IDAAM GAMA FILHO MANUAL DO ALUNO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Manaus - Amazonas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IDAAM GAMA FILHO MANUAL DO ALUNO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Manaus - Amazonas"

Transcrição

1 IDAAM GAMA FILHO MANUAL DO ALUNO DE PÓS-GRADUAÇÃO Manaus - Amazonas

2 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO IDAAM/UGF PROCESSO DE SELEÇÃO MATRÍCULA CURSOS MBA EXECUTIVO ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO EDUCAÇÃO CIÊNCIAS AMBIENTAIS INFRA-ESTRUTURA MATERIAL DIDÁTICO SALAS DE AULA E RECURSOS AUDIOVISUAIS ESTACIONAMENTO BIBLIOTECA LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA FACILIDADES VIA-WEB NORMAS E PROCEDIMENTOS ACADÊMICOS SOLICITAÇÕES DECLARAÇÕES APROVEITAMENTO DE DISCIPLINAS AFASTAMENTO/ CANCELAMENTO DO CURSO REMATRÍCULAS TRANSFERÊNCIA INTERNA (MUDANÇA DE TURMA / CURSO) REPOSIÇÃO DE MÓDULO CALENDÁRIO ACADÊMICO HORÁRIO DAS AULAS TCC CERTIFICADO AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO ACADÊMICO FREQÜÊNCIA AVALIAÇÃO NORMAS E PROCEDIMENTOS FINANCEIROS MENSALIDADES DESCONTOS CÓDIGO DE ÉTICA SETORES DO IDAAM (TELEFONES, E HORÁRIOS)

3 4 Mensagem ao Aluno Prezado aluno, Seja bem-vindo às atividades educacionais do Instituto Dados da Amazônia IDAAM em parceria com a Universidade Gama Filho UGF. É gratificante recebê-lo como parte de nossa Instituição. Ao confiar em nossa instituição e nos propósitos deste programa de Pós- Graduação do IDAAM, você nos permite contribuir na sua formação enquanto profissional e cidadão. Juntos, construiremos um novo capítulo na história da Educação em todo o norte do país. O Programa de Pós Graduação lato sensu do IDAAM/UGF surge para complementar a formação profissional de graduados a partir de uma visão da realidade amazônica e dos problemas setoriais desta região. Vem com o objetivo de especializar profissionais, preparando-os para o mercado de trabalho. A Pós-Graduação é um instrumento indispensável ao aprimoramento profissional, compreendendo instrumentos de ensino didaticamente adequados à qualificação dos recursos humanos. A você que inicia agora sua primeira especialização, ou a quem neste curso dá continuidade aos seus planos profissionais, esteja certo de que compartilhamos com compromisso os seus objetivos. Trabalharemos arduamente para torná-lo um profissional capaz e um cidadão completo. Obrigado por confiar no IDAAM e ter escolhido a nossa Instituição, que tem como missão desenvolver Atividades na área Educacional nos Estados da Região Amazônica, visando o desenvolvimento do conhecimento técnico-científico para a sociedade, de forma que todos os cidadãos tenham a oportunidade democrática a Educação. Boas aulas! Equipe IDAAM/UGF

4 5 1. Apresentação Este Manual foi desenvolvido para esclarecer as dúvidas mais freqüentes dos alunos e oferecer uma visão ampla dos cursos de especialização ofertados pela Instituição em parceria com Universidade Gama Filho. O propósito deste documento é dar condições ao aluno a um melhor aproveitamento da atividade acadêmica e entrosamento com o nosso corpo docente e administrativo. A proposta é facilitar a compreensão dos procedimentos acadêmicos, financeiros e disciplinares a serem adotados por nossos alunos. Esses procedimentos estão previstos no regimento escolar e no regulamento de Pós- Graduação que, em caso de dúvidas, deve ser considerado como documento legal oficial da unidade. As informações contidas neste manual poderão ser alteradas ou suprimidas ao longo dos períodos letivos, de acordo com as determinações da Instituição. 2. Pós-Graduação IDAAM/UGF O IDAAM possui convênio firmado com a Universidade Gama Filho para Ministrar cursos de Pós-Graduação Lato Sensu na cidade de Manaus e em toda a região norte do Brasil. A Universidade Gama Filho é reconhecida pelo Decreto Federal Nº de 25 de fevereiro de 1972, e pelo Decreto E Nº 903 de 17 de novembro de 1965 e goza de autonomia universitária que a credencia a realizar cursos de Pós-Graduação e expedir certificados para os alunos concluintes dos mesmos. 3. Processo de Seleção Os candidatos deverão preencher a ficha de inscrição, recolher a taxa e anexar os seguintes documentos: Cópia autenticada do Diploma de Graduação, devidamente registrado; Cópia autenticada do Histórico Escolar; Cópia da Cédula de Identidade e do CPF; Cópia da Certidão de Casamento; Curriculum Vitae (atualizado); Uma foto 3 x 4; Cópia do Registro no CREA (para cursos específicos).

5 6 A seleção é realizada em duas fases, cada uma delas eliminatória. Na primeira fase, é realizada uma análise do Curriculum Vitae e do histórico escolar da graduação. Na segunda fase, a critério da Coordenação dos cursos, os candidatos poderão ser submetidos à prova escrita, para avaliação de sua capacidade para ingresso na Pós- Graduação. 3.1 Matrícula Os alunos aprovados no processo de seleção deverão efetuar a matrícula no prazo fixado pela Direção. O candidato que não puder efetuar sua matrícula pessoalmente poderá fazer por procuração. O aluno que utilizar documentos falsos ou não idôneos para a matrícula, além das punições previstas em Lei, terá sua matrícula anulada e perderá os pagamentos já efetuados. 4. Cursos Os cursos terão a duração mínima de 360 (trezentas e sessenta) horas-aula, exceto os cursos da Área de Saúde e Segurança do Trabalho que possuem carga horária diferenciada, não computado o tempo de estudo individual ou em grupo sem assistência docente. Os cursos são ministrados no período de dezoito meses ou três semestres letivos, período este que varia de acordo com o curso pretendido, não devendo exceder o prazo de dois anos consecutivos para o cumprimento da carga horária. 4.1 MBA Executivo O MBA Executivo realizado pelo Convênio da Universidade Gama Filho UGF com o Instituto Dados da Amazônia IDAAM é um marco do compromisso com uma nova forma de ensinar que garanta resultados efetivos: Aprender os conceitos e suas aplicações práticas. Com o objetivo de desenvolver um aprendizado estimulante e profundo, as disciplinas do curso são desenvolvidas com uma metodologia que apresenta os fundamentos da gestão empresarial por meio de exposições e estudos de caso que simulem os constructos de decisão encontrados no dia-a-dia da gestão de negócios. O curso é desenvolvido por meio de um conjunto de disciplinas obrigatórias e ênfases estratégicas nas áreas de Gestão Empresarial, Gestão de Pessoas, Gerenciamento de Projetos e Marketing.

