Projeto SCCM Implantação do ClearCase e ClearQuest UCM

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto SCCM Implantação do ClearCase e ClearQuest UCM"

Transcrição

1 Projeto SCCM Implantação do ClearCase e ClearQuest UCM Leonardo Ventura Nunes Unibanco Wilson Roberto Melaré Unibanco

2 Introdução Desafios Visão geral do projeto Status Benefícios Lições aprendidas Próximos passos Feedback Agenda 2

3 Introdução 3

4 Nossa Empresa O Unibanco é um dos maiores bancos privados brasileiros, com mais de 80 anos de história e atuação no mercado. Hoje, está presente em todos os segmentos do mercado financeiro, oferecendo uma ampla e completa gama de serviços, para uma diversificada base de clientes. O Unibanco vem apresentando melhora contínua de seus resultados. Esta evolução ocorreu em um ambiente de administração eficiente, onde as tomadas de decisões são ágeis e a busca por sinergia constante, permitindo crescimento dos negócios, melhoria de processos, disciplina orçamentária e comunicação eficaz.

5 Empresas do Grupo Unibanco

6 Nossa Rede de Distribuição

7 Nosso Ambiente Linguagens -.Net C# - Legado (+- 48) Servidores Windows Unix Linux Mainframe

8 Projeto SCCM Software Change Configuration Managem. Descrição do Projeto Utilização das ferramentas Clearcase e Clearquest para controle dos fontes e gerenciamento das atividades para todo o conglomerado Descrição do Resultado Final Gerenciamento do ciclo de vida dos fontes dos sistemas de baixa plataforma através das ferramentas Clearcase e Clearquest Gerenciamento dos projetos utilizando o Clearquest Manter padrões exigidos pela auditoria, Compliance e SOX Objetivos e Metas Migrar os sistemas da baixa plataforma para a ferramenta Clearcase e utilizá-la como ferramenta padrão para todo conglomerado Usuários Áreas de Desenvolvimento / Produção / DBAs

9 Desafios 9

10 Várias Ferramentas CVS, PVCS, File System, Outros ClearCase/ ClearQuest Visual Source Safe Desenvolvedor Desenvolvedor Desenvolvedor

11 Entrevistas Desenvolvedor Será que esqueci de enviar algum arquivo alterado? RDP?? O que faço agora com meu Add promotion Defeito desenvolvimento? Bug calculation New platform RDP Bug 98 GMUD Bug Defeito Defeito X O defeito X foi corrigido neste release? Quem está com muitas atividades? Nova Transação do Cliente Gestor Será que todos os arquivos estão na área de transf.? Build 3 Build 2 Build 1 Desenvolvedor Testador Produção

12 Alguns problemas encontrados... Qualidade dependente de tarefas manuais propensas à erros: Mapeamento de atividades e arquivos Acompanhamento manual das atividades Merge manual de arquivos Dificuldade em determinar o status do projeto Falta de conexão entre os artefatos e as atividades que os geraram Falta de comunicação: Em que trabalhar? O que é mais importante? Baixa integridade dos releases (versões do software): Arquivos perdidos na realização do build

13 Antes Desenvolvimento AHU Produção File System Coordenador Cadastramento Atividades (Excel,Doc,etc) Testador Desenvolvedor Área de Transferência Várias Ferramentas para controle Fontes (VSS/File System) Analista Produção Área de Manobra Consolidação dos Objetos*

14 Os desenvolvedores começaram a... Documentar antes de realizar qualquer alteração em um determinado fonte Enviar atividades através do Clearquest para os DBAs ao invés de Criar atividades (objetos) para serem implantados em Homologação e Produção

15 Benefícios 15

16 Benefícios Utilização de uma única ferramenta para controle dos fontes/objetos Utilização de Workflow (projetos e atividades) Rastreamento ( Metodologia / Fontes / Gerência de Mudanças) Possibilidade de automação (Build / Publicação)

17 Hoje Desenvolvimento AHU Produção Cadastramento Projeto/Atividade Ok / NOk Coordenador Testador Check-in Check-Out Desenvolvedor ClearCase/ClearQuest DBA Analista Produção Comunicação, Aprovação e Distribuição Sistêmica

18 Hoje... Nosso desenvolvimento não será mais impactado com RDPs! Agora consigo balancear as atividades na minha equipe! Desenvolvedor Todos os arquivos que alterei realmente estão aqui! ClearCase ClearQuest Gestor Obtenho os objetos somente pela ferramenta! Desenvolvedor O defeito X foi documentado e corrigido nesse release!! Testador Produção

19 Visão Geral do Projeto 19

20 Projeto SCCM - Fase I Desenvolvimento Homologação Produção Desenvolv. Área Transferência Produção Servidor Manobra ClearCase/ ClearQuest

21 Projeto SCCM - Fase II Desenvolvimento Homologação Produção Desenvolv. Servidor Manobra Produção ClearCase/ ClearQuest 82%* Tempo de implantação (*) Índice de Eficiência

22 Statust 22

23 Status do Projeto 27% 73% 40% 53% 663 Treinados 7% Não Treinados Migrados Não será Migrado Em Fase de Migração Avaliação 5% 30% 65% Excelente Bom Médio

