Texto use sempre a fonte Arial Café Produzido com Atitude Ético,rastrável e de alta qualidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Texto use sempre a fonte Arial Café Produzido com Atitude Ético,rastrável e de alta qualidade"

Transcrição

1 Café Produzido com Atitude Ético,rastrável e de alta qualidade Francisco Sérgio de Assis Diretor Pres. da Federação dos Cafeicultores do Cerrado

2 Quem Título Somos: Uma Texto origem use produtora sempre de a cafés fonte diferenciados, Arial a primeira no Brasil com Indicação Geográfica Protegida; Trabalhando juntos para a produção do Café de Atitude ; A Região do Cerrado Mineiro: produtores; -Produção anual de 5 milhões de sacas; -Área total de cultivo: ha; -55 municípios; -Indicação Geográfica Protegida.

3 Uma Título região de atitude, para Texto o novo use mundo sempre do a café fonte Arial

4 Nossa Título História: A 40 anos, somos uma origem produtora de cafés que nasceu e se desenvolveu por meio da diversidade, do pioneirismo e empreendedorismo de nossa gente; Juntos conquistamos o reconhecimento da qualidade de nossos cafés e a diferenciação por meio da Indicação de Procedência e da garantia de origem de nossa produção; Juntos nos tornamos uma nova fronteira de qualidade perante a cafeicultura brasileira; Inovar é a nossa história. Moldar o futuro é a nossa atitude.

5 Nosso Título propósito: Integrar, desenvolver e conectar as pessoas, influenciando a transformação e a evolução da cultura do café; Nós valorizamos nossa gente e amamos nossa terra. Nós cuidamos da natureza e, é claro, produzimos excelentes cafés! Cremos que o Café de Atitude deve gerar, para todos, o que chamamos Valor Compartilhado, e isto inclui os nossos parceiros de negócios.

6

7 Identidade Título e Alta Qualidade: - Atributos sensoriais dos cafés da Região: AROMA: Intenso, com notas variando de caramelo e nozes ACIDEZ: Delicadamente cítrica CORPO: Moderado e encorpado SABOR: Adocicado com aspectos de chocolate FINALIZAÇÃO: Longa duração

8 Nosso produto é produzido em um terroir singular: Título Cerrado Salvador Recife - Devido à sua localização no Planalto Central, o clima da Região do Cerrado Mineiro tem as seguintes características: Brasília São Paulo CERRADO -Clima Continental; -Estações bem definidas (verão chuvoso e quente, inverno seco); -Temperatura média de 23º.C durante o ano. Santos Rio de Janeiro

9 Nossa Título organização: A Texto Região do use Cerrado sempre Mineiro a é regulamentada fonte Arial pela Federação dos Cafeicultores do Cerrado. Organização sem fins lucrativos:

10 A Título organização da Região do Cerrado Mineiro: Representa: A origem, os produtores e os produtos da Região do Cerrado Mineiro Promove: A origem, os produtores e os produtos da Região do Cerrado Mineiro Controla: A origem e a qualidade dos produtos e da utilização da Indicação de Procedência e da marca da Região do Cerrado Mineiro por meio do CONSELHO NORMATIVO REGULADOR

11 NOSSA Texto PERCEPÇÃO use sempre a fonte QUANTO Arial AO MERCADO DE CAFÉ: MARCA PRAZER ORIGEM COMMODITE STATUS PCS ABIC

12 EVOLUÇÃO DAS MOTIVAÇÕES EVOLUÇÃO DO MERCADO Título CONSUMIDOR DE ATITUDE MERCADO DE ATITUDE SEGURANÇA ALIMENTAR / SAÚDE; TROCA/FAZER O BEM/ÉTICA; SUSTENTABILIDADE ORIGEM PERTENCIMENTO/UM MUNDO MELHOR; QUALIDADE INDIVIDUALIDADE/SER DIFERENTE; EXCLUSIVIDADE/EXCELÊNCIA; INDULGÊNCIAS/PRAZER SENSORIAL; ORIGEM QUALIDADE CONSUMIDOR TRADICIONAL MERCADO TRADICIONAL MARCAS DE CONFIANÇA PRODUTOS DE QUALIDADE/SABOR BOA RELAÇÃO CUSTO-BENFÍCIO QUALIDADE VOLUME E PREÇO VOLUME E PREÇO

13 COMO Texto use SER sempre RELEVANTE a fonte Arial PARA O NOVO MERCADO DE ATITUDE SUSTENTÁVEL QUALIDADE ORIGEM

14 Razões para acreditar : ORIGEM = VALORIZA MARCA - Origem como fator de diferenciação para Torrefadores e Consumidores; - Origem tangibiliza e contrói percepção junto aos consumidores

15 COMO Texto use SE BENEFICIAR sempre a fonte Arial DA ORIGEM REGIÃO DO CERRADO MINEIRO?

16

17

18 Apoio Texto de comunicação use sempre a fonte Arial Embalagem, Certificado de Origem e Qualidade, História e Apoio de Marketing.

19 Manual - Torrefador e Cafeteria Título Produto cru com origem e qualidade garantidos 1 - Selo de Origem e Qualidade da Região do Cerrado Mineiro Inserido no fechamento da sacaria, o selo contém código de barras que proporciona acesso a informações, tais como: rastreabilidade e a história do produto/ produtor. 2 - Selo Indicação Geográfica - Região do Cerrado Mineiro Identificação impressa na própria sacaria *Identificação da fazenda, do produtor e safra. Impresso na própria sacaria. *As informações como o nome da fazenda, nome do produtor e safra, são opcionais. 09

20

21 COMO Texto use sempre OBTER a fonte OS Arial BENEFÍCIOS DA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA?

22

23

24

25

26 NOSSO Título PROPÓSITO, NOSSA MISSÃO UMA NOVA REGIÃO, PARA O NOVO MUNDO DO CAFÉ.

27 NOSSO Título PROPÓSITO, NOSSA MISSÃO Nós ajudamos as pessoas do café a fazer mais e melhor. Integrar, Desenvolver e Conectar.

