Excelência de debates é destacada pelos participantes do 1º RECON

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Excelência de debates é destacada pelos participantes do 1º RECON"

Transcrição

1 Informativo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - Regional Minas Gerais Fechamento autorizado Pode ser aberto pela ECT Ano XX Nº 93 junho/julho/agosto 2014 Rua Araguari, sala CEP Belo Horizonte - Minas Gerais Excelência de debates é destacada pelos participantes do 1º RECON Págs. 6 e 7 Entrevista O cirurgião plástico Antônio Roberto Bozola, autor de técnicas internacionais, fala sobre a profissão Pág. 3 Memória No túnel do Tempo, as fotos do Congresso Brasileiro de 1994 Pág. 10 e 11 Residência Conheça os Serviços Credenciados de CP da Universidade Federal de Uberlândia e da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro Págs 4 e 5

2 Cartas e s Parabéns pelo Recon! Parabéns pelo RECON! Excelente conteúdo, alto nível de apresentações. Aprendi muito, pena que não tenho muitas oportunidades para atuar nesta área, mas valeu! Atenciosamente, Julio Tahara Caros Tonico, Marcelo e Alfonso, e Alexandre Munhoz, Foi um prazer muito grande estar com vocês em BH, em um evento científico de um nível tão alto, que em poucos lugares pude viver situações semelhantes. Parabéns a vocês que conseguiram trazer pessoas de tão alto nível para aprendermos e compartilharmos conhecimentos. Parabéns! Grande a braço Carlos Toledo Este é o espaço reservado para a correspondência do leitor com o Plástica em Minas. A cada edição, publicaremos aqui os comentários, sugestões, críticas e opiniões de nossos leitores. Participe! As pessoas que se interessarem em nos enviar suas cartas poderão fazêlo pelos s: e fazitocomunicacao.com.br Expediente PRESIDENTE: Antônio Carlos Vieira SECRETÁRIO: Marcelo Versiani Tavares TESOUREIRO: Alfonso Sempertegui Site: Telefone: (31) REPORTAGEM, REDAÇÃO E EDIÇÃO: Fazito Comunicação Ltda. Jornalista responsável: Vilma Fazito 1988/MT/JP Reportagem: Marina Rodrigues 1900/MT JP Site: Fotografia: Fazito Comunicação e JB Costa Marcelo Versiani Secretário SBCP-MG Alfonso Sempertegui Tesoureiro da SBCP-MG Recados da Diretoria 2 Ninguém chega a uma 19ª edição de um evento por acaso. A vida de hoje não permite indolência. Se chegamos à l9ª edição da Jornada Mineira de Cirurgia Plástica é porque estamos no caminho certo. Um orgulho para a Regional da SBCP. Estamos somando experiência, dividindo informações, multiplicando conhecimento. É uma operação quantitativa pelos números e qualitativa pelo alcance de sua importância. A grade científica organizada pela Comissão Científica e coordenada por Eduardo Nigri confirma a proposta de excelência de debates. E, mais uma Todo cuidado é pouco. Diz o ditado: quem conta um conto aumenta um ponto! O que dizer na era digital? Rápido, fácil, capaz de alcançar dimensões colossais e com os mais variados efeitos. Em um mundo caótico, que respira insegurança e vive assustado, bastam algumas tecladas e pronto! Instala-se um verdadeiro tsunami social. Irracionalmente aprisionados pelo pânico que nos inebria, ficamos pseudoparalisados e primitivamente reativos. Ainda que céticos Caros colegas Antônio Carlos Vieira Presidente da SBCP-MG É com satisfação que recebemos os dados do levantamento anual da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS) em relação à realização de cirurgias plásticas estéticas nos 95 países representados pela sociedade. Pela primeira vez, desde que o estudo é realizado, o Brasil ultrapassou os EUA em número de procedimentos estéticos em A maior parte dos procedimentos estéticos continua sendo realizado em mulheres (87,2%), sendo o procedimento mais realizado a mamoplastia de aumento, seguido por lipoaspiração, blefaroplastia e lipoescultura com vez, estamos fazendo história: pela primeira vez, a programação de um evento da Regional foi fechada com três meses de antecedência. A par de nossos eventos e realizações, estamos empenhados, junto com o CRM e o DEPRO, em denunciar a prática ilegal de procedimentos que ferem a ética médica por profissionais da especialidade. Por isso, vamos intensificar o nosso olhar para essas ocorrências, com o objetivo de qualificar cada vez mais a nossa profissão. Nem tudo que reluz é OURO! sobre o fato, compartilhamos com alguns e assim sucessivamente. Ganha corpo a imaginação maliciosa de um anônimo qualquer. Atos assim, infelizmente, têm se tornado virais nos meios eletrônicos atuais. Abordam temáticas diversas e inimagináveis da vida cotidiana e, invariavelmente, desnudam os frágeis mantos da estabilidade e agigantam gasparzinhos adormecidos. Não se deixe envolver. Não propague! Racionalidade e muita cautela neste momento; afinal, parece, mas não é! lipoenxertia. Observa-se, também, um aumento no número de procedimentos estéticos nos homens, sendo o mais realizado a rinoplastia, seguido por tratamento de ginecomastia, blefaroplastia e lipoaspiração. Tal levantamento mostra, ainda, que o Brasil é o segundo em número de especialistas em cirurgia plástica, ficando atrás apenas dos EUA. Isso tudo reflete a importância da cirurgia plástica brasileira e a necessidade de continuarmos trabalhando juntos, engrandecendo ainda mais nossa especialidade no mundo.

3 Entrevistas 3 Antônio Roberto Bozola: um cirurgião sem fronteiras Formado em 1968 pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto da USP, o cirurgião plástico Antônio Roberto Bozola é, desde a sua fundação em 1984, o regente do Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital de Base da Faculdade de Medicina de S.J. do Rio Preto. Ele é o autor da técnica sobre Retalho de Bucinador Bozola s Flap utilizada na Harvard Medical School. E também da técnica sobre Mamoplastia com Cicatriz em L, que foi incluída em 1991 no Year Book of Plastic, Reconstructive and Aesthetic Surgery. Sua vocação para a medicina foi transmitida geneticamente: Bozola tem um filho cirurgião plástico e uma filha dermatologista. O genro é também dermatologista. E três sobrinhos são cirurgiões plásticos. Nesta entrevista à Plástica em Minas, ele falou sobre a carreira, o 1º RECON e Angelina Jolie. 1. O que o senhor percebe nos recém-formados cirurgiões plásticos? Em uma grande maioria, os recém formados em cirurgia plástica têm um deficit de formação na cirurgia reparadora. Eles acabam se desinteressando por essa área porque, na vida profissional, não gera dividendos financeiros. Os convênios e o SUS não remuneram o mínimo necessário. Mas eles se esquecem do dividendo técnico. Sem conhecer muito bem as reparações, eles não serão ótimos no segmento estético e não saberão resolver suas complicações. Além disso, abrimos a guarda para os invasores que depois continuam caminhando em direção às estéticas. Como disse o Versiani: Nós é que praticamos a evasão. Lamentável para nosso futuro. 2. O senhor já operou em países como EUA, Itália, Espanha e Eslovênia. E agora faz cirurgias de alta complexidade em Milão e Trieste. Que tipo de cirurgias são essas? Eu já fiz cirurgias plásticas demonstrativas em inúmeros países da América Latina, EUA e Europa, em Cursos ou Congressos. Na Itália, como tenho lá alguns ex-residentes e estagiários que estiveram por algum tempo nos visitando, separam os casos mais complexos, inclusive de reparadoras, e vou até lá, opero e aproveito para um bom passeio. Mas o sentido não é ganhar euros, é melhorar mais a qualidade deles. Antigamente, os cirurgiões italianos não gostavam de ensinar os jovens e estes buscavam o Brasil. E como sou sangue puro italiano, procurava ajudá-los a vencer barreiras. E venceram. Quase não precisam mais da minha presença. 3. O primeiro Simpósio de Intercorrências no Brasil foi realizado pelo senhor em São Paulo. Em Minas, o evento já completou sua oitava edição. O que acha dessa proposta? É verdade que fomos o primeiro a levantar o problema das complicações da especialidade em um Simpósio realizado em 1992, aqui em Rio Preto. E outro em agosto do ano passado. Penso que, para o nosso aprendizado, temos que discutir ao máximo nossas complicações, sem medo. Um caso complicado ensina mais que 100 casos perfeitos. Os colegas mineiros entenderam muito bem isso e, atualmente, existem mesas de Jornadas Regionais e do Congresso Brasileiro sobre o tema. Amém. 4. No 1º RECON, realizado nos dias 16 e 17 de maio em Belo Horizonte, o foco foi a discussão, conceituação e novidades nas técnicas e pesquisas multidisciplinares Antônio Roberto Bozola de oncologistas, mastologistas, cirurgiões plásticos e radiologistas na reconstrução da mama pós-câncer. Existe uma definição sobre onde começa e acaba a especialidade de cada um nesse procedimento? Há muito tempo que eu não participava de uma reunião científica tão importante para nossa especialidade como o primeiro Recon, com várias gerações de médicos discutindo tudo sobre câncer de mama e reconstrução. Aproveitei mais do que contribuí. E ficou mais do que claro que o tratamento multidisciplinar obtém resultados melhores do que fazê-lo individualmente. Temos que oferecer a essas pacientes não um simples tratamento, mas o melhor existente no mundo, e isso só é possível em equipe. 5. Uma de suas máximas é o Tripé da Ética. Como essas definições filosóficas norteiam sua vida profissional? Existem várias definições para a palavra ética. Na minha opinião, ética é sinônimo de honestidade em um tripé que se auto-sustenta, sem mancar. É honestidade com você mesmo, com seus pares, incluindo colegas profissionais e da mesma especialidade, e com nossos pacientes. Infelizmente, hoje no Brasil, em todas as áreas de atuação, estamos no caminho inverso: condutas enganosas, antiéticas e autofágicas são crescentes. Desonestas. 6. Em sua palestra sobre a Evolução na Reconstrução Mamária nos últimos 20 anos, que o senhor ressaltou que eram 30, foi citado o caso da atriz Angelina Jolie e sua decisão de retirada total dos seios. O que acha dessa atitude? Faria essa operação? A Angelina Jolie tomou a atitude correta. É só pensar que ela teria chance de quase 90% de contrair um tumor de mamas em sua vida, por causa de sua genética. Eu realizo essa cirurgia há mais de 10 anos em nossas pacientes (sem autonomização de aréolas), por duas causas. 1) Preventivamente, quem teve tumor em uma mama tem 0.5% de chance de contraí-lo na outra a cada ano de sua vida a mais que a população normal, segundo nossos mastologistas. Se não for portadora do BrCa 1-2, senão as chances aumentam muito. E já encontramos Ca in situ na mama contralateral em dois casos. 2) Esteticamente, se refazemos uma mama com o auxílio de uma prótese, é impossível obter simetria tentando remodelar os tecidos da outra. E, se conseguirmos, em médio prazo ficarão assimétricas. Então o mastologista faz uma adenomastectomia subcutânea e nós reparamos a mama contralateral também com prótese. Antes do episódio da Jolie, às vezes, as pacientes tinham dúvidas. Depois dela, todas pedem. O que denominei de Fenômeno Angelina Jolie. É o poder da mídia e dela. 7. O que acha dos profissionais mineiros? Eu tenho, desde longa data, muita afinidade com os colegas mineiros, que são produtivos, educados, inteligentes, respeitadores, amigos. Entrei como especialista para a SBCP examinado pelo querido Evaldo D Assumpção, como titular pelo Osvaldo de Castro e os mais maduros sabem de minha amizade com o Lindolfo Chaves, a quem devo muito do meu conhecimento. O Odo Adão eu conheço desde meu colegial em Uberaba, e esta faz parte da grande Igarapava, onde nasci. Portanto, sou meio mineiro. Não posso me referir a todos porque, certamente, esquecerei alguém que não devia. Mas estão em meu coração como amigos. E tem uma geração de jovens maduros, feras, nos quais confio as mudanças de rumos de nossa especialidade. Não só aí, mas em todo o Brasil. Há muito tempo eu não participava de uma reunião científica tão importante para nossa especialidade como o 1º RECON

