Parte II: O Importante É a Equipa 8. Liderança Reunir uma equipa espetacular Génios, vagabundos e ladrões 183

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Parte II: O Importante É a Equipa 8. Liderança 2.0 145 9. Reunir uma equipa espetacular 165 10. Génios, vagabundos e ladrões 183"

Transcrição

1

2 índice Introdução 5 Parte I: O Importante É o Jogo 1. Retirar o desgaste ao jogo Levar uma pancada e ficar melhor Precisamos de crescimento Globalização: é complicado Medo de finanças nunca mais! O que fazer com o marketing Gestão de crises: bem-vindo ao Coliseu 133 Parte II: O Importante É a Equipa 8. Liderança Reunir uma equipa espetacular Génios, vagabundos e ladrões 183 Parte III: O Importante É Você 11. «O que devo fazer com a minha vida?» Desemperrar Só acaba no fim 241 Agradecimentos 253

3 introdução Olá e parabéns parabéns por ter conseguido. Não, não é pelo livro, embora muito nos apraza que o tenha comprado. Não, parabéns por ter percebido que ninguém devia fazer negócios sozinho. Os negócios são por excelência um desporto de equipa. O tamanho da empresa não faz qualquer diferença, sejam cinco pessoas, cinco mil ou 150 mil. Não interessa se está sedeado em Gary, Indiana, a produzir aço, ou em Palo Alto, a programar. Não interessa se só está há três dias na empresa, num cubículo sem janela a anos-luz da ação, ou se gere o negócio a partir do seu escritório, no último andar da sede. Os negócios não são uma coisa do «eu»; são uma coisa do «nós». 5

4 mba da vida real São uma coisa de «aceito todos os conselhos e ideias que me queiram dar». É aí que entram os nossos parabéns. Como está a ler este livro, podemos concluir que partilha da nossa opinião. No que toca a negócios, estamos sempre a aprender. O assunto é simplesmente demasiado vasto, demasiado multifacetado, demasiado imprevisível, demasiado assente em tecnologia e recursos humanos, demasiado global, demasiado local, demasiado tudo para que possamos dizer: «Já fiz isto.» Por amor de Deus, nós ainda estamos a aprender e entre nós estamos há 81 anos nos negócios, sendo que os últimos dez foram os que mais nos alargaram os horizontes. Sim, os últimos dez anos têm sido aqueles em que mais aprendemos e a razão é simples: após o nosso último livro, Vencer, publicado em 2005, fizemo-nos à estrada e demos início a uma década a dar palestras, a escrever, a dar aulas e a prestar consultoria, o que nos levou ao âmago de uma série de empresas, em que cada uma delas enfrentava desafios fascinantes de mercado e gestão. Trabalhámos com um empreendedor na China, para criar uma firma que ligasse empresas estrangeiras e fabricantes locais, com um produtor de vinhos no Chile que estava a fazer a transição de um negócio de família, com um empreendimento em aeronáutica, em Phoenix, em pleno processo de decidir se, e quando, chegar ao mercado. Estas experiências, entre muitas mais, foram um momento para testes e oportunidades de negócio básicas no mundo atual. Ao mesmo tempo, as palestras que fizemos para mais de um milhão de pessoas, especialmente em sessões de perguntas e respostas, foram-nos permitindo escutar o que os homens e as mulheres de negócios realmente pensam e o que os preocupa. Podemos juntar a isto o trabalho que um 6

5 introdução de nós (o Jack) tem vindo a fazer em fundos de investimento e como consultor de CEO desde 2002, avaliando, orientando e fazendo crescer dezenas de companhias, em indústrias que vão dos cuidados de saúde ao tratamento de águas e a encontros amorosos pela Internet. Por último, foi neste período que lançámos o nosso próprio MBA online, o Jack Welch Management Institute, na Universidade de Strayer, que hoje tem mais de mil alunos. As suas diversas experiências enquanto profissionais, em todo o Mundo, alargaram, aprofundaram e informaram o nosso entendimento dos negócios, de formas novas e empolgantes. Embora já soubéssemos alguma coisa sobre negócios quando escrevemos Vencer, a verdade é que agora sabemos mais. E esse mais é relevante, pois os negócios mudaram e fomos suficientemente afortunados para estar no cerne desta mudança. Isso não quer dizer que aquilo que aprendemos nesta última década negue os princípios e as práticas de Vencer; muito pelo contrário. Porém, aquilo que aprendemos desde 2005 expandiu-os, atualizou-os e aumentou-os, nalguns casos ligeiramente, noutros radicalmente. De facto, vivemos tempos radicais. São tempos empolgantes. É certo que em determinados aspetos fazer negócios é hoje mais desafiante do que nunca. Isso é incontestável. Hoje em dia, a economia já não cresce como cresceu em tempos, no mínimo; os governos, por toda a parte, intrometem-se mais; a concorrência global é mais feroz a cada trimestre que passa; e a tecnologia continua a impulsionar as coisas cada vez mais depressa. Ao mesmo tempo, estamos numa era de inovação estonteante, não só em termos de produtos novos e processos de engenharia fantásticos, que parecem melhorar de cada vez 7

6 mba da vida real que pestanejamos, mas também em termos de como as empresas e as pessoas fazem o seu trabalho. Em 1925, o presidente Calvin Coolidge proferiu uma frase que ficou célebre: «O principal negócio do povo americano são as pessoas.» Hoje, quase um século depois, alteramos ligeiramente esta citação para que se leia: «O principal negócio do mundo é o negócio.» Quase toda a gente, em quase todo o lado, está a fazer qualquer coisa, a vender qualquer coisa, a criar qualquer coisa, a construir qualquer coisa. Estamos na era do empreendedorismo perpétuo, pessoal e profissional, em organizações pequenas e enormes, em economias antigas e novinhas em folha. Se ficar parado, é por sua conta e risco. Ou, para sermos mais exatos, deixa de aprender por sua conta e risco. Melhor ainda, abrace o conhecimento e veja o que acontece à sua organização, à sua equipa e à sua carreira: empolgamento; crescimento; sucesso. A nossa esperança e a nossa intenção é que MBA da Vida Real seja parte do que irá abraçar. Uma grande parte, na verdade; uma parte imediatamente aplicável, extremamente útil e atual. Pode querer usar este livro como complemento do MBA que está a tirar, seja numa universidade tradicional ou num curso online. Na verdade, este livro é para toda a gente; logo, também para quem esteja à procura de um manual prático para as grandes ideias e as melhores técnicas de aprendizagem e aplicação de um MBA. Por exemplo, pode já ter acabado o curso de gestão, mas estar um tudo-nada enferrujado. Ou se calhar está numa altura da vida em que subitamente é importante perceber de gestão. Ou conseguiu o seu primeiro emprego depois de sair da faculdade; a sua primeira 8

