Atualmente qual a melhor forma de usar as competências técnicas e comportamentais positivamente na sustentabilidade?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Atualmente qual a melhor forma de usar as competências técnicas e comportamentais positivamente na sustentabilidade?"

Transcrição

1 PERGUNTAS Como posso aliar ampliar e se é aconselhável à complementação de cursos superiores, como exemplo: Engenharia e gestão financeira, ao candidato que deseja seguir rumo à área de finanças. RESPOSTAS Sempre é bom e aconselhável aliar-se algum curso à área de finanças. Quem quer ter uma visão mais ampla, deve ter este objetivo. A área de Finanças coloca o profissional com visão mais abrangente do negócio, lucratividade, custos, etc. Atualmente qual a melhor forma de usar as competências técnicas e comportamentais positivamente na sustentabilidade? Quais as qualidades que os profissionais do futuro terão que ter, diante da tecnologia da informação, para manterem-se sempre atualizados e preparados para o mercado de trabalho em um mundo em que todos os dias têm novidades? Diante de tantas mudanças no mercado brasileiro com relação à forma de administração das empresas, sabemos que elas estão abandonando os modelos mecanicistas de administrar, identificando que o capital humano é essencial para o crescimento das mesmas. De que forma devemos nos preparar para que possamos concorrer a uma vaga nestas empresas? Vivemos na famosa "Sociedade do Conhecimento", onde as informações estão em ebulição e fluídas, para quem deseja aprender e adquirir novas experiências. Ao mesmo tempo, temos as Gerações x, y e outras que lidam diariamente com estruturas e líderes arcaicos e desatualizados na Administração. Como podemos conviver com estes líderes que relutam tanto em sair da área de conforto e permanecerem com seus comodismos e não aceitam as mudanças que os novos profissionais trazem para suas rotinas? Será que o conhecimento tornou-se vilão neste processo? Muito se fala em economizar um percentual específico da renda/custo/gasto/giro para PFs e PJs. Existe algum cálculo ou percentual que seja ideal economizar em relação à renda bruta, líquida, gastos, custos e qual relação para pessoa física; e percentual comparado quando existe o capital de giro no caso de pessoas jurídicas? Sendo, a princípio um estudioso no assunto da sustentabilidade, você pode usá-la de todos os formatos possíveis, com criatividade, conforme a empresa, o setor, os produtos, enfim, estudar o assunto e ser criativo. Inovação e senso de equipe, persistência e persuasão serão importantes. Ser inovador e buscar atualização constante. Ler e participar de cursos. Estar sempre atento, como você mesmo falou todos os dias, temos novidades na área de TI. O que buscamos em profissionais é que eles tenham competências pessoais e profissionais / técnicas inerentes à função pretendida. Estamos atentos a características como: boa vontade, busca de atualização, flexibilidade, criatividade, humildade em demonstrar que não sabe, mas abertura em buscar o aprendizado, bom relacionamento e que goste ou conheça bem Informática. Não, a tendência é todos se adaptarem. Não somente as gerações X, Y e outras, como também os líderes com maior experiência. Haverá, o quanto antes, uma adaptação de ambas as partes, de forma a se alinharem os interesses, gostos, proporcionando para a empresa os melhores resultados possíveis, em termos de performance, lucratividade, etc. Não se faz nada sem o conhecimento, inegável, porém, sem a experiência também não Adaptação já! O que se fala muito é em um percentual de 30 %, para pensarmos em capital de giro e continuidade de negócios.

2 A sustentabilidade é um assunto que vem tomando conta das organizações, pesquisas apontam que a maioria das empresas está cada vez mais preocupadas com a temática. Um estudo realizado pela Amcham (Câmara Americana de Comércio) em dezembro de 2011 mostra que 60% das empresas já incorporam a sustentabilidade de forma abrangente em suas atividades; e que 20% dessas empresas entendem a sustentabilidade como uma peça essencial para suas atividades, modificando de forma significativa seu negócio. Com base no exposto meu questionamento se dá em função da REENGENHARIA. Até que ponto um administrador deve modificar/criar processos, produtos e estratégias para se adequar a esse novo conceito, uma vez que, essas mudanças podem interferir nos valores, políticas e cultura da empresa? Acredito que as empresas se importam principalmente na qualidade de seus serviços, sejam eles internos ou externos. Ao meu modo de ver a qualidade de uma contratação está ligada integralmente na visão humana, que absorve de um determinado candidato o que a empresa mais deseja pessoas com capacidade e características inovadoras, que administrem o seu trabalho com aperfeiçoamento e qualidade. A tecnologia é muito interessante e capaz de nos auxiliar em muitas áreas, mas acredito que o homem, ou seja, a visão humana é ainda muito útil não sendo esta substituída tão facilmente. No entanto, não podemos nos esquecer de que agilidade e velocidade também são fatores importantes para o mundo globalizado. Você acha possível que algumas empresas abram mão de avaliar alguns requisitos por conta da utilização do software? Com os crescentes investimentos no estado do Rio de Janeiro devido as Olimpíadas e a Copa do Mundo como tirar melhor proveito para um bom investimento pós-eventos citados? Como e o que observar para saber quando investir? A mudança tem que partir da alta Direção. Caso ela não esteja imbuída da importância deste assunto, será difícil para os outros gestores cobrarem uma mudança dos colaboradores. Tem que haver uma busca, a partir de estudos, entendimentos, práticas, na própria empresa, antes de iniciar qualquer ação. As mudanças, a meu ver, não são tão drásticas assim Com criatividade, força de vontade, consegue-se impor novas formas de ver a sustentabilidade e o retorno, somente positivo, que ela traz para a empresa. De forma alguma. Somente se for uma vaga na área de TI, porém, se o profissional não tiver um mínimo de competências pessoais e profissionais / técnicas inerentes à função pretendida, será muito difícil ele ser o escolhido. Características como boa vontade, busca de atualização, humildade em demonstrar que não sabe, mas abertura em buscar o aprendizado, bom relacionamento e boa vivência em Informática são as que buscamos nos candidatos. É uma questão complicada, pois muito se fez e será feito com visão nos jogos. Na época dos mesmos, tudo estará em ebulição. Após os eventos, deveremos focar no que ficará sem uso e de que forma melhor podemos utilizá-los. Quanto a pensamentos e investimentos isolados e pessoais, investir-se em terrenos e bens imóveis em geral poderá ser interessante

3 Considerando essa boa fase que o Brasil vive, a respeito do crescimento econômico, da proliferação de empregos, do fomento de ser sede de dois mega eventos, a copa do mundo em 2014 e as olimpíadas de 2016, respectivamente, como o senhor visualiza o contraste existente entre essa boa fase que favorece e muito para o desenvolvimento deste país continental com a carência no mercado de trabalho de profissionais capacitados que possam suprir as reais necessidades das empresas que operam no Brasil de hoje? Onde o senhor acha que estamos errando e quais os esforços devem ser despendidos, tanto da sociedade quanto de nossos governantes, para que esse quadro negativo possa ser revertido, de forma que possamos alcançar rapidamente as metas de desenvolvimento sustentáveis instituídas como sendo de extrema importância para qualquer nação? Qual seria o modelo de liderança atual e como ter um bom relacionamento com o funcionário? Estou me formando aos 38 anos e fiquei 12 anos trabalhando com organização de festas e eventos (fora do mercado de trabalho) e tenho encontrado dificuldades de conseguir uma oportunidade e mostrar que tenho condições de desenvolver um bom trabalho em uma empresa. Pergunta: como conquistar esta oportunidade? Que mudanças o "home office" promoverá nas carreiras existentes acompanhando a evolução na utilização de tecnologia e quais seriam as principais carreiras a migrarem de forma ampla para o "home office"? Como o mercado atual considera o profissional que permanece em um mesmo emprego por um longo período, de oito anos para mais, é visto como um bom profissional ou como uma pessoa estagnada? Para mim, o ponto chave e crucial é a Educação. Sem ela, nada feito. Enquanto não houver seriedade de quem sem Educação não se tem cidadãos adequados, não conseguiremos nada. É o que estamos verificando nos últimos 30 anos. Sinceridade na apresentação das metas e os objetivos da empresa, através de uma liderança corporativa democrática e por meritocracia. Tudo o que desejamos podemos alcançar com trabalho e perseverança. A formação faz parte de um processo e isto significa que você deverá ser aluno pela vida toda. Assim que terminar a faculdade, busque aperfeiçoamento em sua área e fluência em outros idiomas. Buscar diferencial é um ótimo caminho para o sucesso! Todos estão em busca de uma qualidade de vida, porém para exercer a atividade em home office, há necessidade de uma disciplina rigorosa, para não cair na armadilha do conforto e também por não ter a presença da chefia. Estas atividades estão crescendo no mercado, sendo que as que já estão incorporadas no business das empresas são: Administração de contratos, Telemarketing ativo, Pesquisas de maneira geral, como: Atividades consultivas na área Jurídica, Tecnologia da Informação, elaboração e serviços de Internet, vendas por telefone, etc., sendo que este leque está se abrindo de uma forma bem acentuada. Depende da evolução deste profissional. Se o mesmo ficou estagnado em uma atividade por um período superior a quatro anos, começará a perder seus bons índices de empregabilidade, pois se neste período teve promoções e realizou uma escala hierárquica em funções ascendentes, o mesmo apresentará bons índices de empregabilidade, desde que saiba expor esta sua ascensão profissional em suas estratégias para ir ao mercado de trabalho.

4 Gostaria de pedir um feedback do meu trabalho para o meu chefe, quero saber como está o meu desempenho na função? Tenho receio de levar uma bronca! Está correto pedir feedback ou não devo perguntar sobre os meus serviços? Como saber o tempo certo para dar um upgrade na carreira? Sou funcionária de uma mesma empresa há oito anos, sou dedicada, disciplinada e determinada, e apesar dos meus cinco chefes concordarem com isso (falam isso a todo instante com nossos clientes) meu salário está defasado. Será que é mesmo necessário eu pedir um aumento, isso não deveria ser natural? E quanto ao meu currículo, posso considerar como carreira/profissão a função de assistente operacional, já que a exerço a anos? Está é uma situação difícil, pois se você tem um chefe inseguro, ele nunca lhe dará um feedback positivo, pois ele pensará que, assim, estará repassando subsídios para você, em um futuro breve, questioná-lo por que não foi promovido ou não teve aumento de salário, já que você atende a todos os quesitos que a empresa exige. Aconselho que você realize esse procedimento de forma informal, através de uma conversa (sem testemunhas), comentando algo de um processo que você está realizando ou realizou e, com certa dose de humildade, solicitar ao mesmo se há possibilidade de ele apresentar melhorias contínuas, já que o mesmo é especialista e você quer cada vez mais um aprimoramento dos processos trabalhados. Sendo assim, você o pegará pela vaidade e é uma forma de você expressar a sua performance a ele. A qualquer momento, mas o melhor momento é quando estiver empregado e na empresa por um período superior a quatro anos. Isso porque, se não conseguiu realizar um upgrade neste período, o mesmo dificilmente irá acontecer, pois terá uma estabilidade na empresa, e dificilmente será promovido, já que acaba não sendo negócio para a empresa. Se você está na empresa por um período superior a quatro anos com a mesma função, sem alguma promoção, você está sendo somente útil para empresa, pois mantém o mesmo salário com a mesma responsabilidade e, para a empresa, é um ótimo negócio - e você ficando em um compasso de espera, que não irá acontecer. É claro que todos os seus chefes irão falar muito bem de você. Cuidado com a zona de conforto, pois se você se mantiver na mesma situação, poderá enfrentar problemas em sua recolocação caso seja dispensada. Como superar a dificuldade da idade e da tecnologia a cada dia mais avançada, diante de um mercado de trabalho tão competitivo e globalizado? No mundo coorporativo atual, o que é mais importante, uma pessoa inteligente ou uma pessoa motivada? Este ano retornei para a Universidade, estou cursando inglês e mesmo assim não consigo um emprego. O que devo fazer para me preparar mais para o mercado de trabalho? Vimos muitas pessoas após o término da faculdade, não arrumar emprego, ou então não conseguir em sua área. Quais seriam as principais causas disso? Que dica o senhor dá as pessoas que entrando na faculdade e que estão saindo? Idade não quer dizer despreparo. Hoje no mercado de trabalho não se admite que qualquer profissional se esconda atrás da idade para justificar sua falta de conhecimento tecnológico. Há uma grande quantidade de profissionais com idade cronológica elevada, mas que têm domínio de tecnologias atuais. No mundo corporativo atual, o mais importante é como se lida com a inteligência e a motivação. Não basta ser inteligente ou ser motivado. É preciso se colocar a inteligência e a motivação a serviço da busca de resultados. Para se retornar ao mercado de trabalho não basta só formação e idiomas. É necessário se estabelecer uma estratégia para voltar. A principal estratégia é definir um objetivo coerente com seu perfil. Há sempre que se estabelecer objetivos realistas e em consonância com o mercado. Não podemos simplesmente cursar uma faculdade e não levarmos em conta a faixa etária, a região desejada de trabalho, o porte das empresas, etc. Só teremos resultado se o planejamento destas variáveis for levado em conta.

