MANUAL DE PROCESSOS AMB07A - PROVER EXA- MES DE IMAGEM AO PACIEN- TE AMBULATORIAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE PROCESSOS AMB07A - PROVER EXA- MES DE IMAGEM AO PACIEN- TE AMBULATORIAL"

Transcrição

1 MANUAL DE PROCESSOS AMB07A - PROVER EXA- MES DE IMAGEM AO PACIEN- TE AMBULATORIAL

2 SUMÁRIO GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS)... 3 I. OBJETIVO DO PROCESSO... 5 II. ÁREAS ENVOLVIDAS... 5 III. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES... 5 IV. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL... 7

3 GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS) AGHU: Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários; RIS: Sistema de Exames por imagem; BPA: Boletim de Produção Ambulatorial;

4 CONTROLE DE VERSÕES VERSÃO RESPONSÁVEL DATA DE ALTERAÇÃO HISTÓRICO DE ALTERAÇÃO Versão 1.0 Escritório de Processos e Projetos do HC/UFTM- Filial Ebserh/ SGPTI 21/01/2016 Versão 2.0 Versão 3.0 CONTROLE DE APROVAÇÕES EXECUÇÃO Escritório de Processos e Projetos do HC/UFTM-Filial Ebserh/ SGPTI VALIDAÇÃO APROVAÇÃO

5 I. OBJETIVO DO PROCESSO Este processo garante o provimento de ao paciente ambulatorial. II. ÁREAS ENVOLVIDAS ATOR Ambulatório Central de Marcação de Consultas e Exames Recepção do Setor de Exames por Imagem Sala de Exames por Imagem Setor Processamento de Informação PARTICIPANTES Marcação de Exames, Funcionário Administrativo do Setor de Exames, Maqueiro do Setor de Exames Residente, Staff, Profissional de Enfermagem, Digitador Equipe do Setor de Processamento das Informações Assistenciais III. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES 1 # ATIVIDADES PARTICIPANTES REGRAS DE NEGÓCIO EMITIR solicitação O médico preenche a solicitação de de exames exames no AGHU 2 RECEBER solicitação de exames do ambulatório de marcação de exames recebe a solicitação de exames do paciente pelo AGHU. 3 VERIFICAR solicitações diversas do paciente de marcação de exames visualiza no AGHU ou recolhe/ recebe as solicitações diversas do paciente ambulatorial. 4 AGENDAR exame, de marcação de exames ou o médico agendam os exames no AGHU no horário disponível, sendo possível realizar os agendamentos em todos os dias úteis. Para os exames de alta complexidade o agendamento deve ser feito diretamente na Secretaria de Saúde.

6 5 ENTREGAR comprovante de agendamento de marcação de exames imprime e entrega ao paciente um documento que comprove o agendamento do exame. 6 INFORMAR preparos de marcação de exames informa ao paciente ambulatorial os preparos para a realização do exame. É emitido um documento por escrito e entregue ao paciente, além de ser feita uma explicação verbal, para que ele chegue preparado no dia do exame. 7 RECEBER paciente ambulatorial O funcionário administrativo do setor de recebe o paciente. Os agendamentos são feitos por horários exatos em todos os dias úteis. 8 RECOLHER comprovante de agendamento e requisição médica Maqueiro do Setor de Exames de Imagem de Exames de Imagem recolhe do paciente ambulatorial o documento de agendamento reconhecido pelo hospital e verifica o seu agendamento. 9 ENTREGAR protocolo com a data do resultado de Exames de Imagem entrega o protocolo com a data do resultado. 10 CONFIRMAR agendamento de Exames de Imagem lança o atendimento no AGHU. 11 VERIFICAR se exame necessita de preparativos, Profissional de Enfermagem O profissional de enfermagem ou o médico analisam se algum exame necessita de preparativos. A análise é realizada de acordo com os protocolos de cada exame. 12 ADMINISTRAR medicamentos para exame, Profissional de Enfermagem Caso algum exame necessite de medicamento, o médico e/ou enfermeiro e/ou o técnico de enfermagem o administram. 13 REALIZAR exame, Profissional de Enfermagem O médico e/ou enfermeiro e/ou o técnico de enfermagem realizam o exame.

7 14 LAUDAR exame Residente, Staff, Digitador O lauda o exame no RIS, baseado no resultado e no histórico de exames no sistema. O médico radiologista compara o resultado do exame com o histórico do paciente no RIS para ver a evolução do objeto do estudo radiológico. 15 ASSINAR laudo O avalia o laudo do exame e autentica com sua assinatura eletrônica. 16 DISPONIBILIZAR laudo de Exames de Imagens disponibiliza o laudo na intranet através do AGHU e imprime os resultados dos exames no momento em que o paciente comparecer para buscá-lo. 17 PROCESSAR produção assistencial do Boletim de Produção Ambulatorial Processo de Interface Processo de processamento de informação assistencial da produção do setor de exames. IV. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL PORTARIA Nº 3.965, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2010; PORTARIA Nº 2.048, DE 3 DE SETEMBRO DE ANEXO XXVII AO XXX; RDC Nº 38, DE 4 DE JUNHO DE 2008; PORTARIA Nº 400, DE 06 DE DEZEMBRO DE 1977; PORTARIA Nº 2.048, DE 3 DE SETEMBRO DE ANEXO XI AO XX.

MANUAL DE PROCESSOS AMB07B - PROVER EXA- MES DE IMAGEM AO PACIEN- TE INTERNADO

MANUAL DE PROCESSOS AMB07B - PROVER EXA- MES DE IMAGEM AO PACIEN- TE INTERNADO MANUAL DE PROCESSOS AMB07B - PROVER EXA- MES DE IMAGEM AO PACIEN- TE INTERNADO SUMÁRIO GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS)... 3 I. OBJETIVO DO PROCESSO... 5 II. ÁREAS ENVOLVIDAS... 5 III. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES...

