muito as maiores médias de outras categorias de mídia. O CREBi oferece três canais

Leia mais

Professionals in Optical Measurement Technology

Professionals in Optical Measurement Technology Company Profile Professionals in Optical Measurement Technology Steinbichler Optotechnik GmbH Steinbichler Optotechnik GmbH Company Profile 1 STEINBICHLER OPTOTECHNIK GmbH established 1987 ISO 9001 certified

Leia mais

Revitalização da Indústria Fonográfica no Brasil

Revitalização da Indústria Fonográfica no Brasil Revitalização da Indústria Fonográfica no Brasil Impacto Positivo de uma Redução de Tributos para Empresas e Consumidores Rio de Janeiro, 27 de maio de 2009 Em 2008, o mercado brasileiro de CDs e DVDs

Leia mais

Painel Automotivo - Carros

Painel Automotivo - Carros 1 / 10 Painel Automotivo - Carros Colômbia Características Tamanho painel (ISO): 57.966 Pessoas perfiladas (ISO): 11.180 Taxa de resposta estimada (ISO): 41% Atualizado: 15/12/2014 Tamanho (ISO): o número

Leia mais

Políticas para Inovação no Brasil

Políticas para Inovação no Brasil Políticas para Inovação no Brasil Naercio Menezes Filho Centro de Políticas Públicas do Insper Baixa Produtividade do trabalho no Brazil Relative Labor Productivity (GDP per Worker) - 2010 USA France UK

Leia mais

TATA SAFARI (SAF-DOC-1) 4X4-5 portas Manual Gasóleo 1948 87 64 13,30 9,5 10,9 300 + 11.218,39 350,00 0

TATA SAFARI (SAF-DOC-1) 4X4-5 portas Manual Gasóleo 1948 87 64 13,30 9,5 10,9 300 + 11.218,39 350,00 0 TATA SAFARI (SAF-DOC-1) 4X2-5 portas Manual Gasóleo 1948 87 64 13,30 9,5 10,9 300 + 11.218,39 350,00 0 TATA SAFARI (SAF-DOC-1) 4X4-5 portas Manual Gasóleo 1948 87 64 13,30 9,5 10,9 300 + 11.218,39 350,00

Leia mais

Análise do Mercado em 2006

Análise do Mercado em 2006 Análise do Mercado em 2006 A situação do mercado automóvel em 2006 espelha claramente a conjuntura económica que atravessa o nosso país, em que se incentiva à poupança, à redução do consumo, com políticas

Leia mais

MOBILIDADE DE MERCADORIAS - RODOVIAS, FERROVIAS E PORTOS (MAR E TERRA)

MOBILIDADE DE MERCADORIAS - RODOVIAS, FERROVIAS E PORTOS (MAR E TERRA) MOBILIDADE DE MERCADORIAS - RODOVIAS, FERROVIAS E PORTOS (MAR E TERRA) Vigo, 1 de março de 2012 José António de Barros Presidente de AEP 0 Alguns dados sobre o sector europeu dos transportes Representa

Leia mais

( ne ) Não existente ( nf ) Não fornecido. *** Valor praticado na Internet - não inclui frete

( ne ) Não existente ( nf ) Não fornecido. *** Valor praticado na Internet - não inclui frete CARROS IMPORTADOS NOVOS Os preços dos veículos 0km (não incluem frete) foram coletados pelo Datafolha junto aos importadores oficiais no período de 08 a 10/09/2003 ( ne ) Não existente ( nf ) Não fornecido.

