Não exige complemento. Ex.: O pássaro cantou. O menino acordou. O bebê nasceu.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Não exige complemento. Ex.: O pássaro cantou. O menino acordou. O bebê nasceu."

Transcrição

1 Retomada

2 Não exige complemento. Ex.: O pássaro cantou. O menino acordou. O bebê nasceu.

3 Obs.: O verbo intransitivo pode vir acompanhado de circunstâncias adverbiais. Ex.: O menino acordou cedo. O homem morreu dormindo.

4 Exige como complemento um objeto direto e, ou, um objeto indireto.

5 Exige um complemento SEM preposição para dar sentido a frase. Ex.: Eles cortaram as árvores VT OBJETO DIRETO Cortaram o que?

6 Ex.: Os alunos fizeram a lição. VT OBJETO DIRETO Fizeram o que?

7 Precisam de um complemento COM preposição Ex.: Eu gosto de café. VT OBJETO INDIRETO Quem gosta, gosta de alguma coisa, de alguém.

8 Ex.: Conversei com meus amigos. VT OBJETO INDIRETO Quem conversa, conversa com alguém

9

10 A sintaxe de regência que estuda as relações entre um nome ou um verbo e seus complementos. Há dois tipos de regência: Regência verbal. Regência nominal.

11 Regência Verbal

12 Quando o termo regente é um verbo, ocorre a regência verbal. Ex.: Os filhos obedecem aos pais. termo regente termo regido Alguns verbos apresentam mais de uma regência.

13 É transitivo direto no sentido de desejar, ter vontade de, cobiçar. Ele quer uma vaga naquela empresa. Queremos um país melhor. É transitivo indireto no sentido de ter afeição, estimar, amar, querer bem. Quero muito aos meus amigos. Ele quer bem à linda menina.

14 É transitivo direto no sentido de acompanhar, prestar assistência, ajudar, auxiliar. O hospital assistiu os feridos. É transitivo indireto quando significa ver, presenciar, estar presente, pertencer. Assistimos ao documentário. Não assisti às últimas sessões.

15 É intransitivo no sentido de morar, residir. Nós assistimos em Minas Gerais.

16 São intransitivos e exigem a preposição A quando indicam lugar. Irei ao banheiro. Chegaram à festa.

17 São transitivos diretos quando não são pronominais, isto é, quando não exigem o pronome oblíquo: Esqueci o material. Lembramos seu aniversário São transitivos indiretos quando são pronominais, isto é, quando exigem o pronome oblíquo: Esqueci-me do livro. Lembramo-nos do seu aniversário.

18 São transitivos indiretos e exigem a preposição A. Devemos obedecer às regras. Não se desobedece aos pais.

19 São transitivos indiretos e exigem a preposição COM. Eu simpatizei com aquela sua amiga. Antipatizo com pessoas preconceituosas. ATENÇÃO: NÃO se usa pronome! Ex: Não é correto dizer: Simpatizo-me com aquela sua amiga.

20 É transitivo direto no sentido de mirar, pôr visto, rubricar, dar visto. Ele visou aquela árvore, mas não a acertou. O funcionário já visou todos os cheques. É transitivo indireto quando significa ter como objetivo, ter em vista, pretender, ter como meta. E exige a preposição A. O ensino deve sempre visar ao progresso social.

21 É transitivo direto nos sentidos de inspirar, inalar. Ele aspirou o pó da casa. É transitivo indireto, regendo a preposição a, com sentido de almejar, pretender, desejar. Pedro aspira ao cargo de presidente do clube.

22 É transitivo direto e indireto, introduzido pela preposição A. Prefiro cinema a teatro. Prefiro passear a ver TV. A palavra preferir já indica que se deseja mais uma coisa do que outra; por isso, esse verbo não dever ser usado com elementos do tipo: mais, muito mais, mil vezes, acompanhados, ou não, de que, (do) que. Prefiro cinema do que teatro.

23 Regência Nominal

24 Estuda as relações em que os nomes substantivos, adjetivos e advérbio exigem complemento para completar-lhes o sentido. Geralmente, essa relação entre o nome e seus complementos é estabelecida pela presença de preposição.

25 Regências mais comuns: VER PÁG. 223 e 224 Acessível, adequado, apto, atento, contrário, desfavorável, equivalente, fiel, insensível, obediente, prejudicial, visível - A Está apto ao trabalho. O rapaz se mostrava insensível ao sofrimento da garota.

26 VER PÁG. 223 e 224 Capaz, incapaz, digno, ansioso, indigno, passível, contemporâneo, ávido, fácil, inseparável, suspeito, temeroso - DE Era uma pessoa ávida de emoções fortes. Contemporâneo da Revolução Francesa.

27 VER PÁG. 223 e 224 Amoroso, compatível, cruel, cuidadoso, descontente, afável, generoso, solícito, aparentado, furioso - COM Infelizmente, o sangue do doador não era compatível com o do paciente. Os torcedores ficaram furiosos com o time.