5 Podemos usar a curiosidade como aliada na no desempenho de nossas funções na empresa que trabalhamos? A curiosidade é sempre bem-vinda quando aliada ao interesse e motivação para melhorias no processo ou no produto com o qual trabalhamos. A curiosidade tem de estar ligada aos interesses e foco da empresa. Em face de tantas reviravoltas no mundo dos negócios por conta de crises mundiais e setoriais e os ditames de vários gurus famosos em administração, gestão, resultados, estratégias e tantos outros componentes para o sucesso negócio, o que prevalece hoje como qualidade para ser um bom profissional tanto para a empresa quanto para ele mesmo em termos de desenvolvimento e estabilidade: ser multifuncional, ou seja, um generalista com vários saberes, ou ser um especialista? A diferenciação de especialista e generalista tem tudo a ver com o nível da função. Quanto mais alta a função mais generalista o profissional se torna. Geralmente as carreiras começam com especialistas e crescem até os níveis executivos, que são na maioria das vezes generalistas. Gostaria de saber como o fator ouvir e se comunicar pode ser um fator determinante para o fracasso ou sucesso de um líder? O que você acha do novo método de trabalho nas empresas, com o profissional coach? Trabalhei durante seis anos em uma empresa, com uma boa performance e um desenvolvimento profissional muito bom. Recebi uma proposta melhor de outra empresa e resolvi arriscar. Não fiz uma boa escolha e fui demitido depois de seis meses. Estou iniciando meu próprio negócio, mas caso não tenha êxito, isso pode me prejudicar voltar ao mercado de trabalho? O fato de ter sido mal sucedido em um empreendimento próprio pode me desclassificar em um processo seletivo? Com a expansão do mercado de trabalho, com que o empreendedor deve se preocupar? Tanto empresas e profissionais esperam que seus líderes saibam lidar com as situações e conflitos do dia a dia de seus cargos. Muito do que se espera de um líder é ligado à comunicação deste com seus subordinados. Saber ouvir e saber transmitir de forma adequada é uma qualificação esperada e desejada para um líder. Como o próprio nome diz, Coach é o condutor e orientador dos profissionais mais jovens da empresa. Para que haja resultados adequados, há de levar em conta o que se espera dos profissionais, tantos os mais jovens como também do Coach e de como a empresa se utiliza deste método de trabalho. Não se pode simplesmente querer implantar algo que seja moderno só pra se dizer que se utiliza. Como toda nova tecnologia ou método é necessário que se tenha bastante claro na organização o que a empresa irá lucrar com isso. A primeira coisa e de fundamental importância é saber que se errou. Quando assumimos esta postura, todo o resto será mais fácil. A verdade bem colocada sempre será bem avaliada. Assumir um erro, entendê-lo e demonstrar que aprendeu com ele é uma atitude muito bem avaliada no mercado na hora da contratação. Em desenvolver-se no que gosta e sabe fazer. Quando gostamos e sabemos fazer algo, seremos inovadores e faremos a diferença.

6 Tenho por objetivo seguir a carreira de administradora no serviço público e considero que é um grande desafio implementar boas práticas adotadas pela iniciativa privada em organizações públicas. Entre outros motivos, pelo fato de que, diferente do cidadão que pode fazer o que a lei não proíbe, o princípio da legalidade orienta o servidor público a fazer o que a lei autoriza. Assim, o processo de inovações se torna mais moroso. Nesse contexto, gostaria de saber, quais competências o Senhor considera que um gestor público deve buscar desenvolver prioritariamente para ter êxito. Tenho 37 anos, e estou em busca de uma oportunidade de estágio nas áreas de qualidade e/ou segurança. Entretanto, tenho percebido que há uma grande rejeição por parte das empresas por pessoas com idade próxima ou superior a minha. Assim, a minha pergunta é, ainda existe este tipo de pensamento no universo coorporativo, que prega que pessoas acima dos 35 são velhas? Contrariamente, temos visto cada vez mais a adoção de práticas ora somente da iniciativa privada, também em organizações públicas. Primeiramente as competências técnicas, estar imerso no seu papel e tentar entender e se aprimorar no que é exigido no seu cargo. Depois as competências pessoais como inovação, criatividade constante, bom relacionamento interpessoal, atualização constante. São competências que farão a diferença e mostrarão quem você é e para que veio. No mercado atual existe, em alguns setores, escassez de bons profissionais. Aliado a isto, em algumas áreas aprecia-se a experiência e, quanto maior ela for, melhor para o profissional e para a empresa, principalmente em Qualidade e Segurança. Fique tranquilo. Atualize-se com cursos, mesmos os de curta duração e fará a diferença. Qual a pergunta mais importante a ser feita para um candidato no ato da entrevista? E qual resposta devemos aguardar? Cada entrevistador tem uma forma de pensar e agir. Eu me preocupo se o candidato gosta do que faz (isto para mim, como pessoa, é imprescindível para o sucesso). Então, tanto pergunta quanto resposta versará sobre este assunto. Hoje com essa máxima de que "O Brasileiro é um povo empreendedor por natureza", muitas pessoas deixam o mercado de trabalho formal, para trabalhar como Freelancer ou mesmo abrir seu próprio negócio. Porém é notório que ser funcionário tem suas vantagens e a ideia de que só o empresário é bem sucedido, pode ser uma armadilha. Pensando nisso, queria saber do Consultor, se ele concorda com as afirmações feitas, e qual é a melhor forma de uma pessoa olhar para dentro de si e decidir se deve continuar no mercado de trabalho formal como funcionário ou se deve realmente se arriscar se tornando um empresário. Dentro de uma organização sabemos que devemos planejar, organizar, dirigir e controlar os recursos de uma empresa sendo eficaz, eficiente e efetivo para alcançar o objetivo. O que pode atrapalhar o desempenho da empresa, caso os gestores não consiga aplicar todo este método? Com o que mais devemos nos preocupar no mercado de trabalho? Hoje, o que se mais é pedido que um administrador possua para conseguir o cargo oferecido? Este é um tema que ronda todos os profissionais em algum momento de sua vida. Primeiro não é somente olhar para dentro de si, mas também acompanhar o mercado, como ele está reagindo e quais são as melhores possibilidades de negócio. Além de verificar competências pessoais como criatividade, facilidade em atuar sozinho, iniciativa, também a questão financeira e de contato e conhecimento com o mercado. O que buscamos em profissionais é que eles tenham competências pessoais e profissionais / técnicas inerentes à função pretendida. O que pode atrapalhar o desempenho das empresas, em geral, são as deficiências que todos nós enquanto profissionais temos; não somos únicos e nem perfeitos. Boa vontade, busca de atualização, humildade em demonstrar que não sabe, mas abertura em buscar o aprendizado, bom relacionamento. Mas o que o proprietário da empresa quer, sem dúvida, é um diferencial, muitas vezes se ele não quiser aumentar os investimentos ou pode querer impulsionar estas questões influenciam todo o negócio.

7 Muito se fala, hoje, sobre qualificação profissional. E há, segundo os consultores de RH, muitas vagas não preenchidas, justamente por essa falta de qualificação. No entanto, pesquisas realizadas consideram, atualmente, que o brasileiro está estudando e se qualificando mais. Como, então, há essa falta de profissionais qualificados para o mercado? Será que não estamos nos qualificando na área correta e no que interessa mesmo às empresas? Atualmente o mercado está passando por um processo de "sobra de vagas", onde há trabalho, mas as vagas não são preenchidas com facilidade. Você acha que isso se deve à juventude que quer condições de trabalho diferenciadas, como home office e horário flexível, por exemplo? Pois o que vemos é que a maioria das empresas ainda é muito "engessada" e atrasada, não aceita esse tipo de concessão. No mercado de trabalho independente da área, onde o profissional está cada vez mais exigido, é importante desenvolver neurolinguística para se destacar, fazendo trabalho em equipe? Segundo alguns especialistas, o Brasil entrou num ciclo virtuoso e irreversível de desenvolvimento, apesar dos políticos. Considerando esse otimismo, bem como, esta irreversível inserção e relevância do país no cenário mundial, sob o ponto de vista conceitual de carreira, com vistas a atender as mudanças resultantes de um Brasil globalizado, quais características ou níveis de qualificações podem ser consideradas como essenciais para o profissional que almeja estar em perfeita sintonia com este mercado? Sou aluna de Direito, e o que mais ouvimos é: "Uma das profissões com maior área de atuação, sem emprego você não fica." O que observo é: não interessa somente o emprego/trabalho, temos que desenvolver uma maravilhosa, excelente e competente carreira, onde os alunos como eu possam se espelhar no futuro. Enfim, jovens como eu, que nunca trabalharam ou obtiveram contato com esse universo de oportunidades, surgem diversas dúvidas. Tais, como obter preparo desde a faculdade pra enfrentar um mundo cheio de assegurados e experientes profissionais? Quais caminhos e ideais bases seguir para adquirir desde já potencial e capacidade de afixamento nesse mutável e exigente atual mercado de trabalho? No aguardo de seus préstimos, desde já agradeço. Não estamos nos qualificando no momento correto. Em algumas áreas há um vazio de pessoas interessadas, o que faz demorar a atualização, dificultando a qualificação no momento necessário para que possa haver a contratação. O momento atual é de uma certa dificuldade em aliar competências técnicas com vagas abertas. As empresas estão se abrindo às diferenças do mercado, mas muitas vezes realmente não existe o profissional adequado, seja ele de que idade for. Neurolinguística não será nada se o profissional não tiver características e competências pessoais que recebam bem este curso, possibilitando-o a ser multiplicador. Quanto a trabalhar em equipe, que é algo diferente de Neurolinguística, faz parte também de uma competência pessoal como abertura em relacionar-se, a querer compartilhar, a se abrir ao outro. O que buscamos em profissionais é que eles tenham competências pessoais e profissionais / técnicas inerentes à função pretendida. Buscamos flexibilidade, força de vontade, criatividade, boa vontade, busca de atualização, humildade em demonstrar que não sabe, mas abertura em buscar o aprendizado, boa relacionamento. Devemos também buscar ininterruptamente a atualização, fazendo cursos de aperfeiçoamento sempre voltados à área na qual está enquadrado, algum outro idioma é sempre bem vindo também. É sempre bom, durante a faculdade, já buscarmos alguma forma de atuação como estágio, de forma a perceber dificuldades e ir se encaixando e aperfeiçoando nas que realmente têm interesse. Já no seu caso, por nunca ter atuado é tentar com urgência se inserir no mercado, através de professores, sites de colocação, sites de empresas, visando participar do maior número possível de oportunidades, para que possa escolher o que mais se encaixa em suas habilidades.