4 Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital de Clínicas em Uberaba Serviços credenciados 4 A Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro foi fundada em 1953, em uma edificação antes usada como cadeia da cidade de Uberaba, fato realmente inusitado. Em 1960, houve a federalização da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro pelo então Presidente da República Juscelino Kubitschek de Oliveira. Outro nome é destaque na história da Faculdade: o atual Presidente da SBCP, João de Moraes Prado Neto, formado na turma de A disciplina de Cirurgia Plástica foi instituída oficialmente em 1982, pelo então diretor da Faculdade de Medicina, José Fernando Borges Bento, também cirurgião plástico, e Odo Adão, responsável pela solicitação e que permaneceu como chefe da disciplina. Residência O Serviço de Formação de Residentes em Cirurgia Plástica foi implantado em 1989 e teve seu credenciamento reconhecido pelo Ministério de Educação e Cultura em 14 de setembro de O regente era Odo Adão, que permanece no cargo até hoje. Na época, os preceptores, todos membros da SBCP, eram José Fernando Borges Bento, Luciano Palis Horta (in memoriam), Paulo Roberto Borges Cherulli (in memoriam), Luiz Humberto Toyoso Chaem e Marco Túlio Rodrigues da Cunha. O credenciamento do serviço junto à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica foi em janeiro de Atualmente, estão no quadro de colaboradores Odo Adão (Regente), Luiz Humberto Toyoso Chaem, Marco Túlio Rodrigues da Cunha (Responsável pela Disciplina), Manoel Pereira da Silva Neto (Supervisor da Residência), Carlos Renato Rodrigues da Cunha (Preceptor da Residência), Marco Aurélio de Oliveira Marinho e Ari Henrique Almeida Filho (Responsáveis pela Cirurgia Bucomaxilo e Craniofacial) e Luciana Rodrigues da Cunha Colombo. Residentes do SCP da Universidade Equipe do SCP da Universidade O Serviço oferece uma vaga de residência por ano. Atualmente, está com o R1 Thomas Green Morton Gonçalves dos Santos, o R2 Ivan Araújo Mota e o R3 Paulo Magno Santos Guimarães. Os atendimentos ambulatoriais e as cirurgias de porte pequeno são realizados no Ambulatório Maria da Glória (UFTM), as aulas teóricas no Centro Educacional e as cirurgias de médio e grande porte, estéticas e reparadoras, no Centro Cirúrgico do Hospital de Clínicas da UFTM. As atividades teóricas são realizadas em aula semanal, em que os residentes fazem a exposição de temas do programa da SBCP com foco na preparação para a prova de Especialista. Eles participam, ainda, de Sessões Clínicas do Departamento de Cirurgia e ministram aulas nos encontros da Liga de Cirurgia Plástica e Dermatologia da UFTM. Foco No ano de 2013, foram realizadas 480 cirurgias ambulatoriais e 357 cirurgias de médio e grande porte no Centro Cirúrgico do Hospital de Clínicas da UFTM. Centro Educacional da Universidade Federal do Triângulo Mineiro Outros procedimentos, como curativos em enfermaria no ambulatório e no centro cirúrgico, foram 685, sendo um total de 1522, portanto uma média de 507 por residente/ ano. Todos os procedimentos são realizados pelos residentes sob a supervisão de um preceptor da Disciplina de Cirurgia Plástica, no próprio Hospital da UFTM. As principais áreas de atuação são os atendimentos a traumas de membros superiores, inferiores e de face, inclusive fraturas crânio-faciais, úlceras de pressão, cirurgias estéticas, tratamento de cânceres de pele e de queimaduras de pequeno, médio e grande portes e reconstruções mamárias. As atividades de extensão são também realizadas no Hospital Hélio Angotti, especialmente nas áreas de reconstrução em oncologia, e no Hospital São Marcos de Uberaba. Segundo o responsável pela disciplina, Marco Túlio Rodrigues da Cunha, o serviço já formou vinte e nove cirurgiões plásticos. Ele completa, orgulhoso: Todos são membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e estão exercendo suas atividades com competência e dignidade.

