XI CONGRESSO CIENTÍFICO EDUCAÇÃO, INCLUSÃO E SUSTENTABILIDADE: GRANDES DESAFIOS DA CIÊNCIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "XI CONGRESSO CIENTÍFICO EDUCAÇÃO, INCLUSÃO E SUSTENTABILIDADE: GRANDES DESAFIOS DA CIÊNCIA"

Transcrição

1 ISSN

2 Copyghit Edunp Qualquer parte desta publicação pode ser usada e reproduzida, desde que citada a fonte COMISSÃO ORGANIZADORA DO X CONGRESSO CIENTÍFICO DA UnP O XI Congresso Científico e os Eventos Simultâneos da UnP estão sob a responsabilidade da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e da Pró-Reitoria de Extensão e Ação Comunitária respectivamente, sendo a comissão organizadora assim composta: ANAIS DO XI CONGRESSO CIENTÍFICO EDUCAÇÃO, INCLUSÃO E SUSTENTABILIDADE: GRANDES DESAFIOS DA CIÊNCIA 21 A 23 DE OUTUBRO DE 2009 Unidade Roberto Freire PRESIDENTE DO XI CONGRESSO Prof. Aarão Lyra VICE-PRESIDENTE DO XI CONGRESSO Profa. Jurema Márcia Dantas da Silva REPRESENTANTES DA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Michelly Crhistianny Bezerra de Souza Morais REPRESENTANTE DA PRÓ-REITORIA ADMINISTRATIVA Prof. Harold Lyra Vergara Neto REPRESENTANTE DA GERÊNCIA DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU Prof. Celly Franck da Cruz Moura COORDENAÇÃO GERAL Profa. Eunádia Silva Cavalcante COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO E MARKETING Cristiano Lima de Paiva Andrade COORDENAÇÃO CIENTÍFICA Profa. Eunádia Silva Cavalcante Profa. Josenira Fraga de Holanda Brasil COORDENAÇÃO DOS EVENTOS SIMULTÂNEOS Profa. Antônia Célia Sales Melo COORDENAÇÃO DE INSTALAÇÃO Luís Gonzaga Monteiro Melo ASSESSORIA DE IMPRENSA E HOT SITE Frederico Augusto Dantas Gurgel Jomar Jaime Theodorico de Oliveira Luanna Freitas Carlos COORDENAÇÃO DE INFORMÁTICA Adriano Batista de Araújo Honorato Carolina Helena de Góis Dantas Carlos Eduardo Gomes Popoff Ilmar Gabriel da Silva COORDENAÇÃO DA SECRETARIA Prof. Pedro Régis da Costa Profa. Josenira Fraga de Holanda Brasil REPRESENTANTE DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA Profa. Thelma Alves Simplício REPRESENTANTES DE CURSO Escola da Saúde Educação Física - Ewerton Dantas Cortês Neto Medicina - João Ivanildo da Costa Neri Nutrição - Katia Anaya Jacinto Terapia Ocupacional - Vanina Tereza Barbosa Lopes da Silva e Milla Soanegenes Enfermagem - Erika Simone Galvão Pinto Fonoaudiologia - Priscilla Carla Silveira Menezes Odontologia - Conceição Aparecida Dornelas Monteiro Maia Fisioterapia - Sandra Cristina de Andrade Biologia - Maria das Dores Melo Serviço Social - Sheyla Pedrosa Estética - Emília Mello Costa e Fernanda de Pádua Santos Melo Psicologia - Antonio Vladimir Felix da Silva Farmácia - Cypriano Galvão da Trindade Neto Escola de Comunicação e Artes Comunicação Social e Design Gráfico - Isabel Cristine Machado de Carvalho Escola de Licenciaturas Letras - Sílvio Luís da Silva Pedagogia - Ana Maria Francisca Silva de Oliveira História - Mariza Silva Araujo Escola do Direito Direito - Deyvidson Giulliano Xavier de Paula Escola de Engenharias e Ciências Exatas Sistemas de Informação - Sérgio Lins Pessoa Engenharia Civil - Elcio Correia Engenharia de Computação - Lincoln Machado Arquitetura e Urbanismo - Suerda Ivanete CST em Segurança no Trabalho - Iran Marques de Lima CST em Petróleo e Gás - Alax Jorge Escola de Gestão e Negócios Curso de Administração - Maria Tânia Inagaki Curso de Ciências Contábeis - Vilma Lúcia Neves Curso de Relações Internacionais - Élson Vilela CST em Gestão Ambiental - André Antônio de Melo Pessoa CST em Gestão Financeira - Vilma Lúcia Neves Janduir Nóbrega Kátia Rejane Moura CST em Gestão de Recursos Humanos - Nei Rossato CST em Gestão Pública - Maria Tânia Inagaki CST em Marketing de Vendas - Ana Tázia Cardoso Escola de Hospitalidade e Gastronomia CST em Gastronomia - Marcela Martins de Lima Turismo - Maria Célia Fernandes C749e Congresso Científico da Universidade Potiguar (11. : 2009: Natal, RN) Anais do XI Congresso Científico da UnP, 21 a 23 de outubro de 2009, Unidade Roberto Freire : Educação, inclusão e sustentabilidade : grandes desafios da Ciência. Natal: Edunp, p. ISSN Documento eletrônico disponível on-line 1. Universidade Potiguar - Congresso científico. I.Título. RN/UnP/BCSF CDU NATAL/RN 2011

3 índice APRESENTAÇÃO O XI Congresso Científico da Universidade Potiguar foi o marco inicial da comemoração dos 30 anos da nossa universidade. Este Evento, que materializa as diretrizes e as políticas de incentivo à produção científica e ao desenvolvimento e disseminação da cultura, tem se constituído numa oportunidade clara de demonstração da efetiva indissociabilidade entre o ensino, a pesquisa e a extensão desenvolvidas no âmbito da Universidade Potiguar, traduzindo o seu compromisso em prestar um serviço educacional de excelência. O tema central do XI Congresso Científico EDUCAÇÃO, INCLUSÃO E SUSTENTABILIDADE: GRANDES DESA- FIOS DA CIÊNCIA levantou a discussão acerca da relação entre Ciência e Tecnologia com os temas da Inclusão Social e do Meio Ambiente, baseada nas propostas do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) que utiliza o termo desenvolvimento sustentável com o significado de melhorar a qualidade da vida humana dentro dos limites da capacidade de suporte dos ecossistemas. Sabe-se que os problemas ambientais são complexos pela sua natureza e não serão resolvidos só com medidas educativas; mas, com certeza a educação, em especial a universitária, deve assumir a sua responsabilidade, uma vez que é reconhecida como um espaço institucional de grande relevância para a produção do saber e que deve congregar, em suas pesquisas, a busca por soluções socioambientais, de curto, médio e longo prazo. Em última instância, é a universidade um local privilegiado para contribuir com a mudança da realidade ambiental. Desta forma, o XI Congresso Científico e a X Mostra de Extensão, configuram-se como espaços privilegiados de reflexão e debate em torno do desenvolvimento do conhecimento científico em benefício de toda a sociedade, além de contribuir na divulgação dos estudos sobre um tema da maior relevância na atualidade Educação, Inclusão e Sustentabilidade: grandes desafios da Ciência. Prof. Aarão Lyra Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação e Presidente do IX Congresso Científico Profa. Jurema Márcia Dantas da Silva Pró-Reitora de Extensão e Ação Comunitária e Vice-Presidente do IX Congresso Científico Prof. Cláudio Márcio Campos de Mendonça Pró-Reitor de Graduação Administração ANÁLISE DAS ENTREGAS EM DOMICILIO: UM ESTUDO NA REDE DE FARMÁCIAS SANTA SARA...29 ANÁLISE DE PROCEDIMENTOS DO SETOR DE FATURAMENTO NA EMPRESA...29 F. IKEDA IND DE ALIMENTOS LTDA...29 ANÁLISE DO PROCESSO DE ENTREGA E RECOLHIMENTO DE EQUIPAMENTOS DE LAZER: A CASA DA SINUCA LTDA..30 ANÁLISE DOS FATORES DE DESPERDÍCIO NUMA CONSTRUÇÃO: UM ESTUDO NA EMPRESA FOSS & CONSULTORES LTDA ASPECTOS IMPORTANTES PARA EFICIÊNCIA NA PRODUÇÃO: UM ESTUDO NA EMPRESA FOSS & CONSULTORES...31 ESTUDO DAS CONDIÇÕES DE ARMAZENAGEM DE INSUMOS DA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DOS RECURSOS HUMANOS...32 PADRONIZAÇÃO DE MÉTODOS NA INTEGRAÇÃO DE ÁREAS: UM ESTUDO NA PAN VILLE INDÚSTRIA DE PANIFICAÇÃO LTDA ME...32 ANÁLISE DAS CONDIÇÕES DE ESTOCAGEM NO MERCADINHO SÃO FRANCISCO...33 ANÁLISE DE RETORNO DE FERRAMENTAS E EPI S EM CONSTRUÇÃO: O CASO DA EMPRESA SS SERVIÇOS E CONSTRUÇÃO...33 ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE NEGÓCIO PARA ANALISAR A VIABILIDADE E A RENTABILIDADE DO SALAÕ DE BELEZA FLOR DE LIS...34 ESTUDO DAS CONDIÇÕES DE ARMAZENAMENTO DE INSUMOS: UM ESTUDO NA EMPRESA PRONTONEURO LTDA...34 ANÁLISE DAS CONDIÇÕES DE TRANSPORTE E DESCARTE DE RESÍDUOS NA EMPRESA POSTO ESCOLA BR DISTRIBUIDORA S/A...35 ANÁLISE DE DESPERDÍCIOS DE INSUMO NA EMPRESA FOTOARTE PRESENTES LTDA...35 ANÁLISE DE RENTABILIDADE DO MERCADO IMOBILIARIO DE NATAL...36 ANÁLISE DO PROCESSO DE TRANFERÊNCIA DE PRODUTOS ENTRE AS LOJAS RIO CENTER...36 AVALIAÇÃO DE COMPRA E RECEBIMENTO DE MERCADORIAS: UM ESTUDO: EMPRESA VICUNHA TEXTIL S/A...37 GERENCIAMENTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS COM FOCO NA GESTÃO DE AQUISIÇÃO E ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS...37 LOGISTICA DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM LOCAÇÃO: UM ESTUDO NA EMPRESA MILLENNIUM TOUR...38 OS IMPACTOS DA ACREDITAÇÃO EM UM ÂMBITO HOSPITALAR...38 PADRONIZAÇÃO E COORDENAÇÃO DO PROCESSO DE COMPRAS DE MATERIA PRIMA DE UMA DETERMINADA INDÚSTRIA DE CONFECÇÕES...39 EMPREENDEDORISMO EM SALA DE AULA...40 ANÁLISE DE ENTREGAS E PADRONIZAÇÃO DE PRODUTOS E SERVIÇOS VISANDO GARANTIR A QUALIDADE NA EMPRESA GRÁFICA MODERNA LTDA...40 ANÁLISE DO PROCESSO DE ARMAZENAGEM E ENTREGA DE MEDICAMENTOS: O CASO DA CLINICA CARDIOCENTRO.41 ESTUDOS PRELIMINARES MANUTENÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DAS FVL DO SUPERMERCADO SERIDÓ SUPER SHOW ANAIS XI Congresso ANAIS XI Congresso Científico

4 ORGANIZAÇÃO DO ESTOQUE DE FRENTE DE LOJA:...42 UM ESTUDO NA EMPRESA LOGRAF A LOJA DO GRÁFICO...42 PADRONIZAÇÃO DA MÃO DE OBRA NO SETOR DE EXPEDIÇÃO E A...43 SATISFAÇÃO DO CLIENTE: UM ESTUDO NA EMPRESA FERRAGENS LTDA...43 ANÁLISE DO CANAL DE COMUNICAÇÃO CLIENTE-EMPRESA: O CASO DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE PÚBLICO DA CIDADE DO NATAL/RN...43 ESTUDO DAS CONDIÇÕES DE ARMAZENAGEM DA EMPRESA TELEFONIA FÁCIL LTDA...44 PADRONIZAÇÃO DO FLUXO DE PROCESSOS NO ESTOQUE DA EMPRESA MELHORES AUTOMÓVEIS LTDA...44 QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO: UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA ELES E BELLA ENFATIZANDO O SETOR DE PRODUCAO...45 REDUÇÃO DE CUSTOS DE PEÇAS E OTIMIZAÇÃO NO ESPAÇO FÍSICO: UM ESTUDO NA EMPRESA MELHORES AUTOMÓVEIS LTDA...45 UM ESTUDO DAS CONDIÇÕES DO ATENDIMENTO NA SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE URBANISMO...46 A QUALIDADE EM SERVIÇOS A PARTIR DA VISÃO ESTRUTURADA DE SERVIÇOS - O CASO DO RESTAURANTE...46 ANÁLISE DAS AVARIAS NO PROCESSO DE ENTREGA DA EMPRESA ESTRELA DOURADA TRANSPORTES...47 ANÁLISE DE VENDAS E SATISFAÇÃO: O CASO DA EMPRESA VIDAFARMA LTDA...47 AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE PEDIDO: UM ESTUDO NA EMPRESA N. L...48 CONTROLE SEMESTRAL DA ENTREGA DE MERCADORIAS: UM ESTUDO NA EMPRESA C&A MODAS LTDA...48 DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL DE UMA ESCOLA PÚBLICA MUNICIPAL DE NATAL...49 DIAGNÓSTICO SOBRE RUPTURAS DE ESTOQUE E SUAS CAUSAS EM UM SUPERMERCADO DA CIDADE DO NATAL...49 ESTUDO SOBRE AS PERDAS DE MERCADORIAS POR AVARIA OU VALIDADE...50 IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE WMS...50 LOGÍSTICA DA ENTREGA...51 LOGISTICA PORTUARIA...51 PADRONIZAÇÃO DE ESTOQUE DE UMA EMPRESA DO RAMO ÓPTICO: UMA ABORDAGEM PRATICA...52 REDUÇÃO DE GASTOS COM A LOGÍSTICA DE MERCADORIAS: UM ESTUDO NA EMPRESA CHURRASCARIA LAÍS XI LTDA AVALIAÇÃO DA LOGÍSTICA REVERSA DOS VASILHAMES DE ÁGUA MINERAL: UMA PESQUISA NAS CINCO MAIORES INDÚSTRIAS DO RN...53 ESTUDO DA INFRA- ESTRUTURA DAS ATIVIDADES PRIMÁRIAS DA LOGÍSTICA DA COPA DO MUNDO DA FIFA 2014 NA CIDADE DO NATAL...53 ESTUDO DAS PERDAS POR VALIDADE DE MEDICAMENTOS, DA FARMACIA NOSSA SENHORA DO GUADALUPE...54 ESTUDO DAS PERDAS POR VALIDADE DE PRODUTOS COMERCIALIZADOS PELA PANIFICADORA ESTERPÃO...55 ESTUDO DO PERFIL DE RECEBIMENTO E ARMAZENAMENTO DE MATERIAIS: UM ESTUDO DE CASO EM UM HOSPITAL PRIVADO DE NATAL/RN...55 ESTUDO DO PROCESSO LOGÍSTICO: UM ESTUDO NA EMPRESA PAN VILLE INDÚSTRIA DE PANIFICAÇÃO LTDA...56 O ESTUDO DO PROCESSO DE PÓS-VENDA E A SATISFAÇÃO DO CLIENTE: UM ESTUDO NA EMPRESA VIA COSTEIRA VEÍCULOS LTDA...56 O ESTUDO LOGÍSTICO DA ATIVIDADE PRIMÁRIA DE PROCESSAMENTO DE PEDIDOS (ESTUDO DE CASO NA ALESAT COMBUSTÍVEIS S/A)...57 PADRONIZAÇÃO DE MÉTODOS DE ATENDIMENTO E A SATISFAÇÃO DO CLIENTE...57 QUALIDADE BPF - UM ESTUDO DE CASO SOBRE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM UMA INDUSTRIA DE ALIMENTOS...58 SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL...58 Arquitetura e Urbanismo ALÉM DE UMA HABITAÇÃO... UM LUGAR PRA GENTE MORAR...60 ARQUITETURA DE FERRO NO BRASIL...60 ARQUITETURA PERMANENTE OU EFÊMERA? UMA BREVE DISCUSSÃO SOBRE OS CONDICIONANTES PROJETUAIS...61 ESTUDO ACÚSTICO DE UMA SALA DE VÍDEO...62 FEIRA LIVRE DO BAIRRO CIDADE DA ESPERANÇA...62 MERCADO DO PEIXE DAS ROCAS...63 MERCADO PUBLICO DE PARNAMIRIM...63 PETER ZUMTHOR - VENCEDOR DO PRÊMIO PRITZKER TRABALHO DE CONFORTO ACÚSTICO EM UMA SALA DE INFORMÁTICA...64 TRATAMENTO ACÚSTICO...65 TRATAMENTO ACÚSTICO DA SALA DE VÍDEO ESCOLAR...65 TRATAMENTO ACÚSTICO DE UM ANFITEATRO ESCOLAR...66 TRATAMENTO ACÚSTICO DE UM AUDITÓRIO ESCOLAR...66 TRATAMENTO ACÚSTICO DE UMA SALA DE AULA...67 TRATAMENTO ACÚSTICO DE UMA SALA DE VÍDEO...67 TRATAMENTO ACÚSTICO EM SALA DE AULA...68 UM MODELO PARA HABITAÇÃO SOCIAL...69 Ciências Biológicas A CONTRIBUIÇÃO DO LABORATÓRIO DE ANATOMIA HUMANA DA UNIVERSIDADE POTIGUAR NA CONSOLIDAÇÃO DA FORMAÇÃO DOS ALUNOS DAS ESCOLAS DE ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E TÉCNICO DO RN, NO PERÍODO DE A A RELAÇÃO ENTRE O SONO E A OBESIDADE, E SUAS RESPECTIVAS INFLUÊNCIAS NO PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM: NOTAS PRÉVIAS...70 ABORDAGEM LÚDICA E INOVADORA PARA APRENDIZAGEM DO TÁXON SYNDERMATA POR MEIO DE UMA SIMULAÇÃO TELEJORNALÍSTICA...71 ANÁLISE DA ABORDAGEM EM SALA DE AULA FRENTE AO TEMA SEXUALIDADE: O PROFESSOR COMO EDUCADOR SEXUAL...72 ANÁLISE PRÉVIA DA ETNOECOLOGIA DOS PESCADORES DO RIO POTENGI...72 ANÁLISE PRÉVIA SOBRE O POSICIONAMENTO DOS PROFESSORES DE ESCOLAS PÚBLICAS FRENTE AO TEMA HOMOSSEXUALIDADE...73 AVALIAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO NOS EVENTOS REALIZADOS NO CURSO DE BIOLOGIA DA UNIVERSIDADE POTIGUAR AVALIAÇÃO DO GRAU DE SATISFAÇÃO NA PARTICIPAÇÃO DO MUTIRÃO DE LIMPEZA DO RIO POTENGI...74 BIOACÚSTICA DO COMPLEXO HERPSILOCHMUS RUFIMARGINATUS E SUAS IMPLICAÇÕES TAXONÔMICAS...75 CATANDO LIXO E ESPALHANDO CONSCIENTIZAÇÃO MUTIRÃO DE LIMPEZA DO RIO POTENGI...76 CO-INFECÇÃO POR HIV E LEISHMANIOSE VISCERAL: UMA BREVE REVISÃO BIBLIOGRÁFICA...76 CONTRIBUIÇÃO DO TRABALHO VOLUNTÁRIO PARA A COMUNIDADE DESENVOLVIDO NA ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR ZUZA NATAL/RN...77 DIAGNÓSTICO E MONITORAMENTO AMBIENTAL (MICROBIOLÓGICO) DAS ÁGUAS DO ESTUÁRIO DO RIO POTENGI (NATAL-RN) ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

