Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos de Jesus.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos de Jesus."

Transcrição

1

2 Como estudamos anteriormente, no final de Idade Média e início da Idade Moderna, muitas pessoas estavam insatisfeitas com os abusos da Igreja. Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos de Jesus.

3 A Igreja era rica e poderosa. Recebia muitas doações, no entanto sofria grande saques. Os bispos, que na maioria das vezes nem católicos eram, possuíam feudos enorme e muitos servos. O papa tinha muito poder naquela época: ele convocava pessoas para as cruzadas, celebrava acordo entre países, interferia na escolha de reis, etc. Na história da Igreja Católica muitos papas, inclusive desse período reformador, não pertenciam ao clero ou eram se quer bispos ou mesmo membro da Igreja. Vários deles se tornaram papas porque pertenciam a famílias milionárias e nem se quer instruir os fiéis sabiam, pois não tinham estudo suficiente.

4 Como figura principal dessa reforma está o Monge Agostiniano Matinho Lutero. Esse jovem religioso se revoltou com a venda de indulgências e daí deu início ao maior abalo já ocorrido no interior da Igreja Católica.

5 Em 1510 o Papa Leão X prometeu as pessoas que todo aquele que doasse dinheiro para a construção da nova Igreja de São Pedro em Roma, receberia, em troca, indulgência plena. A indulgência é a eliminação total ou parcial das penas temporais do cristão devidas a Deus pelos pecados cometidos, mas já perdoados pelo sacramento da Confissão, na vida terrena. A existência das indulgências é a consequência da crença católica de que o perdão obtido pela confissão não significa a eliminação das penas temporais, ou seja, do mal causado como consequência do pecado já perdoado, necessitando por isso de obter indulgências e praticar as boas obras, a fim de reparar o mal que teria sido cometido pelo pecado.

6 Revoltado com isso, Martinho Lutero escreveu um documento contendo 95 artigos, que ficou conhecido como as 95 teses. Em seguida, pregou na porta de sua igreja e daí começou a divulgar os movimentos contra alguns aspectos escandalosos da Igrejas Católica.

7 Lutero foi perseguido por muitos reis, príncipes e membros da Igreja, no entanto, com sua determinação conseguiu converter dezenas de alemães, que começaram a se apropriar das terras e dos bens da igreja.

8 Resultado: Lutero fundou uma igreja e deu para ela uma doutrina: 1. Somente fé em Deus salva as pessoas; 2. A Bíblia, por meio da qual Deus se revela, é a única fonte realmente confiável; 3. O batismo e a eucaristia são os dois únicos sacramentos; 4. O culto aos santos e a infalibilidade do papa não tem fundamento; 5. Qualquer membro da igreja pode se casar.

9 Outros reformadores John Wycliff era Inglês e formado em Teologia. Criticava principalmente a falta de instrução dos sacerdotes. John Huss era professor e reitor de uma universidade. Criticava o luxo e a riqueza dos padres e bispos. João Calvino concordava com as ideias de Lutero, porém, era mais fundamentalista e autoritário. Após tornar-se governador de Genebra na Suiça, comandou a cidade com mão de ferro, proibindo teatro, dança, jogos de cartas, festivais, etc.

10 A reforma na Inglaterra Outro grande abalo nas estruturas da igreja foi o cisma provocado pelo próprio Rei da Inglaterra, Henrique VIII. Vejamos.

11 Diz que sim, diz que sim, sim...??? Não, não e nãooooo... O Rei Henrique VIII solicitou ao papa que anulasse o seu casamento com Catarina de Aragão (que era filha dos reis da Espanha), alegando que ela não lhe dava um filho. O Papa negou o seu pedido o que provocou a ira do Rei. Na verdade ele queria se casar com outra mulher, chamada Ana de Bolena.

12

13 Quando o papa soube que ele casou com essa moça, o excomungou, ou seja o expulsou da Igreja. O Rei rompeu com a Igreja Católica e fundou assim a sua igreja, a igreja Anglicana. O Rei se tornou o novo chefe da nova Igreja.

14

15 Contrarreforma Para conter o avanço do protestantismo que estava tomando conta da Europa, a Igreja Católica resolveu iniciar um movimento chamado Contrarreforma. Esse foi impulsionado pelos Jesuítas e pelo concilio de Trento.

16 Os Jesuítas foi uma congregação fundada em 1534 por São Inácio de Loyola na Espanha e se espalhou pelo mundo com a missão de divulgar a doutrina católica e evangelizar os povos nos diversos continentes. Para isso eles criaram um rede de escolas pelo mundo inteiro, inclusive no Brasil.

17 O Concílio de Trento foi convocado em 1545 pelo Papa Paulo III com o objetivo de rever a doutrina da Igreja, além de reafirmar alguns pontos considerados indissolúveis como: Os sete sacramentos; O poder do papa; A criação de seminários para formação de padres; A proibição do casamento para padres e freiras; Reativou a Inquisição; Organizou um Index, ou seja, um lista de livros que os católicos não deveriam ler, pois eram considerados hereges.

