O QUE É? Assinatura mensal Andante especialmente vocacionada para indivíduos e agregados familiares com menores recursos económicos.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O QUE É? Assinatura mensal Andante especialmente vocacionada para indivíduos e agregados familiares com menores recursos económicos."

Transcrição

1 SOCIAL + O QUE É? Assinatura mensal Andante especialmente vcacinada para indivídus e agregads familiares cm menres recurss ecnómics. QUANTO CUSTA? Oferece um descnt de 25% face a preç da assinatura nrmal. Se fr beneficiári d Rendiment Scial de Inserçã (RSI) u d Cmplement Slidári de Idss (CSI), a sua assinatura é Scial+ A, send descnt de 50%. PARA QUEM? Refrmads e Pensinistas cm refrma mensal menr u igual a 503,06 (1,2 vezes valr d IAS Indexante de Apis Sciais) Famílias cm rendiment brut mensal pr element d agregad familiar menr u igual a 503,06 (1,2 vezes valr d IAS Indexante de Apis Sciais) de acrd cm a seguinte fórmula: rendiment anual d agregad familiar 1,2 x IAS 14 x (nº elements passivs + 0,25 x nº elements dependentes) Beneficiáris de subsídi de desempreg e subsídi scial de desempreg cm mntante mensal menr u igual a 503,06 (1,2 vezes valr d IAS Indexante de Apis Sciais) Beneficiáris d Rendiment Scial de Inserçã (RSI) Beneficiáris d Cmplement Slidári de Idss (CSI) QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS? Refrmads e Pensinistas cm refrma mensal menr u igual a 503,06 (1,2 vezes valr d IAS) Requeriment Scial+; Cópia d dcument de Identificaçã Civil; Cópia d cartã de Identificaçã Fiscal; 1

2 Cópia d pstal da Segurança Scial, da Caixa Geral de Apsentações u de utra entidade respnsável pel pagament da respectiva pensã (dispensável se requerente entregar a última declaraçã de IRS); Cópia da última declaraçã de rendiments d requerente e respectiva Nta de Liquidaçã (se aplicável); OU Cópia da declaraçã d Ministéri das Finanças que cmprve a dispensa de apresentaçã da declaraçã de rendiments d sujeit passiv. Famílias cm rendiment brut mensal pr element d agregad familiar menr u igual a 503,06 (1,2 vezes valr d IAS) Requeriment Scial+; Cópia d dcument de Identificaçã Civil; Cópia d cartã de Identificaçã Fiscal; Cópia da última declaraçã de rendiments d requerente e respectiva Nta de Liquidaçã (se aplicável); OU Cópia da declaraçã d Ministéri das Finanças que cmprve a dispensa de apresentaçã da declaraçã de rendiments ds sujeits passivs d agregad familiar. N cas de (s) sujeit(s) passivs(s) estar(em) dispensad(s) da apresentaçã de IRS, cada um ds membrs d agregad familiar deve apresentar declaraçã das Finanças em cnfrmidade. Agregad Familiar Nº Sujeits Passivs Nº Dependentes Rendiment Glbal Nta: Agregad familiar = nº de sujeits passivs + nº dependentes 2

3 Beneficiáris de subsídi de desempreg e subsídi scial de desempreg cm mntante mensal menr u igual a 503,06 (1,2 vezes valr d IAS) Requeriment Scial+; Cópia d dcument de Identificaçã Civil; Cópia d cartã de Identificaçã Fiscal; Cópia da declaraçã d Ministéri da Slidariedade e Segurança Scial que cmprve a qualidade de beneficiári da prestaçã de subsídi de desempreg u subsídi scial de desempreg d requerente e respectiv mntante das prestações (data da declaraçã inferir a 15 dias). Nta: Em 2012 valr d Indexante de Apis Sciais (IAS) a cnsiderar é de 419,22 que multiplicad pr 1,2 é igual a 503,06. Beneficiáris d Rendiment Scial de Inserçã (RSI) Requeriment Scial+; Cópia d dcument de Identificaçã Civil; Cópia d cartã de Identificaçã Fiscal; Cópia da declaraçã d Ministéri da Slidariedade e Segurança Scial que cmprve a qualidade de beneficiári das prestações d RSI d requerente (data da declaraçã inferir a 15 dias). Beneficiáris d Cmplement Slidári de Idss (CSI) Requeriment Scial+; Cópia d dcument de Identificaçã Civil; Cópia d cartã de Identificaçã Fiscal; Cópia da declaraçã d Ministéri da Slidariedade e Segurança Scial que cmprve a qualidade de beneficiári das prestações d CSI d requerente (data da declaraçã inferir a 15 dias). RENOVAÇÃO DE PERFIL Anualmente, terá de fazer prva da sua cndiçã de beneficiári d Tarifári Scial+ apresentand nva dcumentaçã. A renvaçã é brigatória! Cm a nva dcumentaçã, agente de venda prcede à renvaçã imediata d seu cartã durante mais 12 meses, cntads a partir da data de adesã / renvaçã. 3

4 Se é beneficiári d subsídi de desempreg u subsídi scial de desempreg a renvaçã é semestral (6 meses cntads a partir da data de adesã / renvaçã). Para ter acess pela 1ª vez u renvar anualmente perfil d seu cartã Andante Gld Scial+, dirija-se às Ljas Andante, Psts de Atendiment STCP u Bilheteiras CP cm venda Andante. A renvaçã anual d perfil Scial+ nã pde ser feita nas Máquinas de Venda Autmática (MVAs), Payshp, CTT e Multibanc. Para recarregar mensalmente a sua Assinatura Scial+, pderá dirigir-se a qualquer um ds lcais anterires u utilizar as MVAs lcalizadas nas estações de Metr e CP, Payshp e CTT, Operadres Privads e Lja da Mbilidade. A Assinatura Andante Scial + nã pde ser carregada n Multibanc. O QUE PRECISO DE SABER MAIS? A Assinatura mensal Andante Scial + só pde ser carregada n cartã Andante Gld. A entrega das cópias da dcumentaçã cmprvativa deverá ser acmpanhada da apresentaçã ds riginais para verificaçã. Nã há acumulaçã de descnts cm s actuais tarifáris em vigr. 4

5 O QUE É? Assinatura mensal Andante destinada a tds s estudantes ds 4 as 18 ans (inclusivé) que nã frequentam ensin superir e que nã beneficiam de transprte esclar assegurad pelas Câmaras Municipais. QUANTO CUSTA? Oferece um descnt de 25% face a preç da assinatura nrmal. Se fres beneficiári d escalã A d Api Scial Esclar, a tua assinatura é 4_18 A, cm descnt de 50%. QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS? Declaraçã ficial 4_18 (emitida pel IMT) dispnibilizada pela secretaria da escla devidamente assinada e carimbada (data da declaraçã inferir a 3 meses). Apresentaçã d dcument de Identificaçã Civil para verificaçã. Se tiveres direit à assinatura 4_18 A cm 50% descnt deves ainda entregar: Declaraçã emitida pela Escla que cmprve que estás abrangid pel escalã A, n âmbit d regime da Acçã Scial Esclar (data da declaraçã inferir a 3 meses). Requeriment Scial+. RENOVAÇÃO DE PERFIL Anualmente, terás de fazer prva da tua cndiçã de estudante 4_18 apresentand nva dcumentaçã. A renvaçã é brigatória! Cm a nva dcumentaçã, agente de venda prcede à renvaçã imediata d teu cartã durante mais um an, até 30 de Setembr d próxim an. Nã esperes pel regress às aulas! Pdes renvar perfil d teu cartã Andante 4_18 de 1 de Julh a 30 de Setembr sem ter de pagar lg a mensalidade. 5