7 introdução promoção a chefe; o seu primeiro cargo de gestão numa organização sem fins lucrativos; o seu primeiro dia como CEO e empregado n.º 1 da sua própria start-up. (Força!) Por outras palavras, este livro é para toda a gente que não quer fazer negócios sozinha. Mas será que este livro contém tudo o que tem de saber sobre negócios? Claro que não. Recomendamos-lhe vivamente que aprenda gestão a partir de todas as fontes possíveis: colegas, chefes, televisão, sites, jornais, conferências, podcasts e, sim, outros livros. Descubra especialistas da sua indústria que respeite e vá acompanhando o que vão fazendo. Descubra especialistas da sua indústria dos quais discorde e preste também atenção ao que vão fazendo. O nosso objetivo não é torná-lo um especialista funcional de qualquer tipo; é codificar o negócio da gestão dos dias de hoje, dar-lhe um enquadramento para perceber o que é atualmente a gestão e como se joga o jogo, independentemente da indústria em que está ou em que pretende estar um dia. Com esse intuito, MBA da Vida Real abre com uma secção intitulada «O Importante É o Jogo». Os respetivos capítulos exploram os modos como as empresas, independentemente da sua dimensão ou tipo, devem organizar-se e operar para ganhar o mercado: como podem ter toda a gente alinhada em torno de uma missão e de comportamentos; por exemplo, criar uma estratégia que nunca fica estagnada, recuperar de um desastre face à concorrência, galvanizar o crescimento, mesmo num ambiente em que este se revela lento, e incentivar a inovação não apenas entre os grandes cérebros de I&D, mas entre toda a gente. A primeira secção deste livro também olha para o modo como deve pensar o marketing e a parte financeira, dois temas que geram muito ruído 9

8 mba da vida real e uma grande dose de ansiedade, sem a mínima necessidade. Por último, a secção «O Importante É o Jogo» de MBA da Vida Real fala de como lidar com uma das partes mais reais dos negócios reais hoje em dia: uma crise. Afinal de contas, já quase ninguém pode evitar o «Coliseu Romano» da opinião pública. A segunda parte do livro chama-se «O Importante É a Equipa». Contém o nosso novo modelo de liderança; consiste apenas em dois imperativos, cada um deles extremamente difícil de implementar e, contudo, necessário. Descobrimos, também, que este modelo é extremamente transformador para as empresas que o adotaram. Também nesta secção, descrevemos o que está envolvido na construção daquilo a que chamamos uma equipa espetacular, abarcando a parte bicuda da contratação, da motivação, do desenvolvimento e da manutenção dos seus melhores jogadores. Mantendo os pés bem assentes na terra, esta secção conclui com um capítulo que analisa como gerir e trabalhar com «génios» ou seja, pessoas cujo trabalho nós não conseguiríamos fazer, um fenómeno em crescimento neste mundo cada vez mais tecnológico, cerebral e especializado. Também analisa como gerir e trabalhar com pessoas que estão em sítios onde nós não estamos. Segundo alguns estudos, 20% dos profissionais trabalham remotamente e o número vai aumentar. Isso não o torna mais fácil ou produtivo; iremos analisar as práticas que podem mudar este aspeto. MBA da Vida Real termina como uma secção intitulada «O Importante É Você», que se concentra na gestão de carreira. Um dos capítulos ajuda-o a responder à pergunta: «Que devo fazer com a minha vida?» Outro analisa a seguinte dúvida: «Como sair do purgatório da minha carreira?» E o último 10

9 introdução explora o que fazer depois de concluir oficialmente a sua carreira. Provavelmente, não ficará surpreendido ao descobrir que a resposta não é «reforme-se». Sabemos que a gestão de carreira não faz parte do currículo habitual de um MBA, mas escrevemos este livro para refletir aquilo em que as pessoas no mundo dos negócios realmente pensam, aquilo de que falam e tudo o que as preocupa. O que as mantém (e talvez a si) acordadas à noite, a pensar, e o que as motiva pela manhã. Fazer negócios de forma mais inteligente. Fazê-los bem. Fazê-los de modo que a sua realização seja realmente divertida. Fazê-los de modo que cresçam e que a vida das pessoas seja melhor. Fazê-los em equipa. Isto é, nunca sozinho. Os negócios convém repeti-lo são um desporto de equipa. Obrigado por nos chamar à sua. 11

10 PARTE I O IMPORTANTE É O JOGO

11 1 retirar o desgaste ao jogo Há uns anos, fizemos os dois uma viagem até Las Vegas. Não foi para ir jogar, pois isso não nos interessa. Não, fomos até Las Vegas para discursar no Conselho Internacional de Centros Comerciais, que tem sessenta mil membros. Acontece que o discurso era logo de manhã, pelo que lá chegámos na noite anterior. Com uma noite livre, e como bons turistas, decidimos comprar bilhetes para um espetáculo. Havia um concerto de um cantor famoso e lá fomos, um muito entusiasmado, o outro muito resignado. Orquestra com cinquenta elementos, máquinas de fumo colorido Que produção! Grandes cabeleiras, baladas poderosas, coristas penduradas do teto por fios e um desfile alucinante de mudanças de guarda-roupa. 15

12 mba da vida real Todavia, ainda o espetáculo não começara há uma hora e já um de nós dormia ferrado. Quando o abanaram para o acordar, eis exatamente o que ele disse: «Como é que está o resultado?» Isto, em suma, é uma pessoa que adora desporto e negócios. São a mesma coisa, não são? Ambos são intensos e divertidos. São difíceis; são rápidos. São uma luta constante repleta de estratégia, trabalho de equipa, nuances e surpresas. No desporto e nos negócios, os intervenientes estão lá para ganhar. Um gestor de marca compraz-se com a sua equipa sobre como posicionar um produto recente, cujas vendas podem mudar tudo. Três amigos da faculdade despedem-se de Wall Street para abrir uma pequena cervejeira ou lançar uma nova app. Um gestor de produção acorda de manhã com uma excelente ideia para aumentar a capacidade produtiva da sua fábrica. Um executivo de RH entrevista seis candidatos para uma vaga de emprego que já devia estar preenchida há três semanas e finalmente um deles parece perfeito. As pessoas trabalham o dia inteiro, todos os dias, a tentar melhorar as suas organizações e as suas vidas. A tentar ajudar a família, os funcionários, os colegas, os clientes e a comunidade onde trabalham. O trabalho confere significado à vida das pessoas. Não todo o significado, é claro. É evidente que a vida, com a sua vasta riqueza e a sua profundidade, existe para lá do trabalho. Contudo, o trabalho pode conferir à nossa vida uma boa parte do seu propósito. 16

13 retirar o desgaste ao jogo Por isso, é terrível quando as empresas ou as equipas se veem enredadas em situações repletas de som, ação e (por vezes) fúria, situações que nada significam. Nada: nem progresso, nem crescimento, nem vencer. Nem sequer uma hipótese de o conseguir. Isso não é competir. Não é divertido. Não é negócio. É apenas desgaste. No entanto, este tipo de dinâmica é demasiado comum. Tal como referimos na introdução, desde 2001 já falámos com quase um milhão de pessoas, em todo o Mundo, quase sempre em sessões de perguntas e respostas. Estas pessoas trabalharam em pequenas e grandes empresas, antigas e novas, na indústria pesada e na do jogo, no retalho e na finança Foram empreendedores, altos quadros, alunos de MBA e contribuintes individuais. Nas sessões, muito variadas, geralmente há na plateia quem pergunte algo do género: «Por que razão é tão difícil pôr toda a gente em sintonia?» Ou descrevem um cenário no emprego em que muita gente não parece jogar na mesma equipa e com os resultados a mostrar isso mesmo. Mais evidente ainda é que, provavelmente, um terço dos quase cem estudantes de MBA da nossa escola de negócios, a maior parte deles na faixa etária dos trinta e dos quarenta e a trabalhar em cargos de gestão em boas companhias, reporta experiências de algum sentimento de impasse no trabalho. Que trapalhada! Contudo, este dilema é não só resolúvel, como se pode até prevenir. Requer apenas alinhamento e liderança. Ambos os pontos são igualmente importantes; na verdade, diríamos que nenhum deles existe sem o outro. Não há melhor maneira de começar este livro do que mergulhar neles. 17