06. REFORMAS RELIGIOSAS

06. REFORMAS RELIGIOSAS 06. REFORMAS RELIGIOSAS O clero e a Igreja Católica Igreja Católica instituição mais poderosa na Baixa Idade Média (séc. XI ao XV) única autoridade espiritual líder religioso único maior poder do que os

Leia mais

REFORMA E CONTRARREFORMA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros

REFORMA E CONTRARREFORMA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros REFORMA E CONTRARREFORMA Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros INTRODUÇÃO A Reforma Religiosa e o Renascimento ocorreram na mesma época e expressam a grande renovação de ideias

Leia mais

Condições Gerais. Políticas: Crise do Feudalismo Crescimento da Burguesia Rei não aceita interferência da Igreja Supranacionalismo Papal

Condições Gerais. Políticas: Crise do Feudalismo Crescimento da Burguesia Rei não aceita interferência da Igreja Supranacionalismo Papal Condições Gerais Políticas: Crise do Feudalismo Crescimento da Burguesia Rei não aceita interferência da Igreja Supranacionalismo Papal Econômicas: Nobreza interessada nas Terras da Igreja Burguesia contra

Leia mais

HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO

HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 12.2 Conteúdo As Reformas Religiosas

Leia mais

RENASCIMENTO CULTURAL

RENASCIMENTO CULTURAL RENASCIMENTO CULTURAL O termo renascimento, ou renascença, faz referência a um movimento intelectual e artístico ocorrido na Europa, entre os séculos XV e XVI, durante a transição da Idade Média para a

Leia mais

As reformas religiosas do século XVI

As reformas religiosas do século XVI As reformas religiosas do século XVI Crise na Igreja: a contestação e a ruptura Prof. Nilson Urias Crises religiosas na Europa No início do século XVI, a Igreja vivia uma época de profunda crise. Século

Leia mais

. a d iza r to u a ia p ó C II

. a d iza r to u a ia p ó C II II Sugestões de avaliação História 7 o ano Unidade 4 5 Unidade 4 Nome: Data: 1. Leia o trecho a seguir e faça o que se pede. Renascimento foi um movimento cultural que nasceu entre as elites de ricas cidades

Leia mais

PERÍODO Início da Idade Moderna Século XVI ONDE COMEÇOU? ALEMANHA QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS? a ruptura ( rompimento) e a divisão da Igreja

PERÍODO Início da Idade Moderna Século XVI ONDE COMEÇOU? ALEMANHA QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS? a ruptura ( rompimento) e a divisão da Igreja A REFORMA RELIGIOSA A REFORMA, FOI UM MOVIMENTO RELIGIOSO EM OPOSIÇÃO À IGREJA CATÓLICA PERÍODO Início da Idade Moderna Século XVI ONDE COMEÇOU? ALEMANHA QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS? a ruptura ( rompimento)

Leia mais

REFORMA PROTESTANTE E CONTRARREFORMA CATÓLICA. Professor: Eduardo C. Ferreira

REFORMA PROTESTANTE E CONTRARREFORMA CATÓLICA. Professor: Eduardo C. Ferreira REFORMA PROTESTANTE E CONTRARREFORMA CATÓLICA Professor: Eduardo C. Ferreira REFORMA PROTESTANTE MOVIMENTO DE CONTESTAÇÃO AOS DOGMAS DA IGREJA CATÓLICA, APÓS SÉCULOS DE FORTE PODER INFLUÊNCIA NA EUROPA.

Leia mais

IDADE MODERNA A REFORMA! PROTESTANTE REFORMA PROTESTANTE

IDADE MODERNA A REFORMA! PROTESTANTE REFORMA PROTESTANTE REFORMA PROTESTANTE O Que foi?: movimento religioso que questiona a autoridade da Igreja Católica, dando origem a novas religiões cristãs;! Quando aconteceu?: a partir do século XVI;! Onde aconteceu?:

Leia mais

Reformas Religiosas Monique Bilk

Reformas Religiosas Monique Bilk Reformas Religiosas Monique Bilk Contexto Início da Idade Moderna O Renascimento estimula a crítica e o livre-pensar A burguesia tem projetos que esbarram nos obstáculos que a Igreja coloca... (doutrina

Leia mais

Aula 24 Reforma e contrarreforma

Aula 24 Reforma e contrarreforma FB MED, M3, 3 ANO e ANUAL. Aula 24 Reforma e contrarreforma DeOlhoNoEnem H3 - Associar as manifestações culturais do presente aos seus processos históricos.(análise das diversas práticas protestantes)

Leia mais

Reforma Religiosa. Contra-Reforma. Crise da Igreja no séc. XVI. Crise da Igreja no séc. XVI. O Movimento Reformista - Início 30/01/2015

Reforma Religiosa. Contra-Reforma. Crise da Igreja no séc. XVI. Crise da Igreja no séc. XVI. O Movimento Reformista - Início 30/01/2015 Crise da Igreja no séc. XVI Reforma Religiosa e Contra-Reforma Muitos Humanistas criticaram a Igreja de então devido ao comportamento dos seus membros: Os Papas estavam mais interessados no luxo e no seu

Leia mais

Sumário detalhado 1. A Reforma: uma introdução O cristianismo no final da Idade Média O humanismo e a Reforma...54

Sumário detalhado 1. A Reforma: uma introdução O cristianismo no final da Idade Média O humanismo e a Reforma...54 Sumário Sumário detalhado...4 Prefácio à quarta edição... 11 Como usar este livro... 14 1. A Reforma: uma introdução... 17 2. O cristianismo no final da Idade Média... 41 3. O humanismo e a Reforma...