6 Para teres acess pela 1ª vez u renvares anualmente perfil d teu cartã 4_18, dirige-te às Ljas Andante, Psts de Atendiment STCP u Bilheteiras CP cm venda Andante. A renvaçã anual d perfil 4_18 nã pde ser feita nas Máquinas de Venda Autmática (MVA), Payshp, CTT e Multibanc. Para recarregares mensalmente a tua Assinatura 4_18, pderás dirigir-te a qualquer um ds lcais anterires u utilizar as MVA lcalizadas nas estações de Metr e CP, Payshp e CTT, Operadres Privads e Lja da Mbilidade. A Assinatura nã pde ser carregada n Multibanc. O QUE PRECISO DE SABER MAIS? A Assinatura mensal só pde ser carregada n seu cartã própri. A Assinatura mensal pde ser utilizada durante 12 meses, cm iníci em Setembr de cada an lectiv. O cartã 4_18 só pde ser requisitad pr ti u pel teu encarregad de educaçã. O cartã 4_18 pde ser carregad cm a Assinatura mensal e cm títuls casinais Andante. O cartã 4_18 tem uma validade máxima de 4 ans, cessand direit à sua utilizaçã n final d mês em que cmpletes 19 ans. O cartã 4_18 é alv de um descnt de 50% face a nrmal preç de venda a públic d cartã Andante Gld. Se tiveres um cartã Andante Gld em perfeitas cndições de funcinament, pderás trcá-l gratuitamente pel cartã 4_18. Excepcinalmente e pr impsiçã legal, n mês em que cmpletes 13 ans, deverás dirigir-te a uma Lja Andante, Pst de Atendiment STCP u Bilheteira CP cm venda Andante e apresentar teu cartã 4_18 para actualizaçã. As crianças que tenham mens de 6 ans em 31 de Dezembr de cada an sã dispensadas de apresentar a declaraçã 4_18 a qual é substituída pr dcuments que prvem a sua idade (cópia d Bilhete de Identidade, d Cartã d Cidadã u d Assent de Nasciment) e residência (Exempl: recib da luz, água, telefne u dcument passad pela Junta de Freguesia d Encarregad de Educaçã). 6

7 O QUE É? Assinatura mensal Andante destinada a tds s estudantes até as 23 ans (inclusivé) que frequentem ensin superir (curss ficialmente recnhecids pel Ministéri que tutele ensin superir). QUANTO CUSTA? Oferece um descnt de 25% face a preç da assinatura nrmal. QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS? Declaraçã ficial Sub23 (mdel definid entre Ministéri da Ciência, Tecnlgia e Ensin Superir e a Secretaria de Estad ds Transprtes) dispnibilizada pela secretaria da faculdade devidamente assinada e carimbada (data da declaraçã inferir a 3 meses). Apresentaçã d dcument de Identificaçã Civil para verificaçã. RENOVAÇÃO DE PERFIL Anualmente, terás de fazer prva da tua cndiçã de estudante Sub23 apresentand nva dcumentaçã. A renvaçã é brigatória! Cm a nva dcumentaçã, agente de venda prcede à renvaçã imediata d teu cartã durante mais um an, até 30 de Setembr d próxim an. Nã esperes pel regress às aulas! Pdes renvar perfil d teu cartã Andante Sub23 de 1 de Julh a 30 de Setembr sem ter de pagar lg a mensalidade. Se até 30 de Setembr nã tiveres a tua matrícula renvada para an lectiv seguinte, pdes prlngar a validade d benefíci até 31 de Outubr desde que estejas em épca de exames e apresentes nvamente a declaraçã Sub23 referente ainda a an lectiv que estás a terminar. 7

8 Para teres acess pela 1ª vez u renvares anualmente perfil d teu cartã Sub23, dirige-te às Ljas Andante, Psts de Atendiment STCP u Bilheteiras CP cm venda Andante. A renvaçã anual d perfil Sub23 nã pde ser feita nas Máquinas de Venda Autmática (MVAs), Payshp, CTT e Multibanc. Para recarregares mensalmente a tua Assinatura Sub23, pderás dirigir-te a qualquer um ds lcais anterires u utilizar as MVAs lcalizadas nas estações de Metr e CP, Payshp e CTT, Operadres Privads e Lja da Mbilidade. A Assinatura nã pde ser carregada n Multibanc. O QUE PRECISO DE SABER MAIS? A Assinatura mensal só pde ser carregada n seu cartã própri. A Assinatura mensal pde ser utilizada durante 12 meses, cm iníci em Setembr de cada an lectiv. O cartã Sub23 só pde ser requisitad pr ti. O cartã Sub23 pde ser carregad cm a Assinatura mensal e cm títuls casinais Andante. O cartã Sub23 tem uma validade máxima de 4 ans, cessand direit à sua utilizaçã n final d mês em que cmpletes 24 ans. O cartã Sub23 é alv de um descnt de 50% face a nrmal preç de venda a públic d cartã Andante Gld. Se tiveres um cartã Andante Gld em perfeitas cndições de funcinament, pderás trcá-l gratuitamente pel cartã Sub23. 8

9 ESTUDANTE O QUE É? Assinatura mensal Andante destinada a tds s estudantes até as 25 ans (inclusivé) matriculads em curss recnhecids ficialmente de ensin primári, secundári, técnicprfissinal, médi u superir. QUANTO CUSTA? Oferece um descnt de 25% face a preç da assinatura nrmal. QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS? Cópia d dcument de Identificaçã Civil. Cópia de um dcument cmprvativ da matrícula que registe nme d Alun e an lectiv que inicia: Cartã de estudante OU; Certidã de matrícula (se fr dcument n-line deverá brigatriamente cnter códig de autenticidade) OU; Recib de matrícula OU; Cmprvativ de pagament de prpinas (desde que identifique a Instituiçã Esclar e apresente respectiv carimb) (data d cmprvativ inferir a 3 meses). RENOVAÇÃO DE PERFIL Anualmente, terás de fazer prva da tua cndiçã de beneficiári d Tarifári Scial Estudante apresentand nva dcumentaçã. A renvaçã é brigatória! Cm a nva dcumentaçã, agente de venda prcede à renvaçã imediata d teu cartã durante mais um an, até 30 de Setembr d próxim an. Nã esperes pel regress às aulas! Pdes renvar perfil d teu cartã Andante Gld Estudante de 1 de Julh a 30 de Setembr sem ter de pagar lg a mensalidade. Para teres acess pela 1ª vez u renvares anualmente perfil d teu cartã Andante Gld Estudante, dirige-te às Ljas Andante, Psts de Atendiment STCP u Bilheteiras CP cm venda Andante. 9