6 7 4.2 Engenharia e Gestão Industrial Os cursos de Engenharias tratam da aplicação dos métodos de engenharia e dos princípios das ciências de gestão no projeto, organização e gestão de sistemas produtivos. Tais estudos auxiliam o profissional a desenvolver suas atividades direcionadas para a racionalização da utilização dos recursos da empresa (pessoas, máquinas, sistemas de transporte, recursos de informática, recursos financeiros, ferramentas, espaço, etc.) com o objetivo de melhorar o seu desempenho global. O propósito dos Cursos de Pós-Graduação nas Engenharias é formar profissionais com competências técnico/científicas avançadas essenciais para a concepção, modelagem, análise e a gestão dos complexos sistemas das empresas de bens e de serviços. O curso é desenvolvido por meio de um conjunto de disciplinas obrigatórias e ênfases estratégicas nas áreas de Engenharia de Produção, Engenharia da Qualidade, Logística e Distribuição, Gestão estratégica de TI. 4.3 Saúde e Segurança do Trabalho O programa de saúde e segurança do trabalho foi desenvolvido para atender às novas exigências sociais e profissionais do mercado. O propósito do programa é a transferência do conhecimento cientifico para a sociedade, promovendo ganhos tanto para os colaboradores que terão um profissional capacitado e atualizado zelando por sua integridade física e mental, quanto para as empresas que se poderão se beneficiar com elevação da produtividade. 4.4 Educação Os cursos de Pós-Graduação em Educação, oferecidos pelo IDAAM/UGF, têm como concepção norteadora a efetivação de seus projetos de extensão educacionais e compromisso social junto às Secretarias de Educação dos Estados da Amazônia Legal e seus municípios sob uma perspectiva de desenvolver e potencializar as habilidades intelectuais e humanas do seu alunado em especial de todo profissional da educação que direta ou indiretamente está contribuindo para a formação e desenvolvimento das novas gerações amazônidas que enfrentam o grande desafio do contexto político educacional que é o de situar a perspectiva de uma educação e prática social inclusiva num vasto espaço geográfico com grandes dificuldades de acesso. Enfim, instituir e contribuir de forma efetiva e qualitativa nos programas e projetos institucionais de educação.

7 8 4.5 Ciências Ambientais As especializações na área Ambiental da Universidade Gama Filho UGF estão organizadas sobre um projeto moderno, idealizados e concebidos por profissionais e educadores com objetivo de capacitar os participantes quanto ao efetivo emprego de conceitos teóricos e práticos associados à Gestão Ambiental, ao Desenvolvimento Regional Sustentável e à Educação Ambiental. Estas especializações surgem a partir de uma maior demanda por Profissionais com formação específica, capazes de atuar diante da crescente preocupação da sociedade com a preservação do meio ambiente e dos desafios relativos ao agravamento do efeito estufa e o aquecimento global. 5. INFRA-ESTRUTURA 5.1 Material Didático A Pós-Graduação oferecerá ao aluno através de download ou acesso via internet as apostilas e demais materiais didáticos dos módulos previstos no curso. 5.2 Salas de Aula e Recursos Audiovisuais A localização das salas ocorrerá através de um painel localizado no pátio da escola. O aluno deve identificar no painel em qual sala está a sua turma. A turma será indicada pela sigla definida na data da matrícula. Entre os módulos poderá haver a troca de salas de aula, porém todas as mudanças serão destacadas neste painel. Em cada sala de aula do IDAAM haverá um microcomputador, um projetor, tela de projeção e sistema de sonorização e eventualmente quadros interativos. Os equipamentos disponibilizados em sala de aula, somente poderão ser ligados e desligados na presença do professor. 5.3 Estacionamento Quando da vinda às aulas, no período noturno, o aluno tem a sua disposição o estacionamento ao lado da Distribuidora Pedrosa e Cia no lado direito da Av. Djalma Batista no sentido centro-bairro, logo após a passarela em frente ao IDAAM. Sugere-se a todos os alunos que utilizem esta estrutura gratuita e que também façam a travessia pela passarela até o IDAAM.

8 9 5.4 Biblioteca Complementando a infra-estrutura de apoio ao estudo, os alunos podem contar com a biblioteca do IDAAM, que possui um acervo constantemente ampliado e atualizado e instalações adequadas para o estudo individualizado. Horário de atendimento de segunda a sexta-feira das 17:00 as 21:00h e, aos sábados, das 8:00 as 12:00h. 5.5 Laboratório de Informática O IDAAM conta com um laboratório de informática contando com 42 máquinas. A utilização dos laboratórios está condicionada às regras estabelecidas por um regulamento próprio, que deve ser do conhecimento prévio de todos aqueles que deles desejam fazer uso. 5.6 Facilidades via-web Através do portal do IDAAM, o aluno poderá acessar diversos links que facilitam o processo educacional. No site é possível acessar todos os telefones e e- mail s úteis dos diversos setores da instituição, bem como acessar o Sistema de Gestão Acadêmica SGA e o Sistema Escolar WEBPOS. O SGA tem como finalidade promover a comunicação entre alunos, professores e coordenação. É a ferramenta de envio de comunicados e mensagens. As apostilas e demais materiais didáticos são enviados por este meio eletrônico. Quaisquer informações postadas no SGA por parte da coordenação e administração são consideradas comunicações oficiais. Dessa forma, Cabe ao aluno ficar atualizado com as mensagens do SGA. Já o WEBPOS é a ferramenta para o aluno conferir suas notas, freqüência, emitir 2ª via de boleto e outros serviços. O acesso ao WEBPOS é efetuado através do portal do IDAAM. Para tanto, será necessário ter em mãos o número de matrícula e a senha de acesso provisória disponível nos guichês da Central do Aluno. 6. Normas e Procedimentos Acadêmicos 6.1 Solicitações Todas as solicitações deverão ser realizadas formalmente através de requerimento na Central do Aluno, que posteriormente encaminhará à Secretaria Institucional órgão responsável por todos os registros acadêmicos da Instituição.