14 mba da vida real TODOS EM SINTONIA, SEMPRE Ora, nós percebemos que a importância de estarmos em sintonia não será novidade para a maioria dos leitores deste livro. O conceito já faz parte da estratosfera da gestão há muito tempo, valorizado tanto por gurus como por professores, comentadores e consultores. Na realidade, o problema é que em todo o tipo de empresas a aplicação inflexível (e a disciplina) do estar em sintonia pode ir borda fora. O trabalho essa lista infernal de coisas a fazer intromete-se. Percebemos isso. Parece que o trabalho deve estar primeiro, em especial neste ambiente económico intimidante dos nossos dias. Um cliente rabugento, um funcionário que precisa de acompanhamento, um concorrente com uma tecnologia nova que nos apanha completamente desprevenidos, um desastre de relações públicas que surge no Twitter Tudo isto pode acontecer num dia de trabalho e por vezes até no mesmo dia. A verdade é que, se quiser deixar de andar desgastado, estar alinhado deve vir antes, durante e depois «do trabalho». Tem de acontecer constantemente. Tem de fazer parte do que é «o trabalho». Tudo isto nos leva à questão: estar em sintonia com o quê, exatamente? A resposta é missão, comportamentos e consequências. A missão determina o destino de uma organização para onde vai e porquê, sendo igualmente importante, para que a missão tenha êxito, conhecer o significado, para a vida de cada funcionário, de se cumprir essa missão. Comportamentos descrevem, bem comportamentos o modo como os funcionários têm de pensar, sentir 18

15 retirar o desgaste ao jogo e comunicar para que a missão seja mais do que uma placa com jargão carregado na parede, a ganhar pó e a suscitar cinismo. As consequências conferem alguma agressividade ao sistema. Estamos a falar de promoções e bónus (ou não) baseados no quanto os funcionários abraçam e promovem a missão e de que forma demonstram os comportamentos. Estes elementos talvez lhe pareçam óbvios; tal como dissemos, o assunto não é novo. Ou talvez seja precisamente o contrário. Como também já dissemos, estar realmente alinhado é coisa rara. Seja como for, podemos garantir-lhe uma coisa: quando está toda a gente alinhada, isto é, já não anda ninguém às voltas, isso é um progresso; é o que acontece quando se retira o desgaste ao jogo. A SINTONIA EM AÇÃO Não há dúvida de que todas as indústrias têm histórias sobre o poder transformador de se estar em sintonia, mas nenhuma delas tem o manancial de exemplos dos fundos de investimento. Pense nisso. Qualquer negócio que interesse a um fundo de investimento está, por definição, subavaliado. É mal gerido ou foi apanhado num mercado em transformação; é um negócio de família sem um plano de sucessão ou uma divisão da empresa que tem sido negligenciada, órfã de uma companhia maior e de sucesso. Em cada um dos casos, a organização anda aos papéis. Ora, por vezes dá-se o caso de os fundos de investimento terem sorte: descobrem uma joia escondida, põem-na a brilhar e saem rapidamente, com um belo lucro; ou compram 19

16 mba da vida real uma já vencedora de outro fundo de investimento, que tem de vender para satisfazer as expetativas financeiras dos seus investidores. No entanto, estes casos são uma minoria. Na maioria dos casos, os fundos de investimento adquirem um negócio em dificuldades e começam o trabalho árduo de descobrir bons líderes e quase invariavelmente a sua primeira tarefa, e a mais importante, é esclarecer que toda a gente está em sintonia. Vejamos o caso do grande grupo económico holandês VNU. Em 2006, a VNU fechava uma década de resultados bons, ainda que não fossem espetaculares. Na sua carta anual, o CEO, Rob van der Bergh, afirmava que estava satisfeito com a companhia e descrevia a VNU, que era proprietária de coisas como o Hollywood Reporter e a empresa de ratings Nielsen, como «saudável». No entanto, os fundos de investimento vislumbraram ali uma oportunidade por explorar e um consórcio de seis empresas chegou-se à frente e comprou-a por 12 mil milhões de dólares, contratando para CEO Dave Calhoun, um gestor veterano. Senhor de uma carreira brilhante, que o pusera como vice-presidente da General Electric aos 45 anos, Dave já gerira vários grandes negócios, mas nada como o pântano de marcas e produtos que subitamente se viu a gerir. «Quando aqui cheguei, a missão era Somos líderes em estudos e análise de mercado», recordou ele. «Soava muito bem, mas o que na prática isso queria dizer era faça o seu trabalho no seu feudo. Não havia uma noção de significado geral.» De imediato, Dave e a sua equipa começaram a mudar isso. Descartaram o nome VNU, foram buscar o nome Nielsen para toda a empresa e deixaram bem claro que a Nielsen a nova Nielsen existia apenas para uma finalidade 20

17 retirar o desgaste ao jogo coerente: medir o que os consumidores viam e compravam. A Nielsen iria ser a melhor companhia do mundo a saber tudo aquilo que os consumidores viam e os hábitos de compra em todo o mundo. É empolgante, não é? As melhores missões são assim: têm aspirações, inspiram-nos e são práticas. Têm aspirações no sentido de «isso parece espantoso adoro a ideia de tentarmos lá chegar». Inspiram-nos no sentido de «ótimo sei que podemos conseguir se nos esforçarmos e tentarmos». Práticas no sentido de «OK, parece razoável vou trabalhar com a minha equipa para resolvermos isso». E mais. Lembra-se que dissemos que as missões bem esboçadas fazem com que cada funcionário saiba o que lhe está reservado? A Nielsen venceu esse desafio. Promete crescimento crescimento de produto, crescimento de serviços e crescimento global e todas as oportunidades de carreira que isso acarreta. Outro exemplo rápido mas esclarecedor da elaboração de uma missão por fundos de investimento é o da Nalco, uma companhia industrial diversificada que foi comprada em Em 2008, os novos donos contrataram para CEO Erik Fyrwald, que assim herdou 12 mil funcionários, uma faturação de mil milhões de dólares, um fluxo de caixa forte, crescimento negligenciável e uma missão que podia ser parafraseada como «estamos no negócio da água, é bom». Erik passou os seus primeiros noventa dias a viajar pelas unidades de negócio da Nalco e pelos clientes, à procura de algo de exceção, chamemos-lhe assim; isto é, de um modo de desencadear a mudança e conseguir vantagem competitiva. 21