10 A renvaçã anual d perfil Estudante nã pde ser feita nas Máquinas de Venda Autmática (MVAs), Payshp, CTT e Multibanc. Para recarregares mensalmente a tua Assinatura Tarifári Scial Estudante, pderás dirigir-te a qualquer um ds lcais anterires u utilizar as MVAs lcalizadas nas estações de Metr e CP, Payshp e CTT, Operadres Privads e Lja da Mbilidade. A Assinatura Tarifári Scial Estudante nã pde ser carregada n Multibanc. O QUE PRECISO DE SABER MAIS? A Assinatura mensal Estudante só pde ser carregada n cartã Andante Gld. A Assinatura mensal Estudante pde ser utilizada durante 12 meses, cm iníci em Setembr de cada an lectiv. A entrega das cópias da dcumentaçã cmprvativa deverá ser acmpanhada da apresentaçã ds riginais para verificaçã. JÚNIOR Destina-se a tdas as crianças até as 12 ans (inclusivé). Oferece um descnt de 25% face a preç da assinatura nrmal. Para aderir a Tarifári Scial Júnir basta entregar cópia d dcument de Identificaçã Civil acmpanhada d riginal para verificaçã. A Assinatura Tarifári Scial Júnir nã pde ser carregada n Multibanc. Nã é necessári renvar anualmente perfil d cartã. 10

11 SÉNIOR O QUE É? Assinatura mensal Andante destinada a pessas cm idade igual u superir a 65 ans. QUANTO CUSTA? Oferece um descnt de 25% face a preç da assinatura nrmal. QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS? Cópia d dcument de Identificaçã Civil acmpanhada d riginal para verificaçã. ONDE COMPRAR? Para ter acess pela 1ª vez a tarifári Sénir, dirija-se às Ljas Andante, Psts de Atendiment STCP u Bilheteiras CP cm venda Andante. Para recarregar mensalmente a Assinatura Sénir, pderá dirigir-se a qualquer um ds lcais anterires u utilizar as Máquinas de Venda Autmática (MVAs) lcalizadas nas estações de Metr e CP, Payshp e CTT, Operadres Privads e Lja da Mbilidade. A Assinatura mensal Sénir nã pde ser carregada n Multibanc. INFORMAÇÕES ÚTEIS A Assinatura mensal Sénir só pde ser carregada n cartã Andante Gld. Nã é necessári renvar anualmente perfil. 11

12 Tarifári Perfil Dcumentaçã a entregar/cnferir Declaraçã ficial 4_18 (data da declaraçã inferir a 3 meses). 4_18 Escalã A (50% Escalã A Declaraçã emitida pela escla, que cmprve que alun está abrangid pel escalã A (data da declaraçã inferir a 3 meses). Requeriment Scial+ Apresentaçã d dcument de identificaçã civil para verificaçã Geral (25% Geral Declaraçã ficial 4_18 (data da declaraçã inferir a 3 meses). Apresentaçã d dcument de identificaçã civil para verificaçã Sub 23 Geral (25% Geral Declaraçã ficial Sub23 (data da declaraçã inferir a 3 meses). Apresentaçã d dcument de identificaçã civil para verificaçã Cópia de um dcument cmprvativ da matrícula que registe nme d estudante e an lectiv que inicia: Cartã de estudante; Estudante Geral (25% Geral Certidã de matrícula (se fr dcument n-line deverá brigatriamente cnter códig de autenticidade); Recib de matrícula; Cmprvativ de pagament de prpinas (desde que identifique a Instituiçã Esclar e apresente respectiv carimb) Júnir Geral (25% Geral Sénir Geral (25% Geral Requeriment Scial+ Escalã A (50% RSI - Rendiment Scial de Inserçã CSI - Cmplement Slidári de Idss Cópia d cartã de identificaçã fiscal Cópia da declaraçã d Ministéri da Slidariedade e Segurança Scial que cmprve a qualidade de beneficiári das prestações d RSI d requerente (data da declaraçã inferir a 15 dias). Requeriment Scial+ Cópia d cartã de identificaçã fiscal Cópia da declaraçã d Ministéri da Slidariedade e Segurança Scial que cmprve a qualidade de beneficiári das prestações d CSI d requerente (data da declaraçã inferir a 15 dias). Requeriment Scial+ Cópia d cartã de identificaçã fiscal RP - Refrmads e Pensinistas Cópia d pstal da Segurança Scial, Caixa Geral de Apsentações u de utra entidade respnsável pel pagament da respectiva pensã (dispensável se requerente prceder à entrega da última declaraçã de IRS) Scial + Cópia da última declaraçã de rendiments d requerente e respectiva Nta de Liquidaçã (se aplicável) OU Cópia da declaraçã d Ministéri das Finanças que cmprve a dispensa de apresentaçã da declaraçã de rendiments d sujeit passiv. Requeriment Scial+ Geral (25% Desempregads (Subsídi de desempreg e subsídi scial de desempreg) Cópia d cartã de identificaçã fiscal Cópia da declaraçã d Ministéri da Slidariedade e Segurança Scial que cmprve a qualidade de beneficiári da prestaçã de subsídi de desempreg u subsídi scial de desempreg d requerente e respectiv mntante das prestações (data da declaraçã inferir a 15 dias) Requeriment Scial+ Cópia d cartã de identificaçã fiscal Famílias Cópia da última declaraçã de rendiments d requerente e respectiva Nta de Liquidaçã (se aplicável) OU Cópia da declaraçã d Ministéri das Finanças que cmprve a dispensa de apresentaçã da declaraçã de rendiments ds sujeits passivs d agregad familiar. N cas de (s) sujeit(s) passiv(s) estar(em) dispensad(s) de apresentaçã de IRS, cada um ds membrs d agregad familiar deve apresentar declaraçã das Finanças em cnfrmidade. NOTA: Deverã ser apresentads tds s dcuments riginais para verificaçã 12

QUANTO CUSTA? Oferece um desconto de 25% face ao preço da assinatura normal.

QUANTO CUSTA? Oferece um desconto de 25% face ao preço da assinatura normal. O QUE É? Assinatura mensal Andante, válida para o percurso casa/escola, destinada a todos os estudantes dos 4 aos 18 anos (inclusivé) que não frequentam o ensino superior e que não beneficiam de transporte

Leia mais

Admissões para Creche e Pré-escolar 2016 / 2017

Admissões para Creche e Pré-escolar 2016 / 2017 Admissões para Creche e Pré-esclar 2016 / 2017 1ª Fase: Pré-candidatura Decrre entre 4 a 29 de Janeir (2016): - Ficha de candidatura devidamente preenchida e assinada (dispnível na Secretaria u n site:

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DO GRUPO FAMILIAR (fotocópia).

IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DO GRUPO FAMILIAR (fotocópia). DOCUMENTAÇÃO PARA O PROUNI Cmprvaçã de dcuments Ensin Médi; Ficha de Inscriçã, Identificaçã d Candidat e d Grup Familiar; Cmprvaçã de Endereç d Candidat e d Grup Familiar; Cmprvaçã de renda d Candidat

Leia mais

Instruções auxiliares de preenchimento

Instruções auxiliares de preenchimento Instruções auxiliares de preenchiment Preenchiment n-line: Utilize Adbe Acrbat Reader, versã 7.0.5 u superir, qual pde ser btid em http://www.adbe.cm; Seleccine a pçã Preenchiment e envi n-line ; Recmenda-se

Leia mais

Instruções. Requerimento de Pensão de Sobrevivência, Reembolso das Despesas de Funeral e Subsídio por Morte. Preenchimento on-line:

Instruções. Requerimento de Pensão de Sobrevivência, Reembolso das Despesas de Funeral e Subsídio por Morte. Preenchimento on-line: Requeriment de Pensã de Sbrevivência, Reembls das Despesas de Funeral e Subsídi pr Mrte Instruções Preenchiment n-line: Utilize Adbe Acrbat Reader, versã 7.0.5 u superir, qual pde ser btid em http://www.adbe.cm;

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE N prcess de renvaçã de matrículas para an lectiv 2010/2011, e na sequência d plan de melhria cntínua ds serviçs a dispnibilizar as aluns, IPVC ferece, pela

Leia mais

FIES - Documentação comprobatória

FIES - Documentação comprobatória FIES - Dcumentaçã cmprbatória OBS: Devem ser apresentads riginais e cópias ds dcuments relacinads. COMPROVANTES DE RESIDÊNCIA DO ESTUDANTE: O estudante deverá cmparecer à CPSA e psterirmente a agente financeir

Leia mais

CPF: IDENTIDADE: ORGÃO EXPEDIDOR DATA NASC.: NATURALIDADE: IDADE: SE SEPARADO (A), PAGA OU RECEBE PENSÃO:

CPF: IDENTIDADE: ORGÃO EXPEDIDOR DATA NASC.: NATURALIDADE: IDADE: SE SEPARADO (A), PAGA OU RECEBE PENSÃO: FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO PROUMIN BOLSA UNIVERSITÁRIA DE MINEIROS FOTO 3X4 INCLUSÃO RENOVAÇÃO 1 INFORMAÇÕES SOBRE O(A) CANDIDATO(A) SEXO CPF: IDENTIDADE: ORGÃO EXPEDIDOR DATA NASC.: NATURALIDADE: IDADE:

Leia mais

DÚVIDAS SOBRE OS BENEFÍCIOS ATRIBUÍDOS AOS ANTIGOS COMBATENTES?

DÚVIDAS SOBRE OS BENEFÍCIOS ATRIBUÍDOS AOS ANTIGOS COMBATENTES? DÚVIDAS SOBRE OS BENEFÍCIOS ATRIBUÍDOS AOS ANTIGOS COMBATENTES? ÂMBITO PESSOAL O regime jurídic d serviç militar prestad em cndições especiais de dificuldade u perig, aprvad pela Lei n.º 9/2002, de 11

Leia mais

Ficha Cadastro Pessoa Física

Ficha Cadastro Pessoa Física Ficha Cadastr Pessa Física Grau de sigil #00 Em se tratand de mais de um titular, preencher uma ficha para cada um. Cas necessári, utilize utra ficha para cmpletar s dads. ads da Cnta na CAIXA Cód. agência

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL EDITAL CANDIDATURA AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS (CTeSP) 2015 CONDIÇÕES DE ACESSO 1. Pdem candidatar-se a acess de um Curs Técnic Superir Prfissinal (CTeSP) da ESTGL tds s que estiverem

Leia mais

Ficha Cadastro Pessoa Física

Ficha Cadastro Pessoa Física Ficha Cadastr Pessa Física Grau de sigil #00 Em se tratand de mais de um titular, preencher uma ficha para cada um. Cas necessári, utilize utra ficha para cmpletar s dads. Dads da Cnta na CAIXA Cód. agência

Leia mais

Regulamento do programa de bolsas de estudos

Regulamento do programa de bolsas de estudos Regulament d prgrama de blsas de estuds Unidades Ri de Janeir e Sã Paul Data de publicaçã: 13/05/2015 Regulament válid até 30/08/2015 1 1. Sbre prgrama Através de um prcess seletiv, prgrama de blsas de

Leia mais

Instruções auxiliares de preenchimento

Instruções auxiliares de preenchimento Instruções auxiliares de preenchiment Preenchiment n-line: Utilize Adbe Acrbat Reader, versã 7.0.5 u superir, qual pde ser btid em http://www.adbe.cm; Seleccine a pçã Preenchiment e envi n-line ; Recmenda-se

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE N prcess de renvaçã de matrículas para an lectiv 2008/2009, e na sequência d plan de melhria cntínua ds serviçs a dispnibilizar as aluns, IPVC ferece, pela

Leia mais

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR A pertinência e valr demnstrad das valências d Cartã de Saúde Cfre, em razã d flux de adesões e pedids de esclareciment, trnam essencial dar evidência e respsta a algumas situações

Leia mais

CAE Rev_3: 74900 e 71120 LICENCIAMENTO DE EMPRESAS PARA O EXERCÍCIO DE ACTIVIDADES DE PRODUÇÃO E RENOVAÇÃO DE CADASTRO PREDIAL

CAE Rev_3: 74900 e 71120 LICENCIAMENTO DE EMPRESAS PARA O EXERCÍCIO DE ACTIVIDADES DE PRODUÇÃO E RENOVAÇÃO DE CADASTRO PREDIAL O cnteúd infrmativ dispnibilizad pela presente ficha nã substitui a cnsulta ds diplmas legais referenciads e da entidade licenciadra. FUNCHAL CAE Rev_3: 74900 e 71120 LICENCIAMENTO DE EMPRESAS PARA O EXERCÍCIO

Leia mais

1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR?

1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR? Criad em 27.01.2014 Revisad em 19.02.2015 1. COMO SE CADASTRAR JUNTO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR? Para se cadastrar junt a Cadastr Unificad de Frnecedres d Estad CADFOR/SEGPLAN-GO, a entidade

Leia mais

Plano de Formação 2012

Plano de Formação 2012 1 INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, IP DELEGAÇÃO REGIONAL DO ALGARVE Plan de Frmaçã 2012 Centr de Empreg e Frmaçã Prfissinal de Prtimã 2 APRENDIZAGEM nível IV SAÍDA PROFISSIONAL INICIO FINAL

Leia mais

Plano Promocional de Fornecimento de Infra-estrutura de Acesso a Serviços Internet de Banda Estreita Dial Provider 1

Plano Promocional de Fornecimento de Infra-estrutura de Acesso a Serviços Internet de Banda Estreita Dial Provider 1 Sã Paul, 26 de dezembr de 2005 Plan Prmcinal de Frneciment de Infra-estrutura de Acess a Serviçs Internet de Banda Estreita Dial Prvider 1 Telecmunicações de Sã Paul S.A - TELESP. ( Telesp ), tend em vista

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Faculdade de Tecnlgia SENAI Flrianóplis e Faculdade de Tecnlgia SENAI Jaraguá d Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduaçã Lat Sensu MBA em Gestã de Prjets A Faculdade de Tecnlgia SENAI/SC em Flrianóplis

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSOS ESPECIAIS DE ACESSO E INGRESSO MINISTRADOS NO IPP NO ENSINO SUPERIOR NOS CURSOS

REGULAMENTO CONCURSOS ESPECIAIS DE ACESSO E INGRESSO MINISTRADOS NO IPP NO ENSINO SUPERIOR NOS CURSOS REGULAMENTO CONCURSOS ESPECIAIS DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR NOS CURSOS MINISTRADOS NO IPP JULHO 2010 ÍNDICE CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES GERAIS Object... 3 Âmbit bjectiv... 3 Âmbit subjectiv...

