Abraços, Professor Hilton Moreno e Professor Roberto Menna Barreto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Abraços, Professor Hilton Moreno e Professor Roberto Menna Barreto"

Transcrição

1 APRESENTAÇÃO A complexidade que envolve as atuais e futuras instalações elétricas de baixa e média tensão no que tange ao seu planejamento projeto, instalação, operação, manutenção, inspeção, ensino e treinamento, somados aos relevantes aspectos a serem considerados em relação à eficiência energética, qualidade de energia, sustentabilidade, segurança das pessoas, animais e patrimônio, normalização e regulamentação técnicas, evoluções tecnológicas permanentes, smart grids, smart cities, smart buildings, smart homes, dentre outros temas, faz com que os profissionais que já atuam na área, ou pretendem nela atuar, tenham que se atualizar e aperfeiçoar continuamente. A realidade brasileira, ao longo dos anos, tem sido que o ensino da disciplina de Instalações Elétricas geralmente ocupa uma pequena carga horária nos cursos de graduação de engenharia, o que torna impraticável passar para os alunos um conhecimento abrangente do tema. Foi com a constatação dessa situação no dia a dia, e tendo como base a longa experiência nacional e internacional de ambos no ramo de instalações elétricas, que os reconhecidos engenheiros e professores Hilton Moreno e Roberto Menna Barreto idealizaram o presente Curso de Pós-graduação lato-sensu em Instalações Elétricas Prediais, Comerciais e Industriais, pioneiro no formato prático e conteúdo abrangente no Brasil. Mais do que obter um certificado no final do curso, o propósito desse projeto de educação continuada idealizado pelos professores é agregar, de fato, conhecimentos teóricos e práticos que permitam ao aluno aplica-los imediatamente em suas atividades profissionais. Para que isso aconteça, foi preparada uma grade de disciplinas que permite ao aluno obter conhecimentos em diversos temas que, somados, dão uma visão dos principais elementos que fazem parte das instalações elétricas. Todo esse potencial de conhecimento somente por ser transmitido aos alunos por professores experientes, com larga vivência prática e atuação reconhecida no mercado. Além disso, os professores devem estar comprometidos com o propósito do curso e com o aperfeiçoamento profissional dos alunos. Para garantir a excelência deste curso de pós-graduação, os professores de cada disciplina foram escolhidos sob medida, tendo em vista o conhecimento teórico e prático que possuem, sempre alicerçados em suas atuações profissionais. Isso resultou numa seleção incrível de mestres com elevado nível de conhecimento e reputação no mercado. Todos são especialistas em suas disciplinas, com muitos anos de experiências positivas em seus trabalhos. Para fechar a proposta deste curso de pós-graduação com chave de ouro, ele tem a chancela da Facens Faculdade de Engenharia de Sorocaba, uma instituição de ensino filantrópica e tradicional do interior do Estado de São Paulo, que possui recursos materiais, salas de aula, laboratórios e pedagógicos de primeira linha no ensino da engenharia. O curso foi elaborado segundo a Resolução CES - CNE nº 1 de 08/06/2007 e o certificado emitido pela Facens tem o reconhecimento do MEC como lato sensu (especialização), uma vez cumprida toda a carga horária, as notas das avaliações serem acima da mínima exigida e apresentado o trabalho de conclusão do curso.

2 Esperamos encontrá-lo em nossa nova turma da pós-graduação em instalações elétricas. Seja bem-vindo ao nosso grupo de relacionamento formado pelos professores e alunos dos cursos em andamento. Se quiser esclarecer alguma dúvida diretamente conosco sobre o conteúdo do curso, sua proposta pedagógica e profissional e professores, por favor envie mensagem para Abraços, Professor Hilton Moreno e Professor Roberto Menna Barreto Inscrições:

3 GRADE CURRICULAR Tendo em vista o objetivo do curso que é fornecer uma base técnica e científica para a capacitação, reciclagem e aprimoramento de profissionais nas principais questões relacionadas com as instalações elétricas prediais, comerciais e industriais, apresentando aos participantes as principais disciplinas que são indispensáveis para o seu entendimento, sob os pontos de vista técnico, econômico, sustentável e acompanhando as tendências da área, a grade curricular foi preparada sob medida para atingir essa meta. A carga horária total do curso é de 360 horas, divididas em 5 módulos com 4 disciplinas em cada módulo. Cada disciplina tem uma carga horária de 16 horas e o trabalho de conclusão de curso tem uma carga horária equivalente a 40 horas. A formatação do curso em módulos, formados por disciplinas independentes e complementares, aliada ao fato de que existe mais de uma turma em andamento ao mesmo tempo, permite uma certa flexibilidade para os alunos. Assim, quando os calendários das diferentes turmas permitirem, a aula de uma determinada disciplina poderá ser assistida em outra turma em andamento do curso, seja em Sorocaba, São Paulo ou outro local onde houver uma turma em funcionamento. Confira a grade curricular: Módulo I: Baixa tensão, Aterramento de sistemas eletroeletrônicos, SPDA e Inspeção. Instalações elétricas de baixa tensão conforme a NBR 5410 Aterramento de sistemas eletroeletrônicos Sistemas de proteção contra descargas atmosféricas Inspeção e certificação de instalações elétricas de baixa tensão Módulo II: Média tensão, Proteção, Aterramento e Subestações. Instalações elétricas de média tensão conforme a NBR Proteção e seletividade de sistemas elétricos Aterramento de subestações Subestações de consumidores e concessionárias Módulo III: Qualidade de energia elétrica, Compatibilidade Eletromagnética, Manutenção e Automação de sistemas elétricos. Qualidade de energia elétrica e eficiência energética Compatibilidade eletromagnética em instalações eletroeletrônicas Manutenção de instalações elétricas de baixa e média tensão Automação de sistemas elétricos industriais e subestações Módulo IV: Segurança, Redes de Distribuição e Legislação. Segurança nos serviços com eletricidade Redes de distribuição aéreas em condomínios Legislação do setor elétrico; medição e faturamento de energia elétrica Redes de distribuição subterrâneas em condomínios Módulo V: Automação de Edificações e Iluminação. Metodologia da Pesquisa Científica Normalização e avaliação da conformidade Automação de edificações Iluminação comercial e industrial

4 Inscrições:

5 PROFESSORES Além da grade curricular diferenciada, um outro ponto forte deste curso de pós-graduação é a excelência dos professores convidados. Todos são profissionais experientes e reconhecidos em suas respectivas áreas de atuação. A coordenação dos professores está sob a responsabilidade dos professores Hilton Moreno e Roberto Menna Barreto. Confira quem são alguns dos professores que você vai encontrar no curso (por ordem alfabética): Hilton Moreno Engenheiro Eletricista pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (1980). Membro do Comitê Brasileiro de Eletricidade da ABNT desde 1986, com participação em diversas comissões, dentre as quais da NBR 5410, NBR e NBR Participante de atividades de normalização técnica na Associação Mercosul de Normalização e no Comitê Panamericano de Normalização Técnica. Ex-professor da Escola de Engenharia Mauá (titular da cadeira de Instalações Elétricas) e atual professor concursado do Curso de MBA de Gestão de Energia da Fundação Santo André, SP. Em 2014, recebeu do CREA-SP o Diploma de Mérito da Engenharia, Arquitetura e Agronomia Paulista. Palestrante em congressos, seminários e cursos no Brasil e no exterior. Autor e coautor de várias publicações entre livros, manuais, guias, etc. e de inúmeros artigos técnicos. Revisor da 5ª edição do livro Instalações Elétricas de Ademaro Cotrim. Editor geral e autor das seções da NBR 5410 e NBR do Guia de Normas Brasileiras. Consultor técnico do Procobre Brasil e da Cobrecom Fios e Cabos Elétricos Membro da Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas. Diretor de Relações Institucionais da ABRACOPEL Associação Brasileira para Conscientização dos Perigos da Eletricidade. Ex-presidente da NEMA Brasil. Sócio-Diretor Geral da Hilton Moreno Consulting (www.hiltonmoreno.com.br). Sócio-Diretor do Grupo HMNews, que publica a Revista Potência, o portal Potência- HMNews e organiza o Fórum Potência. João Carlos Bezerra Sanches Engenheiro eletricista pela FESP; Pós-graduação em Administração na Universidade Mackenzie; A vida profissional foi iniciada na Cesp Companhia Energética de São Paulo, posteriormente trabalhou por 16 anos na ABB onde exerceu várias funções nas áreas de Ensaios de Alta Tensão, Serviços de Campo, Qualidade, Subestações e Administração Comercial; Fundou a Empresa de Engenharia de Manutenção, LPEng Engenharia que hoje, além dos serviços de engenharia e manutenção elétrica, representa três marcas internacionais de produtos para a indústria elétrica, HighVolt Pruftechnik - Alemanha; Georg Alemanha e Sindia China.