28 VER PÁG. 223 e 224 Entendido, indeciso, lento, morador, hábil - EM Tenho raciocínio lento em matemática.

29 VER PÁG. 223 e 224 Apto, inútil, incapaz, bom, ansioso, impotente, mau, essencial, próprio - PARA Ingerir líquidos é essencial para o bom funcionamento do organismo. Fiquei indecisa no teste e me achei inapta para o cargo.

30 VER PÁG. 223 e 224 Ansioso, responsável, querido, respeito, interesse - POR pelo(s), pela(s). Estavam todos ansiosos pelo resultado dos testes. Júlia é muito querida pelos amigos.

31 EXERCÍCIOS

32 P a 4 P a 4 P a 7 P a 3

33 1) Preposição a. 2) a) Sim, pois nesse emprego o verbo lembrar é transitivo indireto e, assim, se liga ao seu complemento por meio de uma preposição. b) Aqueles que não lembram o passado estão condenados a repeti-lo.

34 3) No fato de os dizeres do cartaz se aplicarem aos próprios pintores. 4) com, em, em, com, a, em, de, com, para

35 1) a) Que nasça. b) Durante a madrugada, antes de o Sol nascer. c) De destaque, pois o Sol é esperado e valorizado.

36 2) a) a luz b) A mim, a tudo mais c) À minha voz, ao meu saxofone d) Do Sol

37 3) As três primeiras são de regência verbal, e a última é de regência nominal. 4) a) levar fogo (VTD) b) Acolher com atenção (VTI) c) Tirar do sono (VTD)

38 5) Sim, porque o Sol, após nascer, vai subindo pelo céu. 6) a) saxofone e Sol, respectivamente. b) solar, dourado 7) O Sol.

39 1) A transmissão dos jogos da Copa. 2) a) Pisar em uma bola ou cometer um engano, sair-se mal, dar um fora. b) Não vacile,não se deixe enganar e escolha a emissora anunciada para assistir aos jogos da Copa.

40 c) Para demonstrar uma integração total com o país sede da Copa e com o contexto do campeonato. d) Sim, porque há, no anúncio, várias possibilidades de inferência de sentido.

41 3) a) Como transitivo indireto. b) Não pise a jabulani. c) Não.

Prof. Jorge Viana de Moraes

Prof. Jorge Viana de Moraes Prof. Jorge Viana de Moraes Regência É a relação sintática que se estabelece entre um termo regente ou subordinante (que exige outro) e o termo regido ou subordinado (termo regido pelo primeiro) A regência

Leia mais

Quanto à regência verbal, os verbos podem ser: - Transitivo direto - Transitivo indireto - Transitivo direto e indireto - Intransitivo

Quanto à regência verbal, os verbos podem ser: - Transitivo direto - Transitivo indireto - Transitivo direto e indireto - Intransitivo Regência Verbal Dentre os estudos linguísticos inerentes à sintaxe, encontra-se a sintaxe de regência. Ela é responsável pelo estudo das relações de dependência que se estabelecem entre os termos da oração

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Regência verbal Regência verbal é a relação que existe entre os verbos e

Leia mais

Português 3º ano João J. Regência

Português 3º ano João J. Regência Português 3º ano João J. Regência Regência Regência É a relação sintática que se estabelece entre um termo regente ou subordinante (que admite outro) e o termo regido ou subordinado (termo exigido pelo

Leia mais

REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL

REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL Cuida especialmente das relações de dependência em que se encontram os termos na oração ou as orações entre si no período composto. VEJA: AGORA NOTE: Quando um termo REGENTE é

Leia mais

Colégio Social Madre Clélia

Colégio Social Madre Clélia Colégio Social Madre Clélia Professora ANA PAULA Língua Portuguesa / 2ºEM / 2º trimestre 2012 REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL Cuida especialmente das relações de dependência em que se encontram os termos na

Leia mais

Patrícia Rocha Lopes

Patrícia Rocha Lopes Patrícia Rocha Lopes Regência Verbal Dá-se o nome de regência verbal à relação de subordinação que ocorre entre um verbo e seus complementos. Em alguns casos, a variação de regência provoca uma alteração

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves Regência A sintaxe de regência estuda as relações entre um nome ou um verbo e seus complementos. Há dois tipos de regência: Regência nominal; Regência verbal. Regência nominal Estuda as relações em que

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis MÓDULO 13 SINTAXE V REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis MÓDULO 13 SINTAXE V REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 13 SINTAXE V REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL REGÊNCIA A REGÊNCIA PODE SER DIRETA, QUANDO A RELAÇÃO DE DEPENDÊNCIA É REALIZADA POR JUSTAPOSIÇÃO DE TERMOS, OU INDIRETA,

Leia mais

Capítulo 6: REGÊNCIA VERBAL

Capítulo 6: REGÊNCIA VERBAL Capítulo 6: REGÊNCIA VERBAL 1- Chegar/ ir deve ser introduzido pela preposição a e não pela preposição em. Ex.: Vou ao dentista./ Cheguei a Belo Horizonte. 2- Morar/ residir normalmente vêm introduzidos

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 48 Transitividade verbal III

Bárbara da Silva. Português. Aula 48 Transitividade verbal III Bárbara da Silva Português Aula 48 Transitividade verbal III Mudança de Transitividade versus Mudança de Significado Há verbos que, de acordo com a mudança de transitividade, apresentam mudança de significado.