9 10 O aluno terá a sua disposição o atendimento da Coordenação do curso, mediante prévio agendamento nos guichês da Central do aluno. 6.2 Declarações Serão expedidas mediante solicitação formal do aluno e pagamento de taxa administrativa. O prazo para entrega será definido pela Secretaria Institucional. 6.3 Aproveitamento de Disciplinas O aluno poderá solicitar através de requerimento na Secretaria de Pós-Graduação o aproveitamento de disciplinas cursadas em nível de Pós-Graduação em outras Instituições de Ensino Superior, mediante documentação comprobatória, podendo a Direção deferir ou não o pedido, após julgamento dos documentos apresentados. Os critérios serão similaridade de ementa e carga horária de outra disciplina cursada também em nível de Pós- Graduação. Fica esclarecido que o aproveitamento das disciplinas não implicará em redução do custo do curso. 6.4 Afastamento/ Cancelamento do Curso O aluno poderá requerer junto ao IDAAM, a qualquer momento, o trancamento do curso. O aluno deverá protocolizar requerimento específico na Central do Aluno da Pós- Graduação. O trancamento poderá ocorrer uma vez por curso em período ininterrupto. Este trancamento terá a duração máxima de até 6 (seis) meses. Ao final deste período, se o aluno não tiver requerido sua reativação de matrícula, este deverá reingressar na Instituição através de uma nova matrícula, devendo apresentar toda documentação exigida. O aluno egresso poderá protocolizar junto a Instituição requerimento solicitando aproveitamento das disciplinas cursadas, conforme critérios estabelecidos no item 6.3. Na hipótese de trancamento, será devido pelo aluno ao IDAAM o valor equivalente à carga horária total calculada até o mês da referida solicitação. No caso de o aluno estar devidamente matriculado e requerer trancamento ou cancelamento de matrícula, não haverá devolução dos valores pagos. 6.5 Rematrículas Entre as diversas etapas do curso haverá um procedimento de rematrícula. Neste processo, o aluno com pendências acadêmicas ou administrativas não terá assegurada a continuidade de seu curso. A oferta de turmas obedecerá aos quantitativos de alunos regulares, podendo o aluno com irregularidades vir a perder a sua vaga.

10 11 No processo de rematrícula, a seqüência das aulas de uma turma nos mesmos dias da semana poderá ser alterada caso haja fatores que gerem desequilíbrio na equação econômico-financeira do presente contrato. 6.6 Transferência Interna (Mudança de Turma / Curso) O aluno deverá solicitar através de requerimento a transferência de curso ou de turma junto à secretaria da pós-graduação, mediante pagamento de taxa administrativa. A coordenação avaliará o pedido e, de acordo com a disponibilidade de vagas, procederá ou não o deferimento. 6.7 Reposição de Módulo A Reposição de Módulo deverá ser sempre precedida de requerimento, com o pagamento de uma mensalidade relativa ao Módulo/disciplina no ato da solicitação, quando necessário. A Reposição de Módulo ocorrerá nas seguintes situações: 1. Aluno perdeu módulo/disciplina por motivos de saúde ou trabalho: O aluno poderá ficar isento do pagamento da mensalidade, correspondente ao módulo, mediante apresentação de declaração de trabalho e/ou atestado médico e após deferimento da Secretaria Institucional. 2. Aluno perdeu o módulo/disciplina em virtude de reprovação por notas, freqüência ou motivos particulares: O aluno deverá pagar o valor correspondente a uma mensalidade, relativa ao módulo/disciplina; 3. Aluno perdeu o módulo/disciplina por motivo de pendência acadêmica/administrativa: O aluno deverá pagar o valor correspondente a uma mensalidade, relativa ao módulo/disciplina. 4. Aluno perdeu o módulo/disciplina por ter ingressado em turma em andamento: O aluno deverá ingressar com pedido de reposição do módulo. O aluno poderá ficar isento do pagamento da parcela correspondente a reposição do módulo perdido, desde que comprovado pela Secretaria Institucional através da data de matrícula do aluno. 6.8 Calendário Acadêmico Todas as atividades pertinentes ao período letivo ficam dispostas no calendário acadêmico vigente, disponível na Internet e nos murais da Instituição. Ocorrendo evento que

11 12 motive a suspensão de aulas, será elaborado um novo calendário de atividades acadêmicas contemplando as aulas não ministradas no respectivo período. 6.9 Horário das Aulas De segunda a sexta as aulas ocorrerão nos seguintes horários: 1º Tempo - 18h30 às 19h10 2º Tempo - 19h10 às 19h50 Intervalo das 19h50 às 20h05 3º Tempo - 20h05 às 20h45 4º Tempo - 20h45 às 21h25 5º Tempo - 21h25 às 22h05 6º Tempo - 22h05 às 22h45 Aos Sábados, as aulas ocorrerão nos seguintes horários: 1º Tempo - 8h00 às 8h40 2º Tempo - 8h40 às 9h20 3º Tempo - 9h20 às 10h00 Intervalo das 10h00 às 10h20 4º Tempo - 10h20 às 11h00 5º Tempo - 11h00 às 11h40 6º Tempo - 11h40 as 12h TCC O trabalho de conclusão de curso, monografia ou outra modalidade indicada no projeto pedagógico deverá ser orientado obrigatoriamente por um professor do programa e será considerado aprovado após ser submetido à banca ou a aprovação do orientador e de um membro do corpo docente. O prazo de entrega do trabalho de conclusão de curso é de até 30 dias, após a última aula de orientação do referido trabalho. O aluno que for aprovado deverá entregar na secretaria da Pós-Graduação 01 (uma) cópia do TCC encadernado com capa dura na cor preta ou azul, 02 (duas) cópias impressas

12 13 simples e 01 (uma) cópia em CD no formato PDF, exceto alunos da área de Educação que deverão entregar três cópias impressas simples e 01 (uma) cópia em CD no formato PDF Certificado Após a conclusão de todos os módulos/disciplinas com aproveitamento e freqüência mínimos exigidos e a aprovação da monografia ou trabalho de conclusão de curso, conforme os critérios estabelecidos neste manual, o aluno fará jus ao Certificado de Conclusão de Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. Para obter o Certificado, o aluno deverá ter sua situação acadêmica e financeira regulares. O prazo de entrega ao aluno é de 120 (cento vinte) dias, após a data de solicitação. O requerimento deverá ser protocolizado junto à Central do Aluno, em formulário próprio, devidamente preenchido. Os Certificados serão acompanhados do respectivo Histórico Escolar, do qual constarão: I - relação das disciplinas, carga horária, nota ou conceito obtido pelo aluno e nome e qualificação dos professores por elas responsáveis; II - período em que o curso foi realizado e a sua duração total, em horas de efetivo trabalho acadêmico; III - título da monografia ou do trabalho de conclusão do curso e nota ou conceito obtido; 7. Avaliação de Desempenho Acadêmico 7.1 Freqüência A verificação do rendimento escolar será feita por disciplina, abrangendo os aspectos de assiduidade e aproveitamento. Entende-se por assiduidade a freqüência às atividades correspondentes a cada disciplina, sendo a freqüência obrigatória por força de lei. Aquele que não atingir a freqüência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) estará automaticamente reprovado. A reprovação do aluno implicará na anulação de todos os instrumentos de avaliação, mesmo que, eventualmente, já registrados. Fica o aluno obrigado a cursar novamente a disciplina, de acordo com o item 6.7. Não há, sob qualquer circunstância, abono de faltas. O aluno deverá administrar suas prováveis faltas dentro do limite de 25% (vinte e cinco por cento) permitido na Lei de Diretrizes e Bases do MEC. Atendendo ao parecer nº 731/99 da Consultoria Jurídica do MEC. Diz o parecer: Não há amparo legal para o abono de faltas à estudantes que com base em suas convicções religiosas, que deixam de comparecer às aulas certos dias da semana.

