Material de Apoio Configuração Auditoria Pós

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Material de Apoio Configuração Auditoria Pós"

Transcrição

1 Material de Apoio Configuração Auditoria Pós Julho

2 Índice 1. Introdução Ambiente Serviço Dataset Formulário Processo Importação de Processos Configuração de Processos Aba Informações Gerais: Aba Versão: Aba Workflow Graphical Designer: Aba Avançado Cadastrar Usuário/Colaborador Cadatstro de Colaborador Cadastrar Grupos de Usuários Versão 1.0

3 1. Introdução Este manual apresentará a configuração do processo de Auditoria Pós na ferramenta ECM. 2. Ambiente O cadastro de Ambiente acessado atrás do menu Painel de Controle/Ambiente é utilizado para cadastrar as bibliotecas Java Open AppServer Client, da Progress que, por meio delas, possibilitam realizar a comunicação com o AppServer. Para configurar o ambiente Progress no TOTVS ECM, é preciso identificar quais os arquivos.jar que são exigidos para a execução dos proxies. A tabela abaixo apresenta o conjunto padrão de arquivos para as versões 9 e 10, embora ela possa sofrer variações dependendo do ambiente do usuário. Verifique a documentação do Progress em cada versão para mais detalhes. Versão 1.0 3

4 Importante: O conjunto de arquivos deve também ser copiado para a pasta <ECM>\server\default\lib. É necessário parar o serviço antes de efetuar a cópia e reiniciá-lo em seguida. Maiores detalhes podem ser obtidos no documento Guia de Integração ECM.pdf disponível na pasta de instalação do TOTVS ECM. 3. Serviço O cadastro de Serviço acessado através do menu Painel de Controle/Serviço permite a configuração dos dados de conexão com o AppServer utilizado. No caso desse projeto, esse serviço deve ser cadastrado obrigatoriamente com o nome Auditoria pois esse nome é utilizado em todos os Datasets do projeto. Esse cadastro utiliza-se do cadastro de Ambientes para associar as bibliotecas Java que devem ser utilizadas para a conexão com o AppServer correspondente. Além disso, nesse cadastro, deve-se realizar o upload do jar contendo as classes do Proxygen que irá se comunicar com o programa progress desejado no caso o arquivo datasul-healthcare-integration-ecmauditory-proxygen SNAPSHOT.jar disponível em <Diretório Programas>\ecm\Auditorias\public_html\proxygen\. 4 Versão 1.0

5 No campo URL deverá ser informado a url de conexão com o AppServer seguindo o seguinte modelo Appserver://<servidor>:<porta>/<serviço> No campo Objeto Remoto informar o valor com.datasul.ems.healthcare.integration.ecmauditory.ecmposauditory Maiores detalhes podem ser obtidos no documento Guia de Integração ECM.pdf disponível na pasta de instalação do TOTVS ECM. Versão 1.0 5

6 4. Dataset O cadastro de Datasets acessado através do menu Painel de Controle / Dataset é responsável por fornecer o acesso as funções disponibilizadas por meio dos Serviços. Os processos e os formulários para obter acesso as informações utilizam-se dos Datasets para chamar as rotinas progress via AppServer. Para o processo de Auditoria deve-se cadastrar os seguintes datasets, o conteúdo dos mesmos encontra-se disponível em <Diretório Programas>\ecm\Auditorias\public_html\datasets\ : ApplyAuditoryRestriction - Simula a aplicação de uma Glosa Fracionada. ChangeMoviment - Simula a Troca de um movimento. GetAuditoryAssociatedGuides - Pesquisa as guias associadas a guia principal GetAuditoryBenefsModule - Pesquisa os Módulos do Beneficiário. GetAuditoryBenefsRealizationHistory - Pesquisa o Histórico de Realizações do Beneficiário. GetAuditoryGuideHistory - Pesquisa o Histórico da Guia. GetAuditoryRestriction - Pesquisa as Glosas referente ao Movimento GetAuditoryValues - Realiza a pesquisa das informações da conta que está em Auditoria. GetCoverage - Pesquisa os módulos de cobertura do beneficiário. GetMoviments - Pesquisa os movimentos para realizar a troca do movimento. Realiza pesquisa de procedimento ou insumo ou tipo de insumo. GetProvider - Pesquisa os Prestadores. GetRestrictions - Pesquisa a Glosa do sistema. GetUnity - Pesquisa as unidades. RollbackReleased - Realiza o bloqueio dos movimentos SaveDocument - Efetiva a persistência ou simulação das informações. ValidateRestriction - Realiza a validação de Glosa. 5. Formulário Processo referente ao menu Documentos/Navegação de Documentos. Todo o Processo de Workflow necessita de um formulário base para a sua execução e armazenamento das informações. Um formulário é uma página html que utiliza-se de recursos de javascript, css e imagens para fornecer uma melhor experiência aos usuários. No ECM um formulário é um fichário que contém em seu interior todos os componentes html (página html, scripts javascripts, css e imagens) utilizados pelo formulário. Para fins de organização, recomendamos que no diretório raiz seja criada uma pasta Formulários e dentro dela seja criada uma pasta Auditoria. No interior da pasta Auditoria deve-se criar um fichário com o nome Formulário Processo Auditoria, deverá ser realizado o upload dos seguintes arquivos existentes na pasta <Diretório Programas>\ecm\Auditorias\public_html\ : auditorycontroller.js 6 Versão 1.0

7 auditorias_v2.html ajax-loader.gif jquery.js knockout js html5.js json2.js html5.js bootstrap-tooltip.js accounting.min.js bootstrap.css docs.css bootstrap-affix.js bootstrap-alert.js bootstrap-button.js bootstrap-carousel.js bootstrap-collapse.js bootstrap-dropdown.js bootstrap-modal.js bootstrap-popover.js bootstrap-responsive.css bootstrap-scrollspy.js bootstrap-tab.js bootstrap-transition.js bootstrap-typeahead.js respond.min.js Deve ser realizado o upload das seguintes imagens contidas no diretório <Diretório Programas> \ecm\auditorias\public_html\imgs\ : message.png treatment.png undo.png trash.png money_add.png package_medical.png via_acesso_diferente.png via_acesso_mesma.png Versão 1.0 7