6 João Gilberto Cunha Engenheiro Eletricista (UFU ); Mestre em Engenharia Eletrônica (ITA -1988); Diretor da Mi Omega Engenharia; Coordenador da Comissão da ABNT responsável pela norma NBR "Instalações elétricas de média tensão de 1,0 a 36,2 kv"; Coordenador da Comissão da ABNT responsável pela elaboração da norma de subestações pré-fabricada de alta tensão; Membro e coordenador de grupos de trabalho da Comissão da ABNT responsável pela norma NBR 5410 "Instalações elétricas de baixa tensão"; Foi membro da Subcomissão Técnica de Instalações Elétricas de Baixa Tensão do Comitê Brasileiro de Avaliação da conformidade, na elaboração da Regra específica da certificação das instalações elétricas no Brasil; Foi professor da matéria de Legislação e Normas Técnicas do curso de Especialização em Instalações Elétricas Prediais da UFG; Foi palestrante da ABNT para divulgação da norma de instalações elétricas de baixa tensão NBR 5410; Elaborou os comentários das Normas Brasileiras de instalações elétricas de baixa e média tensão, respectivamente: a NBR 14039: 2003 e a NBR 5410:2004; Colaborador e colunista da Revista Eletricidade Moderna; Autor dos livros: o NR-10 comentada o Tópicos de Instalações elétricas em Canteiro de obras: Comentários da NR-18 Autor de diversos trabalhos técnicos na área de instalações elétricas de baixa e média tensão. Jobson Modena Engenheiro Eletricista, Diretor da GUISMO Eng.ª; Membro do Comitê Brasileiro de Eletricidade da ABNT, com participação em diversas comissões revisoras. Atual coordenador da CE que revisou o texto para a criação da ABNT NBR 5419:2015; Representante brasileiro no TC-81 (Lightning Protection) da IEC desde Docente do curso de pós-graduação: Instalações Elétricas Prediais, Comerciais e Industriais na Faculdade de Engenharia Elétrica de Sorocaba FACENS; Palestrante em congressos, seminários e Instrutor de cursos no Brasil e no exterior. Autor de várias publicações entre livros, manuais, guias e artigos técnicos. José Ernani da Silva Engenheiro Eletricista pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (1980). Mestre em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Doutor em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Professor Adjunto da E.E. Mackenzie; Membro de Comissões de Estudo da ABNT. Diretor da Therpac Engenharia; José João Barrico de Souza Engenheiro eletricista e de segurança do trabalho; Ex-diretor da Divisão de Higiene e Segurança do Trabalho da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho;

7 Membro do GT-10 que elaborou a NR-10 e do GTT-10 grupo Técnico Tripartite que discutiu a norma; Membro convidado pela bancada governamental da Comissão Permanente Nacional de Segurança e Energia Elétrica; Coautor do Manual de Auxilio na Interpretação e Aplicação da Nova NR-10; Professor nos cursos de especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho da FEI; UNIP; Osvaldo Cruz; Unitau; Unilins e do PECE da Poli-USP; Ex-conselheiro do CREA-SP, na Câmara de Engenharia elétrica; Conselheiro Suplente na Câmara de Engenharia de Segurança do Trabalho; Sócio da ABEE; Vice-Presidente da APAEST. Diretor da Engeletric Serviços de Eletricidade, onde presta consultoria a várias empresas na área de segurança do trabalho com eletricidade. José Starosta Engenheiro Eletricista - Escola de Engenharia Mauá 1982; Mestre em Engenharia Elétrica - Escola Politécnica/ Universidade de São Paulo 1998; Sócio-Diretor da Ação Engenharia e Instalações com experiência acumulada nas áreas de projeto, instalação e manutenção de instalações elétricas comerciais, industriais, prediais e Data Centers. Especialista na área de eficiência energética, qualidade de energia e compensação reativa. Autor de diversos trabalhos publicados, participação na organização de congressos e instrutor de cursos relacionados a qualidade e uso racional de energia desde Membro do IEEE - Institute of Electrical and Electronics Engineers; Ex-presidente da ABESCO - Associação Brasileira das Empresas de Conservação de Energia; Membro do ABNT/CB3- na comissão de revisão da norma ABNT NBR 5410; Participação na implantação pioneira no Brasil desde 2000 de sistemas de compensação reativa em tempo real, livre de transientes e de sistemas de monitoração de qualidade de energia com a representação da companhia israelense ELSPEC, onde é treinado periodicamente. Paulo Barreto Engenheiro Eletricista pela Faculdade de Engenharia Industrial - F.E.I. (1982) Diretor técnico e sócio da Barreto Engenharia Membro do COBEI/ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), tendo atuado nos processos de revisão da norma NBR 5410 (NB-3) - Instalações Elétricas de Baixa Tensão, dentre outras (desde1982); Coordenador da Divisão Técnica de Sistemas Prediais do Instituto de Engenharia (1991 a 2004); Conselheiro do CREA-SP - Câmara de Engenharia Elétrica (1995 a 2000 e 2004 a 2009). Conselheiro da ABEE - SP - Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas. (2004 a 2006) Fundador e Vice-Presidente da ABRASIP Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais (2000 a 2004) Palestrante em congressos, seminários e Instrutor de cursos. Autor de várias publicações entre guias e artigos técnicos.

