Prof. Fernando V. Paulovich 3 de maio de SCC Computação Gráca

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br. 3 de maio de 2011. SCC0250 - Computação Gráca"

Transcrição

1 Introdução à Opengl com Java SCC Computação Gráca Prof. Fernando V. Paulovich Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) Universidade de São Paulo (USP) 3 de maio de / 23

2 Instalando Sumário 1 Instalando 2 2 / 23

3 Instalando Sumário 1 Instalando 2 3 / 23

4 Instalando Instalando Plug-in Netbeans Instale o Netbeans Faça download e instale o plug-in NetBeans Pack PluginDetailPage.jsp;jsessionid= 92dc9baf4c97e0db77c57dbc8a32?pluginid=3260 Ferramentas -> Plug-ins -> Baixados -> Adicionar plug-ins Desabilitar a instalação de GLSL editor e GLSL Compiler editor support 4 / 23

5 Instalando Utilizando Bibliotecas Outra forma de usar a JOGL é incluindo as bibliotecas necessárias gluegen-rt.jar jogl.jar E deixar visível as DLLs correspondentes (o mesmo vale para Linux) glu32.dll gluegen-rt.dll glut32.dll jogl.dll opengl32.dll jogl_awt.dll jogl_cg.dll 5 / 23

6 Sumário 1 Instalando 2 6 / 23

7 Introdução Application Programming Interface (API) Coleção de rotinas que o programador pode chamar Modelo de como estas rotinas operam em conjunto para gerar grácos Programador enxerga apenas a interface Não precisa lidar com aspectos especícos do hardware ou idiossincracias de software no sistema gráco residente (independente do dispositivo) Oferece suporte para gerar e exibir cenas 3D complexas, e também para grácos 2D simples 7 / 23

8 Ambiente p/ escrever e executar programas grácos Monitor (tela) + biblioteca de software para desenhar primitivas grácas na tela API pode ser vista como uma caixa preta Entradas: Chamadas a funções da biblioteca feitas pelo programa do usuário; Medidas fornecidas por dispositivos de entrada; etc Saídas: Os grácos exibidos no monitor Descrita em termos das funções que disponibiliza 8 / 23

9 API Programa Em geral, trabalha com um sistema de janelas (window system) Inicializações: modo de exibição (display mode), janela de desenho e sistema de coordenadas de referência (associado à janela) API oferece centenas de funções... Diferentes funcionalidades Funções primitivas: o que Funções de atributos: como... 9 / 23

10 Programação Dirigida a Eventos Direcionada a eventos (event-driven) programa responde a eventos: clique do mouse, tecla pressionada, redimensionamento da janela 10 / 23

11 Estados do rastreia diversas variáveis de estado Tamanho atual de um ponto, cor de fundo da janela, cor do desenho, etc. O valor corrente permanece ativo até que seja alterado Tamanho de ponto: glpointsize(3.0) Cor de desenho: glcolor3f(red, green, blue) Cor de fundo: glclearcolor(red, green, blue, alpha) Limpar janela: glclear(gl_color_buffer_bit) os bits do color buer serão modicados para a cor de fundo 11 / 23

12 Programando é utilizada junto com outras bibliotecas auxiliares Utility (GLU): denir a visão, matrizes de projeção, aproximação poligonal, desenho de superfícies, etc Utility Toolkit (GLUT): dene o sistema de janelas, e outras funções de desenho de superfície 12 / 23

13 Programando Implementar a interface GLEventListener, responsável pelo desenho e outras funções 1 public class OuvinteGL implements GLEventListener { 2 3 public void init(glautodrawable drawable) { 4 //inicializar o sistema 5 } 6 7 public void display(glautodrawable drawable) { 8 //função de desenho 9 } public void reshape(glautodrawable drawable, int x, int y, int width, int height) { 12 //função de redimensionamento 13 } public void displaychanged(glautodrawable drawable, boolean modechanged, boolean devicechanged) { 16 //função para mudança no display 17 } 18 } 13 / 23

14 Programando Registrar o ouvinte em um painel e adicioná-lo em uma janela 1 //cria o painel e adiciona um ouvinte GLEventListener 2 GLJPanel panel = new GLJPanel(); 3 panel.addgleventlistener(new OuvinteGL()); 4 5 //cria uma janela e adiciona o painel 6 JFrame frame = new JFrame("Aplicação JOGL Simples"); 7 frame.add(panel); 8 frame.setsize(400, 300); 9 frame.setdefaultcloseoperation(jframe.exit_on_close); 10 frame.setlocationrelativeto(null); 11 frame.setvisible(true); 14 / 23

15 Programando Dene o método de inicialização 1 public void init(glautodrawable drawable) { 2 GL gl = drawable.getgl(); 3 gl.glclearcolor(0.0f, 0.0f, 0.0f, 0.0f); //dene cor de fundo 4 gl.glmatrixmode(gl.gl_projection); //carrega a matriz de projeção 5 gl.glloadidentity(); //lê a matriz identidade 6 7 GLU glu = new GLU(); 8 glu.gluortho2d(0.0, 200.0, 0.0, 150.0); //dene projeção ortogonal 2D 9 } 15 / 23

16 Programando O pipeline da é sempre 3D, mas é possível criar desenhos 2D, denindo glmatrixmode(gl_projection) gluortho2d(0.0, 200.0, 0.0, 150.0) 16 / 23

17 Programando permite desenhar grácos de modo independente do dispositivo É possível especicar o Sistema de Coordenadas do Mundo (ponto utuante) onde os objetos são denidos Os elementos são traçados no Sistema de Coordenadas do Dispositivo, ou Sistema de Coordenadas da Tela (inteiro) O mapeamento entre esses sistemas de coordenadas é feito de forma transparente pela 17 / 23