8 8 Versão 1.0 via_acesso_principal.png anestesista_not.png anestesista.png auxiliar.png demais.png insumo.png principal.png procedimento.png apply.png glyphicons-halflings.png glyphicons_367_expand.png glyphicons_369_collapse_top.png up.png down.png _list-error.png Gnome-Document-Open-Recent-32.png Dialog-Apply-32.png Gnome-Dialog-Warning-32.png clock_32.png clock_down_48.png contract_clock_48_hot.png diagnostic.png info_24.png ok_24.png warning.png Add-Files-To-Archive-32.png Add-Files-To-Archive-Blue-32.png Add-Files-To-Archive-Yellow-32.png

9 Após realizado o upload o arquivo auditorias_v2.html deve ser marcado como Principal. Apenas esse arquivo deve estar marcado como Principal os demais devem estar marcados como Anexo. Versão 1.0 9

10 Na etapa 3 Descrição Principal das Fichas deve-se selecionar o campo ds_anexo_principal. O conteúdo desse campo será apresentado como o valor de uma coluna na lista de tarefas. 10 Versão 1.0

11 Na etapa 6 Eventos deve-se adicionar o evento displayfields. O conteúdo desse evento está no arquivo displayfields.js. Após isso clique em Confirmar para concluir o processo de inclusão do formulário. Versão

12 6. Processo 6.1 Importação de Processos O processo acessado através do menu Processos / Importação de Processos possibilita importar o processo configurado e que fora exportado. Por meio desse cadastro é possível importar o processo disponibilizado na pasta <Diretório Programas> \ecm\auditorias\public_html\processo\auditoriapos.xml Esse processo permite importar novos processos assim como sobrepor processos já existentes pelo que deseja importar. 6.2 Configuração de Processos No processo acessado através do menu Processos / Configuração de Processos poderá ser modificado os processos já cadastrados ou ainda criar novos processos. 12 Versão 1.0

13 6.2.1 Aba Informações Gerais: Código: Código Único do processo. Descrição: Descrição do processo. Ativo?: Indicador que habilita o processo. Categoria: Permite informar a categoria do processo a fim de determinar um agrupador na tela. Versão

14 6.2.2 Aba Versão: Versão: Esse campo indica qual a versão do processo que está sendo alterada. Para alterar a versão corrente de um processo deve-se clicar no botão Nova Versão. A partir desse momento se torna possível editar o processo. Para que as alterações realizadas estejam disponíveis será necessário clicar no botão Liberar Versão. Quando uma solicitação é aberta ela surge numa versão de processo e encerra-se nessa mesma versão. Então, quando gerada uma nova versão do processo, apenas as próximas solicitações sofrerão as alterações realizadas. Fichário: Código do Fichário (formulário) a ser utilizado pelo processo. 14 Versão 1.0

15 6.2.3 Aba Workflow Graphical Designer: Essa tela permite que seja desenhado o processo seguindo o padrão BPM. Constitui-se o processo como um conjunto de atividades interligadas conforme a necessidade. Cada atividade possibilita informar as Instruções e que aparecerão ao usuário quando a solicitação estiver nessa atividade. O campo mecanismo de atribuição permite informar a forma com que as atividades serão atribuídas, ou seja, pode ser atribuída a um usuário específico, a um grupo de usuários, a um papel de usuário. Versão

16 6.2.4 Aba Avançado Nessa aba pode-se adicionar os eventos de formulários que possibilitarão a realização dos controles e validações sobre o fluxo conforme a necessidade. Na sub-aba Propriedades a propriedade AutomaticTasks informa o código de sequência das atividades que deverão ser automáticas, ou seja, que não necessitam de ação do usuário no formulário. A sub-aba Eventos possibilita o cadastro dos eventos de controle do processo. No processo auditoriapos, os eventos utilizados são afterstateentry e beforestateentry. Os conteúdos desses eventos já são preenchidos quando o processo é importado/sobreposto. Mas está disponibilizado na pasta <Diretório Programas>\ecm\Auditorias\public_html\eventos\. Os arquivos javascripts desse diretório estão nomeados de acordo com o nome do evento utilizado. Maiores detalhes podem ser obtidos no documento Guia de Referência Customização de Workflow.pdf disponível na pasta de instalação do TOTVS ECM. Após ter importado o processo auditoriapos.xml e verificado se os eventos foram importados, devemos liberar a versão do processo para que o mesmo fique disponível para uso. Esse processo jamais poderá ser inicializado diretamente pelo TOTVS ECM. A solicitação é gerada pelo ERP TOTVS devido a ação de uma das regras de auditoria sobre algum documento/movimento. Por padrão o processo de Auditoria Pós utiliza os seguintes grupos de auditorias: AuditoriaMedica Grupo dos Auditores Médicos AuditoriaEnfermagem Grupo dos Auditores Enfermeiros AuditoriaAdministrativa Grupo dos Auditores Administrativos Reanalise Grupos dos Auditores de Reanalise De acordo com a regra de auditoria, o sistema automaticamente, durante o processamento da atividade Triagem verifica o tipo da Regra e encaminha para a atividade correspondente de acordo com a seguinte regra: Se o tipo da regra for Administrativa encaminha para a tarefa Auditoria Administrativa associando aos usuários do grupo AuditoriaAdministrativa. Se o tipo da regra for Médica encaminha para a tarefa Auditoria Médica associando aos usuários do grupo AuditoriaMedica. Se o tipo da regra for Enfermagem encaminha para a tarefa Auditoria Enfermagem associando aos usuários do grupo AuditoriaEnfermagem. Os grupos de reanálise somente são utilizados quando a atividade do processo é encaminhada para uma tarefa de Reanálise. A partir desse momento o ECM está configurado para receber e gerenciar as tarefas de auditoria. 16 Versão 1.0