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL CARTÃO DO IDOSO

REGULAMENTO MUNICIPAL CARTÃO DO IDOSO REGULAMENTO MUNICIPAL CARTÃO DO IDOSO ÍNDICE Preâmbulo Artigo 1.º - Âmbito Artigo 2.º - Objetivo Artigo 3.º - Condições de Atribuição Artigo 4.º - Organização Processual Artigo 5.º - Benefícios do Cartão

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL Intrduçã O presente Regulament cnstitui um dcument intern d curs de Ciências Cntábeis e tem pr bjetiv reger as atividades relativas a Estági de Iniciaçã

Leia mais

Processo/Instruções de Pagamento para Aplicação no Programa de Sustentabilidade de Pequenas Empresas

Processo/Instruções de Pagamento para Aplicação no Programa de Sustentabilidade de Pequenas Empresas Prcess/Instruções de Pagament para Aplicaçã n Prgrama de Sustentabilidade de Pequenas Empresas Requisits de Elegibilidade 1. A empresa deve estar lcalizada em znas de cnstruçã activa na Alum Rck Avenue

Leia mais

Cm Criar Seu Própri Empreg em Apenas 5 Passs 1 1º Pass: A IDEIA 2º Pass: O CONTACTO COM VÁRIAS INSTITUIÇÕES E ENTIDADES 3º Pass: PLANO DE NEGÓCIOS 4º Pass: CRIAÇÃO DA EMPRESA E INÍCIO DE ACTIVIDADE 5º

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE. Técnicos de Instalação e Manutenção de Edifícios e Sistemas. (TIMs)

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE. Técnicos de Instalação e Manutenção de Edifícios e Sistemas. (TIMs) MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE Técnics de Instalaçã e Manutençã de Edifícis e Sistemas (TIMs) NO SISTEMA INFORMÁTICO DO SISTEMA NACIONAL DE CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA NOS EDIFÍCIOS (SCE) 17/07/2014

Leia mais

Informações Importantes 2015

Informações Importantes 2015 Infrmações Imprtantes 2015 CURSOS EXTRACURRICULARES N intuit de prprcinar uma frmaçã cmpleta para alun, Clégi Vértice ferece curss extracurriculares, que acntecem lg após as aulas regulares, tant n períd

Leia mais

Workshop Nova Legislação que regula a aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos (PF)

Workshop Nova Legislação que regula a aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos (PF) Wrkshp Nva Legislaçã que regula a aplicaçã de Prduts Fitfarmacêutics (PF) Quinta d Vallad, Vilarinh ds Freires Branca Teixeira 23 de mai de 2013 Nva Legislaçã Lei nº26/2013 de 11 de abril Regula as actividades

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Faculdade de Tecnlgia SENAI Flrianóplis e Faculdade de Tecnlgia SENAI Jaraguá d Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduaçã Lat Sensu em Gestã da Segurança da Infrmaçã em Redes de Cmputadres A Faculdade

Leia mais

Manual de Procedimentos

Manual de Procedimentos Manual de Prcediments Prcediments para Submissã de Prjets de MDL à Cmissã Interministerial de Mudança Glbal d Clima Secretaria Executiva Cmissã Interministerial de Mudança Glbal d Clima Prcediments para

Leia mais

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento Inscriçã d Candidat a Prcess de Credenciament O link de inscriçã permitirá que candidat registre suas infrmações para participar d Prcess de Credenciament, cnfrme Edital. Após tmar ciência de td cnteúd

Leia mais

BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO

BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO O QUE É O BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO? É um auxíli financeir que tem cm bjetiv cntribuir para, u pssibilitar, a cntrataçã de um cuidadr para auxiliar beneficiáris

Leia mais

Candidatura a Bolsa de Estudo

Candidatura a Bolsa de Estudo N.º Entrada Data / / Despacho: Funcionário: FORMULÁRIO DE CANDIDATURA 1.IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Oleiros Nome: Morada (rua, praça, av.): Nº/Lote: Localidade:

Leia mais

NOME MORADA TELEFONE TELEMÓVEL E-MAIL DATA DE NASCIMENTO / / NATURALIDADE NACIONALIDADE Nº DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO (BI/CC) DATA DE VALIDADE / /

NOME MORADA TELEFONE TELEMÓVEL E-MAIL DATA DE NASCIMENTO / / NATURALIDADE NACIONALIDADE Nº DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO (BI/CC) DATA DE VALIDADE / / Página 1 de 5 MUNICIPIO DE VENDAS NOVAS - SERVIÇO DE INTERVENÇÃO SOCIAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA A HABITAÇÃO MUNICIPAL Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas 1 - IDENTIFICAÇÃO DO/A

Leia mais

Lista de Documentos o Abertura de Empresas Abertura de empresas na área de alimentos Documentos para estabelecimentos comerciais (pessoa física)

Lista de Documentos o Abertura de Empresas Abertura de empresas na área de alimentos Documentos para estabelecimentos comerciais (pessoa física) Lista de Dcuments Abertura de Empresas Abertura de empresas na área de aliments Dcuments para estabeleciments cmerciais (pessa física) 1) Ficha de Inscriçã Cadastral, preenchida na própria VISA; 2) Cópia

Leia mais

CURSO DE TRIPULANTE DE AMBULÂNCIA DE SOCORRO

CURSO DE TRIPULANTE DE AMBULÂNCIA DE SOCORRO EA.TAS.6.1.13 HELPCARE CURSO DE TRIPULANTE DE AMBULÂNCIA DE SOCORRO Prpsta Curs de Tripulante de Ambulância de Scrr Fundamentaçã O scrr e transprte de vítimas de dença súbita e/u trauma é executad pr váris

Leia mais

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário MTur Sistema Artistas d Turism Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 9 4.1. CADASTRAR REPRESENTANTE... 9 4.2. CADASTRAR

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MANUAL DE PROCEDIMENTOS Etapa 3 Cadastr d Prcess Seletiv O Presidente da CRM cadastra s dads d prcess n sistema. O prcess seletiv é a espinha drsal d sistema, vist que pr mei dele regem-se tdas as demais

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE (Prt. MEC nº 797/14, de 11/09/2014, publicada n DOU em 12/09/2014) EDITAL 2015 PROCESSO SELETIVO O Diretr Geral da Faculdade de Educaçã em Ciências da Saúde (FECS),

Leia mais

Sobretaxa de IRS em vigor em 2016 ERP eticadata

Sobretaxa de IRS em vigor em 2016 ERP eticadata Sbretaxa de IRS em vigr em 2016 ERP eticadata CONTEÚDO 01 INTRODUÇÃO... 3 02 TABELAS DE RETENÇÃO DA SOBRETAXA DE IRS EM VIGOR EM 2016... 4 02.01 LEI Nº159-D/2015, DE 30 DE DEZEMBRO... 4 02.02 DESPACHO

Leia mais

Nome completo Data de Nascimento (dd-mm-aaaa) Morada Familiar Código Postal Freguesia. B.I. NIF (Contribuinte) Telefone Telemóvel

Nome completo Data de Nascimento (dd-mm-aaaa) Morada Familiar Código Postal Freguesia. B.I. NIF (Contribuinte) Telefone Telemóvel Ex.mo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Barcelos C A N D I D A T U R A A B O L S A D E E S T U D O E N S I N O S U P E R I O R Responda a todos os itens de forma mais completa possível. 1. Estabelecimento

Leia mais

O projeto Key for Schools PORTUGAL

O projeto Key for Schools PORTUGAL O prjet Key fr Schls PORTUGAL O teste Key fr Schls O teste Key fr Schls é cncebid para aplicaçã em cntext esclar e está de acrd cm Quadr Eurpeu Cmum de Referência para as Línguas O teste Key fr Schls permite