13 Avaliação O aproveitamento, em cada disciplina será avaliado por meio de provas, exames, trabalhos e projetos, bem como pela participação e interesse demonstrados pelo aluno. As notas serão expressas em escalas de graus numéricos, de zero a dez, admitindo-se apenas a fração de meio ponto. Para ser aprovado, em qualquer disciplina, é necessário que o aluno obtenha, no mínimo, a nota final 7,0 (sete), além da freqüência mínima obrigatória de 75% (setenta e cinco por cento). O aluno que não alcançar a nota final 7,0 (sete) poderá repetir por mais uma vez a mesma disciplina, obrigando-se a 75% (setenta e cinco por cento) de freqüência e ao pagamento do valor do módulo indicado pela Diretoria de Pós Graduação e Pesquisa. 8. Normas e Procedimentos Financeiros 8.1 Mensalidades a) O curso será pago em 19 (dezenove) parcelas mensais. As parcelas terão seu vencimento no dia 05 de cada mês. b) Os valores dos encargos educacionais para cada semestre letivo serão divulgados de acordo com a legislação vigente. c) O aluno poderá obter descontos de antecipação de pagamento se quitar sua mensalidade até a data do vencimento. d) As mensalidades não quitadas até a data de vencimento serão cobradas com os devidos acréscimos legais. e) A ausência ou abandono do aluno não dará direito à restituição de importâncias pagas nem o eximirá do pagamento das mensalidades vincendas. f) Os requerimentos serão cobrados de acordo com tabela afixada na Instituição. g) Ao assinar o Contrato de Prestação de Serviços o aluno estará aceitando as normas e procedimentos financeiros estabelecidos neste manual. h) É facultado à Instituição, no caso de atraso de mensalidades superior a 30 dias, encaminhar o débito para escritório especializado em cobrança, onde todas as despesas e custas desta cobrança extrajudicial correrão por conta do aluno, inclusive no que tange aos honorários advocatícios. i) A mensalidade paga através da Internet ou por qualquer outro meio eletrônico só será considerada quitada após a identificação, pela Instituição, da entrada do crédito correto em sua conta corrente bancária.

14 15 j) O aluno não matriculado é considerado inexistente para a Instituição, correndo por sua conta e risco o fato de assistir às aulas sem estar devidamente matriculado, não podendo em hipótese alguma requerer a validação dos atos acadêmicos. k) O aluno, para efetuar a matrícula acadêmica, deverá estar sem débitos anteriores. Os débitos existentes terão que ser pagos integralmente no ato da matrícula, devidamente corrigidos com os acréscimos legais. l) O aluno receberá no ato da matrícula ou pelo correio os boletos bancários no endereço indicado em seu contrato, caso não ocorra, deverá solicitar a 2ª via do boleto, na Central do Aluno ou emitir uma segunda via através do Sistema Escolar WEBPOS. m) Os casos omissos serão encaminhados à Coordenação Jurídica para análise. 8.2 Descontos O IDAAM ser reserva o direito de fazer promoções e ofertar descontos em campanhas promocionais. 9. Código de Ética O IDAAM, comprometido com os mais elevados padrões de conduta, tem a honestidade, a integridade e a ética como valores fundamentais para seus alunos, funcionários, professores, coordenadores e diretores. Com base nestes princípios, compromete-se a fornecer um ensino de qualidade e a oferecer um ambiente agradável e motivador, que contribua efetivamente para o pleno desenvolvimento do potencial de seus alunos e para a construção do conhecimento e desenvolvimento profissional. Em vista disso, o intuito deste código é estabelecer de forma explícita os padrões que devem direcionar o comportamento dos alunos que fazem parte dos nossos Cursos de Pós- Graduação. São estes os princípios a serem seguidos pelos alunos da escola: Diversidade. É fundamental o respeito pela diversidade, ou seja, não serão admitidas discriminações por raça, religião, sexo, cor ou classe social. Transparência. Espera-se de todos total adesão aos padrões de honestidade pessoal, franqueza e transparência. Honestidade Intelectual. Entende-se que provas e trabalhos individuais devam ser realizados pelo próprio aluno, sendo, obviamente, plágios e colas condutas inadmissíveis. Toda documentação referente a certificados apresentados sob solicitação, justificativas de

15 16 viagens de trabalho, declaração de conhecimentos, declaração de presença e outras situações devem obedecer a este princípio. Comprometimento. Espera-se que todos envidem esforços na direção de fixar e consolidar os conteúdos das disciplinas de seus Cursos de Pós-Graduação. Respeito. O IDAAM espera que todos se dirijam à diretoria / autoridades, aos coordenadores, aos professores, aos outros estudantes e ao pessoal administrativo da instituição, tratando-os com a devida consideração e respeito. Este item abrange tanto os contatos diretos quanto às avaliações, solicitações e outras comunicações escritas. Logicamente, a instituição e todos seus integrantes deverão dispensar igual tratamento aos alunos. Atitude construtiva. Esperam-se dos alunos atitudes que promovam a solução dos problemas e harmonia entre os integrantes do grupo, evitando atos de incitação à indisciplina coletiva. Preservação do Patrimônio da Escola. Devem os alunos zelar para conservação das instalações e dependências, dos materiais, dos móveis e utensílios, dos equipamentos e de todo o material de uso individual e coletivo. Conduta em sala de aula. O IDAAM espera uma conduta que contribua positivamente ao aprendizado. Conversa paralela, alimentação em sala de aula, atendimento de celulares, e outras condutas perturbadoras devem ser evitadas. Conduta nas dependências do IDAAM. É proibido aos alunos o uso de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos ou de qualquer outro produto fumígero, derivado ou não de tabaco, e bebidas alcoólicas em recinto coletivo, privado ou público nas dependências do IDAAM, bem como não será tolerado nenhum tipo de agressão física ou moral. É proibido aos alunos trajar nas dependências da instituição bermudas, short, bonés, sandálias, chinelos, camisetas, mini-blusas e mini-saias. Imagem. Contribuir com atos e atitudes para manter o prestígio e bom conceito da instituição e do curso, dentro e fora do recinto Escolar. Observância a Normas e Regulamentos. Uma instituição de ensino precisa de normas e de regulamentos para permitir uma convivência adequada. Nesse sentido, o IDAAM espera que todos os alunos cumpram os seus regulamentos. Espera-se que o aluno tenha maturidade intelectual e padrões de comportamento compatível com o ambiente universitário. Conforme disposições regimentais constituem infrações disciplinares: algazarra ou rixa; injúria, calúnia ou difamação; agressão física ou verbal; danificação de material

16 17 escolar, móveis, utensílios e objetos em geral; atentado à moral ou ao decoro; conduta imprópria na instituição ou fora dela; improbidade no regime escolar; desrespeito ou desacato aos docentes e funcionários. De acordo com a gravidade da infração cometida, o aluno estará sujeito à advertência verbal, advertência escrita, suspensão e desligamento do curso.