24 Lições aprendidas 24

25 Lições aprendidas Comprometimento das áreas de Desenvolvimento e Produção Escolha do UCM para todo conglomerado

26 Pó Próximos Passos 26

27 Projeto SCCM - Fase III Desenvolvimento Homologação Produção Ferramenta Build / Publicação Desenvolv./ BuildMaster Gerência de Mudanças Parecer Ok / NOk, etc. ClearCase/ ClearQuest Status, Documentos, etc Metodologia

28 Feedback 28

29 Feedback dos Nossos Usuários Além de controlar nossos fontes, conseguimos ter controle gerencial das demandas e recursos. Estamos satisfeitos, pois auxilia-nos na qualidade de entrega do produto final. Em resumo, esta ferramenta, à primeira vista burocrática, trouxe enormes benefícios para garantia da qualidade da nossa TI. Depoimento de uma das equipes de desenvolvimento

30 Obrigado

31 Rastreabilidade Gerência de Mudanças GMUD Consultorias Grau Z Projeto (Clearquest) Cód. Proj. Metodologia Metodo logia Atividade 1 Atividade 2 Fonte X Objeto Y

32 Customização Unibanco

Gerência de Configuração. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br

Gerência de Configuração. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br Gerência de Configuração Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br Introdução Mudanças durante o desenvolvimento de software são inevitáveis: os interesses

Leia mais

Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de Configuração. Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de configuração. Famílias de sistemas

Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de Configuração. Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de configuração. Famílias de sistemas Gerenciamento de Gerenciamento de Configuração Novas versões de sistemas de software são criadas quando eles: Mudam para máquinas/os diferentes; Oferecem funcionalidade diferente; São configurados para

Leia mais

CES-32 e CE-230 Qualidade, Confiabilidade e Segurança de Software. Tendências, Perspectivas e Ferramentas de Qualidade em Engenharia de Software (4)

CES-32 e CE-230 Qualidade, Confiabilidade e Segurança de Software. Tendências, Perspectivas e Ferramentas de Qualidade em Engenharia de Software (4) CURSO de GRADUAÇÃO e de PÓS-GRADUAÇÃO do ITA 2º SEMESTRE 2002 CES-32 e CE-230 Qualidade, Confiabilidade e Segurança de Software Eng. Osvandre Alves Martins e Prof. Dr. Adilson Marques da Cunha Tendências,

Leia mais

Gerência de Configuração de Software Funções

Gerência de Configuração de Software Funções Universidade Estadual de Maringá Departamento de Informática Ciência da Computação Processo de Engenharia de Software II Gerência de Configuração de Software Funções Rafael Leonardo Vivian {rlvivian.uem

Leia mais

Projeto de Sistemas I

Projeto de Sistemas I Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Projeto de Sistemas I Professora: Kelly de Paula Cunha E-mail:kellypcsoares@ifsp.edu.br Requisitos: base para todo projeto, definindo o

Leia mais

Agenda. Gerência de Configuração de Software. Atividade Sala. Quais os problemas? P1) Duplicidade de Trabalho. P2) Trabalhos Sobrepostos

Agenda. Gerência de Configuração de Software. Atividade Sala. Quais os problemas? P1) Duplicidade de Trabalho. P2) Trabalhos Sobrepostos Agenda Gerência de Configuração de Software Vamos entender o Problema? Quais os problemas? Gerência de Configuração Marcos Dósea dosea@ufs.br Entender os problemas... Quais os problemas? Problema 1) Duplicidade

Leia mais

Gerência de Configuração. Profº Rômulo César

Gerência de Configuração. Profº Rômulo César Gerência de Configuração Profº Rômulo César Gerência de Configuração Cenário Atual Projetos cada vez mais complexos em relação ao tamanho, sofisticação e tecnologias envolvidas Grandes equipes geograficamente

Leia mais

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS PDS - DATASUS Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS Coordenação Geral de Arquitetura e Engenharia Tecnológica Coordenação de Padronização e Qualidade de Software Gerência de Padrões e Software

Leia mais

SAD Gestor Gerenciador de Backup

SAD Gestor Gerenciador de Backup SAD Gestor Gerenciador de Backup treinamento@worksoft.inf.br SAD Gestor Gerenciador de Backup SAD Gerenciador de Backup Esse aplicativo foi desenvolvido para realizar cópias compactadas de bancos de dados

Leia mais

Visão Geral do RUP Rational Unified Process. Jorge Fernandes UFRN Junho de 2002

Visão Geral do RUP Rational Unified Process. Jorge Fernandes UFRN Junho de 2002 Visão Geral do RUP Rational Unified Process Jorge Fernandes UFRN Junho de 2002 Resumo do Artigo de Krutchen O que é o RUP? 6 Práticas Comprovadamente Efetivas Desenvolvimento Interativo Gestão de Requisitos

Leia mais

Gerência de Configuração de Software

Gerência de Configuração de Software Gerência de Configuração de Software Desenvolvendo software de forma eficiente e disciplinada O Cristine Dantas É bacharel em Informática pela UFRJ e mestre em Engenharia de Sistemas e Computação pela

Leia mais

MPSP Projeto ALM/Scrum. Diretoria de Sistemas de Informação

MPSP Projeto ALM/Scrum. Diretoria de Sistemas de Informação MPSP Projeto ALM/Scrum Diretoria de Sistemas de Informação Agenda O que é ALM? Objetivo do Projeto Atividades Desenvolvidas Indicadores Dúvidas O que é ALM? ALM Application Lifecycle Management Gerenciamento

Leia mais

Alocação de Profissionais de TI: A Tecnodata aloca profi ssionais especializados nas diversas áreas de TI, conforme as necessidades de cada cliente:

Alocação de Profissionais de TI: A Tecnodata aloca profi ssionais especializados nas diversas áreas de TI, conforme as necessidades de cada cliente: A Tecnodata A Tecnodata é empresa especializada em prestação de serviços relacionados à Tecnologia da Informação (TI). Há quase vinte anos desenvolve seu trabalho, sempre voltado para a valorização e reconhecimento

Leia mais

Índice Apresentação... 3 Mensagens... 4 Tickets... 6 Cadastro de Tickets... 6 Acompanhamento de Tickets:...9 Entregas... 11 Storage...

