PREFEITO LUCIANO DUCCI

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITO LUCIANO DUCCI"

Transcrição

1 Câmara dos Deputados Comissão de Desenvolvimento Urbano Curitiba PREFEITO LUCIANO DUCCI Mobilidade Urbana Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida Presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba

2 Curitiba 432,17 km 2 23% coberta pelo sistema viário SÃO PAULO habitantes Taxa de Crescimento: : 0,99% Região Metropolitana ,54 km habitantes Taxa de crescimento: SANTA CATARINA Com Curitiba : 1,30% Sem Curitiba : 1,87% 26 municípios

3 ETAPAS DO PLANEJAMENTO URBANO 1783 Câmara Municipal estabeleceu traçado viário preliminar e áreas para construção de edifícios. (pop. 20 mil); 1855 Engenheiro Taulois desenhou malha ortogonal existente até hoje ( pop.: 80 mil); 1895 Primeiro Regulamento de Edificações; 1919 Primeiro Regulamento de Trânsito; 1943 Primeiro Plano Diretor abrangente - Plano Agache radial (pop.: 150 mil); 1960 Plano Piloto de Zoneamento. Revisão do Plano Agache (pop.: 360 mil); 1966 Plano Diretor linear (pop.: 500 mil); 1974 Revisão do Zoneamento (pop.: 800 mil); 2000 Revisão do Zoneamento (pop.:1,5 milhão); 2004 Revisão do Plano Diretor Estatuto da Cidade (pop.: 1.7 milhão). N CENTRO O CENTRO E

4 Evolução do Processo de Planejamento Urbano USO DO SOLO SISTEMA VIÁRIO TRANSPORTE CRESCIMENTO LINEAR

5 Evolução do Processo de Planejamento Urbano Via Rápida Canaleta Ônibus Corredores Estruturais Via Rápida 60km/hour 1974

6 Plano diretor Lei /04 Diretrizes de Mobilidade Urbana e Transporte Capítulo II Da Mobilidade Urbana e Transporte : Ordenar o sistema viário, priorizando a circulação do transporte coletivo sobre o individual; Promover atratividade do uso do transporte coletivo, garantindo deslocamentos rápidos, seguros, confortáveis a custos compatíveis; Adequar a oferta de transportes à demanda; Estruturar medidas reguladoras para uso de outros sistemas de transportes de passageiros; Adotar tecnologias apropriadas de baixa, média e alta capacidade de acordo com as necessidades de cada demanda; Estimular a adoção de novas tecnologias que visem a redução de poluentes.

7 PLANO DE MOBILIDADE URBANA E TRANSPORTE INTEGRADO Acessibilidade Circulação e sistema viário Sistemas de transporte coletivo e comercial Sistema de transporte de cargas PlanMob Curitiba 5% 5% 3% 20% 45% ÔNIBUS Oficina - Diagnóstico 22% AUTOMÓVEL A PÉ BICICLETA Frota de Veículos: 1,3 milhões MOTOCICLETA OUTROS Modos de Deslocamento

8 PLANO DE MOBILIDADE URBANA E TRANSPORTE INTEGRADO - Ampliar a capacidade global do sistema; - Incrementar a prioridade para o transporte coletivo sobre o individual; - Implantação de linhas diretas nas canaletas, com ultrapassagem; - Implantação de Sistema de Controle Operacional para o Transporte Coletivo: Linhas Diretas, Ônibus Expressos e Interbairros; - Implantação de novos eixos de transporte; - Linha Verde 2ª Etapa; - Terminais: melhorias, ampliações e novos; - Metrô de Curitiba Linha Azul; - Implantação do SIM; Plano de Ação - Plano de redistribuição do tráfego, através do re-escalonamento de horários; - Plano de restrição de acesso e circulação de veículos de carga, em determinadas áreas ou ruas da cidade.

9 Áreas para Pedestres

10 Acessibilidade: Passeios e Calçadas Projetos de revitalização de vias públicas devem contemplar, além das pistas de rolamento, os passeios para pedestres Decreto 1066/2006 Estabelece critérios para construção e reconstrução de passeios Atendimento a NBR 9050 quanto a acessibilidade Padronização dos Passeios

11 Plano Diretor Cicloviário 1º Passo - Revisão da Malha Existente 2º Passo - Campanhas Educativas 3º Passo - Ampliação da malha: Ciclovia Calçada compartilhada Ciclo faixa Faixa compartilhada CICLOVIAS Atual : 120 KM Previsão 2020 :300 KM

12 Rede Integrada de Transporte - RIT Principais Características Integração com o uso do solo e sistema viário; Tarifa Única (R$ 2,50); Embarque em nível / cobrança antecipada; Terminais fora dos eixos principais ampliam a integração; Cobertura espacial de 500 metros; Abrangência metropolitana (13 municípios). Acessibilidade

13 Ruas da Cidadania Terminais de Integração Ruas da Cidadania Integração entre serviços e transporte

14 Linha Expressa -100 pass. Eixo Norte/Sul pass./dia Linha Direta Linha Direta articulado Evolução da Rede Integrada de Transporte Inter bairros Linha Verde Articulado 160 pass. Biarticulado 260 pass.

15 BRT - Corredores 1974 propiciam a retenção de destinos nos bairros: % - centro % - centro 81 km de corredores 2010

16 Linha Verde Sexto Eixo de Desenvolvimento Urbano 18 KM DE EXTENSÃO 18 KM DE CICLOVIAS UTILIZAÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEL PARQUE LINEAR PLANTIO DE ÁRVORES PASSARELA PARA PEDESTRES 23 BAIRROS BENEFICIADOS

17 Linha Verde Estações providas de mecanismos de captação, armazenamento e reutilização de água da chuva Utilização de eficiente sistema de energia para iluminação pública Plano de manejo dos resíduos da construção civil Redução do tempo de viagem Pinheirinho/Centro de 35 p/ 25 Aumento da velocidade operacional p/ 25km/h Transferência da demanda do Eixo Sul para a Linha Verde Melhoria na qualidade do ar (biocombustível) Demanda (mar/2011): pas/d.u.

18 MEIO AMBIENTE BIODIESEL B1OO ÔNIBUS HÍBRIDOS Ônibus Híbridos 30 veículos em 2012 Economia de Diesel: 35,35% Redução de Emissões: CO2 = 35,55% Nox = 80,33% PM = 89,06%

19 Desalinhamento das Estações ANTES ATUALMENTE Eixo Boqueirão Redução do tempo de viagem Boqueirão/Centro de 35 p/ 20 Aumento da velocidade operacional p/ 28km/h Atração de novos usuários Ampliação da oferta em 40% Demanda (mar/2011): pas/d.u.