8 De que forma, a cultura da felicidade (alegria, sinergia, trabalho em equipe, resiliência, etc.) do brasileiro, pode potencializar a carreira no mercado para quem deseja crescer no país? Aproveitando o boom dos BRICS e a infeliz crise europeia e norte-americana. Trabalho em uma empresa multinacional e gostaria de saber se você tem algumas dicas para ter um bom relacionamento com os estrangeiros, já que eles são de cultura diferente da nossa e às vezes oque é legal pra nós não é pra eles. Qual é a carreira que o mercado brasileiro carece, e qual o perfil do profissional dessa área? Sendo a escolha da profissão basicamente ligada ao que conhecemos por vocação, como podemos ascender profissionalmente em um mundo globalizado onde há mais importância para a automação do que para o trabalho e a educação no sentido de humanização? Nas últimas décadas o mercado de trabalho sofreu mudanças extremamente significativas, principalmente no que diz respeito ao perfil exigido para os cargos de comando. Tendo em vista sua vasta experiência em cargos de chefia, em sua opinião, é mais interessante para as organizações terem um profissional com grande liderança e pouco conhecimento técnico (o que pode ser adquirido com treinamento na própria organização), ou ao contrário, é mais vantajoso contratar um profissional que venha "pronto" do mercado de trabalho, mas com pouca liderança? Como conciliar carreira e capacitação para novas tecnologias emergentes? A cultura da felicidade depende somente de cada pessoa individualmente. Não podemos generalizar. Se tivermos competências como flexibilidade, criatividade, iniciativa, boa vontade, busca de atualização, humildade em demonstrar que não sabe, mas abertura em buscar o aprendizado, bom relacionamento, enfim, teremos grandes possibilidades de nos recolocar. Independente de sermos ou não brasileiros, pois estas características não são encontradas em todas as pessoas. Saber a língua deles é um bom começo, mas acho que todos que chegam ao Brasil já deveriam vir para cá sabendo nosso idioma. Como as culturas são diferentes nos diversos países, o importante é saber ouvir, relacionar-se bem, com humildade e foco, demonstrando que está aqui para ajudar, para trocar interesses, informações e crescimento. Ser legal é estar junto. Mostrar foco e interesse. As carreiras com menos profissionais com as características necessárias para o bom desempenho da função são as voltadas a Petróleo e Gás, algumas em Construção Civil e as recéminstituídas no mercado, que não têm profissionais realmente formados e temos que treinar na própria empresa. Para isto o empregador deve estar aberto a qualificar e capacitar os recémcontratados. Nada pode ser fechado por si só, não podemos ser taxativos. Devemos mesclar nossa vocação, nosso gosto, com metas que são instituídas pelas empresas, o que é natural em todas as instituições. Resiliência é algo chave para que entendamos isto e nos aprimoremos cada vez mais em entender as relações nas empresas. Não podemos ser taxativos. O melhor é uma mescla de liderança com o conhecimento técnico. Quando temos bom conhecimento técnico passamos credibilidade para a equipe de colaboradores, a qual poderá ser bem direcionada. Quando a liderança é mais forte também é interessante, pois podemos direcionar a equipe bem, porém devemos buscar a atualização de forma rápida e com grande afinco, já que não é tão fácil assim absorver o conhecimento técnico em curto espaço de tempo, pois está relacionado também à experiência. Pode-se buscar primeiramente o conhecimento, indo para escolas focadas em assuntos mais emergentes. Em algum momento, a decisão deverá ser feita a partir da sinalização de interesse em você pelo mercado.

9 Na década de 60 foi criado a Teoria do Capital Humano, por dois economistas: Schultz e Becker. Onde os mesmos diziam que o desenvolvimento de um país está diretamente ligado ao aperfeiçoamento do capital humano, ou seja, dos trabalhadores. Sabemos que não há espaço para todos no mercado de trabalho e acreditamos que através da educação podemos fazer o nosso diferencial na disputa por uma vaga de emprego. Que conselhos você daria a nós educandos que buscamos uma melhora na qualidade de vida através dos estudos? Para você é possível subir o padrão de vida através de uma boa educação ou isso é apenas uma frase feita, que é disseminada pela cultura neoliberal? É fato que o mercado de trabalho brasileiro está á cada vez mais competitivo. Há algumas décadas atrás ter nível superior era um privilégio o que colocava alguns á frente no mercado de trabalho brasileiro. Hoje, ter nível superior não significa mais está enquadrado neste mercado. Assim, como a tecnologia necessita da inovação para continuar a caminhar as pessoas também precisam estar sempre inovando para acompanhar as mudanças e se encaixar na sociedade. Neste contexto, o que seria mais essencial para alcançar o mercado de trabalho, uma pessoa que está sempre buscando inovações, mesmo que esta pessoa não tenha um curso superior, mas sendo flexível às situações, ou uma estereotipada, que se encaixa somente em sua especialidade profissional? Vivendo em plena Era da Informação, Reciclagem, Globalização e Sustentabilidade qual o maior desafio para nós os novos profissionais que estão se lançando ao mercado de trabalho? E como vencer tais desafios? Sendo bem simples e diretos, a educação é à base de tudo, sem nenhum possível questionamento. É e ponto. Portanto, deve ser o norteador de toda a nossa carreira buscar atualização sempre que possível, mesmo enquanto autodidata. Tudo depende do que você entende por subir o padrão de vida. É comprar mais, é ter mais (em termos materiais)? Se for isto, seguramente, o único caminho é obter este ganho através de uma atividade. Para tal, devemos fazer a diferença, demonstrarmos eficiência, comprometimento, flexibilidade, bom relacionamento interpessoal, iniciativa, além de uma atualização. O simples fato de se perseguir uma boa educação não significa que você consiga tudo o que idealiza, pois as competências pessoais, como as citadas acima, reforçam o profissional de forma mais ampla, fazendo a diferença, possibilitando que seja o escolhido. Não podemos ser taxativos. O melhor é uma mescla dos dois. Quando temos bom conhecimento técnico e experiência profissional podemos passar credibilidade para a equipe de colaboradores e superiores. Sendo flexíveis, inovadores, porém sem ter um curso superior, podemos nos deparar em muitas situações com dificuldades que poderiam já ter sido sanadas por estudo, vivências desenvolvidas em escolas. Existem, por outro lado, muitos cargos técnicos, que não necessitam de formação superior, porém de um grande embasamento teórico-prático. O ideal, sempre que possível, é realmente consolidar as duas situações - devemos buscar a atualização de forma rápida e com grande afinco, já que não é tão fácil assim absorver o conhecimento técnico em curto espaço de tempo, pois está relacionado também à experiência. Os maiores pontos, e não os chamo de desafios, são a busca constante por atualização, estar sempre atento às novidades e às relações interpessoais. Ler bastante e se relacionar com pessoas que lhe tragam algo novo ou inovador e que possibilitem a você que faça o mesmo. Cultivar competências como comprometimento, flexibilidade, boa vontade, busca de atualização, humildade em demonstrar que não sabe, mas abertura em buscar o aprendizado, bom relacionamento. Tendo em vista o crescimento da economia da China, vale a pena o esforço para aprender Mandarim para trabalhar em empresas que fazem negócios com os chineses? Há situações anteriores a isso. Os maiores pontos, e não os chamo de desafios, são a busca constante por atualização, estar sempre atento às novidades e às relações interpessoais. Ler bastante e se relacionar com pessoas que lhe tragam algo novo ou inovador e que possibilitem a você que faça o mesmo. Cultivar competências como comprometimento, flexibilidade, boa vontade, busca de atualização, humildade em demonstrar que não sabe, mas abertura em buscar o aprendizado, bom relacionamento. Se seu interesse for aprender mandarim e tiver facilidade com novos idiomas, pode ser algo interessante e, com o mercado voltado para a globalização, suas chances poderão aumentar.

10 Quais são as principais competências profissionais que um jovem recém-formado deve ter para poder entrar com pé direito no mercado de trabalho, levando em conta as mudanças e avanços do cenário profissional? Estou me formando agora no final do ano, tenho 41 anos, você acha que ainda é possível construir uma carreira de sucesso com essa idade? Trabalho na Light e a maioria dos engenheiros que vejo são garotos que tem quase a metade da minha idade e confesso que isso me apavora. Tenho feito algumas entrevistas de emprego e vejo como eu estou desprepara para o mercado de trabalho, só fazendo graduação. Gostaria de saber qual seria um bom plano para eu me encaixar no mercado de trabalho? Gostaria de lhe perguntar o seguinte: Qual é a melhor forma de se destacar dentro de uma empresa e chamar atenção do chefe para uma promoção? Qual a melhor estratégia para montar um plano de carreira, quando se tem 33 anos e ainda está cursando o terceiro período da universidade? Qual o melhor momento para pedir aumento para o chefe? Quais os maiores erros que as pessoas cometem durantes as entrevistas de emprego? Os maiores pontos, e não os chamo de desafios, são a busca constante por atualização, estar sempre atento às novidades e às relações interpessoais. Ler bastante e se relacionar com pessoas que lhe tragam algo novo ou inovador e que possibilitem a você que faça o mesmo. Cultivar competências como Comprometimento, Flexibilidade, boa vontade, busca de atualização, humildade em demonstrar que não sabe, mas abertura em buscar o aprendizado, bom relacionamento. Tudo o que desejamos podemos alcançar com trabalho e perseverança. Se a falta do curso superior estava limitando sua carreira, agora "o céu é o limite", e somente depende de você daqui em diante. É importante ressaltar, no entanto, que a formação faz parte de um processo e isto significa que você deverá ser aluno pela vida toda. Assim que terminar a faculdade, busque aperfeiçoamento em sua área e fluência em outros idiomas. Buscar diferencial é um ótimo caminho para o sucesso! Primeiramente esta auto avaliação já é um ótimo caminho, pois você está tendo a resposta que busca. Verifique as necessidades e o porquê de não estar se encaixando nas oportunidades. Assim, conseguirá traçar seus planos futuros. Minha dica: foque em seus objetivos, amplie seus estudos, como em idiomas e, assim que empregada, procure um MBA dentro da área de atuação e não pela "marca" do curso. O conteúdo é mais importante que um rótulo. Não existe uma receita para isso, pois depende do perfil do seu chefe, da cultura da empresa, do plano de carreira (existindo e sendo claro) e, principalmente, do seu próprio perfil. O que posso lhe garantir é que o comportamental adequado, trabalho em equipe, perfil de liderança e solicitações de feedbacks são ótimas ferramentas de aproximação, mas o resultado pessoal tem que prevalecer e para isso, a solicitação de feedbacks constantes e periódicos são de extrema valia para você, empresa e liderança. Reflita sobre a seguinte questão: onde estou, onde quero estar após formação e onde estarei nos próximos 5 anos. Isso lhe ajudará a formar suas linhas de trabalho, planejamento de carreira e vida pessoal. O difícil não é saber onde queremos chegar, e sim dar os passos para alcançar os objetivos sem buscar atalhos. O ideal é não pedir aumento, mas recebê-lo como mérito ou promoção. Caso não seja possível, avalie o momento de sua carreira, sua performance nos últimos anos, seu momento atual, seus resultados, sua aproximação junto à liderança e, mais ainda, o momento da empresa. Se todos estes pontos estiverem favoráveis a você, este é o momento! Que seja feito em reunião com seu gestor ou área responsável, como RH, e nunca perante os seus colegas de trabalho ou em corredores da empresa. Esta pergunta é muito comum e todos nós já sabemos, mas vale a pena ressaltar que os maiores erros são: falar mal de empresas e gestores anteriores, culpar colegas de trabalho ou outros pelo seu insucesso, mentir, se vestir de forma inadequada para a entrevista, ser prolixo (falar demais), sair do foco das perguntas, deixar de ser seguro em suas respostas e não ter "brilho nos olhos" para a oportunidade que está galgando.