8 Roberto Menna Barreto Sócio-Gerente da QEMC (www.qemc.com.br ) desde 2000, Empresa de consultoria na área de Compatibilidade Eletromagnética (EMC), incluindo a proteção de instalações TIC contra TEMPEST e IEMI (EMP e HPM), a implantação de laboratórios EMC e a proteção contra Descargas Atmosféricas e seus efeitos. Formado pelo IME - Instituto Militar de Engenharia, Brasil 1976, e com Pós-Graduação em Electronic Design Engineering pelo PII Philips International Institute of Technological Studies, Holanda 1979 Nos últimos anos desenvolveu diversos trabalhos em EMC relativos ao Projeto, Instalação e Manutenção de infraestruturas eletroeletrônicas no Brasil e em países da África, América do Sul e Europa. Roberto Menna Barreto é pioneiro na área EMC, onde desde 1980 realizou mais de duzentos Cursos de Formação para Empresas e Instituições P&D no Brasil e no exterior, e tem trabalhos publicados em França, Brasil, Portugal, Espanha, Estados Unidos e Polônia. Em Portugal ( ), foi Presidente das Comissões Técnicas do CENELEC CTE 210 Compatibilidade Eletromagnética e CTE 81 Proteção contra descargas atmosféricas. Representante de Portugal no IEC/TC 81X Proteção de linhas de telecomunicações contra descargas atmosféricas. Membro da The db Society, associação nos EUA que agrega os representantes das principais Empresas da área de Compatibilidade Eletromagnética e RF, civis e militares. Inscrições:

9 LOCAL E DATAS A TURMA 1 DA CIDADE DE SÃO PAULO do curso de pós-graduação em instalações elétricas terá aulas um final de semana por mês (sábado e domingo), das 8h00 às 17h00. O calendário detalhado do curso será apresentado em breve. No entanto, em geral, as aulas estão programadas para o segundo final de semana de cada mês, passando para outro final de semana no caso de datas comemorativas ou feriados que acontecem no segundo final de semana. O início do curso será nos dias 15 e 16 de agosto de O curso será realizado no Espaço Ettore Instituto da Automação R. Basílio da Cunha, 369, Bairro Aclimação, São Paulo (SP), próximo ao Parque da Aclimação, à Av. Paulista e às Estações Paraíso, Ana Rosa e Vila Mariana do Metrô SP. Inscrições:

10 INSCRIÇÕES Estão abertas no site da Facens as inscrições para a TURMA 1 DA CIDADE DE SÃO PAULO do Curso de pós-graduação em instalações elétricas: O pré-requisito para cursar a pós-graduação em instalações elétricas é apresentar o diploma de graduação em engenharia. Por regulamentação do MEC, não são aceitos alunos que cursam a graduação, mesmo que o alune se forme antes do final do curso de pós-graduação. Não há análise de currículo ou entrevista para a realização da matrícula, devendo apenas serem apresentados os documentos indicados durante o processo de inscrição pela internet. O valor do investimento no curso completo (20 disciplinas, TCC e o certificado de pósgraduação lato sensu em instalações elétricas reconhecido pelo MEC) é 18 x R$ 850,00 (oitocentos e cinquenta reais). Consulte desconto para ex-alunos da Facens. O atendimento de dúvidas relativas ao procedimento de inscrição e pagamentos são atendidas diretamente pela Facens, nos seguintes contatos: Fone: (15)

Aterramento e Blindagem para o Controle de Interferência em Sistemas de Automação

Aterramento e Blindagem para o Controle de Interferência em Sistemas de Automação Curso de Formação: Aterramento e Blindagem para o Controle de Interferência em Sistemas de Automação Objetivo: Aplicação das técnicas EMC (Aterramento, Blindagem, Cablagem e Proteção contra Surtos/Raios)

Leia mais

Catálogo de Serviços

Catálogo de Serviços Catálogo de Serviços Estudos Elétricos 4 Projetos Elétricos 5 Engenharia de Campo 6 Treinamentos Técnicos 8 Apresentação da Empresa A SISPOT Engenharia e Consultoria nasceu do desejo de tornar-se referência

Leia mais

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu em Engenharia Naval e Offshore na UPE desenvolvem a capacidade para planejar, desenvolver