18 Programando Dene o método de desenho 1 public void display(glautodrawable drawable) { 2 GL gl = drawable.getgl(); 3 gl.glclear(gl.gl_color_buffer_bit); //desenha o fundo (limpa a janela) 4 gl.glcolor3f(1.0f, 0.0f, 0.0f); //altera o atributo de cor 5 6 gl.glbegin(gl.gl_lines); //desenha uma linha 7 gl.glvertex2i(10, 10); 8 gl.glvertex2i(190, 140); 9 gl.glend(); gl.glflush(); //processa as rotinas o mais rápido possível 12 } 18 / 23

19 Primitivas Primitivas básicas Pontos, linhas, poli-linhas, polígonos (GL_POINTS, GL_LINES, GL_POLYGON, etc.) Para descrever um objeto, uma lista de vértices é informada 1 gl.glbegin(gl_points); 2 gl.glvertex2i(100, 50); // desenha 3 pontos 3 gl.glvertex2i(100, 130); 4 gl.glvertex2i(150, 130); 5 gl.glend(); 19 / 23

20 Primitivas 20 / 23

21 Outras Primitivas: Poli-linhas e Polígonos Poli-linha: GL_LINE_STRIP, GL_LINE_LOOP seqüência de linhas conectadas... fechada ou não Outras primitivas GL_TRIANGLES GL_QUADS GL_TRIANGLE_STRIP GL_TRIANGLE_FAN GL_QUAD_STRIP 21 / 23

22 Outras Primitivas: Poli-linhas e Polígonos 22 / 23

23 Exercício Fazer um programa que desenhe alguma imagem 2D Esse programa deve possibilitar fazer zoom e pan 23 / 23

Conversão Matricial. Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br. 20 de maio de 2011. SCC0250 - Computação Gráca

Conversão Matricial. Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br. 20 de maio de 2011. SCC0250 - Computação Gráca Conversão Matricial SCC0250 - Computação Gráca Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) Universidade de

Leia mais

Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br. 3 de maio de 2011. SCC0250 - Computação Gráca

Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br. 3 de maio de 2011. SCC0250 - Computação Gráca Transformações Geométricas 3D SCC0250 - Computação Gráca Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) Universidade

Leia mais

INTRODUÇÃO A OPENGL. Computação Gráfica

INTRODUÇÃO A OPENGL. Computação Gráfica INTRODUÇÃO A OPENGL Computação Gráfica OpenGL (Open Graphic Library) Biblioteca de rotinas gráficas e de modelagem, bi e tridimensional, extremamente portável e rápida. Não é uma linguagem de programação,

Leia mais

OpenGL. http://www.opengl.org. Alberto B. Raposo

OpenGL. http://www.opengl.org. Alberto B. Raposo OpenGL http://www.opengl.org Alberto B. Raposo OpenGL: o que é? API Interface para programador de aplicação Aplicação API abstrata API Hardware & Software Dispositivo de saída Dispositivo de entrada Por

Leia mais

Introdução à Programação em OpenGL. Prof. Márcio Bueno {cgtarde,cgnoite}@marciobueno.com

Introdução à Programação em OpenGL. Prof. Márcio Bueno {cgtarde,cgnoite}@marciobueno.com Introdução à Programação em OpenGL Prof. Márcio Bueno {cgtarde,cgnoite}@marciobueno.com OPENGL (Open Graphical Library) OpenGL é uma interface de software (API Aplication Program Interface) para aceleração

Leia mais

Introdução a OpenGL. Profª. Alessandra Martins Coelho

Introdução a OpenGL. Profª. Alessandra Martins Coelho Introdução a OpenGL Profª. Alessandra Martins Coelho março/ 2013 OpenGL OpenGL é uma API gráfica que permite a criação de imagens gráficas 2D e 3D, através da definição de objetos (2D/3D) por um conjunto

Leia mais

Introdução Programando com OpenGL Exemplos. O que é OpenGL? [1]

Introdução Programando com OpenGL Exemplos. O que é OpenGL? [1] Sumário ao OpenGL Exemplos Leandro Tonietto Processamento Gráfico / Computação Gráfica Jogos Digitais ltonietto@unisinos.br http://www.inf.unisinos.br/~ltonietto Mar-2008 Alguns slides são provenientes

Leia mais

Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br. 16 de maio de 2011. SCC0250 - Computação Gráca

Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br. 16 de maio de 2011. SCC0250 - Computação Gráca Métodos para Rendering de Superfície SCC0250 - Computação Gráca Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC)

Leia mais

Introdução a Prática em OpenGL

Introdução a Prática em OpenGL Introdução a Prática em OpenGL Universidade de São Paulo USP Disciplina de Computação Gráfica Profª Maria Cristina PAE: Thiago Silva Reis Santos Agosto de 2010 Sumário Bibliotecas Necessárias Instalação

Leia mais

OpenGL. Introdução ao OpenGL. OpenGL. OpenGL. OpenGL. OpenGL. Profa. M. Cristina Profa. Rosane

OpenGL. Introdução ao OpenGL. OpenGL. OpenGL. OpenGL. OpenGL. Profa. M. Cristina Profa. Rosane OpenGL Introdução ao OpenGL Profa. M. Cristina Profa. Rosane Application Programming Interface (API) Coleção de rotinas que o programador pode chamar do seu programa Modelo de como estas rotinas operam