11 Qual seria sua orientação para uma pessoa que já tem formação em outra área profissional, já trabalha há mais de 20 anos nessa área, porém depois de 20 anos, decide, mudar por completo o seu rumo, ou seja, fazer outra faculdade e iniciar uma nova profissão? Sou um Pouco tímida e muito observadora, observo tudo que está acontecendo, mas na hora de falar ou explicar eu me enrolo toda, ai sai tudo errado e fico nervosa. Eu preciso enfrentar isso, mas como? Como você acha que ficará o mercado de Trabalho daqui a 10 anos com a tecnologia que vem cada vez mais evoluindo? Gostaria de saber quais são os pontos principais para ser um excelente gestor de pessoas? Qual é a melhor forma para se preparar para um processo seletivo composto principalmente pela Entrevista por Competência? Não existe idade para as mudanças. A maioria das pessoas, na verdade, não tem medo das mudanças, apenas acreditam que serão negativas e nunca positivas. Isto as impede de realizá-las com sucesso. O primeiro passo é verificar se o desejo de mudança é genuíno ou momentâneo, avaliar informações de mercado, solicitações de terceiros como amigos, familiares etc. Verificar se a área de interesse está dentro do próprio perfil e quais as consequências desta mudança, pois muitas vezes o profissional deverá se sujeitar inicialmente a salários e oportunidades menores do que atualmente se encontra. E, por fim, tendo a certeza do caminho da mudança, verificar quais os diferenciais que este mercado busca em um profissional e planejar sua nova carreira com estes atributos. PS: não se esqueça de que se tem interesse e vontade tudo é possível, mas tudo tem seu tempo: não atropele, pois o seu tempo pode ser diferente para outras pessoas. Você já está enfrentando ao conversar sobre sua dificuldade e buscando solução. Procure sempre participar de eventos nos quais tenha que enfrentar sua dificuldade, mesmo que seja uma breve participação. Evite apoio com materiais de leitura e slides em apresentações, pois os olhos "furtam" nossos pensamentos e tira, para quem tem dificuldade, a oportunidade de superá-las e. até prejudica! Continue com muita leitura e é claro, procure um fonoaudiólogo que trabalhe nesta área ou uma clínica especializada em fala/oratória. Sempre a ajuda de um bom profissional é recomendável. Isto é uma pergunta fácil e difícil de ser respondida ao mesmo tempo. Fácil porque o mercado terá cada vez mais produtos e serviços automatizados devido à tecnologia e evolução. Com isso, solicitará profissionais cada vez mais especializados. A parte difícil está quando relacionamos a palavra Mercado no contexto do mercado brasileiro, pois já estamos carente de profissionais qualificados e nossas faculdades ainda estão "engatinhando" no quesito qualidade de ensino. Também deixamos anos de cultura e baixos investimentos em ensino, e é claro que seremos cobrados pela própria necessidade no amanhã. Conhecer sua empresa, seus objetivos, ser parceiro de sua equipe, saber delegar, assumir compromissos e responsabilidades (no sucesso e nos insucessos), ser líder, promover reuniões periódicas produtivas, dar feedbacks e sempre solicitar o mesmo aos seus colaboradores. Assim, terá o 'espelho' necessário para saber de suas virtudes e pontos a serem trabalhados. A entrevista por competências é uma ferramenta para, através de uma conversa, tentar aprofundar a percepção e conhecer as atitudes, preferências e opiniões do candidato a partir da proposta de situações de conflito e/ou que envolvem a resolução de problemas. Espera-se, com a entrevista por competências, distinguir no grupo de candidatos pré-selecionados na primeira etapa do processo seletivo, quais apresentam maiores condições para desempenhar as funções do cargo a contento, de acordo com o perfil definido pela área gestora. Algumas dicas para esse momento, que acredito serem as muito válidas são: Mapear suas qualidades e enfatizar as mesmas a todo o momento; Demonstrar segurança durante todo o processo; Não se sentir intimidado mesmo que o selecionador tente fazer isso;

12 Jamais seja arrogante ou demonstre nervosismo. Tenho 47 e trabalho na mesma empresa há 32 anos. Já passei por várias crises do mercado de emprego nesse período e consegui me manter com empregado e me sinto estimulado e buscando crescer ainda mais, mas às vezes penso se vai valer a pena. Vejo na minha empresa e em outros o descarte de profissionais excelente pelo simples fato de terem idade como a minha (+- 50). Acho que muito conhecimento acumulado nesse período está se perdendo. É isso mesmo! As empresas não correm o risco de perder pessoas que com alto nível de conhecimento e comprometimento fazendo essa renovação do jeito que estão fazendo? Além das necessidades do mercado, de ter uma boa formação acadêmica, me achar competente e capaz de exercer as funções que poderão ser a mim estabelecidas, sabemos que isso ainda é pouco diante da concorrência. São poucas vagas e muitos concorrentes "graduados. O que é preciso para me tornar qualificadamente dentro dos parâmetros exigidos no mercado de trabalho e me tornar um profissional capaz e merecedor de encontrar o meu espaço? Vi em um programa o Consultor Max Gehringer dizer o seguinte: "Em entrevista há respostas verdadeiras e as respostas adequadas, o candidato ideal é aquele que consegue fazer a resposta adequada soar verdadeira." Quando os entrevistadores perguntam sobre defeitos e qualidades, qual a resposta que eles "querem" ouvir? Concurso público, iniciativa privada, ou abrir o próprio negócio? Em um mercado que se apresenta mais competitivo, o que seria mais importante: uma boa formação escolar ou estar antenado, perceptivo e receptivo as novidades sociais e tecnológicas do mundo moderno? Sem dúvida as empresas perdem talentos com esse comportamento e é exatamente por esse motivo que muitas corporações estão revendo seus valores e valorizando cada vez mais os profissionais maduros. Com o aumento da expectativa de vida no Brasil e no mundo, essa será a tendência a ser seguida e creio que já começou a ser utilizada, ainda que de forma bastante embrionária. Mas a revisão desses conceitos é, sem dúvida, o futuro do mercado corporativo. Essa pergunta poderia ser respondida com mais eficácia frente a uma análise do seu perfil, área de atuação e de sua realidade profissional. Mas o que posso afirmar para todos os profissionais é que realmente a graduação deixou de ser um diferencial e passou a ser uma obrigação. Hoje em dia é fundamental que os profissionais invistam em idiomas, especialmente o inglês. Estar atualizado com o seu mercado e as necessidades da empresa que você atua também é uma condição primordial. E do ponto de vista comportamental (que é também muito importante), o profissional pode e deve se preocupar sempre com seu networking e em saber fazer marketing pessoal com eficácia. O selecionador quer ouvir a verdade dita com bom senso. Não existem qualidades ou defeitos ideais, mas existem qualidades e defeitos que não são propícios para uma determinada posição. É importante explicar sempre de que forma a sua qualidade é pautada e, especialmente sobre os defeitos, é muito importante que eles sejam listados como pontos em desenvolvimento. Isso significa que a pessoa sabe que ainda não é forte em determinado aspecto, mas faz ou pretende fazer algo para desenvolvê-lo. As três opções apresentam vantagens e desvantagens. Para escolher, é essencial fazer uma autoanálise, que deve englobar objetivos profissionais, valores e objetivos de carreira. Em paralelo, traçar as vantagens e as desvantagens dos três cenários e estabelecer um comparativo com sua reflexão pessoal. A melhor escolha será aquela que for mais compatível com o seu momento e expectativas para o futuro. O profissional de hoje tem que buscar ter ambas as coisas, que são igualmente importantes: formação acadêmica sólida (atualmente, investir em uma graduação, pós-graduação e idiomas não é mais um diferencial e sim uma obrigação) e estar sempre atualizado às novidades sociais e tecnológicas do mundo moderno (sem isso, o profissional fica desatualizado e sem um diferencial competitivo perante sua concorrência).

13 Dizer que você tem sede de aprender, de crescer profissionalmente e de contribuir com a empresa nem sempre são respostas satisfatórias, quando a pergunta é o porquê devem nos contratar. Então o que dizer neste momento? Quais os cuidados que devemos ter em uma entrevista de emprego em grandes empresas? Com a Copa de 2014 e as Olimpíadas Rio 2016, sendo realizadas aqui no Brasil, quais são os cursos e áreas que serão aquecidos com esses eventos? O inglês é hoje um diferencial no currículo que pode ser decisivo em muitas entrevistas de emprego. Na opinião do senhor, qual a segunda língua estrangeira que vale a pena investir? Ao se deparar com esse questionamento, não se esqueça de que você respondeu essa questão durante toda a entrevista. Todas as perguntas de uma entrevista estão indiretamente reunindo condições para que o selecionador saiba por que ele deve te contratar. Logo, o mais indicado aqui é você pincelar um pouco de tudo que já foi dito. Ou seja: Eu acho que você deveria me contratar porque eu tenho X experiências, X ponto positivo, X formação, X objetivo. Esse é o momento de condensar todas as suas habilidades e talentos, já ditos anteriormente, não deixando jamais de ressaltar aqueles que mais encaixam no perfil da vaga pretendida. Toda entrevista, seja em empresas grandes, médias ou pequenas, exigem alguns cuidados primordiais e são eles: Ouvir o entrevistador para identificar as necessidades da empresa e poder apresentar-se como uma solução para elas; Fazer o seu marketing pessoal (conhecer muito bem o produto, que é você mesmo); Relacionar competências com requisitos do cargo que está sendo pleiteado; Comunicar-se com segurança e objetividade (não seja prolixo, fale apenas o necessário); Criar um clima de empatia com o entrevistador, pois toda contratação tem seu aspecto subjetivo; Ter equilíbrio e bom senso. Muitas áreas ficarão aquecidas ANTES, DURANTE e DEPOIS desses eventos. Sendo assim: ANTES: áreas de Construção Civil (curso de Engenharia Civil) e Marketing (curso de Marketing Esportivo) que irão garantir a infraestrutura e a divulgação dos eventos (estádios, hotéis, restaurantes, estradas, transportes e afins); DURANTE: áreas de Atendimento (cursos de Hotelaria, Lazer & Turismo), Gastronomia (curso de Gastronomia), Logística e Segurança Patrimonial (cursos de Administração e Gestão Logística). Aqui, será necessária muita mão de obra e isso abrirá uma frente também para profissionais de menor qualificação e formação acadêmica (como garçons, camareiras, guias, seguranças, entre outros); DEPOIS: dependendo dos aspectos anteriores, a imagem do Brasil será formada e duas áreas podem ser tornar muito aquecidas, tais como Comércio Exterior (curso: Administração com ênfase em Comex) e Turismo (curso de Lazer e Turismo). Acredito que as línguas estrangeiras que sejam mais interessantes para um profissional investir atualmente sejam espanhol e mandarim. De toda forma, é importante que o profissional não siga apenas tendências e procure também avaliar o contexto em que está inserido, ou seja: a empresa em que trabalha e suas necessidades em relação à utilização de outros idiomas. Exemplos: (i) o profissional trabalha em uma multinacional francesa e existe a necessidade de viagens constantes à matriz ou até mesmo interesse em um cargo mais estratégico e que tenha apelo internacional, é muito interessante adquirir fluência em francês. (ii) O profissional trabalha em uma empresa nacional ou multinacional que desenvolve negócios LATAM, nesse caso é muito interessante adquirir fluência em espanhol para poder ter mais oportunidades de desenvolvimento interno.