17 As solicitações geradas a partir do ERP TOTVS 11 serão apresentadas na Central de Tarefas do usuário no menu Documentos/Central de Tarefas. A lista de Tarefas a concluir agrupa as tarefas assumidas pelo usuário logado e estão pendentes de seu parecer. A lista Tarefas em pool apresentam as tarefas conforme os grupos que o usuário participa. Desta forma, o usuário pode encontrar uma tarefa referente ao grupo de auditoria que participa e assume a tarefa. Quando um usuário assume a tarefa, a mesma é enviada para a lista de tarefas a concluir do usuário. Observações: Para que o cliente possa customizar os grupos de usuários de auditoria criando grupos específicos de usuários para auditar determinados prestadores deve-se então criar uma parametrização de Regra de Direcionamento das Auditorias. Para isso acesse o menu Documentos / Navegação de Documentos. Formulário: O controle das regras de direcionamento das auditorias se dá por meio de regras cadastradas nas fichas. As fichas são registros de parametrização oriundos de um formulário. Um formulário é uma página html que utiliza-se de recursos de javascript, css e imagens para fornecer uma melhor experiência aos usuários. No ECM um formulário é um fichário que contém em seu interior todos os componentes html (página html, scripts javascripts, css e imagens) utilizados pelo formulário. Para fins de organização, recomendamos que no diretório raiz seja criada uma pasta Formulários e dentro dela seja criada uma pasta Auditoria. No interior da pasta Auditoria deve-se criar um fichário com o nome Regras de Configuração de Triagem para Auditoria, deverá ser realizado o upload dos seguintes arquivos existentes na pasta <Diretório Programas>\ecm\Auditorias\public_html\ : config_auditorias_controller.js config_auditorias.html Versão

18 ajax-loader.gif jquery.js knockout js html5.js json2.js html5.js bootstrap-tooltip.js accounting.min.js bootstrap.css docs.css bootstrap-affix.js bootstrap-alert.js bootstrap-button.js bootstrap-carousel.js bootstrap-collapse.js bootstrap-dropdown.js bootstrap-modal.js bootstrap-popover.js bootstrap-responsive.css bootstrap-scrollspy.js bootstrap-tab.js bootstrap-transition.js bootstrap-typeahead.js respond.min.js Deve ser realizado o upload das imagens contidas no diretório <Diretório Programas>\ecm\Auditorias\ public_html\ imgs\ : message.png treatment.png undo.png trash.png money_add.png package_medical.png via_acesso_diferente.png via_acesso_mesma.png via_acesso_principal.png anestesista_not.png 18 Versão 1.0

19 19 Versão 1.0 Configuração Auditoria Pós anestesista.png auxiliar.png demais.png insumo.png principal.png procedimento.png apply.png glyphicons-halflings.png glyphicons_367_expand.png glyphicons_369_collapse_top.png up.png down.png _list-error.png Gnome-Document-Open-Recent-32.png Dialog-Apply-32.png Gnome-Dialog-Warning-32.png clock_32.png clock_down_48.png contract_clock_48_hot.png diagnostic.png info_24.png ok_24.png warning.png Add-Files-To-Archive-32.png Add-Files-To-Archive-Blue-32.png Add-Files-To-Archive-Yellow-32.png

20 Após realizado o upload o arquivo config_auditorias.html deve ser marcado como Principal. Apenas esse arquivo deve estar marcado como Principal os demais devem estar marcados como Anexo. 20 Versão 1.0

21 Para o campo descrição recomendamos que seja utilizado o nome Regras de Configuração de Triagem para Auditoria No campo Nome do Serviço de Dados deverá ser atribuído obrigatoriamente o valor config_auditorias_modelo como nome do serviço. Recomendamos que o campo cd_prestador_principal seja utilizado para descrição das fichas. Após isso clique em Confirmar para a conclusão do processo de inclusão do formulário. Nesse ponto terá a seguinte estrutura: Clique sobre a pasta Regras de Configuração de Triagem para Auditoria, em seu interior adicione uma nova Ficha. O sistema apresentará a seguinte tela para inclusão de regra de Triagem: Versão

22 A regra permite que seja especificado o grupo de auditoria que deseja ser utilizado conforme o Prestador Principal e o Prestador Executante. Ou seja, quando o Prestador Principal for o informado e o Prestador Executante for o informado, a regra será aplicada e irá sobrepor os grupos padrões pelos informados nessa parametrização. Para alterar habilitar a regra marque o botão Ativar. Para salvar a regra deve-se concluir clicando no V na parte superior da tela. 6.3 Cadastrar Usuário/Colaborador Cadatstro de Colaborador Esse cadastro realizado em Painel de controle / Colaboradores possibilita o gerenciamento das informações de um usuário além de permitir associá-lo aos grupos o qual o mesmo irá pertencer. 22 Versão 1.0

23 Versão

24 6.3.2 Cadastrar Grupos de Usuários Esse cadastro realizado em Painel de Controle / Grupos de Usuários, possibilita o cadastro dos grupos pelos quais os usuários irão pertencer. Os grupos podem ser utilizados nos processos como um mecanismo de atribuição. Por padrão o processo de Auditoria Pós utiliza os seguintes grupos de auditorias: AuditoriaMedica Grupo dos Auditores Médicos AuditoriaEnfermagem Grupo dos Auditores Enfermeiros AuditoriaAdministrativa Grupo dos Auditores Administrativos Reanalise Grupos dos Auditores de Reanalise SegundaOpiniao Grupo dos Auditores de Segunda Opinião 24 Versão 1.0

HAT Programação Auditoria Pós. 12.1.x. abril de 2015. Versão: 2.0

HAT Programação Auditoria Pós. 12.1.x. abril de 2015. Versão: 2.0 HAT Programação Auditoria Pós 12.1.x abril de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Introdução... 3 2 Visão do Processo... 3 3 Serviço... 5 4 Dataset... 7 5 Formulário Principal AuditoriaPos... 9 6 Arquitetura