Leia mais

LAB. 1. Introdução à OpenGL

LAB. 1. Introdução à OpenGL LAB. 1 Introdução à OpenGL OpenGL O que é? É uma biblioteca de funções gráficas. É uma API (Application Programming Interface) gráfica 2D e 3D Primitivas vectoriais e rasterizadas (imagens) Capaz de gerar

Leia mais

OpenGL. Uma Abordagem Prática e Objetiva. Marcelo Cohen Isabel Harb Manssour. Novatec Editora

OpenGL. Uma Abordagem Prática e Objetiva. Marcelo Cohen Isabel Harb Manssour. Novatec Editora OpenGL Uma Abordagem Prática e Objetiva Marcelo Cohen Isabel Harb Manssour Novatec Editora Capítulo 1 Introdução A Computação Gráfica é uma área da Ciência da Computação que se dedica ao estudo e ao desenvolvimento

Leia mais

OpenGL. Sumário COMPUTAÇÃO GRÁFICA E INTERFACES. Introdução. Introdução. Carlos Carreto

OpenGL. Sumário COMPUTAÇÃO GRÁFICA E INTERFACES. Introdução. Introdução. Carlos Carreto Sumário COMPUTAÇÃO GRÁFICA E INTERFACES OpenGL Carlos Carreto Curso de Engenharia Informática Ano lectivo 2003/2004 Escola Superior de Tecnologia e Gestão da Guarda Introdução Utilização Tipos de dados

Leia mais

OpenGL. O que é OpenGL. O Pipeline do OpenGL. Listas de Exposição

OpenGL. O que é OpenGL. O Pipeline do OpenGL. Listas de Exposição OpenGL O que é OpenGL OpenGL é uma interface de software para dispositivos de hardware. Esta interface consiste em cerca de 150 comandos distintos usados para especificar os objetos e operações necessárias

Leia mais

O programa abaixo exemplifica o uso da classe Image para carregar e mostrar uma imagem localizada em um arquivo.

O programa abaixo exemplifica o uso da classe Image para carregar e mostrar uma imagem localizada em um arquivo. 7. Carregando e mostrando imagens locais Esta aula complementa os estudos de programação de interfaces gráficas em Java mostrando como podemos carregar imagens de arquivos locais ou da Internet para uso

Leia mais

SISTEMA DE PROGRAMAÇÃO DE PRODUÇÃO COM REPRESENTAÇÃO GRÁFICA UTILIZANDO OPENGL EM JAVA

SISTEMA DE PROGRAMAÇÃO DE PRODUÇÃO COM REPRESENTAÇÃO GRÁFICA UTILIZANDO OPENGL EM JAVA UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO BACHARELADO SISTEMA DE PROGRAMAÇÃO DE PRODUÇÃO COM REPRESENTAÇÃO GRÁFICA UTILIZANDO OPENGL EM JAVA

Leia mais

EDITOR GRÁFICO DE RUAS PARA O SISTEMA DE CONTROLE DE TRÁFEGO DE AUTOMÓVEIS EM UMA MALHA RODOVIÁRIA URBANA: VERSÃO 3.0

EDITOR GRÁFICO DE RUAS PARA O SISTEMA DE CONTROLE DE TRÁFEGO DE AUTOMÓVEIS EM UMA MALHA RODOVIÁRIA URBANA: VERSÃO 3.0 UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO BACHARELADO EDITOR GRÁFICO DE RUAS PARA O SISTEMA DE CONTROLE DE TRÁFEGO DE AUTOMÓVEIS EM UMA MALHA

Leia mais

Programa de Aprimoramento Discente em Modelagem Geométrica Computacional. Curso Básico de OpenGL

Programa de Aprimoramento Discente em Modelagem Geométrica Computacional. Curso Básico de OpenGL Universidade Federal de Minas Gerais Programa de Aprimoramento Discente em Modelagem Geométrica Computacional Curso Básico de OpenGL Dezembro 2003 Universidade Federal de Minas Gerais Av. Antônio Carlos,

Leia mais

Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br. 3 de maio de 2011. SCC0250 - Computação Gráca

Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br. 3 de maio de 2011. SCC0250 - Computação Gráca Dispositivos de Entrada e Saída SCC0250 - Computação Gráca Prof. Fernando V. Paulovich http://www.icmc.usp.br/~paulovic paulovic@icmc.usp.br Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) Universidade

Leia mais

Java Foundation Classes Coleção de pacotes para criação de aplicações completas Desktop Interfaces gráficas (GUIs- Graphical User Interface)

Java Foundation Classes Coleção de pacotes para criação de aplicações completas Desktop Interfaces gráficas (GUIs- Graphical User Interface) Interface Gráfica Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br Programação Orientada a Objetos JFC Java Foundation Classes Coleção de pacotes para criação de aplicações completas Desktop Interfaces gráficas

Leia mais

ORIENTAÇÃO DA MONOGRAFIA: PROF. MARCELO F. PORTO COORDENAÇÃO DA DISCIPLINA: PROF.ª MAGALI MARIA DE ARAÚJO BARROSO

ORIENTAÇÃO DA MONOGRAFIA: PROF. MARCELO F. PORTO COORDENAÇÃO DA DISCIPLINA: PROF.ª MAGALI MARIA DE ARAÚJO BARROSO !"#!$ ORIENTAÇÃO DA MONOGRAFIA: PROF. MARCELO F. PORTO COORDENAÇÃO DA DISCIPLINA: PROF.ª MAGALI MARIA DE ARAÚJO BARROSO !"#!$ %& '(& )*+'(,( Monografia apresentada como requisito parcial do Trabalho de