Leia mais

REGÊNCIA VERBAL. Profª Giovana Uggioni Silveira

REGÊNCIA VERBAL. Profª Giovana Uggioni Silveira REGÊNCIA VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira A professora escreveu no quadro. Os alunos estudaram o conteúdo. O aluno respondeu à pergunta da professora. 1- Chegar/ ir deve ser introduzido pela preposição

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos Aula 4 1 Regência Verbal e Nominal A REGÊNCIA VERBAL estuda

Leia mais

Regência Verbal. É a relação de um verbo sobre seus complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais.

Regência Verbal. É a relação de um verbo sobre seus complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais. REGÊNCIA VERBAL Regência Verbal É a relação de um verbo sobre seus complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais. Em alguns casos, a variação de regência provoca uma alteração de sentido do verbo. A seguir,

Leia mais

REGÊNCIA VERBAL. Profª Giovana Uggioni Silveira

REGÊNCIA VERBAL. Profª Giovana Uggioni Silveira REGÊNCIA VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira A professora escreveu no quadro. Os alunos estudaram o conteúdo. O aluno respondeu à pergunta da professora. 1- Chegar/ ir deve ser introduzido pela preposição

Leia mais

REGÊNCIA. A sintaxe de regência estuda as relações entre um nome ou um verbo e seus complementos. Há dois tipos de regência:

REGÊNCIA. A sintaxe de regência estuda as relações entre um nome ou um verbo e seus complementos. Há dois tipos de regência: REGÊNCIA A sintaxe de regência estuda as relações entre um nome ou um verbo e seus complementos. Há dois tipos de regência: Regência nominal; Regência verbal. É a relação de um verbo sobre seus complementos

Leia mais

Integrado Aulas 38 e 39 Apostila 5; pág. 87 Sintaxe de Regência

Integrado Aulas 38 e 39 Apostila 5; pág. 87 Sintaxe de Regência Integrado Aulas 38 e 39 Apostila 5; pág. 87 Sintaxe de Regência Definições Mecanismo que regula as ligações entre um verbo ou um nome (termos regentes) e os seus complementos (termos regidos). Em termos

Leia mais

Fui ao cinema no domingo.

Fui ao cinema no domingo. VERBOS INTRANSITIVOS Os verbos CHEGAR e IR são acompanhados de adjuntos adverbiais de lugar. De acordo com a norma culta, as preposições usadas para indicar direção são A e PARA. A preposição EM deve ser

Leia mais

Integrado Aulas 38 e 39 Apostila 5; pág. 87 Sintaxe de Regência. Prof. Eloy Gustavo

Integrado Aulas 38 e 39 Apostila 5; pág. 87 Sintaxe de Regência. Prof. Eloy Gustavo Integrado Aulas 38 e 39 Apostila 5; pág. 87 Sintaxe de Regência 1 Definição de Regência Definições Mecanismo que regula as ligações entre um verbo ou um nome (termos regentes) e os seus complementos (termos

Leia mais

COLÉGIO ADVENTISTA DE ITAJAÍ

COLÉGIO ADVENTISTA DE ITAJAÍ COLÉGIO ADVENTISTA DE ITAJAÍ Exercícios Aluno: Número: Prof.:Tunas Regência Verbal A regência verbal estuda a relação de dependência que se estabelece entre os verbos e seus complementos. Na realidade

Leia mais

REGÊNCIA NOMINAL e VERBAL

REGÊNCIA NOMINAL e VERBAL REGÊNCIA NOMINAL e VERBAL www.monsterconcursos.com.br pág. 1 REGÊNCIA NOMINAL É aquela em que o nome (substantivo ou adjetivo) pede um complemento nominal com preposição adequada. Esta preposição que introduz

Leia mais

REGÊNCIA VERBAL. Amanda de Oliveira.

REGÊNCIA VERBAL. Amanda de Oliveira. REGÊNCIA VERBAL. Amanda de Oliveira. Como se classificam os verbos tem e executar quanto à transitividade? Resposta: São transitivos diretos. Que termos funcionam como complemento desses verbos? Resposta:

Leia mais

Língua. Portuguesa. Regência

Língua. Portuguesa. Regência Língua Portuguesa Regência A regência verbal estuda a relação que se estabelece entre os verbos e os termos que os complementam(objetos diretos e Objetos indiretos) ou caracterizam (adjuntos adverbiais).

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 45 Regências nominal e verbal

Bárbara da Silva. Português. Aula 45 Regências nominal e verbal Bárbara da Silva Português Aula 45 Regências nominal e verbal Regência nominal e verbal Dá-se o nome de regência à relação de subordinação que ocorre entre um verbo (ou um nome) e seus complementos. Ocupa-se

Leia mais

Português. Regência Nominal e Verbal. Professor Carlos Zambeli.

Português. Regência Nominal e Verbal. Professor Carlos Zambeli. Português Regência Nominal e Verbal Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL A regência verbal estuda a relação que se estabelece entre os verbos e os

Leia mais

Regência Verbal e Nominal - Aula Completa Para Concursos

Regência Verbal e Nominal - Aula Completa Para Concursos Regência Verbal e Nominal - Aula Completa Para Concursos A REGÊNCIA é o campo da língua portuguesa que estuda as relações de concordância entre os verbos (ou nomes) e os termos que completam seu sentido.