Índice Apresentação... 3 Mensagens... 4 Tickets... 6 Cadastro de Tickets... 6 Acompanhamento de Tickets:...9 Entregas... 11 Storage... Índice Apresentação... 3 Mensagens... 4 Tickets... 6 Cadastro de Tickets... 6 Acompanhamento de Tickets:...9 Entregas... 11 Storage... 12 Apresentação O Pitstop foi desenvolvido pela Interact com o objetivo

Leia mais

ITIL V3 (aula 8) AGENDA: REVISÃO FERRAMENTAS EXAME

ITIL V3 (aula 8) AGENDA: REVISÃO FERRAMENTAS EXAME ITIL V3 (aula 8) AGENDA: REVISÃO FERRAMENTAS EXAME Revisão dos livros - ITIL Incident Management (Gerenciamento de incidentes) reduzir o tempo de indisponibilidade (downtime) dos serviços Problem Management

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

Perry Werneck Érico M. Mendonça Miris Silva. Software Público Brasileiro

Perry Werneck Érico M. Mendonça Miris Silva. Software Público Brasileiro Perry Werneck Érico M. Mendonça Miris Silva Software Público Brasileiro Mainframes O modelo dominante de mainframe nos anos 60 e 70 era o IBM System/370 As unidades de display, como eram conhecidas, eram

Leia mais

Introdução ao Delphi. Introdução. Edições do Software. Capítulo 1. InforBRás - Informática Brasileira Ltda. O Que é o Delphi.

Introdução ao Delphi. Introdução. Edições do Software. Capítulo 1. InforBRás - Informática Brasileira Ltda. O Que é o Delphi. Capítulo 1 O Que é o Delphi Diferenças entre Delphi Client/Server do Delphi for Windows Características que compõem o Integrated Development Invironment (IDE) Como o Delphi se encaixa na família Borland

Leia mais

Grupo LWART: Case de migração JDE 9.0

Grupo LWART: Case de migração JDE 9.0 Grupo LWART: Case de migração JDE 9.0 » Grupo LWART: Case de migração 8.0 => 9.0 Quem é a MAXXICON? Quem é o Grupo LWART? Por que Migrar? A solução e os benefícios idealizados. O planejamento e execução

Leia mais

Sobre a Prime Control

Sobre a Prime Control Sobre a Prime Control A Prime Control é uma empresa focada e especializada em serviços de qualidade e testes de software. Somos capacitados para garantir, através de sofisticadas técnicas, a qualidade

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO PARÁ MPCM CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2015

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO PARÁ MPCM CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2015 DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO 1 / 5 ANEXO 03 INFORMAÇÕES DOS CARGOS 1. CARGOS DE NÍVEL MÉDIO Cargo 01 Técnico em Administração Realizar atividades que envolvam a aplicação das

Leia mais

ÀREA DE DESENVOLVIMENTO

ÀREA DE DESENVOLVIMENTO ÀREA DE DESENVOLVIMENTO Sumário O que é o Cardio? O que é o Telos? Ambiente de Desenvolvimento Ambiente Visual Studio Team System Projeto de Refatoração O que é Cardio? Tamanho atual do aplicativo: ü Arquivos.cs

Leia mais

VANT-EC-SAME. Software de Suporte do VANT V-SUP Caso de Desenvolvimento Versão 1.0

VANT-EC-SAME. Software de Suporte do VANT V-SUP Caso de Desenvolvimento Versão 1.0 VANT-EC-SAME Software de Suporte do VANT V-SUP Caso de Desenvolvimento Versão 1.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 17/0/07 1.0 Versão Inicial Douglas Moura Confidencial VANT-EC-SAME, 2007

Leia mais

Objetivo Problemas Detectados

Objetivo Problemas Detectados Objetivo Problemas Detectados Internos Setor de Desenvolvimento do NTI - FCM Externos Empresas Terceirizadas Objetivo - Necessidades Evidenciadas Internos Minimizar o tempo de trabalho do programador;

Leia mais

Núcleo de Métricas: Alcançando a Excelência na Governança de TI

Núcleo de Métricas: Alcançando a Excelência na Governança de TI Núcleo de Métricas: Alcançando a Excelência na Governança de TI Gustavo Siqueira Simões - PMP e CFPS http://www.linkedin.com/in/gustavosimoes gustavo.simoes@fattocs.com.br skype: gustavosimoes +55(11)

Leia mais

Automação da Construção de Aplicativos com o Build Forge. Caso de Aplicação no Desenvolvimento de Sistemas para a Receita Federal do Brasil