18 mba da vida real Para sua surpresa e alegria, descobriu-o num produto que a Nalco desenvolvera há seis anos, um sistema de otimização da qualidade da água chamado 3D TRASAR. Já havia quatro mil unidades vendidas, através de uma licença comercial, e os clientes adoravam-no, descrevendo apaixonadamente de que modo o produto da Nalco poupava água e ajudava a evitar multas dos organismos de proteção ambiental como nenhum outro. Erik levou esta notícia à sua equipa de liderança e, empolgados por o 3D TRASAR ser tão promissor, decidiram estabelecer o objetivo de licenciar vinte mil unidades no espaço de dois anos. Por seu turno, esta meta ambiciosa galvanizou toda a organização. A I&D virou a sua atenção para a melhoria das características do produto e criou 26 patentes para satisfazer as necessidades do consumidor, e retardar as iniciativas da concorrência que visassem copiar o produto. A equipa de vendas introduziu nova formação, objetivos e incentivos. Ao mesmo tempo, construiu-se na Índia um novo centro de apoio ao 3D TRASAR, com quarenta «médicos da água», engenheiros incumbidos de monitorizar as unidades em todo o Mundo, para detetar e resolver problemas antes que os clientes dessem por eles. Assim nasceu a nova missão da companhia: «Levamos água potável aos clientes da Nalco de uma forma mais económica e sustentável em termos ambientais.» Será que a nova missão empolgou a Nalco para atingir o seu objetivo de vinte mil unidades no espaço de dois anos? Claro que sim. «Subitamente, as pessoas sabiam porque vinham trabalhar», afirmou Erik. «Estavam empolgadas por ajudar os clientes a ter êxito de um modo que ajuda a salvar o Mundo. 22

19 retirar o desgaste ao jogo Viam um futuro para si. Nem imagina as ideias que começaram a surgir». É isto que uma boa missão tem de bom. Põe toda a gente focada e empolgada. É aí que os comportamentos começam a ter verdadeira importância. Imensa. Se a missão é o destino de uma companhia, os comportamentos são o seu transporte, o meio de lá chegar. Todos sabemos o aspeto que esta ligação não tem, não é verdade? Uma empresa arranja uma missão que fala em foco no cliente, por exemplo, mas na vida real os funcionários que estão na linha da frente detestam os clientes. Bem, talvez não os detestem propriamente, apenas os desdenhem por serem um obstáculo a algo que gostariam de estar a fazer, como sair às 17 horas. Ou, então, a empresa tem uma missão que alardeia rapidez a chegar ao mercado, embora os seus gestores tenham, digamos, muita tolerância para a burocracia. Ou a empresa tem uma missão à volta da inovação, mas as pessoas que a gerem desmotivam ou despedem quem correr riscos e falhar. Isso não é bom. Bom é quando a sintonia entre a missão e os comportamentos é impercetível. Numa empresa que tenha como missão o enfoque no cliente, os funcionários respiram empatia. Dão o número de telemóvel para que os possam contactar fora de horas. Levam a peito as queixas de mau serviço. Por eles, levavam os produtos todos para casa e testavam-nos, para garantir que funcionam na perfeição. Talvez estejamos a exagerar, mas já percebeu a ideia. A missão e os comportamentos têm de ser dois elos da mesma cadeia. 23

20 mba da vida real Ora, se já leu os nossos livros ou artigos de opinião, talvez se interrogue, nesta fase, por que razão continuamos a usar a palavra «comportamentos» em vez de «valores». Afinal de contas, durante uma década usámos a palavra «valores» no mesmo contexto. Se calhar o leitor até pensava que «valores» era a nossa palavra favorita. Era. Contudo, descobrimos que pode ser uma palavra confusa. É demasiado abstrata. Muitas vezes, as pessoas ouvem falar em «valores» e julgam que se está a falar de política ou cultura, como em «valores familiares». Não. Muito simplesmente, estamos a falar de como as pessoas se comportam no trabalho e como é que os seus comportamentos dão vida à missão da empresa. Daí «comportamentos». Para voltar ao assunto em questão, a única razão para falar em comportamentos no trabalho é que os líderes têm de ser muito públicos, muito claros e muito coerentes sobre que tipo de comportamentos são necessários para cumprir a missão da empresa. Voltemos à história da Nielsen. Logo depois de Dave Calhoun anunciar a nova missão da empresa, anunciou também os três comportamentos que lhe dariam vida. O primeiro era abertura de espírito. Isto era uma mudança, no mínimo. «As pessoas julgavam que éramos uma empresa de estudos de mercado», explicou Dave. «E que tipo de pessoa tem êxito numa empresa de estudos de mercado?» Pessoas muito espertas, que aperfeiçoam algoritmos e que não querem que ninguém veja esses algoritmos porque lhos podem roubar. «Mas se vamos dominar o espaço de saber tudo sobre o consumidor, precisamos de pessoas abertas a dados de 24

21 retirar o desgaste ao jogo todas as proveniências e dispostas a trabalhar com toda a gente, não apenas com quem percebe o seu algoritmo.» O segundo comportamento era a paixão pela integração. Dave acreditava que o crescimento da Nielsen estava no facto de o seu pessoal adorar não gostar, mas sim adorar o processo de misturar, equiparar e sintetizar os estudos de mercado que lhes chegavam de todo o lado, em grande parte graças à explosão de big data. O crescimento da Nielsen também estava na sua capacidade para tornar esta informação inteligível para os seus clientes; por isso, o terceiro comportamento identificado para impulsionar o êxito da Nielsen era a simplicidade. «O mundo digital está a tornar-se esmagador: a informação pode pura e simplesmente soterrar-nos», explicou-nos Dave. Nessas situações, muitas vezes as pessoas descobrem formas de argumentar para os dois lados do problema. Isso só torna as coisas mais nebulosas para todos. «Se pudermos fazer uma recomendação a um cliente de forma simples, percetível e com convicção, ficamos sempre a ganhar.» (E se ganharam! Nos seis anos em que Calhoun esteve como CEO, o valor em bolsa triplicou.) Erik Fyrwald e a sua equipa da Nalco também estabeleceram quais os comportamentos necessários para impulsionar a nova missão da empresa. O primeiro era uma paixão intensa por poupar água. Não uma coisa do género «ah, isso é fixe», mas uma paixão do tipo: «Sabes qual é o meu trabalho? Salvo o Mundo preservando a água.» «Queríamos pessoas que ficassem realmente empolgadas todas as manhãs, quando ligavam o computador e vissem os mostradores», explicou-nos Erik. Referia-se aos mostradores que estavam em toda a Intranet da empresa 25

22 mba da vida real e indicavam quanta água a empresa poupara, em acumulado e por cliente. O segundo comportamento era fome de crescimento. E não era crescimento de um dígito. A missão da Nalco, segundo Erik, exigia pessoas viciadas em crescimento, pessoas que vissem uma oportunidade em clientes outrora considerados inatingíveis e em mercados que assustavam toda a gente. Em 2009, quando a maioria das empresas da esfera da Nalco se estavam a retrair na China, com medo da desaceleração económica, a Nalco levou para lá um gestor forte, com provas dadas em crescimento, para gerir a Ásia. Ele mudou a sede da empresa da confortável Singapura para Xangai, onde construiu um edifício novo, com serviço de formação e de apoio ao cliente, um centro tecnológico e instalações para a equipa de marketing e vendas. O número de funcionários disparou de duzentos para oitocentos e o empenho da Nalco permitiu-lhe recrutar candidatos notáveis, engenheiros chineses que queriam melhorar o ambiente através do tratamento da água e da produtividade em indústrias pesadas de manufatura. Sensivelmente na mesma altura, a Nalco apresentou a sua unidade de petróleo e gás, para lhe permitir um crescimento agressivo no sector das aplicações químicas relacionadas com água. (Para conseguir um barril de petróleo é necessário que quatro barris de água sejam separados, limpos e devolvidos ao ambiente em segurança.) A empresa conseguiu expandir rapidamente os seus negócios com clientes que estavam a fazer perfuração em alto-mar, no golfo do México, mas também criou novas relações, e produtivas, com clientes em regiões mais afastadas, incluindo na Sibéria Ocidental, no Cazaquistão, no Azerbaijão, na Nigéria, em Angola e na Malásia. «O nosso gestor de petróleo e gás era um modelo incrível de 26