Leia mais

REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL

REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL GRAMÁTICA REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL REGÊNCIA VERBAL A regência verbal é a relação entre o verbo e seu complemento, além do uso ou não de algumas preposições. Cuidado com o SENTIDO

Leia mais

MARIA TEREZA E ZAMBELI

MARIA TEREZA E ZAMBELI MARIA TEREZA E ZAMBELI TRANSITIVIDADE VERBAL VERBOS Intransitivos Transitivos sem complemento A gente sabe viver Conviver, tanto prazer Anoitecer, amanhecer Eu e você, eu e você com complemento VTI com

Leia mais

Regência. O estabelecimento de relações de sentido

Regência. O estabelecimento de relações de sentido Regência O estabelecimento de relações de sentido Leia: Ele é acostumado a roubar. acostumado= adjetivo(a) Ele está acostumado com a pobreza. acostumado= adjetivo(com) verbo aspirar No sentido sorver,

Leia mais

REGÊNCIA VERBAL PROF. OSMAR EDUARDO SENS

REGÊNCIA VERBAL PROF. OSMAR EDUARDO SENS REGÊNCIA VERBAL PROF. OSMAR EDUARDO SENS REGÊNCIA VERBAL Para se entender a regência verbal ou nominal é necessário conhecer as preposições. Por isso complete: 1. a) Preposição é uma palavra invariável

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Prof. Albert Iglésia

LÍNGUA PORTUGUESA. Prof. Albert Iglésia LÍNGUA PORTUGUESA Regência Nominal Relação entre um adjetivo, advérbio ou substantivo abstrato transitivo e seu complemento, por meio de preposição. 1. Os cursos do Ponto têm sido úteis a muitos candidatos.

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL E REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL

CONCORDÂNCIA VERBAL E REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL APOIO PEDAGÍGICO AO NÚCLEO COMUM CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL Tutora: Ariana de Carvalho CONCORDÂNCIA NOMINAL Ocorre entre o núcleo (normalmente um substantivo ou um

Leia mais

Regência verbal. Reger é determinar a flexão de um termo, que neste caso é o complemento, já que o verbo é o termo regente.

Regência verbal. Reger é determinar a flexão de um termo, que neste caso é o complemento, já que o verbo é o termo regente. Regência verbal A regência de um verbo é determinada pela relação do mesmo com seu complemento. Logo, o verbo é o termo regente e o complemento é o termo regido. Observe: Joana assistiu um paciente no

Leia mais

Colégio Magno Gramática 2.o ano. Regência verbal e regência nominal. Leia a seguir a letra de uma canção de Tom Jobim. Meditação

Colégio Magno Gramática 2.o ano. Regência verbal e regência nominal. Leia a seguir a letra de uma canção de Tom Jobim. Meditação Colégio Magno Gramática 2.o ano Regência verbal e regência nominal Meditação Leia a seguir a letra de uma canção de Tom Jobim. Quem acreditou No amor, no sorriso, na flor Então sonhou, sonhou E perdeu

Leia mais

Profª.: Elysângela Neves

Profª.: Elysângela Neves Profª.: Elysângela Neves Regência É a relação sintática que se estabelece entre um termo regente ou subordinante (que exige outro) e o termo regido ou subordinado (termo regido pelo primeiro) A regência

Leia mais

Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel REGÊNCIA VERBAL. Caicó RN 2018

Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel REGÊNCIA VERBAL. Caicó RN 2018 Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel REGÊNCIA VERBAL Caicó RN 2018 SINTAXE DE REGÊNCIA CUIDA DAS RELAÇÕES DE DEPENDÊNCIA EM QUE SE ENCONTRAM OS TERMOS

Leia mais

REGÊNCIA VERBAL. Regência verbal é a relação que existe entre um verbo e o termo da oração que o complementa.

REGÊNCIA VERBAL. Regência verbal é a relação que existe entre um verbo e o termo da oração que o complementa. REGÊNCIA VERBAL Regência verbal é a relação que existe entre um verbo e o termo da oração que o complementa. Exemplo de regência verbal: Ele não se lembrou do nosso acordo. vti O verbo é o termo regente.

Leia mais

1. Conceito Estudar regência verbal consiste em estudar a correta transitividade e o uso - de alguns verbos.

1. Conceito Estudar regência verbal consiste em estudar a correta transitividade e o uso - de alguns verbos. Regência 1. Conceito Estudar regência verbal consiste em estudar a correta transitividade e o uso - de alguns verbos. Observe o exemplo: Hoje prefiro cinema do que teatro. (inadequado) Embora a situação

Leia mais

PREDICAÇÃO VEBAL. Professor Guilherme Medeiros Honorato

PREDICAÇÃO VEBAL. Professor Guilherme Medeiros Honorato PREDICAÇÃO VEBAL Professor Guilherme Medeiros Honorato Predicação Verbal É a parte da Gramática responsável pela verificação da necessidade da complementação de palavras ou expressões que possam dar sentido

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 46 Transitividade verbal I

Bárbara da Silva. Português. Aula 46 Transitividade verbal I Bárbara da Silva Português Aula 46 Transitividade verbal I Verbos Intransitivos Os verbos intransitivos não possuem complemento. É importante, no entanto, destacar alguns detalhes relativos aos adjuntos

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA REGÊNCIA VERBAL

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA REGÊNCIA VERBAL LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA REGÊNCIA VERBAL Profª. Raquel Freitas Sampaio CONCEITO DE REGÊNCIA Dá-se o nome de regência à relação de subordinação que ocorre entre um verbo (ou um nome) e seus complementos.