Leia mais

Modo Gráfico x Modo Texto Prof. João Paulo de Brito Gonçalves

Modo Gráfico x Modo Texto Prof. João Paulo de Brito Gonçalves Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática Modo Gráfico x Modo Texto Prof. João Paulo de Brito Gonçalves MODO GRÁFICO X MODO TEXTO No princípio, a única interface disponível em UNIX ao usuário disponível

Leia mais

Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos Programação Orientada a Objetos Alexandre César Muniz de Oliveira Entrada e Saída Parte IV Entrada e Saída Módulo de Interface com o usuário Dividir trabalho Separar processamento de E/S Entrada e Saída

Leia mais

Programação para Android

Programação para Android Programação para Android Aula 01: Visão geral do android, instalação e configuração do ambiente de desenvolvimento, estrutura básica de uma aplicação para Android Objetivos Configurar o ambiente de trabalho

Leia mais

ROTEIRO ILUSTRADO PARA SISTEMA COMPUTACIONAL INSANE

ROTEIRO ILUSTRADO PARA SISTEMA COMPUTACIONAL INSANE UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PROPEEs - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas INSANE - INteractive Structural ANalysis Environment ROTEIRO ILUSTRADO PARA INSTALAÇÃO DO SISTEMA COMPUTACIONAL

Leia mais

Guia de Instalação APE USB

Guia de Instalação APE USB Neste guia serão mostrados apenas os procedimentos necessários para instalação do driver APE USB em seu sistema operacional Windows. Ao final da instalação o APE terá uma porta COM alocada pelo sistema

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -INTERFACES GRÁFICAS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -INTERFACES GRÁFICAS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -INTERFACES GRÁFICAS Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br ROTEIRO 2. Programação visual com a IDE Netbeans Projetos Tipos de projetos Desenvolvimento

Leia mais

Introdução ao Processamento de Imagens Digitais em Java com Aplicações em Ciências Espaciais

Introdução ao Processamento de Imagens Digitais em Java com Aplicações em Ciências Espaciais Introdução ao Processamento de Imagens Digitais em Java com Aplicações em Ciências Espaciais Escola de Verão do Laboratório Associado de Computação e Matemática Aplicada Rafael Santos Dia 2: 1 /26 Programa

Leia mais

Introdução ao Scilab

Introdução ao Scilab Programação de Computadores 1 Capítulo 1 Introdução ao Scilab José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2014.2 1/35 1 MATLAB e Scilab 2 O ambiente Scilab 2/35

Leia mais

Visualização Síncrona de Processos com o OpenGL

Visualização Síncrona de Processos com o OpenGL Este artigo foi reproduzido do original final entregue pelo autor, sem edições, correções ou considerações feitas pelo comitê técnico. A C&D não se responsabiliza pelo conteúdo. Outros artigos podem ser

Leia mais

Linguagens de. Aula 02. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br

Linguagens de. Aula 02. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagens de Programação III Aula 02 Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagens de Programação Técnica de comunicação padronizada para enviar instruções a um computador. Assim

Leia mais

JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedade Utilizada: FontSizeAnimation

JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedade Utilizada: FontSizeAnimation JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedade Utilizada: FontSizeAnimation FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Nome do aluno: Paulo Renato S. Veiga Identificação da Turma: 205 Noite Data: 16/05/10 1 Nome da Propriedade

Leia mais

Desenvolvendo aplicações

Desenvolvendo aplicações Desenvolvendo aplicações 22 para a Web Uma aplicação Java pode ser executada sem modificação em qualquer plataforma que tenha a máquina virtual Java instalada. Esta característica faz com que as aplicações

Leia mais

Ferramentas: jar e javadoc

Ferramentas: jar e javadoc Ferramentas: jar e javadoc Material baseado na apostila FJ-11: Java e Orientação a Objetos do curso Caelum, Ensino e Inovação, disponível para download em http://www.caelum.com.br/apostilas/ 1 Objetivos

Leia mais

Introdução à Programação. Interfaces Gráficas

Introdução à Programação. Interfaces Gráficas Introdução à Programação Interfaces Gráficas Tópicos da Aula Hoje vamos ver conceitos mais avançados de Interfaces Gráficas Elementos de uma GUI Componente Eventos Listeners Padrão Observer Painel Exemplos

Leia mais

Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento

Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento Olá, seja bem-vindo à primeira aula do curso para desenvolvedor de Android, neste curso você irá aprender a criar aplicativos para dispositivos

Leia mais

Caso você possua cadastro no Twitter, selecione a opção Logar com meu usuário, e insira seu nome de usuário e senha do serviço:

Caso você possua cadastro no Twitter, selecione a opção Logar com meu usuário, e insira seu nome de usuário e senha do serviço: Tópicos 1. Efetuando login 2. Componentes da tela principal 2.1. Barra de ferramentas 2.2. Painel de atualizações 2.3. Rede de contatos do usuário 2.3.1. Controles de mouse e teclado 2.3.2. Entendendo

Leia mais

Formação em game programming: 01 - Introdução à programação

Formação em game programming: 01 - Introdução à programação Formação em game programming: Para que um jogo eletrônico funcione adequadamente como foi projetado, é necessário que ele esteja corretamente programado. Todas as funções de controle de personagens e objetos

Leia mais

Introdução à Tecnologia Java 02/2012. Java Aula 04 MDI. 05/09/2012 Celso Olivete Júnior. olivete@fct.unesp.br

Introdução à Tecnologia Java 02/2012. Java Aula 04 MDI. 05/09/2012 Celso Olivete Júnior. olivete@fct.unesp.br Java Aula 04 GUI Swing MDI 05/09/2012 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br 1 Exercício para aquecimento...utilize o pacote Swing C = (F-32)*5 ------------ 9 Celso Olivete Júnior 2 Dialog Windows (Swing)