Leia mais

O que fazemos vai do simples contentor até ao seu dia-a-dia. Soluções Logísticas Multimodais. www.spc.sapec.pt

O que fazemos vai do simples contentor até ao seu dia-a-dia. Soluções Logísticas Multimodais. www.spc.sapec.pt O que fazemos vai do simples contentor até ao seu dia-a-dia. Soluções Logísticas Multimodais www.spc.sapec.pt Um líder com resultados. A SPC é, a nível nacional, líder em serviços de parqueamento, reparação

Leia mais

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z luminação de alta performance lfa romeo io 75 85> 4 4 3 4 21 3 5 21 21 21 5 - - 90 85-87 4 4 2 5 21 3 5 21 21 21 5 - - 145 146 94-97 4 4 3 5 21 5 21/5 21/5 21/5 21 5 - - 145 146 97-99 1 1 1 5 21 5 21/5

Leia mais

&203/(;2$872027,92 REESTRUTURAÇÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA NA AMÉRICA DO SUL. Angela M. Medeiros M. Santos*

&203/(;2$872027,92 REESTRUTURAÇÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA NA AMÉRICA DO SUL. Angela M. Medeiros M. Santos* REESTRUTURAÇÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA NA AMÉRICA DO SUL Angela M. Medeiros M. Santos* * Gerente Setorial de Indústria Automobilística e Comércio e Serviços do BNDES. &203/(;2$872027,92 Resumo Nos

Leia mais

Grupo Salvador Caetano desde 1946. www.gruposalvadorcaetano.com

Grupo Salvador Caetano desde 1946. www.gruposalvadorcaetano.com Grupo Salvador Caetano desde 1946 www.gruposalvadorcaetano.com Grupo Salvador Caetano desde 1946 Estabelecido em Portugal, Espanha, Reino Unido, Alemanha, Cabo Verde, Angola e Marrocos, o Grupo Salvador

Leia mais

1-73 21 MM ALIMENTAÇÃO 6 PEÇAS 1/2 3/8 3/8 1/2 3/8 CV CHROME 1/2 3/8 NOVO ARTIGO NOVO ARTIGO NOVO. Bomba Injectora

1-73 21 MM ALIMENTAÇÃO 6 PEÇAS 1/2 3/8 3/8 1/2 3/8 CV CHROME 1/2 3/8 NOVO ARTIGO NOVO ARTIGO NOVO. Bomba Injectora 1-73 40154007 Kit Chaves Injectores Diesel 103,85 6 1/2 CM MOLYBDENUM Este Kit contém novas chaves para os motores mais recentes incluindo Ford Dura-torq em Mondeo/Transit e Chrysler Voyager e Land Rover

Leia mais

FISIPE a via Europeia para entrar no negócio da Fibra de Carbono. Março 2012 Instituto de Defesa Nacional 1

FISIPE a via Europeia para entrar no negócio da Fibra de Carbono. Março 2012 Instituto de Defesa Nacional 1 FISIPE a via Europeia para entrar no negócio da Fibra de Carbono Março 2012 Instituto de Defesa Nacional 1 Fibra de Carbono um negócio com fortes barreiras à entrada Precursor Custos de Operação Tecnologia

Leia mais

ÚLTIMOS LANÇAMENTOS ÚLTIMOS LANÇAMENTOS

ÚLTIMOS LANÇAMENTOS ÚLTIMOS LANÇAMENTOS ÚLTIMOS LANÇAMENTOS ABRIL 2014 - ABRIL 2015 Referências Produto Posição Montadora Aplicação Série Ano Peso 680602 Articulação Axial Esquerdo / Direito Polaris RZR 14/ 0,428 335417 Terminal de Direção Esquerdo

Leia mais

Eficiência Energética

Eficiência Energética Eficiência Energética Compromisso para o Crescimento Verde Sessão de discussão pública Porto, 2 de dezembro de 2014 Apresentado por: Gabriela Prata Dias 1 Conceito de Eficiência Energética (EE) 2 As medidas

Leia mais

PROJETO SERIALIZAÇÃO. Projeto Serialização DHL

PROJETO SERIALIZAÇÃO. Projeto Serialização DHL PROJETO SERIALIZAÇÃO Projeto Serialização DHL 1 Serialização SETRM 2015 DEUTSCHE POST DHL DHL Supply Chain é parte do Grupo Deutsche Post com presença global e extensivo portifólio em serviços Logísticos