Leia mais

Conceituando. Geraldo assistiu ao filme. Observe essas duas frases, por exemplo. A correta é a segunda, pois o verbo "assistir" exige preposição "a":

Conceituando. Geraldo assistiu ao filme. Observe essas duas frases, por exemplo. A correta é a segunda, pois o verbo assistir exige preposição a: Hoje Monster Guerreiros, veremos um assunto que, inevitavelmente, é pura decoreba: Regência Verbal. Se você não conhecia, prazer em conhecer (ou "desprazer"). Conceituando Regência Verbal nada mais é do

Leia mais

Prevenir a) Transitivo direto (= evitar dano, mal, etc): A prudência previne as desgraças.

Prevenir a) Transitivo direto (= evitar dano, mal, etc): A prudência previne as desgraças. Prevenir a) Transitivo direto (= evitar dano, mal, etc): A prudência previne as desgraças. b) Transitivo direto e indireto (= avisar com antecedência) Vou prevenir minha irmã de que Teresa de Jesus irá

Leia mais

Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa.

Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa. Introdução Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa. Entretanto, antes de passarmos a analisar a regência de alguns verbos,

Leia mais

e Transitividade Verbal Professora Jaqueline Cappellari

e Transitividade Verbal Professora Jaqueline Cappellari e Transitividade Verbal Professora Jaqueline Cappellari O verbo pode ser: Classifique os complementos verbais a seguir em objeto direto (OD) ou objeto indireto (OI): Verbos intransitivos São os verbos

Leia mais

REGÊNCIA VERBAL. & Nominal

REGÊNCIA VERBAL. & Nominal REGÊNCIA VERBAL & Nominal REGÊNCIA Regência é a parte da Gramática Normativa que estuda as relações entre os termos da oração, verificando se um termo serve de complemento a outro. O termo que exige complemento

Leia mais

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL SINTAXE II: TERMOS INTEGRANTES E TERMOS ACESSÓRIOS Tutora: Ariana de Carvalho TERMOS INTEGRANTES A nomenclatura está relacionada com a função dos

Leia mais

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu.

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. - Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. COMPLEMENTO NOMINAL É o termo que completa o sentido de uma palavra que não seja verbo. Assim, pode referir-se

Leia mais

AULA 14 REGÊNCIA VERBAL E REGÊNCIA NOMINAL MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 14 REGÊNCIA VERBAL E REGÊNCIA NOMINAL MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 14 REGÊNCIA VERBAL E REGÊNCIA NOMINAL MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso REGÊNCIA VERBAL Dá-se quando o termo regente é um verbo e este se liga a seu complemento por uma preposição ou

Leia mais

Português. Regência Verbal e Nominal. Professor Arthur Scandelari.

Português. Regência Verbal e Nominal. Professor Arthur Scandelari. Português Regência Verbal e Nominal Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL 1. (CESGRANRIO IBGE 2016) Observa-se obediência à norma-padrão, no que

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS AULA 8 O VERBO E SEUS COMPLEMENTOS pág. 57 A ORAÇÃO E SUA ESTRUTURA BÁSICA Sujeito = o ser sobre o qual se declara alguma coisa. Predicado = o que se declara sobre o sujeito.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PEDRO HENRIQUE (PH)

LÍNGUA PORTUGUESA PEDRO HENRIQUE (PH) LÍNGUA PORTUGUESA PEDRO HENRIQUE (PH) REGÊNCIA VERBAL Necessito de livros. NOMINAL Tenho necessidade de livros. Regência Verbal Parte 1 Almejar Renato almeja o cargo de diretor. Amar Paula ama sua filha.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Professora Patrícia Lopes

Professora Patrícia Lopes Professora Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia

Leia mais

Professora Patrícia Lopes

Professora Patrícia Lopes Professora Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia

Leia mais

É a relação de dependência existente entre um nome (substantivo, adjetivo, advérbio) e seu complemento:

É a relação de dependência existente entre um nome (substantivo, adjetivo, advérbio) e seu complemento: REGÊNCIA NOMINAL É a relação de dependência existente entre um nome (substantivo, adjetivo, advérbio) e seu complemento: A resolução dos exercícios será feita em sala de aula. subst. compl. nom. (regente)

Leia mais

Aula 09 PALAVRA SE. VOZ PASSIVA Sujeito agente Agente da passiva. VOZ ATIVA Objeto direto Sujeito paciente