23 retirar o desgaste ao jogo empreendedorismo e procura de crescimento», comentou Erik, «e fez com que a sua equipa sentisse o mesmo». Como é óbvio, o seu exemplo, tal como o de muitos outros na organização que acreditavam, vingou. Em 2010, quer a faturação quer os lucros da Nalco apresentavam um crescimento de dois dígitos. A REALIDADE DAS CONSEQUÊNCIAS Implementados os comportamentos e a missão, resta apenas, para a sintonia, a peça do sistema a que chamamos «consequências». Isto talvez pareça punitivo, mas não é. É certo que as consequências podem ser negativas, como no caso das despromoções ou dos despedimentos. No entanto, na maioria das vezes revelam-se positivas, como os aumentos e bónus. De qualquer forma, a questão é a mesma. Podemos fazer grandes discursos sobre a missão e os comportamentos mas, se não houver mecanismos na organização para os reforçar, estaremos a pregar no deserto. Ninguém nos ouve. Como é óbvio, o mecanismo de consequências negativas mais ruidoso é despedir pessoas. A maioria dos líderes detesta usar este instrumento e com razão, se forem seres humanos normais, mas por vezes, quando há um desfasamento evidente entre a missão e os comportamentos, é necessário e é o melhor para ambas as partes. Dave Calhoun, por exemplo, teve de despedir um elemento muito popular da velha guarda da VNU, que julgava que a empresa não se devia, ou conseguiria, integrar. Será que Dave gostou de o fazer? Claro que não, mas tomou a decisão mais acertada ao tornar a saída do gestor num momento de 27

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online.

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online. Os segredos dos negócios online A Internet comercial está no Brasil há menos de 14 anos. É muito pouco tempo. Nesses poucos anos ela já mudou nossas vidas de muitas maneiras. Do programa de televisão que

Leia mais

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita!

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Hum, essa não é uma novidade. As outras também eram de certa forma inéditas, uma vez que o layout era baseado na estrutura dos Gurus, mas vamos lá,

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

Como conversar com possíveis iniciadas

Como conversar com possíveis iniciadas Como conversar com possíveis iniciadas Convidar outras mulheres a tornarem-se consultoras é uma atividade chave para quem quer tornar-se diretora. Aprenda como fazer a entrevista de iniciação, ou seja:

Leia mais

Kirkus Reviews Library Journal Goodreads Publishers Weekly Entrepeneur

Kirkus Reviews Library Journal Goodreads Publishers Weekly Entrepeneur O MBA DA VIDA REAL Um argumento sólido sobre como os negócios funcionam e como fazer parte do jogo. O MBA da vida real é um guia prático sobre como gerir uma empresa de forma eficiente e rentável. Kirkus

Leia mais

Capítulo 9 Emprego. 9.1 Introdução

Capítulo 9 Emprego. 9.1 Introdução Capítulo 9 Emprego 9.1 Introdução Hoje em dia, as redes sociais são as grandes responsáveis pelas contratações de emprego. Muitos dos responsáveis por recrutamento e recursos humanos das empresas avaliam

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

"Busca pelo Envolvimento do Funcionário Parte Dois: O Poder do Reforço Positivo.

Busca pelo Envolvimento do Funcionário Parte Dois: O Poder do Reforço Positivo. "Busca pelo Envolvimento do Funcionário Parte Dois: O Poder do Reforço Positivo. Por Bill Sims, Jr. www.safetyincentives.com Na primeira parte desta história, expliquei sobre os três tipos de funcionários

Leia mais

José Epifânio da Franca (entrevista)

José Epifânio da Franca (entrevista) (entrevista) Podemos alargar a questão até ao ensino secundário Eu diria: até à chegada à universidade. No fundo, em que os jovens já são maiores, têm 18 anos, estarão em condições de entrar de uma maneira,

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

ALGUMAS DICAS SOBRE COMO ALCANÇAR O EMPREGO DOS SEUS SONHOS

ALGUMAS DICAS SOBRE COMO ALCANÇAR O EMPREGO DOS SEUS SONHOS ALGUMAS DICAS SOBRE COMO ALCANÇAR O EMPREGO DOS SEUS SONHOS Ao se levantar para trabalhar, pela manhã, todos enfrentamos, sentados na beira da cama, a mesma questão: eu seria mais feliz e satisfeito fazendo

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

30 DIAS POR UMA RENDA QUE DURE A VIDA TODA!

30 DIAS POR UMA RENDA QUE DURE A VIDA TODA! 30 DIAS POR UMA RENDA QUE DURE A VIDA TODA! INTRODUÇÃO: Obrigado por pedir uma cópia deste relatório. O que você vai ler é um Extraordinário Novo Método de Criação De Renda Permanente E Ilimitada, para

Leia mais

TEXTO RETIRADO DO LIVRO: RESILIÊNCIA COMO SUPERAR PRESSÕES E ADVERSIDADES NO TRABALHO

TEXTO RETIRADO DO LIVRO: RESILIÊNCIA COMO SUPERAR PRESSÕES E ADVERSIDADES NO TRABALHO TEXTO RETIRADO DO LIVRO: RESILIÊNCIA COMO SUPERAR PRESSÕES E ADVERSIDADES NO TRABALHO O QUE PODEMOS APRENDER com a experiência de vida de pessoas resilientes é que, para enfrentar situações difíceis, é

Leia mais

Como Ganhar R$ 625,00 por Mês com Hotmart

Como Ganhar R$ 625,00 por Mês com Hotmart Como Ganhar R$ 625,00 por Mês com Hotmart Ah algum tempo venho estudando e me dedicando a atividade de blogueiros famosos no cenário internacional como Darren Rowse, Silvio Fortunato, Pat Flynn, entre

Leia mais

Segredos. 7do Empreendedor de 7SUCESSO

Segredos. 7do Empreendedor de 7SUCESSO 7 Segredos 7 Segredos empreendedor magnético 2015. Empreendedor Magnético www.empreendedormagnetico.com.br Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte,

Leia mais

Palestra 1 Mudança Organizacional. Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças

Palestra 1 Mudança Organizacional. Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças Palestra 1 Mudança Organizacional Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças 02 de Dezembro de 2009 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

E-book Internet Marketing que Funciona Página 1

E-book Internet Marketing que Funciona Página 1 E-book Internet Marketing que Funciona Página 1 Produção Este E-book é Produzido por: Sérgio Ferreira, administrador do blog: www.trabalhandoonline.net Visite o site e conheça várias outras Dicas GRÁTIS

Leia mais

A ALMA DO LÍDER 1. Ken Blanchard. a alma do líder. reflexões sobre a arte de influenciar pessoas. São Paulo

A ALMA DO LÍDER 1. Ken Blanchard. a alma do líder. reflexões sobre a arte de influenciar pessoas. São Paulo A ALMA DO LÍDER 1 Ken Blanchard a alma do líder reflexões sobre a arte de influenciar pessoas São Paulo 2009 A ALMA DO LÍDER 3 INTRODUÇÃO Quando eu estava no ensino médio, tinha um técnico de futebol