Leia mais

Lista de Variáveis 2012 Versão 6.3.3

Lista de Variáveis 2012 Versão 6.3.3 Lista de Variáveis 2012 Versão 6.3.3 Indicadores Marktest \ Índices Gerais de Desenvolvimento ID_DESENV.ID60 Índice de Rendimento De 1992 a 2012 Concelhos Marktest ID_DESENV.ID61 Sales Index De 1992 a

Leia mais

x 20 Lista veis Versão Análise e do Po oder de 6.6.1

x 20 Lista veis Versão Análise e do Po oder de 6.6.1 Salles Ind dex x 20 015 Análise e do Po oder de e Compra Re egion nal Lista L a de e variáv veis Versão V 6 6.6.1 Sigla Descrição Periodos Fonte Unidade Indicadores Marktest \ Índices Gerais de Desenvolvimento

Leia mais

( ne ) Não existente ( nf ) Não fornecido. *** Valor praticado na Internet - não inclui frete

( ne ) Não existente ( nf ) Não fornecido. *** Valor praticado na Internet - não inclui frete ALFA ROMEO 147 16v (2.0) Sedã 205 4,17 148 280 US$32.614 ALFA ROMEO 156 24v V6 (2.5) Sedã 225 4,43 190 378 US$47.407 ALFA ROMEO 166 24v V6 (3.0) Sedã 237 4,72 226 442 US$59.300 ALFA ROMEO Sportwagon 24v

Leia mais

SALES INDEX 2015 6.6.2. Variáveis Atualizadas. Indicadores Marktest Automóveis 2015 Automóveis por 10 000 habitantes

SALES INDEX 2015 6.6.2. Variáveis Atualizadas. Indicadores Marktest Automóveis 2015 Automóveis por 10 000 habitantes Variáveis Atualizadas Indicadores Marktest Automóveis 2015 Automóveis por 10 000 habitantes Índices de Potencial 2015 Índice Potencial de Automóveis Automóveis / Parque 2013 Parque Automóvel Total 2013

Leia mais

filtro de habitáculo INDICE

filtro de habitáculo INDICE INDICE Alfa-Romeo 145 / 146 (930) de 1994 até 2001... 5 Alfa-Romeo 147 (937) de 2000 até 2004... 9 Alfa-Romeo 155 (167) de 1992 até 1997... 4 Alfa-Romeo 156 (932) de 1997 até 2002... 7 Alfa-Romeo 156 (932)

Leia mais

Lançamentos Reparo de Direção Hidráulica

Lançamentos Reparo de Direção Hidráulica AUDI AUDI A4 (2001/2003) AUDI A4 (2001/2003) EXTERNO 39MM KIT REP DIR HIDRÁULICA 58045K 7894873030590 AUDI A4-4 CIL. CX ZF - 1997/2000 VOLKSWAGEN PASSAT - COM CAIXA ZF 4/6 CIL. (1998/2000) AUDI A4-6 CIL.

Leia mais

Serviços de telefonia. condições de prestação

Serviços de telefonia. condições de prestação Serviços de telefonia móvel: preços e condições de prestação Audiência pública na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal Ercio Alberto Zilli Presidente Executivo

Leia mais

CARTA DO DIRETOR-EXECUTIVO

CARTA DO DIRETOR-EXECUTIVO International Coffee Organization Organización Internacional del Café Organização Internacional do Café Organisation Internationale du Café P CARTA DO DIRETOR-EXECUTIVO RELATÓRIO SOBRE O MERCADO CAFEEIRO

Leia mais

Optimização da Cadeia de Valor KaizenInstitute, António Costa. KAIZEN and GEMBAKAIZEN are trademarks of the KAIZEN Institute