Aula 09 PALAVRA SE. VOZ PASSIVA Sujeito agente Agente da passiva. VOZ ATIVA Objeto direto Sujeito paciente Página1 Curso/Disciplina: Português para Concursos Aula: Pronomes e colocação pronominal: a palavra se 09 Professor (a): André Moraes Monitor (a): Luis Renato Ribeiro Pereira de Almeida Aula 09 PALAVRA

Leia mais

REVISÃO DE SINTAXE Predicação e Tipos de Predicado

REVISÃO DE SINTAXE Predicação e Tipos de Predicado Sintaxe Aula 3 (Língua Portuguesa / Redação / Hermenêutica / Teologia Patrística / Teologia de Missões) Tel: 8566.8968 REVISÃO DE SINTAXE Predicação e Tipos de Predicado (Língua Portuguesa / Redação /

Leia mais

02/03/2014 MORFOLOGIA X SINTAXE

02/03/2014 MORFOLOGIA X SINTAXE MORFOLOGIA X SINTAXE 1 TRANSITIVIDADE VERBAL OU PREDICAÇÃO VERBAL 1- VERBOS NOCIONAIS (significativos) ação, fenômeno e movimento VI, VTD, VTI ou VTDI 2- VERBOS RELACIONAIS (não-significativos) estado,

Leia mais

UNIDADE 17 - PARTE 01 INTERMEDIÁRIO - AVANÇADO

UNIDADE 17 - PARTE 01 INTERMEDIÁRIO - AVANÇADO UNIDADE 17 - PARTE 01 INTERMEDIÁRIO - AVANÇADO A partir desta unidade começamos uma nova etapa em nosso Curso de Português. Já estamos no nível Intermediário-Avançado, portanto, você aluno, deverá estar

Leia mais

Telefone: (31) 3352 1272 apostila@apostilasdamasceno.com

Telefone: (31) 3352 1272 apostila@apostilasdamasceno.com REGÊNCIA Regência é o modo pelo qual um termo rege outro que o complementa. A regência pode ser verbal ou nominal, conforme trate do regime dos verbos ou dos nomes (substantivos e adjetivos). 1 REGÊNCIA

Leia mais

TERMOS RELACIONADOS AO VERBO

TERMOS RELACIONADOS AO VERBO TERMOS RELACIONADOS AO VERBO objeto direto objeto indireto V E R B O agente da passiva adjunto adverbial ADJUNTO ADVERBIAL: é o termo da oração que indica as circunstâncias em que se dá a ação verbal (de

Leia mais

INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA

INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO FRASE: todo enunciado de sentido completo capaz de estabelecer comunicação. Pode ser nominal ou verbal. Nominal: não possui verbo Exemplos:

Leia mais

Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito

Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito O estudo do predicado O predicado, como já vimos, é o termo da oração que contém o verbo. Apesar de sujeito e predicado serem termos essenciais da oração, há

Leia mais

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: 1. Jardineiros diplomados regam flores [...] sujeito predicado 2. A luz da tua poesia é

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA REGÊNCIA VERBAL

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA REGÊNCIA VERBAL LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA REGÊNCIA VERBAL Profª. Raquel Freitas Sampaio CONCEITO DE REGÊNCIA Dá-se o nome de regência à relação de subordinação que ocorre entre um verbo (ou um nome) e seus complementos.

Leia mais

Concurseiro. Sinta-se a vontade para estudar conosco. Português Prof. Joaquim Bispo. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Sinta-se a vontade para estudar conosco. Português Prof. Joaquim Bispo. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 SINTAXE DA ORAÇÃO Aula 2 Sintaxe: é a parte da gramática

Leia mais

A morfologia divide as palavras em classes gramaticais; já a sintaxe estuda a função das palavras dentro de um contexto oracional.

A morfologia divide as palavras em classes gramaticais; já a sintaxe estuda a função das palavras dentro de um contexto oracional. Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia divide

Leia mais

b) Transitivo indireto (= ter em vista, pretender, objetivar): O ensino visa ao progresso social. Todo capitalista visa a bons lucros.

b) Transitivo indireto (= ter em vista, pretender, objetivar): O ensino visa ao progresso social. Todo capitalista visa a bons lucros. Visar a) Transitivo direto (= dirigir o olhar para, apontar arma de fogo contra, pôr o sinal de visto em): A menina visava as nuvens. Dezenas de armas visavam o seu peito. O gerente já visou o meu cheque.

Leia mais

Aspirar Transitivo direto Aspiramos aspirou aspiram aspiram h. Transitivo indireto lhe(s): aspiramos aspira

Aspirar Transitivo direto Aspiramos aspirou aspiram aspiram h. Transitivo indireto lhe(s): aspiramos aspira Aspirar a) Transitivo direto (= respirar, sorver, exalar, pronunciar guturalmente): Aspiramos o ar puro das montanhas. E com os lábios entreabertos aspirou com delícia a aura impregnada de perfumes. (José

Leia mais

Aula 18 Termos essenciais da oração II. Professor Guga Valente

Aula 18 Termos essenciais da oração II. Professor Guga Valente Aula 18 Termos essenciais da oração II Professor Guga Valente O meu tempo O meu tempo O meu tempo não é o seu tempo. O meu tempo é só meu. O seu tempo é seu e de qualquer pessoa, até eu. O seu tempo é