14 Como o dono de uma empresa deve definir os limites da relação com seus funcionários, para que esta não seja de uma intimidade extrema, e também não crie antipatias ou inimizades? Qual a maneira mais saudável de se relacionar com seus funcionários, que estão ao seu lado todos os dias, sem permitir que vire uma relação pessoal e não mais profissional? O senhor já se deparou com uma questão dessas: Um emprego em uma empresa que o salário é alto, mas a sua função nele seja quase que mecânica, não favorecendo a aprendizagem continuada, ou uma empresa em que o salário não é tão atraente, mas em contrapartida oferece muito conhecimento para o desenvolvimento de suas capacidades empresarias?se sim, qual a sua escolha? Como ter certeza de que a carreira que estou seguindo é a escolha certa para minha vida? A maneira correta para definir os limites da autoridade e liderança no meio profissional é prezar pelo equilíbrio desse relacionamento. É preciso se relacionar com os funcionários com clareza e transparência e isso não significa ter intimidade, estabelecendo direitos e deveres de ambas as partes patrão e empregados. Abrir os canais de diálogo e saber escutar são pontos importantes também. O dono da empresa deve evitar completamente situações de intimidade excessiva, pois ela pode gerar perda de limites ao longo do tempo. É preciso ser o gestor da empresa e de seus colaboradores, um facilitador das atividades profissionais e não um amigo para os momentos pessoais. Agindo dessa forma, tudo que estiver relacionado à implantação das políticas e regras da empresa (nem sempre agradam a todos), não trará desconforto a nenhuma das partes e não criará antipatias e inimizades. Depende sempre dos valores de cada profissional. Se a ideia dele for ganhar dinheiro, deve optar pela primeira opção. Se o foco dele for desenvolvimento, a segunda opção é a melhor. De toda forma, como acredito que desenvolvimento pessoal/profissional e aprendizado trazem benefícios inquestionáveis, prefiro a opção B. Pode-se demorar mais pra ganhar dinheiro, mas é uma forma muito engrandecedora de se ter as duas coisas, ainda que no médio/longo prazo. Promovendo reflexões contínuas a respeito do caminho que você está seguindo e comparando as respostas com aquilo que você realmente julga ideal para a sua carreira (área de atuação, salário, motivação, ambiente de trabalho, entre outros). Tenha as seguintes perguntas sempre em mente quando for fazer essa reflexão e analise cuidadosamente cada resposta, para que possa promover mudanças na rota se julgar necessário: O quanto eu sou feliz no meu trabalho? Minha escolha profissional foi pautada em uma decisão única e exclusivamente minha? Eu estou satisfeito profissionalmente? Qual a minha motivação para fazer o que eu faço? É isso que eu quero fazer para o resto da minha vida?. Sou seu ouvinte diário através da CBN Rio. Acostumei-me a ouvir dúvidas e pedidos de aconselhamento para quem ainda está iniciando sua vida corporativa. No meu caso, aos 50 anos de idade e já tendo atingido uma posição gerencial, e visto muitas coisas, boas e más, penso que não cheguei ainda ao fim de minha carreira. Pelo contrário, continuo com aquela velha chama da motivação por novos desafios. Acabei por especializar-me em supply chain, logística e gestão de projetos. Pergunto então, o que você aconselha para um profissional da minha idade que gostaria de ainda galgar posições e acalenta a ideia de buscar outra oportunidade profissional? Oriento que não desista de suas intenções e continue buscando outra oportunidade profissional, direcionando especialmente para suas especializações em Supply Chain, Logística e Gestão de Projetos. Utilize seu networking para divulgar suas intenções, pois nesse momento ele pode ser uma fonte muito poderosa para que você alcance seu objetivo. Acredito também que você possa se tornar um consultor nessas áreas de sua expertise, trabalhando não só em uma empresa, mas em várias que precisem de profissionais experientes, maduros e com disponibilidade para diagnosticarem problemas e os resolverem.

15 Como o processo de coaching pode ser incorporado na rotina das organizações, reduzindo custos com profissionais individuais, e sendo incorporado ao plano de desenvolvimento estratégico nos diversos níveis hierárquicos? Fui promovido recentemente ao cargo de coordenador, e logo após recebi uma proposta de outra empresa, com salário melhor, mas para o cargo de analista. Se ficar onde estou, terei mais responsabilidades e mais chances de mostrar meu potencial. Se aceitar a proposta, terei um salário maior, mas para o mesmo cargo que exerci durante seis anos. O que fazer? Você acha que o mercado de trabalho, especificamente na área de TI, que hoje tem um déficit muito elevado de profissionais qualificados, nos próximos 10 anos continuará oferecendo oportunidades para estes profissionais acima dos 35 anos de idade? Dentro da nossa realidade, em faculdades, cursos e palestras, temos que viver nos renovando dentro da atualidade do dia a dia, buscando novos conhecimentos; Como mostrar e provar no currículo enviado para a empresa, que somos capazes de preencher a vaga pretendida? Já que muitos omitem e são chamados. Hoje em pleno século XXI as empresas buscam pessoas com motivação, gostaria que se explicasse melhor o porquê só se fala em motivação na hora da seleção realizada nas organizações! É claro que não existe uma formula para o sucesso, mas em sua opinião quais são os valores ou diferenciais mais importantes para que um administrador tenha sucesso em sua carreira? A melhor forma do processo de coaching ser incorporado na rotina das organizações é desenvolver profissionais internamente para o exercício da prática de mentoring e aconselhamento. Formar coachs internamente permitirá que esses colaboradores possam implantar o processo de coaching nos mais diferentes níveis hierárquicos da organização. Lembrando que é sempre bom ter, em paralelo, uma visão externa para evitar uma "cegueira" corporativa e "modelos ideais internos". Uma combinação de atividades exercidas internamente e externamente é ainda o melhor formato. Nesse primeiro momento, o melhor a fazer é entender qual o seu valor: desenvolvimento profissional ou dinheiro. E não há problema nenhum em escolher uma das duas opções. Certamente, se o que mais importa pra você nesse momento é o desenvolvimento profissional, opte por continuar onde está e assuma com força a nova função de coordenador, onde poderá desenvolver habilidades de liderança e adquirir novos conhecimentos. Agora, se o que mais te importa nesse momento é o dinheiro, aceite a proposta de analista que te remunerará melhor e tente ao máximo fazer o seu melhor, para que uma oportunidade de crescimento e promoção seja oferecida no médio prazo. Sem dúvida, a área de TI continuará oferecendo oportunidade para profissionais de variadas faixas etárias. Os profissionais mais maduros poderão oferecer uma gama de conhecimentos, especialmente na gestão dessa área. Mas é importante que os mesmos estejam altamente atualizados em relação às mudanças e inovações da área. O currículo deve ser construído de acordo com sua realidade, com informações verídicas e descritas de forma atraente. Uma linguagem objetiva e focada em seu objetivo profissional deve ser a prioridade. Nesse momento, a redação do CV somada ao conjunto de informações de acordo com o perfil da vaga que está pleiteando são as maiores aliadas de qualquer profissional. A capacidade e perfil comportamental só poderão realmente ser demonstradas em entrevista pessoal, então a preparação para essa etapa também é bastante crucial. Porque a motivação é a força motriz de todo profissional. Mesmo que ele seja muito bom tecnicamente, se estiver desmotivado poderá não desempenhar bem e completamente suas funções. Em contrapartida, um profissional motivado e que não é tecnicamente completo, usará essa motivação para correr atrás de aprimorar esses pontos, trazendo os resultados e cumprindo os objetivos que lhe serão impostos. Acredito que os seguintes diferenciais são importantes para que um profissional alcance sucesso em sua carreira: (i) Fazer o que gosta; (ii) Buscar aprendizado contínuo; (iii) Sempre estabelecer prioridades; (iv) Inovar e ser visionário; (v) Possuir ou desenvolver habilidades de relacionamento; (vi) Saber fazer marketing pessoal.

16 Como devo fazer o meu planejamento profissional, se tenho 57 anos de idade, porem já trabalho com áudio visual, consultoria, professor, enfim como devo avaliar este momento, pois o curso veio a me ajudar a pensar e ilustrar a minha vida. O mercado atual está cada vez mais competitivo e têm se falado muito no desenvolvimento do profissional com múltiplas habilidades. Mas como este profissional pode desenvolver múltiplas habilidades sem perder o foco de sua carreira e atividade? O que você acha da exigência das empresas atuais com relação a isto? O que fazer quando sua equipe está toda alinhada com os processos e rotinas do setor, recebendo elogios de toda a empresa e clientes, e a principal pessoa responsável por este sucesso, acaba solicitando o desligamento da empresa? Gostaria de perguntar ao senhor, se é possível fazer uma previsão sobre qual será a carreira que no futuro vai ser alvo de ambição. Sabemos que o mercado de trabalho está aquecido para quem procura qualificação profissional, diga-nos quais dicas são essenciais para buscar uma boa colocação? O ideal, nesse momento, seria encontrar uma forma organizada de condensar o maior número de suas atividades em uma só, pensando em um planejamento profissional mais sólido e competitivo. A atividade empreendedora também é ideal nesse caso devido à sua maturidade e bagagem profissional, além de múltiplos talentos. Dentre todas as atividades realizadas, reflita sobre quais te trazem maior satisfação pessoal e profissional, vantagem financeira e estão mais adequadas à sua atualização educacional. Chegue a uma resposta e invista pesadamente nesse alinhamento. Boa sorte! Desenvolver múltiplas habilidades é justamente para que a carreira não perca o foco. Ao desenvolver novos conhecimentos e habilidades, você está se tornando uma profissional mais forte e competitiva perante o mercado, aumentando sua empregabilidade. Acredito que a exigência das empresas em relação a esse quesito não é tão forte quanto se apregoa. Muitas ajudam o profissional a desenvolver essas habilidades através de seus programas de formação e desenvolvimento. Acho que essa exigência acaba por fortalecer e impulsionar o profissional. Esse tipo de situação não poderia ter sequer acontecido dentro de uma realidade corporativa. Se estivermos falando em equipe, o próprio nome já indica que temos que ter um time engajado, em que cada peça tem sua igual importância. Uma situação em que apenas uma pessoa é responsável pelo êxito da equipe faz com que todos sejam reféns, sendo que a solicitação de desligamento do profissional acaba sendo a última gota a entornar o caldo. Logo, se isso acontecer, o melhor a fazer é começar do zero, repensar a importância de cada membro do time, identificar os pontos fortes do profissional que era protagonista do sucesso da área e espelhar suas ações. O resultado talvez não seja imediato, mas é uma grande chance de corrigir essa rota e potencializar as capacidades de todos os envolvidos. É possível avaliar carreira do futuro, mas é praticamente impossível definir apenas uma. Devido a uma análise das necessidades e tendências mundiais do mercado de trabalho, podemos citar algumas áreas que serão alvo de necessidades e ambições, tais como: Marketing Digital, Mídias Sociais, Tecnologia da Informação, Biotecnologia, Gerontologia, Engenharia Civil e de Infraestrutura, Treinamento & Desenvolvimento (RH), Óleo e Gás e Ambiental. Acredito que as dicas abaixo sejam essenciais para a busca de uma boa colocação: Elaborar um bom currículo, que o represente com excelência e veracidade; Estar antenado e divulgar esse currículo nas redes sociais e principais sites de oportunidades de emprego; Desenvolver uma estratégia e ser ativo nas buscas; Fazer marketing pessoal e acionar seu networking; Pedir ajuda a um especialista de carreira quando não estiver alcançado seu objetivo.

17 Quais os principais alicerces para uma carreira de sucesso? Trabalho há 16 anos numa grande empresa, mas que não vejo perspectiva de crescimento, pois valorizam mais as pessoas que chegam de fora do que as que estão há muito tempo já na empresa. Eles acham que os antigos trazem uma cultura antiga. Devo buscar novos horizontes? Num mundo cada vez mais globalizado e capitalista, mas que ao mesmo tempo começa a se voltar para o lado social (humano); Quais os cursos complementares ou especialização que um gestor de RH deve procurar integrar ao seu currículo, já que um gestor de RH trata diretamente dos interesses da organização, mas também tem que ter preocupação com o "humano", que é o seu instrumento de trabalho? O que fazer quando um colega de trabalho considera-se melhor que os outros de modo a denegrir a imagem do grupo com exceção de si ao supervisor direto. Qual é o passo mais importante para os alunos que saem de uma universidade e vão em busca da sua carreira profissional? É necessário falar outras línguas e fazer intercambio em outros países? Qual a Melhor Forma para se Criar uma Micro Empresa e se tornar um Grande Investidor?! A mudança de carreira tardia, apos os 40 anos, pode ser muito prejudicial à pessoa no atual mercado de trabalho? Acredito que os principais alicerces para uma carreira de sucesso sejam: (i) Fazer o que gosta; (ii) Buscar aprendizado contínuo; (iii) Estabelecimento de prioridades; (iv) Inovar e ser visionário; (v) Possuir ou desenvolver habilidades de relacionamento; (vi) Saber fazer marketing pessoal. Sim, uma vez que esse é um comportamento da empresa que você já identificou há tempos e não vê possibilidade de mudar. Nesse caso, a mudança tem que partir de você. Conseguir uma nova colocação te possibilitará oxigenar sua carreira e ingressar em uma nova corporação, além de conhecer uma nova cultura e abrir um leque de oportunidades que você não possui na empresa em que está hoje. Acredito que os seguintes cursos sejam interessantes para um gestor de RH: (i) Coaching; (ii) Mentoring; (iii) Ferramentas de Avaliação; (iv) Desenvolvimento Humano; (v) Retenção de Talentos. Se tiver realmente certeza que o colega tem esse comportamento tóxico e que isso o prejudica de fato, a melhor coisa a fazer é se comunicar com o superior imediato para comunicar esse desconforto. O papel do gestor será o de justamente avaliar a situação e coibir a prática danosa desse colega. Se for constatada e sustentada, o gestor saberá exatamente o que fazer para resolver a situação. Falar outros idiomas (especialmente o inglês) e fazer intercâmbio são pontos importantes e que ajudam muito o jovem profissional a ter um perfil competitivo no mercado de trabalho. Não são condições mandatórias para o êxito, mas encurtam os caminhos e atendem a requisitos importantes de empresas grandes e de renome. A melhor forma para se criar uma empresa de sucesso é ter capacidade de transformar as ideias em realidade, ter entusiasmo, foco no objetivo, profundo conhecimento da atividade que desenvolve, acreditar em si mesmo, saber se auto motivar, ter atitude vencedora (mesmo em situações de dificuldade), ser visionário e não desanimar ou se vitimizar perante os erros e os problemas que certamente irão surgir. Não, de forma alguma. Nenhuma mudança na carreira é prejudicial se estiver de acordo com os ideais e valores do profissional. O fato de não ser prejudicial não significa que será fácil. Então é importante ter em mente todas as dificuldades e se preparar a elas, até mesmo para não desistir somente porque será difícil.