5 ECOGEOGRAFIA E ETNOBOTÂNICA DA UBAIA DOCE (EUGENIA UVALHA CAMB)...78 EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO FERRAMENTA PARA A PRESERVAÇÃO DAS TARTARUGAS MARINHAS NA PRAIA DA REDINHA EXTREMOZ/RN...78 ENSINANDO NA COMUNIDADE DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE A FORMA...79 CORRETA DE COLETA E DESTRUIÇÃO DO CARAMUJO AFRICANO (ACHATINA FULICA)...79 ENTENDENDO LIBRAS...80 EXISTE DIMORFISMO SEXUAL DE CANTO EM HERPSILOCHMUS PECTORALIS?...80 HORTA PEDAGÓGICA: INSTRUMENTO PARA DISSEMINAÇÃO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA CLÍNICA PEDAGÓGICA PROFESSOR HEITOR CARRILHO...81 IDENTIFICANDO RITMOS BIOLÓGICOS: A TEMPERATURA CORPORAL COMO EXEMPLO...82 INFLUÊNCIA DA VESTIMENTA DO PROFESSOR INTERFERINDO NA ATENÇÃO DO ALUNO NA ESCOLA ESTADUAL MARIA ILKA DE MOURA...82 LEVANTAMENTO DAS MICROALGAS ENCONTRADAS NO ESTUÁRIO POTENGI...83 METODOLOGIA DE ENSINO: UTILIZAÇÃO DA TÉCNICAS DE ENSINO COMO FORMA DE APRENDIZADO EM BIOLOGIA...84 O TEATRO COMO FERRAMENTA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA NO PRECESSO DE ENSINO-APREDIZAGEM DA EDUCAÇÃO SEXUAL NAS AÇÕES COMUNITÁRIAS DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS...84 OCORRÊNCIA DE VIBRIO PARAHAEMOLYTICUS, EM CAMARÃO (LITOPENAEUS VANNAMEI) FRESCO E REFRIGERADO COMERCIALIZADO NA CIDADE DE NATAL - RIO GRANDE DO NORTE - BRASIL...85 PERFIL PLASMIDIAL E RESISTÊNCIA ANTIMICROBIANA DE VIBRIO E AEROMONAS ISOLADOS DE CAMARÃO (LITOPENAEUS VANNAMEI) FRESCO E REFRIGERADO COMERCIALIZADO NA CIDADE DE NATAL/RN - BRASIL...86 POSSÍVEIS REUTILIZAÇÕES DO ÓLEO DE COZINHA E TRABALHOS DE RECICLAGEM IMPLANTADOS NO BRASIL...86 UM NOVO OLHAR SOBRE O CAMPUS MOSSORÓ: FAUNA E FLORA VISTA POR UMA LENTE FOTOGRÁFICA...87 USO DE MODELAGEM DE NICHO ECOLÓGICO PARA ESTIMAR A DISTRIBUIÇÃO DE PICUMNUS LIMAE NO NORDESTE BRASILEIRO...87 UTILIZAÇÃO DE MODELOS DIDÁTICOS COMO AUXÍLIO NO ENSINO DA MICROBIOLOGIA...88 A FAMÍLIA ORCHIDACEAE NO LITORAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE...89 AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO ETNOBOTÂNICO NA ESCOLA DESEMBARGADOR REGULO TINOCO NATAL/RN...89 LEVANTAMENTO DE ESPÉCIES FRUTÍFERAS NATIVAS COM USO ATUAL OU POTENCIAL DO RIO GRANDE DO NORTE...90 PROPOSTA DE UMA NOVA METODOLOGIA PARA ENTENDIMENTO DOS PRINCIPAIS SISTEMAS DE GRUPOS SAGUINEOS...91 UTILIZAÇÃO DOS PRIMATAS DA RPPN MATA ESTRELA, COMO FERRAMENTA DE ENSINO PARA CONSERVAÇÃO AMBIENTAL...91 CIÊNCIAS CONTÁBEIS ANÁLISES DE BALANÇOS LIQUIDEZ, ENDIVIDAMENTO, RENTABILIDADE...93 COMO CONSTITUIR UMA EMPRESA...93 É POSSIVEL ENSINAR EMPREENDEDORISMO?...94 COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO A PRESENÇA DOS BLOGS NO JORNALISMO - ESTUDO DE CASO: AILTON MEDEIROS...95 JORNAIS NORTE-RIO-GRANDENSES ( ): UMA BUSCA NOS ARQUIVOS...95 O FUTEBOL NA TV: JORNALISMO OU ENTRETENIMENTO?...96 RÁDIO PRÓTON FM...97 REPRESENTAÇÕES DE MULHERES: UMA LEITURA DA REVISTA REALIDADE ( )...97 COMUNICAÇÃO SOCIAL publicidade e propaganda A PUBLICIDADE COMO INDÚSTRIA CULTURAL...99 A PUBLICIDADE COMO VÍRUS EM MÍDIAS SOCIAIS...99 ANÁLISE DOS ELEMENTOS ESTÉTICOS DO VT CRÍTICOS DAS SANDÁLIAS HAVAIANAS FATORES PSICOLÓGICOS QUE INFLUENCIAM O COMPORTAMENTO DE CONSUMO MERCADO DOS DESEJOS: A CONSTRUÇÃO DOS TIPOS IDEAIS NA FEMILILIDADE PORTAL EXPROM - ANÁLISE DA PESQUISA ON LINE PARA DEFINIÇÃO DAS ESTRATÉGIAS DE ARQUITETURA DE INFORMAÇÃO PRÉ-PROJETO EXPERIMENTAL PUBLICIDADE HEDONÍSTICA UM NOVO OLHAR SOBRE A INCLUSÃO SOCIAL CST EM DESIGN GRÁFICO POP-ART: MOVIMENTO CULTURAL CST EM GASTRONOMIA ALFENIM: RESGATE DE UM PATRIMÔNIO GASTRONÔMICO BALAS ALCOÓLICAS BIOMASSA DA BANANA VERDE: UM RECEITA FUNCIONAL CARNE DE SOL: UM ALIMENTO SEGURO FARINHA DE SEMENTE DE JERIMUM: UM NOVO CONCEITO NA GASTRONOMIA UMA FRUTA CHAMADA PÊLO BIOMASSA DE BANANA VERDE: UMA ALTERNATIVA DE SUCESSO CULTURA ALIMENTAR NA PÓS-MODERNIDADE: O CASO DAS TAPIOCARIAS EM NATAL CST EM GESTÃO AMBIENTAL ENERGIA EÓLICA X ENERGIA TÉRMICA: UM ESTUDO COMPARATIVO DAS VARIÁVEIS AMBIENTAIS O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NA MINERAÇÃO MILLENNIUM INORGANIC CHEMICALS (RN/PB) ANÁLISE DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE UM POÇO DE PETRÓLEO EM ÁREAS CÁRSTICAS DO LAJEDO DO ROSÁRIO, FELIPE GUERRA/RN REUTILIZAÇÃO DOS GASES PROVENIENTES DE ATERROS SANITARIOS COMO FORMA DE PRODUZIR ENERGIA LIMPA ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

6 INSERÇÃO DA DIMENSÃO AMBIENTAL NO CURRÍCULO DA ESCOLA ESTADUAL SEBASTIÃO FERNANDES DE OLIVEIRA ANÁLISE PROBABILÍSTICA DA FAVORABILIDADE DAS CONDICIONANTES CLIMÁTICAS NO DESENVOLVIMENTO DO AEDES AEGYPTI NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ/RN DIAGNÓSTICO ESTATÍSTICO-BIOCLIMÁTICO DOS CASOS NOTIFICADOS DE DENGUE NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ-RN CST EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS AS PESSOAS E A ORGANIZAÇÃO DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL DA EMPRESA SERVICON ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIOS LTDA RAQUEL HAIR CENTER CST EM GESTÃO PÚBLICA ANÁLISE DA ESTOCAGEM E DISTRIBUIÇÃO INTERNA DE MATERIAL DE CONSUMO DO ALMOXARIFADO DO IPERN ANÁLISE DO PROCESSO DE CONTROLE DE MATERIAL DE CONSUMO: UM ESTUDO NA SEARH/RN ANÁLISE DO PROCESSO DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOS NO HOSPITAL PEDIÁTRICO MARIA ALICE FERNANDES ANÁLISE DO PROCESSO DE DISTRIBUIÇÃO DOS RECURSOS MATERIAIS NA SEDE DA SEEC CONTROLE DE COMBUSTÍVEL DA FROTA DE VEÍCULOS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE ESTUDO DE CRIAÇÃO DO CONTROLE DE ESTOQUE DE MATERIAIS NO CENTRO DE FORMAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR DO RN MÉTODOS DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOS AOS USUÁRIOS PELA FARMÁCIA DO HOSPITAL DR. JOSÉ PEDRO BEZERRA RELATO DE EXPERIÊNCIA NA UNIDADE DE SUPRIMENTO DA COMPANHIA DE ÁGUAS E ESGOTO DO RN CAERN RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE O PROCESSO DE ARMAZENAMENTO DE INSUMOS NO CENTRO LOGÍSTICO DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR/RN ANÁLISE DO SISTEMA DE REAPROVEITAMENTO DE PRODUTOS DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA CEASA-RN CST EM MARKETING DE VENDAS CURSOS TECNOLÓGICOS: CONCEPÇÕES DE PRÉ-VESTIBULANDOS DAS ESCOLAS CDF E FUNDAÇÃO BRADESCO SOBRE ESSES CURSOS E MOTIVOS QUE OS LEVAM OU NÃO A QUEREREM FAZER UM CURSO DESSE TIPO ESTUDO SOBRE O USO DE INSTRUMENTOS DE COMUNICAÇÃO DIRIGIDA EM UM SHOPPING CST EM petróleo e gás A UTILIZAÇÃO DAS ONDAS SÍSMICAS COMO SONDAGEM NA EXPLORAÇÃO DO PETRÓLEO ARQUEAÇÃO DE TANQUES EXPLORAÇÃO E RESERVAS DO GÁS NATURAL NO BRASIL GÁS NATURAL - DO POÇO AO POSTO MÉTODOS DE REFINO DO PETRÓLEO POTIGUAR O BRASIL DIANTE DOS DESAFIOS DO PRÉ-SAL PAINEL BIODIESEL DIREITO O FUNCIONALISMO PÚBLICO E SUAS GRATIFICAÇÕES, LEI N 122 DE JUNHO DE A LEI /09 - ALTERAÇÕES NO TÍTULO IV DO CÓDIGO PENAL E ASPECTOS DE RELEVÂNCIA SOCIAL A RESPONSABILIDADE CIVIL DAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS À LUZ DO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR A RESPONSABILIDADE CIVIL NOS CASOS DE RUPTURA DA SOCIEDADE CONJUGAL ABORTO DE ANENCÉFALOS OU ANTECIPAÇÃO TERAPÊUTICA DO PARTO - UMA ANÁLISE INTRODUTÓRIA AS PERSPECTIVAS DO RECONHECIMENTO DA UNIÃO HOMOAFETIVA COMO ENTIDADE FAMILIAR À LUZ DOS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS: DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA, ISONOMIA E LIBERDADE ASSISTÊNCIA SOCIAL E O CONCEITO DE NECESSITADO COMISSÕES DE CONCILIAÇÃO PRÉVIA: FACULTATIVIDADE OU OBRIGATORIEDADE? CRIMES TRIBUTÁRIOS E CONEXÃO DE CRIMES: UM ESTUDO JURISPRUDENCIAL DA OBRIGATORIEDADE DE LICITAR GREVE NO SERVIÇO PÚBLICO INCONSTITUCIONALIDADE DO FATOR PREVIDENCIÁRIO E A SUA INTERVENÇÃO NA RENDA MENSAL INICIAL DOS APOSENTADOS INTERRUPÇÃO DA GESTAÇÃO DE FETOS ANENCÉFALOS O BIODIESEL: UM INSTRUMENTO PARA UM DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL PROPORCINANDO UM MEIO AMBIENTE ECOLOGICAMENTE EQUILIBRADO PAPEL DO MUNICIPIO NA SEGURANÇA PÚBLICA PROSTITUIÇÃO NA GRANDE NATAL O DIREITO AO SILÊNCIO COMO DECORRÊNCIA DA GARANTIA DA NÃO OBRIGAÇÃO DE PRODUZIR PROVAS CONTRA SI A COMPETIÇÃO DE JULGAMENTO SIMULADO DO SISTEMA INTERAMERICANO DE DIREITOS HUMANOS: UMA EXPERIÊNCIA VIVENCIADA A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA É REAL OU APENAS FICÇÃO? A EXISTÊNCIA DO 3 SEXO, UMA ABORDAGEM CRÍTICA AO PAPEL DA JURISDIÇÃO A REALIDADE DESUMANA DO SISTEMA PRISIONAL CONSTITUCIONALIDADE DO ARTIGO 475 J DO CPC DIREITO COGNITIVO: O DIREITO FUNDAMENTAL À MENTIRA O CASAMENTO PUTATIVO E A SOCEIDADE O PODER MODERADOR CONSTITUCIONAL PENAS ALTERNATIVAS UMA VISÃO ALÉM DAS LINHAS DA JUSTIÇA PRINCÍPIO COGNITIVO: UMA DEMOCRACIA POSSÍVEL ANOS DE PREGÃO UMA EXPERIÊNCIA BEM SUCEDIDA? A ARGUMENTAÇÃO COMO FITO BALDRAME DA DOGMÁTICA JURÍDICA A ATUAÇÃO DO AMICUS CURIAE NO ORDENAMENTO JURIDICO BRASILEIRO A DEMOCRACIA BRASILEIRA - O FUTURO DE UMA ILUSÃO A DICOTOMIA ENTRE A DOGMÁTICA E A ZETÉTICA ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

7 A DISCRICIONARIEDADE DOS ATOS ADMINISTRATIVOS A EFETIVA FUNÇÃO ADMINISTRATIVA DO ESTADO A EMANCIPAÇÃO DO TRABALHADOR A FLEXIBILIZAÇÃO DAS NORMAS TRABALHISTAS - UMA SOLUÇÃO OU UMA DESREGULAÇÃO? A IMPORTÂNCIA DA ZONA FRANCA DE MANAUS PARA O DESENVOLVIMENTO DO COMÉRCIO EXTERIOR NO BRASIL.151 A INCONSTITUCIONALIDADE NOS ATOS SECRETOS A NECESSIDADE DA POSITIVAÇÃO DOS DIREITOS DAS RELAÇÕES HOMOAFETIVAS A POLÊMICA DO DIPLOMA A PRISÃO CIVIL DO DEPOSITÁRIO INFIEL - CONTRAPOSIÇÃO DE ENTENDIMENTOS A RELEVÂNCIA DO PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA A REQUISIÇÃO ADMINISTRATIVA E SEU ALCANCE LEGAL A RESPONSABILIDADE CIVIL POR OMISSÃO DO ESTADO QUANTO A SEGURANÇA PÚBLICA ALTERAÇÕES NO CÓDIGO PENAL TRAZIDAS PELA LEI / ANÁLISE DO ARTIGO 285-A DO CPC ANÁLISE DOS PRINCIPAIS PONTOS DA NOVA LEI DE ADOÇÃO AS DESIGUALDADES SOCIAIS NA TRILHA DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL ASSÉDIO SEXUAL NAS RELAÇÕES DE TRABALHO DA APLICAÇÃO DA PRISÃO PREVENTIVA COMO MEDIDA EXCEPCIONAL NO DIREITO PENAL BRASILEIRO DA LESIVIDADE DO ESTADO À EXIGENCIA DE CUMPRIMENTO DO ART. 5º, INCISO III, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DA NORMATIZAÇÃO E EFETIVAÇÃO DOS PRINCÍPIOS NO PROCESSO CONSTITUCIONAL DA ORDEM TRIBUTÁRIA A ORDEM SOCIAL DAS LICENÇAS PRESENTES NO REGIME JURÍDICO DOS SERVIDORES DO RN DIREITO E MORAL UM RELACIONAMENTO DELICADO DISTORÇÕES DA LEGISLAÇÃO FRENTE AO DESÍGNIO DA EQÜIDADE DOS CRIMES À LUZ DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA DISCUSSÃO DE DIMENSÃO MULTIDISCIPLINAR ESTRUTURA CONSTITUCIONAL DA ARRECADAÇÃO E DO GASTO PUBLICO: DA ARRECAÇÃO AO CONTROLE SOCIAL INEFICÁCIA DA LEI /09 NO ÂMBITO PENAL INTERRUPÇÃO DE SERVIÇOS ESSENCIAIS POR FALTA DE PAGAMENTO - LEGALIDADE OU ILEGALIDADE DO PODER PÚBLICO? JULGAMENTO SUMARÍSSIMO DO MÉRITO DO PROCESSO VS. SUPRESSÃO DE INSTÂNCIA JURISPRUDÊNCIA: FONTE DE DIREITO E INSTRUMENTO DE AVANÇO SOCIAL NO DIREITO DAS FAMÍLIAS LEI /09 E AS ALTERAÇÕES NO CÓDIGO PENAL BRASILEIRO LEI ANTIFUMO: ENTRE O INDIVIDUAL E O COLETIVO LEI DE SAC - O QUE MUDOU? LEITURA: UMA PRÁTICA SOCIAL QUE ENVOLVE SENTIDOS, EMOÇÃO, E AQUISIÇÃO DO CONHECIMENTO MENSURAÇÃO DO DANO MORAL NEOCONSTITUCIONALISMO O CONFRONTO ENTRE OS PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E A REALIDADE DA ADMINISTRAÇÃO BRASILEIRA O CRIME DE ESTUPRO APÓS O ADVENTO DA LEI / O IMPOSTO DE RENDA E OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS O NOVO MANDADO DE SEGURANÇA O PRINCÍPIO DO ACESSO À JUSTIÇA E A SUA IMPLICAÇÃO NO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO APÓS A CONSTITUIÇÃO DE O SURGIMENTO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) FIM DA INFORMALIDADE O TRABALHO DOS ASSISTENTES SOCIAIS, PSICÓLOGOS E ADVOGADOS NO CAMPO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL: DEMARCANDO AS COMPETÊNCIAS E HABILIDADES REQUISITADAS OMC PATENTES X INTERESSE PÚBLICO PRECEITOS CONSTITUCIONAIS FUNDAMENTAIS: UMA DISCUSSÃO TEÓRICA DAS CONTROVÉRSIAS CONCEITUAIS E SEU ALCANCE PRINCÍPIO DA PRESUNÇÃO DE NÃO-CULPABILIDADE REPERCUSSÃO GERAL: IMPORTANTE TÉCNICA PARA O ALCANCE DA EFETIVIDADE PROCESSUAL RESPONSABILIDADE CIVIL PELO FATO DA COISA E DO ANIMAL RESPONSABILIDADE DO ESTADO SOBRE OS ENCARGOS TRABALHISTAS SUPERENDIVIDAMENTO DO CONSUMIDOR A ANTIJURIDICIDADE DOS ATOS ADMINISTRATIVOS SANCIONADORES ATEMPORAIS DIREITO TRIBUTÁRIO: UM ESTUDO SOBRE A CLASSIFICAÇÃO DOS TRIBUTOS E SUAS DIVERSAS APLICABILIDADES ATRAVÉS DOS TÉCNICOS DO CAMPO DA TRIBUTAÇÃO MULHER, PODER E POLÍTICA: UM ESTUDO SOBRE A DOMINAÇÃO MASCULINA, UMA RETROSPECTIVA HISTÓRICA UM ESTUDO BIBLIOGRÁFICO SOBRE O PODER DE TRIBUTAR FUNDAMENTADO NOS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS DOCÊNCIA NO ENSINO MÉDIO CURRÍCULO DE ENSINO MÉDIO NA ESCOLA PÚBLICA: O APRENDER E O APRENDIDO NA ESCOLA ESTADUAL WINSTON CHURCHILL DOCÊNCIA NO ENSINO superior ESCOLA E FAMÍLIA: PARCERIAS NO PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO O USO DA TELENOVELA COMO RECURSO DIDÁTICO: UM EXEMPLO PRATICO EDUCAÇÃO FÍSICA ANÁLISE DA MELHORIA NA QUALIDADE DE VIDA DOS FREQUENTADORES DO CALÇADÃO DA AV. ROBERTO FREIRE.184 ANÁLISE DO VO2MÁX EM ATLETAS DE FUTEBOL JÚNIOR DO ABC-FC ESTIMATIVA PELO SOCCER TEST ATIVIDADE FÍSICA APÓS UM ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA: UMA RELAÇÃO EXPLORADA NO AMBIENTE LABORAL BALANÇO HÍDRICO EM ATLETAS DE FUTEBOL DA CATEGORIA SUB CARACTERIZAÇÃO DA FORMA CORPORAL DE NADADORES ATRAVÉS DA TÉCNICA DO SOMATÓTIPO COMPARAÇÃO DA PREVALÊNCIA DE SOBREPESO E OBESIDADE EM ESCOLARES DA CIDADE DO NATAL/RN COMPORTAMENTO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E DISPÊNDIO ENERGÉTICO DE UM ATLETA PARAOLÍMPICO COMPOSICÃO CORPORAL E FLEXIBILIDADE EM ATLETAS DE NATACAO COM DEFICIÊNCIAS FÍSICAS ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