17 Setores do IDAAM (telefones, e horários) Secretaria Institucional Telefone: Central do Aluno Telefone: Horário de Funcionamento: segunda a sexta das 15:00 as 21:00h e aos sábados de 8:00 as 12:00h Central de Informações e Matrículas Telefone: Horário de Funcionamento: segunda a sexta das 8:00 as 21:00h e aos sábados de 8:00 as 12:00h Setor Financeiro/Tesouraria Telefone: Horário de Funcionamento: segunda a sexta das 8:00 as 21:00h e aos sábados de 8:00 as 12:00h

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC 2014 ÍNDICE CAPÍTULO I... 3 Da Constituição, Natureza, Finalidade e Objetivos dos Cursos... 3 CAPÍTULO II... 3 Da Implantação dos Cursos...

Leia mais

REGULAMENTO GERAL Programas Executivos

REGULAMENTO GERAL Programas Executivos REGULAMENTO GERAL Programas Executivos Brasília, março de 2009. Prezado (a) aluno (a), É com satisfação que lhe entregamos o regulamento dos Programas Executivos. Nele você encontrará orientações sobre

Leia mais

PROF. RAIMUNDO NONATO DA COSTA SABÓIA VILARINS Presidente do Conselho Universitário Reitor Pro Tempore da UERR

PROF. RAIMUNDO NONATO DA COSTA SABÓIA VILARINS Presidente do Conselho Universitário Reitor Pro Tempore da UERR Dispõe sobre a aprovação do Regulamento Geral da Pós Lato Sensu da Universidade Estadual de Roraima. O PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO E REITOR PRO TEMPORE DA - UERR, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

Lato Sensu - Especialização

Lato Sensu - Especialização Regulamento Geral do Núcleo de Pós- Graduação Lato Sensu - Especialização CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu - Especialização da Fundação Educacional de Além

Leia mais

Regulamento do Núcleo de Pós- Graduação Lato Sensu - Especialização

Regulamento do Núcleo de Pós- Graduação Lato Sensu - Especialização Regulamento do Núcleo de Pós- Graduação Lato Sensu - Especialização Juiz de Fora-MG Regulamento do Núcleo de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Os Cursos

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO E PÓS-GRADUAÇÃO INTEGRADOS

CURSO PREPARATÓRIO E PÓS-GRADUAÇÃO INTEGRADOS CURSO PREPARATÓRIO E PÓS-GRADUAÇÃO INTEGRADOS MANUAL DO PÓS GRADUANDO PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU 2006 Este Manual tem por finalidade transmitir informações aos pós-graduandos, com o objetivo de proporcionar-lhes

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO. Ingressantes 2010. Junho/2010 Página 1 de 14

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO. Ingressantes 2010. Junho/2010 Página 1 de 14 REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO Ingressantes 2010 Página 1 de 14 SUMÁRIO 1. OBJETIVO DO CURSO 2. ESTRUTURA DO CURSO 2.1) Visão geral 2.2) Pré-requisitos 2.3) Critérios de contagem

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Braz Cubas oferecidos nas

Leia mais

RESPOSTAS RÁPIDAS A PERGUNTAS FREQUENTES INSCRIÇÕES E MATRÍCULA

RESPOSTAS RÁPIDAS A PERGUNTAS FREQUENTES INSCRIÇÕES E MATRÍCULA RESPOSTAS RÁPIDAS A PERGUNTAS FREQUENTES INSCRIÇÕES E MATRÍCULA 1. Como fazer para me inscrever num dos Programas de Pós-graduação Lato Sensu da FADBA? Basta consultar nossa página através do site www.adventista.edu/pos.

Leia mais

Empresa / Turma: Curso: Aluno (a): Declaro ter recebido, estar ciente e concordar com as normas estabelecidas pela documentação abaixo citada.

Empresa / Turma: Curso: Aluno (a): Declaro ter recebido, estar ciente e concordar com as normas estabelecidas pela documentação abaixo citada. Empresa / Turma: Curso: Aluno (a): Declaro ter recebido, estar ciente e concordar com as normas estabelecidas pela documentação abaixo citada. Regulamento Acadêmico dos cursos do FGV in company Código

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Em conformidade com a Resolução CNE/CES n 1, de 08 de Junho de 2007 e o Regimento da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Aprovado pelo Parecer CONSEPE

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Boa Leitura! INSTITUTO DIMENSÃO Pós- Graduação e Extensão Universitária

MANUAL DO ALUNO. Boa Leitura! INSTITUTO DIMENSÃO Pós- Graduação e Extensão Universitária MANUAL DO ALUNO O objetivo deste manual é facilitar a comunicação da Instituição com seus alunos. Ele responde a maioria das dúvidas frequentemente levantadas e catalogadas. Aqui você encontrará as informações

Leia mais

REGULAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 - Este REGULAMENTO rege as normas e disciplina, nos planos pedagógico, didático, científico, administrativo, disciplinar

Leia mais

ANO 2014 2º SEMESTRE

ANO 2014 2º SEMESTRE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 095/2014, de 25/04/2014 PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS APROVADOS NO PROGRAMA

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH)

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (PGPE) Coordenação Geral do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu (CGPPGL) Edital do processo seletivo referente

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO CAPITULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - Os cursos de pós-graduação da UNIABEU são regidos pela Lei Federal 9394/96 Lei de Diretrizes

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 2014

MANUAL DO ALUNO 2014 MANUAL DO ALUNO 2014 APRESENTAÇÃO Caro Acadêmico, Agradecemos por você ter escolhido o IESG para sua formação profissional. No Manual do Aluno você encontrará informações importantes e necessárias para

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Para consultar se uma instituição é credenciada é só acessar o endereço eletrônico