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU SISTEMAS ELÉTRICOS DE ENERGIA- SUPRIMENTO, REGULAÇÃO E MERCADO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU SISTEMAS ELÉTRICOS DE ENERGIA- SUPRIMENTO, REGULAÇÃO E MERCADO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU SISTEMAS ELÉTRICOS DE ENERGIA- SUPRIMENTO, REGULAÇÃO E MERCADO Motivação O setor elétrico brasileiro tem experimentado a partir da implantação do novo modelo setorial,

Leia mais

Currículo. Carlos Roberto Vriesman. Engenheiro Eletricista Consultor

Currículo. Carlos Roberto Vriesman. Engenheiro Eletricista Consultor Currículo Carlos Roberto Vriesman Engenheiro Eletricista Consultor Out./2011 Currículo 1 - Tempo de Experiência Profissional 1.1 Tempo no cargo atual: Função: Superintendente desde 03.01.2011 Cargo: Engenheiro

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Extensão

MANUAL DO CANDIDATO. Extensão MANUAL DO CANDIDATO Extensão Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das disciplinas,

Leia mais

PRIMEIRA AULA IPQ DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS

PRIMEIRA AULA IPQ DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS PRIMEIRA AULA IPQ DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, Campus Capivari Coordenador : Prof. Dr. André Luís de Castro Peixoto

Leia mais

Cursos e treinamentos em eletricidade

Cursos e treinamentos em eletricidade 118 Cursos e treinamentos Cursos e treinamentos em eletricidade NR 10 e instalações de baixa tensão continuam sendo os temas mais procurados por profissionais da área elétrica. Cresce oferta de cursos

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE SEGURANÇA DO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 8 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CLÍNICA Unidade

Leia mais

Atestado de Conformidade NR 12

Atestado de Conformidade NR 12 TÜV Rheinland do Brasil TÜV Rheinland é um organismo de certificação, inspeção, gerenciamento de projetos e treinamento, que foi fundada na Alemanha em 1872 com o objetivo de proteger os trabalhadores

Leia mais

eccosystems@eccosystems.com.br janaina@eccosystems.com.br

eccosystems@eccosystems.com.br janaina@eccosystems.com.br eccosystems@eccosystems.com.br janaina@eccosystems.com.br 51 3307 6597 A ECCOSYSTEMS está estruturada para a prestação de serviços de engenharia, consultoria, elaboração de estudos, planejamento, projetos

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM EXCELÊNCIA OPERACIONAL

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Liderança e Gestão de Pessoas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

Para-raios CATÁLOGO DE SERVIÇOS. www.tel.com.br

Para-raios CATÁLOGO DE SERVIÇOS. www.tel.com.br PÁGINA 1 RAIOS 4 2 NORMAS E CERTIFICAÇÕES 6 2.1 EXIGÊNCIAS REGULAMENTARES 7 3 A EMPRESA 9 4 SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE ENGENHARIA 4.1 PROJETO DE SPDA 4.2 MEDIÇÃO DE CONTINUIDADE ELÉTRICA EM ARMADURA DE

Leia mais

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: GESTÃO DE DATACENTER E COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2013.2

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: GESTÃO DE DATACENTER E COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2013.2 NÚMERO DE VAGAS: 25 (Vinte e Cinco) Vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS 01 de Novembro de 2013 CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA A Fundação Visconde

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Projetos 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que apontam a

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL UNIDADE SANTO AMARO São Paulo, fevereiro de 2012 NOSSA MISSÃO Proporcionar acesso a um ensino de qualidade para diferentes segmentos da população, criando vínculos fortes e duradouros

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO CONTINUADA E

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis SENAI EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância A Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis,

Leia mais

PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA

PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA 1- DO CURSO O Curso de Especialização em Gestão em Análise Sanitária destina-se a profissionais com curso superior em áreas correlatas

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM RADIOFARMÁCIA Unidade Dias e Horários

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E GESTÃO DE ENERGIA

PÓS GRADUAÇÃO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E GESTÃO DE ENERGIA PÓS GRADUAÇÃO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E GESTÃO DE ENERGIA SOBRE O CURSO Objetivo O Centro de Investigação e Pesquisa Novo Milênio - CIPENM, realiza de junho/11 a janeiro/13, o curso de Pós Graduação em Este

Leia mais

26/08/2015. A Engenharia Consultiva e o papel do Engenheiro Consultor. José Afonso Pereira Vitório Engenheiro Civil, Doutor em Estruturas

26/08/2015. A Engenharia Consultiva e o papel do Engenheiro Consultor. José Afonso Pereira Vitório Engenheiro Civil, Doutor em Estruturas A Engenharia Consultiva e o papel do Engenheiro Consultor José Afonso Pereira Vitório Engenheiro Civil, Doutor em Estruturas Vice-presidente de Ciência e Tecnologia do SINAENCO-PE Sócio de Vitório & Melo