Leia mais

Reformas Religiosas: Reforma e Contra-Reforma

Reformas Religiosas: Reforma e Contra-Reforma Ano Lectivo 2010/2011 HISTÓRIA Agrupamento de Escolas de Fronteira Escola Básica Integrada Frei Manuel Cardoso 8º Ano Apresentação nº 10 Renascimento e Reforma Reformas Religiosas: Reforma e Contra-Reforma

Leia mais

Reforma Religiosa. Reforma Religiosa. Reforma Religiosa. Reforma Religiosa 05/09/2012

Reforma Religiosa. Reforma Religiosa. Reforma Religiosa. Reforma Religiosa 05/09/2012 Rompimento da Unidade da Igreja Católica devido ao surgimento de novas religiões. ORIGEM Martinho Lutero, em 1517, rompeu com o Papa Leão X por causa da venda das indulgências. Publicou as 95 Teses em

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS TEMA: OS RITOS E OS RITUAIS : OS SETE SACRAMENTOS DA IGREJA. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

História_A. Trabalho Realizado por: Patrícia Santo 10ºHLH Nº19

História_A. Trabalho Realizado por: Patrícia Santo 10ºHLH Nº19 História_A Trabalho Realizado por: Patrícia Santo 10ºHLH Nº19 O tema fucal deste trabalho é a Reforma protestante, onde irei abordar os seguintes subtópicos: Os motivos que levaram ao surgimento desta

Leia mais

O que foi o Renascimento Cultural?

O que foi o Renascimento Cultural? O que foi o Renascimento Cultural? O Renascimento Cultural representou o marco da transição da cultura medieval para a cultura moderna. Configurou-se como um movimento intelectual, artístico, filosófico,

Leia mais

Prof: Otto Barreto REFORMA PROTESTANTE. Movimento de divisão da fé cristã

Prof: Otto Barreto REFORMA PROTESTANTE. Movimento de divisão da fé cristã Prof: Otto Barreto REFORMA PROTESTANTE Movimento de divisão da fé cristã 1. Estrutura arcaica da Igreja: Símbolo do feudalismo; Contraste com a sociedade moderna. 2. Renascimento cultural: Transformação

Leia mais

Reformas religiosas Reforma protestante

Reformas religiosas Reforma protestante Reformas religiosas Reforma protestante Durante a Idade Média, o poder tanto político quanto econômico estava nas mãos da Igreja Católica. Contrariando alguns ensinamentos do cristianismo tradicional,

Leia mais

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a Neste mês ocorrerá a abertura do Ano Santo da Misericórdia: O jubileu dedicado à misericórdia de Deus. O rosto da misericórdia é o título da bula pela qual o Santo Padre convoca toda a Igreja para viver

Leia mais

Sugestão de Atividades História 7º ano Unidade 4

Sugestão de Atividades História 7º ano Unidade 4 1. Ao mudar o modelo econômico muda-se também a visão de mundo, valores, costumes etc. Estudamos isso no movimento renascentista que nasceu entre as elites de ricas cidades italianas, no século XIV, e

Leia mais

PLANO DE AULA/ROTINA DIÁRIA

PLANO DE AULA/ROTINA DIÁRIA EJA - Ensino Fundamental 2º Segmento GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS PLANO DE AULA/ROTINA DIÁRIA Fase/Ano: 4ª Fase -6º e 7º Ano Ano Letivo: 2014 Componente Curricular: História Professores do Estúdio: Cláudio

Leia mais

OBJETIVOS. FEB EADE Livro I - Módulo II Roteiro 25 A reforma protestante

OBJETIVOS. FEB EADE Livro I - Módulo II Roteiro 25 A reforma protestante OBJETIVOS Elaborar uma linha histórica que retrate os marcos significativos da Reforma Protestante. Citar dados biográficos dos principais reformadores. Explicar a importância da Reforma Protestante no

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 7 o ano Unidade 4

Sugestões de avaliação. História 7 o ano Unidade 4 Sugestões de avaliação História 7 o ano Unidade 4 5 Nome: Data: Unidade 4 1. Complete as sentenças. a) O foi um movimento cultural que surgiu entre as elites das ricas cidades, no século XIV, e se estendeu,

Leia mais

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: HISTÓRIA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: HISTÓRIA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL INSTITUTO GEREMARIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 3º Ano: C31 Nº Professor: Roberto Nascimento COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

Centro de Estudos SOMA. Teste de História 8º Ano

Centro de Estudos SOMA. Teste de História 8º Ano Teste de História 8º Ano Grupo I 1. Lê o documento e observa a figura. O mau exemplo do clero é reponsável pela morte espiritual dos crentes. Os padres afastaram-se de Deus e a sua vida decorre no meio

Leia mais

LISTA DE REVISÃO 1º SEMESTRE REFORMAR RELIGIOSAS

LISTA DE REVISÃO 1º SEMESTRE REFORMAR RELIGIOSAS 1. (Unicamp 2013) Observe a imagem abaixo: 4. (Ueg 2012) A Reforma Protestante marcou o grande cisma do cristianismo no Ocidente. Acerca desse acontecimento, a) cite duas diferenças teológicas entre o

Leia mais

O QUE FOI A REFORMA?