MANUAL DO ALUNO. Para consultar se uma instituição é credenciada é só acessar o endereço eletrônico 1 O CEPAN Centro de Ensino Panoramica, representante comercial com exclusividade da Faculdade Associada Brasil FAB, Credenciada e reconhecida pelo MEC através da Portaria nº. 1387, D.O. U de 09 de Julho

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CENTRAL PAULISTA UNICEP DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E CURSOS DE EXTENSÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CENTRAL PAULISTA UNICEP DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E CURSOS DE EXTENSÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CENTRAL PAULISTA UNICEP DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E CURSOS DE EXTENSÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO MODALIDADE SEMIPRESENCIAL CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA orientam-se pelas normas especificadas neste Regulamento e estão sujeitos ao

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da UNINOVA destinam-se a portadores de diploma de nível superior,

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES 2012

REGULAMENTO PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES 2012 REGULAMENTO PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES 2012 1) Constitui pré requisito para o ingresso no Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes 2012 UNINOVE a apresentação de Diploma

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

EDITAL 04/2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA DE INSTITUIÇÕES FILANTRÓPICAS E ORGANIZAÇÕES SOCIAIS

EDITAL 04/2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA DE INSTITUIÇÕES FILANTRÓPICAS E ORGANIZAÇÕES SOCIAIS EDITAL 04/2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA DE INSTITUIÇÕES FILANTRÓPICAS E ORGANIZAÇÕES SOCIAIS A Faculdade Católica Dom Orione, Araguaína TO, torna pública a abertura das inscrições para

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC por

Leia mais

Diretora Acadêmica: Profª. Me. Otávia Borges Naves de Lira

Diretora Acadêmica: Profª. Me. Otávia Borges Naves de Lira FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais

FGV LAW PROGRAM Regulamento dos Cursos do Programa de Inglês Jurídico Rio de Janeiro

FGV LAW PROGRAM Regulamento dos Cursos do Programa de Inglês Jurídico Rio de Janeiro FGV LAW PROGRAM Regulamento dos Cursos do Programa de Inglês Jurídico Rio de Janeiro 1.0 DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA Art. 1º O FGV Law Program da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio

Leia mais

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da FERLAGOS orientam-se pelas normas

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições para os

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira

ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira DÉCIMA SELEÇÃO PARA ADMISSÃO AO CURSO DE DIREITO JUDICIÁRIO E MAGISTRATURA DO TRABALHO (PÓS - GRADUAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO PÓS-GRADUAÇÃO TÍTULO I DAS DIRETRIZES GERAIS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PARCERIA TECNOLÓGICA COM O COMPLEXO DE ENSINO RENATO SARAIVA (CERS) Art. 1º - Os cursos de Pós - Graduação

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO O Conselho de Administração, Ensino, Pesquisa e Extensão Consaepe, considerando as suas atribuições RESOLVE aprovar o Regulamento dos

Leia mais

Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE Coordenação de Pós-Graduação, Extensão e Atividade Complementares CEPAC

Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE Coordenação de Pós-Graduação, Extensão e Atividade Complementares CEPAC FACULDADE DA IGREJA MINISTÉRIO FAMA Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE Coordenação de Pós-Graduação, Extensão e Atividade Complementares CEPAC Regulamento Geral dos Cursos de Pós-Graduação

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira

ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira DÉCIMA SELEÇÃO PARA ADMISSÃO AO CURSO DE DIREITO JUDICIÁRIO E MAGISTRATURA DO TRABALHO (PÓS - GRADUAÇÃO

Leia mais

Normas e Procedimentos para os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (MBA, Especialização e Aperfeiçoamento)

Normas e Procedimentos para os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (MBA, Especialização e Aperfeiçoamento) Normas e Procedimentos para os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (MBA, Especialização e Aperfeiçoamento) 1 Contato com alunos O contato com o aluno de Pós-Graduação da UCS acontece, de forma preferencial,

Leia mais

PORTARIA Nº 1015/GAB, DE 21 DE JULHO DE 2008.

PORTARIA Nº 1015/GAB, DE 21 DE JULHO DE 2008. PORTARIA Nº 1015/GAB, DE 21 DE JULHO DE 2008. O DIRETOR GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO PAULO, no uso de suas atribuições legais, resolve: Art. 1º - Aprovar as Normas Acadêmicas

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE SÃO GOTARDO ltda. Avenida Francisco Resende Filho, 35 - São Gotardo/MG CEP 38800-000

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE SÃO GOTARDO ltda. Avenida Francisco Resende Filho, 35 - São Gotardo/MG CEP 38800-000 PORTARIA Nº 21, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2005 Dispõe sobre a regulamentação dos Programas de Pósgraduação Lato Sensu no âmbito do Centro de Ensino Superior de São Gotardo CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EAD CNEC - FAQ

PÓS-GRADUAÇÃO EAD CNEC - FAQ PÓS-GRADUAÇÃO EAD CNEC - FAQ 1 - Quem pode fazer um curso de Pós-Graduação à distância da CNEC? Os cursos de Pós- Graduação da CNEC EAD podem ser realizados por qualquer pessoa que tenha concluído curso

Leia mais

Regulamento Alunos FGV Management

Regulamento Alunos FGV Management Regulamento Alunos FGV Management REGULAMENTO DE ALUNOS DOS CURSOS FGV MANAGEMENT Edição agosto 2007 ÍNDICE TÍTULO I DAS ATRIBUIÇÕES DE RESPONSABILIDADES Capítulo I Das Coordenações Acadêmicas do FGV Management

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

FACULDADE METODISTA GRANBERY GABINETE DA DIREÇÃO PORTARIA Nº 01/2015

FACULDADE METODISTA GRANBERY GABINETE DA DIREÇÃO PORTARIA Nº 01/2015 FACULDADE METODISTA GRANBERY GABINETE DA DIREÇÃO PORTARIA Nº 01/2015 Ementa: Altera e estabelece o Regulamento Financeiro para os cursos de graduação da Faculdade Metodista Granbery. O TESOUREIRO DO INSTITUTO

Leia mais

Impressão e Editoração 31 3667-2062 / 0800 0055151. Site: www.faved.com.br E-mail: faleconosco@faved.com.br

Impressão e Editoração 31 3667-2062 / 0800 0055151. Site: www.faved.com.br E-mail: faleconosco@faved.com.br GUIA INFORMATIVO Curso: PÓS-GRADUAÇÃO Impressão e Editoração 31 3667-2062 / 0800 0055151 Rua Zacarias Roque - Nº 63 - Centro - Coronel Fabriciano-MG CEP 35.170-025 Prezado (a) aluno (a), seja bem-vindo

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 11. Recife,2015

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 11. Recife,2015 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 11 Recife,2015 Sumário Edital nº 9 - Admissão de alunos para os cursos de Pós-Graduação A Faculdade Boa Viagem (FBV/Devry), estabelecimento de