20 SIM Sistema Integrado de Mobilidade COMPONENTES DO TRANSPORTE COLETIVO COMPONENTES DO TRÂNSITO 1. CFTV em estações-tubo e terminais 2. PMVs em estações-tubo e terminais 3. PDAs para fiscais do transporte coletivo 4. Frota de ônibus equipada com comunicação 3G e GPS 5. Conectividade 1. Modernização do Sistema CTA eixo sul 2. Circuito fechado de TV CFTV 3. Painéis de mensagem variável - PMV 4. Contadores de tráfego 5. PDAs para agentes de trânsito 6. Conectividade COMPONENTES DO CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL CCO 21 postos de controle Salas de situação, engenharia, operação e comunicação Vídeo wall + TVs Sistema no-break, gerador e data center Softwares de operação integrada dos sub-sistemas

21 Linha Azul do Metrô de Curitiba 1ªEtapa - CIC SUL / Rua das Flores 14,3 km DE EXTENSÃO, sendo: 2,2 km em ELEVADO 7,3 km em CUT AND COVER 4,8 km em TÚNEL NATM Nº DE ESTAÇÕES - 13 VELOCIDADE MÁXIMA - 80 km / h VELOCIDADE OPERACIONAL - 35 km / h DEMANDA PASS. / DIA RAIO MÍNIMO CURVA HORIZONTAL m RAIO MÍNIMO CURVA VERTICAL m RAMPA MÁXIMA - 4 % BITOLA mm

22 Linha Azul do Metrô de Curitiba 1ªEtapa - CIC SUL / Rua das Flores Estação Rasa Cut and Cover

23 Linha Azul do Metrô de Curitiba 1ªEtapa - CIC SUL / Rua das Flores CICLOVIA, CALÇADÃO PARA PEDESTRE, ARBORIZAÇÃO, EQUIPAMENTOS DE PLAYGROUND, QUIOSQUES COMERCIAIS, ÁREAS DE CONVIVÊNCIA, BILHETERIAS, ACESSOS E ESTRUTURAS OPERACIONAIS

24 Curitiba IPPUC PREFEITO LUCIANO DUCCI Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida

25 PAC COPA 2014 Av. Cândido de Abreu Linha Verde Sul - Trecho II Terminal Santa Cândida Corredor Aeroporto Rodoferroviária Av. Marechal Floriano Peixoto Revitalização da Rodoferroviária e seus acessos SIM

26 Pró-transporte Linha Verde Norte Viaduto Francisco H. dos Santos Trincheira Lothário Meissner

27 BID Prócidades Rua Fredolin Wolf Trincheira Gustavo Ratmann Rua Eduardo Pinto da Rocha Rua Des. Antonio de Paula Binário Chile / Guabirotuba CCO Centro de Controle Operacional

28 Agência Francesa de Desenvolvimento Linha Verde Norte

29 PLANO DIRETOR MULTIMODAL PARQUE ANÍBAL KHURY BOSQUE DA BOA VISTA PARQUE NASCENTE DO RIO BELÉM LINHA VERDE JARDIM BOTÂNICO PARQUE DA BARREIRINHA PARQUE SÃO LOURENÇO RODOFERROVIÁRIA AUTÓDROMO AEROPORTO INTERNACIONAL INTERNACIONA L PARQUE CENTENÁRIO DA IMIGRAÇÃO ZOOLÓGICO PARQUE NÁUTICO PARQUE DOS PELADEIROS

30 Plano Diretor Multimodal

31 DIAGRAMA DE CARREGAMENTO

32 Linha Azul do Metrô de Curitiba CIC SUL/Santa Cândida METRÔ CURITIBANO 22,4 km DE EXTENSÃO, sendo: - 2,2 km em ELEVADO - 7,3 km em CUT AND COVER - 12,9 km em TÚNEL NATM Nº DE ESTAÇÕES - 21 VELOCIDADE MÁXIMA - 80 km/h VELOCIDADE OPERACIONAL: 35 km/h

METRÔ CURITIBANO. LINHA AZUL Santa Cândida / CIC Sul. Engº Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida Presidente do IPPUC

METRÔ CURITIBANO. LINHA AZUL Santa Cândida / CIC Sul. Engº Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida Presidente do IPPUC METRÔ CURITIBANO LINHA AZUL Santa Cândida / CIC Sul Engº Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida Presidente do IPPUC PLANO DIRETOR LEI 11.266/2004 Diretrizes de Mobilidade Urbana e Transporte Capítulo II Da

Leia mais

ESTATUTO DA CIDADE COMPONENTE MOBILIDADE URBANA

ESTATUTO DA CIDADE COMPONENTE MOBILIDADE URBANA ESTATUTO DA CIDADE COMPONENTE MOBILIDADE URBANA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA DOUTOR ULYSSES ADRIANÓPOLIS CERRO AZUL TUNAS DO PARANÁ LAPA CAMPO LARGO BALSA NOVA ITAPERUÇU CAMPO MAGRO ARAUCÁRIA CONTENDA

Leia mais

Adaptação climática em megacidades: refletindo sobre impactos, demandas e capacidades de resposta de São Paulo

Adaptação climática em megacidades: refletindo sobre impactos, demandas e capacidades de resposta de São Paulo Adaptação climática em megacidades: refletindo sobre impactos, demandas e capacidades de resposta de São Paulo IAG/USP - OUTUBRO 2014 Mobilidade urbana: agenda ambiental LEI Nº 14.933, DE 5 DE JUNHO DE

Leia mais

Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito

Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito Fabio Doria Scatolin Secretario do Planejamento e Gestão CURITIBA 28 mar 2014 METRÔ DE CURITIBA GESTÃO GUSTAVO FRUET

Leia mais

O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte. Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba

O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte. Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba Curitiba SÃO PAULO População: 1.828.092 hab. Taxa de crescimento pop. 2000-2009: 1,71% 2008-2009:

Leia mais

ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE URBANA

ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE URBANA ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE URBANA ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE URBANA Plano Diretor de 2008 SEÇÃO III DA ACESSIBILIDADE, DO TRANSPORTE E DA MOBILIDADE URBANA Define conceitos Define diretrizes para políticas

Leia mais

PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO

PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO setembro 2014 Plano de Mobilidade Urbana de São Paulo Documentos de referência referências Plano Municipal de Circulação Viária e de Transporte - 2003 Consolidou