8 COMPOSIÇÃO CORPORAL E RISCO CARDÍACO DOS VISITANTES DO PARQUE DAS DUNAS NATAL/ RN CORPO MEDIDO, CORPO JULGADO, CORPO SENTIDO: REFLEXOS DA AUTO IMAGEM CORPORAL EDUCAÇÃO FÍSICA COMO AGENTE DE INCLUSÃO SOCIAL DOS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS EFEITOS DA MATURACAO BIOLOGICA SOBRE A POTENCIA AEROBICA DE CRIANCAS NADADORAS ESTUDO COMPARATIVO ENTRE ESTÁGIO MATURACIONAL E A FORCA DE NADADORES GINÁSTICA DE ACADEMIA - STEP INDICADORES MORFOLÓGICOS E FUNCIONAIS DOS ESTÁGIOS DE MATURAÇÃO EM INICIANTES DO BASQUETEBOL PERCEPÇÃO DOS ASPECTOS FÍSICOS, SOCIAIS E PSICOLÓGICOS DE IDOSOS ADERENTES E NÃO ADERENTES À PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA REGULAR NO MUNICIPIO DE MARTINS-RN PERFIL ANTROPOMÉTRICO E DAS QUALIDADES FÍSICAS DE FORÇA E RESISTÊNCIA DOS NADADORES DE ÁGUAS ABERTAS DO RIO GRANDE DO NORTE PODE UM TREINAMENTO DE FORÇA PARA IDOSOS SER INTENSO? REACAO DA GLICOSE SANGUINEA EM JUDOCAS DURANTE A COMPETICAO SINDROME DO EXCESSO DE TREINAMENTO - OVERTRAINING TESTES MOTORES DE JOVENS NADADORES enfermagem A CARÊNCIA DE INFORMAÇÃO COMO UM ATRASO NA COMUNIDADE A EXPOSIÇÃO DA ENFERMAGEM AOS RISCOS BIOLÓGICOS ALEITAMENTO MATERNO: SUA IMPORTÂNCIA E BENEFÍCIOS APLICAÇÃO DO CONCEITO DE SUSTENTABILIDADE PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS PARTICIPANTES DO PROGRAMA HIPERDIA ASPECTOS GERAIS SOBRE METEMOGLOBINEMIA: SINTOMAS E TRATAMENTO ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL ENFERMEIRO NOS MÉTODOS DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS RELACIONADOS À ENDOMETRIOSE EDUCAÇÃO EM SAÚDE: PREVENÇÃO E TRATAMENTO DA TOXOPLASMOSE CONGÊNITA VOLTADA PARA GESTANTES NA UNIDADE DE SAÚDE FAMILIAR (USF) ENFERMAGEM NA PROMOÇÃO À SAÚDE: ENFOCANDO A QUALIDADE DE VIDA ENFERMAGEM NA PROMOÇÃO DA SAÚDE DA CRIANÇA GRUPO DE HIPERTENSOS E DIABETICOS: OPORTUNIZANDO A TROCA DE SABERES HEPATITE POR CITOMEGALOVIROSE EM RECÉM-NASCIDO (RELATO DE CASO) INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO:RELAÇÃO COM A IDADE E SEXO E SUA PREVALÊNCIA NO BRASIL INTERVENÇÃO EDUCACIONAL COM GRUPOS DE PAIS NO ACOMPANHAMENTO DO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DE NATAL/RN LOUCURA: UMA CONTEXTUALIZAÇÃO ATRAVESSANDO OS SÉCULOS MEDIDAS NÃO-FARMACOLÓGICAS PARA ALÍVIO DA DOR DURANTE O TRABALHO DE PARTO O CUIDADOR FAMILIAR DO PORTADOR DE ALZHEIMER NA ATENÇÃO BÁSICA COMO PROJETO DE EXTENSÃO O ENFERMEIRO COMO FACILITADOR NO PROCESSO DO TRABALHO DE PARTO O PAPEL DO ENFERMEIRO NAS INFECÇÕES CÉRVICO-VAGINAIS PESQUISA DA MEMÓRIA NA CRIANÇA - A RELAÇÃO ENTRE RENDIMENTO ESCOLAR E TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE PREVALÊNCIA DA PRÁTICA DO BULLYING EM UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICíPIO PARNAMIRIM PROCESSO GERENCIAL DE ENFERMAGEM NA VISAO DE UM GRUPO DE ACADEMICOS: RELATO DE EXPERIENCIA RELATO DE EXPERIÊNCIA EM SALA DE AULA: SÍNDROME DA IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA NA GESTAÇÃO RELATO DE EXPERIÊNCIA: AÇÃO EDUCATIVA COMUNITÁRIA NA SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE SÍFILIS SINDROME DO QT PROLONGADO CONGÊNITO: ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NO MONITORAMENTO DO ELETROCARDIOGRAMA VIAS DE ADMINISTRAÇÃO - CONCEITUAÇÃO PARA UM MELHOR ENTENDIMENTO DA ESCOLHA E DO SEU MECANISMO DE AÇÃO A IMPORTÂNCIA DA VIGILÂNCIA DA SAÚDE PARA O FORTALECIMENTO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE- SUS CLÍNICA AMPLIADA E COMPARTILHADA: O PROCESSO DE REFORMULAÇÃO DA ASSISTÊNCIA HOSPITALAR EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE: SABERES NECESSÁRIOS PARA UMA SAÚDE INTEGRAL FORMAÇÃO EM SAÚDE: CONTRIBUIÇÕES DO QUADRILÁTERO ENQUANTO PROPOSTA PARA REORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE INTERSETORIALIDADE E POLÍTICAS PÚBLICAS: A ARTICULAÇÃO DE AÇÕES E A PARTICIPAÇÃO DA POPULAÇÃO MUDANÇAS NA FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE A PARTIR DO CONCEITO DE INTEGRALIDADE PRODUÇÃO, AMBIENTE E SAÚDE: DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL E SUA RELAÇÃO COM O PROCESSO SAÚDE/ DOENÇA SEXO FRÁGIL: PENSANDO A MASCULINIDADE E SEUS DETERMINANTES UMA ANÁLISE DA TAXA DE MORTALIDADE INFANTIL NO MUNÍCIPIO DE MOSSORÓ/RN ENGENHARIA CIVIL A INFLUÊNCIA DA PIGMENTAÇÃO NAS PROPRIEDADES DA ARGAMASSA DE REJUNTE ACIDENTES DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO: AÇÕES PREVENTIVAS APLICABILIDADE DO LEAN CONSTRUCTION NA CONSTRUÇÃO CIVIL APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA BIM (MODELAGEM DE INFORMAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO) EM EMPRESAS DE PROJETO NA ÁREA DA CONSTRUÇÃO CIVIL AVALIAÇÃO DA OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO DA CIDADE DE AREZ-RN AVALIAÇÃO DO CUSTO DAS ESTRUTURAS DE CONCRETO COM ÊNFASE NA CONSTRUTIBILIDADE COMPARATIVO ENTRE O MÉTODO DESTRUTIVO E O NÃO DESTRUTIVO NA CONSTRUÇÃO DE GALERIAS DE DRENAGEM EM ZONAS URBANAS ADENSADAS CONCRETO PRÉ-REFRIGERADO CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL: REÚSO DA ÁGUA NAS EDIFICAÇÕES DIFICULDADES ENCONTRADAS EM MUNICIPALIZAR O TRÂNSITO UM ESTUDO DE CASO DIFICULDADES RELACIONADAS À IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE EM MPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL DIRETRIZES PARA AVALIAÇÃO DE CONCRETOS NÃO CONFORMES EM ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO ESTRUTURA DE MADEIRA - ANÁLISE EM COBERTURA (MERCADO X NORMAS) ESTRUTURAS DE AÇO ESTUDO DA APLICAÇÃO DE FIBRAS DE CAPOC EM ACIDENTES AMBIENTAIS COM ÓLEO OU PETRÓLEO ESTUDO DE MATERIAIS ALTERNATIVOS PARA BLOCOS DE ARGAMASSA DE SOLO-CIMENTO ESTUDOS COMPARATIVOS DE ÍNDICES DE PREÇOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL IMPERMEABILIZAÇÃO COM MANTA ASFÁLTICA MONITORAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS ORIUNDOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL MONOGRAFIA: COMPLEXO PORTUÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SUA IMPORTÂNCIA SÓCIO- 14 ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

9 ECONÔMICA PARA O DESENVOLVIMENTO O USO DA CARNAÚBA NA CONSTRUÇÃO CIVIL OTIMIZAÇÃO EM INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS PREDIAIS PATOLOGIA EM PAVIMENTOS ASFÁLTICOS: ANALOGIA DE ALGUMAS AVENIDAS DE NATAL/RN PAVIMENTAÇÃO EM PORCELANATO: ESTUDO DE CASO EM NATAL/RN PESQUISA E ESTUDO SOBRE A LEGALIZAÇÃO DE OBRAS NA CIDADE DE NATAL PLANEJAMENTO, CONTROLE E QUALIDADE DE OBRAS CIVIS REúSO DE águas RESIDUáRIAS DA ESTACAO DE TRATAMENTO DE ESGOTO DO MUNICíPIO DE SANTA CRUZ RN USO DA ÁGUA DO MAR PARA FINS SANITÁRIO EM OFFSHORE UTILIZANDO SISTEMA EÓLICO AUTOMÁTICO VIABILIDADE ECONOMICA DO CONCRETO AUTO ADENSAVEL ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO REDE DE HIDRÔMETROS DIGITAIS PARA INDIVIDUALIZAÇÃO DO CONSUMO DE ÁGUA EM CONDOMÍNIOS FARMÁCIA ÁGUA CONTAMINADA POR NITRATO E SUSCETIBILIDADE À FORMAÇÃO DE METEMOGLOBINA ASPECTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DE ADEQUAÇÕES POSOLÓGICAS ATRAVÉS DE FRAGMENTAÇÃO DE COMPRIMIDOS AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DE ATMOSFERAS ÚMIDAS NO EXTRATO SECO DE SCHINUS TEREBINTHIFOLIUS RADDI AVALIAÇÃO DO PERFIL DOS ALUNOS DE ESCOLAS PÚBLICAS PARTICIPANTES DOS CURSOS DE FÉRIAS DE FARMÁCIA AVALIAÇÃO DO TEOR DE TANINOS TOTAIS NO EXTRATO SECO DE SCHINUS TEREBINTHIFOLIUS RADDI DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES EDUCATIVAS E DE PROMOÇÃO À SAÚDE NO PETI (PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL) DE BRASILIA TEIMOSA, NATAL/RN DESENVOLVIMENTO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÃO EXTRATIVA DE PERSEA AMERICANA MILL (ABACATE) ATRAVÉS DE DESENHO FATORIAL DETERMINAÇÃO DA PRESENÇA DE AFLATOXINA EM ALIMENTOS UTILIZANDO MÉTODOS CROMATOGRÁFICOS DIAGRAMA DE FASES DE ÓLEO DE COPAÍBA: ESTUDO COMPARATIVO PARA A PRODUÇÃO DE MICROEMULSÃO DIAGRAMAS DE FASES PSEUDOTERNÁRIO DO ÓLEO DE COPAÍBA: ESTUDO DE REGIÕES DE EMULSÕES JUDICIALIZAÇÃO DO DIREITO À SAÚDE: UMA ABORDAGEM CRÍTICA MEDIDAS ANTROPOMÉTRICAS DE OBESOS DO RN COM PREDITOR DE RISCO CARDIVASCULAR METABÓLITOS SECUNDÁRIOS PRESENTES NO GINKGO BILOBA NOVA PERSPECTIVA NO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EMULSIONADOS A PARTIR DA CONSTRUÇÃO DIAGRAMA PSEUDOTERNÁRIO CONTENDO O ÓLEO DE CARAPA GUIANENSIS AUBL (ANDIROBA) OCORRÊNCIA DE INTERAÇÕES ENTRE MEDICAMENTOS POTENCIALMENTE PERIGOSOS NO SETOR DE UTI DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES PERFIL DOS PROFESSORES PARTICIPANTES DOS CURSOS DE FÉRIAS DE FARMÁCIA SEGURANÇA ALIMENTAR: ANÁLISE DO TEOR DE ARSÊNIO EM PEIXES NA CIDADE DE NATAL, RN USO DA QUERATINA NA PRODUÇÃO DE FÁRMACOS E COSMÉTICOS IMPORTÂNCIA DA DETERMINAÇÃO DE AFLATOXINAS EM PRODUTOS ALIMENTÍCIOS NÍVEIS DE NITRITO E NITRATO NA ÁGUA DE NATAL FISIOTERAPIA ANÁLISE DA MEDIDA DE INDEPENDÊNCIA FUNCIONAL DOS PACIENTES COM DIAGNÓSTICO CLÍNICO DE AVE ATENDIDOS NA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA UnP ANÁLISE DAS CONDUTAS FISIOTERAPÊUTICAS UTILIZADAS NO TRATAMENTO DE PACIENTES COM DIAGNÓSTICO CLÍNICO DE DOENÇA DE PARKINSON ATENDIDOS NA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA UnP ANÁLISE DOS EFEITOS DA RADIOFREQUÊNCIA COM DOSIMETRIA MÍNIMA E MÁXIMA EM RATOS WISTAR APLICAÇÃO DE ULTRASSOM COM FINS LIPOLÍTICOS EM PACIENTES PORTADORES DE ADIPOSIDADE LOCALIZADA.253 APLICAÇÃO TERAPÊUTICA DAS ONDAS SÔNICAS AUDÍVEIS: UMA REVISÃO LITERÁRIA AVALIAÇÃO DA MECÂNICA RESPIRATÓRIA EM CARDIOPATAS SUBMETIDOS A REVASCULARIZAÇÃO DO MIOCÁRDIO.254 AVALIAÇÃO DOS ASPECTOS COGNITIVOS DE IDOSOS UTILIZANDO A INFORMÁTICA AVALIAÇÃO FUNCIONAL DE IDOSOS PARTICIPANTES DE UM PROGRAMA DE FISIOTERAPIA PREVENTIVA COMPROMETIMENTO GRAVE DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR : RELATO DE CASO EFEITOS DA RADIOFREQUÊNCIA NA FIBROSE DE PACIENTES PORTADORAS DE FIBRO EDEMA GELÓIDE EFEITOS DA RADIOFREQUÊNCIA NO TECIDO DÉRMICO EQUILÍBRIO E COORDENAÇÃO DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL SUBMETIDAS À ESTIMULAÇÃO ESTUDO RETROSPECTIVO DOS ATENDIMENTOS EM ESTRIAS DO AMBULATÓRIO DE FISIOTERAPIA DERMATO- FUNCIONAL DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, NATAL- RN FIBROMIALGIA E SÍNDROME DO CÓLON IRRITÁVEL FISIOTERAPIA AQUÁTICA NA PREVENÇÃO DE LESÕES ESPORTIVAS FORMAÇÃO ACADÊMICA X SUS: REALIDADE DE CURSOS DA ÁREA DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE POTIGUAR INFLUÊNCIA DA ATROFIA UROGENITAL NAS QUEIXAS URINÁRIAS DE MULHERES NA FASE DO CLIMATÉRIO MAGNETOTERAPIA: UMA REVISÃO DE LITERATURA ORIENTAÇÕES DOMICILIARES AOS CUIDADORES DE INFANTES COM ENCEFALOPATIA CRÔNICA NÃO PROGRESSIVA: UM ESTUDO DESCRITIVO PERFIL DOS INDIVÍDUOS ATENDIDOS NA OFICINA DE MASSOTERAPIA DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA UnP PERFIL DOS PACIENTES COM INCONTINÊNCIA URINÁRIA DO SETOR DE UROLOGIA DA CLINICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA UnP PREVALÊNCIA DAS DISFUNÇÕES DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR EM PACIENTES COM FIBROMIALGIA PROGRAMA DOCE VIDA: RESULTADOS DE UMA PARCERIA MULTIDISCIPLINAR PROJETO FELIZ IDADE: FISIOTERAPIA COLETIVA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE DO IDOSO FONOAUDIOLOGIA APROPRIAÇÃO ORTOGRÁFICA: UMA REVISÃO DA LITERATURA AUDIÇÃO DO IDOSO: ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DO PREJUÍZO E A CORRELAÇÃO COM A QUALIDADE DE VIDA AVALIAÇÃO AUDIOLÓGICA INFANTIL: RELATO DE CASO CARACTERIZAÇÃO DA SINTOMATOLOGIA DA GAGUEIRA DO DESENVOLVIMENTO COMPARAÇÃO NO ESTILO DE APRENDIZAGEM ENTRE ALUNOS DOS CURSOS DE SAÚDE DA UnP DISFAGIA NEUROGÊNICA: UMA REVISÃO EFICÁCIA DA ACUMETRIA NA AVALIAÇÃO AUDITIVA BÁSICA : UM ESTUDO DE CASO O EFEITO DA ESTIMULAÇÃO DA CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA NA APRENDIZAGEM DA LEITURA E DA ESCRITA EM UA TURMA DE 1º NÍVEL DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) DO MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM-RN OCORRÊNCIA DE ATRASO NO DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM EM CRIANÇAS COM EPILEPSIA PERFIL AUDIOLÓGICO DAS CRIANÇAS COM ALTERAÇÃO DE LINGUAGEM ATENDIDAS NA CLÍNICA ESCOLA DE 16 ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

10 FONOAUDIOLOGIA REABILITAÇÃO FONOAUDIOLÓGICA APÓS AVE ( ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO): ESTUDO DE CASO HISTÓRIA A COMUNIDADE ESCOLAR E O PATRIMÔNIO HISTÓRICO AMÉRICA LATINA: O PAPEL DAS MARIANAS NA REVOLUÇÃO CUBANA CANÇÃO DE PROTESTO NO BRASIL ( ) CEMITÉRIO DA SOLEDADE: SIGNIFICADOS DE SIMBOLOGIA E POSIÇÃO SOCIO-ECONÔMICA CLARA CAMARÃO: UMA PRESENÇA FEMININA NA CAPITANIA DO RIO GRANDE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL NO SÍTIO ARQUEOLÓGICO TOCA DOS CABOCLOS BRAVOS - TENENTE ANANIAS/RN ENTRE MEMÓRIAS E DISCURSOS: HISTÓRIAS DO CONJUNTO CIDADE SATÉLITE ESTUDO PARA O TOMBAMENTO DA CASA-FORTE DE CUÓ - CAICÓ/RN INCLUSÃO, UMA EDUCAÇÃO NATAL: ESPAÇOS DA CULTURA E MEMÓRIA - PROJETO SANTARÉM O SÍTIO DE SEU GANDINHO: UM JARDIM DE MEMÓRIAS UMA HISTÓRIA ORAL DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL A ETNICIDADE ESCAMOTEADA DO ÍNDIO POTIGUAR NA VISÃO DA HISTORIOGRAFIA E DO ESTADO LEITURA E LITERATURA "B" A ESCRITA FEMININA: IRACEMA MACEDO UM MODO POÉTICO DE SER LETRAS LEITURA NA ESCOLA: O LIVRO DIDÁTICO EM ANÁLISE O PORTUGUÊS BRASILEIRO E SUAS VARIEDADES UMA ANÁLISE SOCIOLINGUISTICA DO POEMA O VAQUÊRO O LOBO DA ESTRADA: UMA ANÁLISE SOCIOLINGUÍSTICA A INCLUSÃO DOS SURDOS NAS ESCOLAS AS VARIEDADES LINGUÍSTICAS EM UM SAMBA NO BEXIGA, DE ADONIRAN BARBOSA EROTISMO E TRANSGRESSÃO NA POESIA DE GILKA MACHADO LEITURA DE QUADRINHOS EM LÍNGUA INGLESA LÍNGUA FALADA VERSUS LINGUA ESCRITA O CORPO EM VIA CRUCIS - UMA ANÁLISE DE CONTOS DE CLARICE LISPECTOR UMA ANÁLISE SOCIOLINGUÍSTICA DA CRÔNICA TESTE DE CARLOS FIALHO VARIAÇÃO LINGUÍSTICA VISITANTES MATINAIS: UM ESTUDO SOCIOLINGUÍSTICO MEDICINA A AÇÃO TERAPÊUTICA DA VISITA DOMICILIAR A COMPARAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE ERVAS MEDICINAIS ENTRE NORTE E NORDESTE A IMPORTÂNCIA DA REALIZAÇÃO DO TESTE RÁPIDO PARA RASTREAMENTO DE SÍFILIS E INFECÇÃO POR HIV NA ADMISSÃO DE PARTURIENTES NA MATERNIDADE DO DIVINO AMOR, PARNAMIRIM-RN ABORDAGEM DE PACIENTE COM DOR ABDOMINAL E SEUS POSSÍVEIS DIAGÓSTICOS DIFERENCIAIS ACOMPANHAMENTO DO HIPERTENSO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DE ROSA DOS VENTOS (CAIC) EM PARNAMIRIM ACUIDADE VISUAL E ALEITAMENTO MATERNO NA SAÚDE DO ESCOLAR ADOÇÃO À FAMÍLIA UM RETORNO NECESSÁRIO AO PASSADO ADOÇÃO À FAMÍLIA-ESTRATÉGIA PARA MELHORAR A SAÚDE PÚBLICA DE HOJE ANÁLISE DA CORRELAÇÃO ENTRE ROTAVÍRUS E GASTROENTERITES ANÁLISE DA SAÚDE DO TRABALHADOR NA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DO BAIRRO DE MONTE CASTELO, PARNAMIRIM RN ANÁLISE POPULACIONAL DA CORRELAÇÃO ENTRE A PRESENÇA DE ENFERMIDADES ENDOCRINOLÓGICAS E A MEMÓRIA ASSOCIAÇÃO ENTRE OS DISTURBIOS ENDÓCRINO-METABÓLICOS E DEPRESSÃO NUMA POPULAÇÃO DE IDOSOS ACOMPANHADOS PELO NÚCLEO DE NEUROCIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE POTIGUAR AVALIAÇÃO DA COGNIÇÃO ATRAVÉS DO MINIEXAME DO ESTADO MENTAL EM IDOSOS NOS MUNICÍPIOS DE NATAL E PARNAMIRIM/RN AVALIAÇÃO DA TRIAGEM NEONATAL PARA O HIPOTIREOIDISMO CONGÊNITO NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE NO PERIODO DE DEZ ANOS (1998 A 2008) AVALIAÇÃO DAS MULHERES AO ATENDIMENTO REALIZADO PELOS ESTUDANTES DE MEDICINA AVALIAÇÃO DOS ASPECTOS PREVENTIVOS DO CÂNCER DO COLO DO ÚTERO POR UMA UNIDADE MÓVEL DE GINECOLOGIA NO MUNICÍPIO DE PEDRO VELHO/RN AVALIAÇÃO HISTOPATOLÓGICA DE CARCINOMA ADENOESCAMOSO DE VESÍCULA BILIAR: RELATO DE CASO..299 CANDIDÍASE VULVOVAGINAL: RELATO DE UM CASO CARDIOPATIAS CONGÊNITAS E DEFEITOS EMBRIONÁRIOS COMPARAÇÃO DE PESO AO NASCER E APGAR DE RECÉM-NASCIDOS DE MÃES COM MENOS DE 19 ANOS, COM MAIS DE 40 ANOS E COM IDADE ENTRE 20 E 39 ANOS COMPARAÇÃO DOS DADOS SOBRE DIABETES MELLITUS TIPO 2 DA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA DO RN COM OS DADOS CADASTRADOS PELO HIPERDIA COMPLICAÇÕES PÓS-CIRÚRGICAS EM PACIENTES IMPLANTADOS NO PROGRAMA DE IMPLANTE COCLEAR DO RIO GRANDE DO NORTE CONDILOMAS PENIANOS HPV POSITIVOS: APRESENTAÇÃO DE CINCO CASOS COM ENFOQUE NAS CONDUTAS PREVENTIVAS DANÇOTERAPIA: UM NOVO OLHAR PARA A PREVENÇÃO DE DOENÇAS CRÔNICAS E MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA NUM CENTRO DE SAÚDE EM PARNAMIRIM/RN DERRAME PLEURAL COMO COMPLICAÇÃO LÚPICA NO HDML EM PARNAMIRIM-RN DERRAME PLEURAL EM PACIENTE COM LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO NO HOSPITAL DEOCLECIO MARQUES DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DA POLÍTICA DO PLANEJAMENTO FAMILIAR EM DUAS UBS DO MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM ATRAVÉS DO PROGRAMA DE APRENDIZAGEM EM ATENÇÃO BÁSICA DESNUTRIÇÃO ENERGÉTICO-PROTÉICA E ANEMIA CARENCIAL: RELATO DE CASO EM LACTENTE JOVEM DIAGNÓSTICO DE SÍNDROME CORONARIANA AGUDA: UM ENFOQUE NOS EXAMES COMPLEMENTARES E CONDUTA DOENÇA DE CROHN E HEPATOCARCINOMA: RELATO DE CASO EDUCAÇÃO COMO FERRAMENTA PARA INCLUSÃO E ATENDIMENTO HUMANIZADO NA SAÚDE ESPAÇO VIDA E MOVIMENTO: SAÚDE, EDUCAÇÃO E LAZER EM COMUNIDADE ESTENOSE MITRAL REUMÁTICA: RELATO DE CASO ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