Leia mais

Aula 03 PowerPoint 2007

Aula 03 PowerPoint 2007 Aula 03 PowerPoint 2007 Professor: Bruno Gomes Disciplina: Informática Básica Curso: Gestão de Turismo Sumário da aula: 1. Abrindo o PowerPoint; 2. Conhecendo a Tela do PowerPoint; 3. Criando uma Nova

Leia mais

JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedades Utilizadas: imagecomposite FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS

JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedades Utilizadas: imagecomposite FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedades Utilizadas: imagecomposite FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Nome do aluno: Diego Silva de Oliveira Identificação da Turma: 070801805 Data: 16/05/2010 imagecomposite

Leia mais

Java - Introdução. Professor: Vilson Heck Junior. vilson.junior@ifsc.edu.br

Java - Introdução. Professor: Vilson Heck Junior. vilson.junior@ifsc.edu.br Java - Introdução Professor: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Agenda O que é Java? Sun / Oracle. IDE - NetBeans. Linguagem Java; Maquina Virtual; Atividade Prática. Identificando Elementos

Leia mais

Java Como Programar, 8/E

Java Como Programar, 8/E Capítulo 2 Introdução aos aplicativos Java Java Como Programar, 8/E (C) 2010 Pearson Education, Inc. Todos os 2.1 Introdução Programação de aplicativo Java. Utilize as ferramentas do JDK para compilar

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO DE BIBLIOTECAS GRÁFICAS I TEGRADAS COM OPE GL

ESTUDO COMPARATIVO DE BIBLIOTECAS GRÁFICAS I TEGRADAS COM OPE GL ESTUDO COMPARATIVO DE BIBLIOTECAS GRÁFICAS I TEGRADAS COM OPE GL Francisco Tiago Avelar, Vitor Conrado F. Gomes, Cesar Tadeu Pozzer Universidade Federal de Santa Maria UFSM Curso de Ciência da Computação

Leia mais

OpenGL Um tutorial. Luis Valente. Instituto de Computação - Universidade Federal Fluminense lvalente@ic.uff.br. Dezembro, 2004

OpenGL Um tutorial. Luis Valente. Instituto de Computação - Universidade Federal Fluminense lvalente@ic.uff.br. Dezembro, 2004 OpenGL Um tutorial Instituto de Computação - Universidade Federal Fluminense lvalente@ic.uff.br Dezembro, 2004 Resumo OpenGL é uma biblioteca para modelagem e visualização tridimensional em tempo real,

Leia mais

Criando extensões para o BrOffice.org usando Java e NetBeans

Criando extensões para o BrOffice.org usando Java e NetBeans Criando extensões para o BrOffice.org usando Java e NetBeans 16 de setembro de 2009 William D. Colen M. Silva Engenharia da Computação Poli USP 2002-2006 Mestrando Ciência da Computação IME USP 2009 Desenvolvedor

Leia mais

Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows

Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows INE 5223 Sistemas Operacionais Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows Baseado no material de André Wüst Zibetti Objetivos Obter noções básicas sobre o funcionamento

Leia mais

Cenários 3D Interativos com Software Livre

Cenários 3D Interativos com Software Livre Liliane dos Santos Machado 1 Ronei Marcos de Moraes 2 Resumo: Com a evolução tecnológica e o surgimento da realidade virtual, observa-se o desenvolvimento de sistemas gráficos cada vez mais realistas.

Leia mais

Organização de programas em Java. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br

Organização de programas em Java. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Organização de programas em Java Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Vamos programar em Java! Mas... } Como um programa é organizado? } Quais são os tipos de dados disponíveis? } Como variáveis podem

Leia mais

Técnicas de Programação II

Técnicas de Programação II Técnicas de Programação II Aula 03 GUI e Swing Edirlei Soares de Lima GUI Graphical User Interface A API Java fornece diversas classes destinadas a criação de interfaces gráficas.

Leia mais

6 - Gerência de Dispositivos

6 - Gerência de Dispositivos 1 6 - Gerência de Dispositivos 6.1 Introdução A gerência de dispositivos de entrada/saída é uma das principais e mais complexas funções do sistema operacional. Sua implementação é estruturada através de

Leia mais

8. Interfaces Gráficas de Usuário

8. Interfaces Gráficas de Usuário Vamos discutir como construir aplicações com interface gráfica de usuário (conhecida como GUI - Graphical User Interface). Numa interface gráfica existem botões, caixas de texto, painéis, barras de rolagem,

Leia mais

Java - Swing. Raphaela Galhardo raphaela@j2eebrasil.com.br http://www.j2eebrasil.com.br http://javarn.dev.java.net

Java - Swing. Raphaela Galhardo raphaela@j2eebrasil.com.br http://www.j2eebrasil.com.br http://javarn.dev.java.net Java - Swing Raphaela Galhardo raphaela@j2eebrasil.com.br http://www.j2eebrasil.com.br http://javarn.dev.java.net Conteúdo Interface com Usuário; Eventos; Swing. Introdução Interface com Usuário Grande

Leia mais

LOUSA INTERATIVA. ActivPen

LOUSA INTERATIVA. ActivPen LOUSA INTERATIVA Desenvolvidos por e para professores, a Lousa Interativa é composta por um quadro eletrônico branco, conectado a um computador por meio de um cabo USB. Manuseada por meio de uma caneta

Leia mais

Geral: Manual de Utilização do Software de Teste Gradual Windows

Geral: Manual de Utilização do Software de Teste Gradual Windows Manual de Utilização do Software de Teste Gradual Windows Geral: Este aplicativo é utilizado para testar os Microterminais Gradual Tecnologia Ltda. Para tanto deve ter as Dll s necessárias para controlar

Leia mais

JSP - ORIENTADO A OBJETOS

JSP - ORIENTADO A OBJETOS JSP Orientação a Objetos... 2 CLASSE:... 2 MÉTODOS:... 2 Método de Retorno... 2 Método de Execução... 2 Tipos de Dados... 3 Boolean... 3 Float... 3 Integer... 4 String... 4 Array... 4 Primeira:... 4 Segunda:...