Leia mais

FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 03 CEPPE, DE 07 DE JULHO DE 2015

FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 03 CEPPE, DE 07 DE JULHO DE 2015 FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 03 CEPPE, DE 07 DE JULHO DE 2015 Oferta de curso de pós-graduação (lato sensu), em nível de especialização em

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2 º SEMESTRE DE 2015

PROCESSO SELETIVO 2 º SEMESTRE DE 2015 1 Processo Seletivo 2015.2 Edital FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC RIO PROCESSO SELETIVO 2 º SEMESTRE DE 2015 SENAC RJ FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC RIO O SENAC Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO Sumário TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO I Da Caracterização do Curso... 3 CAPÍTULO

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

Manual do Candidato. Grupo Educacional LBS-FAPPES. Vestibular FAPPES 2016. WEST PLAZA R. Barão de Tefé, 247 - São Paulo - SP, 05003-100

Manual do Candidato. Grupo Educacional LBS-FAPPES. Vestibular FAPPES 2016. WEST PLAZA R. Barão de Tefé, 247 - São Paulo - SP, 05003-100 Grupo Educacional LBS-FAPPES CREDENCIADO PELO MEC. DECRETO N 485 de 09/02/2006 Manual do Candidato Vestibular FAPPES 2016 1. Disposições Gerais 1.1. O Processo Seletivo consiste na seleção e classificação

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO 1 Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios, na modalidade a distância. O Reitor da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC

Leia mais

MANUAL DO ALUNO DE PÓS-GRADUAÇÃO

MANUAL DO ALUNO DE PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DO ALUNO DE PÓS-GRADUAÇÃO O INSTITUTO O IPOG é uma Instituição de Ensino Superior (IES) composta por cursos de excelência que atendem às exigências do mercado, fundamentados na valorização do ser

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 19

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 19 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 19 SUMÁRIO 1. Da validade 3 2. Das inscrições 3 3. Das entrevistas, avaliação de currículo e de histórico escolar 3 4. Da classificação 4 5.

Leia mais

R E G I M E N T O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO EM TEORIA LITERÁRIA DOS OBJETIVOS

R E G I M E N T O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO EM TEORIA LITERÁRIA DOS OBJETIVOS R E G I M E N T O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO EM TEORIA LITERÁRIA DOS OBJETIVOS Artigo 1º - O Programa de Pós-Graduação em Letras tem por objetivo a formação de docentes destinados

Leia mais

PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL 2016-1

PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL 2016-1 PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL 2016-1 Dúvidas mais Frequentes 1. O que é Processo Seletivo ENEM? É o processo que oferece vagas aos candidatos que pretendem cursar a Faculdade a partir de Fevereiro/2016,

Leia mais

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FADR

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FADR FACULDADE DARCY RIBEIRO Manual do Aluno FADR Fortaleza Ceará SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. CURSOS... 3 2. PROCEDIMENTOS... 3 3. CARTEIRAS ESTUDANTIS... 10 4. DIREITOS E DEVERES DO ALUNO... 11 5. REGIME

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB EDITAL CURSOS TÉCNICOS Instituto Bondespachense Presidente Antônio Carlos - IBPAC FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB BOM DESPACHO 2013 SUMÁRIO 1 EDITAL... 03 2. HISTÓRICO... 04 3. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições para os

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA A REGULAMENTAÇÃO DA ATIVIDADE DE PÓS-GRADUAÇÃO

NORMAS GERAIS PARA A REGULAMENTAÇÃO DA ATIVIDADE DE PÓS-GRADUAÇÃO NORMAS GERAIS PARA A REGULAMENTAÇÃO DA ATIVIDADE DE PÓS-GRADUAÇÃO Regimento de Pós-Graduação CAPÍTULO I Da Caracterização, Fins e Objetivos Art.1º As presentes normas visam, em conjunto com o Regimento

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão de Projetos Sociais, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC por meio da

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015.1A EDITAL Nº 0009 VERSÃO 3

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015.1A EDITAL Nº 0009 VERSÃO 3 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015.1A EDITAL Nº 0009 VERSÃO 3 SUMÁRIO 1. Da validade 3 2. Das inscrições 3 3. Das entrevistas, avaliação de currículo e de histórico escolar 3 4. Da classificação

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão, Auditoria e Licenciamento Ambiental, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo

Leia mais

Formação de Formadores

Formação de Formadores REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: Formação de Formadores São Paulo 2012 1 Sumário Título I Da Constituição do Programa... 03 Capítulo I Dos Fins e Objetivos... 03 Capítulo II

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016.1A EDITAL Nº 0013 VERSÃO 2

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016.1A EDITAL Nº 0013 VERSÃO 2 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016.1A EDITAL Nº 0013 VERSÃO 2 SUMÁRIO 1. Da validade 3 2. Das inscrições 3 3. Das entrevistas, avaliação de currículo e de histórico escolar 3 4. Da classificação

Leia mais

EDITAL 001/2015 DE MATRÍCULA E REMATRÍCULA PARA PÓS-GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 Sessão A (2015.2A) i

EDITAL 001/2015 DE MATRÍCULA E REMATRÍCULA PARA PÓS-GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 Sessão A (2015.2A) i Página1 EDITAL 001/2015 DE MATRÍCULA E REMATRÍCULA PARA PÓS-GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 Sessão A (2015.2A) i O Presidente do Conselho Universitário (CONSU) do Centro Universitário Ítalo Brasileiro (UniÍtalo),

Leia mais

Regulamento dos Cursos Pós Graduação Lato Sensu FGV Management

Regulamento dos Cursos Pós Graduação Lato Sensu FGV Management Regulamento dos Cursos Pós Graduação Lato Sensu FGV Management ÍNDICE TÍTULO I - DOS ATOS ADMINISTRATIVOS 3 Capítulo I Da Seleção e Matrícula Capítulo II Da Realização de Disciplinas pelo FGV Online Capítulo

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Fica aprovado, em anexo, o Regulamento dos Programas de Pós-Graduação Lato Sensu da FAE Centro Universitário.