11 ESTUDO DA INCIDÊNCIA DE NIC III RELACIONADA AO HPV NUM ESTUDO DE 130 CASOS COLETADOS NO ESTADO O RIO GRANDE DO NORTE ESTUDO DESCRITIVO E RETROSPECTIVO DO CASO CLINICO DE UMA ADOLESCENTE COM DIAGNÓSTICO DE ANOREXIA NERVOSA EVOLUÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DA HEPATITE A NA CRIANÇA, RELATO DE CASO FORMAS DE APRESENTAÇÃO DO REFLUXO GASTRO ESOFÁGICO NA INFÂNCIA GRAVIDEZ ECTÓPICA EM OVÁRIO DIREITO: RELATO DE CASO HIDRONEFROSE ANTENATAL - IMPORTÂNCIA DIAGNÓSTICA IMPORTÂNCIA DA CAPACITAÇÃO DOS PROFESSORES, DA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ARNALDO ARSÊNIO DE AZEVEDO, EM DÉFICITS DE APRENDIZAGEM INCIDÊNCIA DE NIC III (NEOPLASIA INTRA-EPITELIAL CERVICAL DE ALTO GRAU) ENTRE PACIENTES DO SISTEMA PRIVADO E DA REDE PÚBLICA INCIDÊNCIA DO HPV EM MULHERES QUE REALIZARAM O EXAME DE PAPANICOLAU NA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DE EMAÚS PARNAMIRIM/ RN NO PERÍODODE 02/01/2007 À 20/01/ INCIDÊNCIA DOS ATENDIMENTOS PRÉ-HOSPITALARES TRAUMÁTICOS NO MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM - SAMU METROPOLITANO INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA EM UMA PACIENTE DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE BOA ESPERANÇA DO MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM LÚPUS INDUZIDO POR DROGA: RELATO DE CASO METAPLASIA ESCAMOSA: ASSOCIAÇÃO COM AGENTES BIOLÓGICOS NEFROPATIA DIABÉTICA: DIAGNÓSTICO, MONITORIZAÇÃO E TRATAMENTO OBESIDADE NA ADOLESCÊNCIA: ENFOQUE AOS FATORES DE RISCO E MANEJO DE UMA ADOLESCENTE NA UBS DE PASSAGEM DE AREIA, PARNAMIRIM-RN OBSERVAÇÃO DAS AFECÇÕES INFANTO-JUVENIS DE MAIOR PREVALÊNCIA, NO ANO DE 2008, EM CIDADES DO RIO GRANDE DO NORTE (RN): UM ENFOQUE À PROMOÇÃO DA SAÚDE OBSTÁCULOS ENFRENTADOS PELAS USUÁRIAS DOS SERVIÇOS DE SAÚDE, NO MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM, PARA A PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA PERFIL DAS PUÉRPERAS ADOLESCENTES DA MATERNIDADE DO DIVINO AMOR, PARNAMIRM-RN PERFIL DAS URGÊNCIAS CLÍNICAS ATENDIDAS PELO SAMU METROPOLITANO/ RN NO MUNICIPIO DE PARNAMIRIM DURANTE O ANO DE PESQUISA DA MEMÓRIA NA CRIANÇA: RENDIMENTO ESCOLAR E DIFICULDADE PSICOMOTORA PID- PROGRAMA DE INTERNAÇÃO DOMICILIAR-AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS USUÁRIOS DO PID-PARNAMIRIM PREVALÊNCIA DA DEPRESSÃO EM ESTUDO INTERDISCIPLINAR NO IDOSO PREVALÊNCIA DA IDADE E MICROBIOTA VAGINAL EM MULHERES ATENDIDAS EM UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM PREVALÊNCIA DAS DOENÇAS REFERIDAS PELA COMUNIDADE DO ESPAÇO VIDA E MOVIMENTO PREVALÊNCIA DE SOBREPESO E SEDENTARISMO EM GRUPO DE HIPERTENSOS DO BAIRRO DE PASSAGEM DE AREIA EM PARNAMIRIM/RN PREVALÊNCIA DE VAGINOSE BACTERIANA, CANDIDÍASE E TRICOMONÍASE NA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DE CIDADE SATÉLITE, NATAL-RN PÚRPURA TROMBOCITOPÊNICA IMUNE: RELATO DE CASO QUALIDADE DE VIDA DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DA ESCOLA AUGUSTO NUNES PARNAMIRIM (RN) QUEIXAS PRINCIPAIS E HIPÓTESES DIAGNÓSTICAS MAIS PREVALENTES NO ESPAÇO VIDA E MOVIMENTO,NATAL-RN RASTREAMENTO DE TA EM ALUNOS DE CURSINHO E PRÉ-VESTIBULAR DE INSTITUIÇÕES PARTICULARES RASTREAMENTO DOS TRANSTORNOS ALIMENTARES EM ESTUDANTES DE MEDICINA DO 1 E 7 PERÍODO DA UnP RECONSTRUÇÃO ARTROSCÓPICA PÓS TRAUMÁTICA DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR (LCA) COM ENXERTO AUTÓLOGO DOS TENDÕES FLEXORES EM PRATICANTE DE JIU - JITSU RELATO DE CASO RELAÇÃO ENTRE MEMÓRIA, ATENÇÃO VISUAL/AUDITIVA E TDAH EM CRIANÇAS DA ESCOLA ESTADUAL DR. MANOEL VILLAÇA RELATO DE CASO - HEMORRAGIA GASTROINTESTINAL RESULTANTE DE USO CRÔNICO E INDISCRIMINADO DE AINE S RELATO DE CASO - IMPORTÂNCIA DIAGNÓSTICA E TERAPÊUTICA NA PREVENÇÃO DAS COMPLICAÇÕES DA PNEUMONIA ADQUIRIDA NA COMUNIDADE RELATO DE CASO DE ESQUIZOFRENIA EM UM PACIENTE DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DE PARQUE INDUSTRIAL DO MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM/RN RELATO DE CASO: UM OLHAR SOBRE A INTERNAÇÃO DOMICILIAR SÍNDROME CORONARIANA AGUDA: UM ENFOQUE CLÍNICO SÍNDROME DE LEOPARD: PROPOSTA DE UM CASO SUS E AÇOES PROGRAMÁTICAS TRANSTORNOS ALIMENTARES EM ADOLESCENTES DE ESCOLAS PÚBLICAS TRATAMENTO CIRÚRGICO DE FRATURA PÓS - TRAUMÁTICA EM TUBÉRCULO MAIOR DE ÚMERO RELATO DE CASO TROMBOSE ARTERIAL AGUDA: RELATO DE CASO TUBERCULOSE MAMÁRIA: A RESPEITO DE UM CASO UM HIPERDIA - A VALIAÇÃO DAS GESTANTES NA UBS VICIOS POSTURAIS: PREVENÇÃO E INFLUÊNCIA DA ERGONOMIA MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO A GESTÃO DE COMPETÊNCIAS NO FEMININO A GESTÃO FINANCEIRA NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO RN E PB A INFLUÊNCIA DOS SERVIÇOS CENTRAL, COMPLEMENTAR E SUPLEMENTAR OFERECIDOS POR IES PRIVADAS NA RETENÇÃO DE ALUNOS CARACTERIZAÇÃO DE EMPRESA SERVIDORA COMPETÊNCIAS GERENCIAIS COMPORTAMENTO SERVIDOR EM UMA ORGANIZAÇÃO DE ENSINO ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS DE SUPERMERCADOS: UM ESTUDO DO COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR DE BAIXA RENDA GERENCIAMENTO DE PROJETOS: UMA AVALIAÇÃO DOS PROJETOS EXECUTADOS NO ÂMBITO DA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO DO IFRN HORTA ESCOLAR: CENÁRIO PROPÍCIO AO DESENVOLVIMENTO DE PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO NUTRICIONAL MARKETING ESTRATÉGICO: ASPECTOS VISUAIS DAS EMBALAGENS NAS DECISÕES DE COMPRA DO CONSUMIDOR INFANTIL MODELOS TEÓRICOS E APLICAÇÕES DA ORIENTAÇÃO DE MERCADO O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR NO PROCESSO DE DECISÃO DE COMPRA PELA INTERNET PRÁTICA DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DAS EMPRESAS NO RN PROFISSIONAL DE RECURSOS HUMANOS NA CIDADE DO NATAL: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE SEU PROCESSO FORMATIVO ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

12 UM ESTUDO SOBRE IMPORTÂNCIA E ZONA DE TOLERÂNCIA DAS EXPECTATIVAS DO CLIENTE EM SERVIÇOS DE FAST FOOD AVALIAÇÃO DO TRATAMENTO E SUA RELAÇÃO CUSTO/BENEFÍCIO EM PACIENTES COM FISSURA COMPLETA BILATERAL DE LÁBIO DE PALATO (FCBLP) EFEITOS DOS MÉTODOS DE RECICLAGEM IMEDIATA SOBRE A RESISTÊNCIA AO CISALHAMENTO DE BRÁQUETES METÁLICOS A GESTÃO DE COMPETÊNCIAS NO FEMININO A GESTÃO FINANCEIRA NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO RN E PB A INFLUÊNCIA DOS SERVIÇOS CENTRAL, COMPLEMENTAR E SUPLEMENTAR OFERECIDOS POR IES PRIVADAS NA RETENÇÃO DE ALUNOS CARACTERIZAÇÃO DE EMPRESA SERVIDORA COMPETÊNCIAS GERENCIAIS COMPORTAMENTO SERVIDOR EM UMA ORGANIZAÇÃO DE ENSINO ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS DE SUPERMERCADOS: UM ESTUDO DO COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR DE BAIXA RENDA GERENCIAMENTO DE PROJETOS: UMA AVALIAÇÃO DOS PROJETOS EXECUTADOS NO ÂMBITO DA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO DO IFRN HORTA ESCOLAR: CENÁRIO PROPÍCIO AO DESENVOLVIMENTO DE PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO NUTRICIONAL MARKETING ESTRATÉGICO: ASPECTOS VISUAIS DAS EMBALAGENS NAS DECISÕES DE COMPRA DO CONSUMIDOR INFANTIL MODELOS TEÓRICOS E APLICAÇÕES DA ORIENTAÇÃO DE MERCADO O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR NO PROCESSO DE DECISÃO DE COMPRA PELA INTERNET PRÁTICA DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DAS EMPRESAS NO RN PROFISSIONAL DE RECURSOS HUMANOS NA CIDADE DO NATAL: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE SEU PROCESSO FORMATIVO NUTRIÇÃO A REALIDADE DO PROGRAMA DA MERENDA ESCOLAR NO MUNICÍPIO DE SENADOR ELÓI DE SOUZA/RN ACEITABILIDADE DA MERENDA EM CRECHE ALIMENTOS FUNCIONAIS X FATORES ANTINUTRICIONAIS PROTÉICOS: EM BUSCA DO CONSUMO SEGURO ALIMENTOS ORGÂNICOS: BENEFÍCIOS À SAÚDE E A DISPONIBILIDADE DE PRODUTOS EM SUPERMERCADOS DE NATAL-RN ARGININA E ZINCO: IMPORTÂNCIA NO PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO DAS ÚLCERAS DE PRESSÃO ATUAÇÃO DOS PROGRAMAS DO GOVERNO PARA PREVENÇÃO E CONTROLE DAS CARÊNCIAS NUTRICIONAIS ESPECÍFICAS: UMA REVISÃO AVALIAÇÃO DA ACEITAÇÃO DA MERENDA ESCOLAR EM UMA ESCOLA DO MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM/RN AVALIAÇÃO DAS PRÁTICAS ALIMENTARES NA INFÂNCIA ATRAVÉS DOS MARCADORES DE CONSUMO ALIMENTAR DOS SISTEMA DE VIGILANCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL AVALIAÇÃO DOS ASPECTOS FÍSICOS E HIGIÊNICO-SANITÁRIO DE TRÊS ESCOLAS DA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE MACAÍBA AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DO TRABALHADOR UnP BETACAROPÃO: PÃO À BASE DE POLVILHO DOCE E CENOURA CARACTERÍSTICAS FUNCIONAIS DA FARINHA DA CASCA DO MARACUJÁ DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO À BASE DE SAGU DESENVOLVIMENTO DE UM NOVO PRODUTO À BASE DE POLVILHO DOCE DESENVOLVIMENTO DE UM NOVO PRODUTO ALIMENTÍCIO: HAMBÚRGUER DE MACAXEIRA DESENVOLVIMENTO DE UMA BARRA DE CEREAL DE AMARANTO (AMARANTHUS CRUENTUS) COM MORANGO DESENVOLVIMENTO DE UMA BARRA DE CEREAL DE QUINOA (CHENOPODIM QUINOA) COM ACEROLA DESENVOLVIMENTO DE UMA EMPADINHA DE POLVILHO DOCE COM RECHEIO DE BANANA E CANELA DIAGNÓSTICO NUTRICIONAL DE ESTUDANTES ADOLESCENTES DO MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM/RN EFEITOS DA RESTRIÇÃO DO CONSUMO MATERNO DE MAGNÉSIO DURANTE A GESTAÇÃO QUE PODE PREDISPOR A RESISTÊNCIA INSULÍNICA NO FILHO EFEITOS DO CONSUMO DE EDULCORANTES ARTIFICIAIS NA SAÚDE HUMANA: UMA REVISÃO FARINHA DE SEMENTE DE JERIMUM: CONHECENDO O HISTÓRICO, A ABORDAGEM GASTRONÔMICA E A IMPORTÂNCIA NUTRICIONAL HIPERTENSÃO ARTERIAL NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA IMPLICAÇÃO DA OBESIDADE NOS CICLOS DE VIDA INFLUENCIA DO PADRÃO ESTÉTICO DA GINÁSTICA RITMICA NOS HÁBITOS ALIMENTARES DE ATLETAS: O RISCO DOS DISTURBIOS ALIMENTARES INTERVENÇÃO NUTRICIONAL: ESTRATÉGIAS PARA A PERDA SAUDÁVEL DE PESO LASANHA A BASE DE CHUCHU: EVITANDO O DESPERDÍCIO E INCENTIVANDO A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL EM CRIANÇAS HOSPITALIZADAS O USO DA FRITURA DE ALIMENTOS: PROBLEMAS NUTRICIONAIS E AMBIENTAIS PESQUISA DE SATISFAÇÃO SOBRE O ATENDIMENTO NAS UNIDADES DE SAÚDE POLICLÍNICA NEOPOLIS PREPARAÇÕES SEM GLÚTEN ADAPTADAS PARA PORTADORES DE DOENÇA CELÍACA PROPOSIÇÃO PARA MERENDA ESCOLAR QUINOA: PROPRIEDADES NUTRICIONAIS E TECNOLÓGICAS REVISÃO DOS MÉTODOS DE AVALIAÇÃO NUTRICIONAL NA ADOLESCÊNCIA: DISCUTINDO VANTAGENS E DESVANTAGENS SINDROME PRÉ-MENSTRUAL X CONSUMO ALIMENTAR TRABALHADORES DE UNIDADES DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO E SUAS POSSÍVEIS ALTERAÇÕES NUTRICIONAIS: UMA REVISÃO DE LITERATURA UTILIZAÇÃO DA FARINHA DE BANANA VERDE NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS VITAMINA A: PROBLEMA SOCIAL, CARÊNCIA E DISPONIBILIDADE ALIMENTAR NA REGIÃO NORDESTE ODONTOLOGIA A CANDIDÍASE ORAL E SUAS MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS A IMPORTÂNCIA DA SAÚDE BUCAL PARA O TRABALHADOR: RELATO DE UM CASO CLÍNICO A IMPORTÂNCIA DO ACOMPANHAMENTO ODONTOLÓGICO DURANTE A GRAVIDEZ ABORDAGEM CLÍNICA-ODONTOLÓGICA AOS ATLETAS PARAOLÍMPICOS AÇÃO ANTIMICROBIANA DAS SOLUÇÕES DE XILITOL, CLOREXIDINA, ASSOCIAÇÃO DE XILITOL E CLOREXIDINA E ASSOCIAÇÃO DE FLÚOR E XILITOL SOBRE O MICRORGANISMO S. MUTANS AÇAO ANTIMICROBIANA DO HIPOCLORITO DE SÓDIO A 2,5%, CLOREXIDINA SOLUÇÃO 2% E DO EDTA 17%, ISOLADOS E EM ASSOCIAÇÃO ANÁLISE ESTATÍSTICA DA PREDOMINÂNCIA DAS CORES DOS DENTES COM RELAÇÃO À IDADE ATENÇÃO À SAÚDE BUCAL À PORTADORA DA SÍNDROME DE TURNER: RELATO DE UMA CASO CLÍNICO ATENÇÃO À SAÚDE BUCAL PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS: UM SERVIÇO DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UnP PARA A COMUNIDADE AUTOEXAME DE BOCA ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