Leia mais

Tablet Widescreen Slimline

Tablet Widescreen Slimline Tablet Widescreen Slimline Manual do Usuário Avançado Instalação Desenho Escrita Navegação Configuração Manutenção www.trust.com/69/faq Instalando e conhecendo seu tablet Trust 6 7 8 9 0 Cabo USB 6 Pontas

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Introdução aos Sistemas Operacionais

Arquitetura de Computadores. Introdução aos Sistemas Operacionais Arquitetura de Computadores Introdução aos Sistemas Operacionais O que é um Sistema Operacional? Programa que atua como um intermediário entre um usuário do computador ou um programa e o hardware. Os 4

Leia mais

Prof. Esp. Adriano Carvalho

Prof. Esp. Adriano Carvalho Prof. Esp. Adriano Carvalho Um arquivo contendo uma sequência de comandos em uma linguagem de programação especifica Esses comandosrespeitam regras de como serem escritos e quais são as palavras que podem

Leia mais

http://aden.psl.gov.ao/wiki/environmentdevelpt

http://aden.psl.gov.ao/wiki/environmentdevelpt Página 1 de 20 Wiki Histórico Cronograma Ver Código Visualizar Tickets Pesquisa Tags Discussion Blog Desenvolvimento ambiente Eclipse Desenvolvimento existem em muitos ambientes Linux, mas a nossa escolha

Leia mais

X3DOM E WEBGL: O 3D INDEPENDENTE NA WEB

X3DOM E WEBGL: O 3D INDEPENDENTE NA WEB X3DOM E WEBGL: O 3D INDEPENDENTE NA WEB Augusto Francisco Ferbonink¹, Willian Barbosa Magalhães 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil aferbonink@gmail.com wmagalhães@unipar.com Resumo.

Leia mais

marcio@dsc.ufcg.edu.br priscillakmv@gmail.com

marcio@dsc.ufcg.edu.br priscillakmv@gmail.com DSC/CEEI/UFCG marcio@dsc.ufcg.edu.br priscillakmv@gmail.com 1 Realiza atividades com ênfase em Ensino, Pesquisa e Extensão (Ensino) 2 Configurando o projeto Adicionando código ao arquivo com o código-fonte

Leia mais

Nota de Aplicação. Exemplo de log de usuários utilizando IHM Magelis e o leitor biometrico XB5S5B2L2. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1.

Nota de Aplicação. Exemplo de log de usuários utilizando IHM Magelis e o leitor biometrico XB5S5B2L2. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1. Nota de Aplicação Exemplo de log de usuários utilizando IHM Magelis e o leitor biometrico XB5S5B2L2. Versão: 1.0 Suporte Técnico Brasil Especificações técnicas Hardware: Firmware: HMIGTO4310 XB5S5B2L2

Leia mais

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6 Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center Versão 5.6 2006-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedida por escrito, nenhuma licença

Leia mais

Attack 1.35. Software de controle e Monitoração de amplificadores

Attack 1.35. Software de controle e Monitoração de amplificadores Attack 1.35 Software de controle e Monitoração de amplificadores 1 Índice 1 Hardware necessário:... 3 1.1 Requisitos do computador:... 3 1.2 Cabos e conectores:... 3 1.3 Adaptadores RS-232 USB:... 4 1.4

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO INSTITUTO POLITÉCNICO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Sistemas Operacionais Notas de Aulas: Tópicos 7 e 8 Estrutura do Sistema Operacional São Paulo 2009 1 Sumário

Leia mais

FBV - Linguagem de Programação II. Um pouco sobre Java

FBV - Linguagem de Programação II. Um pouco sobre Java FBV - Linguagem de Programação II Um pouco sobre Java História 1992: um grupo de engenheiros da Sun Microsystems desenvolve uma linguagem para pequenos dispositivos, batizada de Oak Desenvolvida com base

Leia mais

AULA 10- Plugins Tema Shapefile e Tema Externo

AULA 10- Plugins Tema Shapefile e Tema Externo 10.1 AULA 10- Plugins Tema Shapefile e Tema Externo Nessa aula serão apresentados dois plugins do TerraView que permitem acesso a fontes de dados externos ao banco de dados ao qual se está conectado, como

Leia mais

Programação Gráfica 3D com OpenGL, Open Inventor e Java 3D

Programação Gráfica 3D com OpenGL, Open Inventor e Java 3D Programação Gráfica 3D com OpenGL, Open Inventor e Java 3D ALESSANDRO L. BICHO ½ LUIZ GONZAGA DA SILVEIRA JR ½ ADAILTON J. A. DA CRUZ ½ ALBERTO B. RAPOSO ¾ ½ ¹ ¹ ÍÒ ÑÔ ÊÙ ÖØ Ò Ø Ò ¼¼ Ü ÈÓ Ø ½¼½ ½ ¼ ¹ ¼

Leia mais

BOBCOSMOS SISTEMA SOLAR PROJETO FINAL DA DISCIPLINA INTRODUÇÃO A COMPUTACAO GRAFICA

BOBCOSMOS SISTEMA SOLAR PROJETO FINAL DA DISCIPLINA INTRODUÇÃO A COMPUTACAO GRAFICA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA - UFPB CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA - CCEN DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA - DI CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO BOBCOSMOS SISTEMA SOLAR PROJETO FINAL DA DISCIPLINA