Leia mais

Melhoria da Mobilidade em Belo Horizonte. Projetos para a Copa 2014

Melhoria da Mobilidade em Belo Horizonte. Projetos para a Copa 2014 Melhoria da Mobilidade em Belo Horizonte Projetos para a Copa 2014 Indicadores da Mobilidade Urbana em BH Distribuição espacial da demanda de transporte Sistema Ônibus no Hipercentro % das linhas Ônibus/dia

Leia mais

Planejamento Urbano e Mobilidade

Planejamento Urbano e Mobilidade Planejamento Urbano e Mobilidade Mobilidade Sustentável Mobilidade Sustentável Evolução da Frota Evolução da Frota O automóvel colonizou a cidade, o espaço e o tempo de circulação: Tomou posse da rua Redesenhou

Leia mais

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS DEZEMBRO 2013 DENSIDADE DE EMPREGOS ÁREA CENTRAL Plano Diretor 2013 Referências Trata da política de transporte e mobilidade urbana integrada com

Leia mais

de Belo Horizonte Projeto BRT Do sistema tronco alimentado convencional aos corredores de BRT

de Belo Horizonte Projeto BRT Do sistema tronco alimentado convencional aos corredores de BRT Sistema IntegradodeTransporte de porônibus de Belo Horizonte Projeto BRT Do sistema tronco alimentado convencional aos corredores de BRT Sumário Premissas e condicionantes do Projeto Conceito e características

Leia mais

SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE

SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE Inicialmente, o que é BRT? O BRT (Bus Rapid Transit), ou Transporte Rápido por Ônibus, é um sistema de transporte coletivo de passageiros

Leia mais

INFRAESTRUTURA PARA A COPA Obras de Mobilidade Urbana em Belo Horizonte

INFRAESTRUTURA PARA A COPA Obras de Mobilidade Urbana em Belo Horizonte INFRAESTRUTURA PARA A COPA 2014 Obras de Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Agosto/2011 Programa de Mobilidade Urbana AÇÃO Prazo de execução obras nº meses Início Conclusão Obra Desapropriação BRT Antonio

Leia mais

18/8/2011. Programas Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB. Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB

18/8/2011. Programas Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB. Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB Programa Estadual de 1 Visão Tradicional da Cidade Um olhar fragmentado resulta numa dissociação entre o planejamento urbano, o sistema de transporte público, a circulação de veículos e de pedestres, o

Leia mais

Projeto BRT. Projeto BRT Porto Alegre. Rede Atual de Transporte Coletivo Desenho Conceitual do BRT. ao Transmilenio. Abril

Projeto BRT. Projeto BRT Porto Alegre. Rede Atual de Transporte Coletivo Desenho Conceitual do BRT. ao Transmilenio. Abril Projeto BRT Porto Alegre Rede Atual de Transporte Coletivo Desenho Conceitual do BRT Projeto BRT Visita Técnica T ao Transmilenio Abril - 2010 Rede Atual de Transporte Coletivo Trem Metropolitano: (Dados

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE A VIABILIDADE ECONÔMICA DE IMPLANTAÇÃO BRT/VLT NO TRANSPORTE COLETIVO EM MANAUS

CONSIDERAÇÕES SOBRE A VIABILIDADE ECONÔMICA DE IMPLANTAÇÃO BRT/VLT NO TRANSPORTE COLETIVO EM MANAUS CONSIDERAÇÕES SOBRE A VIABILIDADE ECONÔMICA DE IMPLANTAÇÃO BRT/VLT NO TRANSPORTE COLETIVO EM MANAUS Paulo Ricardo de Souza Rodrigues Vinicius de Moura Oliveira Joseli Andrades Maia 23ª Semana de Tecnologia

Leia mais

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo As Cidades mudaram População mudou A Economia mudou Os Meios de Transportes mudaram E nós? Ainda pensamos igual ao passado? Em TRANSPORTE COLETIVO chega-se ao

Leia mais

Seminário IBRE Infraestrutura no Brasilperspectivas. nas áreas de construção, saneamento, transporte e logística

Seminário IBRE Infraestrutura no Brasilperspectivas. nas áreas de construção, saneamento, transporte e logística Seminário IBRE Infraestrutura no Brasilperspectivas e desafios nas áreas de construção, saneamento, transporte e logística Projetos e Programas de Investimentos para o Setor de Infraestrutura no Brasil

Leia mais

IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE

IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE 1 IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE AUDIÊNCIA PÚBLICA OUTRAS INFORMAÇÕES 2266-0369 SMTR www.rio.rj.gov.br 2589-0557 SMO Rio de Janeiro

Leia mais

Fase 2 Pesquisa Domiciliar de Origem e Destino entrevistas

Fase 2 Pesquisa Domiciliar de Origem e Destino entrevistas Planejamento participativo Foram realizadas em todos os municípios da AMFRI para elaboração do Plan Mob: Fase 1 - Consultas Públicas 26 reuniões 742 cidadãos participantes 1.410 propostas produzidas Fase

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 108/09

PROJETO DE LEI Nº 108/09 PROJETO DE LEI Nº 108/09 "Dispõe sobre a criação do sistema cicloviário no Município de Santa Bárbara d Oeste e dá outras providências. Art. 1º - Fica criado o Sistema Cicloviário do Município de Santa

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. O Brasil vai continuar crescendo

MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. O Brasil vai continuar crescendo MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana O Brasil vai continuar crescendo O Brasil vai continuar crescendo PAVIMENTAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE VIAS URBANAS MINISTÉRIO

Leia mais

ATUALIDADE S. Prof. Roberto. Um desafio ATUAL.

ATUALIDADE S. Prof. Roberto. Um desafio ATUAL. ATUALIDADE S Prof. Roberto Um desafio ATUAL. MOBILIDADE URBANA Todas as atividades dependem de um bom deslocamento na cidade! Ir a escola; Ir ao Trabalho; Frequentar uma academia; Usar um posto de saúde;

Leia mais

MSC. CRISTINA BADDINI

MSC. CRISTINA BADDINI MSC. CRISTINA BADDINI Matriz e infraestrutura da mobilidade urbana São Paulo, 13 de abril de 2018 MSC. CRISTINA BADDINI LUCAS O que é uma CIDADE HUMANA EQUIDADE na apropriação do sistema viário; ACESSIBILIDADE

Leia mais

INTEGRADO METROPOLITANO DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA

INTEGRADO METROPOLITANO DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA VLT DA BAIXADA SANTISTA Ministério das Cidades SETEMBRO DE 2013 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL EMTU EMTU ÁREA DE ATUAÇÃO: ESTADO DE SÃO PAULO REGIÕES METROPOLIPANAS A EMTU é Responsável pelo gerenciamento do

Leia mais

Mobilidade Urbana. Mobilidade em São Paulo

Mobilidade Urbana. Mobilidade em São Paulo Mobilidade Urbana Mobilidade em São Paulo Agosto/2017 Mobilidade em São Paulo A VISÃO DO PODER EXECUTIVO Poder Executivo de Trânsito De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro - CTB, compete aos órgãos

Leia mais

A cidade do futuro. Marcus Quintella

A cidade do futuro. Marcus Quintella A cidade do futuro Marcus Quintella marcus.quintella@fgv.br O transporte público multimodal é chave para cidades eficientes e sustentáveis Integração é a base da multimodalidade Fonte: Capima (capima.com.br)

Leia mais

Secretaria de Transportes e Trânsito

Secretaria de Transportes e Trânsito Secretaria de Transportes e Trânsito CARACTERIZAÇÃO DE GUARULHOS 1 CARACTERIZAÇÃO DA LOCALIDADE Localização de Guarulhos São Paulo Guarulhos / São Paulo População em 2012 de 1.244.518 habitantes (fonte

Leia mais

GESTÃO E OPERAÇÃO DO TRÂNSITO COM PRIORIDADE AO TRANSPORTE COLETIVO - A EXPERIÊNCIA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Mauricio Regio Diretoria de Operações

GESTÃO E OPERAÇÃO DO TRÂNSITO COM PRIORIDADE AO TRANSPORTE COLETIVO - A EXPERIÊNCIA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Mauricio Regio Diretoria de Operações GESTÃO E OPERAÇÃO DO TRÂNSITO COM PRIORIDADE AO TRANSPORTE COLETIVO - A EXPERIÊNCIA DA CIDADE DE SÃO PAULO Mauricio Regio Diretoria de Operações DIMENSÃO DO DESAFIO EM TRANSPORTE COLETIVO PMSP Coletivo

Leia mais

CARTA DE COMPROMISSO COM A MOBILIDADE POR BICICLETAS

CARTA DE COMPROMISSO COM A MOBILIDADE POR BICICLETAS CARTA DE COMPROMISSO COM A MOBILIDADE POR BICICLETAS Compreendendo que, Por todo o mundo, o uso da bicicleta vem sendo tratado como um importante indicador de qualidade de vida, havendo um consenso crescente

Leia mais

Brasília - Brasil Maio de 2006

Brasília - Brasil Maio de 2006 Brasília - Brasil Maio de 2006 Diagnóstico Início Diagnóstico Objetivos do Programa Intervenções Propostas Avanço das Atividades Tratamento Viário Diagnóstico Início Diagnóstico Objetivos do Programa Intervenções

Leia mais

Desejos da população. Saúde Educação Segurança Pública Mobilidade Urbana

Desejos da população. Saúde Educação Segurança Pública Mobilidade Urbana DE BRASÍLIA Desejos da população Saúde Educação Segurança Pública Mobilidade Urbana BRASÍLIA 31 Regiões Administrativas 10 RAs abrigam 70% da população População Estimada IBGE (2015): 2.914.830 hab Frota

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Prof. Coca Ferraz - USP

MOBILIDADE URBANA. Prof. Coca Ferraz - USP MOBILIDADE URBANA Prof. Coca Ferraz - USP CARACTERÍSTICAS RELEVANTES DA MOBILIDADE Segurança Sustentabilidade ambiental Baixo custo Contribuir para gerar cidades humanas e eficientes Socialmente justa

Leia mais

LINHA VERDE. Novo Eixo de Transporte e de Desenvolvimento Urbano

LINHA VERDE. Novo Eixo de Transporte e de Desenvolvimento Urbano LINHA VERDE Novo Eixo de Transporte e de Desenvolvimento Urbano Região Metropolitana de Curitiba RIO BRANCO DO SUL ITAPERUÇU BOCAIÚVA DO SUL ALMIRANTE TAMANDARÉ CAMPO MAGRO CAMPO LARGO ARAUCÁRIA BALSA

Leia mais

Sistema BRT e Metrô para Porto Alegre: evolução para uma rede estrutural integrada multimodal de transporte urbano e metropolitano.

Sistema BRT e Metrô para Porto Alegre: evolução para uma rede estrutural integrada multimodal de transporte urbano e metropolitano. Sistema BRT e Metrô para Porto Alegre: evolução para uma rede estrutural integrada multimodal de transporte urbano e metropolitano. Luís Cláudio Ribeiro 1 ; Maria de Fátima Mengue dos Santos 1 ; Severino

Leia mais

PAINEL 1 GERENCIAMENTO DA DEMANDA NO TRANSPORTE. Jilmar Tatto. Secretário municipal de transportes

PAINEL 1 GERENCIAMENTO DA DEMANDA NO TRANSPORTE. Jilmar Tatto. Secretário municipal de transportes PAINEL 1 GERENCIAMENTO DA DEMANDA NO TRANSPORTE Jilmar Tatto Secretário municipal de transportes GERENCIAMENTO DA DEMANDA DIRETRIZES DA POLÍTICA DE MOBILIDADE URBANA E TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO SÃO PAULO

Leia mais

BRT NORTE SUL SISTEMAS ESTRUTURANTES DA REGIÃO METROPOLITANA DE GOIÂNIA

BRT NORTE SUL SISTEMAS ESTRUTURANTES DA REGIÃO METROPOLITANA DE GOIÂNIA BRT NORTE SUL SISTEMAS ESTRUTURANTES DA REGIÃO METROPOLITANA DE GOIÂNIA E METROPOLITANA DE TRANSPORTE COLETIVO RMTC A Região Metropolitana de Goiânia 1 PLANO DE NEGÓCIOS 18 Municípios Inhumas Nova Veneza

Leia mais

URBANIZAÇÃO DE CURITIBA S.A. Av. Presidente Affonso Camargo, 330 CEP 80060-090 Curitiba PR E-mail: urbs.curitiba@avalon.sul.com.

URBANIZAÇÃO DE CURITIBA S.A. Av. Presidente Affonso Camargo, 330 CEP 80060-090 Curitiba PR E-mail: urbs.curitiba@avalon.sul.com. URBANIZAÇÃO DE CURITIBA S.A. Av. Presidente Affonso Camargo, 330 CEP 80060-090 Curitiba PR E-mail: urbs.curitiba@avalon.sul.com.br Tel: 55-41-320 3232 Fax: 55-41-232 9475 PLANEJAMENTO, GERENCIAMENTO E

Leia mais

A importância da mudança modal para tirar São Paulo da contramão. Autora: Arqta. Melissa Belato Fortes Co-autora: Arqta. Denise H. S.

A importância da mudança modal para tirar São Paulo da contramão. Autora: Arqta. Melissa Belato Fortes Co-autora: Arqta. Denise H. S. A importância da mudança modal para tirar São Paulo da contramão Autora: Arqta. Melissa Belato Fortes Co-autora: Arqta. Denise H. S. Duarte Objeto da pesquisa Relação entre adensamento, multifuncionalidade

Leia mais

RIO: UMA CIDADE MAIS INTEGRADA 1

RIO: UMA CIDADE MAIS INTEGRADA 1 Mobilidade Urbana RIO: UMA CIDADE MAIS INTEGRADA 1 O transporte público é o centro de uma ampla política de transformação no Rio de Janeiro. O grande volume de investimentos em mobilidade urbana tem como

Leia mais

Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte

Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte I Seminário Nacional de Política Urbana e Ambiental Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil Brasília abril 2016 Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte Tiago Esteves Gonçalves da Costa ESTRUTURA

Leia mais

PESQUISA DE MOBILIDADE URBANA

PESQUISA DE MOBILIDADE URBANA PESQUISA DE MOBILIDADE URBANA A Pesquisa de Mobilidade Urbana teve como objetivo levantar a opinião da população, para avaliar a situação da mobilidade urbana em Florianópolis, e dessa forma, auxiliar

Leia mais

PAC - COPA PROGRAMA DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTE E DA MOBILIDADE URBANA PRÓ-TRANSPORTE. Acompanhamento - 08/julho/2013

PAC - COPA PROGRAMA DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTE E DA MOBILIDADE URBANA PRÓ-TRANSPORTE. Acompanhamento - 08/julho/2013 PAC - COPA PROGRAMA DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTE E DA MOBILIDADE URBANA PRÓ-TRANSPORTE Acompanhamento - 08/julho/2013 PAC - COPA Acompanhamento - 08/julho/2013 CORREDOR AEROPORTO - RODOFERROVIÁRIA

Leia mais

CARTA COMPROMISSO ASSUNTOS DE INTERESSE CORPORATIVO

CARTA COMPROMISSO ASSUNTOS DE INTERESSE CORPORATIVO CARTA COMPROMISSO O SINDIURBANO-PR (Sindicato dos Trabalhadores em Urbanização do Estado do Paraná), o Sindicato mantém histórico de atuação em prol dos interesses, direitos e melhores condições de trabalho

Leia mais

AÇÕES NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES EM CAMPINAS VIAS URBANAS. Maio/2018

AÇÕES NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES EM CAMPINAS VIAS URBANAS. Maio/2018 AÇÕES NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES EM CAMPINAS VIAS URBANAS Maio/2018 ACIDENTALIDADE ACIDENTALIDADE ACIDENTALIDADE ACIDENTALIDADE ACIDENTALIDADE ACIDENTALIDADE ACIDENTALIDADE ACIDENTALIDADE ACIDENTALIDADE

Leia mais

A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS DE TRANSPORTE PÚBLICO DO BRASIL RESULTADO DA PESQUISA REALIZADA PELO GT INTEGRAÇÃO DA COMISSÃO METROFERROVIÁRIA DA ANTP

A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS DE TRANSPORTE PÚBLICO DO BRASIL RESULTADO DA PESQUISA REALIZADA PELO GT INTEGRAÇÃO DA COMISSÃO METROFERROVIÁRIA DA ANTP A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS DE TRANSPORTE PÚBLICO DO BRASIL RESULTADO DA PESQUISA REALIZADA PELO GT INTEGRAÇÃO DA COMISSÃO METROFERROVIÁRIA DA ANTP 1ª ETAPA A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS METROFERROVIÁRIOS OPERADORAS

Leia mais

DIRETRIZES PARA A BICICLETA NO PLANO DE GOVERNO DE FERNANDO HADDAD PARA A PREFEITURA DE SÃO PAULO

DIRETRIZES PARA A BICICLETA NO PLANO DE GOVERNO DE FERNANDO HADDAD PARA A PREFEITURA DE SÃO PAULO Promover a sustentabilidade com a melhoria da qualidade de vida e do ar, reduzir os congestionamentos, democratizar o uso do espaço viário, a acessibilidade aos bens e serviços e ampliar a inserção social

Leia mais

2º Encontro de Planejamento Estratégico: Centro um cenário para 10 anos

2º Encontro de Planejamento Estratégico: Centro um cenário para 10 anos 2º Encontro de Planejamento Estratégico: Centro um cenário para 10 anos Conteúdo Introdução O projeto em linhas gerais Estudo de demanda Estudos arquitetônicos Estudos de capacidade 1. Introdução Evolução

Leia mais

ANA ODILA DE PAIVA SOUZA

ANA ODILA DE PAIVA SOUZA PAINEL 7 INTEGRAÇÃO E RACIONALIZAÇÃO PARA EFICIÊNCIA E MELHORIA DO TRANSPORTE PÚBLICO ANA ODILA DE PAIVA SOUZA Diretora de Planejamento de Transportes SPTrans SERVIÇO EM REDE Integração Política de Transporte

Leia mais

Mobilidade Urbana. Aspectos Gerais Infraestrutura PMUS Além de Infraestrutura Novos Caminhos

Mobilidade Urbana. Aspectos Gerais Infraestrutura PMUS Além de Infraestrutura Novos Caminhos Mobilidade Urbana Mobilidade Urbana Aspectos Gerais Infraestrutura PMUS Além de Infraestrutura Novos Caminhos Aspectos Gerais LEI Nº 12.587, DE 3 DE JANEIRO DE 2012, Política Nacional de Mobilidade Urbana

Leia mais

PCM Programa de Corredores Metropolitanos

PCM Programa de Corredores Metropolitanos PCM Programa de Corredores Metropolitanos 18ª Semana de Tecnologia Metroferroviária AEAMESP Ivan Carlos Regina Set/2012 Redes PCM de alta PROGRAMA e média capacidade DE CORREDORES METROPOLITANOS EMTU-PCM

Leia mais

Compromissos à Prefeitura de São Paulo com a Mobilidade Ativa

Compromissos  à Prefeitura de São Paulo com a Mobilidade Ativa Compromissos d@s candidat@s à Prefeitura de São Paulo com a Mobilidade Ativa Histórico As demandas de mobilidade ativa vêm sendo discutidas e pautadas por diversas organizações e indivíduos da sociedade

Leia mais

Mobilidade Urbana em Rio Branco: soluções e desafios. Eng. Civil Marcus Alexandre Prefeito de Rio Branco

Mobilidade Urbana em Rio Branco: soluções e desafios. Eng. Civil Marcus Alexandre Prefeito de Rio Branco Mobilidade Urbana em Rio Branco: soluções e desafios Eng. Civil Marcus Alexandre Prefeito de Rio Branco A Cidade que temos e sua complexidade! A ocupação não planejada impõe grande desafio à mobilidade

Leia mais

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura da Penha

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura da Penha Plano de Segurança Viária Município de São Paulo Subprefeitura da Penha Vida Segura: política pública de segurança viária do município de São Paulo. Ainda está em fase de elaboração. Out/nov/dez: 32 audiências

Leia mais

Anel de Alta Performance de Transporte Público Desafios e Potencialidades

Anel de Alta Performance de Transporte Público Desafios e Potencialidades Anel de Alta Performance de Transporte Público Desafios e Potencialidades Rio de Janeiro, 2 de junho de 2011 Palestra proferida em reunião do Conselho da ADEMI RJ Dayse Góis Gerente de Projetos Olímpicos

Leia mais

POLÍTICA DE MOBILIDADE

POLÍTICA DE MOBILIDADE POLÍTICA DE MOBILIDADE POLITICA DE MOBILIDADE + PRIORITÁRIO 1º PEDESTRES ACESSO À CIDADE 2º CICLISTAS PRIORIDADES: 3º TRANSPORTE PÚBLICO TRANSPORTE COLETIVO - PRIORITÁRIO 4º 5º TRANSPORTE DE CARGA AUTOMÓVEIS

Leia mais

VOCÊ SABE QUAIS SÃO AS MAIORES FONTES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO?

VOCÊ SABE QUAIS SÃO AS MAIORES FONTES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO? MEIO AMBIENTE MUDANÇA CLIMÁTICA VOCÊ SABE QUAIS SÃO AS MAIORES FONTES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO? Comparação das Emissões Totais e por Habitante de São Paulo, em GWP (t CO2 eq)

Leia mais

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura da Sé

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura da Sé Plano de Segurança Viária Município de São Paulo Subprefeitura da Sé Vida Segura: política pública de segurança viária do município de São Paulo. Ainda está em fase de elaboração. Out/nov/dez: 32 audiências

Leia mais

Aspectos das vias principais

Aspectos das vias principais Aspectos das vias principais ALMIRANTE BARROSO CENTRO AUGUSTO MONTENEGRO INDEPENDÊNCIA Estrutura viária legal Circulação viária FROTA DE BELÉM ALMIRANTE BARROSO Circulação viária - Pico da manhã Carregamento

Leia mais

Companhia de Engenharia de Tráfego CET

Companhia de Engenharia de Tráfego CET Secretaria Municipal de Transporte SMT Sec e a a u cpa de a spo e S Companhia de Engenharia de Tráfego CET Anhanguera Bandeirantes Fernão Dias Presidente Dutra Ayrton Senna MAIRIPORÃ Castello Branco CAIEIRAS

Leia mais

ALBERTO EPIFANI PAINEL 7 INTEGRAÇÃO E RACIONALIZAÇÃO PARA EFICIÊNCIA E MELHORIA DO TRANSPORTE PÚBLICO

ALBERTO EPIFANI PAINEL 7 INTEGRAÇÃO E RACIONALIZAÇÃO PARA EFICIÊNCIA E MELHORIA DO TRANSPORTE PÚBLICO PAINEL 7 INTEGRAÇÃO E RACIONALIZAÇÃO PARA EFICIÊNCIA E MELHORIA DO TRANSPORTE PÚBLICO ALBERTO EPIFANI GERENTE DE PLANEJAMENTO E INTEGRAÇÃO DE TRANSPORTES METROPOLITANOS METRÔ - SP 2 Integração e racionalização

Leia mais

CORREDOR METROPOLITANO VEREADOR BILÉO SOARES NOROESTE - RMC

CORREDOR METROPOLITANO VEREADOR BILÉO SOARES NOROESTE - RMC ESTRUTURA ORGANIZACIONAL ÁREA DE ATUAÇÃO: ESTADO DE SÃO PAULO REGIÕES METROPOLITANAS A EMTU é Responsável pelo gerenciamento do transporte coletivo intermunicipal metropolitano RMC RMVP RMBS - 1,8 milhão

Leia mais

SEPLAN Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico PROJETO DE MOBILIDADE URBANA 4 de Setembro de 2009

SEPLAN Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico PROJETO DE MOBILIDADE URBANA 4 de Setembro de 2009 SEPLAN Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico PROJETO DE MOBILIDADE URBANA 4 de Setembro de 2009 Agenda Crescimento de Manaus Seleção de solução de mobilidade urbana Oportunidade

Leia mais

Companhia do Metropolitano do Distrito Federal. Audiência Pública

Companhia do Metropolitano do Distrito Federal. Audiência Pública Companhia do Metropolitano do Distrito Federal Audiência Pública Expansão da Linha I do Metrô-DF (Samambaia, Ceilândia e Asa Norte) e modernização do sistema Objetivo da Audiência Pública Dar início aos

Leia mais

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB ARAÇOIABA 15.108 90 IGARASSU 82.277 323 ITAPISSUMA 20.116 74 ITAMARACÁ 15.858 65 PRAIA DE MARIA FARINHA A REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE Municípios: 14 População:

Leia mais

EVENTOS ESPORTIVOS OPORTUNIDADES PARA MELHORAR O TRANSPORTE PÚBLICO. MAN Latin America

EVENTOS ESPORTIVOS OPORTUNIDADES PARA MELHORAR O TRANSPORTE PÚBLICO. MAN Latin America EVENTOS ESPORTIVOS OPORTUNIDADES PARA MELHORAR O TRANSPORTE PÚBLICO 1 Necessidades básicas da população Transporte Emprego Educação Moradia Alimentação Necessidades da população no transporte Necessidade

Leia mais

GESTÃO E OPERAÇÃO DO TRÂNSITO COM PRIORIDADE AO TRANSPORTE COLETIVO - A EXPERIÊNCIA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Mauricio Regio Diretoria de Operações

GESTÃO E OPERAÇÃO DO TRÂNSITO COM PRIORIDADE AO TRANSPORTE COLETIVO - A EXPERIÊNCIA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Mauricio Regio Diretoria de Operações GESTÃO E OPERAÇÃO DO TRÂNSITO COM PRIORIDADE AO TRANSPORTE COLETIVO - A EXPERIÊNCIA DA CIDADE DE SÃO PAULO Mauricio Regio Diretoria de Operações MUNICÍPIO DE SÃO PAULO ÁREA 1521 km² POPULAÇÃO (2013) FROTA

Leia mais

MARCO LEGAL Prof. Dr. Evaldo Ferreira. Coordenador PMUC

MARCO LEGAL Prof. Dr. Evaldo Ferreira. Coordenador PMUC Plano de Mobilidade Urbana de Cáceres MARCO LEGAL 3 Marco Legal A Constituição artigos 182 e 183. A política de mobilidade urbana é parte integrante dos planos diretores dos municípios brasileiros com

Leia mais

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE MOBILIDADE SP

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE MOBILIDADE SP DIRETRIZES DA POLÍTICA DE MOBILIDADE SP SETEMBRO 2014 ANTECEDENTES CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 182/183 > CONDICIONAM O DIREITO DE PROPRIEDADE A SUA FUNÇÃO SOCIAL INSTRUMENTOS PARA CUMPRIR FUNÇÃO SOCIAL DA

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA APLICADA EM FOZ DO IGUAÇU. Pricila Bevervanço Mantovani Engenheira Civil

POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA APLICADA EM FOZ DO IGUAÇU. Pricila Bevervanço Mantovani Engenheira Civil POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA APLICADA EM FOZ DO IGUAÇU Pricila Bevervanço Mantovani Engenheira Civil POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA Lei 12.587, de 3 de janeiro de 2012. Institui diretrizes

Leia mais

FAIXAS EXCLUSIVAS À DIREITA

FAIXAS EXCLUSIVAS À DIREITA FAIXAS EXCLUSIVAS À DIREITA FAIXAS EXCLUSIVAS À DIREITA 122KM ATÉ 2012 Terminal Municipal Existente Faixa Exclusiva à Direita Proposta Corredor de Ônibus Municipal Existente FAIXAS EXCLUSIVAS À DIREITA

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS VLT x Metro / Trem / Monotrilho ANTP DE JUNHO DE 2015

NOVAS TECNOLOGIAS VLT x Metro / Trem / Monotrilho ANTP DE JUNHO DE 2015 NOVAS TECNOLOGIAS VLT x Metro / Trem / Monotrilho ANTP 2015 25 DE JUNHO DE 2015 Para onde vamos? Urbanização em crescimento Estima-se que haverá 9 bilhões de habitantes até 2050, 70% vivendo nas cidades

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO BRASIL

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO BRASIL PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO BRASIL PREFEITO CESAR MAIA SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE AYRTON XEREZ MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA OCEANO PACÍFICO OCEANO ATLÂNTICO BAÍA DE GUANABAR

Leia mais

Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR

Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR MUNICÍPIO DE LONDRINA CARACTERIZAÇÃO DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Situado ao norte do estado do Paraná Município foi criado em dezembro de 1934 e acaba de

Leia mais

Metrô Leve de Goiânia. Projeto Modelo para Cidades Brasileiras

Metrô Leve de Goiânia. Projeto Modelo para Cidades Brasileiras Metrô Leve de Goiânia Projeto Modelo para Cidades Brasileiras 1 Projeto modelo para cidades médias 1. Estrutura Institucional Pacto Metropolitano instituindo órgão gestor do transporte coletivo na região

Leia mais

VII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO, TRANSPORTE E MOBILIDADE URBANA

VII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO, TRANSPORTE E MOBILIDADE URBANA introdução A VII Conferência Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana foi realizada em 24/03/2018 na faculdade DeVry Metrocamp. Neste evento, que ocorre a cada dois anos, a Empresa Municipal

Leia mais

Aula 20. Polos Geradores de Tráfego (PGT) Aula elaborada pelo Prof. Paulo Bacaltchuck

Aula 20. Polos Geradores de Tráfego (PGT) Aula elaborada pelo Prof. Paulo Bacaltchuck Universidade Presbiteriana Mackenzie Escola de Engenharia Depto. de Engenharia Civil 2 0 semestre de 2017 Aula 20 Polos Geradores de Tráfego (PGT) Aula elaborada pelo Prof. Paulo Bacaltchuck Aula baseada

Leia mais

Como estaremos daqui a 25 anos? Estudo de Mobilidade Urbana Plano Diretor Regional de Mobilidade. Seminário SINAENCO / SC

Como estaremos daqui a 25 anos? Estudo de Mobilidade Urbana Plano Diretor Regional de Mobilidade. Seminário SINAENCO / SC Como estaremos daqui a 25 anos? Estudo de Mobilidade Urbana Plano Diretor Regional de Mobilidade Seminário SINAENCO / SC Guilherme Medeiros Engenheiro Coordenador Técnico SC Participações e Parcerias S.A.

Leia mais

Como ficará a Lei 14.266/07 com as modificações do Substitutivo da Comissão de Constituição e Justiça para o PL 655/09

Como ficará a Lei 14.266/07 com as modificações do Substitutivo da Comissão de Constituição e Justiça para o PL 655/09 Como ficará a Lei 14.266/07 com as modificações do Substitutivo da Comissão de Constituição e Justiça para o PL 655/09 Texto em letra Arial Narrow: texto da lei 14.266/07 que não foi alterado Texto em

Leia mais

PLANO DE MOBILIDADE ATIVA DO DISTRITO FEDERAL (BRASÍLIA) PMA - DF / 2018

PLANO DE MOBILIDADE ATIVA DO DISTRITO FEDERAL (BRASÍLIA) PMA - DF / 2018 PLANO DE MOBILIDADE ATIVA DO DISTRITO FEDERAL (BRASÍLIA) PMA - DF / 2018 CONTEXTO TRANSPORTE MOTORIZADO 2010 mobilidade ativa 2015 Criação da Coordenação de Transportes Não Motorizados na Secretaria de

Leia mais

Licitação do Sistema de Transporte Coletivo Público de Passageiros na Cidade de São Paulo

Licitação do Sistema de Transporte Coletivo Público de Passageiros na Cidade de São Paulo Licitação do Sistema de Transporte Coletivo Público de Passageiros na Cidade de São Paulo Sistema de Transporte Coletivo Público 14.457 ônibus 9,5 milhões de passageiros transportados/dia Última licitação

Leia mais

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura de Sapopemba

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura de Sapopemba Plano de Segurança Viária Município de São Paulo Subprefeitura de Sapopemba Vida Segura: política pública de segurança viária do município de São Paulo. Ainda está em fase de elaboração. Out/nov/dez: 32

Leia mais

13ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA A E A M E S P

13ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA A E A M E S P 13ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA A E A M E S P SP 29.08.2007 EXPANDINDO E MODERNIZANDO O TRANSPORTE POPULAÇÃO: RMBH 5 MILHÕES. BELO HORIZONTE 2,3 MILHÕES. FROTA DE VEÍCULOS: RMBH 1,4 MILHÕES.