13 AVALIAÇÃO CLÍNICA DA COLUNA CERVICAL E A INTER-RELAÇÃO COM A DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: CASO CLÍNICO AVALIAÇÃO DA REPRODUTIBILIDADE DOS ELASTÔMEROS E COMPATIBILIDADE DO GESSO TIPO IV AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES ANTIMICROBIANAS DO CHÁ VERDE (CAMELLIA SINENSIS) NA ODONTOLOGIA AVALIAÇÃO DOS ASPECTOS MORFOLÓGICOS NO PREPARO DE CANAIS RADICULARES APÓS A INSTRUMENTAÇÃO MANUAL E MECANIZADA AVALIAÇÃO HISTOLÓGICA DA EFICÁCIA DA LASERTERAPIA NO REPARO ÓSSEO APÓS RTG COM MEMBRANA BIOLÓGICA. ESTUDO EM FÊMUR DE RATOS AVALIAÇÃO IN VITRO DA ANATOMIA DOS CANAIS RADICULARES DE MOLARES DECÍDUOS AVALIAÇÃO IN VITRO DE MANCHAMENTO DE RESINA COMPOSTA ATRAVÉS DE USO DE COLORÍMETRO AVALIAÇÃO, IN VITRO, DA AÇÃO ANTIMICROBIANA DE SUBSTÂNCIAS UTILIZADAS COMO MEDICAÇÃO INTRACANAL NO TRATAMENTO ENDODÔNTICO BRUXISMO EM ADULTOS E CRIANÇAS E SUA CONSEQUÊNCIA NO SISTEMA ESTOMATOGNÁTICO CANDIDÍASE ORAL: CONDUTA TERAPÊUTICA CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS: RELATO DE CASO CLAREAMENTO CASEIRO X CLAREAMENTO CONSULTÓRIO: COMPARAÇÃO DE EFICÁCIA CLÍNICA ATRAVÉS DE REVISÃO SISTEMÁTICA CLAREAMENTO DENTAL: UMA ABORDAGEM SOBRE OS DIFERENTES PROTOCOLOS DE CLAREAMENTO CLÍNICA INTEGRADA ODONTOLÓGICA: AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS USUÁRIOS DA UNIVERSIDADE POTIGUAR..392 COMPLICAÇÕES BUCAIS NO TRATAMENTO QUIMIOTERÁPICO CONDIÇÕES SISTÊMICAS ASSOCIADAS À DOENÇA PERIODONTAL: OCORRÊNCIA DE PARTOS PREMATUROS E BAIXO PESO AO NASCER CONTROLE DE QUALIDADE DAS RADIOGRAFIAS ODONTOLÓGICAS INTRAORAIS DESINFECÇÃO DE CONES DE GUTA-PERCHA DIAGNÓSTICO RADIOGRÁFICO DE ODONTOMA COMPLEXO NA MANDÍBULA: RELATO DE CASO DIVERSIFICAÇÃO PROTÉTICA BUCOMAXILOFACIAL NA RECUPERAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL, DO PACIENTE UTILADO DOCUMENTAÇÃO ODONTOLÓGICA: SAÚDE E SEGURANÇA DE POLICIAIS MILITARES EFEITO DE DIFERENTES ABRASIVIDADES DOS DENTIFRÍCIOS SOBRE A RUGOSIDADE E DESGASTE SUPERFICIAIS DO ESMALTE DENTAL CLAREADO EFEITOS DO TRAUMA DE OCLUSÃO NO PERIODONTO ESTUDO IN VITRO DA CAPACIDADE DE MICROINFILTRAÇÃO MICROBIANA EM DIFERENTES MATERIAIS RESTAURADORES PROVISÓRIOS ESTUDO DAS SEQUELAS ORAIS TARDIAS EM PACIENTES SUBMETIDOS A RADIOTERAPIA EM REGIÃO DE CABEÇA E PESCOÇO ESTUDO PRELIMINAR IN VITRO DA VIABILIDADE DA PAPAÍNA COMO AGENTE COADJUVANTE NA RASPAGEM E ALISAMENTO CORONO-RADICULAR ESTUDO, PLANEJAMENTO E REABILITAÇÃO EM PACIENTE COM NECESSIDADE PROTÉTICA FATORES QUE DETERMINAM O INSUCESSO NA REABILITAÇÃO COM IMPLANTES ORAIS IMPORTÂNCIA DO PRÉ NATAL ODONTOLÓGICO NA MANUTENÇÃO DA SAÚDE BUCAL DO BEBÊ INFLUÊNCIA DA DOENÇA PERIODONTAL NO PARTO PREMATURO INFLUÊNCIA DOS IRRIGANTES ENDODÔNTICOS NA INFILTRAÇÃO CORONÁRIA EM DENTES RESTAURADOS COM OS SISTEMAS ADESIVOS PRIMER BOND OU SINGLE BOND INTER-RELAÇÃO DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR COM A POSTURA DO INDIVÍDUO LÍQUEN PLANO ORAL: ESTUDO DE CASO E REVISÃO DE LITERATURA MANIFESTAÇÕES ORAIS COMO INDICADOR DA INFECÇÃO PELO HIV E DE SUA PROGRESSÃO PARA AIDS MANIFESTAÇÕES ORAIS EM PACIENTE COM ANEMIA FALCIFORME: IMPLICAÇÕES CLÍNICAS ASSOCIADAS MOLDAGEM EM PRÓTESE TOTAL O TRAUMA DE EFEITO CHICOTE E SUA RELAÇÃO COM AS DISFUNÇÕES TEMPORO-MANDIBULARES-UMA REVISÃO DE LITERATURA ODONTOLOGIA DESPORTIVA: A INFLUÊNCIA DA SAÚDE BUCAL NO DESEMPENHO DOS ATLETAS OS EFEITOS DO LASER DE BAIXA POTÊNCIA ASGA SOBRE REGENERAÇÃO ÓSSEA EM UM MODELO EXPERIMENTAL NA CALVÁRIA DE RATOS PAPACÁRIE: ALTERNATIVA PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM ODONTOLOGIA PERIODONTITE AGRESSIVA PRÁTICAS DE ODONTOLOGIA EM ESCOLAS DO ENSINO FUNDAMENTAL: INTEGRAÇÃO ENSINO-SERVIÇO PROGRAMA DE EXTENSÃO UNICIDADE: ESTRATÉGIAS DE INTEGRAÇÃO ENSINO-SERVIÇO PROSERVAÇÃO APÓS TRATAMENTO ENDODÔNTICO PRÓTESES HÍBRIDAS IMPLANTO-SUPORTADAS REABILITAÇÃO FUNCIONAL E ESTÉTICA UTILIZANDO RESINA COMPOSTA DIRETA E PRÓTESE PARCIAL REMOVÍVEL EM PACIENTE GERIÁTRICO COM COLAPSO OCLUSAL POSTERIOR CASO CLÍNICO RECOBRIMENTO RADICULAR: INDICAÇÕES, DESCRIÇÃO E PREVISIBILIDADE DE SUCESSO DAS TÉCNICAS CIRÚRGICAS REEMBASAMENTO E REPARO - PROLONGANDO A VIDA ÚTIL DA PRÓTESE TOTAL CONVENCIONAL RELATO DE CASO DE CARCINOMA ESPINOCELULAR SAÚDE BUCAL DO ESCOLAR: UMA EXPERIÊNCIA NA UnP SAÚDE BUCAL E QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO: A EXPERIÊNCIA DA UnP TERAPIA MEDICAMENTOSA EM PACIENTES IDOSOS TRATAMENTO CONSERVADOR DE FRATURA DE CONDILO MANDIBULAR USO DE FACETA DENTAL DIRETA E CLAREAMENTO DENTAL EM CONSULTÓRIO RELATO DE CASO CLÍNICO UTILIZAÇÃO DE RADIOGRAFIAS ODONTOLÓGICAS EM PROTOCOLOS DE IDENTIFICAÇÃO HUMANA EXTRUSÃO ORTODÔNTICA UNITÁRIA TABAGISMO NA PRÁTICA ODONTOLÓGICA OUTRO CURSO A IMPORTÂNCIA DA LITERATURA INFANTIL NO PROCESSO DA LEITURA NA EDUCAÇÃO INFANTIL A LIMITAÇÃO DA FLEXIBILIZAÇÃO DAS NORMAS TRABALHISTAS EM FACE DO CARÁTER PÉTREO DOS DIREITOS TRABALHISTAS MÍNIMOS DO ART. 7º DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE AVALIAÇÃO NUTRICIONAL EM IDOSOS PEDAGOGIA PROFESSORA-FADA: ALEGRIA E PRAZER NA EDUCAÇÃO INFANTIL A ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA: MARCO DE TRANSFORMAÇÕES NA SOCIEDADE BRASILEIRA A ATUAÇÃO DO PEDAGOGO NA CRECHE A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E A INCLUSÃO SOCIAL A GEOMETRIA NOSSA DE CADA DIA A IMPORTANCIA DA ÉTICA NA EDUCAÇÃO ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

14 A MATEMÁTICA NA AULA-PASSEIO A PERCEPÇÃO DOS DOCENTES DO CURSO DE PEDAGOGIA DE UMA UNIVERSIDADE PRIVADA DO RIO GRANDE DO NORTE SOBRE A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA A REPRESENTAÇÃO DA ÉTICA PARA O PROFESSOR NO ÂMBITO ESCOLAR ANÍSIO SPÍNOLA TEIXEIRA: EDUCAR EM VEZ DE INSTRUIR COMPETÊNCIA: CARÁTER INTEGRADOR E MOBILIZADOR DE CONHECIMENTOS DESCOBRINDO O PRAZER DA LEITURA: OBJETO DE DESEJO DE TODAS AS ÁREAS DO CONHECIMENTO LITERATURA NA EDUCAÇÃO INFANTIL MÃOS QUE UNEM: DA COOPERAÇÃO À INCLUSÃO OS SETE SABERES DE EDGAR MORIN: INTERVENÇÕES PEDAGÓGICAS PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO HUMANIZADA E REFLEXIVA PAULO FREIRE: INSTIGADOR DO ATO DE ENSINAR NA PRÁTICA DOCENTE PROFISSÃO: DOCENTE PROJETO SER PROPOSTA DE CURSO DE FORMAÇÃO DE TUTORES EM EAD:ABORDAGEM NA AFETIVIDADE VISÃO DOS DISCENTES DE PEDAGOGOGIA DE UMA INSTITUIÇÃO PRIVADA DE ENSINO SUPERIOR SOBRE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PETRÓLEO E GÁS REGULAMENTAÇÃO DO GÁS PARA PRÉ-SAL: EXPLORANDO UM NOVO CAMINHO PSICOLOGIA A ATUAÇÃO DA PSICOLOGIA NO PROJETO DE EXTENSÃO DOCE VIDA ABRIGOS: AGENTES DE PRODUÇÃO DE SUBJETIVIDADE DIMENSÃO SUBJETIVA DA ESFERA PÚBLICA: UM ESTUDO DAS FEIRAS LIVRES DA CIDADE DO NATAL/RN HISTÓRIA DE PESCADOR SUA IDENTIDADE E IMPLICAÇÕES SOCIOAMBIENTAIS INCLUSÃO DE ALUNOS COM PARALISIA CEREBRAL NO ENSINO SUPERIOR: OLHAR DA PSICOLOGIA INTERNET COMO PRODUTORA DE NOVOS ARRANJOS SOCIAIS: UM ESTUDO SOB O OLHAR DA PSICOLOGIA MAFALDA E A CRIANÇA-ADULTO CONTEMPORÂNEA: A INTERVENÇÃO TERAPÊUTICA DO CONTO DE FADAS MUITAS VIDAS SEVERINAS: A PRODUÇÃO DO SER NORDESTINO O PROCESSO SAÚDE-DOENÇA NA PERSPECTIVA DOS ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL: INSTRUMENTO DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DO ALUNO NO PROCESSO DO ADOLESCER PARTICIPAÇÃO DE MORADORES NO PROGRAMA DE COLETA SELETIVA EM TRÊS BAIRROS DO NATAL/RN: EXPLORANDO DETERMINANTES PSICO-SOCIO-AMBIENTAIS PONTE NEWTON NAVARRO: DO SONHO À REALIDADE PROCESSO DE ESCRITA DE SI: DO DIÁRIO BURGUÊS AOS BLOGS COMÉRCIO ILEGAL: PIRATARIA OU SOBREVIVÊNCIA? SERVIÇO SOCIAL A QUESTÃO DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER NA CIDADE DO SOL: MAPEANDO A REDE DE PROTEÇÃO SOCIAL E IDENTIFICANDO DEMANDAS EM NATAL/RN A SEXUALIDADE DAS MULHERES MASTECTOMIZADAS DO GRUPO DESPERTAR: UMA CONTRIBUIÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL NO PROCESSO DE FORTALECIMENTO E AUTO-ESTIMA DAS MULHERES DEPENDÊNCIA QUÍMICA VERSUS FAMÍLIA: UMA RELAÇÃO CONTRADITÓRIA E DESAFIADORA GÊNERO E CULTURA PAPÉIS SOCIALMENTE ATRIBUÍDOS ÀS MULHERES NA SOCIEDADE BRASILEIRA MULHER E TRABALHO HOSPITALAR: O PROCESSO SAÚDE-DOENÇA DAS SERVIDORAS DOS SETORES DE NUTRIÇÃO E DE ENFERMAGEM DO HOSPITAL DR. JOÃO MACHADO O REGISTRO CIVIL DE NASCIMENTO COMO RESULTADO DA AÇÃO PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL: UMA ANÁLISE DA MATERNIDADE DIVINO AMOR, EM PARNAMIRIM/RN O SERVIÇO SOCIAL NO PRONTO-SOCORRO DR. CLÓVIS SARINHO E A AÇÃO EDUCATIVA/INFORMATIVA JUNTO AOS USUÁRIOS DO SUS PACIENTES POLITRAUMATIZADOS DO HOSPITAL MONSENHOR WALFREDO GURGEL E O SEGURO OBRIGATÓRIO - DPVAT POLITICAS SOCIAIS VOLTADAS PARA A INFÂNCIA E A JUVENTUDE: IDENTIFICANDO PROBLEMATICAS, MAPEANDO A REDE DE PROTEÇAO SOCIAL PROJETO DE EXTENSÃO: DROGA, DROGADIÇÃO E VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS PROTEÇÃO SOCIAL A PESSOA COM DEFICIÊNCIA:ACESSIBILIDADE E EFETIVIDADE TERAPIA OCUPACIONAL ANÁLISE DO DESEMPENHO NAS ATIVIDADES INSTRUMENTAIS DE VIDA DIÁRIA ANÁLISE DO NÍVEL DE INDEPENDÊNCIA NAS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA ATUAÇÃO DA TERAPIA OCUPACIONAL COM CLIENTELA OBESA DOCE APOIO MODALIDADES/ESPORTIVAS PARAOLÍMPICAS O PERFIL OCUPACIONAL DOS INDIVÍDUOS COM DOR CRÔNICA PROJETO DOCE VIDA: UMA VISÃO DA TERAPIA OCUPACIONAL TURISMO IDENTIDADE CULTURAL E TURISMO EM CAICÓ/RN INVENTÁRIO DA OFERTA TURISTICA DO MUNICIPIO DE NATAL PSICOPEDAGOGIA PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA: UM NOVO OLHAR INVESTIGATIVO NAS DIFICULDADES DA APRENDIZAGEM ESCOLAR RELAÇÕES INTERNACIONAIS 26 ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

15 ADMINISTRAÇÃO Administração ANÁLISE DAS ENTREGAS EM DOMICILIO: UM ESTUDO NA REDE DE FARMÁCIAS SANTA SARA ELISANDRA MARIA DE ARAÚJO JOANA DARC SALES DA COSTA EDIJANE ALVES FERNANDES CURSO: ADMINISTRAÇÃO ASSOCIAÇÃO BRAS. ENS. UNIVERSITÁRIO LINHA DE PESQUISA: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA Na rede de farmácias Santa Sara o serviço de entregas em domicilio é de grande importância, pois corresponde a 20% do seu faturamento mensal. O objetivo do estudo é identificar fatores que impedem a agilidade no processo de entregas. Realizaremos uma pesquisa com os principais clientes atendidos desta forma para identificar suas maiores necessidades e quais são as maiores falhas no atendimento. Após a analise dos dados entraremos em contato com os funcionários diretamente ligados aos processos para estabelecer novos procedimentos de roterização, separação e embalagens dos produtos, direcionar o setor de compras os produtos mais vendidos em entregas em domicilio para otimizar as vendas. Através dos dados analisados iremos identificar os reais problemas que fazem com que o serviço não seja realizado com eficácia, desta forma a empresa irá ter um melhor direcionamento logístico do seu serviço para um melhor atendimento ao cliente. A logística permite uma expansão na cadeia de valor, sendo necessário para a competitividade a definição de performance e de medição do desempenho logístico, além de indicadores logísticos, que permitam a geração de um estrutura de excelência logística. Os clientes hoje são muito exigentes em relação aos fatores prazos, preços e serviços, sendo neste último onde a logística pode atuar mais fortemente, em termos de estratégia criadora de valor, por melhorar a confiabilidade na entrega, reduzir tempos e manter níveis baixos de estoques (BARBOSA, MUSETTI E KURUMOTO, 2006). Sendo assim, a otimização das atividades logísticas tem sido o alvo de muitas organizações, sendo essencial para isso a definição de indicadores de desempenho logístico, como forma de não só avaliar um estado atual, mas também de se fazer projeções futuras. Palavras-chave: Logística. Custo. Excelência. ANÁLISE DE PROCEDIMENTOS DO SETOR DE FATURAMENTO NA EMPRESA F. IKEDA IND DE ALIMENTOS LTDA EDIJANE ALVES FERNANDES NATÁLIA MACEDO DE FARIAS JOANA DARC SALES DA COSTA ELISANDRA MARIA DE ARAÚJO ORIENTADOR: ANDRÉ GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA CURSO: ADMINISTRAÇÃO ASSOCIAÇÃO BRAS. ENS. UNIVERSITÁRIO LINHA DE PESQUISA: ESTRATÉGIA E COMPETITIVIDADE 28 ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

16 ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO O setor de faturamento da empresa F Ikeda Indústria de Alimentos LTDA é de fundamental importância para o funcionamento dos processos de compras, produção e financeiro da mesma. O objetivo desse estudo é avaliar se os procedimentos do setor de faturamento atendem às necessidades do repasse de informações para os setores que dele dependem. Analisaremos através de relatórios de produtividade dos setores envolvidos se as necessidades destes setores estão sendo ou não atendidas. Após essas análises iremos identificar os problemas que impedem o fluxo de informações entre esses setores e trabalharemos para viabilizar e agilizar os processos através criação de manual de procedimento para o setor. Através dessas análises estabeleceremos procedimentos que melhoraram a comunicação entre setores e consequentemente farão com que aja um aumento na produtividade. A organização deve ter uma metodologia e processos para o gerenciamento de seus projetos, fazendo com que todos os seus gerentes de projetos, trabalhem da mesma forma, usem as mesmas ferramentas, realizem os mesmo processos e gerem os entregáveis (deliverables) com a mesma qualidade. A padronização levará ao aumento da qualidade, fará com que todos falem a mesma língua, leiam com todos os produtos gerados com total facilidade, por seguirem um padrão, mesmo que tenham sido escritos por outro profissional. O resultado disso? Uma relação positiva entre o desempenho do ambiente de trabalho e os padrões definidos, onde todos os envolvidos como, o cliente, a empresa e os funcionários, ganham. Palavras-chave: Operações. Procedimentos. Padronização. ANÁLISE DO PROCESSO DE ENTREGA E RECOLHIMENTO DE EQUIPAMENTOS DE LAZER: A CASA DA SINUCA LTDA EDUARDO AUGUSTO DE LIMA LEANDRO RICHARD DE SOUSA SILVA WILTEMBERG CRISOSTOMO VIANA Orientador: ANDRE GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA CURSO: ADMINISTRAÇÃO LINHA DE PESQUISA: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O objeto de estudo é a empresa CASA DA SINUCA LTDA, que atua no ambiente comercial, e dentro desta empresa o setor escolhido é o operacional. O objetivo desta consultoria é analisar a logística através do fluxo da entrega do produto para locação e manutenção observando o nível de satisfação dos clientes através da padronização dos métodos utilizados pela área de Logística. A metodologia escolhida é em relação aos processos de entrega e recolhimento dos produtos, onde é possível medir a satisfação dos clientes baseada na qualidade do atendimento. O instrumento de pesquisa foi um questionário e a observação direta. Na análise da empresa constatamos que a empresa após a solicitação do cliente para locar seus jogos recreativos, a mesma daria um prazo de 24horas para a entrega do produto para a capital e 48 horas para o interior, e muitas vezes só teria a entrega daquele cliente para esse dia, ficando assim improdutivo e maximizado os custos para empresa em deixar um único produto. Como a empresa preza pela excelência no atendimento ao cliente, preferia reduzir seu lucro mas atendê-los. Tornando assim para nossa análise um ponto a ser sugerido como melhoria. Nesta situação sugerimos a CASA DA SINUCA que reformule o seu processo de entrega, onde estabeleça as rotas diárias e que inclua os pedidos dentro dessa rota, ficando assim três dias da semana para atender as rotas dentro da capital e dois dias da semana para atender a área que atua no interior. Levando em consideração que a empresa possui dois veículos de cargas, onde um deles sempre fica de plantão para uma urgência, caso ocorra uma solicitação de conserto dos equipamentos, esse é deslocado com um técnico para solucionar o problema, pois a empresa é convicta que seus clientes não podem esperar e jogos quebrados é sinônimo de prejuízo para a empresa. Com isso reduzindo os custos da entrega e satisfazendo também a necessidade do seu cliente. Outra situação é o recolhimento e a entrega dos equipamentos para manutenção, neste caso, a empresa também trabalharia com a mesma programação de rota e um prazo de entrega de acordo com cada serviço solicitado. Palavras-chave: Logística. Materiais. Suprimentos. ANÁLISE DOS FATORES DE DESPERDÍCIO NUMA CONSTRUÇÃO: UM ESTUDO NA EMPRESA FOSS & CONSULTORES LTDA ROBSON SILVA JÚNIOR HAGLAS HADSON FERREIRA SANTOS SILVA BRENNO WALLACE DA SILVA TOSCANO LEANDRO SILVA LEITÃO Orientador: ANDRE GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA CURSO: ADMINISTRAÇÃO LINHA DE PESQUISA: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O objeto de estudo é a empresa FOSS & CONSULTORES LTDA, que atua no ramo da construção, e dentro desta empresa o setor escolhido é o operacional de construção. O objetivo desta consultoria é identificar os pontos de desperdício de materiais na obra. A metodologia utilizada foi um questionário aplicado ao setor responsável pelos materiais utilizados na empresa (almoxarifado) e aos pedreiros, onde é possível medir a quantidade de materiais utilizados e desperdiçados na obra. Logo, o instrumento de pesquisa utilizado foi um questionário que aplicado junto ao setor de almoxarifado e aos pedreiros, dentro da empresa FOSS & CONSULTORES LTDA, e através do resultado desta pesquisa diagnosticamos a situação problemática. Na análise da empresa foram encontrados vários tipos de problemas relacionados ao desperdício de materiais. Alguns deles são: alguns pedreiros não estão qualificados, não fazer o devido levantamento da quantidade exata de materiais a serem utilizados como: material elétrico, hidráulico, revestimento etc, o controle do sistema de estoque em dia para saber o que realmente está faltando e não ter um lugar apropriado para o armazenamento dos materiais, estes são alguns dos principais pontos de desperdício. Consideramos que o maior problema da empresa é não fazer o devido levantamento da quantidade exata de materiais a serem utilizados, pois isso gera um grande desperdício já que muitas vezes sobra material e gera também um gasto de dinheiro a mais para a organização. Uma sugestão para a resolução do problema do desperdício é uma melhor capacitação dos funcionários deste setor pedreiros, chefes de almoxarifado e compradores dos materiais, não só com relação ao conhecimento técnico, mas que estes conhecimentos sejam utilizados de forma padronizada, através do estudo do que realmente necessita naquele momento e a devida quantidade, e que estes padrões sejam mantidos pelo controle e auditorias periódicas. Palavras-chave: Logística. Materiais. Suprimentos. ASPECTOS IMPORTANTES PARA EFICIÊNCIA NA PRODUÇÃO: UM ESTUDO NA EMPRESA FOSS & CONSULTORES LEANDRO SILVA LEITÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO LINHA DE PESQUISA: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O objeto de estudo é a empresa FOSS & CONSULTORES LTDA, que atua no ramo da construção, e dentro desta empresa o setor escolhido é o operacional de construção. O objetivo desta consultoria é relacionar os recursos aplicados com o volume produzido com um ganho na produtividade. A metodologia utilizada foi uma pesquisa de campo em uma das obras que estão sendo realizadas pela empresa. Logo, o instrumento de pesquisa utilizado foi uma visita acompanhada por técnicos de produção da empresa FOSS & CONSULTORES LTDA, e através do resultado desta pesquisa diagnosticamos a situação problemática. Na análise da empresa foram encontrados vários tipos de problemas relacionados à aquisição (ou aplicação) de recursos, pelos quais deve-se pagar em troca de sua utilização produtiva. Os pagamentos pela utilização destes recursos, dentro de condições determinadas que são distintas conforme o tipo de recurso de que se trata, configuram-se como os custos da empresa. Assim, para colocar em movimento um certo processo de produção, são necessários, por exemplo, o trabalho humano, um conjunto de instrumentos de trabalho (máquinas, equipamentos), local adequado (edifícios, instalações) e um dado tipo de material a ser transformado. Consideramos que o maior problema da empresa é não fazer o devido levantamento da medida e do indicador da relação entre o insumo e o rendimento. Uma sugestão para a resolução do problema do processo produtivo é uma melhor alocação de recursos, melhorias tecnológicas, e avanços no conhecimento. Palavras-chave: Processos. Rotinas. Procedimento Operacional. 30 ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