28 Federação dos Cafeicultores do Cerrado Se você quer algo que nunca teve, deverá fazer algo que nunca fez. OBRIGADO. Autor Desconhecido

Press release. Café de Atitude: A nova estratégia da Região do Cerrado Mineiro.

Press release. Café de Atitude: A nova estratégia da Região do Cerrado Mineiro. Press release Café de Atitude: A nova estratégia da Região do Cerrado Mineiro. Café de Atitude: a nova estratégia da Região do Cerrado Mineiro Em evento realizado em Uberlândia (MG), na noite do dia 19

Leia mais

DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ

DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ Planejamento Boa Gestão Consciência Política Sustent bilidade Participação

Leia mais

Data: ABN. Cafés especiais do Brasil consolidam novos mercados

Data: ABN. Cafés especiais do Brasil consolidam novos mercados Veículo: Assunto: Data: ABN 28/09/2012 Cafés especiais do Brasil consolidam novos mercados http://www.abn.com.br/editorias1.php?id=71860 Que o Brasil há muitos anos produz cafés de qualidade excepcional

Leia mais

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO. 12 MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.indd 12-1 CAPA 1 30.10.09 16:08:10 Data (M/D/A): 10/30/09 Contato: (61) 3344-8502 Formato (F): 200x200 mm Formato (A): 400x200 mm Data (M/D/A): 10/30/09 Ministério

Leia mais

Melhores da Qualidade do Café no PQC em 2012

Melhores da Qualidade do Café no PQC em 2012 Edição 068 - Edição Especial / Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2012 Melhores da Qualidade do Café no PQC em 2012 A ABIC Homenageará durante o Encafé as empresas que se destacaram na qualidade no ano

Leia mais

PROTOTIPAÇÃO DE APLICAÇÃO PORTÁTIL PARA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO DE DEGUSTAÇÃO DE CAFÉS ESPECIAIS

PROTOTIPAÇÃO DE APLICAÇÃO PORTÁTIL PARA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO DE DEGUSTAÇÃO DE CAFÉS ESPECIAIS PROTOTIPAÇÃO DE APLICAÇÃO PORTÁTIL PARA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO DE DEGUSTAÇÃO DE CAFÉS ESPECIAIS JOÃO PAULO MENDES DOS SANTOS 1, DIMAS SAMID LEME 2, BRUNO HENRIQUE GROENNER BARBOSA 3, ROSEMARY GUALBERTO

Leia mais

PJ 71/14. 29 janeiro 2014 Original: francês. Comitê de Projetos 7. a reunião 6 março 2014 Londres, Reino Unido

PJ 71/14. 29 janeiro 2014 Original: francês. Comitê de Projetos 7. a reunião 6 março 2014 Londres, Reino Unido PJ 71/14 29 janeiro 2014 Original: francês P Comitê de Projetos 7. a reunião 6 março 2014 Londres, Reino Unido Desenvolvimento do setor cafeeiro nos Camarões através de uma estrutura de cooperação com

Leia mais

Influência dos diferentes processos de pós-colheita na agregação de valor do café conilon

Influência dos diferentes processos de pós-colheita na agregação de valor do café conilon Universidade Federal do Espírito Santo Mestrado em Produção Vegetal Influência dos diferentes processos de pós-colheita na agregação de valor do café conilon Orientado: Marcos Moulin Teixeira Orientador:

Leia mais

1 M O N Ç Ã O & M E L G A Ç O

1 M O N Ç Ã O & M E L G A Ç O 1 MONÇÃO & MELGAÇO Monção e Melgaço pertence à Região Demarcada dos Vinhos Verdes, uma das regiões vitícolas mais antigas de Portugal. Esta região centenária situa-se no noroeste de Portugal e o facto

Leia mais

COMPRADOR VENDEDOR SACAS PREÇO QUALIDADE. M dcheg. CLIMA (Varginha/MG) r Aberto (hoje) BOLSA / DÓLAR

COMPRADOR VENDEDOR SACAS PREÇO QUALIDADE. M dcheg. CLIMA (Varginha/MG) r Aberto (hoje) BOLSA / DÓLAR M dcheg BARÃO COMISSÁRIA DE CAFÉ LTDA Alameda Otávio Marques de Paiva, 220 Bairro Santa Luiza CEP 37062-670 - Varginha-MG (35) 3214-7725 / 8855-0050 / 8879-0040 / 8876-0030 www.baraocomissariadecafe.com.br

Leia mais

DENOMINAÇÕES GEOGRÁFICAS. Nova Tendência de Mercado

DENOMINAÇÕES GEOGRÁFICAS. Nova Tendência de Mercado DENOMINAÇÕES GEOGRÁFICAS Nova Tendência de Mercado Ensei Uejo Neto Belo Horizonte, 31 de agosto de 2006 INDICAÇÃO GEOGRÁFICA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA Refere-se a um produto ou serviço particularmente vinculado

Leia mais

ED 2180/14. 15 maio 2014 Original: espanhol. Pesquisa sobre os custos de transação dos produtores de café

ED 2180/14. 15 maio 2014 Original: espanhol. Pesquisa sobre os custos de transação dos produtores de café ED 2180/14 15 maio 2014 Original: espanhol P Pesquisa sobre os custos de transação dos produtores de café 1. O Diretor Executivo apresenta seus cumprimentos e, em nome da Colômbia, encaminha aos Membros

Leia mais

1. Resumo. Norma de Qualidade Recomendável e Boas Práticas de Fabricação de Cafés Torrados em Grão e Cafés Torrados e Moídos

1. Resumo. Norma de Qualidade Recomendável e Boas Práticas de Fabricação de Cafés Torrados em Grão e Cafés Torrados e Moídos Página 1 de 8 1. Resumo Esta norma estabelece requisitos técnicos para a concessão do Símbolo da Qualidade ABIC do Programa da Qualidade do Café ABIC (PQC). Ela foi elaborada pela equipe técnica da ABIC

Leia mais

ATENÇÃO. www.poscolheita.com.br. juarez@ufv.br ESTA PALESTRA E OUTROS MATERIAIS IMPORTANTES PARA A PÓS-COLHEITA DO CAFÉ ESTÃO DISPONÍVEIS NO ENDEREÇO:

ATENÇÃO. www.poscolheita.com.br. juarez@ufv.br ESTA PALESTRA E OUTROS MATERIAIS IMPORTANTES PARA A PÓS-COLHEITA DO CAFÉ ESTÃO DISPONÍVEIS NO ENDEREÇO: ATENÇÃO ESTA PALESTRA E OUTROS MATERIAIS IMPORTANTES PARA A PÓS-COLHEITA DO CAFÉ ESTÃO DISPONÍVEIS NO ENDEREÇO: www.poscolheita.com.br juarez@ufv.br CAFEICULTURA DE MONTANHA & CAFÉ COM QUALIDADE Tecnologias

Leia mais

Data: 24/11/2012 Assunto:

Data: 24/11/2012 Assunto: Veículo: Rede Lajeado Data: 24/11/2012 Assunto: Pesquisa e indústria incrementam consumo do café pelos brasileiros http://www.redelajeado.com.br/2012/11/24/pesquisa-e-industria-de-cafe-incrementam-consumo-doproduto-pelos-brasileiros/

Leia mais

Círculo do Café de Qualidade - CCQ Passo a Passo

Círculo do Café de Qualidade - CCQ Passo a Passo 1. O que é? O Círculo do Café de Qualidade é uma evolução em relação ao PQC ABIC, lançado em 2004, e está inserido dentro das diretrizes da ABIC de aumento do consumo interno de café no Brasil, visando

Leia mais

CONTEXTO linha do tempo

CONTEXTO linha do tempo CONTEXTO linha do tempo CONTEXTO - hoje As terras foram subdivididas em 31 lotes, levando em conta: Localização, acesso e proximidade a centros urbanos Aptidão agrícola mapeamento de tipo de solos, topografia

Leia mais

2. A proposta será avaliada pelo Subcomitê Virtual de Revisão (SVR) e examinada pelo Comitê de Projetos em março de 2013.

2. A proposta será avaliada pelo Subcomitê Virtual de Revisão (SVR) e examinada pelo Comitê de Projetos em março de 2013. PJ 45/13 9 janeiro 2013 Original: inglês Disponível em inglês e português P Comitê de Projetos 5. a reunião 7 março 2013 Londres, Reino Unido Empoderamento das mulheres nas cooperativas de café brasileiras

Leia mais

Fazenda Recreio 1º lugar Cereja Descascado

Fazenda Recreio 1º lugar Cereja Descascado Safra 2005 3ª EDIÇÃO ESPECIAL Fazenda Recreio 1º lugar Cereja Descascado A Fazenda Recreio está localizada em São Sebastião da Grama, na divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais, e tem uma área total

Leia mais

Locais onde se encotram produtos agrícola com o selo RAC no mercado brasileiro

Locais onde se encotram produtos agrícola com o selo RAC no mercado brasileiro Locais onde se encotram produtos agrícola com o selo RAC no mercado brasileiro PRODUTO: CAFÉ MARCA: GHINI CAFÉ Descrição do produto enviada pela empresa: O Ghini café traz até você um blend sofisticado

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O R E G U L A M E N T O ARTIGO 1 O 10º Concurso Nacional ABIC de Qualidade do Café e a 10ª Edição Especial dos Melhores Cafés do Brasil, instituídos pela ABIC, têm como objetivo incentivar a produção de

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE CAFÉS SUTENTÁVEIS: PROGRAMAS EM ANDAMENTO NO BRASIL SÉRGIO PARREIRAS PEREIRA

CERTIFICAÇÃO DE CAFÉS SUTENTÁVEIS: PROGRAMAS EM ANDAMENTO NO BRASIL SÉRGIO PARREIRAS PEREIRA CERTIFICAÇÃO DE CAFÉS SUTENTÁVEIS: PROGRAMAS EM ANDAMENTO NO BRASIL SÉRGIO PARREIRAS PEREIRA Imperial Estação Agronômica de Campinas 27/06/1887 Centro de Café Alcides Carvalho INTRODUÇÃO O Agronegócio

Leia mais

História!do!café! O!café!começou!a!ser!consumido!em!meados!do!século!IX!na!Etiópia!e,!esse! é!um!hábito!que!ainda!hoje!se!mantém!atual.!

História!do!café! O!café!começou!a!ser!consumido!em!meados!do!século!IX!na!Etiópia!e,!esse! é!um!hábito!que!ainda!hoje!se!mantém!atual.! Índice Históriadocafé...3 Espéciesbotânicasdecafé...5 OProcessodeTorrefaçãoeMisturadocafé...7 MoagemdoCafé...9 MáquinasdeCafé...10 QueCaféComprar?...11 Qualamelhorformadeguardarocafé?...13 Caféinstantâneo...14

Leia mais

ALTA PRODUTIVIDADE EM CAFEEIROS DA CULTIVAR CONILLON, NA REGIÃO DA BACIA DE FURNAS, NO SUL DE MINAS GERAIS. Celio L. Pereira- Eng Agr Consultor em

ALTA PRODUTIVIDADE EM CAFEEIROS DA CULTIVAR CONILLON, NA REGIÃO DA BACIA DE FURNAS, NO SUL DE MINAS GERAIS. Celio L. Pereira- Eng Agr Consultor em ALTA PRODUTIVIDADE EM CAFEEIROS DA CULTIVAR CONILLON, NA REGIÃO DA BACIA DE FURNAS, NO SUL DE MINAS GERAIS. Celio L. Pereira- Eng Agr Consultor em cafeicultura, J.B. Matiello Eng Agr Fundação Procafé e

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Departamento do Café. Secretaria de Produção e Agroenergia. O café no Brasil

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Departamento do Café. Secretaria de Produção e Agroenergia. O café no Brasil Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Departamento do Café Secretaria de Produção e Agroenergia O café no Brasil Maior produtor e exportador de café do mundo Segundo maior consumidor mundial

Leia mais

PROGRAMA CERTIFICA MINAS CAFÉ COMO UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA NA PRODUÇÃO DE CAFÉ DE MINAS GERAIS

PROGRAMA CERTIFICA MINAS CAFÉ COMO UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA NA PRODUÇÃO DE CAFÉ DE MINAS GERAIS PROGRAMA CERTIFICA MINAS CAFÉ COMO UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA NA PRODUÇÃO DE CAFÉ DE MINAS GERAIS Tertuliano de Andrade Silveira; Renato José de Melo; Eduardo Carvalho Dias; Priscila Magalhães de Carli

Leia mais

Pesquisa da EPAMIG garante produção de azeitonas

Pesquisa da EPAMIG garante produção de azeitonas Pesquisa da EPAMIG garante produção de azeitonas De origem européia, a oliveira foi trazida ao Brasil por imigrantes há quase dois séculos, mas somente na década de 50 foi introduzida no Sul de Minas Gerais.