5 Serviços credenciados Serviço de Cirurgia Plástica da Universidade Federal de Uberlândia 5 O Serviço de Cirurgia Plástica e Queimados da Universidade Federal de Uberlândia foi fundado em 1980, por José Olímpio de Freitas Azevedo. Ele também foi um dos fundadores da Escola de Medicina da UFU. Pelo Serviço, um dos primeiros dedicado ao ensino de cirurgia plástica no interior, já se formaram mais de 70 cirurgiões plásticos que, hoje, estão atuando em várias cidades brasileiras. José Olímpio foi o primeiro regente. Depois dele, o cargo foi exercido pelo cirurgião plástico Celso de Freitas Pedrosa, que foi o primeiro residente do recém criado setor. Sua atuação qualificou o Serviço como unidade de ensino ligada à Universidade Federal de Uberlândia e de Residência Médica. O credenciamento pelo MEC foi em O credenciamento pela SBCP veio em Nessa data, o cirurgião plástico Julio Dante Bonetti assumiu a regência do Serviço. Para o atual regente, o setor tem um diferencial em sua história: sua criação possibilitou a interiorização da cirurgia plástica, que há alguns anos era restrita aos grandes centros. A interiorização dos procedimentos fortaleceu o ensino e a experiência na área e, hoje, conseguimos oferecer um serviço de extrema qualidade preparando nosso residente para atuar em qualquer cidade do país, independentemente do seu porte. Residência O processo de residência é coordenado pela COREME (Comissão de Residência Médica), que faz uma prova unificada para todas as residências médicas da Universidade. Todos os anos, as informações sobre a prova são divulgadas pelo site São duas vagas credenciadas pelo MEC, com direito a bolsa de estudos. Os residentes têm atividades em todo Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia, que dispõe de oito leitos para tratamento de queimados e outros dois para cirurgias eletivas de curta permanência. A rotina deles inclui trabalho interdisciplinar com todas as especialidades e atuação na urgência, junto ao Pronto Socorro. Além das corridas de leitos, às sextas-feiras é realizada uma reunião semanal com a presença de todos os preceptores para avaliação dos casos a serem operados. Nesse dia, é ministrada uma aula sobre temas diversos da cirurgia plástica. Segundo o regente, hoje eles conseguem oferecer ao residente todas as atividades de formação dentro do Hospital de Clínicas. Nos segundo e terceiro anos terão, ainda, uma opção de estágios fora da instituição em área que ele opta para ter novas ou aprofundar experiências. Foco O foco do serviço é formar um cirurgião plástico que consiga atuar em todos os níveis. Julio Dante declara: Acreditamos que a residência é um início de formação em que o profissional terá que buscar sempre mais e mais. Hoje dispomos de nove preceptores que estão disponíveis 24 horas, com o objetivo de oferecer a melhor formação possível. O sucesso alcançado por nossos residentes, seja como profissionais em clínicas privadas ou que seguiram para a área acadêmica, mostra que eles estão saindo da residência aptos a enfrentar o mercado de trabalho em qualquer nível. E completa: Felizmente, oferecemos aos nossos residentes uma boa formação teórica, visto que eles sempre conseguem aprovação na prova de especialista. Médicos e residentes do SCP da Universidade Federal de Uberlândia

6 1º RECON 6 1º RECON reúne em BH especialista Mesa redonda debate tema do evento Nos dias 16 e 17 de maio, foi realizado em Belo Horizonte o 1º RECON Simpósio Nacional de Reconstrução Mamária. Durante o evento, no centro de convenções do Hospital Mater Dei, oncologistas, cirurgiões plásticos, geneticistas, mastologistas e radiologistas debateram os vários aspectos da reconstrução mamária, como tratamentos, avanços, políticas públicas e modelos multidisciplinares. As sequelas temporárias relativas aos tratamentos radioterápicos e quimioterápicos são problemas que merecem cuidados especiais dos médicos que compõem a equipe multidisciplinar que trata a doença. A retirada do seio, ou de parte dele, símbolo da feminilidade da mulher e de sua capacidade de amamentação, é traumatizante e a possibilidade da reconstrução é um estímulo à autoestima. O diretor do Mater Dei Henrique Salvador, a ex-deputada Maria Elvira Salles Ferreira, Sebastião Nelson Edy Guerra e a diretoria da SBCP-MG Reconstrução da autoestima O diagnóstico de um câncer é uma emergência médica e uma emergência emocional. Sofre a paciente, sofre a família. A integração das especialidades trará benefício, porque a decisão compartilhada soma conhecimento e experiências. Segundo pesquisa apresentada durante o evento, 5 mil mulheres têm câncer de mama por ano em Minas, sendo mil apenas em Belo Horizonte. São de 80 a 90 casos por mês e, consequentemente, de dois a três casos por dia. No Brasil, em 2014, são esperados casos novos de câncer de mama, com um risco estimado de 56,09 casos a cada 100 mil mulheres. A previsão está no relatório Estimativa 2014 Incidência de Câncer no Brasil, divulgado pelo INCA em novembro do ano passado. No tratamento, junto com o paciente, é preciso ter outras decisões compartilhadas quanto ao método conservador ou radical e quanto à aplicação de quimioterapia e radioterapia. De qualquer maneira, a biologia do tumor é que determinará essas decisões. Os avanços Os avanços nas áreas da oncologia clínica, na medicação e na radioterapia foram apresentados por estudiosos das áreas. Medicações novas já testam o bloqueio

7 1º RECON 7 s multidisciplinares tumoral. Na quimioterapia há, inclusive, uma previsão de queda em sua utilização nos próximos anos. A radioterapia, que os especialistas da área definem como aliada da cura mas inimiga da cirurgia plástica, é considerada o calcanhar de Aquiles no tratamento. Não é uma questão de não fazer : o foco deve ser como minimizar os efeitos e priorizar o paciente. Radioterapia e reconstrução precisam ter condutas individualizadas e, mais uma vez, a ênfase é na soma das parcerias das especialidades. Ela minimiza as intercorrências na busca da excelência para o melhor tratamento possível. Modelos assistenciais Há urgência no aperfeiçoamento dos modelos assistenciais. O tempo do doente é diferente do de uma pessoa saudável. Cirurgiões plásticos e mastologistas são unânimes em enfatizar que os centros de tratamento das doenças de mama públicos, suplementares e particulares têm que realizar uma abordagem multidisciplinar e ter os serviços integrados. A informação e conscientização são primordiais. Em Belo Horizonte, um dos exemplos citados com boas respostas na comunidade é o Hospital Alberto Cavalcanti, tido como referência. A multiplicação do processo já atinge o interior do estado. O Outubro Rosa é outra iniciativa para a conscientização sobre o câncer de mama. Na época, a ênfase é para a necessidade da realização da mamografia. Depoimentos A excelência dos temas e debates foi O cirurgião plástico Ronan Horta em sua exposição sobre O Uso de implantes nas hipertrofias realidade ou ficção Palestrantes do 1º RECON destacada pelos participantes. O coordenador da CNRM-SBCP, Alexandre Mendonça Munhoz, foi enfático: Foi uma oportunidade ímpar o 1º RECON-BH, organizado de maneira exemplar pela Regional-MG da SBCP, em especial pelos grandes colegas Antônio Carlos, Marcelo e Alfonso, em associação com a Comissão Nacional de Reconstrução Mamária (CNRM-SBCP). Foram de alto nível as discussões realizadas por brilhantes colegas de MG e de outros estados. Eventos como esse enaltecem a posição de destaque da nossa SBCP no tocante à qualidade do ensino e ao avanço da nossa especialidade no âmbito multidisciplinar da reconstrução mamária. Outros eventos virão. O cirurgião plástico paulista Antonio Roberto Bozola, que fez a conferência sobre a evolução da reconstrução mamária, considera a proposta do evento perfeita. E explica: O nosso objetivo é o paciente. E ele merece o melhor tratamento. Ele tem direito a isso. Essa junção de todos os especialistas vai oferecer a excelência nesse procedimento que é multidisciplinar. A ex-deputada Maria Elvira Salles Ferreira é autora da lei de 1999, que obriga o SUS a realizar a reconstrução mamária nas mulheres que tiveram que retirar o seio em decorrência de câncer. Maria Elvira falou sobre a trajetória jurídica e das dificuldades para se fazer uma lei. Listou a necessidade de se ter obstinação, conhecimento e paciência. Para ela, a luta valeu a pena. É um direito da mulher. E completou: O tema desse evento é da maior relevância, é essencial. É a possibilidade de inserção da mulher novamente em sua vida, no seu dia a dia. Dois residentes que estavam no Simpósio também deram seus depoimentos. Marcelo Ruback, R3 em cirurgia plástica do Mater Dei, considerou o evento importante por reunir profissionais de renome nacional unidos em um objetivo comum. Ganha a classe médica e, principalmente, o paciente, disse. Johnny Hayck é R2 também em cirurgia plástica no São José. Ele achou interessante as discussões, os temas e o questionamento sobre a quem compete a cirurgia da reconstrução mamária. Outras leis sobre reconstrução mamária Em 2001, a conquista foi estendida aos planos de saúde com a lei e, em 2013, a lei avançou mais um ponto: a obrigatoriedade da reconstrução mamária, sempre que possível, no mesmo ato cirúrgico de retirada do seio.