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com 5Passos fundamentais para Conseguir realizar todos os seus SONHOS Autora: Ana Rosa www.novavitacoaching.com O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos! Eleanor Roosevelt CONSIDERA

Leia mais

METODOLOGIA A.I.D.A.: SIMPLES E EFICIENTE

METODOLOGIA A.I.D.A.: SIMPLES E EFICIENTE 1 Sumário METODOLOGIA A.I.D.A.: SIMPLES E EFICIENTE... 3 Passo Um: OBTER A ATENÇÃO DO COMPRADOR... 4 Passo Dois: MANTER O INTERESSE NA MENSAGEM... 8 Passo Três: DESPERTAR NO CLIENTE O DESEJO DE COMPRAR

Leia mais

Escrita Eficiente sem Plágio

Escrita Eficiente sem Plágio Escrita Eficiente sem Plágio Produza textos originais com qualidade e em tempo recorde Ana Lopes Revisão Rosana Rogeri Segunda Edição 2013 Direitos de cópia O conteúdo deste livro eletrônico tem direitos

Leia mais

Teste sua empregabilidade

Teste sua empregabilidade Teste sua empregabilidade 1) Você tem noção absoluta do seu diferencial de competência para facilitar sua contratação por uma empresa? a) Não, definitivamente me vejo como um título de cargo (contador,

Leia mais

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS QUE OPORTUNIDADES PÓS-LICENCIATURA ESPERAM? EXPECTATIVAS QUE INQUIETAÇÕES TÊM OS ALUNOS DE DC? MADALENA : M QUAL É A TUA PERSPECTIVA DO MERCADO

Leia mais

A Paralisia Decisória.

A Paralisia Decisória. A Paralisia Decisória. Começo este artigo com uma abordagem um pouco irônica, vinda de uma amiga minha, que, inconformada como a humanidade vêm se portando perante a fé em algo superior, soltou a máxima

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Transcrição da entrevista aos Stakeholders realizada no dia 16 de junho de 2014 no âmbito do Mestrado em Educação e Comunicação Multimédia.

Transcrição da entrevista aos Stakeholders realizada no dia 16 de junho de 2014 no âmbito do Mestrado em Educação e Comunicação Multimédia. Transcrição da entrevista aos Stakeholders realizada no dia 16 de junho de 2014 no âmbito do Mestrado em Educação e Comunicação Multimédia. Q1. Na sua opinião, quais são as principais motivações que podem

Leia mais

O futuro do YouTube - VEJA.com

O futuro do YouTube - VEJA.com Entrevista O futuro do YouTube 29/08/2009 10:49 Por Leo Branco Nesta semana, Chad Hurley, de 32 anos, um dos criadores do YouTube, esteve no Brasil e falou a VEJA sobre o futuro do maior site de vídeos

Leia mais

Política Corporativa Setembro 2012. Política de Recursos Humanos da Nestlé

Política Corporativa Setembro 2012. Política de Recursos Humanos da Nestlé Política Corporativa Setembro 2012 Política de Recursos Humanos da Nestlé Autoria/Departamento Emissor Recursos Humanos Público-Alvo Todos os Colaboradores Aprovação Concelho Executivo, Nestlé S.A. Repositório

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

Teleconferência Novo Diretor-Presidente 15 de Junho de 2015

Teleconferência Novo Diretor-Presidente 15 de Junho de 2015 Operadora: Bom dia. Sejam bem-vindos à teleconferência da TOTVS. Estão presentes os senhores Laércio Cosentino, CEO e Membro do Conselho da Administração, Rodrigo Kede, Diretor-presidente, e Gilsomar Maia,

Leia mais

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança 03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança Render 5 Vezes Mais por Leandro Sierra Índice Apresentação...03 Introdução... 04 Passo 1...05 Passo 2... 08 Educação Financeira para a Segurança do seu Investimento...

Leia mais

Antes de tudo... Obrigado!

Antes de tudo... Obrigado! Antes de tudo... Obrigado! Eu, Luiz Felipe S. Cristofari, agradeço por ter baixado esse PDF. Criei esse material para ajudar você a ter mais sucesso com suas ideias na internet e fico muito feliz quando

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Segredo 11 Como investir em ações para construir riqueza

Segredo 11 Como investir em ações para construir riqueza Segredo 11 Como investir em ações para construir riqueza Um tempo atrás, escrevi um ensaio curto sobre como Warren Buffett havia enriquecido tanto, mas não mencionei o quão rico ele havia se tornado. Com

Leia mais

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Por que se importar 3 O melhor representante de atendimento 4 SUMÁRIO Escrevendo um anúncio de vaga de emprego Carta de apresentação

Leia mais

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução Esta segunda sequência respeita a estrutura da sequência do Eben que analisamos.o template é adequado aos profissionais que podem (e querem) trabalhar com os três mosqueteiros, ou seja, apresentar uma

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

Ideias Chave! Jogar para ganhar Jogar para não perder. Frutas & Raízes Trate das raízes para ter frutos melhores.

Ideias Chave! Jogar para ganhar Jogar para não perder. Frutas & Raízes Trate das raízes para ter frutos melhores. Ideias Chave! Jogar para ganhar Jogar para não perder. Frutas & Raízes Trate das raízes para ter frutos melhores. Declarações VS Afirmações Afirmações vs Declarações. P -> T - F -> A -> R Uma boa equação

Leia mais

Os 4 passos para ser aprovado no Exame de Certificação PMP

Os 4 passos para ser aprovado no Exame de Certificação PMP Os 4 passos para ser aprovado no Exame de Certificação PMP Andriele Ribeiro 1 Um passo de cada vez. Não consigo imaginar nenhuma outra maneira de realizar algo. Michael Jordan O alcance da certificação

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês seguinte,

Leia mais

Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis

Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis ta da Autora Olá, Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis passados em verdadeiros vales e dias de deserto. Todos os nossos planos se desvanecem

Leia mais

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor capítulo um Belo reparo Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas preciosas com ouro. O resultado é uma peça que nitidamente foi quebrada,

Leia mais

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. Outra característica marcante: Cada palestra é um projeto

Leia mais

claro que o emprego existe enquanto houver trabalho para cada empregado.

claro que o emprego existe enquanto houver trabalho para cada empregado. Automotivação Antes de abordarmos a importância da motivação dentro do universo corporativo, vale a pena iniciarmos esta série de artigos com uma definição sobre esta palavra tão em voga nos dias atuais.

Leia mais

ebook Introdutor Exclusivo

ebook Introdutor Exclusivo ebook Introdutor Exclusivo ebook Digital criado por HM ADVICES - Todos os direitos reservados. Opa, tudo bem? Se você está visualizando este ebook, indica que você foi um dos 100 primeiros a se inscrever

Leia mais

Oito passos para uma carreira extraordinária

Oito passos para uma carreira extraordinária Oito passos para uma carreira extraordinária Procurar tornar-se apto para o mercado de trabalho sem saber qual o objetivo desejado é a melhor forma de conseguir bons empregos e uma eterna infelicidade.