17 ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO ESTUDO DAS CONDIÇÕES DE ARMAZENAGEM DE INSUMOS DA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DOS RECURSOS HUMANOS JÚLIO CARLOS DE OLIVEIRA NETO LIÉGIA PAULA DE LIMA SUELI CABRAL DA COSTA Orientador: ANDRÉ GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA CURSO: ADMINISTRAÇÃO LINHA DE PESQUISA: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O estudo do tema torna-se importante a partir da necessidade que as organizações tem de conhecer a real situação de armazenagem de seus insumos, para com isso possa-se tomar decisões que possam corrigir distorções, sanar falhas e evitar tanto os desperdícios como os desvios. O objetivo deste artigo é o estudo das condições de armazenagem dos insumos de uma Secretaria de Estado. A metodologia escolhida é a entrevista com o responsável pelo setor de almoxarifado e a observação das condições de armazenagem de seus insumos e será realizado pelo grupo, e se dará nas instalações da secretaria no período de 24/08/2009 a 28/08/2009. O instrumento de pesquisa foi um questionário que aplicado junto ao responsável pelo setor de almoxarifado, dentro da secretaria, e através do resultado desta pesquisa diagnosticamos a situação problemática. Na análise do setor de almoxarifado da secretaria foram encontrados diversos tipos de problemas. Armazenagem de produtos inflamáveis no mesmo local de papel e material plástico; empilhamento inadequado de produtos contrariando as recomendações dos fabricantes; falta de identificação dos produtos; prateleiras em não conformidade para a guarda dos insumos e armazenagem de produtos em condições de climatização incompatíveis com as recomendações dos fabricantes. Consideramos que existe uma necessidade de planejamento para o armazenamento adequado dos produtos, é de necessidade um ambiente adequado, melhor identificação dos produtos, resultando em prevenção de acidentes. Palavras-chave: Conformidade. Planejamento. Recomendações. PADRONIZAÇÃO DE MÉTODOS NA INTEGRAÇÃO DE ÁREAS: UM ESTUDO NA PAN VILLE INDÚSTRIA DE PANIFICAÇÃO LTDA ME VALESCA KARINE DE ARAUJO LEMOS ELAINE CRISTINA DE MORAIS BEZERRA KÁTIA MARIA LOPES CASTRO DE SOUZA SUELY ARAUJO NASCIMENTO Orientador: ANDRE GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA Curso: ADMINISTRAÇÃO Linha de Pesquisa: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O objeto de estudo é a empresa PAN VILLE que atua no ramo da indústria da panificação, cujo foi escolhido o setor operacional interno da empresa. Tendo como objetivo a integração das áreas dentro da empresa para facilitar o fluxo das atividades de seus colaboradores. A metodologia para alcançar tal objetivo será inicialmente a análise da divisão de funções e responsabilidades. A realidade encontrada apontou a existência de desorganização, retrabalho, falhas de comunicação e ineficiência de processos. Diante disso, os consultores sugeriram a criação de uma padronização nos métodos de trabalho e a definição de uma pessoa responsável por cada área dentro da empresa, podendo apenas ela responder por qualquer situação que venha a ocorrer na sua rotina de atividades. Os resultados obtidos através desta proposta inicial foram a diminuição de responsabilidades de alguns colaboradores e a ocupação de tempo ocioso de outros com a definição de funções e responsabilidade para líderes de equipe. Ao final, concluímos que desta forma as atividades dentro da empresa fluíram com mais facilidade e sem cansaço físico e nem desgaste entre colaboradores. Palavras-chave: Pan ville. Indústria. Recursos humanos ANÁLISE DAS CONDIÇÕES DE ESTOCAGEM NO MERCADINHO SÃO FRANCISCO KALLYANE SHIRLEY DE SOUZA SANDRA SAMARA DE FRANCA BORGES ORIENTADOR: CLEIDIANE OLIVEIRA DA SILVA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM MARKETING Linha de Pesquisa: ADMINISTRAÇÃO, REGULAÇÃO E POLÍTICAS PÚBLICAS O estoque em uma empresa é de extrema importância, pois facilita o trabalho, evita as repetições nas compras, diminui a falta de produtos, evitando assim, que o cliente saia insatisfeito. Entretanto não é raro a situação de empresas que fazem investimentos em estoque e depois tem que lançar parte deste investimento no lixo, em função de não observar as condições adequadas de armazenamento e movimentação especificadas pelo fabricante. Esta pesquisa irá verificar as possíveis avarias causadas pelas condições de estocagem, como iluminação e espaço físico. A metodologia consistirá em análise observacional e entrevista, considerando uma avaliação das condições de armazenagem: iluminação, organização, layout, umidade, higiene e variedade. Com a elaboração desta pesquisa será possível melhorar a estrutura do estoque, bem como as condições de armazenamento dos produtos, prolongando a sua vida útil, evitando o retrabalho e as possíveis avarias, assim, os custos pelo mau armazenamento também serão reduzidos. O envolvimento de pessoal capacitado e a definição de padrões de procedimento de trabalho servirão de elemento básico para a correção de problemas detectados. Palavras-chave: Estoque. Logística. Trabalho. ANÁLISE DE RETORNO DE FERRAMENTAS E EPI S EM CONSTRUÇÃO: O CASO DA EMPRESA SS SERVIÇOS E CONSTRUÇÃO JANAINA DOS SANTOS LOPES SILVEIRA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM MARKETING Linha de Pesquisa: GERENCIAMENTO E PROJETOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL O objeto de estudo é a empresa SS Serviços e Construção, que atua no ambiente da prestação de serviços e construção civil, e dentro desta empresa o setor de escolhido é o estoque. O objetivo desta consultoria é encontrar o POR QUE? de tantas perdas de ferramentas e EPI S nas obras, diagnostica problemáticas podendo implantar sistema e relatório para solução através da padronização dos métodos utilizados para controle. A metodologia escolhida é a de indicadores através de pesquisa feita através de visitas a empresa e em seguida a uma das obras, coletando informações para análise, e verifica que um dos pontos crítico na Construção era a perda de Ferramentas, e implantado fichas de controle para ENTREGA/RETORNO de fardamentos, ferramentas e EPI S, como também, modificada a forma de contratação de pessoal, onde o só seria contratado aquele profissional que possuísse as ferramentas básicas de trabalho. O instrumento de pesquisa foi um questionário que aplicado junto ao administrador e os trabalhadores, dentro da empresa SS Serviços e Construção, e através do resultado desta pesquisa diagnosticamos a situação problemática. Na análise da empresa foi encontrado muito desperdício e extravio, ou seja, falta de responsabilidade dos trabalhadores, no entanto, foi modifica a maneira de contratação dos profissionais para a seguinte maneira: o prestador de serviço contratado deveria possuir as ferramentas necessárias para execução dos serviços. A empresa poderia até fazer o investimento ao prestador, e teria o ressarcimento do investimento na hora de efetuar o pagamento da produção dos mesmos, ficando a SS Serviços e Construção responsável a fornecer os EPI S e Ferramentas de grande porte (Andaimes, betoneira, escavadeira etc.). Já os fardamentos deveriam ser devolvidos a empresa no término da obra (mesmo que não tenha mais condição de uso), pelo fato de ter o timbre da empresa, e por outro lado ser feito o controle de estoque de fardamento, como também, evitar o uso indevido, retornariam por meios de fichas de EPI S de ENTREGA/RETORNO aos profissionais. Uma sugestão para a resolução do problema dos prestadores de serviços é uma melhor orientação dos mesmos desta área, que estas orientações sejam utilizadas de forma padronizada, através do Manual de Normas e Procedimentos, e que estes padrões sejam mantidos pelo controle e auditorias periódicas. Palavras-chave: Locação de mão-de-obra temporaria. 32 ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

18 ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE NEGÓCIO PARA ANALISAR A VIABILIDADE E A RENTABILIDADE DO SALAÕ DE BELEZA FLOR DE LIS POLLIANA PRISCILLA MEDEIROS DE PAULO VANUSA VALÉRIA DE PONTES CAMILA MESQUITA PESSOA Orientador: RANIERY CHRISTIANO DE QUEIROZ PIMENTA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM MARKETING Linha de Pesquisa: EMPREENDEDORISMO E GESTÃO DO CONHECIMENTO O momento atual é composto pelas pessoas adeptas ao culto a beleza, em prol da auto-estima e bem estar, tanto físico como emocional. Percebemos que o mercado do bem estar é muito atrativo, hoje as opções para quem quer se embelezar são muitas, vão desde salões de belezas a clinicas de estética. Analisando este mercado resolvemos desenvolver um projeto inovador, que atenda as necessidades de uma sociedade que vive em uma constante aceleração do tempo, dai surgiu à oportunidade de criar um ambiente que uni os dois tipos de prestações de serviços do mesmo segmento (salão de beleza e estética), fazendo com que os clientes ganhem tempo. Mas para isto é necessário a elaboração de um plano de negócio, que permitirá a diminuição do risco de implantação do negócio, possibilitando assim, uma melhor visualização de oportunidades e ameaças do mercado. O Plano de Negócio permite estruturar as principais visões e alternativas para uma análise correta de viabilidade do negócio pretendido, proporcionar uma avaliação prévia antes de implantar um negócio que reduz as possibilidades de desperdícios de recursos e esforços em um negocio inviável, dando assim confiabilidade para investimento do negócio. Neste contexto, o plano de negócio para o Salão de Beleza Flor de Lis tem o objetivo estudar a viabilidade mercadológica e financeira, podendo assim, Identificar o perfil dos clientes-potenciais; Elaborar o mix de serviços a ser oferecido pela empresa; Conhecer o perfil dos concorrentes; Quantificar os investimentos necessários para o negócio e Definir os objetivos organizacionais da empresa. Palavras-chave: Plano de negócio. Mercado. Empreendedorismo. ANÁLISE DAS CONDIÇÕES DE TRANSPORTE E DESCARTE DE RESÍDUOS NA EMPRESA POSTO ESCOLA BR DISTRIBUIDORA S/A CYNTHIA DANTAS DE SOUZA JOSÉ ANTONIO DE FREITAS SEGUNDO KAREN MELISSA FARIA HENRIQUES BENTO EGÍDIO DA SILVA JÚNIOR Orientador: ANDRE GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM RECURSOS HUMANOS UNIVERSIDADE PAULISTA Linha de Pesquisa: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O estudo foi realizado no POSTO ESCOLA BR DISTRIBUIDORA S/A, que atua no ambiente comercial, e dentro desta empresa o setor escolhido foi a comercialização de produtos, armazenagem e descarte de resíduos. O objetivo desta consultoria é analisar as condições de transportes e estudar as condições de descarte de resíduos e embalagens. A metodologia escolhida é a de indicadores de qualidade na armazenagem e descarte de resíduos, onde é possível medir a satisfação dos clientes, meio ambiente, entre outros. O instrumento de pesquisa foi um questionário aplicado junto aos coordenadores e visita in-loco. Através do resultado desta pesquisa, diagnosticamos que a atividade está de acordo com o questionário aplicado via ; a armazenagem dos combustíveis acontece em tanques ecológicos subterrâneos e os lubrificantes em prateleiras. Os produtos são analisados antes de serem armazenados e consiste na verificação da temperatura, densidade e teor alcoólico. Os combustíveis praticamente não sofrem descarte, porém existe sim uma perda natural decorrente dos abastecimentos; nesses casos, os fluidos são direcionados para canaletas dispostas ao redor da pista e direcionados para uma caixa separadora de água e óleo que realiza exatamente essa separação entre água e resíduos oleosos, o óleo a vácuo é levado para tratamento, enquanto os lubrificantes têm as embalagens depositadas em tambores que são recolhidos por uma empresa responsável pela reciclagem, sendo enviadas para um local próprio para o tratamento. Palavras-chave: BR Distribuidora. Transportadora. Descarte de Resíduos. ESTUDO DAS CONDIÇÕES DE ARMAZENAMENTO DE INSUMOS: UM ESTUDO NA EMPRESA PRONTONEURO LTDA LUIZ ALBERTO DE VASCONCELOS NOBRE Orientador: ANDRE GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM MARKETING Linha de Pesquisa: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA A empresa que buscamos analisar para a implantação de um Estoque será a ProntoNeuro, empresa de médio porte, dispondo hoje de aproximadamente 60 funcionários em geral. Especializada em consulta e exames. Atuando há 15 anos nesse segmento, atendendo o público em geral. A empresa apresentada tem um lugar no mercado bastante reconhecido. O objetivo deste trabalho é analisar as formas de armazenamento de insumo na empresa citada. A metodologia empregada para isso é a entrevista e a análise observacional. Um dos problemas a partir das dificuldades internas encontradas quanto ao estoque, são: sua falta de organização, padronização, pouco espaço físico, falha na comunicação entre comprador e fornecedor e falta almoxarife. Tudo isso impede que os funcionários desempenhem um bom trabalho. Diante dos dados que foram coletados, chegamos a conclusão de que, para uma empresa ter um reconhecimento no mercado é preciso que haja grande desempenho dos funcionários, mas que para isso haja também condições de trabalho e incentivo não só salarial, mas oferecendo-lhes oportunidade e condições. Com as dificuldades observadas e solucionadas os benefícios esperados são de melhor credibilidade da Clínica no mercado e junto aos profissionais que indicam o serviço. Palavras-chave: Empresa. Armazenamento. Organização. ANÁLISE DE DESPERDÍCIOS DE INSUMO NA EMPRESA FOTOARTE PRESENTES LTDA ELMANO IGOR DA SILVA MIRANDA ROSILENE PONTES ROCHA JIMMY KLEBER MENDES ELISANGÊLA SOARES DE MACÊDO Orientador: ANDRE GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM RECURSOS HUMANOS Linha de Pesquisa: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O objeto de estudo é a empresa FotoArte Presentes LTDA, que atua no ramo de fotografia, dentro da empresa escolhemos o setor produtivo. O objetivo desta consultoria é diminuir o desperdício de insumos para a confecção de seus serviços através do treinamento de funcionários e distribuição de cartilhas para a orientação dos métodos de manuseio do equipamento fotográfico para os clientes. A metodologia escolhida é a coleta de dados que teremos de buscar junto à empresa que comprove os índices de desperdícios na empresa. Na análise da empresa foram encontrados dois tipos de problemas relacionados ao processo de confecção dos serviços. Um deles é a necessidade de treinamento mais eficaz dos funcionários que estão na operação das máquinas de produção bem como as atendentes para orientar os tamanhos que os clientes podem estar fazendo suas fotos com qualidade, o outro problema é, fotos de péssima qualidade gerando insatisfação dos mesmos e conseqüentemente perdas e prejuízo para a loja. Consideramos a primeira problemática como a principal para a empresa em questão, pois não adianta cobrar dos funcionários menos perdas se não há um treinamento adequando para evitar as mesmas. A sugestão para empresa diminuir o problema de desperdícios no setor produtivo é estabelecer um programa de treinamento dos novos funcionários que vão assumir os cargos de operadores e também um programa de reciclagem periódica para os funcionários que já fazem parte dos cargos em questão. Bem como a elaboração e distribuição de cartilhas para clientes que compram máquinas no seu estabelecimento. Palavras-chave: Insumos. Consultoria. Índices de desperdícios. 34 ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

19 ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO ANÁLISE DE RENTABILIDADE DO MERCADO IMOBILIARIO DE NATAL ALBANIZA RODRIGUES PINHEIRO PATRICIA PAULA FERNANDES Orientador: JESUS LEODALY SALAZAR ARAMAYO Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM RECURSOS HUMANOS Linha de Pesquisa: GESTÃO CONTÁBIL E FINANCEIRA Esta monografia trata de uma análise de rentabilidade do mercado imobiliário de Natal. Representa uma oportunidade de fornecer para o investidor em imóveis um Guia de Investimento Imobiliário para respaldar seus investimentos. Será desenvolvida junto às construtoras atuantes no mercado local. O setor da construção civil de Natal tem apresentado um crescimento expressivo nos últimos anos e a expectativa de continuar a crescer e a se desenvolver é promissora. O mercado abrange investidores dos mais diversos perfis: imobiliárias, construtoras, pessoas físicas nacionais, estrangeiras e etc. Eles aplicam recursos financeiros em imóveis na expectativa de obter um retorno com risco reduzido, devido às características desses tipos de ativo. Dessa forma, o objetivo consiste em avaliar o mercado imobiliário para identificar os empreendimentos mais rentáveis. O estudo se insere na área de Administração Financeira, especificamente tratará do problema de orçamento de capital ou análise de investimentos e a teoria do risco. Serão utilizados indicadores de avaliação financeira que avaliem a rentabilidade proporcionada pelas aplicações em imóveis, como: Payback, Valor Presente Líquido, Taxa interna de retorno, Rentabilidade Sobre o Patrimônio Liquido (ROE) e Rentabilidade Sobre o Investimento (ROI). A metodologia utilizada é de natureza descritiva e quantitativa em forma de estudo de caso, tendo entrevistas realizadas com as construtoras com o objetivo de saber qual dentre os investimentos em imóveis oferece um maior índice de retorno para o investidor que deseja vincular seu capital nesses empreendimentos. Palavras-chave: Rentabilidade. Finanças Corporativa. Imoveis. ANÁLISE DO PROCESSO DE TRANFERÊNCIA DE PRODUTOS ENTRE AS LOJAS RIO CENTER KALLINE KELY DA SILVA ERLÂNGELA CALIXTO DA SILVA MARIA FRANCISCA DANTAS DE ARAUJO Orientador: ANDRE GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM RECURSOS HUMANOS Linha de Pesquisa: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O objeto de estudo é a loja RIO CENTER, que atua no ambiente comercial a 72 anos na cidade do Natal e dentro desta empresa o setor escolhido é o setor de logística. O objetivo desta consultoria é fazer uma análise da transferência de produtos entre as três lojas com a finalidade de analisar o processo de entrada e saída de mercadoria internamente, tais como: como é feito a transição de mercadoria de uma loja para outra, por quem realizado, como é enviado e por quem é recebido. A metodologia escolhida é a entrevista pessoal com os colaboradores que realizam o processo de transferência, onde é possível analisar a qualidade do recebimento das entregas, e como são administrados os custos dessa logística interna. O instrumento de pesquisa foi um processo verbal e visual concretizado por uma entrevista direta com os colaboradores, dentro da empresa RIO CENTER. Através do resultado desta pesquisa analisamos que por se tratar de um processo prático e simples que atinge as necessidades das três lojas, alguns problemas foram detectados tais como: a não marcação de mercadoria por cor, tamanho causando assim a necessidade de um comprador procurar o vendedor para saber a estimativa de demanda desses produtos. Uma sugestão para a melhoria do processo é a criação de códigos internos para a identificação de cores e tamanhos de produtos iguais ou de mesmo preço e com isso agilizar o sistema de compras na hora de pedir de acordo com uma real demanda de cada produto. Palavras-chave: Processos. Rotinas. Procedimento Operacional. AVALIAÇÃO DE COMPRA E RECEBIMENTO DE MERCADORIAS: UM ESTUDO: EMPRESA VICUNHA TEXTIL S/A FABIANO RICARDO DA SILVA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM RECURSOS HUMANOS Linha de Pesquisa: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O objeto de estudo é a empresa VICUNHA têxtil S/A, que atua no ambiente industrial e dentro desta empresa o setor escolhido para a pesquisa é o de suprimento. O objetivo desta consultoria é avaliar o processo de compra e recebimento de mercadorias. Esse processo inclui a geração e necessidade de compras, emissão do pedido de compra, movimentação dos produtos, recebimento e armazenamento de produtos, entrega de produto para uso e consumo para que possamos tentar diagnosticar possíveis problemas e dar sugestões de melhorias. A metodologia escolhida foi à avaliação dos métodos de cada etapa do processo, onde é possível observar todos os entraveis que possa dificultar seu andamento. Desta forma a consultoria diagnosticou alguns problemas: 1 - falta de um indicador que informe a quantidade de estoque para o analista; 2 - problemas no follow-up de compras, que não é feito mensal dificultando o ressuprimento do item; 3 - entrega de produtos pelo transportador, entrando em desacordo com o prazo do pedido da Vicunha; 4 - no recebimento as notas que entram não tem local para ser colocadas, ficando todas em cima de mesas, dificultando o trabalho dos demais na hora de procurar um documento; 5 - falha na hora de entrega do produto para o usuário, devido a itens estarem despadronizados no estoque a grande correria na separação das requisições depois que o funcionário chega ao balcão atrasando a entrega. Sugestão de melhorias: 1 - criar um indicador rotineiro que informe automaticamente ao analista se o item está no nível de segurança, garantindo o ressuprimento do produto sem a sua falta no estoque; 2 - elaborar cronogramas semanais para o comprador verificar o andamento dos pedidos (Follow-up), dessa forma ira melhorar o acompanhamento dos pedidos de uma forma geral; 3 - criar um mecanismo no qual tanto a nota fiscal emitida pelo fornecedor quanto ao conhecimento emitido pelo transportador contemplem o mesmo prazo de entrega já estabelecido pela Vicunha em seu pedido de compras. Dessa forma evita que produtos cheguem fora do prazo combinado; 4 - efetuar a compra de algumas pastas, e nelas identificar as transportadoras e fornecedores for ordem alfabética. Dessa forma os outros funcionários que precisarem verificar algum tipo de informação podem ver claramente as pastas identificadas sobre a mesa. Por fim elaborar um método de padronização para cada tipo de item, para que o recebimento coloque o estoque de forma organizada e sem comprometer erros para balconistas. Também criar uma forma no sistema em que o numero das requisições sejam informadas aos usuários após sua confirmação dos itens a serem pagos. Palavras-chave: Suprimento. Compra. Recebimento. GERENCIAMENTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS COM FOCO NA GESTÃO DE AQUISIÇÃO E ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS ELOIZA DE SOUZA WYSE JOÃO MARIA DA SILVA JORGE OTO DA SILVA BORBA Orientador: ANDRE GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM RECURSOS HUMANOS Linha de Pesquisa: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O objeto de estudo é a empresa J.Felix Sobrinho Varejista LTDA, que atua no segmento de comércio varejista de material de construção, e dentro desta empresa o setor escolhido é a gestão de suprimentos. Devido a reconhecida importância estratégica nas empresas da função compras, foi efetuado o estudo na empresa em epígrafe com o objetivo de avaliar e mensurar como a empresa gerencia suas aquisições. A gestão da aquisição assume papel verdadeiramente estratégico nos negócios de hoje em face do volume de recursos, principalmente financeiros. Os gastos nas compras de insumos para a produção do produto ou serviço final variam entre 50 e 80% do total das receitas brutas. O departamento de compras tem a responsabilidade principal de localizar fontes adequadas de suprimentos e de negociar preços. O método de diagnóstico foi uma entrevista com o proprietário e a aplicação posterior de um questionário. Após a análise da situação, foram identificados pontos a serem melhorados: não há técnica de relacionamento com os fornecedores; não há planejamento financeiro confiável; baixa formalização na 36 ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