Automação da Construção de Aplicativos com o Build Forge. Caso de Aplicação no Desenvolvimento de Sistemas para a Receita Federal do Brasil Automação da Construção de Aplicativos com o Build Forge Caso de Aplicação no Desenvolvimento de Sistemas para a Receita Federal do Brasil Osvandre Alves Martins Objetivo da Apresentação Compartilhar o

Leia mais

Prof. Júlio Valente Agosto/2015. CV Resumido

Prof. Júlio Valente Agosto/2015. CV Resumido Gerenciamento de Configuração e Aquisição de Software Prof. Júlio Valente Agosto/2015 CV Resumido Autor do livro Prática de Análise e Projeto de Sistemas. Gerente do projeto de Totalização e Divulgação

Leia mais

Agenda ! GRUPO SABEMI. ! Contexto Geral de Processos e TI na SABEMI. ! Case: Processo de Atendimento dos Canais de Venda. ! Resultados da Automação

Agenda ! GRUPO SABEMI. ! Contexto Geral de Processos e TI na SABEMI. ! Case: Processo de Atendimento dos Canais de Venda. ! Resultados da Automação Agenda! GRUPO SABEMI! Contexto Geral de Processos e TI na SABEMI! Case: Processo de Atendimento dos Canais de Venda! Resultados da Automação Grupo SABEMI Vídeo Institucional Contexto Geral de Processos

Leia mais

Introdução ao OpenUP (Open Unified Process)

Introdução ao OpenUP (Open Unified Process) Introdução ao OpenUP (Open Unified Process) Diferentes projetos têm diferentes necessidades de processos. Fatores típicos ditam as necessidades de um processo mais formal ou ágil, como o tamanho da equipe

Leia mais

Soluções em Documentação

Soluções em Documentação Desafios das empresas no que se refere à documentação de infraestrutura de TI Realizar e manter atualizado o inventário de recursos de Hardware e software da empresa, bem como a topologia de rede Possuir

Leia mais

ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE MUDANÇA GERENCIAMENTO DE LIBERAÇÃO GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO

ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE MUDANÇA GERENCIAMENTO DE LIBERAÇÃO GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE MUDANÇA GERENCIAMENTO DE LIBERAÇÃO GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO Gerência de Mudanças as Objetivos Minimizar o impacto de incidentes relacionados a mudanças sobre

Leia mais

Desenvolvendo aplicações

Desenvolvendo aplicações Desenvolvendo aplicações Sobre Adriano Bertucci Email: adriano@bertucci.com.br Twitter: @adrianobertucci Técnico: www.bertucci.com.br Consultoria e Serviços: www.fcamara.com.br Agenda Software + Serviços

Leia mais

Adotando OpenEdge Architect. Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services

Adotando OpenEdge Architect. Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services Adotando OpenEdge Architect Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services Agenda Antes do OpenEdge Architect Por quê OpenEdge Architect? Adotando o OpenEdge Architect Integrar às Customizações

Leia mais

O Módulo Risk Manager fornece workflow para tratamento dos riscos identificados nas avaliações e priorização das ações.

O Módulo Risk Manager fornece workflow para tratamento dos riscos identificados nas avaliações e priorização das ações. GRC - Governança, Riscos e Compliance já é uma realidade nas organizações. Sua adoção, no entanto, implica no desenvolvimento e na manutenção de um framework que viabilize a integração e colaboração entre

Leia mais

ISHIFT: Informação em Movimento

ISHIFT: Informação em Movimento ISHIFT: Informação em Movimento Contato: www.ishift.com.br +55 51 32798159 contato@ishift.com.br Somos uma empresa completa de produtos e serviços ligados à tecnologia, que procura apresentar soluções

Leia mais

Sobre a Prime Control

Sobre a Prime Control Sobre a Prime Control A Prime Control é um Centro de Excelência em Qualidade de Software. Nossa missão é desenvolver, aperfeiçoar e realizar serviços de testes de software inovadores que agregam valor

Leia mais

IBM SOA - Arquitetura Lógica

IBM SOA - Arquitetura Lógica IBM SOA - Arquitetura Lógica "##$ (web browser) (webrowser) Internet! 44 SOA on your terms and our expertise Ambiente de Desenvolvimento SOA Requisitos CIO Gerente Projeto Gerencia Arquitetura Dados Arquiteto

Leia mais

Consultoria em TI End.: Telefones:

Consultoria em TI End.: Telefones: Consultoria em TI Apresentação Consultoria em TI Atualmente, o setor de TI tem ganhado cada vez mais importância dentro de uma organização, devido representatividade dos recursos de TI na realização das

Leia mais

ESCOLHA UM TESTE PARA EXECUTAR

ESCOLHA UM TESTE PARA EXECUTAR ESCOLHA UM TESTE PARA EXECUTAR Acompanhe o ritmo de aceleração dos ciclos de lançamento. Descubra a automatização com um toque humano EXECUTE UM TESTE 26032015 Com a Borland, tanto analistas de negócios

Leia mais

2 Medição e Acompanhamento

2 Medição e Acompanhamento 2 Medição e Acompanhamento Para verificar a eficácia da aplicação da técnica de desenvolvimento dirigido por testes, foram usadas algumas métricas para determinar se houve melhoria ou degradação no processo

Leia mais

Implantação de Processo/Metodologia de Testes e Ganhos Obtidos para a Empresa. Suzana Cohem Sfoggia Suzana-sfoggia@procergs.rs.gov.