8 O Congresso de Cirurgia Plástica de Pouso Alegre,no sul de Minas, realizado nos dias 23 e 24 de maio no Marques Plaza Hotel chega à sua oitava edição com sucesso. A coordenação foi do regente do Hospital Universitário de Pouso Alegre, o cirurgião plástico Joel Veiga Filho. Segundo ele, o evento com cerca de cem congressistas, teve uma programação científica de alto nível e muito abrangente, elogiada por todos que tiveram a chance de participar. E completa: A finalidade é discutir as novidades dentro da nossa profissão, e congregar os colegas do Sul de Minas. Acho que o evento tem cumprido bem esse papel ao longo destes anos de existência. A Reconstrução Mamária foi VIII Congresso de Cirurgia Plástica de Pouso Alegre 8 Pouso Alegre debate temas e técnicas atuais Entrega de certificados pela participação no mutirão pré-congresso. Mesa de abertura do VIII Congresso de Cirurgia Plástica de Pouso Alegre um dos temas do programa e teve as abordagens após o tratamento conservador, com preservação do CAP, com o TRAM e com o Grande Dorsal. Outros temas foram apresentados no Congresso como os Trata- Homenagem dos Residentes e Ex-residentes aos preceptores Daniela e Joel Veiga Novas Conquistas O cirurgião plástico Walder Costa é agora Doutor em Ciências Aplicadas à Cirurgia e à Oftalmologia. A tese de seu doutorado Efeitos do Cloridrato de Isoxsuprina e da N icotina na viabilidade do retalho musculocutâneo transverso do músculo reto do abdome em ratas foi defendida no dia 26 de maio na Faculdade de Medicina da UFMG, em Belo Horizonte. O estudo ressalta que o vício do cigarro é muito temido por cirurgiões plásticos, por causar várias complicações, sendo a necrose de pele a mais grave. Nesse trabalho experimental, foi utilizado o Cloridrato de Isoxsuprina (vasodilatador), associado à Nicotina (vasoconstritor), isolados e associados. Com base na pesquisa sobre a viabilidade do TRAM monopediculado, base caudal direita, em ratas, pode-se afirmar que houve melhora significativa com o uso da solução de isoxsuprina isoladamente e que não houve influência com o uso da nicotina isoladamente e em associação com isoxsuprina. mento atuais do melanoma cutâneo e do paciente queimado e ainda as Resultados desfavoráveis em Cirurgia Plástica a importância da correta indicação e da boa relação médico-paciente. Na discussão da Mesa 6 sobre Atualidades, dois destaques: a Sensibilidade do complexo aréolo- -papilar e sexualidade após mamoplastia redutora e o Tratamento da fissura labiopalatal. Na programação do Congresso outro destaque: as homenagens aos cirurgiões plásticos Sebastião Nelson Edy Guerra e Osvaldo Ribeiro Saldanha. Defesa de tese: da esquerda para a direita, Rafael Calvão Barbuto, Fabio Xerfan Nahas, Pedro Bins Ely, Walder Costa, Armando Chiari Junior, Rui Lopes Filho, Sumara Marques Barral e Alcino Lázaro da Silva

9 O vandalismo dos ricos Junto-me a Celso, Ricardo, Alex e João. Somos daquele tipo de amigos das famosas horas certas e incertas. Ficamos ainda mais felizes quando se juntam a nós Fabrício, Toninho e Leão que, por circunstâncias alheias às nossas vontades, não são tão freqüentes, mas totalmente e igualmente queridos. Falamo-nos diariamente e nos reunimos semanalmente em happy hours. Temos gostos e pensamentos muito parecidos. Confesso que destôo um pouco na hora do vinho. Sendo o Guaraná de uma boa safra, não titubeio. Se no dia seguinte não tenho cirurgia, acrescento umas gotas de whisky e perpetuo a canção Dois prá lá dois prá cá, de Blanc e Bosco, imortalizada pela voz de Elis Regina que cantava Eu hoje me embriagando/de whisky com guaraná/ouvi tua voz murmurando/ São dois pra lá, dois pra cá. Entre as tendências da arte contemporânea, os valores proibitivos da arte moderna e a crescente valorização dos artistas ingênuos, naifs e populares, sobra- -nos tempo para reflexões filosóficas sobre a vida e o cotidiano. No nosso último encontro a pauta foi a deseducação das pessoas, independente de suas inserções sociais. dões sujos de maquiagem, palitos de picolé, papéis de bala e assemelhados que são arremessados pelas janelas do condomínio, sem dó nem piedade, como se lá embaixo fosse espaço reservado para um aterro sanitário. Uma outra contribuição a este texto remeteu- -se a uma guimba de cigarro acesa que, atirada pela janela, caiu sobre sua Tribuna Literária Carlos Eduardo Leão Membro Titular da SBCP cabeça. Ato-contínuo o amigo espanou-a sem maiores danos físicos. Diferentemente se caísse, por exemplo, num carrinho de bebê com ele dentro e as graves consequências que lhe poderiam acontecer. Isso sem falar nos prejuízos que o referido condomínio já teve com toldos, cadeiras, espreguiçadeiras e protetores de piscina, vítimas impotentes das guimbas insanas e irresponsáveis. 9 A começar pelos problemas que temos em prédios e condomínios, normalmente de excelente padrão sócio-econômico, onde os direitos e deveres dos moradores estão sendo confundidos com aqueles que habitam certas agressivas favelas, principalmente no quesito deveres. E não me refiro apenas à violência, típica dos conglomerados sem lei e sem ordem, mas à falta de educação básica necessária ao convívio pleno em comunidades humanas. E o problema nos parece epidêmico, Brasil afora. Um dos amigos conta que foi testemunha de uma agressão física de um morador contra o motorista de um vizinho que estacionou o carro pouco além do permitido. Embora não causasse nenhum prejuízo para os usuários, o fato incitou a ira. A cena, que mais parecia treinamento de UFC, foi chocante principalmente pela discrepância física entre o morador, jovem e bombado, e o franzino e sessentão chauffer que apanhou feito boi ladrão. Outro relata que a área comum de seu prédio está freqüentemente ornada por cotonetes usados, algo- O mais grave relato, porém, diz respeito ao que vem acontecendo no prédio de um amigo comum ao nosso grupo. Lá, nas áreas de convivência do condomínio é freqüente encontrar, pasmem, preservativos usados lançados pela janela. Conta o síndico que na semana passada a faxineira, indignada, apresentou-lhe um preservativo usado e repleto. Felizmente, aquelas milhares de futuras vidas lançadas pela janela não perpetuarão o legado genético do despreparo, desrespeito, deseducação e imoralidade que permeia a sociedade brasileira, vítima maior do descaso institucional com a educação, a arma mais poderosa, mais arrebatadora e única capaz de exterminar esse estado de coisa em que nos encontramos como povo e pátria. Outubro está à nossa porta. Depende de nós. Em tempo: Deseducados : educados que desistiram dessa prerrogativa; educados que, para estarem a par e passo com o pensamento político nacional vigente, entraram em férias prolongadas dessa prerrogativa há quase 12 anos.

10 Memória Congressos 10 Túnel do Tempo E desta vez na Seção do Túnel do Tempo que está fazendo um resgate histórico dos Congressos Brasileiros da SBCP realizados em Belo Horizonte, são as fotos de 1994 da 31 ª edição do evento. Se você se identifica ou identifica alguém nessas fotos, conte pra gente! Envie-nos uma nota ou outras fotos pelo Foto 1 Foto 2 Foto 3 Foto 4 Foto 5

11 Memória Congressos 11 Foto 6 Foto 7 Foto 8 Foto 9 Foto 10 ADVANCE MAXIMUM NATURAL ENHANCE NUANCE BHS: + (31) Prosilix: + (32) MTC: + (16) AN_2014_07 - Biodesign.indd 1 24/2/ :59:04

12 Fatos e Fotos 12 VIII Congresso Mineiro de Cirurgia Plástica de Pouso Alegre Joel Veiga Filho e Sebastião Nelson Edy Guerra Vitor Adissi e Osvaldo Ribeiro Saldanha Jantar de congraçamento Diretores de Minas e São Paulo reunidos no Sul Mineiro I Simpósio de Cirurgia Plástica Faculdade de Medicina - UFMG

13 Fatos e Fotos 13 1º RECON Membros da Comissão de Reconstrução Mamária com a ex-deputada Maria Elvira Salles Ferreira Oromar Moreira, Julieta Neiva Batista, Rodrigo Tostes e Marcos Leite Ian Goedert Leite Duarte, Gnana Keith e Luiz Melo Os representantes da MHM e Lifesil 1º Curso de Reconstrução Auricular Jantar de confraternização Os residentes Izabela, Felipe, Yuri e Rodrigo A cirurgiã plástica Helena Lima no 1º Curso de Reconstrução Auricular realizado de 1º a 2 de maio em Porto Velho, Rondônia. Durante o Curso organizado pelo cirurgião plástico Leandro Derbs, foram realizadas cirurgias usando o implante de silicone Modelo Dr Arrunátegui

14 19ª Jornada Mineira de Cirurgia Plástica 14 Programação Científica 01/10/14 quarta-feira 07h30-12h30 Mutirão de Cirurgias Tumores/lesões de pele 02/10/14 quinta-feira 08h00-08h30 Inscrições 1º Curso do Capítulo de Cirurgia Plástica Pós-Bariátrica 08h30-10h00 Mesa 1 Avaliação do Paciente Pós Obeso Moderador: Renato Rocha Lage - MG 1- Paulo Roberto da Costa MG Anatomia. 2- Xênia Portella Lourenço MG Procedimentos complementares e cuidados pós operatórios. 3- Narlei Amarante Pereira MG Preparo Clinico. 4- Manoel Augusto Ribas Cavalcanti PR Rotina em Cirurgia Plástica pós perda de peso maciça. 5- Jorge Antônio de Menezes MG Aspectos Jurídicos. 10h00-10h30 Coffee Break 10h30-11h00 Conferência 1: Carlos Del Pino Roxo - RJ - A Evolução da Cirurgia Pós Bariátrica 11h00-12h00- Mesa 2 Cirurgias do Paciente Pós Obeso Moderador: Hélio de Rezende Paoliello Junior - SP 1- Élvio Bueno Garcia SP Mama no paciente pós obeso. 2- Wilson Cintra Junior SP Abdomen Circular. 3- Alfredo Donnabella Cruroplastia. 12h00-14h00 Almoço 14h00-18h00 Reunião DEC Sala Mercúrio 14h00-15h30 Mesa 3 Mama: Como, Quando e Porque? Moderador: Manoel Augusto Ribas Cavalcanti - PR 1- Alexandre Alcides Mattos de Meira MG. 2- André Luis de Menezes Maranhão RJ. 3- Fernando Sanfelice André SC. 4- Sergio Augusto Conceição GO. 5- Daniel Vasconcelos Regazzini SP. 15h30-16h00 Conferência 2: Flávio Henrique Mendes - SP Abordagem Circunferencial. 16h00-16h30 Coffee Break 16h30-18h00 Mesa 4 Tórax/Dorso Moderador: Moacyr Pires de Melo Filho SP 1- Osiris José Dutra Martuscelli MG Torsoplastia 2- João Medeiros Tavares Filho RJ Gluteoplastia com implantes.