Leia mais

UM COMPOSITOR MUSICAL TANGÍVEL USANDO O ARTOOLKIT

UM COMPOSITOR MUSICAL TANGÍVEL USANDO O ARTOOLKIT UM COMPOSITOR MUSICAL TANGÍVEL USANDO O ARTOOLKIT Marcelo Fernandes França (Bolsista PIBIC/CNPq) Felipe Afonso de Almeida (Orientador) Davi D Andréa Baccan (Co-orientador) Instituto Tecnológico de Aeronáutica

Leia mais

Interfaces Gráficas: Interações Complexas

Interfaces Gráficas: Interações Complexas Interfaces Gráficas: 21 Interações Complexas 21.5 O contexto gráfico Os componentes de uma interface gráfica são desenhados na tela do computador a partir de primitivas que permitem a construção de linhas,

Leia mais

Tutorial Reinstalação Firmware Tablet AOC Breeze MW0821

Tutorial Reinstalação Firmware Tablet AOC Breeze MW0821 Modelos: Sintoma: Solução: Somente para os modelos: MW0821 e MW0821BR. Não inicializa o Android ; Trava / Não responde Comandos ; Problemas com o Reset ; Problemas para instalar Aplicativos (Compatíveis).

Leia mais

Tutorial de Computação Programação Gráfica em Python para MEC1100 v2010.11

Tutorial de Computação Programação Gráfica em Python para MEC1100 v2010.11 Tutorial de Computação Programação Gráfica em Python para MEC1100 v2010.11 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina PR Brasil

Leia mais

PROGRAMA DE INTERFACE DE PRÉ E PÓS PROCESSAMENTO E LINK COM EXECUTÁVEL PARA ANÁLISE DE INSTABILIDADE DE TUBULAÇÕES FÁBIO PESSOA DA SILVA NUNES

PROGRAMA DE INTERFACE DE PRÉ E PÓS PROCESSAMENTO E LINK COM EXECUTÁVEL PARA ANÁLISE DE INSTABILIDADE DE TUBULAÇÕES FÁBIO PESSOA DA SILVA NUNES UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL PROGRAMA DE INTERFACE DE PRÉ E PÓS PROCESSAMENTO E LINK COM EXECUTÁVEL PARA ANÁLISE DE INSTABILIDADE DE TUBULAÇÕES

Leia mais

Orientação a Objetos com Java

Orientação a Objetos com Java Everton Coimbra de Araújo Orientação a Objetos com Java Simples, Fácil e Eficiente Visual Books Sumário Prefácio... 11 Introdução... 13 1 Introdução à Orientação a Objetos... 17 1.1 Conceitualização...

Leia mais

Grifon Alerta. Manual do Usuário

Grifon Alerta. Manual do Usuário Grifon Alerta Manual do Usuário Sumário Sobre a Grifon Brasil... 4 Recortes eletrônicos... 4 Grifon Alerta Cliente... 4 Visão Geral... 4 Instalação... 5 Pré-requisitos... 5 Passo a passo para a instalação...

Leia mais

Após o download seguir os procedimentos abaixo:

Após o download seguir os procedimentos abaixo: Modelos: Sintoma: Solução: Somente para o modelo: 8Y3282-H. Não inicializa o Android ; Trava / Não responde Comandos ; Problemas para instalar Aplicativos (Compatíveis) ; Interferência na imagem. Realizar

Leia mais

JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedades Utilizadas: Resize Shape Basic Shape FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS

JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedades Utilizadas: Resize Shape Basic Shape FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedades Utilizadas: Resize Shape Basic Shape FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Nome do aluno: Marri Souza da Luz Identificação da Turma: 3º ADS - Noite Data: 13/05/2010

Leia mais

{ System.exit(0); Exemplo (WindowAdapter) import java.awt.*; import java.awt.event.*;

{ System.exit(0); Exemplo (WindowAdapter) import java.awt.*; import java.awt.event.*; Aula XVI Apesar da aparência, a janela não é fechada quando acionamos a opção fechar. Isto ocorre porque não existem métodos processadores de eventos capazes de receber tal mensagem encerrando a aplicação.

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. PROFa. GILENE BORGES GOMES. Home page: http://www.gomeshp.com E-mail: gilene@gomeshp.com

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. PROFa. GILENE BORGES GOMES. Home page: http://www.gomeshp.com E-mail: gilene@gomeshp.com APOSTILA DE DELPHI 7.0 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. PROFa. GILENE BORGES GOMES. Home page: http://www.gomeshp.com E-mail: gilene@gomeshp.com 1. INTRODUÇÃO Delphi possui um ambiente de desenvolvimento

Leia mais

Linguagem de Programação Visual

Linguagem de Programação Visual Linguagem de Programação Visual Unidade 1 Ambiente de desenvolvimento Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 SOBRE O JAVA... 3 AMBIENTE DE DESENVOLVIMENTO... 5 RECURSOS DA FERRAMENTA NETBEANS...