Implantação de Processo/Metodologia de Testes e Ganhos Obtidos para a Empresa. Suzana Cohem Sfoggia Suzana-sfoggia@procergs.rs.gov. Implantação de Processo/Metodologia de Testes e Ganhos Obtidos para a Empresa Suzana Cohem Sfoggia Suzana-sfoggia@procergs.rs.gov.br genda Sobre a PROCERGS Processo de testes da PROCERGS Visão Geral Estrutura

Leia mais

Gerenciamento de Configuração de Software

Gerenciamento de Configuração de Software Gerenciamento de Configuração de Software Prof. Ricardo Argenton Ramos [Baseado na apresentação do prof. Masiero ICMC-USP] Contexto para Gerência de Configuração 2 Problema dos Dados Compartilhados Desenvolvedor

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Apresentação do cenário da demonstração

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Apresentação do cenário da demonstração As demonstrações desta seção apresentam um cenário do cotidiano de uma equipe de desenvolvimento usando o IBM Rational Software Delivery Platform. Esse é o novo nome do Rational Software Development Platform

Leia mais

Linha Silk: a maneira leve para testar, desenvolver e gerenciar

Linha Silk: a maneira leve para testar, desenvolver e gerenciar Linha : a maneira leve para testar, desenvolver e gerenciar Leve Criado apenas com a funcionalidade que você precisa Barato Do uso gratuito ao licenciamento flexível Eficiente Software fácil de usar e

Leia mais

UM CASE DE IMPLANTAÇÃO DA GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO E MUDANÇA (NÍVEL F) DO MPS.BR UTILIZANDO PADRÕES ABERTO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO

UM CASE DE IMPLANTAÇÃO DA GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO E MUDANÇA (NÍVEL F) DO MPS.BR UTILIZANDO PADRÕES ABERTO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO Nome do Pesquisador(Aluno): Thiago Magalhães Zampieri Nome do Orientador: Simone Tanaka Titulação do Orientador: Especialista Instituição: null Curso para apresentação: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO / CIÊNCIA

Leia mais

Modernização e Evolução do Acervo de Software. Gustavo Robichez de Carvalho guga@les.inf.puc-rio.br

Modernização e Evolução do Acervo de Software. Gustavo Robichez de Carvalho guga@les.inf.puc-rio.br Modernização e Evolução do Acervo de Software Gustavo Robichez de Carvalho guga@les.inf.puc-rio.br Tópicos 1. Estudo Amplo sobre Modernização 2. Visão IBM Enterprise Modernization 3. Discussão - Aplicação

Leia mais

Think Idea S/A. Documento Visão. Versão 1.0

Think Idea S/A. Documento Visão. Versão 1.0 Think Idea S/A Documento Visão Versão 1.0 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor(es) 02/12/2013 1.0 Documento Inicial Projeto Integrador Bruno Rodrigues, Edy Laus, Igor Pereira, Marcelo Gonçalves

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO IV PROJETO BÁSICO: PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS. Sumário

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO IV PROJETO BÁSICO: PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS. Sumário CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO IV PROJETO BÁSICO: PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS Sumário 1. DIRETRIZES PARA O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE APLICATIVOS...172 1.1. INTRODUÇÃO...172

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação (MEC) em seus processos de formulação, implantação e

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE PARA GESTÃO DE PROJETOS

O DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE PARA GESTÃO DE PROJETOS Hélio Pereira da Rosa Neto Universidade Anhanguera-Uniderp Fernando Conter Universidade Anhanguera-Uniderp O DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE PARA GESTÃO DE PROJETOS RESUMO Este artigo científico tem como

Leia mais

SOLUÇÕES UOLDIVEO PARA CLIENTES SAP

SOLUÇÕES UOLDIVEO PARA CLIENTES SAP São Paulo Rio de Janeiro Porto Alegre SOLUÇÕES UOLDIVEO PARA CLIENTES SAP SOLUÇÕES UOLDIVEO PARA CLIENTES SAP Agora a sua empresa pode contar com o melhor parceiro do mercado e o mais preparado para auxiliá-la

Leia mais

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 Rational Quality Manager Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 1 Informações Gerais Informações Gerais sobre o RQM http://www-01.ibm.com/software/awdtools/rqm/ Link para o RQM https://rqmtreina.mvrec.local:9443/jazz/web/console

Leia mais

Sistema de Controle de Versão - CVS

Sistema de Controle de Versão - CVS - CVS Adailton Magalhães Lima adailton@webapsee.com Não há nada permanente exceto a modificação. Heráclitos 500 a.c. Adaptado de ESTUDO E PROPOSTA DE MODELOS DE PROCESSO DE SOFTWARE PARA O LABORATÓRIO

Leia mais

ALÉM DO BUG TRACKING : GERENCIANDO O SETOR DE SUPORTE COM O MANTISBT

ALÉM DO BUG TRACKING : GERENCIANDO O SETOR DE SUPORTE COM O MANTISBT ALÉM DO BUG TRACKING : GERENCIANDO O SETOR DE SUPORTE COM O MANTISBT Juliano Flores Prof. Lucas Plautz Prestes Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Gestão de Tecnologia da Informação (GTI034)