Leia mais

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA 4 E ÚLTIMO MÓDULO: Como Ganhar dinheiro com Mala Direta APRESENTAÇÃO PESSOAL Edileuza

Leia mais

, como desenvolver o seu primeiro infoproduto

, como desenvolver o seu primeiro infoproduto Olá! Seja bem-vindo a essa série de três vídeos, onde eu quero mostrar exatamente como criar, como desenvolver e como fazer um marketing do seu próprio produto digital, criando um negócio altamente lucrativo

Leia mais

REGRAS. 1 - Introdução. 2 - Nº de jogadores e objectivo do jogo. 3 - Peças do jogo

REGRAS. 1 - Introdução. 2 - Nº de jogadores e objectivo do jogo. 3 - Peças do jogo REGRAS 1 - Introdução Este jogo tem como principal objectivo demonstrar como poderemos utilizar o nosso carro de uma forma mais responsável face ao ambiente, através da partilha do nosso meio de transporte

Leia mais

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper www.dalecarnegie.com.br Copyright 2014 Dale Carnegie & Associates, Inc. All rights reserved.

Leia mais

Bem-vindo (a) à RH Tybes Service. PROPOSTA DE TRABALHO DE DIGITAÇÃO

Bem-vindo (a) à RH Tybes Service. PROPOSTA DE TRABALHO DE DIGITAÇÃO Bem-vindo (a) à RH Tybes Service. PROPOSTA DE TRABALHO DE DIGITAÇÃO Estamos com vagas abertas para digitadores em todo o Brasil, as vagas são limitadas e temos muitos trabalhos para serem despachados.

Leia mais

Cordel do Software Livre Cárlisson Galdino 1

Cordel do Software Livre Cárlisson Galdino 1 Cordel do Software Livre Cárlisson Galdino 1 Este cordel pode ser distribuído e modificado, desde que você respeite a licença Creative Commons Atribuição Compartilhamento pela Mesma Licença. Ou seja, você

Leia mais

DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS

DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS Uma empresa sem vendas simplesmente não existe, e se você quer ter sucesso com uma loja você deve obrigatoriamente focar nas vendas. Pensando nisso começo este material com

Leia mais

www.dinheiroganharja.com

www.dinheiroganharja.com Sumário Introdução...3 Empreendedorismo Digital...4 Trabalhar em casa ou da Onde quiser...5 Liberdade financeira...5 Como criar um blog...7 Domínio...7 Hospedagem...8 WordPress...9 Instalando a Plataforma

Leia mais

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. A maioria absoluta das avaliações obtêm excelentes resultados,

Leia mais

21 Mandamentos do Grandes Ideias

21 Mandamentos do Grandes Ideias 21 Mandamentos do Grandes Ideias 21 Mandamentos do Grandes Ideias Ideias simples mas que fazem toda a diferença na motivação dos nossos alunos!! 1. Conhecer os alunos e fazê-los sentirem-se amados pela

Leia mais

Planejamento estratégico de vendas, com foco na formação e desenvolvimento da equipe de vendas. Alexandre C. Steil

Planejamento estratégico de vendas, com foco na formação e desenvolvimento da equipe de vendas. Alexandre C. Steil Planejamento estratégico de vendas, com foco na formação e desenvolvimento da equipe de vendas Alexandre C. Steil Definições Planejamento Estratégico É o processo gerencial de desenvolver e manter um ajuste

Leia mais

Escrito por. Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método GuinorBets

Escrito por. Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método GuinorBets s O 6 s o i cíp Prin Bá s o sic o d o ét M o D r o n s i t u e G B Escrito por Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método Índice Quem

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

InfoProduto Já. Qual Sua Marca? Você Sabe Vender Sua Imagem? *Sheila Souto

InfoProduto Já. Qual Sua Marca? Você Sabe Vender Sua Imagem? *Sheila Souto Qual Sua Marca? Você Sabe Vender Sua Imagem? *Sheila Souto Um Marketing Pessoal bem arquitetado pode alavancar de maneira decisiva seus negócios ou carreira, pois como dizem por aí: A primeira impressão

Leia mais

Assim nasce uma empresa.

Assim nasce uma empresa. Assim nasce uma empresa. Uma história para você que tem, ou pensa em, um dia, ter seu próprio negócio. 1 "Non nobis, Domine, non nobis, sed nomini Tuo da gloriam" (Sl 115,1) 2 Sem o ar Torna-te aquilo

Leia mais

Criando o hábito de ser mais produtivo

Criando o hábito de ser mais produtivo Criando o hábito de ser mais produtivo Introdução No momento atual brasileiro, aumentar a produtividade é um fator essencial para a sobrevivência das empresas. Além da produtividade, empresas de pequeno

Leia mais

É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia

É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia Entrevista a Carlos Amaral Dias É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia Andreia Sanches 04/05/2014 O politicamente correcto implica pensar que a praxe é uma coisa horrível.

Leia mais

O ABC do Programa de Fidelização

O ABC do Programa de Fidelização O ABC do Programa de Fidelização COMO E POR QUÊ RETER CLIENTES? Diagnóstico As empresas costumam fazer um grande esforço comercial para atrair novos clientes. Isso implica Investir um alto orçamento em

Leia mais

ENTREVISTA AO DR. PEDRO CARAMEZ 3ª PARTE Podcast # 5. As Redes Sociais e as Vendas

ENTREVISTA AO DR. PEDRO CARAMEZ 3ª PARTE Podcast # 5. As Redes Sociais e as Vendas ENTREVISTA AO DR. PEDRO CARAMEZ 3ª PARTE Podcast # 5 As Redes Sociais e as Vendas www.clubedasvendas.com 1 CDV (Clube das Vendas) Podíamos abordar um pouco a questão do recrutamento, pois há muitos ouvintes

Leia mais

Gung Ho! Numa organização ideal todos têm objectivos individuais, relacionais e organizacionais Will Shutz

Gung Ho! Numa organização ideal todos têm objectivos individuais, relacionais e organizacionais Will Shutz Gung Ho! Imagem de http://jpn.icicom.up.pt/imagens/educacao/estudar.jpg Numa organização ideal todos têm objectivos individuais, relacionais e organizacionais Will Shutz GUNG HO Gung Ho é a expressão chinesa

Leia mais

MANUAL GRATUITO PARA DIVULGAÇÃO NA INTERNET

MANUAL GRATUITO PARA DIVULGAÇÃO NA INTERNET SITE SALÃO DE BELEZA APRESENTA MANUAL GRATUITO PARA DIVULGAÇÃO NA INTERNET BÔNUS: Mais 20 outros lugares para divulgar além do Facebook. Atenção! Siga as instruções e divulgue mais e melhor seu salão de

Leia mais

Como contratar staff de Projetos...

Como contratar staff de Projetos... Como contratar staff de Projetos... Que qualidades estou buscando no profissional de Projetos, e como identificá-las...? Alguns exemplos do que podemos buscar..! 1. Visão 2. Orientação estratégica 3. Inovação

Leia mais

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes A criança preocupada Claudia Mascarenhas Fernandes Em sua época Freud se perguntou o que queria uma mulher, devido ao enigma que essa posição subjetiva suscitava. Outras perguntas sempre fizeram da psicanálise

Leia mais

Portadores. Luz. Por Neale Donald Walsch. Autor de Conversando com Deus

Portadores. Luz. Por Neale Donald Walsch. Autor de Conversando com Deus Portadores da Luz Por Neale Donald Walsch Autor de Conversando com Deus Em memória de Francis H. Treon um Futzu (Mestre) em Gohn Dagow (uma clássica, chinesa, suave, monacal forma de autodesenvolvimento)

Leia mais

Charles é um ser totalmente atrasado em relação à sociedade em que vive. Veio do interior e fica admirado com a imensidão da cidade grande.