Leia mais

INFORMAÇÃO GAI. Apoios às empresas pela contratação de trabalhadores

INFORMAÇÃO GAI. Apoios às empresas pela contratação de trabalhadores INFORMAÇÃO GAI Apis às empresas pela cntrataçã de trabalhadres N âmbit das plíticas de empreg, Gvern tem vind a criar algumas medidas de api às empresas pela cntrataçã de trabalhadres, n entant tem-se

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 005/2014 DE 07 DE ABRIL DE 2014 PROCESSO SELETIVO O Centr Universitári UNINOVAFAPI, situad à rua Vitrin Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairr d Uruguai, CEP.: 64.073-505,

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas Perguntas frequentes sbre Prgrama Banda Larga nas Esclas 1. Qual bjetiv d Prgrama Banda Larga nas Esclas? O Prgrama Banda Larga nas Esclas tem cm bjetiv cnectar tdas as esclas públicas à internet, rede

Leia mais

REQUERIMENTO. Apoio Social às Famílias

REQUERIMENTO. Apoio Social às Famílias REQUERIMENTO Apoio Social às Famílias Data Entrega Requerimento: / / Data Entrega documentos: / / N.º de processo: Informação técnica: Valor a conceder: Tipo de apoio a conceder: Despacho: / / O Presidente

Leia mais

O preenchimento do boletim revelará os documentos complementares necessários:

O preenchimento do boletim revelará os documentos complementares necessários: RAM Ano lectivo 2008/2009 Documento de apoio documentos a apresentar pelos inscritos Versão 3 28-05-2008 (este documento será dinâmico, recebendo informação à medida que as questões apresentadas o venham

Leia mais

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA 1º semestre / 2015 O FGV Law Prgram da Escla

Leia mais

Regras para Anulações e Devoluções 2014

Regras para Anulações e Devoluções 2014 Regras para Anulações e Devluções 2014 1. Regras Glbais 1. A anulaçã de uma reserva, pde implicar, quand bilhete se encntra emitid, a devluçã d preç u de parte d preç d bilhete, de acrd as regras descritas

Leia mais

ANO LETIVO 2014/2015 QUESTIONÁRIO

ANO LETIVO 2014/2015 QUESTIONÁRIO Município de Pombal CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE DUAS BOLSAS DE ESTUDO A ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR E RENOVAÇÃO DAS BOLSAS DE ESTUDO ATRIBUIDAS A ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR ANO LETIVO 0/0 QUESTIONÁRIO

Leia mais

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO UC_REQ-MK_ACF-001 27/01/2015 00 1 / 12 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 Objetiv... 2 Públic Alv... 2 Escp... 2 Referências... 2 DESCRIÇÃO GERAL DO PRODUTO... 2 Características d Usuári... 2 Limites, Supsições e

Leia mais

Proposta de Lei do Orçamento do Estado 2013

Proposta de Lei do Orçamento do Estado 2013 Prpsta de Lei d Orçament d Estad 2013 IRS Principais alterações Partilhams a Experiência. Invams nas Sluções. 17.10.2012 IRS - Principais alterações ÍNDICE Categrias de rendiments Rendiments de trabalh

Leia mais

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso Universidade Federal d Ceará Campus de Sbral Curs de Engenharia da Cmputaçã Regulament para realizaçã d Trabalh de Cnclusã de Curs Intrduçã Este dcument estabelece as regras básicas para funcinament das

Leia mais

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico Legenda da Guia de Tratament Odntlógic Term Registr NS Nº da n prestadr Num. d Camp na Númer da principal 3 Data da autrizaçã Senha senha 1 2 4 5 6 Nme d camp na Registr NS Númer da n prestadr Númer da

Leia mais

NORMATIVA ADMINISTRATIVA

NORMATIVA ADMINISTRATIVA Assunt: DIRETRIZES PARA COMPRA E APROVEITAMENTO DE Data de Emissã: Data de Revisã: De: 18/12/2013 Assunts Estratégics Tdas as áreas d 1. OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO Estabelecer regras e parâmetrs que

Leia mais

REGRAS PARA USO DE RECURSOS PROAP/CAP

REGRAS PARA USO DE RECURSOS PROAP/CAP REGRAS PARA USO DE RECURSOS PROAP/CAP I - AJUDA DE CUSTO A ALUNOS DE DOUTORADO DA CAP, PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS INTERNACIONAIS FORA DO PAÍS Eligibilidade Aluns de dutrad da CAP que preencham,

Leia mais

PROJECTO EDUCATIVO ANO LECTIVO 2007-2008

PROJECTO EDUCATIVO ANO LECTIVO 2007-2008 PROJECTO EDUCATIVO ANO LECTIVO 2007-2008 INTRODUÇÃO Prject educativ dcument que cnsagra a rientaçã educativa da escla, elabrad e aprvad pels órgãs de administraçã e gestã, n qual se explicitam s princípis,

Leia mais

OBJECTIVO. Ligação segura às redes públicas de telecomunicações, sob o ponto de vista dos clientes e dos operadores;

OBJECTIVO. Ligação segura às redes públicas de telecomunicações, sob o ponto de vista dos clientes e dos operadores; Prcediments de Avaliaçã das ITED ANACOM, 1ª ediçã Julh 2004 OBJECTIVO De acrd cm dispst n nº 1, d artº 22º, d Decret Lei nº 59/2000, de 19 de Abril (adiante designad cm DL59), a cnfrmidade da instalaçã

Leia mais

Programa Estágios Profissionais

Programa Estágios Profissionais Prgrama Estágis Prfissinais Cnsiste num estági cm a duraçã de 9 meses, pdend prlngar-se, cm autrizaçã d IEFP, excepcinalmente, até 12 meses, quand fr cmplementad pr um estági a realizar em territóri nacinal

Leia mais

S3 - Explicação sobre endereço e/ou número de telefone dos EUA

S3 - Explicação sobre endereço e/ou número de telefone dos EUA S3 - Explicaçã sbre endereç e/u númer de telefne ds EUA Nme Númer da Cnta (se huver) A preencher seu Frmulári W-8 d IRS, vcê afirma nã ser cidadã u residente ds EUA u utra cntraparte ds EUA para efeit

Leia mais

EDITAL BOLSA SOCIOECONÔMICA. Seleção de Bolsistas para o Programa de Bolsa Socioeconômica para o período de 2014

EDITAL BOLSA SOCIOECONÔMICA. Seleção de Bolsistas para o Programa de Bolsa Socioeconômica para o período de 2014 EDITAL BOLSA SOCIOECONÔMICA Seleçã de Blsistas para Prgrama de Blsa Sciecnômica para períd de 2014 O Reitr d Centr Universitári Tled Unitled, ns terms d Regulament aprvad pel CONSEPE, cm vistas à seleçã

Leia mais

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA 2º semestre / 2012 O Prgrama de Educaçã Cntinuada da trna públic, para cnheciment

Leia mais

Entre: é celebrado o presente Protocolo relativo à venda de títulos de transporte que se rege pelo disposto nas cláusulas seguintes:

Entre: é celebrado o presente Protocolo relativo à venda de títulos de transporte que se rege pelo disposto nas cláusulas seguintes: 7, / PROTOCOLO CELEBRADO ENTRE ( A CP - COMBOIOS DE PORTUGAL, E.P.E., E A UNIVERSIDADE DO PORTO PARA FORNECIMENTO DE TRANSPORTE NA REDE NACIONAL FERROVIÁRIA. Entre: 1.0 CP COMBOIOS DE PORTUGAL, E.P.E.,

Leia mais

Até que idade se recebe o Abono?