Leia mais

Prof. Jefferson Costa

Prof. Jefferson Costa Prof. Jefferson Costa Desenvolve programas de computador, seguindo as especificações e paradigmas da lógica de programação e das linguagens de programação. Utiliza ambientes de desenvolvimento de sistemas,

Leia mais

Engenharia de Software I

Engenharia de Software I Engenharia de Software I Rogério Eduardo Garcia (rogerio@fct.unesp.br) Bacharelado em Ciência da Computação Aula 03 In a calm sea every man is a pilot. Engenharia de Software I Aula 3 Gerenciamento de

Leia mais

Mini-Curso Gerência de Configuração Visão prática

Mini-Curso Gerência de Configuração Visão prática www.asrconsultoria.com.br Mini-Curso Gerência de Configuração Visão prática Copyright ASR Consultoria e Assessoria em Qualidade 1 Direitos de Uso do Material Material desenvolvido pela ASR Consultoria

Leia mais

CA Configuration Automation

CA Configuration Automation FOLHA DE PRODUTOS: CA Configuration Automation CA Configuration Automation agility made possible O CA Configuration Automation foi desenvolvido para ajudar a reduzir os custos e melhorar a eficiência da

Leia mais

Prodemge Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais

Prodemge Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais AQUISIÇÃO DE SUÍTE SDLC Prodemge Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais Aquisição de Suíte SDLC OBJETIVO Este documento tem como objetivo consultar o mercado sobre os requisitos

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

Tornando acessível a tecnologia e os melhores serviços

Tornando acessível a tecnologia e os melhores serviços Tornando acessível a tecnologia e os melhores serviços Nossa Missão e Valores VALORES MISSÃO Atender com qualidade e pontualidade às necessidades dos nossos clientes com base nas melhores práticas em tecnologia

Leia mais

CPqD Developer Suite WAMPS 2010. outubro/2010

CPqD Developer Suite WAMPS 2010. outubro/2010 CPqD Developer Suite WAMPS 2010 outubro/2010 CPqD Fundado em 1976 como centro de pesquisa da TELEBRÁS Tornado Fundação Privada em 1998 Maior centro de pesquisa da America Latina Atua nos setores de telecomunicações,

Leia mais

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC {aula #2} Parte 1 Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br twitter: @rildosan (11) 9123-5358 skype: rildo.f.santos (11)

Leia mais

OPORTUNIDADES: Analista de Sistemas

OPORTUNIDADES: Analista de Sistemas OPORTUNIDADES: Analista de Sistemas - Experiência em metodologias ágeis de desenvolvimento, - Experiência em desenvolvimento de sistemas com plataforma Microsoft.Net, - Experiência em banco de dados Microsoft

Leia mais

Workshop de Teste de Software. Visão Geral. Emerson Rios emersonrios@riosoft.org.br www.emersonrios.eti.br

Workshop de Teste de Software. Visão Geral. Emerson Rios emersonrios@riosoft.org.br www.emersonrios.eti.br Workshop de Teste de Software Visão Geral Emerson Rios emersonrios@riosoft.org.br www.emersonrios.eti.br 1 AGENDA DO CURSO Conceitos Básicos Documentação Processo Plano de Teste Caso de Teste BIBLIOGRAFIA

Leia mais

Agenda. A Empresa História Visão Conceito dos produtos

Agenda. A Empresa História Visão Conceito dos produtos Agenda A Empresa História Visão Conceito dos produtos Produto Conceito Benefícios Vantagens: Criação Utilização Gestão Segurança Integração Mobilidade Clientes A empresa WF História Em 1998, uma ideia

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CURSO DE ANÁLISE DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS ÉDINA MARIA DAS NEVES

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CURSO DE ANÁLISE DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS ÉDINA MARIA DAS NEVES UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CURSO DE ANÁLISE DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS ÉDINA MARIA DAS NEVES TREINAMENTO, SUPORTE E CONFIGURAÇÃO DE EQUIPAMENTOS RELATÓRIO DE ESTÁGIO PONTA GROSSA ÉDINA

Leia mais

Gestão de Modificações. Fabrício de Sousa

Gestão de Modificações. Fabrício de Sousa Gestão de Modificações Fabrício de Sousa Introdução Inevitáveis quando o software é construído Confusão As modificações não são analisadas antes de serem feitas Não são registradas antes de serem feitas

Leia mais

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 02 Áreas e Profissionais de TI Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos

Leia mais

Cloud Ability PLANO DE GERENCIAMENTO DE RECURSOS HUMANOS

Cloud Ability PLANO DE GERENCIAMENTO DE RECURSOS HUMANOS Cloud Ability PLANO DE GERENCIAMENTO DE RECURSOS HUMANOS Preparado por Erik de Oliveira Souza Diretor Presidente Versão: 1.0 Aprovado por João Victor Alves Barbosa Diretor Financeiro Data: 06-Nov-12 Douglas

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Agrário

Ministério do Desenvolvimento Agrário Capítulo 1 Ministério do Desenvolvimento Agrário Instituição: Sítio: Caso: Responsável: Palavras- Chave: Ministério do Desenvolvimento Agrário www.mda.gov.br Plano de Migração para Software Livre Paulo

Leia mais

W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç ã o p a r a s u p o r t a r a p l i c a ç õ e s c r í t i c a s