18 Qual o papel do estágio na formação educacional e profissional do estudante para o mercado de trabalho? No atual quadro do mercado onde se tem um leque de oportunidades, porém poucos candidatos qualificados e capacitados a ocupar as vagas, o que as organizações e gestores devem priorizar na escolha do profissional? Qual habilidade deve ser avaliada na seleção? Em meio a tantas inovações tecnológicas mesmo com tantas mudanças no âmbito trabalhista, qual seria o diferencial que um candidato deverá apresentar para a empresa a qual ele almeja obter uma oportunidade de trabalho? Quais os pontos positivos e os negativos em utilizar com colaboradores o método empowerment? Considerando que atualmente as organizações estão direcionadas na busca do desenvolvimento e integração da geração Y. Qual a sugestão para facilitar o processo de desenvolvimento e integração, considerando que muitas empresas não estão atualizadas tecnologicamente como eles? Tenho 41 anos e trabalhei 12 anos em uma empresa onde aprendi muito. O fato é que a empresa não tinha plano de carreira. Decidi então sair desta para tentar uma vaga relacionada ao meu curso na faculdade. Estou desempregada há cinco meses e já mandei currículo para todas as pessoas que conheço e empresas que gostaria de trabalhar e não recebi convites nem mesmo para fazer entrevistas. Será que é por causa de minha idade? Devo fazer um currículo específico para cada vaga pretendida (assistente, analista, etc.)? O papel do estágio é o de permitir que o estudante possa colocar em prática o aprendizado da sala de aula. É nesse momento que o aluno consegue entender na prática toda a técnica que está estudando, se preparando para resolver problemas de forma mais ativa e adquirir conhecimentos e crescimento educacional, profissional e pessoal. Isso sempre vai depender da necessidade da organização e do perfil esperado para ocupar cada posição. No geral, em uma seleção, habilidades importantes e que costumam ser mais bem avaliadas são: pro atividade, perfil hands on (mão na massa), liderança, relacionamento interpessoal, saber trabalhar em equipe, foco e capacidade de aprendizado. O maior diferencial que qualquer profissional pode ter é se autoconhecer. Porque o autoconhecimento possibilita que a pessoa identifique seus pontos fortes (pontos em que tenha desempenho estável e constante) e talentos naturais, utilizandoos no dia a dia e minimizando ou desenvolvendo seus pontos fracos. Os pontos positivos da prática do empowerment são: melhoria do desempenho da organização, maior comprometimento e motivação dos funcionários, aumento de produtividade e qualidade, redução de custos, diferenciação positiva e maior autonomia dos colaboradores em todos os níveis da organização. Os pontos negativos são: é um processo delicado de ser implantado e se não houver uma boa implantação, os resultados podem ser desastrosos e arriscados. É preciso que aja uma explicação clara para todos os envolvidos, evitando incompreensão e tomada de decisões contrárias ao planejamento. Além disso, é necessário evitar a todo o momento as contradições desse método e também a sabotagem por parte dos envolvidos, justamente por não entenderem sua necessidade e aplicação prática. Minha sugestão é que as empresas revejam seus conceitos, valores e processos de forma a promover a integração e aproveitamento dos melhores hábitos da geração Y. É muito importante revisarem processos de seleção, atração, retenção, desenvolvimento e treinamento desses novos profissionais também. Sem dúvida a integração entre as diferentes gerações existentes em uma empresa é a melhor saída para aproveitar o que há de melhor em cada uma delas, trazendo reflexos positivos para os negócios, ambiente de trabalho e desenvolvimento. Não acredito que a idade esteja impactando fortemente nessa ausência de entrevistas. Estamos vivendo um momento de retração de mercado, onde profissionais de todos os níveis estão sofrendo esse problema. Evidente que algumas ações podem melhorar os resultados, como por exemplo, revisar seu CV e deixá-lo mais atraente. De alguma forma, ele pode não estar "vendendo" seu perfil de acordo com a realidade. Procure refletir sobre a sua trajetória e seja objetiva e direta ao expor suas qualificações no seu material, procurando uma linguagem atraente.

19 Qual estratégia para retornar ao mercado de trabalho, estando afastada há mais de 15 anos? Qual a perspectiva do mercado de trabalho no Brasil para o administrador no médio prazo? Recebi uma proposta para ser cliente oculto de três lojas fast food. Esse convite surgiu pelo Gestor dessas lojas conhecer minha visão analítica e crítica a respeito de Qualidade no Atendimento. Mesmo sem ter muito conhecimento sobre essa profissão, aceitei o convite e estou adorando a experiência. Tenho aprendido muito, buscando ler livros e temas sobre o assunto. Pergunto: Max, o que você acha da profissão de "Cliente oculto" e o espaço que essa profissão tem conquistado no mercado? Tendo em vista a grande concorrência e as poucas empresas que conseguem entregar o produto/serviço com Excelência, superando as expectativas dos clientes. Qualquer pessoa pode ser organizada financeiramente? Qual deve ser o primeiro passo? É uma situação bastante delicada justamente porque não é fácil. Mas somos movidos a desafios e encare dessa forma. Algumas dicas para esse retorno ser facilitado: (i) Mapeie seus objetivos (pra onde que ir, o que quer fazer, conhecimentos...) e confronte com áreas-alvo; (ii) Planeje sua estrutura (o que você precisa para viabilizar seu regresso ao mercado); (iii) Invista em seu aprimoramento educacional (até conseguir, se atualize faça cursos - especialmente idiomas); (iv) construa seu CV de forma atraente, deixando seus objetivos claros e evidentes); (v) utilize sua rede de relacionamentos (em uma situação de retorno, será bem mais fácil se alguém que te conhece puder te indicar); (vi) Utilize recursos para alcançar as empresas e vagas (busque oportunidades em sites especializados, cadastre seu perfil em redes sociais e aborde o maior número de empresas do seu interesse); (vii) Prepare-se para os processos seletivos (seja sincera na entrevista a respeito de sua situação e de todas as vantagens/conhecimentos/habilidades que tem para oferecer); (viii) Motive-se e não desista (será difícil, mas não desanime. Mesmo que demore um pouco mais do que o normal, você terá recompensas por todo esse esforço). A perspectiva para o profissional que se forma em Administração de Empresas é muito boa no curto, médio e longo prazo. O ensino da administração é rico e amplia a capacidade profissional e o leque de opções pós-formação. O curso visa à formação de profissionais com talento empreendedor, gerencial e administrador. Essas competências são cada vez mais exigidas pelas empresas, o que torna o profissional sempre atraente e necessário. É preciso sim investir no desenvolvimento de outras competências e complementação educacional, mas essa é uma formação muito bem absorvida pelo mercado de trabalho nacional e internacional, justamente por seu caráter inter e multidisciplinar, que permite uma atuação extensa em diversas áreas de uma organização. O "cliente oculto" é um grande recurso para as empresas avaliarem serviços e terem uma noção maior de como seus clientes são atendidos. É preciso não só avaliar e ter essa consciência, como também promover mudanças que possam realmente acarretar em melhorias. Vejo essa profissão de forma excelente, uma vez que é muito importante que as empresas invistam na qualidade de seu atendimento e nenhum avaliador pode ser melhor do que o próprio cliente. Por ora, ainda é uma profissão em desenvolvimento, mas muito em breve terá um maior destaque em nosso mercado de trabalho. Sim, toda e qualquer pessoa pode equilibrar suas finanças pessoais. O primeiro passo é se organizar e elencar gastos versus ganhos e se planejar diante disso. Frente a esse raios-x de sua realidade financeira, o importante é priorizar os gastos e encontrar uma forma para nunca gastar mais do que se ganha.

20 É verdade que hoje em dia, pela escassez de trainees qualificados, existem empresas que fazem propostas satisfatórias para que um bom trainee saia de sua atual empresa, e vá para a que tem grande interesse nos seus serviços? Qual é o real motivo disso? Será que estamos demorando demais para nos qualificar ou são as empresas que estão com grande necessidade de mão de obra imediata? Como devemos fazer para dominar os conhecimentos de um segmento de mercado onde não é fortemente disseminada a cultura de contratação de um determinado profissional? (por exemplo: a contratação de Nutricionista para um Controle de Qualidade, onde se requisita mais Administradores, Engenheiros e técnicos). Sou formada no Instituto de Educação Sarah Kubtischek, vendedora há quatro anos e hoje faço faculdade de Pedagogia. No meu emprego atual (conquistado recentemente é de vendedora externa), não consigo emprego de outra coisa/área. Tenho curso de informática básica e de Francês - Médio. Gostaria de saber como e por onde devo procurar melhores empregos em alguma área com estas qualificações sem ser vendedora, uma vez que tenho cadastro em várias agências de RH do Rio e sempre procuro algo diferente do que já fiz que fosse vender? Com o advento da tecnologia da informação, as pessoas cada vez mais passam a comprar pela internet, pelo preço e comodidade. Podemos acreditar que os comerciantes que possuem loja física sofrerão algum tipo de impacto? Caso esses sofram, quais serão estes impactos? Uma pessoa com mais de 50 anos tem possibilidade de competir no mercado de trabalho? Sendo muito sincera, não ouço com frequência esse tipo de situação. Não acredito que mesmo sendo muito bom, um trainee seja alvo desse tipo de assédio. Justamente por essa situação não ser do meu conhecimento, não tenho como apontar as razões de acontecerem. Deve-se pesquisar cursos de especialização ou pós-graduação que possam complementar a formação não convencional. Se for possível, durante a graduação, buscar se inserir nesse mercado através de estágios ou programas para adquirir experiências e tentar superar o fato de não possuir a graduação normalmente requisitada. Em primeiro lugar, você deve montar um currículo que evidencie essas qualificações que você citou em sua pergunta. Deixe em evidência seu objetivo atual e mencione as experiências em vendas como um histórico, sem enfatizar as atividades realizadas. Com o um CV mais atraente, tenha foco ao pleitear as oportunidades junto às consultorias, agências de emprego e empresas-alvo. Só direcione seu currículo para oportunidades que realmente atendam ao seu objetivo. Trabalhe diariamente em prol dessa meta e seja persistente. Mantenha seu novo CV atualizado nos sites das empresas e também em sites de oportunidades de emprego (gratuitos e/ou pagos). Sem dúvida os comerciantes poderão sofrer tanto impactos positivos quanto negativos. O importante é reagir a essa tendência tecnológica de forma inovadora, promovendo mudanças e desenvolvendo estratégias para o negócio. Se um comerciante de loja física pensar nos diferenciais que possui e investir fortemente neles, pode ser uma grande oportunidade de aumentar suas vendas e promover crescimento de seu negócio. Agora, se esse mesmo comerciante ficar inerte a essa realidade do crescimento das lojas virtuais e se conformar que perderá vendas e clientes, é exatamente isso que vai acontecer. Com certeza! E isso é uma realidade cada vez mais forte, especialmente devido ao aumento da expectativa de vida no Brasil e no mundo. Além do mais, existem muitas vantagens em se contratar um profissional com mais de 50 anos, onde destaco: conhecimentos acumulados, possibilidade de aprendizado, muita experiência - que pode ser compartilhada -, autocontrole, excelente nível cultural, maturidade, dinamismo, liderança, flexibilidade, princípios éticos delineados, menor possibilidade de troca de empregos e habilidades excelentes de negociação e tratativa com clientes. Inclusive, existem empresas que valorizam a contratação dos profissionais maduros para cargos gerenciais pensando na experiência e capacidade de liderança.