Optimização da Cadeia de Valor KaizenInstitute, António Costa. KAIZEN and GEMBAKAIZEN are trademarks of the KAIZEN Institute Optimização da Cadeia de Valor KaizenInstitute, António Costa 2 KAIZEN - Significado K A I Mudar Z E N Melhor K A I Z E N = Melhoria Contínua Todas as Pessoas (Everybody)! Todos os Dias (Everyday)! Todas

Leia mais

O Mercado Mundial de Alumínio e os Entraves à Produção Nacional

O Mercado Mundial de Alumínio e os Entraves à Produção Nacional O Mercado Mundial de Alumínio e os Entraves à Produção Nacional Título da apresentação Janeiro de 2008 1. Global Balanço Oferta/Demanda Alumínio; Balanço Oferta/Demanda Alumina; Competitividade 2. Oferta/

Leia mais

21 ANEXO IV MAPA GLOBAL DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS

21 ANEXO IV MAPA GLOBAL DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS ANEXO IV MAPA GLOBAL DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS 1330 .1 SECTOR FERROVIÁRIO PROJETO - PRIV. PUB. RTE-T CORREDOR DA FACHADA ATLÂNTICA 734 0 5 0 2 Conclusão do Plano de Modernização -Linha do Norte 400 300

Leia mais

João Franco. Administrador Administração do Porto de Sines, S.A.

João Franco. Administrador Administração do Porto de Sines, S.A. João Franco Administrador Administração do Porto de Sines, S.A. Lisboa, 14 de março de 2012 1 OCEANO ATLÂNTICO Localização Localizado na confluência das principais rotas marítimas internacionais, Norte-Sul

Leia mais

useful phone numbers Students Union Associação Académica da Universidade da Beira Interior

useful phone numbers Students Union Associação Académica da Universidade da Beira Interior useful phone numbers Students Union Associação Académica da Universidade da Beira Interior Headquarters: Rua Senhor da Paciência, 39 6200-158 Covilhã Portugal Telephone: +351 275 319 530 Fax: +351 275

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O MERCADO DE ÁGUA MINERAL NA GRÉCIA

INFORMAÇÕES SOBRE O MERCADO DE ÁGUA MINERAL NA GRÉCIA INFORMAÇÕES SOBRE O MERCADO DE ÁGUA MINERAL NA GRÉCIA Embaixada do Brasil em Atenas Setor Comercial secomgre@embratenas.gr Tel: 30 210 72 444 34 Fax: 30 210 724 47 31 http://atenas.itamaraty.gov.br MAR

Leia mais

Fluidos para transmissões automáticas (ATF)

Fluidos para transmissões automáticas (ATF) As informações dadas nesta brochura são baseadas nos conhecimentos e experiências gerais da FUCHS EUROPE SCHMIERSTOFFE GMBH no desenvolvimento e concepção de lubrificantes e correspondem aos nossos conhecimentos

Leia mais

A Cidade Logística. Plataforma Logística do Poceirão

A Cidade Logística. Plataforma Logística do Poceirão A Cidade Logística Plataforma Logística do Poceirão Póvoa de Santa Iria, 03 de Dezembro 2009 1 1. Apresentação Integrado na rede de plataformas nacionais definida pelo Portugal Logístico será desenvolvido

Leia mais

MVNO Operadoras Virtuais no Brasil. Conhecendo o usuário brasileiro. Valter Wolf 18 de Novembro de 2010

MVNO Operadoras Virtuais no Brasil. Conhecendo o usuário brasileiro. Valter Wolf 18 de Novembro de 2010 MVNO Operadoras Virtuais no Brasil Conhecendo o usuário brasileiro Valter Wolf 18 de Novembro de 2010 O estudo A&R contempla 17 países com mais de 20 mil entrevistas, agrupadas em 3 categorias: Mature,

Leia mais

Newsletter dos Portos de Setúbal e Sesimbra. Nº 23 - Janeiro de 2010 - Trimestral