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS AMB06B - PROVER EXA- MES LABORATORIAIS AO PA- CIENTE INTERNADO

MANUAL DE PROCESSOS AMB06B - PROVER EXA- MES LABORATORIAIS AO PA- CIENTE INTERNADO MANUAL DE PROCESSOS AMB06B - PROVER EXA- MES LABORATORIAIS AO PA- CIENTE INTERNADO SUMÁRIO GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS)... 3 I. OBJETIVO DO PROCESSO... 5 II. ÁREAS ENVOLVIDAS... 5 III. DESCRIÇÃO DAS

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS ENG04 - REALIZAR MANU- TENÇÃO PREVENTIVA EQ. MÉDICO-HOSPITALARES

MANUAL DE PROCESSOS ENG04 - REALIZAR MANU- TENÇÃO PREVENTIVA EQ. MÉDICO-HOSPITALARES MANUAL DE PROCESSOS ENG04 - REALIZAR MANU- TENÇÃO PREVENTIVA EQ. MÉDICO-HOSPITALARES SUMÁRIO GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS)... Erro! Indicador não definido. I. OBJETIVO DO PROCESSO... 5 II. ÁREAS ENVOLVIDAS...

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS INF03 - ACOMPANHAR PROJETO DE OBRA

MANUAL DE PROCESSOS INF03 - ACOMPANHAR PROJETO DE OBRA MANUAL DE PROCESSOS INF03 - ACOMPANHAR PROJETO DE OBRA SUMÁRIO GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS)... Erro! Indicador não definido. I. OBJETIVO DO PROCESSO... 5 II. ÁREAS ENVOLVIDAS... 5 III. DESCRIÇÃO DAS

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS EME02 - TRANSFERIR PACI- ENTE DO PRONTO SOCORRO PARA UNID. ASSISTENCIAL

MANUAL DE PROCESSOS EME02 - TRANSFERIR PACI- ENTE DO PRONTO SOCORRO PARA UNID. ASSISTENCIAL MANUAL DE PROCESSOS EME02 - TRANSFERIR PACI- ENTE DO PRONTO SOCORRO PARA UNID. ASSISTENCIAL SUMÁRIO GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS)... 3 I. OBJETIVO DO PROCESSO... 5 II. ÁREAS ENVOLVIDAS... 5 III. DESCRIÇÃO

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS EME01 - INTERNAR PACIENTE DO PRONTO SOCORRO

MANUAL DE PROCESSOS EME01 - INTERNAR PACIENTE DO PRONTO SOCORRO MANUAL DE PROCESSOS EME01 - INTERNAR PACIENTE DO PRONTO SOCORRO SUMÁRIO GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS)... 3 I. OBJETIVO DO PROCESSO... 5 II. ÁREAS ENVOLVIDAS... 5 III. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES... 5 IV.

Leia mais

CONSULTAS E EXAMES. Executante Consultas

CONSULTAS E EXAMES. Executante Consultas CONSULTAS E EXAMES Executante Consultas SUMÁRIO 1. EXECUTANTE CONSULTAS... 3 2. TELA DE ACESSO AO SISTEMA... 3 3. REGISTRO DE ATENDIMENTO... 5 4. SOLICITAÇÃO DE RETORNO E/OU ENCAMINHAMENTO... 6 Dezembro/2015

Leia mais

SEGUE O FLUXO DO PROCESSO

SEGUE O FLUXO DO PROCESSO Profissional DISPONIBILIZAMOS AO SERVIDOR DA CATEGORIA FUNCIONAL TÉCNICO ADMINISTRATIVO O FLUXO DO PROCESSO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL POR CAPACITAÇÃO INSTITUÍDO PELA LEI 11.091/05 ATIVIDADE (entrada com

Leia mais

XXXXXXX. Todos os técnicos responsáveis pelas atividades de inspeção em indústrias de medicamentos.

XXXXXXX. Todos os técnicos responsáveis pelas atividades de inspeção em indústrias de medicamentos. NOME DO X 1/6 // 1 INTRODUÇÃO O passo seguinte à aprovação de um documento do sistema de qualidade, para que ele possa realmente se tornar efetivo, é o treinamento de todos os envolvidos na execução das

Leia mais

Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0

Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0 Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0 Manual do Usuário - Médico Versão 0.0 Histórico da Revisão DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 23/0/202 0.00 Criação do manual Silvio Zequinão 25/02/204 0.0 Revisão

Leia mais

MEDICAMENTO DE USO PRÓPRIO - DOMICILIAR

MEDICAMENTO DE USO PRÓPRIO - DOMICILIAR 1 de 5 PROTOCOLO Data de Emissão: Histórico de Revisão / Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 1.00 Proposta CESC, FA, LAS, RFC. 1 Objetivo Validar Estabelecer processo de segurança para o paciente

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS SUP12 - DISTRIBUIR PRO- DUTOS PARA SAÚDE

MANUAL DE PROCESSOS SUP12 - DISTRIBUIR PRO- DUTOS PARA SAÚDE MANUAL DE PROCESSOS SUP12 - DISTRIBUIR PRO- DUTOS PARA SAÚDE SUMÁRIO GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS)... 3 I. OBJETIVO DO PROCESSO... 5 II. ÁREAS ENVOLVIDAS... 5 III. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES... 5 IV.

Leia mais

Sistema AGHU. Manual da Enfermagem. Versão 4.0

Sistema AGHU. Manual da Enfermagem. Versão 4.0 Sistema AGHU Manual da Enfermagem Versão 4.0 Data: 11/08/2016 Pacientes Internados A enfermagem poderá acompanhar os pacientes internados e situação dos leitos através do censo diário da sua unidade. 1)

Leia mais

1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para elaboração e controle dos documentos e registros do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ).