20 ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO organização; não há gerenciamento eficaz de estoque (custos). As atividades a serem implementadas, devido a característica da empresa, terão foco inicialmente em seu dirigente, através de treinamento para a implementação de modelos de gestão focados na melhoria. Palavras-chave: Gestão. Suprimentos. Aquisição. LOGISTICA DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM LOCAÇÃO: UM ESTUDO NA EMPRESA MILLENNIUM TOUR VIVIANE CÂNDIDO DA SILVA GEORGE GRANT COSTA NOBRE VIANA JOSÉ NOALDO FERREIRA DA SILVA Orientador: ANDRE GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM RECURSOS HUMANOS Linha de Pesquisa: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O objeto de estudo é o setor de operações da empresa MILLENNIUM TOUR, que atua prestando serviços com locações de carros no setor corporativo de Natal e grande Natal e em outras cidades. O objetivo dessa consultoria é apontar os benefícios de uma logística com controle operacional de saída e chegada de veículos, com a finalidade de prestar um serviço pontual, seguro, com qualidade e eficiência. A metodologia escolhida foi a de entrevistas e acompanhamento na empresa. Onde se detectou uma redução de custos operacionais com possibilidades de acompanhar mensalmente os lucros e rentabilidade gerados a partir de uma logística de operações devidamente planejadas. O instrumento utilizado foi entrevista realizada com o gestor da empresa, modelador das funções do sistema que permite manter o controle das operações efetuadas nas locações dos veículos. Através dessas informações diagnosticamos os processos necessários para alcançar a excelência dos serviços prestados aos clientes corporativos. Na análise da empresa, podemos identificar etapas, recursos humanos e financeiros relacionados à área de logística. Um deles é que, ao contrário da concorrência, todos os motoristas são formalmente contratados, garantindo assim a pontualidade e disponibilidade dos mesmos. Este ponto nos chama atenção, porque, apesar da sazonalidade que o setor enfrenta, o quadro de colaboradores fica mantido e ainda assim com capacidade de permanecer com a redução de custos antes almejada. Um segundo ponto, é que através da logística apresentada bem como o seu controle, é possível identificar a demanda que correria o risco de não ser atendida se através desse controle de logística não fosse capaz de fazer um remanejamento para outra empresa do mesmo segmento. Resultado de um trabalho no controle operacional de veículos. Outro ponto a ser abordado é a credibilidade e confiança adquiridos pelos clientes da empresa citada, proporcionados através de um rastreamento disponível aos mesmos via internet, em tempo real, onde pode-se saber a localização exata do veículo, bem como o horário previsto para saídas e chegadas. Esse serviço é considerado pela empresa um diferencial para clientes corporativos que podem acompanhar a prestação de serviço feita pela empresa, acessando o sistema disponível via satélite. Palavras-chave: Logística. Materiais. Suprimentos. OS IMPACTOS DA ACREDITAÇÃO EM UM ÂMBITO HOSPITALAR DANIELLE SILVA DE OLIVEIRA SIMONE SARAIVA DOS SANTOS ORIENTADOR: KLEBER CAVALCANTI NOBREGA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM RECURSOS HUMANOS Linha de Pesquisa: ADMINISTRAÇÃO, REGULAÇÃO E POLÍTICAS PÚBLICAS ótimos e possíveis e são elaborados para estimular esforços para a melhoria contínua das instituições acreditadas. As instituições de serviços estão, portanto, exigindo novo estilo de gestão: gestão pela melhoria da qualidade, com enfoque no atendimento dos clientes, no conhecimento da concorrência e na redução dos custos. O objeto deste trabalho é identificar quais os impactos da Acreditação em um âmbito hospitalar. O Projeto consiste de um estudo de caso de natureza descritiva e qualitativa. O Trabalho foi desenvolvido em um hospital privado, de grande porte, da cidade de Natal, Rio Grande do Norte. Ressalta-se que o referido hospital é o primeiro e único certificado em nível 1. Foram incluídos na pesquisa todos os setores envolvidos na certificação desde a sua implantação. Foi utilizado o método de entrevistas semi-estruturadas e pré-agendadas com registro de áudio, junto aos gestores das áreas envolvidas durante o processo, em que estes serviram de triagem das informações recebidas para posteriormente serem divulgadas nesse projeto. Nesta etapa do projeto, as informações estão sendo submetidas a uma interpretação dos dados coletados com o intuito de afirmação positiva ou negativa aos impactos ocorridos na instituição. A investigação está, ao mesmo tempo indicando que, no processo de certificação do hospital em estudo, houve impactos positivos, tais como: criação de novos setores estratégicos, implantação de medidas de seguranças preventivas, reestruturação física de alguns setores, classificação de risco no Pronto Atendimento e ampliação no serviço de emergência com o especialista em ortopedia e traumatologia. Como impactos negativos foram citados: o custo elevado para adequação às exigências da ONA para obtenção da certificação, obrigatoriedade de registrar, documentar e quantificar as atividades desempenhadas e o aumento de exigência por parte de alguns médicos que utilizam os serviços do Hospital. Palavras-chave: Acreditação Hospitalar. Sistemas da Qualidade. Administração. PADRONIZAÇÃO E COORDENAÇÃO DO PROCESSO DE COMPRAS DE MATERIA PRIMA DE UMA DETERMINADA INDÚSTRIA DE CONFECÇÕES GIZELLI VIEIRA DA SILVA MELO ANDREZA KEILA FERREIRA SALES ARACY CORREIA NOGUEIRA Orientador: ANDRE GUSTAVO G. MAVIGNIER DE NORONHA Curso: ADMINISTRAÇÃO - ÊNFASE EM RECURSOS HUMANOS Linha de Pesquisa: GESTÃO DE OPERAÇÕES E LOGÍSTICA O objeto de estudo é a empresa Z & M INDÚSTRIA DE CONFECÇÕES LTDA, que atua no ambiente de confecções, e dentro desta empresa o setor escolhido é o setor de compras. O objetivo desta consultoria é diminuir as nãoconformidades existentes na recepção dos pedidos no setor de almoxarifado e setor financeiro, devido a falta de padronização e comunicação no setor de compras, que não utiliza de uma metodologia formal na hora da retirada do pedido, ou seja, não é lançando no sistema, nem repassado as informações acordadas na hora da compra para os setores de interesse. Os compradores (diretores da empresa) atendem os representantes de malhas/tecidos, mas não passam as informações do pedido para o setor de almoxarifado que irá receber a matéria prima, sem as informações necessárias para a conferência do pedido, ocorrendo de alguns fornecedores enviarem o material pedido em quantidades maiores ou menores do que o desejado, chegando a gerar excesso de estoque, podendo também está recebendo no prazo imprevisto, interferindo no processo de produção, e gerando despesas imprevista para o setor financeiro. A solução seria a contratação de um profissional para padronizar e coordenar esse fluxo de maneira que seja aplicado um mínimo de investimento que afete a operacionalidade da empresa. Possíveis atribuições através de analises de aquisições de compras, na seleção de fornecedores potenciais, fazendo também acompanhamento para garantir que os prazos de entrega sejam compridos, e verificar se o que foi entregue está de acordo com o pedido. Palavras-chave: Logística. Materiais. Suprimentos. Atualmente estamos vivendo uma era de muitas mudanças, onde a informação e o conhecimento estão sendo disseminados por toda parte, e as organizações precisam renovar sua filosofia de gestão para responder com eficácia à nova realidade do mercado. Acreditação Hospitalar é um processo formal pelo qual um órgão reconhecido, geralmente uma organização não-governamental (ONG) avalia e reconhece que uma instituição de saúde atende a padrões aplicáveis, predeterminados e publicados. Os padrões de Acreditação são normalmente considerados 38 ANAIS XI Congresso Científico ANAIS XI Congresso Científico

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO Curso Disciplina ADMINISTRAÇÃO - NATAL ANÁLISE DE INVESTIMENTOS

Leia mais

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA A - CURSOS DE GRADUAÇÃO (PRESENCIAL E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA) Curso

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: MARKETING Políticas de supply chain management e logística reversa Planejamento estratégico de marketing Marketing de serviço Pesquisa de marketing Marketing

Leia mais

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS Cursos de Pós-Graduação a Distância em Administração Pública - EAD Administração de Casas Legislativas Administração de RH no Setor Público Administração Patrimonial em Organizações

Leia mais

TRABALHOS SAÚDE. 01 A assistência humanizada do parto

TRABALHOS SAÚDE. 01 A assistência humanizada do parto 01 A assistência humanizada do parto SAÚDE 02 A enfermagem e o uso de novas tecnologias na formação: uma reflexão 03 A prática de atividade física com laser ativo, desenvolvido pelos participantes da organização

Leia mais

PROJETOS DE EXTENSÃO 2011 CURSO RESPONSÁVEL PELO PROJETO

PROJETOS DE EXTENSÃO 2011 CURSO RESPONSÁVEL PELO PROJETO ATENÇÃO À CRIANÇA (S) DE EXECUÇÃO E FREQUÊNCIA Projeto Sorriso Visa proporcionar às crianças internas e usuárias do PSF do Crianças da Casa de Passagem e do PSF Santa Rita bairro Santa Rita o conhecimento

Leia mais

VIII JORNADA DE EXTENSÃO Mostra de Trabalhos Grupo 1 - Área: Saúde 12/11 08:00 Hall do Centro Educacional

VIII JORNADA DE EXTENSÃO Mostra de Trabalhos Grupo 1 - Área: Saúde 12/11 08:00 Hall do Centro Educacional VIII JORNADA DE EXTENSÃO Mostra de Trabalhos Grupo 1 - Área: Saúde 12/11 08:00 Hall do Centro Educacional Nº CAVALETE TÍTULO 1 25 ANOS DO CURSO DE ENFERMAGEM DA UFTM: TRAJETORIAS 2 A ATENÇÃO A USUÁRIOS

Leia mais

EIXO I - Política de saúde na seguridade social, segundo os princípios da integralidade, universalidade e equidade

EIXO I - Política de saúde na seguridade social, segundo os princípios da integralidade, universalidade e equidade 10ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE: OO"TODOS USAM O SUS! SUS NA SEGURIDADE SOCIAL - POLÍTICA PÚBLICA, PATRIMÔNIO DO POVO BRASILEIRO" EIXO I - Política de saúde na seguridade social, segundo os princípios

Leia mais

Campanhas, Atividades Semanais, Comemorações, Avanços e Desafios. Para o ano de 2015

Campanhas, Atividades Semanais, Comemorações, Avanços e Desafios. Para o ano de 2015 Campanhas, Atividades Semanais, Comemorações, Avanços e Desafios Para o ano de 2015 O Plano Anual de Saúde de 2015 guarda uma característica própria: é o espelho da programação do PMS 2014/2017 aplicado

Leia mais

RESULTADO DAS AVALIAÇÕES DA REUNIÃO PLENÁRIA DO CEP-CESUMAR DO DIA 05/06/09

RESULTADO DAS AVALIAÇÕES DA REUNIÃO PLENÁRIA DO CEP-CESUMAR DO DIA 05/06/09 RESULTADO DAS AVALIAÇÕES DA REUNIÃO PLENÁRIA DO CEP-CESUMAR DO DIA 05/06/09 CAAE TÍTULO SITUAÇÃO 0046.0.299.000-09 Perfil nutricional de idosos internados em um hospital público da região norte Aprovado

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA Código: ENFAEN2 Disciplina: ADMINISTRAÇÃO EM ENFERMAGEM II (Enfermagem ao adulto e ao idoso em doenças tropicais) E ENFAENF (Administração em enfermagem I) Teoria: 60h Prática: 60h Teoria: 3 Prática: 3

Leia mais

10 projetos de pesquisa aprovados no edital BICT/FUNCAP 12/2014

10 projetos de pesquisa aprovados no edital BICT/FUNCAP 12/2014 Projetos de pesquisa no Saúde Instituto de Ciências da 10 projetos de pesquisa aprovados no edital BICT/FUNCAP 12/2014 Título: Avaliação da autoeficácia materna para prevenir diarreia infantil em Redenção-CE

Leia mais

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 4ª etapa do curso

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 4ª etapa do curso ANEXO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 4ª etapa do curso Células e Tecidos do Sistema Imune Anatomia do sistema linfático Inflamação aguda e crônica Mecanismos de agressão por

Leia mais

ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO

ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO ANALISTA EM SAÚDE/ ASSISTENTE SOCIAL PLANTONISTA REQUISITOS: Certificado ou Declaração de conclusão do Curso de Serviço Social, registrado no MEC; E

Leia mais

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ATRIBUIÇÕES DO MÉDICO I- Realizar consultas clínicas aos usuários de sua área adstrita; II- Participar das atividades de grupos de controle

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1. ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA PRÉ-REQUISITO 99-7233-02

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1. ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA PRÉ-REQUISITO 99-7233-02 MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA SERIADO ANUAL - MATUTINO/NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS

Leia mais

FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ UNIVERSIDADE DE FORTALEZA Comitê de Ética em Pesquisa em Seres Humanos - COÉTICA

FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ UNIVERSIDADE DE FORTALEZA Comitê de Ética em Pesquisa em Seres Humanos - COÉTICA FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ UNIVERSIDADE DE FORTALEZA Comitê de Ética em Pesquisa em Seres Humanos - COÉTICA AVALIAÇÃO DOS PROTOCOLOS - Reunião Ordinária de 13/12/2007 = andamento do protocolo: : o pesquisador

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Recursos Humanos II Administração de Sistemas de Informações Contabilidade Básica I Contabilidade Básica II Contabilidade Geral Economia Brasileira e Contemporânea

Leia mais

Resoluções, conquistas e desafios

Resoluções, conquistas e desafios Eventos pré-congresso Cuidados Paliativos Conselhos e Associações de Classe Demências - diagnóstico diferencial TNT Geriatria - Abbott GeriatRio2013 - Programação Preliminar Como responder às demandas

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015) ANATOMIA HUMANA C/H 102 Estudo da estrutura e função dos órgãos em seus respectivos sistemas no corpo humano,

Leia mais

ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES NÍVEL INTERMEDIÁRIO D DENOMINAÇÃO DO CARGO: TÉCNICO DE LABORATÓRIO /ÁREA

ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES NÍVEL INTERMEDIÁRIO D DENOMINAÇÃO DO CARGO: TÉCNICO DE LABORATÓRIO /ÁREA ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES NÍVEL INTERMEDIÁRIO D DENOMINAÇÃO DO CARGO: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO Dar suporte administrativo e técnico nas áreas de recursos humanos, administração, finanças

Leia mais

TRABALHOS CIENTÍFICOS CONEXÃO FAMETRO 2015: SOCIEDADE EM REDES

TRABALHOS CIENTÍFICOS CONEXÃO FAMETRO 2015: SOCIEDADE EM REDES TRABALHOS CIENTÍFICOS CONEXÃO FAMETRO 2015: SOCIEDADE EM REDES PROCESSO DE CUIDAR SESSÃO TEMÁTICA TRABALHOS SELECIONADOS Contribuições da psicologia ambiental no processo de transplante renal A influência

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO INCLUSIVA 400h. Estrutura Curricular do Curso Disciplinas

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO INCLUSIVA 400h. Estrutura Curricular do Curso Disciplinas CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO INCLUSIVA 400h Ética profissional na Educação Fundamentos históricos, conceitos, sociais e legais na Educação Inclusiva Legislação Aplicável na Educação Inclusiva Fundamentos

Leia mais

O Programa Municipal de Nutrição, implantado em 07/04/2006, tem como. objetivo principal investir em ações de educação nutricional, promovendo

O Programa Municipal de Nutrição, implantado em 07/04/2006, tem como. objetivo principal investir em ações de educação nutricional, promovendo Secretaria Municipal de Saúde de São José dos Campos - SP Departamento de Políticas de Saúde Programa Municipal de Nutrição Atividades desenvolvidas em 2006 e 2007 O Programa Municipal de Nutrição, implantado

Leia mais

Plano Educação. www.planoeducacao.com.br LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO. Área Assunto Titulo

Plano Educação. www.planoeducacao.com.br LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO. Área Assunto Titulo Plano Educação LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO 1 Administração Comércio, Vendas e Negociações Administração de Mercado Exterior Administração Comércio, Vendas e Negociações Atendimento ao cliente

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012) ANÁLISE BIOMECÂNICA DO MOVIMENTO (1504) C/H 68 Análise anátomo-funcional do movimento humano com ênfase no

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÕES. Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas

EDITAL DE INSCRIÇÕES. Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas EDITAL DE INSCRIÇÕES Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas A Company Gestão Educacional e Negócios torna público o edital para as inscrições do

Leia mais

EDITAL EXAME DE PROFICIÊNCIA 2015.2 ANEXO 2 - DISCIPLINAS: ORDEM POR ESCOLA E CURSO ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA

EDITAL EXAME DE PROFICIÊNCIA 2015.2 ANEXO 2 - DISCIPLINAS: ORDEM POR ESCOLA E CURSO ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA CH CÓDIGO TIPO DE AVALIAÇÃO LOCAL TEÓRICA PRÁTICA COMUNICAÇÃO COS - HAB. PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2012.1 6ª NOVAS ARENAS E MÍDIAS DIGITAIS 140 20451 - X NATAL COMUNICAÇÃO

Leia mais

Selo Hospital Amigo do Idoso. Centro de Referência do Idoso

Selo Hospital Amigo do Idoso. Centro de Referência do Idoso SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO COORDENADORIA DE REGIÕES DE SAÚDE CRS Política de Saúde para o Idoso no Estado de São Paulo Selo Hospital Amigo do Idoso Centro de Referência do Idoso Resolução

Leia mais

CARGA CURSO DISCIPLINA

CARGA CURSO DISCIPLINA CARGA CURSO DISCIPLINA HORARIA Administração AD ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS II 40 AD CONTABILIDADE E CUSTOS II 40 AD CONTABILIDADE GERENCIAL 40 AD ECONOMIA INDUSTRIAL 40 AD ESTATÍSTICA

Leia mais

Anexo 1 - Resolução 016/2011 - CONSUN. Plano de Desenvolvimento Institucional PDI

Anexo 1 - Resolução 016/2011 - CONSUN. Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Plano de Desenvolvimento Institucional PDI 13 I ENSINO DE GRADUAÇÃO Objetivo 1 - Buscar continuamente a excelência nos cursos de graduação 1. Avaliar continuamente o processo educativo, em consonância

Leia mais

Áreas, sub-áreas e especialidades dos estudos da cognição

Áreas, sub-áreas e especialidades dos estudos da cognição 01. GRANDE ÁREA: CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E NATURAIS 2. Área - Probabilidade Probabilidade Aplicada (aspectos 3. Área - Estatística Fundamentos da Estatística (aspectos Modelagem Estatística Teoria da Amostragem

Leia mais

A Educação Física no campo da saúde

A Educação Física no campo da saúde A Educação Física no campo da saúde V Encontro de Coordenadores de Cursos De Educação Física do Estado do Paraná A atuação do profissional de Educação Física no Sistema Único de Saúde - SUS Prof.Ms. Alexandre

Leia mais

ANEXO 05 Lei n 509 - PPA

ANEXO 05 Lei n 509 - PPA DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO Instituído pela lei municipal de n 352, de 31 de agosto de 2009. ADMINISTRAÇÃO DO EXMO. SENHOR CICERO MONTEIRO NETO ANO V N 327 - RODOLFO FERNANDE S/RN, Terça - feira, 31 de