Leia mais

Auditoria Pós - Programação

Auditoria Pós - Programação Auditoria Pós - Programação Julho - 2014 Índice 1. Introdução... 3 2. Visão do Processo... 3 3. Serviço... 4 4. Dataset... 6 5. Formulário Principal AuditoriaPos... 8 6. Arquitetura do Formulário HTML

Leia mais

Integração Backoffice HCM x ECM

Integração Backoffice HCM x ECM Integração Backoffice HCM x ECM Fevereiro/2015 Sumário 1. Integração HCM x ECM... 3 2. Pré-Requisitos da Integração dos Produtos... 4 3. Parametrização da Integração no Produto, Origem... 7 4. Parametrização

Leia mais

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1 2 Índice 1. Escritório Virtual... 5 1.1. Atualização do sistema...5 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1.3. Cadastro do Escritório...5 1.4. Logo Marca do Escritório...6...6 1.5. Cadastro

Leia mais

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1)

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1) Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos () Março - 2014 Índice Título do documento 1. Auditoria de Movimentos (ECM) Introdução:... 3 2. Grupos de Usuário (ECM):... 3 3. Colaboradores... 4 4. Configuração

Leia mais

O Patch 11.82.36 [BIBLIOTECA RM e TOTVS RM PORTAL] e 11.82.36 [TOTVS Gestão Hospitalar], disponíveis na Central de Download do Portal do Client.

O Patch 11.82.36 [BIBLIOTECA RM e TOTVS RM PORTAL] e 11.82.36 [TOTVS Gestão Hospitalar], disponíveis na Central de Download do Portal do Client. Prescrição de Soroterapia Produto : CorporeRM - TOTVS Hospitalar (Prontuário) Chamado : R_SAU003/SOC121 Data da publicação : 16/07/15 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : SQL Server Oracle Implementada

Leia mais

Treinamento Plone. Unirio

Treinamento Plone. Unirio Treinamento Plone Unirio Autenticando no Site Ao abrir o site Plone, no canto superior direito você verá a aba acessar. Clique nela. Autenticando no Site Autenticando no Site Ao clicá-la, abrirá uma janela

Leia mais

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CERBERUS Manual do sistema HISTÓRICO DA REVISÃO Data Versão Descrição Autor 07/08/2014 1.0 Criação do documento Antonio Rogério da Costa Silva LISTA DE FIGURAS

Leia mais

NeXT Help Desk Manual do usuário. Abril/2011. NeXT Software

NeXT Help Desk Manual do usuário. Abril/2011. NeXT Software NeXT Help Desk Manual do usuário Abril/2011 NeXT Software Página 1 de 11 Índice Descrição e características do NeXT Help Desk... 3 Conectando no NeXT Help Desk... 4 Menu de acesso... 5 Enviando chamado

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. Motor Periférico Versão 8.0

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. Motor Periférico Versão 8.0 MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO Motor Periférico Versão 8.0 1. Apresentação... 3 2. Instalação do Java... 3 2.1 Download e Instalação... 3 2.2 Verificar Instalação... 3 3. Download do Motor Periférico...

Leia mais

Guia de Atualização TOTVS Segurança e Acesso 11.6

Guia de Atualização TOTVS Segurança e Acesso 11.6 04/2014 Sumário 1 Prefácio... 3 1.2 Finalidade... 3 1.3 Público Alvo... 3 1.4 Organização deste Guia... 3 1.5 Documentações Importantes... 3 2 Atualização... 4 2.1 Executando o Updater de Atualização...

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 1 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA Documento de Arrecadação Estadual DAE Manual do Usuário Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 66.053-000 Av. Visconde de Souza Franco, 110 Reduto Belém PA Tel.:(091)

Leia mais

Controle de Estoque. Configuração e personalização do módulo

Controle de Estoque. Configuração e personalização do módulo Controle de Estoque O objetivo do módulo de Controle de Estoque á ajudar a controlar a quantidade de produtos no estoque da empresa, avisar sobre problemas com quantidades mínimas, lotes e validades vencendo.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos O objetivo do módulo de Gerenciamento de Projetos é ajudar a empresa a gerenciar com mais eficiência os seus projetos. Controle dos prazos, das tarefas, dos eventos, da quantidade

Leia mais

Manual Ilustrado Marketing Receptivo - HMR

Manual Ilustrado Marketing Receptivo - HMR Manual Ilustrado Marketing Receptivo - HMR Agosto/2014 Índice Título do documento 1. Objetivo... 3 2. Papéis e Usuários... 3 3. Fluxo Geral do HMR... 5 4. Manter Parâmetros Marketing Receptivo... 5 5.

Leia mais

HMR Marketing Receptivo. 12.1.x. abril de 2015. Versão: 2.0

HMR Marketing Receptivo. 12.1.x. abril de 2015. Versão: 2.0 HMR Marketing Receptivo 12.1.x abril de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Papéis e Usuários... 3 3 Fluxo Geral do HMR... 6 4 Manter Parâmetros Marketing Receptivo... 7 5 Manter Categoria de

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Release Notes GVcollege 3.6.7 1

2013 GVDASA Sistemas Release Notes GVcollege 3.6.7 1 2013 GVDASA Sistemas Release Notes GVcollege 3.6.7 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual da GVDASA Sistemas e toda a informação nele contida é confidencial. Nenhuma parte deste

Leia mais

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office Treinamento Módulo Escritório Virtual Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office 1. Atualização do sistema Para que este novo módulo seja ativado,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO NF-e CONNECT - Versão 7 - Outubro/2009

MANUAL DE INSTALAÇÃO NF-e CONNECT - Versão 7 - Outubro/2009 Simplificando processos, Dinamizando negócios OOBJ-NF-E/CT-E MANUAL DE INSTALAÇÃO NF-e CONNECT - Versão 7 - Outubro/2009 E-Sales Soluções de integração Avenida França, 1162 Porto Alegre, RS Fone: (51)

Leia mais

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj Manual Atendimento Caberj ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO... 5 EDITANDO

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração. Módulo Remote. (G2KA) para NFSE. v1.0

Manual de Instalação e Configuração. Módulo Remote. (G2KA) para NFSE. v1.0 Manual de Instalação e Configuração Módulo Remote (G2KA) para NFSE v1.0 Página 1 Sumário 1 Download e Instalação... 3 2 Configuração... 5 3 Inicialização Manual... 8 4 Inicialização via serviço do Windows...