Charles é um ser totalmente atrasado em relação à sociedade em que vive. Veio do interior e fica admirado com a imensidão da cidade grande. TEMPOS MODERNOS UM FILME DE Jeander Cristian, baseado na obra original de Charlie Chaplin. Pessoas apressadas andam pela cidade grande Tempo é dinheiro! Pessoas acessam informações em tempo recorde na

Leia mais

Perder Peso Pedalando

Perder Peso Pedalando Perder Peso Pedalando Pedalar: Caminho para um estilo de vida saudável. Tudo o que você precisa saber. Quase todo mudo quer perder peso para melhorar a aparência e também para a melhora geral da saúde.

Leia mais

http://emailsgratis.net

http://emailsgratis.net E-book GRATUITO Brinde aos visitantes do site Copyright 2014 Daniel Neves Todos os Direitos Reservados REVENDA PROIBIDA Conteúdo Introdução... 3 Pronto pra aprender o método que aplicará a sua lista de

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

I Can Make You Happy. Dr. Hugh Willbourn. Filipa Rosário e João Paulo Oliveira. Inclui um CD de programação da mente GRÁTIS.

I Can Make You Happy. Dr. Hugh Willbourn. Filipa Rosário e João Paulo Oliveira. Inclui um CD de programação da mente GRÁTIS. I Can Make You Happy Editado por Dr. Hugh Willbourn Traduzido do inglês por Filipa Rosário e João Paulo Oliveira Inclui um CD de programação da mente GRÁTIS SOBRE O CD DE PROGRAMAÇÃO DA MENTE 7 CAPÍTULO

Leia mais

Marketing & Comunicação

Marketing & Comunicação Marketing & Comunicação Fernando Ribeiro Dos Santos, M.Sc. O Palestrante Quem sou? FERNANDO RIBEIRO DOS SANTOS, M.Sc Formação: Graduado em Administração; Pós graduado em Andragogia; Pós graduado em EAD;

Leia mais

CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves

CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves Estado de Minas Março de 2001 O método criado pelo professor Fernando Dolabela ensina empreendedorismo a 40 mil alunos por ano. Fernando Dolabela da aula de como abrir um

Leia mais

Durante este período de

Durante este período de COLUNA Felipe mojave @Felipemojave fala que eu te escuto dúvidas frequentes passadas a limpo Felipe mojave é um dos principais jogadores brasileiros da atualidade. Faz parte do time de profissionais do

Leia mais

Capítulo Um: Você gostaria de simplificar sua vida e seu trabalho?

Capítulo Um: Você gostaria de simplificar sua vida e seu trabalho? Capítulo Um: Você gostaria de simplificar sua vida e seu trabalho? Roy Grace sentia cada vez mais que sua vida era uma constante corrida contra o relógio. Como se ele fosse um competidor em um jogo que

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II Capítulo II Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo Dois Como uma nota de $10 me deixou mais rico do que todos os meus amigos Das centenas de estratégias de construção de riqueza que

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 PASSOS PARA INVESTIR EM AÇÕES SEM SER UM ESPECIALISTA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados,

Leia mais

Protocolo da Entrevista a Maria

Protocolo da Entrevista a Maria Protocolo da Entrevista a Maria 1 O que lhe vou pedir é que me conte o que é que aconteceu de importante desde que acabou o curso até agora. Eu... ah!... em 94 fui fazer um estágio, que faz parte do segundo

Leia mais

10 Coisas Simples Que Você Pode. Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente

10 Coisas Simples Que Você Pode. Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente 10 Coisas Simples Que Você Pode Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente Geração de tráfego e converter os leads resultantes em vendas é o último desafio para qualquer comerciante ou empreendedor,

Leia mais

GUIA COMO ENCONTRAR UM MENTOR DE NEGÓCIOS

GUIA COMO ENCONTRAR UM MENTOR DE NEGÓCIOS GUIA COMO ENCONTRAR UM MENTOR DE NEGÓCIOS Se você já entendeu que ter mentor é uma estratégia poderosa para acelerar seu negócio, saiba agora como encontrar o seu. Sobre Andrea Jackson Andrea é administradora

Leia mais

Dar de comer a quem tem fome 1º E 2º CICLOS. 3ª feira, dia 26 de abril de 2016 INTRODUÇÃO

Dar de comer a quem tem fome 1º E 2º CICLOS. 3ª feira, dia 26 de abril de 2016 INTRODUÇÃO 3ª feira, dia 26 de abril de 2016 Dar de comer a quem tem fome 1º E 2º CICLOS Bom dia a todos. Preparados para mais um dia de aulas?! Muito bem! Hoje vamos falar como é importante dar comida a quem não

Leia mais

É POSSÍVEL CONVIVER COM UM LOBO? Pr. Bullón. www.sisac.org.br

É POSSÍVEL CONVIVER COM UM LOBO? Pr. Bullón. www.sisac.org.br É POSSÍVEL CONVIVER COM UM LOBO? Pr. Bullón www.sisac.org.br "No capítulo 7 da epístola aos Romanos, encontramos o grito desesperado de um homem que não conseguia viver à altura dos princípios que conhecia.

Leia mais

COMO COBRAR POR UM TRABALHO DE ORGANIZAÇÃO?

COMO COBRAR POR UM TRABALHO DE ORGANIZAÇÃO? COMO COBRAR POR UM TRABALHO DE ORGANIZAÇÃO? O GUIA COMPLETO Afinal qual é a forma correta de cobrar pelo meu trabalho? Qual o valor justo? Devo cobrar barato para ganhar o cliente ou devo cobrar caro para

Leia mais

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS Desânimo total Acho que minhas forças estão indo abaixo, ando meio desmotivado!!!! Não quero desanimar, mas os fatores externos estão superando minha motivação... cobrança

Leia mais

UWU CONSULTING - DESCUBRA 10 RAZÕES PORQUE O OUTSOURCING TORNA A SUA EMPRESA MAIS COMPETITIVA 2

UWU CONSULTING - DESCUBRA 10 RAZÕES PORQUE O OUTSOURCING TORNA A SUA EMPRESA MAIS COMPETITIVA 2 UWU CONSULTING - DESCUBRA 10 RAZÕES PORQUE O OUTSOURCING TORNA A SUA EMPRESA MAIS COMPETITIVA 2 INDICE 04 O que é o Outsourcing? 09 Como o implementá-lo na sua empresa 11 Vantagens e desvantagens 13 Conclusão

Leia mais

Entendendo a Psicologia como um negócio. Desenvolvendo seus Produtos e Serviços. Preparando sua plataforma de lançamentos

Entendendo a Psicologia como um negócio. Desenvolvendo seus Produtos e Serviços. Preparando sua plataforma de lançamentos Sumário Capítulo 1... 11 Entendendo a Psicologia como um negócio Capítulo 2... 33 Posicionamento de Mercado Capítulo 3... 63 Construindo suas bases Capítulo 4... 93 Desenvolvendo seus Produtos e Serviços

Leia mais

Não é o outro que nos

Não é o outro que nos 16º Plano de aula 1-Citação as semana: Não é o outro que nos decepciona, nós que nos decepcionamos por esperar alguma coisa do outro. 2-Meditação da semana: Floresta 3-História da semana: O piquenique

Leia mais