Newsletter dos Portos de Setúbal e Sesimbra. Nº 23 - Janeiro de 2010 - Trimestral Newsletter dos Portos de Setúbal e Sesimbra Nº 23 - Janeiro de 2010 - Trimestral FICHA TÉCNICA Newsletter dos Portos de Setúbal e Sesimbra Número 23 Janeiro de 2009 Propriedade: APSS - Administração dos

Leia mais

ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras

ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras ESPANHA: UM PAÍS QUE SAE DA CRISE 2,00% 1,50% Evolução do PIB espanhol 1,70% 1,00% 1% 0,50% 0,00% -0,50% -0,20% 0,10% 2010 2011 2012

Leia mais

Oporto de Singapura sempre desempenhou

Oporto de Singapura sempre desempenhou ESTUDO DE CASO PSA SINES Integrando Portugal nas princípais cadeias logísticas mundiais Rui Pinto, CEO da PSA Sines Oporto de Singapura sempre desempenhou um papel fundamental no crescimento da economia

Leia mais

Lista Geral de Modelos Homologados para o Ano de 2015

Lista Geral de Modelos Homologados para o Ano de 2015 Lista Geral de Modelos Homologados para o Ano de 2015 ACTUALIZADO EM 21-07-2015 FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DO AUTOMÓVEL A presente lista geral de modelos homologados para o ano de 2015 está ordenada de acordo

Leia mais

Painel Automotivo - Carros

Painel Automotivo - Carros 1 / 10 Painel Automotivo - Carros México Características Tamanho painel (ISO): 101.427 Pessoas perfiladas (ISO): 34.805 Taxa de resposta estimada (ISO): 31% Atualizado: 15/12/2014 Tamanho (ISO): o número

Leia mais

Índice por referência

Índice por referência Índice por referência Freioparts Fluidloc Controil Página (s) Freioparts Fluidloc Controil Página (s) 035.0100 300/3907 C-1576.8 18 035.0355 C-1586.5 1 035.0101 14 035.0365 C-1592.0 13 035.0102 11 035.0370

Leia mais

LISTA ATUALIZAÇÕES MANUAIS SIMPLO 2010/1

LISTA ATUALIZAÇÕES MANUAIS SIMPLO 2010/1 LISTA ATUALIZAÇÕES MANUAIS SIMPLO 2010/1 MANUAL AR CONDICIONADO Citroen C3 1.6 16V Flex a partir de 2007 Citroen C4 1.6 16V Flex a partir de 2007 Citroen C3 1.6 16V ME 7.9.6 Flex a partir de 2007 Citroen

Leia mais

António Barreto, Lda AVISO:

António Barreto, Lda AVISO: AVISO: Em conformidade com as disposições legais em vigor relativas à propriedade industrial, informamos que as marcas ou denominações comerciais citadas no nosso catálogo são propriedade exclusiva dos

Leia mais

Q: Preciso contratar um numero de empregados para solicitar o visto E2? R: Não, o Visto E2 não requer um numero de empregados como o Visto Eb5.

Q: Preciso contratar um numero de empregados para solicitar o visto E2? R: Não, o Visto E2 não requer um numero de empregados como o Visto Eb5. RE: Visto E1 O E2 Visto E1 O E2 Q :Preciso contratar um advogado para solicitar o Visto E2? R: Sim, o visto E2 requer o conhecimento especializado da legislacao migratória e a experiência de um advogado

Leia mais

O MUNDO EM 2050 E OS DESAFIOS E OPORTUNIDADES NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO. Antônio da Luz Economista

O MUNDO EM 2050 E OS DESAFIOS E OPORTUNIDADES NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO. Antônio da Luz Economista O MUNDO EM 2050 E OS DESAFIOS E OPORTUNIDADES NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Antônio da Luz Economista EVOLUÇÃO E PROJEÇÃO DA POPULAÇÃO MUNDIAL - 2050 POPULAÇÃO MUNDIAL RURAL X URBANA (%) HÁ50 ANOS, TÍNHAMOS