O QUE FOI A REFORMA? REFORMA PROTESTANTE No início do século XVI, a mudança na mentalidade das sociedades européias repercutiu também no campo religioso. A Igreja, tão onipotente na Europa medieval, foi duramente criticada.

Leia mais

Reforma Protestante e Contrarreforma

Reforma Protestante e Contrarreforma Reforma Protestante e Contrarreforma Causas As pessoas que não corcondavam com o comportamento do alto e baixo clero e com a maneira que a Igreja era conduzida. Corrupção do clero religioso: para ganhar

Leia mais

A Formação das monarquias nacionais

A Formação das monarquias nacionais A Formação das monarquias nacionais Identidade Nacional: Identidade Nacional ( nação): são todas as características que unem uma população língua, origem, religião, alimentação e costumes. Desta maneira,

Leia mais

Mudanças no feudalismo

Mudanças no feudalismo Mudanças no feudalismo Capítulo 06 Igreja & Cruzadas Prof: Diego Gomes e Ariane Bastos Disciplina: História Série: 7 ano Na Europa medieval... A força da igreja se devia, sobretudo, a sua organização e

Leia mais

Programa de Retomada de Conteúdo 3 Bimestre

Programa de Retomada de Conteúdo 3 Bimestre Colégio Amorim Santa Teresa Fone: 2909-1422 Diretoria de Ensino Região Centro Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. Rua Lagoa Panema, 466 Vila Guilherme Profº NOTA Programa de Retomada

Leia mais

2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7. Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira

2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7. Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira 2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7 Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira 1 Igreja na Era Medieval Importância: 1. Único poder universal. 2.

Leia mais

Pastor Juan Carlos Ortiz em seu livro diz:

Pastor Juan Carlos Ortiz em seu livro diz: Vemos que hoje até mesmo os pastores protestantes já começam a enxergar que o protestantismo não é uma doutrina que realmente está indo nos ensinamentos de Jesus e já existem alguns que defendam o Papa

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1º EM História Rafael Av. Mensal 09/09/15 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova

Leia mais

A REFORMA PROTESTANTE E A REAÇÃO CATÓLICA

A REFORMA PROTESTANTE E A REAÇÃO CATÓLICA A REFORMA PROTESTANTE E A REAÇÃO CATÓLICA Dawson Campos de Lima Durante a Idade Média, a Igreja Católica foi objeto de diversos movimentos que se propunham a reformar suas estruturas, corrigindo abusos

Leia mais

Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10. Nome: Nº: Turma:

Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10. Nome: Nº: Turma: História Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10 Nome: Nº: Turma: 1. Conteúdos a serem abordados no 3º bimestre: História Geral 1. Unificação e expansão islâmica (Cap. 15). 2. Reinos

Leia mais

REFORMAS: UMA NOVA FÉ. O Naufrágio da Igreja. Gravura de 1497 do livro Prenostication, de João Lichtenberger Áudio: Aleluia de O Messias, de Haendel

REFORMAS: UMA NOVA FÉ. O Naufrágio da Igreja. Gravura de 1497 do livro Prenostication, de João Lichtenberger Áudio: Aleluia de O Messias, de Haendel REFORMAS: UMA NOVA FÉ O Naufrágio da Igreja. Gravura de 1497 do livro Prenostication, de João Lichtenberger Áudio: Aleluia de O Messias, de Haendel No fim da Idade Média, a Europa convivia com um constante

Leia mais

Conteúdo para recuperação do I Semestre. 7º ANO Feudalismo; A crise do sistema feudal.

Conteúdo para recuperação do I Semestre. 7º ANO Feudalismo; A crise do sistema feudal. Conteúdo para recuperação do I Semestre I Bimestre II Bimestre 7º ANO Feudalismo; A crise do sistema feudal. As Reformas Religiosas; A África. Feudalismo; Sistema político, econômico e social que se formou

Leia mais

Antecedentes da Reforma

Antecedentes da Reforma Antecedentes da Reforma Desde o renascimento do Sacro Império Romano por Otão I em 962, os Papas e os Imperadores envolveram-se numa contínua luta pela supremacia. Este conflito resultou geralmente em

Leia mais

BARROCO PROFESSORA: GEORGIANA E G SOUSA 3º ANO E. M.