Leia mais

Instalando o driver USB para ECF S Bematech. Nome: André L. Schikovski Bematech Software Partners

Instalando o driver USB para ECF S Bematech. Nome: André L. Schikovski Bematech Software Partners para ECF S Bematech Nome: André L. Schikovski Bematech Software Partners Introdução Neste tutorial, você aprenderá em um rápido passo a passo como é feita a instalação do driver USB das impressoras fiscais

Leia mais

NetBeans. Conhecendo um pouco da IDE

NetBeans. Conhecendo um pouco da IDE NetBeans Conhecendo um pouco da IDE Professor: Edwar Saliba Júnior Sumário Apresentação:...1 Criando Um Novo Projeto de Software:...1 Depurando Um Código-fonte:...4 Entendendo o Código-fonte:...7 Dica

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Representação de Imagens

Representação de Imagens Representação de Imagens Primitivas Gráficas As primitivas gráficas são os elementos básicos que formam um desenho. Exemplos: Ponto, segmento, polilinha, polígono, arco de elipse, etc. Primitivas já definidas

Leia mais

É um programa de computador.

É um programa de computador. Sistema Operacional Sistema Operacional É um programa de computador. 1 Sistema Operacional Software básico Sistema Operacional Responsável pelo controle do equipamento 2 Sistema Operacional Gerencia o

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DA LEITORA BIOMÉTRICA TECHMAG BIOSII-S180 E NAVEGADORES MOZILLA FIREFOX E GOOGLE CHROME

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DA LEITORA BIOMÉTRICA TECHMAG BIOSII-S180 E NAVEGADORES MOZILLA FIREFOX E GOOGLE CHROME MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DA LEITORA BIOMÉTRICA TECHMAG BIOSII-S180 E NAVEGADORES MOZILLA FIREFOX E GOOGLE CHROME Versão 1.0 Data: 23/01/2014 Desenvolvido por: - TI Unimed Rio Verde 1 ÍNDICE

Leia mais

Eclipse IDE Dá-se importância aos antepassados quando já não temos nenhum. Francois Chateaubriand

Eclipse IDE Dá-se importância aos antepassados quando já não temos nenhum. Francois Chateaubriand Eclipse IDE Dá-se importância aos antepassados quando já não temos nenhum. Francois Chateaubriand O Eclipse O Eclipse (www.eclipse.org) e uma IDE (integrated development environment). Diferente de uma

Leia mais

Configurações de Firewall e DCOM no Windows 7 para aplicações Elipse.

Configurações de Firewall e DCOM no Windows 7 para aplicações Elipse. Configurações de Firewall e DCOM no Windows 7 para aplicações Elipse. 1) Introdução Firewalls são barreiras interpostas entre a rede privada e a rede externa com a finalidade de evitar ataques ou invasões;

Leia mais

Configurações de Firewall e DCOM no Windows 7 para aplicações Elipse.

Configurações de Firewall e DCOM no Windows 7 para aplicações Elipse. Configurações de Firewall e DCOM no Windows 7 para aplicações Elipse. 1) Introdução Firewalls são barreiras interpostas entre a rede privada e a rede externa com a finalidade de evitar ataques ou invasões;

Leia mais

PPC900 / PPC910. Instalação do Driver USB - versão V1.06a

PPC900 / PPC910. Instalação do Driver USB - versão V1.06a w PPC900 / PPC910 Instalação do Driver USB - versão V1.06a 1 2 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 4 2 INSTALAÇÃO DO DRIVER USB NO WINDOWS 4 3 INSTALAÇÃO DO DRIVER USB NO LINUX 7 4 VERIFICAÇÃO DE RECONHECIMENTO DO DRIVER

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS. Apostila 03 Estrutura do Sistema Operacional UNIBAN

SISTEMAS OPERACIONAIS. Apostila 03 Estrutura do Sistema Operacional UNIBAN SISTEMAS OPERACIONAIS Apostila 03 Estrutura do Sistema Operacional UNIBAN 1.0 O Sistema Operacional como uma Máquina Virtual A arquitetura (conjunto de instruções, organização de memória, E/S e estrutura

Leia mais

Acessando a Porta Paralela com o Delphi. Vitor Amadeu Souza. vitor@cerne-tec.com.br

Acessando a Porta Paralela com o Delphi. Vitor Amadeu Souza. vitor@cerne-tec.com.br Acessando a Porta Paralela com o Delphi Vitor Amadeu Souza vitor@cerne-tec.com.br Introdução A Porta Paralela pode ser usada de forma a permitir a interface do computador com o mundo externo para acionamento

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Softwares O que é Software? Conjunto de instruções/funções/tarefas que definem o que o computador deve executar para chegar

Leia mais

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS João Gabriel Ganem Barbosa Sumário Motivação História Linha do Tempo Divisão Conceitos Paradigmas Geração Tipos de Dados Operadores Estruturada vs

Leia mais

PRINCIPAIS DÚVIDAS NA UTILIZAÇÃO DO NOVO COMPONENTE RESPONSÁVEL PELAS OPERAÇÕES DE ANEXAÇÃO NO SCDP

PRINCIPAIS DÚVIDAS NA UTILIZAÇÃO DO NOVO COMPONENTE RESPONSÁVEL PELAS OPERAÇÕES DE ANEXAÇÃO NO SCDP PRINCIPAIS DÚVIDAS NA UTILIZAÇÃO DO NOVO COMPONENTE RESPONSÁVEL PELAS OPERAÇÕES DE ANEXAÇÃO NO SCDP ÍNDICE 1. Por que foi desenvolvido um novo componente responsável pelas operações de anexação de arquivos

Leia mais

Driver da KODAK D4000 Duplex Photo Printer para WINDOWS

Driver da KODAK D4000 Duplex Photo Printer para WINDOWS ReadMe_Driver.pdf 11/2011 Driver da KODAK D4000 Duplex Photo Printer para WINDOWS Descrição O driver da D4000 Printer é um driver da impressora MICROSOFT personalizado para uso com a D4000 Duplex Photo

Leia mais