15 19ª Jornada Mineira de Cirurgia Plástica Marcelo Aniceto RJ Glúteoplastia com retalhos associado ao body lift. 4- Jose Pereira de Faria Sobrinho RJ Toracoplastia. 5- Fábio Lopes Saito SP Toracobraquiplastia. 18h00-19h00 Palestra PEC O que há de novo na indicação, cuidados e evolução dos Peelings químico, mecânico e laser no segmento cervicofacial. Coordenador: Carlos Eduardo Guimarães Leão - MG Palestrante: Romulo de Melo Mene - RJ 19h00 Solenidade de Abertura 03/10/14 Sexta-feira 08h00-09h30 Mesa 5 Abdominoplastia Moderador: Eduardo Luiz Nigri dos Santos - MG 1- Gnana Keith Marques Araujo MG - Abdominolipoplastia. 2- Kennedy Rossi Santos Silva MG - Abdominoplastia Clássica. 3- Mauro Fernando Silva Deos RS - Abdominoplastia Reversa 4- Sergio Levy Silva RJ Complicações. 5- Osvaldo Ribeiro Saldanha SP - O que não faço mais na lipoabdominoplastia. 09h30 10h00 Conferência 3: Sebastião Nelson Edy Guerra - MG Abdominolipoplastia. 10h00-10h30 Coffee Break 10h30-11h00 Conferência 4: Lydia Masako Ferreira SP - Núcleo Cientifico Perspectivas Atuais 11h00-12h30 Mesa Redonda 06: Contorno Corporal Moderador: Cláudio Salum Castro MG 1 Marilho Tadeu Dornellas MG Lipoaspiração Novas tendências. 2 Fábio Inácio da Cunha DF - Lipoaspiração secundária. 3 Luiz Haroldo Pereira Batista RJ Implantes de Panturilha. 4 Fernando Serra RJ - Gluteoplastia. 5 Junio Rios Melo (Anestesiologista) - MG Prevenção e tratamento de fenômenos embólicos. 12h00-14h00 Almoço 14h00-18h00 Reunião DEC Sala Mercúrio 14h00-15h30 Mesa Redonda 07: FACE Moderador: Lydia Masako Ferreira - SP 1- Luiz Alberto Lamana dos Santos MG Reposição Volumétrica na face. 2- Alfonso Sempértegui MG Novas tendências em lifting facial. 3- Teófilo Braz Taranto Goulart MG - Ritidoplastia Secundária. 4- Renato Rocha Lage MG Complicações. 5- Claudio Cardoso de Castro RJ Tratamento da Região Cervical 15h30-16h00 Conferência 4: Farid Hakme RJ FACE Up to date 16h00-16h30 Coffee Break 16h30-17h00 Conferência 5: Jose Yoshikazu Tariki - SP - Mastoplastia com e sem implantes. 17h00-18h30 Mesa Redonda 08: Mama Moderador: Humberto Campos - BA 1 Romeu Ferreira Daroda MG - Reconstrução Mamária com tecidos autólogos. 2 Benjamin de Souza Gomes Filho ES - Implantes cônicos. 3 Ronan Horta de Almeida MG - Mastopexia sem implantes. 4 Armando Chiari Junior MG - Mastopexia com cicatrizes reduzidas e implantes 5 Carlos Eduardo Guimarães Leão MG - Mastopexias com implantes retromusculares ou retroglandulares? 20h30 Jantar de Congraçamento (Casa Bernardi) 04/10/14 - Sábado 08h30-10h00 Mesa Redonda 09: Procedimentos minimamente invasivos Moderador: Jorge Antônio Menezes MG. 1- Ian Goedert Leite Duarte MG - Biomateriais injetáveis. 2- Valeira Rocha Maia MG Peelings. 3- Helena Regina B. Lima Boechat MG - Aplicação de Luz Pulsada e do Laser no Rejuvenescimento facial. 4- Eduardo Sucupira RJ - Redimensionamento facial com preenchimentos minimamente invasivos. 5- Paulo Keiki Rodrigues Matsudo SP - Toxina Botulínica. 10h00-10h30 Coffee Break 10h30-11h00 Conferência 6: João de Moraes Prado Neto SP Rinoplastia Minhas atuais preferências. 11h00-12h30 Mesa Redonda 10: Rinoplastia. Moderador: João de Moraes Prado Neto SP 1 Luis Henrique Ishida SP - Rinoplastias secundárias. 2 Luciano Ornelas Chaves DF - Rinoplastia aberta. 3 Carlos Inácio Coelho de Almeida MG - Rinoplastia fechada. 4 Sergio Moreira da Costa MG - Aplicabilidade dos enxertos de cartilagem. Existe espaço para os biomateriais? 5 Oromar Moreira Filho MG - O que não fazer em Rinoplastia. 12h30 Encerramento

16

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP DIRETORIA NACIONAL Presidente: LUCIANO ORNELAS CHAVES - DF 1º Vice-Presidente: DENIS CALAZANS LOMA - SP 2º Vice-Presidente: HUMBERTO CAMPOS - BA Secretário

Leia mais

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP DIRETORIA NACIONAL Presidente: JOÃO DE MORAES PRADO NETO - SP 1º Vice-Presidente: NÍVEO STEFFEN - RS 2º Vice-Presidente: DENIS CALAZANS LOMA - SP Secretário

Leia mais

LIGA ACADÊMICA DE CIRURGIA PLÁSTICA

LIGA ACADÊMICA DE CIRURGIA PLÁSTICA 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( x ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA

Leia mais

ENSINO MÉDIO Instituição de ensino: Colégio Geo Guararapes. ENSINO SUPERIOR Instituição de ensino: Universidade Federal de Pernambuco

ENSINO MÉDIO Instituição de ensino: Colégio Geo Guararapes. ENSINO SUPERIOR Instituição de ensino: Universidade Federal de Pernambuco NOME Sérgio Fernando Dantas de Azevedo ENSINO FUNDAMENTAL Instituição de ensino: Escola Bem-Me-Quer Instituição de ensino: Colégio Boa Viagem ENSINO MÉDIO Instituição de ensino: Colégio Geo Guararapes

Leia mais

Dr Vítor Eduardo de Menezes e Souza CRM-MG 37.593

Dr Vítor Eduardo de Menezes e Souza CRM-MG 37.593 Dr Vítor Eduardo de Menezes e Souza CRM-MG 37.593 Curriculum resumido Trabalhos Científicos Publicados AVALIAÇÃO DO TRAUMA BUCOMAXILOFACIAL NO HOSPITAL MARIA AMÉLIA LINS DA FUNDAÇÃO HOSPITALAR DO ESTADO

Leia mais

Sinopse Plástica XIV SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIRURGIA PLÁSTICA 2013

Sinopse Plástica XIV SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIRURGIA PLÁSTICA 2013 Sinopse Plástica XIV SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIRURGIA PLÁSTICA 2013 DVD 1 Contorno Corporal Sutura de Tensão Progressiva (Harlan Pollock) nas Abdominoplastias Dr. Walmor Feijo Abdomens Grandes Como eu

Leia mais

produtos que antes só circulavam na Grande Florianópolis, agora são vistos em todo o Estado e em alguns municípios do Paraná.

produtos que antes só circulavam na Grande Florianópolis, agora são vistos em todo o Estado e em alguns municípios do Paraná. SABOR, TRADIÇÃO E PUREZA Uma marca conhecida por sua tradicionalidade, reconhecimento no mercado e sabor irresistível, a empresa Bebidas Leonardo Sell, completa 106 anos em 2011 sendo a primeira empresa

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3

RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3 RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3 Parceria Inova - BH Odebrecht & Junior Achievem ent de Minas Gerais 1 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados... 3 2. Resultados 2013... 4 3. Resultados Pesquisas...