1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para elaboração e controle dos documentos e registros do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ). Sistema de Gestão da Qualidade SUPERINTENDÊNCIA DE VAPT VUPT E ATENDIMENTO AO PÚBLICO PROCEDIMENTO DE CONTROLE DE DOCUMENTOS E REGISTROS Responsável: Juliana Maria Gomes de Almeida Alves Cópia Controlada

Leia mais

1. PROCESSO DE PREPARAÇÃO PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO OU TESE

1. PROCESSO DE PREPARAÇÃO PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO OU TESE PROCEDIMENTOS PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO/TESE E DIPLOMAÇÃO STRICTO SENSU 1. PROCESSO DE PREPARAÇÃO PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO OU TESE Aluno: Após integralizar os requisitos necessários para obtenção do

Leia mais

CARTILHA APH. A Comissão, nomeada em portaria pelo Superintendente, é composta pelos seguintes membros:

CARTILHA APH. A Comissão, nomeada em portaria pelo Superintendente, é composta pelos seguintes membros: CARTILHA APH Manual de orientações do servidor público federal para a realização do Adicional de Plantão Hospitalar no HC-UFTM/Filial Ebserh Composição da Comissão de Gestão da Carga Horária dos Profissionais

Leia mais

FLUXO INTERNO DE REVALIDAÇÃO / RECONHECIMENTO DE DIPLOMAS ESTRANGEIROS (TRÂMITE ADMINISTRATIVO DE ABERTURA DO PROCESSO)

FLUXO INTERNO DE REVALIDAÇÃO / RECONHECIMENTO DE DIPLOMAS ESTRANGEIROS (TRÂMITE ADMINISTRATIVO DE ABERTURA DO PROCESSO) (TRÂMITE ADMINISTRATIVO DE ABERTURA DO PROCESSO) 1. Recepção da documentação; 2. Conferência e autenticação dos documentos; 3. Elaboração de CI para abertura de processo; 4. Envio de e-mail aos diretores

Leia mais

FUNDAÇÃO AJURI CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA DO QUADRO DE PESSOAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DO ALTO ALEGRE

FUNDAÇÃO AJURI CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA DO QUADRO DE PESSOAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DO ALTO ALEGRE EDITAL N.º 008/2014 Boa Vista, 25 de março 2014. A Fundação Ajuri de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Roraima, no uso de suas atribuições regimentais e em conformidade com o Edital N.º

Leia mais

P R O C E D I M E N T O O P E R A C I O N A L P A D R Ã O

P R O C E D I M E N T O O P E R A C I O N A L P A D R Ã O Encaminhamos pela presente, Norma e Procedimento que implanta e define a sistemática de do HOSPITAL SANTA ROSA. Controle Nome/Cargo Assinatura Elaborado por: Revisado por: Aprovado por: Allessandra Craice

Leia mais

1/5 Título: ENTREGA E RECEBIMENTO DE PROCESSOS

1/5 Título: ENTREGA E RECEBIMENTO DE PROCESSOS 1/5 Unidade de Aplicação: DDCP Departamento de Distribuição e Controle Processual Objetivo: Responsável(is) envolvido(s): Servidor (motorista), Servidores, e estagiários do Departamento de Distribuição

Leia mais

Realizar o controle diário dos veículos, de viagens e atividades dos motoristas da UFBA

Realizar o controle diário dos veículos, de viagens e atividades dos motoristas da UFBA Unidade Universidade Federal da Bahia Pró-Reitoria de Administração Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Processo Nº de folhas 1 de 6 Glossário de Termos e Siglas CGA

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS AVALIAR DESEMPENHO DE CONTRATADA

MANUAL DE PROCEDIMENTOS AVALIAR DESEMPENHO DE CONTRATADA MP080.100.030.160.040 1/11 MANUAL DE PROCEDIMENTOS AVALIAR DESEMPENHO DE CONTRATADA ESTA FOLHA ÍNDICE INDICA EM QUE REVISÃO ESTÁ CADA FOLHA NA EMISSÃO CITADA R. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 R. 0 1 2

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 01/2016

PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 01/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 01/2016 MATERNIDADE NASCER CIDADÃO O Diretor Executivo da FUNDAHC, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, comunica a realização de processo seletivo para os cargos abaixo

Leia mais

Exemplos Práticos de Eficiência em Instituições de Saúde: A Experiência do Hospital das Clínicas da UFMG

Exemplos Práticos de Eficiência em Instituições de Saúde: A Experiência do Hospital das Clínicas da UFMG Exemplos Práticos de Eficiência em Instituições de Saúde: A Experiência do Hospital das Clínicas da UFMG Quem somos: Hospital universitário público, geral, credenciado para atendimento a todas as especialidades

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DO PESSOAL NA SALA DE OBSERVAÇÃO ( AMARELOS E VERDES )

ATRIBUIÇÕES DO PESSOAL NA SALA DE OBSERVAÇÃO ( AMARELOS E VERDES ) ATRIBUIÇÕES DO PESSOAL NA SALA DE OBSERVAÇÃO ( AMARELOS E VERDES ) DO SERVIÇO MÉDICO da emergência: Receber o paciente na sala de observação ( amarelos e verdes ), priorizando-o em relação aos consultórios

Leia mais

CATEGORIAS DE RENDA BRUTA (Limites máximos) 100% 125% 150% 175% 185% 200% 250% 300% 400% 500%