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. Outra característica marcante: Cada palestra é um projeto

Leia mais

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. A maioria absoluta das avaliações obtêm excelentes resultados,

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

Evento técnico mensal

Evento técnico mensal Evento técnico mensal GERENCIAMENTO DE CARREIRA PARA O SUCESSO DO GESTOR DE PROJETOS Fernanda Schröder Gonçalves Organização Apoio 1 de xx APRESENTAÇÃO Fernanda Schröder Gonçalves Coordenadora do Ibmec

Leia mais

Quais são os objetivos dessa Política?

Quais são os objetivos dessa Política? A Conab possui uma Política de Gestão de Desempenho que define procedimentos e regulamenta a prática de avaliação de desempenho dos seus empregados, baseada num Sistema de Gestão de Competências. Esse

Leia mais

Oito passos para uma carreira extraordinária

Oito passos para uma carreira extraordinária Oito passos para uma carreira extraordinária Procurar tornar-se apto para o mercado de trabalho sem saber qual o objetivo desejado é a melhor forma de conseguir bons empregos e uma eterna infelicidade.

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

COMO PROCURAR UM EMPREGO/ESTÁGIO

COMO PROCURAR UM EMPREGO/ESTÁGIO 1 COMO PROCURAR UM EMPREGO/ESTÁGIO 1 INTRODUÇÃO: Empregos sempre existem. Bons empregos são mais raros, portanto mais difíceis de serem encontrados; A primeira coisa a ser feita é encontrar o emprego,

Leia mais

Liderança com foco em resultados

Liderança com foco em resultados Liderança com foco em resultados Como produzir mais, em menos tempo e com maior qualidade de vida. Introdução O subtítulo deste texto parece mais uma daquelas promessas de milagres. Independentemente de

Leia mais

Guia CARREIRAS E SALÁRIOS

Guia CARREIRAS E SALÁRIOS Guia CARREIRAS E SALÁRIOS em contabilidade Guia Carreiras e Salários Se você é gestor de alguma empresa contábil, está procurando melhorar sua posição profissional ou é dono de um escritório de contabilidade:

Leia mais

ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012

ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012 ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012 Olá, amigos do Estratégia! Como diz meu amigo Sérgio Mendes, como é bom estar aqui! Hoje irei entrevistar o Marcos Marino, aluno do Estratégia Concursos

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês seguinte,

Leia mais

Gestão de carreiras nas organizações

Gestão de carreiras nas organizações Gestão de carreiras nas organizações A expressão "Plano de carreira", nas organizações, sempre corre o risco de ser interpretada como algo antiquado, retrógrado, que interessa aos funcionários e, principalmente,

Leia mais

Estamos presentes em 20 estados

Estamos presentes em 20 estados http://goo.gl/7kuwo O IDEBRASIL é voltado para compartilhar conhecimento de gestão com o empreendedor do pequeno e micro negócio, de forma prática, objetiva e simplificada. A filosofia de capacitação é

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Sindicato das Secretárias e Secretários do Estado do Rio Grande do Sul SISERGS Unindo você a todos os Secretários do RS! SISERGS BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Dia 06 de novembro ocorreu o penúltimo treinamento

Leia mais

Líder: o fio condutor das mudanças

Líder: o fio condutor das mudanças Líder: o fio condutor das mudanças Por Patrícia Bispo para o RH.com.br Para quem imagina que liderar pessoas significa apenas delegar ordens e cobrar resultados a qualquer custo, isso pode significar o

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

carreira de sucesso como ter uma NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

carreira de sucesso como ter uma NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO como ter uma carreira de sucesso NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Saiba os segredos do profissional que já está no mercado de TI à 10 anos e conseguiu se tornar um especialista altamente reconhecido com 23

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade Eficácia e Liderança de Performance O Administrador na Gestão de Pessoas Grupo de Estudos em Administração de Pessoas - GEAPE 27 de novembro

Leia mais

meses e de ganhos financeiros muito maiores do que quando se é empregado é um erro comum. Além disso, a idéia de não ter chefe é extremamente

meses e de ganhos financeiros muito maiores do que quando se é empregado é um erro comum. Além disso, a idéia de não ter chefe é extremamente DICAS PARA ABRIR UM ESCRITÓRIO CONTÁBIL Começar um empreendimento requer coragem. Estar preparado para esse momento é fundamental, pois não vale, em hipótese alguma, aplicar o seu dinheiro no desconhecido.

Leia mais

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você.

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. A HR Academy e a NextView realizaram uma pesquisa focada em geração y, com executivos de RH das principais

Leia mais

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade...

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade... Entrevista com PEDRO MANDELLI Consultor na área de mudança organizacional, Pedro Mandelli é um dos maiores especialistas em desenho e condução de processos de mudança em organizações. É professor da Fundação

Leia mais

Como fazer um excelente atendimento: dicas indispensáveis para corretores de imóveis

Como fazer um excelente atendimento: dicas indispensáveis para corretores de imóveis Como fazer um excelente atendimento: dicas indispensáveis para corretores de imóveis Dados do Conselho Federal do Corretor de Imóveis (Cofeci) mostram que os corretores somavam 285 mil no Brasil em 2013

Leia mais

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução Esta segunda sequência respeita a estrutura da sequência do Eben que analisamos.o template é adequado aos profissionais que podem (e querem) trabalhar com os três mosqueteiros, ou seja, apresentar uma

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Como driblar a crise. e obter sucesso no Gerenciamento de Projetos

Como driblar a crise. e obter sucesso no Gerenciamento de Projetos Como driblar a crise e obter sucesso no Gerenciamento de Projetos COMO DRIBLAR A CRISE E OBTER SUCESSO NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS Índice Introdução 03 A crise 04 Conclusão 22 Sobre a Projectlab 24 8

Leia mais

ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO. Fábio Ibanhez Bertuchi

ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO. Fábio Ibanhez Bertuchi ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO Fábio Ibanhez Bertuchi 1 Por quê? O currículo é seu passaporte para o mercado de trabalho e para o sucesso profissional. É por isso que você precisa aprender a prepará-lo de forma

Leia mais

Gerando idéias de negócio

Gerando idéias de negócio NEGÓCIO CERTO COMO CRIAR E ADMINISTRAR BEM SUA EMPRESA Gerando idéias de negócio Manual Etapa 1/Parte 1 Bem-vindo! É um prazer ter você na Etapa 1 do Programa de Auto-Atendimento Negócio Certo do Sebrae.

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

sucesso Formado em Economia pela PUC do Rio de Janeiro Receita de ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO

sucesso Formado em Economia pela PUC do Rio de Janeiro Receita de ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO ed19entrev.qxp 4/7/2005 10:32 PM Page 1 ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO sucesso Receita de O termo é bem conhecido no mundo esportivo e agora começa a ficar comum também em outras áreas

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual Por: Rosana Rodrigues Quando comecei a escrever esse artigo, inevitavelmente fiz uma viagem ao meu passado. Lembrei-me do meu processo de escolha de carreira e me dei conta de que minha trajetória foi

Leia mais

Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho:

Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho: ASSUNTO em pauta Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho: comunicação entre jovem e empresa Velychko 30 REVISTA DA ESPM maio/junho de 2011 O jovem quer seu espaço no mercado de trabalho.

Leia mais

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização NOSSO OBJETIVO GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização RHUMO CONSULTORIA EMPRESARIAL Oferecer soluções viáveis em tempo hábil e com qualidade. Essa é a receita que a

Leia mais

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE COACHING EDUCATION By José Roberto Marques Diretor Presidente - Instituto Brasileiro de Coaching Denominamos de Coaching Education a explicação, orientação e aproximação

Leia mais

PRO PERFORMANCE EMPRESAS

PRO PERFORMANCE EMPRESAS Uma proposta cultural única aprimore o seu potencial Crie um versão melhor de is mesmo Conheça, pratique, supere-se, aprimore-se PRO PERFORMANCE EMPRESAS Programa de Excelência e Alta Performance para

Leia mais

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL 10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL Os meses de dezembro e janeiro na maioria das empresas são marcados invariavelmente por atividades de planejamentos, orçamentos e metas para o ano novo. Para o próximo

Leia mais

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra:

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra: MBA Pós - Graduação QUEM SOMOS Para pessoas que têm como objetivo de vida atuar local e globalmente, ser empreendedoras, conectadas e bem posicionadas no mercado, proporcionamos uma formação de excelência,

Leia mais

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br Olá, concurseiro! É um grande prazer poder lhe dar algumas dicas básicas a respeito da sua preparação para um Concurso Público. Sei que esse é um grande sonho, e ter a oportunidade de colaborar com a construção

Leia mais

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita!

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Hum, essa não é uma novidade. As outras também eram de certa forma inéditas, uma vez que o layout era baseado na estrutura dos Gurus, mas vamos lá,

Leia mais

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra INTRODUÇÃO As organizações vivem em um ambiente em constante transformação que exige respostas rápidas e efetivas, respostas dadas em função das especificidades

Leia mais

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho IBMEC Jr. Consultoria A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho O mercado de trabalho que nos espera não é o mesmo dos nossos pais... ... ele mudou! As mudanças Certeza Incerteza Real Virtual

Leia mais

Construindo o Conteúdo da Liderança. José Renato S. Santiago Jr.

Construindo o Conteúdo da Liderança. José Renato S. Santiago Jr. Construindo o Conteúdo da Liderança José Renato S. Santiago Jr. Gestão Estratégica de RH Módulo 1: Alinhando Gestão de Pessoas com a Estratégia da Empresa Módulo 2: Compreendendo e Dinamizando a Cultura

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

ATENDIMENTO AO CLIENTE

ATENDIMENTO AO CLIENTE ATENDIMENTO AO CLIENTE Tópicos a serem apresentados: O que é? Para que serve? Objetivos do Curso. Conteúdo Programático. Empresa As Pessoas O Produto O serviço Atendimento Competitividade Tipos de Clientes

Leia mais

Liderança Motivação e Criatividade Palestrante Tatiane Franklin Coach, Palestrante e Consultora Organizacional

Liderança Motivação e Criatividade Palestrante Tatiane Franklin Coach, Palestrante e Consultora Organizacional Liderança Motivação e Criatividade Palestrante 80% das pessoas não se sentem motivadas para trabalhar. 92% dos lideres não sabem aplicar feedback. 66% das pessoas se demitem dos lideres. Líder é aquele

Leia mais

Enquete. O líder e a liderança

Enquete. O líder e a liderança Enquete O líder e a liderança Muitas vezes, o sucesso ou fracasso das empresas e dos setores são creditados ao desempenho da liderança. Em alguns casos chega-se a demitir o líder, mesmo aquele muito querido,

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

Líderes do Coração. A prática do amor no desenvolvimento de pessoas e equipes

Líderes do Coração. A prática do amor no desenvolvimento de pessoas e equipes Líderes do Coração A prática do amor no desenvolvimento de pessoas e equipes O que é? Líderes do Coração é um programa que cria espaços de estudo, reflexão e prática da arte da liderança, partindo do pressuposto

Leia mais

Motivar a sua equipe: O grande desafio da Liderança

Motivar a sua equipe: O grande desafio da Liderança Motivar a sua equipe: O grande desafio da Liderança Existem diversos textos sobre Gestão sendo publicados diariamente, e dentre eles, muitos tratam do tema liderança, que certamente é um dos assuntos mais

Leia mais

7 DICAS PARA ARRASAR NAS VENDAS

7 DICAS PARA ARRASAR NAS VENDAS NO NEGÓCIO 7 DICAS PARA ARRASAR NAS Em tempos difíceis, reestruturar e dar atenção especial à equipe de vendas é mais do que recomendado, é essencial. Veja as dicas dos especialistas para que sua empresa

Leia mais

Questionário aplicado aos alunos concluintes do Curso de Ciências Contábeis. Final do Segundo Semestre de 2009

Questionário aplicado aos alunos concluintes do Curso de Ciências Contábeis. Final do Segundo Semestre de 2009 Questionário aplicado aos alunos concluintes do Curso de Ciências Contábeis Final do Segundo Semestre de 2009 1) O que esperava do Curso de Ciências Contábeis enquanto ingressante? - Estar mais preparada

Leia mais

UNIDADE 3 Identificação de oportunidades

UNIDADE 3 Identificação de oportunidades UNIDADE 3 Identificação de oportunidades Provavelmente seja um dos maiores mitos sobre as novas idéias para negócios: a idéia deve ser única. Na realidade pouco importa se a idéia é única ou não, o que

Leia mais

Veja 10 fatores a serem avaliados ao receber proposta de emprego

Veja 10 fatores a serem avaliados ao receber proposta de emprego Terça-feira, 10 de dezembro de 2013 Atualizado em 10/12/2013 08h00 Veja 10 fatores a serem avaliados ao receber proposta de emprego Profissional deve pesar salário, plano de carreira, horário, entre outros.

Leia mais

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance Sobre o autor: Meu nome é Rodrigo Marroni. Sou apaixonado por empreendedorismo e vivo desta forma há quase 5 anos. Há mais de 9 anos já possuía negócios paralelos ao meu trabalho e há um pouco mais de

Leia mais

claro que o emprego existe enquanto houver trabalho para cada empregado.

claro que o emprego existe enquanto houver trabalho para cada empregado. Automotivação Antes de abordarmos a importância da motivação dentro do universo corporativo, vale a pena iniciarmos esta série de artigos com uma definição sobre esta palavra tão em voga nos dias atuais.

Leia mais

SESSÃO TÉCNICA ESPECIAL EDUCAÇÃO E GESTÃO DA TECNOLOGIA (STE)

SESSÃO TÉCNICA ESPECIAL EDUCAÇÃO E GESTÃO DA TECNOLOGIA (STE) STE/02 17 à 22 de outubro de 1999 Foz do Iguaçu Paraná - Brasil SESSÃO TÉCNICA ESPECIAL EDUCAÇÃO E GESTÃO DA TECNOLOGIA (STE) AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO E POTENCIAL EM 360º NYDIA GUIMARÃES E ROCHA ABB RESUMO

Leia mais

1. Introdução. Saiba mais

1. Introdução. Saiba mais 1. Introdução Gestão de Sistemas de Informação Aula 3 -Planejamento e desenvolvimento de sistemas de informação Prof: Cleber A. de Oliveira Para a adequada compreensão deste conteúdo, é preciso que estejam

Leia mais

Palestra 1 Mudança Organizacional. Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças

Palestra 1 Mudança Organizacional. Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças Palestra 1 Mudança Organizacional Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças 02 de Dezembro de 2009 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças

Leia mais

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Avaliação de: Sr. José Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: 11/06/2014 Perfil Caliper Gerencial e Vendas

Leia mais

Desde 2010 a Ponto Pessoal trabalha para que você saiba como se destacar em processos seletivos, comunicando o que você tem de melhor.

Desde 2010 a Ponto Pessoal trabalha para que você saiba como se destacar em processos seletivos, comunicando o que você tem de melhor. Desde 2010 a Ponto Pessoal trabalha para que você saiba como se destacar em processos seletivos, comunicando o que você tem de melhor. É importante que você conheça seu diferencial, muito mais do que ter

Leia mais

Módulo IV. Delegação e Liderança

Módulo IV. Delegação e Liderança Módulo IV Delegação e Liderança "As pessoas perguntam qual é a diferença entre um líder e um chefe. O líder trabalha a descoberto, o chefe trabalha encapotado. O líder lidera, o chefe guia. Franklin Roosevelt

Leia mais

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus!

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus! Palestras, Treinamentos e Consultoria para Gestão Ministerial Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência Instituto Crer & Ser A excelência honra a Deus! Quem somos O Instituto Crer & Ser nasceu

Leia mais

Honrar os valores, uma questão de integridade

Honrar os valores, uma questão de integridade Honrar os valores, uma questão de integridade Por: P.A. (Paulo Alvarenga) Nos últimos congressos de desenvolvimento profissional que participei, o que mais tenho escutado é sobre a importância dos valores.

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Liderança e Gestão de Pessoas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

O CAMINHO PARA REFLEXÃO

O CAMINHO PARA REFLEXÃO O CAMINHO PARA REFLEXÃO a 1 Semana EMPREENDER É DAR A SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A SOCIEDADE No mudo dos negócios existe a diferença visível do acomodado que nunca quer aprender a mesma coisa duas vezes e o

Leia mais

PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL?

PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL? PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL? Em épocas de vestibular, cerca de 1,8 milhão de jovens vão escolher uma profissão e dar arrepios no mercado, ou ficarem arrepiados, dando assim o primeiro empurrão

Leia mais

A Ser Humano Consultoria

A Ser Humano Consultoria A Ser Humano Consultoria é uma empresa especializada na gestão estratégica de pessoas. Utilizando programas de assessoramento individual, baseados na avaliação e desenvolvimento de suas competências, buscamos

Leia mais

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING 11 PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING W W W. C O M U N I C A C A O E M F O C O. C O M. BR SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... 3 2. CURSOS IN COMPANY 2.1. ORATÓRIA E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO...

Leia mais

Perfil do Líder no Paraná

Perfil do Líder no Paraná Perfil do Líder no Paraná O importante é não parar nunca de questionar Albert Einstein Em 2006, a Caliper do Brasil, empresa multinacional de consultoria em gestão estratégica de talentos, buscando inovar,

Leia mais

Mensagem do Diretor. Oportunidades à vista. O momento é de pensar em desenvolvimento profissional planejado e sustentável

Mensagem do Diretor. Oportunidades à vista. O momento é de pensar em desenvolvimento profissional planejado e sustentável CADEIA DO PETRÓLEO Mensagem do Diretor O momento é de pensar em desenvolvimento profissional planejado e sustentável Oportunidades à vista Os tempos são desafiadores para o setor de petróleo e gás. Enquanto

Leia mais

PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv

PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv Viçosa Agosto 2015 APRESENTAÇÃO A Wizard Idiomas é a maior rede de franquias no segmento de ensino de idiomas do Brasil. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising

Leia mais

CURSO ONLINE LIDERANÇA

CURSO ONLINE LIDERANÇA CURSO ONLINE LIDERANÇA 1 2 ESSE CURSO FOI CRIADO E É PROMOVIDO PELA INSTITUIÇÃO Todos os Direitos Reservados 3 1 LIDERANÇA _O que é Liderança _Liderança Formal e Informal _Funções do Líder 4 O QUE É LIDERANÇA?

Leia mais

André Fogaça 02/01/2016

André Fogaça 02/01/2016 Entrevista com Valter Bianchi Uma Conversa Franca Sobre Investimentos André Fogaça 02/01/2016 Tempo de leitura: 15 minutos Tendo em vista a boa repercussão da primeira entrevista que fiz para o blog, hoje

Leia mais

Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária.

Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária. POR ONDE COMEÇAR??? 1. Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária. Vai ganhar confiança, aprender

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês

Leia mais

Como se tornar um líder de Sucesso!

Como se tornar um líder de Sucesso! Como se tornar um líder de Sucesso! Os 10 mandamentos do Como se tornar um líder de Sucesso! O líder é responsável pelo sucesso ou fracasso de uma organização. A liderança exige de qualquer pessoa, paciência,

Leia mais

ATENDIMENTO A CLIENTES

ATENDIMENTO A CLIENTES Introdução ATENDIMENTO A CLIENTES Nos dias de hoje o mercado é bastante competitivo, e as empresas precisam ser muito criativas para ter a preferência dos clientes. Um dos aspectos mais importantes, principalmente

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Novo Negócio 12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Vinícius Gonçalves Equipe Novo Negócio Espero sinceramente que você leia este PDF até o final, pois aqui tem informações muito importantes e que

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Humano Customizado COACHING RELACIONAL. Elisabeth Heinzelmann

Programa de Desenvolvimento Humano Customizado COACHING RELACIONAL. Elisabeth Heinzelmann Programa de Desenvolvimento Humano Customizado COACHING RELACIONAL Elisabeth Heinzelmann OBJETIVO DO PROGRAMA Dar o suporte necessário às pessoas para atingirem suas metas da forma que desejam, utilizando

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL Relatório e Análise 2005 Introdução: ``Para que a Construtora Mello Azevedo atinja seus objetivos é necessário que a equipe tenha uma atitude vencedora, busque sempre resultados

Leia mais

Curso Técnicas de Apresentação: Falar para Liderar

Curso Técnicas de Apresentação: Falar para Liderar Curso Técnicas de Apresentação: Falar para Liderar Dentro do objetivo geral de conhecer e discutir os fundamentos, conceitos e as definições para o efetivo aumento da produtividade pessoal, apresentamos

Leia mais

Segredos. 7do Empreendedor de 7SUCESSO

Segredos. 7do Empreendedor de 7SUCESSO 7 Segredos 7 Segredos empreendedor magnético 2015. Empreendedor Magnético www.empreendedormagnetico.com.br Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte,

Leia mais

31 descobertas sobre liderança

31 descobertas sobre liderança ALTA GERÊNCIA 31 descobertas sobre liderança Estudo Leadership Forecast 2005-2006, realizado pela firma de consultoria Development Dimensions International (DDI), buscou analisar como são percebidas em

Leia mais

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06 Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06 Questões sobre o tópico Avaliação de Desempenho: objetivos, métodos, vantagens e desvantagens. Olá Pessoal, Espero que estejam gostando dos artigos. Hoje veremos

Leia mais

Rafael Siqueira 0 SUCESSO. é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso!

Rafael Siqueira 0 SUCESSO. é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! 0 SUCESSO é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! 0 SUCESSO é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! Versão 1.0 Introdução: Acredito que o processo

Leia mais

Corpo e Fala EMPRESAS

Corpo e Fala EMPRESAS Corpo e Fala EMPRESAS A Corpo e Fala Empresas é o braço de serviços voltado para o desenvolvimento das pessoas dentro das organizações. Embasado nos pilares institucionais do negócio, ele está estruturado

Leia mais

O que tira o sono dos líderes de Recursos Humanos?

O que tira o sono dos líderes de Recursos Humanos? O que tira o sono dos líderes de Recursos Humanos? Segundo pesquisa realizada pela Robert Half com 165 executivos de Recursos Humanos, o principal desafio dos líderes em 2012 é a retenção de pessoas, seguido

Leia mais

Você é comprometido?

Você é comprometido? Você é comprometido? Não, isso não é uma cantada. O que o seu chefe quer saber é se você veste a camisa da organização. Você adora seu trabalho e desempenha suas funções com eficiência, mas não aposta

Leia mais

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga?

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga? Abdias Aires 2º Ano EM Arthur Marques 2º Ano EM Luiz Gabriel 3º Ano EM Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam

Leia mais

Quem somos? ECID desenvolver sistemas de ensino qualificados e adaptados à realidade brasileira.

Quem somos? ECID desenvolver sistemas de ensino qualificados e adaptados à realidade brasileira. Introdução Nesta apresentação falaremos sobre como ser um Representante Educacional ECID e todas suas vantagens. Apresentaremos-lhe nossos produtos e formas de negócio para sua empresa. Leia atentamente

Leia mais

Estimativas Profissionais Plano de Carreira Empregabilidade Gestão de Pessoas

Estimativas Profissionais Plano de Carreira Empregabilidade Gestão de Pessoas By Marcos Garcia Como as redes sociais podem colaborar no planejamento e desenvolvimento de carreira (individual e corporativo) e na empregabilidade dos profissionais, analisando o conceito de Carreira

Leia mais

Escrito por. Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método GuinorBets

Escrito por. Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método GuinorBets s O 6 s o i cíp Prin Bá s o sic o d o ét M o D r o n s i t u e G B Escrito por Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método Índice Quem

Leia mais