Leia mais

ISO 9001 : 2008. De 12/03/2012 a 16/03/2012. Local: Hotel a definir Copacabana - RJ. Carga Horária: 40 horas. Horário: das 8h30min às 17h30min

ISO 9001 : 2008. De 12/03/2012 a 16/03/2012. Local: Hotel a definir Copacabana - RJ. Carga Horária: 40 horas. Horário: das 8h30min às 17h30min ISO 9001 : 2008 Sistemas de Aterramento Elétrico e Proteção Contra Descargas Atmosféricas De 12/03/2012 a 16/03/2012 Local: Hotel a definir Copacabana - RJ Carga Horária: 40 horas Horário: das 8h30min

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão, Auditoria e Perícia Ambiental

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão, Auditoria e Perícia Ambiental DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão, Auditoria e Perícia Ambiental 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014.

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014. CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA O Curso Técnico de Nível Médio em Eletrotécnica, Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais são organizados em 3 módulos de 400 horas. Ao final do curso, 400 horas

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão Estratégica Empresarial

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão Estratégica Empresarial DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão Estratégica Empresarial 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Controladoria Estratégica e Contabilidade Empresarial

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Controladoria Estratégica e Contabilidade Empresarial DESCRITIVO DE CURSO MBA em Controladoria Estratégica e Contabilidade Empresarial 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica,

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL N 15/2015 - PPG/UEMA

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL N 15/2015 - PPG/UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL N 15/2015 - PPG/UEMA A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual do Maranhão (PPG/UEMA) torna

Leia mais

Apresentar casos reais de acidentes envolvendo o GLP com uma análise dos fatores desencadeantes dos eventos e das consequências.

Apresentar casos reais de acidentes envolvendo o GLP com uma análise dos fatores desencadeantes dos eventos e das consequências. Relatório do Evento: SEMINÁRIO SOBRE SEGURANÇA COM GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO DATA: 29 E 30 DE SETEMBRO DE 2011. LOCAL: AUDITÓRIO DO CLUBE MILITAR AV. RIO BRANCO, 251 7º ANDAR RIO DE JANEIRO/RJ HORÁRIO:

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE: ABORDAGEM

Leia mais

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância - Turma Especial: ABIA - São Paulo

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância - Turma Especial: ABIA - São Paulo Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis SENAI EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância - Turma Especial: ABIA - São Paulo

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Início em 28 de setembro de 2015 Aulas as segundas e quartas, das 19h às 22h Valor do curso: R$ 21.600,00 À vista com desconto: R$ 20.520,00 Consultar planos de parcelamento.

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM HOTELARIA HOSPITALAR Unidade Dias e Horários

Leia mais

CURSO DE SUBESTAÇÕES CONCEITOS, EQUIPAMENTOS, MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO.

CURSO DE SUBESTAÇÕES CONCEITOS, EQUIPAMENTOS, MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO. CURSO DE SUBESTAÇÕES CONCEITOS, EQUIPAMENTOS, MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO. WWW.ENGEPOWER.COM TEL: 11 3579-8777 PROGRAMA DO CURSO DE SUBESTAÇÕES CONCEITOS, EQUIPAMENTOS, MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO DE SUBESTAÇÕES.

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

Gestão e Formação Pedagógica em: Administração, Inspeção, Orientação e Supervisão Objetivo do curso:

Gestão e Formação Pedagógica em: Administração, Inspeção, Orientação e Supervisão Objetivo do curso: Com carga horária de 720 horas o curso Gestão e Formação Pedagógica em: Administração, Inspeção, Orientação e Supervisão é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros

Leia mais

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 NOVEMBRO/2012 1) CURSOS OFERTADOS: Automação Industrial Eletrônica Eletrotécnica* Informática Informática para Internet* Mecânica* Química* Segurança do Trabalho* * Cursos

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

Ata de Reunião Análise Crítica do Sistema de Gestão da Qualidade da FDSM

Ata de Reunião Análise Crítica do Sistema de Gestão da Qualidade da FDSM FACULDADE DE DIREITO DO SUL DE MINAS Av. Dr. João Beraldo, 1075 Centro Pouso Alegre MG Fone: (35) 3449-8100 Fax: (35) 3499-8102 Rev.: 00 / / Form.: Aprov.: Pág 1 de 1 Ata de Reunião Crítica do Sistema

Leia mais

Avanços na revisão da norma ABNT NBR 5410

Avanços na revisão da norma ABNT NBR 5410 Avanços na revisão da norma ABNT NBR 5410 Eduardo Daniel MDJ Assessoria e Engenharia Consultiva Coordenador da CE 03:064-01 Instalações elétricas de baixa tensão ORIGEM ABNT - Associação Brasileira de