CATEGORIAS DE RENDA BRUTA (Limites máximos) 100% 125% 150% 175% 185% 200% 250% 300% 400% 500% Assistência financeira - Sumário A Montefiore Medical Center reconhece que existem momentos em que os s terão dificuldades em pagar pelos serviços prestados. O Auxílio financeiro oferece descontos para

Leia mais

Associação Paranaense de Cultura Centro de Educação Profissional Irmão Mário Cristóvão-TECPUC

Associação Paranaense de Cultura Centro de Educação Profissional Irmão Mário Cristóvão-TECPUC EDITAL N.º 01/2016 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS TÉCNICOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO O Centro de Educação Profissional Irmão Mário Cristóvão - TECPUC, mantido pela

Leia mais

Manual de Folha de Ponto

Manual de Folha de Ponto T Manual de Folha de Ponto Processos e Conformidade Dezembro/2014 Rev.0 1 SUMÁRIO 1 OBJETIVO...3 2 ABRANGÊNCIA...3 3 DESENHO...4 4 PASSO A PASSO...6 5 FUNÇÕES E RESPONSABILIDADES...9 6 BANCO DE HORAS...10

Leia mais

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO 01/2011 DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU DE TESE DE DOUTORADO

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO 01/2011 DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU DE TESE DE DOUTORADO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Pós-Graduação Coordenadoria Acadêmica Avenida dos Estados, 5001 Bairro Bangu Santo André - SP CEP 09210-580 PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO

Leia mais

Regras de Negócio. Grupo 01 - Systrack 1

Regras de Negócio. Grupo 01 - Systrack 1 Regras de Negócio Versão 1.5 Junho/2011 Grupo 01 - Systrack 1 Sumário 1. Introdução... 4 1.1. Convenções, termos e abreviações... 4 1.2. Referências... 4 2. Regras de Negócios... 4 2.1. Regra de negócio

Leia mais

Portal do Docente. Veja abaixo o esquema de funcionalidades disponíveis. Apenas os docentes e

Portal do Docente. Veja abaixo o esquema de funcionalidades disponíveis. Apenas os docentes e Portal do Docente Os professores da instituição poderão cadastrar manifestações para a ouvidoria e acompanhá-las. Além disso, podem ser designados para dar uma resposta para manifestações cadastradas por

Leia mais

Rua Imaculada Conceição, 1155 Prado Velho Curitiba, Paraná CEP: Fone (41)

Rua Imaculada Conceição, 1155 Prado Velho Curitiba, Paraná CEP: Fone (41) 1 EDITAL N.º 02/2016 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA O CURSO LIVRE DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA O Mário Cristóvão - TECPUC, mantido pela, torna pública a abertura do processo de matrícula para

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS SUP01 - PLANEJAR COM- PRA

MANUAL DE PROCESSOS SUP01 - PLANEJAR COM- PRA MANUAL DE PROCESSOS SUP01 - PLANEJAR COM- PRA SUMÁRIO GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS)... 3 I. OBJETIVO DO PROCESSO... 5 II. ÁREAS ENVOLVIDAS... 5 III. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES... 5 IV. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL...

Leia mais

Turmas exclusivas com aulas ministradas no turno da Tarde.

Turmas exclusivas com aulas ministradas no turno da Tarde. 1. CURSOS OFERECIDOS PARA 2017 1.1. O interessado em participar do Processo de Admissão do APOGEU deve se inscrever pelo site e escolher o curso disponível em uma unidade APOGEU. 1.2. O APOGEU oferece

Leia mais

No. Revisão Data. Autor TRATAMENTO DE APELAÇÕES, RECLAMAÇÕES, DISPUTAS E DENÚNCIAS.

No. Revisão Data. Autor TRATAMENTO DE APELAÇÕES, RECLAMAÇÕES, DISPUTAS E DENÚNCIAS. Procedimentos Operacionais No. Revisão Data 1764/00 08 30/04/2012 SGS do Brasil Ltda. Manual de Procedimentos Industrial Autor Aprovado por Fabiane Vencato Marcelo Stenzel TRATAMENTO DE APELAÇÕES, RECLAMAÇÕES,

Leia mais

Manual do Token Modelos: Prata ou Preto Julho / 2016

Manual do Token Modelos: Prata ou Preto Julho / 2016 Manual do Token Modelos: Prata ou Preto Julho / 2016 APRESENTAÇÃO Este documento foi criado pela Coordenação de Apoio ao Usuário com o objetivo de auxiliar os magistrados e servidores do Tribunal Regional

Leia mais

Manual do Médico Prescritor

Manual do Médico Prescritor Manual do Médico Prescritor Índice 1. Acesso à Plataforma... 3 2. Prescrição Eletrónica... 4 2.1 Selecionar Utente... 5 2.2 Selecionar Medicamento... 7 2.3 Previsualizar e Emitir a Receita... 12 3. Prescrições

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO Procuradoria de Justiça Especializada na Defesa da Cidadania e do Consumidor

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO Procuradoria de Justiça Especializada na Defesa da Cidadania e do Consumidor Dados de Identificação Questionário PSF Equipe de Saúde da Família Nome da unidade visitada:...data da visita:... Endereço:... Bairro:...Telefone:... Nome do(a) responsável pela Unidade de Saúde:... Qualificação

Leia mais

Solicitação de Bolsas e Auxílios/Recebimento de Documentos

Solicitação de Bolsas e Auxílios/Recebimento de Documentos ADMINISTRATIVO - PROAE Solicitação de Bolsas e Auxílios/Recebimento de Documentos 1º: Acessar o SIGA 3 e clicar no ícone Apoio Estudantil para preencher o formulário socioeconômico. Obs.: Durante o preenchimento

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Serviços em Estética - SisGSE