BARROCO PROFESSORA: GEORGIANA E G SOUSA 3º ANO E. M. BARROCO PROFESSORA: GEORGIANA E G SOUSA 3º ANO E. M. BARROCO Surgiu na Itália no século XVII e deve-se a uma série de mudanças econômicas, religiosas e sociais ocorridas na Europa; Contrarreforma reafirmar

Leia mais

Renascimento Cultural

Renascimento Cultural Renascimento Cultural Conceito: O Renascimento foi um movimento importante, de renovação cultural e artística que se originou na Itália no séc. XIV e marcou a mudança da idade Média para a idade Moderna.

Leia mais

Grandes Santos de Deus.

Grandes Santos de Deus. Grandes Santos de Deus. Grupo de da IBRVN 2010 2010 John Wyckliff (1320 31 /12/1384) A estrela Matutina da Reforma. Valoroso campeão da Verdade! Foi professor da Universidade de Oxford, teólogo e reformador

Leia mais

Igreja de Hagia Sophia

Igreja de Hagia Sophia Igreja de Hagia Sophia Constantino (em 312) teve uma revelação através de um sonho onde durante uma batalha teria visto uma cruz luminosa no céu. Depois disto, a batalha teria sido vencida. Assim, adotou

Leia mais

Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo

Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo Renascimento e Reformas 1. As imagens abaixo ilustram alguns procedimentos utilizados por um novo modo de conhecer e explicar a

Leia mais

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Hoje, muitos cristãos têm a Bíblia em mão e lêem-na com freqüência. Essa realidade acontece, também, entre os católicos, cuja

Leia mais

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL SACRAMENTOS - III (ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL - 1 COMO OS SACRAMENTOS ATUALIZAM A GRAÇA NAS DIVERSAS SITUAÇÕES DA VIDA 2 1. O QUE ACONTECE NO BATISMO? 3 NO BATISMO, A PESSOA

Leia mais

Quaresma. Tempo de Misericórdia. QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C

Quaresma. Tempo de Misericórdia. QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C Quaresma Este livro apresenta as reflexões de D. António Couto biblista e bispo de Lamego sobre os textos

Leia mais

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Tema do trimestre: Maravilhosa graça O evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Estudo da epístola de Paulo aos Romanos, um dos livros mais analisados na história da Igreja (Agostinho,

Leia mais

O que foram as Cruzadas? Prof. Tácius Fernandes

O que foram as Cruzadas? Prof. Tácius Fernandes O que foram as Cruzadas? Prof. Tácius Fernandes Compreendendo as Cruzadas a partir de imagens Mapa da Primeira Cruzada Pintura sobre a sétima Cruzada. Data: século 13. Autor desconhecido. Imagem retirada

Leia mais

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus Paróquia missionária comunidades de comunidades Animada pela Palavra de Deus Renovação paroquial Toda paróquia é chamada a ser o espaço onde se recebe e se acolhe a Palavra (172). Sua própria renovação

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE

ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE Proposta Comissão Diocesana ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE - MATERIAL DIDÁTICO - INSCRIÇÕES (crianças, adolescentes, adultos) - FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS- ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE OBJETIVO: Que a catequese na

Leia mais

QUE SÃO Ã E COMO SURGIRAM OS LIVROS APÓCRI

QUE SÃO Ã E COMO SURGIRAM OS LIVROS APÓCRI QUE S Ã O E COMO SURGIRAM LIVROS AP Ó CRIFOS A BÍBLIA E SUA COMPOSIÇÃO 1. A PRIMEIRA FORMA DIVINA DE COMUNICAÇÃO : PESSOAL - GÊN.1:28 DEUS OS ABENÇOOU DE MUITOS E LHES DISSE: DESSES LIVROS A BÍBLIA É O

Leia mais

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO 1 CATEQUESE VOCACIONAL 1. ACOLHIMENTO 2. ORAÇÃO INICIAL: A catequese deve iniciar sempre com uma oração conjunta: Todos de pé rezamos pedindo ao Senhor que continue a chamar jovens para a vida sacerdotal

Leia mais

IDADE MODERNA I Renascimento Cultural Absolutismo Reforma Expansão Marítima. Prof.ª. Maria Auxiliadora

IDADE MODERNA I Renascimento Cultural Absolutismo Reforma Expansão Marítima. Prof.ª. Maria Auxiliadora IDADE MODERNA I Renascimento Cultural Absolutismo Reforma Expansão Marítima Prof.ª. Maria Auxiliadora Mudanças no final da Idade Média Política - Nobreza e Clero perdem o poder - Rei centraliza o poder

Leia mais

Colégio Ser! Sorocaba História 7ºs anos Profª Marilia Coltri. Adaptado de Alex Federle do Nascimento

Colégio Ser! Sorocaba História 7ºs anos Profª Marilia Coltri. Adaptado de Alex Federle do Nascimento Colégio Ser! Sorocaba História 7ºs anos Profª Marilia Coltri Adaptado de Alex Federle do Nascimento Império Bizantino O Império Bizantino foi o Império Romano do Oriente durante a Antiguidade Tardia e

Leia mais

Razões políticas na Reforma

Razões políticas na Reforma A REFORMA PROTESTANTE: DIVISÕES, CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS Razões políticas na Reforma A Reforma protestante foi iniciada por Martinho Lutero, embora tenha sido motivada primeiramente por razões religiosas,também

Leia mais

Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar.

Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. YOUCAT crisma material de trabalho unidade 1 Jogo de Adivinhas r r r r r r r r r r r r r r r r r Reverso da página página 1 YOUCAT crisma material de trabalho unidade 1 Jogo de Adivinhas r Bispo Báculo

Leia mais

Às filhas da Terra. Ela conhece as lágrimas penosas E recebe a oração da alma insegura, Inundando de amor e de ternura As feridas cruéis e dolorosas.

Às filhas da Terra. Ela conhece as lágrimas penosas E recebe a oração da alma insegura, Inundando de amor e de ternura As feridas cruéis e dolorosas. Maria: mãe! Às filhas da Terra Do seu trono de luzes e de rosas, A Rainha dos Anjos, meiga e pura Estende os braços para a desventura, Que campeia nas sendas espinhosas. Ela conhece as lágrimas penosas

Leia mais

Há quatro pontos importantes nesse livro: o primeiro anúncio, a catequese, a vida das comunidade e a missão

Há quatro pontos importantes nesse livro: o primeiro anúncio, a catequese, a vida das comunidade e a missão O livro dos Atos dos Apóstolos é a 2ªparte do Evangelho de São Lucas. Neste livro o autor apresenta a atividade dos apóstolos como uma grande viagem que vai de Jerusalém até Roma, o centro do mundo daquela

Leia mais

2. O texto e a gravura abaixo se referem ao contexto de um importante processo histórico ocorrido no século XVI em vários países europeus.

2. O texto e a gravura abaixo se referem ao contexto de um importante processo histórico ocorrido no século XVI em vários países europeus. 1. As guerras de religião na França (século XVI) e a Guerra dos Trinta Anos (1618 1648) marcaram profundamente as sensibilidades coletivas e exerceram uma influência considerável na reflexão política produzida

Leia mais

IGREJA. Sua Natureza

IGREJA. Sua Natureza IGREJA Sua Natureza A igreja é a comunidade de todos os cristãos de todos os tempos. Wayne Grudem A igreja é o novo Israel de Deus que revela nesse tempo Sua glória Thiessen A igreja é a a assembléia dos

Leia mais

A REFORMA ACABOU? Uma Declaração de Convicções Evangélicas 1

A REFORMA ACABOU? Uma Declaração de Convicções Evangélicas 1 A REFORMA ACABOU? Uma Declaração de Convicções Evangélicas 1 Às vésperas do quingentésimo aniversário da Reforma Protestante, cristãos evangélicos de todo o mundo têm a oportunidade de refletir novamente

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS HISTÓRIA A - Prof. Renato Albuquerque MATRIZ E CONTEÚDOS DO 1.º TESTE SUMATIVO DE 13.OUTUBRO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS HISTÓRIA A - Prof. Renato Albuquerque MATRIZ E CONTEÚDOS DO 1.º TESTE SUMATIVO DE 13.OUTUBRO Itens de seleção Itens de construção ESOL SEUNÁRI E SQUILHOS HISTÓRI - Prof. Renato lbuquerque MTRIZ E ONTEÚOS O 1.º TESTE SUMTIVO E 13.OUTURO.2014 11.º NO Tipologia de itens Escolha múltipla ssociação

Leia mais

REFORMAS RELIGIOSAS - LISTA DE EXERCÍCIOS

REFORMAS RELIGIOSAS - LISTA DE EXERCÍCIOS 1. (Uerj 2014) De forma especial, queria que esse mandato ressoasse em vocês, jovens da Igreja na América Latina, comprometidos com a Missão Continental promovida pelos Bispos. Este continente recebeu

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 7º História Carol / Rafael Av. Trimestral 01/07/15 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS Tema: Deus se mostra as pessoas: o simbolismo nas religiões. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

PROTESTANTISMO MUITO ALÉM. D. Eugenio Heisey. Primeira Edição. São Paulo SP LMS 2014

PROTESTANTISMO MUITO ALÉM. D. Eugenio Heisey. Primeira Edição.  São Paulo SP LMS 2014 MUITO ALÉM do PROTESTANTISMO D. Eugenio Heisey Primeira Edição www.lmsdobrasil.com.br São Paulo SP LMS 2014 Traduzido com permissão do livro: Más allá del protestantismo, publicado pela Publicadora La

Leia mais

Paróquia Divino Espírito Santo

Paróquia Divino Espírito Santo Paróquia Divino Espírito Santo M C J Núcleo Divino Espírito Santo EDIÇÃO XVii OUTUBRO/2015 Página 4 CONFIRA TAMBÉM: Catequese do Papa Francisco Página 03 Mensagem da Coordenação Geral Página 02 Página

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO PROFESSOR DEBORA SOUZA DISCIPLINA CIÊNCIAS SIMULADO: P3 Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br ALUNO TURMA 801 Questão 1

Leia mais

Como definir a Maçonaria?