Leia mais

Sustentabilidade. Transformações na cadeia do café e o papel do torrador. www.utzcertified.org

Sustentabilidade. Transformações na cadeia do café e o papel do torrador. www.utzcertified.org Sustentabilidade Transformações na cadeia do café e o papel do torrador www.utzcertified.org Definições de Sustentabilidade Development that meets the needs of the present without compromising the ability

Leia mais

Safra 2008 Primeira Estimativa Janeiro/2008

Safra 2008 Primeira Estimativa Janeiro/2008 Safra 2008 Primeira Estimativa Janeiro/2008 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Produção e Agroenergia SPAE Departamento do Café DCAF Companhia Nacional de Abastecimento CONAB

Leia mais

CLIPPING 21/10/2014 Acesse: www.cncafe.com.br

CLIPPING 21/10/2014 Acesse: www.cncafe.com.br CLIPPING Acesse: www.cncafe.com.br Revista espresso: entrevista exclusiva no site com Silvio Leite Revista espresso Especialista em classificação, degustação e controle de qualidade de café, Silvio Leite

Leia mais

Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café

Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Marcus Vinícius Martins M.Sc. em Agronomia Fiscal Federal Agropecuária

Leia mais

Dossier documentaire

Dossier documentaire DCL PO 06/12 02 Dossier documentaire Page 1 sur 8 DCL PORTUGAIS Diplôme de Compétence en Langue Session du vendredi 1 juin 2012 Dossier documentaire Support de la phase 1 Document 1 Document 2 E mail Carte,

Leia mais

Missão, Visão e Valores

Missão, Visão e Valores , Visão e Valores Disciplina: Planejamento Estratégico Página: 1 Aula: 12 Introdução Página: 2 A primeira etapa no Planejamento Estratégico é estabelecer missão, visão e valores para a Organização; As

Leia mais

ACADEMIA DO CAFÉ Rua Grão Pará, n.º 1.024, Bairro Funcionários Belo Horizonte - MG CEP 30150-341

ACADEMIA DO CAFÉ Rua Grão Pará, n.º 1.024, Bairro Funcionários Belo Horizonte - MG CEP 30150-341 A Semana Internacional do Café institui a RODADA DE NEGÓCIOS & COFFEE OF THE YEAR 2014, que serão realizados durante a Semana Internacional de Café - 9º Espaço Café Brasil, no período de 15 a 18 de setembro

Leia mais

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundamentos da Vantagem Estratégica ou competitiva Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam

Leia mais

GUIA DO PROJETO. Este guia é um auxílio às indústrias na preparação de seus projetos dentro do escopo do Projeto Café na Merenda, Saúde na Escola.

GUIA DO PROJETO. Este guia é um auxílio às indústrias na preparação de seus projetos dentro do escopo do Projeto Café na Merenda, Saúde na Escola. GUIA DO PROJETO Introdução: Este guia é um auxílio às indústrias na preparação de seus projetos dentro do escopo do Projeto Café na Merenda, Saúde na Escola. Após a assinatura do Termo de Adesão, cabe

Leia mais

33º. Congr. Bras. De Pesquisa Cafeeira As novas cultivares do IAPAR

33º. Congr. Bras. De Pesquisa Cafeeira As novas cultivares do IAPAR 33º. Congr. Bras. De Pesquisa Cafeeira As novas cultivares do IAPAR Eng. Agr. TUMORU SERA, AD Gerente de projetos de Melhoramento de Café tsera@iapar.br 33º.CBPC Caxambu,23-26/10/2012 MELHORAMENTO DE CAFÉ

Leia mais

A Família Lima, conhecida como Generoso, deu inícios em suas atividades no setor de café em 1890 situados na região do Paraná

A Família Lima, conhecida como Generoso, deu inícios em suas atividades no setor de café em 1890 situados na região do Paraná AEmpresa A Família Lima, conhecida como Generoso, deu inícios em suas atividades no setor de café em 1890 situados na região do Paraná Como produção agrícola e beneficiamento de café, feijão, milho e atualmente

Leia mais

Lean na agroindústria: a transformação da indústria de café torrado e moído no Grupo 2 Irmãos

Lean na agroindústria: a transformação da indústria de café torrado e moído no Grupo 2 Irmãos Lean na agroindústria: a transformação da indústria de café torrado e moído no Grupo 2 Irmãos Julio César Paneguini Corrêa A filosofia lean não mais se restringe às empresas de manufatura. Muitos setores

Leia mais

Manual da Indicação Geográfica do Vale dos Vinhedos

Manual da Indicação Geográfica do Vale dos Vinhedos Manual da Indicação Geográfica do Vale dos Vinhedos Uma conquista O Brasil do futuro é agora: a vida melhorando, o mercado crescendo, novos produtos chegando, tudo acontecendo ao mesmo tempo. E com isto

Leia mais

RAINFOREST ALLIANCE CERTIFIED MARKETPLACE: GUIA DOS PRIMEIROS PASSOS

RAINFOREST ALLIANCE CERTIFIED MARKETPLACE: GUIA DOS PRIMEIROS PASSOS RAINFOREST ALLIANCE CERTIFIED MARKETPLACE: GUIA DOS PRIMEIROS PASSOS Acabo de registrar a minha empresa no site Rainforest Alliance Certified TM Marketplace. E agora? Parabéns! Ao registrar a sua empresa

Leia mais

BRIGADERIA VEGANA APRESENTAÇÃO

BRIGADERIA VEGANA APRESENTAÇÃO BRIGADERIA VEGANA APRESENTAÇÃO UM SONHO Nascido de um Sonho de promover, para o público vegano, o doce mais brasileiro do mundo: o Brigadeiro Gourmet! Com ingredientes nobres e selecionados, proporcionamos

Leia mais

ANEXO I ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE NEGÓCIO

ANEXO I ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE NEGÓCIO ANEXO I ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE NEGÓCIO Os itens do roteiro deverão ser redigidos seguindo as normas de formatação abaixo descritas, em folhas separadas com seus respectivos títulos e numeradas:

Leia mais

GEOGRAFIA. Professora Bianca

GEOGRAFIA. Professora Bianca GEOGRAFIA Professora Bianca TERRA E LUA MOVIMENTO DA LUA MOVIMENTOS DA TERRA TEMPO E CLIMA Tempo é o estado da atmosfera de um lugar num determinado momento. Ele muda constantemente. Clima é o conjunto

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO E MARKETING PARA DIVULGAÇÃO DA MARCA CAFÉ DO SUL DE MINAS ( CSM )

ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO E MARKETING PARA DIVULGAÇÃO DA MARCA CAFÉ DO SUL DE MINAS ( CSM ) Economia ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO E MARKETING PARA DIVULGAÇÃO DA MARCA CAFÉ DO SUL DE MINAS ( CSM ) Rosemar Martins LUNA, UFLA, luna@lavras.br, D. Sc. Luís Carlos Ferreira de Sousa OLIVEIRA, UFLA, lcsousa@ufla.br

Leia mais

O CLIMA PORTUGUÊS: Noções básicas e fatores geográficos Regiões climáticas portuguesas

O CLIMA PORTUGUÊS: Noções básicas e fatores geográficos Regiões climáticas portuguesas UC História e Geografia de Portugal II Geografia de Portugal 3. O CLIMA PORTUGUÊS: Noções básicas e fatores geográficos Regiões climáticas portuguesas IPS-ESE ME12C André Silva O Clima Português: Elementos

Leia mais

www.seminariocaferj.com ou pelos telefones:

www.seminariocaferj.com ou pelos telefones: Informações pelo site: www.seminariocaferj.com ou pelos telefones: (21) 8111-0726 (21) 9663-2827 (21) 9319-0208 (21) 7733-9728 Inscrições pelo formulário abaixo Não deixe sua decisão para a última hora.

Leia mais

EMISSÃO DE GASES DO EFEITO ESTUFA NA CAFEICULTURA. Carlos Clemente Cerri

EMISSÃO DE GASES DO EFEITO ESTUFA NA CAFEICULTURA. Carlos Clemente Cerri EMISSÃO DE GASES DO EFEITO ESTUFA NA CAFEICULTURA Carlos Clemente Cerri Conteúdo Conceitos e Definições Aquecimento Global Potencial de aquecimento global Feedback Inventário dos GEE (Gases do Efeito Estufa)

Leia mais

WP Board No. 980/05 Rev. 1

WP Board No. 980/05 Rev. 1 WP Board No. 980/05 Rev. 1 International Coffee Organization Organización Internacional del Café Organização Internacional do Café Organisation Internationale du Café 12 janeiro 2006 Original: inglês Projetos/Fundo

Leia mais

Brasil: alimentando o mundo com soluções

Brasil: alimentando o mundo com soluções NOME OFICIAL DO PARTICIPANTE: BRASIL MENSAGEM TEMÁTICA DO BRASIL: Diversidade, tecnologia e a jovialidade (reinventando o modo de produzir e de consumir alimentos) TEMA: Brasil: alimentando o mundo com

Leia mais

3.2. Conhecendo as estruturas de governança e implementando as transaçõesna economia cacaueira

3.2. Conhecendo as estruturas de governança e implementando as transaçõesna economia cacaueira Figura 3 Resultados da análise sensorial realizada por equipe de provadores treinada (Equipe 1) nos liquors de dez cultivares de cacau O mercado limitado e o processo de fabricação de um chocolate fino,

Leia mais

A COMPETITIVIDADE DA CADEIA PRODUTIVA DO CAFÉ EM MINAS GERAIS: UMA ANÁLISE DE QUALIDADE MAYRA BATISTA BITENCOURT

A COMPETITIVIDADE DA CADEIA PRODUTIVA DO CAFÉ EM MINAS GERAIS: UMA ANÁLISE DE QUALIDADE MAYRA BATISTA BITENCOURT XLIII CONGRESSO DA SOBER Instituições, Eficiência, Gestão e Contratos no Sistema Agroindustrial A COMPETITIVIDADE DA CADEIA PRODUTIVA DO CAFÉ EM MINAS GERAIS: UMA ANÁLISE DE QUALIDADE JÚLIO CÉSAR TOLEDO

Leia mais

Climas do Brasil GEOGRAFIA DAVI PAULINO

Climas do Brasil GEOGRAFIA DAVI PAULINO Climas do Brasil GEOGRAFIA DAVI PAULINO Grande extensão territorial Diversidade no clima das regiões Efeito no clima sobre fatores socioeconômicos Agricultura População Motivação! Massas de Ar Grandes

Leia mais

AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS

AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS Evento reúne toda a cadeia de produção do café em Três Pontas, no Sul de Minas, até o dia 3 de julho Três Pontas, julho de 2015 Com presenças

Leia mais

Protocolo. nº 073/2012 FORMULÁRIO PARA CADASTRO DE PROJETO DE PESQUISA E EXTENSÃO

Protocolo. nº 073/2012 FORMULÁRIO PARA CADASTRO DE PROJETO DE PESQUISA E EXTENSÃO Protocolo nº 073/2012 FORMULÁRIO PARA CADASTRO DE PROJETO DE PESQUISA E ETENSÃO 1. Instruções 1 Deverá ser entregue 1 (uma) cópia impressa e 1 (uma) cópia via e- mail (na extensão.doc), encaminhados para

Leia mais

CAPÍTULO 13 OS CLIMAS DO E DO MUNDOBRASIL

CAPÍTULO 13 OS CLIMAS DO E DO MUNDOBRASIL CAPÍTULO 13 OS CLIMAS DO E DO MUNDOBRASIL 1.0. Clima no Mundo A grande diversidade verificada na conjugação dos fatores climáticos pela superfície do planeta dá origem a vários tipos de clima. Os principais

Leia mais

Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Anual Fazenda Osvaldo Cruz

Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Anual Fazenda Osvaldo Cruz Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Anual Fazenda Osvaldo Cruz Cultivo(s): Café (Coffea arabica L.) Data do Resumo Público: 18 de abril de 2012 Data de Entrega do Relatório: 16

Leia mais

- Estrutura orgânica. A região. Os números

- Estrutura orgânica. A região. Os números - Estrutura orgânica A região Os números COMISSÃO DE VITICULTURA DA REGIÃO DOS VINHOS VERDES A CVRVV foi criada em 1926 para regular a PRODUÇÃO e o COMÉRCIO do Vinho Verde. Actualmente é uma entidade certificadora

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA ALGODÃO BRASILEIRO RESPONSÁVEL ABR

REGULAMENTO DO PROGRAMA ALGODÃO BRASILEIRO RESPONSÁVEL ABR REGULAMENTO DO PROGRAMA ALGODÃO BRASILEIRO RESPONSÁVEL ABR DESCRITIVO E RESPONSABILIDADES OBJETO DO REGULAMENTO Art. 1º - O Certificado de Conformidade Algodão Brasileiro Responsável (ABR) e o respectivo

Leia mais

Capitulo 3. Organização, facturação e rede de contactos da empresa

Capitulo 3. Organização, facturação e rede de contactos da empresa Introdução A empresa que eu vou falar é a Delta Cafés uma empresa especializada na torre e comercialização de café, estando esta implementada no seu ramo à 50 anos e sendo também uma empresa portuguesa

Leia mais

Plano de Desenvolvimento, Sustentabilidade e Promoção da Região do Cerrado Mineiro 2015/2020

Plano de Desenvolvimento, Sustentabilidade e Promoção da Região do Cerrado Mineiro 2015/2020 Plano de Desenvolvimento, Sustentabilidade e Promoção da Região do Cerrado Mineiro 2015/2020 Apresentação Região do Cerrado Mineiro Somos uma origem produtora de cafés que nasceu e se desenvolveu por meio

Leia mais

OPORTUNIDADE: Associar sua marca a uma das maiores vitrines de negócio do Cerrado Brasileiro. PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 24 a 27 de março de 2015

OPORTUNIDADE: Associar sua marca a uma das maiores vitrines de negócio do Cerrado Brasileiro. PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 24 a 27 de março de 2015 SHOW SAFRA BR 163 O Show Safra BR163 é idealizado pela Fundação Rio Verde para ser uma feira de novas tecnologias com foco comercial e ainda abre espaço para discussões de temas técnicos, políticos, sociais

Leia mais

COMO SE COMUNICAR COM O NOVO CONSUMIDOR BRASILEIRO: PODEMOS APROVEITAR O EXEMPLO DE OUTROS PAÍSES?

COMO SE COMUNICAR COM O NOVO CONSUMIDOR BRASILEIRO: PODEMOS APROVEITAR O EXEMPLO DE OUTROS PAÍSES? COMO SE COMUNICAR COM O NOVO CONSUMIDOR BRASILEIRO: PODEMOS APROVEITAR O EXEMPLO DE OUTROS PAÍSES? GSB2 - ENCAFÉ 2008 CASOS INTERESSANTES COM CAFÉ EM OUTROS PAÍSES - Índia - México - El Salvador - Colômbia

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. Evair de Melo) Institui a Política Nacional de Incentivo à Produção de Café de Qualidade. O Congresso Nacional decreta: Art. 1º Esta Lei institui a Política Nacional

Leia mais

COMPRADOR VENDEDOR SACAS PREÇO QUALIDADE NOTÍCIAS: CMN aprova a distribuição de recursos do Funcafé para 2015

COMPRADOR VENDEDOR SACAS PREÇO QUALIDADE NOTÍCIAS: CMN aprova a distribuição de recursos do Funcafé para 2015 M dcheg BARÃO COMISSÁRIA DE CAFÉ LTDA Alameda Otávio Marques de Paiva, 220 Bairro Santa Luiza CEP 37062-670 - Varginha-MG (35) 3214-7725 / 8855-0050 / 8879-0040 / 8876-0030 www.baraocomissariadecafe.com.br

Leia mais

CONECTAMOS IDEIAS COM RESULTADOS. Agência Web

CONECTAMOS IDEIAS COM RESULTADOS. Agência Web CONECTAMOS IDEIAS COM RESULTADOS A PLUG AGÊNCIA WEB A Plug é uma agência que transforma as suas ideias em resultados através de conexões. Nosso primeiro passo de todo projeto é conectar as suas ideias

Leia mais

CLIPPING 29/01/2013 Acesse: www.cncafe.com.br

CLIPPING 29/01/2013 Acesse: www.cncafe.com.br CLIPPING Acesse: www.cncafe.com.br Dobra número de produtores de café em busca de capacitação na região da Cooxupé Cooxupé / Phábrica de Ideias 29/01/2012 Desde 2010 a COOXUPÉ cooperativa mineira de café

Leia mais

CLIPPING 02/10/2012 Acesse: www.cncafe.com.br

CLIPPING 02/10/2012 Acesse: www.cncafe.com.br CLIPPING Acesse: www.cncafe.com.br Brasil representa 38,5% da exportação mundial de café arábica em agosto P1 / Ascom CNC Paulo A. C. Kawasaki De acordo com dados preliminares do informe estatístico mensal

Leia mais

GESTÃO DE GENTE. Modelo de Competências da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro ALINHAMENTO DE METAS E AÇÕES. O nosso jeito de servir: Sou + o Rio

GESTÃO DE GENTE. Modelo de Competências da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro ALINHAMENTO DE METAS E AÇÕES. O nosso jeito de servir: Sou + o Rio Secretaria da Casa Civil Modelo de Competências da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro O nosso jeito de servir: Sou + o Rio GESTÃO DE GENTE ALINHAMENTO DE METAS E AÇÕES Conteúdo 1 2 3 4 Objetivo O que

Leia mais

Donauer Solar SyStemS o Seu parceiro certo.

Donauer Solar SyStemS o Seu parceiro certo. Donauer Solar Systems Solar Fotovoltaico Solar Térmico E-Mobility www.donauer.eu Donauer Solar SyStemS o Seu parceiro certo. 2 3 o Sol É a nossa inspiração. Tudo começa quando nos levantamos. Acendemos

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5. o ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5. o ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5. o ANO/EF - 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Melhoramento de Café Robusta/Conilon

Melhoramento de Café Robusta/Conilon Melhoramento de Café Robusta/Conilon Maria Amélia Gava Ferrão Pesquisadora Embrapa Café/Incaper APRESENTAÇÃO Introdução Histórico Estratégias Melhoramento Brasil Principais Resultados Espécies Café Identificadas

Leia mais

Gallette Chocolate Gourmet

Gallette Chocolate Gourmet Gallette Chocolate Gourmet Recém-chegada ao mercado, a Gallette Chocolate Gourmet acredita que comer um bom chocolate vai muito além da deliciosa experiência do paladar. Na Gallette, o mesmo cuidado artesanal

Leia mais

Os principais tipos climáticos mundiais

Os principais tipos climáticos mundiais Os principais tipos climáticos mundiais Os principais tipos climáticos mundiais 1 massas de ar -Definição - Origens - Tipos - Frentes (fria e quente) 2 Climas -O que define os climas? - Tipos de climas

Leia mais

Ingredientes: Água, malte, cereais não-maltados, carboidratos, lúpulo, antioxidante INS 316 e estabilizante INS 405.

Ingredientes: Água, malte, cereais não-maltados, carboidratos, lúpulo, antioxidante INS 316 e estabilizante INS 405. Produtos Cerveja Antarctica Cerveja Antarctica Cristal A cerveja Antarctica Cristal é a primeira cerveja brasileira com embalagem transparente, que foi especialmente desenvolvida para você legar para a

Leia mais

AGREGAÇÃO DE VALOR PRODUZINDO CAFÉ DE QUALIDADE SUPERIOR (Colheita e Pós-colheita)

AGREGAÇÃO DE VALOR PRODUZINDO CAFÉ DE QUALIDADE SUPERIOR (Colheita e Pós-colheita) WWW.CETCAF.COM.BR AGREGAÇÃO DE VALOR PRODUZINDO CAFÉ DE QUALIDADE SUPERIOR (Colheita e Pós-colheita) Autores: Frederico de Almeida Daher Marcos Moulin Teixeira ÍNDICE Pág. Prefácio... 03 Ações a Serem

Leia mais

28% 32% 28% 33% 31% Produção Derivada Mil sacas 60 Kg. Exportações Brasileiras de Café (Ano-Safra Jul/Jun) Mil sacas 60 Kg / US$ FOB mi

28% 32% 28% 33% 31% Produção Derivada Mil sacas 60 Kg. Exportações Brasileiras de Café (Ano-Safra Jul/Jun) Mil sacas 60 Kg / US$ FOB mi Produção Derivada Mil sacas Posição Estoques (1/0/05) (1/0/06) (1/0/07) 1. CONTAGEM ESTOQUES PRIVADOS - CONAB (início da safra) 1.044 9.74 17.584. VENDA DOS GOVERNO (abr/mar) 1.090 1.00 969. DEMANDA 40.647

Leia mais

Mídia Kit 2015. Publicidade. Tabela com vigência a partir de janeiro de 2015 Versão I em 26/11/2014

Mídia Kit 2015. Publicidade. Tabela com vigência a partir de janeiro de 2015 Versão I em 26/11/2014 Mídia Kit 2015 Publicidade Tabela com vigência a partir de janeiro de 2015 Versão I em 26/11/2014 Multiplataforma A Prazeres da Mesa é hoje a mais dinâmica produtora de conteúdo de gastronomia em várias

Leia mais

Características da fazenda: Características do lote de café:

Características da fazenda: Características do lote de café: EDUARDO PINHEIRO CAMPOS FAZENDA DONA NENEM Características do lote de café: Processamento tipo: Cereja Descascado Variedade: Bourbon Amarelo Quantidade de sacas: 11Sacas Altitude média das áreas de onde

Leia mais

World Cocoa Foundation

World Cocoa Foundation UTZ CERTIFIED Desde 2002, a CERTIFICAÇÃO UTZ ("UTZ", que significa "bom" em uma língua maia) tornou-se um dos principais programas de certificação para o cultivo responsável de café, com a preocupação

Leia mais

NORMA DE CADEIA DE CUSTÓDIA

NORMA DE CADEIA DE CUSTÓDIA NORMA DE CADEIA DE CUSTÓDIA Março de 2014 Rede de Agricultura Sustentável e Rainforest Alliance, 2012-2014. www.san.ag Este documento está disponível nos seguintes sites: www.san.ag www.rainforest-alliance.org

Leia mais

Além disto, haverá uma nova forma de financiamento do Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) para exportações indiretas. O chamado ACC Indireto

Além disto, haverá uma nova forma de financiamento do Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) para exportações indiretas. O chamado ACC Indireto Informativo PSI APEX, 03/04/2012 Na continuidade do Plano Brasil Maior, uma das principais medidas para aumentar a competitividade do setor exportador brasileiro anunciadas hoje é a redução do percentual

Leia mais

MAPA ESTATÍSTICO DA CA- FEICULTURA BRASILEIRA

MAPA ESTATÍSTICO DA CA- FEICULTURA BRASILEIRA MAPA ESTATÍSTICO DA CA- FEICULTURA BRASILEIRA POR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO Coffee Statistic Map By mesoregion and city APRESENTAÇÃO Visando contribuir com o debate sempre candente sobre a questão do volume

Leia mais

EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA DE MINAS GERAIS - EPAMIG

EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA DE MINAS GERAIS - EPAMIG EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA DE MINAS GERAIS - EPAMIG C L I P P I N G 10/5/2011 Produção Ascom Diário do Comércio 10/5/2011 Agronegócio Dia de Campo 10/5/2011 www.diadecampo.com.br Brasília/DF DF:

Leia mais

Armazenamento de Grãos de Café (coffea arabica L.) em dois tipos de Embalagens e dois tipos de Processamento RESUMO

Armazenamento de Grãos de Café (coffea arabica L.) em dois tipos de Embalagens e dois tipos de Processamento RESUMO Armazenamento de Grãos de Café (coffea arabica L.) em dois tipos de Embalagens e dois tipos de Processamento 87 Felipe Carlos Spneski Sperotto 1, Fernando João Bispo Brandão 1, Magnun Antonio Penariol

Leia mais

Brasil x Nova Zelândia: diferenças e similaridades entre dois sistemas de produção a pasto. Juliano Alves de Almeida Zootecnista

Brasil x Nova Zelândia: diferenças e similaridades entre dois sistemas de produção a pasto. Juliano Alves de Almeida Zootecnista Brasil x Nova Zelândia: diferenças e similaridades entre dois sistemas de produção a pasto Juliano Alves de Almeida Zootecnista Tópicos a serem discutidos Rebanho Brasil x NZ Clima Solo Infraestrutura

Leia mais

Fonte: Rondônia Rural Disponível em: Rondônia Rural.com

Fonte: Rondônia Rural Disponível em: Rondônia Rural.com I. INTRODUÇÃO O estado de Rondônia está localizado na região Norte do Brasil, a região Norte é a maior das cinco regiões do Brasil definidas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Leia mais

PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS (PPP) NO ESTADO DE MINAS GERAIS

PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS (PPP) NO ESTADO DE MINAS GERAIS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS (PPP) NO ESTADO DE MINAS GERAIS Novas modalidades para o Governo do Estado, juntamente com o setor privado, beneficiar milhões de mineiros PPP - UM MECANISMO INOVADOR GOVERNANÇA

Leia mais

Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil): Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café

Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil): Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil): Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Marcus Vinícius Martins M.Sc. em Agronomia Coordenador de Produção Integrada da Cadeia Agrícola Secretaria

Leia mais

TENDÊNCIAS E ESPECIFICAÇÕES DO MERCADO DE CHOCOLATE. INTRODUÇÃO

TENDÊNCIAS E ESPECIFICAÇÕES DO MERCADO DE CHOCOLATE. INTRODUÇÃO TENDÊNCIAS E ESPECIFICAÇÕES DO MERCADO DE CHOCOLATE. Givago B. Martins dos Santos ¹, Pricilla B. M. dos Santos. ³ Almir Martins dos Santos 1, ¹Professor da IFBa, 45650-000, Ilhéus, Bahia, Brasil; ² CEPLAC/CEPEC,

Leia mais

Cooxupé faz investimento milionário em complexo de armazenamento

Cooxupé faz investimento milionário em complexo de armazenamento Cooxupé faz investimento milionário em complexo de armazenamento 7 8 Carlos Paulino discursando A cidade de Guaxupé, no sul de Minas Gerais, é conhecida por ser um dos grandes centros cafeeiros nacionais

Leia mais

Go To Market Estratégias de Otimização de Resultados Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Go To Market Estratégias de Otimização de Resultados Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Boletim setorial d0. Recife, agosto de 2011. Café

Boletim setorial d0. Recife, agosto de 2011. Café Boletim setorial d0 Café Boletim Setorial d0 Café Entidade civil sem fins lucrativos, constituída como serviço autônomo e criada pela Lei 8.029, de 13 de abril de 1990, mantida e administrada pela iniciativa

Leia mais

Proprietários de uma fazenda

Proprietários de uma fazenda enviaram uma amostra para o concurso. Além do prêmio de 50 mil dólares, que Mônica usou para comprar um carro novo, a cafeicultora ajudou a divulgar a cidade de Araponga, MG, e contribuiu para a consolidação

Leia mais

SOLUÇÕES FINANCEIRAS FRENTE AO ESTADO DE EMERGÊNCIA CLIMA 2013/2014

SOLUÇÕES FINANCEIRAS FRENTE AO ESTADO DE EMERGÊNCIA CLIMA 2013/2014 SOLUÇÕES FINANCEIRAS FRENTE AO ESTADO DE EMERGÊNCIA CLIMA 2013/2014 Cenário 2013 - Definições - 2013 foi um ano de neutralidade climática, não tivemos a presença dos fenômenos La Niña e El Niño; (Em anos

Leia mais

Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Anual Fazenda Capetinga e Sassafrás

Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Anual Fazenda Capetinga e Sassafrás Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Anual Fazenda Capetinga e Sassafrás Cultivo(s): Café (Coffea arabica L.) Data do Resumo Público: 04 de janeiro de 2012 Data de Entrega do Relatório:

Leia mais

Bureau de Inteligência Competitiva do. Café. Série Potenciais Concorrentes do Café Brasileiro Peru Nº. 6 28/10/2013. www.icafebr.

Bureau de Inteligência Competitiva do. Café. Série Potenciais Concorrentes do Café Brasileiro Peru Nº. 6 28/10/2013. www.icafebr. Bureau de Inteligência Competitiva do Café Série Potenciais Concorrentes do Café Brasileiro Peru Nº. 6 28/10/2013 www.icafebr.com PARA TER ACESSO AOS DEMAIS RELATÓRIOS DO BUREAU, NOTÍCIAS E COTAÇÕES, ACESSE:

Leia mais

1. Porque a RAS e a Rainforest Alliance estão adotando esta nova certificação?

1. Porque a RAS e a Rainforest Alliance estão adotando esta nova certificação? MAIO 2012 PERGUNTAS FREQUENTES Certificação de Cadeia de Custódia* Empresas alimentícias, varejistas, governos, ONGs e consumidores estão cada vez mais interessados em conhecer as origens dos produtos

Leia mais

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Organização Internacional do Café - OIC Londres, 21 de setembro de 2010. O Sistema Agroindustrial do Café no Brasil - Overview 1 Cafés

Leia mais

Plano de Patrocínio. Um evento para gerar grandes negócios!

Plano de Patrocínio. Um evento para gerar grandes negócios! Plano de Patrocínio Um evento para gerar grandes negócios! OBJETIVO A feira tem como objetivo gerar bons negócios e contatos para os expositores, atraindo participantes altamente qualificados, com grande

Leia mais