Sistema de Gerenciamento de Serviços em Estética - SisGSE BELLA DONNA CENTRO DE ESTÉTICA Sistema de Gerenciamento de Serviços em Estética - SisGSE Documento de Protótipo UC011 Manter Agendamento Versão 2.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 20/11/2010

Leia mais

Gestão de Eventos. 5ª Câmara de Coordenação e Revisão - Combate à Corrupção Manual de Normas e Procedimentos - MNP 04

Gestão de Eventos. 5ª Câmara de Coordenação e Revisão - Combate à Corrupção Manual de Normas e Procedimentos - MNP 04 Gestão de Eventos 5ª Câmara de Coordenação e Revisão - Combate à Corrupção Manual de Normas e Procedimentos - MNP 04 Sumário GESTÃO DE EVENTOS 1 Apresentação.3 GESTÃO DE EVENTOS.4 Elementos do processo

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA 1 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA 2 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA O Trabalho de Conclusão de

Leia mais

Cadastro NIS - Cadastramento do Trabalhador em Lote

Cadastro NIS - Cadastramento do Trabalhador em Lote Cadastro NIS - Cadastramento do Trabalhador em Lote Produto : Logix 10.02 Folha de Pagamento Chamado : TPYYP3 Data da criação : 01/09/2014 Data da revisão : 29/09/2014 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados

Leia mais

SEGURANÇA PARA TERCEIROS

SEGURANÇA PARA TERCEIROS 1 de 8 PROTOCOLO Data de Emissão: Histórico de revisão e Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 1.00 Proposta inicial J.S.C 1 Objetivo Este protocolo fixa os requisitos a serem observados quando

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO A POLÍTICA ESTADUAL DE REGULAÇÃO E A CROSS

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO A POLÍTICA ESTADUAL DE REGULAÇÃO E A CROSS A POLÍTICA ESTADUAL DE REGULAÇÃO E A CROSS 13/08/2013 Portaria GM/MS 399/2006 diretrizes do pacto pela saúde. Portaria GM/MS 1.559/2008 institui a Política Nacional de Regulação do Sistema Único de Saúde.

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO CONJUNTA Nº 4-CEPE-CAD/UNICENTRO, DE 17 DE AGOSTO DE 2010. Aprova o Regulamento para Emissão de Certificados da UNICENTRO. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber

Leia mais

Política de Avaliação Fisioterapêutica dos Pacientes e Continuidade do Cuidado NORMA Nº 001

Política de Avaliação Fisioterapêutica dos Pacientes e Continuidade do Cuidado NORMA Nº 001 1- Objetivo Página: 1/10 Estabelecer plano de cuidado e prestar atendimento fisioterapêutico às necessidades imediatas e continuadas do paciente interno e externo. 2- Definições 2.1 Plano de cuidado: visa

Leia mais

Procedimentos de Gestão da Qualidade. NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA Dr. Renato L. Filho. Coordenador da Qualidade. Supervisora da Qualidade

Procedimentos de Gestão da Qualidade. NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA Dr. Renato L. Filho. Coordenador da Qualidade. Supervisora da Qualidade Versão: 1 Pág: 1/5 ELABORADO POR DE ACORDO APROVADO POR NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA Dr. Renato L. Filho Coordenador da Qualidade 22/08/2016 Dra. Débora Salles Supervisora da Qualidade 22/08/2016 Dr. Renato

Leia mais

Catálogo de Serviços. Atendimento ao corretor

Catálogo de Serviços. Atendimento ao corretor Catálogo de Serviços Atendimento ao corretor 2015 1 Operações Vida Emissão de Proposta Cobrança e Comissões Catálogo de Serviços Atendimento ao Corretor Cadastro de Corretores Um corretor habilitado na

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ - UFOPA INSTITUTO DE ENGENHARIAS E GEOCIÊNCIAS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ - UFOPA INSTITUTO DE ENGENHARIAS E GEOCIÊNCIAS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ - UFOPA INSTITUTO DE ENGENHARIAS E GEOCIÊNCIAS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO RESOLUÇÃO COLEGIADO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 01 / 2014 - DE 10

Leia mais

GUIA DE SOLICITAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1º semestre de 2016

GUIA DE SOLICITAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1º semestre de 2016 GUIA DE SOLICITAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1º semestre de 2016 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE BOTUCATU Fevereiro 2016 R0 Objetivo do Guia: Demonstrar o processo para elaboração de

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Campus Osasco

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Campus Osasco UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO UNIFESP ESCOLA PAULISTA DE POLÍTICA, ECONOMIA E NEGÓCIOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Osasco 2016 1 CAPÍTULO I - DA CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

Patrícia Santiago Carvalho Supervisora Bloco Operatório Patrícia do Carmo Lourenço Enfermeira da Central de Material e Esterilização

Patrícia Santiago Carvalho Supervisora Bloco Operatório Patrícia do Carmo Lourenço Enfermeira da Central de Material e Esterilização Patrícia Santiago Carvalho Supervisora Bloco Operatório Patrícia do Carmo Lourenço Enfermeira da Central de Material e Esterilização Unimed São José dos Campos - SP INTRODUÇÃO A origem da Campanha Cirurgias

Leia mais

Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso

Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso Atendimento Expresso Para facilitar o seu dia-a-dia na instituição a ETEP Faculdades disponibiliza o ATENDIMENTO EXPRESSO. Para acessar o Atendimento

Leia mais

DECISÃO COREN/CE Nº 061/2013

DECISÃO COREN/CE Nº 061/2013 DECISÃO COREN/CE Nº 061/2013 APROVA O REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NOS CURSOS REALIZADOS PELO COREN/CE E DÁ OUTRAS PROVIDENCIAS. O Conselho Regional de Enfermagem do Ceará COREN/CE, no uso de suas atribuições