Leia mais

Complementos verbais

Complementos verbais Complementos verbais Os verbos nocionais que não são acompanhados de complementos são chamados de intransitivos. Os que apresentam complemento são chamados de transitivos. Os transitivos, por sua vez,

Leia mais

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone Termos ligados ao nome (complemento nominal, adjunto adnominal e aposto) e o vocativo Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone 2 Regência Nominal Designa a relação existente

Leia mais

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO SUJEITO E PREDICADO

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO SUJEITO E PREDICADO TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO SUJEITO E PREDICADO TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO: são aqueles que não podem faltar, pois caso contrário, a oração deixa de existir. São eles: o SUJEITO e o PREDICADO. a) SUJEITO:

Leia mais

SINTAXE. Profa. Luana Lemos.

SINTAXE. Profa. Luana Lemos. SINTAXE Profa. Luana Lemos llemos@salesiano.org.br 1 O ESTUDO DO PREDICADO llemos@salesiano.org.br 2 No meu mundo ideal, todo mundo lê Nietzsche, Kant e Schopenhauer. Sujeito Todo mundo também entende

Leia mais

COMENTÁRIO: O verbo visar, no sentido de almejar, é transitivo indireto, exigindo a preposição a.

COMENTÁRIO: O verbo visar, no sentido de almejar, é transitivo indireto, exigindo a preposição a. EXERCÍCIOS 1. Assinale a alternativa em que a regência verbal este em desacordo com a norma culta: a) A iniciativa da acusação desagradou ao cliente. b) Os familiares da vítima aspiram a um resultado justo.

Leia mais

Professora Jaqueline Alice Cappellari(Gramática)

Professora Jaqueline Alice Cappellari(Gramática) VERBOS TRANSITIVOS INDIRETOS E OBJETOS INDIRETOS Alunas: Yohana Pereira Passos Victoria Prado Maria Eduarda Veras 2 A COLÉGIO GERAÇÃO Professora Jaqueline Alice Cappellari(Gramática) Objetivos Identificar,

Leia mais

Chamei-o idiota. Chamei-lhe idiota. Chamei-o de idiota. Chamei-lhe de idiota.

Chamei-o idiota. Chamei-lhe idiota. Chamei-o de idiota. Chamei-lhe de idiota. b) Transitivo seguido de predicativo do objeto, com o sentido de denominar, qualificar, admite quatro regências diferentes: Chamei-o idiota. Chamei-lhe idiota. Chamei-o de idiota. Chamei-lhe de idiota.

Leia mais

Regência Verbal . VERBO INTRANSITIVO . VERBO DE LIGAÇÃO . VERBO TRANSITIVO. Não exige preposição. Exige preposição . VERBO TRANSITIVO DIRETO

Regência Verbal . VERBO INTRANSITIVO . VERBO DE LIGAÇÃO . VERBO TRANSITIVO. Não exige preposição. Exige preposição . VERBO TRANSITIVO DIRETO Regência Verbal VERBO --> ALGO VERBO --> com ALGO / de ALGO por ALGO / em ALGO para ALGO / a ALGO. VERBO INTRANSITIVO. VERBO DE LIGAÇÃO. VERBO TRANSITIVO. VERBO TRANSITIVO DIRETO Não exige preposição.

Leia mais

Substitua a expressão em destaque pela forma verbal apropriada do verbo entre parênteses. Faça todas as modificações necessárias:

Substitua a expressão em destaque pela forma verbal apropriada do verbo entre parênteses. Faça todas as modificações necessárias: Regência Verbal Substitua a expressão em destaque pela forma verbal apropriada do verbo entre parênteses. Faça todas as modificações necessárias: a) Nunca sorvi perfume tão agradável! (aspirar) b) Desejamos

Leia mais

CLASSES GRAMATICAIS E TERMOS DA ORAÇÃO. Revisão

CLASSES GRAMATICAIS E TERMOS DA ORAÇÃO. Revisão CLASSES GRAMATICAIS E TERMOS DA ORAÇÃO Revisão CLASSES DE PALAVRAS A morfologia está agrupada em dez classes, denominadas classes de palavras ou classes gramaticais. São elas: Substantivo Artigo, Adjetivo,

Leia mais

REVISÃO PARA A 3ª BIMESTRAL

REVISÃO PARA A 3ª BIMESTRAL PROFESSOR(A): DISCIPLINA: ALUNO(A): Nº SÉRIE: TURMA: TURNO: DATA: / /2017. SINTAXE DE REGÊNCIA Regência Verbal e Nominal REVISÃO PARA A 3ª BIMESTRAL Dá-se o nome de regência à relação de subordinação que

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves Termos Integrantes da Oração Introdução São termos que servem para complementar o sentido de certos verbos ou nomes, pois seu significado só se completa com a presença de tais termos. Os termos integrantes

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PEDRO HENRIQUE (PH)

LÍNGUA PORTUGUESA PEDRO HENRIQUE (PH) LÍNGUA PORTUGUESA PEDRO HENRIQUE (PH) Introdução ao Estudo do Predicado... PREDICADO Aquilo que é dito em relação ao sujeito*; tudo na oração, exceto o sujeito. Exemplos Paulo comprou um livro. A aluna

Leia mais

TERMOS INTEGRANTES. São os termos que se relacionam a um verbo ou a um nome,completando-lhes o sentido.