W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç ã o p a r a s u p o r t a r a p l i c a ç õ e s c r í t i c a s Av Eng. Luiz Carlos Berrini 1645, 8 andar, 04571-000 Brooklin Novo, São Paulo SP Brazil. Tel: 55 11 5508-3400 Fax: 55 11 5508 3444 W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç

Leia mais

Integração Contínua com Rational Team Concert, Jenkins e SonarQube

Integração Contínua com Rational Team Concert, Jenkins e SonarQube Integração Contínua com Rational Team Concert, Jenkins e SonarQube Agenda 1. Introdução à Integração Contínua 2. Ferramentas 3. Solução de Integração Contínua em Furnas 4. Demonstração O que é a Integração

Leia mais

Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas. Eng. Alison Rabelo arabelo@next.org.br

Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas. Eng. Alison Rabelo arabelo@next.org.br Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas Eng. Alison Rabelo arabelo@next.org.br Objetivo do Núcleo O - Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas - tem como objetivo a melhoria contínua da qualidade

Leia mais

Compêndio de Projetos de Auditoria Contínua

Compêndio de Projetos de Auditoria Contínua Copyright 2009 ACL Services Ltd. 1 Technology for Business Assurance Compêndio de Projetos de Auditoria Contínua Luiz Ribeiro Gerente de Soluções Tech Supply Perrotti Partners Quem somos? Soluções Governança,

Leia mais

Fábrica de Software Fatores motivadores, restrições e tendências

Fábrica de Software Fatores motivadores, restrições e tendências Fábrica de Software Fatores motivadores, restrições e tendências Aguinaldo Aragon Fernandes Agenda Revisitando o conceito e escopo da fábrica de software Implicações do uso do conceito de Fábrica de Software

Leia mais

SEGMENTO DE ATACADO E DISTRIBUIÇÃO_

SEGMENTO DE ATACADO E DISTRIBUIÇÃO_ SEGMENTO DE ATACADO E DISTRIBUIÇÃO_ APRESENTAÇÃO DE SOFTWARE Solução exclusiva GESTÃO INTEGRADA_ Gerenciar os aspectos administrativos e operacionais da cadeia de distribuição e armazenamento com o Open

Leia mais

J. M. Silveira Neto. Sun Campus Ambassador. silveiraneto@gmail.com jose.neto@sun.com http://silveiraneto.net

J. M. Silveira Neto. Sun Campus Ambassador. silveiraneto@gmail.com jose.neto@sun.com http://silveiraneto.net Uma olhada no Netbeans 6 J. M. Silveira Neto Sun Campus Ambassador silveiraneto@gmail.com jose.neto@sun.com http://silveiraneto.net Agenda O que é o Netbeans? Adquira o Netbeans Editor de Código Mais Funcionalidades

Leia mais

Análise de Risco em Ambientes Corporativos na Área de Tecnologia da Informação

Análise de Risco em Ambientes Corporativos na Área de Tecnologia da Informação Análise de Risco em Ambientes Corporativos na Área de Tecnologia da Informação RESUMO Um tema que vem sendo muito discutido é a governança em TI (Tecnologia da informação), no entanto existem muitos métodos

Leia mais

FERRAMENTA PARA GERENCIAMENTO DE ARTEFATOS EM PROJETO DE MELHORIA NO PROCESSO DE TESTES.

FERRAMENTA PARA GERENCIAMENTO DE ARTEFATOS EM PROJETO DE MELHORIA NO PROCESSO DE TESTES. UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FERRAMENTA PARA GERENCIAMENTO DE ARTEFATOS EM PROJETO DE MELHORIA NO PROCESSO DE TESTES. Bruna Herkenhof Prof. Jacques R. Heckmann, Orientador

Leia mais

GENS S.A. Metodologia de Desenvolvimento Padrões de uso para o Sistema Gemini Versão Reduzida Relatório Análise de Causa

GENS S.A. Metodologia de Desenvolvimento Padrões de uso para o Sistema Gemini Versão Reduzida Relatório Análise de Causa GENS S.A. Metodologia de Desenvolvimento Padrões de uso para o Sistema Gemini Versão Reduzida Relatório Análise de Causa 1. Relatório de Análise de Causa Quando utilizar? O template deve ser utilizado

Leia mais

4ª Parte Processo de Teste

4ª Parte Processo de Teste 4ª Parte Processo de Teste Atividades de preparação Ø Planejamento: define itens a testar, aspectos gerenciais e recursos necessários; para a execução da bateria de testes. Ø Desenho: completa as especificações

Leia mais

INTERNET HOST CONNECTOR

INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR IHC: INTEGRAÇÃO TOTAL COM PRESERVAÇÃO DE INVESTIMENTOS Ao longo das últimas décadas, as organizações investiram milhões de reais em sistemas e aplicativos

Leia mais

Workflow como Proposta de. Workflow. O Gerenciamento de Processos. Prof. Roquemar Baldam roquemar@pep.ufrj.br

Workflow como Proposta de. Workflow. O Gerenciamento de Processos. Prof. Roquemar Baldam roquemar@pep.ufrj.br Workflow como Proposta de Automação Flexível O Gerenciamento de Processos Planejamento do BPM Diretrizes e Especificações Seleção de processo críticos Alinhamento de processos à estratégia www.iconenet.com.br

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Ponta Grossa 2012 ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Trabalho elaborado pelo