Leia mais

PQ /04/

PQ /04/ PQ.06 03 02/04/2013 1-5 1. OBJETIVO Estabelecer sistematica para o processo de solicitação, análise crítica e preparação para a avaliação da conformidade. 2. DEFINIÇÕES Modelo de Avaliação da Conformidade:

Leia mais

Manual de Sinistro. BB Seguro Agrícola

Manual de Sinistro. BB Seguro Agrícola Manual de Sinistro BB Seguro Agrícola Julho 2016 1 Sumário INTRUÇÕES PARA AVISO E ACOMPANHAMENTO DE SINISTRO... 3 ANEXO I - LISTA DE DOCUMENTOS QUE DEVEM SER ENTREGUES PARA ANÁLISE DO SINISTRO. 5 ANEXO

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE DIPLOMAS DE MESTRADO

ORIENTAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE DIPLOMAS DE MESTRADO ORIENTAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE DIPLOMAS DE MESTRADO Aos discentes que concluíram com êxito um dos cursos de pós-graduação em nível de Mestrado na UNILAB, informamos que já é possível solicitar seu diploma

Leia mais

Execute e controle de uma forma eficaz toda a gestão da sua oficina.

Execute e controle de uma forma eficaz toda a gestão da sua oficina. SOLUAUTO BENEFÍCIOS Muito fácil de utilizar; Solução embebida no PHC; Múltiplas funcionalidades orientadas para oficinas; Controlo on-line da actividades dos funcionários. CARACERÍSTICAS Folhas de Obra

Leia mais

Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica

Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica Sumá rio 1. Acesso aos Serviços Exclusivos...3 2. Acesso à Agenda...4 3. Inclusão de Horários de Atendimento...6 4. Informação de Ausência...10 5.

Leia mais

MATRÍCULAS PARA EFETIVAR A MATRÍCULA:

MATRÍCULAS PARA EFETIVAR A MATRÍCULA: MATRÍCULAS A Secretaria Acadêmica é responsável pelo ingresso, registro, controle acadêmico e certificação da vida escolar. Responsabiliza-se pela realização da matrícula e organização da documentação

Leia mais

Documento de Visão Sistema de Apostas Palpite Certo

Documento de Visão Sistema de Apostas Palpite Certo Documento de Visão Sistema de Apostas Palpite Certo Versão do documento: 1.2 Data de atualização: 02 de Março de 2012 Sumário 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 RESUMO... 3 1.2 ESCOPO... 3 2 REQUISITOS... 4 2.1 REQUISITOS

Leia mais

Define-se Acreditação como um sistema de avaliação e certificação da qualidade de serviços de saúde, voluntário, periódico e reservado.

Define-se Acreditação como um sistema de avaliação e certificação da qualidade de serviços de saúde, voluntário, periódico e reservado. Define-se Acreditação como um sistema de avaliação e certificação da qualidade de serviços de saúde, voluntário, periódico e reservado. Uma maneira diferente de focar a avaliação. Processo interativo,

Leia mais

Regulamento de Uso dos Espaços Esportivos FACENS

Regulamento de Uso dos Espaços Esportivos FACENS Regulamento de Uso dos Espaços Esportivos FACENS Este documento regulamenta e explicita os critérios de uso dos espaços esportivos visando o acesso democrático para práticas de Qualidade de Vida dos usuários

Leia mais

6. PROCESSO PARA EXPEDIÇÃO DE DIPLOMA

6. PROCESSO PARA EXPEDIÇÃO DE DIPLOMA 6. PROCESSO PARA EXPEDIÇÃO DE DIPLOMA Após finalizado o curso, o aluno deve solicitar seu diploma à secretaria do Programa, que providenciará a abertura de um processo de solicitação de expedição de diploma,

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE SERVIÇO Divulgação:

SOLICITAÇÃO DE SERVIÇO Divulgação: SOLICITAÇÃO DE SERVIÇO Divulgação: 304-16 Em conformidade com o Regulamento de Compras e Contratações de Obras e Serviços da Organização Social de Cultura Associação Amigos do Projeto Guri, decreto nº.

Leia mais

EDITAL N.º 13/2014. Técnico em Administração - Integrado ao Ensino Médio Técnico em Informática - Integrado ao Ensino Médio

EDITAL N.º 13/2014. Técnico em Administração - Integrado ao Ensino Médio Técnico em Informática - Integrado ao Ensino Médio 1 EDITAL N.º 13/2014 O, mantido pela Associação Paranaense de Cultura, torna público o cancelamento do Edital nº04/2014 e publica o presente Edital que define as novas regras de abertura do processo de

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0 SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário Versão 1.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 05/08/2016 1.0 Criação do Artefato Eliene Carvalho MAPA/SE/SPOA/CGTI. Página 2 de

Leia mais

RDI-011. HC UFMG Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais. Relatório de Diagnóstico para Implantação

RDI-011. HC UFMG Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais. Relatório de Diagnóstico para Implantação HC UFMG Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais Relatório de Diagnóstico para Implantação RDI-011 Coordenadoria de Desenvolvimento de Sistemas da Informação DGPTI Diretoria de Gestão

Leia mais

Cadastro Nacional de Entidades de Assistência Social CNEAS. Manual de Utilização. Brasília, Abril 2014 V. 1.0

Cadastro Nacional de Entidades de Assistência Social CNEAS. Manual de Utilização. Brasília, Abril 2014 V. 1.0 Cadastro Nacional de Entidades de Assistência Social CNEAS Manual de Utilização Brasília, Abril 2014 V. 1.0 SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 GLOSSÁRIO... 3 APRESENTAÇÃO... 4 1- Como acessar o CNEAS?... 5 2- Como conferir