Até que idade se recebe o Abono? O que é o abono de família para crianças e jovens? É um apoio em dinheiro, pago mensalmente, para ajudar as famílias no sustento e na educação das crianças e jovens. Quem tem direito ao abono de família?

Leia mais

2. Condições a Observar pelas Empresas Beneficiárias. Síntese dos termos e condições gerais da Linha de Crédito PME Crescimento. Condições genéricas:

2. Condições a Observar pelas Empresas Beneficiárias. Síntese dos termos e condições gerais da Linha de Crédito PME Crescimento. Condições genéricas: 2. Cndições a Observar pelas Empresas Beneficiárias Síntese ds terms e cndições gerais da Linha de Crédit PME Cresciment ( presente dcument identifica as principais características da Linha de Crédit PME

Leia mais

Manual de Operação WEB SisAmil - Gestão

Manual de Operação WEB SisAmil - Gestão Manual de Operaçã WEB SisAmil - Gestã Credenciads Médics 1 Índice 1. Acess Gestã SisAmil...01 2. Autrizaçã a. Inclusã de Pedid...01 b. Alteraçã de Pedid...10 c. Cancelament de Pedid...11 d. Anexs d Pedid...12

Leia mais

DISSERTAÇÃO NOS MESTRADOS INTEGRADOS NORMAS PARA O SEU FUNCIONAMENTO

DISSERTAÇÃO NOS MESTRADOS INTEGRADOS NORMAS PARA O SEU FUNCIONAMENTO DISSERTAÇÃO NOS MESTRADOS INTEGRADOS NORMAS PARA O SEU FUNCIONAMENTO 1. PREÂMBULO... 1 2. NATUREZA E OBJECTIVOS... 1 3. MODO DE FUNCIONAMENTO... 2 3.1 REGIME DE ECLUSIVIDADE... 2 3.2 OCORRÊNCIAS... 2 3.3

Leia mais

Ambas as provas terminam na Reitoria da Universidade de Aveiro.

Ambas as provas terminam na Reitoria da Universidade de Aveiro. REGULAMENTO CORRIDA SOLIDÁRIA BOSCH 2015 1. DENOMINAÇÃO A Bsch em Prtugal, representada pela Bsch Termtecnlgia, S.A, em Aveir, em parceria cm as Câmaras Municipais de Aveir e Ílhav, a Assciaçã Industrial

Leia mais

CADASTRAMENTO 1 INTRODUÇÃO

CADASTRAMENTO 1 INTRODUÇÃO CADASTRAMENTO 1 INTRODUÇÃO O cadastrament, previst ns editais de Vestibular da UFCG, é um mecanism para garantir a timizaçã das chamadas ds candidats para a matrícula. Esse é um mecanism imprtantíssim

Leia mais

Formulário de Candidatura ao Fundo Social de Emergência (FSE) do ano letivo /

Formulário de Candidatura ao Fundo Social de Emergência (FSE) do ano letivo / Campus de Gualtar 4710-057 Braga P I - identificação e residência Nome: Formulário de Candidatura ao Fundo Social de Emergência (FSE) do ano letivo / Nº de aluno: Data de nascimento / / Estado civil: Sexo:

Leia mais

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Crdenadria da Administraçã Tributária Diretria Executiva da Administraçã Tributária Manual d DEC Dmicíli Eletrônic d Cntribuinte Manual DEC (dezembr

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016

PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016 PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016 Tend presente a Missã da Federaçã Prtuguesa de Autism: Defesa incndicinal ds direits das pessas cm Perturbações d Espectr d Autism e suas famílias u representantes. Representaçã

Leia mais

SITAF - Manual de Utilizador

SITAF - Manual de Utilizador SITAF - Manual de Utilizadr Entrega de Peças Prcessuais Nvembr 2009 SITAF Sistema de Infrmaçã ds Tribunais Administrativs e Fiscais Manual de Utilizadr Entrega de Peças Prcessuais Apresentaçã O frmulári

Leia mais

O Certificado é um dos documentos exigidos para solicitar as seguintes isenções de contribuições sociais:

O Certificado é um dos documentos exigidos para solicitar as seguintes isenções de contribuições sociais: PROCEDIMENTOS PARA CERTIFICAÇÃO E/OU RENOVAÇÃO DO CEBAS CNAS CERTIFICAÇÃO/RENOVAÇÃO O Certificad é um ds dcuments exigids para slicitar as seguintes isenções de cntribuições sciais: Parte patrnal da cntribuiçã

Leia mais

Fundo de Apoio a Famílias

Fundo de Apoio a Famílias gari Fundo de Apoio a Famílias Formulário de Candidatura Identificação do Requerente: Freguesia: N.º de Processo: Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Aveiro Informação de Caráter Confidencial Sexo

Leia mais

Requisitos técnicos de alto nível da URS para registros e registradores

Requisitos técnicos de alto nível da URS para registros e registradores Requisits técnics de alt nível da URS para registrs e registradres 17 de utubr de 2013 Os seguintes requisits técnics devem ser seguids pels peradres de registr e registradres para manter a cnfrmidade

Leia mais

REQUERIMENTO APOIO AO ESTUDANTE

REQUERIMENTO APOIO AO ESTUDANTE REQUERIMENTO APOIO AO ESTUDANTE Tipo de Apoio solicitado APOIO EXTRA BOLSEIRO APOIO A ESTUDANTES NÃO BOLSEIROS Data Entrega Requerimento: / / Data Entrega documentos: / / Informação técnica: Valor a conceder:

Leia mais

Programa de Bolsas de Estudos do GANEP NUTRIÇÃO HUMANA LTDA

Programa de Bolsas de Estudos do GANEP NUTRIÇÃO HUMANA LTDA Prgrama de Blsas de Estuds d GANEP NUTRIÇÃO HUMANA LTDA O Prgrama de Blsas de Estuds faz parte da Plítica Scial d Ganep e se faz essencial para realizaçã da sua missã, a qual é Prmver cm excelência ações

Leia mais

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro do

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro do CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 027/ DE 19 DE NOVEMBRO DE VESTIBULAR 16/01 O Centr Universitári UNINOVAFAPI, situad à rua Vitrin Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairr d Uruguai, CEP 64.073-505,

Leia mais

Controle de Atendimento de Cobrança

Controle de Atendimento de Cobrança Cntrle de Atendiment de Cbrança Intrduçã Visand criar um gerenciament n prcess d cntrle de atendiment de cbrança d sistema TCar, fi aprimrad pela Tecinc Infrmática prcess de atendiment, incluind s títuls

Leia mais

Guia Prático do Estágio. Seu Estágio em 5 Passos

Guia Prático do Estágio. Seu Estágio em 5 Passos Guia Prátic d Estági Seu Estági em 5 Passs O que é Estági? A atividade de estági é um fatr significativ na frmaçã d prfissinal, pr prprcinar a interaçã d alun cm a realidade da prfissã e a cmplementaçã

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 023/2013 DE 30 DE SETEMBRO DE 2013 PROCESSO SELETIVO O Centr Universitári UNINOVAFAPI, situad à rua Vitrin Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairr d Uruguai, CEP.:

Leia mais

DIVISÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E COESÃO SOCIAL SETOR SERVIÇOS EDUCATIVOS

DIVISÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E COESÃO SOCIAL SETOR SERVIÇOS EDUCATIVOS DIVISÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E COESÃO SOCIAL SETOR SERVIÇOS EDUCATIVOS EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR ANO LETIVO 2015/2016 I APRESENTAÇÃO A educação pré-escolar contribui de forma significativa para o desenvolvimento

Leia mais

Documentos. Para instrução da candidatura a Bolsa de Estudo. Ano Lectivo 2010/2011. Serviços de Acção Social. Instituto Politécnico da Guarda

Documentos. Para instrução da candidatura a Bolsa de Estudo. Ano Lectivo 2010/2011. Serviços de Acção Social. Instituto Politécnico da Guarda Serviços de Acção Social Ano Lectivo 2010/2011 Instituto Politécnico da Guarda Documentos Para instrução da candidatura a Bolsa de Estudo As Bolsas de Estudo são co-financiadas pelo Fundo Social Europeu

Leia mais

GUIA PRÁTICO BOLSA DE ESTUDO

GUIA PRÁTICO BOLSA DE ESTUDO Manual de GUIA PRÁTICO BOLSA DE ESTUDO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/11 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Bolsa de Estudo (4010 v1.12) PROPRIEDADE Instituto

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO

MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO SIGIO Sistema Integrad de Gestã de Imprensa Oficial MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO S I G I O M A N U A L D O U S U Á R I O P á g i n a 2 Cnteúd 1 Intrduçã... 3 2 Acess restrit a sistema... 4 2.1 Tips de

Leia mais

RESOLUÇÃO COMPLEMENTAR N o 01/2007 De 8 de novembro de 2007 Reedita as Normas para Reconhecimento de Títulos de Pós-Graduação, revogando a

RESOLUÇÃO COMPLEMENTAR N o 01/2007 De 8 de novembro de 2007 Reedita as Normas para Reconhecimento de Títulos de Pós-Graduação, revogando a RESOLUÇÃO COMPLEMENTAR N 01/2007 De 8 de nvembr de 2007 Reedita as Nrmas para Recnheciment de Títuls de Pós-Graduaçã, revgand a Resluçã Cmplementar n 02/93, de 25 de junh de 1993. O CONSELHO DE ENSINO,

Leia mais

FKcorreiosg2_cp1 - Complemento Transportadoras

FKcorreiosg2_cp1 - Complemento Transportadoras FKcrreisg2_cp1 - Cmplement Transprtadras Instalaçã d módul Faça dwnlad d arquiv FKcrreisg2_cp1.zip, salvand- em uma pasta em seu cmputadr. Entre na área administrativa de sua lja: Entre n menu Móduls/Móduls.

Leia mais

Gabinete de Serviço Social

Gabinete de Serviço Social Gabinete de Serviç Scial Plan de Actividades 2009/10 Frmar hmens e mulheres para s utrs Despertar interesse pel vluntariad Experimentar a slidariedade Educaçã acessível a tds Precupaçã particular pels

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO MENSAL VITALÍCIO

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO MENSAL VITALÍCIO Manual de GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO MENSAL VITALÍCIO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/10 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Subsídio Mensal Vitalício (4004 v4.16) PROPRIEDADE

Leia mais

1ª vez Renovação Ano Lectivo 20 /20. Data de Emissão. Contribuinte Fiscal Nº de Eleitor Residente no Concelho desde

1ª vez Renovação Ano Lectivo 20 /20. Data de Emissão. Contribuinte Fiscal Nº de Eleitor Residente no Concelho desde CÂMARA MUNICIPAL CENTRO DE INTERVENÇÃO SOCIAL gabinete de educação BOLSA DE ESTUDO AO ENSINO SUPERIOR: CANDIDATURA 1ª vez Renovação Ano Lectivo 20 /20 IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO Morada Código Postal Natural

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE APOIOS A CARÊNCIA/EMERGÊNCIA NO ÂMBITO DE AÇÃO SOCIAL

REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE APOIOS A CARÊNCIA/EMERGÊNCIA NO ÂMBITO DE AÇÃO SOCIAL REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE APOIOS A CARÊNCIA/EMERGÊNCIA NO ÂMBITO DE AÇÃO SOCIAL PREÂMBULO No contexto socioeconómico do País e concretamente da UFAFDN, debatemonos com várias carências de nível económico,

Leia mais

GUIA PRÁTICO PENSÃO DE VIUVEZ INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO PENSÃO DE VIUVEZ INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO PENSÃO DE VIUVEZ INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Pensão de Viuvez (7012 v4.14) PROPRIEDADE Instituto da Segurança Social, I.P. AUTOR Centro Nacional de

Leia mais

Fund Sci al Trilh da Nascente 1 Índice 2 Intrduçã... 2 3 Participante... 2 3.1 Natureza de participante... 2 3.2 Definiçã d tip de participante... 2 4 Caracterizaçã... 2 4.1 Extensã... 2 4.2 Prpriedades...

Leia mais

Regime Escolar Fruta Escolar /

Regime Escolar Fruta Escolar / Regime Esclar Fruta Esclar / Frmuláris 2016/2017 - Índice NOTA INTRODUTÓRIA...3 Pedid de Ajuda...4 1. Pedid de Ajuda...4 A. Página de Rst d Pedid...4 B. Pedid de Ajuda Página dis...6 C. Mapa de Medidas

Leia mais

Este documento tem como objetivo definir as políticas referentes à relação entre a Sioux e seus funcionários.

Este documento tem como objetivo definir as políticas referentes à relação entre a Sioux e seus funcionários. OBJETIVO Este dcument tem cm bjetiv definir as plíticas referentes à relaçã entre a Siux e seus funcináris. A Siux se reserva direit de alterar suas plíticas em funçã ds nvs cenáris da empresa sem avis

Leia mais

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro do

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro do CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 010/ DE 11 DE JUNHO DE VESTIBULAR /02 O Centr Universitári UNINOVAFAPI, situad à rua Vitrin Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairr d Uruguai, CEP 64.073-505, Telefne:

Leia mais

MUNICÍPIO DE SANTA MARTA DE PENAGUIÃO CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DE SANTA MARTA DE PENAGUIÃO CÂMARA MUNICIPAL REGULAMENTO MUNICIPAL PARA ATRIBUIÇÃO DE COMPARTICIPAÇÃO EM MEDICAMENTOS Órgão APROVAÇÃO Data Entrada em vigor Câmara Municipal 30/05/2014 Assembleia Municipal 06/06/2014 30 de Agosto de 2014 1 / 6 PREÂMBULO

Leia mais

REGULAMENTO 2015 BOLSA DE ESTUDO PARA COREIA DO SUL DENTRO DO MARCO DE COOPERAÇÃO ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO E SEUL

REGULAMENTO 2015 BOLSA DE ESTUDO PARA COREIA DO SUL DENTRO DO MARCO DE COOPERAÇÃO ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO E SEUL REGULAMENTO 2015 BOLSA DE ESTUDO PARA COREIA DO SUL DENTRO DO MARCO DE COOPERAÇÃO ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO E SEUL SECRETARIA MUNICIPAL DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS E FEDERATIVAS DA PREFEITURA DE SÃO

Leia mais