Como definir a Maçonaria? 1 Como definir a Maçonaria? A Maçonaria define-se a si própria como uma «sociedade iniciática» e uma «organização filantrópica e de procura filosófica» cujos membros são recrutados por cooptação. Afirma-se

Leia mais

As Reformas Religiosas

As Reformas Religiosas Martinho Lutero As Reformas Religiosas INTRODUÇÃO Este trabalho destina se a explicar o que foi a Reforma da Igreja, relatar os principais fatos sobre essas Reformas, seus principais colaboradores e quando

Leia mais

SE LIGA NESSA HISTÓRIA

SE LIGA NESSA HISTÓRIA SE LIGA NESSA HISTÓRIA Prof. Walter www.seliganessahistoria.com.br IDADE MODERNA EXERCÍCIO (EMM001) Valorização Cultural Que obra de arte é o homem: tão nobre no raciocínio, tão vário na capacidade; em

Leia mais

Grandes Santos de Deus. Jovens

Grandes Santos de Deus. Jovens Grandes Santos de Deus Jovens Eu desejo não manter meu lugar neste governo uma hora sequer a mais do que para preservar a Inglaterra nos seus justos direitos e proteger o povo de Deus em justa liberdade

Leia mais

Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL

Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL Educador: Luciola Santos C. Curricular: História Data: / /2013 Estudante: 7 Ano Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL 7º Ano Cap 1e 2 Feudalismo e Francos Cap 6 Mudanças no feudalismo Cap 7 Fortalecimento

Leia mais

- Existiam homens primitivos que só sabiam caçar (nem o fogo havia sido descoberto ainda) - era "paleolítica anterior";

- Existiam homens primitivos que só sabiam caçar (nem o fogo havia sido descoberto ainda) - era paleolítica anterior; Fontes Históricas, pesquisas arqueológicas e a ciência da Geologia já provaram que o homem vive na Terra há milhões de anos e não apenas há 5 mil ou 6 mil anos como sugere a Bíblia. Aliás esta é uma boa

Leia mais

3.º Encontro 2015/2016

3.º Encontro 2015/2016 Escola da Fé 3.º Encontro 2015/2016 CÂNTICO: Onde há Caridade e Amor Onde há caridade e amor aí habita Deus. Papa Francisco abriu porta santa do Jubileu da Misericórdia na Catedral de Bangui, em África,

Leia mais

OS ATAQUES CONTRA A IGREJA

OS ATAQUES CONTRA A IGREJA OS ATAQUES CONTRA A IGREJA A quebra da unidade cristã No inicio dos tempos modernos, a Igreja foi o alvo favorito das críticas sociais. Despejavam-se ataques contra o comportamento imoral dos sacerdotes,

Leia mais

UDESC 2016/2 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2016/2 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Questão tratou sobre movimentos que emergiram nos EUA dos anos 1960 e suas consequências na Europa e até mesmo no Brasil. I. Verdadeira. 1 II. Falsa. Os movimentos LGBT ocorreram a partir dos

Leia mais

DICAS DO PROFESSOR. História 7º Ano

DICAS DO PROFESSOR. História 7º Ano DICAS DO PROFESSOR História 7º Ano A REFORMA PROTESTANTE AS PRINCIPAIS CRÍTICAS DE LUTERO Vida desregrada; Opulência; Luxo do alto clero; Venda de cargos; Venda de relíquias sagradas; Venda de indulgências.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO Aprova o projeto de extensão Escola de Teologia para Leigos Nossa Senhora das Graças, na modalidade de curso de extensão, na categoria de projeto de extensão permanente,

Leia mais

biografia de tiradentes

biografia de tiradentes biografia de tiradentes Tiradentes (1746-1792) foi o líder da Inconfidência Mineira, primeiro movimento de tentativa de libertação colonial do Brasil. Ganhou a vida de diferentes maneiras, além de militar

Leia mais

História da Educação I. Prof. Fernando Roberto Campos

História da Educação I. Prof. Fernando Roberto Campos História da Educação I Prof. Fernando Roberto Campos Reflexão A torneira seca (mas pior: a falta de sede). a luz apagada (mas pior: o gosto do escuro). a porta fechada (mas pior: a chave por dentro). José

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO - HISTÓRIA SURGIMENTO DO MUNDO MODERNO

EXERCÍCIOS DE REVISÃO - HISTÓRIA SURGIMENTO DO MUNDO MODERNO EXERCÍCIOS DE REVISÃO - HISTÓRIA SURGIMENTO DO MUNDO MODERNO 01) O Estado moderno, que representou o fim das concepções políticas medievais, encontrou vários teóricos. Entre eles merecem destaque Maquiavel,

Leia mais

Olá! Chamo-me Roger. Nasci na Suíça em 1915, mas em 1940, durante a segunda guerra mundial, fui viver para França. Já desde alguns anos que sentia em

Olá! Chamo-me Roger. Nasci na Suíça em 1915, mas em 1940, durante a segunda guerra mundial, fui viver para França. Já desde alguns anos que sentia em Olá! Chamo-me Roger. Nasci na Suíça em 1915, mas em 1940, durante a segunda guerra mundial, fui viver para França. Já desde alguns anos que sentia em mim o desejo de me juntar a outras pessoas para concretizarmos