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO!

UMA PARCERIA DE SUCESSO! RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Parceria Santa Dorotéia e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO! 1 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados... 3 2. Resultados 2013... 4 3. Resultados Pesquisas...

Leia mais

Curso de pós-graduação latu sensu em CIRURGIA ONCOPLÁSTICA DA MAMA. Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas

Curso de pós-graduação latu sensu em CIRURGIA ONCOPLÁSTICA DA MAMA. Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas Curso de pós-graduação latu sensu em CIRURGIA ONCOPLÁSTICA DA MAMA Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas Objetivos Devido a grande e incessante expansão e diversificação dos conhecimentos médicos,

Leia mais

MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER

MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER Área Temática: Saúde Adriane de Castro Martinez Martins 1 (Coordenadora) Claudecir Delfino Verli 2 Aline Maria de Almeida Lara 3 Modalidade: Comunicação

Leia mais

CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008

CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008 CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008 I. Chamada de Ordem Adm. Glaucia Pascoaleto Araujo Conselho Regional dos Administradores de São Paulo. Reunião com Coordenadores dos

Leia mais

Tudo sobre TELEMEDICINA O GUIA COMPLETO

Tudo sobre TELEMEDICINA O GUIA COMPLETO Tudo sobre TELEMEDICINA O GUIA COMPLETO O QUE É TELEMEDICINA? Os recursos relacionados à Telemedicina são cada vez mais utilizados por hospitais e clínicas médicas. Afinal, quem não quer ter acesso a diversos

Leia mais

PROGRAMAs de. estudantil

PROGRAMAs de. estudantil PROGRAMAs de empreendedorismo e protagonismo estudantil Ciclo de Palestras MAGNUM Vale do Silício App Store Contatos Calendário Fotos Safari Cumprindo sua missão de oferecer uma educação inovadora e de

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

PESQUISA INSTITUTO AVON/IPSOS ALERTA PARA A IMPORTÂNCIA DE MULTIPLICAR INFORMAÇÕES SOBRE CÂNCER DE MAMA

PESQUISA INSTITUTO AVON/IPSOS ALERTA PARA A IMPORTÂNCIA DE MULTIPLICAR INFORMAÇÕES SOBRE CÂNCER DE MAMA PESQUISA INSTITUTO AVON/IPSOS ALERTA PARA A IMPORTÂNCIA DE MULTIPLICAR INFORMAÇÕES SOBRE CÂNCER DE MAMA Nilcéa Freire, Ministra de Estado Chefe da Secretaria de Políticas para as Mulheres, enalteceu hoje,

Leia mais

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. não Eu Não r que o f existe coleção Conversas #14 - outubro 2014 - a z fu e r tu r uma fa o para c ul m d im ad? e. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010)

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 1 of 6 02/12/2011 16:14 Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 13:58:20 Bem-vindos ao Bate-papo Educarede! 14:00:54 II Seminário

Leia mais

A PRÁTICA DE MONITORIA PARA PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL DE LÍNGUA INGLESA DO PIBID

A PRÁTICA DE MONITORIA PARA PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL DE LÍNGUA INGLESA DO PIBID A PRÁTICA DE MONITORIA PARA PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL DE LÍNGUA INGLESA DO PIBID Victor Silva de ARAÚJO Universidade Estadual da Paraiba sr.victorsa@gmail.com INTRODUÇÃO A monitoria é uma modalidade

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER II JORNADA DE TÉCNICOS DE ENFERMAGEM DO INCA

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER II JORNADA DE TÉCNICOS DE ENFERMAGEM DO INCA INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER II JORNADA DE TÉCNICOS DE ENFERMAGEM DO INCA FORMAÇÃO E EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE NA ATENÇÃO AO CÂNCER: DESAFIOS PARA OS TÉCNICOS DE ENFERMAGEM ESPECIALIZAÇÃO DO TÉCNICO

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social DISCURSO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, HENRIQUE PAIM Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Hoje é um dia muito especial para mim. É um dia marcante em uma trajetória dedicada à gestão pública ao longo de vários

Leia mais

Jornada de Cirurgia Plástica

Jornada de Cirurgia Plástica 7 a Jornada de Cirurgia Plástica de Búzios 14 a 16 de Abril de 2011 Hotel Ferradura Resort - Búzios -RJ Programa Oficial Diretoria Nacional Presidente: SEBASTIÃO NELSON EDY GUERRA Secretário: JOSÉ TEIXEIRA

Leia mais

Ensino. Principais realizações

Ensino. Principais realizações Principais realizações Reestruturação dos Programas de ; Início do Projeto de Educação à Distância/EAD do INCA, por meio da parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública ENSP/FIOCRUZ; Três novos Programas

Leia mais

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e Sexta Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e mudou o rumo da vida profissional FOLHA DA SEXTA

Leia mais

MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA:

MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA: MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA: Uma retomada da história do Curso de Geografia da UFU a partir de uma entrevista com a Profa. Dra. Suely Regina Del Grossi Revista OBSERVATORIUM: Qual (ais) a (s) razão (ões)

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

Dr. Hans Smola Germany - Heidnheim Germany Especialista em Dermatologia Médico e Professor da Universidade de Cologne

Dr. Hans Smola Germany - Heidnheim Germany Especialista em Dermatologia Médico e Professor da Universidade de Cologne Coordenação Prof. Dr. Marcus Castro Ferreira Professor Titular de Cirurgia Plástica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Chefe da Divisão de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas

Leia mais

SALA DE ESPERA DIREITOS DOS IDOSOS: SUBPROJETO DO NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, JURÍDICA E DE ESTUDOS SOBRE A PESSOA IDOSA

SALA DE ESPERA DIREITOS DOS IDOSOS: SUBPROJETO DO NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, JURÍDICA E DE ESTUDOS SOBRE A PESSOA IDOSA 110. ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( x ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA SALA DE ESPERA DIREITOS DOS IDOSOS: SUBPROJETO DO NÚCLEO

Leia mais

6D Estúdio. promessa de ir além das 3 dimensões. Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso

6D Estúdio. promessa de ir além das 3 dimensões. Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso 6D Estúdio promessa de ir além das 3 dimensões Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso ao design em movimento, em vídeo ou internet. Eles unem diferentes conhecimentos técnicos

Leia mais

Dr. Daniel Adriano Reis

Dr. Daniel Adriano Reis Curriculum Vitae Dr. Daniel Adriano Reis CRM-MG: 44828 Graduação Medicina Universidade Federal de Minas Gerais Residência Médica MEC Cirurgia Geral Hospital das Clínicas UFMG Residência Médica MEC Cirurgia

Leia mais

Boletim Informativo SIERJ. Continuação da Programação do I Congresso. de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro

Boletim Informativo SIERJ. Continuação da Programação do I Congresso. de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro Ano 07 Nº 20 Out/Nov/Dez de 2006 Boletim Informativo SIERJ Continuação da Programação do I Congresso de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro 04 Congresso promove atualização e troca de experiência

Leia mais

Blog http://conquistadores.com.br. + dinheiro + mulheres + sucesso social (mini e-book grátis)

Blog http://conquistadores.com.br. + dinheiro + mulheres + sucesso social (mini e-book grátis) Blog http://conquistadores.com.br CONQUISTADORES + dinheiro + mulheres + sucesso social (mini e-book grátis) Blog http://conquistadores.com.br CONQUISTADORES + dinheiro + mulheres + sucesso social (Este

Leia mais

DIREITO DE FAMÍLIA: TEORIA E PRÁTICA

DIREITO DE FAMÍLIA: TEORIA E PRÁTICA DIREITO DE FAMÍLIA: TEORIA E PRÁTICA TESTEMUNHOS DOS PARTICIPANTES ALUNOS OUVINTES Nome Completo: Norma Maria da Cruz 1. O que representou para você o curso Direito de Família Teoria e Pratica? Em linhas

Leia mais

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Entrevista com Ricardo de Paiva e Souza. Por Flávia Gomes. 2 Flávia Gomes Você acha importante o uso de meios de comunicação na escola? RICARDO

Leia mais

2 o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão. Um paciente muito especial: retrato da saúde do adolescente no Brasil.

2 o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão. Um paciente muito especial: retrato da saúde do adolescente no Brasil. 2 o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão Um paciente muito especial: retrato da saúde do adolescente no Brasil. Sumário Pauta...2 Justificativa...2 Objetivos...3 Metodologia...3 Potencial de

Leia mais

FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES

FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES Fundação Carlos Chagas Difusão de Idéias dezembro/2006 página 1 FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES Bernardete Gatti: o país enfrenta uma grande crise na formação de seus professores em especial, de alfabetizadores.