Leia mais

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 NÚMERO DE VAGAS: 45 (Quarenta e cinco) vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Abril de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 O MBA EM CONSULTORIA & GESTÃO DE NEGÓCIOS,

Leia mais

COMO DETALHAR E DESENVOLVER UMA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO NA EMPRESA MODERNA

COMO DETALHAR E DESENVOLVER UMA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO NA EMPRESA MODERNA COMO DETALHAR E DESENVOLVER UMA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO NA EMPRESA MODERNA 12 a 15 de março de 2008 OBJETIVO Facilitar o aprimoramento dos profissionais e conseqüentemente das empresas quanto a necessidade

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTADO DA ARTE EM DIAGNÓSTICO

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*)

PARECER HOMOLOGADO(*) PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 24/12/2003 (*) Portaria/MEC nº 4.035, publicada no Diário Oficial da União de 24/12/2003 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO Sumário TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO I Da Caracterização do Curso... 3 CAPÍTULO

Leia mais

ENGENHARIA, CONSULTORIA E TREINAMENTO.

ENGENHARIA, CONSULTORIA E TREINAMENTO. 1 CURSO DE ATUALIZAÇÃO TÉCNICA PARA PROFISSIONAIS DA ÁREA DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Nota: 2º Curso do Gênero no Interior do Estado de São Paulo PERIODO: 06 A 10 DE AGOSTO DE 2012

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

Treinamento para Instalação de Sistemas Fotovoltaicos

Treinamento para Instalação de Sistemas Fotovoltaicos Treinamento para Instalação de Sistemas Fotovoltaicos Treinamento para Instaladores A capacitação de técnicos em energia solar fotovoltaica tem se tornado uma grande frente de disseminação da fonte para

Leia mais

2010 2014, AGORA EM SUA CASA PRÓPRIA,

2010 2014, AGORA EM SUA CASA PRÓPRIA, 2016 Apresentação Depois de ter idealizado, organizado e coordenado o Cinase (Circuito Nacional do Setor Elétrico) entre 2010 e 2014, AGORA EM SUA CASA PRÓPRIA, o GRUPO HMNEWS, o professor HILTON MORENO,

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância Turma 2010

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância Turma 2010 Faculdade de Tecnologia SENAI SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância Turma 2010 A Faculdade de Tecnologia

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE - CURITIBA

Leia mais

BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos

BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos Este curso é ideal para quem está buscando sólidos conhecimentos em como desenvolver com sucesso um projeto de BPM. Maurício Affonso dos

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE Unidade Dias

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Marketing e Vendas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Marketing e Vendas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Marketing e Vendas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS ELETRICA

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS ELETRICA ELETRICA A ME Engenharia tem como aliados profissionais altamente qualificados com anos de experiência em Engenharia de Eletricidade. Garantindo nossos projetos e manutenção com toda a proteção adequada

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu em Engenharia de Automação

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu em Engenharia de Automação Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu em Engenharia de Automação A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis, informa a abertura

Leia mais

Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO

Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO 1. Apresentação O curso de Pós Graduação Lato Sensu em Psicologia Educacional da POSGLOGAL visa a formação profissional de graduados que tenham

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho

Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho 732 horas Escola Superior de Tecnologia e Educação de Rio Claro ASSER Rio Claro Objetivos do curso: Formar profissionais das áreas de Engenharia e

Leia mais

Resultados em Vendas

Resultados em Vendas Resultados em Vendas Programa 2011 OBJETIVO: Desenvolver nos participantes as habilidades inerentes a arte de atender os clientes com base no atendimento de qualidade. Promover o aperfeiçoamento dos profissionais

Leia mais

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação 1. Público Alvo Este curso de Pós-Graduação Lato Sensu é destinado principalmente a alunos graduados em cursos da área de Educação (Pedagogia

Leia mais

Resumo do Projeto Implementação do Centro de Treinamento Eólico (CTEO)

Resumo do Projeto Implementação do Centro de Treinamento Eólico (CTEO) Dados do Projeto Título do Projeto: Departamento Regional do Ceará CFP Waldyr Diogo de Siqueira Fortaleza/ CEARÁ Resumo do Projeto Implementação do Centro de Treinamento Eólico (CTEO) Descrição (Resumo

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você

Leia mais

MBA GESTÃO TRIBUTÁRIA

MBA GESTÃO TRIBUTÁRIA MBA GESTÃO TRIBUTÁRIA Apresentação FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisa Contábeis, Atuariais e Financeiras, criada em 1974. Seus projetos modificaram o cenário Contábil,