Leia mais

Manual de Comunidades RIPALC

Manual de Comunidades RIPALC Manual de Comunidades RIPALC Última atualização 13 de março de 2012 1 Sumário 1. Como se autenticar no site?...3 2. Como funcionam as comunidades?...4 3. Como participar de um Fórum (Painel de Discussão)?...6

Leia mais

Página de Login. Manual para gestão de conteúdo no Portal da Ouvidoria do Senado Federal

Página de Login. Manual para gestão de conteúdo no Portal da Ouvidoria do Senado Federal Portal da Ouvidoria Manual Para Gestão de Conteúdo do Portal da Ouvidoria 2013 Página de Login a. Insira /login na url da ouvidoria http://www12hml:10002/senado/ouvidoria/login b. Preencha o seu nome de

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS 1) Clique duas vezes no arquivo ControlGasSetup.exe. Será exibida a tela de boas vindas do instalador: 2) Clique em avançar e aparecerá a tela a seguir: Manual de Instalação

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8 março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 4 2 Introdução... 4 3 Cadastros... 5 3.1 Cadastro de Departamentos do Laboratório...

Leia mais

Procedimento para Configurar a Importação/Exportação de Arquivos Texto

Procedimento para Configurar a Importação/Exportação de Arquivos Texto Procedimento para Configurar a Importação/Exportação de Arquivos Texto Produto : RM Gestão de Estoque, Compras e Faturamento 12.1.4 Processo : Importação/Exportação de Arquivos Texto Subprocesso : N/A

Leia mais

Integração com o Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle

Integração com o Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle Integração com o Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle Integração com o Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle Página 2 Sumário 1. Apresentação... 4 1.1. O Moodle... 4 1.2. Objetivo da integração...

Leia mais

Passo a Passo - Como Migrar do Emissor de NF-E Versão 2.0 para a Versão 3.10

Passo a Passo - Como Migrar do Emissor de NF-E Versão 2.0 para a Versão 3.10 Passo a Passo - Como Migrar do Emissor de NF-E Versão 2.0 para a Versão 3.10 Prezado Contribuinte, sugerimos manter o emissor para NF-e leiaute versão 2.0 instalado para fins de consulta dos documentos

Leia mais

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado 1 SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Acesso ao Sistema... 3 3. Descrição das Funcionalidades Menu Guias Liberação On-line.... 4 3.1 Liberação

Leia mais

Procedimento para Configurar a Importação/Exportação de Arquivos Texto

Procedimento para Configurar a Importação/Exportação de Arquivos Texto Procedimento para Configurar a Importação/Exportação de Arquivos Texto Produto : RM Gestão de Estoque, Compras e Faturamento 12.1.3 Processo : Importação/Exportação de Arquivos Texto Subprocesso : N/A

Leia mais

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : SQL Server, Oracle

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : SQL Server, Oracle Painel com Múltiplas Unidades Produto : TOTVS HOSPITALAR Atendimento, 12.1.5 Chamado : PCREQ-4649 Data da publicação : 26/05/15 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : SQL Server, Oracle Esta implementação

Leia mais

Manual Gerencial. Sumário DRE - O QUE É. Customizado. atalho no menu do ERP. Geral de Rotinas Comuns em Cadastros do manual para download

Manual Gerencial. Sumário DRE - O QUE É. Customizado. atalho no menu do ERP. Geral de Rotinas Comuns em Cadastros do manual para download MANUAL GERENCIAL Sumário DRE - O QUE É 3... 4 Abrindo o aplicativo... 6 Menu Customizado... 7 C olocando atalho no menu do ERP... 16 Cadastro de Demonstrativo... 22 Filtros de pesquisa... 25 Menu Geral

Leia mais

Manual Ilustrado Menu Pronto Atendimento

Manual Ilustrado Menu Pronto Atendimento Junho - 2014 Índice Título do documento 1. Objetivos... 3 2. Introdução... 3 3. Painel de Classificação de Risco... 4 3.1. Configurando a Unidade... 5 3.2. Cadastrando Agenda para Médicos Plantonistas...

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS

CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS MANUAL

Leia mais

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0 Índice I ENVIO DE BOLETOS POR E-MAIL... 2 APRESENTAÇÃO... 2 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO... 4 ALTERAÇÕES NO SIGADM IMÓVEIS... 6 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONCILIAÇÃO BANCÁRIA... 8 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gerenciador de NFe Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário da Apostila Informações Básicas Primeira Utilização: Os Módulos do Gerenciador de NFe: Como funciona o Sistema? Diagrama

Leia mais

Utilizamos um tema no Mais Fórmula 1 que possui algumas peculiaridades. Irei explicar passo-a-passo cada uma delas.