Leia mais

Reforma Protestante: Igreja reformada, sempre se reformando. 31 de outubro: Dia da Reforma

Reforma Protestante: Igreja reformada, sempre se reformando. 31 de outubro: Dia da Reforma Reforma Protestante: Igreja reformada, sempre se reformando 31 de outubro: Dia da Reforma Uma sugestão para realizar o jogral é que as leitoras e leitores representem todas as classes de escola dominical,

Leia mais

Segundo Domingo de Dezembro DIA DA BÍBLIA

Segundo Domingo de Dezembro DIA DA BÍBLIA Ano XXIII - Nº 867 Fortaleza, 11 de dezembro de 2011 Segundo Domingo de Dezembro DIA DA BÍBLIA QUANDO SURGIU O DIA DA BIBLIA? O Dia da Bíblia surgiu em 1549, na Grã-Bretanha, quando o Bispo Cranmer, incluiu

Leia mais

O CAMINHO PARA A REFORMA A VIDA DE LUTERO A TEOLOGIA DE LUTERO

O CAMINHO PARA A REFORMA A VIDA DE LUTERO A TEOLOGIA DE LUTERO A REFORMA O CAMINHO PARA A REFORMA A VIDA DE LUTERO A TEOLOGIA DE LUTERO TENTATIVAS DE REFORMA Nunca faltaram tentativas de reformar toda a igreja. Mas na maioria das vezes acabaram sem grandes sucessos.

Leia mais

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas Judaísmo, Cristianismo, Islamismo Qual a definição da palavra religião? Vem do latim religare, tem o siginificado de religação. Essa religação

Leia mais

em 9 de janeiro de 1862,

em 9 de janeiro de 1862, Rosário Vivo Pauline-Marie Jaricot nasceu em Lião, França, no dia 22 de julho de 1799, e morreu em Lorette, em 9 de janeiro de 1862, aos 63 anos. Sociedade para a Propagação da Fé Ela é a fundadora da

Leia mais

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos.

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos. Nas quintas-feiras do mês de Maio, decorreram na Igreja de Oliveira de Azemeis, encontros de formação litúrgica, organizados pela vigararia sul da Diocese do Porto e orientados pelo P. Frei Bernardino

Leia mais

Idade Média Século V - XV

Idade Média Século V - XV Séc V Séc XI Séc XV Idade Média Século V - XV IDADE MÉDIA Século V XV Alta Idade Média Séc. V XI (formação e apogeu feudalismo) Baixa Idade Média Séc. XI XV (desagregação do feudalismo) Principais passagens

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã 2 Habilidades: Reconhecer as manifestações artísticas relacionadas ao período da arte: Roma Antiga e primitiva Cristã. 3 4 5 Todos os caminhos levam à Roma:

Leia mais

FRANCESES NO BRASIL FORTALEZA DE SANTA CRUZ DA BARRA - NITERÓI

FRANCESES NO BRASIL FORTALEZA DE SANTA CRUZ DA BARRA - NITERÓI FRANCESES NO BRASIL FORTALEZA DE SANTA CRUZ DA BARRA - NITERÓI AS INVASÕES FRANCESAS 2ª invasão 1612 Maranhão Fundação da França Equinocial e a Cidade de São Luís Comandante Daniel de La Touche Obs: esse

Leia mais

FÍSICA FILOSOFIA. Resumex JáEntendi 1. A FILOSOFIA NA IDADE MÉDIA. Características Fundamentais da Idade Média

FÍSICA FILOSOFIA. Resumex JáEntendi 1. A FILOSOFIA NA IDADE MÉDIA. Características Fundamentais da Idade Média FILOSOFIA FÍSICA Resumex JáEntendi 1. A FILOSOFIA NA IDADE MÉDIA O período histórico comumente chamado de Idade Média inicia- se no século V e termina no século XV. Portanto, ele representa mil anos de

Leia mais

Video com Alberto Rivera confirma a infiltração de jesuítas na Igreja Adventista

Video com Alberto Rivera confirma a infiltração de jesuítas na Igreja Adventista Video com Alberto Rivera confirma a infiltração de jesuítas na Igreja Adventista http://www.youtube.com/watch?v=b6nisk9lafe Entrevista em inglês, mas você pode ativar as legendas automáticas para entendê-lo

Leia mais

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Prof. Denilson A. Rossi O que se entende por Nova Evangelização? Quais são as luzes dos documentos conciliares para a Nova Evangelização? Em que

Leia mais

APLICAÇÃO DO ARCO DE OGIVA LANCEOLADA NA ARQUITETURA DE JUIZ DE FORA: IGREJA METODISTA CENTRAL 1

APLICAÇÃO DO ARCO DE OGIVA LANCEOLADA NA ARQUITETURA DE JUIZ DE FORA: IGREJA METODISTA CENTRAL 1 APLICAÇÃO DO ARCO DE OGIVA LANCEOLADA NA ARQUITETURA DE JUIZ DE FORA: IGREJA METODISTA CENTRAL 1 Ana Paula Silva Lemos Natalia Cristina Dias Richarles Jesus dos Santos Tais C. Gonçalves Palmieri Thiago

Leia mais