Leia mais

Processo Seletivo 2011 1º Semestre. Programa de Mestrado em Ciências Contábeis

Processo Seletivo 2011 1º Semestre. Programa de Mestrado em Ciências Contábeis Processo Seletivo 2011 1º Semestre Programa de Mestrado em Ciências Contábeis A FECAP Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado de maneira especial foca suas atividades no Programa de Mestrado em Ciências

Leia mais

Pós-Graduação em Marketing de Serviços

Pós-Graduação em Marketing de Serviços Pós-Graduação em Marketing de Serviços Público - alvo O Programa de Pós-Graduação em Marketing de Serviços é indicado para profissionais com formação universitária em qualquer área e que demandem desenvolver

Leia mais

NORMA DE FISCALIZAÇÃO DA CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA ELÉTRICA Nº 002, DE 26 DE AGOSTO DE 2011.

NORMA DE FISCALIZAÇÃO DA CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA ELÉTRICA Nº 002, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. Fl. 1 de 5 CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA ARQUITETURA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO SUL NORMA DE FISCALIZAÇÃO DA CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA ELÉTRICA Nº 002, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. Dispõe sobre

Leia mais

MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações

MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 14 --> *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS PLANEJAMENTO PARA ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA 1º SEMESTRE DE 2016 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA CLÍNICA Unidade Dias e Horários

Leia mais

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: PEDAGOGIA SOCIAL

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: PEDAGOGIA SOCIAL NÚMERO DE VAGAS 35 vagas INÍCIO DAS AULAS 12 de março de 2010 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA A Pedagogia Social emerge como um campo teórico da pedagogia e da atuação social buscando possibilitar a transformação

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA orientam-se pelas normas especificadas neste Regulamento e estão sujeitos ao

Leia mais

MBS44ªTURMA CURSO AVANÇADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL

MBS44ªTURMA CURSO AVANÇADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL MBS44ªTURMA CURSO AVANÇADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL CURSO AVANÇADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL MBS - MASTER BUSINESS SECURITY Na era da informação, onde as carreiras profissionais são moldadas pelo mercado

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO & GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO & GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO & GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS A sua Pós-Graduação prática de mercado. Especialização 360hs. Programa com certificações de especialização e aperfeiçoamento. Professores com

Leia mais

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância A Escola A ENAP pode contribuir bastante para enfrentar a agenda de desafios brasileiros, em que se destacam a questão da inclusão e a da consolidação da democracia. Profissionalizando servidores públicos

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em

Leia mais

Histórias, desdobramentos e desenvolvimentos da NR 17: O Papel e as contribuições da Engenharia de Produção

Histórias, desdobramentos e desenvolvimentos da NR 17: O Papel e as contribuições da Engenharia de Produção Seminário 20 anos da NR17 Histórias, desdobramentos e desenvolvimentos da NR 17: O Papel e as contribuições da Engenharia de Produção Fausto Mascia Novembro 2010 1 A Engenharia de Produção Trata do projeto,

Leia mais

EDITAL 03/2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

EDITAL 03/2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EDITAL 03/2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA A Faculdade Católica Dom Orione, Araguaína TO, informa aos interessados que estão abertas as inscrições para o Curso de Especialização em EDUCAÇÃO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO TÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO TÍTULO I DOS OBJETIVOS REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO TÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - O presente Regimento Interno regulamenta a organização e o funcionamento do

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIA DE CELULOSE E PAPEL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIA DE CELULOSE E PAPEL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIA DE CELULOSE E PAPEL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIA DE CELULOSE E PAPEL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIA DE CELULOSE E PAPEL APRESENTAÇÃO O curso de especialização em tecnologia de celulose e papel, em nível de pós-graduação, oferecido pela Universidade Federal de Viçosa

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 7 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA NO DIAGNÓSTICO

Leia mais

EDITAL/CHAMADA DE INSCRIÇÃO N 05/2013 Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação - Campus Campo Mourão - DIRPPG-CM 2º. Semestre 2013

EDITAL/CHAMADA DE INSCRIÇÃO N 05/2013 Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação - Campus Campo Mourão - DIRPPG-CM 2º. Semestre 2013 Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação-Campus Campo Mourão 1 EDITAL/CHAMADA DE INSCRIÇÃO N 05/2013 Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Leia mais

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Elias S. Assayag eassayag@internext.com.br Universidade do Amazonas, Departamento de Hidráulica e Saneamento da Faculdade

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM CARDIOLOGIA PARA MÉDICOS

Leia mais

Disseminando conhecimento técnico

Disseminando conhecimento técnico Disseminando conhecimento técnico 2011 Apresentação: Produtos atitude Perfil revista O Setor Elétrico Pauta anual Anuário O Setor Elétrico de Normas Brasileiras Portal Tablets & smartphones Serviços Como

Leia mais