Leia mais

LASAP. Visão Geral. LASAP Institucional

LASAP. Visão Geral. LASAP Institucional LASAP Visão Geral A LASAP A LASAP é formada por profissionais com ampla experiência no mercado SAP. Sua essência está baseada nos princípios da: Qualidade e Pontualidade na entrega dos projetos Inovação

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE SISTEMAS E TI SIAFI GERENCIAL MANUAL DE IMPLANTAÇÃO

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE SISTEMAS E TI SIAFI GERENCIAL MANUAL DE IMPLANTAÇÃO MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE SISTEMAS E TI SIAFI GERENCIAL MANUAL DE IMPLANTAÇÃO VERSÃO 02 JUNHO DE 2003 1. Introdução. O Sistema Integrado de Administração

Leia mais

Introdução ao Controle de Versões. Leonardo Murta (leomurta@ic.uff.br)

Introdução ao Controle de Versões. Leonardo Murta (leomurta@ic.uff.br) Introdução ao Controle de Versões Leonardo Murta (leomurta@ic.uff.br) Introdução A Engenharia de Software... Abordagem disciplinada para o desenvolvimento de software Grande diversidade de metodologias

Leia mais

FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe

FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe I FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe GERENCIAMENTO DE PATCHES Atualizações de segurança Aracaju, Agosto de 2009 DAYSE SOARES SANTOS LUCIELMO DE AQUINO SANTOS II GERENCIAMENTO DE PATCHES

Leia mais

CATÁLOGO DE SERVIÇOS

CATÁLOGO DE SERVIÇOS Partner MASTER RESELLER CATÁLOGO DE SERVIÇOS SUPORTE TÉCNICO in1.com.br Explore Mundo! seu Conteúdo 1 - Objetivo 2 - Serviços prestados por meio do contrato de manutenção e suporte anual 2.1 - Primeira

Leia mais

Versionamento de Código. Núcleo de Desenvolvimento de Software

Versionamento de Código. Núcleo de Desenvolvimento de Software Versionamento de Código Núcleo de Desenvolvimento de Software Por quê? Facilidades de utilizar um sistema de versionamento de código. Várias versões Quando se salva uma nova versão de um arquivo, a versão

Leia mais

Velocidade no Desenvolvimento de Software. Produtividade para o Trabalhador do Conhecimento

Velocidade no Desenvolvimento de Software. Produtividade para o Trabalhador do Conhecimento INSIGHTS BPMS melhoria do processo DESENVOLVIMENTO TRADICIONAL; BPMS ampliando o uso do ERP/LEGADOS(software gestão); BPMS agilizando INTEGRAÇÃO de sistemas e processos. COMO UMA PLATAFORMA BPMS PODE TRANSFORMAR

Leia mais

CONHEÇA A VALECARD TODA ESSA ESTRUTURA EXISTE PRA VOCÊ: Reduzir custos. Ganhar tempo. Organizar processos.

CONHEÇA A VALECARD TODA ESSA ESTRUTURA EXISTE PRA VOCÊ: Reduzir custos. Ganhar tempo. Organizar processos. CONHEÇA A VALECARD Soluções completas e integradas para a gestão de benefícios, gestão financeira e de frotas. Cartões aceitos em todo território nacional, por meio da Redecard, Cielo e ValeNet, o que

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA Referência: CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 - BNDES Data: / / Licitante: CNPJ:

Leia mais

O evento não fará uso do vídeo (webcam), somente slides e áudio. Se necessário, ajuste o idioma da sala na barra de ferramentas superior

O evento não fará uso do vídeo (webcam), somente slides e áudio. Se necessário, ajuste o idioma da sala na barra de ferramentas superior 1 Orientações iniciais Dê preferência ao uso de uma conexão de banda larga O evento não fará uso do vídeo (webcam), somente slides e áudio Se necessário, ajuste o idioma da sala na barra de ferramentas

Leia mais

O evento não fará uso do vídeo (webcam), somente slides e áudio. Se necessário, ajuste o idioma da sala na barra de ferramentas superior

O evento não fará uso do vídeo (webcam), somente slides e áudio. Se necessário, ajuste o idioma da sala na barra de ferramentas superior Orientações iniciais Dê preferência ao uso de uma conexão de banda larga O evento não fará uso do vídeo (webcam), somente slides e áudio Se necessário, ajuste o idioma da sala na barra de ferramentas superior

Leia mais

INTERESSADOS DEVERÃO CADASTRAR CURRICULO NO SITE www.superato.com.br. TÉCNICO EM INFORMÁTICA

INTERESSADOS DEVERÃO CADASTRAR CURRICULO NO SITE www.superato.com.br. TÉCNICO EM INFORMÁTICA INTERESSADOS DEVERÃO CADASTRAR CURRICULO NO SITE www.superato.com.br. TÉCNICO EM INFORMÁTICA Estamos selecionando para CECRED - Cooperativa de Crédito de Blumenau. Cursando Sistemas da Informação ou Ciências

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 03 Profissões de TI Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos respectivos

Leia mais

METODOLOGIA ÁGIL. Lílian Simão Oliveira

METODOLOGIA ÁGIL. Lílian Simão Oliveira METODOLOGIA ÁGIL Lílian Simão Oliveira Fonte: Pressman, 2004 Aulas Prof. Auxiliadora Freire e Sabrina Schürhaus Alexandre Amorin Por quê???? Principais Causas Uso das Funcionalidades Processos empírico

Leia mais