TERMOS INTEGRANTES. São os termos que se relacionam a um verbo ou a um nome,completando-lhes o sentido. TERMOS INTEGRANTES São os termos que se relacionam a um verbo ou a um nome,completando-lhes o sentido. 1. OBJETO DIRETO: complemento que se liga ao verbo sem preposição. Exemplos: Dois incêndios destruíram

Leia mais

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem...

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem... Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais

Profª: Adriana Figueiredo Língua Portuguesa INSS AULAS DE 21 A 25. Língua Portuguesa INSS Professora: Adriana Figueiredo

Profª: Adriana Figueiredo Língua Portuguesa INSS AULAS DE 21 A 25. Língua Portuguesa INSS Professora: Adriana Figueiredo Professora: Adriana Figueiredo 1 de 17 CONCORDÂNCIA NOMINAL 1) É bom, é proibido, é permitido, é necessário...:se o substantivo não vier determinado, o adjetivo fica invariável. Ex.: Entrada é proibido.

Leia mais

COLOCAÇÃO PRONOMINAL PARA QUE SABER? Professora Cristiane Lourenço

COLOCAÇÃO PRONOMINAL PARA QUE SABER? Professora Cristiane Lourenço COLOCAÇÃO PRONOMINAL PARA QUE SABER? Professora Cristiane Lourenço Os pronomes pessoais subdividem-se em dois grupos: PESSOA DO DISCURSO PRONOMES PESSOAIS DO CASO RETO Função de sujeito PRONOMES PESSOAIS

Leia mais

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Vocativo Tipos de predicado COMPLEMENTO NOMINAL OU ADJUNTO

Leia mais

SINTAXE. Acesse e veja nossos produtos:

SINTAXE. Acesse e veja nossos produtos: SINTAXE Veja várias dicas de português para facilitar seu aprendizado. Saiba de forma clara e objetiva muitos termos da sintaxe e tire suas dúvidas sobre os principais temas voltados à sintaxe. Este material

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL

EXERCÍCIOS DE REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL EXERCÍCIOS DE REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL 1. (INAZ do Pará / CORE-PE Assistente Jurídico 2019) Na oração Vídeos e jogos permitem interações com as palavras de forma divertida o verbo é: A) Transitivo direto.

Leia mais

Língua Portuguesa Mara Rúbia

Língua Portuguesa Mara Rúbia Língua Portuguesa Mara Rúbia Regência nominal é o nome da relação existente entre um nome (substantivo, adjetivo ou advérbio) e os termos regidos por esse nome. Determina se os seus complementos são acompanhados

Leia mais

Sintaxe Regência Verbal e Nominal

Sintaxe Regência Verbal e Nominal Sintaxe Regência Verbal e Nominal 12 Marc Garrido i Puig Edmon Neto de Oliveira Fonte: www.sxc.hu e-tec Brasil Português Instrumental META Apresentar as relações de dependência entre os vocábulos. OBJETIVOS

Leia mais

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23 Sumário... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância nominal)

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Predicação verbal e sintaxe do período simples

Leia mais

PORTUGUES CONCORDÂNCIA NOMINAL. O adjetivo novo concorda em número com o substantivo mais próximo (cinema).

PORTUGUES CONCORDÂNCIA NOMINAL. O adjetivo novo concorda em número com o substantivo mais próximo (cinema). CONCORDÂNCIA NOMINAL A concordância nominal estuda as modificações que as palavras que não são verbos devem sofrer para se ajustarem ao nome (substantivo) a que estão relacionadas. REGRA GERAL Veja: O

Leia mais

Regência. Nominal. Curso/Disciplina: Português para Concurso (Regência) Aula: 03 Professor (a): André Moraes Monitor (a): Fabiana Pimenta.

Regência. Nominal. Curso/Disciplina: Português para Concurso (Regência) Aula: 03 Professor (a): André Moraes Monitor (a): Fabiana Pimenta. Página1 Regência Nominal Curso/Disciplina: Português para Concurso (Regência) Aula: 03 Professor (a): André Moraes Monitor (a): Fabiana Pimenta Aula 03 Revisão das últimas aulas: Morar Intransitivo (pede

Leia mais

7 - CESGRANRIO TRANSPETRO - Técnico de Enfermagem do Trabalho Considere a frase. O chefe de vários departamentos identifica a mudança no

7 - CESGRANRIO TRANSPETRO - Técnico de Enfermagem do Trabalho Considere a frase. O chefe de vários departamentos identifica a mudança no 7 - CESGRANRIO - 2011 - TRANSPETRO - Técnico de Enfermagem do Trabalho Considere a frase. O chefe de vários departamentos identifica a mudança no cenário da informática. A palavra identifica pode ser substituída,

Leia mais

Sumário. Edital sistematizado Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português PARTE 1

Sumário. Edital sistematizado Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português PARTE 1 Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais