Vale a pena parar de fumar!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Vale a pena parar de fumar!"

Transcrição

1 tabagismo

2 Algumas dicas para deixar de fumar Deixar de fumar é uma decisão para toda a vida! Concentre as suas energias e força de vontade na sua decisão. Viva um dia de cada vez; Evite locais em que mais lhe apetece fumar (cafés, bares, restaurantes, festas, etc.); Mentalize-se para as situações mais difíceis que lhe possam surgir, seja capaz de resistir; Não fume seja qual for o pretexto; Vale a pena parar de fumar!... por uma vida com mais qualidade.

3 Se Tabagismo teve um momento de fraqueza e fumou um cigarro recupere o controlo e não Faça O tabaco exercício sobre físico, a forma se de Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), anual- desista da sua decisão. Lide possível cigarros, diariamente. charutos, É cachimbos uma com isso com naturalidade. boa ou forma cigarrilhas, de reduzir é causa o stress de mente cerca de 5 milhões de e Veja onde errou e comprometadistrair-se; milhares de mortes prematuras. pessoas morrem, em todo o -se a mundo, não cometer em resultado o mesmo do tabaerro gismo. novamente; Se a epidemia não for Respeite as horas de sono; O tabagismo é um problema travada, estima-se que em Fale com amigos que já dei- De de cada saúde vez pública que superar e um enorme 2020/30, esse número chegará o xaram de fumar, por certo eles desejo encargo de fumar, para recompense- a sociedade, já aos 10 milhões de pessoas por o saberão encorajar e ajudar a -se a que si próprio. é responsável Elogie-se por pela variadas ano. superar as dificuldades; sua doenças, força de vontade pela diminuição e da coragem. qualidade e duração da vida. É um comportamento de risco não apenas para o fumador, Deixar mas, de para fumar todos trás aqueles ganhos que na sua se encontram saúde, médio/longo frequentemente prazo. expostos Cuide ao de fumo si e de passivo todos os que (família, o rodeiam. amigos, etc.).

4 Porque se deve deixar de fumar? Não fumar, para além dos benefícios para a saúde também tem benefícios económicos e são tanto maiores, quanto mais cedo deixar de fumar: Melhora o olfato, hálito e paladar; Previne o envelhecimento precoce; Reduz a probabilidade de acidentes cardiovasculares em mulheres que tomem a pílula. Diminui o risco de morte prematura (fumar reduz a esperança média de vida em cerca de dez anos); Reduz o risco de vir a sofrer de uma doença cardiovascular, de cancro ou de doenças respiratórias graves e incapacitantes;

5 O que se deve fazer para deixar de fumar? É verdade que deixar de fumar pode ser difícil quando se é dependente física e psicologicamente do tabaco. Planeie a sua decisão calmamente e conscientemente. Arranje força de vontade e acredite que vale a pena o esforço. Envolva a família, amigos e colegas neste processo. Nem sempre se consegue ultrapassar os sintomas de privação do tabaco sem ajuda. Se necessário, recorra a apoio médico. Ele poderá indicar-lhe medicamentos, cuja a utilização duplica o grau de sucesso de parar de fumar. Poderá proporcionar-lhe apoio psicológico ou encaminhamento para as consultas de cessação tabágica.

6 Algumas dicas para deixar de fumar Deixar de fumar é uma decisão para toda a vida! Concentre as suas energias e força de vontade na sua decisão. Viva um dia de cada vez; Evite locais em que mais lhe apetece fumar (cafés, bares, restaurantes, festas, etc.); Mentalize-se para as situações mais difíceis que lhe possam surgir, seja capaz de resistir; Não fume seja qual for o pretexto; Vale a pena parar de fumar!... por uma vida com mais qualidade.

7 Tabagismo Se teve um momento de fraqueza e fumou um cigarro O tabaco recupere o controlo e não Faça sobre exercício a forma físico, de Segundo a Organização Mundial Saúde (OMS), anual- se cigarros, desista da sua decisão. Lide possível charutos, diariamente. cachimbos É uma ou cigarrilhas, com isso com naturalidade. boa forma é de causa reduzir de mente cerca de 5 milhões de o stress e milhares Veja onde errou e comprometadistrair-se; de mortes prematuras. pessoas morrem, em todo o mundo, -se a em não resultado cometer do o mesmo tabagismo. erro Se novamente; a epidemia não for Respeite as horas de sono; O tabagismo é um problema travada, estima-se que em de saúde Fale com amigos que já dei- De pública cada vez e um que enorme 2020/30, esse número chegará superar o encargo xaram de fumar, por certo eles desejo para de a fumar, sociedade, recompense- já aos 10 milhões de pessoas por que o saberão encorajar e ajudar a -se é responsável a si próprio. por Elogie-se variadas ano. pela doenças, superar as dificuldades; sua força pela de diminuição vontade e da qualidade coragem. e duração da vida. É um comportamento de risco não apenas para o fumador, mas, Deixar para todos de fumar aqueles trás ganhos que se encontram na sua saúde, frequentemente a médio/longo expostos prazo. ao Cuide fumo de passivo si e de todos (família, os que amigos, o rodeiam. etc.).

8 O serviço de cardiologia ucic cardiologia/ucic está à sua disposi- ção para esclarecimento de dúvidas. Poderá contactar o médico ou a enfermeira responsável. Telef.: extensão: 4514 / 4436 centro hospitalar de trás-os-montes e alto douro, epe rua da noruega - lordelo vila real

TABACO. Uma questão de hábito ou uma questão de óbito? Pare de fumar enquanto é tempo!

TABACO. Uma questão de hábito ou uma questão de óbito? Pare de fumar enquanto é tempo! TABACO Uma questão de hábito ou uma questão de óbito? Pare de fumar enquanto é tempo! O cigarro contém: NICOTINA [substância também presente nos insecticidas] EFEITOS IMEDIATOS: TREMOR DAS MÃOS AUMENTO

Leia mais

à diabetes? As complicações resultam da de açúcar no sangue. São frequentes e graves podendo (hiperglicemia).

à diabetes? As complicações resultam da de açúcar no sangue. São frequentes e graves podendo (hiperglicemia). diabetes Quando Acidente a glicemia vascular (glicose cerebral no sangue) (tromboses), sobe, o pâncreas uma das principais O que Quais é a diabetes? as complicações associadas à diabetes? produz causas

Leia mais

MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO!

MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO! MAIO, MÊS DO CORAÇÃO MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO! 12 A 31 DE MAIO DE 2008 EXPOSIÇÃO ELABORADA PELA EQUIPA DO SERVIÇO DE CARDIOLOGIA, COORDENADA PELA ENFERMEIRA MARIA JOÃO PINHEIRO. B A R R

Leia mais

hipertensão arterial

hipertensão arterial hipertensão arterial Quem tem mais risco de ficar hipertenso? Quais são as consequências da Hipertensão Arterial? quem tem familiares Se a HTA» hipertensos não for controlada, causa lesões em diferentes

Leia mais

O desafio de deixar de fumar

O desafio de deixar de fumar O desafio de deixar de fumar O uso do cigarro tem como objetivo a busca por efeitos prazerosos desencadeados pela nicotina, melhora ime - diata do raciocínio e do humor, diminuição da ansiedade e ajuda

Leia mais

Deixe de Fumar! Este Ano faça algo pela sua Saúde. Se é um dos 7 em 10 fumadores que quer deixar de fumar, saiba como...

Deixe de Fumar! Este Ano faça algo pela sua Saúde. Se é um dos 7 em 10 fumadores que quer deixar de fumar, saiba como... Este Ano faça algo pela sua Saúde Deixe de Fumar! Se é um dos 7 em 10 fumadores que quer deixar de fumar, saiba como... Sinta o prazer de uma vida sem tabaco Benefícios Se é fumador, a melhor opção que

Leia mais

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia 17 de Novembro Dia do Não Fumador

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia 17 de Novembro Dia do Não Fumador Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia 17 de Novembro Dia do Não Fumador Ano Lectivo 2010-11 O hábito de fumar está relacionado com causas essencialmente sociais e comportamentais.

Leia mais

Departamento de Epidemiologia www.onsa.pt SEMANA ABERTA NO INSA. Teresa Contreiras Carlos Dias Eleonora Paixão

Departamento de Epidemiologia www.onsa.pt SEMANA ABERTA NO INSA. Teresa Contreiras Carlos Dias Eleonora Paixão Departamento de Epidemiologia www.onsa.pt SEMANA ABERTA NO INSA Teresa Contreiras Carlos Dias Eleonora Paixão 1 Alguns factos históricos da epidemia tabágica Consumo de cigarros raro em 1900 (EUA: 54 cig/pessoa/ano)

Leia mais

O Consumo de Tabaco no Brasil. Equipe LENAD: Ronaldo Laranjeira Clarice Sandi Madruga Ilana Pinsky Ana Cecília Marques Sandro Mitsuhiro

O Consumo de Tabaco no Brasil. Equipe LENAD: Ronaldo Laranjeira Clarice Sandi Madruga Ilana Pinsky Ana Cecília Marques Sandro Mitsuhiro O Consumo de Tabaco no Brasil Equipe LENAD: Ronaldo Laranjeira Clarice Sandi Madruga Ilana Pinsky Ana Cecília Marques Sandro Mitsuhiro 1. Porque esse estudo é relevante? Segundo a Organização Mundial de

Leia mais

O QUE É? É UM EVENTO GLOBAL QUE UNE A POPULAÇÃO EM TORNO DA LUTA CONTRA O CANCRO; DESTINA-SE A SALVAR VIDAS HUMANAS, ATRAVÉS DA SENSIBILIZAÇÃO E

O QUE É? É UM EVENTO GLOBAL QUE UNE A POPULAÇÃO EM TORNO DA LUTA CONTRA O CANCRO; DESTINA-SE A SALVAR VIDAS HUMANAS, ATRAVÉS DA SENSIBILIZAÇÃO E O QUE É? É UM EVENTO GLOBAL QUE UNE A POPULAÇÃO EM TORNO DA LUTA CONTRA O CANCRO; DESTINA-SE A SALVAR VIDAS HUMANAS, ATRAVÉS DA SENSIBILIZAÇÃO E EDUCAÇÃO; É UMA OPORTUNIDADE PARA REFLETIR E PARA AGIR!

Leia mais

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos 1 Organização das Aulas Uma aula de Educação Física é composta por três partes sequenciais, cada uma com objetivos específicos. 1.1 Parte Inicial A parte inicial

Leia mais

09:49:35 - Jane Bettiol : Convidado 'Jane Bettiol' entra na sala. 10:00:22 - DC fala para todos: Os chats são realizadas por jornalistas de

09:49:35 - Jane Bettiol : Convidado 'Jane Bettiol' entra na sala. 10:00:22 - DC fala para todos: Os chats são realizadas por jornalistas de 09:49:35 - Jane Bettiol : Convidado 'Jane Bettiol' entra na sala. 10:00:22 - DC fala para todos: Os chats são realizadas por jornalistas de diario.com.br, convidados especiais e pelos usuários. Todas as

Leia mais

Participar em estudos de investigação científica é contribuir para o conhecimento e melhoria dos serviços de saúde em Portugal

Participar em estudos de investigação científica é contribuir para o conhecimento e melhoria dos serviços de saúde em Portugal FO L H E TO F EC H A D O : FO R M ATO D L ( 2 2 0 x 1 1 0 m m ) FO L H E TO : C A PA Departamento de Epidemiologia Clínica, Medicina Preditiva e Saúde Pública Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

Leia mais

PARECER COREN-SP 003/2015 - CT PRCI nº 102.705 Tickets nº 298.347

PARECER COREN-SP 003/2015 - CT PRCI nº 102.705 Tickets nº 298.347 PARECER COREN-SP 003/2015 - CT PRCI nº 102.705 Tickets nº 298.347 Ementa: Paciente fumante. 1. Do fato Profissional Auxiliar de Enfermagem informa que a direção da instituição em que trabalha determinou

Leia mais

Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR?

Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR? Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR? O NÚMERO DE PESSOAS AFETADAS POR DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EVITÁVEIS NÃO PÁRA DE AUMENTAR. AS CRIANÇAS E OS MAIS VELHOS SÃO OS MAIS ATINGIDOS. SÃO DOENÇAS

Leia mais

folder_socesp.indd 1 04/09/2012 15:33:13

folder_socesp.indd 1 04/09/2012 15:33:13 Doenças cardiovasculares (DCVs), incluindo doenças cardíacas e derrames, matam prematuramente. De fato, elas causam 17,3 milhões de mortes a cada ano e os números estão aumentando. Até 2030, espera-se

Leia mais

SENADO FEDERAL EVITE O CIGARRO SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL EVITE O CIGARRO SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL EVITE O CIGARRO SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Evite o cigarro apresentação Depois que foi identificado como problema de saúde pública, o cigarro tem sido combatido em campanhas de comunicação,

Leia mais

Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro

Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro Não Há Saúde Sem Saúde Mental Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro 1 a 17 de Outubro de 2010 Exposição promovida pelo Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental O QUE É A SAÚDE MENTAL? É sentir-nos

Leia mais

PARAR DE FUMAR. Uma decisão saudável. Programa de Controle do Tabagismo

PARAR DE FUMAR. Uma decisão saudável. Programa de Controle do Tabagismo PARAR DE FUMAR Uma decisão saudável Programa de Controle do Tabagismo Você sabe o que tem dentro do cigarro e outros produtos do tabaco? 4720 substâncias tóxicas, incluindo: Nicotina; Alcatrão; Monóxido

Leia mais

GUIA PRÁTICO PARA DEIXAR DE FUMAR. SOS Deixar de Fumar 808 20 88 88. Nós conseguimos deixar de fumar!

GUIA PRÁTICO PARA DEIXAR DE FUMAR. SOS Deixar de Fumar 808 20 88 88. Nós conseguimos deixar de fumar! GUIA PRÁTICO PARA DEIXAR DE FUMAR SOS Deixar de Fumar 808 20 88 88 Nós conseguimos deixar de fumar! Autores PH+ - Desenvolvimento de Potencial Humano, Av. Miguel Bombarda, 36 11E, 1050-165 Lisboa Tel.:

Leia mais

A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar

A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar A actividade física e os desportos saudáveis são essenciais para a nossa saúde e bem-estar. Actividade física adequada e desporto

Leia mais

TRATAMENTO DE DADOS: PESQUISA SOBRE O NÚMERO DE FUMANTES NO CAMPUS DA ULBRA DE GUAÍBA

TRATAMENTO DE DADOS: PESQUISA SOBRE O NÚMERO DE FUMANTES NO CAMPUS DA ULBRA DE GUAÍBA TRATAMENTO DE DADOS: PESQUISA SOBRE O NÚMERO DE FUMANTES NO CAMPUS DA ULBRA DE GUAÍBA Ismael Bridi 1 Carine B. Loureiro 2 Paulo Samarani 3 RESUMO Em pesquisa realizada entre os alunos do campus da ULBRA

Leia mais

III Jornada Regional sobre drogas ABEAD/MPPE ENTENDENDO O TABAGISMO: A DEPENDÊNCIA E O TRATAMENTO

III Jornada Regional sobre drogas ABEAD/MPPE ENTENDENDO O TABAGISMO: A DEPENDÊNCIA E O TRATAMENTO III Jornada Regional sobre drogas ABEAD/MPPE ENTENDENDO O TABAGISMO: A DEPENDÊNCIA E O TRATAMENTO IVANA MAGALY LIMA ALENCAR CARVALHEIRA Psicóloga Clínica Hospitalar Neuropsicóloga - CRP 02/8461 Setembro/2010

Leia mais

1. (PT) - Jornal de Notícias, 07/05/2014, Passos dá CMIN como exemplo de sucesso 1

1. (PT) - Jornal de Notícias, 07/05/2014, Passos dá CMIN como exemplo de sucesso 1 07-05-2014 Revista de Imprensa 07-05-2014 1. (PT) - Jornal de Notícias, 07/05/2014, Passos dá CMIN como exemplo de sucesso 1 2. (PT) - Jornal de Notícias, 07/05/2014, Hospital de Viana não vai perder valências

Leia mais

O Nicorette Goma para mascar medicamentosa de 2 mg ou 4 mg. apresenta-se sob a forma farmacêutica de goma para mascar medicamentosa.

O Nicorette Goma para mascar medicamentosa de 2 mg ou 4 mg. apresenta-se sob a forma farmacêutica de goma para mascar medicamentosa. FOLHETO INFORMATIVO Leia atentamente este folheto antes de tomar o medicamento - Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente. - Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Leia mais

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT)

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) AJUDA DE MÃE APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) Objectivos: Informar, apoiar, encaminhar e acolher a mulher grávida. Ajudar cada

Leia mais

Vamos falar sobre câncer?

Vamos falar sobre câncer? Vamos falar sobre câncer? O SIEMACO sempre está ao lado dos trabalhadores, seja na luta por melhores condições de trabalho, lazer e educação ou na manutenção da saúde, visando a promoção e ascensão social.

Leia mais

CONHECENDO A PSICOTERAPIA

CONHECENDO A PSICOTERAPIA CONHECENDO A PSICOTERAPIA Psicólogo Emilson Lúcio da Silva CRP 12/11028 2015 INTRODUÇÃO Em algum momento da vida você já se sentiu incapaz de lidar com seus problemas? Se a resposta é sim, então você não

Leia mais

Cessação e Tratamento do Tabagismo Mitos e Verdades. Silvia M. Cury Ismael Mônica Andreis

Cessação e Tratamento do Tabagismo Mitos e Verdades. Silvia M. Cury Ismael Mônica Andreis Cessação e Tratamento do Tabagismo Mitos e Verdades Silvia M. Cury Ismael Mônica Andreis Cigarro é droga? Verdade! Cigarro é uma droga poderosa, apesar de ser um produto lícito. O potencial de abuso da

Leia mais

Pacto Europeu. para a Saúde. Conferência de alto nível da ue. Bruxelas, 12-13 de junho de 2008

Pacto Europeu. para a Saúde. Conferência de alto nível da ue. Bruxelas, 12-13 de junho de 2008 Pacto Europeu para a Saúde Mental e o Bem-Estar Conferência de alto nível da ue JUNTOS PELA SAÚDE MENTAL E PELO BEM-ESTAR Bruxelas, 12-13 de junho de 2008 Slovensko predsedstvo EU 2008 Slovenian Presidency

Leia mais

II Seminário de Integração sobre Saúde e Segurança Boas Práticas na Área Portuária

II Seminário de Integração sobre Saúde e Segurança Boas Práticas na Área Portuária II Seminário de Integração sobre Saúde e Segurança Boas Práticas na Área Portuária PROGRAMA PORTO SEGURO LIMPO EM TERRA E A BORDO Área de Abrangência Saúde Mental e Comportamental. Objetivo Prevenção,

Leia mais

Portuguese version 1

Portuguese version 1 1 Portuguese version Versão Portuguesa Conferência Europeia de Alto Nível Juntos pela Saúde Mental e Bem-estar Bruxelas, 12-13 Junho 2008 Pacto Europeu para a Saúde Mental e Bem-Estar 2 Pacto Europeu para

Leia mais

Pequenas, mas com vontades próprias, as. crianças expressam as suas emoções de. formas muito distintas ao longo das várias fases

Pequenas, mas com vontades próprias, as. crianças expressam as suas emoções de. formas muito distintas ao longo das várias fases Newsletter N.º 19 Janeiro/Fevereiro 11 5 Pequenas, mas com vontades próprias, as crianças expressam as suas emoções de formas muito distintas ao longo das várias fases da infância. Mas é entre os 2 e os

Leia mais

ESCOLA PROMOTORA DE SAÚDE

ESCOLA PROMOTORA DE SAÚDE ESCOLA PROMOTORA DE SAÚDE ÁREA 100% LIVRE DE FUMAÇA ESCOLA PROMOTORA DE SAÚDE O QUE É EPS? ESCOLA QUE PROPORCIONA UM ENTORNO MAIS SAUDÁVEL, SEGURO E APROPRIADOS PARA CONVIVER PROMOVENDO SAÚDE E QUALIDADE

Leia mais

Orientar trabalhos de pesquisa... Um caso com aplicação na disciplina de Ciências Naturais (9.º ano de escolaridade).

Orientar trabalhos de pesquisa... Um caso com aplicação na disciplina de Ciências Naturais (9.º ano de escolaridade). Orientar trabalhos de pesquisa... Um caso com aplicação na disciplina de Ciências Naturais (9.º ano de escolaridade). A operação de interpretação refere-se a inferências e generalizações que podem ser

Leia mais

OS CUIDADOS PALIATIVOS EM PORTUGAL. Resultados Quantitativos

OS CUIDADOS PALIATIVOS EM PORTUGAL. Resultados Quantitativos OS CUIDADOS PALIATIVOS EM PORTUGAL Resultados Quantitativos Outubro 2008 1 METODOLOGIA FICHA TÉCNICA Total da Amostra: 606 Entrevistas telefónicas, realizadas por CATI (computer assisted telephone interview).

Leia mais

À medida que o ser humano aprende qualquer coisa, as ligações entre grupos de neurônios mudam a sua composição química.

À medida que o ser humano aprende qualquer coisa, as ligações entre grupos de neurônios mudam a sua composição química. 2 Índice 1 - Objetivo... 3 2 Arquivo Mental... 4 3 - Filtros Cerebrais... 9 4 - Paradigmas e Percepções... 13 5 - Alterações do Mapa Mental... 16 Resumo... 22 Saiba mais...... 24 3 1 - OBJETIVO Este texto

Leia mais

CONSUMO DE ÁLCOOL & ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

CONSUMO DE ÁLCOOL & ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS CONSUMO DE ÁLCOOL & ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS O álcool é a «droga recreativa» mais utilizada em contexto universitário. Estudos recentes revelam que mais de metade dos estudantes universitários tiveram,

Leia mais

SENADO FEDERAL DIGA NÃO ÀS DROGAS SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL DIGA NÃO ÀS DROGAS SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL DIGA NÃO ÀS DROGAS SENADOR CLÉSIO ANDRADE Diga não às drogas apresentação A droga oferece um único caminho: começa pela busca do prazer e da euforia e acaba no inferno para manter o vício.

Leia mais

ESCALA DE AVALIAÇÃO DA SOBRECARGA DOS FAMILIARES FBIS-BR

ESCALA DE AVALIAÇÃO DA SOBRECARGA DOS FAMILIARES FBIS-BR Bandeira et al., (2006). Escala de Sobrecarga Familiar 1 ESCALA DE AVALIAÇÃO DA SOBRECARGA DOS FAMILIARES FBIS-BR Escala adaptada e validada pelo Laboratório de Pesquisa em Saúde Mental (LAPSAM) www.lapsam.ufsj.edu.br

Leia mais

Vigilância de fatores de risco: Tabagismo

Vigilância de fatores de risco: Tabagismo Universidade Federal Fluminense Instituto de Saúde da Comunidade MEB Epidemiologia IV Vigilância de fatores de risco: Tabagismo Maria Isabel do Nascimento MEB/ Departamento de Epidemiologia e Bioestatística

Leia mais

O TABAGISMO COMO DEPENDÊNCIA

O TABAGISMO COMO DEPENDÊNCIA O TABAGISMO COMO DEPENDÊNCIA Ministério da Saúde - MS Instituto Nacional de Câncer - INCA Coordenação de Prevenção e Vigilância - Conprev Divisão de Programas de Controle do Tabagismo e outros Fatores

Leia mais

Situação Epidemiológica

Situação Epidemiológica 9. Tabagismo Situação Epidemiológica Doenças e Agravos Não Transmissíveis no Estado do Paraná O tabagismo é a segunda maior causa de morte no planeta, responsável por 8,8% do total de óbitos. São cerca

Leia mais

O desafio em ajudar o paciente a parar de fumar TABAGISMO 03/07/2012. Prevalência de Tabagismo no Brasil

O desafio em ajudar o paciente a parar de fumar TABAGISMO 03/07/2012. Prevalência de Tabagismo no Brasil O desafio em ajudar o paciente a parar de fumar Fernanda Miranda de Oliveira Pneumologista TABAGISMO O tabagismo é uma doença crônica, gerada pela dependência física e psicológica da nicotina. Todos os

Leia mais

O PAPEL DA ENFERMAGEM NA REABILITAÇÃO CARDIACA RAQUEL BOLAS

O PAPEL DA ENFERMAGEM NA REABILITAÇÃO CARDIACA RAQUEL BOLAS O PAPEL DA ENFERMAGEM NA REABILITAÇÃO CARDIACA RAQUEL BOLAS Ericeira, 11 de Fevereiro 2011 DEFINIÇÃO De acordo com a OMS (2003), a Reabilitação Cardíaca é um conjunto De acordo com a OMS (2003), a Reabilitação

Leia mais

PlasmaMade e o ar limpo Como vender ar limpo para todos, em qualquer sítio V2.0 000-11.1

PlasmaMade e o ar limpo Como vender ar limpo para todos, em qualquer sítio V2.0 000-11.1 PlasmaMade e o ar limpo Como vender ar limpo para todos, em qualquer sítio V2.0 000-11.1 O Filtro de Ar PlasmaMade garante: Ar Saudável Em espaços onde vivem múltiplas pessoas, como salas, quartos, escritórios

Leia mais

Apoios gratuitos a doentes e seus familiares

Apoios gratuitos a doentes e seus familiares União Humanitária dos Doentes com Cancro Quanto mais olharmos o cancro de frente, mais ele se afasta de nós Exmo(a). Senhor(a), Os melhores cumprimentos. A União Humanitária dos Doentes com Cancro está

Leia mais

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO wertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyui

Leia mais

Cigarro agride não fumantes

Cigarro agride não fumantes Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Cigarro agride não fumantes Para impedir o tabagismo passivo, cidades criam leis de proibição do fumo

Leia mais

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox Informativo Semanal O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo.

Leia mais

SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO

SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO www.medialcare.pt SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO 1 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Com a colaboração de uma especialista em Nutrição, propomos apresentar a temática

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO FERNANDO GRELLA VIEIRA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO FERNANDO GRELLA VIEIRA EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO FERNANDO GRELLA VIEIRA ASSOCIAÇÃO DE CONTROLE DO TABAGISMO, PROMOÇÃO DA SAÚDE E DOS DIREITOS HUMANOS - ACT, associação sem

Leia mais

GTSS GLOBAL TOBACCO SURVEILLANCE SYSTEM

GTSS GLOBAL TOBACCO SURVEILLANCE SYSTEM GTSS GLOBAL TOBACCO SURVEILLANCE SYSTEM Perguntas sobre Tabaco para Pesquisas Um subconjunto de perguntas chave da Pesquisa Mundial sobre Tabagismo em Adultos (conhecida internacionalmente como Global

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA. PROJETO DE LEI Nº 934, DE 2003 (Apenso o Projeto de Lei nº 1.802, de 2003)

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA. PROJETO DE LEI Nº 934, DE 2003 (Apenso o Projeto de Lei nº 1.802, de 2003) COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 934, DE 2003 (Apenso o Projeto de Lei nº 1.802, de 2003) Institui Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico destinada a financiar programas

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ CÂMARA MUNICIPAL DE TERESINA GABINETE DA VEREADORA ROSÁRIO BEZERRA PT

ESTADO DO PIAUÍ CÂMARA MUNICIPAL DE TERESINA GABINETE DA VEREADORA ROSÁRIO BEZERRA PT PROJETO DE LEI Nº DE 16 DE MARÇO DE 2010 Proíbe o consumo de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos ou de qualquer outro produto fumígeno, derivado ou não do tabaco, e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

Doenças Cardiovasculares

Doenças Cardiovasculares Doenças Cardiovasculares doenças cardiovasculares 1 ÍNDICE O que são as doenças cardiovasculares? 1 Sabe como prevenir as doenças cardiovasculares? 2 Factores modificáveis 4 Açúcar elevado no sangue 4

Leia mais

Consulta de Enfermagem para Pessoas com Hipertensão Arterial Sistêmica. Ms. Enf. Sandra R. S. Ferreira

Consulta de Enfermagem para Pessoas com Hipertensão Arterial Sistêmica. Ms. Enf. Sandra R. S. Ferreira Consulta de Enfermagem para Pessoas com Hipertensão Arterial Sistêmica Ms. Enf. Sandra R. S. Ferreira O QUE É HIPERTENSÃO ARTERIAL? Condição clínica multifatorial caracterizada por níveis elevados e sustentados

Leia mais

26 NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém) Impacto dos Riscos Psicossociais no Trabalho

26 NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém) Impacto dos Riscos Psicossociais no Trabalho O 26 NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém) Impacto dos Riscos Psicossociais no Trabalho Mais do que avaliar... Um ambiente de trabalho, seguro na perspetiva psicossocial...... é um ambiente de trabalho no qual

Leia mais

Prevenção em saúde mental

Prevenção em saúde mental Prevenção em saúde mental Treinar lideranças comunitárias e equipes de saúde para prevenir, identificar e encaminhar problemas relacionados à saúde mental. Essa é a característica principal do projeto

Leia mais

Doenças Crônicas. uma nova transição. Paulo A. Lotufo. FMUSP Coordenador do Centro de Pesquisa Clínica e Epidemiológica da USP

Doenças Crônicas. uma nova transição. Paulo A. Lotufo. FMUSP Coordenador do Centro de Pesquisa Clínica e Epidemiológica da USP Doenças Crônicas uma nova transição Paulo A. Lotufo Professor Titular de Clínica Médica FMUSP Coordenador do Centro de Pesquisa Clínica e Epidemiológica da USP esclarecimentos O termo doença crônica pode

Leia mais

Presidir à Sociedade Portuguesa de Hipertensão «é uma experiência muito interessante»

Presidir à Sociedade Portuguesa de Hipertensão «é uma experiência muito interessante» 2015-11-30 19:57:39 http://justnews.pt/noticias/presidir-a-sociedade-portuguesa-de-hipertensao-e-uma-experiencia-muito-interessante Presidir à Sociedade Portuguesa de Hipertensão «é uma experiência muito

Leia mais

PRIMEIRA FRATURA. FAÇA COM que A SUA SEJA A SUA ÚLTIMA. www.spodom.org. www.iofbonehealth.org

PRIMEIRA FRATURA. FAÇA COM que A SUA SEJA A SUA ÚLTIMA. www.spodom.org. www.iofbonehealth.org FAÇA COM que A SUA PRIMEIRA FRATURA SEJA A SUA ÚLTIMA www.iofbonehealth.org Sociedade Portuguesa de Osteoporose e Doenças Ósseas Metabólicas www.spodom.org O QUE É A OSTEOPOROSE? A osteoporose é uma doença

Leia mais

PROJETO DE RELATÓRIO

PROJETO DE RELATÓRIO PARLAMENTO EUROPEU 2009-2014 Comissão dos Direitos da Mulher e da Igualdade dos Géneros 28.6.2012 2012/2129(INI) PROJETO DE RELATÓRIO sobre a prevenção de doenças das mulheres relacionadas com a idade

Leia mais

FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO

FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO MOMENTO DE DERRUBAR TABUS As razões podem ser bem diferentes, porém muito mais gente do que se imagina já teve uma intenção em comum. Segundo estudo realizado pela Unicamp,

Leia mais

AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE

AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE WHOQOL-120 HIV AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE Genebra Versão em Português 1 Departamento de Saúde Mental e Dependência Química Organização Mundial da Saúde CH-1211 Genebra

Leia mais

A SAÚDE TAMBÉM É CONSIGO. Tabaco

A SAÚDE TAMBÉM É CONSIGO. Tabaco Tabaco Álcool Medicamentos Cocaína Heroína Cannabis Ecstasy ÁLCOOL Características da substância O álcool contido nas bebidas é cientificamente designado como etanol, sendo produzido através da fermentação

Leia mais

Avaliação das políticas de ambientes livres de fumo

Avaliação das políticas de ambientes livres de fumo Avaliação das políticas de ambientes livres de fumo Andrew Hyland, PhD Roswell Park Cancer Institute 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health Seção A Visão Geral 2007 Johns Hopkins Bloomberg

Leia mais

Patologia dual e comportamentos aditivos: contra o estigma, integrar

Patologia dual e comportamentos aditivos: contra o estigma, integrar 10 II Congresso Ibero Brasileiro de Patologia Dual e Comportamentos Aditivos: Patologia dual e comportamentos aditivos: contra o estigma, integrar A Associação Portuguesa de Patologia Dual (APPD) e a Unidade

Leia mais

Resultados do inquérito sobre educação para a saúde aplicado aos alunos do 9ºano do Agrupamento de Escolas Viseu Sul.

Resultados do inquérito sobre educação para a saúde aplicado aos alunos do 9ºano do Agrupamento de Escolas Viseu Sul. Resultados do inquérito sobre educação para a saúde aplicado aos alunos do 9ºano do Agrupamento de Escolas Viseu Sul. Idade 13 anos 1 1% 14 anos 58 52% 15 anos 43 38% 16 anos ou mais 10 9% Género Feminino

Leia mais

Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- 11ºB

Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- 11ºB Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- 11ºB É uma doença psiquiátrica que leva as pessoas a acreditarem que

Leia mais

O CIE face à Obesidade: CRIAÇÃO DA CONSCIENCIALIZAÇÃO PÚBLICA DE UMA DOENÇA SÓCIO-AMBIENTAL. Qual a diferença entre o excesso de peso e a obesidade?

O CIE face à Obesidade: CRIAÇÃO DA CONSCIENCIALIZAÇÃO PÚBLICA DE UMA DOENÇA SÓCIO-AMBIENTAL. Qual a diferença entre o excesso de peso e a obesidade? A ENFERMAGEM É IMPORTANTE A Enfermagem é importante fornece informação breve de referência, com uma perspectiva internacional da profissão de enfermagem sobre questões sociais e de saúde actuais O CIE

Leia mais

(1) Qual a importância da saúde mental da população para os objectivos estratégicos da EU, tal como indicado em secção 1?

(1) Qual a importância da saúde mental da população para os objectivos estratégicos da EU, tal como indicado em secção 1? Respostas às questões da secção 8 do LIVRO VERDE Melhorar a saúde mental da população Rumo a uma estratégia de saúde mental para a União Europeia Bruxelas 14.10.2005 (1) Qual a importância da saúde mental

Leia mais

Portugal Prevenção e Controlo do Tabagismo em números 2013

Portugal Prevenção e Controlo do Tabagismo em números 2013 ISSN: 2183-0762 Portugal Prevenção e Controlo do Tabagismo em números 2013 Programa Nacional para a Prevenção e Controlo do Tabagismo www.dgs.pt Portugal. Direção-Geral da Saúde. Direção de Serviços de

Leia mais

Curso de Desenvolvimento Pessoal - PERCEPÇÃO EM METAMORFOSE -

Curso de Desenvolvimento Pessoal - PERCEPÇÃO EM METAMORFOSE - Curso de Desenvolvimento Pessoal - PERCEPÇÃO EM METAMORFOSE - OBJECTIVOS GERAIS - Promover a reciclagem, a actualização ou o aperfeiçoamento pessoal através do desenvolvimento das suas competências técnicas,

Leia mais

ESTRATÉGIAS PARA PROVA MENTALIDADE E ORGANIZAÇÃO TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO

ESTRATÉGIAS PARA PROVA MENTALIDADE E ORGANIZAÇÃO TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO ESTRATÉGIAS PARA PROVA TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS MENTALIDADE E CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO OBJETIVO DO MÓDULO SEU MAIOR CONCORRENTE É VOCÊ. SE VOCÊ IDENTIFICA OS PRÓPRIOS ERROS E ORGANIZA

Leia mais

ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL

ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL 1. ENVELHECIMENTO ACTIVO A Organização Mundial da Saúde e a Comissão da União Europeia consideram de grande importância todas as medidas, políticas e práticas, que contribuam para

Leia mais

Prevenção Cardio vascular. Dra Patricia Rueda Cardiologista e Arritmologista

Prevenção Cardio vascular. Dra Patricia Rueda Cardiologista e Arritmologista Prevenção Cardio vascular Dra Patricia Rueda Cardiologista e Arritmologista Principal causa de morte em todo o mundo Considerada uma EPIDEMIA pela OMS em 2009 Alta mortalidade Alta morbidade = Muitas

Leia mais

Documento Técnico A Actividade Física e a Promoção da Saúde na 3ª Idade

Documento Técnico A Actividade Física e a Promoção da Saúde na 3ª Idade Documento Técnico A Actividade Física e a Promoção da Saúde na 3ª Idade DIVISÃO DESPORTO - CME A Actividade Física e a Promoção da Saúde na 3ª Idade 1.1. Conceito de Saúde Segundo a Organização Mundial

Leia mais

O QUE PRECISA PARA SER UM BOM TUTOR

O QUE PRECISA PARA SER UM BOM TUTOR O QUE PRECISA PARA SER UM BOM TUTOR Bem-vindo: O Professor será a primeira cara do IST a comunicar com os cerca de 15 alunos de seu curso que lhe foram atribuídos pelo fénix. Reunimos para si um conjunto

Leia mais

Folheto Informativo, Vol. 4, n.º 21. idos pais. Associação

Folheto Informativo, Vol. 4, n.º 21. idos pais. Associação Folheto Informativo, Vol. 4, n.º 21. idos pais Associação promoção do desenvolvimento, tratamento e prevenção da saúde mental Associação Edição online gratuita i dos pais. Folheto Informativo. Vol. 4,

Leia mais

Leitura dinâmica no SilentIdea 4.0 Apresentação

Leitura dinâmica no SilentIdea 4.0 Apresentação Leitura dinâmica no SilentIdea 4.0 Apresentação Leitura dinâmica Como ler mais rapidamente Usando o leitor do SilentIdea 4.0 Apresentação Leitura dinâmica Enquanto lê, você muitas vezes: "Ouve" cada palavra

Leia mais