Leia mais

Passageiros de cruzeiro. Ranking dos portos em 2008

Passageiros de cruzeiro. Ranking dos portos em 2008 Passageiros de cruzeiro Ranking dos portos em 2008 Passageiros de Cruzeiro Ranking dos portos em 2008 Posicionamento do porto de Lisboa no contexto dos portos nacionais Top 29 dos portos de cruzeiro da

Leia mais

Tendências Econômicas e seu Impacto na Área Educacional

Tendências Econômicas e seu Impacto na Área Educacional Tendências Econômicas e seu Impacto na Área Educacional Antonio Delfim Netto 25/03/2009 São Paulo, SP I. A Economia de Mercado A. O que ela produziu 1. Melhoria nas condições de vida 2. Tecnologia e crescimento

Leia mais

Com base nesse diagnóstico, a consultoria analisou uma série de determinantes para evidenciar as possibilidades de sucesso no torneio:

Com base nesse diagnóstico, a consultoria analisou uma série de determinantes para evidenciar as possibilidades de sucesso no torneio: Press release Data: 11 de Junho de 2014 Contato: Marta Telles Tel: (11) 3526-4508 marta.telles@imagemcorporativa.com.br Marcia Avruch Tel: (11) 3674-3762 marcia.avruch@br.pwc.com Brasil tem vantagem na

Leia mais

06/2003 * - 2002 2001 2000 1999 1998 ALFA ROMEO

06/2003 * - 2002 2001 2000 1999 1998 ALFA ROMEO ALFA ROMEO 145 Quadrifóglio 2.0 - - - 24000 21267 ASIA MOTORS Galloper Super Luxo V6 4p 3.0 - - - 29000 S 28000 ASIA MOTORS Topic Luxo (d) 3p 2.7 - - - 31000 28750 ASIA MOTORS Towner Furgão / MPFI 4p 0.8

Leia mais

AUTOMÓVEIS E COMERCIAIS LEVES

AUTOMÓVEIS E COMERCIAIS LEVES DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AUTOMÓVEIS E COMERCIAIS LEVES OUTUBRO DE 2015 PRODUTOS 74% Automóveis 10% exportação 90% mercado interno 18% importação COMPLEXO AUTOMOTIVO 21% Comerciais

Leia mais

DESPESA EM I&D E Nº DE INVESTIGADORES EM 2007 EM PORTUGAL

DESPESA EM I&D E Nº DE INVESTIGADORES EM 2007 EM PORTUGAL DESPESA EM I&D E Nº DE INVESTIGADORES EM 2007 EM PORTUGAL Súmula dos dados provisórios do Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional, IPCTN, 2007 I DESPESA 1. Despesa em I&D nacional total

Leia mais

Tabela de Aplicações LED CAR HEADLIGHT

Tabela de Aplicações LED CAR HEADLIGHT ALFA ROMEO Alfa 145 Todos H1 H1 ALFA ROMEO Alfa 155 1992 > 1997 H1 H1 H3 ALFA ROMEO Alfa 156 1998 > H7 H1 H1 ALFA ROMEO Alfa 164 1993 > 1998 H1 H1 ALFA ROMEO Alfa 166 1998 > H7 9005 H3 ALFA ROMEO Alfa

Leia mais

KIT DE REPAROS PARA JUNTA HOMOCINÉTICA. Rep. Câmbio A4 Motor 1.8/2.8 6cc. A-323. Rep. Roda A3 08/11 Sport Back D-409. Amortecedor Dianteiro A3 D-412

KIT DE REPAROS PARA JUNTA HOMOCINÉTICA. Rep. Câmbio A4 Motor 1.8/2.8 6cc. A-323. Rep. Roda A3 08/11 Sport Back D-409. Amortecedor Dianteiro A3 D-412 ALFA ROMEO A-150 A-152 A-174 126- QUATRO X QUATRO Rep. Roda 164 Rep. Câmbio 164 Rep. Roda 145, 155, 156 A-114 A-115 A-116 AUDI Rep. Roda A4, A6 Motor 2.8 6cc. A-322 Rep. Roda A3 01/07 A-326 Rep. Câmbio