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EMPREGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo (gênero masculino e

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração da Enfermagem na Atenção Primária a Saúde Enfermagem Administração de Produção Administração Administração de Produção II Administração Administração de Sistemas de Informação Administração/

Leia mais

NUTRIÇÃO. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

NUTRIÇÃO. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC NUTRIÇÃO Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: NUTRIÇÃO Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da Mantenedora

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2015 1.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2015 1.ª SÉRIE Curso: Graduação: Regime: EDUCAÇÃO FÍSICA MATRIZ CURRICULAR LICENCIATURA SERIADO ANUAL - NOTURNO Duração: 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 A D E C A A D C A B INFORMÁTICA 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 A C C C D A A E E D

LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 A D E C A A D C A B INFORMÁTICA 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 A C C C D A A E E D ADMINISTRAÇÃO/ CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1º SEMESTRE - MATUTINO LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS A D E C A A D C A B INFORMÁTICA A C C C D A A E E D FILOSOFIA E ÉTICA E D A C A B D E B A MATEMÁTICA D B E E A C C

Leia mais

Programa de Estímulo à Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças da ANS Experiências Bem Sucedidas. Ana Paula Cavalcante 13 de dezembro de 2006

Programa de Estímulo à Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças da ANS Experiências Bem Sucedidas. Ana Paula Cavalcante 13 de dezembro de 2006 III Seminário de Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças na Saúde Suplementar Programa de Estímulo à Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças da ANS Experiências Bem Sucedidas Ana Paula Cavalcante

Leia mais

Auditoria em Serviços de Saúde

Auditoria em Serviços de Saúde ÁREA DE SAÚDE Auditoria em Serviços de Saúde O CURSO: A auditoria em serviços de saúde é essencial para garantir a qualidade da assistência prestada aos clientes, transmite uma visão geral da melhoria

Leia mais

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 2ª etapa do curso

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 2ª etapa do curso ANEXO Para candidatos que desejam entrar na 2ª etapa do Metabolismo (anabolismo x catabolismo) Metabolismo de Carboidratos Metabolismo de Lipídeos Motilidade no trato gastrointestinal Introdução ao Metabolismo

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 64823 MICROBIOLOGIA GERAL 17/34 ODONTOLOGIA MICROBIOLOGIA

Leia mais

PROJETOS DE EXTENSÃO

PROJETOS DE EXTENSÃO PROJETOS DE EXTENSÃO Título do Projeto Descrição Público - Alvo Medicina e Arte Realizam-se sessões cinema, voltados para a área de medicina e Acadêmicos e Funcionários da FMJ em seguida são feitos debates

Leia mais

CALENDÁRIO DA SAÚDE JANEIRO

CALENDÁRIO DA SAÚDE JANEIRO JANEIRO 02 - Dia do Sanitarista 04 - Dia do Hemofílico 14 - Dia do Enfermo 19 - Dia do Terapeuta Ocupacional 20 - Dia do Farmacêutico 24 - Dia Mundial do Hanseniano FEVEREIRO 05 - Dia Estadual do Médico

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA)

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA) PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA) Análise e Processamento de Imagens Antropologia Ciência e Tecnologia dos

Leia mais

EDITAL N.º 08/2014 - SELEÇÃO DE PROJETOS

EDITAL N.º 08/2014 - SELEÇÃO DE PROJETOS EDITAL N.º 08/2014 - SELEÇÃO DE PROJETOS A Coordenação de Pesquisa e Extensão das Faculdades Integradas de Patos FIP torna público o lançamento do presente Edital e convida os professores da respectiva

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC Biblioteca Curso de Graduação Curso de Pós-Graduação Biblioteca de Ciências

Leia mais

APRESENTAÇÃO COORDENAÇÃO LINHAS DE PESQUISA DOCENTES PESQUISADORES

APRESENTAÇÃO COORDENAÇÃO LINHAS DE PESQUISA DOCENTES PESQUISADORES APRESENTAÇÃO O Núcleo de Pesquisa de Enfermagem (NEPE) foi fundado em julho de 2014 e tem o objetivo de oferecer um espaço de reflexão acerca de temáticas referentes à área de saúde e oportunizar o crescimento

Leia mais

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE

Leia mais

Art. 2º - São diretrizes da Política Municipal de Educação Alimentar e Combate à Obesidade:

Art. 2º - São diretrizes da Política Municipal de Educação Alimentar e Combate à Obesidade: PROJETO DE LEI N. 426/2013 ESTADO DO AMAZONAS ESTABELECE diretrizes para a Política Municipal de Educação Alimentar Escolar e Combate à Obesidade, e dá outras providências. Art.1º - O Poder Público Municipal,

Leia mais

ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1. Cursos de Especialização oferecidos: (CAMPI/NÚCLEOS)

ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1. Cursos de Especialização oferecidos: (CAMPI/NÚCLEOS) ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1 Edital de ofertas de cursos para o Programa de Pós- Graduação Lato Sensu da UESPI, conforme Resolução CONSUN nº 045/2003. Cursos de Especialização

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE CURSO DE PEDAGOGIA Gestão Escolar e Organização do Trabalho Pedagógico I 23.09.13 19horas Fundamentos da Língua Portuguesa: Leitura e Produção de 23.09.13 21horas Textos Psicologia da Educação I 24.09.13

Leia mais

QUADRO DE VAGAS PARA MONITORIA 2015.1 - ESCOLA DA SAÚDE - CAMPUS NATAL

QUADRO DE VAGAS PARA MONITORIA 2015.1 - ESCOLA DA SAÚDE - CAMPUS NATAL Educação Educação Educação Educação Sistema Ósteo Mio Articular Noturno 1 2 Sistema Ósteo Mio Articular Medidas e Avaliação do Desempenho Humano Noturno 1 3 Medidas e Avaliação do Desempenho Humano Biodinâmica

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Curso de Educação Física

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Curso de Educação Física EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS Disciplina: BIOLOGIA Características gerais dos seres vivos. Química da célula. Citologia. Microscopia. Divisão celular. Formas de reprodução. Histologia. Disciplina: ANATOMIA

Leia mais

PEDAGÓGICAS E A FORMAÇÃO DOCENTE ALUNOS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO E

PEDAGÓGICAS E A FORMAÇÃO DOCENTE ALUNOS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO E Trabalhos Orais NOVAS MODALIDADES ESPORTIVAS NA ESCOLA: BUSCANDO OUTROS OLHARES PARA EDUCAÇÃO FÍSICA AUTONOMIA E DEMOCRACIA NA ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO NA ESCOLA PÚBLICA O CENÁRIO DA PRODUÇÃO

Leia mais

PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15. CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável

PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15. CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15 CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável 38889314.1.0000.5201 Estudo comparativo das representações

Leia mais

Relatório Mesa 4. REDUZIR A MORTALIDADE INFANTIL Reduzir em dois terços, entre 1990 e 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos.

Relatório Mesa 4. REDUZIR A MORTALIDADE INFANTIL Reduzir em dois terços, entre 1990 e 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos. Relatório Mesa 4 OBJETIVO 4 Meta 5 REDUZIR A MORTALIDADE INFANTIL Reduzir em dois terços, entre 1990 e 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos. I. Introdução Após a apresentação dos participantes

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BETÂNIA Estado de Pernambuco LEI Nº 636 /2012 DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2013 Anexo de Prioridades e Metas ( Sintético )

PREFEITURA MUNICIPAL DE BETÂNIA Estado de Pernambuco LEI Nº 636 /2012 DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2013 Anexo de Prioridades e Metas ( Sintético ) Anexo de Prioridades e s ( Sintético ) s Processo Legislativo Administração Legislativa Planejamento Governamental Gestão Política Administrativa Suporte Administrativo Garantir o exercício da função legislativa

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INVESTIGAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE I... 4 02 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 4 03 PROFISSIONALIDADE DOCENTE... 4 04 RESPONSABILIDADE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO FUNÇÃO: 01 - LEGISLATIVA 31 Ação Legislativa 0001- Execução da Ação Legislativa 2001 - Manutenção das Atividades Legislativas da Câmara Municipal FUNÇÃO: 02 - JUDICIÁRIA 122 Administração Geral 0006- Defesa

Leia mais

Rua Antônia Lara de Resende, 325 Centro CEP: 36.350-000 Fone: (0xx32) 3376.1438/ 2151 Fax: (0xx32) 3376.1503 pmstsaude@portalvertentes.com.

Rua Antônia Lara de Resende, 325 Centro CEP: 36.350-000 Fone: (0xx32) 3376.1438/ 2151 Fax: (0xx32) 3376.1503 pmstsaude@portalvertentes.com. - SECRETARIA DE SAÚDE - SÃO TIAGO MINAS GERAIS PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E INCENTIVO À ATIVIDADE FÍSICA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE 04 A 19 ANOS 1 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E INCENTIVO À ATIVIDADE

Leia mais

Circular 435/2014 São Paulo, 08 de Agosto de 2014.

Circular 435/2014 São Paulo, 08 de Agosto de 2014. Circular 435/2014 São Paulo, 08 de Agosto de 2014. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) Define os temas e objetivos prioritários para apresentação dos projetos do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional

Leia mais

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO CARGO/ESPECIALIDADES Art. 378. Ao Consultor Legislativo, Especialidade Assessoramento Legislativo. ÁREAS DE INTERESSE DO SENADO FEDERAL Agronomia;

Leia mais

1.1. Cristina Nacif Alves

1.1. Cristina Nacif Alves 1.1. 1.1.1. Formação Graduação em Pedagogia, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, concluída em Junho de 1992 Especialização em Desenvolvimento e Aprendizagem da criança e do adolescente - Instituto

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO VIII FORUM DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DA UNIFENAS

PROGRAMAÇÃO DO VIII FORUM DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DA UNIFENAS PROGRAMAÇÃO DO VIII FORUM DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DA UNIFENAS 23/03/2009 SESSÃO DE ABERTURA SALÃO AZUL DA BIBLIOTECA CENTRAL 2ª. Feira 19 horas Abertura Oficial do VIII FÓRUM DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS PENITENCIÁRIOS DEPARTAMENTO DE TRATAMENTO PENAL

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS PENITENCIÁRIOS DEPARTAMENTO DE TRATAMENTO PENAL ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS PENITENCIÁRIOS DEPARTAMENTO DE TRATAMENTO PENAL POLÍTICA DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE PRISIONAL A Política de Atenção

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO Artigo 1º Atendendo à Portaria de número

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CADASTRAMENTO DE PROJETO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CADASTRAMENTO DE PROJETO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CADASTRAMENTO DE PROJETO Código: 01. Título do Projeto Liga Acadêmica de Cardiovascular 02. Unidade Proponente Universidade Federal de Alagoas 03.

Leia mais

LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA - FAPEPE

LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA - FAPEPE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA - FAPEPE APRESENTAÇÃO DO CURSO O curso de licenciatura em Educação Física da FAPEPE tem como objetivo formar profissionais que estejam aptos a atuarem no contexto escolar,

Leia mais

Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas. Dr. Marco Cantero

Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas. Dr. Marco Cantero Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas Dr. Marco Cantero Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas Como estimular suas equipes a serem saudáveis,

Leia mais

Trabalhos Aprovados: Eixo: Educação Infantil Manhã (8:30 às 12:00hrs.) Sala 26

Trabalhos Aprovados: Eixo: Educação Infantil Manhã (8:30 às 12:00hrs.) Sala 26 AS APRESENTAÇÕES ACONTECERÃO DIA 20/05 (QUARTA-FEIRA), NO PERÍODO DA MANHÃ E DA TARDE! Trabalhos Aprovados: Eixo: Educação Infantil Manhã (8:30 às 12:00hrs.) Sala 26 s: Práticas na leitura e escrita na

Leia mais

PROGRAMAÇÃO POR CURSO

PROGRAMAÇÃO POR CURSO PROGRAMAÇÃO POR CURSO ADMINISTRAÇÃO Jogos de Empresas: Simulação Empresarial, com participantes. Laboratório de Empreendimentos: Simulação de Especificação de Produto com os Princípios da Qualidade Total.

Leia mais

Estratégias de organização social comunitária e identidade cultural na Vila de Pescadores do Jaraguá.

Estratégias de organização social comunitária e identidade cultural na Vila de Pescadores do Jaraguá. UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SETOR TÉCNICO DE PROJETOS RESULTADO DO EDITAL Nº 1 - PIBIP-AÇÃO CAMPUS A. C. SIMÕES SELECIONADOS COM BOLSA Ações para a sustentabilidade da piscicultura

Leia mais

Coordenação de Pós-Graduação e Extensão - FACON. Catálogo de Cursos. Pós-graduação e Extensão. Conchas SP 2015.2

Coordenação de Pós-Graduação e Extensão - FACON. Catálogo de Cursos. Pós-graduação e Extensão. Conchas SP 2015.2 * Catálogo de Cursos Pós-graduação e Extensão Edição 1º de Julho de 2015 Conchas SP 2015.2 Pós-Graduação e Extensão FACON Catálogo de Cursos de Pós-Graduação Direção Acadêmica Coordenação de Pós-Graduação

Leia mais

Natal Saúde Medicina Patologia Noturno 0 4 Patologia Medicina

Natal Saúde Medicina Patologia Noturno 0 4 Patologia Medicina Educação Educação Educação Educação QUADRO DE VAGAS PARA MONITORIA 2015.1 - ESCOLA DA SAÚDE - CAMPUS NATAL Sistema Ósteo Mio Articular Noturno 1 2 Sistema Ósteo Mio Articular Medidas e Avaliação do Desempenho

Leia mais

Educação Infantil ESTRATÉGIAS:

Educação Infantil ESTRATÉGIAS: Educação Infantil META 1: Ampliar a oferta de educação infantil de forma a atender, em 100% da população de 4 e 5 anos até 2016 e, até o final da década, alcançar a meta de 50% das crianças de 0 a 3 anos,

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES AVISO DE RETIFICAÇÃO DE EDITAL Nº 01 A Comissão de Concurso torna publica

Leia mais

2. FUNCIONÁRIOS - CONTRATADOS POR TEMPO DETERMINADO

2. FUNCIONÁRIOS - CONTRATADOS POR TEMPO DETERMINADO 1. FUNCIONÁRIOS - EFETIVOS Médico Clínico 0 Médico Pediatra 1 Médico de Estratégia PSF 3 Psicólogo Clínico 30 horas 0 Psicólogo Clínico 40 horas 1 Cirurgião Dentista 2 Auxiliar de Saúde Bucal 2 Fonoaudiólogo

Leia mais

AÇÕES E PROJETOS REALIZADOS EM 2007. Projeto / Ação: SEMANA DA SAÚDE

AÇÕES E PROJETOS REALIZADOS EM 2007. Projeto / Ação: SEMANA DA SAÚDE IESMA - INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO CURSO DE NUTRIÇÃO AÇÕES E PROJETOS REALIZADOS EM 2007 Projeto / Ação: SEMANA DA SAÚDE Resumo: Inserção do curso no Projeto Unisulma sem Muros, através

Leia mais

MAPEAMENTO E ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO CATÁLOGO DE EXTENSÃO DA FURG 2009-2012

MAPEAMENTO E ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO CATÁLOGO DE EXTENSÃO DA FURG 2009-2012 MAPEAMENTO E ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO CATÁLOGO DE EXTENSÃO DA FURG 2009-2012 Simone Machado Firme FURG 1 Karine Vargas Oliveira FURG 2 Michele Fernanda Silveira

Leia mais

O ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA FEFD/UFG 1 NA ÁREA DO ENVELHECIMENTO

O ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA FEFD/UFG 1 NA ÁREA DO ENVELHECIMENTO O ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA FEFD/UFG 1 NA ÁREA DO ENVELHECIMENTO Juliana Paula Balestra Soares Joelma Cristina Gomes Carmencita Márcia Balestra Faculdade

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ SECRETARIA MUNICIPAL DA CIDADANIA

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ SECRETARIA MUNICIPAL DA CIDADANIA 1 ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ SECRETARIA MUNICIPAL DA CIDADANIA GERÊNCIA EXECUTIVA DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA À SAÚDE ASSUNTOS DESTE INFORME Agravos notificados

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 Derdic / PUC-SP

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 Derdic / PUC-SP RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 Missão 03 Valores Institucionais 03 Escola Especial de Educação Básica 04 Clínica de Audição, Voz e Linguagem Prof. Dr. Mauro Spinelli

Leia mais

Tabela de valores praticados - Moderna Educacional

Tabela de valores praticados - Moderna Educacional Tabela de valores praticados - Moderna Educacional Atualizada em 07/08/2014 Administração e Contabilidade Modalidade Valor c/ Desconto Valor s/ Desc. ACO000MBA008P GESTAO AGRONEGOCIOS MBA MBA R$ 2,520.00

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO (Currículo de início em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO (Currículo de início em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO (Currículo de início em 2015) ANATOMIA HUMANA C/H 102 3248 Estudo da estrutura e função dos órgãos em seus respectivos sistemas no corpo

Leia mais

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO 2015 APRESENTAÇÃO A tem a satisfação de apresentar o seu novo portfólio de cursos de especialização. Agora você poderá continuar sua formação profissional, ampliar as possibilidades

Leia mais

Segue abaixo temas da prova didática a serem sorteados.

Segue abaixo temas da prova didática a serem sorteados. Segue abaixo temas da prova didática a serem sorteados. ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR E GESTÃO EM SAÚDE: 1. Marketing dos serviços de saúde. 2. Gestão de Recursos Humanos em hospitais. 3. Organização e administração

Leia mais

ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE SAÚDE

ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE SAÚDE ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE SAÚDE 1 ATENÇÃO PRIMÁRIA 1.1 MÉDICO CLINICO GERAL Medicina. ATRIBUIÇÕES: Atendimento aos pacientes em área

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO A SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM II Código: ENF- 213 CH

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem EMILYN MARTINS MATIAS RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR II SERVIÇOS DA REDE BÁSICA

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem EMILYN MARTINS MATIAS RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR II SERVIÇOS DA REDE BÁSICA Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem EMILYN MARTINS MATIAS RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR II SERVIÇOS DA REDE BÁSICA CENTRO DE SAÚDE VILA DOS COMERCIÁRIOS ÁREA 17 AMBULATÓRIO DE

Leia mais

Fórum Científico e Cultural Edição 2015 Encontro de Iniciação Científica Apresentação de trabalhos: Dia I 11/NOV

Fórum Científico e Cultural Edição 2015 Encontro de Iniciação Científica Apresentação de trabalhos: Dia I 11/NOV HORÁRIO DAS APRESENTAÇÕES: A partir de 19h00 HORÁRIO DE INTERVALO: 20h30 às 20h40 LOCAL: BLOCO II PROIC SALA 201-19 1) PERFIL PSICOSSOCIAL E QUALIDADE DE VIDA DE CRIANÇAS COM SOBREPESO E OBESIDADE 2) SOBREPESO

Leia mais

IMPORTANTE: Consulte o edital 01/2015 e suas retificações em www.concursos.ufba.br e observe todas as demais exigências e prazos estabelecidos.

IMPORTANTE: Consulte o edital 01/2015 e suas retificações em www.concursos.ufba.br e observe todas as demais exigências e prazos estabelecidos. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA GABINETE DA REITORIA EDITAL DE INCLUSÃO Nº 10 O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA (UFBA), no uso de suas atribuições estatutárias, tendo em vista

Leia mais

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA 1 MENSALIDADES CAMPUS PARALELA Bacharelados Campus Paralela 10% 15% Administração R$ 834,92 R$ 789,00 R$ 710,10 R$ 670,65 Arquitetura e Urbanismo R$ 951,32 R$ 899,00 R$ 809,10 R$ 764,15 Ciências Contábeis

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR-APES RUA ACELINO RESENDE, Nº 132 - FONTE DOS MATOS. FONE: 3276 2981 CEP: 64260-000

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR-APES RUA ACELINO RESENDE, Nº 132 - FONTE DOS MATOS. FONE: 3276 2981 CEP: 64260-000 ÁREAS: CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDUCAÇÃO: 1. DOCÊNCIA SUPERIOR---------------------------------------150,00 2. GESTÃO EDUCACIONAL: ORIENTAÇÃO, SUPERVISÃO E ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR-----------------------------

Leia mais

Tabela de valores praticados - Moderna Educacional

Tabela de valores praticados - Moderna Educacional Tabela de valores praticados - Moderna Educacional Atualizada em 24/07/2015 Administração e Contabilidade Modalidade Valor c/ Desconto Valor s/ Desc. ACO000MBA008P GESTAO AGRONEGOCIOS MBA MBA R$ 2520,00

Leia mais

Maisa Kairalla e Valmari Aranha Presidentes da comissão científica do Gerp.13 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR

Maisa Kairalla e Valmari Aranha Presidentes da comissão científica do Gerp.13 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR Gerp.13: Educação, Ciência e Inovação Neste encontro, primaremos pelo conhecimento e atualização, assim, teremos exposições em formato de highlights, updates e a inovação de grandes temas em forma de cartas

Leia mais

Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria

Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria O programa de Residência em Pediatria prevê 60 horas de jornada de trabalho semanal, sendo 40 horas de atividades rotineiras e 20 horas de

Leia mais

PSC Partido Social Cristão

PSC Partido Social Cristão 2013/2016 PSC Partido Social Cristão CARLOS AUGUSTO SOUSA E SILVA BAXIM DA FARMACIA DESENVOLVIMENTO SOCIAL E GERAÇÃO DE EMPREGO VISÃO ESTRATÉGICA Uma visão inovadora de gestão pública para garantir mais

Leia mais