Leia mais

A medicina da família e a humanização do atendimento ao paciente

A medicina da família e a humanização do atendimento ao paciente A medicina da família e a humanização do atendimento ao paciente por Denise Marson Apesar da implantação do programa Saúde da família, a formação de profissionais especializados na área de medicina da

Leia mais

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor.

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor. OSVALDO Bom dia! Meu nome é Osvaldo, tenho 15 anos, sou de Santa Isabel SP (uma cidadezinha próxima à Guarulhos) e, com muito orgulho, sou bolsista ISMART! Ingressei no ISMART este ano e atualmente estou

Leia mais

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. Eu quero não parar coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - de consigo.o usar que eu drogas f o? aç e Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA:

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Fundo Perpétuo de Educação PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Os depoimentos, ensinamentos e metas dos participantes mais bem sucedidos. A escolha da escola fez a diferença na sua colocação

Leia mais

A CAPES : quais ambições para a pesquisa em Letras e Linguística?

A CAPES : quais ambições para a pesquisa em Letras e Linguística? A CAPES : quais ambições para a pesquisa em Letras e Linguística? Universidade de São Paulo benjamin@usp.br Synergies-Brésil O Sr. foi o representante da Letras junto à CAPES. O Sr. poderia explicar qual

Leia mais

medida. nova íntegra 1. O com remuneradas terem Isso é bom

medida. nova íntegra 1. O com remuneradas terem Isso é bom Entrevista esclarece dúvidas sobre acúmulo de bolsas e atividadess remuneradas Publicada por Assessoria de Imprensa da Capes Quinta, 22 de Julho de 2010 19:16 No dia 16 de julho de 2010, foi publicada

Leia mais

SEXTA FEIRA 04/03/2016. 8h30 - RECONSTRUÇÃO MAMÁRIA APÓS RECIDIVA LOCAL EM CIRURGIA CONSERVADORA. Fabrício Brenelli - SP

SEXTA FEIRA 04/03/2016. 8h30 - RECONSTRUÇÃO MAMÁRIA APÓS RECIDIVA LOCAL EM CIRURGIA CONSERVADORA. Fabrício Brenelli - SP Fortaleza - Ceará Sociedade Brasileira de Mastologia Sociedade Brasileira de Mastologia Regional Ceará 04 e 05 de Março de 2016 - Hotel Luzeiros Fortaleza Ceará ABERTURA Presidente do Congresso - Ércio

Leia mais

FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS

FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS Dia dos Surdos 2009 Apresentação No dia 26 de setembro, a Comunidade Surda Brasileira comemora o Dia Nacional do Surdo, data em que são relembradas

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Saúde Indígena no Brasil

Saúde Indígena no Brasil PAINEL I Particularidades genéticas das populações amazônicas e suas possíveis implicações Coordenação de Mesa: Wim Degrave. Saúde Indígena no Brasil Mário R. Castellani Abordarei um pouco do que estamos

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

?- Período em que participavam das aulas.

?- Período em que participavam das aulas. Iniciativa Apoio como foi a campanha HISTÓRIAS EX ALUNOS 1997 2013 as perguntas eram relacionadas ao:?- Período em que participavam das aulas. - Impacto que o esporte teve na vida deles. - Que têm feito

Leia mais

UNVERSDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DO REITOR COMISSÃO DA VERDADE TRANSCRIÇÃO DE ENTREVISTA

UNVERSDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DO REITOR COMISSÃO DA VERDADE TRANSCRIÇÃO DE ENTREVISTA UNVERSDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DO REITOR COMISSÃO DA VERDADE TRANSCRIÇÃO DE ENTREVISTA Entrevista realizada em: 5.6.2013 Hora: 16h30min. Local: Sala do prof. Almir Bueno CERES Caicó/RN

Leia mais

coleção Conversas #6 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #6 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. coleção Conversas #6 Eu Posso com a s fazer próprias justiça mãos? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo

Leia mais

O PROJETO. Exercícios físicos, boa alimentação, cuidados com o corpo e a mente. A busca. por um estilo de vida saudável é o atual

O PROJETO. Exercícios físicos, boa alimentação, cuidados com o corpo e a mente. A busca. por um estilo de vida saudável é o atual Exercícios físicos, boa alimentação, O PROJETO cuidados com o corpo e a mente. A busca por um estilo de vida saudável é o atual desafio da humanidade, que vive um cotidiano cada vez mais caótico. Na correria

Leia mais

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Tema: O papel do terapeuta ocupacional para pessoas em tratamento de leucemia, linfoma, mieloma múltiplo ou mielodisplasia Total atingido de pessoas na sala: 26

Leia mais

Instituto Avon investe R$ 2,1 milhões em Minas Gerais para combate ao Câncer de Mama

Instituto Avon investe R$ 2,1 milhões em Minas Gerais para combate ao Câncer de Mama Instituto Avon investe R$ 2,1 milhões em Minas Gerais para combate ao Câncer de Mama São Paulo, 25 de julho de 2014 Minas Gerais recebeu um reforço de R$ 2,1 milhões na luta contra o câncer de mama. O

Leia mais

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO Design & Saúde Financeira para maiores de 50 anos Vera Damazio Laboratório Design Memória Emoção :) labmemo (: O que Design tem a ver com Saúde Financeira para maiores de 50 anos? E o que faz um Laboratório

Leia mais

INCA - Relatório Anual 2003 - Ensino

INCA - Relatório Anual 2003 - Ensino 54 55 Ensino Principais realizações Início da primeira etapa do Projeto de Diagnóstico de Recursos Humanos em Oncologia no país. Implementação da inscrição informatizada. Início do Projeto de Educação

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 54 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

Guia de Discussão Série Eu e meu dinheiro Episódio: O pão da avó

Guia de Discussão Série Eu e meu dinheiro Episódio: O pão da avó Guia de Discussão Série Eu e meu dinheiro Episódio: O pão da avó Sumário Sobre a série... 3 Material de apoio... 3 Roteiro para uso dos vídeos em grupos... 4 Orientações para o facilitador... 4 Conduzindo

Leia mais

HISTÓRIA E PERSPECTIVAS DE VIDA DE ALCOOLISTAS

HISTÓRIA E PERSPECTIVAS DE VIDA DE ALCOOLISTAS HISTÓRIA E PERSPECTIVAS DE VIDA DE ALCOOLISTAS Jéssica Molina Quessada * Mariana Caroline Brancalhão Guerra* Renata Caroline Barros Garcia* Simone Taís Andrade Guizelini* Prof. Dr. João Juliani ** RESUMO:

Leia mais

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA Entrevista com Clínica Maló Paulo Maló CEO www.clinicamalo.pt Com quality media press para LA VANGUARDIA Esta transcrição reproduz fiel e integralmente a entrevista. As respostas que aqui figuram em linguagem

Leia mais

coleção Conversas #22 - maio 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #22 - maio 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #22 - maio 2015 - assistente social. agora? Sou E Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo

Leia mais

Programa de Especialização Cirurgia do Quadril (R4) Treinamento Avançado em Cirurgia do Quadril. Goiânia GO / Maio de 2015.

Programa de Especialização Cirurgia do Quadril (R4) Treinamento Avançado em Cirurgia do Quadril. Goiânia GO / Maio de 2015. SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO ESTADO DE GOIÁS HOSPITAL DE URGÊNCIA DE GOIÂNIA (HUGO) / HOSPITAL GERAL DE GOIÂNIA ALBERTO RASSI () SERVIÇO DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA / SERVIÇO DE CIRURGIA DO QUADRIL

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

Superando o tabu da doença: controle do câncer ganha destaque na mídia com campanhas de prevenção. Ano V - nº 18 - Rio Pesquisa 30

Superando o tabu da doença: controle do câncer ganha destaque na mídia com campanhas de prevenção. Ano V - nº 18 - Rio Pesquisa 30 Superando o tabu da doença: controle do câncer ganha destaque na mídia com campanhas de prevenção Ano V - nº 18 - Rio Pesquisa 30 31 Rio Pesquisa - nº 18 - Ano V SAÚDE Conhecer o passado para cuidar do

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 29 Discurso na cerimónia de premiação

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 80 Memória Oral 24 de abril de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte,

Leia mais

A SRA. MARINHA RAUPP (PMDB-RO) pronuncia o. seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e. Senhores Deputados, é motivo de orgulho trazer a palavra

A SRA. MARINHA RAUPP (PMDB-RO) pronuncia o. seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e. Senhores Deputados, é motivo de orgulho trazer a palavra A SRA. MARINHA RAUPP (PMDB-RO) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, é motivo de orgulho trazer a palavra de solidariedade do PMDB à sessão solene que a Câmara

Leia mais

Miguel Nicolelis: Vamos transformar o RN na Califórnia

Miguel Nicolelis: Vamos transformar o RN na Califórnia Miguel Nicolelis: Vamos transformar o RN na Califórnia Emanuel Amaral CIÊNCiA - Reconhecido internacionalmente, Miguel Nicolelis tem planos ambiciosos para o RN 05/08/2007 - Tribuna do Norte Anna Ruth

Leia mais

Ciclo de Palestras O Dia Delas

Ciclo de Palestras O Dia Delas Ciclo de Palestras O Dia Delas INTRODUÇÃO O câncer é uma das doenças que mais provocam temor na população. Esse diagnóstico freqüentemente é compreendido como vergonhoso, incapacitante e incurável. Os

Leia mais

Dr. Luiz Carlos de Souza Manganello. Dra. Maria Eduina da Silveira Lucca

Dr. Luiz Carlos de Souza Manganello. Dra. Maria Eduina da Silveira Lucca Coordenação Dr. Luiz Carlos de Souza Manganello Cirurgião Dentista Bucomaxilofacial Cirurgião Plástico especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Doutorado em Cirurgia pela Faculdade de

Leia mais

O que fazem os grupos científicos para o controle e tratamento do câncer de mama no Brasil? SBM

O que fazem os grupos científicos para o controle e tratamento do câncer de mama no Brasil? SBM O que fazem os grupos científicos para o controle e tratamento do câncer de mama no Brasil? SBM Ruffo de Freitas Júnior Presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia Sociedade Brasileira de Mastologia

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 65 Discurso na solenidade do Dia

Leia mais

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra?