Utilizamos um tema no Mais Fórmula 1 que possui algumas peculiaridades. Irei explicar passo-a-passo cada uma delas. Mais Fórmula 1 Instruções de postagem no Mais Fórmula 1. O Mais Fórmula 1 está hospedado na UOL HOST e é gerenciado pelo Wordpress. O Wordpress é um dos melhores sistemas de gerenciamento de conteúdo do

Leia mais

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INDICE 1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO 2.1. COMPARTILHANDO O DIRETÓRIO DO APLICATIVO 3. INTERFACE DO APLICATIVO 3.1. ÁREA DO MENU 3.1.2. APLICANDO A CHAVE DE LICENÇA AO APLICATIVO 3.1.3 EFETUANDO

Leia mais

Sistema de Planejamento

Sistema de Planejamento Sistema de Planejamento Copyright 2013 by Softplan Rod. José Carlos Daux, km 1, Nº 10 Centro de Tecnologia Ilhasoft - ParqueTecAlfa João Paulo CEP 88030-000 Florianópolis SC Telefone: (48) 3027-8000 Homepage:

Leia mais

VISTORIA DO SISTEMA REGIN PREFEITURAS

VISTORIA DO SISTEMA REGIN PREFEITURAS Página 1 / 29 ÍNDICE ÍNDICE... 2 APRESENTAÇÃO... 3 MÓDULO DE ACESSO... 3 CONFIGURAÇÃO MÓDULO VISTORIA... 4 ANÁLISE DOS PROTOCOLOS... 5 CONTROLE DE EXPORTAÇÃO MÓDULO VISTORIA... 8 DISPOSITIVO REGIN PREFEITURA...

Leia mais

SIAI Despesa de Pessoal (DP) MANUAL DE INSTALAÇÃO Versão 1.0

SIAI Despesa de Pessoal (DP) MANUAL DE INSTALAÇÃO Versão 1.0 MANUAL DE INSTALAÇÃO Versão 1.0 Natal, Maio de 2013 Sumário 1. O que é o SIAI DP... 3 2. Requisitos mínimos de instalação... 4 2. Como instalar o SIAI DP Módulo Coleta... 4 3. Acessando o SIAI DP... 8

Leia mais

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Índice 1. Introdução... 4 2. Acessando a área exclusiva... 5 3. Trocando a senha... 6 4. Mensagens... 7 4.1. Conhecendo a tela principal... 7 4.2. Criando uma

Leia mais

TOTVS Colaboração NF-e/CT-e Logix. Integração TOTVS Colaboração NF-e/CT-e Logix

TOTVS Colaboração NF-e/CT-e Logix. Integração TOTVS Colaboração NF-e/CT-e Logix Integração TOTVS Colaboração NF-e/CT-e Logix Data da revisão Responsável Descrição da revisão 26/09/2012 Roberta Patricio Postai Vieira Versão inicial 2 1 Conteúdo 1 Conteúdo... 3 2 Contexto de negócio

Leia mais

Cadastro de Franquias. Cadastro de Tipo. Configuração da Exportação

Cadastro de Franquias. Cadastro de Tipo. Configuração da Exportação Franquias O módulo Franquias permite que o Franqueador envie cadastros de produtos, serviços e preços para seus Franqueados. Sendo possível também, controlar as movimentações de vendas e estoque dos mesmos.

Leia mais

BI Citsmart Fornece orientações necessárias para instalação, configuração e utilização do BI Citsmart.

BI Citsmart Fornece orientações necessárias para instalação, configuração e utilização do BI Citsmart. 16/08/2013 BI Citsmart Fornece orientações necessárias para instalação, configuração e utilização do BI Citsmart. Versão 1.0 19/12/2014 Visão Resumida Data Criação 19/12/2014 Versão Documento 1.0 Projeto

Leia mais

Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência. Versão 12.1.4

Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência. Versão 12.1.4 Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência Versão 12.1.4 Sumário 1. Descrição... 3 2. Pré-requisitos... 4 3. Etapas da instalação/atualização... 8 1. Iniciando a aplicação de instalação/atualização...

Leia mais

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Procedimento Documentado Sistema de Homologação de Cobrança Versão 1.0 Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Histórico Data Versão Descrição Responsável 14/03/2014 1.0 Criação do Procedimento Documentado

Leia mais

Procedimentos para Instalação do SISLOC

Procedimentos para Instalação do SISLOC Procedimentos para Instalação do SISLOC Sumário 1. Informações Gerais...3 2. Instalação do SISLOC...3 Passo a passo...3 3. Instalação da Base de Dados SISLOC... 11 Passo a passo... 11 4. Instalação de

Leia mais

Manual de Utilização Autorizador Web V2

Manual de Utilização Autorizador Web V2 Manual de Utilização Autorizador Web V2 OBJETIVO Esse manual tem como objetivo o auxílio no uso do Autorizador de Guias Web V2 do Padre Albino Saúde. Ele serve para base de consulta de como efetuar todos

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0

DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0 DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0 Índice 1 - Objetivo 2 - Descrição do ambiente 2.1. Tecnologias utilizadas 2.2. Estrutura de pastas 2.3. Bibliotecas já incluídas 3 - Características gerais 4 - Criando

Leia mais

Tutorial de Carga e Atualização Modelo ERP

Tutorial de Carga e Atualização Modelo ERP O portal modelo de ERP apresenta uma visão dos principais indicadores da empresa, possibilitando a gestão executiva e estratégica dos dados transacionais armazenados em seu ERP. Antes de atualizar o portal

Leia mais

PROCEDIMENTO DE MIGRAÇÃO

PROCEDIMENTO DE MIGRAÇÃO PROCEDIMENTO DE MIGRAÇÃO Portais Web Rev. 01-06/08/10 TOTVS Unidade Joinville Avenida Santos Dumont, 831 Santo Antônio Fone: (47) 2101-3000 Fax: (47) 2101-3001 89218-900 Joinville Santa Catarina www.totvs.com.br

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

PJCUS-361 CONTRATO COM CÓDIGO DE BARRAS

PJCUS-361 CONTRATO COM CÓDIGO DE BARRAS PJCUS-361 CONTRATO COM CÓDIGO DE BARRAS 1 Sumário 1. OBJETIVO... 3 2. HABILITAR FUNCIONALIDADE... 3 3. INSTALANDO OPENOFFICE 4... 3 4. AMBIENTE WINDOWS... 3 4.1. VARIÁVEL DE AMBIENTE... 3 4.2. ADICIONAR