R E S O L U Ç Ã O. Fica aprovado, em anexo, o Regulamento dos Programas de Pós-Graduação Lato Sensu da FAE Centro Universitário. RESOLUÇÃO CONSEPE 09/2009 APROVA O REGULAMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. O Presidente do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE, no uso das

Leia mais

Pró Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

Pró Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Pró Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU VASSOURAS - RJ 2010 REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Rio de Janeiro, 2003 CAPÍTULO I DOS CURSOS: MODALIDADES E OBJETIVOS Art. 1º. Em conformidade com o Regimento Geral de nos termos da Lei de Diretrizes e Bases da

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM COMUNICAÇÃO E MARKETING Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5 1. Dos Requisitos e Documentos para o Ingresso Para ingressar nos cursos de ensino superior o candidato deve ter concluído o Ensino Médio, prestar processo seletivo da IES ou ingressar por uma das formas

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR NACIONAL DE SEGUROS DE SÃO PAULO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO DE 2016 1º SEMESTRE

ESCOLA SUPERIOR NACIONAL DE SEGUROS DE SÃO PAULO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO DE 2016 1º SEMESTRE ESCOLA SUPERIOR NACIONAL DE SEGUROS DE SÃO PAULO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO DE 2016 1º SEMESTRE A Direção Acadêmica da Escola Superior Nacional de Seguros de São Paulo, localizada à Av. Paulista, 2421

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Antônio Corrêa de Lacerda Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Regina Maria d Aquino Fonseca Gadelha Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016. 1A EDITAL Nº 04

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016. 1A EDITAL Nº 04 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016. 1A EDITAL Nº 04 João Pessoa, 2015 Sumário Edital nº 04 - Admissão de alunos para os cursos de Pós-Graduação A Devry João Pessoa, estabelecimento de ensino

Leia mais

EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1

EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 O Diretor Superintendente da Faculdade Autônoma de Direito FADISP, no uso de suas atribuições regimentais e em acordo com a Lei nº. 9394/1996 das Diretrizes

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Processo Seletivo 2016 1.º semestre

MANUAL DO CANDIDATO. Processo Seletivo 2016 1.º semestre MANUAL DO CANDIDATO Processo Seletivo 2016 1.º semestre A UNIVERSIDADE PAULISTA faz saber que estão abertas as inscrições, nos locais e horários indicados no item DAS INSCRIÇÕES do presente manual, para

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO

Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO 1. Apresentação O curso de Pós Graduação Lato Sensu em Psicologia Educacional da POSGLOGAL visa a formação profissional de graduados que tenham

Leia mais

3o 4o 5o 6o Art. 8o Art. 9o

3o 4o 5o 6o Art. 8o Art. 9o REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU TÍTULO I GENERALIDADES Art. 1 o A Fundação Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Mandaguari FAFIMAN - poderá oferecer cursos de pós-graduação lato

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Institui o Regulamento dos cursos de Pós-graduação lato sensu em da Escola de Direito de Brasília EDB, mantida pelo Instituto Brasiliense de Direito

Leia mais

EDITAL VESTIBULAR FLORENCE AGENDADO SEMESTRE LETIVO 2016.1

EDITAL VESTIBULAR FLORENCE AGENDADO SEMESTRE LETIVO 2016.1 EDITAL VESTIBULAR FLORENCE AGENDADO SEMESTRE LETIVO 2016.1 EDITAL N 15 2016 PROCESSO SELETIVO 2016.1 A Diretora Geral do Instituto Florence de Ensino Superior, no uso de suas atribuições regimentais, torna

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Engenharia Biomédica

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Engenharia Biomédica EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. Luiz Carlos de Campos Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Annie France Frere Slaets Estarão abertas, no período de 14/04/2014 a 05/05/2014, as

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.1A EDITAL Nº 05

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.1A EDITAL Nº 05 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.1A EDITAL Nº 05 SUMÁRIO 1. Da validade 3 2. Das inscrições 3 3. Das entrevistas, avaliação de currículo e de histórico escolar 3 4. Da classificação 4 5.

Leia mais

REGIMENTO INTERNO Ato: Resolução Nº 009/2010- CONSUP

REGIMENTO INTERNO Ato: Resolução Nº 009/2010- CONSUP Pág. 1 de 10 DO PROGRAMA DE PÓS- DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS DOS CURSOS Art. 1 o A Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação é o órgão

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O Programa de Pós-graduação lato sensu da FAZU - Faculdades Associadas de Uberaba, tem por objetivo

Leia mais

FGV LAW PROGRAM Regulamento dos Cursos do Programa de Inglês Jurídico Rio de Janeiro

FGV LAW PROGRAM Regulamento dos Cursos do Programa de Inglês Jurídico Rio de Janeiro FGV LAW PROGRAM Regulamento dos Cursos do Programa de Inglês Jurídico Rio de Janeiro 1.0 DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA Art. 1º O FGV Law Program da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio

Leia mais

REGULAMENTO 1- DOS OBJETIVOS E DA ORGANIZAÇÃO GERAL

REGULAMENTO 1- DOS OBJETIVOS E DA ORGANIZAÇÃO GERAL REGULAMENTO 1- DOS OBJETIVOS E DA ORGANIZAÇÃO GERAL 1.1 - O Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Comunicação: Imagens e Culturas Midiáticas constitui-se em atividade de Ensino do Departamento de Comunicação

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016.1A EDITAL Nº 13. Recife,2015

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016.1A EDITAL Nº 13. Recife,2015 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO.1A EDITAL Nº 13 Recife,2015 Sumário Edital nº 13 - Admissão de alunos para os cursos de Pós-Graduação A Faculdade Boa Viagem (FBV/Devry), estabelecimento de ensino

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES

CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES Art. 1º - Os cursos de pós-graduação lato sensu da Universidade Castelo Branco destinam-se a diplomados em cursos de graduação e em cursos superiores que atendam às

Leia mais

Regulamento do Programa de Estudos Pós-Graduados em EDUCAÇÃO: PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO.

Regulamento do Programa de Estudos Pós-Graduados em EDUCAÇÃO: PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO. Regulamento do Programa de Estudos Pós-Graduados em EDUCAÇÃO: PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO. 1- Objetivos do Programa Artigo 1º - São objetivos do Programa: I - capacitar pessoal em nível de Mestrado Acadêmico,

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ÍTALO BOLOGNA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ÍTALO BOLOGNA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL No. 03/2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ÍTALO BOLOGNA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Seleção de candidatos às vagas nos cursos de Pós- Graduação lato sensu Gestão da Manutenção Industrial

Leia mais

Faculdade Politécnica de Uberlândia EDITAL DO PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR PARA O 2º SEMESTRE DE 2011

Faculdade Politécnica de Uberlândia EDITAL DO PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR PARA O 2º SEMESTRE DE 2011 Faculdade Politécnica de Uberlândia EDITAL DO PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR PARA O 2º SEMESTRE DE 2011 O Diretor Acadêmico da Faculdade Politécnica de Uberlândia, no uso de suas atribuições Regimentais

Leia mais

Perguntas Frequentes Pós-Graduação

Perguntas Frequentes Pós-Graduação 1. Quem pode fazer um curso de a distância da CNEC? Os cursos de da CNEC EAD podem ser realizados por qualquer pessoa que tenha concluído curso superior. Cada um dos cursos da CNEC EAD possui um público-alvo

Leia mais