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra? Rádio Web Saúde dos estudantes de Saúde Coletiva da UnB em parceria com Rádio Web Saúde da UFRGS em entrevista com: Sarah Donetto pesquisadora Inglesa falando sobre o NHS - National Health Service, Sistema

Leia mais

O SR. RAUL CUTAIT - Ministro Gilmar Mendes, estimado. caro Ministro Gilmar Mendes que seu convite, para mim, foi

O SR. RAUL CUTAIT - Ministro Gilmar Mendes, estimado. caro Ministro Gilmar Mendes que seu convite, para mim, foi O SR. RAUL CUTAIT - Ministro Gilmar Mendes, estimado Ministro Cezar Peluso, senhoras e senhores. Inicialmente, quero dizer ao meu caro Ministro Gilmar Mendes que seu convite, para mim, foi uma convocação.

Leia mais

Enquete. Dia dos Professores

Enquete. Dia dos Professores Enquete Dia dos Professores No dia 15 de outubro será comemorado o dia do professor. Muito se fala que a profissão, apesar de muito importante, perdeu seu glamour e prestígio, sendo incapaz de atrair a

Leia mais

Violência Doméstica contra Crianças sob a

Violência Doméstica contra Crianças sob a Apresentação Maria Alice Barbosa de Fortunato Autores: Kássia Cristina C. Pereira* Maria Alice B. Fortunato* Marilurdes A. de M. Álvares* Orientadora: Lygia Maria Pereira da Silva** * Fiocruz CPQAM/ NESC

Leia mais

INSTITUIÇÕES E FUNDAÇÕES

INSTITUIÇÕES E FUNDAÇÕES P R O POS T A A INSTITUIÇÕES E FUNDAÇÕES SOBRE NÓS Quem Somos A mantenedora do Seu Professor atua há mais de 18 anos no segmento educacional, com escolas de Ensino Fundamental, Médio, cursos técnicos,

Leia mais

Prótese de silicone tem prazo de validade; veja respostas sobre implante

Prótese de silicone tem prazo de validade; veja respostas sobre implante Página 1 de 6 22/10/2009-11h42 Prótese de silicone tem prazo de validade; veja respostas sobre implante GABRIELA CUPANI da Folha de S.Paulo Nenhuma prótese de mama dura para sempre. Embora os especialistas

Leia mais

Diretrizes Nacionais em Ligas

Diretrizes Nacionais em Ligas Diretrizes Nacionais em Ligas Acadêmicas de Medicina Introdução As Ligas Acadêmicas são entidades constituídas fundamentalmente por estudantes, em que se busca aprofundar temas em uma determinada área

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ INSTITUTO FERNANDES FIGUEIRA - IFF SOCIEDADE BRASILEIRA DE MASTOLOGIA ESCOLA BRASILEIRA DE MASTOLOGIA

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ INSTITUTO FERNANDES FIGUEIRA - IFF SOCIEDADE BRASILEIRA DE MASTOLOGIA ESCOLA BRASILEIRA DE MASTOLOGIA Ministério da Saúde Fundação Oswaldo Cruz Instituto Fernandes Figueira Projeto Câncer de Mama e Genética MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ INSTITUTO FERNANDES FIGUEIRA - IFF SOCIEDADE BRASILEIRA

Leia mais

REFERÊNCIAS DE ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES INDIVIDUAIS

REFERÊNCIAS DE ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES INDIVIDUAIS Ana Patricia Da Silva, Turismóloga, guia de turismo na Calábria e responsável comercial do operador Bonjour Italie Partita IVA (CNPJ da Itália): 03187610781 Skype: anapatriciaconsultant www.touristico.it

Leia mais

Coordenação. Prof. Dr. Wilson Jacob Filho

Coordenação. Prof. Dr. Wilson Jacob Filho Coordenação Prof. Dr. Wilson Jacob Filho Professor titular de geriatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; Diretor do Serviço de Geriatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina

Leia mais

O que fazer em meio às turbulências

O que fazer em meio às turbulências O que fazer em meio às turbulências VERSÍCULO BÍBLICO Façam todo o possível para viver em paz com todos. Romanos 12:18 OBJETIVOS O QUÊ? (GG): As crianças assistirão a um programa de auditório chamado Geração

Leia mais

3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ

3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ 3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ Windsor Barra Hotel & Congressos Av. Sernambetiba, 2630 Barra da Tijuca José Gomes Temporão Presidente de Honra Marcos Moraes Presidente do Congresso Luiz

Leia mais

ED WILSON ARAÚJO, THAÍSA BUENO, MARCO ANTÔNIO GEHLEN e LUCAS SANTIGO ARRAES REINO

ED WILSON ARAÚJO, THAÍSA BUENO, MARCO ANTÔNIO GEHLEN e LUCAS SANTIGO ARRAES REINO Entrevista Cláudia Peixoto de Moura Nós da Comunicação tendemos a trabalhar com métodos qualitativos, porque, acredito, muitos pesquisadores desconhecem os procedimentos metodológicos quantitativos ED

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 20 Discurso na cerimónia "Jovens

Leia mais

PROJETO ESCOLA PARA PAIS

PROJETO ESCOLA PARA PAIS PROJETO ESCOLA PARA PAIS Escola Estadual Professor Bento da Silva Cesar São Carlos São Paulo Telma Pileggi Vinha Maria Suzana De Stefano Menin coordenadora da pesquisa Relator da escola: Elizabeth Silva

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ACONSELHAMENTO GENÉTICO

Leia mais

"O MEC não pretende abraçar todo o sistema"

O MEC não pretende abraçar todo o sistema "O MEC não pretende abraçar todo o sistema" Data: 30/11/2008 Veículo: O Globo Editoria: Boa Chance Ministro diz que governo não vai regular MBAs e que empresas já mantêm certo controle sobre a qualidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Faculdade de Medicina Departamento de Cirurgia Grupo de Educação e Estudos Oncológicos

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Faculdade de Medicina Departamento de Cirurgia Grupo de Educação e Estudos Oncológicos E D I T A L Nº 04/2007 Seleção ao II Curso de Especialização em Mastologia A Coordenação do, extensão do Departamento de Cirurgia da da Universidade Federal do Ceará FAZ SABER aos interessados que estarão

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 14.10.15 EDITORIA: ECONOMIA

FECOMÉRCIO VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 14.10.15 EDITORIA: ECONOMIA FECOMÉRCIO VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 14.10.15 EDITORIA: ECONOMIA VEÍCULO: PORTAL NO AR DATA: 13.10.15 Em 13 de outubro de 2015 às 16:10 Cidades Sesc Saúde Mulher inicia atendimentos na Maternidade

Leia mais

SAÚDE MENTAL NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA:

SAÚDE MENTAL NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: SAÚDE MENTAL NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: CRENÇAS DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE ACERCA DO CUIDADO DA PESSOA EM SOFRIMENTO MENTAL. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Faculdade de Filosofia Ciências

Leia mais

I - RELATÓRIO DO PROCESSADOR *

I - RELATÓRIO DO PROCESSADOR * PSICODRAMA DA ÉTICA Local no. 107 - Adm. Regional do Ipiranga Diretora: Débora Oliveira Diogo Público: Servidor Coordenadora: Marisa Greeb São Paulo 21/03/2001 I - RELATÓRIO DO PROCESSADOR * Local...:

Leia mais

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, com perguntas respondidas pelo presidente Lula Manaus-AM,

Leia mais

Valores educacionais do Olimpismo

Valores educacionais do Olimpismo Valores educacionais do Olimpismo Aula 3 Busca pela excelência e equilíbrio entre corpo, vontade e mente Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Detalhar o valor busca pela excelência 2 Apresentar estratégias

Leia mais