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS NO ESTADO DA BAHIA CORE-BA. Relação de Serviços e Prazos de Atendimento

CONSELHO REGIONAL DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS NO ESTADO DA BAHIA CORE-BA. Relação de Serviços e Prazos de Atendimento Relação de Serviços e Prazos de Atendimento Registros Presencial: 02-dias (certidão) e 15 dias (carteirinha ou certificado). Certidões Imediata Alteração contratual 05 dias úteis Cancelamento de Registro

Leia mais

EDITAL DE BOLSA DO PROJETO MILTON SANTOS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ( PROMISAES) 2013

EDITAL DE BOLSA DO PROJETO MILTON SANTOS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ( PROMISAES) 2013 EDITAL DE BOLSA DO PROJETO MILTON SANTOS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ( PROMISAES) 2013 A Pró-Reitoria de Graduação - PRG e a - DAE, no uso de suas atribuições, em conformidade com o disposto na Portaria

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS SUP10 - PAGAR FORNECE- DOR

MANUAL DE PROCESSOS SUP10 - PAGAR FORNECE- DOR MANUAL DE PROCESSOS SUP10 - PAGAR FORNECE- DOR SUMÁRIO GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS)... 3 I. OBJETIVO DO PROCESSO... 5 II. ÁREAS ENVOLVIDAS... 5 III. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES... 5 IV. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL...

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO TREINAMENTO A DISTÂNCIA. Versão Data Nome do autor Comentários

MANUAL DE INSTRUÇÃO TREINAMENTO A DISTÂNCIA. Versão Data Nome do autor Comentários MANUAL DE INSTRUÇÃO TREINAMENTO A DISTÂNCIA Histórico de Versão do Documento Versão Data Nome do autor Comentários 1.0 23/06/2013 Juliana 2.0 10/03/2014 Maria Lúcia Índice 1 Fluxo do Subprocesso...03 2

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO COM CLIENTES DE ENCOMENDAS

TERMO DE PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO COM CLIENTES DE ENCOMENDAS TERMO DE PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO COM CLIENTES DE ENCOMENDAS 1 OBJETO DO TERMO Com o intuito de retribuir a preferência dos clientes de serviços de encomendas dos CORREIOS que possuem

Leia mais

Relatório da Ouvidoria

Relatório da Ouvidoria Relatório da Ouvidoria Janeiro, Fevereiro e Março de 2015 Florianópolis, abril de 2015 Relatório da Ouvidoria A Ouvidoria é um elo entre a comunidade acadêmica e as instâncias administrativas da Instituição,

Leia mais

Instruir os procedimentos de preparação e realização de radiografia intrabucal periapical, interproximal e oclusal.

Instruir os procedimentos de preparação e realização de radiografia intrabucal periapical, interproximal e oclusal. Unidade Universidade Federal da Bahia Faculdade de Odontologia Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Processo 1 de 6 Glossário de Siglas e Termos AR Ambulatório de Radiologia

Leia mais

Boletim de Serviço. Nº 69, 25 de abril de Hucam - UFES

Boletim de Serviço. Nº 69, 25 de abril de Hucam - UFES Boletim de Serviço Nº 69, 25 de abril de 2016. Hucam - UFES EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES EBSERH HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CASSIANO ANTÔNIO MORAES Av. Marechal Campos, 1355 Santa Cecília CEP:

Leia mais

REITORIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 04/2008 NORMAS PARA DEPÓSITO E DISPONIBILIZAÇÃO DE TRABALHOS NA BIBLIOTECA

REITORIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 04/2008 NORMAS PARA DEPÓSITO E DISPONIBILIZAÇÃO DE TRABALHOS NA BIBLIOTECA REITORIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 04/2008 NORMAS PARA DEPÓSITO E DISPONIBILIZAÇÃO DE TRABALHOS NA BIBLIOTECA Aprovada no CONSEPE, na 5ª Sessão, realizada em 21 de maio

Leia mais

REQUISIÇÃO DE DOCUMENTOS

REQUISIÇÃO DE DOCUMENTOS Data versão inicial: Data versão vigente: 1/6 Unidade de Aplicação: Promotorias de do MP-PR. Objetivo do Processo: Responsável(is) envolvido(s): Secretarias, assessorias e promotores de justiça. Cumprimento

Leia mais

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANA BEZERRA. Nº 02/2015, 19 de janeiro de 2015

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANA BEZERRA. Nº 02/2015, 19 de janeiro de 2015 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANA BEZERRA Nº 02/2015, 19 de janeiro de 2015 Nº 1 De 30 de julho de 2013 SUPERINTENDÊNCIA... 4 PORTARIAS... 4 Portaria nº 026, de 14 de janeiro de 2015.... Erro! Indicador não

Leia mais

EDITAL 01/2016: SERINT/UNEB

EDITAL 01/2016: SERINT/UNEB UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA Autorização Decreto nº 9237/86. DOU 18/07/96. Reconhecimento: Portaria 909/95, DOU 01/08-95 SECRETARIA ESPECIAL DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Resolução nº 1027/2014. D.O. 02/04/2014.