Leia mais

CISCO ETHERNET PARA A FÁBRICA

CISCO ETHERNET PARA A FÁBRICA OVERVIEW CISCO ETHERNET PARA A FÁBRICA A solução Ethernet para a Fábrica (EttF) da Cisco é um componente da visão Rede Inteligente para Manufatura (INM) da Cisco. Ela elimina a distância entre o escritório

Leia mais

Curso - Prático Intermodalidade Marítima-Ferroviária 3-5 de Dezembro de 2012

Curso - Prático Intermodalidade Marítima-Ferroviária 3-5 de Dezembro de 2012 Curso - Prático Intermodalidade Marítima-Ferroviária 3-5 de Dezembro de 2012 Media partners: Informação e reservas: Escola Europea de Short Sea Shipping 2E3S.eu Telefone:(+34) 93 298 6070 E-mail: info@2e3s.eu

Leia mais

CATÁLOGO PRÁTICO DE PASTILHAS PARA FREIOS À DISCO E SAPATAS COM LONAS COLADAS

CATÁLOGO PRÁTICO DE PASTILHAS PARA FREIOS À DISCO E SAPATAS COM LONAS COLADAS CATÁLOGO PRÁTICO DE PASTILHAS 2013 PARA FREIOS À DISCO E SAPATAS COM LONAS COLADAS A MAIS COMPLETA LINHA PARA FREIOS AUTOMOTIVOS Pastilhas, Sapatas, Lonas, Fluídos e Lubricante para Freios Catálogo Prático

Leia mais

e-freight Apresentação Sindicomis IATA 13 de Junho de 2011

e-freight Apresentação Sindicomis IATA 13 de Junho de 2011 e-freight Apresentação Sindicomis IATA 13 de Junho de 2011 Agenda Sobre a IATA O que é e-freight Mensagens Padronizadas Requerimentos básicos para a Aduana Conhecimento Aéreo Eletrônico (e-awb) 2 IATA

Leia mais

FAQ Obrigatoriedade do GTIN

FAQ Obrigatoriedade do GTIN FAQ Obrigatoriedade do GTIN 1. O que é o GTIN? GTIN, acrônimo para Global Trade Item Number é um identificador para itens comerciais desenvolvido e controlado pela GS1, antiga EAN/UCC. GTINs, anteriormente

Leia mais

PROGRAMA APLICAÇÃO DE RECURSOS FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITOS. Página 1 de 9

PROGRAMA APLICAÇÃO DE RECURSOS FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITOS. Página 1 de 9 PROGRAMA APLICAÇÃO DE RECURSOS FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITOS Responsável Versão Última Atualização 15/07/2015 Página 1 de 9 PROGRAMA PARA APLICAÇÃO DE RECURSOS Exclusivo para Instituições Financeiras Associadas

Leia mais

A opção por um modo de transporte é fortemente condicionada pelo seu custo.

A opção por um modo de transporte é fortemente condicionada pelo seu custo. CONCEITOS BÁSICOS: MODO DE TRANSPORTE Tipo de veículo utilizado para a deslocação de pessoas e mercadorias. DISTÂNCIAS RELATIVA Distância entre dois lugares, em função de factores sujeitos a variação,

Leia mais

A FERROVIA E A COMPETITIVIDADE DAS EMPRESAS

A FERROVIA E A COMPETITIVIDADE DAS EMPRESAS ADFERSIT 2011 A FERROVIA E A COMPETITIVIDADE DAS EMPRESAS Eng.º António de Melo Pires Diretor Geral da Volkswagen Autoeuropa 21 de junho de 2011 1 Agenda 1. O papel dos transportes na competitividade das

Leia mais