Leia mais

Gestão inteligente de documentos eletrônicos

Gestão inteligente de documentos eletrônicos Gestão inteligente de documentos eletrônicos MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS VISÃO EMPRESAS - USUÁRIOS (OVERVIEW) No ELDOC, o perfil de EMPRESA refere-se aos usuários com papel operacional. São

Leia mais

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução SCIM 1.0 Guia Rápido Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal Introdução Nesta Edição O sistema de Controle Interno administra o questionário que será usado no chek-list

Leia mais

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CADASTRO DOS CONTADORES... 3 REGISTRAR COMO SAGE ID... 5 CRIAR CONVITE PARA O CLIENTE... 8

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CADASTRO DOS CONTADORES... 3 REGISTRAR COMO SAGE ID... 5 CRIAR CONVITE PARA O CLIENTE... 8 Índice 1. 2. 3. 4. 5. 5.1. 5.2. 6. 6.1. 6.2. 7. APRESENTAÇÃO... 1 CADASTRO DOS CONTADORES... 3 REGISTRAR COMO SAGE ID... 5 CRIAR CONVITE PARA O CLIENTE... 8 CONVITE ENVIADO PARA O CLIENTE... 10 Se o seu

Leia mais

LOJA ELETRÔNICA MANUAL DE INSTALAÇÃO

LOJA ELETRÔNICA MANUAL DE INSTALAÇÃO LOJA ELETRÔNICA MANUAL DE INSTALAÇÃO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de

Leia mais

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação).

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação). Módulo Nota Fiscal Eletrônica Sispetro Roteiro de Instalação Módulo Autenticador NFE Pré-Requisitos O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de

Leia mais

IMPORTANTE: O sistema Off-line Dr.Micro é compatível com os navegadores Mozilla Firefox e Internet Explorer.

IMPORTANTE: O sistema Off-line Dr.Micro é compatível com os navegadores Mozilla Firefox e Internet Explorer. CONFIGURANDO O SISTEMA OFFLINE DR.MICRO IMPORTANTE: O sistema Off-line Dr.Micro é compatível com os navegadores Mozilla Firefox e Internet Explorer. 1- Ao acessar a plataforma online a opção Minha Escola

Leia mais

Acesso Escola. Primeiro Acesso

Acesso Escola. Primeiro Acesso Acesso Escola Primeiro Acesso Após receber o e-mail da AESA, a escola deve seguir as orientações abaixo. Ao clicar no link, você será direcionado a tela do portal CADES. Utilize usuário e senha temporária

Leia mais

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Departamento de Tecnologia da Informação tecnologia@unimeditabira.com.br 31 3839-771 3839-7713 Revisão 03 Itabira Setembro 2015 Sumário 1. Acessando

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

Índice. Manual de uso do Wordpress Produção de conteúdo. 1) Acesso ao Painel de Controle. 2) Ambientação na Ferramenta. 3) Inserir novo Post

Índice. Manual de uso do Wordpress Produção de conteúdo. 1) Acesso ao Painel de Controle. 2) Ambientação na Ferramenta. 3) Inserir novo Post Índice 1) Acesso ao Painel de Controle 2) Ambientação na Ferramenta 2.1) Posts 2.1.1) Adicionar novo post 2.1.2) Editar posts 2.2) Mídia 2.2.1) Tipos de Mídia 2.2.2) Biblioteca 2.2.3) Adicionar novo 3)

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CHAMADOS (GLPI)

MANUAL DO SISTEMA DE CHAMADOS (GLPI) MANUAL DO SISTEMA DE CHAMADOS (GLPI) 1 Acessando o GLPI Para acessar o sistema, basta abrir o seu navegador de internet e acessar a URL http://suporte.genix. ind.br, será aberta a tela a seguir: Após acessar

Leia mais

Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula

Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Dreamweaver CS6 Aula 2 Continuação do Capítulo 1 - Introdução ao Dreamweaver CS6 Aula 3 Capítulo 2 - Site do Dreamweaver

Leia mais

LIBERAÇÃO FINANCEIRA NO PEDIDO DE VENDA

LIBERAÇÃO FINANCEIRA NO PEDIDO DE VENDA LIBERAÇÃO FINANCEIRA NO PEDIDO DE VENDA As liberações financeiras somente são verificadas no faturamento do pedido, como conseqüência há situações em que o cliente tem limite de crédito excedido, vencido

Leia mais

WorkFlow WEB Volkswagen v20140826.docx. Manual de Atendimento Volkswagen

WorkFlow WEB Volkswagen v20140826.docx. Manual de Atendimento Volkswagen Manual de Atendimento Volkswagen ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO...

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2

2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2 2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta

Leia mais

Gestão inteligente de documentos eletrônicos

Gestão inteligente de documentos eletrônicos Gestão inteligente de documentos eletrônicos MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS VISÃO EMPRESAS - USUÁRIOS (OVERVIEW) No ELDOC, o perfil de EMPRESA refere-se aos usuários com papel operacional. São

Leia mais

Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS

Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS 1 2 Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS Login é a área de autenticação do sistema. Por questões de segurança, é necessário que o usuário se identifique, impedindo a entrada de pessoas

Leia mais

Conheça o Projeto. Apresentação. Finalidade. Objetivo

Conheça o Projeto. Apresentação. Finalidade. Objetivo Manual do Usuário Índice Conheça o Projeto...3 Apresentação...3 Finalidade...3 Objetivo...3 Histórico...4 Usando o Portal...5 Efetuando o cadastro na biblioteca digital...5 Logando na Biblioteca Digital...6

Leia mais

ÍNDICE. 2.1. Funcionalidades... 5

ÍNDICE. 2.1. Funcionalidades... 5 ÍNDICE 1. PRIMEIRO ACESSO AO SITE... 3 2. MAPA DO SITE... 4 2.1. Funcionalidades... 5 3. ENVIO DE COBRANÇAS ELETRÔNICAS... 5 3.1. Solicitações... 7 3.1.1. Internação... 7 3.1.2. Prorrogação... 8 3.1.3.