Leia mais

POL-006 Política de Investimentos Pessoais

POL-006 Política de Investimentos Pessoais POL-006 Política de Investimentos Pessoais POL-006 Política de Investimentos Pessoais (versão 01/2016) Sumário 1. Objetivo... 1 2. Âmbito de Aplicação... 1 3. Considerações Gerais... 1 4. Vínculos... 1

Leia mais

Tipologia dos Estabelecimentos de Saúde

Tipologia dos Estabelecimentos de Saúde Tipologia dos Estabelecimentos de Saúde O Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde - CNES foi implantado em 29 de dezembro de 2000, através da Portaria SAS n.º 511. O CNES abrange a todos os estabelecimentos

Leia mais

Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional

Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Unidade Universidade Federal da Bahia Pró-Reitoria de Graduação Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Processo Identificação Versão Nº de folhas 1 de 5 Glossário de Termos

Leia mais

Cirurgia Segura-TIME OUT em Sala Operatória (SO)

Cirurgia Segura-TIME OUT em Sala Operatória (SO) Enfª Débora Cabral Nunes Hospital Unimed de Sorocaba Encontro Nacional Unimed de Recursos e Serviços Próprios e Jornadas Nacionais Unimed de Enfermagem, Nutrição e Farmácia Hospitalar 2011 Cirurgia Segura-TIME

Leia mais

Certificação Digital AB SISTEMAS

Certificação Digital AB SISTEMAS Certificação Digital AB SISTEMAS RDC 30/2015 Como Funciona a Certificação Digital? Índice Introdução... 04 Entendendo a RDC 30... 05 A Lei... 06 Certificado Digital... 07 Como adquirir o seu Certificado

Leia mais

PROTOCOLO DE EVASÃO. Data Versão/Revisões Descrição Autor 12/11/ Proposta inicial DP, AM, DL, MR

PROTOCOLO DE EVASÃO. Data Versão/Revisões Descrição Autor 12/11/ Proposta inicial DP, AM, DL, MR 1 de 9 PROTOCOLO Data de Emissão: Histórico de Revisão / Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 1.00 Proposta inicial DP, AM, DL, MR 1 Objetivo Resguardar direito do paciente em recusar tratamento

Leia mais

REGULAÇÃO NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS. Setembro/2010

REGULAÇÃO NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS. Setembro/2010 MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Regulação, Avaliação e Controle de Sistemas Coordenação Geral de Regulação e Avaliação REGULAÇÃO NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS Setembro/2010

Leia mais

Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL. Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006

Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL. Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006 Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006 DOU de 20.3.2006 Aprova o Programa Gerador de Documentos do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica -

Leia mais

Carta de Versão. TOTVS Saúde Hospitalar. Informações relacionadas a versão 1.0.112.0

Carta de Versão. TOTVS Saúde Hospitalar. Informações relacionadas a versão 1.0.112.0 Carta de Versão TOTVS Saúde Hospitalar Informações relacionadas a versão 1.0.112.0 Caminho: GENSHOSPPR-13 SADT SADT > ATENDIMENTO > RESULTADO DE EXAMES Nova integração permite que resultados de exames

Leia mais

Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira

Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira A Lei nº 59/2008, de 11 de Setembro, que regula o Regime de Contrato de Trabalho em Funções Públicas, com efeitos a partir de 1 de Janeiro de 2009,

Leia mais

MANUAL EVENTOS APOIADOS

MANUAL EVENTOS APOIADOS MANUAL DE EVENTOS APOIADOS Atualizado em 06 de Maio de 2016 1. INTRODUÇÃO... 3 2. NATUREZA DO APOIO... 3 3. PROPOSTA DE REALIZAÇÃO DO EVENTO... 3 3.1 PERÍODO DE REALIZAÇÃO DOS EVENTOS... 4 4. SERVIÇOS

Leia mais

Implantação do protocolo de acolhimento com classificação de risco nas unidades ambulatoriais do Tribunal de Justiça de São Paulo

Implantação do protocolo de acolhimento com classificação de risco nas unidades ambulatoriais do Tribunal de Justiça de São Paulo Implantação do protocolo de acolhimento com classificação de risco nas unidades ambulatoriais do Tribunal de Justiça de São Paulo Josinete Ap.da Silva Bastos Cerullo Doutora em Enfermagem Noemi de Melo

Leia mais

FLUXO DO PROCESSO PARA RECONHECIMENTO DE DIPLOMA INTERNACIONAL

FLUXO DO PROCESSO PARA RECONHECIMENTO DE DIPLOMA INTERNACIONAL FLUXO DO PROCESSO PARA RECONHECIMENTO DE DIPLOMA INTERNACIONAL Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências Administrativas Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Estágios curriculares obrigatórios de curta duração Disciplina: Atividade Acadêmico-Profissional versão: maio 2009

Estágios curriculares obrigatórios de curta duração Disciplina: Atividade Acadêmico-Profissional versão: maio 2009 Informações Gerais Estágios curriculares obrigatórios de curta duração Disciplina: Atividade Acadêmico-Profissional versão: maio 2009 A realização de estágios curriculares (obrigatórios) e extracurriculares

Leia mais

Faculdade IEducare Disciplina: Engenharia de Software Professora: Raquel Silveira DESCRIÇÃO DO TRABALHO DA 3ª AP

Faculdade IEducare Disciplina: Engenharia de Software Professora: Raquel Silveira DESCRIÇÃO DO TRABALHO DA 3ª AP Faculdade IEducare Disciplina: Engenharia de Software Professora: Raquel Silveira DESCRIÇÃO DO TRABALHO DA 3ª AP Objetivo: O objetivo do trabalho é realizar uma prática da engenharia de requisitos. Descrição:

Leia mais

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 191

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 191 Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 191 Manutenção e Operacionalização do SAH Promover a instalação de ferramentas de gestão que permitam o perfeito gerenciamento das informações dos diversos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação (MEC) em seus processos de formulação, implantação e

Leia mais

POP Nº XII VISTORIA PRÉVIA

POP Nº XII VISTORIA PRÉVIA Procedimentos Operacionais Padronizados: POP Nº XII VISTORIA PRÉVIA Revisão Adrianne Paixão Silvia Liane Versão 2.0 Procedimentos Operacionais Padronizados: POP Nº XII VISTORIA PRÉVIA Elaboração/Revisão:

Leia mais