Leia mais

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura da Vila Mariana

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura da Vila Mariana Plano de Segurança Viária Município de São Paulo Subprefeitura da Vila Mariana Vida Segura: política pública de segurança viária do município de São Paulo. Ainda está em fase de elaboração. Out/nov/dez:

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES

MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES RESOLUÇÃO RECOMENDADA DE 2016 Recomenda os conteúdos mínimos dos Planos de Mobilidade Urbana previstos na Lei nº 12.587/2012. O CONSELHO DAS CIDADES, no uso

Leia mais

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura da Capela do Socorro

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura da Capela do Socorro Plano de Segurança Viária Município de São Paulo Subprefeitura da Capela do Socorro Vida Segura: política pública de segurança viária do município de São Paulo. Ainda está em fase de elaboração. Out/nov/dez:

Leia mais

DISCIPLINAMENTO DA CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS DE CARGA CENTRO HISTÓRICO DE PORTO ALEGRE

DISCIPLINAMENTO DA CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS DE CARGA CENTRO HISTÓRICO DE PORTO ALEGRE DISCIPLINAMENTO DA CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS DE CARGA CENTRO HISTÓRICO DE PORTO ALEGRE Diagnóstico Perturbações na fluidez Grandes dimensões Manobras lentas Raio de giro restrito Remoção difícil em caso de

Leia mais

Projecto Mobilidade Sustentável PLANO DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL DE MIRANDELA. (3 de Outubro 2007)

Projecto Mobilidade Sustentável PLANO DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL DE MIRANDELA. (3 de Outubro 2007) Projecto Mobilidade Sustentável PLANO DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL DE MIRANDELA (3 de Outubro 2007) 1. OBJECTIVOS DE INTERVENÇÃO 2. ÁREA DE INTERVENÇÃO A cidade, delimitada como área de estudo, ocupa uma

Leia mais

Operação e Expansão do Metrô BH

Operação e Expansão do Metrô BH CREA Minas Seminário Internacional Mobilidade Urbana 13/03/2013 Operação e Expansão do Metrô BH METRÔ DE BELO HORIZONTE. Linha 1 Eldorado a Vilarinho Características atuais SUPERINTENDÊNCIA DE TRENS URBANOS

Leia mais

As Olimpíadas. e a Conquista da Cidade. e a Conquista da Cidade

As Olimpíadas. e a Conquista da Cidade. e a Conquista da Cidade Legado Urbano e Ambiental Ações Prioritárias: rias: - Reordenamento do espaço o urbano - Integração do sistema de transporte - Despoluição e controle ambiental - Reabilitação de áreas centrais degradadas

Leia mais

São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009

São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 1 São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 Sistema Integrado Metropolitano SIM e do Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve) 2 Secretaria dos Transportes Metropolitanos STM Três

Leia mais

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura de Vila Prudente

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura de Vila Prudente Plano de Segurança Viária Município de São Paulo Subprefeitura de Vila Prudente Vida Segura: política pública de segurança viária do município de São Paulo. Ainda está em fase de elaboração. Out/nov/dez:

Leia mais

Estratégia de Gestão da Demanda de Viagens no Município de Belo Horizonte

Estratégia de Gestão da Demanda de Viagens no Município de Belo Horizonte > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > Documento confidencial para uso e informação do cliente > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > Junho, 2016 Belo Horizonte Estratégia de Gestão da Demanda de

Leia mais

BRT Experiência no Rio de Janeiro. Eunice Horácio Gerente de Mobilidade Urbana

BRT Experiência no Rio de Janeiro. Eunice Horácio Gerente de Mobilidade Urbana BRT Experiência no Rio de Janeiro Eunice Horácio Gerente de Mobilidade Urbana 27/11/2014 Federação das Empreas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro Sindicatos filiados: 10 Empresas

Leia mais

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura da Mooca

Plano de Segurança Viária Município de São Paulo. Subprefeitura da Mooca Plano de Segurança Viária Município de São Paulo Subprefeitura da Mooca Vida Segura: política pública de segurança viária do município de São Paulo. Ainda está em fase de elaboração. Out/nov/dez: 32 audiências

Leia mais

Mapa dos Corredores Estruturais

Mapa dos Corredores Estruturais Mapa dos es Estruturais Industrial Umuarama Norte Oeste Dona Zulmira Central Leste Novo Mundo Planalto Sudoeste Jardins Sul Sudeste Santa Luzia Universitário Anéis Oeste Planalto Norte Dona Zulmira Sudoeste

Leia mais

VII ENCONTRO BIENAL DE LOGÍSTICA E CADEIAS DE VALOR E SUPRIMENTOS MACKENZIE

VII ENCONTRO BIENAL DE LOGÍSTICA E CADEIAS DE VALOR E SUPRIMENTOS MACKENZIE VII ENCONTRO BIENAL DE LOGÍSTICA E CADEIAS DE VALOR E SUPRIMENTOS MACKENZIE POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA MARTHA MARTORELLI Mobilidade Urbana: Conceito Histórico

Leia mais

Visão: Agregar conhecimento visando melhoria na qualidade de vida em cidades brasileiras através da melhoria do transporte coletivo.

Visão: Agregar conhecimento visando melhoria na qualidade de vida em cidades brasileiras através da melhoria do transporte coletivo. Visão: Agregar conhecimento visando melhoria na qualidade de vida em cidades brasileiras através da melhoria do transporte coletivo. Missão: Divulgar os benefícios e fomentar a implantação do modal monotrilho

Leia mais

Projetos Prioritários em Execução. Secretaria dos Transportes Metropolitanos

Projetos Prioritários em Execução. Secretaria dos Transportes Metropolitanos Projetos Prioritários em Execução Secretaria dos Transportes Metropolitanos Regiões Metropolitanas do Estado de São Paulo 133 municípios 40.174,05 km 2 29,16 milhões de habitantes PIB de R$ 1.069 bilhões

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA PROJETOS DE INFRAESTRUTURA

AUDIÊNCIA PÚBLICA PROJETOS DE INFRAESTRUTURA AUDIÊNCIA PÚBLICA PROJETOS DE INFRAESTRUTURA Junho/2015 O que é BRT? O que é BRT? 1) Faixas ou vias separadas e exclusivas Guangzhou (China) O que é BRT? 2) Tratamento prioritário nas interseções Cidade

Leia mais