Leia mais

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede VirtueMart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Permissões 4 4.2 Instalação

Leia mais

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede OpenCart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 vqmod 4 4.2 Instalação e ativação

Leia mais

Dois novos relatórios estão disponíveis nesta versão do Imobiliária 21. São eles: Devedores e Imóvel por Área. Veja abaixo como emitir cada um.

Dois novos relatórios estão disponíveis nesta versão do Imobiliária 21. São eles: Devedores e Imóvel por Área. Veja abaixo como emitir cada um. Sumário Este documento de versionamento contém: 1. Inclusão dos relatórios: Devedores e Imóvel por Área. 2. Inclusão do campo Código de Município no cadastro de cidade. 3. Publicação de boletos de proprietário

Leia mais

Recepção CT-e com TMS 4.01 Datasul. Inovação D&L Joinville Outubro/2013

Recepção CT-e com TMS 4.01 Datasul. Inovação D&L Joinville Outubro/2013 Inovação D&L Joinville Outubro/2013 Índice Introdução Conhecimentos de transporte eletrônico. Escopo do projeto. Modelo de integração Totvs Colaboração. Delimitar o Processo de Importações do CT-e. Identificar

Leia mais

Manual de Instalação e Utilização do Pedido Eletrônico Gauchafarma

Manual de Instalação e Utilização do Pedido Eletrônico Gauchafarma Manual de Instalação e Utilização do Pedido Eletrônico Gauchafarma 1. INSTALAÇÃO Antes de iniciar a instalação do pedido eletrônico, entre em contato com o suporte da distribuidora e solicite a criação

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

Manual do Assinador de Documentos

Manual do Assinador de Documentos Manual do Usuário Manual do Assinador de Documentos PROJUDI Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Requisitos Básicos... 3 2. Atualizar a Versão do Java... 3 2.1 Adicionar Site à Lista de Exceções... 10 3. Baixar

Leia mais

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas Manual de Utilização ZENDESK Instruções Básicas Novembro/2013 SUMÁRIO 1 Acesso à ferramenta... 3 2 A Ferramenta... 4 3 Tickets... 8 3.1 Novo Ticket... 8 3.2 Acompanhamentos de Tickets já existentes...

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Cartilha do Gestor de Frota de Unidade / Base Operacional

Cartilha do Gestor de Frota de Unidade / Base Operacional Cartilha do Gestor de Frota de Unidade / Base Operacional SGTA Sistema de Gestão Total de Abastecimento do Governo do Estado de Minas Gerais REV DATA ALTERAÇÃO CRIAÇÃO REVISÃO APROVAÇÃO 01 13/01/14 Versão

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Índice SIMEC Página 02 de10 Guia Rápido Solicitando Cadastro...4 Alterando a Chave de Acesso...6 Navegação...7 Índice de Figuras Fig. 1 Tela Inicial...4 Fig.

Leia mais

SisLegis Sistema de Cadastro e Controle de Leis

SisLegis Sistema de Cadastro e Controle de Leis Sistema de Cadastro e Controle de Leis Desenvolvido por Fábrica de Software Coordenação de Tecnologia da Informação Pág 1/22 Módulo: 1 Responsável: Desenvolvimento Ti Data: 01/11/2012 Versão: 1.0 Empresa:

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro SUMÁRIO 1. FINANCEIRO... 5 1.1. ED - SECRETARIA... 5 1.2. ED - ESCOLA... 5 1.3. USUÁRIOS POR ENTIDADE NO ED SECRETARIA E ESCOLA... 6 2. FINANCEIRO - SECRETARIA... 7 2.1.

Leia mais

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA O que é? É um comparativo entre as movimentações existentes em uma conta bancária e as existentes no controle financeiro. Todos sabem, por exemplo, que existe

Leia mais

Conhecimento de Transporte

Conhecimento de Transporte Página1 Conhecimento de Transporte No menu de navegação, este item é a opção para emissão e administração dos Conhecimentos de Transporte do sistema. Para acessar, posicione o mouse no local correspondente

Leia mais

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013 Florianópolis, 26 de fevereiro de 2013. Abaixo você confere as características e funcionalidades da nova versão 4.11.1.7 do Channel. Para quaisquer dúvidas ou na necessidade de maiores esclarecimentos,

Leia mais

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO. Rua Maestro Cardim, 354 - cj. 121 CEP 01323-001 - São Paulo - SP (11) 3266-2096

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO. Rua Maestro Cardim, 354 - cj. 121 CEP 01323-001 - São Paulo - SP (11) 3266-2096 TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO Índice Geral Antes de Começar 2 Procedimento de Instalação 3 Exportar dados para o 8 Acesso ao 10 Ordens de Serviço no 11 Solicitações de Serviço no 17 Folhas de Inspeção no 19 Importar

Leia mais

EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO. 2014 - VALID Certificadora Digital

EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO. 2014 - VALID Certificadora Digital EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO 2014 - VALID Certificadora Digital Controle de Versões Autor Descrição Versão Data Lays Almeida Versão Inicial 1.0 06.11.2014 2014 - VALID Certificadora Digital

Leia mais

MANUAL BACKUP XDENTAL 2012

MANUAL BACKUP XDENTAL 2012 MANUAL BACKUP XDENTAL 2012 Sumário CONFIGURANDO BACKUP... 2 ESCOLHENDO O TAMANHO DO ARQUIVO DE BACKUP... 4 CONFIGURANDO HORÁRIO DE INÍCIO DO BACKUP... 5 CONFIGURANDO BACKUP AO INICIAR O SISTEMA XDENTAL...

Leia mais

Remessa Armazenagem. 1 Detalhe do Armazém. 2 Detalhes Vendas

Remessa Armazenagem. 1 Detalhe do Armazém. 2 Detalhes Vendas Remessa Armazenagem Desenvolvimento do processo de Remessa Armazenagem. Este processo consiste em enviar uma carga determinada para um depósito de terceiro e permitir controlar o estoque da mercadoria

Leia mais